Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    RP: O que mede um herói?

    DMadTitan
    Cavaleiro Jedi
    DMadTitan
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 283
    Reputação : 3

    RP: O que mede um herói? - Página 30 Empty Re: RP: O que mede um herói?

    Mensagem por DMadTitan em Seg Out 05, 2020 3:29 pm



    ANDRASTE
    HEROINA IMORTAL


    Andraste lutou pelos deuses no passado, muitas das lutas nem eram suas. Recebia alcunhas sobre atos que não eram necessariamente seus e há muito tempo , desde a morte dos deuses ela estava livre para seguir seu caminho e não os dos que se achavam superiores. Ela deixou de ser uma ferramenta do ego divino para lutar por aqueles que não podiam enquanto os deuses apenas usavam a humanidade como rebanho para adquirir mais poder.

    Via tudo aquilo como artimanha, um proposito que Andraste não entedia e nem estava disposta a entender, apenas abria caminho para sair dali e ficar fora dos problemas dos deuses olimpianos, Mas era como se sua imortalidade e puxasse para eles de alguma forma, mesmo que não quisesse os deuses sempre voltavam, não importava o panteão e ela mesma sabia, pois durante muito tempo era uma deusa como eles.

    Ao passar pelo corredor ouviu o gárgula falar, o encarou de volta quando este a fitou, olhou para o caminho que a levava de volta para casa, deu alguns passos a frente e suspirou apertando os cabos das espadas com forma, pois ela sabia que teria que voltar para uma época que queria deixar para trás. Girou o corpo e retornou, parando em frente a criatura.

    - Είμαι ο Νέμεσης, το αναπόφευκτο. Θεά της εκδίκησης.Τι μήνυμα είναι αυτό, απεσταλμένος?*


    * escreveu:

    Eu sou Nemesis, a Inevitável. deusa da Vingança. Que mensagem é essa, emissário?


    GodsCorpse
    Garou de Posto Cinco
    GodsCorpse
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2119
    Reputação : 47
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    RP: O que mede um herói? - Página 30 Empty Re: RP: O que mede um herói?

    Mensagem por GodsCorpse em Qui Out 08, 2020 2:03 pm

    Desculpe a demora. Tive que deixá-la mais solta nesse texto






               

                   
                   

    @Pikapool


                       

    Presentes na Cena



                           
    • Lady Utopian - Leslie - IMG

                       

                       

    Informações



                       
    • Condições: Normal.
    • Pontuação e Nível de Poder: 135 - 9.
    • Pontos de Vitória: 2.
    • Localidade: Boston, Massachusetts.

                   

               

           


                   
    Anne-Sophie escreveu:Heroínas poderosas não deixam moças indefesas caírem dos céus.
                   

    - Não precisa dizer duas vezes. Você faria uma péssima mancha ruiva no chão e não queremos isso. - ela deu uma risadinha.


                   

                   
    Anne-Sophie escreveu:... A gente se vê na audição, né?
                   

    Leslie retribui o abraço e segura as mãos de Anne - Sério... Eu que agradeço. Você lidou com Leslie Utopian bêbada. Você sabe o que é isso? Bem, sabe. Acho que vou conseguir aparecer. Se não... - deu de ombros, mas meio triste - ... The Voices vai ter que ser The Voice. Você vai se dar bem. - ela levanta voo, mas antes deixa um número de telefone para que Gyllenhaal possa ligar (se já não deixou antes).


                   

    Mesmo com a sugestão de terraço, ela fez questão de deixar Anne-Sophie em um parque para que não tivesse problema de cair do prédio se batesse uma onda de ar ou algum herói passasse com rasante perto da cantora (foi piada da Leslie). Aí estava, Nova Iorque. Certamente estava bonita como as fotos, precisava, ou não seria a anunciada "Cidade dos Heróis" do mundo como ela quer passar a ser. Só de olhar todas essas cores dá uma vontade tremenda de correr. Poderia por as roupas de Impulse e fazer isso mesmo, ninguém se preocuparia ou bateria o olho.


                   

    Tem tempo, algumas horas, até a audição. Cabe somente a ela a decidir o que fazer com aquela cidade da oportunidade.



    GodsCorpse
    Garou de Posto Cinco
    GodsCorpse
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2119
    Reputação : 47
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    RP: O que mede um herói? - Página 30 Empty Re: RP: O que mede um herói?

    Mensagem por GodsCorpse em Qui Out 08, 2020 2:22 pm


       
           
           
       

               

                   

                   

                       

    @DMadTitan


                       

    Presentes na Cena



                       
    • Sam
    • Sam
    • Gárgula - IMG

                       

                       

    Informações



                       
    • Condições: Normal.
    • Pontuação e Nível de Poder: 135 - 9.
    • Pontos de Vitória: 1.
    • Localidade: Bar dos Esquecidos.

                   

               

           

               

                   

    Gárgula é pego de surpreso pelo vislumbre de Nemesis em sua frente, demorando um tempo para lembrar de quem estava vendo, até finalmente seu sorriso fazer entender que a reconhece - GK Ah... Você. Eu esperaria que já tivesse outro nome. Os deuses falam daquela que deixou de servi-los... A mensagem é clara, vista o que ocorre lá dentro: "nossa comunidade não coexiste com 'super-herois'. Nossa natureza não é a ferramenta deles." GK


                   

    - GK Esta noite seria apenas um aviso de nosso retorno... Das oportunidades nascentes do fluxo de magia divina e mística reentrando neste mundo seco e obscuro. Onde magia é uma ferramenta e onde seres, como eu e você, são apenas mitos de um tempo gracioso. Mas, como esperado com "heróis" que são associados a magia, como 'Nightwalker' e 'Encantadora', a noite se tornou sobre eles... E talvez o Bar não sobreviva a isso... GK - ele segue com o sorriso presunçoso - - GK Éris tinha uma música de entrada e tudo planejada, uma pena... GK


               

           
    DMadTitan
    Cavaleiro Jedi
    DMadTitan
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 283
    Reputação : 3

    RP: O que mede um herói? - Página 30 Empty Re: RP: O que mede um herói?

    Mensagem por DMadTitan em Qui Out 08, 2020 4:35 pm



    ANDRASTE
    HEROINA IMORTAL




    - Eris, é claro....Essa gente nunca aprende, o tempo dos deuses acabaram, mas querem viver no passado achando que irão parar o futuro.

