Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Edgar Shaw

    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1658
    Reputação : 80

    Edgar Shaw - Página 3 Empty Re: Edgar Shaw

    Mensagem por Wordspinner Sab Jul 04, 2020 7:41 pm

    Shaw escreveu: Maldito uniforme.

    Ele concorda com a cabeça "Decide jogar fora. Não devia nem ter guardado isso."
    Ele amassa o blazer mal humorado. "Que bom que voltou." Ele parece agradecido e segura em você para levantar do chão.

    Shaw escreveu:- Tudo isso era dela?

    Ele suspira e abaixa para pegar o copo. "Tudo tranqueira agora. Vou guardar as fotos e queimar o resto. Não serve pra nada além de juntar poeira e ocupar espaço." Não que ele tenha o que colocar ali. Seu pai não é um acumulador. Muito pelo contrario a casa é cheia de espaço vazio. Ele gira a bebida no copo. "Quer um?" Ele pergunta andando até a macarronada.

    Azdeh-Ur o nome soa familiar na sua boca, mas toda primeira língua também soa. Seu pai te arranca dos pensamentos batendo seu prato na mesa. Não com força e nem intenção. As mãos do velho tremem com a bebida, não tem a firmeza de antes.

    Nas suas mãos a boina ainda tem o cheiro dela. Provavelmente é só sua imaginação. Mas além de poeira, ela cheira a saudade.

    Nomes:
    Fenris-Ur é o patrono da sua tribo. É o único espirito que se lembra com -Ur.
    Faor
    Mutante
    Faor
    Mutante

    Mensagens : 598
    Reputação : 23

    Edgar Shaw - Página 3 Empty Re: Edgar Shaw

    Mensagem por Faor Seg Jul 06, 2020 8:49 am



    Levantar o pai do chão é tão fácil quanto triste. Decadência.

    * - Azdeh-Ur. *

    O filho de Elizabeth Sandrine Shaw escuta o pai falar sobre queimar tudo aquilo e de repente essa é uma terrível decisão. Ele aperta a boina com força
    e tenta oferecer uma reação "comum", sem chamar atenção.

    -  Não queime nada, ainda. - Buscando um motivo aceitável, ele não encontra. -  Apenas mantenha essa caixa por aí. Não é nada demais. Mas deixe assim.

    Mais uma vez ele vai olhar o conteúdo da caixa e a boina ele deixa de fora, vai mantê-la consigo. Shaw ignora a sugestão da bebida. Não tem nada contra as bebidas em si, mas jamais beberia com o pai. Quando ele deixa o prato cair na mesa, o garoto vai até ele para almoçar, enfim.

    OFF:

    Dada a descoberta, Shaw vai ser cuidadoso com o conteúdo da caixa e até com a caixa em si. Se se sentir mais seguro, no futuro próximo deve tentar preservar tudo isso no novo endereço. A boina seguirá com ele.
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1658
    Reputação : 80

    Edgar Shaw - Página 3 Empty Re: Edgar Shaw

    Mensagem por Wordspinner Seg Jul 06, 2020 10:58 am

    Shaw escreveu:Apenas mantenha essa caixa por aí. Não é nada demais. Mas deixe assim.

    Ele parece ter comido algo ruim pela cara que fez. "Essas porcarias ficam me encarando o dia todo, todo dia. Não. Não tem porque ficar. Eu cansei sabe? Não é ela, nada disso é ela." Ele enfia macarrão na boca, talvez para poder parar de falar. Enquanto isso ele olha para as coisas com rancor.

    Na caixa existem mais peças de uniforme. Uma de joias com duas medalhas, impressionante elas nunca terem sido vendidas. Junto com elas um conjunto de tags como as que a Legião de Sangue deu a você. Nelas marcados nomes na primeira língua. quatro dos cinco riscados a ponto de serem ilegíveis. Eles cheiram a morte. O ultimo deles diz "Loba sem Sombra".

    O sabor da comida não é tão ruim quanto parecia. Mas para ser bom, especialmente depois do que tinha acabado de acontecer, precisa melhorar muito. Seu pai comia em silêncio sem saber como falar com você, mas claramente tirando conforto da sua presença. Desde que entrou em casa ele não tocou mais na bebida apesar de mexer no copo de tempos em tempos.



