Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken

    Hellkite
    Sacerdote de Cthulhu
    Hellkite
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2984
    Reputação : 217
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Empty Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken

    Mensagem por Hellkite em Qui Dez 05, 2019 5:45 pm





    BOKU NO HERO - NARRAÇÃO

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Bokuno10

    Boku no Hero World, um mundo onde 80% da população possui algum poder sobre-humano, ou "dons", conhecidos como individualidades. Aqui, desde o primeiro caso constatado de um recém nascido com algum tipo de poder, o índice de criminalidade cresceu proporcional ao surgimento de heróis com as mais variadas capacidades. E, como não poderia deixar de ser, o sonho da maioria das pessoas é se tornar um super-herói.

    ***

    SHIZUOKA

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken 800px-10

    Era dia de retorno as aulas, e para muitos alunos da cidade japonesa de Shizuoka, um dia de grandes mudanças. Ryuchi Ken, Raito Yami e Nana Higashi, o trio ternura da escola fundamental Gakuen, iriam para a escola de ensino médio Shizuoka Kita, terreno desconhecido e inexplorado.

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Ryuchi10

    RYUCHI

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Raito_10

    RAITO

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Nana_h10

    NANA

    Sabendo que no primeiro dia de aula encontrariam um clima perigoso e hostil, os três decidiram se encontrar em uma praça próxima, na frente da estatua do velho de quimono (ninguém sabia o nome da personalidade).

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Pracin10

    Era de manha cedo, por volta das 6 da manhã, e apesar do céu estar limpo, estava ainda muito frio. Pessoas passavam por ali, ocupadas em seus próprios pensamentos, indo para seus trabalhos e escolas.

    Um herói ou heroína cruza o céu, estava distante. Tambem estava trabalhando.

    Off: Podem fazer o roleplay aqui, fiquem aqui livres para desenvolver parte dos seus bgs. NPCs mencionados serão anotados, assim como eventos interessantes.
    Off: Percepção Ken Yami Nana. 6/5/3. Que rolagens foram essas kkk. Sem informação adicional então!

    ?
    Larissa Aprill
    Troubleshooter
    Larissa Aprill
    Troubleshooter

    Mensagens : 842
    Reputação : 84
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Empty Re: Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken

    Mensagem por Larissa Aprill em Qui Dez 05, 2019 7:00 pm







    Nana Higashi

    Idade: 16 anos

    Personalidade: Gentil, alegre, prestativa e acolhedora


    Nana acordou com os raios de sol refletindo sobre seu rosto. Ela esfrega os olhos sonolenta e caminha em direção ao banheiro. Quando estava no corredor ela é empurrada pela irmã mais velha que entra no banheiro e tranca a porta. A menina de cabelos rosados suspira resignada, já estava acostumada com aquele tipo de atitude.

    A irmã mais velha, Noriko sai do banheiro depois de quase 1 hora e assim que Nana liga o chuveiro escuta a mãe gritando no andar de baixo.

    - Eu não sou sócia da Light, desliga logo isso.

    A água caia sobre seu rosto e a incômoda sensação de sufocamento começou a apertar o peito da garota. Mas ela afasta esses pensamentos com um balançar de cabeça, não podia se deixar abater. Hoje era um dia especial, finalmente ela estava indo para o ensino médio. A garota se arrumou rapidamente, penteou o cabelo em duas tranças e sorriu radiante para o espelho. Era uma colegial agora.

    Ao entrar na cozinha percebe que a família seguia a rotina de todos os dias. Seu pai, Kaneda Higashi estava sentado no sofá com uma garrafa de cerveja na mão enquanto assistia o noticiário matinal. Sua irmã mais velha estava com o pé apoiado sobre a mesa e pintava as unhas de vermelho. Sua mãe se chamava Suzu, era uma mulher grande e corpulenta, sua peculiaridade era aumentar o tamanho do corpo e se tornar um escudo humano, mas desde que se casou, virou uma dona de casa zangada e infeliz.

    -Nana, não fique aí parada e venha ajudar.

    A pontinha de esperança que tinha dos pais reconhecerem o uniforme da escola Shizouka Kita e parabeniza-lá foi morrendo aos poucos. Não havia uma cadeira para Nana sentar e ela olhava a quantidade absurda de louça acumulada na pia. Enquanto a família comia, Nana estava limpando. Quando olhou para o relógio percebeu que não teria tempo de tomar o café da manhã ou iria se atrasar para o encontro com os amigos.

    - Eu já estou indo.- Ela pegou um pão doce e uma maçã, enfiou na mochila e saiu correndo para a rua.

    Estar dentro de casa era sufocante, mas assim que pisou no jardim sua feição mudou completamente. Ela sorriu e acenou para os vizinhos. Caminhou feliz e saltitante pela rua. E foi a primeira a chegar na praça, ela sentiu o vento gelado da manhã e percebeu que não havia trazido nenhuma blusa, mas pensou otimista, o clima iria melhorar.

    Enquanto aguardava os amigos, pegou o pão doce da mochila e começou a mordiscar. Hoje seria um grande dia para os três.

    Tristan
    Samurai Urbano
    Tristan
    Samurai Urbano

    Mensagens : 105
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Empty Re: Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken

    Mensagem por Tristan em Seg Dez 09, 2019 12:18 am










    Ryuchi Ken


    Idade:16 anos

    Personalidade: Aventureiro, misterioso, sarcástico e inteligente

    Hobbies: Música, esportes e livros.




    Ryuchi era um adolescente inteligente e astuto, nascido em uma família tradicional japonesa que seguia as regras e o caminho tradicional dos samurais. Seu pai um samurai "aposentado" que se orgulha e se gaba em dizer que a família serviu por 300 anos consecutivos diretamente os imperadores do pais, depositando um fardo enorme nas costas de seus quatro filhos, Ryujin, Jimmu, Shinji e Ryuchi que era o mais novo dos irmãos e o único que havia herdado as características intelectuais e individualidade de sua mãe Okiko e por isso era diariamente incomodado por seus irmãos que caçoavam dele o chamando de fraco e incompetente, palavras que apenas copiavam da boca de seu pai.


    O sol não havia nascido ainda e Ryuchi já estava preparado para a cerimonia que sua família realizava sempre no primeiro dia de aula no ensino médio, Ryuchi estava ansioso por este dia, o dia em que finalmente provaria que era mais forte e inteligente que seu irmão Shinji, nesta cerimonia os dois se enfrentariam em um duelo com espadas de madeira que só acabaria quando um deles desistisse.


    Ryuchi já tinha toda a estrategia em sua mente, ele faria Shinji se sentir confiante, se aproveitando de seu ego para vencer a "batalha". o relógio na parede marcava cinco horas da manhã seu pai dava inicio a cerimonia o mesmo entoava um poema de batalha, Ryuchi e Shinji usavam os trajes tradicionais para a cerimonia, Shinji usava um kimono preto com detalhes vermelhos enquanto Ryuchi usava um kimono roxo com detalhes em branco.


    As cinco horas e dez minutos deu se inicio a batalha entre os dois irmãos. Ryuchi permaneceu na defensiva, apenas defendendo os golpes pesados que seu irmão desferia, ele aguardaria o momento ideal e este momento não demorou muito, era uma mania ou quem sabe um toque mas Shinji sempre antes de ativar sua individualidade cerrava os dentes e estalava um dedo, a individualidade herdada de seu pai permitia que Shinji aumentasse sua capacidade pulmonar liberando mais oxigênio para os músculos aumentando drasticamente a força física do usuário, porém Ryuchi sabia de todos os passos e também conhecia a fraqueza da individualidade.


    Shinji não hesitou e preparou um golpe partindo da altura de sua cabeça descendo em linha reta  até que tocasse o solo ou o corpo de seu irmão, Ryuchi por sua vez esperou o momento exato e com agilidade e precisão socou com toda sua força a boca do estomago de Shinji, interrompendo sua respiração e fazendo o mesmo perder todo seu folego, desativando assim sua individualidade, Ryuchi não perdeu tempo e com seu outro punho cerrado acertou um soco em cheio na boca de seu irmão, neste momento ouviu-se um grito de ódio na sala, era seu pai que teve um momento de fúria ao ver Ryuchi usando os punhos em vez da espada para lutar

    Mas já era tarde o punho de Ryuchi estava manchado com o sangue de Shinji, foi então que Ryuchi lambeu um pouco do sangue em seu punho e assumindo a pose para desferir o golpe que encerraria a luta, ativou a individualidade de seu irmão, Ryuchi se sentiu leve e era incrível a quantidade de oxigênio que seus pulmões liberavam para os músculos, o golpe seria certeiro mas faltando alguns centímetros para a espada de madeira tocar Shinji, Ryujin apareceu mais rápido que um raio do lado de Ryuchi segurando seu braço


    Ryujin :- Se tentar movimentar seu braço este sera seu ultimo movimento com ele.

