Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    #01 - Gene (em) EX-tinção - Parte 01

    Compartilhe
    Darkwes
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1390
    Reputação : 0

    #01 - Gene (em) EX-tinção - Parte 01

    Mensagem por Darkwes em Dom Fev 15, 2015 3:00 am











    Nascidos portando mutações genéticas as quais lhes conferem habilidades além do possível a humanos normais, mutantes são o próximo estágio da evolução. Sendo assim, eles são temidos e odiados pela humanidade. No entanto, um grupo de mutantes conhecidos como X-Men lutam em busca de uma pacífica coexistência entre mutantes e humanos.



    Esta luta por pouco se perdeu quando a Feiticeira Escarlate erradicou o gene X de aproximadamente 99% dos mutantes ao redor do mundo, deixando-os à beira da extinção. Apenas 198 dos mutantes conhecidos retiveram seus poderes e, no total, não mais que 300 mutantes devem existir ao redor do globo, somando-se aqueles que sequer despertaram seus dons. Para agravar a situação, novos mutantes deixaram de nascer por um longo período, até que todos os sistemas de detecção indicaram o surgimento de um novo mutante, ainda recém-nascido, a esperança de que havia um futuro para o homo superior.

    Os Purificadores, um grupo religioso anti-mutante, acreditando que a criança fosse uma espécie de anti-cristo mutante rapidamente encontrou o local de seu nascimento. Eles incendiaram toda a cidade no intuito de matar a criança, fato este que fez com que o líder dos X-Men, Ciclope, repensasse seu modo de agir e criasse uma equipe formada pelos melhores rastreadores e assassinos dentre os X-Men. A este time fora permitido que cruzassem os limites que os X-Men nunca cruzaram.




    O time fora liderado por Wolverine e chamado X-Force. Estes foram bem sucedidos em salvar o recém-nascido mutante, mesmo sofrendo algumas perdas.

    A criança fora então entregue ao viajante do futuro, Cable, que seria responsável por protegê-la até que pudesse retornar em segurança. No entanto, outro mutante vindo do futuro, Bishop, acreditando que a criança seria responsável pelo seu futuro, onde mutantes estão praticamente extintos e são constantemente caçados e eliminados, decidiu que o recém-nascido deveria ser morto a qualquer custo, passando a perseguir Cable e o bebê de forma incessante, mas não antes de atingir o Professor X na cabeça, o tiro 'acidental' fez com que Charles Xavier perdesse suas memórias e o controle sobre seus poderes. Desde então, Bishop tornou-se um traidor a ser perseguido e eliminado.


    De volta ao presente, após um ataque direto aos Purificadores e algumas missões com atuações questionáveis em relação à filosofia dos X-Men, Ciclope dissolveu a X-Force, acreditando que o grupo mutante não fosse mais necessário, no entanto, Wolverine pensa diferente e sabe que outros inimigos perigosos cedo ou tarde vão exigir um time que não tem receio em fazer as escolhas difíceis...

    Em segredo, Wolverine contatou mutantes ao redor do mundo, a maioria deles sem qualquer relação com os X-Men. Mutantes habilidosos e convictos, mercenários, visionários e até mesmo assassinos, dispostos a fazerem qualquer coisa pela causa mutante, interessados em viverem no limite, ou apenas ávidos em encherem os seus bolsos. Suas motivações podem ser as mais variadas, mas estes sabem que quando houvesse algo que necessite de seus poderes, seriam convocados por aquele que é conhecido como o melhor no que faz. E esta hora parece ter finalmente chegado.

    Convocados em uma localização misteriosa em Alberta no Canadá, no meio do nada, os mutantes mal sabem que tipo de missão os aguarda...







    *Continua no próximo post...
    Darkwes
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1390
    Reputação : 0

    Re: #01 - Gene (em) EX-tinção - Parte 01

    Mensagem por Darkwes em Seg Fev 16, 2015 10:51 am






    Quanto mais se aproximavam das coordenadas que lhes foram enviadas, os novos integrantes da X-Force se lembravam do que os fizera chegar até ali, como ficaram conhecendo o homem conhecido como Logan e os motivos deste tê-los convocado para fazerem parte deste novo grupo...






    Marcos Andros, também conhecido como Doctor D se juntou aos X-Men há pouco tempo atrás em busca não apenas de um novo lar, mas também de uma nova chance. Talvez na tentativa de provar a si mesmo que não era apenas o assassino que o moldaram, de que também podia se relacionar com outras pessoas sem feri-las, de que seus poderes não eram apenas uma maldição. Apesar dos altos e baixos, marcos buscava se adaptar à sua nova realidade e, aos poucos, poderia chamar o Instituto Chavier de lar. No entanto, seus desejos e expectativas vieram a se deteriorar rapidamente quando a mansão fora alvo do ataque da Liga Sapien que, aproveitando-se da então fragilidade dos mutantes após o dia M, buscou eliminar aqueles que residiam no instituto. Andros viu com seus próprios olhos dezenas de jovens serem executados, mutantes e até mesmo aqueles que haviam perdido seus poderes, na ocasião o jovem perdeu o controle sobre si mesmo e mal se lembra do que ele mesmo fez, ou quantas vidas encerrou com suas próprias mãos.
    Desorientado após o evento, Marcos decidiu novamente se afastar dos X-Men, se redescobrir e encontrar sua verdadeira faceta. Porém, o destino quisera algo diferente, meses após deixar o Instituto, Doctor D fora contatado por Wolverine, um de seus antigos instrutores mais respeitáveis. 'Logan' lhe ofereceu uma posição em uma nova equipe, a qual sua existência seria de conhecimento apenas dentre seus membros. Seus objetivos: prevenir que tragédias como a presenciada no Instituto voltassem a ocorrer...






    Com uma pistola energética apontada para a própria cabeça e um grande sorriso no rosto, Candice ameaçava os guardas de maneira no mínimo curiosa. Ambos se entreolhavam sem saber como reagir até que a garota fez o favor de colocá-los para dormir. Com o caminho livre para o cofre da joalheria, a garota arrombou a grande porta de aço e adentrou saltitante, no entanto, quando a fumaça gerada pela explosão se desfez, uma surpresa. Sentado sobre uma pilha caixas metálicas estava ninguém menos que James "Logan" Howlett o Wolverine, que havia feito um buraco no chão e adentrado antes da garota. Acendendo um charuto e olhando de modo repreensivo para Candice, Logan a questionou se o tempo que passou no Instituto Xavier não lhe servira de nada, mas aquele homem já sabia a resposta.
    Wolverine então ofereceu à garota um lugar em seu time de especialistas, ela teria equipamento à sua disposição, diversão garantida, muita ação e uma causa. Porém, antes de aceitar a oferta, uma dúzia de guardas vieram pelo corredor atirando. A joalheria era obviamente apenas uma fachada para o negócio sujo do Rei do Crime e tanto Candice quanto Logan sabiam disso, despachando sem muito esforço os lacaios.
    Meses se passaram até que o ranzinza entrasse em contato e, entediada, Candice resolveu atender o chamado. Se o que Logan a prometera fosse verdade, seus dias de calmaria haviam finalmente acabado, afinal, desde que sua amiga se foi, roubos não eram mais tão empolgantes quanto antes e, quem sabe agora, ela poderia reencontrar seu modo de viver perigosamente.






