Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Arco Africa - (Kenya)

    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1761
    Reputação : 60
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 Empty Re: Arco Africa - (Kenya)

    Mensagem por Nimaru Souske em Qui Fev 27, 2020 8:15 pm

    Sivirino sorri diante das palavras de Elena.

    - Intão ta combinado. Acena com a cabeça.

    O guerreiro do sertão tira seu óculos e passa a mão nos olhos para limpar as lágrimas de antes enquanto respira fundo.

    A decisão havia sido tomada.

    Antes de sair, o nordestino foi até as duas crianças, Kytes e Rena, e se despediu delas, dizendo que da próxima vez que os visse já estaria na companhia de Morgana e que iria lhes apresentar Rosinha, uma nova amiga. Queria deixar com eles um pouco da confiança que havia retomado graças a oferta de ajuda vinda de Elena.

    Preparou suas coisas no camelo. Ajeitou seu óculos em seu rosto, endireitou seu lenço vermelho no pescoço e pôs sua Pexera no coldre em sua cintura. Estava pronto. Olhou para o céu, com os olhos miúdos graças ao sol forte, e pediu para que seu Padim Ciço olhasse por aquelas terras e os guiasse pelo caminho certo.

    Partiram.

    Em pouco tempo, o Khan'Gaceiro já pôde sentir a dificuldade de se montar um animal daquele. Não era como um jumento, animal mais comum a ser montado no local de onde vinha, pois era mais alto e rígido para se "manobrar"... Também não era como se Sivirino fosse um exímio montador de Jumentos, já que esse era seu maior ponto franco dentro do bando que regia no Brasil.

    Os dois aventureiros observaram as belezas e tristezas de uma terra árida e a cada metro que se aproximavam de Jack,  fazia com que o coração nordestino batesse mais forte. Chegava a palpitar de ansiedade.  

    Mas lá estava a cidade abandonada e o covil do inimigo. Em frente à dupla.

    Sivirino agradeceu os mensageiros no rádio e olhou para Elena. Estavam bem perto e precisavam manter o foco e a vontade inicial.

    Ambos desceram dos animais e os encostaram onde poderia ter água e comida por ali por perto. Sivirino da Silva conferiu se tudo que precisava estava com ele e partiu até seu objetivo.

    Ao entrar na cidade, olhou ao redor e se espantou com a vastidão daquilo que agora estava abandonado. O que teria acontecido com as pessoas que antes moravam ali? Seria tudo aquilo obra do Jack?... Perguntas ocupavam sua mente enquanto os olhos permaneciam atentos à paisagem ao redor.

    Acharam a mansão.

    Os passos do brasileiro se apressaram um pouco, mesmo sem que ele percebesse, e logo já estava diante dos dois guardas. Encarando-os furiosamente no olho. Cara de poucos amigos.

    Ao ver os portões abertos, apenas iniciou sua caminhada e mal respondeu àqueles homens ou deu muita bola para o que Elena havia perguntado a eles. O foco era tudo que ocupava a mente de Sivirino. Andava na frente, mas não ao ponto de se distanciar da guerreira que lhe oferecera ajuda.

    Passaram pelo quintal e se aproximavam da porta quando Elena avistara a construção menor. Sivirino não dera muita atenção, mas o fato da jovem ter saído em disparada na direção daquele lugar fez com que ele saísse um pouco do transe que se encontrava ao tentar estar preparado para uma das batalhas mais importantes de sua vida.

    - Ispere Minina... Já parecia tarde, Elena andava em passos firmes até lá.

    Observou ao longe o que se daria daquela situação, ponderando se deveria ou não se aproximar da guerreira e demorar um pouco mais para entrar na mansão. Era uma decisão difícil.

    Mas algo pareceu complicar dentro daquele local quando a garota pareceu se paralisar por ter visto algo lá dentro. Isso fez com que, novamente, as pernas do nordestino corressem até lá sem que ele realmente tivesse decidido o que queria daquela situação. Chegando perto e vendo que não tinha muito o que fazer para ajudar a garota a se defender, Sivirino chegou dando uma rasteira por trás da garota para derrubá-la para o lado no chão, evitando qualquer que fosse a ameaça que estaria vindo na direção da nativa daquele local. Tentaria evitar que aquele movimento fosse muito danoso.

    - ACORDE MULÉ! O QUI TA ACONTECENO AQUI?

    Mal chegara nas terras de Jack e já teria que resolver as pendências alheias.
    spectro
    Antediluviano
    spectro
    Antediluviano

    Mensagens : 3930
    Reputação : 126
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 Empty Re: Arco Africa - (Kenya)

    Mensagem por spectro em Sab Fev 29, 2020 11:26 am

    A rasteira foi bem sucedida, Elena, com o golpe, saiu da frente da rota da espada, Sivirino e ela rolaram pelo chão, a espada porém acertou o chão, mas não só o chão, ela havia resvalado no chapéu do cangaceiro, saindo de sua cabeça com o golpe, o chapéu ficou preso no chão com a espada, o detalhe é que havia sido danificado, mesmo com os cordões e rédeas o chapéu tinha escapulido da cabeça do homem do sertão, um rasgo onde deveria estar a cabeça de Sivirino estava aberto no chapéu, o homem da espada retirou-a do chão o chapéu veio junto, e então ele se virou para a dupla no chão:

    - Foi uma sorte vocês terem escapado de minha lâmina, esta espada Japonesa é bem afiada, eu nunca os vi por aqui, devem ser aqueles que Jack disse que viriam, intrusos querendo usurpar nosso reinado, Hahahahahahaha!!!! Meu nome é Gohei, Hiruma Gohei, um Japonês que veio em busca de sangue, vou matar vocês por me atrapalharem... Hahahahahah!!!!

    A expressão de assassino sangrento estava estampada na cara de Hiruma, o homem lá atrás que estava acorrentado estava com marcas pelo corpo, provavelmente Hiruma o torturava, era mais uma vítima da gangue demoníaca, Elena despertou do transe quase que assassinada pela Katana.

    - Mui... Muito obrigado Sivirino, ele foi tão rápido que não consegui reagir a tempo, se não fosse você estaria com um rasgo como aquele seu chapéu, você salvou minha vida, e lhe prometo que não serei mais um fardo, vou lutar com todas as minhas forças...

    Hiruma já estava se preparando para avançar novamente contra os dois num golpe de espada, a lâmina dele estava bem afiada, bastava saber qual das duas armas era mais letal, a Katana ou a pexera...

    - Eu agradeço pelo presente, mas odeio chapéu, e mais um como esse tão horroroso, Heheheheh!!!! - Ele arremessou o chapéu contra o peito do cangaceiro...

    Hiruma Gohei:

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 Latest?cb=20120306140445

    Off game:
    Mano a etimologia da palavra cangaceiro é aquela mesmo que vc colocou, Khangaceiro ou foi só criatividade mesmo...?
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1761
    Reputação : 60
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 Empty Re: Arco Africa - (Kenya)

    Mensagem por Nimaru Souske em Dom Mar 01, 2020 10:30 am

    - DISCURPA !!! Foi a primeira coisa que Sivirino falou após rolar com Elena por causa de sua rasteira.

    O nordestino respirou um pouco e tentou se acalmar para entender o que estava acontecendo ali, mas tinha que se preocupar imediatamente com o homem que desferira aquele ataque contra a jovem ao seu lado.

    - Elena...  Falou enquanto conferia se estava tudo certo consigo. -... Vucê ta bem?

