Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    A alcateia que falta

    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2223
    Reputação : 127

    A alcateia que falta - Página 6 Empty Re: A alcateia que falta

    Mensagem por Wordspinner Seg Jan 18, 2021 11:25 am

    Caminhante Noturno:
    A voz grave e cheia de galhos partidos e carne rasgada do Caminhante vem de longe. Lenta como seiva pegajosa. "Eu não me importo para achar. O dragão do céu Sem Fim é o guardião da alcateia de fora. Eles são muitos. A pequena irraka tem medo. É doce. Ela não amiga ou inimiga. Não entendi sua pergunta e não quero o Dragão do Céu Sem Fim aqui. Ninguém quer." Ele parece continuar pensando na pergunta do Cahalith. O esforço do totem é claro. Ele sabe o quanto os urathas são criaturas alienígenas e sem sentido. "Ela não tem guardião. Seu guardião morreu traído pelos próprios protegidos. Ela é pressagio ruim. Ela tem sangue do Lobo Prateado. Claro como a neve." Depois disso ele se cala. Desistindo de ajudar os urathas, ou tendo esgotado tudo que sabe sobre a situação.
    Ankou
    Mestre Jedi
    Ankou
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1359
    Reputação : 55

    A alcateia que falta - Página 6 Empty Re: A alcateia que falta

    Mensagem por Ankou Seg Jan 18, 2021 4:57 pm






    PThwhox.png

    O fato de Sam encarar faz ele sorrir sem mostrar os dentes, quase imperceptível debaixo de tanta barba, a magrela estranha definitivamente tinha espírito ele adimitia isso pra ele mesmo, enquanto a outra que parecia uma Barbie ruiva se encolhia. Os dentes finalmente aparecem quando ele olha Franco “seacndo” as meninas

    --

    Ele respira fundo, frustrado vendo a Legião se retirar, as palavras duras da mãe vem em seguida, mas ela se engana redondamente mesmo depois de seu quase discurso – Você não percebeu Garra de Ébano que eu acredito na solidez do protetorado. - Ele olha em direação a Amy e os novatos – é verdade que eu não conheço nenhum dos novatos, mas marcas falam mais do que palavras, e eu confio em Sombra Vermelha e sei que a vontade dela de ajudar o protetorado é verdadeira, eu não seria hipócrita de votar de outra forma. - era impassível em todos os aspectos.

    Ele se eximiu de fazer qualquer comentário enquanto os presentes falavam em suas respectivas ordens e nos determinados tempos cedidos, nesse meio tempo ele sente Shaw se aproximar e paga atenção no que ele fala, repetindo as palavras do Caminhante, longe demais pra ele ouvir, os olhos se arregalam enquanto ele pensa num turbilhão de possibilidades, podia tirar um monte de conclusões precipitadas e preferiu o silêncio.

    Ele fala assim que Willian termina seu relato. - Trovão saiu daqui sabendo do destino dele, ele disse que pretendia voltar, e isso era verdade, mas ele sabia que não ia, eu sabia que não ia… - ele se agacha perto da fogueira estendendo a mão pra mais perto do fogo – Ele tinha o olhar do Rahu que sabe quando chegou a hora… - dá pra sentir a tristeza dele e a falta de vontade de lutar e discutir sobre aquilo, nada é falado sobre “o território”, ele se cala ainda mais enquanto os demais ficam admirados com os ossos da bruxa, não queria clamar parte sobre aquilo, a coisa devia ser dado como restituição aos Corvos ou ficar como propriedade do protetorado não importava, era hora de cuidar de assuntos que foram momentaneamente postergados.

    A tristeza de Rail comovia de alguma forma, correr sozinho devia ser horrível, impensável, foi incapaz de deixar de perceber a face de Shaw quando ela se apresentou pra ingressar na alcateia, e Axel insistia numa profecia que ele não acreditava mais, muita coisa tinha mudado.

    - Imaculada, nosso Irraka gosta da ideia de ter alguém pra compartilhar o caminho das sombras – Ele se levanta e olha diretamente pra ela – Lobo Partido insiste numa profecia que eu já perdi a crença, ou que de alguma forma mudou o sentido, ou ganhou o sentido que deveria ter. - os olhos encaram o dela – Eu te fiz o convite no dia que a gente caçou junto, no dia que eu cacei pela primeira vez, o convite se mantém. - o olhar dele se desvia pra sombra atrás dele, como uma indicação pra ela andar pra lá se ainda fosse da vontade dela.

    Logo ele se atém a outros assuntos – Olhar Curioso, se for da vontade dos Uivadores, os Algozes estão prontos pra assumir a educação dos novatos, também incluindo os Sangue do Lobo que ninguém clamou. - Ele olha em direção a Chloe e Sam, dessa vez ele tem um brilho no olhar, um sorriso disfarçado, ele já tinha feito isso antes e estava fazendo de novo, mas dessa vez na cara dura pra todo mundo ver. - Junto disso clamamos a responsabilidade de cuidar das áreas não revindicadas de Polotown, ou do bairro inteiro se for da sua vontade abrir mão dele, se mantendo a rua principal como rua de acesso e negociações. Lobo Partido fica nervoso com o tanto de ratos que achamos lá, impossível se manter como uma área não vigiada. - sabia que havia dado um passo a frente, um passo audacioso, mas era verdade que devia e podia aumentar o território da alcateia se ela podia inflar consideravelmente, mas estava longe de fazer aquilo como exigência, ele sabia que os Uivadores estavam quebrados com a saída de Amy e Jay, mas de forma alguma queria que aquilo fosse visto como oportunismo, esperava que Richard reconhecesse isso.

    Faor
    Mutante
    Faor
    Mutante

    Mensagens : 703
    Reputação : 27

    A alcateia que falta - Página 6 Empty Re: A alcateia que falta

    Mensagem por Faor Ter Jan 19, 2021 2:31 pm






    A alcateia que falta - Página 6 268_2610



    Ouvir o Caminhante mantém Shaw atento, focado. Desde a caçada que libertou Relâmpago Caresmim e Passo Noturno o irraka se sentia mais cansado, exausto às vezes. Ele sentia que deveria se conectar mais ao Segundo Mundo, ao Totem e a seu próprio espírito. Talvez por tudo isso ele tenha sentido necessidade de levar ao alfa as palavras do Caminhante Noturno.

    A interpretação de Shaw ele guardou para si, mas encarava Imaculada visivelmente de outro jeito. Ela reconheceria nele o olhar especial dos Lua Nova. Se provocação, respeito ou puro instinto, nem ele sabia.

    Aos poucos, o irraka relaxa e apenas acompanha a passagem do tempo. Coração de Prata não o surpreende, a Legião não o surpreende mais. Ainda assim é sempre bom ver Chaya, mesmo se arrastando. Às vezes, especialmente se arrastando. Ele ignora a tensão entre Ash e Connor mas demonstrou interesse no convite de Olhar Curioso para Rail. Shaw tenta interpretar se está forçando alguém a tomar uma atitude ou se apenas faz o que acha que é seu papel, mas logo desiste. Esse é o jogo de Richard e não dá para jogar contra ele.

