Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Dormitório Individual

    Askalians
    Troubleshooter
    Askalians
    Troubleshooter

    Mensagens : 807
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Dormitório Individual Empty Dormitório Individual

    Mensagem por Askalians em Ter Jun 02, 2020 11:11 pm

    ALUNO: ANDREW KOKI

    Dormitório Individual Whatsa10
    Askalians
    Troubleshooter
    Askalians
    Troubleshooter

    Mensagens : 807
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Dormitório Individual Empty Re: Dormitório Individual

    Mensagem por Askalians em Ter Jun 02, 2020 11:32 pm






    Nome do Personagem: Mark Lewis
    Origem (local de nascimento): Heaven
    Arquétipo: Anjo
    Tipo sanguíneo: Desconhecido
    Conceito: Professor

    Depois daquele momento na sala na aula, Mark foi trazido para o dormitório dos alunos, especificamente para o quarto de Andrew e rezou muito para que não esbarrasse em nenhum aluno por conta de suas asas, que não estava conseguindo bem por um decreto disfarçar. O bom é que por mais que houvessem câmeras em alguns lugares, elas ficavam todas arquivadas na sala do diretor e ele torcia para que não fosse o dia escolhido para o Prof. Sebastian ficasse de olho nelas ou realmente não saberia o que dizer.

    Aquelas grandes asas sendo arrastadas por alguns corredores mais escondidos e estreitos e ele só torcendo para que os alunos estivessem todos bem ocupados para não ser visto. Talvez Andrew inventasse que aquilo seria uma fantasia para uma peça de teatro ou até cosplay ou qualquer outra coisa, mas ele estava bem constrangido por estar daquela forma, desde excitado e até mesmo sem conseguir esconder as asas.

    Tomara que alguma pena também não fosse perdida pelo caminho, pois o garoto o puxava apressadamente para aquele lugar, apesar de ele não conseguir andar tão rápido assim daquela forma. Aquelas sensações eram bem desconfortáveis e dentro de suas calças sociais ele começava a sentir um pouco de dor com a situação em que estava, até que finalmente chegaram ao quarto, aparentemente o de Andrew.

    Ele entrou timidamente e deu uma boa olhada em volta. Que bom que aqueles quartos tinham teto alto, mas logo que entrou observou timidamente o lugar. Era bem detalhista e gostava de ficar observando os detalhes das coisas e dos lugares, apesar de tudo.

    Não conseguia dizer nada naquele momento, apenas estava parado no meio do quarto olhando em volta. Ele estava bem corado e procurava esconder um pouco sua excitação. Nunca havia passado antes por aquilo e não sabia mesmo o que fazer. Será que Andrew poderia ajuda-lo com isso?



    Iyue
    Cavaleiro Jedi
    Iyue
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 203
    Reputação : 8
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Dormitório Individual Empty Re: Dormitório Individual

    Mensagem por Iyue em Qua Jun 03, 2020 12:45 am





    Nome do Personagem: Andrew Koki

    Idade: 16 anos

    Altura: 1,80m

    Origem: Japão

    Arquétipo: Humano

    Clubes: Kickboxing e Basquete



    Assim que chegaram no quarto, Andrew trancou a porta, agradecendo por ter um quarto individual, não queria ter que dividir seu espaço com ninguém, muito menos durante a noite quando a mulher que o assombrava ficava mais forte. Mas, isso não importava no momento, o que importava era o homem que estava parado no meio do seu quarto. Realmente, fazia sentido a beleza daquele homem quando as asas estavam abertas ao redor dele.

    Caminhando até o professor, Andrew encurralou ele contra a parede ao lado de sua cama, antes de segurar o rosto dele com uma de suas mãos, puxando para um beijo apaixonado e demorado. O olhar do humano sobre Mark, era inundado de desejo, que queria escutar toda reação que ele causava no anjo. Entre beijos e lambidas, ele segurou o rosto do professor um pouco mais alto, permitindo o acesso ao pescoço de Mark. Enquanto seus lábios estavam entretidos, suas mãos habilidosamente, despiram as roupas sociais de Mark, antes de guiar as mãos do seu parceiro para retirar o uniforme que usava.

    Puxando o professor para se deitar no chão, onde achou que era mais confortável do que sua pequena cama, ele se pôs a conhecer o corpo de Mark com sua lingua e mãos. Entre beijos, mordidas, arranhões, ele chegou até a virilha de Mark, e antes que o mesmo pudesse protestar, ele lambeu o membro rígido, guiado por sua mão áspera que repetia os movimentos. Sabia o que estava fazendo, e como aplicar a pressão certa para que deixasse o outro homem se contorcendo de prazer, mas queria já preparar ele para o que ele queria fazer, então sua mão começou a acariciar a entrada do professor, sem querer machuca-lo, ele parou alguns segundos, apenas para lamber os próprios dedos, antes de voltar sua atenção no membro.

    Andrew se empenhava no que fazia, sorvendo cada momento, até fazer o anjo chegar no climax, soltando o orgasmo na boca do jovem, que bebia todo o líquido, antes de limpar a boca com a mão, revelando o sorriso malicioso. Seu próprio membro pulsava de desejo, ainda guardado por uma única peça de roupa, enquanto observava o professor deitado no chão, precisava se aliviar logo, e não queria ninguém mais a não ser aquele anjo para fazer isso.

    Askalians
    Troubleshooter
    Askalians
    Troubleshooter

    Mensagens : 807
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Dormitório Individual Empty Re: Dormitório Individual

    Mensagem por Askalians em Qua Jun 03, 2020 7:49 pm






    Nome do Personagem: Mark Lewis
    Origem (local de nascimento): Heaven
    Arquétipo: Anjo
    Tipo sanguíneo: Desconhecido
    Conceito: Professor

    Não percebeu que mal Andrew entrou no lugar trancou a porta atrás de si e o encurralou contra a parede ao lado daquela cama. Mark não teve nem tempo de exclamar que estava surpreso com aquilo quando Andrew o puxou para um longo beijo doce e apaixonado, seguido de lambidas que desciam pelo pescoço do professor enquanto ele abria aquelas roupas sociais, já que tirar a parte se cima era um pouco difícil naquele momento por conta das asas. O que era bem fácil de tirar pois nada atrapalhava seria a parte de baixo das roupas.

    Mark estava ficando cada vez mais derretido e excitado com tudo aquilo que estava acontecendo. Fechava os olhos bem apertados e de seus lábios escapavam alguns pequenos suspiros e leves gemidos.

    A respiração do professor ficava cada vez mais ofegante e os batimentos iam mais e mais rápido, até que foi deitado no chão.

