Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico

    Leomar
    Mestre Jedi
    Leomar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1463
    Reputação : 25
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico Empty Reinos em Guerra - Medieval Fantástico

    Mensagem por Leomar em Qua Jan 22, 2020 6:11 pm

    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico 358?cb=20110725223209&path-prefix=pt-br

    Sobre o mundo

    Muitos historiadores falam de épocas anteriores às deusas-mãe, mas a história tal como conhecemos começa com Jara e Anĝelina.
    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico 1000?cb=20180422142355&path-prefix=pt-br
    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico Latest?cb=20200126125539&path-prefix=pt-br

    Apesar das diferenças, as deusas-mãe criaram a vida em Akaŝa com certo grau de respeito entre elas. Antes do nascimento de seus filhos toda Akaŝa era um enorme conjunto de ilhas e mais ilhas.

    Jara criou as sereias e Anĝelina os anjos, elegendo cada uma como seus favoritos. O surgimento dos centauros e dos humanos é um mistério com muitas controvérsias.

    Também é um mistério o surgimento de demônios; estes seres são originários dos planos espirituais conhecidos como "Círculos Infernais". Antes dos deuses-filhos nascer eram raríssimos o número destas criaturas que chegavam ao Plano Material, e eram rapidamente combatidos pelos anjos e sereias.

    Foi com o nascimento dos deuses-filhos, Piro e Tamuz, que os continentes surgiram. Piro, deus do fogo e filho de Anĝelina, foi o primeiro. Quando ele nasceu, a parte de terra que forma o oriente, onde hoje são Fajr-Regno e Ajros surgiu. Quando Tamuz, deus da terra e filho de Jara, nasceu, o continente de Gaja surgiu no ocidente.
    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico Latest?cb=20180427205724&path-prefix=pt-br
    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico 1000?cb=20190526193840&path-prefix=pt-br

    Com temperamentos bem mais difíceis que suas mães, os deuses-primos sempre tiveram um relacionamento competitivo e por vezes violento. Esta rivalidade foi assimilada por seus seguidores e acabou se generalizado numa rivalidade entre gajanos e fajrenses.

    Com o nascimento dos deuses-filhos, um número maior de demônios conseguiu passar para o Plano Material através de algumas "feridas" entre-planos chamadas de portais planares. Para piorar, os demônios aprenderam formas diferentes de entrar no Plano Material, como a encarnação, transmutação, evocação maior, etc. Por sorte um mecanismo natural de força sempre impediu que demônios muito poderosos viessem para o Plano Material, só demônios fracos ou enfraquecidos passam por esta "peneira".

    Até aí tudo era controlável, mas as tensões aumentaram exponencialmente quando o deus Piro começou reconhecer demônios como uma raça digna de direitos e deveres, desde que claro, seguissem as leis que ele imporia. O pensamento de Piro era bem simplista: humanos eram capazes de atitudes tão ruins quanto dos demônios, mesmo assim eram considerados cidadães, sujeitos ao peso e benefícios das leis, então os demônios poderiam ser tratados da mesma forma.

    Nem precisa dizer que o resto do mundo ficou de cabelo em pé, considerando uma ideia no mínimo estúpida. Outros já tinham proposto este tipo de pensamento antes, mas foram marcados como hereges; mas agora era o deus do fogo quem falava, e mesmo os outros deuses sendo veementes contra, Piro impôs sua vontade no seu continente.

    Mas quem pensou que isto seria a pior coisa que Piro faria, tinha errado. Piro ainda não tinha chegado ao limite de seus poderes, e quis testar este limites. Embora o fogo fosse o elemento mais destrutivo, não era intenção intenção do deus a destruição pela destruição, então ele começou fazer testes nos desertos. Mas ele era tão forte que isto causava terremotos que podiam ser sentidos há centenas de quilômetros.

    E foi no ano 1327 jP que a destruição atingiu toda Akaŝa. Piro acreditou que não prejudicaria ninguém usando seu poder no meio do oceano, afinal era desabitado por raças superiores (ele avisou as sereias pra elas evitarem a região) e por serem opostas (teoricamente) as água não deveriam reagir violentamente à mana do fogo.

    Ele não poderia estar mais errado.

    Uma vez que Piro liberou seu poder total, gerou uma reação em cadeia impossível de ser parada. Mesmo Jara, que chegou ao local um segundo depois de Piro ter cometido tal estupidez, não foi capaz de barrar as ondas mágicas e físicas, conseguindo no máximo amenizar os danos em seu continente.

    A poderosa queima de mana do fogo reagiu instantaneamente com TODAS as demais manas do planeta, causando maremotos, tsunames, terremotos, furações, rupturas e disrupturas de mana, e tudo que for catástrofes físicas e mágicas.

    NENHUM continente escapou (ainda que Jara tenha conseguido reduzir o efeito em Akvlando), em questão de horas todo planeta tinha sido alterado pelo resto da eternidade. Este dia foi chamado de "O Ragnarök".

    Como o mundo está hoje

    Mas alguns dizem que "não há noite que dure para sempre", e vocês estão hoje no ano de 1429 jP, 102 anos depois do Ragnarök e 98 anos depois do começo das Guerras de Reconquista.

    Gaja conseguiu conquistar muitas partes de Fajr-Regno, mas nunca conseguiu tomar sua principal cidade, Burnabad. Tomar Burnabad poderia significar o fim da guerra com vitória de Gaja, reconquistá-la pode ser o fim da guerra com vitória de Fajr-Regno. Depois de anos de disputa, ambos exércitos estão empobrecidos e exaustos e muitos acreditam que o fim da guerra está próximo.

    Ajros se manteve o mais distante da guerra que conseguiu. No decorrer dos anos, conquistou alguns territórios em outros continentes e perdeu alguns dos seus, mas hoje já reconquistou o que perdeu e devolveu o que tomou. Há ainda muita mágoa dos ajrenses por Piro, que acaba se refletindo como mágoa por seus devotos e por fajrenses de forma geral, portanto o continente não dá muito suporte a Fajr-Regno, porém são raros os grupos de ajrenses que ainda lutam na guerra por qualquer front.

    Akvlando também tentou se manter fora das principais guerras, mas agora amarga uma eminente guerra civil: O continente revesa entre seus reinos os Ciclos de Governança. Basicamente, durante um Ciclo, o reino em questão cuida da arrecadação e distribuição de impostos por todo continente, além de ter voto dobrado em qualquer política interna.

