Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Connor Mcleary

    Ankou
    Mestre Jedi
    Ankou
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1039
    Reputação : 43

    Connor Mcleary - Página 9 Empty Re: Connor Mcleary

    Mensagem por Ankou Qui Jan 21, 2021 1:55 pm








    Talvez o moleque realmente tivesse futuro, ele era melhor do que esperava, pelo menos pra quem tinha apenas 16 anos. Se perguntava mentalmente se Bran estava lá a mando de Brendan, não duvidava nada, mas não tinha tempo de tirar essa dúvida, o máximo que dá tempo é de cumprimentar ele pessoalmente e a mocinha, fazendo o melhor pra não deixar ela assustada.

    Finalmente ele acha que acabou quando Gewanter puxa o coro, de início ele nega, não atva pretendendo lutar, mas por fim ele cede.

    - Tá bom tá bom, eu vou fazer um aquece também, mas só com o campeão lá, pelos velhos tempos. – Ele aponta pro pai e chama ele pra cima do ringue, não tinha névoa nem de perto, e não era ele estourando a cara de um zé ninguém na rua. - Caralho cêis vão me fazer passar vergonha. - ele ri, no final das contas se divertindo.

    Coloca o capacete, enrola a faixa nos punhos e coloca as luvas de boxe pedindo o camarada mais próximo pra terminar de lacrar as luvas nos punhos, a cabeça volta no tempo, nostalgia pura.

    Ele espera o pai se ajeitar e subir no ringue… Eles passam um tempo se medindo como numa luta real, a superioridade técnica do coroa é indiscutível, mas todo mundo sabia que não tinha como vencer um cara tão grande assim, ainda assim Connor sente o velho e bom um, dois, três entrar na fuça, precisos, fortes o bastante pra jogar qualquer sujeito comum na lona, a cabeça roda um pouco, e lhe arranca um sorriso enquanto balbucia alguma coisa, ele logo volta devolvendo socos potentes, o pai se defende como manda o caderninho, até um entrar na costela e fazer o velho envergar, Connor tem certeza que passou do ponto pela excitação do momento, mas o desgraçado do pai tava acostumado a dor, talvez mais que ele. - Ok campeão, não é hoje que você perde seu cinto. - Connor se aproxima do canto do octógono e joga a toalha pendurada, ele se aproxima do pai e o abraça, com sorrisos e gargalhadas. - Melhor botar gelo nessa porra. - ele gargalha mais, por um instante ele se desliga do mundo e ele é só ele naquele lugar.



    - Olha o moleque é menos babaca do que parece, ele até luta bem, nada perto do que a gente lutava na idade dele, mas ele não teve um campeão pra ensinar ele a socar.
    - Isso não quer dizer que ele se cerque de boas companhias, nem que não fique pagando de fodão no colégio.
    - Te falar na moral, se ele se dedicar ele tem futuro.
    - Relaxa cara, já to amolecendo ele, mesmo que eu prefira o meio mais rápido, tá tudo indo conforme seu livrinho de regras.
    - Ele sorri.

    - Vou ver se consigo convidar ele eventualmente pra fazer alguma coisa com os amigos, e sim isso provavelmente envolve a reserva, uma fogueira e birita, mas relaxa que eu não vou fazer eles passarem cagaço... Nem quebrar a perna de ninguém! Eu prometo! - a voz por fim parece quase uma súplica pra Brendan confiar no que ele estava fazendo.

    - Beleza, qualquer coisa me liga.


    Ele desliga o telefone e enfia no bolso, segue o rastro do cheiro de tinta que ele conhecia tão bem, ele fica parado na porta um tempo, primeiro um sentimento de nostalgia de ver a mãe, em paz, pintando, a coisa só dura um segundo quando ele olha em volta, aquilo era longe de paz, dessa vez Connor parece assustado de verdade, não só pelas pinturas, mas por que elas faziam sentido com o que ele ehavia “visto” no churrasco surpresa.

