Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Capítulo 1: Caminhos Cruzados

    Compartilhe
    Elminster Aumar
    Administrador
    avatar
    Administrador

    Mensagens : 7837
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Capítulo 1: Caminhos Cruzados

    Mensagem por Elminster Aumar em Seg Fev 16, 2015 1:33 pm






    O primeiro a visitar Alustriel foi Sir Johan na madrugada em que ocorreu o incêndio no Lar dos Desobedientes. Ele adentrou os aposentos da Grã-Senhora de Lua Argêntea e contou-lhe sobre os dois membros da Irmandade do Sangue que supostamente teriam botado fogo na estalagem de Jörmund e raptado o seu companheiro goblin. Johan ainda disse que o homem sob a armadura de negra, Hendrax, havia dito que eles haviam sido chamados para a cidade pela própria Alustriel à fim de ajudar na guerra contra os orcs. Alustriel demonstrou surpresa com a informação.

    - Eu não sei nada sobre esses homens, senhor Johan. Não sei quem são eles e o que vieram fazer aqui. A única coisa que parece-me claro é de que eles não pertencem as Fronteiras Prateadas. Eu precisarei investigar melhor sobre esse assunto e tentarei rastrear magicamente o seu amigo goblin. Por favor, senhor Johan, retorne amanhã à tarde aqui que eu já deverei ter alguma resposta.

    O cavaleiro gostaria de resolver aquela situação de forma imediata, mas ele não podia ir contra os motivos de Alustriel para esperar pelo dia seguinte. Com a falta de um lugar para dormir pelo incêndio à estalagem, Alustriel reservou um quarto de luxo para Johan dentro do Alto Palácio, aonde ele conseguiu dormir bem apesar das preocupações que rondavam a sua mente. Na manhã seguinte um café da manhã foi ofertado em seu aposento, e depois ele saiu das intermediações do palácio para procurar por qualquer pista sobre Nerók. Ele voltaria a se encontrar com Alustriel depois do almoço, mas antes dele a Grã-Senhora receberia outras visitas naquela manhã.

    O primeiro a ir visitar a líder das Fronteiras Prateadas foi o jovem mago Tomdrill Flanae. Ele havia sido orientado pelo seu professor de artes arcanas a ir encontrar-se com Alustriel, pois segundo o professor Gaunt, Tom teria muito a aprender estando ao lado dela. A Grã-Senhora recebeu-o numa sala de audiências privada um tanto pequena e modesta. Ela ouviu o que o jovem mago tinha a dizer, e depois respondeu com um sorriso afetuoso no rosto.

    - Eu gostaria de ter tido mais tempo para estar ao seu lado, Tom. A destruição da sua vila natal, a profecia, a morte da sua namorada, tudo isso deve estar mexendo muito com você. Eu sei que não é fácil, Tom, e você já deve ter ouvido de outras pessoas que você precisa ser forte neste momento de dor. Infelizmente a guerra me tira muito do meu tempo, tempo esse que eu gostaria de estar lhe ensinando algumas coisas que pode lhe ajudar a fazer a decisão correta quando o momento chegar.

    Naquele instante o mordomo do Alto Palácio entrou na câmara privativa e disse que havia uma elfa chamada Belediel querendo falar com a Senhora Alustriel. Sabendo da amizade de Belediel e Tomdrill, Alustriel permitiu que a elfa fosse chamada para o interior da sala. O motivo de Belediel ter ido visitar Alustriel foi apenas para se desculpar da grosseria que ela cometera mais cedo ao expulsar a Grã-Senhora de sua casa. Logo pelas primeiras horas do dia, ao voltar para a sua casa após uma visitar a um templo, Belediel encontrou Alustriel sentada em sua cama ao lado de Nasri. Aquilo havia causado um forte ciúmes na elfa e motivado a grosseria que veio a seguir. Alustriel não pareceu guardar mágoas quando abriu a boca para responder.

    - Você não me deve desculpas de nada, senhora Belediel, mas agradeço a gentileza de ter vindo até aqui para isso. Eu que fui intrometida em me meter em sua vida conjugal com a sua esposa, e se alguém deve um pedido de desculpas sou eu a você. O que aconteceu hoje de manhã foi um erro de minha parte que jamais se repetirá. Agora eu gostaria que você e Tom permanecessem aqui por mais algum tempo, pois um amigo de vocês vai precisar da ajuda de ambos.

