Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    A caçada

    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2458
    Reputação : 107
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    A caçada - Página 2 Empty Re: A caçada

    Mensagem por Christiano Keller em Sab Fev 01, 2020 3:50 pm

    Olaf,

           Valda fica preocupada com a frase de Olaf, sua face quase pergunta: quem esteve ali? No entanto Valda segue para a porta com Olaf ainda sem pensar. O frio do exterior mostrava como a cabana ainda estava aquecida. Os rastros na neve são a primeira indicação de para onde deveriam partir. Certamente Olaf não queria encontrar com os escravagistas. Uma marca mais antiga indicava um rastro de uma pessoa vindo na direção da porta pela estrada principal. Perto da porta há muitas marcas e as pegadas se perdem, no entanto Olaf percebe que a trilha de vários passos e cavalos não vem de fora, mas de dentro da cabana. Os animais estavam no estábulo, abrigado do frio e foram retirados para levar as pessoas que estavam na cabana embora.

           Ao lado de Olaf, Valda fazia a mesma avaliação, só que ela diz:
           - Acho que alguém chegou, levaram pra dentro até a cama. Seja lá quem for, talvez a mulher que estava na nossa frente na trilha ou um dos nossos amigos, deve ter sido transportada para a cama. A pessoa fez aquele desenho rudimentar na parede e todos fugiram. Olaf percebia que o raciocínio de Valda esta certo. Eles vão na direção dos Pictus, mas estão com animais, serão muito mais rápidos que nós. Se partirmos agora podemos passar a noite na tempestade, mas já é tarde. Se ficarmos teremos uma cama quente, comida e podemos esperar seus irmãos. O que acha? Valda tinha um ponto com aquilo. Onde estava a família de Olaf?

    A tempestade de neve ainda estava presente. Apenas uma parte do dia havia sido tranquila, mas os céus estavam cheios e há promessa de neve é grande. Começa a nevar novamente enquanto ambos estão do lado de fora da cabana e o cheiro de comida desperta o apetite.
    Gelatto
    Garou de Posto Cinco
    Gelatto
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2117
    Reputação : 57
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh25.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh19.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh38.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh46.png

    A caçada - Página 2 Empty Re: A caçada

    Mensagem por Gelatto em Seg Fev 03, 2020 8:26 am

    -"Minha família não virá. Eles ficaram para defender nossa rota de fuga. Ou morreram ou foram capturados."

    -"Não estou gostando nada disso aqui. Está muito perigoso, mas a tempestade também não perdoará. Podemos ficar aqui, é bem mais seguro, mas é preciso arrumar um lugar para nos escondermos caso os escravagistas cheguem."


    Dizendo isso, Olaf começa a procurar algum cômodo secreto tanto na casa quanto no estábulo, como algum alçapão ou depósito ou algum lugar que possa servir de esconderijo caso o pior aconteça. E se possível, encontrar comida e água esquecida pelos que daqui saíram apressados.
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2458
    Reputação : 107
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    A caçada - Página 2 Empty Re: A caçada

    Mensagem por Christiano Keller em Seg Fev 03, 2020 5:49 pm

    Olaf,

           A comida e bebida estavam servidas para cerca de dez pessoas, talvez mais, para o consumo imediato, mas o local com provisões para viagem estava limitado. Parece que pegaram tudo que havia disponível, deixando restos nos armários. A pressa marcava a forma como partiram dali. Valda resolve comer, a comida era boa. Atrás de uma das portas abertas de um armário no estábulo há uma pequena sacola com algumas provisões, pesa quarto quilos. As coisas estão amassadas, mas boas. Dentro da casa Valda revira os tapetes da sala e mesas, mas não tem nada.
           No entanto quando vão para o quarto em que há uma cama Olaf levanta o tapete e localiza um alçapão. O buraco está sob a cama, o que era estranho, mas poderia ser um local escondido para ninguém querer olhar sob um móvel com pernas. Após remover o tapete, é possível ver marcas de terra no chão. Com o alçapão aberto, o buraco parece cheio de terra, tampado para ninguém entrar. Olaf passa as mãos sobre a terra com frustração por não achar um local para se esconder. Um punhado passa pelos seus dedos, porém Olaf percebe que há ripas de madeira na lateral, há um túnel escondido lá sob a terra. Será algo escondido? Alguém fez aquilo para esconder algo, mas que pela frustração de Olaf ao mover a terra, agora pode ser encontrado.