    Faor
    Mutante
    Faor
    Mutante

    Mensagens : 598
    Reputação : 23

    Edgar Shaw - Página 3 Empty Re: Edgar Shaw

    Mensagem por Faor Seg Jul 13, 2020 12:09 pm



    -  Eu sei, eu sei... só não precisa ser feito agora. Deixa comigo, tira da tua vista. Não quero fuçar em nada mas uma olhada mais eu vou dar ali. É isso, deixa comigo que eu queimo tudo.

    Depois do silêncio do pai e enquanto vasculha os itens, mais perguntas aparecem mas não é hora para aquilo. * -  Amanhã. *

    Ele realmente tenta aproveitar o almoço. Sabor agradável, companhia do pai claramente contente com a presença dele. Shaw não sente orgulho do pai, mas ama o velho e sempre valoriza esses momentos. - Estou mais afastado, não é? Mas faz parte. Tentando acompanhar uma turma mais produtiva, talvez pinte um negócio, ainda não sei bem, nem adianta perguntar. Mas é uma turma do bem. E me diz você, algum serviço mais firme, mais constante? Você fica com outra cara quando está dedicado num trabalho legal, parece que fica melhor.

    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1658
    Reputação : 80

    Edgar Shaw - Página 3 Empty Re: Edgar Shaw

    Mensagem por Wordspinner Ter Jul 14, 2020 12:10 pm

    Shaw escreveu:-  Eu sei, eu sei... só não precisa ser feito agora. Deixa comigo, tira da tua vista. Não quero fuçar em nada mas uma olhada mais eu vou dar ali. É isso, deixa comigo que eu queimo tudo.

    Ele mastiga um pouco pensando. Você sente a certeza e decisão dele dissolvendo. "Tá. Tudo bem. Tá bom. Só tira dali." Ele da uma batidinha com o copo na mesa que você já viu mil vezes. Logo depois disso ele sempre vira o copo. Mas não dessa vez. Ele empurra o copo para o lado, mas não joga fora a bebida.

    Quando você pergunta do emprego poderia ter enfiado uma faca na barriga dele pela cara que fez. "Entrei com o auxilio, não to conseguindo nada. Imigrantes malditos, Ed. Pegam todos os empregos. Me demitiram do ultimo por uma bobagem de decoro. Eu sei o trabalho, mas tinha derramado jack na camisa sem perceber e cheguei cheirando. Nem tinha bebido nada no dia. Filhos da puta. Só queriam uma desculpa. Os filhos da puta." Ele muda de ideia e vira o copo. Na pia. "Bosta de Jack, fede muito." Enche o copo com água da pia e se senta para comer.

    Mastiga mais algumas vezes. "Porque você quer essas porcarias? Não servem pra nada." Ele aponta sem largar o copo. Bebe um gole e faz uma careta como se tivesse bebendo acido.
    Faor
    Mutante
    Faor
    Mutante

    Mensagens : 598
    Reputação : 23

    Edgar Shaw - Página 3 Empty Re: Edgar Shaw

    Mensagem por Faor Qua Jul 15, 2020 9:22 am



    [i]* - Eu já tive esperança antes e sempre perdi depois. Mas, droga, esse cara tem jeito. Meu pai tem jeito! *[i]

    Edgar ouvia mas principalmente observava o pai, nada verdadeiramente novo, mas se sentia presente ali e achava que o velho sentia o mesmo. Um era a referência do outro, bem ou mal. Acreditava que ele não tinha bebido no dia? Não importa. A bebida sempre estava por perto.

    - Tem muito menos emprego mesmo. Tem que continuar pressionando, pai. Fica firme porque uma hora vai aparecer. Mas não está fácil não. - Shaw não sentia o mesmo sobre os imigrantes, tinha muitos amigos até entre os de fora... amigos não, mas bons conhecidos. Só não quis contradizer o velho para não alimentar aquilo. Seguia comendo o macarrão satisfeito.

    - Não sei. Mas senti que quero olhar, sei lá. Não estou puto com aquilo agora, sabe? Dar uma olhada e depois queimar. Vou colocar lá no meu quarto depois do almoço. Deixa lá, não vou mexer em nada agora. As fotos eu deixo contigo.

    Ele pede água também, apenas para fazer os dois se movimentarem e cortar aquele assunto. - Está bom isso aqui, hein? Vou até repetir hoje. Ah.. hoje à noite vou chegar tarde. Uma amiga me chamou para sair. Nada sério!

