Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    mixuruquinha
    Neófito
    mixuruquinha
    Neófito

    Mensagens : 49
    Reputação : 22

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por mixuruquinha em Dom Set 29, 2019 9:57 pm

    Gambiru olhou atentamente para o rapaz, realmente, parecia ser mais jovem que ele e definitivamente estava mais para gato assustado do que para uma ameaça em si.

    Quando o garoto levantou a mão e começou a se explicar, Gambiru deu um voto de confiança mas não abaixou a guarda, deixou que o jovem se sentasse enquanto ainda apontava a kokera em direção a ele.

    O moço não era tão forte e como já tinha verificado, Gambiru conseguiria derrubá-lo quantas vezes quisesse [claro, se nada o atrapalhasse...]. Alguns fios loiros do garoto caiam sobre seus olhos enquanto falava e sobre aquele sol era como se esses pequenos detalhes fizesse como se aqueles cabelos brilhassem feito ouro.
    Gambiru arqueou uma de suas sobrancelhas e talvez um pequeno sorriso malicioso em suas bochechas se formava, estava examinando cada traço do rosto do rapaz, não tinha prestado muita atenção no que ele discursava porque pensava consigo mesmo:  “até que para quem se mostrou um exímio laçador ele é até–“.

    - A propósito, meu nome é John K...


    O moço estendeu sua mão em direção a Gambiru que fez com que compreendesse que ele não procurava encrenca, e mais uma vez cedera um pouco em tentar confiar em John K, abaixou a lâmina e estava a esticar sua própria mão para cumprimenta-lo quando um som invadira suas orelhas.

    Ao olhar, tirando os questionáveis traços de fogo no chão, como se algum ser divino zombasse e quisera que pagasse todos seus pecados de uma vez só, lá estava ele: Juninho.
    - Que inferno.
    Resmungou ao se levantar, guardou a kokera em seu cinto, pulou da carroça andando até Juninho que estava com um péssimo cheiro de carne queimada. Gambiru se aproximou analisando e verificou o corpo de seu irmão, parecia bem apesar de seus trajes estarem cortados e parcialmente carbonizados.

    O homem pegou Juninho em seus braços e levou até a carroça com cuidado colocando a cabeça do mais novo em seu colo, nunca se sentira tão culpado e uma coisa era certa, se culpa matasse Gambiru estaria já morto debaixo de sete palmos de terra.
    - Vamos embora daqui, apresse seus animais!
    Olhou para o irmão e não poderia fugir das escolhas uma vez já feitas, agora iria encarar as consequências de seus atos.
    - Eu sei que você foi criado para perdoar até o seu pior inimigo, mas não espero que me perdoe...
    Botou a mão no rosto do seu irmão e Gambiru sentiu que algumas lágrimas se formavam em seus olhos, não foi justo o que tinha feito, achou que o Juninho iria conseguir se sair bem sem sua ajuda e estava errado, bem errado.
    Lokihgf
    Neófito
    avatar
    Neófito

    Mensagens : 36
    Reputação : 12

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por Lokihgf em Qui Out 03, 2019 8:21 pm

    Juninho, percebendo que conseguia falar, mas que este ato lhe custaria muito mais esforço do que ele estará podendo no momento, toma alguns minutos pra descanso e finalmente desembucha

    - A maior parte de mim te perdoa por quem eu sou e quem me tornei, mas uma pequena parte mortal de mim, está muito decepcionado por ter sido abandonado pela pessoa que mais confiava. Sendo assim, só quero descansar no momento, tô muito fraco pra conversar.

    - OUTRA COISA, NÃO GOSTEI DA JOELMA DE ÁRAQUE QUE TÁ PUXANDO O BURRICO, SE TU MEXER COM MEU IRMÃO TE PEGO NA PORRADA CRENTE, AVEMARIA!

    Gambiru poucas vezes tinha visto esta faceta de seu irmão, e perceberá que todas as vezes que aconteceu, era um """cuidado de irmão""" Gambiru se deslumbra, ao perceber que sei irmão era incrivelmente ciumento consigo.

    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1546
    Reputação : 52
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por Nimaru Souske em Sab Out 05, 2019 10:24 am

    - Sim, senhor. Vamos, vamos. Bhu, Rico, adem. Falava John enquanto sacudia as rédeas dos dois animais.

    Não demorou muito para que a carroça começasse seu movimento, o galego parecia ter muita habilidade em guiar veículos como aquele.

    John K. estava visivelmente curioso e até um pouco assustado em relação a tudo que estava acontecendo, principalmente no que se referia a aparição daquele garoto nu e chamuscado. Enquanto a carroça pegava um ritmo mais intenso em sua velocidade, ele se propôs a iniciar uma conversa.

    - É... não é que eu queira ser intrometido, longe de mim isso, mas é só que eu acho que ficaria mais confortável aqui nessa situação... Sorri meio sem jeito.- se... se eu entendesse melhor o que está acontecendo com vocês. Pelo que entendi, esse jovem e pelado garoto queimado é conhecido seu, certo? Perguntou a Gambs.

    Nesse momento, ele levou um susto ao escutar a voz rouca e forçada de Juninho que logo mostrara que estava consciente a todo tempo ali.

    - C-claro, senhor. Eu não faria nada contra seu irmão, senhor... Deixou uma lacuna para que Juninho se apresentasse. - Inclusive nutro um grande respeite por ele, quase do tamanho de suas lâminas. Deu uma leve gargalhada, mas logo se recompôs. Deve ter se lembrado da cena anterior em que o kemono se encontrava em cima dele, ameaçando-o bem de perto.


    Todos iam notando que a tarde se aproximava de seu fim e, com isso, a grande lua começava a despontar, leitosa, no céu negro. Aquela era uma noite diferente, fria como todas as outras no sertão, mas seca na garganta daqueles que deixaram pra trás alguém importante. Os três pareciam olhar para as estrelas que piscavam no céu buscando um guia, não naquelas terras secas do Nord'est, mas um caminho que lhes tirassem do buraco fundo que cada um carregava em seu coração.