           Será que Olaf cavará um buraco para matar sua curiosidade?

    Teste:

    Valda é impulsiva e pode começar a cavar se falhar no teste, isso não a impedirá de cavar depois, mas é apenas uma ação impulsiva 12 sem verificar se há armadilhas.
    Christiano Keller efetuou 3 lançamento(s) de dados A caçada - Página 2 Dice (d6.) :
    2 , 2 , 2
    Gelatto
    Garou de Posto Cinco
    Gelatto
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2117
    Reputação : 57
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh25.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh19.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh38.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh46.png

    A caçada - Página 2 Empty Re: A caçada

    Mensagem por Gelatto em Sex Fev 07, 2020 10:16 am

    Enquanto Valda se empanturra com a comida deixada para trás, Olaf encontra um saco de provisões e repõe as que usou desde que começou a fugir dos escravagistas. Não pretende carregar um peso excessivo, mas não gosta da ideia de deixar toda esta comida para trás. Então, sugere à Valda, enquanto se senta para aproveitar a comida do local:

    -"Valda, encontrei provisões preparadas para viagem. Seria bom você também levar algumas com você. Tenho certeza que vamos precisar delas no futuro."

    No quarto, Olaf encontra debaixo da cama um buraco, talvez uma rota de fuga ou esconderijo ou algo semelhante, mas ao mover a cama e retirar o tapete, descobre que o mesmo está cheio de terra. Frustrado, Olaf acaba espalhando a terra que revela um alçapão de madeira oculto pela terra. Isto é sinal de que há algo ali que não queriam que fosse encontrado.

    Olaf não tem muito tempo para pensar, pois a impulsiva Valda já se adianta para remover a terra e saciar sua curiosidade. Olaf coloca uma mão no ombro da amiga, tentando segurar seu avanço, pois desconfiava daquilo.

    -"Valda, calma, precisamos verificar antes se não há alguma armadilha nisto! Está bem escondido para ser deixado desprotegido"

    Olaf afasta a amiga e começa a tatear com o cabo da lança de uma distância segura o local, forçando nas bordas e procurando em meio a terra. Caso não encontre nada, retirará a terra junto de Valda, mas não abrirá o alçapão, antes, procurará por mais armadilhas e se o local tiver um puxador, utilizará a ponta da lança ou outro objeto mais comprido - amarrar uma corda talvez-, antes de tentar abrir o local.
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2458
    Reputação : 107
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    A caçada - Página 2 Empty Re: A caçada

    Mensagem por Christiano Keller em Qui Fev 20, 2020 11:15 pm

    Olaf,

           O local havia sido mal preparado, um serviço de porco. Quando Olaf bate para procurar armadilhas ou algo a mais, a ripa de madeira que segurava uma das laterais desaba revelando uma passagem para o subsolo. A passagem é escura e tem o ar carregado como se não houvesse ventilação. Para ver melhor lá embaixo será necessário usar uma tocha ou outra fonte de luz. Fungos estranhos que se alimentam de coisas em decomposição crescem nas paredes. Olaf sabe que alguns daqueles fungos podem reter a luz por algum tempo e iluminar a passagem caso uma fonte de luz seja usada. Por que alguém usaria aquele tipo de fungo ali?

           Um tipo de rampa inclinada algora leva da passagem para o corredor. A construção de tijolos parece antiga como a lareira, mas também fazia parte de templos antigos. Os templos como aquele eram bastante antigos, mas não tão antigos como os que encontraram na mata.

