Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    01 - A Assemblagem

    gaijin386
    Sacerdote de Cthulhu
    gaijin386
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2785
    Reputação : 3

    01 - A Assemblagem - Página 2 Empty Re: 01 - A Assemblagem

    Mensagem por gaijin386 em Ter Fev 18, 2020 5:15 pm

    O pequeno Jawa aquiesce em concordância com o morcego humanoide e diz - Bom modéstia a parte eu tenho um bom conjunto de habilidades e conhecimentos que poderiam ser úteis ao cliente certo só preciso achar quem tem uma nave por aqui... Conforto é secundário.

    - Eu sou Jos D'naqa. Sucateiro, mecânico e mercenário. Ele responde a Chris que parecia ainda perdido.

    OOC: Já tinha ouvido algo sobre Maak II?
    Deathstroke
    Neófito
    Deathstroke
    Neófito

    Mensagens : 15
    Reputação : 0

    01 - A Assemblagem - Página 2 Empty Re: 01 - A Assemblagem

    Mensagem por Deathstroke em Sex Fev 28, 2020 8:58 pm

    Analiso o confuso Chris da cabeça aos pés, estranhando o fato dele ter "acordado" depois de todos. Talvez hajam mais pessoas congeladas além dele.
    - Meu nome é Issomas - Respondo de maneira desconfiada, como é de costume.
    nahna
    Mutante
    nahna
    Mutante

    Mensagens : 565
    Reputação : 21
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    01 - A Assemblagem - Página 2 Empty Re: 01 - A Assemblagem

    Mensagem por nahna em Seg Mar 02, 2020 12:31 pm




    Jaska olhou irritada para o dróide...

    "- Está funcionando mal, cabeça de lata?"
    "- Estamos zanzando pelo meio do nada atrás de informação inútil?"
    "- Ainda pior... longe dos outros, deixados para trás se arranjarem algum transporte..."


    Ela baixa a cabeça, pensativa.

    "- Estamos além dos fins da galáxia... Esse lugar só tem problemas..." - Torce a boca, preocupada.
    "- Acho melhor darmos meia-volta e procurarmos pelos outros." - Diz ela, já caminhando de volta.






    gaijin386
    Sacerdote de Cthulhu
    gaijin386
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2785
    Reputação : 3

    01 - A Assemblagem - Página 2 Empty Re: 01 - A Assemblagem

    Mensagem por gaijin386 em Seg Mar 02, 2020 3:34 pm

    - Hun un. Entendi ... Issomas. Beleza. Agora só precisamos descobrir como arranjar uma carona pra fora deste buraco... Jos diz e se desculpa rapidamente com o pequeno ser morcegóide que estava falando com ele. - Com o devido respeito é claro.
    Lnrd
    Troubleshooter
    Lnrd
    Troubleshooter

    Mensagens : 774
    Reputação : 29
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    01 - A Assemblagem - Página 2 Empty Re: 01 - A Assemblagem

    Mensagem por Lnrd em Seg Mar 02, 2020 3:34 pm

    01 - A Assemblagem - Página 2 Chadra10


    Perdido nos confins da galáxia, aquele espécime do povo Chadra-Fan mostrara-se, até agora, bastante útil. Porém havia um limite ao que tinha a oferecer a tais viajantes não intencionais.
    - Nave?! Por aqui?! – devolvera numa reação nada, nada animadora – Só mesmo em Garnak’Vess e não tem mesmo outra forma de chegar sem ser no trem que para aqui daqui uns dias.

    01 - A Assemblagem - Página 2 Scrapl10


    Ao menos assim costumava fazer, explicara, para carregar-se com os produtos do desmanche – oficialmente autorizadas apenas as partes do destroyer, mas um suborno aqui, uma ameaça ali, e as peças roubadas seguiam em abundância.
    - Eles embarcam passageiros... se tiverem sorte dos bandidos não chegarem antes, né?