    Amy, Sombra Vermelha. Ali Shaw perde um pouco o ritmo da respiração. Ninguém vai entender o que ele está sentindo. - Conectados pela merda. - No fim, ele não sente a ruptura dos Uivadores e fica satisfeito com a postura da rahu. - Mais jogos... - ele fala baixo, Axel e Francis podem até ter ouvido, mas nada além disso. Ele está mais interessado na postura de todos do que no resultado daquilo tudo.

    As revelações que seguem, essas sim perturbam. - Quem diria? - outro comentário gratuito, perdido. Ele até se posicionou a fim de olhar para a ossada mas não se manifestou. Shaw encarou Connor até ele movimentar suas peças e formalizar o convite para Rail e depois dizer que os Algozes podem receber novatos e Sangue de Lobo.

    - Estamos prontos mesmo? - Já retornando para as sombras, ele conversa com Lobo Partido sem que ninguém mais escute. A voz diretamente na mente de Axel, que o percebe com um sorriso forçado de volta. - Eu até acho que podemos estar, que devemos estar, mas que hora para se juntar aos urathas de Dover, hein? - Apenas Francis teria chances de perceber que eles conversavam assim. Ou um outro observador muito cuidadoso, claro.

    Quando Guardião Feroz falou sobre ratos em Polotown e aumento do território, Shaw fitou ele com os olhos e teve um sorriso mais sincero. - Cuidado com o que se deseja... - Esse pensamento ele guardou com ele mas o sorriso quase debochado denunciava alguma ironia.



    thendara_selune
    Mutante
    thendara_selune
    Mutante

    Mensagens : 693
    Reputação : 53

    A alcateia que falta - Página 6 Empty Re: A alcateia que falta

    Mensagem por thendara_selune Ter Jan 19, 2021 3:14 pm

    A alcateia que falta - Página 6 Dmdf8811

    (O ar noturno, a fogueira ardendo e vários sentimentos no ar causando em Chloe uma confusão mental ao mesmo tempo que Jun explica as coisas. Ela olha para Sam com um olhar perdido em meio a tudo aquilo, mas depois de um tempo, a voz familiar de Amy surge. As palavras dela cheias de segurança, um rosto conhecido, embora os olhos predatórios ainda estivessem ali prontos para clamar presas que Chloe ainda desconhecia, depois o homem atarracado fala, fazendo-a desviar os olhos dele.  Ela se sente tão pequena diante do novo mundo que foi mostrado, tentava racionalizar as coisas, até que observa a movimentação de  alguns ao redor de uma espécie de pequeno container e  Chloe pensa que seria uma ótima oportunidade para sair dali. Porém precisa responder Amy, aproxima-se dela e fala em tom baixo.)


    "Eu conheci as duas e se ainda não tiverem uma alcateia quando meu território estiver seguro e estabelecido eu as convido. Seria muito útil tê-las comigo."

    — Obrigada…Lembrarei disso e mais uma vez obrigada por tudo!



    (A voz dela é cheia de admiração, mas também existe medo escapando como se fossem fagulhas da fogueira que arde ali. Depois o homem que tem um altura chamativa, bem como uma constituição que provoca uma sensação de estar lidando com um gigante de contos infantis a deixa desconfortável, não sabia quem era ele, pode notar outros homens nas sombras e não sabia como lidar com as palavras ditas pelo estranho. Olhou para Sam imaginando que ela poderia ter uma resposta para dar, mas Chloe apenas observou os homens e aquele que falou com ela, mas havia desconfiança brilhando nos olhos cor de âmbar. Depois aproxima-se mais de Sam, Jun e Laura como se esperasse por alguma coisa, tudo estava indo rápido demais, sentia que estava na corda bamba e abaixo dela um abismo desconhecido uivando sedento por mastigar seus ossos.)

    Ações e pensamentos entre parênteses
    Falas em branco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2223
    Reputação : 127

    A alcateia que falta - Página 6 Empty Re: A alcateia que falta

    Mensagem por Wordspinner Ter Jan 19, 2021 6:33 pm

    Chloe se aproxima para falar, enquanto fala é puxada para trás por Laura. "Você não quer chegar perto dali agora menina. Se um dia tiver azar o bastante vai." Não tinha irritação. Na verdade Laura estava tentando segurar o riso quando começou a falar. Ninguém a repreendeu pela quebra de etiqueta. Mas alguns ali olharam para ela até ela voltar ao lugar. Suas palavras não pareceram fora do lugar. Mas sua aproximação sim. Ela não entendia as regras dali. Será que alguns deles entendia?

    No meio de toda vergonha Amy sorri para ela com uma expressão calorosa. Ela também parecia segurar o riso. Então Connor começa a falar.

    --

    Shaw não ouve qualquer resposta do seu totem. Exceto um resmungo com som galhos secos e ossos partindo.

    --

    As chamas nas árvores brilham mais forte que o normal. Chloe e Samantha percebem formas ainda mais alienígenas ali. O véu entre os mundos se torna fino. O caminhante é o primeiro a ser notado pela atenção elas davam a Francis. O monstro alto demais com a cabeça entre as árvores. As garras compridas cheias de sangue. O rosto escurecido por sua juba de cabelos bagunçada e cheia de folhas. Olhos impossíveis de perceber.

    Atrás de Brendan e Maria uma enorme forma escura. Asas longas apontando para o chão. As bordas desfeitas em nevoa escura. Nevoa que se arrasta para longe sempre se movendo.

    Atrás dos Uivadores a sombra alada. O corpo esfumaçado e impreciso feito raiva. Os olhos felinos vermelhos e ardentes. Tinta negra espalhada no ar.

    Atrás de Anne e Aponi uma torre de fogo e fumaça preta. Girando e subindo e descendo. Ardendo e distorcendo o ar com calor.

    Passando pela muralha de vinhas a monstruosidade metálica com dentes de aço incandescente. Neon nos pares afiados de olhos na cabeça. Fumaça cor de chumbo vazando das placas sobrepostas como escamas. Mais tarde esse espírito séria apresentado como Dragão de Aço.

    --

    "Não. Vocês não vão educar os mais novo." Amy e Ash falam juntas. Palavra por palavra. No segundo seguinte as duas oferecem a palavra uma a outra. Quebra correntes concorda com as duas e Richard dá de ombros antes de falar. "Melhor não fazermos compromissos sobre a educação dos mais novos. Vamos decidir assim que chegar agora." Stuarts move a mão antes de falar o irraka não resiste em passar a palavra. "Seu território é assustador Guardião Ferroz. Ele fede a medo. Quer mesmo que um Mestre do Ferro deixe você ficar com mais? Sua administração garantiu que eles vão resistir toda vez que tentar tocar em um território novo. Se quer que eles se comportem de outra forma seja um jardineiro e não um rolo compressor." A voz dele é calma e seus olhos não estão em Connor e sim nos mestres do ferro ali no meio. Nós alfas. "Tenho certeza que os os Dragões vão lutar por cada centímetro e que Olhar Curioso não vai abandonar nada. Eu cumprimento sua ousadia, mas te garanto que vão estar todos de olho em vocês. Estamos todos desde o começo, mas agora com a influência do medo aumentando tão agressivamente..." Ele aponta para Richard que confirma com a cabeça e toca o braço de Amy.

