Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    5. Deus Ex-Machina

    Kether
    Garou de Posto Cinco
    Kether
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2291
    Reputação : 91
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh34.png

    5. Deus Ex-Machina Empty 5. Deus Ex-Machina

    Mensagem por Kether em Qui Jul 18, 2019 4:12 pm

    Desde o evento da estação de tratamento de água haviam se passado dez dias. Neste ínterim Márcia, a paciente Ômega, não havia respondido aos estímulos da mesma maneira que respondia quando foi encontrada por Alma. Ela parecia um corpo sem mente, num estado semi vegetativo pois em alguns momentos ela olhava quando chamada.

    Todos exceto Alma, talvez, entendesse o que se passava com a mente de Márcia. Ela parecia estar constantemente viajando pelo Maelstrom e por alguns segundos ela respondia quando chamada voltando sua atenção na direção de quem a chamava para depois voltar para seu estado. Alma algumas vezes tentou entrar em sintonia com a mente de Marcia, conseguindo algumas poucas.

    Porém havia uma resistência muitas vezes que interrompia Alma encontrar por ela. O Maelstrom estava mudando suas ondas estavam cada vez mais violentas e difíceis de serem "navegadas". Para os outros poderia não ser tão sensível, mas para Alma que tinha uma sintonia muito mais forte com aquela energia psico-tecnológica era quase tátil.

    As obras de fortificação enfim foram concluídas, porém houveram baixas, poucas, mesmo assim foram baixas. Dois homens, entre eles o condutor do caminhão, haviam se ferido mortalmente com a queda de uma chapa de aço enquanto a mesma era içada para ser presa ao portão. Mais duas integrantes da gangue de motoqueiras de Quássia também tiveram ferimentos severos mas nada que as matasse, porém ainda estavam "de molho" se recuperando.

    Fury e Quassia passaram os dias conversando sobre como fazer a defesa do refúgio e volta e meia procuravam por Raymond e o Doutro Alexandre para tentar decidir os passos seguintes.

    O grupo que chegou com Quassia, surpreendentemente estava muito saudável. Os jovens sem nenhum aprimoramento genético, como eram os homo sapiens do passado, pareciam que se adaptavam e respondiam muito melhor aos tratamentos do doutor. Sobre tudo, eles nunca apareciam nas contagens de Sora...

    Por fim Alexander conseguiu se aproximar mais de Sharon. Com o passar dos dias, o trauma inicial é superado por ela e ela conta para o Anjo, que conquistara sua total confiança, que haviam muitos outros lugares como aquele onde estavam e cada um com um tipo de pesquisas. Até aí nada de novo para Alexander, mas quando ela, influenciada a contar pelo Anjo, falou sobre o local onde ela fora resgatada o tipo de experiência que fizeram foi como um soco na boca do estômago do doutor.

    Ela contou que os humanos eram feitos de fontes de energia para alguns bunkers.

    5. Deus Ex-Machina Matrix-baby-pod

    Ela havia sido resgatada de um destes centros de baterias por Quassia e seu grupo. Mas outros não tiveram a mesma sorte pois o bunker havia iniciado os protocolos de segurança e "encerrado" as pesquisas enviando seus resultados para a IA central.

    Todos sabiam que todos os centros de pesquisa foram unificados no lançamento da IA das grandes empresas, e desde então esta IA vem se desenvolvendo e evoluindo... "Mas qual seria o seu desejo?" Muitos cientistas e projetistas se perguntavam.

    [...]

    Todos os dias eram enviadas duas batedoras de moto para verificarem a distância que estava o exército, elas seguiam até um dia de viagem (ida e volta). E já no anoitecer chegam as últimas três batedoras.

    - Raymond! Quassia! Eles estão a menos de dois dias daqui! - fala uma delas, a última que havia partido, para os dois "líderes" do refúgio.