    A enorme pilota desanimara com aquele prognóstico, ouvindo, de lado, toda a conversa. “Maak II?!?! Que diabos de lugar é esse??!”. Aparentemente nem ela e nem ninguém ali escutara sobre aquele planeta antes. As Regiões Desconhecidas eram grandes, boa parte não mapeada nem pelas próprias forças que dominavam lá.
    - Bem, bem, bem... se não se importam... preciso voltar aos meus afazeres – e com isso o baixinho ia afastando-se, não sem um último recado –. Ah, se precisarem, podemos oferecer comida e água... por um preço justo, não é? – e aquela última frase parecia especialmente direcionada ao humano que acabara de se juntar.

    A chegada daquele novo desconhecido, infelizmente, não parecia trazer a chave do impasse. Mesmo assim, a wookiee virou-se prontamente a ele, saudando-o:
    - Sou Drokkoora Gunsantan, capitã da... ex-capitã da Aurelian Vissel. Os desgraçados que nos sequestraram destruíram minha nave e mataram meu copiloto, Vislak. O azulão aqui não é de falar muito, não é? – brincara, virando-se a Issomas – Por isso não tentaria muito. E nosso mascote é pequeno, mas parece feroz. Acabamos de nos conhecer, se estiver se perguntando sobre isso. Tem outra dupla com a gente. Acho que é hora de ir atrás dela.

    Assim, após aquela rápida introdução, concluiu que deviam ir atrás do droide e da Twi'lek. Talvez algo de relevante a acrescentar.

    As duas figuras, por outro lado, também haviam dado-se por satisfeitas com a investigação e retornavam em busca do resto da equipe – Jaska particularmente aborrecida pela companhia da unidade K-2SO.

    Quando se reuniram, rapidamente trocaram as informações que possuíam. Em suma, não só o fato de estarem isolados era preocupante, mas verem-se no meio de um conflito era uma perspectiva bastante desagradável.

    A parte de chegar à outra cidade parecia “solucionada” na mente de Drokkoora, sendo necessário apenas esperar. O problema era o antes e o depois.
    - Passagens interplanetárias não são baratas, ainda mais em regiões sem rotas seguras... e soma aí essa história de guerra. Estamos completamente ferrados... .

    A solução óbvia era procurar por algum serviço. Uma taverna, uma guilda, um velhinho misterioso esperando para ser ajudado e revelando algum mistério da vida... . Porém, se um que pagasse o suficiente era difícil, trabalho para tanta gente seria quase impossível. “Provavelmente vamos ficar presos aqui pro resto da vida...”, resmungara a gigante em pessimismo. Teriam que contar com o acaso – e quanto mais perigosa a jornada que se oferecesse, mais financeiramente recompensadora.

    Se é que chegariam ao porto.

    Não havia como ignorar a ameaça dos “piratas”. Aquela segunda organização poderia ainda considerar as pessoas trazidas congeladas como escravas.
    - Precisamos dum plano – continuara ela, colocando as cartas na mesa –. Vamos tentar nos esconder, fugir, lutar... oferecer nossos serviços?

    Olhara cada rosto esperando por uma resposta ou sugestão: Issomas, Chris, Jaska, Jos e... pulara Allph-red.

    Obviamente, as alternativas dependeriam da disposição dos adversários. Um “plano B” sob a manga seria inteligente.
    gaijin386
    Sacerdote de Cthulhu
    gaijin386
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2785
    Reputação : 3

    01 - A Assemblagem - Página 2 Empty Re: 01 - A Assemblagem

    Mensagem por gaijin386 em Seg Mar 02, 2020 4:10 pm

    O pequeno Jawa estava arrumando na mochila os cacarecos que havia roub... digo recolhido quando acordara, mas ao ter o nome mencionado virou-se e ajeitou seu Fedora na cabeça coberta pelo manto (sim ele usa o manto do jawa e por cima um chapéu) aprumou-se e se manifestou.

    - Claro... Devemos achar o bar e não porque eu precise de uma bebida, mas porque geralmente informações rolam por lá e claro empregos alternativos...