    Dito isso Alustriel mandou chamarem Johan que àquela altura já havia retornado ao Alto Palácio. O cavaleiro entrou na sala de audiências e surpreendeu-se ao encontrar Belediel e Tomdrill ali. Fazia tempo que o cavaleiro não tinha contato com eles ou com qualquer um de seu antigo grupo. Após breves cumprimentos, a Grã-Senhora dirigiu-se à Johan.

    - Através de magias eu descobri para aonde o seu amigo goblin está sendo levado. Neste exato momento, a Irmandade do Sangue está levando Nerók para o Subterrâneo. Pelo que consegui captar, eles estão pretendendo vender o seu amigo como um escravo para os drows. É certo afirmar que eles estão rumando para Menzoberranzan, a cidade mais famosa dos elfos negros. Imagino que você Johan - e aqui eu abro um parêntese para os seus dois amigos presentes, caso eles queiram lhe ajudar - vá querer invadir o Subterrâneo e resgatar Nerók. Vocês três ainda são um grupo pequeno para realizar tal feito, e por isso eu tomei a liberdade de chamar mais alguém para esta empreitada.

    O próximo a passar pela porta foi Katon, o elemental de fogo nascido do vulcão de Sundabar. Ele havia sido convocado por Alustriel logo após o entrevero entre ele e o vice-líder dos forjados bélicos. Katon não sabia para o que ele havia sido chamado até então.

    - Seja bem-vindo Katon, Filho do Fogo Eterno. Você já conhece a senhora Belediel e o Tom, tendo vocês juntos participado da Comitiva das Fronteiras, e eu agora lhe apresento Johan, Filho da Ruína. Ontem à noite um grupo denominado de a Irmandade do Sangue chegou à cidade e botou fogo numa de nossas estalagens, e logo em seguida sequestrou Nerók, amigo pessoal de Johan. Como eu disse agora a pouco, esse grupo está levando Nerók para uma das entradas que levam ao Subterrâneo. Se todos vocês concordarem em ajudar Johan a resgatar seu amigo, talvez eu possa pedir algum favor a mais para vocês fazerem em Menzoberranzan.

    Alustriel terminou a fala deixando uma dúvida no ar e instigando os demais a aceitarem a missão. Ela olhava de modo gentil para Belediel, Johan, Katon e Tomdrill, esperando por uma aceitação deles.
    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6984
    Reputação : 13
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Capítulo 1: Caminhos Cruzados

    Mensagem por Lyvio em Seg Fev 16, 2015 9:55 pm

    Katon fica feliz em ver Tom e Belediel o elemental querendo ou não sentia falta dos dois, afinal ja lutaram juntos e eram companheiros de guerra, já quanto ao Johan o elemental se curva cumprimentando-o:

    -Desculpar eu por não poder cumprimentar direito, eu não querer machucar companheiros esse cumprimento é tudo que poder fazer.

    Ele então dirige suas palavras para Tom e Blediel

    -Eu estar muto feliz em rever vocês, é um honra lutar ao lado de novo de vocês E aceitar a missão Grã-enhora!
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2907
    Reputação : 0

    Re: Capítulo 1: Caminhos Cruzados

    Mensagem por anderson em Ter Fev 17, 2015 3:26 pm

    Tomdrill faz uma mesura à Senhora. Tinha em mente aprender muitas coisas com ela. Tudo direcionado para sua vingança. Dormia e acordava com isso em mente. Queria fazer sofrer todos aqueles que lhe causaram dor. Não estava disposto a ajudar ninguém, ele pensava ao ouvir Alustriel. Queria poder. Força.