    A rahu fecha a boca e abre um sorriso. "Não vou negar. Eu quero um pedaço de Polotown e não tem nada que pareça uma avenida principal lá. Mas todas os caminhos levam ao bairro polonês original. Podemos deixar o lugar como território neutro e dividir tudo por três. Ou podemos lutar por cada rua e cada prédio. Mas eu prefiro lutar com outras pessoas. Pessoas menores." Ela estica a mão na direção de Connor oferecendo uma contra proposta. "Quando aos sangue de lobo, elas podem ficar no território neutro enquanto vocês se conhecem. Chloe já está instalada por lá. Já que não sabíamos com quem ia ficar."

    Ash é a próxima a falar. "Não temos interesse nos sangue de lobo. Já temos o bastante com os que vem de Sparhall. Loba sem Sombra ainda está procurando vestígio das outras alcateias da região. Qualquer um deles seria uma adição valida ao protetorado. Se os três Crestwood puderem ficar e ajudar com a tarefa ficaríamos muito gratos." Um olhar estranho da Cahalith para William que estava prestes a responder, mas seu filho o toca no braço e ele o permite responder pelos três. "É sempre uma honra ajudar outros irmãos das tribos da lua. Ficaremos mais tempo. Eu não entendo as suas regras e peço algo grande. Metade de mim está aqui para ficar. Não posso viver pela metade. Quero ficar. Preciso ficar e peço permissão desse conselho." Edrick termina sua fala com uma reverência profunda. Garras de Ferro ao lado parece surpreso. Já o pai só balança a cabeça em afirmativo.

    "Espero que lembrem de respeitar nossas leis e nossos parentes. Se conseguirem, seremos eternamente gratos. Por mim o garoto pode ficar se for se unir a uma das alcateias locais. Alguém tem alguma objeção." Amy não se move. Tentando se abster de todas as formas e em todos os gestos. Mas qualquer um consegue ver como está feliz. Stuarts parece preocupado, ou pensativo. Mas afirma com a cabeça. Richard olha de um Crestwood para o outro e por último para Connor. "Não acredito que qualquer um tenha algo contra. Tem?" Todos esperam a resposta de Connor.

    --

    Rail parece contrariada quando Connor fala. Ela parece duvidar do seu convite. Ela hesita em aceitar e é atropelada pelo ritmo da reunião. Agora tudo parece estar no fim e ela ainda não disse nada. Insegura. Perdida. Stuarts pega um dos ossos. Um longo e comprido. Richard pega o crânio e Amy outra parte longa. Os outros ficam para os Filhos do Corvo. Rail apenas observa. Seus sentimentos torcendo seu rosto em mais de uma direção. A perna esquerda fazendo o pé bater de novo e de novo. Nervosa. Ela enterra uma das mãos no cabelo volumoso pensativa.

    Ash pede o fim da reunião e ela ainda não se move. Os alfas deixam o momento passar um a um.


    Ankou
    Mestre Jedi
    Ankou
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1359
    Reputação : 55

    A alcateia que falta - Página 6 Empty Re: A alcateia que falta

    Mensagem por Ankou Ter Jan 19, 2021 8:53 pm






    PThwhox.png


    O olhar sobre Chloe é curioso, como se esperasse que ela fosse fazer algo engraçado, mas nada mais, Connor permanecia tranquilo e sem julgamento.

    - Parece que eu fui massacrado, ouch. - é o que ele dá em resposta sobre a educação dos mais novos, mas não parece contrariado, permanece impassível até ouvir que o território dele parecia puro medo, a coisa soa como se fosse um elogio e não o contrário. - Muitos ricaços, grades na janela, um monte de histórias rondando sobre gente sumida pra dentro da reserva.– ele olha em direção a Franco e o sorriso se abre ainda mais. - Sei de nada… - dava pra ter certeza que ele ia explodir numa gargalhada qualquer hora, mas não ele permanece com a mesma cara de sonso.

    Amy se pronuncia sobre Polotown e ele parece discordar dela,  – Todo lugar tem uma rua principal, o coração, tava me referindo a feira. - ele olha por um instante pra Axel – Lobo Partido, tu ainda quer caçar aquele carinha ou vai passar a bola, pra quem encontrar o candango chafurdando num esgoto qualquer? - ele faz a pergunta mas hasteia um dedo como se pedisse um momento. - Franky, pode trovar a treta. - ele espera Franco resumir a história dos ratos pra coisa ficar em contexto – Então é por isso. - ele olha pra Axel por um instante, como se avisasse pra ele que seu momento ainda viria e se volta pros outros dois alfas – Eu fico de boas deixarem a gente ficar de olho no templo e com a área dos russos e dos latinos, dividir em três é suave, mas o Abram é decisão do Lobo Partido, se ele disser que é nosso, é nosso. - ele olha pra Axel e finalmente dá um tempo pra ele se pronunciar – Eu sei que vocês querem a área dos asiáticos, nenhuma surpresa aí, nada pra gente lá, e eu prefiro uma solução pacífica, fico de boas se o Rich quer manter o pedaço dele. A gente ia ter que ter mais fronteiras de qualquer forma, e podem ficar tranquilos não pretendo tocar o terror em  Polotown. - ele olha pra Amy e Richard esperando uma resposta.

    Ash ao falar dos Sangue do Lobo em Sparhall, faz o olhar de Connor parecer se movimentar de um lado pro outro como se estivesse torcendo pra vez de falar voltasse pra ele – Precisa de ajuda? - a pergunta dele é séria, parecia mais sério que tudo que ele havia falado ali hoje. - Cê sabe que pode contar comigo sempre pra ajudar a fam… O povo. - ele olha pra mãe e pro tio Nestor, faz um aceno positivo de cabeça.

    Finalmente quando o olhar de Richard se recai sobre Connor ele dá um joínha pra ele e pros Crestwood em seguida, definitivamente era a única coisa em que ele e a mãe concordaram a noite toda.

    - Êêee, licença.– Connor hasteia o dedo e impede a reunião de acabar. - Imaculada, você não me deu sua resposta, você sabe que não deve sair daqui hoje caçando sozinha. Sendo honesto eu acho que deveria correr com os Corvos,eu não vejo nenhum Irraka entre eles e você e tio Nestor tão na briga juntos faz um tempo, mas essa decisão não é minha, mas você se lembra o que o velho falou dos Sombras Descarnadas.- Ele olha pra mãe e tinha certeza que não, ele podia sentir o medo dela de longe, a paranoia, e tudo aquilo que ela já cozinhava na cachola pra cima dele, não podia nem imaginar o que ela tinha guardado pra Rail.