    Andraste respira fundo e olha em direção ao Bar de volta, aquilo tudo fora causada pela deusa da discórdia, um desprazer e já teve que lidar muito com as situações criada por ela, mas a filhinha do papai sempre estava lá para protegê-la ou talvez fosse Hera mexendo seus pauzinhos e manipulando o senhor do olimpo que de matador de titã se tornou capacho de deusa.

    Andraste olha novamente para saída e de volta para o interior do bar, girou as suas espadas, enquanto caminhava para o meio do caos, talvez conseguisse respostas. Ouviu falar sobre deuses quando Enchantress fora atacada e foi para lá que seguiu, percebendo que tudo estava se tornado pior, não sabia se conseguia parar o efeito dominó da situação, mas precisava tentar de alguma forma.

    ANDRASTE USA EXPERIÊNCIA MILENAR escreveu:
    Iniciativa Aprimorada 3, Combate Corpo a Corpo: Justiceira e Vingadora 3(+6), Ataque Dominó 2, Critico Aprimorado(Justiceira e Vingadora) 2

    Pikapool
    Troubleshooter
    Pikapool
    Troubleshooter

    Mensagens : 827
    Reputação : 35

    RP: O que mede um herói? - Página 30 Empty Re: RP: O que mede um herói?

    Mensagem por Pikapool em Sex Out 09, 2020 3:43 am

    Adrenalina é como amar alguém, todos os seus músculos se contraem, da um grande frio na barriga e depois de realizado você sente uma leveza e alegria inexplicável, é muito bom!
    Off:
    E aí Gods. Como você está? Melhorou?

    Sem problemas. Aproveitei para fazer turismo. xD

    Acenei em despedida para Leslie e permaneci no meio do parque olhando para o horizonte mesmo após Leslie ter sumido de vista. Pelo jeito não a veria de novo tão cedo.

    Era minha primeira vez em Nova York e mal podia esperar para visitar os inúmeros pontos turísticos da Big Apple. Minha vontade era de disparar a toda velocidade e conhecer todos os cantos da cidade antes da audição. No entanto, decidi desacelerar, escolher um ou dois pontos turísticos e apenas curtir o momento.

    Olhando em volta localizei o meu destino. Não havia como não ver o Empire State Building. Durante o percurso parei na Starbucks para comprar um frappuccino de chocolate. E mesmo tentando só curtir o dia, logo deparei-me com o primeiro inconveniente. Devido ao grande fluxo de turistas, descobri que devia ter comprado antecipadamente o ingresso para o Empire State. Felizmente contornei isso rapidamente. Se é que você me entende.

    As exposições espalhadas pelos saguões eram incríveis. Após a sala que contava as historias de inúmeros filmes gravados no Empire State havia uma sala onde conheci o próprio King Kong. King Kong realmente parecia estar ali. O grande gorila entre as janelas exibindo sua fúria faziam até mesmo as luzes piscarem. Naquele momento fiquei feliz por não ser loira.

    No observatório do octogentésimo sexto andar. O numero de pessoas no local deixava-o um pouco apertado. Mas a vista era impressionante. Mas o ponto alto foi o centésimo segundo andar. Tudo era feito de vidro e isso gerava uma experiencia totalmente diferente do observatório anterior. Sem falar no conforto de estar em um espaço climatizado.

    A imponência do Empire State sobre os demais prédios da região de Midtown tornava a vista do coração de Manhattan ainda mais incrível.
    erishk
    Cavaleiro Jedi
    erishk
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 273
    Reputação : 5

    RP: O que mede um herói? - Página 30 Empty Re: RP: O que mede um herói?

    Mensagem por erishk em Sex Out 09, 2020 9:40 am

    @GodsCorpse escreveu:Os civis da casa olham para Alexis atônitos enquanto Alexis faz sua saída do local, em busca de um lugar para dormir. Uma cobertura aconchegante que fosse e encontrava em uma que também era meio estufa, dando o conforto necessário em um sofá que ficava próximo das plantas.

    “Legendas”
    Entre parênteses e itálico = pensamentos, (exemplo)
    Com – na frente e negrito = falas, - exemplo


    @GodsCorpse


    Ainda sem entender nada do que aconteceu, mais perguntas do que qualquer outra coisa, decide não pensar mais nesse evento "aleatório"?! ao avistar um local com potencial para uma boa noite... Como de praxe, toma os devidos cuidados, evitando, burlando, sistemas de alarmes e/ou monitoramento, antes de um merecido descanso.
    GodsCorpse
    Garou de Posto Cinco
    GodsCorpse
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2119
    Reputação : 47
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    RP: O que mede um herói? - Página 30 Empty Re: RP: O que mede um herói?

    Mensagem por GodsCorpse em Seg Out 12, 2020 1:22 am

    Alexis escolhe um lugar confortável e faz seu caminho para ter segurança que não há ninguém para atrapalhar. Nova Iorque está bem mais cheia que costuma esse ano, então toma-se mais tempo buscando do que realmente dormindo naquela noite, conseguindo apenas uma cobertura abandonada para ceder a ela o sono que buscava. Amanheceu e ainda não se sentia bem descansada.


    @erishk


        

    Informações



        

             
    • Condições: Normal.

    •        
    • Pontuação e Nível de Poder: 134 - 8.

    •        
    • Pontos de Vitória: 2.

    •        
    • Localidade: Nova Iorque, Cidade de Nova Iorque.

    •     


    GodsCorpse
    Garou de Posto Cinco
    GodsCorpse
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2119
    Reputação : 47
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    RP: O que mede um herói? - Página 30 Empty Re: RP: O que mede um herói?

    Mensagem por GodsCorpse em Seg Out 12, 2020 2:16 am







               

                   
                   

    @Pikapool


                       

    Informações



                       
    • Condições: Normal.
    • Pontos de Vitória: 2.
    • Localidade: Cidade de Nova Iorque, Nova Iorque.

    •                    

                   

               

           


                   
    OFF:
    Obrigado por perguntar! Estou ótimo agora, acredito o artefato deixou meu corpo.
                   