    O Ciclo atual pertencia ao Rei Egel II do reino de Nag, mas o rei foi assassinado, e seu filho Egel III sumiu. Esta morte e desaparecimento foram atribuídas inicialmente a membros da Cour des Miracles, o que causou problemas diplomáticos entre Akvlando e Fajr-Regno.

    As provas nunca foram totalmente convincentes, e alguns fatos pareciam indicar o dedo de pessoas do Yüksek Kan, seja nos crimes em si, seja na tentativa de incriminar a Cour des Miracles.

    Agora, além de tentar desvendar isto, Akvlando também precisa decidir quem irá comandar o Ciclo. Parte da população quer coroar como rainha a filha de Egel II, Princesa Karina Laur, muitos se opõe porque não querem ser governados por uma mulher. Outra parte é favorável que o Ciclo passe para o reino que iria assumir naturalmente depois que o Ciclo de Nag acabasse, que é o reino de Metilene, mas muitos veem isto como tentativa de Metilene tomar o poder e até suspeitam que eles que mataram o rei. Há também parte que defende que o Ciclo volte para o reinos anterior, que era o de Letis, o rei de Letis tinha gerido bem Akvlando durante seu Ciclo.

    Vocês

    Se passaram alguns anos desde o dia que estranhos acontecimentos aconteceram com vocês. Agora vocês estão livre (física e filosoficamente falando). Nestes breves anos vocês evoluíram mais do que todo o resto da vida, conheceram um mundo cem vezes maior do que vocês imaginavam, e amadureceram de forma que nem sonhavam. Dedicaram um bom tempo a novos aprendizados, mas agora precisam tomar uma posição quanto à guerra se quiserem realmente marcar presença na história.




    Como vou adaptar o cenário para o sistema e preferiram D&D vamos às considerações, e quem for mais veterano no sistema me avisa o que é preciso adaptar.

    Demônios, diabos e planos: vou abandonar totalmente tudo referente a plano em D&D, portanto tudo que for "abismo" e os "9 infernos" serão substituídos pelos Sete Círculos Infernais.
    Em D&D tem uma grande diferença entre demônios e diabos, em Akaŝa "demônio" é toda raça que possui ligação com os Círculos Infernais e os diabos são todos raças de demônios. Em Akaŝa muitos consideram demônios até alguns outros tipos de monstros, como harpias, vampiros, megeras e há quem chame qualquer tipo de morto-vivo de demônio também. Em termos de sistema TALVEZ eu considere esta crença do cenário como verdadeira, TALVEZ eu siga o que diz os livros do sistema (ainda não tenho certeza de como isto afetará o jogo).

    Monstros: também não seguirei a risca tudo que tiver nos livros sobre monstros. Alguns terão a história, personalidade, estatística ou qualquer outra característica alterada. Obviamente os que devo mexer mais são os que servirem como raças: sereias, centauros, súcubos... então esqueçam qualquer coisa que o D&D diga sobre eles.

    Outros eu já tinha uma mitologia em Akaŝa, por exemplo: vampiro em Akaŝa é totalmente diferente de D&D e mesmo da nossa mitologia tradicional, não viram fumacinha debaixo do sol, não tem só o sangue como fonte de energia, etc. Dragões, se aparecerem, não vão ter personalidade ligada a cores como no D&D
    Nagas, medusas, harpias podem ter diferenças grandes também. Se bem que todos estes devo usar muito pouco ou nem usar.

    Valor de habilidades: podem escolher um dos padrões:
    15, 14, 13, 12, 10, 8
    15, 13, 13, 12, 11, 8
    14, 13, 13, 12, 11, 9
    15, 15, 11, 11, 11, 9

    Tendências: como jogador nunca levei elas muito a sério, e não faço ideia de pra que servem como mestre, além disto na 5 Next ela parece legada a regra opcional, então que acham de ignorarmos eles? Wink

    Idiomas: Os três principais idiomas na aventura serão o Esperanto, o Moloke e o Tareno. Se não me engano, todos vocês já tinham Esperanto e Moloke, então estes dois idiomas valerão para personagens de qualquer raça. Caso já tenham outro de aventura anterior (A Moon sei que tinha Yrdok pois morou em Ajros) podem por também.

    Estatísticas de raças:
    Humano:
    Os humanos são a raça mais numerosa de Akaŝa, e consegue se adaptar em todos os lugares do planeta. Não possuem nenhuma vantagem especial, porém também não possuem grandes desvantagens.
    Entre as raças superiores, é a que possui uma cultura mais diversificada; todo tipo de vício, e também todo tipo de virtude pode ser encontrado entre seus indivíduos. Possuem representantes em todas as principais filiações (muitas das quais exclusivas para humanos) e são capazes de dominar todos os dons mágicos, sendo os que mais conseguem dominar o dom em mais de uma mana.
    Os humanos conseguem se relacionar (bem ou mal) com todas as demais raças superiores, e podem gerar híbridos com todas exceto com centauros.

    Usar estatísticas do livro.

    centauro:
    Os centauros são uma raça nobre, que já estava em Akaŝa antes dos humanos e anjos aparecerem.
    Atualmente quase toda comunidade centaurina se encontra no continente de Fajr-Regno. Os centauros aceitam conviver com outras raças inteligentes, mas ainda assim preferem sempre viver entre os seus; muitas cidades centáuricas são totalmente fechadas a outras raças.
    A honra é muito importante para os centauros, duvidar de sua palavra é uma ofensa grave. Mas há uma regra bem popular entre os centauros que diz: "Eu sou responsável por aquilo que eu falo, não por aquilo que você entende". Os centauros não costumam mentir (isto é uma desonra grave), mas omitir fatos e relativizar a verdade não são consideradas trapaças para eles.
    Se um centauro diz, por exemplo, "você PODE confiar nesta pessoa", e esta pessoa não agir como o esperado, o centauro que o indicou fará todo o possível para cumprir a palavra dada em seu lugar (são os melhores fiadores de Akaŝa, os comerciantes lhes dão credito fácil). Por outro lado, se ele afirmar que "EU confiaria nesta pessoa" e ela não corresponder à expectativa, o centauro não se sentirá obrigado a responder pelo erro, afinal ele deu apenas uma OPINIÃO PESSOAL e se você fizer o mesmo, o problema é seu.
    Centauros raramente adoecem e se cansam bem menos que outras raças, tem grande resistência a venenos e magias.
    Embora não sejam seguidores ferrenhos da Sagrada Conduta, os centauros tendem a ter uma conduta nobre e honesta: não costumam usar substâncias nocivas ao corpo (usam márgara, mas ela não é considerada droga dependendo da forma que é preparada), fumar perto de um centauro é considerado uma ofensa pessoal, ainda que o fumante não esteja nem aí para o centauro; evitam bebidas alcoólicas e comidas "impuras". Não se envolvem com centaurinas casadas (embora possam paquerar várias solteiras ao mesmo tempo). Buscam sempre cumprir as promessas que fazem, mas nunca fazem um juramento imposto, mesmo que seja banal ou ritualístico.
    Além disto seguem código de honra em caçadas e guerras. A tortura é o pior pecado para um centauro, portanto, se for preciso matar algo eles buscam fazer o mais rápido possível. A morte perfeita é aquela instantânea, com o menor número de golpes. Se são obrigados a fazer prisioneiros, buscam garantir que não passem por nenhum sofrimento desnecessário. Não caçam fêmeas grávidas ou com filhotes, e se possível só abatem machos adultos. Carne abatida antes da maturidade (vitela, leitão) é considerada impura e eles se recusam a comer delas, alguns recusam até comer qualquer coisa servida numa mesa que também é servido carne de filhotes.
    Isto pode fazer os centauros parecerem arrogantes e antissociais (e muitas vezes são mesmo), mas apesar disto são normalmente pacíficos e diplomáticos. A única raça que possuem uma hostilidade natural é a sirena.
    Dificilmente um centauro possui o dom da magia, e mesmo se um deles despertar o dom, raramente o desenvolvem. Uma única centaurina foi conhecida por ter conseguido se tornar uma boa maga: Medreeva.



