Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Prólogo - Tomdrill e Belediel

    Elminster Aumar
    Administrador
    Elminster Aumar
    Administrador

    Mensagens : 8688
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh16.png

    Prólogo - Tomdrill e Belediel Empty Prólogo - Tomdrill e Belediel

    Mensagem por Elminster Aumar em Qui Jun 14, 2012 1:52 pm

    Prólogo - Tomdrill e Belediel

    Uma atarracada torre de pedra se erguia num pequeno vale contra a encosta de uma colina íngreme. Pelos relatos que Tomdrill recebera no Colégio da Senhora, aquela torre só podia ser a entrada para a Fortaleza dos Arautos. Belediel e Nasri quiseram vir também para esta busca pessoal do jovem mago. Nasri insistira para Belediel de que queria conhecer o mundo e viver aventuras ao lado de sua amada. Tomdrill, por outro lado, aceitou de bom grado a companhia delas, afinal viajar sozinho nestes tempos duros não estava em questão para ele, e tampouco havia uma estrada direta que levava à torre e que se pudesse seguir ao lado de caravanas mercantis. Tomdrill chamara também Eunsech para ir com eles, mas o halfling preferiu ficar no Alto Palácio, onde ele era convidado de honra do Alto Mago Taern Chifre-Lâmina e desfrutava de luxos que nunca antes havia sonhado.

    O mago levou muitos dias desde que sonhara com a voz misteriosa para resolver partir nesta empreitada. E deixar novamente para trás sua namorada, Arthémis, não foi das tarefas mais fáceis. Mas ele resolvera criar coragem uma vez na vida, e após alguns dias de viagem ali estava o trio em frente à torre.

    - É este o tal local que buscamos? – pergunta Nasri olhando com descrença para a antiga e aparentemente desabitada torre.

    Os três amigos se conduziram nos restos da trilha tomada pelo mato que fora outrora a aleia que levava à descomunal porta de pedra. Ela estava coberta de limo e erodida pelo tempo a ponto de apresentar um acabamento liso, e aparentemente não era aberta havia muitos, muitos anos.
    Edu
    Wyrm
    Edu
    Wyrm

    Mensagens : 7559
    Reputação : 106

    Prólogo - Tomdrill e Belediel Empty Re: Prólogo - Tomdrill e Belediel

    Mensagem por Edu em Sex Jun 15, 2012 1:21 am

    Já fazia dias que Belediel tinha voltado da comitiva das fronteiras. Nasri estava feliz por ela estar novamente ao seu lado. Tinha ficado muito angustiada com o tempo que Belediel havia estado fora. A elfa quando retornou, é claro, como sempre, veio com a aparência feliz e cheia de brincadeiras. Entretanto Nasri pôde notar em seus olhos algo diferente, algo que ela viu e a perturbou tremendamente.
    Conhecia a mulher que vinha amando a mais de 2 anos, sabia que as vezes ela podia ser mais fechada que um tumulo. Em relação a esta última viagem ela vinha tomando a mesma atitude. Apesar disso ela deixou passar, era bom tê-la de volta e não queria ficar atrapalhando o que era bom com pequenas coisas.