    A voz de  Ryujin ecoava como um trovão na sala, havia muito mais poder nela do que na voz de seu pai, Ryuchi sentiu seu corpo tremer e inconscientemente desativou a individualidade copiada de Shinji, a luta havia sido encerrada Ryujin declarou Ryuchi o vencedor e ninguém ali presente contestou sua palavra.

    Ryuchi por sua vez não conseguiu conter suas lagrimas, ele não sabia onde enfiar tamanha felicidade, foram anos treinando para este dia e ele finalmente havia chegado, Ryuchi não podia esperar mais nem um segundo ali, ele precisava correr e contar para seus amigos. E apos o termino da cerimonia Ryuchi correu para seu quarto tomou seu banho e aguardou ansiosamente até o horário de sair de casa, ele não queria se atrasar, vestiu seu uniforme escolar, colocou seu celular e fones de ouvido na bolsa junto com o material escolar e uma blusa de frio reserva, então sem dizer nada a ninguém saiu correndo para o encontro com seus amigos.

    Aalguns metros do local do encontro Ryuchi avistou  Nana de longe, ele sabia que ela seria a primeira a chegar e provavelmente teria saido de casa apressada esquecendo seu agasalho, fazia frio naquele dia e seria péssimo pegar um resfriado. Ryuchi se aproximou acenando e tirando a blusa de dentro da bolsa

    Ryuchi: - Bom dia Nana, imaginei que você esqueceria seu agasalho e trouxe um para você  Very Happy, está frio hoje né?

    Ryuchi abriu um sorriso enorme mostrando seus caninos avantajados para Nana, era um sorriso de felicidade por reencontrar a garota e demonstrando o quanto ele se sentia a vontade com seus amigos.




    study  What a Face


    Tellurian
    Tecnocrata
    Tellurian
    Tecnocrata

    Mensagens : 340
    Reputação : 27
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Empty Re: Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken

    Mensagem por Tellurian em Seg Dez 09, 2019 1:29 pm






    Raito Yami

    Idade:16 anos

    Personalidade:Inteligente, ingênuo, doce e gentil. Não aceita a injustiça


    O som das rodas do trem correndo pelos trilhos cria um ritmo interessante, que Raito acompanhava com os dedos, tamborilando no seu caderno em branco. Buscava inspiração para o desenho, mas nada lhe vinha a mente. A página branca pode ser opressora à mente criativa, e então a atenção do rapaz começou a divagar, que encarava a paisagem através da janela do trem, sem encontrar nada que lhe parecesse significativamente inspirador. Apenas os mesmos prédios, as mesmas árvores, as mesmas planícies.

    Saíra correndo de manhã cedo, atrasado pra variar. Dormira demais, como sempre. Levantou da sua cama, e quase todos seus colegas já haviam levantado. Se arrumou como pôde e tropeçou e caiu sonoramente enquanto a perna ficava presa na calça jeans. Quando terminou de se aprontar, esquecendo de pentear os cabelos, como sempre, correu até o refeitório.

    -“RAITO! É proibido correr nos corredores”- gritou uma das governantas quando Raito passou em disparada por ela no corredor estreito, quase fazendo a moça derrubar os papéis que carregava consigo.

    -“Desculpe, Aiko-chan! Estou com pressa!”- Raito sorriu em resposta e parou de correr, mas andava tão rapidamente e de forma tão desengonçada que era um ato indistinguívelde uma corrida, na prática.

    -“Raito-kun, bom dia!”- Gritou-lhe uma menina mais nova, pequena e de cabelos muito compridos.

    -“Bom dia, Yuri-chan!”- Raito correu de costas por um segundo enquanto cumprimentava a colega com um sorriso e um aceno exagerado.

    -“Raito, já está com pressa de novo?”- O diretor do orfanato era um homem muito gordo e careca, e tinha uns óculos de armação muito grossa que faziam seu rosto parecer ainda mais redondo, mas que era sempre muito atencioso com todas as crianças.

    -“Lamento muitíssimo, Gorou-sama!”- Raito uniu as mãos e pediu desculpas rápidas ao diretor, mas manteve o passo apressado, o que fez o homem apenas soltar um suspiro e balançar a cabeça em reprovação branda.

    -“Yami-kun, não vá se atrasar pra escola novamente!”- A cozinheira já conhecia a tandência de Raito a sempre se atrasar e já o esperava com um pão com manteiga em um pacote, que Raito agarrou e continuou com sua corrida rumo a estação de trem.

    -“Yukiko-san, você é uma santa!”- o rapaz gritou enquanto acenava para a moça que o respondia com um sorriso e um grande aceno, desejando boa viagem ao garoto apressado.

    As pessoas da vizinhança cumprimentavam Raito quando ele passava e ele respondia a todos os cumprimentos com sorrisos iluminados. Atrasou-se um pouco pra ajudar Noriko Baa-chan a atravessar a rua.

    O que lhe rendeu alguns minutos de conversa com a idosa, que vivia dizendo-lhe que estava muito magro e lhe perguntando se estava comendo suficiente. Raito sempre se divertia quando a velha senhora lhe dizia que “não estava com uma cor muito boa”. No caso de Raito, muitas vezes isso pode ter mais de um significado.

    Quando o a voz mecânica anunciou nos alto-faltantes do trem que havia chegado na estação desejada, Raito piscou, devolvendo o foco à visão, e notou que havia desenhado de forma automática no caderno os rostos de Nana e Ryuchi. O rapaz sorriu para o papel e fechou o caderno. E retomou a sua corrida desabalada até os amigos, que encontrou junto à estátua.

    Ao invés de diminuir a velocidade, acelerou. Pulou o mais alto que pôde e deu uma voadora em Ryuchi, mesmo que isso provavelmente tenha sido muito mais ridículo do que heroico.

    -“JUSTICE KICK!!”- gritou de forma galhofeira para o amigo, que já conhecia o trâmite de brincadeira.







    Gelatto
    Garou de Posto Cinco
    Gelatto
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2208
    Reputação : 69
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh25.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh19.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh38.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh46.png

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Empty Re: Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken

    Mensagem por Gelatto em Seg Dez 09, 2019 9:58 pm






    Yukio Nishiya

    Idade:16 anos

    Personalidade:Otimista, animado e altruísta

    Hobbys:Origamis, doces e caligrafia



    Centro de Tokushima, quatro anos atrás...


    -"OAK FISTS OF PAIN!"

    -"SAKURA LEAF SWORD!"

    -"LEAPING RAKE!"


    Os três heróis atacavam em conjunto o enorme vilão que aterrorizava Tokushima em Shikoku. O herói Justice Oak se protegia com uma armadura de madeira enquanto desferia poderosos socos com seus braços revestidos de madeira tão rígida quanto o aço. Ao seu lado sua esposa e também heroína Sakura Flower emanava uma espada formada com milhares de pétalas de sakura afiadas a ponto de cortar até rochas. E o líder da agência, Garou Sensei, cujo corpo enorme se assemelhava a uma fera lupina com presas e garras afiadas, saltava rasgando tudo no seu caminho. Os três lutavam contra um supervilão enorme de uns seis metros de altura, aparência de oni, chifres de boi, pele avermelhada e pêlos de tigre. Este vilão não estava cadastrado no banco de dados da polícia. Posteriormente foi batizado pela mídia de Oniushitora.

    A agência de heróis de Garou Sensei atuava em Tokushima. Dois de seus membros eram o casal Saori e Hideki Nishiya, respectivamente Sakura Flower e Justice Oak. Hideki era primo de Shinji Nishiya, o Kamui Woods, um herói de Tóquio. O casal possuía um filho de doze anos, Yukio Nishiya, que era o maior fã do casal e desejava se tornar um herói como seus pais, objetivo este apoiado pelos pais, apesar da sua individualidade ser tão frágil (Yukio manipulava o papel), até as pétalas que sua mãe controlava podiam cortar o mais duro material, bastava treinar e comer para crescer forte e saudável - este era o lema da família. A família era original de Shizuoka, mas se mudou para Tokushima quando Yukio tinha 6 anos.

    Estavam em patrulha quando Yukio, que acabava de comprar pão doce recheado de uma confeitaria ali próxima, os encontrou e repartiu o pão com eles, que deixava seus pais orgulhosos da sua generosidade. A felicidade da família foi interrompida quando um grande barulho se ouviu e uma explosão próxima chamou os heróis para o dever. A Yukio foi pedido que buscasse abrigo longe dali, mas o garoto queria ver seus pais em ação, eram seu orgulho e modelos, então, seguiu eles até o local. Se Yukio pudesse voltar no tempo, ele teria feito exatamente o contrário.