    Constituição+2, Inteligência+1

    Deslocamento 12 metros

    Investida -> Se você se movimentar pelo menos 6 metros em linha reta em direção a um alvo, e acertá-lo com um ataque com arma corpo a corpo no mesmo turno, jogue o dado de dano da sua arma duas vezes e os some. Depois de usar essa habilidade, você não pode usá-la novamente até que termine um descanso curto ou longo.

    Cascos -> Os seus cascos são armas de corpo a corpo naturais e que você é proficiente com eles. Se você acertar um alvo com seus cascos, ele sofre
    1D6 + o seu modificador de Força de dano por concussão. Em caso de COICE o dano é 3D6 + o seu modificador de Força.

    Corpo Equino -> Você é considerado como um tamanho acima de Médio com relação à sua capacidade de carregar carga e ao peso que consegues empurrar ou arrastar. Além disso, qualquer escalada que utilize mãos e pés é especialmente difícil para você por causa dos seus cascos. Quando tiver que realizar esse tipo de escalada, cada 0,3 m de movimentação lhe custa 1,2 m extras, ao invés dos 0,3 m normais (centauros COSTUMAM ter acrofobia). Finalmente, uma criatura de tamanho Médio ou menor pode montar no seu corpo, se você o permitir (centauros não costumam permitir facilmente). Em tal situação, você continua a agir de forma independente e não como uma montaria controlada.

    Sobrevivente -> Você tem proficiência na perícia Sobrevivência.

    Natureza Híbrida -> Você é considerado como sendo dois tipos de criatura: humanoide e monstruosidade. Você pode ser afetado por efeitos de jogo que atuem em qualquer um dos dois tipos (off: ainda não sei que efeitos são estes, mas tava no material oficial, se der merda a gente revê isto).

    Sereias:
    Quanto falamos da raça sirena estamos quase sempre falando exclusivamente das sereias (fêmeas da espécie), pois elas são dez vezes mais numerosas que os tritões (machos da espécie), além disto, enquanto as sereias adoram interagir com humanos, os tritões preferem manter-se distante de outras raças, o que faz com que sejam ainda menos vistos que as sereias.
    Belas, sedutoras e divertidas, estas são as primeiras características que pensamos quando falamos de sereias. Mas podemos pensar também em rápidas e ágeis, pois é uma das raças com maior destreza, o que faz delas grandes e perigosas lutadoras.
    Muitos sirenos têm a capacidade de mudar sua forma para uma forma humana, e nesta forma apenas um centauro é capaz de diferenciá-los, nem mesmo outro sireno tem esta capacidade. A maior dificuldade de uma sereia que quer se passar por humana é disfarçar sua nada discreta personalidade: todas tem luxúria como característica, e não demonstram qualquer timidez, mesmo estando nuas no meio de uma multidão, além disto, adoram aparecer, podem ser debochadas, falam demais e adoram uma boa fofoca. Com sua grande flexibilidade e sensualidade andam sempre rebolando, como se estivessem dançando o tempo todo. Aliás são ótimas dançarinas e cantoras (mesmo quando não têm estas perícias como característica).
    Embora os humanos gostem de interagir com sereias, principalmente sexualmente, elas não são a raça mais confiável de Akaŝa. Alguns humanos acreditam que todas as sereias são interesseiras e atribuem a elas a culpa por muitos navios destruídos ou desaparecidos, divulgando que, em mar aberto as sereias destroem os navios para saqueá-los e ainda matam e comem todas as tripulações.
    Os sirenos são inimigos naturais de centauros e demônios, e além disto, os anjos, embora não nutram uma hostilidade natural contra as sereias, preferem evita-las, devida suas atitudes e personalidades nada castas.
    A cauda das sereias, quando está bem esticada, é tão cortante quanto uma espada, e frequentemente elas a usam como arma, conseguindo passar da forma sirenídea à humana e vice-versa em segundos, e com sua agilidade conseguem decapitar ou amputar inimigos com certa facilidade. Não é muito grande a quantidade de sereias que despertam o dom (cerca de uma a cada dez apenas), mas entre as sereias há grandes magas. O dom da magia azul é sempre o primeiro a ser despertado, e raramente despertam um segundo.



    Destreza+1, Carisma +1

    Deslocamento: na forma humana 9 metros, na forma sirena 9 metros em natação.

    Anfíbio: Pode respirar debaixo d'água.

    Metamorfose: Não é capacidade de todo sireno, mas personagens dos jogadores têm a capacidade de trocar a forma sirena por uma forma humana e vice-versa. Esta mudança demora um turno, mas pode ser prejudicada de o sireno ficar mais de dois dias sem imergir na água. Não é possível voltar pra forma sirena se estiver vestindo qualquer coisa que impeça juntar as pernas, como calça ou qualquer coisa amarrada na perna, bem como qualquer tipo de calçado.

    Guardiões das Profundezas: Resistência ao frio (obs: não será absoluta, em lugares abaixo de zero ainda sente frio, mas muito menos que outras raças) e ignora qualquer penalidade causada por grandes profundezas.