    Bravos
    Antediluviano
    Bravos
    Antediluviano

    Mensagens : 3504
    Reputação : 240
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    5. Deus Ex-Machina Empty Re: 5. Deus Ex-Machina

    Mensagem por Bravos em Qua Jul 24, 2019 11:57 am

    - É isso, nosso pequeno oásis vai ser atacado... O que poderemos fazer agora? - Disse sentado num camburão, coçando seu queixo com os dedos magros e ágeis derivados de símios. Era admirável que os coleguinhas de Quássia fossem homo sapiens comuns, sem alterações. Era mais admirável ainda que eles respondessem melhor aos tratamentos, tendo em vista que supostamente aquelas modificações genéticas que eles haviam sofrido eram - ou deveriam ser - para torná-los melhores.

    "Melhores". Para que mesmo? Talvez melhores para um tarefa que seria posta sobre eles com o peso da escravidão e... melhores para morrer também, por que não? Assim ajudava a manter as peças sempre em substituição.

    - Fizemos um bom trabalho de prevenção aqui... Mas já que temos dois dias de antecedência, talvez dê para fazer algo mais. Fury, Quássia, vocês que estão mais à frente disso, o que acham de fazermos armadilhas há meio dia de distância daqui? Explosivos, trincheiras, barreiras incendiárias, sei lá... Algo que nos ajude a resistir sem ser simplesmente na força bruta. Vamos usar a porra dos nossos cérebros.
    Dycleal
    Antediluviano
    Dycleal
    Antediluviano

    Mensagens : 4591
    Reputação : 106
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    5. Deus Ex-Machina Empty Re: 5. Deus Ex-Machina

    Mensagem por Dycleal em Dom Ago 04, 2019 8:41 pm

    Alma não imaginava perder Márcia, ele sabia que tinha que trazer ela de volta para a consciência, pois o Maelstrom estava muito instável te turbulento e as viagens por ele, podia ser comparada com uma droga, uma compulsão e decidiu tentar algo físico e deitou-se um dia ao seu lado e começou a beija-la e a fazer as preliminares sexuais na tentativa de atraí-la com uma forma de estimulo diferente e o corpo de Márcia começa a responder aos estímulos, fisicamente e na hora do beijo, acalorado como Alma sabia fazer e animado, o Scanner vê Márcia abrir os olhos e com as mãos segura-0 em um abraço carinhoso e a estratégia parece ter funcionado e o ansioso amante, começa a despir a sua amada que continua a corresponder... Uma Excitante esperança se acende em seu coração.
    Leomar
    Mestre Jedi
    Leomar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1286
    Reputação : 23
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    5. Deus Ex-Machina Empty Re: 5. Deus Ex-Machina

    Mensagem por Leomar em Dom Ago 04, 2019 9:17 pm

    Doc acordou às 4:00, ele já tinha costume de acordar cedo, mas agora tinha motivo a mais.

    Ele começa beijar Sharon, que resmunga para acordar, mas Doc persiste nos beijos e carinhos. Doc a convenceu retirar os piercings dos lábios (e alguns outros) com a desculpa que estavam com risco de infeccionar, na verdade ele só preferia beija-la sem eles, mas como ela não falou mais nos piercings, ficaram por isso mesmo.

    De madrugada era a melhor hora para conseguirem fazer amor, com o aumento do número de gente no lixão, estava difícil ter muita privacidade. As cinco camas que eram realmente camas ficavam na enfermaria e na sala de exames anexa, e Doc continuara a manter uma para si, que agora dividia com Sharon. Era sua única demonstração de egoísmo.

    Depois de se satisfazerem, Sharon vira pra o canto e prefere ficar na cama. Doc lhe dá uma última mordidinha na bunda (ela recebe com um risinho) e levanta. Um ou outro risinho que não era de Sharon, mas de alguém que deve ter testemunhado os gemidos deles é meio abafado na noite.

    As pessoas que precisavam de mais cuidados ficavam na enfermaria, o resto tinham se espalhado em sofás e colchões improvisados. Alguns panos foram amarrados em forma de redes e as crianças mais saudáveis gostavam delas, felizmente, pois era o máximo de conforto que podiam oferecer.

    Com os caminhões tinham vindo várias caixas com antibióticos e analgésicos e outros remédios. Aquilo foi o bastante para dar uma boa respirada no sufoco que vinham sendo os últimos dias e com sorte durariam mais dois, três meses; Quatro com sorte demais.