    O Empire State Building nunca cansa. É ao menos que Anne-Sophie poderia acreditar quando fez visão do centésimo segundo andar daquele prédio para encarar todo horizonte da Grande Maçã. Irrelevante se realmente Nova Iorque era superestimada ou o que fosse, aquela vista ali provava que Nova Iorque merecia os títulos que lhe eram dados.


                   

    Além da história com a mídia, como filmes de King Kong e etc., o que o prédio adotava também eram os contos dos super-vilões que tentaram derrubar o prédio sobre a cidade, assim como dos super-heróis que o resgataram da destruição. Algumas seções do prédio tinham as marcas dos confrontos, paredes chamuscadas ou marcas de ácidos. "Aqui Ultraman derrotou o Pedreira", havia uma plaquinha que ficava entre dois buracos - cobertos com vidro super-resistente - qual servia para apresentar a trajetória onde o super-herói atravessou o prédio com o vilão. Outra seção mostrava fotos de heróis com ente queridos, feita de fotos de pedestres que estavam no lugar no momento onde, aproveitando-se do poder de voo, os heróis levavam os parceiros para flutuar pela cidade.


                   

    Empire State Building estendia no meio de Nova Iorque, como um grandiosíssimo para-raio da cidade inteira. Podia fazer esse paralelo e os super-heróis, como a própria Impulse, são o raio, atraídos para aquela cidade grande e todas as maravilhas que ela implica e convida para que venham observar...


                   

    E, mesmo sendo uma surpresa, não deveria ser uma surpresa quando a garota sentiu o puxar da Força da Aceleração naquele lugar. Desta fez, foi a sensação como se... galão d'água tivesse dado aquele borbulhar depois de sair um pouco d'água.... Não? Então quando o carro dá uma engasgada quando o galão de gasolina dá uma mudada em seu volume.... Também não? Impulse sentiu que outra pessoa estava usando a força da aceleração naquele momento, naquela cidade. Uma pessoa? Talvez. Duas? Também possível. Não era uma ciência exata uma energia extradimensional cósmica... Mas ela era compartilhada.


                   

    Impulse não era a única usuária da força da aceleração ali.



    Pikapool
    Troubleshooter
    Pikapool
    Troubleshooter

    Mensagens : 827
    Reputação : 35

    RP: O que mede um herói? - Página 30 Empty Re: RP: O que mede um herói?

    Mensagem por Pikapool em Seg Out 12, 2020 12:18 pm

    Adrenalina é como amar alguém, todos os seus músculos se contraem, da um grande frio na barriga e depois de realizado você sente uma leveza e alegria inexplicável, é muito bom!
    O Empire State tomava-me algumas horas. Horas que faziam-me tentar relembrar qual havia sido a ultima vez que desacelerei e apenas aproveitei a calmaria. No entanto, presumi que aquela era a calmaria que antecedia a tempestade. Pois, logo sentia-me sendo atraída pela Speed Force. Aquilo certamente era um mal sinal, um mal sinal que parecia manifestar-se através de outros.

    Olhei a volta lá de cima à procura de um sinal de quem poderia estar provocando tal evento. No mesmo momento duas pessoas vinham a minha mente. A primeira era aquele velocista tarado, no entanto não havia sentido nada na primeira vez que nos vimos. A outra opção era o velocista d'Os Sete, Speedball.

    Caso localizasse quem provocava tal evento seguiria atras do(s) mesmo(s). Do contrario, deixaria o Empire State e seguiria para o auditório preparar-me para a audiência.
    scorpion
    Mestre Jedi
    scorpion
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1044
    Reputação : 70

    RP: O que mede um herói? - Página 30 Empty Re: RP: O que mede um herói?

    Mensagem por scorpion em Qua Out 14, 2020 12:32 am

    Vendo que Maria Helena começa a melhorar, porém não acorda, as palavras de Dora parecem mais aterradoras que mentirosas... e isso faz com que Elanne se preocupe.

    Elanne: Eu não duvido da sua capacidade de fazer um estrago, Dora... eu duvido só da sua capacidade de se segurar para não fazê-lo.

    Ela se volta para os colegas, especialmente para Mari... Não esperava que a oração tivesse sido tão bem sucedida. Talvez Dora tivesse ajudado do outro lado... ela não sabia. Não havia como saber que fora o Cavalheiro Fantasma, então ele apóia delicadamente a cabeça de Maria Helena no chão e se levanta.

    Elanne: A sua mãe está fora de perigo mortal, porém, as notícias não são boas. Eu acabo de saber que o espírito dela não voltou para o corpo. Ele foi arrastado para o Mundo dos Mortos... ela ficará em coma até que a alma volte para o corpo e não podemos fazer nada daqui.

    Havia uma certa esperança na voz de Elanne.

    Elanne: Vocês precisam sair daqui. A minha empresa possui uma filial pequena aqui. Não é grande coisa, mas pode servir como um local para que vocês esperem e Maria Helena fique segura.

    Desta vez, voltava-se para ambos.

    Elanne: Dora Blake consegue ver o espírito de Maria Helena, mas eu não sei quais as intenções dela, então eu preciso ir o mais rápido possível ao mundo dos mortos para resgatá-la.

    Ela pegou o seu celular e mandou uma mensagem para o gerente da filial na Grécia. Era uma filial pequena, que funcionava como um pequeno hotel e aluguel de barcos... não devia ter mais do que 15 funcionários trabalhando no local. Instruiu na mensagem ao gerente para receber um homem de chapéu e duas mulheres nipônicas e hospedá-los no quarto que Elanne sempre usava. Ela logo estaria com eles.

    Elanne: Boa sorte pra vocês. Eu os encontrarei assim que tiver resgatado a alma da sua mãe.

    Dizendo isso e se nada mais acontecesse, Elanne iria abrir um portal esverdeado com um movimento de mãos, onde ela atravessaria e ele se fecharia logo atrás dele. Iria atrás de falar com Dora...

    @GodsCorpse escreveu:Texto não usado riscado.
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 3470
    Reputação : 69

    RP: O que mede um herói? - Página 30 Empty Re: RP: O que mede um herói?

    Mensagem por Claude Speedy em Qua Out 14, 2020 12:54 pm









    "Ser homem é tender a ser Deus; ou, se preferirmos, o homem é fundamentalmente o desejo de ser Deus." Jean-Paul Sartre




    Claude Speed
    Cavaleiro Fantasma




    Uma conversa estranha sobre almas no além começa a preocupar Claude.
    O nível de excentricidade disso deixa o ladrão bem assustado.