    Aquele jovem explorava todo o sue corpo e ele sentia cada toque e se derretia mais e mais. Não podia imaginar que todas aquelas coisas que estava sentindo vinham mesmo do toque do jovem em seu corpo. Como tudo podia ser tão prazeroso assim? Como que ele nunca havia sentido nada daquilo antes? Por que?

    O jovem o beijava, mordia e lhe arranhava de leve por toda a parte e a medida que descia pelo corpo de Mark, mais o professor começava a gemer. Os olhos fechados e apertados, os lábios entreabertos e o corpo se contorcendo a medida que o jovem ia descendo os beijos e as carícias.

    A inexperiência fazia com que o professor não soubesse o que fazer com seus braços e mãos. A não ser amarrotar o tapete embaixo de si. Às vezes com aqueles movimentos, ele acabava se controlando tudo e amarrotando as penas das asas e poderia até perder algumas penas.

    Quando o garoto cruzou a linha do umbigo e foi até a virilha dele, Mark deu um leve gritinho de prazer ao sentir os lábios do garoto em seu membro. Como aquilo era possível? Mas não era para ser sujo fazer aquilo? Mas era tão bom... tão bom que ele não conseguia mais aguentar por muito tempo.

    De tão distraído que estava, que, o que era para ser dolorido do garoto cutucando a entrada dele, só o enchia de mais e mais prazer, provocados pelo menino. Seus lábios, seus dedos, suas mãos, seu corpo, tudo era prazeroso demais, até que em poucos minutos, ele chegou ao clímax soltando um gostoso choro de prazer e arqueando um pouco seu tronco para cima. A boca do menino iria se encher de um liquido maravilhoso e de um gosto como Andrew jamais havia imaginado, pois não era nem um pouco parecido com o que já tinha experimentado. Era simplesmente doce como mel. Incrivelmente doce e viciante.


    Iyue
    Cavaleiro Jedi
    Iyue
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 203
    Reputação : 8
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Dormitório Individual Empty Re: Dormitório Individual

    Mensagem por Iyue em Qua Jun 03, 2020 9:27 pm





    Nome do Personagem: Andrew Koki

    Idade: 16 anos

    Altura: 1,80m

    Origem: Japão

    Arquétipo: Humano

    Clubes: Kickboxing e Basquete



    Lambendo os dedos, Andrew teve certeza de não escapar qualquer gota daquele liquido. Doce e viciante, não queria pensar o que faria se provar de novo, provavelmente não iria conseguir escapar do desejo que crescia dentro dele de ter o professor sempre que pudesse. Retirando a última peça de roupa que restava, como se tivesse todo o tempo do mundo, ele sorriu para Mark. O membro de Andrew não era pequeno como era o ditado popular para vários homens japoneses, mas talvez ele devesse agradecer os genes de seu pai americano, pois chegava nos 18 cms com facilidade.

    Andrew iria fazer o professor gritar seu nome de prazer, começando por preparar mais a entrada dele, lambendo e alargando com seus dedos, até se cansar daquela posição e subir em cima de Mark, roubando um beijo demorado, enquanto posicionava seu membro na entrada. Forçou a entrada com cuidado, tentando ser gentil para que não machucasse muito o anjo.

    "Relaxe o corpo, e me fala quando te machucar" O humano sussurou no ouvido de Mark. A primeira vez nunca era muito prazerosa, mas não poderia ser culpado de não tentar. Uma de suas mãos voltaram a acariciar o membro do Professor, enquanto, ele repetia as palavras para manter o corpo relaxado. E assim Andrew foi até sentir seu membro todo dentro de Mark, e ele mesmo fechar os olhos de prazer "Mark" Um rosnado baixo de prazer saiu de peito de Andrew, que começou a mover devagar, aproveitando cada momento dentro do anjo. "Tão apertado, perfeito pra mim" Ele dizia, já perdendo o que restava de sanidade.

    Askalians
    Troubleshooter
    Askalians
    Troubleshooter

    Mensagens : 807
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Dormitório Individual Empty Re: Dormitório Individual

    Mensagem por Askalians em Qua Jun 03, 2020 10:48 pm






    Nome do Personagem: Mark Lewis
    Origem (local de nascimento): Heaven
    Arquétipo: Anjo
    Tipo sanguíneo: Desconhecido
    Conceito: Professor

    Aquelas ondas de choque do prazer que sentiu ainda estavam indo e vindo pelo corpo do professor e em nenhum momento Andrew parou o que fazia. Nunca que Mark havia se sentido daquela forma e quanto mais Andrew tocava em seu corpo provocando todas aquelas ondas de choque que aquele prazer proporcionava, mais ele queria. Talvez acabasse ficando viciado em sentir aquilo com aquele jovem.

    As carícias eram infinitas no seu corpo, mesmo o menino o invadindo de leve com os dedos, em preparação para o que faria depois. Com o toque suave, Mark se contorcia e gemia, talvez um pouco mais alto do que gostaria, mas não tinha muito essa noção. Era simplesmente bom demais.

    E então vieram aquelas palavras sobre avisar quando machucar. Mas como aquilo poderia machucar se estava sendo tão bom!? E então ele começou a sentir. No começo era desconfortável a entrada do membro do jovem, que apesar de jovem era bem dotado. Com o tempo o desconforto aumentou mais e mesmo o jovem acariciando seu membro, não podia negar que havia uma certa dor que aumentava progressivamente com a entrada do menino. Seu corpo se contraía todo, mas ele não ia gritar de dor, afinal, por mais que fosse uma dorzinha chata e que as vezes parecia que ia rasgar ele por dentro. Aguentou o que conseguiu até que acabou dando um gemido de dor e escapou as palavras:

    - It hurts...

    Inocentemente acabou dizendo aquilo, mas quando ouviu seu nome saindo da boca dele, um gotoso arrepio percorreu sua espinha de cima a baixo e Andrew o beijou. Daquela vez ele simplesmente abraçou o jovem por reflexo e fazendo seus dedos tocarem as costas de Andrew e suas unhas levemente o arranharem com aqueles momentos de abrir e fechar a mão de prazer.

    Os movimentos de vai e vem ainda faziam com que ele sentisse dor, mas aos poucos, quando mais era cutucado no seu âmago, mais aquela dor com o tempo ia se transformando cada vez mais em prazer.