    Entre entulhos, destroços e poeira, uma imagem de um enorme vilão aos poucos surgia, aterrorizando e destruindo tudo em volta. Justice Oak e Sakura Flower entraram na batalha para deter a ameaça. Aos poucos outros heróis da agência foram chegando a ajudando na evacuação e resgate dos feridos, enquanto o próprio Garou Sensei entrou no combate ao lado dos pais de Yukio, que conseguiu evitar a evacuação e a tudo assistia admirado, sem se preocupar com a própria segurança. O combate era intenso, o supervilão não sentia cansaço nem os golpes especiais dos heróis. A cada passo que avançada, mais destruição causava. Mas os heróis não exitavam nem se abalavam, lutavam com perseverança e esperanças.

    Oniushitora gritou de agonia quando o ataque em conjunto foi sentido. Sua pele rachou, sangue vermelho escuro jorrou, ele se ajoelhou. A insistência do trio de heróis finalmente estava dando resultado. Empolgado, Yukio correu para mais próximo, acreditando na vitória dos pais e gritava eufórico -"Toma esta seu vilão feio!" enquanto jogava pedras nele - já que seus papéis nada surtiriam efeito -, e foi aí que seus pais o perceberam e correram para protegê-lo. Este foi o momento em que Oniushitora precisava para se recompor e contra-atacar.

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken 612fa08b0c885a517803fa28f18a81e3ab2e825e_00

    -"UNHOLY PUNISHMENT OF DARKNESS!"

    O vilão berrou de raiva com toda a força. Ele ergueu as mãos para cima, lanternas luminescentes surgiam em torno dele, ele estava preparando alguma técnica especial, as lanternas estavam sugando a luz do local e ficando cada vez mais escuras, até que, da escuridão que se formou, foi liberada uma energia escura poderosa em toda a região. A explosão causada foi confundida com um terremoto. Uma cratera do tamanho de uma quadra se formou no centro de Tokushima. Muitas vítimas foram feitas neste dia. Garou Sensei sobrevivera graças à sua resistência e regeneração superiores, mas os pais de Yukio haviam se posto em torno do filho para protegê-lo e acabaram pegos na explosão. Estavam gravemente feridos e inconscientes. Yukio sobreviveu com ferimentos medianos graças aos seus pais. Oniushitora desaparecera junto da explosão e nunca mais fora visto. Yukio gritava e chorava sem entender como seus pais perderam.






    Hospital de Tokushima, época atual...


    Uma porta se abre fazendo barulho. Yukio, agora com 16 anos, acorda de repente. Estava sentado em uma cadeira ao lado de dois leitos onde um homem e uma mulher estavam deitados, em coma. Yukio esfrega os olhos, como se acordasse de um pesadelo. Toda a noite que passava no hospital ele sonhava com aquele dia há quatro anos. Por sua culpa, seus pais estavam em coma e debilitados. Pela porta entra um homem de terno bem vestido, tinha a aparência de uma fera selvagem. Era Garou Sensei.

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken 0a9c3c071bde59bb9e5fc7baf7d45b7d

    -"Yukio, não me diga que passou a noite novamente aqui? Eu também tenho culpa pelo que aconteceu naquele dia. Você não precisa carregar este fardo sozinho. Não se culpe pelo que aconteceu. Utilize isso para ser alguém melhor na vida, carregue consigo os sentimentos dos seus pais e seja uma boa pessoa como eles. E para isso, você precisa se cuidar. E comer. Então ele entrega um saco com uma bento fresca e uma garrifinha de suco de caju. Yukio imediatamente começa a comer, estava faminto.

    -"Obrigado, sensei! Nhac! Nhac!" A animação e largo sorriso característicos de Yukio lhe voltaram ao rosto.

    -"Quando acabar, preciso que arrume suas coisas. Consegui uma oportunidade de tratamento em Shizuoka. Você se mudará para lá.", dizia de forma ríspida e nada aberto a discussões. E discutir contra uma chance dos seus pais acordarem não estava nos planos de Yukio.

    Yukio engasga, bate no peito enquanto toma o suco de forma desesperada. Remexendo seus pensamentos, Shizuoka não lhe parecia ser um lugar estranho.

    ?
    Hellkite
    Sacerdote de Cthulhu
    Hellkite
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2984
    Reputação : 217
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Empty Re: Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken

    Mensagem por Hellkite em Ter Dez 10, 2019 2:41 pm





    BOKU NO HERO - NARRAÇÃO

    Nana tinha sido a primeira a chegar na praça, e sentia o bater do vento frio em seus braços. Que gelo! Começou a saltitar para se esquentar, e decidiu que comer um pão poderia talvez ativar seu metabolismo.

    Ryuchi ao ver a garota saltitando já descobriu que era sua amiga, e solicito entregou uma blusa para ela. Estava feliz por poder reencontrar Nana.

    Subito, sons de passos ecoando pela praça, Ryuchi, que estava de costas, se vira para ver o que era...

    JUSTICE KICK! Sua face esquerda encontra a sola do sapato de Raito, seu pescoço virando para o lado devido a intensidade da voadora. Nana ve que seu amigo de cabelos verdes estava numa pose que parecia de um lutador de kick boxing, faltando apenas estar com a faixa no cabelo e o peito desnudo.

    Raito leva a mão na cabeça, rindo.

    “Eae! Parece que eu peguei um pouco pesado dessa v...”, diz, quando é interrompido por um soco na barriga que o faz perder o ar.

    RETALIATION PUNCH! Ryuchi com um uppercut acerta com tal força que faz Raito sair voando em círculos. Quando ele retorna, cai estatelado no chão.

    DOUBLE HAMMER STRIKE! Nana acerta um soco simultâneo na nuca dos dois! “Isso é jeito de se cumprimentar os amigos!!”, grita na orelha de Raito e Ryuchi.

    Silencio. Os três olham em torno da praça. Os transeuntes, com medo, estão paralisados, diante da forma brutal que aqueles delinquentes agem.

    Uma figura observa escondido a tudo aquilo...

    **

    Após conversarem brevemente, o trio parte da pracinha em direção da escola de ensino médio Shizuoka Kita. Os três estavam vestidos tradicionalmente com os uniformes escolares, como era de praxe em todas as escolas do Japão, e sabendo que estavam no horário, caminham sem muita pressa.

    Pelo caminho memorizam coisas importantes, como farmácias, papelarias e lojinhas de jogos eletrônicos, e veem prováveis colegas de escola, alguns com individualidades mais pronunciadas, daquelas que alteram a aparência, como a de Raito. Felizmente numa sociedade de individualidades, pessoas de aparência fora do normal eram tratadas com todo o respeito que lhes era devido.

    Alguns estudantes também estavam em grupinhos, e um deles falava bem alto. “O que, sério!? Um herói profissional vai visitar nossa escola!?? Que demais!!”

    “Será o All-Might? Será?”
    “Nossa, sou muito fã do All-Might!”
    “Prefiro a Midnight...”

    Off: Deixo para vocês o encontro do Yukio com o trio ternura... Se quiserem criar a cena de um bullying também esta valendo.
    Off: TEMPUREITO COPU POWER!
    ?
    Gelatto
    Garou de Posto Cinco
    Gelatto
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2208
    Reputação : 69
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh25.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh19.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh38.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh46.png

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Empty Re: Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken

    Mensagem por Gelatto em Qui Dez 12, 2019 9:59 am






    Yukio Nishiya  

    Idade:16 anos

    Personalidade:Otimista, animado e altruísta

    Hobbys:Origamis, doces e caligrafia


    Periferia de Shizuoka, hoje...


    Yukio estava em frente ao espelho, terminava de dar o nó na sua gravata. Estava vestido com seu uniforme da sua antiga escola em Tokushima pois o uniforme para sua nova escola de Shizuoka Kita ainda não ficara pronto. A mudança de distrito foi tão repentina que muitos detalhes ficaram sem acerto.

    Garou Sensei providenciou toda a mudança. Matriculou Yukio na nova escola de ensino médio, alugou um quarto para Yukio e cuidou da transferência de seus pais para o Hospital de Shizuoka onde poderiam cuidar melhor dos dois. Nas últimas semanas, Garou Sensei cuidou de todos os trâmites, mas Yukio só ficou sabendo disso dois dias atrás.

    O apartamento de Yukio de número 2B ficava no primeiro andar de um prédio de apartamentos de três andares na periferia de Shizuola. Era um apartamento pequeno, havia um cômodo que servia como quarto e sala, com uma cama de solteiro; uma escrivaninha com um notebook e impressora; uma pequena mesinha de centro com algumas almofadas sobre um tapete redondo; uma pequena estante com alguns livros, a maioria de culinária e alguns mangás, além de um garage kit do All Might faltando uma de suas "antenas"; havia um armário de roupas embutido na parede ao lado de uma porta de correr que leva a um pequeno banheiro com chuveiro - havia um problema no aquecedor e a água era gelada pela manhã-; e outra porta de correr que leva a uma pequena cozinha com um fogão, geladeira e armários, bem apertada por sinal. Este era seu novo lar. Yukio já sentia saudades da casa espaçosa em Tokushima.