    Ele abraça a mãe, longo e apertado, em seguida procurando algo que pudesse sentar – Suas pinturas… Suas pinturas são possíveis verdades, mas essa merda já começou, eu vi, a realidade distorcida, eu quase matei todos eles mãe… Emillie, Silvia, Marco e Joe, o chão coberto de sangue, o jeito que eles pareciam se comportar, nada era real, mas parecia real demais, tudo que eles queriam eram me dar os parabéns pelo bebê e tudo soava como deboche... - a preocupação era estampada e real – Começou há dois dias… O velho me disse pra confiar nos olhos dos Sombras Descarnadas – Ele pega em mãos a pintura dele avançando sobre Emillie – Merda… - dá pra sentir a frustração na voz. - Eu não sei quanto tempo eu tenho… Espero que até a ameaça dos puros passar, seja lá como for e não deixar minha alcateia na mão, nem vocês. - Ele olha pra mãe procurando por uma resposta que ela possivelmente não tinha. - Os que vieram antes de mim, eu acho que eles acharam que podiam resolver o problema, mas eles foram teimosos demais pra admitirem que não, eu quero ver meu bebê nascer, eu quero poder cuidar dele. - Tristeza, era só isso que ele tinha. - Eu acho que vou ter que ir embora mesmo. - Cada palavra daquela dói, dói demais.

    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1757
    Reputação : 83

    Connor Mcleary - Página 9 Empty Re: Connor Mcleary

    Mensagem por Wordspinner Sex Jan 22, 2021 2:14 pm


    "Pode ser a solução. Se você sair agora. Talvez ainda possa reverter isso. Ser puro de novo. Eu ouvi uma história filho." Ela tira a pintura de sua mão com carinho. "Tudo que eu vi não é real. Não ainda. Mas isso?" Ela entrega uma pagina arrancada de um jornal para Connor. 'Mestre Hindu dos ratos morre em ataque de lobos.' A noticia continua falando sobre os ataques e que os lobos pareciam ter sido capturados da reserva, provavelmente seriam traficados para fora da ilha. Um dos animais tinha sofrido graves ferimentos e outro estava perdido, ainda não recapturado. O velho hindu morreu a caminho do hospital, mas as outras mortes foram ainda mais trágicas. Ash parece sentir quando ele lê essas palavras. Ela coloca as fotos por cima da folha de papel cinza. Um garotinho agarrado a uma faca com a garganta dilacerada. Uma menina com olhos brancos feito leite com as vísceras devoradas, ao eu lado um homem alto e forte em prantos com sua roupa arruinada. "Brendan trouxe isso para mim. Ele queria falar com você sobre isso. Eu achei que era perigoso demais. Que se você ficasse furioso..." Ela acaricia o rosto dele. Os dedos delicados.

    Ash respira devagar. Calma, ela olha em volta. Ali estava cercada pelo seu filho.
    Ankou
    Mestre Jedi
    Ankou
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1039
    Reputação : 43

    Connor Mcleary - Página 9 Empty Re: Connor Mcleary

    Mensagem por Ankou Sex Jan 22, 2021 3:38 pm









    É, ele achava que possivelmente ir embora seria a solução, mas não podia fazê-lo até sentir que deveria.

    Ele olha pra fotos e dá pra ver a tristeza estampada no rosto dele, longe de estar furioso, ele parece racionalizar a coisa talvez ele tivesse razão ou estava apenas dando uma desculpa pra se sentir menos culpado.

    - Eu não tenho certeza se essas coisas batem… O velho devia estar enterrado até o pescoço na merda, provavelmente ele merecesse morrer, ele devia saber até dos buracos no dromo, mas ele não tava machucado pra morrer no meio do caminho, eu vi quando ele saiu! Tava na maca com o braço e a perna machucada, eu vi! E ninguém morre disso. – Não existe remorso nenhum quando ele fala isso, mas uma dúvida no olhar. - Eles estavam dando famílias inteiras pra hoste comer mãe, tinha que ser feito! Eu tomei os riscos, fiz o que tinha que ser feito, até os lunos reconheceram isso. - ele diz batendo a mão na parte interna do antebraço exatamente onde ficava sua marca de sagacidade. - Deixa o Brendan fora disso, eles vão achar o lobo e cuidar do ferido. - Sendo a morte das crianças e o lobo ferido colateral do plano dele, a única coisa que o acalentava era o reconhecimento dos lunos, no entanto ele não achava que fosse, ou talvez só em parte. - Talvez a hoste estivesse por perto e tenha jantado quem ela pode, quem ela achou mais fácil, a gente tinha um dromo todo esburacado pra cuidar no momento, num lugar lotado e cheio de gente. A gente tava perseguindo achando que era uma coisa e achou uma merda muito maior. - Ele se senta num banquinho e coça a testa visivelmente transtornado, mas insistindo em deixar o assunto de lado.

