Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor

    Hylian
    Mutante
    Hylian
    Mutante

    Mensagens : 688
    Reputação : 77
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png

    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor Empty PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor

    Mensagem por Hylian em Qua Fev 05, 2020 6:00 pm






    Mensagens de um Traidor




    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor C51843bc9a907aea952572969c450b2ac2c15661r1-480-500v2_uhq


    Era tarde da noite quando nossa história finalmente se iniciava. O imenso véu negro revestia o céu brilhoso repleto de estrelas, embora a neblina densa dificultasse a visão. Como tiros de rojões, no mais alto do céu era possível ouvir a ira de Tupã representada por explosões de raio que formavam fortes trovoadas pelo caminho. Os primeiros pingos gélidos de uma chuva violenta que se formava ricocheteavam na madeira avermelhada que compunha o corpo físico da enorme caravela que avançava sem dificuldades pelos extensos rios brasileiros; ela faria uma viagem improvável partindo do extremo sul do Rio Grande do Sul, percorrendo cada um dos vinte e seis estados do país até finalmente chegar ao seu destino final. A tormenta não tardou mais do que cinco minutos em castigar os rios e gigante de madeira que parecia ainda manter o controle sobre a situação, como sele não fosse a primeira nem a centésima vez que fazia o mesmo percurso. O vento ficava cada vez mais violento e rápido a medida que a caravela avançava pela tormenta, o que era muito bom, já que sua força ajudava a empurras as diversas velas encantadas que serviam como “motor” para levar o transporte adiante.

    Do interior da caravela, alunos de todas as idades, bem como professores e funcionários podiam assistir de suas cabines o “show” que os guardiões apresentavam com louvor. A grande maioria dos estudantes ocupavam um enorme salão no interior do navio, composto de mesas, cadeiras, sofás e até colchonetes muito confortáveis para passarem a longa noite. Apenas os monitores, professores e demais funcionários podiam aproveitar o benefício de uma cabine mais aconchegante e própria.

    O fenômeno que acontecia do lado de fora não era tão comum assim, o que levantou uma leve preocupação por parte dos alunos e principalmente dos adultos responsáveis, mas ainda assim, todos acreditavam fielmente na segurança da caravela, pois esta já havia provado anteriormente que não cedia tão fácil aos perigos naturais.

    “Poeira em alto mar?” Perguntaram-se todos, apesar de que estavam longe dos oceanos e, naquele momento, já avançavam para o sudeste do país. Era impossível enxergar o que quer que fosse através das janelas e finalmente o Vice-Diretor, o Sr. Abigail Montez proibira qualquer um de sair do interior da caravela; as áreas externas estavam fora de acesso.




    @Raijecki @Bravos
    29 de Fevereiro de 2021
    Estação: Verão, Temperatura: 17ºC, Previsão: Descubram...
    Localização: Suldeste - Brasil.



    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor C19da9326b9622f0f0e11c4d1678c9e6



    Mesmo com fortes encantamentos, o chacoalhar violento da caravela tentando atravessar tais problemas, era possível sentir um leve tremelique em seu interior. Os professores e funcionários que dividiam uma cabine própria já não mais olhavam pelas janelas, uma vez que era inútil, mas se sentiam nervosos com a situação. As lamparinas que com o chacoalhar criavam um ambiente fantasmagórico com iluminação tremida.

    –  Parece que teremos uma noite difícil... – Comentou uma funcionária que tentava equilibrar a xícara sem permitir que seu conteúdo caísse sobre seu longo vestido branco.

    Um silêncio incomodo pairou no ambiente...

    Abigail Montez mantinha-se imóvel com as pernas cruzadas sentado sobre o solo frio de madeira vermelho-escuro e diante da lareira que mantinha o ambiente aquecido, o vice-diretor canalizava sua energia embarcando em uma meditação solitária e ninguém se atrevia a incomoda-lo naquele momento.

    Existia três portas que levavam a dois diferentes lugares, sendo uma dupla e uma solitária do outro lado ao fim de uma escada. Abigail só mexeu quebrando o seu transe quando, por uma situação nada comum, a porta dupla fora golpeada do lado de fora três vezes e ele fizera sinal para que Lindovan, o zelador mal encarado, a abrisse. Ao fazê-lo, não havia ninguém do outro lado e apenas a escuridão se fazia presente até a porta, mas Estevão Tribuzi e Cornélio Fagundes, em particular, notaram como se o ar que pairava diante da porta aberta tivesse ficado levemente turvo. Abigail também pareceu notar, mas manteve-se em silêncio. O ar se agitara e a presença de algo ou alguém parecia adentrar no local, mas de longe não parecia ser perigoso.

    Lindovan olhou para todos como se buscasse um esclarecimento de alguém, como se ele não suspeitasse que isso poderia ter sido alguma brincadeira estúpida de um dos alunos. O homem bufou aborrecido e logo fechara a porta atrás de si, desejando estar sozinho para ter seus acessos de ira que o ajudavam a se acalmar.





    @Shmul @Lnrd
    29 de Fevereiro de 2021
    Estação: Verão, Temperatura: 12ºC, Previsão: Descubram...
    Localização: Suldeste - Brasil.



    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor 73e939bda02f87cc1af68620cb77a7dc



    Os inúmeros dormitórios ficavam no nível mais baixo do navio, onde apenas o silêncio era quebrado pelos diversos sons provocados pelo fundo dos rios que formavam uma “estrada” até o destino final daquela tripulação. O longo e sinuoso corredor que levava até as centenas de quartos compartidos estava deserto, bem como todos os quartos, exceto talvez por dois ilustres visitantes que haviam sido convidados de última hora para regressarem a Castelo Bruxo, o motivo nenhum deles realmente sabia, mas haviam aceitado a proposta há poucos dias.

    Sésznio estava sobre a cama que escolhera para si, não era muito confortável, mas o suficiente para descansar o corpo cansado para uma noite que estava apenas começando. No mesmo quarto jazia Jean que provavelmente optara por deixar o agito e aglomeração de pessoas pelo silêncio e descanso dos dormitórios. O quarto não era muito grande e pouco iluminado por um único candelabro que balançava com o chacoalhar da Caravela. Vez ou outra as cinco velas pareciam quase apagar, mas retomavam força e voltavam a brilhar intensamente criando um aspecto fantasmagórico no local.

    A única porta do quarto abrira lentamente produzindo um rangido chato de arder a espinha. Era possível ver não muita coisa no corredor, já que ele não era iluminado e a luz do quarto não chegava tão longe, mas Sésznio  e Jean tiveram uma leve impressão de terem ouvido o que parecia ser um canto que se tornava mais alto melancólico sobre o passar dos segundos que se estendiam.