    Ele vai cumprimentando de forma vaga seus companheiros que chegam. Até Katon, de quem tinha grande interesse, não lhe interessava tanto agora. Ouviu o pedido da ajuda de Nerók. Havia feito pouca amizade com Nerók. Era um Goblin, fazia a mesma função que Eunsech. Esperava vê-lo passando pela porta também. O Filho da ruína também não lhe fizera muita amizade. Rejeitara uma magia que impusera nele e isso ainda o incomodava hoje. Respeitava-o ao menos. Talvez mais que Frafur. Estavam reunidos um mago, uma sacerdotisa, um combatente e um elemental. Era o grupo mais desequilibrado que já estivera. Faltavam brutamontes e Eunsech. Onde setaria aquele pequeno ser?

    - Não é do meu agrado, Senhora, que no momento em que tenho oportunidade de estudar as artes arcanas com a maior autoridade nisto que eu conheça em quilômetros de distância, me furte desta oportunidade. Parece-me que a Senhora tem outra coisa em mente e gostaria de ouvi-la para dar minha palavra final, mas ainda que isto se concretize, este pequeno grupo me parece insuficiente para a empreitada. Não há mais pessoas disponíveis? Onde está Eunsech? Ele seria de grande valia agora.

    Tomdrill sabia que não pareceria respeitoso, mas era sua opinião sincera. Não gozava do luxo de uma boa imagem mais.
    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6854
    Reputação : 64

    Re: Capítulo 1: Caminhos Cruzados

    Mensagem por Edu em Qui Fev 19, 2015 10:13 pm

    Belediel fica surpreendida em encontrar o Tomdrill ali e depois com o surgimento de Johan e Katon. Alustriel tinha planejado aquele encontro? Parecia bastante fortuito pra ser algo apenas casual, apesar disso fica bastante satisfeita com a resposta de Alustriel.

    - Não precisa se desculpar Katon. Temo que dizer que não poderei ir em tal viagem. Não quero deixar Nasri sozinha nesse momento tal dificil.
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6055
    Reputação : 6
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 1: Caminhos Cruzados

    Mensagem por Soviet em Sab Fev 21, 2015 2:19 pm

    Johan não havia ficado satisfeito com o seu primeiro encontro com Alustriel e não conseguiu ficar sem fazer nada em seu quarto enquanto a Grã-Senhora usava sua magia para tentar encontrar Nerók. A busca sem pistas apenas deixou o cavaleiro ainda mais frustrado e por causa disso Johan não estava com uma expressão muito amigável quando se encontrou novamente com Alustriel. Ver que alguns de seus antigos companheiros estavam bem foi algo reconfortante, mas longe de fazer as preocupações sumirem da mente de Filho da Ruína. E havia... a criatura de fogo.

    - Não há necessidade de se desculpar - Johan fez uma mesura com a cabeça - Tomdrill, Belediel. É bom ver que vocês estão bem.

    O cavaleiro ouve o que a Grã-Senhora tinha a dizer e as respostas dos antigos companheiros. Johan não se surpreendeu, afinal nenhum dos dois deveria ter qualquer apreço pelo góblin.

    - Eu não me importo em ir sozinho, apenas me mostre qual caminho seguir, senhora.
    Elminster Aumar
    Administrador
    avatar
    Administrador

    Mensagens : 7837
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Re: Capítulo 1: Caminhos Cruzados

    Mensagem por Elminster Aumar em Sab Fev 21, 2015 3:09 pm




    Katon, Filho de Fogo Eterno, foi o primeiro a aceitar a missão dada por Alustriel. Em seguida o jovem Tom mostrava não estar satisfeito com a ideia de viajar para longe de Lua Argêntea e da própria Grã-Senhora, com quem ele almejava ter aulas arcanas e evoluir como mago. O sorriso que Alustriel lhe lançava era gentil enquanto respondia as suas argumentações.

    - Eu confio inteiramente nesse pequeno grupo para realizar o resgate de Nerók e para colher algumas informações de que preciso. Eu entendo o seu lado, Tom, mas infelizmente mesmo que você permanecesse aqui eu não poderia prometer ter tempo para lhe ensinar tudo o que eu gostaria... Após a queda do Salão de Mitral as coisas se acalmaram um pouco, é verdade, mas logo Obould e seu exército se colocarão novamente em movimento e todo o desespero recomeçará. Quanto a Eunsech, a última vez que o vi ele tinha alugado uma passagem numa caravana para Everlund.

