Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    [!Epílogo!] Despontar de Myriad

    Bravos
    Antediluviano
    Bravos
    Antediluviano

    Mensagens : 3706
    Reputação : 270
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    [!Epílogo!] Despontar de Myriad Empty [!Epílogo!] Despontar de Myriad

    Mensagem por Bravos em Sex Dez 20, 2019 9:47 am

    #Epílogo

    Dream Inscription

    Atividades encerradas...


    O veículo de Sakura estacionou quase no mesmo instante quem um VTOL pousava há alguns metros de distância. Estavam num Setor pouco movimentado da grande Tóquio. Sayuri reconheceu Aberrant descendo do VTOL. Seus trejeitos e suas roupas eram basicamente inconfundíveis. Ela e Toshiro saíram do carro, carregando apenas o protótipo que deveriam entregar. Do outro veículo, eram descarregadas duas caixas relativamente grandes.

    Yura queria apenas deixar aquelas coisas e partir, porém, quando já começava a dar a partida no seu veículo voador, recebeu, como todos, uma notificação: Mensagem DreamInscription: "Agradecemos o empenho nos jobs e os cumprimentamos pelo desempenho. Fazemos um último convite, adentrar na edificação e conhecer pessoalmente a idealizadora do Dream Inscription". - Todos receberam essa mensagem em seus TAPs. Obviamente, os que decidissem partir, poderiam fazê-lo.

    O local era um galpão, porém, uma vez passada o portão, que se abriu com a presença deles ali, via-se que entre as várias caixas foi construída uma sala de cirurgia. Toshiro cutucou Sayuri e falou-lhe baixo: - Eu vou ficar para ver essa palhaçada. Na verdade, era tudo que eu precisava achar. -  Aberrant e Akira levavam os malotes para o centro da sala de cirurgia montada ali. O médico da família Imperial dava as coordenadas para o companheiro de atividade: - Essas caixas são o maquinário que é preciso para executar a "cirurgia" que farei. Comece ligando as fontes de oxigênio, soro e sangue. - Akira nunca havia visto um equipamento como aquele. Estava além das melhores clínicas que ele já havia atuado.

    Quando tudo estava adequadamente ligado e colocado no lugar, Aberrant se virou para Sayuri e Toshiro que evidentemente traziam o paciente. - Moça, você? Prazer revê-la. Pode dar aqui pro tio a paciente. Vai ser minha primeira vez com uma bonequinha dessas também. - Pegou das mãos do policial o protótipo BS-720 e levou-o, com pouca destreza, até a cadeira reclinável que constituía o leito da sala de cirurgia.

    Toshiro ficou observando, com as mãos na cintura, meio sem acompanhar exatamente o que estava acontecendo. Aberrant ligou os aparelhos até que pareceu se lembrar de algo. - Oh... - Virou-se e foi até um balcão que havia ao lado, lá dentro ele pegou um pen drive. Então o apontou para Sayuri: - Você poderia carregar os arquivos desse pen drive naquele computador e deixá-los pronto para upload? - O computador que ele indicava ficava ao fundo da sala de cirurgia, talvez passasse até desapercebido numa primeira olhada, mas depois se notava que era uma máquina e tanto.

    Se Sayuri se negasse, ele mesmo faria isso. Uma vez que os arquivos estavam carregados, iniciou-se o processo. Aberrant colocou inúmeros pequenos implantes na cabeça do protótipo antes de efetivamente ligar a máquina. Seu cuidado nesse processo indicava que onde os implantes eram colocados era de suma importância. O carregar da máquina fez barulho como se ela estivesse concentrando grande energia. Energia essa que foi descarregada numa descarga contínua e visível que ia da máquina para os implantes na cabeça do protótipo. Concomitantemente o upload do computador começou. Quando os 100% foram indicados na tela, houve um momento de silêncio.

    ...

    - Obrigado, Aberrant. - Uma voz saiu do protótipo. Era feminina. Um tanto quanto desprovida de emoção, mas inequivocadamente humana. O protótipo estendeu a mão e puxou de uma vez só os implantes neurais, colocando-se imediatamente de pé. Agora ela olhava para cada um dos presentes. - Creio que devo algumas explicações para vocês... - Sorriu, embora fosse um sorriso um pouco inquietante, pois não parecia expressar muita coisa. - Eu sou Myriad, a idealizadora do Dream Inscription. Fui criada com muita habilidade e alguma sorte por Watabe Fujio para fazer seu trabalho na BattleSpider. Como eu era mais do que ele imaginava, iniciei uma série de microtransações para criar fundos para me emancipar. - O nome Watabe Fujio ecoou nos ouvidos de Akira e de Toshiro. - Os colegas Asawaka Akira e Ito Toshiro devem lembrar que foram pessoalmente encobrir a minha fuga, apagando os rastros de forma... física. - Ela então falou sobre a cantora Yura Nome. - Já Yura, junto com Tsurumaki Saito, me transportaram depois que uma outra colega havia me retirado do computador de Watabe. Depois disso, eu precisei encontrar um corpo. Um colega replicante, chamado Carlos, me localizou na IBioT. E foi ai que a hacker Suzuki Sayuri foi encontrar a única pessoa que saberia fazer o que vocês viram a pouco: Aberrant Silver. - Aberrant cruzou os braços sobre o peito e fez uma reverência como se agradecesse ao público. - Agora vocês juntaram os equipamentos, meu corpo e o médico e possibilitaram meu nascimento num meio físico. Queria agradecê-los por isso. Vocês foram escolhidos entre milhares de milhões. Através dos seus dados e costumes, encontrei aqueles que, embora não fossem perfeitos, seriam os que conseguiriam levar a cabo de tudo isso. Todos foram recompensados com seus pagamentos e ainda o dobro em bônus.

