Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    [LOCAL] SALA DE JANTAR

    scorpion
    Mutante
    scorpion
    Mutante

    Mensagens : 716
    Reputação : 60

    [LOCAL] SALA DE JANTAR Empty [LOCAL] SALA DE JANTAR

    Mensagem por scorpion em Ter Maio 12, 2020 8:30 pm

    [LOCAL] SALA DE JANTAR Sala_d12
    Local onde todas as refeições são feitas. Elas são servidas em um bandejão entre esta sala e a cozinha.
    scorpion
    Mutante
    scorpion
    Mutante

    Mensagens : 716
    Reputação : 60

    [LOCAL] SALA DE JANTAR Empty Re: [LOCAL] SALA DE JANTAR

    Mensagem por scorpion em Sex Maio 29, 2020 12:15 pm

    Paige conduziu os novatos por um corredor de mogno muito bem decorado e então entraram por um portão duplo de madeira que já estava aberto. Dentro, eles podiam ver diversos alunos... por volta de 50 alunos. Alguns mais novos, outros com a idade parecida. Os mais jovens pareciam ter entre 8 a 9 anos de idade.

    As mesas eram redondas e cabiam apenas quatro cadeiras.

    Paige: Vocês vão conhecer os outros dois monitores agora. Gostaria de passar mais tempo com vocês, mas nós nos revezamos.... sendo assim, três de vocês sentem naquela mesa e três sentem na outra mesa ali. Podem se dividir como quiserem, mas antes se sirvam... Até mais, pessoal.

    Dizendo isso, Paige se afastou. As mesas que ela apontou contavam cada uma com uma pessoa. Uma delas era o rapaz que ela chamou de Sam e que notoriamente era irmão de Paige. A outra era uma menina com uma cara meio chinesa e com óculos escuros na cabeça e uma jaqueta amarela espalhafatosa. Zoe já havia encontrado aquela menina em algumas baladas....

    As pessoas eram extremamente simpáticas. Como todos moravam ali, era muito na cara de que vocês eram novatos e muitos se mostravam curiosos quanto aos novos moradores da Mansão. Algumas pessoas sorriam, outras acenavam.... outras sequer davam atenção. Havia todo o tipo de gente.

    Numa mesa mais á frente, maior que as normais, havia uma mesa que obviamente seria a mesa dos professores. Lá estavam diversos adultos, inclusive todos os que foram buscar alguns de vocês, além de outros mais.

    Quando foram se servir, os jovens podiam ver que a comida era realmente farta. Haviam quatro tipos de saladas, além de massas, molhos, peixes e carnes. Para beber, havia água, sucos e refrigerantes.... por fim, no final da mesa havia mousse de chocolate e pudim para a sobremesa.

    Os heróis podiam se servir do que quisessem e depois deveriam se dividir nas mesas (informem em qual mesa ficaram, com qual monitor).

    Quando se sentaram, o monitor sorriu e iria esperar os personagens começarem a comer para falarem.
    Pikapool
    Mutante
    Pikapool
    Mutante

    Mensagens : 623
    Reputação : 35

    [LOCAL] SALA DE JANTAR Empty Re: [LOCAL] SALA DE JANTAR

    Mensagem por Pikapool em Sab Maio 30, 2020 3:38 am

    Sonhe como se fosse viver para sempre, viva como se fosse morrer amanhã!
    Por fim, as apresentações encerravam-se e eramos guiados até a sala de jantar. Mal adentrávamos e já sentia os olhares curiosos sobre nós. Logo minha atenção volto-se para Paige que pedia para que escolhêssemos entre duas mesas. De imediato já achei uma escolha penosa. De um lado Sam, o cara atrevido de pouco tempo atrás e do outro lado uma garota chinesa em roupas chamativas. A escolha não foi difícil.

    Enquanto me servia, analisava a mesa dos adultos e via o professor Summers, além de outros professores. E já podia ver que o Sr Summers não era o único bonitão na mesa. Finalmente, segui até a mesa da garota e sentei-me.

    - Olá. Me chamo Beatrix, muito prazer! - Sorri gentilmente para ela.
    ayana
    Cavaleiro Jedi
    ayana
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 220
    Reputação : 17
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh31.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh18.png

    [LOCAL] SALA DE JANTAR Empty Re: [LOCAL] SALA DE JANTAR

    Mensagem por ayana em Sab Maio 30, 2020 12:07 pm

    Diana Crawford

    O espaçado tempo de resposta de Edgar passou despercebido por Diana, distraída com a gata que subia por seu ombro roçando os pelos em seu rosto. Demonstrando não saber bem o que dizer, ele se apresentou mais uma vez. Edgar… a bem da verdade, ela já tinha se esquecido do nome dele. Sua memória era como um torrão de açúcar mergulhado em água. Não obstante, acenou que sim, sabia qual era o nome dele. Sabia, só não se lembrava.

    - Qual é o seu nome? - ele perguntou.

    - É Diana…

    Assim como Edgar, a garota não tinha facilidade de manter uma conversa. Felizmente, dessa vez, foi poupada de um silêncio constrangedor ao ouvir Beatrix dizer:

    - DiEd?? Isso soa estranho e um pouco sinistro.

    Diana olhou para a colega com um ponto de interrogação do tamanho de uma girafa subindo a escada. Nessa hora, ouviu Cristiano, o outro recém-chegado, encorajar Edgar e se sentiu ainda mais confusa. Dizia que nem era mutante e que a escola era para alunos que se destacavam. "Se eu não fosse mutante, provavelmente, nem estaria aqui", começou a refletir. "Imagine só, Alice: ‘nós selecionamos você porque jamais vimos alguém com notas tão baixas em matemática’"

    Enquanto Cristiano falava, Diana foi se afastando, dando passos para trás, com receio de que ele também quisesse abraçá-la. A uma distância segura, encostada na parede, a garota ficou observando o teto - perfurado pelas raízes de um jardim plantado no andar de cima - e ouvindo a conversa dos colegas. Sentia que sua ausência era compensada por Joel, que fazia todas as perguntas que ela tinha vergonha de fazer.