    Chegando na América, o doutor Trevor Velkan buscou se manter nas sombras, vagando por dias pelos esgotos sem saber ao certo para onde estava rumando. Apesar da ausência de conforto, Trevor sentia-se seguro, mas isso não durou muito. Ao se aproximar de um pequeno vilarejo, o doutor presenciou um grupo de fanáticos incendiando casas no intuito de exterminar os mutantes impuros que ali residiam, fato este que o fez reagir, perdendo a razão mais uma vez, no entanto, aqueles humanos estavam muito bem equipados neutralizando Trevor facilmente, seu destino só não fora pior devido a intervenção dos X-Men que levaram-no para o Instituto Xavier. Lá Trevor descobriu o real motivo da estranha mudança física que ocorrera com ele ao ter o soro injetado em seu organismo. Seu gene X, que se encontrava dormente até aquele momento ativou-se, gerando uma reação em cadeia que, somada ao soro, o transformou no grande réptil humanoide.
    Trevor rapidamente fez amizade com o Dr. Hank McCoy que o ajudou a desvendar sua mutação, além de também conhecer o mutante Wolverine. O doutor Velkan podia sentir que aquele homem, assim como ele, também possuía uma besta dentro de si, mas de algum modo ele parecia controlá-la, o que fez com que os dois se aproximassem. Repentinamente Logan propôs a Trevor que o ajudasse em algo sigiloso e sem muitas explicações o pediu para que rumasse até o Canadá, onde o encontraria dentro de 24 horas. Velkan podia sentir que se tratava de algo de grande importância, rapidamente decidindo ir até o local indicado.






    Sempre buscando uma causa maior que si mesmo para provar seu valor e resolução, o árabe Almir Hayek, outrora seguidor da Al-Qaeda, entrou em contato com os X-Men enquanto fazia justiça com suas próprias mãos. Inicialmente Almir entrou em conflito com os mutantes, mas logo percebeu que estavam do mesmo lado. Eles o ofereceram um lugar para ficar e entender mais sobre si mesmo, mas apesar de aceitar a oferta, Almir, agora também conhecido como Umbral, sabia que lhe faltava algo.
    Foi então que Logan, o Wolverine, um dos líderes dos X-Men, aproximou-se do ex-guerrilheiro, oferecendo-lhe uma chance de lutar por algo maior, não apenas em favor da causa mutante, mas também para garantir que novas tragédias como muitas outras que já houveram no passado vissem a se repetir. Logan não lhe deu muitos detalhes a respeito do que tinha em mente, mas lhe garantiu que os fins justificariam os meios e ele necessitava de alguém que compreendesse bem essa filosofia, como era o caso de Hayek. Umbral fora enviado para o Canadá onde receberia maiores informações a respeito do que estava por vir. Apesar de não saber que tipo de missão receberia, Almir podia sentir que aquela seria uma nova provação de Alá para testar suas convicções e uma oportunidade de demonstrar seu valor diante dele.






    Apesar do inverno já ter acabado, a camada de neve na região montanhosa de Alberta era bastante espessa dificultando a movimentação em direção ao local demarcado. Por sorte, o uniforme que receberam também servia para isolar o frio, pois a temperatura estava abaixo dos 10 graus negativos e, quanto mais caminhavam, mais pareciam distantes de onde deviam chegar. A cidade mais próxima estava a quilômetros de distância e muitos já questionavam os motivos de estarem no meio do nada quando finalmente é avistada uma grande porta metálica, quase encoberta pela neve, aos pés de uma formação rochosa. Ao aproximarem-se desta, um sensor é ativado, o dispositivo parece verificar a identidade dos recém-chegados e, em seguida, a grande porta metálica ruge se abrindo.

    Adentrando no novo ambiente, havia uma grande escadaria metálica e, no fim desta, cerca de 20 metros abaixo, um emaranhado de equipamentos eletrônicos, caixas metálicas, grandes tubos de vidro vazios, mesas cirúrgicas, monitores e diversas engenhocas robóticas que sabe-se lá pra que serviam, tudo cercado por grandes paredes de metal. No ambiente circular, haviam diversas portas de contenção que aparentavam se encontrar desativadas, o que dava a impressão do ambiente ser bem mais amplo do que presenciavam, se estendendo montanha a dentro.

    Aos poucos, os primeiros que haviam adentrado no local eram acompanhados pelos demais membros do novo grupo mutante, mas até então, nenhum sinal de Wolverine ou de qualquer outra pessoa além dos 4.




    *Tópico liberado para postagens. Considerem que o primeiro a postar chegou primeiro no local, os demais chegando logo em seguida.
    Bidy
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 553
    Reputação : 0

    Re: #01 - Gene (em) EX-tinção - Parte 01

    Mensagem por Bidy em Seg Fev 16, 2015 6:11 pm

    O esgoto não era o lugar mais confortável ou agradável do mundo, mas era quieto e isolado o que para Trevor significava segurança...para os outros...mas para que isso continuasse precisava ficar sempre em movimento.

    Sua viagem o trouxe a um pequeno vilarejo, daqueles onde geralmente nada acontecia, exceto que a aparência enganou muito visto que algumas pessoas estranhamente bem armadas estavam incendiando casas e gritando a plenos pulmões alguma coisa sobre "mutantes sujos". Não importa o que estivesse acontecendo e sem sequer saber por que, Trevor pulou para a ação guiado por seus instintos animais o que acabou sendo futil...

    Estava preparado para encontrar o seu fim, de fato até pensava que era melhor assim para que não pudesse ter mais sangue inocente em suas mãos, foi então que o destino em uma virada estranha trouxe os X-Men para o lugar.

    Mesmo em meio a outros mutantes sua insegurança era aparente, isso até conhecer Wolverine e Hank McCoy que tinham problemas similares com suas contrapartes mais primais e Hank assim como Trevor tinha que lidar com o fato de ser uma mente brilhante presa ao corpo de um bruto.