    Sivirino notara a ausência de seu chapéu em sua cabeça e logo fitara a sala inteira em sua busca até encontrá-lo preso ao chão pela espada do homem desconhecido. Aquilo era uma imagem que não seria fácil para um Khan'Gaceiro digerir.

    Ele estava irritado.

    - Primeramente, Vá vucê e sua ispada pro inferno, seu filho de um cabrunco manco. Sivirino da Silva fala isso enquanto se levanta. - Essa foi a primeira e última vez qui vucê vai tê a honra de encostá em um charpé do Khan'Gaço... um charpé de um desafiante convidado pelo próprio Jáqui, não um intruso quarquer...

    O sangue nordestino fervia dentro do corpo, estava envergonhado de ter deixado seu adereço cair ao mesmo tempo que irado por estar vendo-o cortado pela espada de um desconhecido. Nesse momento, até chegara a escutar as palavras de Elena, mas diante do que acontecera aquele não era um foco para o brasileiro.

    - Não precisa agradecê, minina, vucê só precisa me ajudá a dá pra essi homi o qui ele qué... aí já ficamo quites... Já já ele vai tê o sangui que veio buscá, vai senti o gorstinho dele pur dentro da própria garganta. A mão lentamente descera até o coldre de sua lâmina e, firmemente, segurara em seu cabo.

    Parecia que toda a raiva acumulada por Sivirino havia achado uma desculpa para escapar diante de Gohei.

    O chapéu foi lançado, assim como o insulto final.

    Sivirino da Silva, o jovem expoente das antigas artes do Khan'Gaço, aprendiz do grande estilo Pêxera no'Buchô que lhe foi ensinado pelos próprios pais, os líderes do maior e mais importante grupo de Khan'gaceiros do Brasil, agora estava sorrindo. Os dentes trincados com força e olhos vidrados focados no inimigo.

    Segurava forte o chapéu contra o peito.

    Lentamente sua mão subiu e colocou o adorno em sua cabeça, o ajeitando como se estivesse em seu estado perfeito, mesmo que se pudesse claramente ver o rasgo feito por Gohei. A mesma mão desceu vagarosamente e foi apontada na direção do Japonês, estando apenas o dedo indicador levantado.

    - 1 Gorpe... 1 gorpe e vucê vai vê purquê precisa de uma espada tão grandi e eu não... Puxa a pexera da cintura e a empunha em posição de ataque.

    A peleja estava pra começar.

    OFF:


    Pior que nem é kkkkk Cangaceiro vem de cangaço, que tem tanto significado que chega ser confuso: Bagaço de uva, Ladroagem, uma madeira grande que segura os bois em uma carroça. Aquilo lá foi uma invenção mesmo, fui dar uma revisada na ficha e mudei alguns termos que tinha inventado antes pra ficar mais interessante XD

    spectro
    Antediluviano
    spectro
    Antediluviano

    Mensagens : 3930
    Reputação : 126
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 Empty Re: Arco Africa - (Kenya)

    Mensagem por spectro em Seg Mar 09, 2020 11:43 pm

    Elena estava bem, isso foi conferido por Sivirino após sua conversa rápida com ela, agora era hora de se acertar com o próximo adversário nesta peleja infernal, diante das ofensas do cangaceiro, Hiruma Gohei apenas abriu um sorriso enorme mostrando seus dentes, ele estava ansioso por cortar logo aqueles intrusos, seu instinto era assassino e Sivirino teria que tomar muito cuidado para não cair nas artimanhas do inimigo.

    A respiração do brasileiro era forte, Gohei então manobrou sua espada para confrontar a arma do adversário. Ambos encararam um ao outro, a imagem nos olhos de Sivirino focava Hiruma, mas ao olhar bem no fundo dos olhos do lutador de kendo ele viu a imagem refletida de... Elena, Hiruma não focava Sivirino, ele estava de olho na garota, iria atacar ela novamente.

    Elena se adiantou, preferiu atacar primeiro devido ao instinto assassino do adversário, e não só isso, ela havia prometido não ser mais um fardo, lutaria com todas as forças agora, pelo seu povo, ela saltou, depois em uma manobra rápida pousou no chão liso e aplicou um golpe bem diferente, foi uma rasteira, mas a beleza do ataque transformava sua arte marcial em uma espécie de dança de tão magnífica, no Brasil, existia uma arte marcial bem semelhante, se não fosse a mesma que ela praticava.

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 Elena-win

    Hiruma foi derrubado com facilidade, o chão liso deslizou seu pesado corpo para longe, mas logo o grandalhão estaria em pé e mostrando sua fúria assassina novamente, Elena postou na posição de ataque e aí sim o cangaceiro percebeu que ela tirara sua capa, mostrando seu corpo, estava leve e esperta.

    - Sivirino, aquele homem acorrentado nos fundos da sala está me incomodando, acho que devemos dar primasia em salvá-lo não?! - perguntou a garota, mas atenta ao adversário que começava a ficar de pé...

    Combate:
    Elena [14] Pvs {18/18}
    Sivirino [14] Pvs {45/45}
    Hiruma[09] Danos sofridos{08}
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1761
    Reputação : 60
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 Empty Re: Arco Africa - (Kenya)

    Mensagem por Nimaru Souske em Qua Mar 11, 2020 9:30 pm

    Encarando os dentes do adversário em meio ao seu sorriso, como um preá que vê de perto as presas da onça do mato, Sivirino não se deixou diminuir. Segurava firme a Pexera e preparava todo seu corpo para o embate que estava começando naquele inesperado lugar.

    Mas Jack não saia de sua cabeça. Era apressado demais.

    Mas então a onça frente ao preá rugiu em outra direção, buscava a presa ao lado do guerreiro e isso chegou até a preocupar o nordestino que, de impeto, encarou Elena no mesmo instante que ela decidiu iniciar o seu ataque. E como foi lindo o ataque. Os movimentos suaves, misturavam a agressividade necessária para derrubar o inimigo e a delicadeza e ritmo de uma dança expressiva, parecendo carregar junto consigo toda a história e cultura de um povo e suas gerações.

    Sivirino até achou que reconhecia aqueles movimentos de algum lugar, um lugar até que lhe levava de volta a sua terra natal, mas não tinha tanta certeza assim... e nem buscava ter, já que a sua frente estava seu único foco no momento:

    Derrotar Gohei.


    - Si aquele homi tá tirano a tua artenção desse arranca rabo, vá lá e tiri eli das corrente inquanto eu siguro essi infeliz aqui... Siga seu coração qui eu sigu o meu, confie im mim.   Foram as últimas palavras do guerreiro brasileiro antes de sair em disparada contra Hiruma.

    Focado em sua investida, correu fazendo uma parábola que levasse a atenção do inimigo até um lado do salão, tentando deixar o outro mais vazio para que Elena pudesse passar até o homem acorrentado no final da sala caso escolhesse por esse caminho. Sua corrida iria parar em frente à Hiruma e, com seu corpo levemente arqueado para baixo durante a corrida, iria subir, tentando fazer um movimento em diagonal, de cima para baixo, com sua lâmina que se iniciaria na coxa esquerda do adversário e iria até perto do braço direito.

    Seus olhos estavam vidrados, mal piscavam, vermelhos. Buscavam apenas uma imagem específica:

    O homem com a grande espada caído ao chão. Derrotado pela lâmina ancestral da Pexera, arma que representava anos de ensinamentos da arte do Khan'Gaço.