    Sem entender bem sobre o que Elanne esta falando sobre "alma no reino dos mortos", tudo que ele pensa em fazer é sair por aquelas sombras de volta para o beco em Nova York carregando Maria Helena igual nunca deixou de fazer desde o teleporte.

    Diferente de Elanne e de Mari, o Cavalheiro não veio até esse bar por meio de outro país, inclusive dentro do "Esquecidos" o Fantasma achava que estava em alguma extensão psicodélica do próprio LAVO, talvez algum vapor que ele mesmo cheirou ao criar o anestésico a partir do tecido de roupas de festa.

    Era isso, só poderia ser... Não qualquer razão para pensar diferente. Ou não houve tempo de pensar diferente da simples ideia de que voltaria de onde saiu.
    Ler muito sobre a religião Greco-Romana, deixar a imprensa o chamar de Cavalheiro Fantasma, tudo isso deve ter mexido com a cabeça dele.

    A vontade de ver Elanne para conseguir aliados contra Harman... Sim, é isso! Tudo aquilo era um pesadelo, não fazia ele ouvir dizer que existe um reino dos mortos, nem que a pessoa que ele viu que começava a curar estava nele.

    E por isso Speed ficava atento.
    Vai saindo, mesmo sem entender que "filial pequena" ela teria no bairro próximo da boate mais badalada da "Grande Maçã".

    Corria para as trevas da saída, sentindo-se derrotado por não ter podido contar para pequena Mari que tipo de monstros Nightstarker e Enchantress são... Mas tendo em vista a forma violenta como ela reagiu, com poderes semelhantes aos do Nightstalker, os problemas de convencimento era bem grandes.

    Caso a garota continuasse a atacar e não desse ouvidos ao que tinha a dizer sobre salvar a mãe da garota, ele ficaria na frente da lâmina para que Elanne não se ferisse.

    Por mais que meninas adolescentes gostem de uma explicação exotérica, ele não irria arriscar que a fúria da  garota sobrepujasse o amor pela mãe.

    E ao ver um portal se abrir diante de si, Claude pensa que precisaria pesquisar mais sobre isso, mas se recusa terminantemente a aceitar de pronto a explicação fácil de "Deuses entre Nós" .
     

    A Mente vê o que Mente\" e "Proteção Orgônica escreveu:
    Efeito Alternativo Dinâmico -
    ▎ ⓅⓅ Pontuação: 5 pontos
    Efeito: Camuflagem / Tipo: Sensorial / Ação: Livre / Alcance: Pessoal / Duração: Sustentado
    - Falhas: Mesclar-se -1 (Sua Camuflagem não funciona se você se mover mais rápido que sua graduação de velocidade terrestre –1).
    Graduação: 5 (Todos Sentidos Visuais, Audição Normal).
    +
    ▎ ⓅⓅ Pontuação: 20 pontos
    Efeito: Ilusão / Tipo: Sensorial / Ação: Padrão / Alcance: Percepção / Duração: Sustentada.
    Graduação: 4 (Todos Sentidos: 5 pontos/graduação).
    +
    ▎ ⓅⓅ Pontuação: 1 pontos
    Efeito: Característica Aumentada / Tipo: Geral / Ação: Livre / Alcance: Pessoal / Duração: Sustentado.
    Graduação: Vantagens Aumentadas 1 (Interpor-se).
    +
    ▎ ⓅⓅ Pontuação: 1 ponto
    Efeito: Proteção / Tipo: Defesa / Ação: Nenhuma / Alcance: Pessoal / Duração: Permanente (Sustentado)
    - Extras: Sustentado +0.
    Graduação: 1 (+1 em Resistência).




    ClRP: O que mede um herói? - Página 30 AmpleEnchantedBarb-small ude Speed

    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade
    Nimaru Souske
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1988
    Reputação : 84
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    RP: O que mede um herói? - Página 30 Empty Re: RP: O que mede um herói?

    Mensagem por Nimaru Souske em Qua Out 14, 2020 5:17 pm

    Mari, mesmo não mais estando envolta em sombras, continua ignorando o que não lhe parecia relevante para curar sua mãe. Sabia que seu descontrole havia lhe tirado o foco de ajudar Maria Helena e, também, se sentia ofendida consigo mesma por ter agido como se não mais houvesse esperança de melhora para o estado de sua mãe. Não podia fazer isso, nem que fosse pro um segundo, nada era mais importante para ela do que a sua mãe e a sua missão de carregar a espada.

    Ambas eram sua motivação para continuar vivendo.

    - Eu não tenho motivos para confiar em você, então o máximo de chance que estou lhe dando é isso. Logo após Elanne terminar de falar. - 2... Continuava a contagem.

    Segurava firme sua espada, continuando sua ameaça. Mas, agora, podendo olhar melhor para figura de sua mãe, sabia que o que deveria fazer ao final da contagem não era desferir um golpe, mas sim tirar sua mãe daquele lugar e procurar ajuda.

    Mesmo não sabendo quem mais poderia ajudar.

    Mari, então, sente novamente a espada estremecendo e a segura mais firme, pelo cabo, para que não escapasse novamente.

    - A espada... Olha para Enchantress, tentando entender o que estava acontecendo, mas nada parece esclarecer aquela situação. Tenta lembrar do que conseguia sobre a última vez que a espada saiu da bainha e lembrou de um detalhe. Procurou o anjo para ver se aquilo era uma reação a sua presença.

    Mas, ele não estava ali.

    - Vamos sair daqui, por favor. A espada está reagindo novamente. Fala para qualquer um, enquanto encara Maria Helena com preocupação em sua face.

    Mas aquela feiticeira falou algo antes de sair de cena.

    - Claudio? O que ele tem haver com o ataque da espada? Encara Claudio. - O que você fez com a minha espada? Não parecia tão irritada quanto antes. Estava mais confusa.

    Enquanto olhava para Claudio, Nightstalker se despede de Mari que nem mesmo olha em seu rosto. Tinha outras preocupações naquele momento. Ainda desconfiada de praticamente todos naquela cena, Mari vê o homem em vestes pretas tocando sua mãe enquanto ainda a carregava e mesmo querendo tirá-la de seus braços naquele momento, não teria tempo e força para isso.