    Em seguida foi a vez de Belediel se mostrar contra a viagem até Menzoberranzan. A elfa não queria deixar Nasri sozinha outra vez, visto que na vez anterior um dragão atacou a cidade enquanto Belediel estava fora e desfigurou metade do rosto de sua mulher.

    - Acredito que Nasri tenha melhorado durante a conversa que tivemos hoje pela manhã, mas não posso obrigar você a se separar dela outra vez. Se achar por bem ficar, você não será julgada por isso, Belediel. Cada um aqui tem uma vida antes de qualquer aventura.

    Johan falou em seguida, mostrando-se corajoso perante a recusa de seus companheiros. Apenas o elemental - justamente aquele que ele não tinha criado nenhum laço de companheirismo - havia aceitado acompanhá-lo na missão até o momento. A Grã-Senhora prontamente o respondeu:

    - Para vocês chegarem a Menzoberranzan, vocês precisarão da ajuda de quem já esteve lá. Vocês precisarão de um guia confiável e que sabe os caminhos mais seguros que levam ao Subterrâneo. Por sorte eu tenho a pessoa perfeita para ajudá-los nisso...

    Alustriel ergueu a mão e estralou suavemente os dedos, e então a parede às suas costas abriu-se para o lado, revelando uma passagem secreta. Logo uma figura ocupou o vão aberto e adentrou o recinto em passos vagarosos, e quando seu rosto foi iluminado pelos raios solares que entravam por uma das janelas do local, todos viram que se tratava de uma drow. A elfa negra parou diante do assento de Alustriel e ficou olhando para os demais, calada.

    - Está é Morwen, uma elfa negra que acolho em meu palácio desde que ela foi barrada de adentrar a cidade pelos Cavaleiros em Prata. Eu a conheço bem o bastante para dizer que ela é plenamente confiável.
    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6984
    Reputação : 13
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Capítulo 1: Caminhos Cruzados

    Mensagem por Lyvio em Dom Fev 22, 2015 1:20 am

    Katon olha desconfiado para a Drow, ele nunca tinha visto um pessoalmente e eles eram estranhos para o elemental, mas ele não se ilude com isso, sabia da fama deles, mas, vindo da senhora Alustriel não tinha como desconfiar:

    -Se você ser indicada de confiança por senhora Alustriel eu aceitar você no grupo e colaborar.
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6055
    Reputação : 6
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 1: Caminhos Cruzados

    Mensagem por Soviet em Dom Fev 22, 2015 10:56 am

    Johan se surpreende com a aparição de uma drow, ainda mais por saber que a entrada deles na cidade era proibida. O cavaleiro não faria nada ali para não ofender a Senhora Alustriel, mas Filho da Ruína não teria apenas a palavra da Grã-Senhora como prova de que esta elfa era confiável. Pessoas podem ser treinada para mentir e a fama dos elfos negros provava que a raça era uma das especialistas nesse ponto. Johan observou a drow com cuidado, depois voltou-se para Alustriel.

    - Agradeço sua gentileza, senhora. Se não houverem objeções, gostaria de partir imediatamente.
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2907
    Reputação : 0

    Re: Capítulo 1: Caminhos Cruzados

    Mensagem por anderson em Dom Fev 22, 2015 12:05 pm

    Tomdrill não escuta o que esperava. Já imaginava que a nova comitiva que Alustriel montava era porque não podia ficar em Lua Argêntea, mas não ouviu o que mais a Senhora queria. Iria. Não fazia sentido ficar ali parado, mas ainda faltavam informações e aquela Drow não lhe conquistara a confiança, requisito primário de qualquer trabalho em grupo.

    - Eu irei. - Limitou-se a dizer. Ficaria mais seguro com Eunsech, mas ele partira sem lhe dizer nada. Belediel estava ficando e um pequeno grupo de quase desconhecidos era, para ele, perfeito nessa hora. O mago tinha sua história iluminada por uma profecia e, estaria mais seguro com a não participação da elfa pela qual tinha muito apreço.
    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6854
    Reputação : 64

    Re: Capítulo 1: Caminhos Cruzados

    Mensagem por Edu em Dom Fev 22, 2015 12:08 pm

    Belediel sentiu bem quando ouviu as palavras de Alustriel sobre ficar com a sua esposa. Começava a pensar se reconsiderava sua decisão de não viajar, mas nesse momento uma drow foi chamada pela lider das fronteiras prateadas. A elfa sentiu confusa e desconfiada. Olhou para Morwen de cima a baixo com desdem.