    - Eu to exausto mãe, mas eu preciso deixar todo mundo num lugar confortável antes de eu sair fora, se eu meter o pé do nada a alcateia quebra… - Ele respira fundo - Cê disse que suas visões tinham haver algo com a coroa, me conta mais… Vem, vamo tomar um chá. - ele diz tomando uma das mãos dela e puxando em direção da cozinha.

    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1757
    Reputação : 83

    Connor Mcleary - Página 9 Empty Re: Connor Mcleary

    Mensagem por Wordspinner Seg Jan 25, 2021 4:28 pm

    Ash se deixa levar até a cozinha, mas logo ela pega o chá na geladeira. "Connor, você tem que olhar para você mesmo. Você não tá conseguindo ver os seus erros. Esse deve ser o primeiro... não sei se é filho." Ela coloca um copo grande para cada um. O gosto amargo era muito pior quando ele era humano. Agora, uma parte selvagem dele o fazia querer beber. "Pessoas morreram. Isso acontece. Eu sei. Não finjo que somos os mocinhos. Não somos. Mas seu primo te avisou. Eu conheço ele desde sempre. Eu sei que ele falou." Ela toma um gole longo. "Eu queria tanto estar errada. Mas você tá tão perdido. Queria que você pudesse se ouvir. É tão... Desesperador..." Ela toma outro longo gole antes de segurar o filho com carinho e enterrar seu rosto no braço forte de Connor.

    "Quer saber da coroa? Ela é um inferno. Ela muda tudo a volta da gente. Os sonhos ficam tão ruins. Cheios da interferência dela. Nada passa pra nossa cabeça sem um aviso sobre a coroa. Sem uma provocação feita de tudo que a gente ama destruído. Seu cahalith sabe disso. Ele sonha." As últimas palavras tinham um significado diferente. Elas foram ditas na primeira língua. Elas queriam dizer o sonho do cahalith. O sonho que é o presente da lua.

    "Esquece tudo isso. Eu cuido da menina. Melhor do que você jamais vai poder. Sai daqui. Vai embora com sua alcateia ou não. Quando você tiver melhor. Se você ficar melhor. Eu levo eles para você. Levo os dois. Filho, confia em mim." Ela respira fundo. Ash diz as palavras como se elas doessem. Como se cada uma delas fosse cheia de espinhos e tivesse que ser forçada para fora. "Sua alcateia não vai acabar sem você. Pelo contrário filho. Você é o maior perigo que eles poderiam correr. Eu já vi acontecer e eu estou vendo de novo." Ela range os dentes. Segurando dentro dela alguma coisa ainda pior.
    Ankou
    Mestre Jedi
    Ankou
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1039
    Reputação : 43

    Connor Mcleary - Página 9 Empty Re: Connor Mcleary

    Mensagem por Ankou Seg Jan 25, 2021 8:24 pm









    Como sempre a mãe era irritante, mas ele não parecia incomodado com isso, era quase como se tivesse se acostumando– Meus erros? Ok, ok, eu não vou fingir que eu sempre tomo as melhores decisões, mas se eu estou fazendo tanta coisa errada assim por que os lunos continuam alargando minhas marcas a cada história que o Franco trova pra eles? - ele respira fundo – Ele avisou sim, mas tinha que ser feito, mas essa merda é minha… - não havia nada que pudesse ser feito de qualquer forma, ele ainda se perguntava por que Brendan achou que ele fosse ficar puto, olhava pras fotos mais uma vez, de longe, incapaz de sentir qualquer coisa, os olhos endurecidos, se as crianças tivessem entrado naquela sala ele as mataria sem pensar duas vezes. Se perguntava quando foi que Brendan havia virado a porra de um frouxo.

    Ele acorda daquele quase transe quando sente a cabeça da mãe no braço, as palavras dela são impossíveis de se compreender em sua totalidade, mas ele sabe que é ruim. - Franco tem pesadelos todas as noites, e ele finge que tá tudo bem, finge mal, mas não fala nada, só comentou uma vez que ver todo mundo morto é tipo um sábado qualquer, como se fosse a coisa mais normal do mundo. -  o que se segue é um silêncio mortal dele, o olhar perdido, nunca iria compreender aquele mundo de profecias, visões e sonhos da lua, preferia nem mesmo opinar.