    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 Source
    mixuruquinha
    Neófito
    mixuruquinha
    Neófito

    Mensagens : 49
    Reputação : 22

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por mixuruquinha em Dom Out 06, 2019 11:37 am

    Gambiru ouviu atenciosamente as palavras do irmão e como elas doíam, olhou para o lado passando a mão em seus olhos evitando que as lágrimas caíssem.
    O mais velho dos irmãos sempre se sentira negligenciado pela família, mas sabia que quando se tratava de seu irmão não deveria descontar suas dores nele pois se mostrou frequentemente um suporte para Gambiru.

    A carroça começara a andar pelas mãos de John K., não aguentou mais riu com a suposta ameaça de Juninho ao loiro que pontuou em seguida que as roupas do mais novo se desfazera em cinzas o deixando mais pelado que perereca na beira do rio.
    Ainda com um sorriso no rosto passou a mão entre os cabelos escuros de Juninho talvez tentando arrumar um pouco.
    - Sim, ele é meu irmão mais novo.
    Ok, talvez não fosse a coisa mais confortável do mundo ter seu próprio irmão pelado no colo, olhou para o próprio torso e teve uma ideia.
    - Agradeça por estar usando uma blusa um pouco mais folgada hoje, deve ficar quase na conta mas pelo menos vai cobrir seu peito e até metade de suas coxas.
    Gambiru tirou a blusa que usava, por sorte, naquele dia vestia uma regata por baixo que era praticamente transparente de tão leve que seu tecido era feito. Em seu canto de olho conseguiu notar que John olhava para seu corpo, o que fez sentir um pouco de queimor em suas bochechas mas ignorou a sensação.
    - Inclusive nutro um grande respeito por ele, quase do tamanho de suas lâminas. - disse John K.
    O mais velho por um momento considerou em arremessar uma de suas kokeras em John K., só de imaginar que tinha sido amarrado até pouco tempo pelo rapaz de cabelos claros… seus dedos dos pés se encolhiam dentro de seus sapatos ao lembrar do sentimento, era melhor nem pensar no assunto.

    Assim, com o andar dos animais, os três jovens seguiram o caminho que John K. conduzia e em breve o dia também se despedia e a noite se aproximava...

    Música :

    A luz do luar e de estrelas mostrava a direção correta a ser seguida, mas o frio e cansaço da aventura de mais cedo pesava nos ombros dos irmãos.
    - É melhor acampamos por hoje e amanhã no canto da manhã a gente prossegue.
    Disse Gambiru apoiando Juninho para que ficasse sentado, ao olhar atentamente viu que a tinha dois lençóis a disposição, um dos lençóis ele deixou para o irmão mais novo que pela falta de vestimentas já poderia tremer os queixos de frio porém tinha lá mais sobrando para ele e John K., seria o caso de tirar no ímpar ou par? Revirou os olhos “que ótimo” pensou consigo mesmo.

    - Vou descer para alongar um poucos as pernas e talvez procurar alguns galhos secos, quem sabe dê para fazer uma pequena fogueira…
    Saltou da carroça, antes de fazer qualquer movimento arriscado se concentrou em procurar qualquer indício de perigo porém não encontrou nada que lhe chamasse a atenção, provavelmente o local pelo qual estavam parando era seguro o suficiente para acampar aquela noite, alcançou alguns gravetos que estavam no chão e caminhou em direção aos rapazes que estavam na carroça.
    Sua barriga revirava um pouco com a fome, já era tarde o dia tinha sido longo, exausto emocionalmente e fisicamente, naquelas condições só queria poder comer alguma coisa e dormir.
    - Juca, você tem um isqueiro ou algo que dê para colocar fogo nisso? - sinalizou para os galhos que estavam em seus braços. - E por acaso teria sobrado alguma comida? Ou será que terei de pegar um de seus burros?
    Brincou um pouco sobre, colocou os galhos no chão e se sentou tentando organizá-los como uma fogueira comum enquanto estava perdido em seus pensamentos tentando planejar o que iria fazer ali por diante.
    Lokihgf
    Neófito
    avatar
    Neófito

    Mensagens : 36
    Reputação : 12

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por Lokihgf em Sex Out 25, 2019 7:50 am

    Apesar de todo o tempo que Juninho parecia desacordado e descansando, ele não conseguirá pregar os olhos cansados nem por um segundo, as imagens do ocorrido ficavam em loop em sua cabeça, como um pesadelo que não te deixa descansar, nisso, Juninho continua se sentindo cansado, acabado, seu corpo todo está dormente, ele não sente a mínima capacidade que ele teria para se defender de qualquer coisa que tentará lhe machucar nessa carroça, com isso, ele se sente ameaçado pelo John, e reza constantemente para que seu irmão mais velho consiga se virar sozinho e que ele o proteja.

    Então, Juninho lembra de sua mãe, de todos os momentos que passará com ela, as suas últimas palavras e volta a lembrar de Gambs, a sua infância juntos, brincando juntos, mesmo que Gambiru fosse mais velho, ninguém gostava de brincar com ele, mas essa era a coisa que Juninho mais gostava e a única coisa que ele se preocupava quando ambos eram pequenos girinos de humanos. Logo sua cabeça começa a lembrar de todas as partes boas que sua religião o trouxe, e do seu amor e fidelidade a Deus e a Padre Cícero... Juninho, depois de muito tempo, finalmente começa a descansar, aliviado, ele cai em sono profundo.
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1546
    Reputação : 52
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por Nimaru Souske em Sab Out 26, 2019 9:34 pm

    Durante a conversa entre os dois irmãos, John seguia com as mãos firmes nas cordas que se amarravam as rédeas de seus jumentos. Seus olhos sempre buscavam algo a frente, atentos ao caminho, mas certamente estava escutando a conversa e uma grande dúvida e curiosidade crescia dentro de si. Estava se segurando para não se intrometer, mas como se conhecia bem, sabia que era difícil.