    - Me desculpe, Senhora Alustriel. Não posso acompanhar Johan nessa jornada. Todos aqui conhecem o odio que existem entre a minha raça e a dela, seria mais prudente e proveitoso que eu permanecesse aqui junto a minha esposa.

    Elminster Aumar
    Administrador
    avatar
    Administrador

    Mensagens : 7837
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Re: Capítulo 1: Caminhos Cruzados

    Mensagem por Elminster Aumar em Ter Fev 24, 2015 8:38 pm




    Aparentemente não houvera grandes restrições quanto a presença de uma drow dentro do Alto Palácio de Lua Argêntea sob a tutela da Grã-Senhora Alustriel, mesmo todos estando cientes de que os elfos negros eram a única raça cuja entrada na cidade era proibida. Até os orcs eram aceitos na Gema do Norte, mas os drows não. Alustriel pareceu ficar feliz com isso. Ela ouviu Tom manifestar que decidira ir para a empreitada, enquanto Belediel disse preferir ficar na companhia de sua mulher Nasri dentro da cidade.   

    - Tudo bem, senhora Belediel, eu compreendo perfeitamente os seus motivos. Nasri ficará extremamente feliz com a sua decisão, tenho certeza disso. Obrigada por ter vindo até aqui, mais uma vez, e por ter ouvido o que eu propus. Que sua esposa tenha uma recuperação rápida.

    Belediel assentiu com a cabeça, despediu-se de todos os presentes desejando-lhes sorte em sua jornada e se retirou da sala de audiência. Alustriel olhou nos olhos de cada um dos que sobraram, e eles sentiram que Alustriel confiava inteiramente naquele grupo para entrar em Menzoberranzan e enfrentar todas as ameaças e perigos que encontrariam pelo caminho. Em seguida a Grã-Senhora usou o alcance de seus braços para puxar de trás de sua cadeira uma sacola grande e depositar em seu colo.

    - Tenho aqui alguns itens para dar a vocês que acredito que possam ser importantes nessa jornada. Se o amigo de Johan já estiver dentro da cidade dos drows, vocês precisarão de disfarces para adentrar o local. Eu tenho aqui um manto do disfarce para dar a cada um de vocês. Com um só pensamento, vocês conseguirão alterar a forma de vocês para se transformarem em outra pessoa. Mas cuidado: isso é apenas um efeito ilusório. Se alguém tocar o Katon, por exemplo, perceberá o fogo que corre em seu corpo. Usem estes itens com sabedoria.

    Alustriel abre a sacola, tira um manto fino e preto, e entrega para Morwen, que estava mais próxima dela. Depois ela tira outros mantos de dentro da sacola e vai entregando-os a medida que os membros do grupo vão se aproximando dela para pegar o item. O manto do disfarce era bem leve e maleável, e ele podia caber tranquilamente dentro de uma mochila. Feito as entregas, Alustriel continuou a dizer aos presentes:

    - Além de resgatar Nerók, eu gostaria de pedir a vocês para que coletassem informações a respeito das ambições dos drows nisto tudo que tem acontecido nas Fronteiras Prateadas. A guerra contra Obould acaba abrindo muitas brechas para os elfos negros agirem, mas até o momento eles tem se mantido em silêncio na toca deles. Pelo menos é isso o que sabemos até o momento. Através das matriarcas que controlam a cidade vocês poderão descobrir se os drows tem alguma intenção de interferir nesta guerra ou de se aproveitar dela. Vocês gostariam de acrescentar algo ou fazer alguma pergunta antes de partirem?
    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6984
    Reputação : 13
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Capítulo 1: Caminhos Cruzados

    Mensagem por Lyvio em Ter Fev 24, 2015 10:00 pm

    Katon olha para o manto e fica parado em dúvida.

    -Se eu usar, não queimar ele?

