Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Ficha de Personagen

    Paulo Gorfo
    Cavaleiro Jedi
    Paulo Gorfo
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 248
    Reputação : 14

    Ficha de Personagen Empty Ficha de Personagen

    Mensagem por Paulo Gorfo em Seg Set 16, 2019 12:58 pm

    Vamos concentrar todas as fichas aqui.

    Não tenho nenhum modelo, portanto, fiquem à vontade.
    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 5423
    Reputação : 124
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Ficha de Personagen Empty Re: Ficha de Personagen

    Mensagem por Dycleal em Qui Set 19, 2019 10:24 pm

    Sandinus
    Wyrm
    Sandinus
    Wyrm

    Mensagens : 9118
    Reputação : 60
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Ficha de Personagen Empty Re: Ficha de Personagen

    Mensagem por Sandinus em Qui Set 19, 2019 10:57 pm

    Menephet XIII, O Caído

    Sem Armadura:

    Ficha de Personagen Cardar10

    Com Armadura:

    Ficha de Personagen Bb74d93173eeafe9ad5e005028cdd63b

    Considerem que essa imagem dele, é a de cima só que com armadura.
    Sandinus
    Wyrm
    Sandinus
    Wyrm

    Mensagens : 9118
    Reputação : 60
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Ficha de Personagen Empty Re: Ficha de Personagen

    Mensagem por Sandinus em Qui Set 19, 2019 10:57 pm

    Sailor Paladina
    Mutante
    Sailor Paladina
    Mutante

    Mensagens : 573
    Reputação : 27

    Ficha de Personagen Empty Re: Ficha de Personagen

    Mensagem por Sailor Paladina em Qui Set 19, 2019 11:57 pm

    Alterado por Paulo Gorfo

    Ficha repostada abaixo.
    Obsservador
    Mutante
    Obsservador
    Mutante

    Mensagens : 549
    Reputação : 15

    Ficha de Personagen Empty Re: Ficha de Personagen

    Mensagem por Obsservador em Sex Set 20, 2019 10:49 am

    Alterado por Paulo Gorfo

    Ficha repostada abaixo.
    Gelatto
    Adepto da Virtualidade
    Gelatto
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1894
    Reputação : 55
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh25.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh19.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh38.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh46.png

    Ficha de Personagen Empty Re: Ficha de Personagen

    Mensagem por Gelatto em Seg Set 30, 2019 4:42 pm

    ABADON
    Ficha de Personagen Fallen-paladin-1

    Ficha: https://www.myth-weavers.com/sheet.html#id=2016798

    História:

    Arsinoe vivia no plano celestial. Ela nasceu amaldiçoada, carregando as características de ambos os sexos. Ela não era nem mulher e nem homem, mas uma nativa do plano Celestial. Havia uma profecia sobre seu nascimento de que ela seria responsável pela ruína da Corte Celeste. Sacrificá-la nunca foi uma opção na corte e foi decidido que ela seria criada na Corte Celeste e cresceria sob tutela dos mais dignos, sendo orientada para o caminho da virtude. A profecia se tornou um tabu onde poucos saberiam dela, sendo que com o passar das décadas a profecia caiu no esquecimento. E foi quando esqueceram da profecia que Arsinoe começou a ouvir sussurros em um idioma alienígena vindos de lugar nenhum.

    Estes sussurros incompreensíveis lhe tiravam o sono. No início achou que eram apenas pesadelos, depois começou a ouví-los quando acordada. Procurou nos estudos uma forma de entendê-los, tinha medo de estar sofrendo de alguma loucura. O máximo que conseguiu foi compreender este idioma alienígena. E este foi o primeiro passo para duvidar da própria fé. Os sussurros a fizeram abrir os olhos. A Corte Celeste vivia uma falsa utopia.

    Desconhecendo com clareza o certo ou errado, começou a pregar contra a fé celestial. A Corte Celestial era aberta a interpretações da sua fé única, e os questionamentos de Arsinoe eram tidos apenas como a curiosidade de uma jovem. Aos poucos foi adquirindo adeptos das suas teorias e pregações. E estes começaram a ouvir e dar ouvidos aos mesmos sussurros que Arsinoe era atormentada. E com isto veio a cisão.