    - E o que foi que aconteceu com seu irmão pra ele ter parado ao lado da carroça, do nada, nesse estado aí? Falava sem tirar os olhos da estrada.

    Ao tirar sua camisa, Gambiru sente o vento em seu corpo que lentamente ia ficando mais frio, fazendo que com os pelos de seu corpo se arrepiassem um pouco. A noite realmente chegava. Ao notar que estava sendo observado, o irmão mais velho virou repentinamente sua cabeça para o condutor da carroça, mas apenas pôde ver as brancas bochechas de John K que estavam em tons mais avermelhados, quase rubro, mas não identificar seus olhos já que, naquele momento, estavam voltados para frente.

    Juninho estava quieto, tentando recuperar suas forças perdidas em todos os problemas enfrentados naquele longo e árduo dia. Mas sua mente não descansava, doía pelo desgaste físico e emocional, mas doía mais pela sensação de aprisionamento em seu próprio corpo que agora era inútil, desprezável.

    Ao escutar a proposta do kemono, o galego acelera um pouco o passo dos burros. Todos sentem um leve acelerar.

    - Já estamos bem perto da entrada da floresta, então acho que podemos nos encostar um pouco para descansar em sua entrada. Talvez seja até mais seguro já que ninguém se atreve nem mesmo a chegar perto daquela área.

    O vento frio batia mais forte, fazendo Juninho tremer levemente sua boca e sentir o alívio de poder ainda estar sentindo algo depois da dor que sentiu ao ter um machado cravado em seu peito. Logo seu corpo quase inerte pendeu para frente até que sentiu a carroça parar totalmente.

    - Chegamos. Afirmou Juca, praticamente sussurrando, sem ter em sua voz nenhum tipo felicidade ao dizer aquelas palavras. Era quase um temor.

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 Original

    A imagem que todos viam era uma floresta densa, que mal podia se ver o que se escondia entre as altas árvores do local além dos vaga-lumes que dançavam no ar gélido daquela noite. Mas eles ainda estavam no descampado que antecedia a floresta, onde algumas grandes pedras encontravam seu descanso ao chão. John parou a carroça ao lado de uma dessas.

    Ao lagar as rédeas, viu a preocupação de Gambiru em relação aos lençóis e logo fez questão de sinalizar com as mãos que ele poderia ficar com o segundo lençol.

    - Não se preocupe, com a companhia de Rico e Bhu, ninguém passa frio. Sorri enquanto descia da carroça para desamarrar os animais. - E acho uma ótima ideia encontrar algo para construirmos uma fogueira, só não vou com você para não deixar a carroça nem seu irmão sem vigia.

    Notando que o local era realmente quieto e inabitado por qualquer tipo de criatura hostil, rapidamente o kemono volta com alguns galhos que servem para que a fogueira logo seja acesa pela grande habilidade que o galego tinha em trabalhos manuais.

    - A fogueira foi fácil fazer, mas comida devo dizer que não tenho nada além das cenouras dos jumentinhos... mas podem comer, não tem problema, eles não vão precisar mais já que não vão seguir ao nosso lado a a partir de amanhã. A floresta é muito densa. Termina sua frase enquanto entrega para o único irmão capaz de se mover uma sacola onde carregava as cenouras, não sem antes pegar uma para ele mesmo se alimentar.

    O jovem agalegado não comenta nada sobre a brincadeira que envolvia comer um de seus animais, mas era evidente que havia ficado triste.

    Todos se ajeitavam para dormir, agora com a barriga um pouco mais cheia, iluminados pela luz da fogueira que também esquentava um pouco mais seus corpos em meio a noite. Os grilos e cigarras faziam seus trabalhos de compor a melodia que iria guiá-los em seus sonhos, mas algo vindo de dentro da floresta fez questão de tomar o papel central da canção e os presenteou com um lindo canto que logo associaram a algum tipo de pássaro já que o sono já lhes turvavam o pensamento. Dentro desse estado entre a consciência de suas percepções e a inconsciência do sono, puderam notar que aquele som era mais humano que qualquer outra música melancólica que eles já tenham ouvido.

    Parecia mais como um assobio.



    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 99f88a5cad051050ec24180c82afa77a



    Os pássaros cantavam, o corpo já se sentia mais quente e até mesmo um pouco suado debaixo das cobertas. Os olhos pesados demoravam a abrir e o corpo lento e dolorido era vagaroso ao notar que já estava acordado. Gambiru finalmente sentia a soma total de todos seus esforços do dia anterior.

    Ao se sentar, notou que a fogueira já estava apagada e nenhum dos dois que lhe acompanhavam estavam ao seu lado, apenas as roupas que dera a juninho que se encontravam no lugar onde ele dormiu. Sentiu um arrepio na espinha e, em um doloroso salto, já estava em pé, girando a cabeça em torno de seu eixo procurando a todos... mas não tardou a encontrar.

    Estavam os dois, Juninho e John, em frente a carroça, calados como se não tivessem trocado nem uma palavra desde que acordaram, acariciando cada um o rosto de um dos jumentos. Antes que o kemono pudesse chegar perto, a carroça partiu no sentido oposto.

    Juninho notou a aproximação do irmão e virou-se para vê-lo. Estava em pé, com as roupas que vestia antes de aparecer chamuscado. Se sentia bem, muito bem na verdade, mais leve do que nunca se sentira antes, como se todo peso que um dia carregara em seu peito houvesse sido queimado no dia anterior e as cinzas voaram para longe com os fortes ventos da noite. Estava totalmente recuperado.

    De costas para os dois se encontrava John K., olhando sua carroça sumindo no horizonte.

