Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Ramona - a conversa

    Christiano Keller
    Adepto da Virtualidade
    Christiano Keller
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1760
    Reputação : 70
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Ramona - a conversa Empty Ramona - a conversa

    Mensagem por Christiano Keller em Sab Out 12, 2019 10:07 pm

    @Srta. Moon

    Ramona havia sido acompanhada de Kore dentro das dependências da arena até uma parte superior. A qualidade do ar era melhor, mais fresca e sem o cheiro das celas. O piso era mais limpo e de melhor qualidade, ali era possível ver os desenhos no chão e nas paredes. Os móveis eram melhores, até os guardas estavam mais limpos. Sem algemas e apenas com a roupa do corpo Ramona e Kore caminhavam até uma sala com nobres. Ainda na porta, Kore faz um sinal para Ramona esperar. Kore entra apenas até a porta da sala e diz:

    -Dominus. Kore balança a cabeça e retorna até um arco de porta de outra sala. Logo surge Batiatus e faz sinal para que Ramona entre na sala e aponta outro local para Kore.

    - Ramona o que está acontecendo? Precisamos de um show para as pessoas, você sabe disto. Batiatus olhava intrigado para Ramona.
    Srta. Moon
    Antediluviano
    Srta. Moon
    Antediluviano

    Mensagens : 3671
    Reputação : 28
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Ramona - a conversa Empty Re: Ramona - a conversa

    Mensagem por Srta. Moon em Seg Out 14, 2019 1:11 pm

    -Senhor, gosto de me apresentar para os demais já me acostumei com isso, e provavelmente tenha que improvisar já que minha parceira de apresentação está machucada, o Senhor não poderia deixa-la em uma cela melhor mais limpa arejada e uma alimentação melhor, para ajuda-la a recuperar mais rápida pode tirar da minha parte, eu só peço isso ao senhor, logo vou lutar com quem mandar, já que achas divertido me ver lutar com um leão que seja, se achar que vai ter uma grande apresentação me fazer enfrentar o gigante que assim seja, mas percebo que alguém quer me ver morta, já que está me colocando contra desafios além das minhas capacidades e para o que fui treinada...

    Até aquele momento estava a falar de forma audível a seu pai, provavelmente alguém estaria escutando aquela conversa, mas antes dele falar algo ela chegava perto muito perto, para cochichar no ouvido do Batiatus.
    -Tome cuidado, as escravas e escravos estão fazendo especulações maldosas a nosso respeito, até o Doctore começou a ter interesse sobre o assunto me ameaçando que descobrirá de qualquer forma o que temos em comum... Acho que o senhor deveria fazer algo, não temo pela minha vida sou apenas uma escrava inútil um objeto de apresentação, mas temo por sua vida pelo que percebi há muitos que querem ver o Senhor na miséria ou caído na desgraça de um escanda-lo, sem contar que são oportunistas...

    Voltava a afastar-se do seu pai o encarava com um pouco de preocupação.
    -Tenho medo de lutar de verdade, viu o que aconteceu da ultima vez eu quase morri na arena, agora enfrentar um leão eu não sei ao certo, mas acho que o Doctore esta testando o senhor... Não me mande mais uma alimentação especial, deixe que ele decida minhas lutas, provavelmente ele vai me colocar em situações difíceis para que eu me machuque ou morra "acidentalmente" por ser um estorvo...Mas paciência assim acho que vão parar com as especulações... E meu ultimo pedido se é que isso pode ser possível, não quero participar de nenhuma festa, diga que estou doente, tenho medo daquele maldito do Aemilipos que tentou me pegar a força...



    OFF: arrumar um lugar melhor para minha aliada, fugir da festa e me sacrificar enfrentando leões fazer o que ...não se pode ter tudo...eu por mim pulava o muro e saia correndo ....
    Christiano Keller
    Adepto da Virtualidade
    Christiano Keller
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1760
    Reputação : 70
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Ramona - a conversa Empty Re: Ramona - a conversa

    Mensagem por Christiano Keller em Ter Out 15, 2019 3:44 pm

    Batiatus olha para a Ramona enquanto a escuta falar. De tempos em tempos Batiatus confere a sala e olha para as janelas. Os hábitos estranhos de Batiatus não incomodam Ramona, porém parecia que ele não prestava atenção à conversa quando na realidade está prestando atenção em detalhes.