    O olhar fuzila a mãe em seguida, quando ela diz que ela pode cuidar melhor de Emillie do que ele, existe zero aceitação da parte dele sobre aquilo, e ele faz questão de deixar isso evidente, mas ele parece melhor quando fala que vai levar os dois pra ele posteriormente. - O lugar da alcateia é aqui mãe, a gente teve muito trabalho pra ajeitar tudo pra eles irem embora, o problema é comigo, não com eles, mas fica de olho no Axel. - pensava se ele estava vendo aquelas coisas se o companheiro não estava no mesmo estado – Daqui um tempo eu tenho que levar um pacote pra Londres, um acordo com os Mestres do Ferro, e eu não vou voltar, nunca mais… Eu devia deixar uma carta? Me explicar, ou é melhor eles não saberem? Por que eu acho que não vou conseguir fazer isso pessoalmente… - o olhar é tomado de tristeza e dúvida assim como a voz.

    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1757
    Reputação : 83

    Connor Mcleary - Página 9 Empty Re: Connor Mcleary

    Mensagem por Wordspinner Ter Jan 26, 2021 12:48 pm

    "Meu garoto, os lunos são loucos e só conseguem ver uma coisa de cada vez. Só uma e eles amam tragédias." A voz dela é cheia de dor. Ela parece mastigar quando ele fala de Francis. "Isso é a coroa, mas pode ser verdade também. Um movimento errado e pode ser tudo verdade." Ela diz séria e pensativa.

    Ela ouve o filho e seus olhos se enchem de água. "Eu faço o que você pedir, mas tem certeza que não quer que eles todos... Eles podem preferir ir com você. Fala com eles filho. Eu vou respeitar sua decisão. Juro que vou. É o que eu tenho feito. Mas eu não posso segurar isso para sempre. Assim que tivermos um tempo para pensar e parar de reagir... Vou levar isso pra uma reunião do protetorado. Mesmo se você não estiver aqui. Se resolverem exilar ele, quer que eu diga onde você foi?" Ela segura ele com força sem perceber. As emoções sempre foram muito vivas em Ash e ali sem ninguém de quem esconder nada ela era completamente levada por elas.
    Ankou
    Mestre Jedi
    Ankou
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1039
    Reputação : 43

    Connor Mcleary - Página 9 Empty Re: Connor Mcleary

    Mensagem por Ankou Ter Jan 26, 2021 2:48 pm








    A mãe provavelmente tinha razão sobre os Lunos, ele apenas se cala aceitando a resposta dela, assim como a afimação sobre Franco, sobre a coroa e os sonhos. Não que se sentisse errado, mas ele tinha que adimitir que a mãe era uma pessoa melhor do que ele, ou definitivamente estava enlouquecendo de vez.

    - Shaw e Franco não vão sair daqui enquanto eles puderem sentir o cheiro dos Ashenga, e Axel é mais teimoso que seu filho aqui que já aceitou a derrota. Eles são os companheiros mais leais que eu poderia ter mãe, mas não é justo fazer isso com eles. - ele abraça ela forte e por um longo tempo.

    - Claro, se der merda o Axel pode contar comigo. - a voz soa um pouco embargada pelas lágrimas da mãe.

    Quando finalmente o abraço se parte ele retoma o chá amargo em mãos e bebe mais. - A Emillie foi a companheira que eu escolhi pra mim mãe, assim como você escolheu o pai, ela é linda, bondosa, caridosa, e mesmo que nossos instintos tirem a gente do eixo de vez enquanto e eu sei que tiram – ele dizia num tom de certeza de que sabia que eventualmente faria uma merda, de que a mãe possivelmente já havia feito – Eu não escolheria outra mulher pra ser a mãe dos meus filhos, quando eu me acertar e puder cuidar dela você vai saber. - Ele termina de virar o chá e parece não ter mais nada a dizer sobre aquele assunto.

    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1757
    Reputação : 83

    Connor Mcleary - Página 9 Empty Re: Connor Mcleary

    Mensagem por Wordspinner Qui Jan 28, 2021 12:28 pm

    "Anshega... Vamos ganhar filho. Vamos empurrar eles para longe. " Ela afirma. Mas não pressiona sobre os companheiros. "Se ela é sua família, ela é minha também. " Ela faz carinho na cabeça do filho. Mais nenhuma palavra. Todas os outros assuntos pareciam pequenas e sem jeito depois disso.