    - Minha sorte é que eles são os melhores com quem eu já trabalhei, porque nem mesmo eu sei voltar sozinho para cidade onde eu moro, mas eles... claro que eles conseguem... Passou a manga de sua camisa nos olhos enquanto sua voz ficava embargada, mas logo respirou fundo e girou nos calcanhares até para olhando firmemente para os olhos dos irmãos - E então? Vamos ou não vamos entrar logo na floresta da flor, lugar onde dizem que nenhum homem de coração pesado que adentra essa terras consegue encontrar seu caminho de volta? Estava sorrindo, tentando fazer com que aquela frase tenebrosa parecesse algo feliz.

    Mas dentro de si, todos eles sabiam que qualquer que fosse a decisão tomada, suas vidas já não possuíam mais um caminho de volta, tudo para trás já estava em escombros.

    Tudo que eles podiam fazer dali em diante era decidir como seriam os seus futuros.
    mixuruquinha
    Neófito
    mixuruquinha
    Neófito

    Mensagens : 49
    Reputação : 22

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por mixuruquinha em Ter Out 29, 2019 9:47 pm

    Gambiru escutou o questionamento do loiro, mas nada proferiu em resposta, não sabia muito bem como responder então permaneceu em silêncio.


    Na floresta, ao se sentar ao redor da fogueira preparada por John K., comeu algumas cenouras mesmo cruas por fome, não queria perder tempo preparando comida. Enfim, lá estavam os três na floresta, Juninho descansara na carroça enquanto Gambiru e John K. estavam próximos a fogueira.
    Gambiru olhava para o fogo pensando no dia, no que estava na cidade que agora seria passado, em seu irmão e no seu novo companheiro de estrada... O sono logo chegava, se cobriu com a manta que havia sobrado pois com o frio os pelos em seu corpo já se arrepiavam. Olhou para o céu pela última vez antes de dormir, tudo já estava o mais escuro possível e já não lembrava o mesmo céu do telhado de sua casa.

    Escutou o suave canto de passarinhos e os raios de sol que já começara a queimar seu corpo. As dores e cansaços da aventura anterior todas vieram numa chapuletada só, sem falar a sessão de estar sujo depois de uma correria daquelas, olhou para os lados e ninguém viu, apenas a blusa que emprestou ao seu irmão no dia anterior e não perdeu tempo se não a vestir.

    Gambiru então caminhou até a carroça encontrando os dois jovens e então a viu partindo sem alguém para que a conduzisse se não os próprios animais.
    - Espero que esteja tomando a decisão certa deixando a gente sem transporte algum. - Disse sarcasticamente.
    Se alongou um pouco estalando os ossos de seu corpo enquanto escutava o John K. falando sobre a floresta.
    - Então espero que os jovens tenham quitados suas dívidas já com o grande lá de cima, porque não pretendo ficar fazendo arrudeios dentro da mata.
    Iria manter o foco, mas não queria demonstrar nenhum tipo de comoção, então preferiu se mostrar confiante e destemido, contudo, de todos entre aquele recinto Gambiru sabia que se a prosa que John K. proferia fosse verdade, ele jamais sairia dali de dentro.

    Puxou os dos homens pra perto colocando cada braço envolto do pescoço de um deles, como o capitão de um time faz com os jogadores.
    - Não se percam primeiramente e depois não hesitem se algo suspeito acontecer, não temos certeza do que está a nos esperar ali.
    Olhou então para um e depois para o outro, tentando passar o máximo de confiança que poderia.
    - Vamos então?!
    Lokihgf
    Neófito
    avatar
    Neófito

    Mensagens : 36
    Reputação : 12

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por Lokihgf em Seg Nov 04, 2019 10:44 pm

    Juninho, achando extremamente estranho a reação que seu irmão estava tendo, pensando que talvez que todo esse discurso fosse apenas uma mascara para o que realmente Gambs sentia dentro de si. Mas de qualquer forma, acreditar em toda a confiança que seu irmão mais velho passará era a melhor realidade para todos naquela situação. Juninho, não sabendo como reagir ou o que falar, começa:

    -Sub tuum praesídium confúgimus, Sancta Dei Génetrix.Nostras deprecatiónes ne despícias in necessitátibus, sed a perículis cunctis libera nos semper, Virgo gloriósa et benedícta.Amen

    O rapaz de cabelo loiro não entende nada ao ouvir Juninho orando em Latim, e Juninho sente um certa felicidade nisso, mas Gambiru logo entende o que ele estava fazendo e o respeita, abaixando a cabeça.
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1546
    Reputação : 52
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por Nimaru Souske em Sex Nov 08, 2019 11:00 pm

    - Daqui em diante eles não iriam conseguir passar... nem sem a carroça. A floresta faz mal a eles, da pra ver só de olhar o quanto estavam inquietos durante a noite. O galego respirou fundo. - Fique tranquilo, quando sairmos da floresta vou garantir que vocês não tenham que andar a pé até a capital. Sorri com a promessa aos irmãos.

    Mas ao escutar sobre dívidas, Juca franze a testa. Parecia preocupado.

    Gambiru puxou os dois companheiros de viagem.

    Com o animo que as palavras do kemono passaram para os dois, parecia até que o ar do local estava mais leve, mesmo que a entrada daquela densa floresta ainda perturbasse a pressão do ar.

    - Vamos lá. Levantou o dedo polegar em afirmativa. - Vai na frente que tudo vai dar certo, ô queimadinho. Se referiu a Juninho.

    Antes de darem o primeiro passo para dentro da relva, Juninho em meio a suas preces consegue ver que Juca dá meio que uma risada, como se interagisse com o que o mais jovem dos filhos de Rosinha havia falado em Latim. Mas logo isso não o chamava mais a atenção.

    O coração batia forte e o gelo subia pela espinha. Ao encararem a floresta nos olhos, os três podiam sentir que a morte recobraria tudo feito em vida.

    Não se sabe bem quem deu o primeiro passo, mas depois de dado, todos os outros começaram a surgir. Não tinham um caminho certo, apenas sabiam que teriam que atravessar aquelas tantas árvores para chegar na capital. Juca tremia. Medo? Frio? Nem Juninho nem Gambiru conseguiam discernir bem o motivo já que também podiam notar certa tremulação em seus corpos.