    Além dos remédios, cofres com material classificação AA da WhitePaper também tinham sido resgatados. Doc estava feliz de poder trabalhar com algo bom mais uma vez. Dois dos três cofres conseguiram ser abertos, o terceiro e maior ainda era um problema. Sensores não indicavam atividade elétrica dentro do cofre, o que podia indicar que a carga apenas não tinha eletrônicos ativos, mas também podia ser uma tecnologia INEN (isótopo não eletro-negativo), e Doc rezava fervorosamente para ser esta segunda. Se fosse, não queria perder nenhum milímetro de tecnologia arriscando abrir o cofre na porrada.

    Entre o material AA recuperado estavam algumas próteses e peças de próteses bio-ciber, bem mais avançadas do que as últimas bio-ciber que Alexandre tinha trabalhado no tempo que ainda trabalhava numa instalação da WhitePaper. A maioria das próteses bio-ciber, ao contrário das próteses ciber, eram à prova de interferência eletrônica externa, seja IA ou computadores operados por humanos (se é que ainda éramos humanos) pois eram destinadas ou a projetos militares UltraTech ou aos poucos humanos podres de ricos que ainda existiam (será que eles ainda existiam depois da queda da instalação?).

    As próteses bio-ciber AA tinham IA interna que corrigia micromovimentos errados instintivos dos humanos em que eram implantados e respondiam maximizando o que podia: força, velocidade, precisão ou o que fosse programado, mas não restringiam nenhuma ordem dada pelo cérebro. As próteses bio-ciber partiam do princípio que os soldados que iriam usá-las tinham a única coisa que nenhuma IA era capaz: criatividade.

    A WhitePaper começou com soldados feridos aprovados em projetos muuuito secretos, mas não demorou para que amputações biologicamente desnecessárias fossem feitas apenas para usar próteses que eram melhores que o corpo natural.

    Bem, a primeira candidata que tinham ali para usar uma destas próteses bio-ciber foi uma mulher de nome Tehna. Tehna já tinha perdido três dedos da perna esquerda, além de várias deformidades nos ossos do pé. Andava com dificuldades e sua situação levaria mesmo a uma amputação mais cedo ou mais tarde.

    Haviam um par de próteses de pernas novas classificação AA, e Tehna receberia uma perna esquerda. Alexandre podia fazer a substituição apenas do pé ou na altura da joelho, mas Tehna aceitou a amputação na altura da coxa, disse que se era para andar bem novamente, que fosse com uma perna inteira boa.

    Fazia um tempo que Doc não fazia uma operação desta proporção, mas pra encurtar conversa, a operação fora bem sucedida. Com os avanços da tecnologia bio-ciber Tehna precisaria só de seis dias para uma recuperação quase completa, mesmo assim ali ela teve só três dias para se adaptar e já a colocaram em pequenos trabalhos.

    Mas Tehna não reclamou, estava grata pela perna nova. Ainda mancava um pouco, não por problema na prótese, mas porque o próprio cérebro ainda não se adaptara à nova situação. Porém mancava cada vez menos, e a perna bio-ciber era mais rápida e forte que a sua natural; Só não era ainda mais rápida e forte porque tinha que se adaptar a perna direita, ainda natural.

    Tehna estava tão feliz que disse à Doc que, se Sharon começasse recusa-lo, ela poderia "cobrir" as obrigações da outra. Mas Alexandre recusou gentilmente a proposta. Não apenas porque Tehna não era uma mulher atraente, mesmo se não fosse pela falta de peso, mas principalmente por estar muito satisfeito ao lado de Sharon. Será que podiam se chamar "namorados"? Ou seria melhor "amantes"? Ou como podiam se chamar naquele mundo? O importante é que estavam se dando bem.

    A segunda cirurgia foi com um motorista de Quassia, ele tinha feito questão de pegar próteses oculares naquela missão, pois óbvio, queria uma pra ele. Esta também fora bem sucedida. Lux, o motorista, recebera um olho direito, reclamou da dor terrível quando a prótese foi ativada (Alex usava o mínimo possível de anestesia), mas depois começou torrar Quassia para pedir que tivesse direito a uma prótese do olho esquerdo também. Lux agora tinha uma capacidade visual três vezes ampliada para perto e alguns quilômetros para longe, mas só em um dos olhos.