    - O-o que? Ela... Ela... Os seus olhos se enchem de lágrimas. - Eu não sei porque vocês fizeram tudo isso comigo, com a minha mãe ou com a minha espada... muito menos não sei qual de vocês dois curou ela, mas por favor, me ajudem a sair daqui com ela... Eu não consigo só. Mari chorava por tudo enquanto segurava uma das mãos de sua mãe. Por todo estresse que sentira e sentimentos que passara. Sua cabeça não fazia tanto sentido, ainda mais para pedir ajuda aqueles dois que claramente haviam lhe prejudicado de certa forma.

    Mas agora toda sua atenção estava em Helena e naquele momento, ver alguma cor retornando ao corpo de sua mãe, havia lhe dado certo alívio. Mas, ela ainda tinha que acordar.

    - Eu só conheço o nosso apartamento e minha escola, não sei se ambos são seguros. Responde ao Claudio.- Mas se essa filial é mais segura e você manda no lugar, acho que é a melhor opção... eu só não consigo ficar parada sem fazer nada olhando para minha mãe nesse estado. Me diga se posso fazer algo pra ajudar, por favor. A garota olha para Elanne sem a raiva de antes e aquilo era estranho, ela sabia, mas tinha que confiar que ao menos aquele seria um caminho de salvar a alma de sua mãe. Mari vai até a mulher e segura em sua mão, firme, implorando para que ela falasse o que Mari poderia fazer para ajudar.

    Off:


    A Mari tem duas opções bem ruins na cabeça dela. Ou ela vai com o Claudio e a Mãe e fica dependendo de outra pessoa pra salvar a Maria Helena ou ela tenta de alguma forma entender se ela pode ir também para esse reino com a Elanne e deixa a mãe sozinha com o Claudio.

    Como ambas são ruins de certa forma, vou seguir uma ordem de como a Mari vai reagir dependendo do que Elanne falar:

    Caso a Mari possa ir junto, ela vai e deixa a mãe com Claudio.

    Caso a Mari não possa ir ou a Elanne só ignore o pedido dela, ela vai com o Claudio junto a mãe.

    scorpion
    Mestre Jedi
    scorpion
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1044
    Reputação : 70

    RP: O que mede um herói? - Página 30 Empty Re: RP: O que mede um herói?

    Mensagem por scorpion em Qua Out 14, 2020 6:04 pm

    Elanne já estava quase pronta para viajar ao mundo dos mortos sozinha, quando ouviu o apelo de Mari. Elanne não estava nem um pouco zangada com Mari, na verdade, ela entendia bem como era ter as trevas dentro de si... e aquilo tudo só estava acontecendo porque ela decidiu dar uma chance a Dora de destruir Enchantress...

    Ela olhou por cima do ombro para Mari.... pensou e parou de fazer os movimentos mágicos.

    Elanne: Você tem certeza disso, Mari? O que você vir lá, pode mudar a sua vida para sempre...

    Mas a menina estava irredutível... e não era de se espantar. Ela queria salvar a mãe. Se havia algo que era poderoso no mundo dos mortos era o amor de alguém que estava indo lá por vontade própria e de maneira autruísta.

    Elanne: Muito bem...

    A ruiva tirou o cachecol de seu próprio pescoço e colocou em Mari. O mesmo cachecol dado por Dora há poucos dias.

    Elanne: Aconteça o que acontecer, não tire isso do seu pescoço. Ele é encantado para proteger dos mortos...

    Ela começou a fazer os gestos mágicos, criando uma iluminação esverdeada em suas mãos e vários símbolos ocultos brilhosos surgiram... Elanne começava a suar... seus joelhos dobraram um pouco e um filete de sangue escorreu por uma de suas narinas. Era a primeira vez que levava alguém ao mundo dos mortos e abrir o portal para outra pessoa era extremamente desgastante, como ela estava descobrindo.
    Então, finalmente ela abriu o portal... Limpou o sangue do nariz e respirou ofegante...

    Elanne: Vamos...

    Olhou para Claude por cima do ombro.

    Elanne: Vá e leve Maria Helena para a filial na Grécia... te encontramos assim que voltarmos.

    Passou com Mari para o mundo dos mortos.

    Elanne: Nós somos apenas turistas aqui.... e eles odeiam turistas, porque temos a única coisa que eles nunca poderão ter... paz. Não importa o que você veja, não fale com ninguém e não toque em nada. Temos que ser o mais discretas possível.

    Iria ao encontro de Dora Blake.

    MECANICA:


    Narrador, vou usar ESFORÇO EXTRA e ficar Fatigada, pra conseguir pela cena o Extra: Afeta Outros, para a Viagem Dimensional

    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 3470
    Reputação : 69

    RP: O que mede um herói? - Página 30 Empty Re: RP: O que mede um herói?

    Mensagem por Claude Speedy em Qua Out 14, 2020 6:34 pm

    Novamente elas começam a falar e falaar antes de agir e Claude se surpreende do quanto a jovem esta encantada com os Sete.

    @Nimaru Souske escreveu:- Claudio? O que ele tem haver com o ataque da espada? Encara Claudio. - O que você fez com a minha espada? Não parecia tão irritada quanto antes. Estava mais confusa.

    —Eu nada tive  haver com sua espada. Eu avisei ao anjo para guardar sua ira. Foi ele quem fez isso com sua espada sem querer, sua arma é uma força  do bem e da luz... a ira divina aquece sua espada contra os maiores males do mundo.Eu não tive nada haver com isso. Eu já encarei essa mulher antes em outra ocasião e a feri e quase a matei. Ela sentiu que eu queria fazer isso de novo hoje... e eu ataquei o guarda-costas dela quando ele chegou perto de nós antes dele nos acertar...Guarda-costass que aliás tem os mesmos poderes das trevas que você.


    Durante vários minutos na conversa Claude antes do ataque ele falou sobre o problema do anjo se irar tornar a espada autônoma, apesar do aviso, uma só frase desconexa faz com que a garota ouça apenas os dois dos Sete que praticamente passam por cima da mulher que visivelmente o Cavalheiro Fantasma e passasse a acusar Claude.