    Arsinoe e seus seguidores se levantaram abertamente contra a fé celestial, convictos de que ela deveria ser desfeita e os grilhões desta fé quebrados. Os ânimos se exaltavam dia após dia, até que a Corte Celestial decidiu impor seu domínio através do seu braço armado, conhecido como O Crepúsculo Prateado. Foi uma caça às bruxas e a facção herege derrotada e Arsinoe presa. E foi neste momento que alguém se lembrou da antiga profecia sobre a garota amaldiçoada. Arsinoe foi julgada sem direito a defesa e banida do plano celestial para o submundo dos planos, onde jurou retornar e salvar o reino celestial deles mesmos. E neste momento, Arsinoe parou de ouvir os sussurros.

    Abandonada pelo seu povo, apagada da história da Corte Celeste, e esquecida pela entidade tentacular que lhe mostrou a verdade deste mundo, com sua fé abalada, Arninoe, a Herege, vagou pelo submundo, os domínios de Plutón, como uma força destruidora sem objetivo claro.

    Isso foi há séculos.

    Hoje, os deuses precisam de ajuda de heróis do passado. Escolhidos dentre as eras e planos, eles selecionaram os mais capazes para quebrarem os selos que os impedem de voltar para o mundo mortal e serem novamente adorados. Entre os escolhidos temos Arsinoe, uma poderosa força do passado que busca busca redenção pelos seus atos.

    Escolhida pela deusa Minerva, sob permissão de Plutón, Arsinoe foi trazida de volta ao plano dos mortais para salvar os deuses e ser perdoada de seus atos. Mas antes, a pedido da própria Minerva, o deus Vulcanus forjou um item de poder para a campeã dos deuses, uma armadura negra. Mas não foi uma forja comum, Vulcanus a forjou diretamente no corpo de Arsinoe, fundindo carne com metal e fogo. E assim, Arsinoe, uma força para os deuses retornou ao mundo mortal com a promessa de voltar para seu plano celestial se ajudasse os deuses.

    Arsinoe não é uma heroina, nem adoradora dos deuses, nem alguém que se possa dialogar. Ela é uma força destruidora enviada pelos deuses com uma missão e a única recompensa que deseja. Nesta nova vida, Arsinoe, a Herege, adotou o nome de Abaddon, a Destruidora.
    Katerine Le Blanc
    Troubleshooter
    Katerine Le Blanc
    Troubleshooter

    Mensagens : 860
    Reputação : 15
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Ficha de Personagen Empty Re: Ficha de Personagen

    Mensagem por Katerine Le Blanc em Seg Set 30, 2019 4:47 pm

    Katerine Le Blanc
    Troubleshooter
    Katerine Le Blanc
    Troubleshooter

    Mensagens : 860
    Reputação : 15
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Ficha de Personagen Empty Re: Ficha de Personagen

    Mensagem por Katerine Le Blanc em Seg Set 30, 2019 6:49 pm

    Antes de morrer
    Ficha de Personagen Images?q=tbn%3AANd9GcT2WtMZJ_71KZOTfYTG4yNFk2Es6725cNnxUfVFtdlQIU4yJwby

    Atualmente
    Ficha de Personagen Images?q=tbn%3AANd9GcSjh4G5y6EfNwo6YGVulnVPtUdmf6Eqp7ImOJH_qbAtWKLSrXGI

    Crowlley, o Demônio:
    O Tiefling era conhecido por alguns como a cobra que deu a maçã para Eva ao qual levou a tentação do mundo e sendo assim tem mais de 100 anos, na época o mesmo era um excelente servo e sendo assim decidiu que iria viver na terra e com os anos ele e seu inimigo mortal foram se acostumando o que deixou a mente de ambos acostumadas com o modo de viver dos humanos e sendo assim ele era muitas coisas vivendo no meio dos humanos passou de imperador da Grécia e até mesmo apenas uma pessoa comum.

    O Começo: Éden

    Crowlley e Aziraphele são duas raças opostas que deveriam fazer guerra entre si e os outros, porém, o Tiefling Crowlley foi quem deu a Eva a maçã do Éden e Azirahele os deus uma espada para que eles pudessem se proteger e foi quanto os dois perceberam que ambos tinham muitas coisas em comum mesmo se odiando eles tentavam se evitar por muito tempo para que nenhum dos dois se machucassem, porém, Crowlley acabou se fixando na Grécia.