    Shmul
    Troubleshooter
    Shmul
    Troubleshooter

    Mensagens : 875
    Reputação : 18

    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor Empty Re: PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor

    Mensagem por Shmul em Sex Fev 07, 2020 9:35 am

    - Eu não me lembrava da viagem até CasteloBruxo ser tão “animada”, quando ainda era estudante – se levantou de supetão para olhar novamente a janela enquanto puxava conversa com seu colega de quarto - Podíamos ter aparatado próximo do destino e só no final pegar a embarcação, assim não perderíamos tempo, mas o Vice-Diretor foi deveras persuasivo para pegarmos a embarcação desde o começo – e então, contemplou um poderoso raio que cruzou as nuvens na horizontal, com seu som reverberando e estalando as madeiras da embarcação, e exclamou encantado “Tupa-cinunga”.

    – Você tem ideia do motivo do seu convite? – voltou sua atenção a fim analisar as reações de Jean-Marie, quando a porta se abriu lentamente trazendo consigo uma triste e sinistra canção. – Por Anhum, que música é esta? – arregalou seus grandes olhos negros como jabuticabas.
    Bravos
    Antediluviano
    Bravos
    Antediluviano

    Mensagens : 3936
    Reputação : 289
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor Empty Re: PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor

    Mensagem por Bravos em Sex Fev 07, 2020 11:34 am

    O vento castigava a embarcação. Estevão estava sentado, lendo um livro novo de herbologia que havia adquirido dois dias antes de partir de volta para CasteloBruxo. Ia utilizá-lo para suas pesquisas próprias e estar atualizado era importantíssimo, no fim das contas. Um silêncio incômodo pairava na cabine de funcionários e foi interrompido por batidas de porta. O zelador foi abrir a pedido do vice-diretor.

    Estevão encarou a porta vazia e notou a leve distorção do ar. Não esboçou muitas reações. Virou-se para Cornélio e falou baixo, para que ele apenas escutasse: - Viu isso? Acha que é palhaçada de alunos? Melhor acabar antes que fique incômodo. - Estevão não era exatamente um poço de paciência e por si, já teria lançado um feitiço para derrubar quem quer que fosse, somente pela ousadia. - Essa viagem já é longa o bastante sem gracinhas.
    Lnrd
    Troubleshooter
    Lnrd
    Troubleshooter

    Mensagens : 854
    Reputação : 32
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor Empty Re: PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor

    Mensagem por Lnrd em Sex Fev 07, 2020 5:11 pm

    Estando certo ou errado, Jean-Marie imaginava que tudo possível contra aquela arrebentação toda havia sido providenciado pela direção, restando apenas esperar o tempo e a tempestade passarem. De toda a forma, precisava de um momento consigo depois de toda a agitação da viagem. Conseguira uma mão cheia de guloseimas da cozinha do barco e rumara ao aconchego do quarto de madeira.

    Mesmo que não estivessem propriamente na escola, a sensação de “estar de volta” era curiosa. As casas, as competições, as confusões... . Não seria estranho que se pegasse, talvez por simples reflexo, obedecendo à ordem de alguma professora ou professor. Ou parando para calcular se havia ainda algum trabalho esquecido pendente. Ou quem sabe inquirindo estudantes jovens sobre atividades noturnas suspeitas. O tempo na monitoria o deixara bastante desconfiado desse tipo de movimentação, por mais que acabasse fazendo vista-grossa para... praticamente tudo.

    Não tinha problema com travessias de barco, mas também não era a opção favorita dele. Ainda mais agora, que nem paisagem havia para se observar. Afundar preso naquela “barriga” parecia desconfortável e a chuva não parecia um lugar convidativo de se aventurar. Voar seria arriscado. Não recordava sobre algum aviso contra aparatar atravessando uma turbulência como aquela.

    E ainda havia o irmão. Não o encontrara ainda e esperava que tivesse recebido o recado sobre a presença dele lá, tendo anotado mentalmente que devia procura-lo mais tarde. Isso é, se ele estivesse também lá.

    “Aquele é o 'Wanderful' Séznio? O das varinhas?”, perguntara a si ao ver-se confinado àquele dormitório provisório com um colega de quarto mais velho e “desconhecido”. Sentira-se um tanto quanto encabulado, mas sabia que bastava dois dedos de concentração, um pouco de foco na respiração e a tranquilidade logo viria.

    Estava longe de ser um expert na área, mas era impossível não ter o mínimo de conhecimento sobre um instrumento tão central à vida bruxa. Ainda mais em tratando-se do equipamento principal de seu esporte favorito, de modo que algumas marcas não lhe eram de todo um segredo: estudar duelistas era ter alguma familiaridade sobre as “armas” deles.

    Lembrara-se de ter visitado a mostra de antiguidades no Museu Nacional e não podia imaginar o quanto aquela perda teria sio dura ao companheiro, de forma que não pensara em tocar no assunto. Porém, quase como uma criança querendo mostrar orgulhosa seus brinquedos a um adulto, não conseguia evitar o pensamento de pedir ao especialista que avaliasse a varinha que ele trazia. Elogiaria a fabricação do objeto e o cuidado que Jean-Marie tinha com ele ou alguém como ele se aborreceria com algo tão “vulgar”? – não que ela fosse “comum”, mas não era nenhuma relíquia.

    Felizmente, não tivera tempo para aquela vergonha: “Você tem ideia do motivo do seu convite?”, questionara Séznio. Ele saíra da posição deitada, sentando-se no meio da cama, pronto para dizer algo. Mas detivera-se, palavras morrendo antes de saírem pela boca semiaberta.

    Era irracional aquele medo, mas, ao saber que a direção de Castelo Bruxo o convocara, a primeira coisa que pensara fora: “vão revogar meu diploma?”. Não se passava anos como aluno num lugar daqueles sem que alguns – vários – segredinhos ficassem debaixo do tapete. O problema era saber qual deles tinha sido descoberto.

    “Não, não”, corrigira-se mentalmente. Devia ser outra coisa. Um emprego. Apesar dos pesares, sempre fora muito dedicado e prestativo. Mesmo que não fosse o mais notável de todos, ao menos esforçara-se.
    - Não faço ideia – resumiu, de alguma forma fugindo ao problema.

    Quando a porta abrira, direcionara o olha a ela, esperando que alguém viesse logo atrás. Quase dissera "Crispin", mas deparara-se apenas com aquela canção.
    - Lumos – disse erguendo a varinha, tentando perscrutar as sombras do corredor.
    Raijecki
    Mestre Jedi
    Raijecki
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1381
    Reputação : 62
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor Empty Re: PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor

    Mensagem por Raijecki em Dom Fev 09, 2020 12:01 pm



    Cornélio Fagundes






    Mais um ano a serviço de Castelobruxo, o templo dourado do mundo mágico sul-americano. Adentrara aquela magnifica escola como apenas um simples garoto mestiço e um tanto baixinho e gordinho - sempre fora bom de garfo, especialmente pelo suculento churrasco gaudério - e saíra um exímio mestre dos feitiços - e alguns bons quilos a menos e centímetros a mais - aos seus 17 anos. Não tardou para que seus mais recentes feitos, como continuar o legado de sua família nos mais diversos livros de feitiços chamasse a atenção da direção daquele estabelecimento, e logo aos 20 anos, voltava a ela, mas agora como um membro oficial do corpo docente.