    A noite engolia o lugar, o que antes ainda era iluminado pelos vaga-lumes dançantes que se aventuravam na entrada da relva, agora era um breu total que dava a sensação de que nunca haviam enxergado antes, menos Gambiru que era o único que conseguia observar o desespero dos outros dois já que estranhamento seus olhos se adaptavam um pouco melhor ao escuro. Mas ainda assim não via muito.

    Angustia batia e seus corpos pareciam estar sedentos por imagens, quaisquer que fossem, qualquer luz... até que finalmente a lua se fez presente e um clarão podia ser visto em frente, no meio da floresta que estranhamente era silenciosa a noite, apenas uma coisa podia ser ouvido e vinha da mesma direção que o clarão. Seria o assovio de um pássaro?

    Seis pés podiam se escutados batendo rapidamente contra o solo úmido, indo em direção da fonte luminosa como se insetos indo até uma armadilha de luz. Logo chegaram. Logo viram o que não esperavam.


    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 1520553-bigthumbnail

    Estavam em um estranho descampado no meio da floresta, rodeado de árvores. No centro, uma enorme árvore se localizava como se em um ritual, cultuada pelas menores ao redor. Era majestosa, robusta, com um verde tão vivo e ao mesmo tempo tão ébrio que todos que estavam diante daquela cena tinham dúvidas se estavam realmente acordados ou em um sonho intenso.

    Mas era real. A lua que iluminava as folhas era real. As folhas que eram arrancadas lentamente por mãos delicadas eram reais. As mãos que se moviam no ritmo do assovio daquela figura sentada em frente a grande árvore era real.

    Ela era real.

    - N-não pode... não pode ser... ela... é mesmo ela? Indagou John em tom baixo, para si mesmo, em uma disfagia com a própria saliva.

    Todos olharam diretamente para ela, que imediatamente parou sua atividade e voltou a atenção para os três.


    Figura:


    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 Florzi10



    - Que surpresa. Não esperava... convidados. Sua voz era doce, leve e gentil. Não parecia ter nenhum nível de ameaça em seu tom, no máximo, surpresa.

    O vento balançou alguns fios de seu escuro cabelo em tons lilás.

    Seus olhos fitavam profundo como se pudesse olhar diretamente para os três ao mesmo tempo.
    mixuruquinha
    Neófito
    mixuruquinha
    Neófito

    Mensagens : 49
    Reputação : 22

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por mixuruquinha em Dom Nov 10, 2019 10:04 am

    Os três então começaram a andar pela aquela mata escura e densa, pouco se via ao atravessar lá mas os jovens continuavam.

    Gambiru notou a inquietação de John K., e ele bem queria ignorá-la para se concentrar melhor, porém a tremedeira do rapaz não parava.
    - Hey.
    O kemono diminui um pouco o passo para se aproximar de John K., deixando Juninho prosseguir na frente a uma distância que ele não escutaria o que os dois falavam, contudo ainda estava perto.
    - Obrigado por não contar ao meu irmão sobre... enfim você sabe, cordas. - fez um barulho limpando a garganta um pouco envergonhado.
    Talvez não fosse o momento mais apropriado para se falar daquilo, mas Gambiru queria de alguma forma distrair John K., quem sabe assim o kemono teria mais confiança ao desvendar a floresta com ele e seu irmão.
    - Aqui. - estendeu a mão. - Eu não sou tão legal normalmente, mas pelo menos quem sabe você se sinta melhor assim...
    John K. então segurou a mão do rapaz, Gambiru deu leve sorriso, sua mão era um pouco menor que a do loiro e não tinha tantos calos quanto ele, sentiu um leve apertar dentro de si mesmo, porém ignorava, se olhassem atentamente para suas grandes orelhas notariam que elas estavam rosadas como as maçãs de seu rosto.

    Juninho, que ainda andava mais à frente, era possível que temesse a medida que a noite caíra, Gambiru conseguia enxergar um pouco a sua inquietação, mas com todo o treinamento que sua mãe uma vez tinha lhes ensinado, seu irmão era o último que precisava se preocupar.
    - Lembre-se do que a mãe nos ensinou, não temas.

    Um clarão através da mata poderia ser visto  e então um zunido, para os dois humanos talvez soasse como um mísero assobio, todavia para Gambiru era mais alto, o que era um simples incômodo começou a se tornar uma tortura, não conseguia perceber nada com aquele som, sua cabeça doía. Não demorou muito para encontrar uma grande árvore no centro do que deveria ser a floresta e junto a ela uma figura desconhecida.

    - N-não pode... não pode ser... ela... é mesmo ela?

    Gambiru voltou seu rosto para o de John K., que estava tão pálido quanto tapioca, não sabia de quem se tratava, mas não abaixaria sua guarda. Se colocou à frente de John K., junto ao seu irmão, desconfiado elevava sua mão ao cinto onde guardava as suas kokeras, porém não procurou retirá-las da bainha.

    - Que surpresa. Não esperava... convidados.

    A voz da criatura era doce como som de uma flauta, mas o zunido estava mais alto para Gambiru que não estava conseguindo mais aguentar, seu rosto escorria o suor e suas orelhas latejavam, uma tontura acompanhava, sentia suas forças sendo sugadas de si até que antes que pudesse proferir algo caiu no chão de joelhos colocando as suas mãos sobre as orelhas.
    - O-O que diabos..?!
    Lokihgf
    Neófito
    avatar
    Neófito

    Mensagens : 36
    Reputação : 12

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por Lokihgf em Seg Nov 11, 2019 11:54 am

    O... Oi, qual... como você se chama?

    Juninho, gagueja por não entender o que ele estava sentido, ele sentia culpado por achar a moça atraente, por conta de sua fé. Ele não sabia o que pensar, não sabia o que falar, o que fazer. Juninho prometerá que isso não era uma necessidade em sua vida, não queria se relacionar com ninguém, mas, em uma só vez que a viu, ele já sentirá uma atração inigualável, ele queria estar perto dela, queria conversar com ela.