    Mas esse assunto voltou à tona quando Belediel chegou em casa dizendo que ia partir.
    - Como é que é? – indagou Nasri.
    - Vou partir hoje, com Tomdril. Ele vai em busca da Fortaleza dos Arautos e vou ajudá-lo a encontrá-la – Respondeu Belediel.
    - Assim de repente? – perguntou surpresa Nasri.
    - Sim, assim de repente. Não se preocupe, ficarei bem, tentarei voltar inteira pra você – falou a elfa dando um sorriso amarelo.
    - Nem pelos Nove Infernos você vai partir assim de novo. Não vou deixar você ir igual a última vez que foi conversar com Alustriel e voltou meses depois.
    - Ah! Por favor! Eu decidi me unir a você em amor e não ser sua escrava. Vou aonde eu quero ir, apenas aprenda lidar com isso.
    A humana pareceu se enfurecer, deu dois passos para perto da elfa e lhe deu um forte tapa na cara.
    - Não fale comigo assim de novo. Não vou impedir você de ir a lugar nenhum, apenas sou livre pra acompanhá-la em sua aventura – falou Nasri ainda irritada apontando o dedo pra Belediel.
    - Você não vai a lugar nenhum sua tola. Se for necessário boto trezentas maldições em você que não sairá do seu quarto por um bom tempo. – Parou, deu uma respirada, passou a mão aonde estava a ainda ardente marca do tapa e continuou – Eu a amo demais pra deixar você ir pra algum perigo.
    Nasri riu ironicamente.
    - E depois fala que a trato como se fosse uma escrava. Eu também não quero que você vá para o perigo. Se não posso impedi-la de ir nessa viagem, deixe-me apenas acompanhá-la – disse a humana fazendo carinho no rosto de Belediel.
    - E se alguma coisa acontecer com você? Como me sentirei? – indagou Belediel.
    - Eu lhe faço a mesma pergunta – retruncou Nasri.

    Belediel sorriu e pegou a mão de Nasri.
    - Não tem como fazê-la desistir dessa ideia maluca?
    - Não – respondeu a humana.
    - Que assim seja então. Arrume suas coisas que iremos partir – afirmou Belediel pensando que podia se arrepender dessa decisão um dia.

    Aquela ultima briga que tivera com Nasri vinha na cabeça de Belediel assim que a humana perguntou se era aquele lugar mesmo.
    Belediel se aproximou de Nasri e falou:
    - Acredito que deva ser esse o local e quanto a você sua teimosa, não quero vê-la longe de mim um segundo, ouviu?
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2909
    Reputação : 0

    Prólogo - Tomdrill e Belediel Empty Re: Prólogo - Tomdrill e Belediel

    Mensagem por anderson em Sab Jun 16, 2012 10:43 am

    Tomdrill estava sendo tomado de sonhos. Os dias passavam rápido e a noite ele sabia: Coisas iriam acontecer em seus sonhos. Era assim todas as noites desde que voltara da comitiva.

    Artémis passara algumas noites escondida em seu quarto tentando ajudá-lo de alguma forma, mas nada pode fazer que o ajudasse concretamente. Era mais forte que ele, era mais forte que ela. Assim Tomdrill continuou seus estudos com a recém adquirida experiência da aventura. Direcionou seu aprendizado a ajudá-lo neste processo. Encontrara pouca coisa que o fizesse mais efetivo que alguém, então concentrou-se em ajudar de outra forma. No fim da biblioteca encontrou um livro verde musgo. Dentro dele haviam algumas magias de ácido. Estas sim, tornavam Tomdrill diferente do que ele era. Rapidamente copiou para seu grimorio e marcou a sessão em que o livro estava. Seria muito útil no futuro.

    Foi falar com a senhora, ela agora o recebia para ouvir seus sonhos. Ouviu com detalhes e ao final pareceu ficar aliviada ao não se tratar claramente de uma catástrofe ou matança em algum lugar.

    - Você tem licença para ir até lá, se este for o seu desejo. - Disse a senhora.

    - Sou agradecido, Senhora.

    Tomdrill chamou primeiro a Eunsech. O Halfling definitivamente tinha conquistado sua amizade. Era engraçado quando se lembrava que não o queria na comitiva de forma alguma no começo. Depois o baixinho com seu jeito havia conquistado sua simpatia e isso foi se tornando mais forte. Para completar, Eunsech era o único da comitiva que Tomdrill podia ver com frequência. Os Anões foram para suas terras, Katon e Ardanthur também. Nunca mais ouvira falar de Glim, depois que este passou em seu quarto com a despedida e para ver Belediel era necessário caminhar alguma distância, o que o mago bem fizera umas duas vezes, mas não era confortável para ele ser recebido num quarto onde duas moças se relacionavam de forma esquisita... Mas Eunsech se negou a ir com ele. A vida no palácio era boa e o Halfling desfrutava de muita coisa a qual nunca havia desfrutado. Tomdrill não implorou. Não era assim que lidava com amigos.