    OFF: Mestre tem algum teste que a gente possa fazer para ver se estamos com rastreadores? Seja na roupa ou bem subcutaneamente...
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2421
    Reputação : 104
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    01 - A Assemblagem - Página 2 Empty Re: 01 - A Assemblagem

    Mensagem por Christiano Keller em Seg Mar 02, 2020 6:54 pm

    Chris Rail,

           A presença em um planeta hostil no meio de uma guerra entre grupos diferentes era algo difícil. Tiros perdidos podem acabar com as vidas dispensáveis na orla exterior e ao que parece todos ali são dispensáveis. Fugitivos, acordados de câmaras de congelamento sem muitas informações, era uma trupe e tanto.
          - Prazer em conhecer vocês. Chris saúda a todos tentando guardar suas informações como nomes e faces. Então vamos conseguir algum trabalho, estou curioso para saber o que podemos fazer aqui. Depois precisamos pegar o trem para a cidade maior, mas precisamos de dinheiro para pagar as passagens ou conseguir uma nave. Qual o tipo de trabalho poderia conseguir ali? Chris tinha algum conhecimento comum, mas não era lá um conhecedor do assunto.

         Para o baixinho, Chris tenta usar persuasão para fazer algo por ele:
         - Sim, mas acho que deve ter alguma coisa que você precisa que seja feita por aqui que vai te ajudar por uma refeição, não? Todos precisavam de um descanso e talvez pela correria o baixinho deixasse de lado algumas coisas.
    nahna
    Mutante
    nahna
    Mutante

    Mensagens : 565
    Reputação : 21
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    01 - A Assemblagem - Página 2 Empty Re: 01 - A Assemblagem

    Mensagem por nahna em Qui Mar 05, 2020 11:15 am




    Jaska retornou desanimada... aqui e ali chutava um monte de areia.
    Não demorou tanto para reencontrar os outros... eles também estavam retornando.
    Talvez estivesse errada... não seriam deixados para trás.
    Mas a verdade é que também não tinham nenhuma novidade animadora.

    Após as trocas de informações, ela acena para o novo desgarrado, que se apresenta.

    "- Temos muito tempo para esperar até o próximo transporte... e há a chance de aparecerem algumas gangues de valentões locais..."
    "- Não é uma boa perspectiva..."
    - Franziu a testa.

    "- Temos um monte de sucata ali." - Aponta para a nave onde acordaram.
    "- Será que não conseguimos recuperar alguma coisa...? Ao menos improvisar um transporte para não precisarmos esperar tanto tempo?"

    Olha para os outros, tentando adivinhar se alguém teria qualquer competência com mecânica...






    gaijin386
    Sacerdote de Cthulhu
    gaijin386
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2785
    Reputação : 3

    01 - A Assemblagem - Página 2 Empty Re: 01 - A Assemblagem

    Mensagem por gaijin386 em Qui Mar 05, 2020 12:48 pm

    Off: Eu sou um Jawa eu já nasci desmontando coisas. Mestre posso dar uma olhada? O que eu teria que rolar?

    - Ter a sucata já ajuda, mas agora um veiculo ... Ai tem que ver e claro ter sorte.
    Lnrd
    Troubleshooter
    Lnrd
    Troubleshooter

    Mensagens : 774
    Reputação : 29
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    01 - A Assemblagem - Página 2 Empty Re: 01 - A Assemblagem

    Mensagem por Lnrd em Qua Mar 11, 2020 3:15 pm

    O inusitado Jawa pistoleiro vasculhara o corpo procurando algum “rastreador de produtos”, infeliz status no qual havia sido transformado pelos bandidos. Porém, salvo algum implante interno – para o qual não estava equipado para localizar –, parecia estar “limpo”. Poderia considerar-se livre para sair a hora que quisesse... mas não o podia sem um transporte.

