Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Eva - Bastet

    Hellkite
    Antediluviano
    Hellkite
    Antediluviano

    Mensagens : 3098
    Reputação : 245
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Eva - Bastet Empty Eva - Bastet

    Mensagem por Hellkite em Sab Jan 19, 2019 12:04 am



    Eva - Bastet Kukulc10


    Eva sentia o vento passar pelos seus cabelos, enquanto observava a magnifica arquitetura do templo de Kukulcan naquele dia com poucas nuvens no céu azulado. A visão era inspiradora, estar ali diante de uma obra construída pela civilização maia, a mais de dois milênios atrás.

    A mexicana sentiu o aperto em sua mão, e do seu lado estava seu amado marido, Afonso Velasquez, que deu seu sorriso tão amável, o qual estava acostumada. Ela sorriu de volta, e voltou seu olhar novamente para a pirâmide.

    Parecia que alguns nativos, descendentes maias, estavam se juntando na base, vestidos com roupas emplumadas e primitivas. Era estranho, Eva não se lembrava de haver alguma festividade naquele dia... O número deles começou a aumentar e aumentar, até tomar as laterais da pirâmide.

    Estava entardecendo... E então, la do alto, através da abertura em forma de quadrado, surgiu um homem, vestindo roupas antigas como a dos nativos, mas mais incrementadas... sacerdotais. A frente dele estava uma mesa de pedra, na qual uma... moça semi-nua estava deitada.

    O homem tinha uma adaga, cravejada de pedras preciosas. Ele entoa uma prece aos céus, e Eva ve a adaga descendo, cortando o pescoço da jovem! A pesquisadora leva a mão até a boca, sabia que não fora encenação! O sangue vertia do pescoço, uma quantidade enorme, absurda, que parecia descer em cascatas pela escadaria. Eva se vira para Afonso, mas ele não estava mais lá!

    Eva ouve um urro, misto de lagarto e ave, que chama sua atenção... Era já de noite, mas uma forma brilhante, uma serpente emplumada, Kukulcan, desceu das estrelas em dança sinuosa pelo céu... Foi recebido com adoração pelo sacerdote e pelos nativos, mas passou por eles, sua forma escamosa emplumada serpenteando por cima de suas cabeças, indo em direção de... Eva!

    A bela morena estranhamente não teve medo, e fitou os enormes olhos de Kukulcan. E sentiu um formigamento em seu corpo, um calor que começou leve mais foi se intensificando... E Eva sentiu seu corpo em chamas, mas não estava sendo consumida por elas... Ela era a própria chama!

    **

    O familiar som do despertador tocando traz Eva de volta a realidade. Ela se vira e aperta o botão de desligar, e ve o horário. 18 horas. Se espreguiça.

    Dormira tarde, pois havia trabalhado com as pedras maias durante a madrugada, buscando mais exemplos para a sua palestra sobre os lendários Senhores de Xibalbá... Sua mente estava tão atraída sobre aquele assunto, que esquecera exatamente o motivo por ter parado de estuda-lo. Os sonhos.

    Eva suspira e se levanta. Tinha em mente que sua palestra iniciaria as 22:00, na sala de apresentações do Museu de Historia Geral de Redmond. E sabia que ainda tinha que se preparar. Muita gente da alta sociedade estaria presente, e isto não agradava em nada a pesquisadora.

    Bastet
    Mestre Jedi
    Bastet
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1039
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Eva - Bastet Empty Re: Eva - Bastet

    Mensagem por Bastet em Qui Out 01, 2020 8:29 pm





    Cidade Vermelha


    Eva
    Velásquez

    Eva acordou num pulo, quase uma hora antes do despertador tocar. Sentia o coração palpitar, o rosto suado, o cabelo grudando na testa. A mulher olhou pro teto, se concentrando em respirar e acalmar o corpo.

    Não era a primeira vez que tinha pesadelos como aquele. Justamente por isso tinha se afastado das pedras maias de Afonso. Após a morte do marido, a mulher não tinha mais forças pra enfrentar os efeitos de trabalhar com elas... Na verdade, nem sabia se queria. A verdade era que já tinha passado da idade de fazer coisas que podiam causar tanto mal estar... Afinal, não queria morrer de um ataque cardíaco por um sonho.