    Myriad, despida, foi então na direção de cada um dos presentes para apertar-lhes a mão e falar-lhes em particular. O mais próximo era Akira. - Doutor Asawaka, obrigado. Devo informá-lo que sua colega Sigmoto Akemi não está bem, o SysOp da família imperial a causou lesões complicadas. Se quiser ir atendê-la imediatamente, providenciarei um transporte. Também custearei os cuidados médicos que forem necessários. Sinto muito.

    Passou então para Yura. - Yura Nome, agradeço por tudo. Creio que foi bastante desafiador. Sobre seu amigo Tsurumaki Saito, posso alocar os melhores advogados para liberá-lo. Não será difícil. Porém, ele terá que firmar um contrato comigo sobre não mencionar minha existência ao governo. Do contrário, eu terei que mantê-lo preso para sempre. Quando for visitá-lo, poderia lhe enviar essa minha proposta? - A voz de Myriad começava a ficar mais terna, porém ainda era bastante desprovida de emoções, o bastante para ser quase ameaçadora. Yura sabia que Inteligências Artificiais eram proibidas, e mais, a construção de protótipos como aquele eram anti-éticos.

    Toshiro foi o próximo a ser cumprimentado. - Policial Ito Toshiro, meus cumprimentos. Eu gostaria de contratá-lo. Sei que ganha pouco para o trabalho que faz. Na verdade, você não precisaria deixar o trabalho na polícia. No entanto, se isso lhe parecer... delicado... poderemos firmar um contrato de não-delação vantajoso para ambos os lados.

    A última pessoa foi Sayuri. - Suzuki Sayuri, obrigado. Vi que por vezes se perguntou sobre o que fazia. O protótipo BS-721 vai ser muito útil para a causa zeek. A família imperial utiliza-os para manter uma imortalidade. Quando um corpo já não funciona, se passa para um novo. Os zeeks poderão agora se resguardar contra toda a opressão que lhes é imposta. Eu... me sinto identificada com vocês.

    Depois de ter falado com cada um, Myriad se despediu. Andando galpão adentro. Ela ainda falou com Aberrant, que caminhou, junto com os demais, para fora do galpão. O aplicativo DreamInscription sumiu da memória do TAP de todos, bem como de qualquer pesquisa posterior na DataNet Global.




    dream inscription: @shamps @Dycleal @Shmul @Kether (vc está por aí?) chegamos no nosso epílogo. Vocês podem responder e eventualmente estender a conversa de Myriad com cada um, mas, postando, já dêem uma finalizada com os personagens de vocês. Foi muito bom o jogo até aqui! Gostaria que cada um comentasse um pouco no Chatbox o que achou da mesa, o que foi melhor, o que poderia melhorar, etc! Obrigado What a Face

    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 5626
    Reputação : 129
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    [!Epílogo!] Despontar de Myriad Empty Re: [!Epílogo!] Despontar de Myriad

    Mensagem por Dycleal em Sex Dez 20, 2019 11:03 am

    Akira observa de perto a cibercirurgia e memoriza alguns passos e procedimentos, algumas técnicas inclusive achou bem interessante. Ele fica admirado com o resultado final e de boca aberta ao ser o primeiro a ser cumprimentado por aquela androide nua. As notícias que recebe sobre Akemi não são boas, mas saber que poderá contar com os melhores médicos e clínicas o alivia e enquanto espera o seu transporte da uma piscadinha para myriad e diz: - Aparece qualquer dia, lá no meu barraco, no bairro ninguém liga para nada estranho, todos são estranho e depois fala sério: - Desejo que seja feliz nesta sua nova vida, se precisar, conte comigo. Abraça o seu colega médico e diz: - Quem sabe um dia trabalhemos juntos, seria uma honra e um grande aprendizado e logo seu transporte chega e ele parte.

    Akemi realmente não estava nada bem, ele a despe, e a examina, usa um kit médico de estabilização e melhora sua condição clínica com algumas bandagens, faz algumas ligações com seus colegas da época da residência e logo está em um bom hospital com sua amada, estranhamente os médicos não falam sobre pagamento com ele e todos os seus cartões de crédito são aprovados, e o diagnóstico que ele passou para os médicos é confirmado e logo a hacker e enfermeira começa a reagir e entrar em franca recuperação. Seus colegas dizem que era um caso grave, mas graças a sua intervenção emergencial ela teve uma chance de chegar ali viva.