    Ao trabalhar com Hank, Trevor descobriu que sua mutação era apenas uma consequencia de um gene x adormecido que potencializou os resultados do mutagênico, o que resultou em suas feições reptilianas e na força super humana que adquiriu.

    Ajudava Hank com as tarefas do laboratório uma vez que o conhecimento de ambos sobre mutação era sem duvidas util para os X-Men e Trevor sente que deve a eles por não só ter salvo sua vida mas por talvez dar a ele um motivo para viver.

    Repentinamente Logan pediu a ajuda de Trevor com algo estranhamente secreto que parecia ser de grande importância...

    O lugar onde acabaram indo era um inferno branco. Inicialmente um uniforme de latex colado não seria sua primeira escolha de vestimenta mas não teve exatamente como reclamar já que é muito dificil achar alguma coisa que sirva em um homem lagarto de mais de dois metros de altura e mais de trezentos quilos de musculos e segundo por que ele consegue esquentar tão bem quanto vários casacos e o lugar está a menos de 10 graus centigrados.

    Não era exatamente sociável com os colegas, na verdade desde sua mutação tomou uma politica de se fechar bastante para evitar que pudesse ferir alguém, algo que abria uma exceção pelo menos por enquanto apenas com Hank.

    As coordenadas acabaram por leva-los até um lugar escondido que parecia um laboratório abandonado. Trevor acaba ficando de fato curioso com os dispositivos cirurgicos e grandes tubos e chega mais perto para dar uma examinada e tentar determinar para o que serviam. (Conhecimento Ciencias)


    OFF: Como rolo os testes mesmo?
    Makaveli Killuminati
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1803
    Reputação : 11
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: #01 - Gene (em) EX-tinção - Parte 01

    Mensagem por Makaveli Killuminati em Seg Fev 16, 2015 6:31 pm

    O branco da neve estava enchendo Candice de tédio, então, por conta própria resolve achar algo para se entreter, coincidência ou não, um Lince parecia estar querendo brincar com a mercenária, pelo menos na cabeça dela ele queria. Candice começava a correr com passadas altas para driblar a espessa neve, correndo atrás do Lince, que reage disparando em corrida fugindo da garota de cabelos azuis. O lince era muito mais rápido que Candice, que não iria perder a brincadeira que fazia em sua própria cabeça de forma tão fácil, logo, ela puxa o rifle das suas costas e prende a respiração, calculando a rota do Lince e apertando o gatilho. O barulho do disparo era bastante alto, o tiro foi certeiro, bem no pescoço do Lince, que deita no chão apagado, Candice sorria, o som do disparo ecoava entre as montanhas e um barulho grave semelhante a de um trovão é escutado. Púrpura Celeste olha para trás e imediatamente seu sorriso desaparece. - "Não... Não... Sério?" - Uma grande camada de neve havia se dispersado de uma das montanhas, o som do disparo havia provocado uma avalanche. Candice corria como nunca, adrenalina estava tão alta que talvez tivesse alcançado a Lince se estivesse correndo da mesma forma antes, de certa forma, ela achava aquilo engraçado, gargalhando enquanto corria em direção de onde seu nariz apontava. Após muita correria, enfim, havia escapado.

    Exausta, apoiada com as duas mãos no joelho, ela vagarosamente levanta a cabeça, percebendo só agora que havia chegado em algum lugar. Sim, realmente, parecia ter chego em seu destino, mesmo que acidentalmente. Uma enorme porta metálica jazia em sua frente, quando um dispositivo parecia escaneá-la, Púrpura Celeste respondia com um sorriso simpático e um aceno para o dispositivo, jugando que alguém estivesse a vendo por uma câmera. A porta se abre. Candice caminhava porta adentro sem nenhuma preocupação, se deparando com um enorme espaço. A mercenária continuava caminhando em direção a escadaria, girando seu corpo durante a caminhada, observado toda grandiosidade do local e seus equipamentos. Candice não se preocupava muito com o fato de ser procurada, mas enfim se atenta a isso, levantando a possibilidade que talvez aquilo fosse uma emboscada, embora tivesse certeza que não era, Candice já tinha percebido que o Largatão havia chegado antes dela, mas resolve brincar com ele e ignorá-lo. - AlôôÔÔ?... Se tiver alguém ai pra me receber, é bom aparecer logo... Por quê eu não quero imaginar que isso seja alguma emboscada... Nesse caso eu teria que atirar em você... - O silêncio permanecia, só sua voz ecoava no local. - Legal... Okay, eu espero! - Candice caminhava escadaria abaixo, vasculhando os equipamentos do local e tentando descobrir o quê estava dentro das caixas metálicas, pois seja lá o quê fosse, para estar dentro de caixas metálicas provavelmente seriam valiosas. - Lagartão... Eu percebi você ai, impossível não perceber esses dois metros de pura intimidação... Aliás, me diga, como é ser um Lagarto?... Você toma banho de Sol?  Come mosca?... Ops, acho que é o sapo que come mosca... - Candice decide interagir com o mutante animalesco, tentando o provocar, concluindo que discutir com o Homem-Lagarto talvez fosse divertido enquanto continuava esperando pelos outros.
    Yuji Kiba
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 230
    Reputação : 0

    Re: #01 - Gene (em) EX-tinção - Parte 01

    Mensagem por Yuji Kiba em Seg Fev 16, 2015 10:46 pm

    Existiam varias coisas no seu passado que Marcos não gostava de recordar, alguns conscientemente outros nem tanto, rostos de vitimas de seus ataques que sumiam a medida que fazia novas vitimas, mas o rosto de seus ex colegas executados era algo que não conseguia esquecer nem se tentasse. Ainda sentia o sangue ferver com a sede de vingança e por isso a chamada de Wolverine foi providencial.

    -“Talvez eu possa me acalmar finalmente, talvez, mais umas 100 pessoas talvez, talvez...”

    Andava pela neve devagar, um sobretudo com capuz que deixava muito pouco a mostra. Tinha algumas provisões para viagem, entretanto, algumas vezes preferia caçar os animais locais. Sempre para comer apenas, mas sua fome nunca era saciada.

    -“Mais alguns talvez, talvez...”

    Ao chegar no local, observa a porta de metal e logo sabe que esta no lugar certo. Marcos não sorri nem faz nenhum tipo de movimento diferente, apenas continua andando para dentro do local. O mutante escuta uma voz ao longe, mas não demonstra surpresa. Talvez alguma curiosidade, mas não demonstra, apenas segue pelas escadas vagarosamente, não tirava o casaco apenas seguia o caminho.  
    Chegando no fim da escada nota os equipamentos e o que pareciam ser outros mutantes, ali convocados alem dele.

