Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Sombras e Luz

    Tellurian
    Tecnocrata
    Tellurian
    Tecnocrata

    Mensagens : 324
    Reputação : 25
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Sombras e Luz Empty Sombras e Luz

    Mensagem por Tellurian em Qui Ago 29, 2019 3:35 pm

    -"Vamos, experimente esse"- Asami subitamente estendeu o hashi para Toshiro, para que ele pudesse experimentar o nikuman¹ que ela oferecia. -"Esse molho é o de geléia de pimenta."- A moça tinha um sorriso radiante enquanto falava.

    Quando Toshiro lhe trouxe as flores, mais cedo, Asami ficou extremamente feliz. Porém, tinha receios que a sua família os visse juntos. Por mais que soubesse que os pais não interfeririam no namoro, sabia que haviam sido obrigados a isso pela palavra de um samurai, e não queria constrangê-los. Ela pediu a Toshiro que considerasse, ao menos por enquanto, que mantivessem a relação em segredo, em respeito à vontade dos pais. Mas assegurou que, quando seus pais percebessem a seriedade de Toshiro em relação a ela, eles lhe dariam a bênção. O samurai ficou contrariado, mas cedeu quando Asami propôs-lhe que se encontrassem à noite, na cozinha da Hikariya mesmo. Seus pais e avós precisaram ir até o templo por conta de um festival. Comprometeram-se com o shinkoku que montariam uma barraca de comida no festival. Então, Asami pediu à Kagura que distraísse Shingo, seu irmão. Enquanto isso, poderiam ter um tempo a sós enquanto ela praticava receitas de molhos para servir aos clientes da Hikariya.

    Ela trajava o mesmo Gi púrpura de sempre, uniforme dos funcionários do Hikariya, e tinha os cabelos presos em um coque enquanto cozinhava. Toshiro se perguntou se a moça apenas não queria exibir a ele seus dotes culinários, que de fato, eram excelentes.

    Contudo, sabia estar adiando algo importante. Gostava de estar com Asami, mas tinha um dever a cumprir. Um dever para com a Justiça dos Deuses. A janela de oportunidade que se revelara era estreita, e Toshiro não poderia se dar ao luxo de perdê-la. Contudo, não sabia como contar à Asami que deveria se ausentar da cidade, e não sabia por quanto tempo.

    Notas:

    ¹- Bolinho tradicionalmente chinês, mas muito apreciado no japão. Uma massa macia parecida com pão, recheada de porco cozido no vapor.
    ²- Tipo de sacerdorte Shinto
    Christiano Keller
    Sacerdote de Cthulhu
    Christiano Keller
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2565
    Reputação : 115
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Sombras e Luz Empty Re: Sombras e Luz

    Mensagem por Christiano Keller em Ter Set 03, 2019 12:53 am

    Toshiro Yamamoto,

    -- Muito bom Asami. Você é uma boa cozinheira e ter receitas consistentes é algo que poderia usar em mais de uma pousada, talvez até fazendo uma rede delas em que as pessoas saberiam o que encontrar em cada uma. Toshiro sorri para Asami diversas vezes enquanto aproveitam aquele momento juntos. Foi muito esperta ao pedir para Kagura falar com Shingo. Ver Asami cozinhar mostrava sua dedicação, sua vontade de agradar, seu esforço em elaborar cada bocado de comida, sua imaginação ao combinar sabores e sentidos. O calor do fogo também é um tanto reconfortante e passa uma sensação interessante para o corpo.
    Um pouco mais perto do que considera o final do jantar ou encontro, Toshiro diz:
    -- Asami, preciso falar com você algo importante. Toshiro segura as mãos de Asami e olha em seus olhos: Hoje mais cedo recebi informações sobre um serviço que preciso fazer. Toshiro deixa a informação ser processada por Asami porém completa: Precisarei sair da cidade por alguns dias, mas retornarei assim que possível. Toshiro massageia as mãos de Asami enquanto aguarda alguma reação, porém adiciona: Posso te abraçar um pouco? Toshiro queria sentir o abraço de Asami antes de partir. O contato ali seria uma forma de despedida pelo tempo que passariam sem se ver.

    Toshiro então ajuda Asami, se a mesma permitir, com as tarefas presentes de retirar a mesa e limpar as coisas. A viagem seria longa e cansativa.
    Tellurian
    Tecnocrata
    Tellurian
    Tecnocrata

    Mensagens : 324
    Reputação : 25
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Sombras e Luz Empty Re: Sombras e Luz

    Mensagem por Tellurian em Ter Set 03, 2019 2:17 pm

    Dizem que as mulheres ficam mais bonitas quando estão apaixonadas. No caso de Asami, isso parecia ser de uma verdade literal. Ela era bastante jovem -alguns diriam que jovem demais- mas a sua beleza era de um frescor juvenil fascinante. A moça exalava feminilidade em cada gesto. Nos pequenos fios de cabelo macio em sua nuca, na forma como ajeitava o cabelo para trás da orelha, no sorriso estrelado, no pescoço esguio com cheiro de ameixas brancas, na graciosidade com a qual se movia.

    Quando Toshiro a elogiou, a moça corou suavemente e lhe ofereceu um sorriso radiante em troca. O riso contido de sua voz fina era adorável. Ela agradeceu os elogios e disse que Toshiro poderia comer o quanto quisesse. Porém, quando ele anunciou que deveria se ausentar, Asami fechou o semblante. O riso adorável morreu em seu rosto, e Toshiro percebeu imediatamente a sua preocupação quando ela lhe perguntou porque ele precisaria ir, com voz de gatinha manhosa.