    ...

    Na passagem pelo corredor que levava à sala de jantar, Diana já antecipava a tempestade. Não poderia ignorar que naquela magnífica mansão funcionava uma escola. O primeiro sinal de chuva foram os barulhos de talheres e conversas. Antes de atravessar o portão duplo de madeira, sentiu uma forte rajada de vento e viu um bando de papagaios voando em sua direção. Era como se a sala de jantar fosse uma imensa gaiola de pássaros. Havia espécies espalhadas por todo canto, empoleiradas no encosto das cadeiras e nos ombros das pessoas. Algumas com olhos de coruja miraram em sua direção, quando ela começou a bater as mãos no ar, perto do rosto, com o intuito de espantar um casal de beija-flores.

    Sentiu um pouco de tontura. Havia muita informação naquela sala. Com os olhos fechados, tateou com a mão trêmula o interior da bolsa até encontrar os óculos escuros. Colocou-os no rosto e o ambiente, mais escuro, também se tornou menos agitado. Ouviu as instruções de Paige de cabeça baixa, olhando as penas brancas espalhadas pelo chão. Só levantou o rosto para decidir que se sentaria na mesa onde estavam o irmão de Paige e a Lebre de Março. Foi direto até lá para deixar sobre a cadeira a caixa onde Dinah estava e também porque preferia ser a última a se servir.

    - É… com licença… eu vou deixar minha gata aqui e já volto - disse para Sam.

    Diana era bastante cuidadosa na hora de se alimentar, afinal nem sempre a comida era o que parecia ser. Às vezes, nem sequer era comida de verdade, como na vez em que mordeu a vela do bolo de aniversário de uma colega da escola. "Tira a vela para a Diana não comer", ou "A vela pode deixar que a Diana come" tornaram-se duas piadas recorrentes nas festas a partir daquele dia fatídico como tantos outros.

    Desde então, tornou-se necessária atenção redobrada na hora das refeições. Existe a expressão de que "primeiro as pessoas comem com os olhos", o que não se aplicava estritamente para alguém que nem sempre tinha visões agradáveis. Por isso, a garota teve de adotar o hábito de sentir o cheiro de tudo que colocava no prato. Por vezes, valia-se também de outros sentidos, percebendo a textura dos alimentos nos dedos ou colocando um pedacinho na boca. Naturalmente, houve muita reprovação de seus pais quando a viam fazendo isso, mas com o passar do tempo, eles se tornaram mais compreensivos. "É que eu tô vendo a comida toda estragada", disse uma vez no jantar e projetou as ilusões para os pais. Na hora eles perderam todo o apetite.

    A comida tinha um cheiro muito bom. Diana serviu uma porção pequena de cada prato, exceto do que parecia ser frango, pois ainda estava sob o olhar atento de algumas aves. Escolheu um suco verde, que na verdade era amarelo, e pegou as duas sobremesas. Só quando se sentou à mesa percebeu que toda aquela comida não iria caber em seu estômago de passarinho.

    - Acho que eu acabei exagerando… - disse num tom envergonhado. - Se vocês ainda não pegaram sobremesa, podem ficar com a minha.
    scorpion
    Mutante
    scorpion
    Mutante

    Mensagens : 716
    Reputação : 60

    [LOCAL] SALA DE JANTAR Empty Re: [LOCAL] SALA DE JANTAR

    Mensagem por scorpion em Sab Maio 30, 2020 2:22 pm

    @Pikapool e @ayana (os outros também devem ler pelo menos a terceira parte tracejada)

    Beatrix sentava na mesa junto com a menina chinesa e a mesma estava mexendo em um celular e com um pirulito na boca. Ela olha para a ruiva por cima do seu celular e dá um sorriso. Seus olhos não eram tão fechados como o dos chineses e seu cabelo não era tão liso... assim como a pele não era tão clara, dando a entender que talvez a monitora não fosse chinesa mesmo, mas sim uma miscigenação entre chineses e alguma etnia ocidental.

    Jubileu: Oi! Eu sou Jubilation, mas eu detesto ser chamada assim, porque quem diabos teria o nome de um verbo?! Então me chame só de Jubileu.

    ----------------------------------------------------------------------------------

    Diana deixou a caixa com Dinah na cadeira e o menino franziu o cenho como se achasse um pouco antihigiênico se os pêlos da gata voassem por ali, mas não falou nada... até porque, a menina logo partiu para almoçar.

    Quando ela voltou, ele a cumprimentou.

    Sam: Então... olá, menina do gato. Puxa, você come, hein? Essa é a sua mutação? hahaha!

    Então ele tomou um tapa na cabeça, como se alguém dissesse "deixa de ser indelicado!" e logo Diana via que Paige passava por trás de Sam com uma cara meio reprovadora.

    Sam: Ai! O que foi que eu.... Bem.... desculpe-me.

    Disse voltando a atenção para Diana.

    Sam: O meu nome é Sam e eu sou um dos monitores do Instituto. Eu e a Jubileu ali temos de instruir vocês aos mentores de vocês. Então deixa eu ver aqui....

    -----------------------------------------------------------

    [OFF]: Agora eu vou considerar que todos estejam sentados, então esta parte vale para TODOS os personagens. Considerem que estão ouvindo isso do monitor que está na mesa com vocês. Eu vou revezar os monitores como se fossem personagens num filme falando, onde a cena pula de um para o outro, mas podem considerar as informações de ambos para reagirem, ok?

    Sam: Bom, pessoal.... antes de mais nada, o meu nome é Sam. Sou irmão gêmeo da Paige, que vocês conheceram mais cedo.