    Hoje é o primeiro dia de aula de Yukio na nova escola. Yukio tem poucas lembranças de Shizuoka, sabia que morou aqui quando pequeno antes dos seus pais irem embora para a agência do Garou Sensei. O hospital de Shizuoka estava desenvolvendo um novo tratamento para traumas que levassem ao coma e Garou Sensei achou melhor transferir os pais de Yukio para cá com esperanças de que acordem e melhorem. Yukio estava todo animado. Estava confiante no tratamento. Sabia que poderia demorar, mas tinha fé que seus pais acordariam e lhe dariam uma bronca por se colocar em perigo daquele jeito. Yukio mal esperava por este dia.

    Yukio sai do apartamento tão animado que se esquece de tomar o café da manhã, e entra em um trem até Shizuoka Kita, que ficava do outro lado do distrito. Mas o garoto decide descer duas estações antes, apesar do frio repentino, estava um bom dia para caminhar e não queria desperdiçá-lo. Ele caminha e reconhece o uniforme de Shizuoka Kita em alguns adolecentes que estão indo para a escola. É um trajeto bem movimentado com muitos alunos indo em uma direção e vários trabalhadores indo na direção contrária.

    -"Bom dia, companheiros de escola!", ia cumprimentando os outros e causando estranheza - seu uniforme não era o mesmo deles, deviam achar que Yukio era algum maluco, mas isso não abalava sua animação. Nada abalaria. Então ouve o som de uma buzina alta que lhe chama a atenção!

    Continua...


    ?
    Larissa Aprill
    Troubleshooter
    Larissa Aprill
    Troubleshooter

    Mensagens : 842
    Reputação : 84
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Empty Re: Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken

    Mensagem por Larissa Aprill em Qui Dez 12, 2019 3:17 pm







    Nana Higashi

    Idade: 16 anos

    Personalidade: Gentil, alegre, prestativa e acolhedora

    Hobby: Costurar bonecas de pano, cuidar de animais de rua e ler livros



    O vento frio parecia cortar a pele da menina, ela tentava abraçar o corpo para se esquentar. Então ela viu um rapaz de cabelos negros e com os braços coberto de tatuagem. Algumas pessoas iriam até atravessar a calçada por pensarem que o jovem se tratava de um delinquente. Mas a menina sorriu e começou a acenar de volta para o amigo.

    - Bom dia, Ryuchi-kun!

    Para sua surpresa o garoto tira uma blusa extra da mochila e a menina quase chora de emoção. Ela coloca o agasalho e cora com o comentário do jovem. Como ele sabia que ela saiu com pressa?

    - Obrigado, não sei o que faria sem vocês. - Nana sorriu tímida.

    Nessa hora eles escutam sons de passos se aproximando. Um jovem de cabelos verdes, ela reconhece Raito, seu amigo de infância. Ele começa a cair do céu e dá um chute no rosto do moreno. E como resposta Ryuchi, retribui o gesto com um soco no estômago do outro. Algumas pessoas começaram a comentar sobre a cena e uma enorme gota de vergonha alheia brotou na testa da menina.

    "Quando eles vão aprender a se comportar??"

    Nana já tinha visto os dois brincando de heróis a vários anos e percebeu que a tática infalível para encerrar aquele assunto seria ela entrar no meio da briga. Por mais que a menina não fosse forte, deu dois socos nas nucas dos rapazes e pegou os dois pela orelha enquanto dava uma bronca neles na praça. Nana percebe que as pessoas ainda os encaravam.

    - Me desculpem!!- Faz uma reverência e abaixa a cabeça dos dois amigos juntos.- Isso não vai mais acontecer… Desculpa…. Desculpa….

    Nana se desculpa pelo comportamento agressivo deles e logo o grupo partiu em direção a escola. O trio caminhava tranquilo pela rua, quando um grupo mais a frente falavam alto sobre a visita de um herói profissional.

    - Hey… vocês estão ansiosos?? Quem será?? Eu queria que fosse o Eraser I love you- Disse alegre como sempre

    Enquanto eles conversavam sobre a chegada do herói, Nana vê uma criança do primário correndo alguns metros a frente. O garotinho de cabelos ruivos parecia perseguir uma bola colorida que quicava pela rua.

    - Cuidado!!!

    Tudo estava acontecendo muito rápido. Assim que Nana percebeu o perigo ela gritou, mas sabia que não conseguiria chegar a tempo. A buzina do carro cortou a manhã de forma estridente.


    Tellurian
    Tecnocrata
    Tellurian
    Tecnocrata

    Mensagens : 340
    Reputação : 27
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Empty Re: Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken

    Mensagem por Tellurian em Seg Dez 16, 2019 9:22 am






    Raito Yami

    Idade:16 anos

    Personalidade:Inteligente, ingênuo, doce e gentil. Não aceita a injustiça


    Raito sempre teve dificuldades em esconder seus sentimentos das pessoas. Sua individualidade (que o garoto sempre lamentava ser completamente inútil) modificava o tom da sua pele para diferentes cores, de acordo com os sentimentos do rapaz. Quanto mais intensa a sensação, mais vívidas eram as cores que a pele, cabelos e olhos do rapaz adotavam.

    Caso se concentrasse, Raito era capaz de controlar a mudança e ocultar seus reais sentimentos, mas dada sua personalidade descontraída e distraída, ele quase sempre apenas se lembrava disso quando já era tarde demais. Apenas as pessoas mais próximas ao garoto conheciam os padrões de cores e sabiam o que eles significavam, mas o resultado estava ali para todos verem. A pele normalmente bastante branca do rapaz estava agora com um tom discreto de violeta, com os olhos alaranjados e os cabelos ainda verdes. Ele não conseguia (ou não se lembrava de) ocultar sua excitação com a presença de um herói profissional na escola.

    -“O Eraser é legal, mas tem que ser o All Might!! Eu quero um autógrafo!!”- o garoto tinha um sorriso amplo estampado no rosto, e falava com alegria aos amigos.

    E então a calmaria da manhã idílica foi interrompida pela dura realidade. O som de uma bola quicando, o grito de Nana, a buzina estridente, o som agudo de pneus se queimando contra o asfalto em uma tentativa desesperada de parar o carro a tempo. Tudo acontecera rápido demais, e havia pouco tempo hábil para que Raito reagisse.

    A criança corria despreocupadamente em direção à rua, sem atentar aos carros que passavam em velocidade perigosa. Raito não percebeu o perigo a tempo, abrindo os olhos apenas após o grito de Nana. A buzina do carro já cortava o ar matinal quando Raito começou a correr. Os sons ao seu redor pareciam esmorecer, e tudo parecia estar em câmera lenta. Os cabelos e pele do rapaz adotaram tons alvos como a neve , e os olhos agora tão dourados como uma moeda antiga estavam fixos na criança em perigo. Raito era um rapaz franzino, mas sempre fora um pouco mais rápido e com melhores reflexos do que as outras crianças. A respiração lhe queimava na garganta pelo esforço repentino, mas ele corria o mais rápido que suas pernas lhe permitiam.

    Os olhos áureos fitaram o carro em uma fração de segundo e analisaram a velocidade do carro e a distância que o separava da criança. O raciocínio poderoso de Raito trabalhou e a verdade terrível já se enraizava em seu peito: Não vai dar tempo. Mas Raito tinha de tentar.



    Tristan
    Samurai Urbano
    Tristan
    Samurai Urbano

    Mensagens : 105
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Empty Re: Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken

    Mensagem por Tristan em Ter Dez 17, 2019 9:23 pm










    Ryuchi Ken


    Idade:16 anos

    Personalidade: Aventureiro, misterioso, sarcástico e inteligente

    Hobbies: Música, esportes e livros.




    Ryuchi normalmente prestava mais atenção ao seu redor, mas naquela manhã o garoto estava tão ansioso em encontrar seus amigos que não percebeu Raito se aproximando e antes que pudesse reagir levou uma senhora voadora com os dois pés na cara. Acostumado com as pancadas Ryuchi respondeu o "cumprimento" mais rápido que  Raito esperava fazendo uso da individualidade de seu irmão apenas para aumentar sua velocidade não dando tempo para que Raito respondesse.


    Ryuchi: - Bom dia!! Raitoo-kunnn

    Falou o garoto enquanto encaixava um belo soco no estomago de Raito, mas para a surpresa dos dois antes que ambos continuassem com a "brincadeira" Nana surpreendeu os dois com um belo murrão na nuca, enquanto no mesmo instante puxava os dois pela orelha fazendo os se desculpar com as pessoas que passavam pela praça. Ryuchi não era acostumado a se desculpar pelas coisas que fazia, salve guarde quando era algo muito desagradável ou que o fizesse se sentir mal, as coisas fluíam de forma normal, os jovens seguiam seu caminho até a escola enquanto memorizam o caminho e ouviam alguns jovens conversarem em tom alto sobre a presença de um heroi na escola.