    Iyue
    Cavaleiro Jedi
    Iyue
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 203
    Reputação : 8
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Dormitório Individual Empty Re: Dormitório Individual

    Mensagem por Iyue em Qui Jun 04, 2020 12:05 am





    Nome do Personagem: Andrew Koki

    Idade: 16 anos

    Altura: 1,80m

    Origem: Japão

    Arquétipo: Humano

    Clubes: Kickboxing e Basquete



    Sentindo o calor de Mark ao seu redor, Andrew fechou os olhos, respirando pesado, no ouvido do professor. A cada arranhado que as mãos de Mark faziam, outra respiração cortada por um gemido baixo. Ele estava indo devagar para que Mark se acostumasse, principalmente quando escutou a reclamação de dor vindo dele. Mas Andrew não conseguia se conter por muito tempo, e no vai e vem, ele puxou Mark para seus braços, trocando a posição deles, para que ambos ficassem sentados de joelho.

    Com as mãos pesadas segurando as nádegas de Mark, o rapaz guiou ele a cavalgar em seu membro, enquanto ele mordiscava o pescoço do anjo. Queria deixar Mark controlar um pouco os movimentos, antes que ele perdesse de vez a cabeça. Já havia feito isso com outros homens e mulheres antes, mas nada se comparava com aquele momento, e isso simplesmente pareceu tirar toda e qualquer lógica que exisita. Segurando Mark, ele começou a acelerar os movimentos, ficando cada vez mais fortes e rápidos, aprofundando cada vez mais dentro do anjo. O rosnado voltou para o peito dele, enquanto ele mordia o ombro de Mark. "Você é meu Mark, eu não vou deixar ninguém mais te deixar assim" E a cada movimento, ele repetia o voto de possessão perante o professor. Era dele e de ninguém mais.

    "Mark" Ele rosnou de novo de prazer, implorando para que seu parceiro chegasse no climax com ele. O ritmo dos corpos tão frenéticos, que ele fez ele segurar Mark pelos cabelos, puxando sem machucar, enquanto explorava o corpo de novo e de novo, até urrar de prazer, sentindo o orgasmo tomar conta de si, preenchendo o anjo, antes dele encostar as costas na cama, descansando, com um sorriso bobo no rosto. Seus braços ainda travavam o anjo no seu colo, impedindo dele sair dali.

    Askalians
    Troubleshooter
    Askalians
    Troubleshooter

    Mensagens : 807
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Dormitório Individual Empty Re: Dormitório Individual

    Mensagem por Askalians em Qui Jun 04, 2020 7:59 am










    Nome do Personagem: Mark Lewis

    Origem (local de nascimento): Heaven

    Arquétipo: Anjo

    Tipo sanguíneo: Desconhecido

    Conceito: Professor


    E aquele momento de grande intimidade ficava cada vez melhor. Mark cada vez gemia mais e choramingava gostosamente de prazer com tudo aquilo.  

    Andrew estava fazendo de tudo para que o outro tivesse o máximo de prazer possível que não demorou muito para chegar. Estava indo devagar e o prazer aumentava de novo cada vez mais, como se tudo estivesse se concentrando aquela região de seu corpo e fosse depois explodir em ondes de choque.  

    Com o friccionar das asas no chão, uma ou outra pena acabava se soltando ficando por alí no chão, mas ainda não era o bastante e Andrew agora o puxava para mudar de posição, fazendo  com que agora Mark ficasse sobre ele e o cavalgasse.  

    O professor não sabia direito fazer aquilo mas, colocando as mãos ao redor do pescoço do amante, ele tentava se mover um pouco também para ajudar, mesmo que o maior de todos os movimentos fosse feito ainda por Andrew com as mãos nas suas nádegas o levantado e encaixando em seu lembro de cima a baixo e pouco a pouco aumentando o ritmo. Mark abraçava Andrew gostosamente e gemia.

    Ao ouvir aquelas palavras gostosas enquanto o jovem mordia prazerosamente o seu ombro, ele sussurrava junto entre gemidos também:  

    -Então não deixe... ahhhnnn.... Andrew...

    O professor não tinha uma voz nem grave e nem aguda então chegava a ser uma gostosa melodia ouvi-lo gemer de prazer nos braços do mais novo, porém muito mais experiente que ele.

    Então o momento do clímax chegou rapidamente e da mesma forma que Andrew disse o nome dele, Mark também disse e naquele momento de clímax entre ambos, as asas do professor se esticaram um pouco, fazendo com que mais penas escapassem. Também tinha um leve sorriso no rosto, mas estava principalmente corado e entregue àquele jovem.
    Ondas de choque ainda estavam passando por tudo o seu corpo quando ele olhou para o rosto de Andrew. Estava tímido, mas naquele momento não exitou e nem precisou pensar muito muito em dar um gostoso selinho em Andrew e sussurrou em seu ouvido:

    -Michael... Meu nome original é Michael... (nome em inglês para Miguel)

    E depois de todo aquele momento, ele se revelou sendo aquele personagem o qual muitos católicos e até mesmo não praticantes já tinham ouvido falar.



    Iyue
    Cavaleiro Jedi
    Iyue
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 203
    Reputação : 8
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Dormitório Individual Empty Re: Dormitório Individual

    Mensagem por Iyue em Qui Jun 04, 2020 9:48 pm





    Nome do Personagem: Andrew Koki

    Idade: 16 anos

    Altura: 1,80m

    Origem: Japão

    Arquétipo: Humano

    Clubes: Kickboxing e Basquete



    Andrew estava de olhos fechados, escutando a respiração de Mark, quando ele revelou o nome original. O bem da verdade que nunca tinha passado tempo suficiente com seus avós paternos para saber sobre a religião católica, e mesmo que o nome não fosse estranho, Andrew simplesmente não se importava. Era até bizarro ele parar pra pensar, pois era uma pessoa que não acreditava em muitas coisas, mesmo convivendo em um colégio sobrenatural e ser amaldiçoado a viver com um espirito opressor.


    Andrew e Mark +18:
    Dormitório Individual Whatsa13


    Abrindo os olhos, ele encostou a testa dele com a de Mark, o sorriso bobo ainda no rosto, quando começou "Michael..." E ele repetiu mais algumas vezes, como se estivesse testando o nome em sua lingua, antes de dar de ombros, e olhar para o amante. "Como você quer que eu te chame? Professor? Michael? Ou Mark?" O jovem pergunta, antes de ajeitar ambos para ficarem mais confortáveis. Era mais visivel agora, que o desejo havia sido saciado para ver o outro mais claramente. Andrew tinha o corpo físico bem definido, porém cheio de marcas roxas devido as brigas que entrava, e as tatuagens azuis de sua maldição espalhados pelo peito e pelos braços. Havia uma única marca no peito de Andrew que não era de coloração azul, escrito 'Someday, Somehow'. Os polegares se moveram nas costas do professor, fazendo um carinho simples, antes dele fechar os olhos novamente. Parecia muito mais cansado do que algumas horas antes, mas ele parecia ainda manter o bom humor no rosto.