    - Lutar contra um leão seria um bom show. Sua parceira não poderá trabalhar então após o Leão comê-la podemos suspender a luta. Você apenas teria que ser mais rápida que uma manca. Batiatus fala baixinho:

    - Ela é apenas uma escrava, não me diga que você tem um vínculo emocional com ela, tem? Batiatus passa a mão sobre o rosto e completa: Certamente você já tem algum vínculo emocional com a mercadoria. Precisa ser mais que isso Ramona. Batiatus olha para os lados novamente antes de adicionar:

    - Você é uma escrava até conseguir resolver outros problemas, uma que eu escuto além do Doctore. Não escuto outras pessoas, ainda mais uma mulher. Lógico que as pessoas pensarão que temos algo, Lucrécia deve pensar que estou te comendo desde os 12 anos. Só que você é importante pra mim. Batiatus passa a mão no queixo como se estivesse pensando.

    - Quer um treinamento no ludus? Ai vocês duas poderiam ir pra lá e começarão a lutar contra guerreiros de verdade. Batiatus parece gostar da ideia de enviar Ramona para o ludus. Não vou deixar você morrer, mas precisa manter o segredo. Lucrécia ficará brava se descobri quem você realmente é. Quando Ramona fala sobre a festa, Batiatus comenta: Uma festa seria algo muito bom. Pessoas da sociedade podem participar, poderia exibir você para todos. O Aemílipos é um homem de poder, se você ficasse com ele teria sido mais fácil, mas não vou deixar abusarem de você sem permissão. Batiatus parecia pensativo, comentou apenas sugestões mas não decidiu nada.

    - Precisamos de um show Ramona, sem um show você não pode ficar aqui. A vida é cheia de horrores, ao verem uma pessoa ser comida de leão o publico vibra. Se não for para lutar contra um monstro, o que você quer? Batiatus estava curioso sobre os interesses de Ramona.
    Srta. Moon
    Antediluviano
    Srta. Moon
    Antediluviano

    Mensagens : 3671
    Reputação : 28
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Ramona - a conversa Empty Re: Ramona - a conversa

    Mensagem por Srta. Moon em Qua Out 16, 2019 1:30 pm

    Ficava envergonhada com algumas insinuações, mas percebia em boa parte nas palavras do Batiatus que ele já sabia o que fazer com ela, e havia planejado a luta, mas agora só estava vendo a melhor forma de lucrar, sentia um pouco de nojo em saber que estaria na festa e muito provavelmente em um possível leilão, servir alguém não era nada, desde que mantivesse as mãos longe dela, mas isso era praticamente impossível, depois de alguns copos de vinho os convidados perdiam a noção das coisas e dependendo do dono da festa tudo era valido, temia por Lucrécia estar planejando alguma maldade para ela por causa de seu ciúmes descabido, com um pouco de tristeza o respondia.

    --Não vou mais incomoda-lo senhor, só tome cuidado com o Doctore, ele me parece ambicioso demais e está procurando um meio de ganhar alguma vantagem sobre o senhor...Já falei que aquele assunto vai para o tumulo comigo só por temer que alguém venha a fazer alguma maldade contra o senhor, eu não quero isso por mais que esteja "permanentemente" nesta situação de escrava não guardo rancor contra o senhor... Marina é minha única amiga, treinamos juntas a muito tempo a tenho como uma irmã, nada mais que isso, temos uma sincronia para as apresentações...

        Andava pela sala vendo o lugar e percebia que o mesmo era bonito, além de confortável o ar ali era respirável e bem melhor.

    -Que seja assim meu senhor, vou lutar contra o leão, e não incomoda-lo mais, isso pode alimentar a falsa suspeita dos demais e eu não quero ser alvo de vingança de sua senhora... Quanto a festa espero que o senhor saiba o que esta fazendo, eu posso servir, dançar e fazer alguma apresentação, mas nada de toques ou deitar me com alguém...

      Parava frente ao Batiatus o encarava triste.
    -Eu queria ser livre, eu não entendo os motivos de estar aqui, tenho medo desta cidade, aqui é muito perigoso, você deveria me enviar para outra propriedade sua me deixar viver livre ou trabalhar em outra tarefa apenas, se não deseja isso poderia deixar eu me apresentar em uma arena qualquer de uma província insignificante para não chamar muita atenção dos seus rivais, mas aqui me expondo como uma escrava virgem em uma festa como objeto para ser leiloada e vendida para quem pagar mais não acho muito sensato...Se for assim prefiro não retornar da minha luta contra o leão...Deve me prometer que estarei em segurança, viu como seus convidados ficaram me encarando insinuando que não sirvo para lutar só para outra coisa, não vou permitir que me forcem a nada, sem contar o Aemílipos, eu tenho e do dele, ele parece um lobo faminto...