    Queria deixar Lamparina orgulhoso.
    spectro
    Antediluviano
    spectro
    Antediluviano

    Mensagens : 3930
    Reputação : 126
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 Empty Re: Arco Africa - (Kenya)

    Mensagem por spectro em Qua Mar 11, 2020 10:15 pm

    Elena seguiu o plano de Sivirino, ela percorreu o lado aberto indo em direção ao homem preso, o qual ela disse que havia escutado o pedido de socorro antes, Hiruma Gohei queria cortá-la primeiro, mas a pexera foi tão rápida que ele não teve escolha se não enfrentar o brasileiro primeiro, o golpe do facão rasgou o pedaço da calça da coxa do espadachim, depois foi cortando até o cinto de couro. Hiruma deu um leve passo para trás evitando o golpe mortal, pelo visto o cretino tinha experiência em batalha.

    Ele teve de contra-atacar rápido, foi um golpe na horizontal, cortaria bem na altura da cintura, mas a pexera rapidamente se interpôs na frente da katana, claro que as mãos de relâmpago do nordestino tinha algo a ver com isso, o golpe foi forte o suficiente para arremessar longe o manipulador da faca, o corpo bateu contra a parede e a mesma rachou.

    O corpo de Sivirino caiu no chão, Gohei sorriu, mas logo seu sorriso se tornou terror, onde havia sua coxa exposta, um jorro de sangue esguichou e manchou o piso de madeira, o espadachim arregalou os olhos, não estava acostumado a sofrer ferimentos daquele tipo. Suas pernas começaram a tremer.

    Elena chegou até o homem acorrentado e começou a tentar soltá-lo o mais rápido possível, enquanto Gohei permanecesse concentrado em seu adversário ela teria algum tempinho...

    Combate:
    Elena [14] Pvs {18/18}
    Sivirino [14] Pvs {37/45}
    Hiruma[09] Danos sofridos{13}

    OFF Game:
    Bem a intenção era atacar Elena e como eu já tinha rolado o ataque tive que adaptar, fiz um teste com Elena, como ela passou o ataque foi direcionado ao SiSI (KKKK) Como vc bolou um plano de distração e seu ataque acabou acertando primeiro acho que fez mais sentido assim mesmo, a lâmina deste cabra é violenta...
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1761
    Reputação : 60
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 Empty Re: Arco Africa - (Kenya)

    Mensagem por Nimaru Souske em Qui Mar 12, 2020 12:57 pm

    Em meio a toda sua movimentação, Sivirino viu que Elena tinha seguido a ideia de libertar o homem acorrentado, o que fez com que o nordestino rezasse para que sua manobra tivesse a ajudado a passar sem muitos problemas.

    Vendo a intenção do inimigo de ainda assim seguir o ataque contra a garota, apressou ainda mais sua lâmina contra o oriental e conseguiu efetuar seu golpe... mas parecia que as habilidades do adversário não eram só blefe já que ele conseguiu fazer com que o ataque furioso de Sivirino da Silva não lhe fosse mortal e, ao mesmo tempo, devolveu-lhe a intenção assassina com um golpe rápido na altura da cintura.

    Mas não rápido suficiente para transpassar a habilidade do nordestino com a sua Pexera.

    A defesa foi efetiva contra a lâmina, mas a força do ataque era enorme e ainda conseguiu impulsioná-lo para trás até que batesse em uma das paredes. Foi um impacto doloroso.

    Ao chão, lentamente Sivirino começou a erguer seu corpo. Seus olhos passearam ligeiros pelo salão, buscando ver como estava a situação de Elena que parecia estar conseguindo seguir com seu resgate, o que acalmou um pouco o coração do sertanejo, e, logo após, fitaram os olhos de Gohei.

    - Eu lhi dissi, num dissi? Sorriu. - Só precisava di um gorpe pra lhi mostrar qui esse tamanho todo num servi nem pra palitá os dente... O nordestino já estava totalmente erguido enquanto olhava o sangue jorrar da ferida que ele provocou.

    Sua postura retornou a posição de batalha, segurando firme a pexera com sua mão direita.

    - Vucê podi inté tentá, mar o fio da sua lâmina num vai cunsegui nem incostá nim mim si continuá usano essa arma arpenas como um brinquedo. Iniciou mais uma vez sua corrida para o ataque.

    A fúria ainda estava acesa.

    - Ô VUCÊ SIGURA ESSA ISPADA QUI NEM HOMI, Ô DISISTI E VEM NO MURRO QUI NEM MININO.

    Continuou até se aproximar o suficiente para desferir outro corte, mas dessa vez iria variar. Girou a arma em sua mão, deixando a lâmina para baixo, subiu a pexera em direção ao braço esquerdo Hiruma e desceu em um corte pesado. Queria estragar o máximo que conseguisse o membro do inimigo para mostrá-lo que em uma luta com lâminas não se pode se segurar, pois apenas um golpe bem dado pode desconsiderar anos de esforços feitos por aquele que está de frente ao ataque desferido.

    - SI FOR CONTINUÁ DO JEITO QUI TÁ, A ULTIMA COISA QUI VUCÊ VAI FURÁ CUM ESSE TRAMBOLHO VAI TER SIDO O MEU CHAPÉ... Grita enquanto tenta rasgá-lo com a lâmina de sua arma, provocando-o até o último momento.

    spectro
    Antediluviano
    spectro
    Antediluviano

    Mensagens : 3930
    Reputação : 126
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 Empty Re: Arco Africa - (Kenya)

    Mensagem por spectro em Qui Mar 12, 2020 11:02 pm

    Elena se agacha e começa a tentar separar as correntes do corpo do prisioneiro, enquanto ela tentava usar suas habilidades a luta as suas costas prosseguia, a garota tentou e tentou, mas ainda não conseguia livrar o homem das correntes, ela notou que era um estrangeiro também, parecia que o grupo de Jack estava mesmo expandindo seu reino de terror até novas terras, Brasil e Índia.

    O golpe do cangaceiro falhou, Gohei apara o ataque com a Katana, o que se segue depois foi uma sucessão de golpes vorazes um contra o outro, a cada golpe, o barulho de ferro com ferro zumbia e refletia nas paredes, voltando aos ouvidos dos lutadores.

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 1random

    Gohei estava encurralado com os golpes, porém o cangaceiro deu um passo em falso, o chão liso do Dojo favorecia o Japonês, lutar em terreno fácil não era o forte do brasileiro que sempre andara em terrenos irregulares no Brasil, com isso a Katana cortou as coxas de Sivirino, rasgou as duas, não foi muito profundo o corte, mas a ferida surgiu abaixo da calça um pouco rasgada.

    Gohei ofegava, talvez aquele corpo grande não tinha enfrentado tamanho adversário, mas mesmo assim conseguiu ferir Sivirino...

    - Seu pobre coitado!!! Suas palavras são apenas lixo para mim, porque não morre de uma vez... – Avançou contra ele novamente...


    Combate:
    Elena [14] Pvs {18/18}
    Sivirino [14] Pvs {28/45}
    Hiruma[09] Danos sofridos{13}

    Teste:
    Faça um teste de Intimidar Vs Vontade do adversário se vencer Gohei vai entrar no modo fraquejando da tabela do 4D&T, mas pode atacar normal também independente do resultado do teste...
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1761
    Reputação : 60
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 Empty Re: Arco Africa - (Kenya)

    Mensagem por Nimaru Souske em Sex Mar 13, 2020 12:13 am

    A torcida para que a jovem mulher conseguisse libertar o homem das correntes era algo que até passava pela cabeça do brasileiro, mas naquele momento qualquer atenção que ele não colocasse na luta poderia ser fatal.

