Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    3a Cronica de Dacrius: No limite do orgulho

    Compartilhe
    Bidy
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 553
    Reputação : 0

    3a Cronica de Dacrius: No limite do orgulho

    Mensagem por Bidy em Qua Jan 21, 2015 11:11 pm

    Recapitulando.

    O Spectre do Conselho, Dacrius, conseguiu de um agente do famoso informante misterioso Shadow Broker uma informação de que a criança turian que resgataram na lua de Pharos e que foi posteriormente confiscada pela Hierarquia Turian.

    Segundo o agente, a criança turian dotada de poderes biotics descomunais apelidado como "Zero" estaria em algum dos laboratórios da empresa Exogeni no planeta artico de Novéria, no limiar do espaço controlado pelo conselho com os selvagens sistemas Termynus.

    Chegando no laboratório Dacrius acompanhado por seu esquadrão formado pela engenheira quarian Lia Vael e a Capitã da Aliança humana resgatada pelo spectre das mãos da Cerberus, Sarah, ganharam acesso ao laboratório da zona norte além das geleiras que teve seu contato cortado e estava com a quarentena ativada devido a um vazamento biológico em seu interior.

    Enfrentando a tempestade glacial no interior de um veiculo blindado, conseguiram alcançar o laboratório onde encontraram um mercenário krogan chamado Urdnot Kolvant que foi contratado como guarda costas de Gaspard Francis, um cientista que temia por sua vida devido as hostilidades que os aliens desenvolviam contra humanos em virtude dos sucessivos ataques da Cerberus, uma organização para militar pro humana envolvida em atividades moralmente questionaveis.

    Adentrando a zona de quarentena, o esquadrão enfrentou um monstro disforme com força e resistencia absurdas mas acabaram por derrota-lo após uma dura batalha...

    Atualmente.

    A criatura cai após ter sua cabeça literalmente explodida pelo tiro da escopeta do krogan que Dacrius pegou no meio da luta.

    Todos respiram aliviados, agora que você tem tempo de olhar a sua volta, nota que está em um saguão de entrada. A mesa da recepção está no lugar por ser soldada ao chão mas o computador está destruído e a entrada por onde vocês vieram está lacrada por camadas blindadas.

    Um sinal holográfico de "Quarentena Ativada" brilha na entrada...


    Gaspard: - A quarentena não vai sair até a ameaça ser neutralizada.

    Lia: - Ou até que alguém desative pelo servidor principal...brincadeira de criança, me dá cinco minutos com o computador principal e a gente sai rapidinho.

    A capitão Sarah dá um chute no monstro morto e troca o clipe térmico do fuzil.


    Sarah: - Sou só eu quem ta se perguntando que porra acabamos de matar?

    O krogan pega a escopeta de volta de Dacrius e limpa um pouco do sangue nas ombreiras.

    Kolvant: - Temos a solução. Balas! Por mim a gente limpa o lugar e põe na conta do filho de um varren que me botou nessa merda...e eu com certeza vou querer um puta AUMENTO DEPOIS DESSA!

    Ele olha para o humano com uma cara de "To falando contigo paspalho!" que ele prontamente faz um "aham" com a cabeça, muito tentado em concordar com o alien capaz de esmagar sua cabeça como se fosse um ovo...
    Aron
    Forasteiro

    Forasteiro

    Mensagens : 4
    Reputação : 0

    Re: 3a Cronica de Dacrius: No limite do orgulho

    Mensagem por Aron em Qui Jan 22, 2015 3:59 pm

    Dacrius: - A Lia consegue fazer isso fácil.. Vamos aguardar até ela conseguir..

    Com a capitã humana perguntando que bicho era aquele, Dacrius se aproximou do bixo e disse:

    Dacrius: - Alguma experiência errada com algum humano..Ou certa, dependendo do que eles queriam.. Bastardos..

    Depois se pôs a frente do grupo, e disse:

    Dacrius: - Bom, viemos aqui para resgatar o Zero, e não importa quantos monstros desses encontrarmos, não saio daqui sem ele! Já chega de sofrimentos para ele!
    Bidy
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 553
    Reputação : 0

    Re: 3a Cronica de Dacrius: No limite do orgulho

    Mensagem por Bidy em Qua Jan 28, 2015 10:27 pm

    Lia: - Hmm Dacrius? Eu disse cinco minutos COM O COMPUTADOR PRINCIPAL. A segurança cibernética da corporação é bem absurda, não tem como hackear daqui. Eles tem uma pancada de sistemas de segurança em computação quantica e...

    Kolvant: - E ela não consegue. Vamo ter que achar alguém que consiga.

    Mesmo a cara da quarian estando debaixo de um capacete, você consegue quase sentir o olhar mortal que ela soltou no krogan...que parece não ter notado nada.

    Sarah: - Errada com certeza. Nenhum corpo humano deveria crescer assim...ou ter garras do tamanho de uma porra de uma criança. Se a Exogeni ta envolvida nisso, ela para aqui.

    Ela olha na direção de Gaspard.

    Sarah: - Você sabe de alguma coisa?