    Imagem ilustrativa:
    A caçada - Página 2 Stairs-medieval-castle-13294449
    Teste:
    Valda Astronomia 11
    Christiano Keller efetuou 3 lançamento(s) de dados A caçada - Página 2 Dice (d6.) :
    3 , 3 , 3
    Conta (par) ou não conta (ímpar)
    Christiano Keller efetuou 1 lançamento(s) de dados A caçada - Página 2 Dice (d6.) :
    3
    Gelatto
    Garou de Posto Cinco
    Gelatto
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2117
    Reputação : 57
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh25.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh19.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh38.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh46.png

    A caçada - Página 2 Empty Re: A caçada

    Mensagem por Gelatto em Dom Mar 01, 2020 10:37 am

    O alçapão cede e revela uma rampa que leva a uma passagem de uma construção antiga. Olaf olha para Valda, um pouco inseguro, mas é nítido que ambos estão se perguntando para onde esta passagem os levaria?

    Ao reconhecer alguns daqueles fungos, Olaf providencia uma fonte de iluminação, uma tocha, e a aproxima da passagem, onde alguns fungos conseguem reter a luz e iluminar a passagem. Com cautela, Olaf deseja inspecionar melhor a passagem antes de se arriscar adentrá-la.

    Conhecendo sua amiga impulsiva, Olaf tentará mantê-la longe da passagem enquanto ele a analisa.

    -"Vamos observar primeiro, Valda! Vou ver se mais alguém utilizou este caminho recentemente! Por favor, aguarde! Qualquer avanço nosso vai contaminar as informações!"

    Testes Solicitados:

    OFF: quanto 3 no teste da Valda, hehe /OFF

    História Nordheimr 10 e Teologia Nordheimr 10 para saber se há algo na arquitetura que lembre algo específico de algum povo ou religião específica.
    Gelatto efetuou 3 lançamento(s) de dados A caçada - Página 2 Dice (d6.) :
    3 , 6 , 2
    Gelatto efetuou 3 lançamento(s) de dados A caçada - Página 2 Dice (d6.) :
    2 , 4 , 5

    Rastreamento 14 para saber se alguém usou esta passagem recentemente.
    Gelatto efetuou 3 lançamento(s) de dados A caçada - Página 2 Dice (d6.) :
    6 , 6 , 4
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2458
    Reputação : 107
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    A caçada - Página 2 Empty Re: A caçada

    Mensagem por Christiano Keller em Seg Mar 23, 2020 2:15 pm

    Olaf,

    As informações que passam pela mente de Olaf não fazem referência aos materiais da construção ou sua história (não passou em nenhum teste). O serviço porco para fechar o buraco indica que ele estava aberto até algumas horas atrás. Uma tocha apagada na parede do túnel ainda parecia embebida em combustível suficiente para queimar por um bom tempo, se a passagem estivesse fechada ela estaria seca.
    - Vamos lá? Se fecharam a passagem é que está vazia. Ninguém ficaria preso lá dentro intencionalmente. Valda queria descer, mas ao ver a resistência de Olaf imagina que pode haver algo que ela não viu. Acha que há armadilhas? Não vejo nada. Parece que deixaram o local com pressa. Valda tentava olhar para dentro do túnel.
    O cheiro de podridão sobe lentamente aumentando de intensidade pouco a pouco. Alguma coisa podre estava lá, talvez carne em decomposição. Só que o conteúdo da passagem era muito diferente da superfície. A cabana era bem limpa e organizada, a sujeira poderia ser de um problema na fossa.
    Gelatto
    Garou de Posto Cinco
    Gelatto
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2117
    Reputação : 57
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh25.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh19.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh38.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh46.png

    A caçada - Página 2 Empty Re: A caçada

    Mensagem por Gelatto em Qui Mar 26, 2020 4:28 pm

    -"Valda, este lugar não me cheira a coisa boa! Acho que não devemos descer... mas você não vai me ouvir, né?", Olaf dá de ombros e continua -"Se não há outro remédio, vamos ver até onde nossa sorte nos leva..."