    Mas, ainda assim, sabia que Elena precisava se apressar para retirar o homem em segurança enquanto o Khan'gaceiro lidava com Gohei.


    Ao ver seu golpe sendo parado, Sivirino sente que suas palavras fizeram algo. Sentiu mais firmeza na espada do adversário enquanto seus olhos fitavam dentro dos de Gohei.

    Um sorriso no canto de sua boca se formou. Finalmente a luta estava sendo encarada com a mesma seriedade pelos dois presentes naquele salão.

    Os golpes que sucederam essa breve encarada foram rápidos e firmes, castigando tanto a lâmina adversária quanto o físico dos atacantes. O som dos metais se repelindo aquecia a alma guerreira de Sivirino da Silva e até lhe lembrou do que sentira em seus tempos de treino. Havia sentido uma espécie de saudade de lutas como aquela.

    Mas tanto saudosismo pareceu roubar o pouco da atenção necessária para que falhasse em seus movimentos e abrisse uma brecha para que Hiruma se aproveitasse disso. Sentiu o corte.

    As coxas arderam de imediato e a chata dor passou a incomodar o nordestino. Ele encostou os joelhos ao chão, em um misto de incômodo e cansaço, mas sorriu.

    - AGORA SIIIIMMMMM!!!!!!! Gritou muito alto. - Vucê rearmente num conhece um Nordestino... Nós já nasci do lado da morti, morreno um tiquinho todo dia, dia depois de dia... ahh... Suspirou diante da ingenuidade de Hiruma Gohei. Pra matá a gente tem qui sê pió qui a morte.... Mar pra ti matá... EU SÔ PRECISO DA MINHA PEXERA E DU MEU QUERÊ !! Urra ao final da frase, aproveitando a posição abaixada que estava para esperar a investida do inimigo e buscar um de seus pés para encravar a Lâmina de sua pexera.
    spectro
    Antediluviano
    spectro
    Antediluviano

    Mensagens : 3930
    Reputação : 126
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 Empty Re: Arco Africa - (Kenya)

    Mensagem por spectro em Dom Mar 15, 2020 10:17 pm

    Os dois investem um contra o outro, Os corpos dos dois se chocam, o Cangaceiro sente algo em seu abdômen, seria a lâmina da espada de Hiruma? Não, não era isso, seria um golpe do seu adversário? Não, suas mãos estavam na Katana, e os pés estavam no chão, Hiruma era alto, então não eram seus ombros também, o que Sivirino sentia era algo diferente, uma sensação de que algo estava para despertar dentro de si, como se uma tempestade estivesse perto de chegar, no entanto, além deste fato, o impacto do golpe dos dois provocaram feridas um no outro, Gohei recebeu um ferimento em sua costela, a lâmina enterrou fundo... E o brasileiro percebeu que a Katana perfurou seu ombro, este já não era um corte tão profundo...

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 RLhXdqU

    Elena ainda estava enrascada com as correntes, e ela acabou por iniciar uma conversa com o Indiano nesse pequeno tempo, mas as correntes não a obedeciam, então ela tentou uma nova abordagem, percebeu que conseguiria arrancar as correntes de um suporte na parede e o fez, poucos tempo depois ela e o Indiano estariam se levantando com o estrangeiro livre das amarras, Elena se levantando fez sinal positivo para trás, para o companheiro de luta.

    Gohei dava passos lentos para trás segurando seu ferimento na costela, sua Katana é jogada no chão e ele cai sentado para trás, balbuciando palavras repetidas e implorando:

    - Por favor... Hurrrrr... Não me mate, foi o Jack, ele me obri... me obrigou... Eu só me juntei a eles para... Por favor... Já chega... Blllarrrrgggg... Não me mate, já chega, por favoooooorrr - Soluços tomaram conta do espadachim que estava gravemente ferido, suas forças se esvaiam e seu corpo tremia, o resultado da luta já era visível... Sivirino Wins!!!!

    Combate:
    Elena [14] Pvs {18/18}
    Sivirino [14] Pvs {23/45}
    Hiruma[09] Danos sofridos{22}
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1761
    Reputação : 60
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 Empty Re: Arco Africa - (Kenya)

    Mensagem por Nimaru Souske em Qua Mar 18, 2020 6:25 pm

    Por um momento, Sivirino tomou um susto. Sua atenção fora diretamente no impacto que sentira em seu abdome.

    "O que seria aquilo?"

    Seus olhos arregalaram. Nunca havia sentido isso antes.

    A dor em seu ombro parecia ter ficado em segundo plano diante do que seus sentidos haviam captado. Não conseguia entender o que se passara com seu corpo, nem mesmo achava que era obra do inimigo, pois ao notar Gohei, o mesmo parecia derrotado.

    Por alguns segundos, todos os arredores estavam brancos. Sem nada. Apenas o nordestino e sua própria percepção de si mesmo.

    - Uqui... foi issu, meu Padim? Sussurrou sozinho.

    Olhou para trás, em um misto de confiança confusão, e viu Elena e o homem acorrentado. Aquilo o acalmou e ele sorriu calmamente, devolvendo o sinal de positivo para a garota. Voltando seus olhos ate Hiruma, escutou suas palavras enquanto se encaminhava até a espada de Hiruma. No caminho, Sivirino da Silva fez um movimento que aprendera com seu pai.

    Arrancou o lenço vermelho de seu pescoço e o levou até sua pexera, limpando-a do sangue do inimigo. Depois, vestiu novamente o lenço ao redor do pescoço. Era comum que lenços brancos fossem vestidos por todos Khan'Gaceiros do bando de Lamparina e que a brutalidade de seus membros fossem percebidas pelas manchas de sangue presentes no lenço que cada um vestia.

    O lenço de Sivirino era completamente vermelho.

    Chegando perto da grande lâmina, o nordestino a ergueu perante de Hiruma e com um movimento rápido, batendo-a contra o chão, a partiu bem perto da guarda, deixando apenas um pequeno pedaço de lâmina restando. Se aproximou ferozmente do adversário caído, com a lâmina dele em punho. Era ameaçador. Se abaixou a sua frente e o olhou nos olhos. Eram grandes e cheios de veias puladas que percorriam todo o branco do olho e terminavam na íris negra do guerreiro do agreste.

    Estendeu a sua mão.

    -  Pegui. Deu a espada quebrada. - Num me interessa seus motivo... O Homi qui cunheci quando entrei nessa sala murreu pela própria ispada, si ele não vai levantá dispois disso ou si ele vai recumeçar usano essa mema espada, não sou eu qui decido... Se ergue ao final da frase, mas deixa um último aviso em tom sério ainda olhando nos olhos do oriental. - Só lembri qui si  vucê for contra mim dinovo, Eu vó lhi mostrá como si mata um homi morto... eu vou lhe apresentá argo pió qui a morti...

    Depois disso, em passos vagarosos, vai até Elena para ver como ela e o homem capturado estavam.

    Pressionava seu ombro ferido com uma de suas mãos.
    spectro
    Antediluviano
    spectro
    Antediluviano

    Mensagens : 3930
    Reputação : 126
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 Empty Re: Arco Africa - (Kenya)

    Mensagem por spectro em Dom Mar 22, 2020 5:13 pm

    - Estamos bem... – Disse Elena como que lendo a mente de Sivirino, o indiano embora com marcas de ferida no corpo, estava em pé e andando normalmente, ele lhes agradeceu.