    Juninho se aproxima mais um pouco da criatura.

    Peço perdão pela minha intromissão, chegando aqui e já perguntando seu nome, mas... fiquei curioso, primeira vez que que vejo algo além da cidade.

    Juninho para de gaguejar... mas começa a suar de nervoso, ele não faz ideia como tudo aquilo saíra de sua boca, principalmente, de forma tão natural. Ele só deseja que ela o responda, que goste dele.
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1546
    Reputação : 52
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por Nimaru Souske em Qui Nov 14, 2019 9:35 pm

    Ao falar com Juca sobre as cordas, ainda caminhando no breu da floresta, Gambiru olhou diretamente nos olhos claros e castanhos do garoto e identificou sem nenhuma dificuldade que podia confiá-lo aquela informação. Até mesmo sentia um pouco de vergonha brotar em sua face devido as lembranças que aquela fala provocou no galego.

    Juca se acalmara um pouco e, até, segurara mais forte a mão amiga oferecida pelo kemono.

    - Obrigado. Foram poucas as palavras que conseguira pensar naquele momento em que o desconforto era maior, mas Gambs podia sentir que foi um agradecimento verdadeiro.

    Ao se por frente aos demais, o filho mais velho de rosinha foi o primeiro a chamar a atenção da figura feminina sentada frente à árvore. No rosto da criatura estava um estranhamento descontente.

    - Não fale esse nome aqui, pequeno roedor... Esse é um lugar sagrado, onde os bons são exaltados e os maus... bem, eles não têm espaço aqui. Vagarosamente, levantou-se enquanto guardava em um bolso de seu pequeno robe as folhas que havia coletado.

    Deixou de fitar os intrusos e destinou seu olhar até a grande árvore atrás de si.

    - Ela não gostou da sua atitude, peço que recomece antes que a aborreça. Parecia se referir as mãos do kemono que foram até suas lâminas a alguns instantes.

    Mas, lentamente, sua cabeça adornada por fios escuros virou até o outro irmão. Aquele que perguntava seu nome.

    - Olha só, vemos que você é a parte educada da família. Prazer em conhecê-lo, Me chamo Flor... mas se vierem até meu jantar, talvez posso lhes contar meu apelido. Um pequeno sorriso se formou rapidamente no canto de sua boca. - Não é sempre que rapazes da cidade prestam esse trabalho de vir até aqui nos visitar. Virou as costas e andou até o ponto oposto onde todos estavam.

    Enquanto delicada em seu aspecto mais humanoide, era robusta de sua cintura para baixo. Suas firmes patas trotavam em um ritmo lento até chegar novamente na parte em que a floresta tornava a ser densa.

    - Não se atrasem e... cuidado com a floresta. Flor sumiu na escuridão.

    Durante esse pequeno espaço de tempo, John estava calado, respirando pesado e suando bastante. Estático.

    Após algum tempo de silêncio, sons estranho podiam ser escutados vindos do tronco da grande árvore. Algo parecia estar rachando.

    - A jurema... não sabia que as lendas sobre esse lugar estavam falando dela. Seus olhos fixos no tronco da árvore central. - Temos que voltar, rápido, urgente. Temos que voltar. Estava histérico. Falava baixo, sussurrante, como se estivesse com medo de que algo ou alguém o escutasse.

    Os irmãos também olham para onde Juca está olhando e, lá, se deparam com algo que não estava lá antes.

    Árvore:


    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 Inimig10


    Um rosto com características humanas havia se formado na firme e robusta madeira da grande árvore. Seus olhos, sem vida como os de um brinquedo, encarava o fundo da alma daqueles que estavam ali presente.
    Lokihgf
    Neófito
    avatar
    Neófito

    Mensagens : 36
    Reputação : 12

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por Lokihgf em Qui Nov 14, 2019 10:44 pm

    Juninho ganha mais um motivo pra sua confusão, ele quer muito encontrar a Flor novamente, e tente lembrar mais ou menos o caminho da escuridão que ela tomou, mas olha rapidamente para a cara na árvore, e que ele se sente chamado pra falar com aquele ser provavelmente místico da floresta, ele se aproxima do irmão e do galego, abre o caminho, e se põe a falar.

    Oi, qual seu nome? O que... o que exatamente você é? Desculpe perguntar de tal maneira, mas estou muito curioso, na cidade, não há nada nem se quer parecido.

    Juninho sente medo, mas com coragem, se põe aos questionamentos.
    mixuruquinha
    Neófito
    mixuruquinha
    Neófito

    Mensagens : 49
    Reputação : 22

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por mixuruquinha em Dom Nov 17, 2019 1:57 pm

    O som aos poucos deixou, repousando uma certa serenidade em meio àquela mata misteriosa, Gambiru ainda sentira um pouco de dor em seus ouvidos porém agora se sentia mais calmo.


    “Pequeno roedor o cassete”
    pensou consigo mesmo, irritado com a figura.

    Tudo aquilo era estranho, algo não estava certo, por que ela teria tanta certeza que eles a seguiram? E afinal para onde ela queria os levar? Seria uma armadilha?
    Bem, antes que pudesse se erguer completamente escutou o pedido desesperado de John e quase que simultaneamente viu seu irmão indo além sem cuidado algum. Estava dividido, e não tinha muitas opções de fato.

    Segurou a mão de John, mais uma vez, em busca de passar segurança:
    - Olha, não tem muito o que a gente possa fazer voltando, já estamos aqui e você não vai conseguir sobreviver sozinho. - “Sem falar que você me deve uma”.- Não adianta entrar em desespero agora, vamos.

    O puxou pela mão, mas sem ser muito brusco. A cada momento dentro daquela cúpula sombria a tensão aumentavam e um turbilhão de energias e pensamentos o vinha. Quem danado era Jurema? E lendas? Revirou os olhos, seu ceticismo prevalecia.