    Olaf, mesmo receoso, entra na passagem seguido pela Valda. Seu caminhar será lento, com cuidado, a procura de possíveis perigos. Ele coloca um pedaço de pano no rosto para afugentar o cheiro de podridão caso ele fique muito forte.

    Olaf também pega a tocha semi utilizada e a reacende, iluminando seus passos neste lugar lúgubre.
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2458
    Reputação : 107
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    A caçada - Página 2 Empty Re: A caçada

    Mensagem por Christiano Keller em Sab Mar 28, 2020 2:08 am

    Olaf,

           Ambos seguem pelo túnel com os tijolos maiores. Logo um tipo de diferença na construção indica que um daqueles templos antigos está enterrado ali também. Com alguns passos no escuro apenas iluminado pelo fogo na tocha um tipo de poço com tijolos novos está a frente. O odor de carne podre começa a inundar as narinas assim como o ar pesado de um local que tem pouco movimento ou ventilação. A pele pode sentir a umidade do lugar que mais parece uma caverna com neblina do que um porão. O tremular do fogo da tocha parece reduzido pela umidade e um esbranquiçado como neblina fraca pode ser visto a cada passo para baixo.

           Quando ambos olham de relance para a sala, o poço de tijolos com correntes presas no teto que faz um suave tilintar. No centro há uma mulher com pregos distribuídos na face, uma estranha roupa e grandes pregos torcidos presos nas mãos. As correntes no teto estão presas na mulher em diversos pontos, como mãos, vários pontos no torso por ganchos cravados na carne e pernas. É difícil ver detalhes abaixo da cintura por conta da lateral do poço. Definitivamente o poço não faz parte da construção original do local. A mulher do sonho é quem está ali.

           A cabeça se vira na direção da passagem. As palavras da mulher ecoam pela mente de todos num tom agudo:
           - Me mate. Me mate. Me mate. Me mate. Aquilo era um misto de desejo e ordem que pela entonação aguda fica difícil de distinguir.

    imagem ilustrativa:
    A caçada - Página 2 Images?q=tbn%3AANd9GcSfziUmgPYNo2Akn_K_QJugPHYhKMrvY0Egusuk2ybJxiTIMuif
    Gelatto
    Garou de Posto Cinco
    Gelatto
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2117
    Reputação : 57
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh25.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh19.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh38.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh46.png

    A caçada - Página 2 Empty Re: A caçada

    Mensagem por Gelatto em Dom Abr 05, 2020 3:20 pm

    Olaf fica abismado. Era a mesma mulher do seu sonho no dia anterior, mas diferente do sonho, que pedia por liberdade, aqui ela pede por morte.

    Olaf não sabe o que fazer. Como é possível ter sonhado com algo estranho, que nunca vira ou ouvira falar, e agora era real? Ele pensa que ainda está sonhando.

    -"É a mesma mulher do meu sonho, Valda! Idêntica! como é possível? Estarei sonhando? Me belisca, por favor!"

    Olaf se aproxima, tampando a boca e nariz com um pano por causa do amu cheiro da podridão do local. Parecia enfeitiçado pela presença da mulher, presa pelas correntes. Aquilo não podia ser coisa boa. Ela estava sofrendo algum tipo de tortura. Olaf começa a olhar para a origem do mau cheiro, a carne podre, tentando saber o que eram, se eram animais ou pessoas.

    -"Valda, isto não é coisa boa! Não consigo entender o que é isso! Uma vítima de escravagistas cruéis ou algo pior? Estel ugar me dá calafrios!"

    Olaf arrisca se comunicar com a mulher.

    -"Quem é você? O que aconteceu? Por que fizeram isso com você?"
    Conteúdo patrocinado


    A caçada - Página 2 Empty Re: A caçada

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Abr 09, 2020 5:07 pm