    Com a promessa do morcegoido a Rail de que pensaria em algum serviço para que pagassem por comida, voltaram ao abrigo do destroyer não só protegendo-se do clima, mas ainda tentando bolar algum plano. O “mecânico” apenas confirmara o que já sabiam, que a situação não era nada favorável: era possível sim juntar a carcaça da Vissel de Drokkoora e o computador de bordo da nave do droide, mas ainda lhes faltaria o motor.

    Ou melhor, apenas o motor.
    - Esperem... – interrompera wookiee subitamente – Se montarmos uma nave e a embarcarmos nesse trem... Seria conseguirmos um motor de segunda mão na próxima cidade, seria bem mais fácil que conseguir transportes individuais para cada pessoa. Bem, “ligeiramente” mais fácil.

    “Mais barato é o que eu quero dizer. Se cada conseguir algum dinheiro... O que acham disso? Bem, a nave é minha, claro, mas uma vez fora daqui, traçamos uma rota pra deixar todo mundo o mais próximo de casa...”.
    - A_nave_é_sua? – Perguntara o K-2SO e, se fosse possível, parecia indignado.
    - Um computador pode ser acoplado a qualquer coisa, até uma máquina de suco. Sem uma nave, você não voa.

    Não que aquela lógica fizesse todo o sentido, mas o silêncio do simulacro ao menos parecera uma concordância. Sem ter o que argumentar, apenas complementou:
    - Há_armas_no_depósito_do_destroyer. Armas_de_nave. Muito_pesadas_para_uma_pessoa.

    A informação parecera mais irritar que empolgar Drokkoora.
    - E de que adianta armas se ener... oh espere!

    E era evidente que uma ideia cruzara a mente da capitã. Então continuou: “Se conseguirmos improvisar um adaptador, poderiam redirecionar a energia do próprio equipamento da oficina. Não seria suficiente para botar nada no ar, mas poderíamos ao menos nos defender!”. Um bom posicionamento e poderiam tentar enfrentar a gangue pirata... dependendo do tamanho dela.

    Aquela opção preenchia não só os dias ociosos naquele deserto, mas dava ao grupo uma chance melhor de defesa e prometia ser a chave para partirem do planeta. Allph-red parecia finalmente ter dito algo que prestava. Mas havia mais.
    - Quanto_ao_motor, acho_que_posso_pagar_por_um. Mas_vocês_teriam_que_me_escoltar_até_minha_casa.

    A gigante peluda olhou para ele, espantada.
    nahna
    Mutante
    nahna
    Mutante

    Mensagens : 565
    Reputação : 21
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    01 - A Assemblagem - Página 2 Empty Re: 01 - A Assemblagem

    Mensagem por nahna em Sex Mar 13, 2020 11:50 am




    Estava satisfeita. Tinham um plano, o que era muito melhor do que as perspectivas de momentos atrás.

    "- Ótimo! A possibilidade de uma nave e armas para nos defendermos!"
    - Sorri com animação.
    "- Me parece muito melhor do que acabarmos como escravos de algum liderzinho de facção local."
    "- Até mesmo as armas, se estiverem em nossa posse podem servir de pagamento."


    Assim como a Wookie, Jaska olhou para o dróide, incrédula com sua possibilidade de pagamento.






    gaijin386
    Sacerdote de Cthulhu
    gaijin386
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2785
    Reputação : 3

    01 - A Assemblagem - Página 2 Empty Re: 01 - A Assemblagem

    Mensagem por gaijin386 em Sab Mar 14, 2020 7:20 pm

    Um droide com carteira? Isso é novidade e não se vê todo dia. Mas quem sou pra estranhar. Jos não julga afinal se ele podia arranjar uma carona pra casa fazendo serviço que seja.
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2421
    Reputação : 104
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    01 - A Assemblagem - Página 2 Empty Re: 01 - A Assemblagem