    OFF: Usar de alguma pericia social para melhorar minhas chances de luta contra o leão, coloca um leão velho manco ai também, vai que eu consiga amolecer o coração do papai huahauhauahu
    Christiano Keller
    Adepto da Virtualidade
    Christiano Keller
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1760
    Reputação : 70
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Ramona - a conversa Empty Re: Ramona - a conversa

    Mensagem por Christiano Keller em Qua Out 16, 2019 2:34 pm

    Batiatus escuta as palavras de Ramona e diz:
    Ramona escreveu:-Não vou mais incomoda-lo senhor, só tome cuidado com o Doctore, ele me parece ambicioso demais e está procurando um meio de ganhar alguma vantagem sobre o senhor...Já falei que aquele assunto vai para o tumulo comigo só por temer que alguém venha a fazer alguma maldade contra o senhor, eu não quero isso por mais que esteja "permanentemente" nesta situação de escrava não guardo rancor contra o senhor... Marina é minha única amiga, treinamos juntas a muito tempo a tenho como uma irmã, nada mais que isso, temos uma sincronia para as apresentações...

    - Amiga? Suspiro. Tá bom, mas não fique amiga da mercadoria. Isso não dá certo pois muitos deles só querem te ferrar. Batiatus estava se dando por vencido para atender a filha.

    Ramona escreveu:-Que seja assim meu senhor, vou lutar contra o leão, e não incomoda-lo mais, isso pode alimentar a falsa suspeita dos demais e eu não quero ser alvo de vingança de sua senhora... Quanto a festa espero que o senhor saiba o que esta fazendo, eu posso servir, dançar e fazer alguma apresentação, mas nada de toques ou deitar me com alguém...

    - Não vai lutar contra o leão não. Sabe quanto custa um leão? São animais caros e precisam de muita comida. Escravos imprestáveis só custam dinheiro e servem melhor como comida de leões. Então poderia dar de comer ao leão, reduzir meus custos com alimentação e custos com uma escrava que não trabalha. Mas se ela é sua amiga, não vai dar certo. Tira a ideia do leão da cabeça. Suspiro. Sobre a festa, é a melhor ideia que tenho pra te apresentar para alguém que possa cuidar de você. Se puder passar você pra alguém que vai te assumir e cuidar, não teria mais problemas com... você sabe. Batiatus estava realmente tentando ajudar Ramona e havia um certo receio de Lucrécia descobrir. Sem filhos com Lucrécia, Ramona poderia ser a herdeira do Ludus no lugar de Lucrécia.

    Ramona escreveu:-Eu queria ser livre, eu não entendo os motivos de estar aqui, tenho medo desta cidade, aqui é muito perigoso, você deveria me enviar para outra propriedade sua me deixar viver livre ou trabalhar em outra tarefa apenas, se não deseja isso poderia deixar eu me apresentar em uma arena qualquer de uma província insignificante para não chamar muita atenção dos seus rivais, mas aqui me expondo como uma escrava virgem em uma festa como objeto para ser leiloada e vendida para quem pagar mais não acho muito sensato...Se for assim prefiro não retornar da minha luta contra o leão...Deve me prometer que estarei em segurança, viu como seus convidados ficaram me encarando insinuando que não sirvo para lutar só para outra coisa, não vou permitir que me forcem a nada, sem contar o Aemílipos, eu tenho e do dele, ele parece um lobo faminto...

    - Livre, mas se isso acontecer podem descobrir o que há entre nós. Você deve ter medo da cidade, da vida pois os horrores deste mundo são muitos e ainda há o desconhecido. A vida é cruel e você precisa ser uma dominadora ou será uma escrava. Batiatus estava sério enquanto falava sobre os horrores. Enviar você para outro lugar? Mas ai ficará longe de meus cuidados? Como era o nome daquele velho estranho que faz a contabilidade? Ele te ajudou quando pequena? Acha que ficaria melhor com ele? Está disposta a correr este risco? Batiatus parecia disposto a enviar Ramona para outro lugar com o contador, talvez até com sua amiga. Porém tinha receio de que Ramona ficaria longe de sua proteção.
    Srta. Moon
    Antediluviano
    Srta. Moon
    Antediluviano

    Mensagens : 3671
    Reputação : 28
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Ramona - a conversa Empty Re: Ramona - a conversa

    Mensagem por Srta. Moon em Qui Out 17, 2019 1:22 pm

    -Tomarei cuidado, Senhor...
    Permanecia parada o encarando, tentava ler suas intenções nas entrelinhas do que respondia a ela.