    "Se importa de eu ficar com elas?" Ele menciona, ainda sem abrir os olhos para as penas derrubadas no chão do quarto dele.

    Askalians
    Troubleshooter
    Askalians
    Troubleshooter

    Mensagens : 807
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Dormitório Individual Empty Re: Dormitório Individual

    Mensagem por Askalians em Sex Jun 05, 2020 2:41 pm






    Nome do Personagem: Mark Lewis
    Origem (local de nascimento): Heaven
    Arquétipo: Anjo
    Tipo sanguíneo: Desconhecido
    Conceito: Professor

    Exausto e corado...

    E sentado ainda sobre o colo de jovem, ele o olhava fofo e curioso com tudo aquilo que havia acontecido, pois foi tudo bom demais e agora estava exausto, mas conseguia aos poucos ter sua capacidade de raciocínio voltando e ele viu as marcas pelo corpo do jovem.

    Andrew tinha um belo corpo e mesmo com aquelas tatuagens azuis tudo tinha um grande charme. As marcas roxas das brigas que se metia eram bem características dele. Observando tudo aquilo ele pensava que realmente tinha que fazer alguma coisa para ajudar o jovem e ia fazer... não importava como ele ia...

    - Michael é meu verdadeiro nome. Me deixaria feliz ver você me chamando assim quando outros não estiveram por perto para ouvir... ^^

    Enquanto observava o corpo do jovem, Mark passava as pontas dos dedos sobre cada marca roxa e cada tatoo com carinho, até que realmente encontrou uma tatuagem verdadeira que provavelmente o jovem havia mesmo feito. Eram palavras tristes, porém bonitas: “Someday, somehow.”

    O professor se arrepiou gostosamente quando o jovem lhe acariciou levemente as costas, mesmo com aquelas asas ainda por alí, que agora ele conseguia simplesmente fazer desaparecer como em um piscar de olhos. Parecia que as asas diminuíam de tamanho e simplesmente entravam em sua pele, deixando uma marca como se fosse uma tatuagem em alto relevo que ia dos ombros até suas nádegas. Era sexy a posição e o caminho que percorriam, mas era uma fina marca em vermelho, que mais parecia uma queimadura como as feitas por uma brasa muito quente do que uma tatuagem em sí.

    Arrepiado com as carícias e vendo o menino de olhos fechados, Mark lhe deu um gostoso selinho e disse:

    - Pode sim.. ^^ Mas guarde-as muito bem... Elas ainda são poderosas e podem ajudá-lo com o seu obsessor...


    Iyue
    Cavaleiro Jedi
    Iyue
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 203
    Reputação : 8
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Dormitório Individual Empty Re: Dormitório Individual

    Mensagem por Iyue em Sab Jun 06, 2020 2:48 am





    Nome do Personagem: Andrew Koki

    Idade: 16 anos

    Altura: 1,80m

    Origem: Japão

    Arquétipo: Humano

    Clubes: Kickboxing e Basquete



    Andrew sorriu para Mark ainda sem abrir os olhos, aproveitando o momento. Era estranho, mas um estranho confortável estar com o amante e ter um ‘pillow talk’ , antes de falar “Está certo… Michael” Ele repete o nome mais algumas vezes antes de abrir os olhos azuis cansados para Mark e soltar uma risada suave “Combina com você o nome… se bem que eu não sou um grande conhecedor da sua história, então para mim tanto faz, desde que você não me chame de Akira ou Koki em nenhum momento, estamos combinados” Andrew voltou a fechar os olhos.

    O humano curtiu o carinho que o amante fazia, passando por suas tattoos, até chegar em uma tatuagem familiar, e ele abrir os olhos novamente, e desviar o olhar. “São para meu irmão” Ele comentou enquanto o professor continuava a olhar a tattoo “Ele faleceu devido a um câncer” O rapaz disse, parecendo ainda sofrer com o assunto, mas logo ele sorriu pegando uma das penas, e analisando ela, fazendo caras e bocas, como se fosse um grande especialista em penas de anjo.

    “Muito bom saber, por mim, elas são apenas bonitas e me lembram de você” Ele solta outra risada gostosa, retribuindo o selinho do professor. “Como elas me ajudariam?” Andrew perguntou, agora interessado em escutar a voz de Mark, enquanto ainda fazia seus carinhos. Apesar de estranho, estava ótimo esse momento com Mark, como um momento de paz antes de uma grande tempestade, mas não era algo que ele queria pensar no momento.


    Askalians
    Troubleshooter
    Askalians
    Troubleshooter

    Mensagens : 807
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Dormitório Individual Empty Re: Dormitório Individual

    Mensagem por Askalians em Ter Jun 09, 2020 11:20 pm






    Nome do Personagem: Mark Lewis
    Origem (local de nascimento): Heaven
    Arquétipo: Anjo
    Tipo sanguíneo: Desconhecido
    Conceito: Professor

    Era muito gostoso apreciar aquele momento com o jovem, principalmente por estar muito feliz nos braços dele.

    - Fico até feliz em saber que não conhece nada do que existe por aí com esse nome ^^ afinal aquele ser não existe mais, mas meu nome original continua sendo esse...

    E fez então uma breve pausa e voltou a dizer:

    - Gosto de chama-lo de Andrew...^^

    Ficou muito triste quando ouviu a história do irmão dele. Se ele tivesse conhecido o jovem antes, poderia ter ajudado, mas naquele momento iria procurar ajudar Andrew de algum jeito.

    - Se o seu obsessor tentar te atacar, elas podem ser muito úteis, ainda mais para afastar... ^^ não vai se aproximar de você enquanto carregar uma consigo...

    Acaricia os cabelos dele com as pontas dos dedos. estava muito feliz com o que tinha acontecido, mesmo tendo tudo sido uma grande novidade para sí, mas sentia que todo aquele momento que compartilhavam alí era mágico e teve a certeza de como queria continuar ali, assim para toda a eternidade...