    - Você pode passar na entrada do colégio e pegar com Aurea aqueles tecidos que ganhamos na aventura? Eu não tenho nenhum traquejo por vendê-los ou fazer outra coisa. Aquilo lá vale alguma coisa? Se valer poderia vender para mim e se não valer muito poderia conseguir alguém que fizesse uma bela capa para Artémis para mim? Isto eu sei que não vai me negar. Vou avisar a recepcionista (Aurea) que você vai lá buscar.

    Pensou em chamar seus amigos do colégio, mas eles não tinham jeito para a coisa. Sim era muito fechado e tudo o chateava; E Will era um cabeça de vento, sempre correndo atrás de mulheres. Eram dois ótimos amigos, mas não eram feitos para a aventura. Artémis se propusera a ir, mas Tomdrill não se perdoaria se algo lhe acontecesse. Assim sendo foi procurar Belediel que aceitou prontamente, mas no dia combinado levou sua companheira com ela. O que aquilo significava? Será que a moça tinha algum talento que Tomdrill não conhecia? Tomdrill não perguntou, Belediel não respondeu. E os três foram rumo à Fortaleza dos Arautos.

    Ao ouvir a conversa das duas frente a porta, Tomdrill pensou em porquê não chamara Baraz. Certamente a conversa seria nula, mas olhando para elas relembrou. No fundo, a viajem era muito mais bonita com elas.

    - É, sim. Este é o lugar. - E se aproximando da porta ele começa a tateá-la para ver se encontra uma forma de abri-la.
    Elminster Aumar
    Administrador
    Elminster Aumar
    Administrador

    Mensagens : 8688
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh16.png

    Prólogo - Tomdrill e Belediel Empty Re: Prólogo - Tomdrill e Belediel

    Mensagem por Elminster Aumar em Sab Jun 16, 2012 8:48 pm

    Nasri acaricia o rosto de Belediel com a mão e responde:

    - Claro que não, e nem eu quero que você se distancie de mim.

    Enquanto as duas trocavam gracejos, Tomdrill avança até a porta de pedra. Ele mal tocara no portal e ele se mexera para o lado magicamente, sem esforço e sem ruído. Uma brisa fresca sopra desde a serena escuridão lá dentro da torre, trazendo uma mistura de odores desconhecidos e uma aura de grande antiguidade. O trio avança, receoso, para o interior. Assim que os três adentram por completo, o portal se fecha da mesma maneira que abrira, com uma simples lufada reprimida de ar a ressoar como o suspiro de um gigante. Antes que tudo caísse em completa escuridão, um brilho azulado iluminou o vestíbulo da Fortaleza dos Arautos e uma profunda estupefação envolveu a todos.

    Eles se encontravam diante da história da raça do Homem no interior de uma bolha de intemporalidade que anulava suas próprias percepções de tempo e identidade. Num piscar de olhos, foram arremessados à posição de observadores afastados – a própria existência suspensa num momento e num local diferentes – a assistir à passagem da raça humana como o faria um deus. Depois de a bolha suspensa desaparecer, tapeçarias intrincadas – as cores outrora vívidas já desbotadas e os contornos distintos agora borrados – arrebatou o trio numa fantástica colagem de imagens que exibiam as fábulas da raça, cada uma delas a recontar inúmeras vezes uma única história; a mesma fábula, parecia, mas sutilmente alterada de modo a apresentar princípios diferentes e desenlaces variados.

    Armas e armaduras de todas as eras também revestiam as paredes, abaixo dos estandartes e brasões de milhares de reinos havia muito esquecidos. Imagens em baixo-relevo de heróis e sábios – alguns deles familiares, mas a maioria conhecida apenas pelos mais estudiosos eruditos – fitavam-nos do alto dos frisos, e suas fisionomias petrificadas eram precisas o bastante para apresentar dramaticamente o próprio caráter dos homens ali representados.