    Nana: - Hey… vocês estão ansiosos?? Quem será?? Eu queria que fosse o Eraser

    Raito: - O Eraser é legal, mas tem que ser o All Might!! Eu quero um autógrafo!!

    Ryuchi pensou por alguns segundo antes de responder, ele era um grande fã de herois como a maioria das pessoas no pais, mas ele era um pouco mais aficionado com o trabalho dos herois e costumava fazer muitas anotações principalmente sobre as individualidades deles, incluindo as de vilões conhecidos ou que possuíam registros públicos.

    Ryuchi: - Concordo com você Raito, seria muito maneiro que fosse o All Might, eu queria muito conhece-lo pessoalmente.

    O garoto estava muito mais animado agora e não via a hora de chegar na escola, como um grande fã ele sonhava em conhecer All Might pessoalmente. O trio seguia seu caminho até a escola enquanto conversava, Ryuchi estava distraído conversando quando todos ouviram o barulho de uma derrapagem chamando a atenção de todos, um garotinho corria em direção a rua atrás de uma bola, o grupo estava longe demais e apesar de rápido nem mesmo Ryuchi poderia alcançar o garoto a tempo mas mesmo assim correu junto de Raito. Aquele era o momento que separava as pessoas comuns dos herois, mas nada poderia ser feito... Ryuchi mesmo com todos seus esforços não alcançaria a tempo o garoto e uma tragédia aconteceria.
















    Gelatto
    Garou de Posto Cinco
    Gelatto
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2208
    Reputação : 69
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh25.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh19.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh38.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh46.png

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Empty Re: Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken

    Mensagem por Gelatto em Ter Dez 17, 2019 11:12 pm






    Yukio Nishiya  

    Idade:16 anos

    Personalidade:Otimista, animado e altruísta

    Hobbys:Origamis, doces e caligrafia


    Yukio teve sua atenção direcionada ao som da buzina seguido de uma freada brusca de um carro que avançava sobre uma criança que correu na rua atrás de sua bola. Foi um instante de susto e preocupação de todos que estavam ali próximos e viam a cena. Alguns paralisaram de medo, outros levavam as mãos ao rosto ou desviavam o olhar como se não quisessem testemunhar a tragédia que está por vir, e alguns alunos corriam na direção para fazer algo, mas estavam longe, a consciência comum era que não dava tempo de salvar a criança.

    Mas não para Yukio. O garoto não se entregou ao desespero. Estava próximo da calçada, bem na direção do ocorrido. Pode-se dizer que fora o destino que quis assim. O que se seguiu foi um ato impulsivo e altruísta de Yukio: ele correu na direção do garoto, ignorou a bola, e pulou com toda sua determinação a fim de salvar a criança. Um ato suicida, alguns pensaram.

    O esforço de Yukio não fora em vão. Ele conseguira alcançar a criança. Vindo do lado oposto, ele saltou de encontro à criança enquanto o som da freada ficava mais alto e o cheiro da borracha queimada já alcançava suas narinas. A adrenalina subiu e Yukio perdeu momentaneamente o controle do seu poder, soltando algumas folhas em branco de papéis em diversos formatos e tamanhos que descascavam da sua pele enquanto abraçava forte o garoto com o objetivo de aterrissar em segurança na outra calçada longe do caminho do carro.

    Yukio girava no ar com a criança abraçada fortemente enquanto via tudo ao redor. Pessoas ainda assustadas, outros alunos com o braço esticado e com a mão na direção da criança como se desejassem ajudá-la. A sensação de um ato heroico que deixaria seus pais orgulhosos o fez com que perdesse a concentração e errasse a aterrissagem: a nuca de Yukio vai de encontro com a sarjeta, uma pancada forte e audível que lhe fez soltar mais e mais papéis pelo local, deixando a rua parecendo um dia de eleição. A criança estava salva com apenas o joelho ralado, mas Yukio perdera a consciência, sua cabeça sangrava e precisava de socorro urgente.

    ?
    Larissa Aprill
    Troubleshooter
    Larissa Aprill
    Troubleshooter

    Mensagens : 842
    Reputação : 84
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Empty Re: Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken

    Mensagem por Larissa Aprill em Qua Dez 18, 2019 5:22 pm







    Nana Higashi

    Idade: 16 anos

    Personalidade: Gentil, alegre, prestativa e acolhedora

    Hobby: Costurar bonecas de pano, cuidar de animais de rua e ler livros



    Nana viu Raito e Ryuchi correndo na sua frente. Eles estavam tentando salvar a criança. A menina correu para alcança-los enquanto o carro freiava e o cheiro de borracha queimada invadia a rua.

    A menina viu de relance um garoto pulando para a rua. Papéis e origamis de vários tamanhos e formatos surgiram e se espalharam pela rua. Algumas folhas em branco também eram levadas pelo vento. A menina parou de correr, já estava sem fôlego e parado perto do carro estava os dois amigos.

    Nana não queria ver nenhuma tragédia, não queria ver o garotinho morto. Por isso se escondeu atrás das costas de Ryuchi. Ela tomou coragem para espiar, mas ainda usava o amigo, que virou tipo um escudo para afastar a visão de uma cena chocante. Nana viu que o garotinho estava vivo e chorava, talvez pelo joelho ralado. Ao seu lado estava o garoto que pulou para a rua. Ele estava deitado no chão imóvel. E ao redor deles tinha milhares de papel.

    "Uffa...ainda bem que o garotinho não morreu. Espera….aquilo é sangue??"

    A garota percebeu os papéis se manchando de vermelho e se aproximou do garoto caído. Só então percebeu que ele havia batido a cabeça na guia.

    - Eu vou ver como ele está.

    A menina se aproximou do jovem desacordado, ele estava usando um uniforme diferente do dela, mas ela tinha a sensação de já ter visto o rapaz antes. Nana se sentou ao lado do rapaz e tocou na sua testa. Assim que fechou os olhos, imagens do corpo humano formava na mente da jovem, logo percebeu que o impacto causado na queda, fez uma rachadura no crânio na região occiptal. Felizmente o acidente foi recente e o cérebro dele não apresentava nenhum trauma ou inchaço.

    " Eu nunca tratei um ferimento tão grave assim, mas é basicamente estancar o sangramento. Foi sorte ele não ter batido a coluna cervical ou poderia ficar com alguma seqüela e eu não saberia como resolver."

    Ela olhou rapidamente para os dois amigos e fez um aceno com a cabeça. Eles entenderiam que Nana iria curar o jovem. Mas antes precisava mudar o rapaz de posição.

    - Raito, Ryuchi me ajudem. Preciso que vocês deitem o garoto no meu colo e garotinho vem aqui… vou fazer seu dodói ir embora, ok?

    Enquanto aguardava os meninos ajudarem, Nana tocou no joelho do garotinho e uma luz verde emanou da sua mão. Em segundos o arranhão havia sumido..

    - Certo… agora é sua vez.

    O rapaz estava deitado sobre suas coxas e Nana apoiou as mãos na cabeça do rapaz. Ela começou a mandar sua energia para as palmas das mãos, a cor verde estava mais vibrante do que a minutos atrás. Provavelmente por ser um ferimento mais grave a garota estava calada e concentrada no seu trabalho. Passado alguns minutos analisou que a fratura no crânio estava quase cicatrizada, mas o rapaz continuava perdendo muito sangue. Tanto que sua saia já estava manchada por causa disso.

    " Se continuar assim o organismo dele não vai resistir e ele pode entrar em choque hipovolêmico."

    Nana franze a testa preocupada, precisava pensar numa solução. Os amigos conseguia perceber que algo estava errado, normalmente a menina não demorava mais do que alguns segundos para tratar os arranhões deles. Mas já havia passado minutos e o rapaz ainda não tinha acordado.

    " Ele precisa de sangue e dos glóbulos brancos para estancar o sangramento… então eu preciso aumentar a produção de medula óssea. Nesse caso, posso usar o osso esterno."

    Nana manteve uma mão na cabeça do rapaz e apoiou a outra sobre o peito dele. Nunca tinha tentado fazer dois tratamento ao mesmo tempo e percebeu que estava quase no limite do seu poder. Mas aos poucos a fratura do crânio se regenerou e ela conseguia ver os glóbulos nandando pela circulação do jovem. Só precisava aguentar mais um pouco até repor a quantidade de sangue perdido.

    " Pronto… consegui"

    Ela tinha usado todo seu poder, por conta disso não tinha forças para se levantar. E além do cansaço físico, a garota apresentava uma reação ao uso demasiado da cura. Algo que ela deixava trancado em seu coração vinha a tona.

    " Você é uma completa inútil… não tem capacidade de salvar alguém pois é fraca… sua família tem razão em odia-la. Você é um estorvo."

    Nana cobriu os ouvidos com as mãos, mas a voz continuava a machucando com suas palavras. A garota começou a chorar, pois não sabia o que fazer. Ela só queria sumir.