    Iyue
    Cavaleiro Jedi
    Iyue
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 203
    Reputação : 8
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Dormitório Individual Empty Re: Dormitório Individual

    Mensagem por Iyue em Qua Jun 10, 2020 8:43 pm





    Nome do Personagem: Andrew Koki

    Idade: 16 anos

    Altura: 1,80m

    Origem: Japão

    Arquétipo: Humano

    Clubes: Kickboxing e Basquete



    “Você fala como se quem você é, e quem você foi fossem duas pessoas diferentes” Andrew sorri, se ajustando para segurar Mark enquanto levantava. Os músculos dos braços se flexionam, com uma mão segurando a coxa e a outra as costas, carregando o professor como se ele não tivesse muito mais peso que uma das penas que havia deixado cair. Se virando para a cama, Andrew deixou Mark cair apenas para cair em cima dele, rindo alto, até se ajustar em uma posição confortável. Após alguns minutos se ajustando, o humano pegou a coberta, cobrindo ambos, ignorando o horário que era.

    Antes que o anjo pudesse sair ou se mover para muito longe, Andrew enlaçou ele com seus braços em volta da cintura. “Por esta noite, não vou te deixar ir a lugar algum” Ele comentou, puxando ele para mais próximo, antes de suspirar, o sono finalmente alcançando ele. “E que bom que gosta de me chamar de Andrew. Ser chamado de Akira, me faz pensar que é a mulher que me gerou me culpando novamente por não doar meus órgãos, e se me chamar de Koki, vou falar que meu avô não está disponível” Andrew explica de forma sonolenta, a voz saindo já um pouco rouca, antes dele puxar Mark para mais perto, assim as costas do anjo estariam contra o peito do humano. Sentindo o cheiro do anjo, Andrew pegou no sono alguns segundos depois, permitindo finalmente que Mark pudesse reparar no quarto. Era um quarto claramente masculino, com todos os tons de cinza, e guarda roupa "moderno", mas que servia para quase nada, pois havia uma bagunça de roupas espalhadas pelo chão, pelo sofá e em cima do guarda roupa mesmo. Na escrivaninha ao lado da cama, havia o computador, e um quadro de fotos como a que ele havia tirado. A pouca luz que passava pela janela permitia ver alguma das fotos. Havia várias fotos, uma com duas crianças pequenas, uma com Andrew e o tio avô dele, outra com outro aluno da escola,  mas haviam diversas não apenas do obsessor que ele havia mostrado antes, mas vários outros espíritos. Mas o mais estranho, todas elas pareciam estar sendo tiradas dentro de uma mesma mansão japonesa abandonada.

    Apesar de Andrew aparentemente estar dormindo tranquilo, o quarto pareceu ficar alguns graus mais frio. No único canto do quarto que não havia caído uma das penas, um vulto negro se tornou mais nítido, e parecia observar eles sem poder se mover. Andrew suava frio, e sua respiração ficava falha, gemendo de dor algumas palavras que não faziam sentido 'Minha culpa, medo, desculpa'. Não era um sonho comum, e parecia estar sofrendo nele. Os braços ao redor de Mark apertaram, não querendo largar o anjo, e uma nova mancha azul se formava, fazendo com que o vulto negro desaparecesse com uma gargalhada terrível ecoando pelo quarto, deixando o humano não mais dormindo, mas sim inconsciente.


    Askalians
    Troubleshooter
    Askalians
    Troubleshooter

    Mensagens : 807
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Dormitório Individual Empty Re: Dormitório Individual

    Mensagem por Askalians em Ter Jun 16, 2020 9:56 am












    Nome do Personagem: Mark Lewis

    Origem (local de nascimento): Heaven

    Arquétipo: Anjo

    Tipo sanguíneo: Desconhecido

    Conceito: Professor


    - Quem eu sou hoje e quem eu era antes são mesmo duas pessoas bem diferentes... ^^ - sorriu ele de leve com o comentário.

    E então ele foi carregado para a cama como se fosse leve como uma pluma nos braços daquele jovem. Como era gostoso ter tudo aquilo e estar daquele jeito...

    -E eu não vou a lugar algum... - e lhe acariciou o rosto gentilmente.

    E então Andrew adormeceu abraçado com Mark.

    Inicialmente Mark percebeu que o sono do jovem não era algo nada tranquilo, principalmente porque ele murmurava palavras sofridas, tremia e o abraçava forte. A temperatura do quarto diminuiu um pouco e ele sabia que quando aquele tipo de coisa acontecia, não era bom sinal. Parecia que o obsessor havia feito algo mais uma vez e o professor não podia simplesmente ficar ali olhando sem fazer nada. E então o jovem perdeu a consciência, o que o deixou em pânico.  

    “Isso não está certo... e não vai ficar assim...”

    Rapidamente se levantou, vestiu rapidamente suas calças e puxou o celular, digitando rapidamente uma mensagem para Sebastian. Sabia que o outro professor não deveria estar dormindo ainda naquele momento e mesmo que tivesse, emergências são emergências.

    Em algum outro lugar da escola, Sebastian leva um grande susto com a mensagem de Mark. Ele estava quase indo dormir quando o anjo que nunca mandava uma mensagem sequer com aquele tipo de conteúdo agora havia pedido sua ajuda. Aquele anjo já havia lhe ensinado muito e em grande parte por culpa dele que Sebastian sabia tudo o que sabia de hoje e se precisava de alguma ajuda, ele estaria lá.

    Mark rapidamente digitou uma localização que em poucos segundos veio uma resposta de afirmativo. Então ele enrolou o jovem no lençol e aproveitando a janela aberta daquele quarto, o pegou gentilmente e com todo o cuidado em seus braços e voou rápido. Que bom que era a noite, então não corria risco de que ninguém o visse bem do jeito que ele não queria ser visto.

    Poucos segundos se passaram até que ele chegou em uma torre da escola. Aparentemente era um lugar fechado para alunos e que naquele momento parecia sujo e empoeirado. Mal pousou naquele lugar e rapidamente a porta de cima foi aberta pelo outro professor, Sebastian, que ainda usava aquele jeans, tênis e suéter como de costume. Ao ver a situação como estava e a preocupação no rosto de Mark, desceu correndo abrindo caminho para uma sala abaixo, onde havia uma sala escura, com uma maca, um símbolo desenhado no chão e algumas estantes no local contendo alguns frascos e livros. Em um canto do local havia uma mesa e uma cadeira e sobre essa mesa havia um pesado livro.

    O anjo rapidamente colocou o jovem envolto nos lençóis sob a maca enquanto Sebastian acendia algumas luzes. Logo em seguida, Sebastian foi até Mark e lhe perguntou o que havia acontecido para o jovem estar assim e Mark narrou o que havia acontecido, talvez um pouco demais, mas por sua sorte o colega era desprovido de qualquer tipo de preconceito ou até mesmo de críticas. De certa forma, ele estava feliz que finalmente Mark começava a deixar-se viver situações humanas.  