    Uma segunda porta, esta de madeira, achava-se diretamente em frente a primeira, do outro lado da câmara cilíndrica, e aparentemente adentrava a colina atrás da torre. Só quando ela começou a se abrir é que Belediel, Nasri e Tomdrill conseguirem se libertar do encanto do lugar. Uma mulher entrou no salão à qual eles se encontravam; ela tinha longos cabelos ondulados, uma tiara em sua cabeça e trazia consigo uma expressão serena.

    - Eu sou conhecida como a Velha Noite, a Alto Arauto da Fortaleza – diz a mulher embora não aparentasse ter mais de que trinta anos. Possuía um belo cinturão e portava braceletes de ouro nos braços. Ela se vira para Tomdrill. – Eu o estive esperando por dias, mas confesso que não fazia ideia que você iria trazer mais alguém – e aqui ela lança um olhar carregado de indiferença às outras duas. – De qualquer forma, seja bem vindo à Fortaleza dos Arautos e à Câmara do Homem, a maior de todas as salas com a exceção da biblioteca, é claro.
    Edu
    Wyrm
    Edu
    Wyrm

    Mensagens : 7559
    Reputação : 106

    Prólogo - Tomdrill e Belediel Empty Re: Prólogo - Tomdrill e Belediel

    Mensagem por Edu em Sab Jun 16, 2012 9:24 pm

    Belediel que ainda estava um pouco irritada com a Nasri é totalmente quebrada com a resposta da humana. Sua face fica vermelha com o carinho de Nasri em resposta ela avança e dá um beijo na boca da amante. Volta a sorrir e acompanha Tomdrill que já tinha aberto a porta. Depois no meio do turbilhão de imagens ela segura bem forte a mão da humana e tenta lembrar daonde tinha ouvido falar o daquela mulher, mas nada vem a sua cabeça.
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2909
    Reputação : 0

    Prólogo - Tomdrill e Belediel Empty Re: Prólogo - Tomdrill e Belediel

    Mensagem por anderson em Dom Jun 17, 2012 8:19 pm

    Tomdrill se assusta com toda aquela situação fantástica. Aquilo tudo era bom demais para ser verdade. Depois que vê tudo o que o local lhe proporciona sente-se bobo por ter tido medo e chamado Belediel para acompanhá-lo. O local não apresentava perigo. Perigoso era saber se ele ia querer sair dali. Sua surpresa só aumenta quando a mulher aparece e se apresenta. Era ela a dos seus sonhos. A voz era igual. Ele então toma coragem para falar:

    - Mas por que você viria até mim nos sonhos? Por que me chamou?
    Edu
    Wyrm
    Edu
    Wyrm

    Mensagens : 7559
    Reputação : 106

    Prólogo - Tomdrill e Belediel Empty Re: Prólogo - Tomdrill e Belediel

    Mensagem por Edu em Dom Jun 17, 2012 9:12 pm

    Sem duvida nenhuma era uma boa pergunta que Tromdill tinha feito. No entanto Belediel tambem percebia que Tomdrill parecia demonstrar um certo distanciamento quando ela estava com Nasri. Será que o jovem mago tinha alguma especie de preconceito por causa da relação "peculiar" entre ela e a humana.
    Ela mesmo Belediel no inicio teve muitas dificuldades pra aceitar essa relação quando ainda estavam no orfanato e o relacionamento delas passava de amizade pra amantes. Era complicado pensar nisso, ela mesmo nunca tinha tido muito interesse em ambos os sexos, mas Nasri era especial e tudo era diferente por mais que inicio tentasse resistir.
    Tinha que se concentrar mais na questão do porquê tinham vindo ali e o que significava aquele lugar. Sobre o relacionamento com Nasri já tinha pensado sobre ele muito nos ultimos tempos.