    Jubileu: Bom dia a todos. Meu nome é Jubi...leu! Sou uma das monitoras aqui e enquanto nós almoçamos, eu...

    Sam: ...tenho que falar pra vocês um pouco sobre os professores e sobre a mentoria.

    Jubileu: Cada aluno aqui possui um mentor. Um mentor pode mentorar vários alunos, mas cada aluno possui apenas um mentor.

    Sam: Os mentores são um dos professores. Eles são mutantes bem mais poderosos e a grande maioria foi aluno do Professor Xavier, logo, eles são muito capacitados e todos possuem pleno controle do que sua mutação X faz.

    Jubileu: Vocês poderão escolher o mentor de vocês com base na afinidade, personalidade ou até mesmo poderes semelhantes. O mais importante é saber que um mentor está aqui para ajudar de maneira muito mais pessoal os seus mentorados do que os outros professores.

    Sam: Eles conhecerão vocês particularmente, terão melhores chances de entender o que vocês passam e agem inclusive como conselheiros. Então, é bem importante que cada um de vocês escolha bem... podem mudar caso não se dêem bem? Podem, mas isso não é comum... pra ser sincero, nunca vi acontecer.

    Jubileu: Bom, vamos lá.... Vou começar da direita para a esquerda. Aquele ali sentado na ponta, com pêlos azuis e que parece um enorme gato é o Professor Hank McCoy... aqui nós o chamamos de Fera, às vezes. Vocês já devem tê-lo visto em algumas notícias. Ele é o maior nome em genética mutante, além de ser um gênio em diversos outros campos de conhecimento.

    Sam: Do lado dele tem o ruivo, chamado Sean Cassidy, ou o Banshee pros íntimos. Ele é capaz de controlar o som e de voar, além de ser um dos membros do conselho diretor e um ex-diretor de um instituto que era parceiro do nosso, mas nos unimos. Ele foi um dos encabeçadores do Projeto NeXt Generation.... que vocês fazem parte.

    Jubileu: Ao lado dele, temos a Srta. Emma Frost. Além de ser uma psíquica muito poderosa, ela é uma magnata e uma das mutantes mais poderosas que conhecemos. Ela pode transformar o seu corpo em diamante e é talvez a professora mais implacável aqui. Dizem que ela e o Professor Xavier já foram inimigos, mas talvez seja só boato,... quem sabe? Ah! Junto com o Professor Cassidy, ela é membro do Conselho diretor também. Além disso, ela é mentora da Paige, que vocês conheceram antes.

    Sam: O loirão com asas emplumadas é o Warren... O codinome dele por aqui é Arcanjo. Ele é um milionário que pode voar com aquelas asas... mas não se enganem. Dizem que no ar ele é imbatível. Normalmente alunos que querem aprender a arte do combate aéreo são mentorados por ele.... inclusive, ele é o meu mentor.

    Jubileu: Aquele negro ao lado dele é o Professor Bishop. Nós sabemos pouco sobre ele, apenas que ele nunca foi aluno do Professor, mas ninguém sabe de onde ele veio. Ele é capaz de absorver energia e redirecioná-la, além de ser um perito em combate com armas.

    Sam: No meio temos o Professor Xavier... ele dispensa apresentações. Ele é o psíquico mais poderoso do mundo e o fundador do nosso Instituto. Normalmente ele não pode ser pêgo como mentor, pois é muito ocupado,porém, ele às vezes seleciona alguns alunos em especial... os casos mais difíceis para serem mentorados por ele. Este é o seu caso, Edgar... o Professor Xavier solicitou ser o seu mentor. As razões eu não sei.... fica à vontade pra perguntar pra ele.

    Jubileu: O cara enorme ao lado do Professor é o Peter, também chamado de Colossus. Ele é russo e possivelmente o mutante com maior força física aqui na escola. Normalmente alunos com super-força escolhem ele como mentor. O Peter consegue transformar seu corpo em metal orgânico, ficando quase invulnerável.

    Sam: Aquele outro azulado com olhos amarelos e uma cauda demoníaca é o Professor Kurt Wagner, ou Noturno. Não se enganem pela aparência, ele é um dos caras mais gentis e pacíficos do mundo, além de ser um padre. Ele é um acrobata extremamente ágil, além de ser capaz de se teleportar.

    Jubileu: Ao lado do Noturno, temos o Professor Logan, ou Wolverine. A gente sabe muito pouco sobre o passado dele e ele nem gosta que perguntem. O Professor Logan é um mutante muito experiente e um grande combatente corpo-a-corpo, além de ter a capacidade de se regenerar com muita rapidez. Ele já foi membro de diversas equipes governamentais, mas a personalidade dele é terrível! E ah.... ele é o meu mentor.

    Sam: Destoando do baixinho, ao lado dele está o Professor James Proudstar, Apache, como o conhecem. O irmão dele foi aluno do Professor Xavier há muitos anos e agora ele é um Professor aqui. Ele tem o pacote completo do Super-herói.... super forte, super ágil e super resistente... além de ter super sentidos. Ele é um dos melhores combatentes de combate corpo-a-corpo que conhecemos, mas às vezes é um pouco sanguinário. Normalmente alunos que queiram se tornar melhores combatentes o escolhem como mentor.

    Jubileu: O gatão do lado é o Ciclope, ou Scott Summers. Ele é o primeiro aluno do professor e meio que o líder entre os professores. Ele nunca tira aqueles óculos porque os olhos dele são capazes de partir essa mansão ao meio. Não me perguntem... é assustador. Ele é o namorado da ruiva do lado dele.

    Sam: A ruiva é a Professora Jean Grey... e ela nem tem codinome. Ela é uma poderosa psíquica, mas diferente da Srta. Frost e do Professor Xavier, ela tá mais pro lado de mexer as coisas com a mente. Ela é um pouco tímida, mas dizem que é uma mentora maravilhosa.