    O samurai pediu-lhe um abraço e ela não hesitou. Deu um passo à frente imediatamente, pousando a cabeça no peito do samurai e se deixando envolver por seus braços. Asami era pequena e quente. Sentiu os braços delicados da moça o envolverem pela cintura e suas mãos pequenas acariciar-lhe as costas. Sentiu o corpo da moça em contato com o seu, as curvas femininas ocultas da visão pelas vestes, mas reveladas pelo tato. Ela ergueu a cabeça, permitindo que o samurai a olhasse nos olhos

    -"Você já se cansou de mim?"- a moça disse em tom zombeteiro, mas Toshiro pôde notar tons reais de procupação.
    Christiano Keller
    Sacerdote de Cthulhu
    Christiano Keller
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2565
    Reputação : 115
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Sombras e Luz Empty Re: Sombras e Luz

    Mensagem por Christiano Keller em Ter Set 03, 2019 6:30 pm

    Toshiro Yamamoto,

           -- Asami... Diz Toshiro rindo. Como pode dizer isso? Toshiro suspira e ri com o comentário. Porém olha firme nos olhos de Asami: Eu gosto muito de você, te admiro e não me cansarei de você. Toshiro está abraçado a Asami, pode sentir seu calor, seus movimentos, seu perfume e começa a ficar excitado. Não sabia se Asami perceberia pois havia um monte de coisa entre os dois, mas ela não soltaria seu corpo facilmente.
           -- Tenho um trabalho a fazer para meu Daymio, para o Japão. Sei que está preocupada, mas terá a coragem de enfrentar estes momentos em que me distancio. Eu também sentirei saudade de você enquanto estiver longe, mas tenha compaixão com as pessoas do Japão que precisam de meus serviços. Toshiro observa os olhos de Asami, mas continua: Meu dever e lealdade são para com você também. Toshiro beija a cabeça de Asami.

           Toshiro pensava nas coisas precisava fazer para conseguir um futuro melhor para o Japão. Ainda haviam muitos problemas para serem resolvidos porém seus motivos eram nobres e importantes. Motivos agora mais importantes ao ver o rosto de Asami e pensar em fazer uma família. Quantos filhos teriam era uma boa pergunta para fazer mas não queria conversar sobre isso neste momento. A sensação do abraço de Asami era boa e queria guardar aquilo em sua mente para sempre.

          -- Ficarei alguns dias fora e retornarei cheio de saudade. Diz Toshiro.
    Tellurian
    Tecnocrata
    Tellurian
    Tecnocrata

    Mensagens : 324
    Reputação : 25
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Sombras e Luz Empty Re: Sombras e Luz

    Mensagem por Tellurian em Qui Set 05, 2019 10:58 am

    A moça fez cara de contrariada. Mas, à luz dos argumentos de Toshiro, não teve escolha além de se dar por vencida. Ela deslizou as mãos para o peito de Toshiro, onde ficou brincando com um dedo, desenhando círculos imaginários no tecido do quimono do samurai.

    -"Ser a mulher de um samurai é mais difícil do que eu pensei." a moça apoia a cabeça sobre o peito de Toshiro, entristecida. -"Tudo bem. Não é como se uma filha de mercadores como eu entendesse quais são as elevadas responsabilidades de um nobre Ishin Shishi, mas eu entendo que é seu trabalho. Vá, mas nada de geishas, entendido? Eu sou uma mulher ciumenta. O que é meu, é só meu."- a moça elevou a cabeça e olhou para o samurai, dando-lhe um soquinho no peito. A braveza fingida de Asami era ao mesmo tempo cômica e adorável.

    -"Não demore, sim? Eu vou sentir saudades."- E então se aninhou novamente nos braços do namorado, se deixando envolver por eles mais um pouco.

    ***

    O ponto de encontro era um povoado distante do centro da cidade. Algumas horas de cavalgada esperavam Toshiro, e ele precisaria se preparar. Raizou disse-lhe que teria reforços assim que chegasse ao vilarejo, que deveria procurar uma pousada e esperar alguns dias até que entrassem em contato com ele. Ele não deveria partir para a caçada sozinho, a menos que uma oportunidade inusitada se revelasse.
    Christiano Keller
    Sacerdote de Cthulhu
    Christiano Keller
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2565
    Reputação : 115
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Sombras e Luz Empty Re: Sombras e Luz

    Mensagem por Christiano Keller em Qui Set 05, 2019 1:51 pm

    Toshiro Yamamoto,

           -- Eu sou seu e você é minha.
    Toshiro sorri para Asami com amor. Porém já que está falando de geishas, se quer sexo então pense em nosso casamento. Falaremos sobre ele quando eu retornar. Minhas palavras moldam nosso destino, as vezes o destino do Japão. A resposta era firme e séria. Toshiro sabia que quando falava os nomes de suas vítimas os Kamis fariam seu trabalho. Também sabia que quando falava com homens como Ohagi, Raizou ou até o senhor de Satsume as palavras tinham peso e significado. As palavras ditas para Asami não seriam diferentes.

    ***

           A viagem chegou. Junto de seu cavalo Toshiro levaria algumas coisas:
    + Seriam 2 trajes escuros e 2 claros, uma roupa para algum evento importante que não planejava usar, além da roupa no corpo;
    + Um chapéu de bambu para chuva;
    + Uma toalha grande e algumas pequenas, agulha e linha como um kit de primeiros socorros;
    + As espadas, pedras de afiar e óleo para limpar;
    + Um saco de couro com água, comida pronta para não ter que caçar no caminho;
    + O dinheiro;
    + Uma corda de 10 metros;
    + Um básico pessoal, um saco com uma panela de ferro, uma faca pequena pra cortar pão ou fruta, garfo, copo, pederneira, um espelho pequeno, coisas de higiene entre outros.

           Havia muita coisa e Toshiro se sentia preparado. Muita coisa poderia acontecer numa coisa assim. Poderiam ser muitos homens, armas diferentes ou até armadilhas. Toshiro sabia que um arco, uma corda e um bastão poderiam ser grandes desafios para um samurai. Não eram impossíveis, mas dariam trabalho, contudo as chamadas armas de fogo pareciam o impossível para Toshiro. As novas armas poderiam dar a qualquer um a possibilidade de matar um samurai com anos de prática e dedicação.