    - O Tomdrill fezs uma boa pergunta. O porque de ter chamado o mago até aqui e o que quer dizer a ele? - afirma e indaga belediel.
    Elminster Aumar
    Administrador
    Elminster Aumar
    Administrador

    Mensagens : 8688
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh16.png

    Prólogo - Tomdrill e Belediel Empty Re: Prólogo - Tomdrill e Belediel

    Mensagem por Elminster Aumar em Ter Jun 19, 2012 2:58 am

    - Você é especial, Tomdrill Flanae – diz a Velha Noite respondendo a pergunta do jovem mago. – Você tem muito a aprender aqui na Fortaleza dos Arautos e muitas perguntas suas poderão ser respondidas por mim e por este local de grande poder. – Ela lança novamente um olhar de insatisfação perante a presença de Nasri e Belediel e a seguir estende a mão para Tomdrill – Venha comigo, quero lhe mostrar o resto da fortaleza.

    Nasri puxa sua amada num canto e pega uma de suas mãos.

    - Belediel, escuta, não quero ficar aqui nem por mais um segundo, não suporto que todo o momento esta bruxa fique nos lançando olhares de repugnância. Se não somos bem-vindas aqui, o melhor que podemos fazer é nos retirar – ela dá uma olhadela para a Velha Noite antes de prosseguir: - Não muito longe daqui existe um templo dedicado à Eilistraee, a Donzela Escura. Nós podemos ir lá, só eu e você. É um lugar que sempre quis conhecer e poderemos passar um bom momento juntas sem que ninguém esteja perto para nos molestar. O que você acha?
    Edu
    Wyrm
    Edu
    Wyrm

    Mensagens : 7559
    Reputação : 106

    Prólogo - Tomdrill e Belediel Empty Re: Prólogo - Tomdrill e Belediel

    Mensagem por Edu em Ter Jun 19, 2012 12:56 pm

    - Você tem certeza disso Nasri? O motivo dela olhar com repugnancia pra gente eu não sei e nem quero saber. Talvez seja a relação "peculiar" entre nós duas, mas isso é um assunto pra outra hora. Eu to é preocupa com o Tomdrill, se ele ficar sozinho aqui e se for uma cilada? - Afirma Belediel e fica um pouco vermelha - Eilistraee? O que a gente vai fazer lá, mas por mim tudo bem eu vou com você. Sigo você até o fim do mundo.
    Elminster Aumar
    Administrador
    Elminster Aumar
    Administrador

    Mensagens : 8688
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh16.png

    Prólogo - Tomdrill e Belediel Empty Re: Prólogo - Tomdrill e Belediel

    Mensagem por Elminster Aumar em Ter Jun 19, 2012 1:05 pm

    - Ela deve achar que nós não somos merecedoras das “maravilhas” deste lugar e dos conhecimentos que ela pretende passar à Tomdrill. Por mim que esta torre seja explodida, não é nada mais do que um depósito de coisas velhas e antiquadas. De qualquer forma, não me parece que ele corre algum risco estando aqui. Então, você vem comigo? O templo fica na Colina da Canção, a poucos dias de viagem daqui. Depois nós podemos retornar e torcer para que o Tomdrill já tenha terminado seja lá o que ele veio fazer aqui.
    Edu
    Wyrm
    Edu
    Wyrm

    Mensagens : 7559
    Reputação : 106

    Prólogo - Tomdrill e Belediel Empty Re: Prólogo - Tomdrill e Belediel

    Mensagem por Edu em Ter Jun 19, 2012 1:07 pm

    - Tudo bem então. Vamos para o templo de Eilistraee - responde Belediel. Logo a seguir ela comunica ao Tomdrill a partida das duas.
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2909
    Reputação : 0