    Então se depararam com uma árvore, um frio na espinha subiu, aquele rosto talvez o tivesse afetado mais que Juninho que logo se propusera a conversar com a entidade. Se mantinha no posto de se mostrar confiante, porém uma inquietação o tomava conta.
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1546
    Reputação : 52
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por Nimaru Souske em Sex Nov 22, 2019 9:43 pm

    Juninho passou algum tempo encarando o estranho rosto na árvore e logo notou que aquela figura, ao mesmo tempo que por algum motivo estranho parecia viva, não dava sinais de resposta as suas indagações. Pouco tempo se passou naquela situação desconfortável, enquanto uma leve brisa gelada balançava os finos pelos de Gambiru.

    O rosto virou os olhos para Juninho e olhou fundo nos do garoto. Um gelo subiu pela espinha do jovem ao mesmo tempo que viu se aproximar de sua cabeça um galho fino saído do tronco da árvore a sua frente.

    Não se sabe como ou porque, mas algo fez com que Juninho pendesse o seu corpo para trás e deixasse com que aquele galho o errasse. Foi por pouco. Aquela fina madeira parou tão perto do rosto do aspirante a padre que o mesmo pôde ver um líquido esverdeado pingando de sua extremidade pontiaguda.

    Enquanto isso, o kemono apenas sentia a trêmula mão de John se acalmar um pouco após suas palavras. Seu rosto ainda transpassava horror, mas no mais fundo do brilho de seus olhos, podia ver que algo havia retornado. O galego não pensava mais em fugir.

    - E-eu... eu... sim, sim. Você está certo. Acenou com a cabeça. - Mas, mesmo assim, temos que sair daqui. A jurema não vai nos tolerar em suas terras, muito menos em sua presença... Olhou fixamente para o que estava acontecendo com o mais novo dos Silva. - Eles não vão deixar que fiquemos na floresta nem que saiamos dela... nossa única opção é aceitar o convite...

    Seu olhar ainda horrorizado parecia se arregalar ainda mais pelo que via. Daquele rosto na grande árvore, algo parecia surgir. Algo vivo. A madeira começou a se retorcer ao redor daquela face e gerar ainda mais madeira e folhas tão verdes quanto aquelas que podia-se ver no topo da grande árvore. As folhas cobriram o rosto como uma grande barba e um longo cabelo. Logo, pôde-se ver que a face de madeira pendia para frente até que ombros largos surgiam do tronco da árvore.

    Uma nova figura se formava.


    Nova Figura:


    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 Inimig11



    Não tardou muito para que um corpo robusto de madeira maciça estivesse perante todos os três naquele descampado, especialmente Juninho que o via tão de perto que via refletir naqueles olhos amarelados os seus próprios.

    Juca viu naquele ser a confirmação para seu pensamento e, então, deixou escapar:

    - ... o convite para o jantar.


    OFF:


    Vocês estão frente a frente a esse novo ser, então podem escolher o que vão fazer para lidar com a situação

    Rolem suas iniciativas e declarem suas ações ^^

    mixuruquinha
    Neófito
    mixuruquinha
    Neófito

    Mensagens : 49
    Reputação : 22

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por mixuruquinha em Sab Nov 23, 2019 11:25 am

    Nada.

    Nada vinha a cabeça de Gambiru, por alguns segundos, não conseguia processar o que acabara de acontecer. Uma espécie de ente da floresta estava ali bem na frente do seu irmão e alguns metros dele e de John K., tal figura assustadora já havia feito seu primeiro movimento quase acertando seu irmão. Sentiu a mão do loiro apertando a sua, o que fez acordar daquele “transe”.

    John K. tinha razão, a melhor forma de escapar dali era aceitando o convite para o jantar, seria extremamente arriscado batalhar com um inimigo em seu próprio território e pior, caso o derrotasse poderia atrair mais bestas daquela floresta, não valia a pena arriscar tanto por algo que não era certo e longe de ser o objetivo tanto de Gambiru quanto de Juninho. Era de certa forma irônico esse seu instinto de evitar batalhas mesmo com todo seu treinamento, porém havia mais algo a se preocupar.

    - CORRAM!

    Música de Fuga:

    Gambiru gritou o mais alto que poderia naquele momento, segurou firme a mão de John K. e o puxou mata adentro seguindo a mesma trilha que Flor havia tomado a pouco tempo atrás, não se sabia que a encontraria no meio do caminho ou não, mas parecia ser a única alternativa viável no momento.

    Com a correria e movimentação não conseguia ver havia rastros, mas algo o orientava a crer ser o caminho correto.

    Lembrou que provavelmente os dois humanos não conseguiriam enxergar para onde estavam indo, a diferença seria que John K. ainda segurava sua mão enquanto Juninho estava mais atrás, então gritou por uma última vez.

    - FIQUEM JUNTOS!

    Não que ele tivesse fé como Juninho, mas ele por um momento quis ter esperança para crer que eles iriam encontrar novamente aquela centauro e que, mesmo que soubesse que seria apenas um ilusão de sua cabeça, aquele jantar não seria nada fora do normal.
    Lokihgf
    Neófito
    avatar
    Neófito

    Mensagens : 36
    Reputação : 12

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por Lokihgf em Seg Nov 25, 2019 9:55 am

    Juninho, sem nenhuma dúvida do que faria, olhou para trás e viu seu irmão e o John correndo, quando ele ouve seu irmão gritando pra fugir. Ele tá percebe na penumbra os dois companheiros e começa a andar perto de ambos. Juninho, com muito medo e chocado por quase ter levado uma pisa do homem-árvore.

    Apesar da ameaça, o verdadeiro motivo de juninho tentar fugir, foi pra ver a centauro mais uma vez, juninho estava vislumbrado pela criatura, e queria ver e falar com ela mais uma vez.
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1546
    Reputação : 52
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por Nimaru Souske em Ter Nov 26, 2019 10:49 am

    Mesmo que achasse irônico os seus instintos, Gambiru podia não aceitar, mas eles foram lapidados por aqueles mesmo treinamentos feitos por sua mãe. O que antes podia ser lido como medo, agora que ele tinha as capacidades necessárias para fugir com maestria, era estratégia. E foi o que fez.