    --

    Quando Connor acorda o telefone tem algumas fotos mandadas pelo primo. "Não sei o que são essas coisas, mas podem ser melhoradores de performance. Dá uma olhada para mim. Eu encontrei uns filmes de maquina e uma câmera velha que viu uso recente. Se ele parecer ainda mais suspeito eu vou pegar eles para olhar. Não achei nenhuma seringa. Sua mãe tá estranha. Muito estranha. Desde ontem." As fotos que seguem tem comprimidos e frascos junto com um monte de potes de suplementos óbvios.
    Ankou
    Mestre Jedi
    Ankou
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1039
    Reputação : 43

    Connor Mcleary - Página 9 Empty Re: Connor Mcleary

    Mensagem por Ankou Qui Jan 28, 2021 4:38 pm








    Ele acaricia a cama pro lado e lembra que ela não dormiu lá, manhã que ela não está lá parece começar uma merda.

    O sol tinha acabado de nascer, ele pega o telefone pra ver as horas e se depara com as fotoes e mensagem que o primo havia mandado. Ele conhecia todos os caras que usavam aquelas merdas na academia, não eram exatamente amigos, mas não importava, qualquer um deles se conhecessem iria m provavelmente falar qualquer coisa, ele anota os nomes das susbtâncias pra ter certeza de que vai estar perguntando pelas coisas certas.

    Era bom demais pra ser verdade pqp
    Máquina com filme? A gente não tinha nem cabelo no saco quando se usava isso, que bizarro!
    Podexá vou pesquisar sobre esses tóxicos, eu também não faço ideia, nunca usei essas porras, mas tem uma galera na academia que sabe.

    É, mãe não tá bem não, a coroa tá pirando ela, nem sei há quantos dias ela tá sem dormir, melhor ver se a tia Elise tem alguma coisa pra ajudar ela.
    Melhor tu trocar uma ideia com ela, ela tá precisando.

    Ele segue a rotina, uma boa alimentação de manhã, muita água, um cooper até a academia, chegando lá uma água com gás gelada só por que ele gosta, logo ele tá cumprimentando a galera com um sorriso no rosto, ele para perto de um cara grande, quase tão grande quanto ele, até dá uma moral nas últimas repetições do sujeito, como um brother marombeiro deveria fazer, quando finalmente o cara para pra descansar ele tira um papelzinho do bolso com os nomes.

    - Aí disseram que essas paradas são boas, nunca ouvi falar, tu conhece? Sabe onde descolar? - ele pergunta na maciota, baixinho pra ninguém saber o óbvio, de que o cara tava até o tampo de esteróides.

    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1757
    Reputação : 83

    Connor Mcleary - Página 9 Empty Re: Connor Mcleary

    Mensagem por Wordspinner Sex Jan 29, 2021 3:34 pm

    O primo não responde a mensagem.

    Já o maromba da academia levanta devagar lendo. Ele amassa o papel e empurra o peito de Connor com raiva. O rosto suado ficando vermelho e com veias saltadas. "Chega perto de mim de novo seu merda pervertido e eu enfio a policia tão fundo no seu rabo que nem seu nome te tira da jaula." As palavras forçadas entre dentes. O olhar a uma mínima provocação da agressão física. Ele da as costas sem esperar uma resposta virado na direção da saída sem nem lembrar de pegar suas coisas no armário ou terminar sua série. Os punhos fechados ao lado do corpo.
    Ankou
    Mestre Jedi
    Ankou
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1039
    Reputação : 43

    Connor Mcleary - Página 9 Empty Re: Connor Mcleary

    Mensagem por Ankou Sex Jan 29, 2021 4:29 pm








    Os olhos dele se arregalam, dá pra ver o susto no rosto dele, não imaginaria o sujeito tão enfurecido daquela forma, mas ele sabia o que era – Caralho cara, eu não sabia! - ele tenta se defender, as mãos hasteadas como se estivesse rendido, mas nem adianta.

    Ele pega as coisas do sujeito e deixa na portaria, pede um papel e caneta e escreve um bilhete e pede pra entregar junto.

    Cara eu nem sabia o que era, desculpa, acho que me trolaram.