           Toshiro se despede de Asami e diz que retornará 2 dias depois do que tem planejado. Se houver um problema teria um prazo, se não acontecer nada de errado poderia dizer que retornou mais cedo. Parecia que em ambos os casos haveria menos preocupação ou sofrimento por parte de Asami.
    Durante o caminho Toshiro sabia o que faria, iria pensar em oportunidades de negócio com Ohagi e pensar em como faria a missão. Era bastante tempo e poderia pensar nos dois casos com tranquilidade.
    Tellurian
    Tecnocrata
    Tellurian
    Tecnocrata

    Mensagens : 324
    Reputação : 25
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Sombras e Luz Empty Re: Sombras e Luz

    Mensagem por Tellurian em Sex Set 06, 2019 10:01 am

    O som estalado ecoou pela cozinha da Hikari-ya. Toshiro sentiu a bochecha esquerda arder com o tapa que Asami lhe dera ao se desvencilhar subitamente de seu abraço. A moça tinha em sua face uma expressão que lhe parecia um misto de incredulidade, confusão, fúria e tristeza.

    Asami era uma moça jovem de família, estava apaixonada e encantada, crente estar vivendo um conto de fadas. Quando Toshiro a agrediu com palavras duras, sentiu-se uma qualquer, repreendida como se fosse uma cadela no cio que esfregava-se nas pernas de Toshiro, e não fazia idéia do que havia feito para merecer tal tratamento. Fora atirada demais? A culpa seria sua de alguma forma? Mas ela nem havia feito nada demais. Ou havia?

    Porém, tinha seu orgulho. Não admitiria tal tratamento, não importa de quem viesse. Os olhos negros estavam embargados em lágrimas. A jovem aparentemente não suportou olhar para Toshiro por muito tempo, e saiu correndo pela porta às lagrimas. Não queria mais olhar o samurai. Não tinha forças pra crer que aquilo lhe havia acontecido. Estava confusa e envergonhada. Queria ser invisível. Queria sumir. Queria apenas atirar-se na sua cama e chorar.

    Toshiro perseguiu a morena, sem ousar segurá-la ou obstruir sua passagem. Perguntou-lhe se queria conversar, afirmou que havia se ofendido pela insinuação de que ele procuraria geishas, disse-lhe que lhe amava. Mas de nada adiantou. A moça, afogada de mágoa, estava surda às suas palavras. Rapidamente alcançou as escadas que levavam ao pavimento superior, onde ficavam apenas os quartos da família. Toshiro parou no pé da escada, observando Asami desaparecer no corredor acima. Graças ao silêncio da noite e da pousada vazia, conseguiu ouvir o choro da moça por alguns minutos.

    O samurai decidiu dar o espaço que Asami precisava. Ele teve o cuidado de não obstruir a porta da pousada, mas sentou-se sob a escada que dava acesso ao pavimento superior, certo de que veria ou ouviria quando Asami descesse as escadas. E então a interpelaria. Não percebeu quando pegou num sono inquieto, daqueles que apenas nos deixam mais cansados e zonzos ao acordar.

    Não sabia ao certo que horas eram quando foi acordado pela jovem irmã de Asami. Ela lhe disse que ele incomodaria os outros hóspedes se ficasse ali. Lhe disse que havia falado com Asami, mas que a moça não queria vê-lo. E lhe sugeriu que desse um pouco de espaço para a irmã. Alegou que não sabia o que havia acontecido, mas que só conseguiriam se entender quando conversassem com os ânimos mais tranquilos.
    Christiano Keller
    Sacerdote de Cthulhu
    Christiano Keller
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2565
    Reputação : 115
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Sombras e Luz Empty Re: Sombras e Luz

    Mensagem por Christiano Keller em Ter Set 10, 2019 12:26 pm

    Toshiro Yamamoto,

           Toshiro estava com o corpo dolorido após dormir aos pés da escada e concorda com a irmã de Asami que poderia incomodar os demais clientes. Toshiro se levanta e estica o corpo para assumir uma postura corporal adequada.
           -- Por favor diga para Asami que a amo e preciso partir a trabalho. Se ela não quiser falar comigo ainda hoje, falaremos quando eu retornar. - Toshiro então completa - Diga também que ações são muito importantes, dormi aqui por isso, pois queria falar com ela antes de partir, também não a segurei pois respeito as suas decisões. Com uma reverência respeitosa. Obrigado pela sua atenção. - Toshiro segue para arrumar suas coisas para a viagem.

          A ideia era viajar pela manhã, mas isso não iria mais acontecer. As coisas são selecionadas, organizadas e colocada na mala para então colocar no cavalo. Antes de preparar o animal Toshiro vai até a área de alimentação da pousada e faz uma refeição adequada para poder fazer a viagem mais tranquilo. Não teria fome tão cedo, mas não estava empanturrado para o balanço do cavalo o incomodar. Enquanto come Toshiro observa se Asami está por ali ou se há algum recado em sua comida. Sem achar nada, segue para pegar suas coisas e preparar o animal para a viagem.
          Seu coração estava apertado, dividido entre Asami e o futuro do Japão. Dever para com Asami ou para com o Daymio e o povo? Compaixão para com os sentimentos de Asami ou para com o sofrimento do povo nas mãos de outras pessoas que não o Imperador? Outras dúvidas ocupam a mente de Toshiro que faz uma pausa de pé ao lado do animal pensando. Com uma respiração calma e tranquila Toshiro limpa a mente, arruma sua postura pessoal e escolhe o futuro do Japão. Se não encontrasse Asami agora, seria apenas quando retornar.
    Tellurian
    Tecnocrata
    Tellurian
    Tecnocrata