    Aquilo soava  muito estranho, ao que parece a doutrinação e corrupção da mente da jovem era maior do que Claude imaginava, pois era tão poderosa que a verdade sobre a manipulação da espada passava a aparecer mesmo sem nenhuma evidência sequer dos dois atacados. Ao que parece não era Harman que lia mente, mas sim sua maga, que passou a protege-lo e fingiu

    Do nada,além da garota passar a confiar nos dois "heróis" instantaneamente e chegar a conclusões imediatas sobre Claude ter feito algo com a espada, a garota sem muita explicação começa também a pensar que Claude ou Elanne já curou a mãe dela. O que é estanho já que a mesma meramente ficou estabilizada. Era muito esquisito como do nada a jovem passava a confiar nos dois dos Sete, quase que imediatamente e mesmo esses não falando muito sobre a interferência.


    @Nimaru Souske escreveu:- O-o que? Ela... Ela... Os seus olhos se enchem de lágrimas. - Eu não sei porque vocês fizeram tudo isso comigo, com a minha mãe ou com a minha espada... muito menos não sei qual de vocês dois curou ela, mas por favor, me ajudem a sair daqui com ela... Eu não consigo só. Mari chorava por tudo enquanto segurava uma das mãos de sua mãe. Por todo estresse que sentira e sentimentos que passara. Sua cabeça não fazia tanto sentido, ainda mais para pedir ajuda aqueles dois que claramente haviam lhe prejudicado de certa forma.

    —Não te fiz nada, garota. Sou o único que esta tentando  salvar sua mãe, até você mesma a ignorou! Agora , vamos...


    Sem falar muito mais ia para saída para Nova York, onde iria procurar a rua Grécia.
    GodsCorpse
    Garou de Posto Cinco
    GodsCorpse
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2119
    Reputação : 47
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    RP: O que mede um herói? - Página 30 Empty Re: RP: O que mede um herói?

    Mensagem por GodsCorpse em Qua Out 14, 2020 11:46 pm


        
           
           
        

               

                   
                   

    @Pikapool


                       

    Informações



                       

                             
    • Condições: Normal.

    •                        
    • Pontos de Vitória: 2.

    •                        
    • Localidade: Cidade de Nova Iorque, Nova Iorque.

    •                    

                   

               

           

               

                   

    Anne se colocou a correr para buscar o que poderia ser a origem desse "distúrbio na força".


                   

    A Força da Aceleração nunca falou com ela, ao menos não como uma consciência faria, dando apenas mensagens através das ondas de sua intensidade, representando mudanças numa escala cósmica que era imperceptível para a maioria. Ainda assim, seria a primeira vez que sentia parceiros da força. Como seriam? Seriam tão habilidosos como ela? Ela lembra como foi o início: primeiro eram os passos rápidos, como se estivesse com patins com foguetes no tendão de Aquiles propulsionando-a para frente. Foi até um tempo até ela conseguir criar eletricidade, de uma maneira que a ciência responderia, mas apenas a força da aceleração proporcionava. Acelerar moléculas então... uff...


                   

    Passou por vários quarteirões, virando esquina por esquina, até finalmente captar visão de um raio de eletricidade cortando o ar. A Força em seu corpo dizia que aquilo era o que estava buscando... Não era o homem dourado e nem era Speedball, era alguma outra coisa.... Virou esquina, subiu prédios, correu pela ponte do Brooklyn até a silhueta parecer ter noção que estava sendo perseguida e tentar parar.


                   

    Tentar.


                   

    Quando fez o primeiro passo para "firmar-se", a silhueta elétrica arrebenta o concreto, tropeça e rola pelo chão e colide com uma parede em um beco. Anne-Sophie vê que é apenas um garoto, de moletom vermelho e tênis queimados pela fricção, uma cena que já havia visto consigo mesma. Todos movimentos dele são super-acelerados, virar o rosto era tonteante pois seu rosto virava apenas um borrão e as palavras que saem de sua boca são quase impossíveis de decifrar:


                   

    SocorroMeAjudaEuNãoConsigoPararÉMuitoRápidoSocorroComoFazParaParar?!


               

           
    GodsCorpse
    Garou de Posto Cinco
    GodsCorpse
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2119
    Reputação : 47
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    RP: O que mede um herói? - Página 30 Empty Re: RP: O que mede um herói?

    Mensagem por GodsCorpse em Qui Out 15, 2020 12:46 am


    Participantes:


        
           
               
               
               
              
        


                   

                       

    @Nimaru Souske


                       

                       

    Informações


                       

                             
    • Condições: Normal.

    •                        
    • Pontos de Vitória: 3.

    •                        
    • Localidade: Mundo dos Mortos...

    •                    

                   

               


                   

                       

    @Scorpion


                       

                       

    Informações


                       

                             
    • Condições: Fadigado.

    •                        
    • Pontos de Vitória: 2.

    •                        
    • Localidade: Mundo dos Mortos...

    •                    

                   

               

                       

    Presentes na Cena


                       

                             
    • Dora Blake - IMG

    •                    

                   

               

        
           
        

               

                   

    Quando Mari atravessa o portal, está diante de um grande deserto de areia azul clara, povoado de árvores negras que tinham seus troncos espaçosos de umas as outras. O céu era preenchido de nuvens escuras que mal dava espaço para a lua cerceta iluminar aquele mundo. Na frente das duas, a cidadela que formava o bar era possível ver ao horizonte, tão imponente quanto haviam visto no mundo dos vivos, mas decaindo aos poucos.


                   
    Elanne Prince escreveu:Temos que ser o mais discretas possível.
                   

    - E não puxe esse seu artefato aqui... - Mari sentiu o toque na espada e se virou para visão horripilante de uma mulher idosa, com olho cego e feições que, ainda naturais, faziam-na parecer muito mais diabólica que uma senhora normal. Se havia uma boa definição de envelhecer mal, essa seria uma - Olá minha jovem... Sou Dora Blake... É um prazer. - ela estende a mão e todos instintos dizem para que não faça. Ela sorriu de boca fechada - Não precisa ter vergonha, eu não mordo.


                   

    Voltando à visão do Bar, Dora continua - Nos superamos essa vez, Elanne, foi-se o Bar dos Esquecidos... Pronto para ser esquecido. Heheheh... Serviu-lhes bem, bando de hipócritas... Replicavam a ilusão da aparência do mundo dos humanos e se diziam representativos do mundo do sobrenatural. "Neutros", bah! - cuspiu no chão - Neutros nas caçadas. Neutros nos massacres. Tudo que realmente importava era sua reputação e seu lucro... E agora acaba onde todas as coisas acabam: no submundo.... Mas vocês não estão aqui por isso... Estão aqui por ela.