    Era o melhor que podia fazer, mas aquilo agora era preocupante demais, pervertido? Era algum tipo de anestésico? Não sabia, mas não importa, o instinto dele manda correr, correr antes que Brendan revele aquelas fotos, o melhor a se fazer era chamar a atenção dele, ele pega o carro e corre em direção ao território dos Corvos, dessa vez ele não entra pela rua 5, se o fizesse provavelmente Brendan até saberia que era ele, ele dirige até em frente a casa da mãe, se a coisa fosse o que ele imaginava era melhor ter ela por perto pra segurar ele se desse merda.

    Ele pula a mureta, as batidas desesperadas na porta, nem sabia real se mãe estava em casa, mas ele bate mesmo assim – Mãe!?

    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1757
    Reputação : 83

    Connor Mcleary - Página 9 Empty Re: Connor Mcleary

    Mensagem por Wordspinner Dom Jan 31, 2021 4:18 pm

    A mãe aparece assustada. Ela era uma uratha então assustada significava dentes e garras afiados. Olhos ferinos varrendo o espaço atrás do filho. A faca comprida e fina na mão. Um grosso gordão de corda e ossos jogado no ombro. "Entra." Ela continua olhando para fora. "Me diz, foi você que entrou pela Clearwater com a Bakersmith?" Os olhos dela eram sérios e prometiam violência. Prometiam guerra. Eram os olhos de um cahalith.

    --

    Brendan e Maria chegaram. Aparentemente a invasão era um assunto pra alcateia toda menos Trovão por alguma razão. Os três estavam com ele do lado de fora. Ninguém estava calmo. Nem Loba sem Sombra. Brendan? Ele estava frio como gelo. Um bloco congelado em forma de gente. "Diz pra eles. Conta pra gente." A voz dela tinha um pouco de desafio. Os olhos dos outros tinham julgamento.
    Ankou
    Mestre Jedi
    Ankou
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1039
    Reputação : 43

    Connor Mcleary - Página 9 Empty Re: Connor Mcleary

    Mensagem por Ankou Dom Jan 31, 2021 4:44 pm








    - É fui eu! - ele responde ofegante, ele entra assim que ela diz pra ele entrar ele nem se surpreende com as coisas que ela tá carregando. - Brendan, cadê ele? - a preocupação estampada no rosto. - Desculpa por invadir assim, mas eu fiz de propósito pra chamar atenção…



    Ele põe o celular na mesa, com uma das fotos que Brendan haviam mandado pra ele. - Essa merda, o cara na academia só faltou me encher de porrada por isso, fiquei preocupado que você pudesse tomar uma atitude que se arrependesse depois, não tem coisa boa naquelas fotos, deu merda, deu merda séria, ela pode não ser da minha alcateia cara, mas é família. - Ele fala pra Brendan ocultando os detalhes de Maria e da mãe – Eu não vou dizer mano, mas elas deviam saber. - ele diz como se tivesse respeitando a privacidade dele e de Lina.

    Ele respira fundo, o rosto preocupado, mas sutilmente ele tenta sentir o cheiro do moleque em Brendan, ele sabia que ele podia usar aquela pokerface o resto do dia, mas ele não podia enganar o nariz de Connor.

    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1757
    Reputação : 83

    Connor Mcleary - Página 9 Empty Re: Connor Mcleary

    Mensagem por Wordspinner Dom Jan 31, 2021 8:05 pm

    "Connor, eu não sei o que tinha ali mas é melhor ser sério. Você violou o território e sabe muito bem como poderia entrar e falar conosco também." A voz de Brendan não passava nada. "Connor aqui estava me ajudando a descobrir o que tinha atrapalhado o acampamento anual da Lina. Agora, antes de se explicar você deve um pedido de desculpas a todos nos. Melhor nem tentar se esquivar ainda mais disso. Você parou toda a alcateia. Você botou todos em alerta disperdiçando essência largando tudo que estavamos fazendo." Mesmo com as palavras duras a voz do primo não revela nada.

    "Filho, não tem nada que o Brendan saiba que a gente não possa saber." A mãe fala com uma calma nada caracteristica. Maria permacer em silêncio. Brendan confirma com a cabeça as palavras da prima.
    Ankou
    Mestre Jedi
    Ankou
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1039
    Reputação : 43

    Connor Mcleary - Página 9 Empty Re: Connor Mcleary

    Mensagem por Ankou Dom Jan 31, 2021 8:50 pm








    Ele roda pela cozinha inquieto– Foi mal, difícil perder hábitos antigos ok? Me desculpa, só fiz porque eu sabia que tu ia vir rápido, tu sabe que eu não faço essa porra, que eu sempre entro pela quinta e sempre aviso. - ele olha pra Brendan ainda preocupado, mas com um pedido de desculpas sincero sem se contrariar.