    Jubileu: A penúltima é a Professora Ororo Munroe, ou Tempestade. Ela veio da África e lá ela é considerada uma deusa. Ororo tem a capacidade de controlar o clima com a sua vontade e fazar tudo que der na telha.... Neblina, tacar raio, voar, furacões, te congelar.... você escolhe. Ela é uma mutante extremamente poderosa...

    Sam: Por último temos a que talvez seja o maior mistério aqui. As pessoas a chamam de Anna Marie, mas nem sei se este é mesmo o nome dela. Ela é mais conhecida como Vampira e elanão pode tocar.... nem relar em alguém, ou coisas bem ruins acontecem. Ela é muito fechada e travada.... chegar nela é bem difícil, talvez seja por isso que ela tem tão poucos mentorados.... naminha opinião, ela prefere assim.

    Jubileu: Então, pessoal.... alguma dúvida? Se tiverem, a hora de tirar é essa! Terminem de comer e depois me informem quem vocês querem como mentores.
    GodsCorpse
    Troubleshooter
    GodsCorpse
    Troubleshooter

    Mensagens : 770
    Reputação : 10

    [LOCAL] SALA DE JANTAR Empty Re: [LOCAL] SALA DE JANTAR

    Mensagem por GodsCorpse em Sab Maio 30, 2020 2:34 pm















    Paige escreveu:- Não é algo que gostamos de comentar por aqui. Foi um momento bem triste, mas quando você têm alunos capazes de derreter metal com os olhos, você está sujeito a esse tipo de situação. [...]


    Bem, isso já responde bastante.


    Enquanto viro o rosto com dedo do meio de Zoe para mim, riu para mim mesmo e sussurro - Heh, tá, essa é culpa minha.




    Fomos para sala de jantar - - Porra, essa sala já maior que a casa da minha mãe. - assoviei. Fui vendo que tinha pessoas de todas idades até chegar na nossa - Cadê a mãe dessas crianças? - falei de canto para Beatrix.


    Me servi com bastante massa e carne. Misturava bastante o molho da carne e depois botei outro prato com saladas - Meu metabolismo gosta. - falei para um dos rapazes que se servira ao meu lado - Super-força exige super-comida. Não foi difícil escolher a mesa: entre o bundão e a garota com alguma ideia de estética, escolhi ela. Felizmente Beatrix seguia junto, alguém que fosse mais agradável. Deixei meus pratos e depois peguei um refrigerante.


    - Bem, oi monitora. Sou Joel. Prazer. [...] Jubileu? Que nome foda! - estendi a mão e esperei o retorno dela para começar a comer - Ah, dá para se servir duas vezes?




    Mano... Depois que tudo que Jubileu falou, só tinha como perguntar, engolindo a comida - Como é que nunca ouvi falar de vocês? Bem.. nossa... Tipo... Eu preciso controlar minha força, então acho que já sei com quem falar mas a gente vai se separar ou algo assim? Tem aulas? A gente se forma? - dei uma risadinha.






    scorpion
    Mutante
    scorpion
    Mutante

    Mensagens : 716
    Reputação : 60

    [LOCAL] SALA DE JANTAR Empty Re: [LOCAL] SALA DE JANTAR

    Mensagem por scorpion em Sab Maio 30, 2020 3:18 pm

    Jubileu: Hahaha.... bem, tem gosto pra tudo, né? E sim... pode se servir quantas vezes quiser até o fim do almoço.

    Continuou ouvindo o que Joel dizia e o respondeu.

    Jubileu: Sim, vocês se formam com o mesmo currículo exigido pelo Sistema Educacional Americano, se é disso que você tá perguntando. Quanto a se separarem, se acostume.... o sistema da escola é construtivista e nós nos voltamos às necessidades individuais de cada aluno, ou seja.... alunos mais deficientes em matemática, por exemplo, acabam tendo mais aulas de matemática que os que se garantem menos. Depois daqui vocês irão colocar suas coisas em seus quartos e terão um encontro de meia hora com os seus novos mentores e outros mentorados deles, talvez...
    Katerine Le Blanc
    Mestre Jedi
    Katerine Le Blanc
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1147
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    [LOCAL] SALA DE JANTAR Empty Re: [LOCAL] SALA DE JANTAR

    Mensagem por Katerine Le Blanc em Seg Jun 01, 2020 11:32 pm

    Lucy sempre foi uma garota faladeira e bastante sociável com outras pessoas, porém, depois de descobrir sobre sua mutação a sua vida mudou muito e as vezes ela pensa que outras pessoas como ela não iriam gostar dela.

    Faz uma semana que a mesma estava na escola de Charles Xavier, ela havia sido trazida para a escola por apache um mutante que não tinha medo de sua aparência e isso a deixa muito mais confortável.

    Seu mentor é o Arcanjo que assim como ela possui asas, porém, diferente dele ela tem a aparência de um demônio com um anjo algo bem diferente do mesmo.

    Quando a hora do almoço chegou a mesma adentrava a sala de jantar, a mesma ainda não acreditava naquele espaço todo e mesmo assim parecia acostumada.

    Alguns dos mutantes a olhavam um pouco estranho e outros a cumprimentavam, seus asas eram grandes e quase chegavam ao chão, seu rabo balançava de um lado para o outro, sua pele era vermelha como um Ruby e seus olhos brilhavam.

    Quando pegou tudo o que gostava de sentou perto de alguns mutantes, muitos deles recém chegados e sendo assim a mesma tenta se sentar em algum local em que as suas asas não atrapalhassem a passagem de alguém.