    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1658
    Reputação : 80

    Edgar Shaw - Página 3 Empty Re: Edgar Shaw

    Mensagem por Wordspinner Qui Jul 16, 2020 11:15 am

    Ele ouve as suas palavras com atenção. Provavelmente é a única atenção que ele recebe da vida. "...Pressionar... pressionar..." Ele resmunga sem achar que pode ser ouvido. Ele engole os resmungos com um gole de água que desce como se fosse mijo pela cara que ele faz. Mijo muito ruim. O garfo faz um barulho chato no prato dele cada vez o velho pega algo para comer. Arranha, arranha e arranha. Metal no vidro barato. Ele mastiga de lado, usando só os dentes da direita.

    "Tá bom, pode guardar aquilo no seu quarto. Mas não sua empregadinha não. Leva para lá você." As palavras são rudes, mas ele claramente acha que fez uma piada esperta. Mostra o sorriso cheio de molho como se fosse sangue. Os dentes da coisa eram muito mais brancos que os dele e o sangue não grudava neles como o molho de tomate se fixa nos dentes do velho.

    Shaw escreveu: Está bom isso aqui, hein? Vou até repetir hoje. Ah.. hoje à noite vou chegar tarde. Uma amiga me chamou para sair. Nada sério!
     

    Ele lava a garganta novamente com um gole de água. Esse é longo. Demorado. Lento. "Não se apressa. Não esquece a camisinha também. Filho é foda." Ele se levanta pegando seu prato para colocar mais. Fica te observando de canto de olho. Seria tão fácil colocar a faca no meio do pescoço dele. As duas mãos do velho ocupadas ele nem teria chance. "Tá bom assim?" Ele pergunta já colocando seu prato de volta.

    Dá para ver o sangue escorrendo do pescoço aberto. Pingando na mesa. Borbulhando enquanto ele fala.

    O velho se senta de novo e arranha o prato com seu garfo de novo. Arranha, arranha e arranha.
    Faor
    Mutante
    Faor
    Mutante

    Mensagens : 598
    Reputação : 23

    Edgar Shaw - Página 3 Empty Re: Edgar Shaw

    Mensagem por Faor Sab Jul 18, 2020 12:28 pm



    Há quanto tempo ele não passa um tempo realmente concentrado no pai? Realmente próximo, prestando atenção? A presença é boa? Faz bem? Até certo ponto sim, mas o punho cerrado e a leve ardência na palma que ele esconde sobre a coxa não alivia a tensão. Shaw não reage à piada só baixa os olhos encontrando no molho cada fonte de cada cheiro que ele já tinha identificado. Quando o velho se levanta a mão esquerda salta para alisar a faca, acariciar. Volta a sorrir.

    - Ainda não sei se terei tanta sorte. - Ele nem espera encontrar alguém para isso hoje. Ainda sentia o gosto do sangue de Chaya e agora sentia o terror da grande boca com dentes brancos enormes aberta. Ed definitivamente não espera um romance, não é?

    Fixando os olhos no prato que o pai serviu ele tenta esconder a tensão. - Assim está ótimo. Perfeito. - Não tem mais fome, não tem mais vontade de estar ali. - Muito bom mesmo, obrigado. - Mal olha nos olhos do pai. O laço foi rompido outra vez. Dá um passo se afastando da humanidade, ali, almoçando com o pai. * - Devorador de Nomes, Azdeh-Ur, Loba sem Sombra, Wendy. *

    - Um banho e me esticar um pouco na cama. - Pensou alto e sorriu de volta para o pai. Ainda irritado, tentava direcionar a raiva para outro lugar, outro alvo.

    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1658
    Reputação : 80

    Edgar Shaw - Página 3 Empty Re: Edgar Shaw

    Mensagem por Wordspinner Seg Jul 20, 2020 6:15 pm

    Ele resmunga enquanto pega os pratos e coloca na pia. Bebe mais um gole sofrido de água. "A próxima é sua, Ed." Ele liga a torneira e sem olha "Leva as coisas com você logo, senão quando você descer já não vai ter mais nada." Logo o som da esponja na louça é todo barulho que ele faz.

    O estomago está cheio mas a fome ainda vira suas entranhas. O macarrão não é mais nada para você. Nem o molho. Somente os pedaços de carne. Os poucos pedaços de carne. Mesmo assim as peças que não se encaixam se somam. Elas dão pista de uma incomoda verdade.