    Ele aponta pro celular de volta – Cara essas drogas aí são do tipo que a galera usa pra apagar o sujeito e comer o cu. - o tom da voz é acusador – O cara na academia só faltou me bater, mas agora não importa, eu pirei cara! - ele esfrega o rosto com as duas mãos – Pirei achando que com o conteúdo das fotos você ia tá fatiando esse filho da puta num porão escuro só de imaginar o que ele pode ter feito. - Ele se senta em uma das cadeiras, agora mais calmo.

    - Cê não tá com cheiro dele, tô mais tranquilo. - ele coça a testa – Eu aposto que a merda que aconteceu lá tão naqueles rolos de filme, eu não sou especialista, mas acho que é um bom jeito de manter fotos proibidas longe da internet, num lugar onde ninguém possa roubar.

    Ele olha pra Brendan – Se as fotos forem realmente criminosas e aí? Se a Lina tiver envolvida e quiser levar isso afrente, me dá essas porras e eu coloco na mão da Silvia, esse cara vai ser enrabado tão forte que ele nem vai ver de onde veio. - dava pra ver Connor puto como se tivesse pronto pra dar uma surra no sujeito.

    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1757
    Reputação : 83

    Connor Mcleary - Página 9 Empty Re: Connor Mcleary

    Mensagem por Wordspinner Seg Fev 01, 2021 3:27 pm

    "Entre assim no nosso território de novo e vai ter uma lição dura sobre respeito." A voz de Maria não foi em nada amaciada pelas desculpas do rahu. Ash e Brendan não o defendem. "Eu agradeço muito o que você fez até agora. Vou pegar as malditas fotos e a alcateia vai decidir como agir. Você tem certeza do que diz?" Os três estão observando com atenção.
    Ankou
    Mestre Jedi
    Ankou
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1039
    Reputação : 43

    Connor Mcleary - Página 9 Empty Re: Connor Mcleary

    Mensagem por Ankou Seg Fev 01, 2021 4:52 pm








    Connor meneia em positivo pra Maria, como se tivesse entendido o recado, mas não diz nada.

    - Sobre as drogas? Com certeza! O cara sabia do que ele tava falando. – logo ele balança a cabeça em negativo na face puro desgosto – Sobre as fotos, eu espero que eu esteja muito errado… Tu já mandou revelar né? Se é que tem algum lugar que ainda faça isso na cidade.

    Ele se foca em Brendan de novo. - Cara cê tem certeza que não quer que eu converse com a Lina? Cê sabe como é, tem coisas que ela poderia contar pro primo que ela não contaria pra você. - ele aproxima o rosto um pouco mais – Ela precisa de ajuda cara, precisa de alguém que vai conversar com ela sem julgar – ele se levanta – e puta merda, eu sei como cêis são duros gostam de julgar os outros. - havia até uma pitada de indignação na voz, mas na maior parte do tempo ele era realmente solícito.

    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1757
    Reputação : 83

    Connor Mcleary - Página 9 Empty Re: Connor Mcleary

    Mensagem por Wordspinner Ter Fev 02, 2021 8:27 am

    "Isso é parte da tarefa da alcateia agora. Mas se puder pegar o Gewanter pra mim eu agradeço. Te mando uma mensagem com o nome dos outros. Minha irmã precisa de mim mais que nunca. Ash e Maria vão estar bem ali para ela." A voz dele parecia calma. Era gelada. Ash e Maria não parecem questionar. Concordam ou querem mostrar unidade. "Se conseguir juntar eles em um só lugar. Séria de grande ajuda. Mas se não puder. Eu já agradeço muito pelo que fez." Os três começam a andar esperando que ele os seguisse.

    Do lado de fora o carro de Brendan os espera. "Posso contar com você?"

    Ankou
    Mestre Jedi
    Ankou
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1039
    Reputação : 43

    Connor Mcleary - Página 9 Empty Re: Connor Mcleary

    Mensagem por Ankou Ter Fev 02, 2021 4:00 pm








    Conno não parece contrariado quanod afastam ele da possibilidade de conversar com a prima, muito pelo contrário ele parece satisfeito de conseguir mover aquelas mulheres na direção dela, principalmente Maria que tinha um coração duro, existe uma satisfação verdadeira no olhar dele.