    Ele se aproxima e coloca as mãozorras sobre os ombros dela o tom é baixo carinhoso e de compreensão – Você já passou pela escolha mais difícil, você não sai daqui sem uma alcateia, se juntar aos meus irmãos no escuro é uma escolha minha, e eu posso prometer que o medo vai embora. - ele podia até soar sedutor, mas era honesto até o ultimo fio de cabelo, no final ele não termina encarando nenhum alfa, mas Maria, ele não esperava uma resposta dela, nem mesmo da mãe, mas definitivamente ele tentava ler a "mulher de pedra".

    thendara_selune
    Mutante
    thendara_selune
    Mutante

    Mensagens : 693
    Reputação : 53

    A alcateia que falta - Página 6 Empty Re: A alcateia que falta

    Mensagem por thendara_selune Ter Jan 19, 2021 9:15 pm

    (Chloe  estava envergonhada, o rosto ficou vermelho e olhos perdidos. Parecia estar em uma estranha reunião de seres saídos de livros empoeirados, então seus olhos lhe mostram o sobrenatural parecia ter cruzado as linhas entre mundos. Tudo parecia ser muito mais intenso, a vida parecia fluir de maneira diferente naquele momento e até mesmo os troncos escuros, quase negros, das árvores de folhas bruxeleantes contrastavam de um modo especial com as outras presenças que ela nunca presenciou antes de conhecer Asia. Tudo lhe parecia surreal, massivo e invasor. Ela leva as mãos à boca em um misto de surpresa e medo. Sentía estar vivenciado um déjà vu. Custou-lhe um momento filtrar as coisas e sua voz estava travada em sua garganta.  Chloe  ouvia o que era dito sobre seu nome, as palavras eram ecos distantes, seus olhos ainda fixos em tudo que via, muito mais interessada em compreender o que eram aqueles seres. Sua mente a fez pensar sobre o xamanismo e trabalhar com “espíritos aliados”, mas ela não entendia aquilo por completo, era algo que leu por curiosidade e sentia que não era o momento de perguntar sobre isso.)


    Ações e pensamentos entre parênteses
    Falas em branco
    Bastet
    Adepto da Virtualidade
    Bastet
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1566
    Reputação : 94
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    A alcateia que falta - Página 6 Empty Re: A alcateia que falta

    Mensagem por Bastet Ter Jan 19, 2021 11:46 pm



    Samantha
    Doiley

    Aquela reunião estava sendo um monte de blablabla e pipipi popopo na cabeça de Samantha. Nada ali fazia sentido nenhum e todo o papo daquele povo que parecia querer parecer mais forte um do que o outro... Chato. Ela percebia a aura tensa e tudo mais... Mas ainda entendia muito pouco pra se interessar sobre aquela falação. Ainda estava avaliando as coisas além da fogueira quando ouviu a voz de Amy as convidando para sua alcateia, quando eles se estabelecessem.

    Sam ergueu o olhar, mas Chloe foi mais rápida ao responder. A ruiva saiu de perto dela, mas logo foi puxada por Laura. Encontrou os olhos de Amy e agradeceu maneando a cabeça e um sorriso discreto... E o fez também pro grandão da fogueira, quando ele ofereceu proteção. Esse era uma figura curiosa. Sam se deixou observá-lo nos momentos de fala e nos momentos que os outros falavam. Em alguns momentos, um sorriso juvenil, mesmo que escondido, surgia nos lábios dele. Não era possível esconder os músculos perto dos olhos se contraindo com a barba grande. Na verdade, dentre todos os da reunião chata, ele e os outros rapazes perto dele (até o tarado, vai) pareciam ser as pessoas menos maltratadas por todo aquele treco de “outro lado”. Uns riam, outros cochichavam... Um ficava no meio da escuridão das árvores, perto de onde também estava o tarado, parecendo entender o que um monstrão macabro e cheio de folhas dizia.

    Aos olhos de Anne, as sombras que esse rapaz se escondia não era tão escura. Infelizmente. Não sabia do que falavam, mas seus olhos ficaram vidrados no bicho. Dele, percebeu outros mais... Muitos deles. Sentiu a respiração acelerando... A cabeça rodando de leve. Procurou Anne com o olhar, pra ter certeza que não estava pirando. Queria que ela não estivesse tão longe... Mas estava.  E entendia que provavelmente a distância tinha um motivo, por isso não a encurtou.

    Puxou a mochila das costas,  abrindo um frasco daquela merda de maracugina natureba que o médico tinha passado pra substituir TODOS seus remédios. Pegou uns três comprimidos e tomou, jogando o frasco pra dentro da bolsa novamente. A mão roçou na faca jogada ali dentro da mochila... Samantha forçou um dos dedos nela, sem nem pensar, até sentir que rasgou um pouco da pele. Fechou os olhos, se concentrando na sensação. Uma coisa palpável no meio daquela maluquice toda.

    Quando ouviu seu nome novamente, puxou a mão de dentro da mochila, ajeitando ela e levando o dedo machucado à boca, pra estancar as gotinhas de sangue que saiam e não tinham tido tempo de coagular ainda. Entendeu que se mudaria novamente... E que a reunião tava terminando. Abriu até um sorriso, limpando a baba do dedo no jeans.... Mas aí o grandão começou a falar de novo.

    - Puta que pariu –
    disse bem baixinho, esquecendo que a maioria das pessoas ali tinham a audição do lobo mau dos contos de fadas... Calou a boca, olhando pro tênis que fora branco e agora estava cheio de terra.


    GodsCorpse
    Sacerdote de Cthulhu
    GodsCorpse
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2788
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    A alcateia que falta - Página 6 Empty Re: A alcateia que falta

    Mensagem por GodsCorpse Qua Jan 20, 2021 6:27 pm


        
           
           
        

               

               

           

               
    As caçadas vão ser ainda mais silenciosas e... violentas
               

    - Psh... Para mim tem cara de garota ainda. - falou na mesma altura do som. Era um julgamento sem nenhum conhecimento, só o fato de fazer o pedido de forma tão... ortodoxa o fez levantar uma sobrancelha para o pedido. Ali estavam julgando a criação de uma nova alcateia e o uratha surge quase que implorando para onde ir... estranho. Em outro momento, Axel chamou atenção para Franco, que riu para si e voltou o olhar para o resto do ambiente - Só inspecionando as novatas...


               

    - Isso Amy... - sussurrou entre os dentes. Não desgostava do Richard, mas ver o mauricinho ser atropelado pela grandona roubava um sorriso do cahalith. Algumas coisas ele certamente herdou do Krantz. Mas tinha outra coisa que começou a soar em sua cabeça: vão precisar de território. Dover começou a ficar pequena demais para tanto lobo e a Legião deve estar apostando nisso. Com Vazio fora do caminho, deve ter um incomodo a menos para estender os braços para alongar, exceto os Puros que correm para o abraço. Com uma alcateia amais, onde parte do Protetorado não quer, está cheirando forte o que a Legião queria para Francis: menos protetorado, mais briga.


               

    Cabeça de Francis se levanta para ouvir William. Estiveram juntos no dia fatídico e essa informação era nova. O cahalith estava em outro lugar enquanto aquilo tudo se desbravou... Metaforicamente falando. Lembrou do assunto da bruxa, não sabia que se resolveu. Todos olhavam aos ossos como se fosse um prêmio e queria que Ethan estivesse ali para ao menos dizer por quê. No meio tempo, o Caminhante complementa seu juízo sobre Rail - Foi o que eu pensei, grandalhão. - Franco acompanha Shaw quando passam as palavras do Caminhante para o Grande C.


               
    Connor escreveu:Franky, pode trovar a treta.
               

    Franco levanta a cabeça como se tivesse num transe - Putz... Esqueci essa... - pausou e depois riu - Capaz... Está história é verdadeira... - e contou o feito dos rapazes ao lidar com os ratos, enfatizando heroísmo e horror das criaturas.