    Antes o desconhecido eram os hotéis cinco estrelas. Iates. Lugares distantes. Agora você está boiando no oceano sem saber para onde ir e todas aquelas formas quando olha para baixo podem estar famintas pela sua carne. Pela sua alma também.

    A água do chuveiro é fria. Ele queimou de novo. Mas não tem problema. Não hoje. Devorador de Nomes. Foi disso que sua mãe morreu? Enfrentando isso? Lutando do lado dele? O que Loba sem Sombra tem a ver com isso?

    Você vasculha a caixa no seu quarto tentando não fazer barulho. Nenhuma pista. Nada novo. Só pedaços doloridos do passado.

    Então uma fagulha de inquietação toma conta dos seus membros. Uma lembrança bem funda no meio de um monte de outras coisas.

    Você pega a boina outra vez. Ela tem uma medalha nela. Uma medalha que você viu antes. Nessa casa claro. Mas também... Na parede enquanto Chaya tirava a roupa. Antes ela foi só um reconhecimento que queria apagar. Uma dor que era bem pior que a atenção daquela garota linda e forte. Mas agora ela queimava no fundo da sua mente. Pendurada na parede junto com uma penca de outras. Atrás de uma fina folha de vidro.



    Faor
    Mutante
    Faor
    Mutante

    Mensagens : 598
    Reputação : 23

    Edgar Shaw - Página 3 Empty Re: Edgar Shaw

    Mensagem por Faor Qui Ago 27, 2020 7:31 pm






    Edgar Shaw - Página 3 268_2610





    - Oi pai, tudo sob controle? - Ele apareceu num fim de tarde. Levou apenas um pacote de café que se acostumou a comprar numa mercearia sofisticada perto da casa dos algozes. O valor era ridículo, mas ele consome tão pouco que resolveu ignorar. Além disso, qualquer coisa que o pai aceite beber que não seja alcoólico vale o seu preço.

    Enquanto a água esquenta, ele segue ouvindo o pai, mas mais importante, observando o pai. Como ele está agora sem o filho em casa? - Eu já te falei, não é? Essa turma nova é muito louca, mas é porque o ritmo tem que ser assim. Eu estou me dando bem só porque estou dando sangue lá... nunca fui muito esperto, não é? - O interesse do Shaw é avaliar bem as condições, se tem comida, quais os cheiros, se alguém mais andou por ali.

    - Não tem nada a ver com estudo... o pessoal estuda muito. Essa história de tecnologia entra em tudo. Start up - No meio da conversa falou qualquer coisa sobre algo que viu em algum noticiário. - Mas alguém tem que ter disposição e perna para fazer as coisas andarem. Compras, cobranças, fotos. E como o cara lá trabalha com uma construtora, sempre tem o que fazer na rua.

    Passando o café, ele tenta fazer o pai falar. - Sim, falando muito sobre a minha loucura... mas e você? Como está nesses últimos dias? Fale a verdade pai.



    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1658
    Reputação : 80

    Edgar Shaw - Página 3 Empty Re: Edgar Shaw

    Mensagem por Wordspinner Sab Ago 29, 2020 1:35 pm

    Shaw escreveu:- Oi pai, tudo sob controle?

    A casa cheira do mesmo jeito de sempre o pai o assiste fazer café. "Tudo bem por aqui, muita paz agora." Um sorriso torto no rosto denuncia que era uma piada.


    Shaw escreveu: nunca fui muito esperto, não é?

    Ele faz um barulho com a boca. Um estalo. Shaw já ouviu um milhão de vezes."Era é esperto demais. Eu só espero que esses caras te sugando estejam te dando algum valor." Ele anda um pouco para olhar melhor o que está fazendo. Ele passa por cima de Wendy e isso a irrita. "Porque ninguém me respeita?" ela diz enquanto ajeita o vestido que imediatamente volta a ser soprado por um vento que definitivamente não está ali.

    Quando Shaw fala Start up o pai entra em um loop em que repete o termo com entonações diferentes. Tentando fazer as palavras rolarem fáceis para fora da boca. Wendy acha graça e começa a imitá-lo. Um coro que nunca teria imaginado.