    Aquele já seria seu terceiro ano como professor, bem como seu segundo como chefe de sua casa - a direção optou por "esperar para ver" em seu primeiro antes de lhe conceder tal honra - então estava aos poucos, se habituando a ter mais responsabilidades. Ah, e lidar com crianças e adolescentes não era nada fácil, sua passividade e paciência eram testados em praticamente todos o momentos. Somente após começar com suas atuais funções foi que entendera seus antigos professores, e mesmo tendo sido um aluno dedicado e ficado geralmente fora de travessuras, se sentia um pouco culpado por despreza-los as vezes.

    Passara as férias dividido entre a residencia de seus pais no vilarejo bruxo Tribruxalista no sul do país e na de sua recém noiva, a professora de transfiguração Nicoleta Garibaldi. Os Garibaldi eram grandes produtores de bebidas, em especifico de vinhos bruxos, então já podem imaginar nosso estimado professor de feitiços bebendo apenas bebidas não alcoolizadas durante a famigerada travessia da caravela á Castelobruxo. Mesmo um bruxo, continuava sendo um humano no fim das contas.

    As águas sulistas até ali se encontravam mais agitadas que o normal, mas Cornélio não se preocupava muito, era mais um traço de sua personalidade, não levar as coisas tão a sério e aproveitar a vida, especificamente focando em seus estudos sobre feitiços e agora também com os preparativos para seu vindouro casamento. "Missão divina da esperança e renovação" era um dos lemas de sua casa, a Gralha Azul. Passou a cerimônia dos guardiões entre aplausos e garfadas, era tipico de seu feitio abaixar a cabeça e se alimentar em silencio durante os banquetes, e os banquetes de Castelobruxo eram famosíssimos e dignos de inveja até em outras escolas bruxas pelo mundo. Após a cerimonia, se dirigiu aos cômodos das autoridades da escola, um privilégio que detinham naquele navio, visto que os alunos ficavam geralmente "amontoados" no salão principal, mas os encantamentos aumentavam significantemente o espaço, então tudo era mordomia e conforto.

    Os professores e o vice-diretor Montez se reuniam em uma aconchegante sala com lareira - sim, uma lareira em um navio de madeira, o mundo bruxo é fascinante - e realizavam suas ultimas atividades antes de adentrar o mundo dos sonhos. O melhor amigo de Nélio, Estevão, estudava seu livro de herbologia com afinco, e o professor imaginava quanto tempo demoraria para que o antigo colega enfim virasse também um professor e chefe de casa. O vice-diretor meditava como sempre depois do jantar, o motivo Nélio só poderia imaginar, mas duvidada de que fosse apenas por uma digestão melhor. Sentia falta de Nicoleta desde a cerimonia inicial, mas sabia que a moça era implacável quando quisesse, então provavelmente não deveria se meter em suas responsabilidades. Eram noivos, não donos um do outro.

    Cornélio se espreguiçava depois de tanto ler e reler mais um livro sobre feitiços, e já se ajeitava para se retirar á sua cabine particular quando algo estranho acontecera. Uma das portas que levava ao lado de fora da caravela fora golpeada com vigor pelo menos umas três vezes, e a pedido de Montez, o zelador a abrira para ver o que tinha acontecido, mas não encontrara nada. Porém, Cornélio reparara uma distorção no ar antes que a porta fosse fechada novamente.

    "Bah, era só o que me faltava, um metido tentando entrar na cabine da direção..." - Logo pensou, mas Estevão fora mais rápido e o falava baixinho sobre como proceder. As regras eram claras e deveriam ser cumpridas, por mais que o silencio de Montez - que claramente também percebera o intruso - fosse intrigante. - "Montez não fará nada? Está me testando?" - Era comum os superiores testarem seus subordinados antes de os promoverem, mas cornélio já havia passado por isso em seu primeiro ano como professor, mas infelizmente não detinha de tanto tempo como gostaria para pensar sobre isso naquele instante.

    - Sim, eu vi, gostaria de só ir dormir, mas né, responsabilidades... - Respondera a Estevão em mais um cochicho entre os dois e acenando com a cabeça na direção do vice-diretor. Então ainda sentado, sacudiu sua varinha na direção do vulto distorcido e declarou com convicção dois feitiços seguidos, mas sem exagerar no volume:

    - Homenum Revelio. - O encantamento da revelação e depois: - Petrificus Totalus. - O feitiço da petrificação, onde os braços e as pernas do alvo ficam imóveis, coladas ao corpo, afinal de contas o intruso não poderia fugir sem antes ser reprendido pela direção.

    - Parece que alguém vai perder pontos para sua casa já no inicio do ano... - Comentava para seus colegas ali, antes de se levantar com certa preguiça e ir de encontro com o intruso.

    ***

    Off: Utilizei meu talento "Acelerar Magia" para utilizar duas magias em um único turno. Fico no aguardo do mestre caso precise rolar teste das magias se o alvo for mais forte do que Nélio acha que é.






    Hylian
    Mutante
    Hylian
    Mutante

    Mensagens : 688
    Reputação : 77
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png

    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor Empty Re: PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor

    Mensagem por Hylian em Ter Fev 11, 2020 3:40 pm






    Mensagens de um Traidor




    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor C51843bc9a907aea952572969c450b2ac2c15661r1-480-500v2_uhq



    @Raijecki @Bravos
    29 de Fevereiro de 2021
    Estação: Verão, Temperatura: 17ºC, Previsão: Descubram...
    Localização: Suldeste - Brasil.



    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor C19da9326b9622f0f0e11c4d1678c9e6



    A magia reveladora do “Homenum Revelio” avançou pelos ares fazendo o caminho entre seu conjurador e a vítima que não estava mais do que três metros a diante. Um clarão de cor dourada atingira o que antes parecia ser apenas uma distorção no ar e a mesma começou a tomar forma: Não tinha mais do que um metro e sessenta de altura, o que indicava que possivelmente poderia ser um aluno, mas ainda não era possível ver-lhe o rosto nas frações de segundos a seguir. Os braços e pernas do mesmo enrijeceram junto ao tronco do corpo como se ele tivesse sido colado e sem poder se mover, graças a azaração de petrificação. O corpo, uma vez revelado caíra inerte sobre o assoalho carpetado diante do corpo docente e demais funcionários. Abigail não se mexeu, nem mesmo abriu os olhos, continuava vagando em sua meditação, como se nada ali lhe importasse.