    - Muito obrigado por me salvarem, este homem ficava me torturando todo o tempo, eu vim da Índia em busca de uma ajuda para minha aldeia, mas esses canalhas me capturaram, eu agradeço muito a vocês, meu nome é Dhalsim...

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 450?cb=20080204231648

    Ele faz uma reverência se abaixando para agradecer, Elena sorri e vê que Dhalsim não parece ser um cara qualquer, pelas marcas no corpo ele até que resistiu bem a tortura.

    - Me diga Dhalsim, você pode nos dizer onde estão as pessoas que esta gangue sequestrou?

    - Sim eu posso dizer sim, existe um local abaixo da mansão do Jack onde elas, a maioria mulheres, são mantidas cativas, eu posso ir até lá para salvá-las, ou então, posso ajuda-los na luta, pelo que vi, vocês não estão aqui escondidos, entraram de frente para lutar, então eu também posso lutar, sou um lutador, posso ajuda-los a vencer esses caras.

    Elena olha para Sivirino, para ver o que fariam, já Hiruma Gohei permanecia caído ao chão sem ação, apenas pressionava seu ferimento para que sua morte não acontecesse.

    - Também precisamos cuidar destas suas feridas Sivirino, ah! a proposito, este é Sivirino e eu sou Elena.
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1761
    Reputação : 60
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 Empty Re: Arco Africa - (Kenya)

    Mensagem por Nimaru Souske em Dom Mar 22, 2020 10:33 pm

    Mesmo em meio a dor, enquanto caminhava até a garota, Sivirino abriu um grande sorriso ao escutar suas palavras. Estava sinceramente feliz.

    - Qui ótima notícia. Ele passou os olhos até o homem desconhecido qual fora liberto por Elena. - Me Chamo Sivirino da Silva, sou du Brasil e vim arrancá a cabeça do Jaqui e resgatá minha noiva e minha amiga.

    Ao chegar perto do indiano, estendeu a mão para cumprimentá-lo.

    - Prazê. Mar num precisa agradecê não, agora já tá tudo nos conforme. Sorri para o homem, mas logo sua cara se aperta um pouco mais pela dor que estava sentindo no ombro.

    Mesmo em meio a dor, ao escutar as palavras do indiano, o nordestino parecia até que nem mais sentia seus ferimentos. Ansiava por encontrar novamente Rosinha.

    - Me diga intão, Diga intão... Esperava a resposta de Dhalsim e logo a escuta. - Intendi. Achu qui o qui posso ti pedi é qui procure essas prisionera e as liberte enquanto nós vai atrás do Jaqui... Tenho uma pendência direta cum ele e tô indo resolvê diretamente cum aquele cabra froxo... si inquanto isso vucê puder garantir a salvação daquelas mulé, eu ficaria eternamente grato... Diferentemente de antes, seu olhar agora estava calmo.

    A ideia de que estava muito perto de encontrar as duas mulheres que Jack tirara de si era algo que acendia a determinação do brasileiro e o deixava confiante de sua jornada. Aquele era o momento. Se Dhalsim pudesse libertar as prisioneiras, Sivirino poderia lutar livre de preocupações contra o grande culpado por aqueles raptos.

    Iria ser uma luta de puro ódio contra Jack. Ele finalmente ia conhecer a ira de um cabra da peste.

    -  É... fui muito fundo nessa peleja. Achu qui vô tê qui aceitá uma ajuda cum as firida antis de continuar pela mansão... Podi sê aqui mermo nessi salão, já qui num tem mar ninguém pur perto... Terminara sua frase em tom sério, profundo.

    Ignorara aquele sentado atrás de si, aquele que um dia já havia se chamado Hiruma Gohei.

    Agora era hora de se preparar para o caminho até o chefe.
    spectro
    Antediluviano
    spectro
    Antediluviano

    Mensagens : 3930
    Reputação : 126
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 Empty Re: Arco Africa - (Kenya)

    Mensagem por spectro em Seg Mar 30, 2020 1:47 pm

    Elena então pega um kit de socorros que estava no Dojo, começa a preparar as faixas para usar no cangaceiro, alguns remédios disponíveis ajudaram a manobra, Dhalsim esperou que todos estivessem prontos para prosseguir, mas Hiruma Gohei estava sendo ignorado pelo grupo, e quando notaram o homem nem estava mais lá, parecia que escapara por uma passagem secreta nas paredes, a trilha de sangue mostrava isso, Dhalsim e o grupo não se importaram, o importante agora era salvar os prisioneiros e derrubar Jack de vez... E pronto, as feridas haviam sido tratadas, então saíram do Dojo e Dhalsim prosseguiu:

    - Eu vou por aqui, as prisioneiras estão do lado esquerdo em um porão, tem alguns guardas e as chaves estão com o carcereiro, mas posso lidar com isso facilmente, atravessem a porta da mansão e sigam adiante, pelo que Elena me disse Jack os está esperando em seus aposentos, assim que eu deixar todas seguras irei atrás de vocês para ajudá-los... - Elena assentiu e Dhalsim se separa do grupo.

    A dupla então segue pela mansão entrando no hall principal, havia uma escadaria que seguia para a parte superior, indo pela esquerda e direita, mas abaixo dela existia uma porta dupla dando para um novo aposento, a dupla seguiu pela porta dupla e depois de passar por outros aposentos irrelevantes chegaram a uma nova construção, abrindo as portas eles encontraram um trono a frente, e um cara sentado nele. O sujeito usava máscara e um capuz vermelho, suas botas eram de ferro e nos descansos de braços do trono haviam uma lâmina em cada lado, em seu lado esquerdo e direito haviam  caldeirões, de tamanho enorme, eles fumegavam, o cara do trono se levantou pegando as duas adagas que haviam no trono e se dirigiu a dupla.

    - Sejam bem vindos, eu sou o Jack, é um prazer finalmente conhecê-los, há muito que venho enfrentando um bando de guerreiros do deserto que Elena estava liderando, você me deu muito trabalho, e ah! Você deve ser o estrangeiro, nossa!!! Vocês são incríveis, segundo minha conversa com Morgana, você iria acabar comigo... Ela informou que era um canga sei lá o que...

    Ele da dois passos em direção aos dois, Elena estava tensa, fechou os punhos com força, estavam diante de Jack, era ele mesmo? O culpado de toda essa bagunça na Africa? Aquele que sequestrava mulheres e destruía aldeias, o culpado de tanta morte e desespero?

    - Canalha!!!! Você é um desgraçado... Mas finalmente deu as caras, aliás, nem isso o fez, se esconde em meio a uma máscara, vou acabar com você com minhas próprias mãos... - Elena explodiu, mas em sua voz a insegurança estava estampada, algo naquele cara provocava um calafrio desconfortante.

    - Entendo o quanto está brava, mas não profira insultos aqui, este é um local sagrado, e vocês são convidados, não seja mal educada com seu anfitrião, não estou com meus soldados aqui, a conversa será só entre nós, então devemos nos conhecer melhor, e estando furiosa deste jeito ficaria difícil saber quem você é realmente...

    O jeito polido de Jack falar era estranho, Elena parecia imaginar o cara como um monstro insano, talvez até fosse, mas aquela máscara a incomodava e escondia algo, ela parecia que escondia não só o rosto, mas algo bem mais profundo.

