Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Dissecando Dover

    Wordspinner
    Cavaleiro Jedi
    Wordspinner
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 261
    Reputação : 13

    Dissecando Dover  Empty Dissecando Dover

    Mensagem por Wordspinner em Ter Maio 12, 2020 11:44 am

    Velho estaleiro
       
    Basicamente sem sentido. A instalações abandonadas perderam todo o valor quando um grande aterro as afastou do mar depois da desconcentração industrial. Muito movimentado durante o dia com algumas carcaças de navios em exposição em uma espécie de museu ao ar livre e com suas pistas de esportes entre os antigos prédios e armazéns do estaleiro. Porém durante a noite a maior parte das pessoas não dá atenção a região que fica isolada do resto da cidade por um enorme shopping. De lá, alguns jovens rebeldes assistem as luzes bonitas do novo distrito do porto enquanto comem em trailers que servem comida gordurosa dividindo as velhas ruas com antigos teatros e os prédios reformados para a mais nova parte da Universidade Grififith.

    Distrito do Porto


    Um dos lugares mais caros da cidade. Feito com cada centímetro calculado e muito bem planejado. Uma longa linha de terra permite a chegada de navios enquanto mantém a praia acessível para banhistas no verão, já nas outras partes do ano é difícil ver alguém na água por vontade própria. Um enorme cais serve para dar espaço a entretenimento noturno e restaurantes, enquanto um parque de diversões fixo se alonga para dentro do mar. Acessos iluminados e restaurantes temáticos. Para quem está no distrito do porto é fácil ver diversão na luz e música que nunca param.

    Parque Hyde

    Um bairro residencial entre duas colinas coroadas por bosques cheios de vistas e áreas para piquenique. De uma delas se vê o Distrito do Porto que brilha a noite toda colado com o mar e a pedreira distante com o velho farol morto a mais de um século. Da outra se vê Corona com seus prédios altos e espelhados, o parque das pedras que se enche de turistas no inverno e Polotown com seus imigrantes eslavos. Poucos tem o dinheiro para o privilegio de morar em Parque Hyde e muitos desses tem suas casas lá como troféus, e passam a maior parte do tempo em coberturas no Corona e na Alfândega.

    Alfandega

    Um bairro de tráfego intenso onde se encontram dois aeroportos e de onde se pode ir para qualquer lugar da cidade. Trem, metrô e até um canal dedicado que serve para pequenas embarcações. Ruas amplas e dezenas de escritórios. Todo tipo de negócio e comércio é feito nesse bairro. Até mesmo alguns assuntos legais podem ser resolvidos ali. A antiga alfândega se tornou uma universidade e a nova se encontra diluída entre os aeroportos numa enorme rede de transportes e trocas.

    Corona

    Prédios espelhados, arranha-céus com heliportos, estranhos monumentos a arquitetura moderna. Cada espaço aberto nesse bairro é uma demonstração de riqueza. Cada praça é feita para ser vista do alto. Nenhum carro pode estacionar nas ruas. Estacionamentos subterrâneos e automáticos. É difícil ver alguém sem roupa social, ou mesmo aproveitando uma das vistas tão bem planejadas. Nas bordas do bairro e nas estações de metro já se pode comprar algo que não custe pelo menos duas vezes mais caro do que deveria se fosse duas vezes melhor. Porém no coração extremamente caro da cidade estão eventos e lugares mais caros e exclusivos.

    Alfandegalha

    A antiga área da alfandega está salpicada de instituições de ensino e pesquisa, assim como a reitoria da maior universidade da cidade: Universidade Grififith. Além de Cinemas, shopping centers, casas noturnas, exposições de arte e até museus. Um espaço muito urbanizado e cheio de pontos de interesse culturais. Um fórum e uma delegacia são lado a lado as coisas mais antigas do bairro e ao seu lado a maior unidade de correios local.

    Polotown

    Tem esse nome devido a uma comunidade, no seu centro, que foi feita por refugiados eslavos que eram segregados e chamados de polacos. Sendo ou não. A sua volta varias comunidades de refugiados e imigrantes foram se aglomerando, mas o nome original ficou. Comercio intenso e residencias demais disputam espaço nos prédios irregulares cheios de fachadas conflitantes. Dizem que se quer algo ilegal uma das gangues de Polotown pode ajudá-lo. A verdade é a cidade não vê nenhum grande império do crime, as gangues dificilmente dão trabalho para a policia já que de alguma forma quase nunca se encontram.

    Alcatraz

    Oficialmente o nome é outro, mas as pessoas nem saberiam do que está falando. O bairro recebe esse nome por seus principais moradores. A delegacia com o maior numero de celas, aquela que cuida dos homicídios. O reformatório Cragen para jovens violentos, grande e cinza acolhendo jovens de toda região. Sobre os dois, o manicômio Harlan Jefferson senta branco e limpo sobre uma colina calma cercado de jardins bens cuidados e é o mais assustador. O comercio local serve principalmente comida e conveniência aos visitantes dos desesperados e seus carcereiros.


      Data/hora atual: Qua Jul 08, 2020 8:15 pm