    A situação não era rápida e também não era muito simples, mas algo poderia ter sido feito. Sebastian era habilidoso e Mark havia lhe dado todas as informações, mas devido a sua natureza, não tinha muito o que ele sozinho pudesse fazer. Sebastian precisava intervir e fazer algo.  

    Anjos não podiam fazer exorcismos de obsessores, apenas humanos. Devido sua natureza eles entendiam sobre os fatos mas, devido a certos acordos antigos, não tinham poderes para tal, apenas o de remover demônios e não espíritos daquela forma. Até onde espíritos obsessores não estivessem possuído o corpo de ninguém, um anjo só conseguiria proteger a pessoa, mas não remover o obsessor, principalmente um anjo caído como aquele.

    Por alguns instantes Sebastian folheou aquele grande livro e procurou uma solução para o problema.

    Depois de pensar um pouco, Sebastian encontrou a resposta que queria e para isso, iria precisar do auxílio energético do professor. Ritual de corpo fechado era ideal, mas logo depois disso, precisaria fazer algo sobre as dependências do jovem também.  

    Mark fechou seus olhos e o ritual começou então, fazendo com que Sebastian entoasse algumas palavras em um estranho idioma e Mark se concentrasse. Instintivamente, as asas de Mark voltaram a se abrir para canalizar energia. Aquilo era muito cansativo para ambos e consumiria muita energia de Mark, mas o que importava era que a medida que o ritual acontecia, algumas daquelas marcas azuladas iam desaparecendo, pelo menos a maioria delas. Uma ou outra ainda permanecia, mas em sua grande totalidade, elas haviam sido removidas após 3 longas horas de ritual.  

    Quando tudo finalmente terminou, parecia que o jovem começara a dormir mais tranquilamente. Talvez ainda fosse necessário fazer mais algumas coisas por exemplo no reino dos sonhos, mas naquele momento Mark está completamente sem energias para qualquer coisa e acabou caindo desacordado no chão.

    Condoído com toda aquela situação, Sebastian foi até uma outra sala e puxou outra maca, colocando Mark com todo cuidado com aquelas asas meio desproporcionais sobre a maca. Pelo menos assim ambos veriam um ao outro quando acordassem, mesmo estando naquele lugar estranho.

    Provavelmente Mark ainda estaria desacordado quando Andrew acordasse...



    Iyue
    Cavaleiro Jedi
    Iyue
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 203
    Reputação : 8
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Dormitório Individual Empty Re: Dormitório Individual

    Mensagem por Iyue em Ter Jun 16, 2020 11:41 pm





    Nome do Personagem: Andrew Koki

    Idade: 16 anos

    Altura: 1,80m

    Origem: Japão

    Arquétipo: Humano

    Clubes: Kickboxing e Basquete



    Era estranho para Andrew, pois em algum momento, dentro do seu sonhos, ele tinha certeza que tinha caído em uma das armadilhas da obsessora, quando tudo pareceu ficar mais calmo e muita das dores que sentia no corpo havia desaparecido. O que havia ocorrido para aquela maldita mansão ter ficado mais tranquila e sem tantos espíritos perdidos vagando? Definitivamente não havia encontrado como se livrar da obsessora por completo, mas não estava mais preso naquele quarto escuro e macabro.


    Dormitório Individual Whatsa14


    Abrindo os olhos lentamente, ele reparou que estava em um local diferente, e por vários minutos encarando o teto, ele se perguntou se tinha parado em outro mundo daquela maldição. Não, aquele teto era muito diferente dos tetos que ele via quando acordava na mansão. Virando a cabeça para o lado, ele viu Mark deitado em uma maca, e sem pensar muito, ele esticou a mão para encostar no rosto do amante, mas seus dedos nunca chegaram a encostar no rosto do homem, pois a mente do humano finalmente voltou a funcionar com a realidade que estava.

    Dormitório Individual Whatsa15

    A adrenalina surgiu pelo peito de Andrew, que se levantou rapidamente, para checar como Mark estava, preocupado por não compreender o por que do professor estar em uma maca, apenas de calça e sem camisa. O jovem era metódico nas suas ações, verificando os batimentos ao colocar dois dedos no pescoço de Michael, vasculhando o corpo por feridas visuais, até finalmente olhar para as próprias mãos, e reparar na ausência das manchas azuis. Dando um passo para trás, sentindo o bile subir pela garganta, e mais confuso com antes, Andrew olhou para o próprio corpo.

    Estava nu a não ser pelo lençol que cobria sua cintura para baixo, mas não era isso que ele se preocupava se quer, e sim na falta das tatuagens azuis em seu corpo. Havia ainda algumas manchas azuis, mas eram poucas comparada com antes, e elas eram uma lembrança da sua maldição, e ele não havia resolvido ela, então como ele poderia ter se livrado de várias?

    Foi quando as palavras que Michael disse ecoaram pela sua mente, fazendo Andrew encarar o amante com um misto de preocupação, raiva e medo. “Idiota!” Ele soltou, segurando a mão de Michael com força, chacoalhando ele tentando acordar ele, antes de reparar de canto de olho que não estava sozinho naquela sala. “Professor Sebastian” Ele comentou, encarando o professor.

    Andrew olhou ao redor, ignorando a presença do outro homem na sala, e sem menor pudor, começou a se trocar com a troca de roupas que tinha ali do lado. Uma vez vestido com a calça jeans e a camisa, ele se voltou para Sebastian reparando no livro gigantesco. “Como vocês tiraram as tatuagens?” O humano perguntou, sua voz séria, e transbordando de raiva e medo do que poderiam ser as consequências. Ele iria aguardar a resposta do caçador, antes de informar o mesmo que ele iria levar Mark de volta para o dormitório dele.



    Askalians
    Troubleshooter
    Askalians
    Troubleshooter

    Mensagens : 807
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Dormitório Individual Empty Re: Dormitório Individual

    Mensagem por Askalians em Qua Jun 17, 2020 4:05 pm







    Nome do Personagem: Sebastian Jones
    Idade: 30 anos
    Origem (local de nascimento): Inglaterra
    Arquétipo: Humano
    Tipo Sanguíneo: O
    Conceito: Caçador

    Se era estranho para o jovem Andrew estar naquele lugar e daquela forma, era estranho para o professor Sebastian Jones ter q ficar ali cuidando de ambos quando tinha tantas coisas para fazer, ainda mais que precisava ter certeza de Wanji havia terminado todo o serviço, apesar da ressaca que misteriosamente estava naquele dia.

    Atrás de sua mesa, ele folheava seu grande livro e fazia algumas anotações extras em algumas páginas quando notou o jovem acordando e por reflexos, queria alcançar o outro, na outra maca, mas não conseguiu chegar perto. Os pés de Jones estavam apoiados na mesa em uma posição bem relaxada e descontraída.