                   

    Dora apontou para um ponto distante, onde Maria Helena podia ser vista, claramente confusa da sua localidade e diferente: a pele e o cabelo de seu corpo ficava flutuando entre um negativo forte e um branco intenso, como a luz e a escuridão dançassem pelo seu corpo.


                   

    - Minha magia era para ter destruído a alma de uma mulher menor, mas parece que ela foi tocada pela Luz... e pela Escuridão. Isso a fez mais resistente... e mais suculenta. - lambeu os lábios - Vocês tem que se apressar, pois não é eu que acredito nisso. Você queria aprender das regras daqui, não é mesmo Elanne? Pois saiba que uma alma única é motivo de contestação.


                   

    O chão por baixo do trio estremesse, com uma ondulação passando por baixo da terra, se dirigindo até Maria Helena - ... Como estava dizendo.... heheheheh...


               

           
    GodsCorpse
    Garou de Posto Cinco
    GodsCorpse
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2119
    Reputação : 47
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    RP: O que mede um herói? - Página 30 Empty Re: RP: O que mede um herói?

    Mensagem por GodsCorpse em Qui Out 15, 2020 12:46 am


        
           
           
        

               

                   
                   

    @Claude Speedy


                       

    Informações



                       

                             
    • Condições: Normal.

    •                        
    • Pontos de Vitória: 3.

    •                        
    • Localidade: Cidade de Nova Iorque, Nova Iorque.

    •                    

                   

               

           

               

                   

    Não há tal coisa como "Rua Grécia" em Nova Iorque... Não fazia sentido "ir para filial na Grécia" conforme Elanne havia pedido, pois não foi por lá que veio. Independente de sua intenção, seu retorno é sua casa, é sua origem, Nova Iorque. Será que voltaria para o mesmo lugar que Enchantress voltou? A resposta foi um rápido e decepcionante não, pois estava ao lado do LAVO novamente, com fogo já controlado, poucos passos para as autoridades deixarem o local. Tudo aquilo poderia ter sido um sonho febril do Cavalheiro Fantasma... mas o corpo da mulher estava em sua mão.


                   

    Estava quente e com coração batendo, graças a deus (ou não), e seguia desacordada, qualquer estimulo que fosse. Podia não encontrar a tal filial de Elanne na Grécia, mas em Nova Iorque, sabia onde chegar. Claro que a mensagem da mulher não chegaria no lugar certo e ainda surgiria um homem misterioso com um corpo em coma numa grande empresa dizendo que sua dona pediu que estivesse ali com ela.


                   

    Mas isso não seria um problema, não agora, pois Éris estava diante dele. Surgiu da mesma forma que Claude podia aparecer e desaparecer: num piscar de olhos.


                   

    - Você arruinou minha entrada... Amei! Sabe Cláudio, eu esperava um ladrão de você. Um ladrãozinho trapaceiro só, mas você se mostrou muito, muito melhor que isso. - sua expressão corporal era animada, mas as faciais eram frias - Agora... o ataque à Enchantress, a retaliação da Dora, a morte do Bar... Um conflito de super-heróis que usam o dom da magia para se matar em um lugar neutro, destruindo o próprio lugar!... Não tem mensagem melhor que essa...


                   

    Ela joga os braços para cima, mantendo a expressão estoica, e depois se vira para Claude - Você está de parabéns. Vem comigo, Galan vai querer falar com você dos próximos passos... se quiser. Ah, e deixa essa tia aí.


                   

    A deusa se vira e anda pelas ruas, já esperando que o Cavalheiro Fantasma a siga.


               

           
    scorpion
    Mestre Jedi
    scorpion
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1044
    Reputação : 70

    RP: O que mede um herói? - Página 30 Empty Re: RP: O que mede um herói?

    Mensagem por scorpion em Qui Out 15, 2020 1:53 am

    Enquanto caminhavam, Elanne conversava com Mari.

    Elanne: Tudo aqui é perigoso... e vai tentar nos matar. Mantenha seus olhos atentos e não confie em ninguém que não seja eu.

    Continuou, tentando quebrar a tensão do lugar.

    Elanne: E então...? Qual é a sua história e dessa espada? Se formos morrer juntas, ao menos, atiçe a minha curiosidade...

    Se Elanne já não estivesse acostumada com a presença macabra de Dora, ela teria tomado um susto com a bruxa esgueirando-se como um gato preto, velho e maléfico por trás delas.

    Elanne: Blake...

    Apenas falou meneando a cabeça num cumprimento simples. Não gostava de estar na presença de Dora, mas não podia negar que, apesar dos seus métodos, na maioria dos casos Dora mais ajudava que atrapalhava.

    Elanne: Você pelo visto não gostava do bar... nem das pessoas lá, Dora. Dá pra sentir o cheiro do prazer que você teve em acabar com aquele lugar.

    Elanne: E eu não esqueci do nosso acordo. Na próxima Lua Cheia, você poderá usar o meu corpo, até o Sol raiar. Só tome cuidado onde você irá "soltar" o meu corpo e com o que irá fazer. Detestaria voltar à consciência e descobrir que agora sou inimiga da máfia russa!

    Continuou falando.

    Elanne: A mulher... a feiticeira chamada Enchantress te conhecia. Nos conhecia! Não custava ter me alertado sobre ela, não acha? Quando você estava em minha mente eu senti.... ódio, por ela. Vontade de explodí-la... de tirar sua alma. Porisso você não se conteve, daquele jeito, não é? E então...? Qualé a de vocês duas? Posso saber porque as comadres se odeiam tanto?

    Foi então que aquele tremor de terra surgiu, indo na direção de Maria Helena...
    Elanne estava bem cansada. Manter Mari ali, no mundo dos mortos era exaustivo e ela sequer teve tempo para respirar.

    Elanne: Ah, droga! Dora, nos ajude...!

    Dora nunca moveu uma palha pra ajudar qualquer pessoa que não fosse Elanne, mas não custava pedir.
    A ruiva usaria o grappling hook para disparar numa das árvores retorcidas e tentar chegar mais perto de Maria Helena. Ela estava cansada e se deslocaria mais lentamente, mas queria evitar o contato com o chão e ser atacada por algum espírito maligno.
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 3470
    Reputação : 69

    RP: O que mede um herói? - Página 30 Empty Re: RP: O que mede um herói?