    Voz Melodiosa: Esta é de GURPS e não D&D, mas tipo, sereias tem controle vocal muito bom, sua voz "normal" é agradável e elas conseguem deixá-la mais grave ou mais aguda com muito mais facilidade que outras raças. Isto facilita alguns troques vocais, como imitar outras vozes, ou fazer soar como criança, idoso, outra raça ou gênero...

    Audição apurada, Olfato ruim: ganha mod+2 em testes de percepção envolvendo audição e mod-2 envolvendo olfato ou paladar.

    Arma Natural: Pode usar a cauda como arma natural cortante, se acertar o alvo causa 1D6+ modificador de força.

    Anjo:
    Os anjos são a raça preferida de Anĝelina, que os criou para refletir todos os atributos que mais presa: castidade, honestidade, honra, justiça, cultura...
    Os anjos são belos e nobres, seguem a Sagrada Conduta de sua deusa. A grande maioria mora em Ajros e alguns compõem o exército do continente, sendo deles o posto militar mais importante: Os Guardiões.
    Devido sua postura honrada, anjos são pacifistas, mas quando precisam lutar usam armas corpo-a-corpo, pois consideram uma forma de covardia usar armas de ataque a distância.
    Como são uma raça espiritual (cuja constituição dos corpos é mais espiritual que mágica e material) possuem uma afinidade maior com o Plano Espiritual Celeste, sendo que muitos chegam a passar décadas neste plano (na chamada "falsa morte").
    Depois de atingir a maturidade os anjos não mais envelhecem. Mas os anjos costumam saber quais entre eles são mais jovens ou mais velhos pelo tamanho e brilho de suas penas, que mudam um pouco a cada troca. As asas dos anjos às vezes denunciam também o estado dos anjos, pois toda vez que o anjo sofre alguma emoção forte (seja susto, medo, raiva, excitação sexual ou similar) suas asas tentem a abrir e bater involuntariamente, sendo quase impossível mantê-las fechadas; por outro lado, quando estão muito tristes eles as deixam bem fechadas.
    Embora tenham bom relacionamento com alguns humanos, os anjos se consideram uma raça mais evoluída que as demais devido sua devoção à Anĝelina e sua afinidade com o plano espiritual, por isto, embora sejam considerados modelos de virtude e bondade, também são às vezes considerados muito orgulhosos e fanáticos. Servem de mediadores entre a deusa Anĝelina e os humanos, e também agem como diplomatas e juízes.



    Sabedoria+1, Carisma+1

    Deslocamento 9 metros.

    Voo -> Você tem deslocamento de voo de 15 metros. Para usar esse deslocamento, você não pode estar vestindo armadura média ou pesada. (obs.: regiões com concentração muito alta de mana negro ou muito baixa de mana branco podem atrapalhar seu voo.

    Resistência Celestial -> Você tem resistência a dano necrótico e radiante.

    Portador da Luz -> Você conhece o truque luz. Carisma é a habilidade usada para conjurar este truque.

    Mãos Curadoras -> Com uma ação, você pode tocar uma criatura e fazer com que ela recupere um numero de pontos de vida igual ao seu nível. Após usar essa característica, você não pode usa-la novamente até realizar um descanso longo. (obs: não funciona em criaturas vinculadas ao Plano Espiritual Infernal. O mestre pode pedir teste se tentar usar em magos negros.)

    Consumo Radiante -> Começando no terceiro nível, você pode usar sua ação para liberar sua energia divina interior, irradiando uma luz cauterizante, derramando de seus olhos e boca, ameaçando carbonizar você.
    Sua transformação dura por 1 minuto ou até você encerrá-la com uma ação bônus. Enquanto durar, você irradia luz intensa em um raio de 3 m e penumbra por 3 m adicionais, e no final de cada um de seus turnos, cada criatura dentro de um raio de 3 metros recebem dano radiante igual a metade do seu nível (arredondado para cima). Adicionalmente, em cada um de seus turnos, você causa dano extra radiante a um alvo quando você causa dano a ela com um ataque ou magia. O dano extra é igual ao seu nível. Uma vez que você use esse traço, você não pode usá-lo novamente até terminar um descanso longo.

    Diabo:
    Os demônios representam as raças espirituais infernais, e portanto têm uma maior afinidade com o Plano Espiritual Infernal, ou Círculos Infernais.
    Esta raça na verdade representa várias raças; tanto seres que vieram direto de algum Círculo Infernal quanto dos que descendem de outros demônios. Os diabos são os demônios vindos normalmente do Primeiro, Segundo ou Terceiro Círculo Infernal.
    Embora os demônios possam varias bastante tanto na aparência quanto na personalidade, eles são considerados como os "representantes do mal". Morte, magia negra, violência, vícios... Tudo que existe de errado, destrutivo ou mesquinho é atribuído à alçada dos demônios.
    Os demônios apresentam pelo menos uma das seguintes características acentuada: sanguinolência, luxúria, sede de poder, preguiça ou desonestidade. Tendem a ser também mais violentos que as demais raças superiores, mas nem sempre agem como bestas ignorantes: são inteligentes como toda raça superior (embora não tanto quanto as demais), e portanto sabem reconhecer e estabelecer regras e condutas sociais, mesmo que as quebrem frequentemente.
    Além de não serem bem vistos por nenhuma outra raça, incluindo a própria, são inimigos naturais de anjos e sirenos.
    Demônios são fortes e resistentes à dor (hipoalgia), o que faz de todos guerreiros perigosos.



    Força +2

    Deslocamento 9 metros.

    Visão no Escuro -> Você pode ver na penumbra a até 18 metros de você como se fosse luz plena e na escuridão como se fosse penumbra.

    Resistência ao calor (obs: não será absoluta, em lugares extremamente quentes ainda sente calor, mas muito menos que outras raças) danos causados por fogo são reduzidos em 1D4 até segundo nível, 1D6 até quarto nível, 1D8 até sexto nível, 1D10 até oitavo nível.

    Resistência a Veneno -> Danos do tipo veneno são reduzidos pela metade.

    Legado Infernal -> Você conhece o truque taumaturgia. Quando você atingir o 3° nível, você poderá conjurar a magia repreensão infernal como uma magia de 2° nível. Quando você atingir o 5° nível, você também poderá conjurar a magia escuridão. Você precisa terminar um descanso longo para poder usar as magias desse traço novamente. Sua habilidade de conjuração para essas magias é Carisma.