    Mensagens : 324
    Reputação : 25
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Sombras e Luz Empty Re: Sombras e Luz

    Mensagem por Tellurian em Seg Set 16, 2019 11:55 am

    O cavalo de Toshiro era, de fato, um belo animal. Toshiro deslizou as mãos pela crina macia do cavalo, admirando o reflexo vermelho que os pêlos do garanhão castanho tinha em contato com a luz. Sentiu que uma camada de sal começava a se acumular por entre os grossos pelos da anca do animal, e se perguntou se deveria contratar os serviços de um cavalariço para dar banho em seu cavalo, ou se deveria fazê-lo ele mesmo. Cavalos eram animais caros de se manter. Aveia e alfafa eram despesas caríssimas, pois pouquíssimas das raras terras férteis em solo japonês dedicavam-se ao seu cultivo. A escassez de pasto também limitava muito o número de animais. Além disso, eram necessários o emprego de serviços relativamente caros, como o de ferreiros que fariam os cravos e ferraduras dos animais, além da selagem dos cascos. Poucos estabelecimentos no Japão possuíam estábulos, o que tornava o preço dos poucos estabelecimentos que aceitavam hospedar os grandes animais bastante salgado. E, vez ou outra, eram necessários os serviços de cavalariços. Talvez, investir na criação e comércio dos animais fosse uma boa opção. Certamente, haviam senhores dispostos a pagar excelentes quantias por animais saudáveis que sirvam aos seus exércitos feudais.

    Afinal... precisaria ter um meio de vida que ao mesmo tempo mantivesse seu padrão confortável de vida e que sustentasse a família que pretendia constituir com Asami.

    A lembrança da moça provocou-lhe uma fisgada no coração. Ainda lembrava dos soluços angustiados da moça que ecoavam pelo corredor no silêncio da noite, enquanto ela chorava copiosamente em seu quarto. Sentiu faltar-lhe o ar no peito quando pensou que talvez não a veria mais. Sua última visão daquela moça linda e alegre seria o rosto dela em lágrimas? Sua última lembrança dela seria não as das curvas femininas, dos seios pequenos e da pele quente que lhe foram revelados em seu único abraço, mas a do ardor do tapa cheio de mágoa em seu rosto. Sentiu o coração pesar quando pensou que sequer tivera a oportunidade de provar dos lábios vermelhos da moça.

    Sua determinação fraquejava. Não queria abrir mão de seus planos, e das maravilhosas possibilidades de um futuro com a moça. Talvez por conta da perspectiva da perda, Asami agora lhe parecia ainda mais bela e preciosa. Porém o peso do dever sobre os ombros do samurai era imenso. Dedicado e severo, honraria com seu papel e com sua missão, mesmo que ela lhe custasse a felicidade. Resignou-se, e lançou um último olhar à Hikari-ya. Não tivera a oportunidade de ver Asami uma última vez, mas decidiu acreditar nas palavras da jovem Hikari Kagura, de que tudo se encaixaria se tivessem tempo para sarar as mágoas.

    Ao longo da cavalgada, tentara manter os pensamentos focados em sua missão. Lutava com os sentimentos crescentes de ansiedade em seu peito. A sensação era a de estar ferido. Como se estivesse doente. Como se lhe faltasse algo importante demais. Mas sempre que o coração descompassava, ele afastava tais pensamentos forçando sua mente a se dedicar à missão. Contava as passadas do cavalo, bambolejando na sela em um ritmo imaginário. Repassava possibilidades na cabeça.

    As cinco horas de cavalgada pareceram-lhe dez, mas ele alcançou o vilarejo fora da cidade. Havia ultrapassado os vastos campos de plantio de arroz que circundavam Kyoto, e agora descera a Nakasendo no sentido que desceria até as praias de Osaka, e chegou até uma encruzilhada. Seguira por estradas secundarias de pouco pavimento, até chegar no pequeno povoado. Muitos dos moradores do povoado eram pescadores de Osaka, que subiam o rio no outono para pegar as trutas coloridas em sua migração rio acima. Havia poucos lugares para se hospedar, a maioria eram casas de família que os moradores alugavam para viajantes que queriam aproveitar as fontes termais que abundavam na região. Boa parte do turismo era absorvido por uma única grande pousada, um Ryokan espaçoso com sua própria fonte termal.
    Christiano Keller
    Sacerdote de Cthulhu
    Christiano Keller
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2565
    Reputação : 115
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Sombras e Luz Empty Re: Sombras e Luz

    Mensagem por Christiano Keller em Seg Set 16, 2019 4:16 pm

    Toshiro Yamamoto,

    A decisão havia sido tomada, o "Gi" foi respeitado.
    A coragem em desafiar um oponente mais forte aconteceu, o "Yuu" havia sido respeitado.
    As ações expressaram sinceridade, o "Makoto" havia sido respeitado.
    A preservação da honra foi o motivo inicial, o "Meiyo" havia sido respeitado.
    O dever e lealdade foram exigidos, o "Chuu" havia sido respeitado.
    Asami havia respeitado cinco de sete valores do bushido, mas falhou com "Jin" e "Rei". Ou ela teria falhado com estes valores pois duvidou que Toshiro os respeitasse? Asami era jovem e não era versada nos valores do Bushido como Toshiro. Talvez os valores expressos de forma natural por Asami tenham sido apenas uma obra do acaso. Toshiro poderia ter feito uma escolha errada, talvez precipitada? Estes pensamentos não devem fazer parte da mente de um homem que segue o Bushido.
    Toshiro tomou sua decisão, foi corajoso ao defender seus valores, expressou sinceridade, preservou sua honra quando foi testada, expôs seu dever, sua lealdade, houve compaixão e foi cortês. Sete dos sete valores haviam sido respeitados por Toshiro. Os pensamentos sobre Asami então desaparecem da mente de Toshiro, aquilo seria tratado no devido tempo conforme o "Gi".