    A maioria dos que lá estavam reconheceram os lisos e volumosos cabelos loiros da jovem monitora da Gralha-Azul. Tinha um rostinho angelical, porém naquele momento parecia pálida, os lábios azulados de frio e seu corpo gélido tinha dificuldades de produzir qualquer energia de calor. A menina soltava um breve chiado, pois tinha dificuldades para respirar, talvez amaldiçoada com alguma doença respiratória.

    Anahi, você? – perguntou Alexandra Mastri. Uma mulher alta de pelo menos um metro e setenta e cinco, cabelos negros e lisos que chegavam até a sua cintura. Tinha um corpo magro e fino, um nariz pontudo, olhos arregalados e cobertos por um óculos vermelho, lábios rubros e um rosto levemente corado.

    No momento em que a Sra. Mastri puxava do interior de sua longa veste a sua própria varinha, foi que a caravela chacoalhou com mais força, provavelmente atingida por algo em sue trajeto pelo longo e interminável rio que os levaria ainda para o sudeste. Os móveis encantados para não saírem de sua posição foram as únicas coisas q se mantiveram. Estevão e Cornelio sentiram seus corpos serem jogados a pelo menos dois metros de distância. O que parecia que faria com que o navio virasse, foi alarme em falso.





    @Shmul @Lnrd
    29 de Fevereiro de 2021
    Estação: Verão, Temperatura: 12ºC, Previsão: Descubram...
    Localização: Suldeste - Brasil.



    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor 73e939bda02f87cc1af68620cb77a7dc



    Sésznio e Jean notaram que o candelabro parecia se agitar e suas chamas dançavam em harmonia com a estranha melodia que vinha do corredor mal iluminado.
    No momento em que Jean utilizou-se de sua magia para aumentar a claridade e, por tabela, tentar enxergar melhor por entre o breu que cobria o corredor, ambos os protagonistas ali presentes puderam notar uma sombra projetada sobre uma das paredes do corredor. Parecia ser a sombra de uma pessoa, mas distorcida a julgar pelo deforme da sombra, a pessoa poderia ter qualquer altura, era impossível saber sem averiguar com seus próprios olhos.
    A melodia ficava mais forte a medida que os segundos se estendiam e, finalmente, era possível escutar as palavras doces do que parecia ser uma jovem garota cantando com o coração:



    Balada dos Guardiões


    “...despertar,
    Seus sonhos dissipar,
    Devaneios seguem rápidos,
    Tudo isso era real, eu me pergunto,
    O que vimos na calada, eu te pergunto,
    Eu acredito,
    Perdidos em sonhos,
    ...adormecer, tirados sobre a cama
    Fique comigo, ao meu lado
    E, nunca me deixe só...
    Oh, guardiões, eu os invoco...
    são quatro direções em nosso entorno
    pelas águas, terras, vento e fogo...”



    A cantoria não terminava naquela última frase que os dois ouviram antes de um silencio incomodo invadir os corredores e novamente o quarto. Por alguma estranha razão, o Lumus produzido pela varinha de Jean se apagou sem o consentimento de seu conjurador, o que não era nada normal. Sesznio e Jean não tiveram tempo de pender, sentiram seus corpos serem jogados para o lado quando o navio parecera trombar violentamente contra algo que eles não podiam ver, mas nenhum móvel se moveu nem um centímetro, já que eram enfeitiçados para manterem-se em seu lugar não importaria o que acontecesse.






    Raijecki
    Mestre Jedi
    Raijecki
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1381
    Reputação : 62
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor Empty Re: PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor

    Mensagem por Raijecki em Qua Fev 12, 2020 7:29 pm

    Teste de "Intuir" (15) +6 SAB para descobrir o que aconteceu com a aluna Anahi:

    Raijecki efetuou 1 lançamento(s) de dados PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor 1139504.7c7e302e16a24865f62067a0b289ee5e (d20.) :
    9
    Raijecki
    Mestre Jedi
    Raijecki
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1381
    Reputação : 62
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor Empty Re: PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor

    Mensagem por Raijecki em Qua Fev 12, 2020 7:46 pm

    Teste de "Artes das trevas" (15) +5 INT para descobrir mais sobre a magia usada na aluna:

    Raijecki efetuou 1 lançamento(s) de dados PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor 1139504.7c7e302e16a24865f62067a0b289ee5e (d20.) :
    10
    Lnrd
    Troubleshooter
    Lnrd
    Troubleshooter

    Mensagens : 854
    Reputação : 32
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor Empty Re: PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor

    Mensagem por Lnrd em Qui Fev 13, 2020 12:48 am

    @Hylian escreveu:





    Jean-Marie



    A sensação de perder o chão não era nada nova para Jean-Marie, já tendo levado algumas – não poucas – quedas de vassoura. Desta vez, mal tivera tempo de se proteger com os braços, rolando como um saco de batatas pelo chão do quarto, espatifando-se vergonhosamente diante de Sésznio. Por que tinha que passar por tamanha humilhação diante de alguém "famoso"?

    Não só isso, mas Labaxúrias, felino de companhia do rapaz, encontrava-se agora agarrado à cabeça dele, local que tomara por mais seguro após o violento susto que o tirara do sono e do confortável interior da mochila de viagens do “tutor” humano.

    Sem perder tempo ou mesmo permitir-se raciocinar sobre o ato, o jovem apenas colocara-se de pé com um pulo. Mantinha braços e pernas comicamente abertos, como se procurando manter o equilíbrio e preparando-se para qualquer novo incidente. Ato reflexo, apontara a varinha para frente.

    Estava visivelmente vermelho de vergonha e completamente desalinhado.
    - Eu estou vivo, eu estou vivo – repetiu, talvez mais acalmando a si que ao homem ao lado, olhos arregalados procurando capturar toda a cena, definindo para que lado ficava o chão e o teto e se não havia perdido nenhum membro na confusão. Tentava processar o baque e perceber se alguma ameaça assomava na direção da porta.

    Mesmo ainda longe de estar recuperado, falou, dirigindo-se a artífice: “Voc... Senh... o que foi aquilo? Desilusoriun?!” – chutara, usando como parâmetro certo encantamento que ele mesmo trazia como artifício.

    “Meu irmão”, foi o que pensou em sequência, apesar de não pronunciar aquelas palavras. Miguel Crispin não era exatamente indefeso, mas uma batida como aquela – se é que fora isso – era perigosa.
    - Será que o barco furou?! – Deixara escapar assim que a possibilidade de um naufrágio ocorrera-lhe.

    Aquelas não eram, obviamente, as únicas questões que se atropelavam na cabeça dele, como se a própria mente tivesse sido sacudida e as ideias misturadas no turbilhão. Direções? Elementos? Que droga de música tinha sido aquela?