    Ele para quando o filho pergunta pela verdade. "Minha perna tá doendo um pouco. Ajudei o vizinho com umas mudanças, a grana não é ruim. Mas o trabalho me deixou morto. Não to ficando mais novo não. Mas dá pra por comida na mesa e luz nas lâmpadas." Ele ri alto e afaga a perna que supostamente está doendo. Shaw viu uma garrafa de whisky pela metade no canto da pia, atrás das panelas. Ele tinha bebido uns dois dedos desde a ultima visita. O que era pouco para ele, isso se fosse a mesma garrafa. "Agora os jogos vão começar de novo. No meio da primavera. to pensando em assistir todos. É mais emocionante que as ligas profissionais." Isso era o mais perto que ele chegaria de formalizar um convite. Todos os times de cada esporte da ilha participavam. Uma grande confusão todo ano que ia e voltava entre quadras e praias e piscinas. Dover era casa da maior parte dos jogos por causa da universidade Grififith, mas alguns jogos eram nas outras cidades.
    Faor
    Mutante
    Faor
    Mutante

    Mensagens : 598
    Reputação : 23

    Edgar Shaw - Página 3 Empty Re: Edgar Shaw

    Mensagem por Faor Sex Set 04, 2020 10:56 am






    Edgar Shaw - Página 3 268_2610



    Ele encara Wendy com ternura e repreensão uma vez ou outra, quando o pai não está observando. Mas sua atenção está voltada para o pai, para as condições dele e da casa. Passa um tempo tentando decidir se aquela garrafa é a mesma de antes ou não. E avalia os movimentos do pai, como se tentasse medir a dor que ele está relatando.

    Esse é o jeito de Shaw tentar cuidar das coisas, das pessoas. Mais racional do que emotivo, mas isso é injusto. Ele realmente se importa. E o pior, ele se culpa pela ausência. E ele também sente falta. Deixar o pai foi sem dúvidas a parte mais difícil de toda essa nova vida.

    - Ah os jogos nas Grififith... - Um suspiro verdadeiro. Nunca foi muito fã das competições esportivas, mas não era tão alheio assim. Tinha algum talento para o atletismo quando bem novo mas acabou não crescendo tanto. Hoje a realidade é outra e o interesse também, mas mordeu a isca do pai. Quis morder! - Eu não tenho como saber quando vai ser tranquilo, mas eu vou querer ver alguns, hein? O que acha? Continua assistindo esporte feminino? - Provocação divertida. - Quando sair a programação, escolhe uns bons para a gente. Mais perto a gente confirma.

    - Está tudo certo com os documentos, tudo em ordem? Não dá para prometer nada, mas eu estou de olho em trabalho fixo para você pai. Se rolar, não vai ter um cardápio para você escolher, mas também não vou empurrar nada. No final das contas, você diz se funciona, certo?

    Depois do café, Shaw olha o telefone a cada dois minutos. Ele não espera nada, mas sabe que tem que sair.





    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1658
    Reputação : 80

    Edgar Shaw - Página 3 Empty Re: Edgar Shaw

    Mensagem por Wordspinner Dom Set 06, 2020 10:06 am

    Shaw escreveu:Quando sair a programação, escolhe uns bons para a gente. Mais perto a gente confirma.

    Ele abre um grande sorriso cheio de dentes. "Pode deixar garotão. Pego os melhores. Seu pai é um ótimo nisso, devia começar a apostar." Um arrepio frio sobe pela espinha de Shaw, ele está falando sério. O velho pega um copo para por o café, enche o mesmo e não coloca açúcar. Wendy tenta cheirar o café, mas não parece impressionada. Ela começa a seguir seu pai, curiosa, mas só consegue sair do lugar quando você decide fazer o mesmo.

    Shaw escreveu:No final das contas, você diz se funciona, certo?

    Ele está sentado no sofá apreciando o café nesse momento. Avido e satisfeito. Com frio também pelo modo que segura o copo tentando beber o calor com as mãos. "Tá ficando importante, é? Pra arranjar emprego pros outros também?" Ele te olha por cima do copo prestando bastante atenção. Wendy gira sem se mover também virando na sua direção. Ambos observam as expressões de Edgar com curiosidade.