    Em busca de um futuro melhor Toshiro pensa na possibilidade de criar cavalos ou cuidar deles. Cavalos não atenderiam a população, apenas uma parte privilegiada, não haveria compaixão neste tipo de coisa. As ferrovias expostas em 1853 em Nagazaki seriam o futuro do transporte no Japão, um transporte para todos. No entanto este tipo de transporte não estava pronto,precisaria de muita gente para fazer este tipo de coisa, a construção precisaria mudar, um negócio interessante para a transformação do futuro seria a de obras civis. Um negócio de obras civis também poderia colaborar com o negócio de Ohagi e realmente moldaria o futuro.

    O vilarejo era interessante, seu contato indicou a pousada e Toshiro ficaria ali no aguardo. Um samurai não era muito discreto em lugares assim e Toshiro precisava conhecer o lugar, trilhas para se mover escondido, talvez uma ou três rotas de fuga, entre locais habitados e a iluminação. Toshiro conversará com alguns dos moradores locais sobre a manutenção das estradas locais, as mais movimentadas, as abandonadas e preferências das construções. Eventualmente demonstrará seu interesse em apostas. Durante caminhadas na mata Toshiro treinará algumas ações e fará exercícios.
    Tellurian
    Tecnocrata
    Tellurian
    Tecnocrata

    Mensagens : 324
    Reputação : 25
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Sombras e Luz Empty Re: Sombras e Luz

    Mensagem por Tellurian em Qui Set 19, 2019 11:12 am

    Três dias seguiram-se à chegada de Toshiro no pequeno povoado. O lugar era bastante agradável, apesar de ser isolado. Não fosse tão próximo da Nakasendo, provavelmente seria uma vila miserável de plantadores de arroz. Mas, graças ao desenvolvimento trazido pela maior das estradas do país, o vilarejo prosperou e tornou-se um tipo de estância turística de águas termais. As paisagens eram lindíssimas, com as árvores tomadas pelas folhas acobreadas do Outono e a profusão de pomares. As ruas eram pavimentadas com pedras cuidadosamente cortadas e encaixadas, e haviam belas pontes de madeira pintada que davam às casas de arquitetura tradicional um charme rústico interiorano. A localização privilegiada atraía muitos nobres e pessoas de alta estirpe para visitação. Poucos eram moradores de fato do local, e esses eram mais dedicados à pesca de trutas e a agricultura do que qualquer outra coisa. O sotaque dos locais era carregado pelo kansaiben¹ de Osaka.

    O lugar era próspero, mas simples. Em apenas três dias, Toshiro já havia se familiarizado com as principais ruas e locais de interesse do vilarejo e arredores, e já começava a ter um panorama geral das pequenas rotas e vielas abertas pelos moradores que se deslocavam do centro turístico para as áreas de pesca e cultivo. Já havia conhecido algumas figuras chave, como o dono do Ryokan Agakure, a belíssima estância de águas termais em que era onde havia se hospedado. Havia também amplas áreas onde teria privacidade para realizar seus treinos sem chamar muita atenção. Então, o samurai precisou apenas aguardar que o seu contato se manifestasse.

    Havia, bem próximo à Ryokan onde se hospedara, um restaurante bastante decente. A comida tinha um preço justo e era deliciosa. A especialidade da casa eram Sobas e trutas, e Toshiro estava bastante satisfeito. Acabou por criar o hábito de realizar suas refeições no local, visto que além de tudo, era estratégico. O restaurante ficava na esquina da principal via da cidade, próximo à sua mais importante hospedaria. O fluxo de pessoas era constante, e Toshiro poderia aproveitar para se manter incógnito e ao mesmo tempo observar as pessoas que iam e vinham.

    Era a noite do terceiro dia quando Toshiro desfrutava de uma bela refeição de arroz e truta fresca, quanda a moça se aproximou. O samurai pôde sentir o cheiro do perfume de notas doces antes mesmo de perceber a aproximação dela. A moça era alta, e claramente mestiça. Tinha a pele mais escura, em um tom acobreado. Longos cabelos, negros e de aparência sedosa, caíam-lhe pelos ombros em uma trança cuidadosamente ornada com flores brancas. Chamou imediatamente a atenção do samurai os grandes olhos da morena, tão verdes quanto jade. Trajava um cheongsam² chinês, vermelho e dourado, mesmo que ela claramente não fosse chinesa. Havia um contraste belo entre as cores da pele, das roupas e dos olhos da moça. Todos que estavam no local pararam para observar a moça caminhar pelo salão do restaurante com um leque branco aberto em mãos. A própria moça percorria o salão com os olhos muito verdes, como se procurasse alguém.

    Quando Toshiro entrou no campo de visão da moça, a moça abriu um sorriso iluminado e fechou o leque. Ela se aproximou e o cumprimentou em uma reverência solene.

    -"Yamamoto-dono, eu presumo. Eu me chamo Nanami. Temos amigos e negócios em comum. Posso me juntar ao senhor para o jantar?"