    Lnrd
    Troubleshooter
    Lnrd
    Troubleshooter

    Mensagens : 854
    Reputação : 32
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor Empty Re: PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor

    Mensagem por Lnrd em Qui Fev 13, 2020 12:50 am






    Jean-Marie



    A sensação de perder o chão não era nada nova para Jean-Marie, já tendo levado algumas – não poucas – quedas de vassoura. Desta vez, mal tivera tempo de se proteger com os braços, rolando como um saco de batatas pelo chão do quarto, espatifando-se vergonhosamente diante de Sésznio. Por que tinha que passar por tamanha humilhação diante de alguém "famoso"?

    Sem perder tempo ou mesmo permitir-se raciocinar sobre o ato, o jovem apenas colocara-se de pé com um pulo. Mantinha braços e pernas comicamente abertos, como se procurando manter o equilíbrio e preparando-se para qualquer novo incidente. Ato reflexo, apontara a varinha para frente.

    Estava visivelmente vermelho de vergonha e completamente desalinhado.
    - Eu estou vivo, eu estou vivo – repetiu, talvez mais acalmando a si que ao homem ao lado, olhos arregalados procurando capturar toda a cena, definindo para que lado ficava o chão e o teto e se não havia perdido nenhum membro na confusão. Tentava processar o baque e perceber se alguma ameaça assomava na direção da porta.

    Mesmo ainda longe de estar recuperado, falou, dirigindo-se a artífice: “Voc... Senh... o que foi aquilo? Desilusoriun?!” – chutara, usando como parâmetro certo encantamento que ele mesmo trazia como artifício.

    “Meu irmão”, foi o que pensou em sequência, apesar de não pronunciar aquelas palavras. Miguel Crispin não era exatamente indefeso, mas uma batida como aquela – se é que fora isso – era perigosa.
    - Será que o barco furou?! – Deixara escapar assim que a possibilidade de um naufrágio ocorrera-lhe.

    Aquelas não eram, obviamente, as únicas questões que se atropelavam na cabeça dele, como se a própria mente tivesse sido sacudida e as ideias misturadas no turbilhão. Direções? Elementos? Que droga de música tinha sido aquela?



    Raijecki
    Mestre Jedi
    Raijecki
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1381
    Reputação : 62
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor Empty Re: PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor

    Mensagem por Raijecki em Qui Fev 13, 2020 2:53 pm



    Cornélio Fagundes






    O corpo revelava ser de Anahi, uma aluna e monitora da casa de Nélio, a Gralha-Azul. O chefe da casa então se espantava com o estado da garota, pois fora ele mesmo que a nomeara como monitora, e ainda não conseguia crer que ela ao menos conseguisse utilizar de uma magia tão avançada como aquela de invisibilidade, mas muito menos de descumprir as regras da escola e invadir a sala dos professores daquela maneira. Não, para ele só poderia ter acontecido o que mais temia, ela teria sido enfeitiçada, com alguma maldição muito poderosa para que agisse daquela maneira.

    - Anahi nunca faria algo assim por si própria Alexandra, assumo total responsabilidade por isso se esse for o caso. -  Dizia olhando para todos ali, inclusive para seu amigo Estevão. Então se dirigiu até a moça e a examinou como podia, e utilizando de sua intuição bem como seu conhecimento de magias das trevas, entendera de que ela de fato teria sido amaldiçoada com uma magia muito antiga e arcaica, uma magia que precisaria de muitos outros estudos, e a área restrita da biblioteca de Castelobruxo talvez fosse o único caminho, visto que a biblioteca nacional tinha sido queimada a pouco tempo atrás.

    - Ela foi enfeitiçada com alguma magia das trevas muito poderosa e antiga, eu não tenho conhecimento para impedir estes efeitos, então precisamos leva-la para alguma medibruxa urgentemente, ao menos que você saiba de alguma erva que a ajude Estevão. - Concluía após analisar o estado da moça. Estevão era um estudioso de herbologia e atual mestre de ervas da escola, se alguém pudesse ajuda-la neste quesito, seria ele.

    Porém, antes que de fato pudessem seguir com a investigação, a caravela parecia ceder diante daquela tormenta, e apenas os móveis ficavam intactos, visto que estavam enfeitiçados para tal. Cornélio e também os demais foram jogados com certa violência cerca de dois metros longe de onde estavam. Com o susto, o professor de feitiços perguntara em desespero:

    - Mas o que diacho foi isso?! - Então a embarcação voltava ao normal, e Cornélio imaginava se tratar de apenas um alarme falso. - Ah... Eu não sei o que está acontecendo aqui, mas... - Então se levantava aos poucos. - Acho melhor averiguarmos tudo isso de uma vez, Abigail, senhor, pode cuidar de Anahi por um momento? Eu preciso me encontrar com os colegas dela para ver se eles sabem de algo... - Por mais que fosse uma pessoa pacifica, Cornélio não era nem um pouco ingênuo - ok, talvez um pouco as vezes - e estava desconfiado depois de perceber uma magia tão estranha sendo usada contra uma aluna de sua própria casa, então partiria em direção onde seus colegas ficavam, talvez eles tivessem visto a ultima pessoa com quem Anahi teria falado.      

    ***

    Off: Testei duas pericias como ações livres neste turno, sendo elas "Intuir" e "Arte das trevas", passando apenas na primeira, de onde tirei as informações para meu post.






    Bravos
    Antediluviano
    Bravos
    Antediluviano

    Mensagens : 3936
    Reputação : 289
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor Empty Re: PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor

    Mensagem por Bravos em Qui Fev 13, 2020 4:10 pm

    Teste Herbologia +27
    Bravos efetuou 1 lançamento(s) de dados PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor 1139504.7c7e302e16a24865f62067a0b289ee5e (d20.) :
    2

    Teste Teoria da Magia +18
    Bravos efetuou 1 lançamento(s) de dados PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor 1139504.7c7e302e16a24865f62067a0b289ee5e (d20.) :
    8
    Shmul
    Troubleshooter
    Shmul
    Troubleshooter

    Mensagens : 875
    Reputação : 18

    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor Empty Re: PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor

    Mensagem por Shmul em Sex Fev 14, 2020 11:23 am

    Apesar de num primeiro momento seu colega de quarto não vocalizar nada além de “Lumos”, se surpreendeu com a velocidade com que ele se pôs em guarda. Ainda não o conhecia, mas aquela velocidade e postura certamente condiziam com um exímio duelista.

    Conforme a musica foi sendo cantada, Séznio tomou à dianteira e caminhou vagarosamente em direção à porta e ao corredor, com varinha em punho, auxiliado pela luz advinda de Jean, e dos “surtos heróicos” tão presente em seu âmago. Ainda com os olhos arregalados de surpresa tentava absorver cada palavra daquela canção, buscando algo semelhante em sua memória, e conforme se aproximava do foco dela, Frederico que dormia encima do travesseiro de Wanderful, despertou, também de sobressalto, e observava agoniado a caminha lenta de seu amigo, sem saber o que aconteceria a seguir.