    Súcubo / Íncubo:
    Os demônios representam as raças espirituais infernais, e portanto têm uma maior afinidade com o Plano Espiritual Infernal, ou Círculos Infernais.
    Entre as súcubos (fêmeas) e os íncubos (machos) existem várias sub-raças determinadas por características secundárias, mas os íncubos/súcubos são os demônios mais parecidos com humanos, e também os mais bonitos. Estão entre os demônios alados (alguns diabos podem ser alados também, mas entre os I/S todos são).
    Eles vêm do Primeiro, Segundo, Terceiro ou até Quarto Círculo Infernal; Existem muito mais súcubos que íncubos (no mínimo o dobro), tanto no Plano Espiritual quanto Material. Frequentemente os íncubos e súcubos lideram grupos de diabos e outros demônios mais fracos.
    Os demônios apresentam pelo menos uma das seguintes características acentuada: sanguinolência, luxúria, sede de poder, preguiça ou desonestidade. Tendem a ser também mais violentos que as demais raças superiores, mas nem sempre agem como bestas ignorantes: são inteligentes como toda raça superior (embora não tanto quanto as demais), e portanto sabem reconhecer e estabelecer regras e condutas sociais, mesmo que as quebrem frequentemente.
    Os I/S são bem mais sociáveis que os diabos, até se portam de forma "nobre", ainda assim é difícil ter total confiança num íncubo ou súcubo, mesmo para outros demônios.
    Demônios são fortes e resistentes à dor (hipoalgia), o que faz de todos guerreiros perigosos.



    Carisma+1, Inteligência +1

    Deslocamento 9 metros.

    Voo -> Você tem deslocamento de voo de 15 metros. Para usar esse deslocamento, você não pode estar vestindo armadura média ou pesada. (obs.: regiões com concentração muito alta de mana branco ou muito baixa de mana negro podem atrapalhar seu voo.

    Visão no Escuro -> Você pode ver na penumbra a até 12 metros de você como se fosse luz plena e na escuridão como se fosse penumbra.

    Resistência ao calor (obs: não será absoluta, em lugares extremamente quentes ainda sente calor, mas muito menos que outras raças) danos causados por fogo são reduzidos em 1D4 até segundo nível, 1D6 até quarto nível, 1D8 até sexto nível, 1D10 até oitavo nível.

    Aura de Sedução -> (Não pode ser usada durante combate) Você gera uma aura de 7,5 metros centrado em você, cada criatura nesta área ficarão suscetíveis a sugestões suas por uma hora. Para cada sugestão, a criatura alvo faz um teste de resistência de Sabedoria, quanto mais simples e coerente a sugestão, maior a chance das criaturas falharem. Cada falha aumenta a CD do teste seguinte em +1.
    Quando você usar essa característica, você não poderá utilizá-la novamente antes de realizar um descanso curto ou longo.
    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 6070
    Reputação : 131
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico Empty Re: Reinos em Guerra - Medieval Fantástico

    Mensagem por Dycleal em Qua Jan 22, 2020 6:26 pm

    Estou contigo mestre!
    Srta. Moon
    Antediluviano
    Srta. Moon
    Antediluviano

    Mensagens : 4214
    Reputação : 37
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico Empty Re: Reinos em Guerra - Medieval Fantástico

    Mensagem por Srta. Moon em Qui Jan 23, 2020 1:18 pm

    Continuar com a filha da minha antiga personagem meio demônio meio anjo ??????????????
    DariusNovadek
    Investigador
    DariusNovadek
    Investigador

    Mensagens : 76
    Reputação : 3

    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico Empty Re: Reinos em Guerra - Medieval Fantástico

    Mensagem por DariusNovadek em Qui Jan 23, 2020 2:20 pm

    Leomar meu amigo, acho que nossos destinos tinham que se cruzar, estava agora indo falar com vc no Face pra ver se não voltávamos com a Kate.

    Será que poderíamos retomar ela? Cara, esse foi o melhor pbf que já joguei
    Leomar
    Mestre Jedi
    Leomar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1463
    Reputação : 25
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico Empty Re: Reinos em Guerra - Medieval Fantástico

    Mensagem por Leomar em Qui Jan 23, 2020 3:23 pm

    Continuar com a filha da minha antiga personagem meio demônio meio anjo ??????????????

    A nova geração dos Oranĝalumo!

    @DariusNovadek escreveu:Leomar meu amigo, acho que nossos destinos tinham que se cruzar, estava agora indo falar com vc no Face pra ver se não voltávamos com a Kate.

    Será que poderíamos retomar ela? Cara, esse foi o melhor pbf que já joguei

    Nesta mesa que acabei agora a Kate era até meu PdM, embora os encontros com os jogadores tenham sido muito pequenos e provavelmente eles nem lembram dela.

    Como disse, estou querendo simplificar um pouco, claro que sempre gostei de colocar um cenário complexo e realista e dar muita liberdade para os jogadores, mas desta vez estava pensando em fazer tudo numa cidade só, seja em Burnabad no reino do fogo ou em Jarailê no continente das águas só para tentar algo mais "tradicional" no RPG

    E queria saber também, vocês preferem a nova aventura em qual sistema?
    DariusNovadek
    Investigador
    DariusNovadek
    Investigador

    Mensagens : 76
    Reputação : 3

    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico Empty Re: Reinos em Guerra - Medieval Fantástico

    Mensagem por DariusNovadek em Qui Jan 23, 2020 3:27 pm

    Por mim qualquer sistema.. E Depois me passa o link pra eu ver a kate???

    E estou dentro dessa, mas também, de verdade, se tiver afim, vamos voltar com a Kate? Queria dar uma vida completa pra ela coitada. É uma pj muito boa pra ficar esquecida.
    Srta. Moon
    Antediluviano
    Srta. Moon
    Antediluviano

    Mensagens : 4214
    Reputação : 37
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico Empty Re: Reinos em Guerra - Medieval Fantástico

    Mensagem por Srta. Moon em Qui Jan 23, 2020 3:31 pm

    Sistema Daemon hauhauahauhauh
    Mas continua com aquele mesmo ou usa um qualquer simples não sei ????