    Notas:

    ¹- Dialeto da região de Kansai, região centro-sul da ilha principal do Japão.
    ²- Vestido feminino tradicional da china, muito usado ainda nos dias de hoje. Muito elegante.
    Christiano Keller
    Sacerdote de Cthulhu
    Christiano Keller
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2565
    Reputação : 115
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Sombras e Luz Empty Re: Sombras e Luz

    Mensagem por Christiano Keller em Seg Set 23, 2019 10:58 am

    Toshiro Yamamoto,

           O arroz e a truta estavam muito bons. O arroz estava bem grudado, fácil de pegar com o hashi, o sabor suave poderia ampliar o sabor da truta numa sensação de volume e tempero. A truta por sua vez estava encorpada, saborosa e com um tempero bem gostoso. Talvez houvesse um pouco de sal no molho shoyu, porém bastava consumir pouco ou intercalar com o wassabi. O perfume de notas doces então surge no ambiente, logo depois uma linda mulher aparece e se apresenta:
    Nanami:
    -"Yamamoto-dono, eu presumo. Eu me chamo Nanami. Temos amigos e negócios em comum. Posso me juntar ao senhor para o jantar?"
           Toshiro olha para a mulher num tom de surpresa, aquilo chama muita atenção e pessoas discretas não gostam de chamar a atenção. No entanto Toshiro não poderia demonstrar nada sobre seus sentimentos, talvez fosse apenas uma mensageira, uma pessoas despreparada ou até uma armadilha. Toshiro olha para os lados dando a entender que talvez haja outro Yamamoto no local e aquilo não era com ele, porém queria observar quem o observava. Em voz baixa com um sinal para a mulher se sentar, Toshiro diz:
           - Nanami-san, meu nome é Yamamoto, porém tenho muitos amigos e negócios diferentes. Com uma breve pausa, Toshiro completa jogando verde: Você foi informada sobre o que desejo, como satisfazer minha vontade? Uma breve pausa sem tempo para responder: Entende que gosto de discrição? Pessoas podem ver você comigo do outro lado da cidade. Se fosse discreta poderia usar sua boca aqui mesmo para acabar com este serviço e ir embora. Agora todos olham para você e sua linda boca esperando que a abra para satisfazer vontades. Vamos jantar. Toshiro bebe um gole de água. Depois vamos para a pousada para que possa fazer o serviço de forma mais discreta. Toshiro fez toda essa descrição que tem uma dúbia interpretação. Nanami poderia ser vista como uma prostituta qualquer que veio fazer um serviço ou uma fonte de informações que usaria sua boca para satisfazer o desejo de Toshiro por informações.
           Toshiro não poderia dar informações sobre sua vontade de restaurar o poder ao Imperador assim livremente para uma desconhecida. O receio também de que a mulher chamava muita atenção poderia fazer com que a mulher identificasse um alvo e dissesse que aquele era o homem que procuravam.
    Tellurian
    Tecnocrata
    Tellurian
    Tecnocrata

    Mensagens : 324
    Reputação : 25
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Sombras e Luz Empty Re: Sombras e Luz

    Mensagem por Tellurian em Seg Set 23, 2019 11:39 am

    Nanami sorriu ao samurai, abrindo o leque e cobrindo seu rosto com ele, do nariz ao queixo, como se estivesse encabulada. Ela sentou-se na mesma mesa de Toshiro, do lado oposto ao do samurai, e cruzou as pernas. Toshiro notou que o vestido da jovem possuía uma fenda lateral que deixava expostas as suas panturrilhas. A pele da moça, como já haviam revelado os braços igualmente expostos, era de aparência macia e suave. Mas, os olhos treinados de Toshiro puderam perceber através da a panturrilha da moça que haviam músculos ali, mesmo que sutis. Havia mais naquela moça do que as aparências.

    -"Um camaleão se adapta ao ambiente, Yamamoto-dono. Quando nas trevas, veste-se com trevas. Quando na luz, veste-se de luz. Nestes castelos de luxo e beleza, o senhor entende que um retalhador esfarrapado, grosseiro e fedendo a sangue se destaca muito mais do que eu poderia?"- Toshiro imediatamente compreendeu a razão do leque: impedir as pessoas de ler seus lábios. As belas pernas expostas tinham um objetivo, também. Atrair olhares para desviá-los de partes menos interessantes, mas mais importantes, como suas mãos.

    -"Raizou-dono envia seus cumprimentos. Por favor, pense em nós como seus associados."- a moça se ergueu e fez uma reverência suave ao samurai. Caminhando novamente pelo corredor, se retirando do restaurante, levando com ela olhares e deixando comentários.

    E então Toshiro percebe que ele mesmo fora vítima do feitiço da moça. Ela deixara um bilhete sobre a mesa. A caligrafia era um pouco desajeitada, como se tivesse sido escrita com a mão inábil. A moça era chamativa como um pavão, mas controlava a atenção das pessoas como um mestre titereiro controla sua marionete. Usava seus dotes para chamar a atenção e para desviá-la do que realmente importava.

    "missão comprometida. Olhos por todos os lados. Cuidado." - dizia o bilhete. O conteúdo ameaçador fez o Samurai olhar em volta. Quais daquelas pessoas seriam inimigas? Quais seriam aliadas? Quanto de quem era e o que queria havia sido revelado? Ainda seria possível concluir a missão?
    Christiano Keller
    Sacerdote de Cthulhu
    Christiano Keller
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2565
    Reputação : 115
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Sombras e Luz Empty Re: Sombras e Luz

    Mensagem por Christiano Keller em Seg Set 23, 2019 3:42 pm

    Toshiro Yamamoto,

           A mensagem era clara, porém sair agora chamaria a atenção. O bilhete precisava ser destruído, comido ou queimado, o que houvesse de opção mais discreto e rápido. Toshiro terminará sua refeição como se a visita da mulher fosse algo estranho e passageiro, uma prostituta que não quiz fazer o serviço. No entanto como a mulher pode chamar Toshiro de esfarrapado e cheirando a sangue? Grosseiro seria até aceitável já que muitos não entendem o caminho do Bushido.
           Toshiro observa as pessoas ao redor, compara suas vestimentas tentando localizar desajustados como Toshiro e adequados como a mulher. Toshiro não via suas roupas como tão estranhas porém precisava ficar atento a isso.
           Ao final do jantar Toshiro segue para a pousada por um caminho dando a volta no quarteirão para forçar algum perseguidor a dar a volta também e ser detectado. Toshiro precisava aguardar, a missão poderia ter olhos para todos os lados então ele precisava concretizar a ideia de que estava aqui buscando por oportunidades de negócio, não para matar alguém. Toshiro então pede para um reunião no dia seguinte com o dono da pousada, tinha uma proposta de negócios para enviar clientes para lá e se conseguisse, teria uma pequena comissão. A noite Toshiro pretendia dormir cedo com uma pequena luz de vela como se estivesse acordado, mas não dormiria em sua cama, dormiria em outro local com um monte de coisas no lugar de dormir para servir de alvo em caso de um ataque. Então se alguém atacasse durante o sono, estaria melhor preparado para reagir.
    Tellurian
    Tecnocrata
    Tellurian
    Tecnocrata