    -Já falei que não vai dar certo isso, alguém vai fazer algo que não vai agradar ao senhor ou pior pode alguém com mais poder e influencia obrigar ao senhor a fazer algo que não queira...Não quero que o Senhor ganhe mais inimigos por causa de uma bobagem que poderia ter sido evitada...Não podemos simplesmente esperar que tudo vai dar certo, por que não vai olha o que aconteceu  na ultima festa...Diga que estou indisposta pois comi algo estragado por isso estou doente e ninguém vai querer uma pessoa vomitando na frente dos nobres ...


    Analisou com cuidado e calma o seu ultimo comentário tanto é que demorou alguns minutos para responde-lo.

    -O Senhor Bartolomeo Pacioli? Ele é gentil, me ensinou muita coisa...Percebo que se me afastar do Senhor estarei correndo perigo, mas na sua presença também corro o mesmo perigo vindo de sua senhora... Mas pelo visto estarei sempre em perigo não importa onde esteja ou vá...

    Ela começava andar pela sala agora chegava novamente perto do seu pai, e falava baixo para ele escutar.

    -Vou sempre apoiar o senhor em suas decisões, desde que não me coloque em perigo, me case com o Bartolomeo, um casamento falso nos mande para outra província junto com minha amiga, diga aos demais que perguntarem que seu velho amigo precisa descansar e de uma mulher para cuida-lo. O senhor deveria dar plenos poderes administrativos a ele da casa, todos deveriam respeitar sua decisão e escolhas se me mandar para outro lugar no qual é administrado por outra pessoa que não lhe diz respeito sobre seus atos provavelmente ele acobertaria o que faria comigo na província já que sou uma escrava não teria motivos para relatar o que faz ou deixa de fazer sobre sua administração...

    Ainda permanecia imóvel a falar baixo.

    -Não quero seu ouro e sua riqueza, respeito a Senhora sua esposa e desejo que ela tenha um filho logo, só quero minha liberdade, mas se não der continuarei sua escrava, só me mande para uma província que o senhor tenha alguma casa já esquecida, abandonada bem longe, que esteja dando lucro ao senhor esquecida por todos tanto seus aliados quanto inimigos... Minha compensação seria dar lucro ao senhor neste lugar... No final estaria ganhando um dinheiro extra...



    OFF: Usar das pericias apropriadas de social para convencer o Batiatus.
    Isso vai queimar meu status futuramente, mas como não tenho um ainda e provavelmente seja negativo por ser escrava mais tarde concerto isso...No momento só preciso de uma Torre que seria o Bartolomeo, meu pião Marina tenho outros planos para ela, minha ideia é um casamento falso com o velho, papai mandar ele para alguma propriedade sem valor, tanto faz o importante é um pedaço de terra onde poderia começar a lucrar com algumas apresentações de lutas simuladas para os caipiras local, poderia colocar pontos em pericias teatro mais trade tudo vai depender de como as coisas estão se encaminhando  muahuahauhauahauha

    Mas não fica triste se der certo você ainda pode colocar o chupa cabra que esta atacando as cabras da vila, outras complicações bizarras , viu ainda pode ser um jogo de caçar monstros.

    Christiano Keller
    Adepto da Virtualidade
    Christiano Keller
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1760
    Reputação : 70
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Ramona - a conversa Empty Re: Ramona - a conversa

    Mensagem por Christiano Keller Ontem à(s) 12:03 am

    Ramona,

          Batiatus passa a mão pela face e diz para Ramona:
          - Bartolomeo Pacioli parece um bom homem para vigiar você, poderia oferecer uma aposentadoria para ele, mas não vai se casar com você. Ele é muito safado, um trambiqueiro de primeira, poderia enganar a todos nós juntos se ele quiser. Batiatus pensa um pouco e diz: Tenho uma casinha em Veneza, o local é pequeno e úmido. Tenho uma terra no Egito, mas parece que é muito variável a coisa lá, quando há água tem muita, quando não tem é seco. Há uma grande faixa de terra em Cartago ou suas ruínas já que o local talvez nunca se recupere. Na bretanha, bem tem terra mas há guerra, poderia fornecer soldados para a legião lá, só que como há conflito há riscos. Batiatus estava curioso para ver onde isso iria dar.
    Conteúdo patrocinado


    Ramona - a conversa Empty Re: Ramona - a conversa

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Out 19, 2019 2:08 pm