    Teste de Conhecimento sobre a música:
    Shmul efetuou 1 lançamento(s) de dados PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor 1139504.7c7e302e16a24865f62067a0b289ee5e (d20.) :
    15

    Teste de identificar magia:
    Shmul efetuou 1 lançamento(s) de dados PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor 1139504.7c7e302e16a24865f62067a0b289ee5e (d20.) :
    9

    Repentinamente o “golpe de aríete” que o barco sofreu arremessou todos, inclusive Frederico que conseguiu se pendurar em um dos pendentes. A queda espalhafatosa de Jean foi notada apenas pelo Macaco-prego que guinchou uma espécie de risada e susto com toda aquela situação, pois Séznio estava à frente e viu apenas de relance com sua visão periférica o que ocorrera no resto do quarto, enquanto batia o ombro na parede do barco.

    Recuperou rapidamente sua postura, mas agora estavam no escuro, pois o Lumos havia sido cancelado – Não vamos naufragar, a não ser que estejamos sendo bombardeados por vários inimigos. LUMOS! conjurou luz – Talvez seja um “desilusoriun”... vamos averiguar... REVELIO! gesticulou firmemente sua varinha no ar para que sua magia revelasse os segredos daquela “situação” e proferiu em seguida em tom energético – Quem esta ai? Revele-se e garanto que não lhe faremos mal algum.

    Teste magia Revelio:
    Shmul efetuou 1 lançamento(s) de dados PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor 1139504.7c7e302e16a24865f62067a0b289ee5e (d20.) :
    10
    Bravos
    Antediluviano
    Bravos
    Antediluviano

    Mensagens : 3936
    Reputação : 289
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor Empty Re: PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor

    Mensagem por Bravos em Sex Fev 14, 2020 1:06 pm

    Teste Poções +9
    Bravos efetuou 1 lançamento(s) de dados PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor 1139504.7c7e302e16a24865f62067a0b289ee5e (d20.) :
    20
    Bravos
    Antediluviano
    Bravos
    Antediluviano

    Mensagens : 3936
    Reputação : 289
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor Empty Re: PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor

    Mensagem por Bravos em Sex Fev 14, 2020 1:25 pm



    Estevão Tribuzi





    Estevão fica surpreso ao ver uma monitora naquela situação. Cornélio já propunha que alguém deveria ter feito àquilo à garota quando um solavanco os fazem cair. O tempo estava péssimo e o fato da garota estar sufocando piorava a angústia daquele momento. O colega pedia ajuda ao conhecimento de ervas do jaguariano e em silêncio ele já procurava lembrar de algum princípio mágico que retardasse efeitos adversos às vias áereas.

    - Eu sei. - Disse quando finalmente chegou a uma conclusão: Mostarda Esmeralda. Tinha efeitos de desengripante e sobretudo de alívio de sintomas asmáticos. - Creio que tenha um pouco de pó de Mostarda Esmeralda comigo em minha mala. Se fizermos um xarope conseguiremos fazê-la respirar melhor e ganharemos tempo para desfazer essa magia. - Precipitou-se em direção a sua mala. Ela ficava bem guardada e, dentro dela, havia sua mala de suprimentos básicos. Algumas raízes, pequenos frutos, macerações e unguentos para usos diversos, normalmente por conta do próprio manejo de ervas mágicas. Algumas delas lançavam esporos no ar que causavam todo tipo de irritação nas vias respiratórias e Mostarda Esmeralda sempre era a saída mais eficiente. Era uma planta de crescimento lento e pouca frutificação, então, fazer macerações e pó dela era algo importante, do contrário os frutos estragariam antes de poder se colher novamente. Enquanto andava em direção a sua bolsa, falou em alto tom ordens para quem quer que as pegasse.

    - Alguém acenda um caldeirão e ponha água, mel de zangões e flores sombrinhas para ferver!

    * * *

    Off: Rolei Herbologia 29, Teoria da Magia 26 e Poções 29, com 20 natural, para bolar uma poção que alivie os sintomas de sufocamento da garota What a Face






    Hylian
    Mutante
    Hylian
    Mutante

    Mensagens : 688
    Reputação : 77
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png

    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor Empty Re: PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor

    Mensagem por Hylian em Ter Fev 25, 2020 12:16 pm






    Mensagens de um Traidor




    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor C51843bc9a907aea952572969c450b2ac2c15661r1-480-500v2_uhq



    @Raijecki @Bravos
    29 de Fevereiro de 2021
    Estação: Verão, Temperatura: 17ºC, Previsão: Descubram...
    Localização: Suldeste - Brasil.






    A poção administrada por Tribuzi não tardou muito mais do que alguns minutos para que ficasse no ponto ideal. Estevão sabia que se o líquido mágico passasse do ponto, os efeitos causados poderiam ser desastrosos e, talvez, mortais para a vítima, portanto ele decidira que era hora de a jovem monitora dos Gralhos a tomasse antes mesmo que esfriasse.

    Duas enfermeiras atenderam o chamado feito por Lindovan, o zelador mal encarado que parecia muito preocupado com a pobre menina. – Podem ir! – Disseram Lindovan e Alexandra juntos – Nós cuidamos da menina!

    Satisfeito com o trabalho de equipe de seus professores, Abigail mantinha-se na mesma posição em que estivera fazia muito tempo, como se rezasse em silêncio. Todos ali e principalmente Tribuzi e Fagundes já conheciam muito bem a personalidade nada social do vice-diretor e, o quanto era difícil roubar-lhe algumas palavras. A verdade era que ninguém ali podia se lembrar com clareza a ultima vez que ouviram a voz de Abigail, estranho, muito estranho...

    O longo e sinuoso corredor que os levaria sozinhos até as demais áreas da grande embarcação estava mal iluminado, contando apenas com algumas lamparinas cuja chama parecia estar mais fraca do que o normal. Não muito adiante havia uma outra escada estreita que tanto Tribuzi como Fagundes tinham consciência de que aqueles degraus os levariam até o dormitório do ViceDiretor, Abigail e, portanto, era nenhum aluno ou funcionário poderia subir aquelas escadas sem permissão. Os dois notaram um curioso e rasteiro símbolo manchado com o que parecia ser sangue negro na parede próxima a escadaria proibida. A mancha emanava uma energia baixa, negativa e sofrimento, ainda que fosse pequena como a palma de uma mão. Nem se quer tiveram muito tempo para focar naquela marca que surgira aparentemente do nada.



    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor F1d4e33f2dbf6221bf0eb06c03d615bd4ac4bb7cr1-589-520v2_00

    Marca de sangue negro


    Uma bela canção, como um canto de ninar ecoou pelo corredor e atingiu os ouvidos de nossos protagonistas. Tribuzi teve a ligeira impressão de ver projetado sobre uma das laterais a sombra de um grande felino a julgar por sua pose e Fagundes teve quase a mesma impressão, mas ele via o bater de asas projetado. Talvez uma alucinação? Eles mal poderiam se lembrar da última vez que sentiram tal arrepio, que sentiam próximos do óbvio, os seus guardiões.