    Vendo que se levantou correndo para checar os batimentos cardíacos, pulsação e todo o resto, o professor Jones apenas disse:

    -Ele está bem moleque... só precisa descansar um pouco... a noite de vocês foi longa...

    O professor não se moveu de trás da mesa e nem levantou seus olhos do livro, o que veio bem a calhar, pois o menino precisava se certo conforto em colocar algumas roupas. Quando estava pronto, voltou a questionar coisas.
    Sebastian não estava de muito bom humor porque ficou acordado a noite toda velando o sono de ambos e definitivamente não gostava muito de fazer isso, mas para um amigo é um sacrifício válido.

    - Demos um jeito na situação... pelo menos por enquanto... Seu quarto em breve deve estar limpo também...

    O ideal era deixar Mark ali deitado para que pudesse ser cuidado por quem entendia do assunto e não importava quanta raiva o jovem poderia estar sentindo. O que estava feito, estava feito e Mark era assim, se sacrificando pelos poucos que sentia que precisavam do seu sacrifício.

    Para a surpresa de todos. Algumas marcas começaram a aparecer sobre o corpo de Mark. Eram poucas mas formavam um belo e sexy desenho tribal que começava em um braço e descia pelo peito...

    Marcas:
    Dormitório Individual Images?q=tbn%3AANd9GcQbIuU1yt8UefDzIxbFQwNDzhAiUT7ESCiVt-auiWLHje00Q4Pq&usqp=CAU



    Iyue
    Cavaleiro Jedi
    Iyue
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 203
    Reputação : 8
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Dormitório Individual Empty Re: Dormitório Individual

    Mensagem por Iyue em Qui Jun 18, 2020 8:45 am





    Nome do Personagem: Andrew Koki

    Idade: 16 anos

    Altura: 1,80m

    Origem: Japão

    Arquétipo: Humano

    Clubes: Kickboxing e Basquete



    O Andrew estava a ponto de explodir de raiva, mas se manteve calado. Apesar de ser um dos alunos que mais parava na detenção, e ser extremamente mal educado com várias pessoas, incluindo vários professores, ele parecia saber a hora de calar a boca.

    A cara de interrogação dele foi gigantesca quando o professor comentou sobre o quarto dele estar limpo, fazendo ele parar de segurar a mão de Mark, antes de se voltar para Sebastian “Como assim meu quarto vai estar limpo?” Ele questionou antes de soltar uma bufada de raiva. Talvez facilitaria explicar toda a história do começo para o caçador, o real começo da maldição, mas Andrew não queria fazer isso e reviver tudo de novo.

    Mas ao olhar as marcas azuis surgirem no corpo de Mark, Andrew soltou um urro de dor e raiva, soltando a maca do professor, dando alguns passos para trás como se não pudesse acreditar na situação que ele havia colocado o amante. A raiva e decepção contra ele mesmo parecia até envolver ele fisicamente, que se voltou para uma parede mais próxima para esmurrar a mão, machucando a pele fina.

    “Idiota! É por isso que nós tínhamos que planejar antes de fazer qualquer coisa!” Ele berrou, antes de se voltar para Sebastian, finalmente explicando a situação de forma mais sintética entre as explosões de raiva, que ele descontava em si mesmo ao esmurrar a parede.

    A maldição dos atormentados era o nome mais próximo que ele havia chegado para conseguir explicar. Não era o único que sofreu aquela maldição, mas era o último que conhecia antes de Mark, e era o mais novo, pois a última pessoa parecia já ter uma idade extremamente avançada. A maldição pegava todas as pessoas que sofreram alguma perda grande e se sente atormentados por estarem vivos no lugar das pessoas que morreram acabam visitando a mansão do sono, um lugar protegido por uma sacerdotisa tatuada, e que a cada toque que ela conseguia dar na pessoa dentro da mansão, uma nova tatuagem aparecia no corpo da pessoa. Por ele não conseguir escapar da mansão do sono quando ele dorme, entrando em um loop, Andrew presumiu que deveria haver algo na mansão que ele precisava recuperar, mas a cada tatuagem que aparece no corpo, é uma nova dor.

    “A última pessoa viva com quem eu cruzei na mansão já havia tatuagens pelo corpo inteiro… Ele apenas informou que sabia que não teria mais do que alguns dias antes dele sucumbir para as tatuagens e ser um residente permanente da mansão” Andrew terminou de explicar, já sentado contra a parede que agora continha algumas marcas de sangue.
    Apesar de ter dormido melhor, a aparência dele agora estava exausta “Eu fui parar na mansão, há 4 anos e consegui escapar muita coisa já, mas a obsessora está com mais raiva ultimamente…”

    Não havia mais raiva pela parte do jovem, ele agora só estava se sentindo apático enquanto dizia as palavras tão dolorosas “O transplante para meu irmão não funcionou, erro médico que poderiam ter matado nós dois, mas meu irmão era uma criança, eu era o único que poderia manter ele vivo, mas eles erraram, e eu não tinha como fazer um transplante de novo, eu matei ele por ser egoísta...” Ele repetia as últimas palavras, fazendo mais sentido o relato do Mark sobre as palavras dele antes.


    Askalians
    Troubleshooter
    Askalians
    Troubleshooter

    Mensagens : 807
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Dormitório Individual Empty Re: Dormitório Individual

    Mensagem por Askalians em Dom Jun 21, 2020 5:34 pm







    Nome do Personagem: Sebastian Jones
    Idade: 30 anos
    Origem (local de nascimento): Inglaterra
    Arquétipo: Humano
    Tipo Sanguíneo: O
    Conceito: Caçador

    O professor era bem controlado desde suas atitudes e palavras, mas não porque era uma pessoa calma, mas sim porque devia o mínimo de respeito ao momento, tanto pelo amigo quanto pelo jovem que lá estavam. Agir friamente era talvez um de seus defeitos ou até mesmo qualidade.

    - O professor Lan Wanji vai retirar o espírito obsessor do local... não se preocupe... não vai voltar tão cedo... acredite em mim...

    Era notório que estava com raiva, afinal aquelas reações só poderiam esboçar raiva com as atitudes do outro. Será que o jovem não queria que ele tivesse feito nada daquilo ou será que estava apenas fazendo ceninha. Sebastian o olhava e analisava tudo friamente, pois temia que a ingenuidade do amigo poderia acabar por quase matá-lo de novo...

    “Tomara que tenha valido a pena Michael.... “- pensava Sebastian.

