Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    ON - Viajantes na Estrada

    Alexyus
    Mutante
    Alexyus
    Mutante

    Mensagens : 664
    Reputação : 36

    ON - Viajantes na Estrada Empty ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Alexyus em Dom Jun 07, 2020 9:34 pm

    PARTE 1:
    ESTALAGEM ESPELHO BRILHANTE

    Esse edifício imponente e elegante tem paredes de pedra cinza clara e telhados triangulares de telhas escuras. O interior tem teto estilo catedral e passagens em arco, abrigando um salão dividido em quatro ambientes, cada qual com uma pequena lareira. Um pequeno sino sobre a porta soa cada vez que alguém entra.

    ON - Viajantes na Estrada Caption

    Sua característica mais marcante são os vários espelhos pendurados em todas as paredes e até no teto. A luz de arandelas é refletida em cada um deles, iluminando o ambiente inteiro. Apesar do bom gosto na decoração e do efeito de amplitude no espaço, mais de um frequentador já assustou-se com reflexos inesperados.

    As mesas de madeira são retangulares, comportando quatro ou seis lugares, dispostas de modo a dar privacidade para seus ocupantes. O bar fica de frente para a entrada principal, separado da cozinha, que ocupa um cômodo à direita.

    Um corredor entre o bar e a cozinha conduz aos dezoito quartos disponíveis, nove de cada lado da ampla passagem. Dez deles contam com latrinas próprias, mas há banheiros de uso como no início do corredor que são compartilhados com os clientes do salão. As camas de madeira esculpida tem colchões de palha confortáveis e travesseiros estofados com lã bastante fofos. Tudo é mantido bastante limpo.

    As proprietárias da estalagem são Arabella White e sua filha Elena. Elas empregam quatro garçonetes, um jovem barista, um casal de cozinheiros, duas faxineiras e quatro ajudantes gerais.

    Arabella e Elena White:
    ON - Viajantes na Estrada Images?q=tbn%3AANd9GcSoJrblRU9gqnje4-U4IYjI_U0LmsAqWlhQ2v-U48g6xv61_YIM&usqp=CAU ON - Viajantes na Estrada Images?q=tbn%3AANd9GcQvo_g0AQGpBIDqwz0QdBshxWFp0vDWfbNvDeTmNJnvQu49DA45&usqp=CAU

    Cardápio escreveu:CARDÁPIO

    Café da manhã
    Pão de girassol
    Bacon
    Ovos de ganso
    Iogurte
    Frutas da estação
    1 dobrão-choro (ouro)

    Almoço
    Frango assado
    Ovos de pato
    Grão de bico
    Salada de frutas
    2 dobrões-choro (ouro)

    Ceia
    Peixe assado
    Lagostas
    Salada de batatas
    Purê de milho
    Torta de Maçã
    2 dobrões-choro (ouro)

    Lanche
    Bolo de aveia
    Tábua de queijos
    Calda de frutas
    8 dobrões-lamento (prata)
     
    Bebidas
    Copo de água pura - 3 centavo-salgado (bronze)
    Copo de leite - 5 centavos-salgados (bronze)
    Caneca de cerveja - 5 centavos-salgados (bronze)
    Jarra de cerveja - 3 dobrões-lamento (prata)
    Jarra de vinho - 3 dobrões-lamento (prata)
    Garrafa de vinho espumante - 10 dobrões-choro (ouro)

    Acomodações
    Quarto sem banheiro - 1 dobrão-choro (ouro) por dia
    Quarto com banheiro - 2 dobrões-choro (ouro) por dia

    ON - Viajantes na Estrada Estala10
    Alexyus
    Mutante
    Alexyus
    Mutante

    Mensagens : 664
    Reputação : 36

    ON - Viajantes na Estrada Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Alexyus em Dom Jun 07, 2020 10:42 pm

    A noite já caía, e postes com lamparinas acesas iluminavam fracamente as ruas de Mordentshire. A chuva cessara, deixando apenas o ar úmido e a brisa marinha soprando entre os prédios.

    Gennifer levou Garu, Dasdingou, Sanes, Raine e Jack para a Estalagem Espelho Brilhante.

    Assim que entraram, o sino tocou sobre eles, e uma jovem de cabelos negros e pele bastante branca veio recebê-los. Gennifer saudou-a alegremente:

    - Boa noite, Elena! Que prazer vê-la de novo! Gostaria de apresentar-lhe meus novos amigos. Eles precisam de acomodações para essa noite. Pode cuidar deles?

    A jovem Elena sorriu e respondeu numa voz baixa e fina:

    - Claro, será um prazer!