    Na boa eu queria continuar minha aventura naquela cidade neutra, mas pode ser qualquer outra lembro que a do fogo não casou com minha antiga personagem, foi melhor naquela que tinha anjo... Se der vou jogar com minha filha vai ser Akaso parte 2 igual dragon ball hauhauahauh
    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 6070
    Reputação : 131
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico Empty Re: Reinos em Guerra - Medieval Fantástico

    Mensagem por Dycleal em Qui Jan 23, 2020 3:42 pm

    Sistema D & D 5e
    DariusNovadek
    Investigador
    DariusNovadek
    Investigador

    Mensagens : 76
    Reputação : 3

    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico Empty Re: Reinos em Guerra - Medieval Fantástico

    Mensagem por DariusNovadek em Qui Jan 23, 2020 3:59 pm

    Sistema Daemon hauhauahauhauh Mas continua com aquele mesmo ou usa um qualquer simples não sei ???? Na boa eu queria continuar minha aventura naquela cidade neutra, mas pode ser qualquer outra lembro que a do fogo não casou com minha antiga personagem, foi melhor naquela que tinha anjo... Se der vou jogar com minha filha vai ser Akaso parte 2 igual dragon ball hauhauahauh escreveu:


    Viu, tem mais gente que apoia a minha ideia de voltar com os pjs antigos kkk
    Leomar
    Mestre Jedi
    Leomar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1463
    Reputação : 25
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico Empty Re: Reinos em Guerra - Medieval Fantástico

    Mensagem por Leomar em Qui Jan 23, 2020 4:34 pm

    Por mim qualquer sistema.. E Depois me passa o link pra eu ver a kate???

    http://www.novaerarpg.com/t3531p20-um-dia-tipico-nadhull#135641

    Ela tá um pouco diferente, embora ainda use a espada com o símbolo da siriema (era espada ou era um escudo que ganhou de presente? Vou ter que lembrar alguns detalhes.)

    E estou dentro dessa, mas também, de verdade, se tiver afim, vamos voltar com a Kate? Queria dar uma vida completa pra ela coitada. É uma pj muito boa pra ficar esquecida.

    Claro. Ainda bem que não trabalhei muito a história dela nesta última mesa, pois estava pensando em alguns eventos um pouco traumáticos...

    Sistema Daemon hauhauahauhauh
    Mas continua com aquele mesmo ou usa um qualquer simples não sei ????

    Daemon eu acho que joguei só uma vez. Lembro de ser relativamente fácil de aprender. Se os outros toparem...

    Na boa eu queria continuar minha aventura naquela cidade neutra, mas pode ser qualquer outra lembro que a do fogo não casou com minha antiga personagem, foi melhor naquela que tinha anjo... Se der vou jogar com minha filha vai ser Akaso parte 2 igual dragon ball hauhauahauh

    Então...
    ...
    ...
    Você tinha terminado em Ajros, e eu nunca tive problema de mestrar com dois ou três grupos em lugares diferentes, aliás isto acaba sendo regra nos meus jogos. Por isto que desta vez eu queria ver se conseguia manter um grupo mais junto, só pra variar um pouco...

    Antes de Ajros, você estava na Ilha dos Exilados, não era bem Fajr-Regno. Poderíamos achar uma desculpa para sua filha ir pra Fajr-Regno, que provavelmente será onde tem mais coisa acontecendo. Mas se acharem mais interessante o continente das águas, tem muita coisa em Akvlando também. Seria difícil levar os outros para Ajros porque já tem jogador que vai ser demônio.

    sua filha teria 25% de chance de parecer anjo e 75% de chance de parecer humana, poderia até escolher, ou se quiser emoção, tirar nos dados.
    DariusNovadek
    Investigador
    DariusNovadek
    Investigador

    Mensagens : 76
    Reputação : 3

    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico Empty Re: Reinos em Guerra - Medieval Fantástico

    Mensagem por DariusNovadek em Qui Jan 23, 2020 4:49 pm

    kkk que bom que vc se manteve fiel a Kate, ficou fera, obrigado!

    Tinha que avisar o Dycleal que ela gosta de outra fruta, e que o que não falta na vida dela, é sexo. kkkk
    Foi uma espada mesmo, o simbolo da siriema é por causa do apelido que a demônia que esqueci o nome deu pra ela.

    Vc ainda tem meu whats? se quiser me chama la, eu lembro bastante coisa sobre a história da Kate, ela foi marcante pra mim.

    A gente lembra junto
    Leomar
    Mestre Jedi
    Leomar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1463
    Reputação : 25
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico Empty Re: Reinos em Guerra - Medieval Fantástico

    Mensagem por Leomar em Qui Jan 23, 2020 5:14 pm

    Melhor era deixar ele descobrir sozinho.

    Eu acho que tenho é no Face. Eu lembro que ela trabalhava com a Velora (ainda tá trabalhando) e a Zaratkir, a outra demônio não lembro se era a Keela ou a Kapitulina ou se era outra. Também não lembro o nome de sua namorada, só lembro que tinha cabelo preto e era boa de comércio.
    Srta. Moon
    Antediluviano
    Srta. Moon
    Antediluviano

    Mensagens : 4214
    Reputação : 37
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico Empty Re: Reinos em Guerra - Medieval Fantástico

    Mensagem por Srta. Moon em Qui Jan 23, 2020 6:22 pm

    me lembrei da Kate O.O
    Cara voltar com a Valkiria já adulta, casada com meu anjuuu, mas tinha que ver o motivo de ter me levado a me aventurar novamente... Claro deixar maridão com a filhota na cidade dos anjos. Continuar aquela parada de estudar magia e parte curandeira, tinha algo com livro que não haviamos terminado aproveitar que a Kate voltou assim podemos continuar de onde parou a anos quando eu era novinha e solteira ahuhauahuahuahauhauhauhau
    JPVilela
    Investigador
    JPVilela
    Investigador

    Mensagens : 86
    Reputação : 4

    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico Empty Re: Reinos em Guerra - Medieval Fantástico

    Mensagem por JPVilela em Sab Jan 25, 2020 8:33 am

    Olá. Deixando esse post aqui para demonstrar meu interesse em participar dessa mesa. Qualquer coisa tamos ai.
    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 6070
    Reputação : 131
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico Empty Re: Reinos em Guerra - Medieval Fantástico

    Mensagem por Dycleal em Sab Jan 25, 2020 2:02 pm

    @DariusNovadek escreveu:kkk que bom que vc se manteve fiel a Kate, ficou fera, obrigado!

    Tinha que avisar o Dycleal que ela gosta de outra fruta, e que o que não falta na vida dela, é sexo. kkkk
    Foi uma espada mesmo, o simbolo da siriema é por causa do apelido que a demônia que esqueci o nome deu pra ela.

    Vc ainda tem meu whats? se quiser me chama la, eu lembro bastante coisa sobre a história da Kate, ela foi marcante pra mim.