    -“Um grupo?”

    Sem dirigir a palavra dar atenção a nada que os outros faziam, Marcos se senta em uma das caixas e cruza os braços, pensando que eventualmente viriam respostas sobre o motivo de Logan o chamar ali, porem se mantinha desconfiado como era de sua natureza.

    -“Será alguma armadilha? Talvez, Talvez...”
    Bidy
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 553
    Reputação : 0

    Re: #01 - Gene (em) EX-tinção - Parte 01

    Mensagem por Bidy em Ter Fev 17, 2015 3:54 am

    Percebe logo a garota em roupas bem...exóticas chegando de forma tão sutil quanto uma machadada na cara.

    - Longe de mim ser um critico mas se quiser evitar emboscadas, anunciar sua presença pra todo mundo não é um caminho sábio.


    Responde com uma bela dose de sarcasmo, seu sotaque é obviamente britanico perante as perguntas impertinentes dela enquanto continua a examinar os equipamentos.

    - Suas capacidades de observação são devéras extraordinárias... Responde com um sarcasmo obvio quando ela menciona que o homem reptil gigante é bem chamativo.

    - Prefiro banho de água quente e um bife a parmegiana com um copo de Jack. Como é ser uma mulher crescida vestida como uma adolescente burguesa carente por atenção?

    O homem lagarto se aproxima dos equipamentos de cirurgia. Os tubos eram grandes o bastante para um ser humano adulto ou pelo menos algo de fisionomia humanoide, os aparelhos ligados a estes mediam pressão sanguínea, frequência cardíaca e respiração. Obviamente para controlar os sinais vitais de seja lá quem ou o que estivesse ocupando os tubos.
    Trevor coça o focinho pensativo.

    - Hmm...intrigante. Estes equipamentos com certeza foram usados em experimentos com humanos...ou mutantes. Os tubos tem tamanho compatível a uma criatura de fisionomia humanoide...e esses monitores seriam para controlar seus sinais vitais...mas é claro...seria improdutivo que o "voluntário" morresse...
    Makaveli Killuminati
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1803
    Reputação : 11
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: #01 - Gene (em) EX-tinção - Parte 01

    Mensagem por Makaveli Killuminati em Ter Fev 17, 2015 4:23 am

    Púrpura Celeste dava risada e batia com a palma das mãos uma na outra histericamente com as respostas sarcásticas do réptil. - Que surpresa!... O lagartão tem senso de humor!... E eu imaginando que... - A mercenária interrompe sua fala quando o terceiro mutante chega no local, o quê não a impede de fazer um comentário sobre o terceiro mutante para o réptil. - Você até que é bonitinho perto desse ai. - O humanoide de aparência diabólica parecia realmente ignorar os dois. Candice voltava sua atenção as caixas metálicas lacradas, tentando descobrir o quê elas guardavam. - Se um dos cavalheiros conseguisse abrir essa caixa, eu ficaria muito, MUITO agradecida. - Comenta a mercenária enquanto continuava a vasculhar a caixa, não havia prestado muita atenção no quê o réptil havia falado sobre os equipamento, pois tentava fazer algumas previsões em sua mente do quê era guardado nas caixas metálicas.
    Elminster Aumar
    Administrador
    avatar
    Administrador

    Mensagens : 7889
    Reputação : 37
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Re: #01 - Gene (em) EX-tinção - Parte 01

    Mensagem por Elminster Aumar em Ter Fev 17, 2015 11:53 am

    Almir Hayek via aquela oportunidade de participar dos X-Men como uma chance, de não só para provar a Alá o seu valor, mas também para conseguir a proteção necessária contra a organização islâmica Al-Qaeda que não devia estar contente com o seu sumiço. A pedido de Logan, ele viajou para uma região montanhosa no Canadá, um lugar de temperatura baixa e severa que apenas o seu uniforme permitia-o resistir a tal clima. Após uma longa caminhada, Almir percebeu a grande porta metálica que se escondia por baixo da neve. Ele parou diante dela, mas antes de fazer qualquer menção de entrar, ele puxou a espada de suas costas, cravou no solo macio e se ajoelhou. Em seguida rezou:


    "Em nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso:
    Louvado seja Deus, Senhor do Universo,
    Clemente, o Misericordioso,
    Soberano do Dia do Juízo
    Só a Ti adoramos e só de Ti imploramos ajuda;
    Guia-nos à senda reta"



    Então ele se levantou novamente, e guardando a espada, passou pela porta cujos sensores o haviam identificado e desceu a escadaria até uma sala de equipamentos e engenhosas deveras estranha e curiosa. A sala estava ocupada por um homem-lagarto, um humano de chifres e pele negra de aparência um tanto demoníaca e uma garota de cabelo azul e olhar maníaco. Almir deixou-se esboçar um leve sorriso:

    - Tenho que admitir que Logan não poderia ter escolhido um time mais bizarro e improvável. Sem ofensas a nenhum dos presentes. Apenas espero que essa missão não envolva ser discreto - termina dizendo Almir de olho no homem-lagarto gigante. Ele vê a menina tentando abrir uma das caixas e aproxima-se. - Com licença. Eu acho que posso cuidar disso para você.

    Hayek puxa sua espada, mira o topo da caixa de onde seria a sua abertura e desfere um golpe horizontal visando quebrar apenas a tampa sem danificar quaisquer materiais que tiver em seu interior.
    Darkwes
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1390
    Reputação : 0

    Re: #01 - Gene (em) EX-tinção - Parte 01

    Mensagem por Darkwes em Ter Fev 17, 2015 2:34 pm






    Com o auxílio do recém-chegado Almir, Candice consegue abrir uma das caixas de metal empilhadas no local, dentro desta haviam diversas ferramentas que a garota nunca tinha visto na vida, mas nenhuma delas aparentava ser algo útil no seu 'campo de atuação'. Já Trevor, conferindo os equipamentos do local, pode observar que a maioria deles parecia intacta, boa parte, inclusive os grandes tubos, aparentavam já terem sido utilizados, mesmo que há muito tempo atrás, mas era como se alguém estivesse cuidando para que tudo aquilo permanecesse em bom estado.

    Com o grande portão de aço fechado, o som do lado externo era completamente isolado, sendo os únicos ruídos escutados no ambiente, aqueles que os próprios ocupantes faziam ao mexerem nos equipamentos que ali se encontravam. O som do aço das caixas de metal ressoava e as vozes ecoavam até se dissiparem e, fora estes ruídos, o silêncio chegava a perturbar, certamente não havia nenhuma outra pessoa no local. Passadas aproximadamente 2 horas desde que o primeiro dos 4 adentrou no local, após uma porção de dúvidas surgirem nas mentes dos mutantes, um clarão.