    Tudo o que queria era manter a mente ocupada e as pedras em um local seguro, como o museu. Sabia que elas eram perigosas... E tinha ciúmes delas, não deixando nenhum pesquisador tocá-las... Mas apenas torcia pra ninguém se interessar.

    Só que, nas últimas semanas, um grupo de patrocinadores do museu se interessou muito sobre elas e pressionaram toda a equipe para aquela apresentação COM Eva. A mulher não pôde negar... Voltou aos seus estudos, que tinha largado há tanto tempo, e consequentemente, voltaram os pesadelos.

    ***

    Eva se levantou, acendendo a luz do quarto e foi escolher a roupa que ia vestir. Não gostava de falar pra gente da alta sociedade, pois precisava se emperequetar toda... Com essa gente, não era só o trabalho que importava e isso irritava a pesquisadora.

    Escolheu um conjuntinho lilás que lhe caía bem no corpo. Demorou um pouco pra escolher os sapatos e, em seguida, foi tomar um banho.

    Sem perceber, foi acendendo a luz da casa toda, com receio de ficar no escuro. A cada momento, olhava por cima do ombro, como se alguém pudesse a estar observando. Nem o banho de banheira conseguiu a acalmar.

    Ficou pronta cedo demais, com tempo de sobra pra pensar sobre seus medos e saudades. Ela detestava aquilo. Queria que fosse quinta-feira pra poder ir beber e dançar... Mas não era. Será que valia a pena sair da rotina naquela noite?

    Após a apresentação ela decidiria.

    A mulher passou o batom e ajeitou o cabelo, se olhando no espelho pra ver se estava aceitável.

    roupa:
    Eva - Bastet 87c69ad438f658c0c4078c094fd4dfa9
     

    Vestiu um casaco e desceu até o térreo do loft, decidindo ir apé até o museu. Não morava longe e um pouco de ar fresco faria bem para ela espairecer... Talvez desse até tempo de passar em uma das conveniências da cidade, não tinha lembrado de comer naquele dia e um pouco de carboidrato ajudaria naquela noite...que seria longa.  


    Hellkite
    Antediluviano
    Hellkite
    Antediluviano

    Mensagens : 3098
    Reputação : 245
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Eva - Bastet Empty Re: Eva - Bastet

    Mensagem por Hellkite em Qui Out 08, 2020 12:01 am



    Eva - Bastet D56e8e54cdd179aaa39b3808cc88e5f288bbaf13

    EVA VELASQUEZ

    A CAMINHO DO MUSEU
    _______________________________________


    Era por volta das 20:00, e Eva Velasquez sabia que até que havia um tempo até a apresentação, e resolve ir andando ate o Museu de Historia Geral de Redmond. A noite estava agradável naquela cidade litorânea da costa oeste americana, um refresco do período de calor que estava fazendo ultimamente... Parecia que o sol ardia tanto quanto seus sonhos com Kukulcan.

    As ruas de Redmond na área central eram bem tranquilas e seguras, e vários bares e restaurantes já tinham clientes nas suas mesas.

    Ela passa numa conveniência e compra um burrito. Na hora de pagar, ela encontra na fila do caixa Vincenzo Ettore. Ele era um homem muito bonito e elegante, e tinha uma garrafa de vinho caro na mão.

    Eva - Bastet Vincen10


    Vincenzo aperta a mão de Eva com respeito, e diz,

    Eva - Bastet Th_vin10
    “Ah, boa noite! Surpresa encontra-la aqui... Todos estão comentando sobre a sua apresentação, há muito interesse nas suas pesquisas sobre a cultura antiga maia. Eu particularmente adoro as formas de expressão artísticas antigas, e saber mais sobre povos tão avançados para a sua época é algo que me fascina.”