    Ele estica as pernas e elas estalam. "Tudo nos trinques com meus papeis. Pode deixar que o pai não te faz passar vergonha." A voz dele parece confiante, mas é difícil esquecer a garrafa na pia. Pelo menos não tem marcas de copos largados pela casa e nem virados no chão. "Tá precisando ir? Tá fugindo do trabalho pra ver o seu velho?" Ele assopra o café e aspira o aroma. O rosto se ilumina com uma satisfação rara.
    Faor
    Mutante
    Faor
    Mutante

    Mensagens : 598
    Reputação : 23

    Edgar Shaw - Página 3 Empty Re: Edgar Shaw

    Mensagem por Faor Qui Set 10, 2020 11:50 am






    Edgar Shaw - Página 3 268_2610



    - Apostas, sério? - Outro suspiro verdadeiro, mas esse de desânimo, que derrubam os ombros. - Olha, eu não sou o pai aqui, beleza? - Ele sorri de volta, querendo não deixar o clima desandar. - Mas na boa? Bebida te faz mal e aposta não ajuda. Novidade? Claro que não, né? Dá para pegar leve, com certeza. No início é sempre leve, mas olha só... - O tom era o mais carinhoso que ele conseguia e não era falso. - Sério, eu tô do teu lado. Não vou dizer nada contra e nem julgar p... - Ele evita xingar perto da Wendy, chega a ser engraçado. - Enfim, não estou julgando mesmo. Só que eu me importo contigo, você sempre foi meu amigo e eu estou aqui falando na boa só porque quero o teu bem. Mas sério, vou contigo em pelo menos um jogo e se você ganhar uma grana, quero um casaco novo. - Ele sorria mostrando que o casaco que ele usava já estava velho e o pai tinha dado para ele anos antes. Era uma peça simples, nada demais, mas Shaw gostava de usar.

    Com pouco tempo ali o pai mudava de humor e já provocava. - Teu filho importante? Até parece! Só para você! Eu tô realmente dizendo o contrário. Que SE eu arrumar alguma coisa, não vai ser nada muito bom. Por isso a decisão é tua. - Ele tenta desconversar porque realmente não quer dar explicações sobre. Ele apenas sorri de volta sobre o velho o fazer passar vergonha. Nada disso no final. Ed moveria uma guerra pelo pai e cagava para as palavras dos outros. Só quer o melhor para ele.

    - Fugir do trabalho e ver meu pai são duas coisas diferentes! As duas são boas! - Ele ri com vontade. - Mas preciso ir sim. Se cuida.


    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1658
    Reputação : 80

    Edgar Shaw - Página 3 Empty Re: Edgar Shaw

    Mensagem por Wordspinner Sab Set 12, 2020 12:00 pm

    Shaw escreveu:Apostas, sério?

    Ele olha para a barriga envergonhado. "Sou muito bom mesmo. Deverdade Edie, tem que ver!" Reage com uma gargalhada quando Shaw diz que não é o pai da história.

    Shaw escreveu:Sério, eu tô do teu lado. Não vou dizer nada contra e nem julgar p...

    Ele coloca uma mão no coração, rosto fingindo solenidade. "Tudo bem garoto, eu posto cinquentinha toda semana e o também o que eu ganhei na semana passada, mas a coisa fica boa mesmo é nos jogos locais. Muita gente apostando com o coração e não com a cabeça." Ele faz uma disgosto e sorri. "Agora esse casaco aí tá uma droga... Vou te conseguir um muito bom. Muito mesmo. Vai ver."

    Ele concorda sério e até orgulhoso quando Shaw fala do trabalho, mas uma parte da animação do pai vai embora quando ele tem de dar adeus de verdade ao filho. Mesmo assim ele coloca um sorriso no rosto e diz o precisa ser dito. Na porta ele espera até Shaw sair de vista para finalmente voltar para dentro da casa.

    "Gosta mesmo dele, né? Porque você me trás sempre aqui para ver ele com você?" Ela flutua sem forma, andando na direção contrária a que está se movendo. Pensativa ela ainda olha para trás como se pudesse ver o velho.
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1658
    Reputação : 80

    Edgar Shaw - Página 3 Empty Re: Edgar Shaw

    Mensagem por Wordspinner Seg Out 12, 2020 12:58 pm

    Shaw chega praia com o corpo cansado. A mente ainda atenta. Era rotina. Era hora de sangrar. O cheiro de outro uratha lança correntes elétricas pela espinha. Joga adrenalina no sangue. O coração está disparado antes de a mente conseguir reconhecer o dono. Loba sem Sombra. Os olhos correm a escuridão da noite recém chegada. Nenhuma pegada na areia. Nenhum pelo a vista. Mas se o faro do irraka não é afiado ele não é nada. O cheiro estava sendo carregado por uma brisa insistente. Se estivesse vestindo a pele do lobo suas patas já estariam se movendo. Mas na forma humana elas esperam o comando da vontade. Em poucos segundo Shaw está no limite do território.