           
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5212
    Reputação : 391
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    A alcateia que falta - Página 6 Empty Re: A alcateia que falta

    Mensagem por Bravos Qui Jan 21, 2021 10:39 pm




    Axel Brown

    Se estivesse na forma urhan as orelhas dele teriam se levantado quando ouviu que não foi a prata que matou Trovão. O que teria sido, então? Não se tinha resposta e isso era bem incômodo, uma vez que um uratha como ele não teria caído por pouca coisa. Quando o assunto chegou sobre o treinamento dos novatos, Shaw falou com ele, dentro de sua mente. Ele respondeu, da mesma forma: - Ninguém nunca está pronto para nada, no fim das contas, se tivermos que fazer, vamos fazer. - Era algo que ele trazia como verdade. A verdade é que as demais alcatéias não estavam de acordo. Talvez com razão, no fim, eles eram os iniciantes ali ainda.

    Ao escutar o que o Caminhante diz, Axel foca-se em Rail. Irrakas são escorregadios como peixes. Algumas cartas precisariam ser postas na mesa se ela fosse correr com eles.

    O tema chega então no território em Polotown. Connor pergunta se ele abriria mão da caça. Francis conta a história. Axel pisca pro cahalith antes de falar. - Eu entrei no rastro dessa hoste a partir de uma dica de Amy e com conselhos de Sebastian. Será um prazer contar com a ajuda de uma ou de ambas as alcatéias. Se localizarem a hoste dentro de seus territórios, esperamos ser avisados para que possamos caçá-la juntos. - Usava uma forma educada, mas estava bem evidente pelo tom que estava disposto a caçar junto, mas não a ser excluído da caçada.

    O último tema era Rail. O elodoth, como os demais, esperava a resposta dela.






    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2223
    Reputação : 127

    A alcateia que falta - Página 6 Empty Re: A alcateia que falta

    Mensagem por Wordspinner Sex Jan 22, 2021 12:15 pm

    Connor escreveu:Todo lugar tem uma rua principal, o coração, tava me referindo a feira.

    Amy revira os olhos. Richard parece prestes a responder, mas apenas sorri e confirma. Ash, porém... "Eles tem o território a anos e você nunca morou perto e nem frequentou o lugar. Fez uma caçada por lá e já quer passar vergonha na frente de todo o protetorado? Sim, tem eslavos lá. Sim, tem feiras lá. Plural. Todos os dias. Guardião Feroz, talvez seja melhor deixar seu irraka e seu elodoth negociarem suas fronteiras." No começo a foz dela tem ácido. Mas ela controla a irritação antes do primeiro ponto. No fim, a sugestão parece nada mais que um bom plano. Shaw definitivamente conhecia o bairro e as fronteiras do território melhor. Axel deveria conhecer as leis e seria mais difícil de enganar.

    "Não quero roubar a sua presa e vocês definitivamente podem passar no nosso território de novo para caçar a hoste. Tenho certeza que Sombra Vermelha não vai se opor e ainda continuar dando informações para vocês. Se deram bem com o mapa?" A voz de Richard era conciliadora, não corrigia nenhum dos outros alfas. Amy acena positivamente durante toda fala de Richard, no começo aprovando o compromisso de Olhar Curioso em cooperar, depois confirmando que faria o que ele tinha suposto.

    --

    Quando Francis começa a sua história as alcateias fica em silêncio e as chamas acima escurecem. Exceto a mais próxima dele. A lua gibosa ainda no céu parecia arder com as suas palavras. O clima da reunião fica ao mesmo tempo mais pesado e raivoso a partir dai. Como se qualquer faísca pudesse promover um incêndio. Francis sente todos os olhares nele. Também sente as chamas brilhando mais quando ele termina. Vê nos seus companheiros a prontidão que esperava. Sente como se tudo que tivesse que fazer para pô-los em guerra fosse dizer uma palavra.

    --

    Quando Connor oferece ajuda com os parentes os olhos de Ash se tornam tristes, mas cheios de empatia. "Seu território é muito grande e vai ficar maior. Seus companheiros estão feridos e já gastam muito do seu tempo com acordos e suas obrigações na fronteira dos mundos. Correr por trás dos puros? Sob o focinho deles? Claro que queremos ajuda. Aceitamos também. Mas seja justo com a sua alcateia." Ash ignora as aparências e toca com carinho o braço do filho.

    --

    Quando Axel fala ele não recebe nenhuma repreensão. Na verdade todos os alfas se comprometeram. Dava para ver o ódio que eles tinham da hoste. Esse sentimento era mais forte que a desconfiança que nutriam dos que caçam nas sombras. Nenhum uratha ali mostrou qualquer forma de oposição.

    --

    Rail parece ainda menor sob as mãos do grandalhão. Os olhos escuros e cheios de medo se transformam lentamente enquanto ele fala. Abastecidos pelas palavras dele. "Eu tomo minha decisão se precisa ser agora." Os punhos serrados ao lado do corpo com força. Ela olha para os outros alfas com algum desafio. Verdade seja dita, não muito. "Eu aceito o convite..." Ela puxa o rosto do rahu para fixar seus olhos nos dele. "Eu vou correr com Sombra Vermelha e os seus Dragões."

    Depois disso não há mais nenhuma objeção. A reunião termina.
    Ankou
    Mestre Jedi
    Ankou
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1359
    Reputação : 55

    A alcateia que falta - Página 6 Empty Re: A alcateia que falta

    Mensagem por Ankou Sex Jan 22, 2021 2:53 pm






    PThwhox.png


    Connor ri com as palavras de Ash – Acho que eu to sacando por que a gente se bica tanto, a gente é mais parecido do que a gente gostaria de adimitir… Eu só coloquei meus termos na mesa! - a verdade é que com os tempos corridos eles não havia discutido nada sobre Polotown, mas o Elodoth e o Irraka possivelmente sabiam e sentiam a mesma coisa que ele. - O trato é seu Lobo Partido, - ele olha pros quatro participantes, meneia em positivo pra Shaw e pemanece em silêncio.



    Ele toca a mão da mãe sobre o próprio braço. - Não, eles tem um rato pra caçar… Eu gosto de fazer parte das histórias, mas o povo é mais importante, quando é meu sangue é mais importante ainda e eles vão ter mais de um Rahu entre eles… - Ele respira fundo de novo enquanto fita os Corvos até chegar dentro dos olhos da mãe, eles não tinham um, ele a puxa pra perto e a abraça, tava exausto de manter as aparências, sabia que ela estava também, a morte do Vô devia estar sendo algo mais devastador pra ela do que pra qualquer outro.


    Quando o olhar de Rail pros outros alfas e se inflama daquela forma – Eu conheço cada alfa aqui  e suas cicatrizes, não faça isso. - Uma repreensão, talvez, mas o tom era apaziguador, ele sente o rosto puxado e ela tomando sua decisão – Ela também tem as cicatrizes dela… Mas você é uma boa pessoa Rail, nunca deixe ninguém te dizer o contrário. - ele dá um beijo no topo da cabeça dela e olha confidente pra Amy e se distancia.

    Por fim a reunião se dá por encerrada, Connor se direciona a Axel e Shaw – Tomem um trago por mim na Olena, e veja isso de Polotown com eles, e se lembre que a gente vai ter que mudar nossos termos com a corte do vento, assim que a gente anexar qualquer pedaço de lá, Abram vai ter que cair até o final da quarta lua, por que a gente não sabe como a situação com os nossos vigias vai ficar depois. - ele cumprimenta os dois com um soquinho no punho e anda em direção a Sam e Chloe, no caminho ele veste a camiseta, uma malha fina que aperta contra o corpo.