    - Sempre pode contar comigo cara, tu sabe que se dependesse de mim esses putos já tavam dependurados em alguma árvore na reserva chorando pela mamãe né? - ele dá um risinho perverso e dois tapinhas nas costas do primo e começa a se mover com ele pra fora da casa.

    - Tem um galpão velho no estaleiro, a gente fez um churras uns dias atrás lá, não tem porra nenhuma em volta, ninguém pra escutar o grito de uma perna quebrada, eles vão estar lá. - ele diz com confiança e passa o endereço do local.



    Nos próximos dias ele cozinha Gewanter, como se fosse o irmão mais velho babaca que tinha tudo pra tornar ele o moleque mais fodão e descolado da escola, dava desde dicas de luta a pegadinhas pra ele aprontar com os colegas nerds, ele nem se fazia de santo em dizer que ele já tinha aplicado algumas daquelas e que o resultado tinha sido hilário, algumas vezes era mesmo verdade.

    --

    Ele chega no lugar cedo, olhar pras paredes ainda assusta quando ele lembra do que havia visto ali, ainda tem cheiro de carvão, de carne menos, ele ainda consgue sentir o cheiro de Emillie como se ela pudesse aparecer a qualquer momento ali.

    Ele barra todas as saídas do galpão, em outra porta uma caçamba grande de lixo convenientemente na frente, janelas barricadas, as demais altas demais pra alcançar, o lugar agora só tem uma saída e uma entrada.

    Ele põe Silvia por dentro do assunto, da suspeita de estupro, das possíveis provas, do atentado contra o povo e do plano, e pede pra ela ficar por perto do galpão na hora da emboscada, mas não perto demais.

    Fala maninho, achei um lugar top, to pensando em fazer um centro de luta que tem menos cheiro de velho bundão saca? Uma parada só pros tops que sabem bater onde dói.
    Bater primeiro.
    Bater forte.
    Bater sem compaixão.
    Mas vou precisar de uma mãozinha, são seus amigos né?

    Ele mostra uma foto do Facebook com todos os moleques que Brendan tinha listado, sorridentes e felizes.

    Traz eles, quero saber o que vocês acham, essa merda vai precisar de uma mão de tinta e vidros novos, se me ajuda te dou uma cópia da chave pra vocês virem trocar soco e se divertir fora do horário de funcionamento, e até solto um cascalho, e vale lembrar que eu sou maior e posso comprar Vodka!!! kkkkkkk

    A mensagem parece feliz como o melhor amigo maior de idade dando uma colher de chá, na outra mão Connor aperta o soco inglês, puto, doido pra arrancar sangue de um deles, num canto qualquer corda o bastante pra amarrar mais gente do que ele tinha convidado pra festa.

    A próxima mensagem é pra Brendan.

    - Coloquei as coisas em movimento, se você quer uma confissão você vai ter, e vai saber o que rolou aquela noite da boca deles, nem que eu tenha que arrancar todos os dentes. Pode vir ficar de butuca, certeza que eles vem.

    O soco inglẽs volta pro bolso e ele espera pacientemente na frente do lugar.

    [/quote]
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1757
    Reputação : 83

    Connor Mcleary - Página 9 Empty Re: Connor Mcleary

    Mensagem por Wordspinner Qui Fev 04, 2021 2:46 pm

    Os garotos chegam em dois carros. Três deles não eram desconhecidos. Um pouco mais novos que os outros. Connor sentia o cheiro da animação. Ele vê as ferramentas. Maletas e bolsas. Um deles tem um cooler nas mãos. Gewanter está radiante. A câmera velha no pescoço. O primeiro flash é inevitável. Eles andam mais ou menos juntos. Um bando caótico brincando com o espírito elevado. "Fala gigante! Cheguei com o pessoal!" Nenhum deles parece pronto pra brigar. Luvas para marcenaria e não pra bater.

    Brendan respondeu que a alcateia chegaria quando Connor dissesse que está tudo pronto. As palavras do primo eram poucas. Econômicas.

    Os garotos continuam chegando perto. Todos cheios de animação e energia.
    Conteúdo patrocinado


    Connor Mcleary - Página 9 Empty Re: Connor Mcleary

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Maio 11, 2021 5:56 pm