    - Oi pessoal, e aí Sam e Jubileu. - Lucy cumprimentava os recém chegados um pouco tímida, a mesma ainda tinha medo de ser aceita por outros mutantes.
    Khaleesi
    Neófito
    Khaleesi
    Neófito

    Mensagens : 27
    Reputação : 7

    [LOCAL] SALA DE JANTAR Empty Re: [LOCAL] SALA DE JANTAR

    Mensagem por Khaleesi em Ter Jun 02, 2020 1:38 am

    Zoë Marie Aagard Ørsted
    blood & cigarettes
    Assim que entramos no refeitório, fico surpresa com a quantidade de crianças. Mesmo achando a vibe jardim de infância engraçada, não consigo evitar apreciar que a escola esteja dando esse apoio para eles tão cedo, afinal, se eu tivesse sido ensinada sobre minha habilidade do mesmo jeito que eles estão sendo, não teria cagado com tanta coisa na minha vida.

    Paige nos diz para sentar com um dos monitores e a escolha é bem fácil, já que ver o rosto familiar de Jubileu é meio confortante. No caminho, passo pela mesa de Sam olhando para ele, para chamar sua atenção e lhe dar uma daquelas piscadinhas clichês. Não é bem o tipo de flerte que eu costumo fazer, geralmente sou o tipo direto, mas era o melhor que a ocasião estava me oferecendo.

    Sento ao lado da companheira de festa
    – Jubileu! Caralho, quanto tempo. Não te vejo desde aquela vez em que...
    – interrompo minha frase tentando lembrar qual tinha sido a última vez que a gente tinha se visto. Sei que já fazia um tempinho, porque tinha passado as últimas semanas querendo morrer no meu quarto, mas o fato de eu nunca estar sóbria quando saia deixa ainda mais difícil conseguir diferenciar as festas.
    – Bom, desde a última vez, né.
    – dou de ombros, desistindo de tentar, com um meio sorriso no rosto.

    Ela e o loirinho começaram a apresentar quem eles chamavam de mentores. Já tinha conhecido alguns, mas nenhum realmente parecia chamar minha atenção. Kurt até pareceu uma boa escolha, talvez pudesse me ajudar a transformar meu passado de criança ginasta triste e pressionada pelos pais em algo útil, mas só a última mentora me interessou de verdade.

    Anna Marie era realmente difícil de ler, fechada pra caralho. Medonha. Quando Sam explicou o poder dela e o descreveu literalmente como “coisas ruins acontecem”, sua personalidade pareceu fazer sentido, pude me identificar com ela. Era assim que eu me sentia todo dia desde o acidente naquela piscina.

    Respiro fundo e enterro esses pensamentos. Sempre fui boa em fazer isso. Olho para a comida e me dou conta de que não estava com muita fome, então pego uma fatia de pudim e volto para a mesa. Percebo enquanto sento que Joel já estava bombardeando a coitada da Jubileu com várias perguntas então nem digo mais nada, decido deixar a garota respirar um pouco.

    Quando uma mina de aparência demoníaca aparece e dá um “Oi” desleixado, retribuo o cumprimento com meu clássico sinal de paz antipático. Assim que ela se vira, aponto para ela com a colher que estava usando para a sobremesa e comento com a mesa
    – Acho engraçado que todo mundo que eu vi por aqui até agora parece ter algum tipo de distúrbio de personalidade.
    – olho para Jubileu
    – Sem ofensas, claro, tu sabe que eu gosto de você. Inclusive tô me incluindo nessa conta.
    – meus olhos passam pelos dois mutantes com quem estava dividindo a mesa. O que dizia ainda era verdade, embora Beatrix fosse a pessoa mais comum desse grupinho escroto que me enfiaram, normal com certeza não era. Joel não precisa de comentários. Volto a apontar com a colher para a menina demônio antes de continuar a falar
    – Enfim, até que gostei dessa aí, o visual é sinistro.

    Katerine Le Blanc
    Mestre Jedi
    Katerine Le Blanc
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1147
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    [LOCAL] SALA DE JANTAR Empty Re: [LOCAL] SALA DE JANTAR

    Mensagem por Katerine Le Blanc em Ter Jun 02, 2020 11:11 am

    O sei lado demônio logo a dominava em quanto encarava a garota que apontava para Lucy. - Porque está apontando para mim, eu tenho cara de anjo por acaso, a pesar que a Lucy é metade anjo e metade eu somos bem diferentes. - Ela dizia assim que Lucy tomava conta de sua própria personalidade. - Eu odeio quando isso acontece, eu sou Lucy Thompson, essa pessoa que falou com você sou eu também e ela é bastante instável, eu sou meio anjo e meio demônio e por isso o pessoal aqui me olha estranho, bem não todos. - Ela dizia em quanto observava os outros mutantes.
    erishk
    Neófito
    erishk
    Neófito

    Mensagens : 49
    Reputação : 0

    [LOCAL] SALA DE JANTAR Empty Re: [LOCAL] SALA DE JANTAR

    Mensagem por erishk em Ter Jun 02, 2020 11:26 am

    “Legendas”
    Entre parênteses e itálico = pensamentos, (exemplo)
    Com – na frente e negrito = falas, - exemplo





    Ao passar pelo lobby de entrada, olha ao redor, observa o local (nada mal, melhor do que qualquer lugar que já estive) e desconfiada fica de canto (quando a esmola é muita...) , observando outros que parecem serem novatos também (vamos Alexis, lembre da Tandy e do Ty, da uma chance...) sem socializar, até que são convidados para outro local e segue atrás dos demais.

    Segue a moça que se apresentou como Paige até a outra sala, onde tinha comida vasta, muitas pessoas, das mais variadas idades, se sentia incomodada quando olhares eram direcionadas a ela (credo, porque em todo lugar é assim, não pode chegar gente nova, que parece que o circo chegou na cidade) , as vezes até um aceno (acenando para quem... nunca vi na vida!) , permane quieta, sem interagir e como estava por última e foi ser servir primeiro, acabou sentando no único local que sobrou no local apontada pela Paige.