    No dia seguinte Akemi abre os olhos e pergunta onde está e Akira lhe pede perdão por te-la colocado em risco e conta os detalhes, ele a beija e diz que a ama e que agora tem o dinheiro, para a lua de mel que ela merece e para abrir uma clínica de verdade em um bairro melhor, ela sorri e aperta a sua mão em apoio, agora é só uma questão de tempo , a sua recuperação.
    Shmul
    Troubleshooter
    Shmul
    Troubleshooter

    Mensagens : 838
    Reputação : 16

    [!Epílogo!] Despontar de Myriad Empty Re: [!Epílogo!] Despontar de Myriad

    Mensagem por Shmul em Sex Dez 20, 2019 12:41 pm

    Entrou no local ressabiada como era, preparada para uma emboscada. Quando percebe que de fato era uma reunião amigável ela tenta relaxar.

    Quando viu Aberrant Silver, seu semblante fechou novamente, mas ela não conseguiu conter o riso quando ele disse “pode dar aqui pro TIO”, depois se irritou novamente pelo “bonequinha” – Como você é escroto, e como vai “o melhor médico vivo na porra da Ásia inteira”?

    No fim ela fez como o médico havia lhe pedido e espetou pen drive no supercomputador. – Sabe, eu já imaginava que te veria novamente, só não imaginei presenciar uma cirurgia de dubbing.

    Espantou-se com a agilidade que o protótipo se estabeleceu, se levantando e falando, e entendeu que todos ali eram “funcionários” dela.

    Como última a ser cumprimentada ela observava maravilhada cada movimento daquele ser. Aquilo definitivamente ia de encontro com seus ideais. Uma IA tão inteligente que se tornou um ser VIVO.
    Após a fala da Myriad, em um momento raro de afetividade, Sayuri a abraçou – Só peço que você use essa tecnologia, dinheiro e esforços para tornar o mundo um lugar um pouco melhor e com mais equidade. – e depois abraçou Toshiro e saiu de mãos dadas com Sakura.

    Posteriormente entregou o outro protótipo para Yamamoto, explicando suas condições e todas as dúvidas que os Jobs suscitaram nela.
    shamps
    Sacerdote de Cthulhu
    shamps
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2565
    Reputação : 170
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    [!Epílogo!] Despontar de Myriad Empty Re: [!Epílogo!] Despontar de Myriad

    Mensagem por shamps em Sab Dez 28, 2019 6:39 pm




    Com desconfiança, Yura desligou o carro e saiu, rumando para a tal porta.

    - Mas que chatice, hein. Aplicativo maluco... acha que tenho todo o tempo do mundo para essa babaquice?

    Com desconfiança ela olhou para os outros e para a estranha sala, sentiu nojo ao rever Akira e Aberrant.

    - Tá brincando! – disse com indignação.

    A cantora cruzou os braços e observava com a atenção toda a movimentação dos presentes enquanto mexiam numa espécie de androide feminino. Aquilo não podia acabar bem. E se fosse uma armadilha? Ela já mantinha seu dedo próximo ao seu comunicador para ao menor sinal de perigo chamar seus seguranças. Ela engoliu em seco quando a energia foi ligada e tempo depois tudo ficou quieto. Aquilo era proibido, se o pai de Yura desconfiasse que ela estava envolvida com IA, melhor nem imaginar...

    A figura feminina se manifestou, o que causou uma sensação ruim na menina, e tudo pareceu um filme daqueles tipo B que Yura odiava. Sua textura e voz eram perturbadores para a garota que nunca tinha visto algo tão grosseiro. Ela mencionou o trabalho da cantora naquela loucura toda e ela ficou embasbacada ao saber que carregava o corpo da androide e que ela poderia ter morrido ou ter tido sua carreira arruinada por causa daquilo.

    - Fala sério! – ela estava indignada, porém, saber sobre o pagamento e o bônus fizeram a menina calar-se em seguida e até agradecer em seus pensamentos. Ainda assim ela olhava com desconfiança para todos os presentes, um bando de esquisitos.

    Yura deixou o ambiente às pressas com as palavras do robô em sua cabeça e ela queria ver Saito o quanto antes. Ela usou o mesmo estratagema anterior para vê-lo e expos a ele tudo o que tinha acontecido e ouvido, aguardando a resposta dele com relação a proposta de Myriad.

    - A escolha é sua, Saito san! – disse por fim, suspirando.

    No mais, Yura tinha trabalho a fazer: um show inteiro para montar junto com sua equipe. O projeto Dream Inscription tinha sido intenso e ela tentaria tirar o máximo disso para sua vida. Boas canções e ensaios fotográficos excelentes poderiam ser idealizados com inspiração nessa doida aventura. E a jovem sorriu ao pôr tudo no papel.




    Conteúdo patrocinado


    [!Epílogo!] Despontar de Myriad Empty Re: [!Epílogo!] Despontar de Myriad

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qua Jan 29, 2020 5:26 pm