    A gente lembra junto

    Nadhull está dando em cima de alguém?
    Leomar
    Mestre Jedi
    Leomar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1463
    Reputação : 25
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico Empty Re: Reinos em Guerra - Medieval Fantástico

    Mensagem por Leomar em Dom Jan 26, 2020 1:52 pm

    Basicamente todos falaram que não importa o sistema, então última chance, não tem mesmo um preferido? A maioria já se divertiu no sistema próprio mesmo, mas quem estava me ajudando pulou do barco. D&D eu já joguei mas nunca mestrei, se nos aventurarmos nele terão que ter um pouco de paciência comigo.

    A Srta. Moon sugeriu Daemon, já joguei a muito tempo, se não me engano ele é até fácil, mas quero algo que seja conhecido da maioria pelo menos. Se ninguém falar nada escolho entre D&D, GURPS ou Tagmar.

    Como todos já passaram pela introdução de Akaŝa, seja agora seja há anos atrás, agora vocês já conhecem bastante da história do planeta, embora sempre haverão lacunas.

    Eu sempre abria para todas as escolas (Cour des Miracles, Cisne Branco, Yüksek Kan, Atemense, etc...) desta vez vou começar ou só em Fajr-Regno ou só Akvlando. Então escolham: Fajr-Regno terá mais combates acontecendo, Akvlando terá mais intrigas e política acontecendo.

    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico 358?cb=20110725223209&path-prefix=pt-br

    Sobre o mundo

    Muitos historiadores falam de épocas anteriores às deusas-mãe, mas a história tal como conhecemos começa com Jara e Anĝelina.
    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico 1000?cb=20180422142355&path-prefix=pt-br
    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico Latest?cb=20200126125539&path-prefix=pt-br

    Apesar das diferenças, as deusas-mãe criaram a vida em Akaŝa com certo grau de respeito entre elas. Antes do nascimento de seus filhos toda Akaŝa era um enorme conjunto de ilhas e mais ilhas.

    Jara criou as sereias e Anĝelina os anjos, elegendo cada uma como seus favoritos. O surgimento dos centauros e dos humanos é um mistério com muitas controvérsias.

    Também é um mistério o surgimento de demônios; estes seres são originários dos planos espirituais conhecidos como "Círculos Infernais". Antes dos deuses-filhos nascer eram raríssimos o número destas criaturas que chegavam ao Plano Material, e eram rapidamente combatidos pelos anjos e sereias.

    Foi com o nascimento dos deuses-filhos, Piro e Tamuz, que os continentes surgiram. Piro, deus do fogo e filho de Anĝelina, foi o primeiro. Quando ele nasceu, a parte de terra que forma o oriente, onde hoje são Fajr-Regno e Ajros surgiu. Quando Tamuz, deus da terra e filho de Jara, nasceu, o continente de Gaja surgiu no ocidente.
    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico Latest?cb=20180427205724&path-prefix=pt-br
    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico 1000?cb=20190526193840&path-prefix=pt-br

    Com temperamentos bem mais difíceis que suas mães, os deuses-primos sempre tiveram um relacionamento competitivo e por vezes violento. Esta rivalidade foi assimilada por seus seguidores e acabou se generalizado numa rivalidade entre gajanos e fajrenses.

    Com o nascimento dos deuses-filhos, um número maior de demônios conseguiu passar para o Plano Material através de algumas "feridas" entre-planos chamadas de portais planares. Para piorar, os demônios aprenderam formas diferentes de entrar no Plano Material, como a encarnação, transmutação, evocação maior, etc. Por sorte um mecanismo natural de força sempre impediu que demônios muito poderosos viessem para o Plano Material, só demônios fracos ou enfraquecidos passam por esta "peneira".

    Até aí tudo era controlável, mas as tensões aumentaram exponencialmente quando o deus Piro começou reconhecer demônios como uma raça digna de direitos e deveres, desde que claro, seguissem as leis que ele imporia. O pensamento de Piro era bem simplista: humanos eram capazes de atitudes tão ruins quanto dos demônios, mesmo assim eram considerados cidadães, sujeitos ao peso e benefícios das leis, então os demônios poderiam ser tratados da mesma forma.

    Nem precisa dizer que o resto do mundo ficou de cabelo em pé, considerando uma ideia no mínimo estúpida. Outros já tinham proposto este tipo de pensamento antes, mas foram marcados como hereges; mas agora era o deus do fogo quem falava, e mesmo os outros deuses sendo veementes contra, Piro impôs sua vontade no seu continente.

    Mas quem pensou que isto seria a pior coisa que Piro faria, tinha errado. Piro ainda não tinha chegado ao limite de seus poderes, e quis testar este limites. Embora o fogo fosse o elemento mais destrutivo, não era intenção intenção do deus a destruição pela destruição, então ele começou fazer testes nos desertos. Mas ele era tão forte que isto causava terremotos que podiam ser sentidos há centenas de quilômetros.

    E foi no ano 1327 jP que a destruição atingiu toda Akaŝa. Piro acreditou que não prejudicaria ninguém usando seu poder no meio do oceano, afinal era desabitado por raças superiores (ele avisou as sereias pra elas evitarem a região) e por serem opostas (teoricamente) as água não deveriam reagir violentamente à mana do fogo.

    Ele não poderia estar mais errado.

    Uma vez que Piro liberou seu poder total, gerou uma reação em cadeia impossível de ser parada. Mesmo Jara, que chegou ao local um segundo depois de Piro ter cometido tal estupidez, não foi capaz de barrar as ondas mágicas e físicas, conseguindo no máximo amenizar os danos em seu continente.

    A poderosa queima de mana do fogo reagiu instantaneamente com TODAS as demais manas do planeta, causando maremotos, tsunames, terremotos, furações, rupturas e disrupturas de mana, e tudo que for catástrofes físicas e mágicas.

    NENHUM continente escapou (ainda que Jara tenha conseguido reduzir o efeito em Akvlando), em questão de horas todo planeta tinha sido alterado pelo resto da eternidade. Este dia foi chamado de "O Ragnarök".

    Como o mundo está hoje

    Mas alguns dizem que "não há noite que dure para sempre", e vocês estão hoje no ano de 1429 jP, 102 anos depois do Ragnarök e 98 anos depois do começo das Guerras de Reconquista.