    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6854
    Reputação : 64

    Re: Capítulo 1: Caminhos Cruzados

    Mensagem por Edu em Qua Fev 25, 2015 12:02 am

    Morwen se sentia um pouco nervosa. Existia muito ódio a sua raça por parte dos habitantes da superfície. Eles sempre tinha um pé atrás com os drows mesmo sabendo que era drows de boa índole. Ela tinha ficado um tempo disfarçada em Menzoberrazam e sabia se eles queria mesmo resgatar aquele goblin deveriam ter confiança uns nos outros.

    A sua viagem pra Lua Argêntea tinha sido tranquila só tivera o incidente com os cavaleiros prateados, mas ele fora amenizado pela interferência de Alustriel uma das irmã da Grã-mestra do templo sob a montanha.

    A elfa negra dá um passo pra frente. Sua pele do rosto era cor de azeviche como o ceu durante as noites. Os seus cabelos eram brancos e presos por um rabo de cavalo, duas franjas longas desciam pela lateral do seu rosto. Ela usa uma meia-armadura. Na placa da região do torax havia dois detalhes da lua crescente, simbolo de Eilistraee.

    - Poderia tomar a palavra Senhora Alustriel? Acredito que deva me apresentar antes de guiar essa grupo até Menzoberrazan - ela olhou pro outros três inclusive o pequeno elemental e continuou - Me chamo Morwen Alás e sou devota da Dama Negra, Eilistraee, filha de Corellorn e Loth. Sirvo a Grã-mestra do Templo Sob a montanha, Qilué Veladorn, irmã de Alustriel e uma das escolhidas de Mystra.

    Morwen desembainha a espada e se ajoelha no chão oferecendo a espada a Johan. Era possivel ver claramente no cabo desenhado a lua crescente.

    - Como sinal de boa fé eu ofereço a minha espada ao senhor Johan. Acredito que a confiança será o bem mais importante que teremos quando formos para o Underdark. É por isso que ofereço a minha arma para que vejam que não sou uma ameaça - Disse ela ajoelhada olhando pro Cavaleiro.
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2907
    Reputação : 0

    Re: Capítulo 1: Caminhos Cruzados

    Mensagem por anderson em Qua Fev 25, 2015 8:55 pm

    Tomdrill aceita o presente e fica com a mesma dúvida de Katon. Já supunha que algum dos mantos teria propriedades para suportar o calor que viria do elemental, mas era sempre bom confirmar.

    Ele vê a cena da Elfa negra e não se comove. Não olha com desdém. Nada. Ficara satisfeito com a falta de sentimentos voltados para a nova integrante. Caso esta morresse, nada teria a ver com a profecia a seu respeito. Gostara de Katon. Era curiosíssimo sobre a criatura, seus costumes, sua língua, mas também estava satisfeito de não ser profundamente afeiçoado a este. Mais um dos quais não terá responsabilidade. Johan era o que mais lhe despertara raiva recentemente. Ainda estava fresco em sua memória a recusa de uma magia que lhe impusera. Para esta empreitada em particular, deveria se concentrar no controle de campo.

    Agora, à falta de Belediel lhe caía a conta. Quem iria curar alguém caído?

    - Que a Senhora me perdoe a inconveniência, mas a Drow teria dádivas curativas? Sem Belediel estaremos desfalcados neste sentido. - Mesmo se a Drow tivesse não confiava nela cegamente para esta missão.
    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6854
    Reputação : 64

    Re: Capítulo 1: Caminhos Cruzados

    Mensagem por Edu em Qua Fev 25, 2015 9:50 pm

    - Sim tenho habilidades curativas.Não conheço essa Belediel e não sei que tipo de habilidades ela tinha, mas em relação a uma curandeira vocês não sentirão falta dela - Responde Morwen ainda ajoelhada.
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6055
    Reputação : 6
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 1: Caminhos Cruzados

    Mensagem por Soviet em Sab Fev 28, 2015 12:26 pm

    Johan aceita a capa de Alustriel, tocando o tecido através de suas luvas, uma negra e outra branca. O tecido era realmente muito leve e parecia ser confortável, e era também muito bonita. Filho da Ruína se preparava para agradecer o presente quando a drow toma a palavra e se ajoelha diante do cavaleiro, oferecendo-lhe sua espada. Aquilo deixou Johan um tanto desconfortável. Em todas as vezes que o cavaleiro esteve naquela situação, era ele quem se ajoelhava e a inversão de posições colocou uma responsabilidade sobre os ombros de Johan sem que ele pedisse por ela, mas era algo que Filho da Ruína deveria se acostumar. Com a voz rouca e nervosa, Johan se volta para a elfa.