    Bem no centro do grande salão, um grande clarão de coloração branco-azulada surge de repente, desenhando um círculo luminoso de aproximadamente 3 metros de diâmetro no piso metálico. Ao mesmo tempo, dois vultos humanoides surgem no centro deste, um deles, de fisionomia masculina e musculosa, não medindo mais que 1,60 metros de altura e, o outro, feminino e juvenil, aproximadamente da mesma altura, claramente empunhava uma grande espada de lâmina larga acima da cabeça. Em poucos segundos a luminosidade se desfaz revelando as duas pessoas que ali surgiam.

    A figura masculina trajava um uniforme azul e dourado e tinha a máscara pendurada na parte de trás do traje, a expressão séria logo deu lugar a um pequeno sorriso quando ele olhou para os mutantes que ali se encontravam.




    - Todos tão aqui, mas o que mais me surpreende é que ainda não tentaram se matar... muito bom meus chapas! Acho que tava preocupado à toa! 'Cês vão fazer um grupo e tanto... acreditem ou não.


    Logan então se põe a caminhar em direção aos presentes, apontando com o polegar direito por cima do ombro em direção à garota atrás dele que baixava o braço o qual segurava a grande espada.





    - Acho que nenhum de vocês conhece a guria, essa é Illyana...

    - É Magia.

    - Tanto faz...



    A garota não parecia ter mais que uns dezesseis anos, com traje completamente negro, segurava a espada de lâmina larga com uma das mãos como se esta fosse extremamente leve, ou talvez o peso da mesma seria insignificante para ela. Magia tinha uma expressão que misturava tédio com um certo ar de superioridade, observando mais o local do que os ocupantes, parecendo não se importar muito com estes.




    - Bom, eu sei que 'cês tão loucos pra se conhecerem melhor, mas os chamei aqui com certa urgência porque temos algo pra fazer e pouco tempo a perder. Como devem imaginar, é importante... Não sou do tipo bom em discursos como o magrão então vou direto ao assunto.


    Logan franziu as sobrancelhas e fechou a expressão que tinha no rosto demonstrando que apesar do tom descontraído, algo o preocupava. Magia então prendeu a espada larga em suas costas e sentou-se sobre uma das mesas cirúrgicas permanecendo em silêncio enquanto Wolverine prosseguia seu discurso.




    - Soubemos que tem uma 'droga' circulando por aí que promete trazer os poderes de ex-mutantes de volta. Soa bom demais pra ser verdade e é claro que é uma mentira. Tem um monte de mutantes que perderam seus poderes depois do dia M e que fariam de tudo pra tê-los de volta. Então algum filho da puta tá se aproveitando disso fazer com que esses garotos comprem essas drogas. Não basta caçarem mutantes... eles também querem os ex-mutantes... Mas é aí é que as coisas começam a feder...


    Logan tirou um charuto de um compartimento em seu cinto e o acendeu, dando uma tragada antes de prosseguir suas colocações




    - A droga é uma mistura de M.G.H. e Hypercortisone D, com efeito ampliado. Acredite nem eu sei o que diabos esses nomes significam, mas o resultado é ruim... ela dá poderes e é altamente viciante. Os poderes duram só umas horas e depois 'cê fica doido querendo mais, dois ou três usos e bam... 'cê tá morto. Mas isso não é tudo...

    - Alguns de vocês sabem que o Professor foi atingido por um disparo feito por um ex-X-men, Bishop. Aquele filho da puta fugiu indo atrás do Cable em seguida, tentando ferrar com nossos planos e matar o bebê que salvamos da morte. Bishop tava seguindo os dois enquanto viajam pelo tempo, mas ele percebeu que não dá conta de dar cabo do Cable sozinho. Bishop voltou pro presente atrás de suprimentos, ele ainda conseguiu enganar alguns X-Men e roubou algumas coisas, mas ele ainda quer mais... e acredito que descobrimos do que ele tá atrás. Ele descobriu um jeito de estabilizar a droga e quer usá-la pra matar Cable ampliando seus próprios poderes. Então o que 'cês tem de fazer é fechar com o negócio antes que Bishop consiga o suficiente. São dois problemas resolvidos de uma vez e se encontrarem Bishop no caminho...




    Wolverine deu uma nova tragada no charuto observando a reação dos mutantes que se encontravam ali reunidos, demonstrando perceber que talvez tinha dado informações demais de uma só vez e eles precisassem de alguns momentos para refletir sobre o que acabara de ser dito.




    ***
    Makaveli Killuminati
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1803
    Reputação : 11
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: #01 - Gene (em) EX-tinção - Parte 01

    Mensagem por Makaveli Killuminati em Ter Fev 17, 2015 5:03 pm

    O quarto mutante finalmente aparece, fazendo um comentário sobre a aparência dos três, mas Candice entende que ele se dirigia aos outros dois, e logo o homem faz o favor de abrir a caixa que Candice tentava abrir por minutos. - Viram?!! Vocês tem de seguir o exemplo desse homem, o samurai amarelo sabe o que é cooperatividade. - Candice ficava feliz em ter a caixa metálica aberta, e seu sorriso de alegria muda para uma expressão de confusão. - Então é só isso que guardam?.. Que exagero. - A mercenária não via motivos para guardarem aquelas tralhas em caixas tão reforçadas. O resto do tempo, Candice passava explorando todo o local, volta e meia corria pelo local quando avistava algo que pudesse ser do seu interesse, em outros momentos deitava no chão bocejando de tédio com as pernas esticadas em cima dos caixotes, em outros, importunava os outros mutantes, a garota era uma explosão de imprevisibilidade, toda hora mudava de humor e parava o quê estava fazendo para fazer outra coisa.

    ---------

    Finalmente Logan aparece, na companhia de uma outra rapariga. No momento, Candice estava bem distante dos outros membros, vasculhando alguma coisa nas tralhas que tinham em um dos cantos escuros, Púrpura Celeste se surpreende com a entrada de Wolverine e deixa cair os equipamentos que ela tentava colocar no lugar novamente, fazendo o barulho de vidro quebrando. Depois do barulho, só se escuta um tímido "Ops". - Ops - Wolverine também fazia comentários sobre o grupo, depois apresenta a garota de cabelos loiros, como de praxe. A mercenária evitava comentar sobre o codinome da adolescente, já que ela menos aparentava é ser uma maga, feiticeira, ou qualquer coisa do tipo. Após a apresentação, Candice não ouvia muita coisa, apenas uma palavra ou outra que juntando saberia o contexto da situação que Wolverine queria passar aos quatro, ou cinco, ela pega uma caneta que havia achado no local e segura um cartão em branco que levava consigo, e escrevia alguma coisa nele, ao terminar, ela espera Logan terminar de falar, junto aos outros três, com seus braços cruzados.