    Além das cirurgias, Doc encabeçava um grupo que estava tentando criar um espaço no bunker com "tecnologia zero", sem nem luz elétrica nem nada elétrico e separados num galpão com paredes de chumbo espessas bastante para não deixar a temperatura deles ser detectada. A área que tinham era limitada pela presença de Zora em boa parte do bunker. Antes Doc trabalhara sem problema com Zora, mas agora estava paranoico contra as IAs e queria ter certeza que teriam um cantinho que nem Zora detectasse. Conseguiu até levar iluminação INEN, e como esperado, a tecnologia INEN não podia ser detectada, mesmo com as portas abertas e sensores virados diretamente para as máquinas. Era eletricidade que não podia ser detectada por instrumentos elétricos, algo realmente incrível.

    Mas o projeto de esconderijo não era bem visto por todos, Fury mesmo era um dos que não apoiavam Doc:

    - Vamos ficar todos parados e quietos num buraco esperando não ser visto, mas se apenas um for visto, todos morrem. Estamos nos colocando num matadouro para aquelas fudidas máquinas!

    Fury não deixava de ter lógica, seria uma aposta tudo-ou-nada. Ou funcionava e todos saíam bem, ou dava merda e todos ficavam ainda mais expostos e fracos. Havia pouco tempo para planejar um plano B se o A falhasse.

    Um dos homens de Quássia também recusava participar do plano de esconder-se no bunker, entre outro motivos ele afirmava não conseguir ficar horas quieto esperando, se soubesse que as sentinelas estariam ali. O rapaz diz simplesmente preferir a morte do que ficar sob controle das máquinas por mais um segundo sequer. Para piorar, ainda pediu (praticamente exigiu) que Doc implantasse um mecanismo suicida em seu cérebro, garantindo que não correria o risco de ser preso ou interrogado (ou coisa pior) pelas máquinas. Aquilo definitivamente era algo que Doc não queria fazer, mas o rapaz beirava a insanidade e era certo que se suicidaria se as máquinas chegassem mesmo tão perto, e Doc acaba aceitando preparar um pequeno dispositivo explosivo que podia ser detonado por comando de voz.

    - Faça de todo para não dar o comando, a menos que não reste mesmo nenhuma esperança. Por favor, não se precipite.

    Embora divididos, todos esforçavam para fazer algo ali. Os homens e mulheres mais saudáveis seguiam Fury, Quássia coordenava os mais-ou-menos hora pra ajudar Fury, hora para ajudar Doc, e os mais fracos (em especial crianças) mas que estavam em condição de trabalhar, faziam o que podiam para preparar o esconderijo.

    Com os teste preliminares, depois que as portas fossem fechadas, em apenas dois minutos a temperatura deles já seria quase indetectável e se não usassem NADA com bateria que não fosse INEN, também nenhuma máquina poderia deduzir que haviam seres vivos naquela área.

    O problema era convencer todos a abandonar QUALQUER coisa que tivessem fazendo em qualquer lugar que estivessem e partir para o esconderijo assim que dessem o sinal. Também não poderiam usar câmeras para ver o que acontecia de fora, pois as câmeras não eram INEN, teriam de ter paciência de esperar por horas até ser minimamente seguro dar uma espiada.

    Teriam também que ter o cuidado de desligar o maior número de maquinas que ficariam de fora a mais cedo possível, pois as IAs tinham que acreditar que aquilo estava abandonado a muito tempo, e que não valia a pena verificar a fundo por espaços vazios.

    O pior seria se alguma daquelas IAs encontrasse Zora, ela poderia falar que havia atividade humana até duas horas antes e aí é saber o quanto a programação das IAs estaria marcada para insistir na busca.

    Então finalmente chega o aviso das batedoras. Agora não era mais teoria, estavam vindo.

    - Então é isto!