    - Duas Sangue do Lobo, sem família, sem parentes? Isso é tão incomum… - ele estende a mão as cumprimentando formalmente – Connor Mcleary. - Ele sorri, os dentes brancos, alinhados e perfeitos o bastante pra fazer um comercial de pasta de dente, mas que somados ao resto da estrutura física e a barba grande faziam ele parecer ainda mais assustador, mesmo que o esforço pra ser simpático ficasse óbvio. - Chega mais, vamo dar um pulo na praia. Eu sei que isso pode soar estranho mas tenho certeza que vocês já viram coisas mais estranhas, tipo um cara convidar vocês pra sair do nada.- parecia piada com ele mesmo, ele anda um pouco pra longe e se vira momentaneamente apontando pra barriga de Sam – E meus parabéns, aumentar a família é sempre uma alegria - um sinal de joínha se segue pra ela, ele toma uma jaqueta que parecia praticamente escondida num galho da árvore próxima, joga sobre o corpo e logo fica sob a penumbra, esperando por elas com um olhar convidativo.

    thendara_selune
    Mutante
    thendara_selune
    Mutante

    Mensagens : 693
    Reputação : 53

    A alcateia que falta - Página 6 Empty Re: A alcateia que falta

    Mensagem por thendara_selune Sex Jan 22, 2021 3:18 pm

    (Chloe estava inquieta, mas depois de respirar fundo, buscava filtrar tudo que seus olhos conseguiam enxergar. Já não prestava mais atenção nos assuntos ali falados, sentia que além do convite de Amy as demais coisas não eram para ela compreender e questionar até que o tal homem de porte físico incomum, mas exibindo um sorriso muito perfeito se aproxima tentando ser simpático o que era algo bem oposto a sua aparência atarracada. Ela fica um tanto nervosa com a proximidade dele. Connor é o tipo de homem que a faria mudar o caminho em uma rua escura, a presença excessivamente massiva que emana dele a incomoda. Com esforço Chloe tenta ficar tranquila. Apertando a mão dele como delicadeza, mas evita dar qualquer pista do porque estaria sozinha em Dover, seus olhos se fixam brevemente nele.)



    — Chloe Moore.( Ela dá um sorriso educado e depois fica mais perto de Laura e Sam.)




    Falas em Branco
    Pensamentos entre parênteses
    Bastet
    Adepto da Virtualidade
    Bastet
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1566
    Reputação : 94
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    A alcateia que falta - Página 6 Empty Re: A alcateia que falta

    Mensagem por Bastet Sex Jan 22, 2021 9:48 pm



    Samantha
    Doiley

    Por fim, aquela interrupção do grandão não se alongara tanto.  Parecia que estavam apenas formalizando algum acordo que Sam não compreendia e, quando tudo foi ajeitado da melhor forma, a reunião terminou.

    Quando todos começaram a se dissipar, Connor, como se apresentara em seguida, se aproximou e lhes estendeu a mão.  Enquanto Chloe correspondia, Samantha se pegou imaginando como um homem daquele tamanho ficava em suas formas de lobo. Anne, que era menor que ela, ficava BEM maior quando se transformava... Imagina aquele ali.

    Balançou a cabeça quando percebeu que tava moscando com a mão dele estendida e a apertou, sem o olhar nos olhos novamente.  Ficava desconfortável com pessoas novas, ainda mais as que pareciam gentis (e assustador) . – Samantha Doiley – disse e logo ouviu o convite da praia. Pensou e assentiu, se lembrando de um conselho de Anne para tentar “se enturmar”.  Na época isso pareceu uma piada, mas os olhos de Anne indicavam que era sério.

    - Já vamos... – acabou incluindo a Chloe no “nós” e viu o grandão sair e se enfiar no meio das árvores – Bora ali na Anne? – perguntou pra ruiva, se despendindo de Laura e Jun, agradecendo por ter cuidado delas naquele dia. Logo seguiria, com Chloe ao seu lado, se ela quisesse.

    Foi apenas avisar à loba sobre o convite. Anne andava bastante preocupada com segurança e essas coisas. Foi uma conversa rápida, ela indicou para as Sangue de Lobo ir com Connor, confiava nele.  Se despediram de forma mais breve que Sam gostaria, mas nenhuma das duas sabia bem lidar com a combinação de ambientes cheios e carinho.

    Logo seguiram pelo caminho que Connor tinha ido.


    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2223
    Reputação : 127

    A alcateia que falta - Página 6 Empty Re: A alcateia que falta

    Mensagem por Wordspinner Ter Set 07, 2021 5:32 pm

    A reunião demora muito mais que o esperado, os dias passam e a legião de sangue continua afundando no território Anshega e Shaw com eles. Judas não saiu de casa um instante e Silvia pediu licença do trabalho, Marco tentava seguir Axel em todas as oportunidades e Joe era incontrolável. Os puros por sua vez atacam todos os territórios da cidade. Inclusive o dos algozes. Muitas pessoas são levadas, acidentes de carros em vias públicas. Explosões. Tiros. Skye bate a porta de Axel quando Clara é levada e pegá-la de volta custa muito a todos as duas meninas marcadas por dentro e por fora a cada dia que a menina autista ficou com os puros. Simon, Uivo Longo, morreu com a menina loira nos braços. Dramas parecidos se repetiram nas semanas seguintes. Ian Byrne exigiu Chloe de volta de Shaw e prometeu que iriam embora junto com os Moore, a resposta do irraka foi um ataque com garras sangrentas, eles queriam vingança por cada território, cada parente, cada uratha e aceitariam qualquer desculpa para caçar.

    Os Dragões de Aço e os Uivadores montaram uma rede de comunicação que custava toda essência que as alcateias conseguiam juntar, Os Filhos do Corvo faziam isso valer a pena com Nestor e Ash inspirando e direcionando as outras alcatéias. Dover era um impasse. Forte demais para ser tomada, preciosa demais para ser deixada sem defesa e assim não se livravam de vez dos puros. Sangue nas ruas. Morte e medo na Sombra. Um alimentava o outro. Os parentes assustados e os urathas nervosos paravam suas atividades e a cidade mal os perceberia se não fossem os vislumbres da guerra velada de Urdagas e Anshega.

    Os caçadores humanos acabam sendo uma trégua forçada. Eles são direcionados arriscadamente contra os puros e o resultado é satisfatório e terrível, eles não se importam com o segredo e seu rastro é impossível de cobrir e difícil de mudar aparência. Terrorismo. Gangues. A população se revolta contra a falta de segurança e o medo se espalha ainda mais, com raízes mais profundas. Pelo menos os puros permitem a todos espirar um pouco. Bem pouco. Então a reunião finalmente aconteceria. Mas a sexta tribo não permite. Ela vira a sombra da cidade de cabeça para baixo e afasta os puros ainda mais. Nessa noite a Legião perde Chaya em uma emboscada.