    Quando Wolverine da sua segunda tragada no charuto, Púrpura Celeste se aproxima dele, coloca a mão esquerda em seus ombros e com a mão direita prende o cartão no cinto de Logan, escorregando as mãos sobre seu peitoril e sussurrando em seus ouvidos. - Quando você encontrar com o Stark, entregue esse cartão a ele... Ouvi dizer que ele é um homem muito, muito interessante. - Candice mordia o próprio lábio inferior e depois se afasta novamente, esperando Logan dar continuidade ao que falava anteriormente. No bilhete que havia entregue a Logan estava escrito "Homem de Ferro, me convide para um jantar", e continha uma assinatura da Púrpura Celeste. A arma que Candice usava era roubada do Stark, mas a mercenária nunca havia encontrado Tony Stark pessoalmente, era um desejo que tinha, apenas torcia para que ele não guardasse rancores.
    Bidy
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 553
    Reputação : 0

    Re: #01 - Gene (em) EX-tinção - Parte 01

    Mensagem por Bidy em Ter Fev 17, 2015 5:40 pm

    Outro mutante chega no lugar, parecia uma espécie de hibrido de demonio com gente somados a alguma criatura de Star Wars, pelo jeito Trevor não era o unico que não era exatamente sociável.

    - Errr...obrigado... Responde meio sem jeito com o elogio acerca da comparação entre ele e o mutante meio demonio.

    Um samurai de verde desce a escada também e acaba ajudando a garota antes que Trevor pudesse fazer algo. Os comentários dele eram...bem verdadeiros. O grupo é bem incomum e o fato de um homem lagarto, uma maluca, um demonio e um samurai entrarem no mesmo lugar abandonado parecia quase o começo de uma piada.

    Ao observar dentro do caixote por cima dos ombros deles (o que não é dificil para um bicho de dois metros de altura) percebe serem várias ferramentas intactas em sua maioria usadas para os provaveis experimentos no lugar.

    Depois disso Trevor senta no chão, perto dos caixotes, apoia a cabeça reptiliana em cima de uma das mãos enquanto sua cauda balança vagarosamente de um lado para o outro, entediado com a espera.

    Logan finalmente aparece, parecendo antecipar algum apocalipse na sala...com a garota maluca suas suspeitas são bem fundamentadas.

    Apenas escuta Logan explicando a situação, uma droga que prende mutantes em dependencia quimica sob a falsa pretensa de devolver seus poderes? Parecia bem preocupante de fato. O homem lagarto coloca seu peso nas duas pernas e se ergue rapidamente impulsionado pela cauda, começa a andar de um lado para o outro coçando o "queixo" pensativo sobre a tal droga.

    - Hmm...talvez se achássemos umas amostras, eu e Hank poderíamos tentar desenvolver algum tratamento de desintoxicação. Talvez funcione de modo similar a drogas pesadas mundanas, dando uma sensação de euforia deixando a pessoa querendo mais e mais...curioso.

    Ouviu sobre a história de Bishop mas não sabia distinguir o que era rumor do que era fato. Mas confiaria em Wolverine visto que ele estava diretamente envolvido.
    Darkwes
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1390
    Reputação : 0

    Re: #01 - Gene (em) EX-tinção - Parte 01

    Mensagem por Darkwes em Ter Fev 17, 2015 6:55 pm






    Logan aguardava a reação dos mutantes quando Candice se aproxima colocando o bilhete em seu cinto, a moça ainda lhe diz para entregá-lo à Tony Stark, companheiro de Wolverine nos Vingadores. O baixinho faz uma expressão demonstrando certa estranheza e arqueia uma das sobrancelhas olhando na direção da garota, a respondendo com o charuto ainda na boca.




    - 'Cê não tá achando que eu... tá legal... vou ver o que posso fazer guria.


    O baixinho então cruzou os braços e olhou em direção ao doutor Velkan quando este comentou a respeito da droga, sugerindo ainda, que pudesse analisá-la com a ajuda do doutor Hank McCoy. Logan então tirou o charuto da boca e cuspiu um pouco de saliva no chão, andando na direção de Trevor até se aproximar o bastante para olhar nos olhos do doutor.




    - Não, esqueça McCoy. Ele deve ficar fora disso. Os X-Men devem ficar de fora disso, esse é um trabalho pra X-Force e é por isso que chamei vocês aqui. Envolver os X-Men seria um erro. As pessoas que tão por trás disso não vão parar, não importa achar um tratamento, os garotos que experimentaram já estão mortos e não vão voltar. Parece que ainda estavam apenas testando a eficiência da droga. Então nós temos que pará-los, definitivamente e antes que a espalhem.


    Logan permaneceu olhando nos olhos de Trevor com uma séria expressão no rosto, ao que parece ele estava convicto do que devia ser feito.




    ***
    Yuji Kiba
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 230
    Reputação : 0

    Re: #01 - Gene (em) EX-tinção - Parte 01

    Mensagem por Yuji Kiba em Ter Fev 17, 2015 7:42 pm

    Marcos continua sentado apenas observando a movimentação. Seus companheiros não haviam se aproximado dele e o mutante achava isso agradável, Marcos tinha muitas habilidades, ser social não era uma delas. Uma quarta pessoa adentra o local e o ex-terrorista, apenas passa seus olhos pelo recém chegado uma vez antes de voltar a sua introspecção.

    -“Quanto mais tempo tenho que esperar...”

    Continuava sentado com os braços cruzados sem dirigir atenção ao que acontecia em volta, até que Logan chega ao local. O mutante se levanta e anda silenciosamente até perto de Wolverine parecendo prestar atenção em suas palavras, mas em sua mente existia apenas um pensamento.

    -“Espero que tenha que matar alguém, de preferência muitos alguens.”

    Parado a frente do canadense, Marcos continua esperando a explicação da missão terminar, apenas ansiando pela parte onde esperava ouvir que teria que dar cabo de alguém. Nesse momento algo mais chama atenção do mutante, a companheira de Logan, Magia. Marcus nunca havia visto ela em seu tempo com outros mutantes, a beleza da jovem era algo que Marcos estava começando a considerar quase divino e era possível observar pelo olhar “hipnotizado” que o mutante tinha no rosto.

    -“Eu ainda sou capaz de ter esse tipo de pensamentos? Hum...”