    Gennifer virou-se então para os cinco, dizendo:

    - Vou deixá-los agora nas competentes mãos de Elena! Nos encontraremos amanhã conforme combinado. Tenham uma boa noite!

    Com a saída de Gennifer, Elena indagou:

    - Então, querem quantos quartos? E posso lhes oferecer alguma comida ou bebida?
    scorpion
    Mestre Jedi
    scorpion
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1045
    Reputação : 70

    ON - Viajantes na Estrada Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por scorpion em Seg Jun 08, 2020 4:42 pm

    Raine caminhou com o capuz cobrindo a sua cabeça enquanto olhava a bela decoração do lugar. De fato, mãe e filha tinham bom gosto e o lugar era extremamente aconchegante. A jovem sacerdotisa de Afflux caminhou com seus companheiros até o momento em que fora apresentada a Elena, a jovem filha da estalajadeira. Elena tinha um rosto muito bonito e angelical e o seu porte de mocinha era algo que atraía Raine... não sexualmente, mas como alguém que poderia ser levada para o lado do Senhor das Punições. Um rosto tão delicado deveria esconder talvez um corpo delicado e longe das imperfeições... e logo, um corpo que não aprendeu com a dor através do sangue e do sofrimento.

    Raine: Elena... É um belo nome. Combina com seu lindo rosto.

    A voz era um misto de sedução, amabilidade mas com gotas da frieza que Raine carregava.

    Raine: Eu não sei quanto aos meus companheiros, mas eu gostaria de um quarto só para mim. As minhas orações são peculiares e não gosto de ser incomodada. Quanto à comida, eu gostaria da ceia, por favor. Somente as lagostas, a salada de batata e a torta para sobremesa.

    Iria acompanhar os colegas até uma mesa que estivesse vaga e meio que puxaria papo.

    Raine: Bem... talvez seja interessante nos conhecermos, não?
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 10236
    Reputação : 75
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    ON - Viajantes na Estrada Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Sandinus em Seg Jun 08, 2020 4:54 pm

    Assim que adentra o Local o pequeno pixie cumprimenta a moça se impressiona. Era um local muito bonito e bem confortável ele logo voa em direção a um desses espelhos e brincando ficava invisível aparecia para ver se o espelho tinha algo de mais, ele então retorna ao grupo e voa em direção a uma mesa onde caberia todos ali.

    Ele ouve as palavras de Raina indagando sobre se conhecerem, mas a interrompe com uma piscadela de olho e pega algum guardanapo de pano e coloca em sua cabeça para parecer um atendente, bem como um dos pratos com a mão esquerda e com a direta puxa as cadeiras para que todos sentem. Ele fala em voz alta para que o atendente que se aproximasse escutasse.

    -Sejam muito bem vindos senhores e senhora! Hoje estamos em PROMOÇÃO com muitos descontos na alimentação...

    Ele vira-se para o atendente ou a atendente e toca em seu ombro.

    -Meu(a) amigo(a) é quem vai atende-los eu apenas sou um recepcionista, diga-me, quando o nosso chefe dará de desconto para esses aventureiros exaustos por esta noite? Eu ouvi que os preços estavam pela metade? Dizia ele colocando as mãos nos ouvidos.

    Diplomacia +7:

    Sandinus efetuou 1 lançamento(s) de dados ON - Viajantes na Estrada 1139504.7c7e302e16a24865f62067a0b289ee5e (d20.) :
    9

    Ele aguardava atento e com um leve sorriso confiante.
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 3472
    Reputação : 69

    ON - Viajantes na Estrada Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Claude Speedy em Seg Jun 08, 2020 5:08 pm

    Aquele que botar as mão sobre mim, para me governar, é um usurpador, um tirano. Eu o declaro meu inimigo.

    O Andarilho Jack estava em silêncio, já não havia tomado o chá porque não só porque não precisava comer ou beber, mas também porque pensou que outros ali teriam acesso à mais porções se ele recusasse a dele. E não se empolgou muito ao ouvir que alguém pudesse ser da terra do pixie "invisível"... Só estava feliz porque não teria de debater sobre religião com o tal sujeito do Deus da Manhã... Jack tinha pouca noção sobre que lugar realmente era distante de qual.

    Ele costumava ser uma pessoa brincalhona na presença de seu jovial amigo alado, mas era bem recluso com outras pessoas. E então ele observa, Gennifer saia e Jack não sabia exatamente como poderia pagar os serviços. Afinal, tinha se desfeito do vil metal dourado todo que conseguiu e via naquilo também uma forma de opressão, há muito tempo, vinda dos anões e gnomos.

    Em sua mente, ele começa a imaginar o que fazer, ao ouvir as palavras de Elena.