    Anne e Aponi não são as ausências mais notáveis na reunião, elas estavam com a Legião de Sangue colocando Quebra Correntes para descansar com seus irmãos. A árvore onde ficavam tem a casca intocada por qualquer marca. As alcateias novas estavam ali, ouvintes silenciosos. O lugar cheirava a sangue uratha. Não era possível ver uma alcateia sem uma bandagem molhada em vermelho. As pessoas se reuniam enquanto Maria trabalhava solenemente no ritual de Francis. Nestor ao lado dela olhava fixo para o morto. Brendan andava lentamente entre aqueles que estavam ali cumprimentando. Ash e Morte falavam animadamente com Dalia.

    Axel se sentia leve como não tinha se sentido em dias. Quase não pensava no corte profundo que fazia a respiração chiar e nem nos ossos quebrados na mão que doiam sempre que fazia um punho. Shaw estava sentado no fundo, tinha sido carregado até ali, não conseguiria chegar sozinho. A ultima luta contra os puros ainda estava marcada em todo seu corpo, ele ainda sangrava. Um humano estaria morto em horas, um uratha continua exausto. Deformado demais.

    Para Samantha e Chloe aquele era um lugar estranho e assustador e dessa vez muitos parentes estavam ali, elas notavam que alguns dos lobisomens não ficavam na clareira. Que iam e vinham. Apareciam por instantes e depois saiam de novo. Além disso tinham muito mais parentes do que antes. Era impossível para elas saber quem era o que sob a luz da meia lua. Os feridos ultrapassavam em muito os sadios e alguns claramente deveriam estar em uma cama de hospital.

    Connor nunca tinha visto tantos urathas e nem tanta gente ali. Os luas cheias indo e voltando. Os irrakas também. "Você voltou bem melhor. Fumaça é ótimo." O irraka andava devagar da borda até perto dele, o suficiente para ser ouvido e visto falando com ele antes de virar para sua alcateia, os Seis Uivadores e continuar seu caminho.

    Skye puxa a camisa de Axel. "Vai começar."

    Então Maria é a primeira a falar. A voz alta silenciando as outras todas. As palavras do ritual lentamente repetidas em uma duzia de vozes. Para quase todos os parentes aquele era um cântico alienígena e ameaçador. Axel ouvia Marco acompanhando as palavras com murmúrios. A noite era mais fria e estéril nesse momento. A lua maior e mais presente, como se estivesse entre eles. As chamas nas árvores fracas demais para ver bem agora pareciam reflexos da lua tremulando na água.

    Não foram muitos os que tinham algo pessoal a dizer sobre Francis para embalar seu espírito. Mas surpreendentemente Uivo Cortante e Morte estavam entre aqueles que se aproximaram para falar. "Ele arriscou e lutou e apressou. O coração inflamado de um guerreiro de verdade que se apagou cedo demais." Ela fala como se essas ações não o tivessem levado para aquele lugar. "Nossas famílias não vão esquecer irmão. Nenhum de nós vai." Ele era solene e intimo enquanto a outra tinha sido raivosa e ultrajada.

    Porém eventualmente todos os olhos estavam em Axel. Joe segurava a si mesmo sentado no chão e chorava baixinho. Só ele não olhava para Axel, até os totens estranhos o observavam do outro lado.
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5212
    Reputação : 391
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    A alcateia que falta - Página 6 Empty Re: A alcateia que falta

    Mensagem por Bravos Qua Set 08, 2021 10:08 pm




    Axel Brown

    Apesar das feridas, algo nele agora parecia iminentemente livre. Os pensamentos soturnos que quase o levaram para um caminho sem volta agora pareciam apenas memórias distantes que não deveriam ser lembradas. A puxada de Skye faz ele lembrar que estava ali. A coisa toda era difícil e às vezes era difícil não despersonalizar no meio daquela guerra. Outros deles haviam ido. Naquela noite iam falar de Franco. E Axel sentiu bem os olhos de todos sobre eles.

    - Sorriso Sangrento tinha esse nome porque, além de ser um piadista irremediável, estava sempre disposto a arriscar tudo. Até o sangue. Era o tipo de pessoa que você não confiaria um lanche e ao mesmo tempo poderia ter certeza que ele daria um jeito. No que quer que fosse. Eu gostaria de ter corrido mais tempo ao lado dele. Acredito que teria aprendido mais dele na sua vida que pude aprender na sua morte. Se por um lado Lobo Partido quer ter certezas e agir na hora certa, Sorriso Sangrento exultava em seguir seus instintos. Sua precipitação era também força em não hesitar face às piores circunstâncias. Mesmo quando atormentados pelas visões e certo que seria a última vez que respiraria, ele nunca deixou de avançar. E foi isso também que o levou. Os algozes sofrem pelo irmão perdido. Uma dor lancinante. Como muitos tem experimentado nos últimos tempos. Felizes seríamos nós se não tivéssemos que passar por isso. Mas somos lobos e lobos caçam. A morte faz parte da caçada. Sorriso Sangrento lutou sua última batalha caçando sua presa, buscando sua glória, ele foi o uratha que deveria ser.

    Ele falou. Não tão bonito quanto um cahalith poderia fazer. Mas o cahalith deles era quem estava deitado. Engoliu em seco um soluço. Olhou para Franco com olhos mareados.






    Ankou
    Mestre Jedi
    Ankou
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1359
    Reputação : 55

    A alcateia que falta - Página 6 Empty Re: A alcateia que falta

    Mensagem por Ankou Qui Set 09, 2021 5:50 am

    Connor se mantém imóvel, não fosse o tamanho ele provavelmente passaria despercebido, a roupa escura quase mesclava ele com a sombra da lua que o cobria, o boné na cabeça com o capuz por cima, moletom, sem mangas, ele cheira a sangue uratha como todos os outros, o braço esquerdo parcialmente enfaixado e nas partes expostas algumas suturas, nada bonito de olhar, mas menos recente que da maioria.

    O rosto agora sem barba é sisudo, assim como a larga parte dos homens Mcleary, mas a postura era diferente, diferente do que era antes dele ir embora e por mais ferido que tivesse ele parecia inquebrável, o olhar atento ao redor, aos rostos as pessoas e urathas que iam e vinham.

    O braço bom leva e trás da boca uma garrafa de whisky pequena, algo forte e barato que ele bebe até a metade. - O melhor. Bom te ver inteiro dessa vez Rich, ou quase. - alegria nenhuma na voz, pelo contrário ele soava tão fúnebre quanto a ocasião pedia, mas era polido e cuidadoso o bastante pra lembrar que o Irraka tinha um braço a menos da última vez, cuidadoso o bastante pra perceber que nem ele tinha escapado ileso da última batalha. Ainda assim ele tá um sorriso sem dentes pra ele, e uma piscadela pra Asia logo depois, sem gracinhas, nada além do simpático.

    Ele descobre o rosto e tira o boné assim Maria começa, o olhar fica sobre Sam um tempo, passa por Chloe e Axel, Shaw mais a fundo e logo se volta pros corpos, na expressão não tinha raiva, nem dor, só tristeza que se intensifica quando Axel toma a palavra, mas ele permanece em silêncio, mesmo muito tempo depois dom Elodoth terminar suas despedidas.