    Ouve os dois monitores começando a falar (o que é isso? MTV music award? Um começa outro completa...) esboça um sorriso irônico, e ouve atentamente ao falar dos mentores (homem e peludo? Argh, não! Hum... Voa...) e se perde saudosistas relembrando o quanto gosta de voar e perde o nome da outra mentora (... psíquica? To fora de alguém mexendo na minha cabeça! Outro que voa, difícil acreditar que é imbatível tendo que manobrar com aquelas asas, e em espaço fechado? Ok, um forte e burro e... Wtf, não mesmo, talvez para um filme de terror... Personalidade terrível e a cara igual! Índio não... Parece muito almofadinha, também não.  Que linda, mas não mesmo minha cabeça já é zoada, não preciso de alguém para zoar por mim... Ororo, bem gentil, foi me buscar,  talvez deva escolher ela... fechada e travada?!)

    (Eu não gosto de responder, se ela não gostar de perguntar, dupla perfeita, é ela! Mas porque o nome Vampira?)
    , ao acabar de comer, espera os outros falarem com a Jubileu e se aproxima: - Olá, então... acho que prefiro a Vampira...
    Claude Speedy
    Sacerdote de Cthulhu
    Claude Speedy
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2722
    Reputação : 50

    [LOCAL] SALA DE JANTAR Empty Re: [LOCAL] SALA DE JANTAR

    Mensagem por Claude Speedy em Ter Jun 02, 2020 3:44 pm


    Depois da fala da Jubileu, Cristiano ligava o celular em mp4 e colocava o aúdio para escutar, tinha se sentido um pouco ofendido pela fala da linda garota que o chamava de mexicano. Achava que poderia ter se enturmado melhor, mas era muito inseguro... Mais do que conseguia perceber...

    Ele abaixa a cabeça e começa a dedilhar a mesa acompanhando o ritmo da música... Ele sabia que nem precisava ouvir as instruções porque ele já sabia muita coisa e certamente muita coisa era para mutantes.



    scorpion
    Mutante
    scorpion
    Mutante

    Mensagens : 716
    Reputação : 60

    [LOCAL] SALA DE JANTAR Empty Re: [LOCAL] SALA DE JANTAR

    Mensagem por scorpion em Ter Jun 02, 2020 6:22 pm

    Lucy sentou perto da mesa de novatos, até mesmo, porque ela ainda era uma e cumprimentou Sam e Jubileu. Ela estava juntamente com Alexis e mais outros dois que eram novos, mas não tanto quanto ela.

    Sam: Opa, vermelhinha! Tudo em cima? - respondeu pra ela.

    Jubileu: Oi. - Jubileu era bem menos carismática que Sam, ao menos, ela passava essa impressão.

    Os outros dois que se sentaram com ela eram Deacon e Jackie.

    Deacon:
    [LOCAL] SALA DE JANTAR Man-with-dark-hair-and-gray-shirt

    Jackie:
    [LOCAL] SALA DE JANTAR Women-model-brunette-long-hair-wallpaper-thumb

    Jackie: Podemos sentar aqui?

    Os dois eram alunos que deveriam estar aí há pouco mais de 6 meses. Deacon usava um moletom preto e óculos escuros por ser extremamente alérgico ao sol. Sendo assim, ele preferia sempre sentar longe das janelas. O pouco que Alexis e Lucy sabiam sobre ele era que era extremamente forte, o que destoava com seu físico e que ele era muito mais visto à noite. Já Jackie se chamava Jackelyn e normalmente andava com Deacon, mas era bem mais sociável e ouviram dizer que ela era capaz de criar cristais, ou algo assim....

    Quando Zoe deu uma piscada para Sam, ele não estava esperando... na verdade, estava tentando parecer sério, então ele meio que ficou sem reação, corando e derrubando a caneta dentro do prato de comida.

    Sam: Puta que p....

    Quando ele olhou pra cima, Zoe já tinha passado....

    Enquanto isso, Jubileu conversava com Zoe.

    Jubileu: Sim, faz um tempo.... aquela porra de "Diablo Verde" é meio louco... eu sinceramente nunca mais bebo aquela m.... oi Suzy!

    Cumprimentava uma menina de uns 9 anos que passava por ela com um prato que era metade pudim.

    Jubileu: Bom... se adolescentes humanos já são problemáticos, imagina aqueles que tacam fogo pela bunda? Não é de se espantar que todos sejamos um pouco loucos aqui e... NÃO APONTA!

    Mas era tarde, porque Zoe já tinha apontado e Lucy pelo visto tinha se afetado um pouco.

    Sam: Ok, meninas.... vamos nos comportar, hein? Odeio ser o cara chato, mas a hora da refeição é pra ser sagrada, hein? hehehe.... - tentava apaziguar os ânimos, rindo desconcertado.

    Entretanto, até aquele momento, ninguém havia escolhido o mentor e algumas pessoas já começavam a se levantar dando a entender que o almoço já havia passado da sua metade.
    (Nota: Alexis, você já está aí há 1 semana, então você NÃO TEM QUE ANUNCIAR O SEU MENTOR em ON, apenas em OFF).

    DISPOSIÇÃO DAS MESAS POR ORDEM DE POST (só pra vocês se localizarem):
    Jubileu estava na mesa com Beatrix, Joel e Zoe
    Sam estava na mesa com Diana, Cristiano e aguardava Edgar.
    Na mesa ao lado estavam Alexis, Lucy, Deacon e Jackie.

    Sam viu que Cristiano colocava o fone em seus ouvidos e puxou um deles, derrubando no colo de Cristiano.

    Sam: Mano, você tá se fazendo de doido? Eu passei 5 minutos pregando pras paredes? Você tem que escolher o seu monitor, cara...

    Olhou para Diana e foi mais paciente com ela, afinal, ela não havia metido fones e ignorado ele.