    Eva já tinha sido apresentada antes a Vincenzo pelo chefe do museu, Philip Strauss, e tratava-se de uma pessoa bem educada e amante das artes. Ele tinha feito varias doações e organizado apresentações artísticas nas dependências do museu, resultando em uma boa parceria.
    ?
    Bastet
    Mestre Jedi
    Bastet
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1039
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Eva - Bastet Empty Re: Eva - Bastet

    Mensagem por Bastet em Ter Out 13, 2020 3:03 pm





    Cidade Vermelha


    Eva
    Velásquez

    Eva gostava daquele lugar. Apesar do calor que andava fazendo, a costa era linda e a brisa do mar, durante a noite, era maravilhosa. A vantagem de trabalhar a noite, no museu, era essa: aproveitar o clima fresquinho e fugir do calor. Eva detestava quando tinha de ir até a universidade durante a tarde – as palestras que ministrava lá eram tortuosas, cheias de jovens suados e cheios de perguntas sem sentido.

    Gostava mais de trabalhar em silêncio...

    Estava distraída, comprando o burrito e uma água com gás, quando viu Vicenzo Ettore logo atrás de si na fila. Ele era um homem muito bonito e reservado, o que fez Eva agradecer por tê-lo encontrado ali e não no banquinho da praia onde planejava comer o burrito, antes de ir pro museu, usando os guardanapos como “babador” pra não sujar aquele look chique que ela usava.  Não era uma cena muito atraente... Ou profissional.

    - Senhor Ettore, boa noite! – ela abriu um sorriso, com seus dentes perfeitos e brancos – Que prazer encontrá-lo... Ahm, sim, essa palestra foi bastante requisitada. O senhor vai? – perguntou, enquanto embalava as próprias compras e pagava – Nós temos uma vasta coleção de pinturas antigas, extraídas de sítios que estavam prestes a desabar. Tenho certeza que o senhor Strauss não se importaria do senhor conhecer.

    Eva sabia que um patrocinador a mais pro museu e, principalmente, pra pesquisa dela, nunca era demais. E aquele era um tubarão que poderia melhorar ainda mais a qualidade dos estudos ali.

    Não comentou das pedras com ele, evitando mais gente interessada nelas, mas sabia que as pinturas que conseguiram recuperar recentemente de cavernas da América central poderiam o interessar.


    Hellkite
    Antediluviano
    Hellkite
    Antediluviano

    Mensagens : 3098
    Reputação : 245
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Eva - Bastet Empty Re: Eva - Bastet

    Mensagem por Hellkite em Sex Out 23, 2020 2:03 pm



    Eva - Bastet D56e8e54cdd179aaa39b3808cc88e5f288bbaf13


    EVA VELASQUEZ

    A CAMINHO DO MUSEU

    _______________________________________


    A conversa na fila do caixa segue animada.

    Eva - Bastet Th_eva10
    - Senhor Ettore, boa noite! – ela abriu um sorriso, com seus dentes perfeitos e brancos – Que prazer encontrá-lo... Ahm, sim, essa palestra foi bastante requisitada. O senhor vai? – perguntou, enquanto embalava as próprias compras e pagava – Nós temos uma vasta coleção de pinturas antigas, extraídas de sítios que estavam prestes a desabar. Tenho certeza que o senhor Strauss não se importaria do senhor conhecer.

    Vincenzo confirma que iria a palestra e saca a carteira recheada, pagando seu vinho e o burrito de Eva. Os dois saem da loja de conveniência e já vao caminhando em direção do museu, pois embora não estivessem atrasados, não poderiam se dar ao luxo de comer despreocupadamente em um banco de uma praça.

    Ettore não parecia se incomodar com formalidades, e polidamente recusou um pedaço do burrito.

    Eva - Bastet Th_vin10
    “Muito obrigado, já jantei. Quanto a coleção de pinturas antigas, elas me interessam muito, e depois da apresentação gostaria que voce falasse com Strauss para que eu pudesse ve-las. Devo imaginar que sejam partes de murais, ou presentes em vasos antigos.”

    Entre uma mordida e outra de seu burrito, Eva observa a face de Vincenzo, que parecia perfeita, sem nenhuma marca ou ruga. Seu cabelo estava impecável, e seu semblante de modelo realmente atraia a atenção de garotas que passavam por eles pela calçada. Não que Eva não chamasse a atenção, mas realmente o homem de negócios brilhava.