    Na mente do jovem começa a passar um breve flashbacks de memórias onde durante seu treinamento, todo e qualquer emoção de afeto era castigado com violência e onde apenas obediência e servidão eram  recompensado com comida suficiente pra se manter vivo.
    A viagem pelas memórias do passado é cortada por Logan quando este começa a falar de Bishop, então algo finalmente deserta o interesse do jovem mutante.

    -Temos permissão pra dar um jeito no tal bispo? Digo, permanentemente?

    A voz era fria e dura, mas tinha um sorriso leve e sádico que causava uma impressão ainda mais demoníaca em Marcos. Então continua a pergunta pra Logan.

    -Se me lembro bem ele fez parte da sua equipe senhor Logan, te pergunto se vamos ter carta branca para “finalizar” qualquer pedra no caminho.
    Elminster Aumar
    Administrador
    avatar
    Administrador

    Mensagens : 7889
    Reputação : 37
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Re: #01 - Gene (em) EX-tinção - Parte 01

    Mensagem por Elminster Aumar em Ter Fev 17, 2015 8:29 pm

    Após ajudar Candice a quebrar a caixa metálica, Almir também deu uma olhada em seu conteúdo assim como ela e o homem-lagarto. No fim os quatro tiveram que esperar por duas longas horas, o que foi motivo suficiente para Almir abrir outras caixas e tentar desvendar para qual propósito aquele local fora criado. Quando Logan chegou acompanhado de uma garota que aparentava ter seus 16 anos, Almir estava sentado em cima de uma mesa cirúrgica em posição meditativa.

    Ele ouviu as palavras de Logan numa preocupação crescente. Drogas que podiam matar sendo usadas em ex-mutantes? O próprio Almir poderia ter sido uma dessas vítimas caso ele tivesse perdido os seus poderes. Dando um pulo da mesa cirúrgica, Hayek colocou-se de pé e apontou para a menina.

    - Esta garota não é jovem demais para nos acompanhar nesta missão, se esta foi a intenção de trazê-la até aqui? Veja, ela mal consegue aguentar o peso de sua espada, quanto mais lutar com esta arma... Claro, eu poderia emprestar a minha espada para ela sem problema algum, mas possuo uma ligação sentimental com a Luminosa. Me sinto bem lutando com ela, de verdade.

    Hayek cruzou os braços e esperou a resposta de Logan.
    Darkwes
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1390
    Reputação : 0

    Re: #01 - Gene (em) EX-tinção - Parte 01

    Mensagem por Darkwes em Ter Fev 17, 2015 9:23 pm






    Enquanto Logan olhava fixamente nos olhos de Trevor, Marcos fora pego de surpresa pela aparência angelical de Magia que parece notar o olhar fixo do mutante, mas este logo volta sua atenção novamente para Wolverine, o questionando sobre até que ponto poderiam agir em relação à Bishop. O baixinho atarracado então olha para Marcos e o responde da maneira que o mutante gostaria de ouvir.




    - Depois do que Bishop fez, eu mesmo atravessaria minhas garras naquele desgraçado se o encontrasse. Ele ficou completamente maluco, talvez eu também tivesse ficado se meu braço tivesse sido devorado na minha frente como o dele... mas mesmo assim, ele não só fez a merda de acertar o Professor como tá tentando ferrar com a única esperança que encontramos desde o dia M. Ele tá pedindo pra ser lidado permanentemente. Mas antes disso... 'cês vão ter de lidar com uma galera barra pesada...


    O baixinho fez menção de continuar, mas antes que pudesse prosseguir, Almir que se encontrava em silêncio até então se levantou protestando contra a presença de Illyana. Wolverine então olhou em direção à garota e soltou um meio sorriso, olhando em seguida para o árabe.




    - Acredite quando digo que essa guria pode fazer um inferno em uma luta... além disso, os poderes dela são necessários pra que vocês consigam chegar até a origem dessa droga antes de Bishop. E ela é mais velha do que parece, ou deveria ser... sei lá, não importa.


    Magia, que enroscava uma mecha do seu longo cabelo dourado no dedo indicador direito, olhou na direção de Almir e deu um grande sorriso como uma garota levada, mas apesar do sorriso, a jovem tinha um olhar frio e vazio. Ela logo desfez o sorriso, voltando a demonstrar estar entediada e passou novamente a olhar o ambiente ao invés de encarar os demais mutantes.




    ***
    Yuji Kiba
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 230
    Reputação : 0

    Re: #01 - Gene (em) EX-tinção - Parte 01

    Mensagem por Yuji Kiba em Ter Fev 17, 2015 9:48 pm

    A expressão seria e contida de Marcus muda totalmente com a resposta de Wolverine, uma gargalhada alta e diabólica rompe o ar como um vulcão em erupção, O jovem mutante gargalha de felicidade ao ouvir que finalmente vai poder colocar suas habilidades em uso.

    -Hahahahahahahahaha! Alguem como o Bispo não vai ser fácil aniquilar, mas isso apenas o torna um alvo mais interessante!!

    Pela primeira vez em algum tempo, algo tirava o pensamento de Marcus da morte de seus ex colegas do instituto Xavier, algo que ele podia se concentrar, algo que ele foi treinado para fazer, algo que ele conhecia de uma forma intima e pessoal; matar.

    -Alem do Bispo pecador ainda vamos ter outros alvos para me saciar?

    O interesse de Marcus era crescente, seus olhos se abriam cada vez mais enquanto olhava Wolverine com intensidade, era como um cachorro apenas esperando um comando para atacar, sua feição havia mudado completamente, tinha também um grande sorriso sádico no rosto e os dedos se mexiam inquietos.

    -Diga-me mais, que tipos de pessoas vamos enfrentar, quantos posso matar e principalmente quanta bagunça posso fazer em campo?

    Marcos tenta se acalmar para reformular a ultima parte da pergunta, então voltando a falar com Logan com um tom de voz um pouco mais calmo e controlado, mas ainda diferente do tom frio que tinha antes.

    -Existe risco para danos colaterais nessa missão, gente inocente ou algo assim ou posso mandar ver com tudo que tenho?