    Mensagem por Christiano Keller em Ter Mar 17, 2020 4:03 pm

    Chris Rail,

           Então o destroyer tem armas... isso já é um bom passo. Armas de naves podem ser valiosas quando oferecidas para as pessoas certas.
           - Vamos fazer isso logo. Vamos montar uma arma na nave, uma arma leve para conseguir usar a pouca energia que temos eu suponho? Rail espera um pouco e completa: O que acham de ver mais alguma coisa valiosa aqui para tentar oferecer para pagar nossa passagem? Talvez não algo para uso pessoal, mas algo para uma nave que eles possam vender? Rail observa a reação de todos e diz: Mostra onde as coisas estão e vamos colocar as mãos a obra. Eu conheço um pouco sobre reparos, mas nosso amigo Jawa deve ser melhor. Rail estava animado e pensando nas coisas que poderia fazer.

           Enquanto caminha pelos destroços do Destroyer, Rail tenta perceber se a nave caiu com gente, se fugiram ou se largaram ela lá. Isso dava para entender outras coisas sobre a nave, níveis de radiação e sobrevivência. Em caso de um impacto sem abandono, corpos e restos estarão evidentes, talvez portas fechadas e até buracos por onde passaram os tiros. Em caso de fuga as portas estarão abertas, capsulas de escape faltando, talvez até tempo para todos levarem seus pertences pessoais. Por outro lado uma nave danificada ou velha poderia ser jogada lá naquele fim de mundo numa forma de se livrar do lixo. Talvez com prêmios de consolação para bandidos ficarem de olho nos restos em vez de irem causar problemas em outros locais mais relevantes.
          Certamente outros sucateiros passaram por ali e levaram o que era mais leve, mas será que há portas fechadas ou locais estragados cheios de radiação? Rail precisa perceber estes detalhes que são importantes para sua sobrevivência. As passagens que usavam seriam apenas passagens comuns dentro de um hangar da nave ou seriam corredores de verdade, que usavam para movimentar tropas. Uma placa poderia indicar um local importante ou até um menos importante mas um local da nave. Portas fechadas também são opções curiosas, a porta pode estar fechada mas com um belo buraco na parede da sala ao lado. A ganancia e a curiosidade chamam a atenção de Rail para cada passo em busca das armas.

    Teste:
    será que serve para algo teste de perceber e/ou sobrevivência neste caso de observar o destroyer buscando por algo?
    Perceber d6
    Christiano Keller efetuou 1 lançamento(s) de dados 01 - A Assemblagem - Página 2 Dice (d6.) :
    6
    Sobrevivência d6
    Christiano Keller efetuou 1 lançamento(s) de dados 01 - A Assemblagem - Página 2 Dice (d6.) :
    1
    Consertar d6
    Christiano Keller efetuou 1 lançamento(s) de dados 01 - A Assemblagem - Página 2 Dice (d6.) :
    4
    gaijin386
    Sacerdote de Cthulhu
    gaijin386
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2785
    Reputação : 3

    01 - A Assemblagem - Página 2 Empty Re: 01 - A Assemblagem

    Mensagem por gaijin386 em Sab Mar 21, 2020 9:13 am

    O pequeno Jawa faz um meneio de cabeça e se fosse possível ver alguém diria que está sorrindo. - Bom muito bom. Então sobre a parte de improvisar um adaptador acho que devo começar a tratar disso. E começa a bem "engenhocar"...
    Lnrd
    Troubleshooter
    Lnrd
    Troubleshooter

    Mensagens : 774
    Reputação : 29
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    01 - A Assemblagem - Página 2 Empty Re: 01 - A Assemblagem

    Mensagem por Lnrd em Seg Mar 23, 2020 4:20 pm

    01 - A Assemblagem - Página 2 Yt-13010


    A antiga Vissel era leve frente ao destroyer que pertencera ao Império, mas ainda assim enorme diante do diminuto grupo: mais de oito metros de altura por uns 25 de largura e quase três vezes isso de comprimento.