    Eva - Bastet Th_vin10
    “Bem, como dizia, sua palestra chamou bastante a atenção dos altos círculos de Redmond”, diz, e então suspira. Sua expressão jovial fica vincada com preocupação. “Sei que já mora em Redmond por um bom tempo, porém não deve conhecer os maiorais da cidade. Pois bem, hoje vai conhecer alguns deles, e não somente de Redmond, ouvi dizer que existem pessoas de fora atraídas pelo seu conhecimento. De qualquer modo, tome cuidado... Se precisar, estou a disposição para qualquer tipo de auxilio que necessite.”
    ?
    Bastet
    Mestre Jedi
    Bastet
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1039
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Eva - Bastet Empty Re: Eva - Bastet

    Mensagem por Bastet em Qui Nov 05, 2020 12:08 pm





    Cidade Vermelha


    Eva
    Velásquez

    Eva até tenta negar que o homem pague seu burrito, mas quem consegue contrariar Vicenzo Ettore? Se você já o olhou de perto, sabe que os olhos desse homem são muito persuasivos. A mulher agradece e começa a andar ao lado dele, desembrulhando uma parte do burrito e mordendo com gosto, após ele recusar um pedaço.

    Ela não parecia uma dessas jovens com frescuras pra comer. Tinha uma pose bastante altiva, mas , enquanto comia seu burrito, parecia deixar de lado a pose formal e cheia de dedos que os eventos de seu trabalho exigiam.

    - Falarei com ele. É bom variar um pouco o objeto de estudo... Quando encontramos essas pinturas, precisei brigar por elas – ela deu uma risada. Strauss parecia querer ela apenas focada nas pedras, coisa que ela evitava enquanto podia. – Acho que o chefe não vai se importar com um benfeitor tão importante para o museu apreciando as novas obras.

    Eva o olhava discretamente, assustada com a perfeição do homem. Não parecia algo natural... Será que seria indelicado pedir o número do cirurgião plástico dele? Desviou o olhar quando o homem percebeu ela o analisando.

    - Você é ótimo em me acalmar para a palestra, senhor Ettore – comentou, com um pouco de sarcasmo quando ele comentou sobre a quantidade de gente que iria para a palestra. Logo arregalou os olhos, limpando os lábios com o guardanapo. – Cuidado? Cuidado em que sentido? – parecia curiosa... – Você acha que eles podem querer me demitir do museu? – era o único perigo que vinha em sua mente.

    Quando foram chegando no museu, ela começou a vasculhar na bolsa, procurando seu cartão de acesso/crachá.

    Hellkite
    Antediluviano
    Hellkite
    Antediluviano

    Mensagens : 3098
    Reputação : 245
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Eva - Bastet Empty Re: Eva - Bastet

    Mensagem por Hellkite em Qui Nov 12, 2020 2:37 pm



    Eva - Bastet D56e8e54cdd179aaa39b3808cc88e5f288bbaf13


    EVA VELASQUEZ


    NO MUSEU

    _______________________________________


    Ettore observa a reação de Eva para as suas palavras de cuidado um tanto intrigado. Será que a pesquisadora não tinha ideia da importância de seus estudos? Ele ensaia um sorriso tranquilizador para ela.

    Eva - Bastet Th_vin10
    “Haha, nada disso... Talvez eu esteja me preocupando a toa... Eu estava com medo de que alguém fosse lhe oferecer uma proposta melhor, talvez para pesquisar fora da cidade, e Redmond perdesse sua inteligência e seu charme. Esqueça o que eu disse... Melhor se concentrar para a sua apresentação.”

    ***

    A palestra tão esperada aconteceu na sala de apresentações, e de pé no palco Eva mostrou slides de sua viagem para a America Central e também de seus achados arqueológicos. A pesquisadora notou que as pessoas que tinham vindo assistir a sua palestra eram de grupos sociais bem diferentes, alguns vestidos como se fossem a um baile de gala, outros com piercings e cabelo moicano, e ainda alguns que usavam um tipo de mascara! Quao estranho aquilo poderia ficar? Alguns daqueles tipos eram bem exóticos...