    Prólogo - Tomdrill e Belediel Empty Re: Prólogo - Tomdrill e Belediel

    Mensagem por anderson em Ter Jun 19, 2012 4:25 pm

    Tomdrill escuta quase desinteressado o comunicado de Belediel. Achava que ela saberia se cuidar bem. E parecia que não havia perigo para ele ali. Ele se despede da Elfa e começa a seguir a humana. Ela queria lhe mostrar algo. Ele queria perguntar mais, mas achou melhor só acompanhá-la por hora.
    Elminster Aumar
    Administrador
    Elminster Aumar
    Administrador

    Mensagens : 8688
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh16.png

    Prólogo - Tomdrill e Belediel Empty Re: Prólogo - Tomdrill e Belediel

    Mensagem por Elminster Aumar em Qui Jun 21, 2012 5:51 pm

    Após Belediel e Nasri terem se despedido de Tomdrill, o mago foi conduzido pela Velha Noite através de um corredor que descia para os subterrâneos da Fortaleza. Os dois passam por uma série de portas, algumas delas marcadas com o nome das raças mais importantes de Faêrun.

    - Estas salas contam toda a história de cada raça e há poderes fantásticos preservados em cada uma delas. Se tivermos tempo, poderei mostrar a sala devotada aos humanos.

    Por fim, eles atingem a enorme biblioteca com suas três plataformas e milhares de livros. Para um mago, aquilo era o paraíso. Várias mesas de leituras, algumas com livros em cima, estavam dispostas pela câmara.

    - Aqui existe a maior coleção de tomos sobre heráldicas, genealogias e livros de registros, com exceção do Forte da Vela. Talvez você esteja preocupado como este grande reduto de conhecimento pode ser protegido dos intrusos, mas vale avisar que a Fortaleza dos Arautos possui suas próprias defesas mágicas, inclusive ela é invisível aos olhos de quem não é bem-vindo aqui. Os livros da biblioteca também têm suas proteções especiais, e aconselharia a você não se arriscar a pegar um deles sem a minha permissão, pois pode custar caro. Bom, de qualquer forma não o chamei aqui para que ficasse apenas admirando a beleza do forte.

    Velha Noite olha para os lados, aparentemente procurando por algo, e quando encontra bate duas palmas. Tomdrill olhou assustado para ela por esta súbita reação, mas mais assustado ainda ele ficou quando uma mesa que estava a uma distância razoavelmente longe começou a percorrer toda a biblioteca até onde eles se encontravam. A humana, como se nada de espetacular tivesse acontecido, puxa um único livro de capa dura que estava posto sobre a mesa. O título do livro estava desgastado com o tempo, tornando assim impossível decrifrá-lo. Velha Noite abre o livro numa página já previamente marcada e lê um pedaço.

    "Aquele com o poder para mudar o rumo da guerra contra o Rei Obould se aproxima. Nascido no nono mês do calendário de Harptos, nascido numa pequena aldeia chamada de Girtmunsk e nascido no Ano do Arco, esta pessoa passará por terríveis provações. Três tragédias ele eis de sofrer. Três grandes amores ele eis de obter. E uma decisão, que caberá somente a ele, ei de definir o futuro das terras do Norte."

    - O que você acha disso, Tomdrill Flanae?
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2909
    Reputação : 0

    Prólogo - Tomdrill e Belediel Empty Re: Prólogo - Tomdrill e Belediel

    Mensagem por anderson em Sex Jun 22, 2012 7:12 pm

    Tomdrill fica assombrado. Seu semblante transmite um sentimento entre o ceticismo e uma angústia crescente. Aquilo tudo era fantasia. Só podia. Ele leva alguns segundos a mais para responder.