    Status:

    Elena [00] Pvs {18/18}
    Sivirino [00] Pvs {27/45}
    Jack [00] Pvs {??/??}

    Off game:
    Cara sobre a rosinha... de fato eu pensei em varias coisas, até sua idéia de ela ser mais forte que ele também casou com o que pensei, porém devido ao fato de só vc estar no enredo Street fighter, complica as coisas, por isso não sei se terá muito espaço pra ela, na verdade no final disto aqui vc é que dará o tom do jogo, e terá duas opções... Já quer saber agora ou prefere esperar? Na verdade se saber agora podemos programar juntos algo... Gostaria que seu personagem escolhesse o final da coisa... Só tb mencionando que encurtei pq se não não ia acabar nunca, pois Jack é a carta Valetes "J" e teriam vários guerreiros com símbolos de cartas de baralho, lembra que eles vinham com tatuagem? Então muitas idéias eu fui abandonando por falta de players e adaptações que tive de ir fazendo durante o jogo...
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1761
    Reputação : 60
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 Empty Re: Arco Africa - (Kenya)

    Mensagem por Nimaru Souske em Ter Mar 31, 2020 8:55 pm

    Sivirino esperou paciente enquanto Elena o curava e, ao final, fizera alguns leves movimentos sem forçar muito o ombro para ver em qual situação estava a ferida.

    - Tá qui nem qui novo. Sorri para a dupla a sua frente. -  Obrigado, minina. Agora vamo qui o tempo ta contra nois.

    Sivirino se vira e nota que Gohei havia sumido e seu rastro pôde ser visto indo até uma passagem secreta no Dojo. Uma dúvida surgiu na cabeça do nordestino sobre onde levaria aquele caminho, mas sua rota até Jack não poderia ser interrompido novamente por desvios.

    Tinha que focar.

    Ao escutar as palavras de Dhalsim, Sivirino balançou a cabeça em afirmativo.

    - Ispero qui tenha um bom caminho até lá, tamo contano com vucê pra liberá aquelas mulé. Si precisá de ajuda pra iscapá de lá depois do resgate, procure Rosinha entre elas e diga qui conhece Sivirino da Silva... ela sabe lutá como ninhuma outra qui vi até hoji.

    Estende a mão para apertar a de Dhalsim e desejá-lo boa sorte.

    Voltando ao seu objetivo principal, o brasileiro e sua companheira de jornada passaram direto pela mansão, buscando o seu alvo para resolver logo suas as pendências... e o encontraram até que fácil.

    - Pareci qui mesmo sendo um cabra froxo, ainda da um minimo di valor a sua palavra... Falou Sivirino à figura em seu trono enquanto se aproximava. Cuspiu no chão.

    Ele se referia a falta de guardas esperando a dupla, já que Jack havia lhe prometido um duelo justo. Era o que ele esperava ter, mas estava preparado para eventuais trapaças vindas de um sequestrador.

    - Agora sem muito falatório, vamo pro qui eu vim atrás... Sua cara nessi chão, melada cum seu próprio sangue. A face do Khan'gaceiro estava séria.

    Tirou sua pexera do coldre. Segurava-a firme.

    - Vamo, venha e mi infrente. Num tô aqui pra lhi ensiná nada falano... si quer aprendê o qui é um Khan'gaceiro, primero sinta a pexera dele no seu buxo e dispois si arrependa di tê querido sabê o qui é um...

    Suas palavras saiam firmes, concentradas na luta que viria. Sabia que escutar o nome de Morgana mexeu com seu íntimo e mexeu com sua ira, mas deveria tentar começar aquela luta com calma para que o resultado fosse o que ele tanto desejava.

    Depois, presenciou a fúria de Elena e entendeu que ela também carregava uma grande mágoa por aquele que tanto ferira aquelas terras sofridas. O nordestino se calou, respeitando que a garota pudesse deixar tudo que sentia sair diante do inimigo... mas ao final, tinha um pedido arriscado a lhe fazer. Olhou para Elena, ignorando as falas finais de Jack.

    - Minina... Eu lhi pidi uma coisa antes de sairmo do vilarejo... lhi pidi pra lutá sozinho contra ele,  lutano cuntudo prá derrotá essa praga qui assola essas terra... mar vejo qui sua fúria é igual a minha, sincera e dolorosa. Seu olhar para Elena era sincero. - Intão num vô lhi pidi mar nada, vô lutá cum a minha raiva, qui queima e ardi dentro deu e, si vucê tonbem não tivé conseguino si sigurá... fique avontade de descer o cacete nesse febrento dos inferno.

    Passou um tempo olhando para o rosto de Elena, tentando passar para a jovem que suas palavras eram as mais sinceras que ele já havia dito antes de uma batalha.

    Logo, se virou para Jack e, sem falar nada, esperou a luta começar. Não se importava com quantos ia lutar, se a luta era injusta ou se iria ter ajuda.

    Estava com ódio dentro de si e ali finalmente era o momento de tudo sair.

    Aquele sala iria ferver e rachar diante do fervor de Sivirino.

    O próprio sertão estava diante de todos naquela sala.
    spectro
    Antediluviano
    spectro
    Antediluviano

    Mensagens : 3930
    Reputação : 126
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 Empty Re: Arco Africa - (Kenya)

    Mensagem por spectro em Qua Abr 01, 2020 12:16 pm

    Jack ouve os dois lutadores, sorri por debaixo da máscara, e preparou suas adagas para o combate, se agaixando numa posição de “bote”, Elena olhou de relance para Sivirino ouvindo suas palavras, ela lhe diz:

    - Desculpe amigo, eu vou pra cima com tudo, vou acabar com esse cara de uma vez, eu não vou me segurar até acertar um soco bem forte na cara dele, chegou a hora, não sabe o quanto esperei por este momento...

    Jack acaba por se voltar a posição normal, sem ser ameaçador, e guardou as adagas por um instante, Elena olhou para ele sem entender, por acaso iria desistir?

    - Eu entendo a sede de vocês pelo combate, mas eu devo acrescentar algo, vou lutar com você Elena e com o tal de cangaceiro, mas não sem um bônus, acho que vou trazer uma ajuda.Slap, estalou os dedos, e um compartimento abriu na parte do teto, no fundo da sala acima dos caldeirões.

    De cada lado surgiram jaulas, presas a uma corrente cada, do lado esquerdo da dupla preso na cela estava Rosinha, e do direito, Morgana, as duas quando viram o cangaceiro falaram seu nome quase que em uníssono...

    - SIVIRINO!!!!

    Morgana então continuou:

    - Que bom vê-lo. Esse cara é perigoso, então mantenha o foco, se vacilar ele vai acabar com você...

    Já Rosinha olhou para seu amor, os olhos verteram lágrimas, e ela disse:

    - Amore... finarmente cunsiguimo nus reencontra pra módi nóis prozeá amore... Acaba cum esse cabrunco sem vergonha pa módi nóis vortá pra nossa terrinha, isfolá ele feito um cabrito du sertaum amore... Não se preocurpe cum nóis, vamo ficá bem aqui isperano tu mete a pexera nesse cabra safado... - Rosinha falou até em tom cômico, não temia a morte, sua jaula se aproximando do caldeirão não dava ela o temor e sim força e confiança no seu parceiro de cangaço.

    - hahahahahaha!!!! Veja que a cada segundo que conversamos as jaulas descem um pouco, e logo elas entraram no caldeirão fervente, serão capazes de me derrotar antes delas morrerem? – Jack assumiu a posição de ataque novamente com as adagas.