    Enquanto espera a pergunta o mutante é pego de surpresa pelo sorriso de Magia e por um momento novamente se perde em pensamentos, imaginando que talvez se fosse vitima do dia M poderia levar uma vida normal, mas no fundo sabe que mesmo se perdesse os poderes, n seria normal com a vida que levou, talvez fosse pior. Então se concentra novamente se controla voltando a prestar atenção no canadense, tentando ignorar a jovem acompanhante de Logan.  
    Makaveli Killuminati
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1803
    Reputação : 11
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: #01 - Gene (em) EX-tinção - Parte 01

    Mensagem por Makaveli Killuminati em Ter Fev 17, 2015 10:12 pm

    Assim como o humanoide de aparência diabólica, Candice também passava a observar mais a garota e toda sua frieza, o Samurai Amarelo também estava atento a garota, e julgava que era muito nova, assim como Logan, Candice discordava que sua idade a impedia de fazer o quê deveria ser feito. - Ta de brincadeira?.. Na idade dela eu já sequestrava, roubava, matava, e entre uma coisa ou outra ajudava velhinhos a atravessar as ruas... Olha pra garota, isso ai deve ser o capeta em forma de anjo. - Púrpura Celeste se aproxima de Magia se encurvando um pouco para ficar da altura dela, observando o rosto da linda garota. - Ela tem futuro... Acredite, eu sinto essas coisas. - Comentava a mercenária enquanto voltava a caminhar, rondando o Samurai Amarelo e terminando em seu lugar de origem.

    O Doutor D soltava uma risada após Wolverine terminar de falar temporariamente. O mutante parecia mais insano que ela quanto ao seu interesse por matar, Candice não o interrompe até terminar de falar, mas se adianta a Logan em sua resposta. - Não se preocupe Logan... Eu tomarei conta do nosso diabinho, seremos mais discretos que um ninja silencioso. - Púrpura Celeste obviamente estava sendo sarcástica em seu tom, mesmo se não tivesse, Logan sabia que não estava falando sério, já sabia como Púrpura Celeste agia e sua mania em querer chamar atenção. Candice volta a se distanciar do grupo, se escorando em um dos equipamentos do local, começando a vasculhar seus objetos de uso pessoal.
    Darkwes
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1390
    Reputação : 0

    Re: #01 - Gene (em) EX-tinção - Parte 01

    Mensagem por Darkwes em Ter Fev 17, 2015 11:12 pm






    De início até mesmo Magia parece surpresa com a reação de Marcos, olhando na direção do mutante, mas a garota não se manifesta em relação à gargalhada permanecendo em silêncio. Logan então ouve os questionamentos e responde Doctor D antes que outro lhe faça mais perguntas.




    - Acalme-se filho, 'cê terá alvos o suficiente pra gastar essa energia. Como 'cê mesmo imagina, Bishop é o tipo de cara que se levanta de novo quando é derrubado e custa em ficar no chão mesmo pisando em cima. Além disso, teremos 2 alvos principais e certamente vamos encontrar resistência em ambos. Tenho um contato de olho desde que tudo isso começou e a informação é que tão carregando a droga em um navio em Hong Kong, é coisa grande. O outro alvo é a fábrica que ainda não encontramos, mas temos uma boa dica e um lugar pra começar a procurar...


    Candice então se aproxima de Magia e a garota olha de forma desconfiada para a mesma ouvindo suas colocações, ela então cruza os braços ainda sentada sobre a mesa cirúrgica e desvia o olhar das duas esferas púrpuras que a fitavam.



    - Você e eu temos nada em comum, não se iluda pensando o contrário.



    Seu sotaque claramente não era americano e, apesar de não tão pronunciado, daria pra arriscar que a garota tinha origens em algum país de língua eslava do leste europeu. Wolverine então escutou a colocação de Candice e novamente ergueu o charuto até a boca e, após uma longa tragada ele a respondeu com um leve sorriso no rosto.




    - Eu não tô pedindo discrição nenhuma docinho... 'cê quer saber o que eu tô pedindo? Eu quero que 'cês afundem a porra do navio inteiro se for preciso!




    ***
    Elminster Aumar
    Administrador
    avatar
    Administrador

    Mensagens : 7889
    Reputação : 37
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Re: #01 - Gene (em) EX-tinção - Parte 01

    Mensagem por Elminster Aumar em Qua Fev 18, 2015 9:46 am

    Ainda bem que a máscara servia para esconder as reações de Almir, assim ninguém viu a sua cara de espanto quando a Magia sorriu para ele. O que o espantou de verdade foi o olhar frio e vazio. Ele entendeu que as palavras do Logan eram verdadeiras e que ela não era uma garota exatamente no conceito da palavra. Em seguida ele prestou a atenção na conversa que se seguiu, viu o Doctor D rir que nem um lunático ("Mais um nesse grupo feliz", pensou) e viu a Púrpura Celeste fingir-se de comportada dizendo que iria cuidar dos instintos do mutante demoníaco. Após a última fala de Logan, ele se manifestou:

    - Afundar o navio é fácil, o que eu quero saber é quem está por trás disso tudo. Quem criou a porra dessa droga e começou a vendê-la por aí? Essa pessoa estará no navio ou escondida em algum outro lugar? Precisamos acabar com a raiz do problema.
    Bidy
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 553
    Reputação : 0

    Re: #01 - Gene (em) EX-tinção - Parte 01

    Mensagem por Bidy em Qua Fev 18, 2015 10:26 am

    Inicialmente acha estranho Wolverine sugerir que esquecessem McCoy...mas logo entende o raciocinio dele. Hank seria veementemente contra matar pessoas mesmo que isso fosse prevenir várias outras mortes.

    - Entendo. Mas depois que conseguirmos vou bolar um tratamento por via das duvidas. Se descobrirem algo similar já teremos uma vantagem maior do que nada. Mas se temos uma chance de acabar com todos antes que tudo fique pior, devemos faze-lo.

    *Observa as intrigas, do samurai duvidando da capacidade da garota por sua pouca idade e ela prontamente discordando.*

    - Se ela fosse inofensiva, creio eu que Wolverine não teria chamado.

    *Entende a raiva de Wolverine, o pouco que ouviu de Hank sobre Xavier o fez perceber o quanto era uma figura querida...só pode imaginar que sua morte acertou todos os X-men em cheio mais do que seus rivais habituais jamais conseguiriam*

    - Nossa prioridade é neutralizar esses traficantes de uma vez. Se Bishop estiver no caminho, consideraremos um bônus. Sem falar que to com a impressão de que Wolverine é quem gostaria de "conversar" com ele.

    Cruza os braços pensando na parte de afundar o navio*

    - E não esqueçamos que nem todo mundo lá pode estar envolvido. A melhor maneira é pegar os responsáveis e destruir a carga.

    Escuta as palavras do samurai e encontra razão nelas

    - Ele está certo...não adianta nada afundar um navio se dois outros aparecerem no lugar. O navio é a consequencia, temos que achar a causa primeiro...a não ser que a pessoa que faz essas drogas já esteja lá.
    Conteúdo patrocinado


    Re: #01 - Gene (em) EX-tinção - Parte 01

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Dez 18, 2017 8:22 pm