    K-2SO pusera-se a inventariar o que pudesse ser útil, apesar de ninguém saber ao certo se os critérios dele eram de todo confiáveis. Ao menos seguia a recomendação de “Rail”, adicionando o que pudesse ser revendido. Rail tentara ainda caminhar pela estrutura, procurando recolher qualquer informação útil sobre ela.
    Principalmente sobre qualquer conteúdo valioso dentro dela.

    Apesar das chances serem reduzidas – afinal, a própria gangue do desmanche provavelmente já havia vasculhado tudo –, sempre havia a possibilidade de algum item importante “para a pessoa certa” ter parecido desinteressante para sucateiros escravagistas ou alguma área ter permanecido fechada por “algum motivo”.

    De toda a forma, a balança era complexa: teoricamente, até o os metais da lataria valiam alguma coisa. Mas os custos de remoção e transporte, além da negociação com alguma indústria interessada em “reciclar” tais materiais... . O mesmo valia para uma infinidade de outras coisas, de botões a fiações: sucateiros individuais não carregavam toneladas de “cacaretos” nas costas. Selecionavam apenas aquilo que pudesse ser facilmente revendido no lugar mais próximo – às vezes por preços que nem de perto condiziam com o real valor da coisa.

    Drokkoora partira direto para o que mais a preocupava, o “cérebro” da coisa. “Dá pra deixar operacional... mas vai levar tempo”. Mesmo com todos trabalhando, não era uma tarefa pequena, dado o estado da “limpa” que fizeram naquela carcaça. Aqui e ali ainda era possível encontrar algum objeto pessoal rolando quebrado pelo chão, coisas insignificantes demais para aqueles negociantes escusos.

    E assim os dias se passaram.

    O resultado não estava ficando dos melhores: mais que um veículo novo, aquilo parecia uma grande gambiarra, uma banheira ambulante, porém funcional. Finalmente, a wookiee resolvera chamar aquelas pessoas para uma discussão importante.
    - Bem, em primeiro lugar... temos que falar das armas – disse, pigarreando –. Na verdade o que foi deixado intacto para trás não foi muita coisa, dois canhões blaster leves, um duplo e um de ions... porém não temos como instalar isso tudo.

    Conforme explicara, só tinham como conectar dois deles. Poderiam ter dois blasters leves, um blaster e um de ions..., “mas como tudo isso precisa de energia, não teremos o suficiente pra um canhão duplo e mais alguma coisa. Se instalarmos ele, será só ele”. Teriam que optar pelo momento e depois decidir o que fazer com o resto. Manter para o futuro ou tentar vender?

    Haviam conseguido e já instalado um escudo básico, o qual teria de esperar pelo motor pra funcionar. Afora isso, tinham conseguido algumas plataformas móveis e outros tipos de suportes com rodas. Com ajuda das pessoas da cidade – e após desacoplarem o módulo de carga –, conseguiriam arrastar a coisa até a estação do trem. Assim que decidissem qual seria o plano.
    - Quanto a sucatas... Infelizmente não conseguiremos transportá-la com muito peso, então melhor escolher com cuidado. Algo de interessante, Chris?

    A nave, agora sem o apêndice, era menos alongada e lembrava um disco.

    Era um cargueiro leve corelliano, modelo YT-1300, um dos grandes paradoxos da galáxia: ao mesmo tempo era super comum, mas aguentava tantas modificações que era difícil encontrar um exatamente igual. De toda a forma, era tão corriqueira de se alguma patrulha portuária perguntasse “viu uma dessas recentemente?”, a resposta mais comum seria “todo o dia”.
    - Tem... tem só mais uma coisa. Essa nave... essa não é minha Vissel. É um desrespeito à memória dela mantermos esse nome. Alguma sugestão?