    Sam: Você também, Di... Tem que escolher o seu monitor. Assim a gente engole logo essa gororoba e vamos conhecer os quartos de vocês. Sua gata já deve tá de saco cheio de ficar nessa caixa...

    [OFF]: PESSOAL, PRETENDO ATUALIZAR OS DIÁLOGOS DE QUEM POSTAR AMANHÃ (MAS POSSO FAZER NOVAS ATUALIZAÇÕES HOJE SE SURGIREM), PORÉM, AMANHÃ É O PRAZO FINAL PRA POSTAREM NESTA CENA.... QUEM NÃO POSTAR EU VOU ASSUMIR UM MONITOR QUE CONVENHA E VAI PERDER ESTA OPORTUNIDADE. ALÉM DISSO, COMO VIA DE REGRA, VOU ANOTAR A FALTA DE 1 POST DE TODOS QUE NÃO RESPONDEREM, SENDO QUE 3 FALTAS CONSECUTIVAS EU CORTO DO JOGO.... SE NÃO PUDEREM POSTAR, AVISEM POR MP OU POR ZAP. ABS!
    Pikapool
    Mutante
    Pikapool
    Mutante

    Mensagens : 623
    Reputação : 35

    [LOCAL] SALA DE JANTAR Empty Re: [LOCAL] SALA DE JANTAR

    Mensagem por Pikapool Ontem à(s) 2:11 am

    Sonhe como se fosse viver para sempre, viva como se fosse morrer amanhã!
    Ainda na fila ouvi o questionamento de Joe e logo sussurro em responta:

    - Duas opções. Talvez estejam tristes aguardando a volta de seus filhos ou em uma praia comemorando por terem se livrado de uma responsabilidade problemática. - Inclino-me próxima a orelha de Joe e cobrindo a boca com a mão murmuro. - Eu creio que a maioria escolheu a segunda opção. - Esboço um sorriso de escárnio.

    [...]

    Na mesa ouvi sobre cada um dos professores. Eu já sabia quem escolheria como mentor assim que olhei para a mesa dos professores. E ao ouvir sobre o professor Summers namorar a ruiva, franzi o nariz em sinal de aversão.

    - Bem, eu escolheria o professor Logan, já que parece que possuímos um dom parecido, mas... - Fiz uma breve pausa enquanto mordia o lábio inferior. - Vou escolher o professor Summers.

    Enquanto terminava minha refeição e passava para o pudim, uma figura exótica surgia e cumprimentava a todos. Acenei para ela e para os outros dois. No entanto, fiquei encarando-a até Zoë parecer irrita-la. Sabia que todos ali possuíam poderes, tipo o professor Warren, possuía a alcunha de Arcanjo pela aparência e tal, mas ela realmente parecia vir de outros planos. E mesmo tendo visto ela demonstrar um tipo de múltipla personalidade ou algo do tipo, arrisquei-me.

    - Lucy, né? Me chamo Beatrix. - Ponderei por um instante. - Você é realmente desse mundo? Tipo, seus pais eram um tipo de Romeu e Julieta da versão anjos e demônios e assim se fez a Lucy ou só faz parte do seus poderes mesmo? - Coço o rosto sem jeito. - Não leve a mal. Eu realmente achei você surpreendente e fiquei curiosa. - Pego meu pudim e volto-me entusiasmada para a mesma aguardando sua resposta.
    GodsCorpse
    Troubleshooter
    GodsCorpse
    Troubleshooter

    Mensagens : 770
    Reputação : 10

    [LOCAL] SALA DE JANTAR Empty Re: [LOCAL] SALA DE JANTAR

    Mensagem por GodsCorpse Ontem à(s) 2:29 am














    Beatrix escreveu:- Duas opções. Talvez estejam tristes aguardando a volta de seus filhos ou em uma praia comemorando por terem se livrado de uma responsabilidade problemática. Eu creio que a maioria escolheu a segunda opção.

    Dei uma risada - Heheh, pode apostar que minha mãe tá nesse grupo.





    Jubilation Lee escreveu:- Sim, vocês se formam com o mesmo currículo exigido pelo Sistema Educacional Americano, se é disso que você tá perguntando. [...] .... alunos mais deficientes em matemática, por exemplo, acabam tendo mais aulas de matemática que os que se garantem menos.


    - Então essa já é melhor escola que tem nesse país. Passei maior parte em pública e eles não dão uma foda para aluno nenhum. Até pior as vezes: não canso de quanto falavam que eu não ia ser ninguém na vida. Agora nem se eu quisesse serei ninguém. - falei com um frango na boca e limpei com a mão - Desculpa prof... É prof. também né? Não, monitora. Desculpa. Bem, acho que devo ser só fortão então, Colossus deve ser o cara. Me parece meio... estufado só. - primeira vista não me era tão divertido quanto o resto. E quanto Kurt. Caralho, Kurt tava ali. Não acenei para não atrapalhar ele. Ele parece ser tri de se estudar.


    Fui pego de surpresa quando passou uma garota com asas de anjo e rabinho de demônio. Acho que ali caiu a ficha porque fiquei um tempo encarando (de novo) - Mãe do céu. - falei alto. Fica me escapando essas coisas. Asas de anjo. Rabo de diabo. Meio poético até. Heh... Asas de anjo. Corpo de demônio. Mas asas de anjo. Fiquei passando isso na cabeça como se tivesse achado um paralelo que perdi quando me distraí quando Zoe voltou a falar - Que bom que fez a conta certa. - "sorri".


    Quase me engasguei pra rir quando a garota se tocou que Zoe apontou e veio cobrar. Virei para ela e fiquei sem conseguir falar por um momento. Ainda era difícil de engolir - Putz Lucy. Sem problema. Desculpa ela, ela não comeu o snickers dela ainda. Mas tipo... - Beatrix fez as perguntas que eu queria ter feito, me salvando a vergonha. Meu deus tem mutações bíblicas agora. Estou começando a agradecer ter só força - É, não esquenta... Trocadilho não intencionado.... Cê parece muito tri.