    Doc pede para Danny e Quássia e quem mais esta julgasse capaz para dar uma volta no lixão vendo todo que podia ser desligado com antecedência, como era um trabalho relativamente leve, podiam usar os que fariam menos diferença em outros projetos. Porém era algo que precisava atenção e até uma dose de discrição.
    Kether
    Garou de Posto Cinco
    Kether
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2291
    Reputação : 91
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh34.png

    5. Deus Ex-Machina Empty Re: 5. Deus Ex-Machina

    Mensagem por Kether em Ter Ago 06, 2019 8:38 am

    @Dycleal: Por favor responda antes que eu poste a próxima ação a seguinte pergunta:

    - De quais formas estão a mente e a alma do seu personagem vulneráveis?
    Dycleal
    Antediluviano
    Dycleal
    Antediluviano

    Mensagens : 4591
    Reputação : 106
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    5. Deus Ex-Machina Empty Re: 5. Deus Ex-Machina

    Mensagem por Dycleal em Ter Ago 06, 2019 1:16 pm

    A vulnerabilidade da mente de Alma, é estar finalmente preocupado com alguém, embora não completamente. Existe um controle nesta ansiedade do cuidado. A sua alma está vulnerável no aspecto que ele acha que pode ser feliz com Márcia, embora também, não seja uma coisa impossível, pode parcialmente prejudicar seu julgamento.
    Kether
    Garou de Posto Cinco
    Kether
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2291
    Reputação : 91
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh34.png

    5. Deus Ex-Machina Empty Re: 5. Deus Ex-Machina

    Mensagem por Kether em Sex Set 06, 2019 10:08 am

    Os últimos dias se passaram corridos para todos no refúgio. Eles se preparavam para o ataque o que os mantinha muito do tempo ocupados e os trabalhos nunca paravam com a chegada do "povo de Quasia" foi possível criar grupos de trabalho que faziam revezamento em suas tarefas. Porém, Raymond podia perceber que o seu Oásis como chamava estava sofrendo uma divisão. Um lado queria lutar por sua vida e trabalhava noite e dia para fortificar o refúgio enquanto o outro seguia o doutor que pensava em desligar tudo e se esconder. A tensão começava a aumentar, ainda mais agora que sabiam que havia uma data e uma possível hora para acontecer o ataque.

    Alma começava a se sentir mais próximo a Marcia. Ele tinha uma devoção por ela quase que por uma deusa. A maior parte dos seus pensamentos e ações eram relacionadas a protegê-la de tudo e de todos. Nos últimos dias ele podia jurar que ela respondia aos seus avanços e tentativas de removê-la daquele estado mental inerte.

    Um pouco mais de uma hora havia passado desde que chegaram as notícias do ataque quando Alma ficou sabendo do que acontecia, o que era estranho pelo fato de Alma sempre saber o que acontecia no refúgio. Mesmo assim passou despercebido por ele saber que fora um dos últimos a receber a notícia, afinal nada era mais importante que Márcia.

    Quasia e Fury, que haviam se aproximado um pouco pois tinham pensamentos parecidos, pareciam liderar o grupo que desejava o combate. Doc Alex e Sharon encabeçavam o grupo que desejava desligar tudo e se esconder. Alma e Marcia estavam distantes, alheios ao que acontecia, quase numa realidade só deles. Raymond estava no ponto de interseção de tudo isso...

    Raymond que estava em sua sala/laboratório/oficina tentando colocar seus pensamentos em ordem e projetar um plano de defesa ouve uma gritaria, parecia uma briga. Ao chegar a porta ele vê Quasia, Fury, Sharon e Dany (esta última uma das ajudantes do Doc) e seus três patetas discutindo quase chegando as vias de fato. O tumulto era tamanho que da enfermaria Doc e Alma também conseguiam ouvir.

    O grupo em conflito se aproximava da sala de Raymond e todos podiam ouvir os gritos de Fury:

    - VOCÊS NÃO VÃO DESLIGAR A PORRA DO GERADOR! PRECISAMOS DAS LUZES PARA VER OS INIMIGOS SE APROXIMANDO! SE TENTAREM EU MESMO VOU ESTOURAR OS MIOLOS DE VOCÊS! E QUE SE F*** QUE FOI O DOC QUE MANDOU FAZER!