    Mensagens : 324
    Reputação : 25
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Sombras e Luz Empty Re: Sombras e Luz

    Mensagem por Tellurian em Ter Out 08, 2019 10:02 am

    Toshiro precisava tomar cuidado ao se desfazer do bilhete, e procurou formas de faze-lo o mais discretamente possível. Contudo, mais uma vez fora surpreendido pela habilidade de Nanami em controlar a atenção das pessoas. Toshiro pôde destruir o bilhete tranquilamente, enquanto quase todos os olhos do salão acompanhavam o movimento ondulante dos quadris da morena que saía sorrindo. Aquela era a primeira vez de Toshiro trabalhando juntamente com shinobi, e ele poderia tranquilamente se dizer surpreso. Os métodos de Nanami em nada eram similares aos demônios ocultos que as lendas e rumores propagavam, mas era preciso admitir que eram igualmente eficientes.

    Ao observar os arredores, Toshiro percebeu que suas vestes eram modestas, comparadas aos dos demais hóspedes. Um quimono escuro discreto sem muitos adereços. A maioria trajava ternos ocidentais, cartolas ou ostentava quimonos de seda com grandes adereços. De fato, Toshiro poderia tranquilamente passar por um serviçal na Ryokan onde estava hospedado ou no restaurante no qual havia se habituado a fazer suas refeições. Talvez pudesse utilizar essa informação a seu favor no futuro. Cheirou discretamente a gola de seu quimono. Não conseguia sentir o tal cheiro de sangue do qual que a bela shinobi havia alertado. Talvez estivesse acostumado, ou talvez o faro da moça para sangue fosse mais apurado. Ambas as possibilidades eram alarmantes.

    Tentou observar ao redor. Ao procurar por espiões, instantaneamente percebeu que no meio da multidão, diante de tanta pompa e circunstância, eram quase infinitas as possibilidades de encontrar um local para se esconder ou, como dito pela shinobi, camuflar-se. Não teria sentido ficar observando a multidão. Aguardar um movimento de seu perseguidor era um movimento arriscado demais, porque o tempo que dispunha era limitado. Era necessário atrair seu algoz.
    Christiano Keller
    Sacerdote de Cthulhu
    Christiano Keller
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2565
    Reputação : 115
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Sombras e Luz Empty Re: Sombras e Luz

    Mensagem por Christiano Keller em Sab Out 19, 2019 4:41 pm

    Toshiro Yamamoto,

           Ainda fazendo seu papel de que estava buscando por negócios e que no fundo estava mesmo, a reunião com o dono da pousada ocorre. Toshiro faz propostas ao homem sobre oferecer serviços de viagem para clientes em Kyoto para passarem alguns dias na Ryokan. A ideia de Toshiro era oferecer viagens para as pessoas, se conseguir um conjunto de destinos e algumas histórias poderia aumentar os turistas na Ryokan. Toshiro até sabia onde indicaria as viagens, usaria o Cassino de Ohagi para dizer que um passeio de um vencedor poderia começar por ali, mas não precisava contar ao dono da pousada.

           Como Toshiro poderia atrair seu algoz ainda era algo complicado, porém a alguns dias que fazia trilhas na região. Toshiro sabia que algumas destas trilhas não eram muito usadas, logo se alguém o seguir, as chances de ser seu algoz eram maiores. Toshiro então conta seu dinheiro e pensa se poderia comprar uma roupa nova, algo que poderia fazer com que desapareça em meio aos estranhos que circulavam por ali. A roupa de Toshiro também poderia ser usada para desaparecer entre os serviçais. Talvez assim possa chamar a atenção de alguém. Parte do plano de Toshiro é deixar um pacote na mata e usar como parte da emboscada.

    Toshiro então a compra da roupa nova, ao andar com o pacote pela cidade espera chamar a atenção de seu algoz. A roupa nova está no pacote, então parece que Toshiro recebeu algo, um produto ou instruções podem estar dentro do pacote. Toshiro tenta abrir o pacote, mas finge que está preocupado e não abre. É certo que lá há apenas uma roupa nova, mas seu eventual algoz não sabe. Toshiro então inicia a caminhada pela trilha que identificou a alguns dias. O caminho na mata leva Toshiro para uma área mais isolada perto de uma cachoeira, um local já conhecido.

    O pacote ficará no chão para a armadilha, perto da beirada da trilha, na direção da água. Porém Toshiro deixa o pacote e corre pela trilha um pouco mais para frente. Logo entra na mata para começar o caminho inverso tentando ser furtivo e ficando fora do campo de visão de seu algoz que o buscaria na ou proximidades. A idea é observar a trilha do meio da mata então abordar aquele que fosse pegar o pacote ou quem estiver seguindo Toshiro. O pacote deixado lá como se fosse algo para alguém mais pegar é o que Toshiro imagina como isca já que seu algoz ao perder Toshiro de vista, buscaria o pacote para tentar obter informações adicionais.