    Seu Império: Grécia

    O Tiefling nesta época decidiu mudar seu nome para Anthony Jay Crowlley e acabou se tornando um imperador impetuoso na Grécia onde ele decidiu ficar de vez por um bom tempo, porém, na mesma época Aziraphele acabou se encontrando com o demônio só que desta vez como um preso em seu reino devido ao mesmo estar usando uma roupa do Império Aquemênida. Como de costume Crowlley logo sabia que ele seria solto porque o mesmo seria justo e mesmo assim um pouco bruto com ele já que os dois tinham pensamentos opostos, porém, de um jeito ou de outro eles sabiam que não poderiam mais ficar ali e sendo assim os dois decidiriam sair da Grécia sem rumo o que facilitou para novo imperador da Grécia em achá-los.

    O fim?

    A viagem deles era longa e mesmo ambos sem fome uma hora eles tinham que ceder e parar em uma cidade próxima para poderem comparar algo para comerem e beberem e foi exatamente o que aconteceu e sendo assim o pequeno vilarejo parecia convidativo para Aziraphele que não hesitou e entrou em uma taberna ao contrário de Crowlley que observava as pessoas se perguntando o que elas queriam com os olhares de estrangeirismo.

    Mesmo estranhando os olhares ele adentrou a taverna tentando procurar por Azirapehele, porém, o mesmo não estava ali fazendo o Tiefling arquear seus olhos sem entender o que estava acontecendo e com rapidez ele resolveu sair da taverna para procurar o mesmo pelo lado de fora e assim que ele saiu pode ver guardas da Grécia correndo em sua direção.

    Com seus poderes de bruxo ele tentou de todas a maneiras se defender e sair da cidade com rapidez, porém, um dos humanos chamado de Haseid foi mais esperto e deixou que o mesmo corresse até a estrada em quanto ele o esperava e no momento certo o paladino acabou empunhando sua espada e o acertando no coração matando o Tiefling rapidamente.

    Deuses:
    Sailor Paladina
    Mutante
    Sailor Paladina
    Mutante

    Mensagens : 573
    Reputação : 27

    Ficha de Personagen Empty Re: Ficha de Personagen

    Mensagem por Sailor Paladina em Sex Out 11, 2019 12:08 pm

    Ficha revisada:

    Crisanta a Penitente

    Histórico:

    Crisanta veio de uma família modesta e religiosa em uma pequena cidade de um condado sem importância nos dias de hoje. Atendendo a um chamado dos Deuses para iniciar uma cruzada do bem contra o mal em nome deles, a jovem aceitou, mesmo a contragosto de sua família, que esperava que seu filho  mais velho Esdras, tivesse sido escolhido. Ser deserdada e cair em desonra não a impediu de seguir seu destino. Tyr guiou sua paladina para livrar o mundo de todo o mal que encontrava pelo caminho. A princípio, sua dedicação era inabalável, sempre pondo a vida dos outros a frente da sua, sendo um exemplo de humildade e justiça. Contudo, a medida que lutava contra o mal, percebia que este parecia não ter fim. Todos os dias em suas orações, Crisanta se perguntava se um dia sua missão teria um fim, mas seu deus não lhe respondia isso. Determinada a seguir em frente mesmo em meio as dúvidas e adversidades, sua fé foi abalada quando Crisanta viu uma vila que jurou proteger ser destruída diante dos seus olhos, enquanto ela incapacitada, nada podia fazer. Tendo sido deixada para morrer na vila incendiada, ela terminou sendo resgatada por pessoas que conseguiram escapar a tempo e retornaram pra ajudar quando viram os bandidos fugirem.