    - Reconheço o símbolo em sua espada, isso prova que sua fé é de confiança, mas fé e palavras não provam nada. Se você deseja nos mostrar que é de confiança, tenha atitudes que demonstrem isso.

    Johan se volta para Alustriel.

    - Senhora, se vamos entrar na cidade dos drows, não podemos fazê-lo sem termos nomes e lugares de onde viemos. A senhora já pensou nisso ou devemos decidi-lo nós mesmos?
    Elminster Aumar
    Administrador
    avatar
    Administrador

    Mensagens : 7837
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Re: Capítulo 1: Caminhos Cruzados

    Mensagem por Elminster Aumar em Dom Mar 01, 2015 9:03 pm




    A Senhora Alustriel sorri da inocência de Katon ao ouvir a sua pergunta.

    - Estes mantos possuem propriedades mágicas capazes de resistir às suas chamas naturais, Katon. Você pode tocá-lo e vesti-lo à vontade. Estes itens são resistentes a todo o tipo de ataques naturais, porém uma arma mágica ainda pode danificá-los.

    Após o alerta, Alustriel cede a palavra a Morwen, que se apresenta ao grupo e numa atitude inusitada - pegando a todos de surpresa, inclusive Alustriel - ajoelha-se perante Johan, Filho da Ruína, e oferece a sua espada ao cavaleiro. Johan retruca algumas palavras com uma voz rouca e nervosa, e a drow levanta-se novamente. O mago pergunta se a nova integrante do grupo teria dádivas divinas, e a própria Morwen sana a sua dúvida. Sir Johan faz uma nova pergunta a Grã-Senhora Alustriel sobre os planos de adentrarem a cidade.

    - Eu não pensei em nomes para vocês, mas acredito que a Morwen aqui poderá ajudá-los com identidades condizentes às casas dos elfos negros de Menzoberranzan. Também aconselho ela os precaverem de como o povo de sua espécie se comporta e age. Os drows são muito perspicazes e tem uma facilidade natural para captar mentiras e fraudes. E novamente: não se esqueçam que vocês não podem ser tocados sob o disfarce do manto, se não o engodo será desvendado. Se não tiverem mais dúvidas ou questionamentos, vocês já podem se preparar para a viagem. Eu desejo uma boa sorte a vocês, e acreditem, vocês precisarão muito dela.
    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6984
    Reputação : 13
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Capítulo 1: Caminhos Cruzados

    Mensagem por Lyvio em Seg Mar 02, 2015 1:16 pm

    O elemental pega o manto cauteloso e se surpreende por não queima-los, isso alegra o elemental e muita coisa vem em sua mente:


    -Eu poder futuramente usar armaduras que não queima? Achar bonito guerreiros com armaduras!
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6055
    Reputação : 6
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 1: Caminhos Cruzados

    Mensagem por Soviet em Ter Mar 03, 2015 8:18 pm

    - Aqueles que sabem mentir reconhecem um mentiroso - Johan acena com a cabeça para Alustriel, flexionando um pouco um dos joelhos e curvando as costas e ombros - Senhora, com sua licença.

    O cavaleiro se vira e começa a sair da sala, com a capa enrolada em um de seus braços e uma meta fixa em sua mente.

    - Vamos, temos pouco tempo a perder aqui. Devemos partir o quanto antes para Menzoberranzan.
    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6984
    Reputação : 13
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Capítulo 1: Caminhos Cruzados

    Mensagem por Lyvio em Ter Mar 03, 2015 9:48 pm

    Katonl observa o cavaleiro seguir e então apressa seus passos para alcança-lo.
    Conteúdo patrocinado


    Re: Capítulo 1: Caminhos Cruzados

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Nov 21, 2017 7:16 pm