    01 - A Assemblagem - Página 2 8e45ae10

    01 - A Assemblagem - Página 2 6999ab10
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2421
    Reputação : 104
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    01 - A Assemblagem - Página 2 Empty Re: 01 - A Assemblagem

    Mensagem por Christiano Keller em Ter Mar 24, 2020 3:11 pm

    Chris Rail,

    Muita coisa precisava acontecer para aquilo voar e há muita sucata. Todas as coisas tem seu valor, o problema agora era pegar aquilo, transportar para alguém que queira reciclar algo e o preço do transporte. Não adianta pegar algo que vale 100 e gastar 101 para reciclar, não temos o 1 para isso, nem o bom espírito para gastar.
    - Algumas coisas de valor ainda sobraram, mas a gente pode jogar fora se não houver oportunidade ou até custo para transportar. Rodei aqui o lugar e talvez tenha algo para investigar mais. Rail percebeu algo, mas não estava certo do que era.
    O tempo parecia passar mais rápido do que Rail imaginou que seria e logo o trem chegará até lá.
    - Bateu uma dúvida aqui. Vamos carregar essa nave no Trem? Ou vamos abater o pessoal do trem com os canhões e roubar o motor deles? Aquilo não ficou bem claro para Rail. A nave era grande e as cargas dos trens tem seus tamanhos um pouco restritos por causa de túneis e outras coisas. Despender tanto esforço com isso poderia ser um problema ao descobrir que a nave não passa pelo túnel ou coisa parecida.
    gaijin386
    Sacerdote de Cthulhu
    gaijin386
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2785
    Reputação : 3

    01 - A Assemblagem - Página 2 Empty Re: 01 - A Assemblagem

    Mensagem por gaijin386 em Ter Mar 24, 2020 8:43 pm

    Chris, O droide disse que poderia pagar pelo motor desde que o ajudássemos a chegar em casa pelo que entendi e assim sendo não precisariamos roubar o motor, mas é claro que se essa engenbração (o adaptador lá da mensagem 30) que estou fazendo com a bateria funcionar talvez as armas energizadas possam nos defender enquanto arrumamos o motor... claro depois de comprar e trazer é claro....
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2421
    Reputação : 104
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    01 - A Assemblagem - Página 2 Empty Re: 01 - A Assemblagem

    Mensagem por Christiano Keller em Qua Mar 25, 2020 12:18 pm

    Chris Rail,

           Rail olhava para o Jawa intrigado e diz:
           - Então vamos pegar o trem, ir até uma cidade, comprar o motor e voltar? Parece simples e fácil. Rail pensa no peso do motor, nas peças que precisarão para instalar e em tudo aquilo que já viu no destroyer. Dava pra fazer tudo aquilo, o mais difícil seria organizar a situação toda e por alguma razão Rail suspeita que o droid não tenha dinheiro para o motor. Parece fácil demais. Temos que pensar em alguma verificação no caminho para não sair num posto de alfândega sem documentos e procurados. Rail pensa em procurar mais detalhes sobre o que vai acontecer, talvez lembrar sobre coisas comuns em estações de trem, fiscais de identidade ou de carga. Será que algum arquivo tem dados sobre esse processo de transporte com alguma referência?

    Teste:
    Conhecimento comum 1d4
    Vou jogar 2d4 e 1d6, pois se for 2d4 ficam os dados se for 1d4+1d6 pode usar o primeiro 1d4. Se sair o 4 ou o 6 explode? Não sei mas vou deixar os dados.

    Teste 2d4
    Christiano Keller efetuou 2 lançamento(s) de dados 01 - A Assemblagem - Página 2 D4_32x32 (d4.) :
    4 , 3
    Agora só o 1d6, wild dice
    Christiano Keller efetuou 1 lançamento(s) de dados 01 - A Assemblagem - Página 2 Dice (d6.) :
    4

    Agora se houver explosão:
    1d4
    Christiano Keller efetuou 1 lançamento(s) de dados 01 - A Assemblagem - Página 2 D4_32x32 (d4.) :
    4
    1d6
    Christiano Keller efetuou 1 lançamento(s) de dados 01 - A Assemblagem - Página 2 Dice (d6.) :
    4
    Conteúdo patrocinado


    01 - A Assemblagem - Página 2 Empty Re: 01 - A Assemblagem

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qua Abr 01, 2020 4:55 am