    Após algumas semanas, restaurada e capaz de lutar novamente, Crisanta partiu atrás daqueles que lhe trouxeram ira. Mas ao contrário da outra vez, ela não lhes dispensou piedade. Matou a todos com requintes de crueldade. Ver o sangue de seus inimigos em suas mãos lhe trouxe sensação de vingança cumprida. E ela não quis parar ali. Não havia sentido esperar que os criminosos se arrependessem. Precisavam pagar pelo ato vil que cometeram com a morte. Tyr já não respondia as suas preces nem lhe concedia suas magias divinas. Contudo, Crisanta entendia aquilo como motivo para continuar o que fazia, só que com mais afinco. Praticava auto-flagelação, pois encontrava na dor, a motivação pra continuar. E assim ela continuou trazendo o terror para todos os que tivessem o coração corrompido pelo mal (sob sua própria ótica distorcida), muitas vezes matando de maneira sanguinária quem pouco fez pra merecer mortes tão horríveis. Um dia sua própria justiça veio até ela na forma de um ser celestial que lhe mostrou todos os seus caminhos errados. E foi com a mesma impiedade que a paladina caída dispensou aos seus inimigos, que ela teve seu coração negro removido e sua alma banida para o inferno.

    Passando uma eternidade no inferno para pagar por seus crimes, Crisanta acabou por receber uma segunda chance de Tyr. Seu deus explica que a paladina caída precisava restaurar a fé de um mundo que havia perdido contato com os deuses, pelas mãos de um mortal tolo o bastante para os desafiar. Contudo àquela altura, Crisanta servia Asmodeus, eliminando seus desafetos nos Nove Infernos. Interessado em ter influência no tal mundo sem deuses, o Lorde Surpremo dos Nove Infernos aceitou numa aliança improvável reviver Crisanta em tal mundo, patronizada por ninguém menos que seu antigo deus. Tyr não via vantagem em mandar uma assassina sanguinária para cumprir seus objetivos, portanto apagou boa parte da memória de Crisanta enquanto estava nos infernos para que ela lembrasse apenas dos momentos horríveis a que havia sido submetida. Todas as suas conquistas por Asmodeus sendo removidas. O momento de sua morte e banimento em punição pelos seus atos cruéis também haviam sido restaurados. Completamente mudada, com as lembranças de seu passado, Crisanta, a Penitente agora empunhava "Mea Culpa", uma espada que absorvia a corrupção a transformando em lágrimas que purificavam seu coração enegrecido. Seu rosto coberto por uma máscara metálica escondia o tormento da pessoa por trás dela.

    Imagem:
    Ficha de Personagen L2ib9ks

    Ficha:
    Spoiler:
    Ficha de Personagen N5mzrwL

    Spoiler:
    Ficha de Personagen MUAtsBQ

    Spoiler:
    Ficha de Personagen IRXOLNN
    Obsservador
    Mutante
    Obsservador
    Mutante

    Mensagens : 549
    Reputação : 15

    Ficha de Personagen Empty Re: Ficha de Personagen

    Mensagem por Obsservador em Sex Out 11, 2019 1:57 pm


    Ficha de Personagen Halthie

    Ficha: Brandal Penelyon

    Background:

    Penelyons

    Você poderia considerar que perder os pais ainda criança é uma tragédia que marca uma pessoa para toda a vida, mas Brandal Penelyon é um pequenino de sorte e charme desde o nascimento mesmo tendo tal perca. Parece grosseiro, mas tente compreender o que vou lhes dizer.
    Ainda bebê o jovem halfing perdeu sua família, ele era uma bebê então logicamente não se lembra de nada do acontecido. Daí graças a todo o seu charme natural (principalmente o sorriso encantador de uma pequenino halfling risonho) foi adotado por uma nobre e rica família: Os Penelyon’s.
    Os Penelyon’s são uma família rica, nobre e audaciosa. Seu ramo de negócio é o furto. Sim isso mesmo, roubar das pessoas alheias. Mas não deixe este fato lhe enganar: eles são ainda são nobres o suficiente para sentar-se ao lado da realeza na maioria dos jantares oficiais e ainda assim não levantarem suspeitas ou temores. Este fato se deve à organização da família Penelyon. Estes não são meros ladrões de esquina, Os Penelyon’s são os verdadeiros Reis do Crime na capital de Golarion. Uma guilda de formação e usufruto de ladrões, sendo os responsáveis por toda a alta trama da capital e pelo treinamento de novos recrutas promissores. Furtos de baixo escalão estão aquém do interesse da família Penelyon que volta sua atenção para valiosas obras de arte (Não necessariamente pelo valor monetário mas pela arte em si), preciosas gemas únicas (novamente não necessariamente pelo seu valor monetário) e estratagemas de negócios excusos.
    Este último sim é o ganha pão da família, aquele que paga realmente as contas e faz com que as portas do palácio sejam abertas e as trombetas tocadas quando de sua chegada formal. Os Penelyon’s são conhecidos por serem comerciantes e negociantes de alto escalão, possuem contato direto com comerciantes anões e elfos de alto padrão, são responsáveis pela distribuição de água na cidade, boa parte do comércio na região esta ligado aos seus negócios e inclusive possuem a maior parte do terreno chamado de Praça do Comércio da capital (cujo alugam para outros comerciantes a um preço camarada).
    Brandal Penelyon