    Hellkite
    Sacerdote de Cthulhu
    Hellkite
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2984
    Reputação : 217
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Empty Re: Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken

    Mensagem por Hellkite em Sab Dez 21, 2019 9:33 am





    BOKU NO HERO - NARRAÇÃO
    A manhã daquele início escolar teria sido como qualquer outra, não fosse a bola colorida que quicava pela rua, e a criança que corria despreocupadamente atrás dela.

    O motorista do carro, pego de surpresa, arregalou os olhos, e meteu a mão na buzina.

    Todos os que estavam próximos viraram instintivamente para ver o que acontecia, e em suas mentes já imaginavam o terrível impacto. Nana, Raito e Ryuchi estavam longe e nada podiam fazer.

    Mas Yukio estava ao alcance, e seu sangue de herói o fez agir. Saltou e agarrou a criança, e por pouco ambos não foram atingidos pelo carro. Porem o momento de seus corpos fez com que Yukio em seu movimento batesse a cabeça, permanecendo desacordado.

    O período de paralisia em todos passou, e logo foram socorrer o jovem herói. Uma pequena aglomeração se formou, e comentários sobre a coragem daquele jovem rapaz se faziam ouvir pela multidão.

    Nana, sem prestar atenção nas outras pessoas se aproximou, e tanto Raito quanto Ryuchi explicaram para os que estavam próximos que a garota tinha uma individualidade de cura. Com as mãos sobre Yukio, uma luminosidade surge nelas, e após alguns minutos de tratamento, o inchaço e vermelhidão de sua cabeça diminui, sobrando apenas alguns traços de sangue coagulado em seu rosto.

    O resgate chega, isolando o local e afastando os curiosos. Eles colocam Yukio em uma maca e perguntam mais informações sobre o ocorrido, e logo partem em direção do hospital local.

    **

    NANA, RAITO, RYUCHI:

    Passado o susto, era hora de seguir com a vida. O trio ternura logo chega no colegio Shizuoka Kita, e junto com outros estudantes verifica a sala de aula que deveriam ir.

    Na sala de aula Nana, Raito e Ryuchi sentaram-se próximos, e conversavam entre si enquanto aguardavam a chegada da professora. O caso do salvamento do garoto era comentário por todas as rodinhas de alunos, e vira e mexe um ou outro apontava em direção de Nana, falando em voz baixa como ela tinha curado o rapaz corajoso que tinha pulado na frente do carro. Claro, também haviam os invejosos ou maldosos que diziam que salvar alguém e se machucar tão gravemente apenas mudaria quem seria a vitima, mas fazer o que?

    A sala começa então a fazer um burburinho, com cada um se sentando apressada e corretamente em seu lugar e permanecendo em silencio.

    Então entra uma pessoa pela sala.

    Ela tinha a pele vermelha como o diabo, alias, ela era como uma diaba mesmo, com chifres e rabinho. Tinha cabelos brancos e orelhas pontudas, e usava óculos de lentes cor de rosa.

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Oni210

    “Hajimemashite! Douzo youroshiku onegaishimasu! Meu nome é Sasori Hasumi, e eu serei a professora coordenadora da classe de vocês! Sei que me chamam de Coisa Ruim por ai, por motivos óbvios, mas não acreditem antes de experimentar...”

    Ela põe as mãos na cintura e observa a classe. Ninguem tinha coragem de dizer um A.

    “OK! Como é de praxe, que tal começarmos com as apresentações? Não quero nem saber se voce é tímido ou não, vai ter que falar, ou então vou pegar no seu pé durante o ano inteiro! Cada um vai falar seu nome, sua idade e sua experiência anterior, e também como é sua individualidade... e depois quero que escolham alguém para ser seu parceiro para uma atividade. Fora da sua panelinha!”, diz, lançando um rápido olhar para o trio ternura.

    Sasori Sensei ajeita os óculos e olha para a lista de chamada.

    “Vamos começar com... Nana Higashi!”

    Off: Depois seguem Raito e Ryushi kkk


    YUKIO:

    Yukio aos poucos sente sua consciência retornando, um tremeluzir das formas ao seu redor. Pouco a pouco, uma forma conhecida vai ser formando a sua frente. A forma de Garou Sensei.

    “Au. Não acredito que sempre te vejo no hospital, garoto...”, diz, mas bate a mão amigavelmente no ombro do rapaz, “bom trabalho... O sangue de herói corre em suas veias.”

    Ao lado de Garou estava um medico do hospital.

    “Parece que o rapaz esta em perfeitas condições! Fiz todos os exames, e o trauma na cabeça foi completamente curado. Pelo que ouvi falar, parece que alguém com uma individualidade medica fez um trabalho excelente. Esta liberado!”, diz sorrindo o profissional de saúde.

    Garou já esta com a mochila da escola em mãos. “Vamos, eu te dou uma carona! Au.”
    ?
    Gelatto
    Garou de Posto Cinco
    Gelatto
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2208
    Reputação : 69
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh25.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh19.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh38.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh46.png

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Empty Re: Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken

    Mensagem por Gelatto em Sab Dez 21, 2019 10:40 am






    Yukio Nishiya  

    Idade:16 anos

    Personalidade:Otimista, animado e altruísta

    Hobbys:Origamis, doces e caligrafia


    [Sleep]Yukio nas terras oníricas...

    O pôr do sol já apontava no horizonte, as crianças do parquinho já estavam indo para suas casas, apenas duas restavam, um garotinho de cabelo escuro curto e uma garotinha de cabelo rosa preso em duas trancinhas. Eram amigos inseparáveis e as outras crianças diziam que eram tão amigos que vieram do mesmo berçário. Enquanto o sol não se pusesse por completo elas não iriam para casa, queriam aproveitar cada segundo do dia para brincarem, mesmo que levassem bronca dos pais depois por chegarem tarde em casa.

    Yukio era o garotinho, a outra garotinha era... quem era mesmo? Yukio olhava para ela e não conseguia ver seu rosto, via apenas sua boca, ela dizendo alguma coisa... o que ela disse mesmo? Parecia algo importante, mas Yukio ouve uma voz o chamando, era sua mãe, eles já iam partir. Uma caminhão de mudanças estava parado em frente de uma casa próxima. Yukio abraça a garotinha e diz algo... o que ele disse mesmo? Então ele corre até sua mãe, ambos entram em um carro cujo motorista é o pai de Yukio e então partem, seguidos pelo caminhão de mudanças. Yukio abre o vidro da janela lateral e olha por ela, acenando um adeus. A garotinha corre atrás do carro por uma quadra, acenando e gritando algo... o que ela gritou mesmo? Então um som de freada seca e uma forte buzina surge do nada!

    Um cheiro perfumado preenche o ar, um calor aconchegante toma conta do corpo de Yukio, o rosto da garotinha aparece novamente em sua mente, e novamente Yukio não consegue ver seu rosto, apenas o cabelo rosa e os lábios dizendo algo sobre sua condição, parecia bem preocupada. Mas havia algo diferente, haviam outras vozes desconhecidas, havia dor, havia preocupação, havia uma luz esverdeada tranquilizante, e o formato do rosto não parecia mais com o de uma garotinha..." [/Sleep]



    Yukio acorda em um leito de hospital. Sua cabeça doía um pouco, seu ouvido ainda zunia, então vê o rosto familiar de Garou-Sensei, que comentava algo sobre heroísmo, e então Yukio se lembra da criança correndo atrás da bola no meio da rua e se ergue rapidamente da cama, rapidamente falando:

    -"O que aconteceu? E a criança!? O que aconteceu com ela? Ela está bem?"

    Diante da notícia que a criança estava bem, Yukio se acalmou e voltou a se deitar. Estava cansado. Devem ter dado algo para ele se recuperar. Então o médico explica sua condição e lhe dá alta. Yukio fica surpreso, alguém o salvou! Garou Sensei está mais animado que o normal e como sempre não vai dar espaço para descansar, hora de ir para escola. Yukio sai da cama e se ajoelha em frente de Garou Sensei, tocando o chão com sua testa e levando as mãos à frente, fica curvado pedindo perdão:

    -"Perdão, sensei! Eu não fui bom o bastante! Pensei só na criança e não em mim e acabei dando trabalho para todo mundo! Você devia estar enfrentando o crime e não perdendo seu tempo com um fraco como eu! Prometo que vou melhorar! Vou trazer orgulho para meus pais! Perdão!"

    Acaba se lembrando de um detalhe que o médico disse, sobre alguém com individualidade médica que o curou no local. Então, Yukio se levanta, vai até um espelho e começa a falar todo curioso e procurar por alguma marca de beijo.

    -"Garou Sensei! Quem me curou? Foi a Recovery Girl? Ah, foi ela, não foi? Diz aí!"