    - Isto é mentira! Não pode ser verdade. Você não pode exigir que eu acredite nisto... E se fosse, imagina eu. Eu sou um mago mediano. Conheço outros muito melhores que eu na academia... Não. Definitivamente, isto não é sobre mim.
    Elminster Aumar
    Administrador
    Elminster Aumar
    Administrador

    Mensagens : 8688
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh16.png

    Prólogo - Tomdrill e Belediel Empty Re: Prólogo - Tomdrill e Belediel

    Mensagem por Elminster Aumar em Dom Jun 24, 2012 8:49 pm

    - Eu compreendo o seu medo, ou melhor, o seu receio que isto venha a ser verdade. Você já passou por uma grande tragédia que foi a chacina que ocorreu em sua vila. Passar por outras duas, seria pesado demais. Para seu alento, nem todas as profecias feitas se cumprem – Velha Noite fecha o livro e recoloca em sua posição à mesa, que se afasta dali. A seguir ela retoma o assunto - O antigo arauto que cuidava desta fortaleza já vinha de olho em quem poderia ser o homem ou a mulher de que a profecia falava. Naquele mês no Ano do Arco, apenas duas crianças nasceram em Girtmunsk. Você e uma garota de nome Lhia. Quando Lhia morreu aos cinco anos de idade de hipotermia, não restavam duvidas que fosse você. E desde então o antigo arauto, e eu mais recentemente, tem tomado certos cuidados para que você crescesse saudável e fosse capaz de pender a balança da guerra a nosso favor.

    Ela para por um momento para ver se Tomdrill tinha alguma colocação a fazer. Como o jovem mago ficara calado, ela deu prosseguimento:

    - Você deve se lembrar do Dwehion, o elfo que entrou em sua vida tão de repente. Pois bem, um elfo não decide simplesmente morar numa aldeia tão pacata como era a sua, longe da floresta. Ele foi enviado pelo antigo arauto para lhe ensinar pessoalmente o caminho que você devia prosseguir. O caminho da magia. A sua viagem à Lua Argêntea também foi arranjada de modo premeditado, e as taxas de seus estudos no Colégio da Senhora eram pagas pela própria Alustriel que aceitara recebê-lo de bom grado em sua academia. Você, então, teria um ensinamento completo. Porém a teoria às vezes é muito diferente da prática. Por isso que quando a sua vila foi atacada pelos orcs, eu resolvi enviar mensagens através de sonhos para que você criasse coragem e se aventurasse pelo mundo afora e tivesse a experiência necessária para lidar com todas as situações. Alustriel, claro, mais uma vez foi condescendente com a sua participação na Comitiva das Fronteiras. Então, Tomdrill Flanae, você continua achando uma mentira após esta história que acabei de lhe contar?
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2909
    Reputação : 0

    Prólogo - Tomdrill e Belediel Empty Re: Prólogo - Tomdrill e Belediel

    Mensagem por anderson em Seg Jun 25, 2012 10:22 pm

    Tomdrill ouve o que a mulher fala com surpresa e ainda não querendo aceitar ele diz, ou tenta dizer:

    - M-mas isto não q-quer dizer nada. Até Dwehion? M-mas vocês acreditam nisso, não quer dizer que seja verdade... - Tomdrill relutava e não conseguia aceitar o que se falavam. - Pera aí, isto quer dizer que você sabia do massacre na minha vila e não fez nada? Como ousa? E de mais a mais o que você quer de mim agora? O que eu tenho que fazer?

    O mago não estava se sentindo bem com aquilo e agarrou-se a afirmativa mais real que ela pronunciara. Era muita informação. Dwehion, Alustriel, quem sabe o que mais poderia ter sido "arranjado" pelos Arautos? Em sua cabeça, Tomdrill fazia muitas perguntas que iam encontrando respostas óbvias. Tomdrill começava a ficar com tonturas.
    Elminster Aumar
    Administrador
    Elminster Aumar
    Administrador