    - Calma Fury! Se partirmos para o combate não vamos vencer... Aquelas coisas não sangram, não sentem dor. Elas só avançam e avançam matando tudo o que se opõe a elas.
    - falava Sharon tentando trazer Fury a razão ou convencê-lo que os planos de Alexander eram o melhor a ser feito.

    - NÃO VOU FICAR PARADO COMO UM RATO ACUADO ESPERANDO PELO GATO! SE FOR PARA MORRER VOU MORRER DE PÉ LUTANDO! QUEM ESTÁ COMIGO?


    Uma parte significativa grita em resposta a Fury. O circo estava armado bem na frente da oficina de Raymond. A alguns metros dali na porta da enfermaria Doc e Alma podiam acompanhar tudo o que se passava.
    Leomar
    Mestre Jedi
    Leomar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1286
    Reputação : 23
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    5. Deus Ex-Machina Empty Re: 5. Deus Ex-Machina

    Mensagem por Leomar em Sab Set 07, 2019 12:07 pm

    O esforço para manter a enfermaria num ambiente mais calmo que o resto do lixão era hercúleo.

    Doc conversara com Ray sobre a tecnologia INEN, era o único alí que conseguia entender a importância dela, além de Doc. Ele fizera esforço para mostrar para Fury que era uma energia diferente da energia das máquinas comuns, mas se entender o INEN era difícil para mentes comuns, para um cabeça de lata como o Fury era impossível.

    Quassia confiava em Doc mas apenas como médico. Entendia que ele entendia desta tecnologia que os outros não entendiam, e no fundo torcia para que ele estivesse certo, mas não conseguia confiar o bastante crer que esta tecnologia superasse das sentinelas.

    Alexandre também não tinha tanto tempo para explicar como as coisas funcionavam, afinal tinha muita gente para atender. Só de próteses oculares bio-ciber foram vinte. Lux tinha garantido que ESTE tipo de prótese fosse as primeiras entrar no caminhão, e convencido Quassia a convencer Alex substituir seus dois olhos, para ter uma visão perfeita e telescópica. Quassia o considerava, além de bom motorista, um soldado eficiente e Alex fez a segunda cirurgia. Alex ganhou um pouco de simpatia de Lux por isto, mas ele era fiel à Quassia que confiava mais em Fury.

    O doutor ainda fez algumas substituições de braços, mãos e pernas. Lux, meio envergonhado, mas tentando parecer sutil, disse a Alex que "alguns" estavam preocupados se ele usaria isto contra eles, caso "alguns" preferissem seguir Fury.

    - Fique tranquilo, um dos motivos de eu gostar destas próteses, é que elas são à prova de interferência externa. Nem eu, nem Zora, nem as sentinelas ou qualquer outra máquina podemos interferir nas próteses de vocês a distância. Depois que eu ligo elas aos seus terminais nervosos, elas só obedecem à programação interna, que também não pode ser mudada por nenhuma outra máquina, e ao cérebro de vocês. Ainda que eu tivesse poder de desligá-las a distância, eu não o faria, minha ética médica é para tentar melhorar a vida de vocês, não interferir em suas escolhas.

    Agora Fury criava problemas, mais uma vez, e ameaçava atirar nos próprios sobreviventes, aquilo era algo que Doc tinha que intervir, e deixa a enfermaria para ir falar com Fury. Este já exaltado, obviamente não fica satisfeito em ver a cara de Doc.

    Os que tentavam falar em nome de Alex eram calados pelos gritos dos outros, mas a presença de Alex ainda impunha um pouco de respeito e as pessoas baixavam um pouco a voz.

    - Em primeiro lugar, já não pedi silêncio perto da enfermaria? Os doentes estão incapacitados de tomar parte na guerra, e continuarão incapazes se não receberem a melhor ajuda possível.