    Elena escreveu:- Então, querem quantos quartos? E posso lhes oferecer alguma comida ou bebida?

    Como o chá antes dessa proposta lhe lembravava há muito tempo ele não precisava mais comer, o fluxo da energia positiva o alimentava. Ele pensava sobre isso imensamente no tempo em que estava aqui. As vezes o fazia por prazer, mas só fazia isso em raras ocasiões especiais.

    Talvez a única coisa que ele desejava era um banho e uma cama. Ele não conseguiria isso facilmente sem moedas por aqui. Em um instante Raine faz um comentário galanteador para garçonete.

    Raine escreveu: — Eu não sei quanto aos meus companheiros, mas eu gostaria de um quarto só para mim. As minhas orações são peculiares e não gosto de ser incomodada. Quanto à comida, eu gostaria da ceia, por favor. Somente as lagostas, a salada de batata e a torta para sobremesa.

    Outra religiosa... Algo que Jack queria evitar, mas não conseguia naqueles locais tão cheios de superstições. Porém, o Andarilho ficava em silêncio.

    —Eu não preciso exatamente de um quarto, só de uma banheira e uma cama... Creio que apenas posso pagar com algum trabalho, não disponho de nada no momento e não quero ser um peso para meus amigos ou para vocês...

    Comentava sem nada dizer. Não aceitaria nada de seus amigos, para não se sentir um peso. Estar em um quarto doado não violava a moral que se impôs de liberdade, nem mesmo deitar-se em um sem pagar... Mas ele sinceramente por um instante queria fazer um escambo se dinheiro para incentivar essa prática pelo exemplo.

    Ele imaginou por um instante se o herbário e Gennifer não recebiam comissões por traze-los especialmente há essas tavernas.

    É o que ele mesmo antes de fazer seus votos diante de si mesmo faria.

    Raine escreveu: —Bem... talvez seja interessante nos conhecermos, não?[/b]

    —Eu vim de uma vila estudiosa da medicina chamada Sallistick, de um planeta chamado Arton... Eu apoiava a Liga Independente, uma organização que ampliou a relação entre as sociedades livres... Três grandes impérios assolam o continente de onde vim... O império humano de Yurden, a Legião Goblinóide conhecida como "Legião Negra" e os mais perigosos de todos: o Império Minotauro de Tapista... Vindos do planeta Oerth, esses minotauros conquistaram quase tudo que existe com o comércio, escravidão e corrupção... E se dizem leais e nobres... Eu fui engolido pelas brumas durante uma ataque deles em retaliação por termos reorganizado uma cidade que era vítima de um "Caso de Família" antigo... Casas que os minotauros controlavam e mantiam a cidade sobre seu domínio... Eu apareci aqui...  Eu encontrei em Corvia esse pequenino voador, E você, senhorita Raine...? Me pareceu mais preocupada com a privacidade de seu quarto por conta de suas preces do que pelo fato de que é a única mulher entre nós.

    O jeito soturno de Raine faz com que o Andarilho pense sobre se contaria que foi quase morto por um Espectro e que desse dia em diante tem estudado como se proteger desses seres...  E que tem tentando entender o que os sacerdotes, como você, fazem, que pudesse ter alguma explicação científica.  Especialmente ao ouvir sobre as orações da mulher, preferiu evitar polêmicas, inclusive que foram contratados o pixie e ele justamente por conta de problemas com mortos-vivos.

    scorpion
    Mestre Jedi
    scorpion
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1045
    Reputação : 70

    ON - Viajantes na Estrada Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por scorpion em Ter Jun 09, 2020 2:23 pm

    Raine estava sentada, enquanto bebia o chá e ouvia a história de Jack. Seus olhos meio que deram uma arregalada quando ele disse que vinha de Arton.

    Raine: Sallistick, hein? Não seria aquele lugar onde as pessoas têm uma medicina moderna e negam a existência dos 20 deuses?

    Ele continuou.

    Raine: Bem, eu também sou oriunda de Arton, Jack. Porém, vim de Hongari, onde também chamam de "A Terra dos Pequeninos". Eu fui engolida pelas Brumas quando tinha apenas 9 anos de idade, então me lembro muito pouco de Arton e prefiro que continue assim... nunca foi um lugar que fez nada por mim.

    Ouviu o questionamento dele sobre a escolha dela do quarto.