    A música era composta pela melodia criada entre o agudo piado de um pássaro e o forte rugido de um felino.



    Balada dos Guardiões


    “Éramos cinco..., mas, entre agonia
    E a inveja, se fez a desordem...
    Ele despertou e seus sonhos dissipou...
    Ordem... Temor e ira se faziam os seus discípulos...
    Oh, guardiões, eu os invoco...
    Eu lhes pergunto, era real? A quinta direção...
    E para onde ela nos guia?”


    Ao final da última frase, se ambos desejassem seguir as sombras projetadas encontrariam uma segunda porta semiaberta cuja iluminação batia exatamente onde havia a projeção das sombras de seus guardiões, mas não havia ninguém naquele local, seria uma alucinação? Chegariam então no segundo andar do grande salão principal da Caravela, um andar que apenas existia como de passagem com quatro portas nas laterais e quatro caminhos estreitos junto as paredes de madeira. O centro da sala era aberto, não havia chão, era possível ter uma visão ampla de quase tudo o que existia e acontecia no primeiro andar do mesmo salão, não fosse a total escuridão que os impedia e não havia barras de proteção.






    @Shmul @Lnrd
    29 de Fevereiro de 2021
    Estação: Verão, Temperatura: 12ºC, Previsão: Descubram...
    Localização: Suldeste - Brasil.




    Quando ambos, Séznio e Jean avançaram pelo corredor estreito, o Lumos conjurado por Séznio se desfez quase que no mesmo momento, puderam ter uma visão melhor sobre a imagem projetada em uma das laterais não muito próximas a eles. Tratava-se realmente do que parecia ser uma garota de longos cabelos ondulados, mas seu rosto era impossível de ver, visto que apenas podiam enxergar sua sombra. A garota parecia ter uma longa cauda o que talvez confortasse a alma de Séznio. Por outro lado, Jean não pode ver garota alguma, mas a sombra do que parecia ser uma gigantesca serpente em brasa.  

    Se ambos se aproximassem, veriam que exatamente no local onde as sombras eram projetadas, havia uma marca estranha, como se tivesse sido manchada com sangue negro que ainda estava fresco, mas quem poderia ter um sangue desses? A marca não era maior do que a palma de uma mão, mas emanava uma energia grande, negativa de dor e sofrimento.


    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor F1d4e33f2dbf6221bf0eb06c03d615bd4ac4bb7cr1-589-520v2_00

    Marca de sangue negro


    Séznio tentou testar seus conhecimentos sobre a música que há pouco ouviram, mas era inútil, ele jamais havia escutado aquela melodia, no entanto o seu final deixava claro do que se tratava ao invocar aqueles que, num passado não muito atrás, escolheram nossos protagonistas, dando-lhes a entrada para Castelo Bruxo.
    As imagens projetadas na parede viam do final do corredor, onde havia uma escadaria de poucos degraus e o andar de cima parecia muito bem iluminado. Se Jean e Séznio, cobertos pela curiosidade, resolvessem voltar pelo caminho que fizeram até há pouco chegarem em seus dormitórios, subiriam as escadas e voltariam ao grande salão principal da embarcação. Talvez o local mais bem iluminado que poderiam ver. Se esperavam encontrar algo sobre o fim da escadaria, não encontraram, não havia ninguém ali que pudesse projetar a sombra.

    O grande salão principal da embarcação era o local das principais reuniões; desde o café até o jantar eram feitos ali e em outros momentos o local era cheio de poltronas e sofás onde os alunos e demais funcionários poderiam se sentir confortáveis para descansar e praticar a socialização.

    Naquele momento era impossível enxergar que fosse um palmo devido a escuridão nada natural que emanava naquele lugar. Séznio e Jean podiam sentir que haviam mais pessoas ali, talvez até enxergassem as silhuetas dos mais próximos e entenderiam que por suas alturas deveriam ser alunos e, portanto, nenhum perigo eminente. Nenhum aluno se mexia, estavam todos parados em pontos aleatórios que eram quase impossíveis de se ver com clareza. A respiração forçada e profunda mostrava que nenhum deles parecia bem.



    OFF- escreveu:@Shmul @Lnrd A música é bem clara, ela fala dos guardiões e seus elementos, e os personagens de vocês ouviram falar sobre isso nos 7 anos de escola, logo não tem porquê eles não sacarem o que a música quer dizer.

    - Identificar magia e Revelio não funcionaram, já que a magia em questão é bem superior!





    Raijecki
    Mestre Jedi
    Raijecki
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1381
    Reputação : 62
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor Empty Re: PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor

    Mensagem por Raijecki em Qua Fev 26, 2020 10:20 am



    Cornélio Fagundes






    Estevão não era mestre de ervas por acaso, e utilizando de seus precisos conhecimentos fabricava uma rápida poção para a monitora dos gralhos, e o zelador tinha seu pedido atendido quando as medibruxas enfim chegavam para ajudar. Os colegas professores bem como o zelador diziam que cuidariam de tudo depois do pedido do chefe dos gralhos.
     
    - Muito obrigado amigos! - Agradecia Cornélio para eles, acenando com a cabeça em sinal de positivo quando os mesmos concluíam que ele e estevão deveriam ir logo atrás do que teria acontecido. Abigail mantinha-se imóvel, e Nélio acreditava que estava satisfeito com seus funcionários, já que a situação estava aparentemente controlada.

    Seguindo o corredor, encontravam-o um tanto sinistro  e obscuro, e imediatamente Cornélio utilizava sua varinha para iluminar o local. - Lumus! - Declarou com vigor. Com o auxilio da luz gerada da ponta de sua varinha, pode observar que havia um simbolo marcado em uma parede próxima de onde ficava a sala de Abigail. A marca em questão parecia ser feita com sangue, o que chocou um pouco o professor de feitiços.

    - Estevão! Olhe isso, é sangue! - Chamava a atenção de seu colega para sua descoberta. - Bah, não estou gostando nada disso, e receio ter de lhe falar, não me parece uma simples brincadeira de alunos travessos... - Então antes que pudessem investigar melhor a marca na parede, um canto era ouvido pelo corredor, e Cornélio poderia jurar que estava vendo o simbolo de sua casa projetado por sombras enquanto ouvia a canção.

    "Éramos cinco? Isso não pode ser coincidência, alguém quer passar uma mensagem de vingança, talvez as aulas de história possam me ajudar nessa..." - Cornélio então tentava se lembrar de seus estudo sobre a história da magia, achava que talvez descobrir algo sobre a criação da escola pudesse revelar ou iluminar alguma pista sobre estes estranhos eventos que vinham acontecendo naquela viagem.