    A brisa o tempo todo soprava no seu rosto carregando o cheiro dela. Rastro fácil e seguir. Quase uma trilha de migalhas. No fim da trilha a uratha espera na origem da brisa. O vento suave movendo suas roupas. Ela espera paciente. Seus olhos se fixam no irraka assim que ele se torna visível. A linha imaginaria da fronteira entre os dois. Ela do lado de fora da rua bem asfaltada. Ele do lado de dentro. Mais alguns passos e ele deixaria a segurança do território. Mais alguns passos e ela estaria invadindo.
    Faor
    Mutante
    Faor
    Mutante

    Mensagens : 598
    Reputação : 23

    Edgar Shaw - Página 3 Empty Re: Edgar Shaw

    Mensagem por Faor Ter Out 13, 2020 12:18 pm






    Edgar Shaw - Página 3 268_2610



    O primeiro instinto assassino desperta o corpo do uratha para a ação. Euforia, adrenalina, raiva, ele hesita mas logo se põe em movimento. Quando finalmente mentaliza que de quem é o cheiro, a intensidade não diminui, nem do passo, nem da necessidade de agir. Ele segue, tentando interpretar a água, a areia, as luzes e o vento. Nada. Segue até ver e ser visto. Segue em tirar os olhos dela nem para visualizar os marcos do limite do território e para apenas quando estão quase colados, um passo.

    - Maria, boa noite.

    Falou sério, sério demais. Ele a encara, mas não a julga ou a provoca em nada. Ele tenta entender mas não por muito tempo. - Desculpe, só estou cansado e não esperava encontrar alguém por aqui. - Um sorriso mais aberto, não muito forçado. - Quer falar e caminhar, ou apenas falar? - Ele estende um braço para o território dos algozes.

    Linha do tempo:
    Relativamente, onde estamos?



    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1658
    Reputação : 80

    Edgar Shaw - Página 3 Empty Re: Edgar Shaw

    Mensagem por Wordspinner Qui Out 15, 2020 5:19 pm

    Ela demora um segundo para responder. Como se não tivesse realmente prestando atenção até você falar o seu nome. "Vim conversar." A brisa morre no silêncio que segue. "Quer falar sobre ela, não quer?" Maria pega estende um cordão de couro com um dog tag. Balançando ao alcance da mão está o nome da sua mãe. Ela move os pés na terra reajustando o peso do corpo. Dá para sentir o cheiro.

    "Você tem perguntas sobre a mulher que não conheceu, não é?"
    Faor
    Mutante
    Faor
    Mutante

    Mensagens : 598
    Reputação : 23

    Edgar Shaw - Página 3 Empty Re: Edgar Shaw

    Mensagem por Faor Sex Out 16, 2020 12:40 pm

    @Faor escreveu:





    Edgar Shaw - Página 3 268_2610




    Shaw aceita o tag em silêncio e olha para ele por um longo tempo em silêncio, para depois observar Loba sem Sombra, enigmática, ritualística. - Você realmente não quer caminhar um pouco? - Ele pergunta indicando os dois lados, o do próprio território num convite claro ou para além de sua fronteira, caso ela preferisse. A acompanharia para onde fosse, mesmo que quisesse ficar imóvel.

    - Obrigado por vir. - Disse de repente. - Você não era a próxima que eu iria procurar... - Olhando para o couro que sustenta a pequena plaqueta, ele continua falando baixo, pouco mais que um pensamento alto. - Tenho um com o seu nome. Na verdade, guardo um, não é meu. Vou entregá-lo para você, outra hora. Não tenho direito a isso, de todo o jeito.

    Ele lembra do encontro com Ash e fica preocupado ao mesmo tempo que busca um caminho para seguir. - Garra de Ébano me contou que minha mãe, Sortuda ... - O nome saiu de forma divertida. - ... quase foi um Sombra Descarnada. - A frase quase se perde mas Shaw finalmente retoma um pensamento mais firme. - Isso é engraçado. Eu me vi como filho dela, Garra Sangrenta e tive medo. Confusão pelo menos. Ou medo mesmo, medo de seguir passos que eu não vejo, entende?