    O jovem Brandal fora acolhido nesta família como filho de Margaret Penelyon (humana rica charlatã) que se encantou com o jovem pequenino ainda bebezinho  e  desde então viveu em suas terras, uma mansão com mais de 100 quartos localizada nas terras atrás da montanha, famosa pela plantação de frutas. Lá também havia a sede da Guilda dos Ladrões (da cidade), um nome comum e nada criativo concordo mas ajuda a manter a aparência de mundana e não fazer pontos com os Penelyon’s.
    Lá Brandal aprendeu que o roubo nada mais é do que uma brincadeira e assim ele acreditou por muitos anos. Brincando de roubar, pregar peças, mentir e falsificar tudo com um tom jovial e inocente. Só quando atingiu a maioridade e viajou foi que a realidade foi ao seu encontro, ele nunca havia saído da fazenda, como poderia pensar diferente?
    Fugiu com outros para um roubo a uma obra de arte. Era uma descoberta antiga, pré-elfica e anã sobre um gigante esqueleto de dragão enterrado nas terras draconianas. Algo sagrado os locais mas que, na mão de certos necromantes, poderia vir a tornar-se uma arma inigualável. Os Penelyons desejavam tal esqueleto e por meio de diversas estratagemas haviam conseguido comprar uma terra próxima do terreno sagrado, tudo com o objetivo de roubar os ossos draconianos. O roubo também possuiria conseqüências além da invasão religiosa, o corpo do dragão era tão gigantesco que praticamente envolvia toda a montanha, sua retirada desestabilizaria não só as rochas e a neve no topo mas também mudaria totalmente a estrutura ecológica da região. Algo que os Penelyons não se importavam, mas Brandal sim.
    Não foi fácil mas ele conseguiu desestabilizar a estratagema assim que descobriu os interesses, colocou nas próprias mãos também diversos documentos e estratagemas dos Penelyons sobre uma grande parte de negócios escusos.
    Sentindo-se enganado ele dedicou sua vida a colocar em ordem as males que os Penelyons haviam feito no mundo. Uma batalha que custou décadas de sua vida mas que salvou muitas outras. Sua relação com os Penelyons ficou abalada pois logo mais sua real identidade ficou conhecida.
    Para aqueles que conhecem o nome por trás da máscara ele é Brandal Penelyon, para os demais: Tuxedo Mascarado
    Brandal nunca chegou a conseguir desmantelar todas as armações dos Penelyon’s mas ajudou muitas pessoas no decorrer do tempo. Apesar de sempre ter agido à margem da lei ele também nunca chegou a ser preso, muito devido aos seus contatos tanto no submundo quanto na guarda local.
    Perambulando nos dois lados da Lei, era óbvio que um dia a casa cairia para o Texudo Mascarado: talvez tenha sido uma armação, talvez tenha sido uma falta de sorte do sortudo halfling, fato é que durante uma incursão para recuperar uma Lucky Blade  (https://www.dndbeyond.com/magic-items/luck-blade) das mãos de um carrasco da Penelyon’s. Brando falhou pois o adversário conseguiu sacar a espada, o que fez com que toda a construção desabasse em cima de ambos. Empunhando a espada ele poderia ter escapado, mas Brando foi ágil o bastante para garantir que ele não conseguisse realizar seu desejo a tempo. No fim, ambos morreram esquecidos e soterrados abaixo do templo e da montanha com a espada velando seus túmulos.

    Deuses:

    Artefato:

    +3 Lucky Blade
    espada curta
    Recharge de 1 desejo/ mês
    + detalhes a verificar com o mestre
    Conteúdo patrocinado


    Ficha de Personagen Empty Re: Ficha de Personagen

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex Dez 13, 2019 7:12 pm