    Fury não se intimida:

    - ESCUTA AQUI, VOCÊ PODE SER O ÚNICO MÉDICO AQUI, MAS NÃO É UM SOLDADO, NÃO TEM CAPACIDADE PARA NOS PROTEGER DAS SENTINELAS.

    - Seja quais forem as minhas capacidades e as suas capacidades, vocês podem expo-las sem gritar.

    Fury abaixa o tom de voz, mas não se dá por vencido, apontando o dedo como se fosse uma arma.

    - Ninguém vai ficar no meu caminho, nem mesmo você, não importa o quanto pense que te devo algo.

    Doc também não se intimida, tentando manter a conversa num tom racional.

    - E vai atirar em mim?

    - Se for preciso, sim!

    - Neste caso você VAI morrer como um rato, pois quem mais vai verificar suas próteses? Ou esqueceu que você já tem mais metal que carne? Se me matar, sua única opção é o suicídio, pois ou se suicida enfrentando as sentinelas sem preparo, ou, mesmo se ganhar das sentinelas, suas próteses pararão em no máximo quatro dias, e será o mesmo que se você tivesse suicidado.

    Sem Doc, era verdade que Fury fatalmente morreria por falta de manutenção, talvez não quatro dias como ele falou, mas não demoraria. Doc tinha que "calibrar" Fury pelo menos uma vez por semana, e nos últimos dias, uma vez a cada três dias. Sem Doc, Ray poderia ainda remendar o amigo, mas mesmo assim ele duraria no máximo semanas.

    Spoiler:
    Quero usar frenezi mas não entendi bem o lance do bizarro, meu bizarro tá como 0, é só jogar 1d6?
    Leomar efetuou 1 lançamento(s) de dados 5. Deus Ex-Machina Dice (d6.) :
    5

    - Agora que me deram um minuto de suas atenções, escutem, pois não tenho tempo de explicar as coisas mais de uma vez: Primeiro, eu não preciso que desliguem toda a energia de todo o lixão, embora seria bom que fizessem isto, mas eu PRECISO de uma área sem nenhuma energia, e estou trabalhando nisto para que vocês tenham ESCOLHA.

    Se escolherem não confiar em meu plano, beleza, mas eu quero a minha área usando apenas energia INEN. Não querem desligar o gerador principal, ok, mas toda energia TEM que ser desviada para uma parte longe do espaço do bunker que eu escolhi. Esta área é uma das menores se contarmos com o espaço total, e até poucos dias atrás nem tínhamos acesso a ela. Além disto há uma parte do bunker controlada pela Zora e eu quero isolar MINHA área desta outra área, que podem usar a vontade. Portanto quem quiser meter os peitos pra cima das máquinas não pode dizer que não estamos dando espaço para vocês.

    E outra: quem confiar em mim e preferir se esconder, não estaremos totalmente no escuro. A tecnologia INEN é capaz de iluminar nossa área, e se eu não tivesse tantos me atrapalhando, poderia iluminar várias outras áreas com energia não detectável. O INEN não pode ser usado em qualquer coisa que precisa de energia, mas nos oferecerá uma pequena cota de energia que não dá pra explicar tudo.

    O que menos precisamos agora é nos jogar uns contra os outros, mas luto para que tenhamos direito de escolher como cada um pretende morrer. Se pudermos continuar trabalhando juntos, ainda que em planos diferentes, eu agradeço, caso contrário, me deem um caminhão e a tecnologia INEN, que será inútil para vocês, e quem quiser me seguir, procuraremos outro lugar e os deixaremos em paz.
    Dycleal
    Antediluviano
    Dycleal
    Antediluviano

    Mensagens : 4591
    Reputação : 106
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    5. Deus Ex-Machina Empty Re: 5. Deus Ex-Machina

    Mensagem por Dycleal em Sab Set 07, 2019 1:42 pm

    Alma olha a confusão ao redor e faz um gesto sutil para Doc, que queria falar com ele e fica mais invisível ainda ao dar alguns passos para dentro da enfermaria e espera o doutor vir falar com ele sobre uma ideia que teve para contornar a situação de balburdia que colocava em risco a sua Márcia.
    Bravos
    Antediluviano
    Bravos
    Antediluviano