    Encarando Maria, ele fala com mais convicção, e é fácil perceber como ele quer ser respeitoso com ela. - Disso eu gostaria de ouvir mais. Daquilo que eu pareço mais diferente da imagem que comecei a pintar dela. Eu nunca me vi muito perto, muito alinhado da sua tribo e isso não é nada errado, tá? A conexão com o outro lado sempre me fascinou e me apavorou. Bom, é claro que quero conversar sobre ela...

    A expressão fica séria, mas ele não tira os olhos de Maria. - Eu não quero forçar aqui e não sei se tem alguma pergunta que valha a pena, Maria. Mas gostaria de ouvir sobre ela, a partir do quão próxima ela era dos Sombras, ou do quão ela podia ser diferente de mim.



    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1658
    Reputação : 80

    Edgar Shaw - Página 3 Empty Re: Edgar Shaw

    Mensagem por Wordspinner Ter Out 20, 2020 3:30 pm

    Shaw escreveu:Você realmente não quer caminhar um pouco?

    Ela lentamente começa a andar. Se mantendo perto da fronteira.

    Shaw escreveu:...outra hora. Não tenho direito a isso, de todo o jeito.

    Ela balança a cabeça sem muita energia. "Era dela. É seu. O alimente com o essência e vou ouvir suas próximas palavras." Ela olha o caminho a sua frente mais que o irraka.

    Shaw escreveu:medo de seguir passos que eu não vejo, entende?

    Ela sorri com a pergunta, mas "Não entendo, mas entender tudo é bobagem. Sua mãe sempre foi uma justiceira. Queria salvar o mundo todo. Mas era esperta. Sabia que era importante conhecer tudo, e sabia que era impossível. Teria sido uma ótima Sombra." As palavras dela ganham mais emoção. Uma animação crescente. "Não é nada estranho que sinta a mesma vontade. Ela chamava de vontade de justiça. Eu sempre chamei de sede de vingança. Tem coisas horrendas no mundo, horrendas o bastante para ofender por existir." Ela sorri e te olha como se esperasse uma resposta.

    "Não conheço você. Não sei quem é." Ela diz em tom de desculpas quando Shaw faz sua pergunta. "Como posso falar das suas diferenças? Mas posso dizer que ela adorou a sombra. Quando ela voltou, refeita pela Lua, era outra mulher. Mais forte ainda. Tinha uma esperança inabalável. Para ela era impossível perder uma guerra justa. Ela era destemida, mas leve. Era o mais sereno dos Espinhos. Mas não deixava de ser forte." Ela tira o lenço dos cabelos. Uma nota grave de nostalgia na voz. "Não era perfeita. Era esquecida e vivia confundindo as cortes espirituais. Enxerida também. Sempre tentando farejar algum crime." Ela sorri e olha para longe. "Você se sente assim? É assim? São parecidos? Ela era mais clara de cabelos e pele. Ninguém entendia o porque ela escolheu seu pai. Especialmente Krantz. Ele achava que Sortuda tinha que encontrar um guerreiro com sangue de lobo forte. Ele não esquece nada, é muito mais sútil do parece. Como um de nós, Sombras, mas cheio de violência. Alimentado e devotado a ela. Não ache que ele queria Sortuda pra ele." Ela pensa um pouco. O rosto nublado pelos pensamentos. talvez, pelas lembranças.

    "Acho que ele acreditava que ela podia mudar o cenário politico de Dover. Ela era extremamente leal a tribo e tinha boas relações com as outras alcateias. É fácil de dizer que nisso ela era diferente. Radiante. Animada. Energética. Era carismática como Ash e adorava jogos. Esportes, principalmente os coletivos. Seu pai foi um atleta. Era quando eles se conheceram, se é que eles tinham algo em comum." Ela tira uma pétala do bolso. Cheira e depois a joga no vento. "Tinham mais Sombras aqui antes. Agora, só eu e Ash. Uma mulher que corria com os Caçadores e um homem que mudou para Sparhall logo depois que você nasceu. Fazíamos encontros e liamos juntos e trocávamos histórias assustadoras. Sua mãe adorava e era muito bem vinda. A 'proximidade' dela com a tribo veio sem querer. Ela era minha amiga e de Ash. Mais ainda depois da primeira mudança. Ficamos cada vez mais perto. Ela era horrível com matemática e tinha o pior espanhol que eu já ouvi. Mas era dedicada e estudou o suficiente para superar isso e virar piloto."
    Conteúdo patrocinado


    Edgar Shaw - Página 3 Empty Re: Edgar Shaw

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Abr 10, 2021 7:04 pm