    Oh ta ficando tri
    Khaleesi
    Neófito
    Khaleesi
    Neófito

    Mensagens : 27
    Reputação : 7

    [LOCAL] SALA DE JANTAR Empty Re: [LOCAL] SALA DE JANTAR

    Mensagem por Khaleesi Ontem à(s) 9:33 am

    Zoë Marie Aagard Ørsted
    blood & cigarettes
    Tenho dificuldade em engolir meu pudim a tempo de me explicar para a menina vermelha. Joel, como era de se esperar, solta uma piadinha e Beatrix logo faz a pergunta que todo mundo parecia adorar aqui dentro.

    Não gosto muito dela, inclusive. “Ei, qual a sua mutação?” é tipo “ei, qual o tamanho do seu pau?”. Invasivo, entendeu? Você que descubra o tamanho do meu pau se estiver tão curioso assim. Espero Lucy responder a ruiva antes de começar a falar.

    – Foi mal, ouve esse amorzinho de pessoa aqui...  
    – reviro os olhos na direção de Joel, como se indicando que estava falando dele
    – Eu sou meio chata antes do primeiro chocolate do dia, mesmo. Mas não crie expectativa, continuo bem irritante depois dele também.
    – solto o melhor sorriso falso que consigo. Chamo de falso não por que estou sendo irônica ou implicando com Lucy, mas é que eu realmente sou muito ruim em sorrir
    – Fora que, em minha defesa, só tava apontando pra você porque comentei com eles que gostei do seu visual. É hardcore pra caralho.

    Katerine Le Blanc
    Mestre Jedi
    Katerine Le Blanc
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1147
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    [LOCAL] SALA DE JANTAR Empty Re: [LOCAL] SALA DE JANTAR

    Mensagem por Katerine Le Blanc Ontem à(s) 10:35 am

    O seu lado maligno parecia quieto e a garota ouvia as pessoas que lhe faziam muitas perguntas, porém, Lucy começa a responder na ordem em que era perguntada.

    - Desculpe Sam eu as vezes não consigo controlar essa personalidade minha, desculpe garota é que eu realmente tenho momentos que isso ocorre. - Ela dizia em quanto ouvia outra aluna logo abrindo um sorriso no rosto. - Não meus pais eram pessoas comuns e essas minhas asas, o rabo e a coloração vermelha são da minha mutação. - Ela dizia em quanto observava o outro mutante.
    scorpion
    Mutante
    scorpion
    Mutante

    Mensagens : 716
    Reputação : 60

    [LOCAL] SALA DE JANTAR Empty Re: [LOCAL] SALA DE JANTAR

    Mensagem por scorpion Ontem à(s) 10:58 am

    jubileu: O Scott? Hmmm... ambiciosa, hein? Ele é tão rigoroso quanto é gostoso.

    Ela começava a digitar no seu celular, enquanto ria.

    Jubileu: Pronto, mandei mensagem pra ele.

    Enquanto isso, Joel falava de Colossus.

    Jubileu: Peter? Ele também é ótimo. Um dos monitores que mais se preocupa com seus monitorados... e não se preocupe com o fato dele ser "inchado". Peter vem de uma família muito humilde na Sibéria. Ele era fazendeiro lá, então ele entende do lado ruim da vida. Além disso, ele topou vir pra cá por conta da irmãzinha dele.... aquela loirinha de onze anos ali no canto.... Illyana. Você vai se dar bem com ele.

    Digitava a opção de Joel e depois plhou para Zoe.

    Jubileu: Bora, Zoe.... só falta você. Para de causar e me dê um nome, "bitch".

    Enquanto isso, Sam aguardava as opções dos caras em sua mesa, mas respondia à Lucy.

    Sam: Relax, vermelha... eu sei. Fica de boa... só cuidado pra não se alterar. Adrenalina é um dos principais fatores da ativação do nosso fator mutagênico.
    Katerine Le Blanc
    Mestre Jedi
    Katerine Le Blanc
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1147
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    [LOCAL] SALA DE JANTAR Empty Re: [LOCAL] SALA DE JANTAR

    Mensagem por Katerine Le Blanc Ontem à(s) 12:34 pm

    Be yourself

    Hope

    Quando Lucy ouviu Sam ela abriu um sorriso fraco dando a entender que tentaria o seu máximo, porém, era quase impossível e sendo assim ela suspirava. - Sam eu sei que adrenalina é o nosso gatilho, mas as vezes essa personalidade vem sem nenhuma adrenalina, sabe ela tenta me proteger e proteger as pessoas ao meu arredor e quando ela não gosta de alguém ai é perigoso e eu estou tentando contê-la, mas não dá. - A mesma estava sendo sincera e sendo assim ficava um pouco de cara fechada em quanto terminava de almoçar.

    GodsCorpse
    Troubleshooter
    GodsCorpse
    Troubleshooter

    Mensagens : 770
    Reputação : 10

    [LOCAL] SALA DE JANTAR Empty Re: [LOCAL] SALA DE JANTAR

    Mensagem por GodsCorpse Ontem à(s) 1:23 pm














    - E ser gostoso é algo que praticam aqui? Tô vendo padrão assim de beleza e... - não fala exótico, não fala exótico - ... diferente das pessoas aqui. Uma energia né. Hahahah. As pessoas ainda estão falando de gostoso e sexo... Meu deus.... Já ta me dando vontade.




    - Sibéria? Caramba... Claro que vou me dar bem, sou legal pra caralho. - e eu achando que a diversidade era só nos poderes.





    Conteúdo patrocinado


    [LOCAL] SALA DE JANTAR Empty Re: [LOCAL] SALA DE JANTAR

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Jun 04, 2020 4:52 pm