    Mensagens : 3504
    Reputação : 240
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    5. Deus Ex-Machina Empty Re: 5. Deus Ex-Machina

    Mensagem por Bravos em Sex Set 13, 2019 11:48 am

    - CARALHO, FURY, VOCÊ TÁ COMENDO LIXO? - Chegou no meio da confusão, logo antes de Doc começar a tranquilizar as coisas. Enquanto os ânimos se acalmavam, Raymond tentava ver como poderia explicar melhor o plano do médico. - Vejam bem... Eu acho ótimo que estejam motivados para lutar com as máquinas. Nós vamos precisar disso. Mas nós não precisamos que vocês queiram bancar o super homem indo lá bater nelas. Até porque o merda do super homem morreu!

    Ele bufou. - Agora escutem, pois esta merda desse lixão é meu: nós vamos fazer uma frente ofensiva, uma defensiva e uma de proteção. A frente ofensiva irá ter armadilhas para as máquinas. Queremos que elas cheguem aqui pelo menos avariadas. Vamos fazer um destacamento para ir preparar isso a meio dia daqui. - Olhou para Fury, querendo que ele entendesse que isso seria a tarefa dele. - Armadilhas, ok? Explosivos, bombas de curto-circuito, etc. Não vamos sair na mão na frente ofensiva.

    Sentou-se numa pilha de aros de carro velha. - Depois, a frente defensiva é esse grande trabalho de reforço do portão que fizemos. O destacamento que preparou as armadilhas mais outras pessoas ficarão aqui defendendo o bastião até o último minuto possível. Vamos evitar mortes. Mortes dão trabalho e prejuízo, pois ficamos enfraquecidos. - Disse olhando para cada um que sabia que Doc havia implantado o sistema suicida.

    - Por fim, a frente de proteção, em que vamos usar a tecnologia INEN, que não é detectada, para sobrevivermos num ponto cego. Como Doc falou, é uma escolha. Quem quiser morrer com o cu rasgado por uma máquina, fique à vontade. Mas teremos espaço para todos. Hoje mesmo eu vou dar um jeito de desligar a Zora dessa área. Aliás, se tudo der certo, eu vou desligar é a IA completa. Também vou isolar o gerador de lá. - Coçou o queixo e então ficou de pé. - Entendam que ninguém tá sendo covarde aqui. Só estamos focando em não ser burros. Fury, conto com você para fazer as armadilhas avançadas. Meio dia de viagem. Não mais que isso, senão vão morrer vocês e nós todos aqui...
    Leomar
    Mestre Jedi
    Leomar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1286
    Reputação : 23
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    5. Deus Ex-Machina Empty Re: 5. Deus Ex-Machina

    Mensagem por Leomar em Dom Set 15, 2019 3:28 pm

    Parte da "população" tinha se acalmado, parece que as palavras de Doc surtiram efeito. Claro que não o bastante para Fury quietar o facho, mas suficiente para ele calar a boca enquanto Ray entra no assunto.

    Doc não queria ficar muito tempo fora da enfermaria, não gostava de ter que basicamente chantagear os outros para conseguir o que deveriam fazer pelo bom senso, mas era uma guerra. Ele percebe que o Alma queria falar com ele, então sai do meio da confusão e volta para a enfermaria.

    - Pelo menos você anda sendo discreto. Diga, o que quer?
    Dycleal
    Antediluviano
    Dycleal
    Antediluviano

    Mensagens : 4591
    Reputação : 106
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    5. Deus Ex-Machina Empty Re: 5. Deus Ex-Machina

    Mensagem por Dycleal em Dom Set 15, 2019 6:07 pm

    Alma espera paciente que o doutor volte sua atenção para ele e faz um gesto indicando que pode manobrar a mente de alguém que ele precise afim de realizar uma ação específica e aponta para Márcia e faz alguns gestos que indicam que ela precisa de sossego e segurança. Após essa comunicação gestual, ele recua para junto da sua amada.
    Conteúdo patrocinado


    5. Deus Ex-Machina Empty Re: 5. Deus Ex-Machina

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Set 19, 2019 10:30 pm