    Mensagens : 8688
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh16.png

    Prólogo - Tomdrill e Belediel Empty Re: Prólogo - Tomdrill e Belediel

    Mensagem por Elminster Aumar em Ter Jun 26, 2012 9:57 pm

    - Eu não sabia do massacre de sua vila. Mas pelas três tragédias de que a profecia fala, era de se esperar que algo acontecesse lá. E quando fiquei sabendo do que os orcs fizeram, eu mandei uma visão para você próxima do que ocorreu, para que assim você criasse coragem e fosse explorar o mundo e colocar em prática tudo aquilo que você aprendera com os livros e os professores da academia. O que eu quero de você? Quero apenas que você fique vivo a tempo de poder decidir a guerra contra o Obould a nosso favor. Como disse antes, muitas profecias acabam não se concretizando, e isto também passa pelas escolhas que os envolvidos nela fazem. Eu quero te preparar para o futuro e se certificar que você tome as decisões corretas, no momento certo. Primeiro o que você deve fazer é se acostumar com esta ideia que ainda lhe parece absurda em sua cabeça.
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2909
    Reputação : 0

    Prólogo - Tomdrill e Belediel Empty Re: Prólogo - Tomdrill e Belediel

    Mensagem por anderson em Qua Jun 27, 2012 4:23 am

    Ainda um pouco relutante, Tomdrill ouve a mulher e se cala. Ele realmente precisava de um tempo. A mulher parecia que ia conceder a ele este tempo e depois voltariam a se falar. Por hora preferia digerir aquilo. Faz um sinal de positivo e começa a olhar os tomos distraidamente.
    Elminster Aumar
    Administrador
    Elminster Aumar
    Administrador

    Mensagens : 8688
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh16.png

    Prólogo - Tomdrill e Belediel Empty Re: Prólogo - Tomdrill e Belediel

    Mensagem por Elminster Aumar em Sex Jun 29, 2012 5:24 pm

    Tomdrill passa os próximos dias na fortaleza tentando digerir a tal profecia. Ele teria a chance de mudar o rumo da guerra, porém ainda sofreria pelo menos mais duas tragédias em sua vida, e inevitavelmente ele pensou na sua namorada, Artémis, que fora deixada no Colégio da Senhora, em Lua Argêntea. Ele não aguentaria se algo acontecesse a ela. Tom pensou até em voltar para a cidade, mas se deu conta de que seria burrice, afinal ela estava segura no centro da Gema do Norte, tão longe da guerra do Obould no Salão de Mitral.

    Os livros foram os companheiros do mago nestes dias. A Velha Noite quase não aparecera para falar com ele. Apenas nas horas das refeições é que passavam um tempo junto saboreando a comida que a humana fazia e preparava numa grande e rústica mesa. Tomdrill foi se acostumando com algumas das excentricidades do lugar, a principal delas eram os objetos animados. Mesas, quadros, portas e até camas tinham sido animadas magicamente. Eram tantos que o mago pensou que eles poderiam vir a ser muito úteis caso alguém tentasse invadir a fortaleza, eles formariam um exército razoável perante os inimigos.

    O mago estava na biblioteca, de longe seu lugar favorito, quando Velha Noite chegou para conversar com ele.

    - Então Tomdrill, como você está se sentindo após todos estes dias? Se estiver bem, gostaria de mostrar uma de nossas câmaras, a Câmara da Visão. Talvez isso pode acalentar um pouco de suas preocupações.
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2909
    Reputação : 0

    Prólogo - Tomdrill e Belediel Empty Re: Prólogo - Tomdrill e Belediel

    Mensagem por anderson em Sex Jun 29, 2012 6:20 pm

    Tomdrill passara um longo período pensando em sua situação. Houve um período de raiva, outro de medo, sendo estes dois sentimentos a tônica e hora um hora outro o perturbavam, no final restou a resignação. Tomdrill leu muitos tomos ali e ficou a procura de grimórios para aprender coisas novas. Se era o escolhido de algo precisaria saber muitas magias para várias situações.

    Ao ver que a mulher se aproximava ele fica sério. O que será que ela iria querer com ele agora?

    - Me sinto bem. Posso lhe acompanhar sim. Aceito o que parece que está destinado a mim. Mystra é misteriosa... Só espero não perder tudo que é importante.
    Conteúdo patrocinado


    Prólogo - Tomdrill e Belediel Empty Re: Prólogo - Tomdrill e Belediel

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qua Set 18, 2019 2:00 am