    Quando finalmente chega a vez dele ele não diz nada, mas a garrafa de whisky pela metade vai parar entre as mãos do corpo do uratha, a bebida favorita dele… Glória nenhuma na morte, de nenhum deles, eram só quatro cadáveres. Ele fita os outros três, a visão é tão perturbadora quanto a de Franco, só mais distante, a cabeça meneia em negativo sem expressão nenhuma e ele se retira, tão silencioso quanto havia chegado, mas não volta pro mesmo lugar que tinha saído e sim se move para parte da clareira onde geralmente os convidados ficavam.
    Connor Mcleary
    -Essência: 7/10
    -Dano: 5*/11






    thendara_selune
    Mutante
    thendara_selune
    Mutante

    Mensagens : 693
    Reputação : 53

    A alcateia que falta - Página 6 Empty Re: A alcateia que falta

    Mensagem por thendara_selune Qui Set 09, 2021 5:27 pm



    O caos estava instaurado na cidade. Ela passou o tempo todo na casa dos Algozes até as coisas aparentemente darem alguma trégua.  O marido e a família ainda esperavam que ela voltasse, Chloe teria que lidar com aquilo cedo ou tarde. Shaw parecia imerso em um mundo pintado com sangue, tanto dos inimigos quanto de aliados que partiram. Skye estava viva, mas a amiga tinha sido levada e a morte mais uma vez no encalço de todos. A cidade virou um palco sangrento, ela imaginou se todo aquele medo inundando cada rua, viela, alma e dando vida ao pavor dentro do coração das pessoas  poderia se tornar uma coisa viva que devoraria tudo sem piedade alguma?!

    Quando o dia da reunião chegou ela estava melhor, mas ao mesmo tempo apreensiva demais com tudo e sensibilizada pelas vidas perdidas. Tinha levado consigo o presente que William enviara a Samantha. Os olhos da ruiva vagueiam pelo lugar e depois tirando da bolsa a caixa entregava a Sam. Tinha puxado Axel antes que ele se afastasse para que visse o objeto,  não sabia se fazia bem entregar, mas optou em atender o pedido de William.

    - William me pediu para entregar a você!-  A caixa  robusta com um bracelete dentro.  Chloe da um sorriso tímido para Sam e depois ficava quieta.

    Após um tempo começaram os ritos fúnebres deles, lembrou-se da primeira vez que foram apresentadas e maldosamente a cena se repetia diante dos olhos atentos dela. Reconheceu Morte e depois ouviu Axel  o coração dela se comprimiu. Ela chora abraçando o próprio corpo, perguntando-se se aquele lobo deixou para trás pessoas que o amavam ou se tinha um último desejo para realizar? Foi então que notou a presença de Connor que também despedia-se de Franco.
    Roupinha :
    A alcateia que falta - Página 6 A3fc5210
    Bastet
    Adepto da Virtualidade
    Bastet
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1566
    Reputação : 94
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    A alcateia que falta - Página 6 Empty Re: A alcateia que falta

    Mensagem por Bastet Qui Set 09, 2021 10:53 pm



    Samantha
    Doiley

    Tanto nos dias que se passaram quanto naquele momento da reunião, Sam estava um pouco mais distante que o costume. Não por não gostar de estar em Dover, no meio dos lobos que lá viviam, mas pelo medo que invadia sua cabeça e a ansiedade que tomava conta do seu corpo. Samantha detestava sentir medo... E, muitas vezes, durante aqueles dias que se passaram, não tinha certeza se as notícias ruins que recebia eram sonhos assustadores, realidade ou os hormônios da gravidez piorando tudo.

    Estava encostada em uma árvore, perto o suficiente pra alguém ouvir se desse alguma merda, mas longe o suficiente pra poder ver tudo e não precisar falar com ninguém. Observava quem entrava e saía da clareira... E os corpos sendo preparados ao longe. Logo o olhar caiu em um rosto inesperado, Connor. Se mexeu, um tanto desconfortável, dando apenas um pequeno sorriso rápido pra ele e desviando o olhar antes que ele o fizesse. Ver o homem ali a lembrava que precisava ter uma conversa muito estranha com ele. Não ali, ela esperava.

    Quando Chloe e Axel se aproximam, Sam estranha... E olha em volta, claramente preocupada, não querendo encontrar a figura de olhos azuis ali. Indicou para Chloe entregar pro uratha, com medo de ser algo cheio de doença como o gosto de William. – É seguro? – pergunta, deixando o Elodoth conferir, antes de pegar o presente, olhando pra Chloe e pra Axel com uma interrogação no rosto.  – Por que o William ia me deixar um presente? Aliás, quando você encontrou ele? Tá tudo bem? – perguntou pra ruiva, passando o dedo de leve no bracelete, tentando entender o mistério.

    ---

    Na hora dos rituais fúnebres, Sam volta a ficar quieta, prestando atenção. Queria que Stuarts estivesse sendo velado ali também, mas não chegou a externar isso. Assunto de lobos. Assunto da Anne.

    Observava o corpo de Franco, se culpando por não estar triste. Tinha tomado um dos remédios fortes que tiravam boa parte dos sentimentos, menos o medo... inferno de medo.

    Roupa:
    A alcateia que falta - Página 6 Df91708ae30d9566d66fe53db29c35c0

    thendara_selune
    Mutante
    thendara_selune
    Mutante

    Mensagens : 693
    Reputação : 53

    A alcateia que falta - Página 6 Empty Re: A alcateia que falta

    Mensagem por thendara_selune Sex Set 10, 2021 3:08 pm



    -Bem, acho que William é uma criatura além de meu entendimento...Mas não creio que a prejudicaria…Você carrega vida dentro de si, eles apreciam e respeitam isso.- Apesar de tudo a família de Chloe era prova viva do quanto gerar vida era importante e nobre. Sam pergunta quando encontrou com o lobo. Chloe convenientemente arruma o cabelo, depois os cílios tremem e ela responde tentando ser natural. - Ele esteve na sala em que atendo, em Corona, não lembro se mencionei a vocês sobre isso...Não tive problema algum com ele, talvez esteja apenas tentando ser gentil com você!-

    Chloe ficou olhando fixamente para Sam depois para Axel. - Eu tenho mais uma coisa para dizer, mas não podia falar quando chegamos na casa, não é simples e nem sei como isso funciona, mas William disse que tenho algo morto dentro de mim…- Havia medo nos olhos da ruiva, mas também alguma outra coisa que podia ser definida com aceitação. -Essa coisa pode ser a mulher que me ajudou no sítio, ela tinha um brasão da minha família…- Então ela se esforça para conter o nervosismo, puxando Axel e Sam tão perto quanto pode.- Disse que “Salvamos a rainha!”- Ela aperta a mão do lobo, olha Shaw, mas sentia que o melhor era deixá-lo por hora quieto. - Tudo aconteceu rápido, achei que foi uma alucinação, mas de fato agora faz sentido, talvez esteja dentro de mim e cometi um erro enorme atrapalhando o que faziam com a loba...Não sei, sinto muito Axel, não sabia como dizer só depois da visita de William consegui refletir sobre isso…Devo merecer isso sendo quem sou!- Era tanta coisa acontecendo que Chloe sentia-se em um redemoinho sem fim de coisas inomináveis. Sentia-se péssima, mas foi melhor dizer o que restava antes que tudo ficasse pior.
    Conteúdo patrocinado


    A alcateia que falta - Página 6 Empty Re: A alcateia que falta

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Set 18, 2021 12:55 am