    Gaja conseguiu conquistar muitas partes de Fajr-Regno, mas nunca conseguiu tomar sua principal cidade, Burnabad. Tomar Burnabad poderia significar o fim da guerra com vitória de Gaja, reconquistá-la pode ser o fim da guerra com vitória de Fajr-Regno. Depois de anos de disputa, ambos exércitos estão empobrecidos e exaustos e muitos acreditam que o fim da guerra está próximo.

    Ajros se manteve o mais distante da guerra que conseguiu. No decorrer dos anos, conquistou alguns territórios em outros continentes e perdeu alguns dos seus, mas hoje já reconquistou o que perdeu e devolveu o que tomou. Há ainda muita mágoa dos ajrenses por Piro, que acaba se refletindo como mágoa por seus devotos e por fajrenses de forma geral, portanto o continente não dá muito suporte a Fajr-Regno, porém são raros os grupos de ajrenses que ainda lutam na guerra por qualquer front.

    Akvlando também tentou se manter fora das principais guerras, mas agora amarga uma eminente guerra civil: O continente revesa entre seus reinos os Ciclos de Governança. Basicamente, durante um Ciclo, o reino em questão cuida da arrecadação e distribuição de impostos por todo continente, além de ter voto dobrado em qualquer política interna.

    O Ciclo atual pertencia ao Rei Egel II do reino de Nag, mas o rei foi assassinado, e seu filho Egel III sumiu. Esta morte e desaparecimento foram atribuídas inicialmente a membros da Cour des Miracles, o que causou problemas diplomáticos entre Akvlando e Fajr-Regno.

    As provas nunca foram totalmente convincentes, e alguns fatos pareciam indicar o dedo de pessoas do Yüksek Kan, seja nos crimes em si, seja na tentativa de incriminar a Cour des Miracles.

    Agora, além de tentar desvendar isto, Akvlando também precisa decidir quem irá comandar o Ciclo. Parte da população quer coroar como rainha a filha de Egel II, Princesa Karina Laur, muitos se opõe porque não querem ser governados por uma mulher. Outra parte é favorável que o Ciclo passe para o reino que iria assumir naturalmente depois que o Ciclo de Nag acabasse, que é o reino de Metilene, mas muitos veem isto como tentativa de Metilene tomar o poder e até suspeitam que eles que mataram o rei. Há também parte que defende que o Ciclo volte para o reinos anterior, que era o de Letis, o rei de Letis tinha gerido bem Akvlando durante seu Ciclo.

    Vocês

    Se passaram alguns anos desde o dia que estranhos acontecimentos aconteceram com vocês. Agora vocês estão livre (física e filosoficamente falando). Nestes breves anos vocês evoluíram mais do que todo o resto da vida, conheceram um mundo cem vezes maior do que vocês imaginavam, e amadureceram de forma que nem sonhavam. Dedicaram um bom tempo a novos aprendizados, mas agora precisam tomar uma posição quanto à guerra se quiserem realmente marcar presença na história.




    Cara voltar com a Valkiria já adulta, casada com meu anjuuu, mas tinha que ver o motivo de ter me levado a me aventurar novamente...

    Se preferir voltar como a filha dela a gente ignora algumas falhas temporais, ou faço Kate ter vivido num tempo diferenciado no plano espiritual e enquanto pra Valkiria passaram décadas pra ela só poucos anos. Mas se preferir ir com a Valkiria mesmo, seu marido (lembro o sobrenome dele mas não lembro o nome) pode ter ido a Fajr-Regno seja como diplomata, ou como Guardião do Exército de Ajros e você acaba se envolvendo também.

    tinha algo com livro que não haviamos terminado

    Esta eu não lembro.

    Olá. Deixando esse post aqui para demonstrar meu interesse em participar dessa mesa. Qualquer coisa tamos ai.

    Já ta dentro. Como disse, a probabilidade de começarmos em Fajr-Regno, o continente de Piro, do fogo, é maior, se for tendo ideias pro personagem eu te ajudo desenvolver, todos os demais já jogaram comigo em três espaços de tempo diferente.

    Nadhull está dando em cima de alguém?

    Lembra da ruiva que você chamava de "parruda", que você tentou cantar mas ela não te deu moral, e ainda apanhou dela? Então, o @DariusNovadek é o dono original dela. Claro que quando ele era jogador ela ainda era magrinha e o pessoal chamava ela até de Siriema, além de ter umas atitudes meio sem noção (se bem que eu tenha colocado várias más influências do lado dela). Hoje já está bem mais encorpada e o Marcel a apresentou até como "campeã da Corte".
    Srta. Moon
    Antediluviano
    Srta. Moon
    Antediluviano

    Mensagens : 4214
    Reputação : 37
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico Empty Re: Reinos em Guerra - Medieval Fantástico

    Mensagem por Srta. Moon em Seg Jan 27, 2020 3:57 pm

    Sistema Tagmar é uma bosta... o cenário muito bom, mas o sistema puta merda que lixo ...tudo menos aquele sistema estranho ...Para leomar tu já foi melhor que isso ...


    Valkyria versão adulta mesmo ...
    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 6070
    Reputação : 131
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico Empty Re: Reinos em Guerra - Medieval Fantástico

    Mensagem por Dycleal em Seg Jan 27, 2020 4:03 pm

    Eu falei que meu sistema preferido era d & d 3.5 ou 5e. Talvez pathfinder

    Lembro da parruda sim, se ela bobear, crau. Até a jara o Nadhull dava um trato. O cara é um Incubo meu irmão kkkkk
    Pikapool
    Tecnocrata
    Pikapool
    Tecnocrata

    Mensagens : 499
    Reputação : 33

    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico Empty Re: Reinos em Guerra - Medieval Fantástico

    Mensagem por Pikapool em Seg Jan 27, 2020 4:45 pm

    Eu li demônios?!

    Então, teria espaço para mais um?

    DAEMON é fácil e divertido, mas gosto de d&d 3.5. Da pra fazer algumas combinações legais em d&d 3.5. Twisted Evil
    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 6070
    Reputação : 131
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico Empty Re: Reinos em Guerra - Medieval Fantástico

    Mensagem por Dycleal em Seg Jan 27, 2020 5:22 pm

    @Pikapool escreveu:Eu li demônios?!

    Então, teria espaço para mais um?

    DAEMON é fácil e divertido, mas gosto de d&d 3.5. Da pra fazer algumas combinações legais em d&d 3.5. Twisted Evil


    Opa, alguém com juízo!
    Conteúdo patrocinado


    Reinos em Guerra - Medieval Fantástico Empty Re: Reinos em Guerra - Medieval Fantástico

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Abr 09, 2020 4:37 pm