    Status:

    Jack [23] Pvs {??/??}
    Elena [11] Pvs {18/18}
    Sivirino [00] Pvs {27/45} Falta rolar Iniciativa
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1761
    Reputação : 60
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 Empty Re: Arco Africa - (Kenya)

    Mensagem por Nimaru Souske em Qua Abr 01, 2020 6:11 pm

    Com a resposta de Elena, Sivirino não faz nada além de abrir um grande sorriso. Diante de Jack agora estavam duas pessoas que carregavam suas iras independentes e que só buscavam uma coisa naquele instante.

    - Vamo ispancá esse disgracento...

    Mirou o inimigo e já buscava o ataque quando ele falou sobre a tal ajuda que iria chamar. Sivirino sabia que ele iria lutar sujo, que ia buscar um combate com vantagens, mas ele esperava tudo, mesmo o que viu a sua frente. Sua mente se perdeu por um leve instante e imagens do passado, recentes e antigas, lembranças boas com aquelas duas imagens femininas que apareciam presas atrás de Jack. Enxergou tudo preto, suas mãos apertaram tão firme o cabo da pexera que suas próprias unhas feriam a palma da mão.

    Foi tudo tão repentino que a mente e o corpo do Cangaceiro não souberam lidar, até que em meio a um estranho zumbido em seus ouvidos conseguiu escutar seu nome sendo gritado pelas duas e voltou a si.

    Não era momento de deixar tudo se perder tão facilmente, não agora. Não tão perto.

    Mesmo longe, olhou fundo nos olhos de cada uma daquelas mulheres que já dividiram uma boa batalha ao lado do nordestino e, com os olhos marejados, as prometeu, em silêncio, sua vitória. Iam sair dali o mais rápido possível...

    Mas para isso nenhum segundo podia ser desperdiçado.

    As palavras encheram o peito de Sivirino, o sertão se inundou de vontade e aquele mar frente a Jack estava prestes a engoli-lo.

    - AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!!!!!!!!!! Era um grito Selvagem e feliz.

    Toda angústia que sentira por estar longe de Rosinha e a felicidade de vê-la ainda tão determinada saíram de uma vez só e não conseguiram encontrar palavras para serem expressas. Era o puro e simples sentimento daquele homem.

    Correu até onde Jack estava e, chegando bem perto na sua frente, segurou o braço direito do adversário com sua mão esquerda e, com a sua direita portando a Pexera, passou um corte horizontal na altura da cabeça do inimigo.

    - VAMO DANÇÁ UM ARRASTAPÉ PRA COMEMORÁ!!

    Estava puramente feliz e destemido.
    spectro
    Antediluviano
    spectro
    Antediluviano

    Mensagens : 3930
    Reputação : 126
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 Empty Re: Arco Africa - (Kenya)

    Mensagem por spectro em Sab Abr 04, 2020 5:02 pm

    O golpe seria mortal, o golpe do cangaceiro para na máscara do indivíduo, Sivirino sentiu que o acessório era mais que uma bijuteria, era uma máscara de ferro, que absorveu o dano cortante, provocando apenas a dor do impacto, mesmo o golpe sendo na altura do pescoço, Jack moveu um pouco a cabeça para que o fio da Lâmina acertasse sua máscara.

    Ao lado de Jack logo aparece Elena que o alveja com um potente chute voador, o chute acerta e agora tanto o cangaceiro quanto a mulher estão onde Jack queria, ele simplesmente parecia que queria levar os ataques de propósito, e funcionou, mostrou que conhecia bem suas defesas, bastava que os golpes da dupla não fossem tão destrutivos. Aposta que ele se deu bem.

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 Elena-rhinohorn

    - Seus tolos!!!! Acabaram de me dar uma vantagem mortal, vou acabar com vocês de uma vez só, vejam a rajada mortal de Jack, meu ATAQUE VALETE DE ESPADAS!!!!! – urrou esta última frase e então uma chuva de lâminas em alta velocidade cortou seus adversários.

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 Captaincommandomame

    As adagas acertaram Elena e Sivirino com todo seu poder, parecia um tornado de lâminas que rasgava a pele da dupla, os Herois foram jogados longe e caíram no chão ensanguentados. As vestes do brasileiro rasgadas, mangas da camisa e da calça, peito de sua camisa e o ferimento do ombro abrira, Elena recebeu cortes nos braços e no abdômen, ela caiu de bruços.

    - E então? O que acharão de meu ataque Valete de Espadas? Tenho mais três outras técnicas para mostrar, porém achei que vocês morreriam com apenas esta, subestimei vocês Hehahaha!!!

    - Oh Não!!! Não pode ser! Sivirino!!! - Gritou Morgana – Não!!! Levante-se, não pode cair agora, Rosinha está bem aqui, nós juramos encontra-la, e agora que está tão perto, não pode desistir ainda...

    Rosinha estava espantada, mas logo se acalmou:

    - Não se preorcurpe Morgana!!! Eu num namorei esse fi du sertão pra eli fica o tempo interô deitado, esse cabra é brabo, duro na queda, eli num ai fica caído nem qui cinco boi fica deitado em cima deli, óia pra tu vê!!!

    - Si.. Sivirino... – Morgana estava com as mãos na boca, muito preocupada, mesmo com as palavras firmes de Rosinha.

    Sivirino estava no chão quase desacordado, o golpe que Jack deu foi impressionante, o vilão ia em direção a Elena que estava ferida e não conseguia se levantar, ele dava passos lentos aproveitando cada segundo, a sensação estranha que o guerreiro do Sertão sentia aumentava, um furacão despertava dentro dele. Uma aura começou a se elevar do corpo do guerreiro da Pexera, e era vento, uma energia eólica despertava, seus corpo parecia pulsar com uma nova energia, suas células pareciam acordar e fornecer energia para o corpo caído do homem.


    Off game:
    despertou o chi + Bola de Energia + Ataque especial elemento ar, consome uma rodada completa, ataque de toque Vs CA e Dano 1D10+3. Utilização: Uma vez ao dia.

    Pode usar 1 ponto de ação para reutilizar no dia ou para aumentar o dano caso acerte em +1D6, porém somente pode usar 1 PA por turno.


    Combate:

    Jack [23] Pvs Danos Sofridos {13}
    Sivirino [18] Pvs {04/45}
    Elena [11] Pvs {03/18}
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1761
    Reputação : 60
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 Empty Re: Arco Africa - (Kenya)

    Mensagem por Nimaru Souske em Sab Abr 04, 2020 9:05 pm

    Mesmo sabendo que era suspeito o posicionamento de Jack ao esperar a dupla atacar, Sivirino não poderia se render a momentos de estratégias enquanto sua fúria o movia no campo de batalha, então logo aceitou o risco de entrar no jogo de Jack... mas pagou caro.

    Com o ataque recebido, o dano foi avassalador, tanto que mesmo em meio a dor, pensou no estado de Elena e chegou a desejar que a garota ainda estivesse viva após aquilo. Foi algo incrível, mas não surpreendente para o cangaceiro, afinal ele esperava que aquele qual ele desejava despejar todo seu ódio ao menos fosse forte o suficiente para aguentar toda sua carga.

    E parecia que era justamente o caso de Jack.

    Tudo novamente ficara escuro. As facas cortaram tão rápidas quantos os flashes que vieram a sua mente quando se sentira impotente diante do rapto de Rosinha e, também, em quanto se sentiu assim diante da imobilidade de seu corpo quando viu o sequestro de Morgana. Se sentia parecido, mas naquele momento parecia que tinha um pouco mais de tristeza e melancolia nos olhos fundos de Sivirino do que nos momentos anteriores. Era o fim da jornada e ele deveria terminá-la em pé.