    ?
    Tristan
    Samurai Urbano
    Tristan
    Samurai Urbano

    Mensagens : 105
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Empty Re: Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken

    Mensagem por Tristan em Sab Dez 28, 2019 10:47 pm










    Ryuchi Ken


    Idade:16 anos

    Personalidade: Aventureiro, misterioso, sarcástico e inteligente

    Hobbies: Música, esportes e livros.




    Tudo havia acontecido muito rápido, quando Ryuchi se deu conta Nana já estava com o garoto no colo se preparando para cura-lo, o trio tinha uma boa ligação e quase sempre percebiam o que qualquer um eles pretendia fazer sem precisar falar. Ryuchi tentava acalmar as pessoas em volta para que não se aproximassem, poderiam tirar a concentração da garota e atrapalhar a cura.

    Ryuchi: - Por favor se afastem, não se aproximem eles precisam de ar.

    Ryuchi falava tentando acalmar os nervos mas a quem ele estava enganando, ele mesmo estava nervoso, apesar de confiar nas habilidades da amiga, era a primeira vez que ela curava um ferimento tão grave.

    Após alguns minutos de desespero todos ali presentes se sentiam mais aliviados, o ferimento havia fechado e o sangramento parado, Ryuchi soltou um suspiro de alivio se aproximando de Nana quando a primeira lagrima escorreu no rosto da garota, Ryuchi sentiu que sua amiga estava em colapso, gastar tanta energia a deixaria no fundo do poço e alguém precisava jogar uma corda para tirar ela de lá.

    Ryuchi: - Nana-chan você fez um bom trabalho, salvou a vida desse garoto e deixou todos aqui orgulhosos de você, não chore.

    Ryuchi não era muito bom em demonstrar seus sentimentos mas ele não poderia deixar sua amiga sozinha naquele momento e enquanto falava se abaixou perto da garota sentando nos seus calcanhares sem encostar os joelhos no chão, colocando uma das mãos na cabeça da amiga. sorrindo e fazendo um cafuné na tentativa de traze-la de volta para a o mundo real.

    O susto foi momentaneo e o grupo seguiu para a escola, Ryuchi estava ansioso para saber quem seria o professor da turma e qual era o heroi misterioso que faria uma aparição na escola, na porta do colégio Ryuchi não podia deixar de notar a enorme variedade de estudantes com peculiaridades incriveis que despertavam o lado curioso de Ryuchi, encontrado o numero da sala onde o trio ficaria Ryuchi foi logo escolhendo o melhor lugar onde poderia observar todos os alunos enquanto fazia suas anotações.

    O burburinho dentro da sala de aula incomodava Ryuchi, quase todos os alunos cochicavam algo enquanto apontavam para Nana um ou outro aluno se abstinha do assunto e permanecia calado até que a professora entrou na sala de aula fazendo com que todos os alunos se sentassem em seus lugares e colocando ordem no recinto.

    “Hajimemashite! Douzo youroshiku onegaishimasu! Meu nome é Sasori Hasumi, e eu serei a professora coordenadora da classe de vocês! Sei que me chamam de Coisa Ruim por ai, por motivos óbvios, mas não acreditem antes de experimentar...”
    Ela põe as mãos na cintura e observa a classe. Ninguem tinha coragem de dizer um A.

    “OK! Como é de praxe, que tal começarmos com as apresentações? Não quero nem saber se voce é tímido ou não, vai ter que falar, ou então vou pegar no seu pé durante o ano inteiro! Cada um vai falar seu nome, sua idade e sua experiência anterior, e também como é sua individualidade... e depois quero que escolham alguém para ser seu parceiro para uma atividade. Fora da sua panelinha!”, diz, lançando um rápido olhar para o trio ternura.


    Ryuchi sorriu ao ouvir a professora falar, o grupo sendo os primeiros a se apresentarem daria mais tempo para que Ryuchi anotasse cada uma das individualidades dos alunos no seu caderno, isso deixava o garoto empolgado e logo após Nana ele seria o próximo a se levantar.
    Tellurian
    Tecnocrata
    Tellurian
    Tecnocrata

    Mensagens : 340
    Reputação : 27
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Empty Re: Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken

    Mensagem por Tellurian em Dom Dez 29, 2019 12:54 am






    Raito Yami

    Idade:16 anos

    Personalidade:Inteligente, ingênuo, doce e gentil. Não aceita a injustiça

    Raito podia ouvir as batidas do próprio coração. Nada mais tinha som, nada mais tinha cor, nada mais parecia existir. Havia só ele, o menino, e o carro em movimento.

    Porém, a distância era grande demais. O menino estava longe demais. O carro estava rápido demais. Mas a verdade cruel, que o cérebro de Raito ja havia calculado antes mesmo de começar a correr, era rejeitada pelo seu coração. O rapaz não desistiria. Ele não pararia de correr. Tentaria até o último segundo, até a última gota de suor... Até o último suspiro.

    Mas o lado racional de Raito era grande, mesmo que não mais comandasse seus movimentos. E ele sabia que não daria tempo. No último segundo, o desespero superou a coordenação motora, e Raito falhou em manter um passo seguro em sua corrida. Pisou em falso, trocando a passada antes da hora, e acabou caindo.

    Sentiu-se golpeado pela própria inépcia, pela própria estupidez. Falhara em salvar o garotinho. Uma vida infantil fora o custo de sua incompetência.

    Porém, no último segundo, um milagre. Um jovem rapaz fora mais rápido. Conseguiu salvar o garotinho, mesmo que ao custo de si mesmo.

    "Oh, não", Raito pensou quando viu o sangue tingindo de vermelho os papéis brancos que o vento espalhava na rua.

    Mas Nana estava lá. As luzes que emanavam da moça, curando aqueles que ela protegia sempre supreendiam e encantavam o rapaz, não importa quantas vezes ele visse. O verde, ora palido, ora vibrante, era sempre lindo de se ver. E trazia sempre ao coração de todos que viam aquele calor de conforto, de lugar seguro.

    Quando a moça exauriu suas forças, Raito soube o que viria. Ao dar a outro sua própria positividade, em um sacrifício que era em si a essência do heroísmo, Nana sucumbia a um estado de tristeza e desânimo.

    Raito se aproximou da amiga, tocando seus ombros.

    -"Nana, você fez um excelente trabalho. Eu sei que você está se sentindo mal agora, por isso eu vou ficar aqui do seu lado, sem falar nada."- e sentou-se ao lado da moça afotando um padrão zebrado em sua pele que ele lembrava que sempre a fazia rir.

    Quando chegaram à escola, Raito sentou-se em sua cadeira. Pelo jeito, esse ano ele sentaria distante de Nana e Ryuchi. Praguejou o azar de ficar longe dos amigos, mas buscou conforto no fato de ao menos estarem todos na mesma sala novamente.

    Quando a professora chamou Nana para se apresentar, Raito sorriu. Mesmo sem perceber, já começava a traçar a face da amiga em seu caderno, enquanto ela falava.
    Larissa Aprill
    Troubleshooter
    Larissa Aprill
    Troubleshooter

    Mensagens : 842
    Reputação : 84
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Empty Re: Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken

    Mensagem por Larissa Aprill em Dom Dez 29, 2019 9:22 am







    Nana Higashi

    Idade: 16 anos

    Personalidade: Gentil, alegre, prestativa e acolhedora

    Hobby: Costurar bonecas de pano, cuidar de animais de rua e ler livros


    A menina sentia um aperto no peito e se lembrou de um episódio de infância quando tinha 4 anos e ficou trancada sozinha num lugar escuro por várias horas. A sensação era a mesma, parecia que seria sufocada pelas sombras. Uma lágrima escorreu pelo seu rosto e acabou pingando sobre o rosto do rapaz desacordado.

    Nana continuava com os pensamentos negativos. Quando Ryuchi agachou ao seu lado e fez um cafuné nos cabelos rosas da menina. Isso fez a garota sair do torpor que estava. Raito também se aproximou e tinha listras pretas espalhadas pelo corpo inteiro. Os dois tinham palavras de incentivo à jovem e isso conseguiu animá-la, fazendo as sombras recuarem um pouco.

    - Obrigada pessoal! - Disse ao limpar o canto dos olhos com um pequeno sorriso

    Eles ficaram juntos até o resgate chegar e levarem o menino para o hospital. Nana esperava que o rapaz ficasse bem. Então o trio começou a caminhar rumo a escola.

    Ao chegar na sala de aula e a menina se sente incomodada com os comentários.

    "É fácil as pessoas julgarem...todos imaginam o que fazer em certas situações, mas poucos tem coragem de arriscar sua vida por outra pessoa"

    Os murmúrios cessam de repente. Uma mulher entra na sala e tinha uma aparência diabólica. E para sua surpresa, a menina foi escolhida para se apresentar primeiro. Nana busca o olhar dos amigos para encorajar e se levanta da cadeira.

    - Eu me chamo Nana Higashi e tenho 16 anos. Eu consigo curar as pessoas através do toque. E hoje foi a primeira vez que salvei alguém com meu poder.