    As sombras levavam a uma sala mal iluminada aparentemente vazia, mas Nélio não perderia a chance de averiguar melhor a mesma, e logo lançava uma magia de revelação, para caso o comodo estivesse enfeitiçado, pudesse descobrir o que ele escondia.     

    - Vou investigar esta sala agora e depois vou até o dormitório da minha casa, então se quiser continuar depois nos encontramos Estevão. - Dizia por fim a seu amigo, antes de lançar a magia e analisar o que ela revelava. - Finite Incantatem!

     
    ***

    Off: Vou testar história da magia pra ver se lembro de algo sobre a criação da escola e de algum quinto elemento envolvida nela e também usei Finite na sala, pra ver se descubro algo posso testar percepção também ou outra pericia a critério do mestre.






    Raijecki
    Mestre Jedi
    Raijecki
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1381
    Reputação : 62
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor Empty Re: PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor

    Mensagem por Raijecki em Qua Fev 26, 2020 10:34 am

    Teste de "História da magia" (15) + 5 mod INT :

    Raijecki efetuou 1 lançamento(s) de dados PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor 1139504.7c7e302e16a24865f62067a0b289ee5e (d20.) :
    6
    Shmul
    Troubleshooter
    Shmul
    Troubleshooter

    Mensagens : 875
    Reputação : 18

    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor Empty Re: PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor

    Mensagem por Shmul em Qua Fev 26, 2020 3:34 pm



    Séznio M. Wandful






    Aquela silhueta de uma mulher com calda e aquela musica intuíram Séznio de que se tratava dos guardiões das casas de Castelobruxo. Um encontro, mesmo que fosse apenas por uma projeção, de Iara era de longe uma situação deveras arriscada, pois tanto sua canção hipnotizava qualquer humano, como sua beleza os cegava, e era exatamente o que estava acontecendo no momento: canção estranha, crianças em transe, além da escuridão que “cegava” todos a bordo.

    Como estava adiantado, chamou Jean para analisar aquela sinistra e poderosa marca, mesmo no escuro – Veja, uma marca profana. – ela emanava um tipo fantasmagórico de luz - Algo me diz que o barco afundar seria o menor dos problemas em vistas deste símbolo.

    Tentou buscar em sua memória os conhecimentos que possuía sobre Arte das Trevas e Teoria da Magia, assuntos estes em que tinha certa afinidade, a fim de entender melhor a magia que havia sido lançada ali.
    Teste:
    Artes das Trevas Shmul efetuou 1 lançamento(s) de dados PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor 1139504.7c7e302e16a24865f62067a0b289ee5e (d20.) :
    12
    Teoria da Magia Shmul efetuou 1 lançamento(s) de dados PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor 1139504.7c7e302e16a24865f62067a0b289ee5e (d20.) :
    6
    Finite Incantatem Shmul efetuou 1 lançamento(s) de dados PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor 1139504.7c7e302e16a24865f62067a0b289ee5e (d20.) :
    16

    Tentaria ainda um último recurso disponível no momento: - Finite Incantatem! – bradou, enquanto deslizava a varinha por cima do símbolo sem toca-lo, na tentativa de quebrar aquele feitiço.

    - É Jean-Marie seu nome, correto? Eu vi na sua bagagem. Sinto que as crianças estão em perigo (adivinhação) e nossas magias não estão funcionando. Precisamos reportar este acontecimento ao Vice-Diretor. – E então olhou pra trás a procura de seu querido amigo macaco – Venha Frederico, temos pressa! - e o acolheu em seu ombro.

    Assim que alcançaram o grande salão, percebeu que a situação era ainda pior – Alunos? – esperou por alguma resposta – TEM ALGUÉM AI? – gritou a plenos pulmões.







    Lnrd
    Troubleshooter
    Lnrd
    Troubleshooter

    Mensagens : 854
    Reputação : 32
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor Empty Re: PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor

    Mensagem por Lnrd em Qua Fev 26, 2020 5:35 pm






    Jean-Marie





    Como antes, fosse-lá-o-que-fosse extinguia o próprio brilho de lumos, o que não era bom sinal – não que aquele solavanco todo fosse de algum modo auspicioso.

    Que algo acontecia, era óbvio. Restava entender exatamente o quê.

    Em meio àquilo tudo, Jean-Marie tivera a impressão de vislumbrar uma miragem, a cobra guardiã da casa para a qual fora designado.

    Tal seleção, lembrara, não fora das mais rápidas, como se pairasse incerteza, indecisão.

    Era definitivamente mais "solar" que o resto dos companheiros de insígnia, além de nunca ter sido lá muito bom em se impor diante dos outros. Havia nele sim grande agitação, mas acabara adquirindo bastante serenidade e concentração, não tendo sido à toa as horas de meditação com o pai desde cedo.

    "Gralha Azul, talvez", houvera a dúvida. Mas dizem que aquele sorteio considerava mais do que se pode imaginar ou ver às claras, acessando mesmo aquilo ainda dormente. Mais cedo ou mais tarde, sempre acabava-se fazendo jus ao legado de cada “patrono” e o fogo da serpente queimava dentro dele.

    Quanto ao navio, a estranha marca confirmava que havia maldade agindo naquela noite.

    Apesar de muitas vezes falar e agir por impulso, o jovem bruxo era cauteloso quanto ao uso de magia, principalmente no que dizia respeito “mexer em vespeiro”: aprendera que às vezes a melhor forma de terminar uma briga era não começá-la, e que saber quando não agir era tão importante quanto um ataque certeiro. Sendo assim, apenas acompanhara a movimentação do mestre de varinhas, sem interferir. Além disso, confiava que o homem mais velho teria mais experiência que ele – de tal forma, procurar a direção também lhe parecera a ideia mais acertada.

    Enquanto moviam-se pelos corredores do barco, perguntara ao mestre de varinhas sobre a música e a visão do corredor. “Você também viu aquilo? Era... Boitatá?”. A canção evocava a imagem dos guardiões de Castelobruxo, seus elementos e direções. Mas a origem da voz e aquele contexto todo deixaram o garoto confuso. Tentava vasculhar a própria mente, procurando recuperar se já havia tido qualquer contato com aquela letra. Era um dos momentos em se questionava sobre ter dado mais ouvidos aos sermões sobre se dedicar aos estudos.

    Ao chegarem ao salão, a situação não parecia nada, nada melhor. “Crispin!”, chamara, preocupado com o irmão. Em seguida, ergueu a varinha e, mesmo incerto se aquilo surtiria algum efeito, dissera em alto e bom som: "Alohum!!!".

    Esperava que fosse capaz de afastar as energias impuras daquele lugar.



    Conteúdo patrocinado


    PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor Empty Re: PRÓLOGO - As Mensagens de um Traidor

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Maio 30, 2020 11:16 am