    Tentou abrir os olhos enquanto obrigava seu corpo dolorido a se mexer, sem muito resultado. Lentamente sua visão foi voltando a clarear e seus ouvidos captaram as duras e reais palavras de Jack.

    Cuspiu sangue no chão.

    Com seus braços foi voltando a se erguer e com leves movimentos de pescoço procurou Elena. Segurava firme a pexera em sua mão direita.

    - Elena... ainda dá pra vucê, num dá? Falou ao encontrá-la perto de onde caíra. Estava triste, mas não havia desistido. - Purquê pra mim... ainda dá demais... Um pequeno e leve sorriso se abriu mesmo que o resto do seu rosto estava claramente demonstrando dor.

    Ainda praticamente sentado, encarou Jack que ainda se gabava de seu poder e , atrás daquele homem, estavam as figuras que tanto queria salvar. Uma, aterrorizada com a imagem que representava o nordestino e sua parceira de batalha caídos ao chão, a outra não parecia tão abalada.

    Balançou a cabeça afirmativamente ao escutar Morgana e concordar com suas palavras, lembrar das suas promessas. Aquilo não havia acabado ainda. Lágrimas novamente brotam tímidas nos olhos do brasileiro.

    - Morgana... eu... Falava baixo, praticamente para si mesmo, mas ainda assim fora interrompido pelas firmes palavras de rosinha. Após tanto tempo, Sivirino podia lembrar o quão poderosa as palavras de seu amor eram para si e como elas mantinham acesas a sua chama interna. Sozinho, era feroz e imponente como fogo, arrasando tudo que ficava a sua frente de uma vez só e se consumindo no processo... com Rosinha, era eterno.

    Aquele era a sensação que sentira desde que conhecera aquela mulher, que ela era o ar que alimentava suas brasas. O vento que agitava suas chamas.

    - Eu tinha isquicido... disso. Aquela sensação se tornava cada vez mais física ao redor do seu corpo. - O presente qui Padim Ciço me deu... num foi uma isposa... O ar começou a ficar quente e agitado ao seu redor, parecido com os ventos das manhãs do sertão nordestino. ...foi vucê, Rosinha... O presente qui Padim Ciço me deu dispois que tanto rezei foi uma brisa pra me mantê aceso. Pra vivê.

    Sivirino da Silva ergueu seu dedo indicador da mão esquerda e o apontou para Jack, que estava em seu caminho até Elena, e, em meio as turbulentas lufadas que lhe circundavam, gritou com as energias que lhe restavam.

    - E EU NUM VÔ DEIXÁ UM ZÉ BOSTINHA QUALQUÉ TIRÁ ISSO DI MIM !!! Enquanto apontava o dedo indicador, ergueu o seu polegar da mão esquerda.

    Ao abaixá-lo, rapidamente, grande parte daqueles ventos se concentraram na ponta do seu dedo e foram disparados contra as pernas de Jack.

    Sivirino não sabia muito bem como havia feito aquilo, era algo novo e espetacular para ele, mas em meio a todos seus pensamentos a única coisa que fazia sentido para si era usar tudo que tinha e que não tinha para parar aquele sequestrador.

    A pexera era sua arma desde que seus pais lhe ensinaram a lutar contra as forças opressoras das terras nordestinas, mas mesmo com a insistência para que aprendesse a manejar armas de fogo ele não conseguira se familiarizar com aquelas ferramentas. Ele dizia que o único fogo que precisava em uma batalha era o que queimava dentro de si. Mas, então, conheceu Rosinha, uma jovem que era uma exímia atiradora e lhe encantou com suas técnicas com o rifle.

    Mas mesmo assim, nunca conseguira se adaptar com armas de fogo.

    Nas suas mãos, não havia nenhuma arma no momento do disparo, o que havia de fato era sua admiração pela força de sua amada. Era todo o reconhecimento e admiração que ele tinha por Rosinha que se demonstravam ali naquele momento de desespero e, por meio disso, pôde liberar seus sentimentos

    Era o Sopro do Oitão.

    Naquele movimento, Sivirino disparava tudo dentro de si. Aqueles ventos carregavam toda sua ira e raiva contra o adversário, junto a sua vontade de vê-lo ao chão.


    Off:
    Quero usar um PA para somar +1d6 no dano ^^
    spectro
    Antediluviano
    spectro
    Antediluviano

    Mensagens : 3930
    Reputação : 126
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 Empty Re: Arco Africa - (Kenya)

    Mensagem por spectro em Seg Abr 13, 2020 2:02 pm

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 LittleBonyCony-max-1mb

    A Rajada de vento, o sopro do Oitão, acertou as pernas do adversário, Jack foi virado de cabeça para baixo devido ao impacto e caiu no chão, de lá começou a rir desenfreadamente.

    - Hahahahahaaaa!!!! Hahahahahahahaha!!! HAHAHAHAHAHAAAA HAHAHAHAHAHAHAHA!!!! Que patético!!! Achei que vocês eram mais poderosos que isso, eu me enganei, seu poder é irrisório, não são capazes de me ferir mortalmente, eu estou decepcionado e de fato me arrependo de ter chamado vocês até aqui, parece brincadeira que vocês tenham dado tanto trabalho para meus capangas...

    Ele se levanta lentamente e Elena também faz o mesmo, ela responde a Sivirino.

    - Esse cara não vai nos vencer parceiro, não mesmo, vou usar tudo que tenho até transformar ele em areia do deserto, eu ainda posso lutar e não vou desistir, estamos juntos nessa e esse cara não passa de hoje, isso lhe garanto...

    Elena espera que Jack fique em pé e corre em direção a ele, seus ferimentos estavam sérios, mas ela aguentou firme, e usou suas pernas longas e fortes contra Jack, ela desferiu quatro ataques rápidos, assim como Jack fizera antes com as adagas, Elena usou suas armas mais mortais, suas pernas, chutes com velocidade contra o vilão. Os golpes acertaram, e o corpo do vilão foi arremessado contra o trono que ele estava sentado antes, destruindo sua poltrona com o impacto do corpo.

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 AIxBoNc1t1UrUIkL49rnwPdU_Lo_-lNMTXkQbhPtoBPH_VJO0VBBr7kcZIEG8l-apsX6MEdPjbmCEHCh0rDjwAuvOa1PPsPW2OEJ6ouOVxU

    As adagas de Jack caíram no chão, Elena sentiu-se satisfeita com seu ataque, mas ela sabia que ali findara para ela, um sentimento que não gostava de ter, mas ela tinha algo importante, fé... Fé em Sivirino... Jack arrancou do chão com velocidade, pegou as adagas e investiu contra a menina ferozmente...

    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 Tumblr_mi8rusk2ne1s0g1z4o1_500

    Cada ataque mais perigoso que o outro, até que, em fim deu um ataque profundo, sua adaga perfurou a barriga nua de Elena, ela por sua vez segurou o pulso do vilão e olhou para Sivirino. Segurou firme num ato de ferocidade, ela virou o corpo de Jack e com sua força o arremessou ao ar...

    - Acaba com ele, SIVIRINOOOOOOO!!!! – Antes de desmaiar com a perda de sangue, Elena fez sua última ação...

    Combate:

    Jack [23] Pvs Danos Sofridos {36}
    Sivirino [18] Pvs {04/45}
    Elena [11] Pvs {00/18} Desmaiando... Fora de Combate.
    Conteúdo patrocinado


    Arco Africa - (Kenya) - Página 6 Empty Re: Arco Africa - (Kenya)

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Maio 28, 2020 8:07 am