           A ideia de Toshiro parece muito simples e isso o incomoda. Não sabia como atrair as pessoas para armadilhas e emboscadas para conversar com elas. Em todos os casos Toshiro sempre criou condições para pegar sua vítima como um predador e não uma presa. Essa nova sensação é estranha, parece uma coceira sob a pele, como se Toshiro não respeitasse o bushido. Se seu adversário estiver armado Toshiro não tardará em sacar a espada.
    Tellurian
    Tecnocrata
    Tellurian
    Tecnocrata

    Mensagens : 324
    Reputação : 25
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Sombras e Luz Empty Re: Sombras e Luz

    Mensagem por Tellurian em Sex Dez 06, 2019 1:23 pm

    As horas passavam, e a tocaia de Toshiro não rendia-lhe frutos. O pacote permanecia intocado na trilha, e o samurai já começava a se questionar se já havia passado tanto tempo que mesmo que alguém aparecesse e pegasse o pacote, não teria como afirmar que não fora apenas um montanhês que caminhava por acaso na trilha.

    Dizem que nas montanhas o tempo muda com rapidez. Um trovão anunciava que a chuva já não tardaria. Toshiro precisava decidir se enfrentaria a chuva e permanceria de olho no pacote, ou se desistiria de sua armadilha e retornaria a sua hospedaria.
    Christiano Keller
    Sacerdote de Cthulhu
    Christiano Keller
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2565
    Reputação : 115
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Sombras e Luz Empty Re: Sombras e Luz

    Mensagem por Christiano Keller em Seg Dez 09, 2019 5:08 pm

    Toshiro Yamamoto,

           Toshiro havia esperado muito, mas seu trabalho exige paciência. A chuva não era um inimigo natural, então teria que aguardar. No entanto Toshiro começa a olhar em volta, não apenas no pacote. Se havia alguém seguindo Toshiro e seu pacote, a pessoa talvez estivesse ali nas proximidades em meio ao mato.
           O pacote estava sereno em seu local de repouso, então Toshiro começa a olhar ao redor do pacote. Buscava seu perseguidor escondido em alguma árvore ou moita, talvez empoleirado em algum galho. Logo observa o pacote novamente, então olha ao seu redor mas retorna para o pacote e suas imediações. A busca que Toshiro faz é sempre atenta aos detalhes para sua segurança.
    Tellurian
    Tecnocrata
    Tellurian
    Tecnocrata

    Mensagens : 324
    Reputação : 25
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Sombras e Luz Empty Re: Sombras e Luz

    Mensagem por Tellurian em Ter Dez 10, 2019 11:01 am

    As primeiras gotas eram tão frias como uma chuva de outono nas montanhas poderia ser.

    Toshiro ouviu a chuva antes de senti-la. Primeiro, os trovões ecoavam, anunciando que a fúria dos céus não tardava. Na floresta forrada de folhas secas, a enxurrada é uma sinfonia. As gotas vencem aos poucos os galhos semi-descobertos, atingindo primeiro as folhas douradas que ainda suportam o passar das estações no alto das copas bronzeadas das árvores. Em seguida escorrem e pingam pesada e sonoramente sobre o tapete de folhas secas que o chão da floresta se tornou. O som pode ser ensurdecedor.

    A chuva caiu pesadamente enquanto Toshiro manteve sua tocaia. Ele aguardava de forma paciente, quase imóvel sob a chuva gelada. Sentia a água encharcar-lhe as roupas, que aderiam a sua pele conforme ficavam pesadas e geladas. Os cabelos bem presos em seu chonmage aos poucos afrouxavam com o peso da água e caíam-lhe sobre os olhos, e ele tinha que constantemente leva-los para atras das orelhas.

    Contudo, sua paciência fora recompensada. A chuva espessa e a escuridão tornavam difícil a visão, mas logo uma figura escura se aproximou do pacote. Trajava um Shozoku, denunciando seu status de Shinobi. Provavelmente acreditou que Toshiro fora embora por causa da chuva e da escuridão, e se aproximava do pacote para verificar seu conteúdo. Toshiro confirmara que estava sendo seguido por shinobis, e alcançara seu perseguidor.
    Christiano Keller
    Sacerdote de Cthulhu
    Christiano Keller
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2565
    Reputação : 115
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Sombras e Luz Empty Re: Sombras e Luz

    Mensagem por Christiano Keller em Qui Dez 12, 2019 5:47 pm

    Toshiro Yamamoto,

    Um shinobi, não poderia deixar testemunhas sobre o que estava acontecendo. Porém era necessário ponderar as opções disponíveis de acordo com o Buhsido.
    Seria justo matar o homem naquelas condições? Ele não era o algo de Toshiro. Ao remover seu perseguidor apenas passaria o recado de que Toshiro era o alvo adequado, que deveria ser observado. Não matar e deixar o homem encontrar um pacote com roupas comuns fará que ele fique frustado sem provas. Talvez ignorando Toshiro pois não representou uma ameaça.
    O ato seria corajoso? É mais corajoso aquele que não mata do que aquele que mata sem razão. Deixar um possível inimigo vivo é mais que um ato de misericórdia, é um ato de coragem. Portanto é mais uma razão para deixar ele viver.
    Toshiro será benevolente ao dar a chance de vida ao seu perseguidor. Cortesia, honra, glória, sinceridade, dever e lealdade não são exigidos nestas condições.

    Assim Toshiro apenas espera, parado na mata, transformando o predador em presa, o perseguidor em perseguido. Como Toshiro fará para perseguir o homem? Conseguiria seguir de longe sem chamar a atenção e localizar para onde o homem irá após essa falha? De qualquer forma Toshiro não pretende entrar em um local cheio de shinobis para realizar sua missão. Se mandaram abortar, agora Toshiro sabe que pode confiar naquela mulher e pode retornar escondido para Kyoto.
    Em seu âmago Toshiro fica irritado, não poderá executar sua missão, mas sabe que é bobagem avançar contra um grupo de shinobis treinados. Não lutarão com honra e é bobagem invadir.
    Conteúdo patrocinado


    Sombras e Luz Empty Re: Sombras e Luz

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Maio 25, 2020 5:07 am