    Todos prestavam bastante atenção nas palavras de Eva, e alguns prestavam atenção não somente nas palavras, mas em seus outros atributos. Ao final foi reservado um espaço para perguntas. Uma das presentes se levantou, e tratava-se de uma das exóticas: ela tinha uma grande beleza, e se vestia ao estilo egípcio, com cabelo longo e liso impecável, e tinha a pele dourada... Sera que tinha usado tinta? Sua roupa era tão colada, que parecia ter sido pintada sobre ela.

    Eva - Bastet Verla-11


    Eva - Bastet Th_ver10
    “Meu nome é Verla Hassan, e também sou arqueóloga. Primeiramente, parabéns pela sua apresentação, foi muito esclarecedora e informativa. Sou egípcia, e amo minha cultura e toda a historia do meu povo, e também amo estudar a cultura antiga. Bem, minha pergunta é a seguinte... Sabemos que a civilização maia era adepta dos sacrifícios humanos, para as suas divindades... Ouvi relatos que muitas delas efetuavam sacrifícios com requintes de crueldade, como esfolamento e esquartejamento. No que voce conseguiu decifrar dos inscritos nas pedras maias que recuperou em sua viagem, havia algo falando sobre dessangramento das vitimas? E um possível banho de sangue executado pelos sacerdotes?”

    A atenção da plateia, que estava voltada para Verla, direciona-se para Eva. Por que este interesse tão grande neste tema particular? Definitivamente era um publico estranho.
    ?
    Bastet
    Mestre Jedi
    Bastet
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1039
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Eva - Bastet Empty Re: Eva - Bastet

    Mensagem por Bastet em Sab Nov 21, 2020 12:06 am





    Cidade Vermelha


    Eva
    Velásquez

    Eva fica intrigada com a fala de Vicenzo, mas apenas agradece o conselho dele. Estavam chegando no museu e precisaram se despedir, afinal, Eva precisava ir ajeitar as coisas para a apresentação.

    ***

    Após uma longa palestra, Eva se via diante daquela plateia, no mínimo, excêntrica. Já estava acostumada com gente esquisita que se interessava em antiguidades, mas aquelas pessoas batiam todos os recordes. Apesar de ter todo o conhecimento e ter transmitido de forma clara e bastante segura, por dentro, ela estava um tanto ansiosa. Não gostava daqueles eventos.... Não gostava do salto alto e nem dos olhares julgadores (nem sempre julgavam apenas o conhecimento dela, é claro).

    Quando terminou, abriu espaço pra perguntas e logo uma mulher egípcia se  levantou. Eva pediu pra seu assistente ligar as luzes, vendo melhor ela. Parecia uma estátua de tão dourada a mulher.

    - Boa noite, senhora Hassan. Fico feliz que a senhora tenha apreciado a palestra. Eu já estive no Egito de forma muito breve, com meu falecido marido. Uma pena não termos tido acesso a muita coisa, na época. Enfim, sobre os sacrifícios. Charles, volta no slide 15 por favor – falou com o assistente, que abriu o slide com algumas esculturas encontradas no templo de Kukulcán. Deu Zoom na escultura do jaguar.

    Eva - Bastet 375px-Trono_de_Jaguar_en_El_Castillo%2C_Chichen_Itza

    - É curioso você me perguntar isso, pois não faz muito tempo que consegui decifrar alguns símbolos de uma câmara do templo de de Kukulcán. Essa câmara foi apelidada de “Câmara dos Sacrifícios” e acreditamos que após mortes cruéis, partes humanas eram oferecidas como alimentos e o sangue era oferecido como libações aos deuses, como o Jaguar. Nessa sala mesmo, encontramos diversos ossos humanos, principalmente de dentes, pés e mãos... Com diferentes estágios de decomposição. Uma outra ilustração indica que os sacrifícios maiores podiam ser feitos no topo da pirâmide... E eram pessoas o suficiente sangrando pra deixá-la vermelha. Infelizmente,  esse material ainda não está pronto para exposição...  Vocês tem algum estudo aprofundado em sacrifícios, senhora Hassan?


    Conteúdo patrocinado


    Eva - Bastet Empty Re: Eva - Bastet

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qua Dez 02, 2020 12:57 am