    Mensagem por Claude Speedy em Qui Out 15, 2020 9:29 am

    —Éris! Eu estava pensando em apertar o botão do maldito aparelho que você me deu, mas parece que todas pessoas dessa maldita cidade leem mentes.

    Claude falava indiretamente sobre as mensagens mentais que recebeu de Enchantress, que não parecia ser capaz disso na primeira vez que a encontrou ue sim Harman, mas agora Éris fala sobre a espada da qual o Fantasma mentiu e cuja associação do uso não tem como ser ligada a ele e sim ao anjo e mesmo assim parece que a única prova que foi a sua fala nenhuma pessoa escutou.

    Não fazia sentido todos se tornarem tão hábeis em saber o que ele fez, especialmente estando todos diante de uma deusa da discórdia, essa parecia mais voltada o tempo todo a denunciar segredos e truques de Speed do que em ser o que ela estava criada para ser, uma agente do caos e da dissonância.

    Talvez ela realmente seja o que diz ser e estava ficando velha para esses jogos de "esconde-esconde". Talvez de fato Claude estivesse assumindo um papel cósmico maiorr...

    Talvez... se realmente deuses existissem.

    —Se viu o que aconteceu sabe que foi o anjo quem ameaçou demônios lá dentro e despertou a ira da espada. Pelo menos foi o que esses demônios disseram ao atacar Phanael, enquanto o querubim gritava à plenos pulmões que veio ajudar os Sete a lutar contra os deuses do Olimpo e sua arma matadora de Deus. Creio que é essa sua real preocupação. Afinal ele também disse enquanto lutava com os "anjos caídos" que espionou vocês e sabia que vocês iriam matar todos supers da Terrra e que por isso era fundamental que todos o obedecessem.

    Mentia obviamente para Éris em uma coisa que ele sabia que a Deusa tinha por mentira, mas com isso dava a dica do que tinha de sse espalhar por aí que "realmente" aconteceu no bar. Um querubim que parece um Seraphim entrou lá puxando briga e a energia psíquica desse despertou o poder da espada xintoísta em sua energia divina.

    Ao carregava Helena, ouvindo as palavras da auto-declarada deusa grega. Ao que parece realmente havia um desejo desses seres de tomarem a mãe da jovem Mari, única vítima inocente nesse jogo todo. A adolescente filha dela Mari carregava uma arma de luz e uma armadura de trevas, como que combinasse o Yin e o Yang.

    —Eu não vou abandonar Maria Helena, vou salva-la. Eu não sei sobre o que Elanne Prince acredita ser as outras dimensões e que isso tem haver com a mulher aqui comigo, mas eu preciso descobrir...Assim como não acho que você seja quem diz ser. Mas se realmente é, pouco importa sobre o que eu acredito ou não ou se vou levar essa mulher comigo ou deixa-la aqui. A deusa romana da discórdia não se importaria com meus caprichos de empatia ou falta dela. Eu sei que posso salva-la, mas se vocês fossem quem dizem ser, poderiam fazer muito mais por ela. Não vão chegar muito longe ignorando o sofrimento alheio, as atuais religiões já fazem isso...

    O Cavalheiro caminhava ainda carregando Maria Helena e seguindo Éris para o tal Galan. Pensava que além de apelar para apatia de Éris em proteger sua empatia, ele tinha muitos inimigos que criou naquele momento. Não suportou o cinismo da "heroína" dos Sete em bancar a donzela tímida e sua ira pode ter custado a vida de Maria Helena.

    —Essa "tia" é fundamental para que a High School Girl possa lutar contra os Sete, dois dos quais estavam naquele mesmo bar... Phanael ao que parece quer vocês todos mortos e vai tentar forjar uma aliança com os Sete. E Enchantress vive matando mulheres para sobreviver... Se fizerem o mesmo que ela vão só potencial. Minha ideia agora é facilitar para que Elanne tire tudo de Harman e a High School Girl nos ajude. Se gostou do que eu fiz improvisando no bar, eu sugiro que ouça meu plano.

    E camiinhava com ela para o tal Galan, seja lá ele quem for.



    GodsCorpse
    Garou de Posto Cinco
    GodsCorpse
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2119
    Reputação : 47
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    RP: O que mede um herói? - Página 30 Empty Re: RP: O que mede um herói?

    Mensagem por GodsCorpse em Qui Out 15, 2020 11:18 am








    @Claude Speedy


    Informações



    • Condições: Normal.
    • Pontos de Vitória: 3.
    • Localidade: Cidade de Nova Iorque, Nova Iorque.






    - Você acredita mesmo nas próprias mentiras, né? Acho que você não entendeu a parte que posso ver o que você faz. Encantadora deve ser capaz também, ela é mágica... Purpurina Purpurina - ela gesticula como soltasse "purpurina" no ar - Phanael era uma traição esperada, mas ele está errado: Não queremos matar nenhum super-herói... Mas se morrer também, não tem problema.


    @Claude Speedy escreveu:- Eu não vou abandonar Maria Helena, vou salva-la. [...] Assim como não acho que você seja quem diz ser. Mas se realmente é, pouco importa sobre o que eu acredito ou não ou se vou levar essa mulher comigo ou deixa-la aqui. ...] Não vão chegar muito longe ignorando o sofrimento alheio, as atuais religiões já fazem isso...

    Éris vira o rosto e boceja enquanto Cláudio fala, para de caminhar e se vira para ele - Como você gosta de falar... Você não vai a lugar nenhum com essa mulher. Quer arranjar mais super-heróis para lutar com os Sete? Quer mais heróis contra heróis? Fofo. Larga ela aí. Você pode não acreditar em mim Claude... Mas acredito no seu potencial. Tem todo jeito de ser anárquico por natureza... Seja um pouco mais: destrói essa ideia que você é um herói também.


    Ela cruza os braços - Você tem até o três... E eu vou ver se fizer uma ilusão... Um...



    Conteúdo patrocinado


    RP: O que mede um herói? - Página 30 Empty Re: RP: O que mede um herói?

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex Out 23, 2020 8:05 am