    E então o jovem lhe contou toda a história. Assim as coisas ficariam mais fáceis e ele poderia enfim pesquisar para ter certeza de que tudo que haviam feito havia realmente dado certo ou se haviam feito justamente o oposto e condenado o anjo a uma vida semi-mortal. Será!?

    - Tem coisas que fogem do nosso controle... nem eles sabem explicar... – e olhou para Marc deitado na maca e então continuou a dizer.

    - Ele sempre me disse que Deus tem um plano maior para todas as coisas e talvez por pior que o resultado que algumas coisas tivessem que ser, elas impediriam outras de acontecer. Egoísta ou não, sua atitude fez com que vocês pudessem se conhecer....

    E então um momento de silêncio se instaurou antes do professor se levantar, fechar o livro, deixá-lo sobre a mesa e ir até os dois. As marcas no corpo do outro professor ficavam mais acentuadas pouco a pouco e a medida que sumiam do corpo de Andrew apareciam em Mark. Será que ele estaria enfrentando aquelas situações pelo jovem amante dentro daquela mansão?

    - Ele é assim mesmo... não sei o que você está pensando em fazer daqui pra frente, mas o que está feito, está feito...

    E depois de mais um minuto de silencio, Sebastian o olhou mais uma vez, mas não com uma expressão gentil e sim com uma expressão fria e severa mediante àquela situação toda. Não sabia o que pensa do jovem e de toda aquela situação, pois tinha lá seus receios e Mark continuava imóvel e desacordado...



    Iyue
    Cavaleiro Jedi
    Iyue
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 203
    Reputação : 8
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Dormitório Individual Empty Re: Dormitório Individual

    Mensagem por Iyue em Ter Jun 23, 2020 11:08 am





    Nome do Personagem: Andrew Koki

    Idade: 16 anos

    Altura: 1,80m

    Origem: Japão

    Arquétipo: Humano

    Clubes: Kickboxing e Basquete



    Andrew não sabia responder com relação a limpeza do quarto dele, mas ao mesmo tempo, sabia que deveria agradecer os professores por fazerem aquilo. Eles realmente não precisavam, e provavelmente fizerem pelo Mark, e não por ele, mas ainda assim, ele acenou com a cabeça ao escutar sobre a limpeza que Lan Wang Ji estava fazendo.

    Sentado ainda observando Mark, Andrew escutava as palavras de Sebastian. Não era uma pessoa religiosa, muito pela confusão de crenças que ele havia crescido com seu pai americano protecionista, e mãe budista, e avó católica, ele preferiu ser agnóstico, mas as palavras do professor parecia fazer algum sentido naquela cabeça conturbada. Se levantando, o jovem voltou a se aproximar do amante, segurando a mão dele.

    O silêncio não incomodava Andrew, mas ao ver as marcas surgindo cada vez mais definidas, faziam ele ficar mais preocupado, antes de fechar os olhos, tentando pensar no melhor caminho que deveria tomar, até que escutou as palavras de Sebastian.


    Sebastian escreveu:
    “- Ele é assim mesmo... não sei o que você está pensando em fazer daqui pra frente, mas o que está feito, está feito…”


    Andrew encarou o Sebastian, o olhar tão frio quanto o do professor, antes dele concordar “Seu conhecimento, você sabe se defender melhor do que qualquer outro professor desta escola, me ensine, assim eu consigo ajudar ele dentro daquela maldita mansão” Não era o pedido mais amigável, mas era sincero. “A única coisa que me ajudou nesse meio tempo todo foi minha câmera obscura com a lente de exorcismo, mas ela é um equipamento individual, e para enfrentar aquela filha da puta e ajudar Michael a sair daquela mansão, eu vou precisar de algum tipo de treinamento, e pessoas que não estão amaldiçoadas não podem entrar neste lugar tão fácilmente sem acabarem amaldiçoadas também, por favor, me ensine como proteger ele!”

    O jovem parecia determinado o suficiente para conseguir o que queria, ou atormentar Sebastian por um bom tempo, até conseguir com que o professor começasse a treinar ele. Andrew era conhecido pelas reuniões de professores por ser aquele aluno que não demonstrava interesse algum nas aulas, além de ser problemático ou simplesmente faltar em todas as aulas. Seu comportamento nas aulas do Sebastian eram os mesmos relatados nas reuniões, por isso o interesse e determinação no olhar do rapaz parecia diferente e realmente condizer com as notas altas que ele tirava. Era inteligente, porém só se esforçava quando tinha um propósito, e agora aparentemente, o propósito dele era manter Mark a salvo.


    Askalians
    Troubleshooter
    Askalians
    Troubleshooter

    Mensagens : 807
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Dormitório Individual Empty Re: Dormitório Individual

    Mensagem por Askalians em Ter Jun 23, 2020 5:01 pm







    Nome do Personagem: Sebastian Jones
    Idade: 30 anos
    Origem (local de nascimento): Inglaterra
    Arquétipo: Humano
    Tipo Sanguíneo: O
    Conceito: Caçador

    O professor o olhava e o analisava friamente mediante a toda aquela situação. Não sabia definitivamente quais eram as intenções do garoto, mas pela sua experiência sentia apenas que não era boas. Será que por acaso estaria ele enganado?

    A preocupação que o jovem demonstrava com Mark parecia genuína a olhos vistos, tanto que parecia não gostar quando aquelas marcas apareciam no corpo do anjo e algo era pior do que se esperava, pois ele sabia do nome “Michael”, ou seja, Mark havia falado um pouco mais do que devia e se havia falado um pouco mais do que devia era porque confiava muito e não era pouco.

    Sebastian coçava um pouco o queixo e então respondeu ao jovem, que segurava fofamente a mão do anjo. Ele não tinha o coração mole como a maioria dos outros poderiam ter, ainda mais em situações como aquela, então não importava a forma como o garoto agia e se mantinha o mesmo tom frio que ele ou não, ele não mudava sua expressão nem por um milagre.

    - É eu sei... e devo muito a Mark, que por sinal não sei como descobriu sobre esse nome mas isso não significa nada. Se ele se meteu nessa confusão, é porque sabe sair sozinho...

    E virou-se de costas e voltou a ir até aquela cadeira se sentando mais uma vez e disse:

    - Não sei o que sabe ao meu respeito mas eu não vou te ensinar nada que não seja física durante as aulas... eu não sou Mark e não confio em você... – Definitivamente Sebastian tinha um gênio bem difícil de se dobrar e o jovem iria conhecer aquilo da pior maneira possível.


    Conteúdo patrocinado


    Dormitório Individual Empty Re: Dormitório Individual

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Jul 06, 2020 5:42 am