    Gaspard: - E...eu? Não. Eu trabalhava nos projetos daqui de cima, com plantas nativas desse planeta. Os projetos do maior nivel de segurança eram nos andares mais inferiores. Você precisa de permissão de nível 5 para chegar lá, a minha vai no máximo até o nível 3. Mas tinha um monte de gente trabalhando aqui, alguém deve estar vivo!

    Sarah: - Os sobreviventes podem falar melhor que porra ta acontecendo aqui...se eles ainda viverem.
    Aron
    Forasteiro

    Forasteiro

    Mensagens : 4
    Reputação : 0

    Re: 3a Cronica de Dacrius: No limite do orgulho

    Mensagem por Aron em Qui Jan 29, 2015 2:21 pm

    - Me desculpe Lia.. Interpretei mal sua frase..

    Vira então para Gaspard e fala:

    - Entao nao conseguiremos ir alem sem um cartao do nivel 4 ou 5?

    Dacrius tenta prosseguir, procurando cadaveres ou sobreviventes que o ajudassem a prosseguir, se possivel, procurava em caixas também
    Bidy
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 553
    Reputação : 0

    Re: 3a Cronica de Dacrius: No limite do orgulho

    Mensagem por Bidy em Dom Fev 01, 2015 5:43 pm

    Lia: - Relaxa, acontece.

    Ela fala tentando ficar mais calma, as vezes até dá pra esquecer que ao contrário de você e Sarah. Lia não é do exército...e nem um krogan.


    Gaspard: - Se acharmos alguém com esse nível de autorização podemos descer, mas pouca gente tem esse acesso. Só executivos, cientistas chefes e guardas especialmente colocados naqueles andarem tem permissão pra entrar lá.

    Kolvant: - De qualquer jeito não vamos fazer nada ficando aqui.

    A porta por onde vocês entraram está totalmente lacrada com camadas de blindagem, tornado impossível sequer pensar em força-la. O unico caminho adiante é um elevador subindo as escadas no saguão principal. Ele parece funcional e os únicos andares são os inferiores, você vê no painel o andar B1, B2, B3, B4 e B5. Gaspard usa o cartão de autorização dele, os três primeiros estão liberados no painel.
    Aron
    Forasteiro

    Forasteiro

    Mensagens : 4
    Reputação : 0

    Re: 3a Cronica de Dacrius: No limite do orgulho

    Mensagem por Aron em Seg Mar 16, 2015 12:16 pm

    Dacrius ouve a todos.. As opções não estavam muito abastadas.. Porém a autorização do humano lhes permitia ir um pouco mais além.. Quando os andares se disponibilizaram, Dacrius imediatamente aperta o B3.

    - Quanto mais pra baixo, melhor.. Vamos ficar preparados para quando a porta abrir, não sabemos o que estará nos esperando quando a porta abrir..

    E então fica de prontidão para um possível combate.
    Bidy
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 553
    Reputação : 0

    Re: 3a Cronica de Dacrius: No limite do orgulho

    Mensagem por Bidy em Sex Maio 01, 2015 7:52 pm

    *Lia aperta o botão para o B3 já que você mencionou que queria ir no mais embaixo. O elevador permanece em silencio e calmo a descida toda, mas quando a porta de metal se abre vocês se deparam com um corredor branco repleto de cadaveres, em sua absoluta maioria seguranças.

    Sangue turian, salarian e asari se misturam no chão, vocês percebem grandes amassados nas paredes e pelo fato de que a maioria deles parece terem os ossos estraçalhados, algo muito muito forte passou por lá, algo que nem vários guardas armados conseguiram enfrentar.


    Sarah: - Ca...ra...lho…

    Kolvant: - Acho que alguém resolveu redecorar o lugar.

    Todos olham para o krogan que responde com a maior naturalidade do mundo.

    Kolvant: - Que foi?

    Gaspard começa a passar mal e vomitar no canto do elevador.

    Lia: - Keelah...quem ou o que fez isso?!

    O único caminho é seguindo em frente através dos corpos.
    Aron
    Forasteiro

    Forasteiro

    Mensagens : 4
    Reputação : 0

    Re: 3a Cronica de Dacrius: No limite do orgulho

    Mensagem por Aron em Sex Maio 06, 2016 3:00 pm

    Dacrius vê o massacre geral feito por algo.. Pelo jeito pior do que o que enfrentaram.. Ele começa a andar devagar para a frente, olhando os cadáveres, tentando ver se encontrava algum cartão que o liberasse para andares mais baixos.. Era meio difícil ver algo no meio daquelas massas de carne todas estraçalhadas. Ele vira pro Krogan e diz:

    - Olha, to quase apoiando sua ideia de limpar o local.. Não se pode deixar algo como o que fez isso a solta..

    Dacrius se pegou imaginando no que fariam com o Zero.. Ele é apenas um jovem.. Se vira para sua equipe:

    - Vamos.. Devagar e atentos, não sabemos aonde o perigo está, Kolvant.. Quer ir na frente?

    Se caso o valentão recusasse, Dacrius iria na frente
    Conteúdo patrocinado


    Re: 3a Cronica de Dacrius: No limite do orgulho

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Ago 21, 2017 5:57 pm