    A menina encara a professora por alguns minutos, esperava que sua apresentação tivesse sido boa o suficiente. E agora vinha a parte difícil, eles tinham que escolher alguém para fazer uma atividade. Nana olha para Raito e Ryuchi, mas não poderiam ficar juntos. Então ela repara num menino sentado no fundo da sala e ele usava um tapa olho. Ela aponta na direção do rapaz e volta a se sentar.


    Tristan
    Samurai Urbano
    Tristan
    Samurai Urbano

    Mensagens : 105
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Empty Re: Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken

    Mensagem por Tristan em Qui Jan 02, 2020 12:17 am










    Ryuchi Ken


    Idade:16 anos

    Personalidade: Aventureiro, misterioso, sarcástico e inteligente

    Hobbies: Música, esportes e livros.




    Ryuchi permanecia sentado aguardando que sua vez de se apresentar, ele observava todos os alunos na sala e procurava alguém interessante entre eles, varias pessoas chamaram sua atenção mas entre elas havia uma garotada que se destacava, não era por sua aparência ou qualquer outra coisa fisica..

    Ela possuia uma presença distinta, parecia ser alguém muito inteligente e isto era algo muito importante já que  Ryuchi seria forçado a formar uma dupla com um desconhecido, ele evitaria os alunos mais deslocados e principalmente os que ele julgava "lerdos".

    Ryuchi aguardou até que  Nana terminasse e logo em seguida se levantou, sem muita pressa ele seguiu caminhando até a frente da sala, se aproximou da professora que estava encostada no quadro negro, respirou fundo por dois segundos e de forma energetica se apresentou. .

    - Sou Ryuchi Ken, tenho 16 anos, minha invididualidade aumenta minha capacidade fisica e pulmonar....

    O garoto então parou por um segundo, olhou para a sala e continuou sua apresentação.

    - Adoro fazer anotações e gostaria de contar com a ajuda de todos para concluir meu caderno deste ano..

    Ryuchi então se curvou em forma de agradecimento a todos ali presentes, olhou para a professora aguardando permissão para voltar para sua carteira mas antes apontou para a garota entretida com seus aparatos eletronicos escolhendo assim sua dupla, agora restava esperar que a mesma aceitasse.











    Hellkite
    Sacerdote de Cthulhu
    Hellkite
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2984
    Reputação : 217
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Empty Re: Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken

    Mensagem por Hellkite em Seg Jan 06, 2020 1:32 pm





    BOKU NO HERO - NARRAÇÃO

    As apresentações se seguem na sala 1-2, sendo algumas curtas e outras mais longas. Percebe-se um certo clima de descontração entre os alunos, a sensei Sasori demonstrando ser do tipo mais liberal, incentivando com piadinhas e complementando com curiosidades. Nem todos falam abertamente de suas individualidades, alguns deles omitindo esta informação... a professora acena com a cabeça, respeitando o direito de sigilo de cada um.

    Depois desta rodada inicial, os alunos sentam-se com os pares escolhidos, conversando brevemente para se conhecerem. Após alguns minutos a Oni orienta todos a irem para a quadra, dando um tempo extra para se trocarem nos vestiários.

    **

    A quadra de esportes de Shizuoka Kita era moderna e bem cuidada, com seu piso de taco de madeira pintado com diversas faixas, para a pratica de esportes variados. Tinha uma arquibancada enorme, que acompanhava toda a extensão da quadra, podendo abrigar uma grande torcida. Muitas vezes a quadra da escola era utilizada pelas equipes locais da cidade para campeonatos.

    Sasori e sua turma estavam reunidos em uma das metades da quadra, quando chegam os dois últimos que faltavam: Ayaka e Yukio. A professora força a vista para tentar reconhecer o aluno novo, e logo acena com a cabeça.

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Th_sen10
    “Ah sim, pode chegar mais, Yukio... Turma, este é o aluno que estava faltando, Yukio Nishiya! Você é muito caxias mesmo, hein? Se eu fosse voce, tinha ficado em casa aproveitando o fato de ter sido atropelado. Mas pelo menos deve estar bem, senão não tinha vindo para ca... Depois preciso falar com a direção, os caras nem para me avisarem direito! Afe...”

    Os outros alunos começam a murmurar entre si, falando sobre o salvamento que o Yukio tinha feito naquela manhã.

    A Sensei se vira para o resto da classe.

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Th_sen10
    “Shhh, silencio! Eu falei para vocês conversarem? OK, todos agora formando suas duplas... O novato herói vai ficar com o que sobrou, Yutaka Honda. É o seguinte...”, diz, e do nada aparece uma bola de basquete em sua mão, que ela começa a girar com um dedo só, “vai ser uma disputa de duplas de basquete... quem marcar três cestas primeiro ganha! Individualidades liberadas, só lembrem que a quadra é patrimônio publico, quem destruir alguma coisa vai ficar de castigo o resto do ano!”

    Sasori então começa a bater a bola no chão, desviando dos alunos com a agilidade e a velocidade de um lince, até que da um grande impulso, prende seu rabinho pontudo no suporte da cesta e enterra de costas.

    Ela vai ao chão graciosamente e faz uma reverencia, como uma atriz depois de uma apresentação.

    Varias palmas!
    “Uhu, é isso ai, Sensei!”
    “Você é demais!”
    “SUA ROUPA RASGOU, SENSEI!!!!!”

    A sensei da um sorriso sem graça, cobrindo a parte rasgada da roupa com as mãos.

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Th_sen10
    “Bem vou me trocar também... Enquanto isto, façam as suas estratégias! Deem o melhor de si!”

    Off: Façam as estratégias! Voce pode dar dicas ao parceiro de duplas... Ele pode aceitar ou não.
    ?
    Gelatto
    Garou de Posto Cinco
    Gelatto
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2208
    Reputação : 69
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh25.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh19.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh38.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh46.png

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Empty Re: Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken

    Mensagem por Gelatto em Ter Jan 07, 2020 9:31 am






    Yukio Nishiya  

    Idade:16 anos

    Personalidade:Otimista, animado e altruísta

    Hobbys:Origamis, doces e caligrafia


    Ayaka fora bem cortês em mostrar para o Yukio onde a turma da sala 1-2 estava reunida. Passaram por diversos corredores onde Yukio podia ouvir o som das aulas das demais classes. E a caminhada o levou até um prédio adjacente onde se localizava moderna quadra de esportes da escola. Yukio ficou admirado com o tamanho da quadra. Quando chegam ao destino, Yukio se vira para Ayaka e a agradece, novamente curvando o corpo:

    -"Muito obrigado, Ayaka-chan! Se não fosse por você eu teria me perdido aqui!"

    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Th_sen10
    “Ah sim, pode chegar mais, Yukio... Turma, este é o aluno que estava faltando, Yukio Nishiya! Você é muito caxias mesmo, hein? Se eu fosse voce, tinha ficado em casa aproveitando o fato de ter sido atropelado. Mas pelo menos deve estar bem, senão não tinha vindo para ca... Depois preciso falar com a direção, os caras nem para me avisarem direito! Afe...”

    Yukio dá alguns passos apressados até próximo da turma quando a professora os chama. Ela tinha uma daquelas individualidades que alteravam o corpo, parecia um oni, e, por um momento, Yukio torceu o nariz, relembrando do infeliz incidente há alguns anos com seus pais. Em um primeiro momento, deseja ser cortês com a classe, então, ao chegar próximo, faz novo cumprimento dobrando seu corpo, se apresentando para a turma:

    -"Sou o aluno transferido de Tokushima, me chamo Yukio Nishiya! Muito prazer! Por favor, cuidem bem de mim!"

    Então, se vira para a professora, sem alterar a postura e diz sem rodeios, suando um pouco:

    -"Por favor! Não me mate! Você é parente do Oniushitora?"

    Em meio a conversas e risadas, a professora oni pede silêncio. Yukio não sabe dizer se ela ignorou a pergunta que fez ou se ela apenas não o ouviu, mas é certo que sua presença causava medo nos alunos que prontamente seguiam suas ordens. Logo ela explica como será o exercício: uma partida de basquete em duplas com individualidades liberadas e cuidado com o patrimônio da escola. Ela faz uma demonstração com toda sua agilidade, graça, técnica e efeito colateral de se usar roupas nada propícias para exercícios. Yukio chega a corar diante da cena.

    Enquanto a professora Sasori vai se trocar, os alunos começam a se reunir em duplas e Yukio ficou com Yutaka Honda. Ele se aproxima do novo colega de classe, leva a mão até a ele para cumprimentá-lo amigavelmente.

    -"Muito prazer, Honda-san! Vamos dar o nosso melhor!"


    ?
    Conteúdo patrocinado


    Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken Empty Re: Boku no Hero World - Nana/Raito/Ken

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Ago 06, 2020 7:07 pm