    O primeiro a fazer algo e o primeiro a correr. O kemono acelerou seu passo enquanto gritava palavras de alerta para o irmão e puxava John pelo braço. O galego o seguiu sem muita resistência, mas também não fazia questão de correr junto, andava como se tropeçando nas próprias pernas, dificultando ainda mais a corrida de Gambs. Ao gritar pela união do grupo, alguns segundos se passaram sem saber se Juninho iria segui-los ou se, novamente, iria tentar enfrentar um inimigo que considerava desnecessário.

    A respiração ofegante se misturava com as batidas aceleradas. Até que nessa mistura de ritmos, pôde se escutar os passos da corrida de Juninho que se juntava ao grupo na fuga.

    Mas a figura de madeira vinha logo atrás.

    As árvores passavam com velocidade pelo caminho percorrido e não seria fácil correr naquela floresta, pois cada um tinha seus empecilhos. Gambiru carregava Juca e Juninho não enxergava nada até então... mas estranhamente algo ocorria com os olhos de Junho. Aos poucos, sem motivo aparente, suas pupilas foram se acostumando com aquele breu até que em sua visão foram surgindo as formas que estavam ao seu redor. Estava enxergando.

    Não podiam esbarrar em nada pelo caminho, pois isso desaceleraria a corrida e os fariam alvos fáceis para o homem-árvore.

    Além disso, os irmãos sabiam que se corressem sem destino, só iriam se cansar sem motivo algum já que depois teriam que encontrar um caminho que os levassem até a flor.

    Eles teria que encontrar um caminho, em meio a todo aquele alvoroço, que os levassem até o jantar.


    Testes:


    Ambos vão fazer testes para correr na mata:

    Gambiru tem +3 de bônus  e dificuldade DC 18

    Juninho tem +5 de bônus e dificuldade DC 16

    Quem errar vai ficar vulnerável ao inimigo que vem atrás.


    Além disso, como Gambiru e Juninho agora podem enxergar na floresta, ambos podem fazer um teste pra procurar algum caminho que leve até a flor com a dificuldade DC 18

    Gambiru tem bônus de +4

    Juninho tem bônus de +1

    Se errar, vão ter que correr sem destino por mais uma rodada até encontrar algo, mas se só um passar pode avisar o outro para segui-lo.

    mixuruquinha
    Neófito
    mixuruquinha
    Neófito

    Mensagens : 49
    Reputação : 22

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por mixuruquinha em Qua Nov 27, 2019 3:14 pm

    A mata sombria parecia começar a devora-los cada vez mais, como se de alguma forma estivesse viva, os três jovens continuavam a correr. Os vultos das árvores passavam rápidos por eles a medida que corriam, era impossível identificar algum rastro naquela velocidade, Gambiru até se esforçava pra ver ou identificar alguma espécie de trilha mas era em vão sua tentativa.
    O ente estava logo atrás deles mesmo que a uma pequena distância segura sentira os passos pesados da criatura protetora, pretendia continuar a correria não, teria tempo de mudar de percurso naquele momento, até que sentiu algo estranho vindo do rapaz que segurava a mão.
    - Que?!
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1546
    Reputação : 52
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por Nimaru Souske em Ter Dez 03, 2019 10:12 pm

    Os dois corriam pela mata. Desviavam dos galhos e troncos do caminho, pulavam buracos e depressões. Ambos podiam sentir uma alegria no peito que, para qualquer outra pessoa naquela situação seria estranho sentir pois estavam correndo perigo, mas para os dois parecia que toda uma vida de treinamentos que não aparentavam terem utilidade, agora faziam muito sentido. Enquanto procuravam com seus olhos atentos a área ao redor para encontrar alguma pista de flor, tiveram a sensação de terem visto por poucos segundos, uma imagem antiga de suas memórias. Algo do passado.

    Rosinha sorri de orgulho e os parabeniza. Os irmãos não haviam notado até então, mas nesse momento sentiram que estavam diferentes daqueles dois no quintal de casa no dia anterior.

    Antes duas crianças obedecendo as ordens da mãe.

    Agora Khan’Gaceiros.

    Rosinha estava orgulhosa.


    Mas tudo de repente volta ao chão. Rosinha não esta mais lá, aquela sensação boa também não, apenas a necessidade de fugir o quanto mais rápido possível do ser que os perseguiam e encontrar um caminho até o Jantar de Flor.

    Mas onde está Juca?

    Ao voltar dessa rápida introspecção, Gambiru não sente mas a mão do galego junto a sua, muito menos escuta algo que lhe diga onde o jovem está... talvez tenha caído pelo caminho.

    Juninho, que estava logo atrás dos dois, ao voltar de sua introspecção, nota que algo ficou para trás.

    Mas a única coisa que ambos escutam são as fortes pisadas do perseguidor de madeira vindo em suas direções e que cada vez estava mais perto.


    OFF:


    Ambos sabem que Juca caiu, inclusive Juninho notou isso pois estava logo atrás da dupla que corria a sua frente e viu que algo ficou pra trás. Ambos podem escolher continuar procurando e correndo, ou escolhem voltar pra ajudar Juca... mas saibam que o perseguidor já está vindo logo atrás.

    Caso escolham continuar correndo, como erraram o procurar, vão ter que repetir o teste para encontrar pistas:

    Gambiru tem +3 de bônus  e dificuldade DC 18

    Juninho tem +5 de bônus e dificuldade DC 16

    E como correram muito bem antes, agora a dificuldade de correr diminui para DC 16

    Gambiru tem bônus de +4

    Juninho tem bônus de +1

    Caso queiram salvar o Juca, não precisam fazer esses testes, só narrar que voltou o caminho pra ajudar ele que no meu próximo post aviso o que ocorreu.

    Conteúdo patrocinado


    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 3 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Dez 12, 2019 9:27 am