    Raine: Eu estou bem acima dessas questões de "homens e mulheres", Senhor Jack. Afflux, o Senhor da Punição exige sangue e dor.... como hoje eu não tive a oportunidade de causar isso a outrem, eu devo causar a mim mesma. Isso pra mim requer mais privacidade e preocupação do que um bando de homens que pode querer olhar por baixo de meus lençóis. Eu não perco tempo com recatamento... é inútil. Um pudor que pra mim é tão infantil quanto imbecil...
    Edu
    Wyrm
    Edu
    Wyrm

    Mensagens : 7659
    Reputação : 115

    ON - Viajantes na Estrada Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Edu em Ter Jun 09, 2020 2:52 pm

    Sanes coçou a barba com a fala das duas irmãs, não ficou muito claro o que tinha que fazer mas era melhor que nada. Levantou da mesa aonde tinha sentado e seguiu para a tal taverna. Acomodação de graça nunca era bom perder.

    Chegando lá no tal estabelecimento, Sanes não precisou nem que convidassem ele a se sentar, foi logo para uma mesas e se acomodou. Esticou as costas fazendo as juntas da sua coluna estalarem. E olhou para a jovenzinha chamada Elena, sorriu e falou:

    - Pode essa opção de almoço aqui para mim e uma caneca de cerveja. Quanto ao quarto é melhor eu dormir na rua mesmo, assim não tenho que pagar e ....hahahaha esse velho mercenário é muito rabugento hahahaha - bateu na mesa gargalhando.

    Obviamente o que dizia sobre ser rabugento se referia que ninguém iria querer estar perto quando realizasse as suas preces, mas nunca falava sobre isso abertamente.

    Pegou o livro lá das criaturas para folhea-lo novamente, com uma mão passava cada folha, com a dedilhava sobre a superfície da mesa e assoviava, uma melodia sem sentido, aparentemente desatento ao redor.
    Alexyus
    Mutante
    Alexyus
    Mutante

    Mensagens : 664
    Reputação : 36

    ON - Viajantes na Estrada Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Alexyus em Ter Jun 09, 2020 5:28 pm

    Raine Morso escreveu:Raine: Eu não sei quanto aos meus companheiros, mas eu gostaria de um quarto só para mim. As minhas orações são peculiares e não gosto de ser incomodada. Quanto à comida, eu gostaria da ceia, por favor. Somente as lagostas, a salada de batata e a torta para sobremesa.

    Elena deixou que todos se acomodassem e anotou pessoalmente os pedidos de cada um.

    Raine percebeu que seu elogio foi recebido por um sorriso imutável da jovem, que parecia mascarar sua timidez natural com uma formalidade indiferente.

    Dasdingou escreveu:-Sejam muito bem vindos senhores e senhora! Hoje estamos em PROMOÇÃO com muitos descontos na alimentação...

    Ele vira-se para o atendente ou a atendente e toca em seu ombro.

    -Meu(a) amigo(a) é quem vai atende-los eu apenas sou um recepcionista, diga-me, quando o nosso chefe dará de desconto para esses aventureiros exaustos por esta noite? Eu ouvi que os preços estavam pela metade? Dizia ele colocando as mãos nos ouvidos.

    Elena manteve o mesmo sorriso, inclinando a cabeça graciosamente para o lado, mostrando divertimento apenas através dos grandes olhos.

    - A primeira rodada é por conta da casa, amiguinho. A comida tem que seguir os preços que estão no cardápio de qualquer jeito... Minha mãe não permitiria exceções...

    Sanes escreveu:- Pode essa opção de almoço aqui para mim e uma caneca de cerveja. Quanto ao quarto é melhor eu dormir na rua mesmo, assim não tenho que pagar e ....hahahaha esse velho mercenário é muito rabugento hahahaha - bateu na mesa gargalhando.

    Elena informou em sua vozinha fina:

    - O quarto será pago pela senhorita Wethermay-Foxgrove, senhor, e o quarto é bem confortável, terá um privativo apenas para o senhor, com banheiro exclusivo. Mas se realmente não quiser ficar conosco, posso passá-lo para um de seus acompanhantes. Posso levar suas coisas para os quartos? Um quarto com banheiro para a senhora, outro para o cavalheiro (Jack) dividir com seu amigo fada, e infelizmente o cavalheiro alto (Garu) terá que ficar num quarto sem banheiro, mas poderá usar um dos que ficam no início do corredor... a menos que o senhor (Sanes) realmente queira dormir na rua?

    Assim que todos fizeram seus pedidos, Elena os transmitiu para uma garçonete. A moça de cabelos castanhos escuros vestia roupas cinzentas e um avental cinza-claro apressou-se para a cozinha, solicitar a comida e servir as bebidas.

    Garçonete:
    ON - Viajantes na Estrada Garzon10
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 10236
    Reputação : 75
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    ON - Viajantes na Estrada Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Sandinus em Ter Jun 09, 2020 6:01 pm

    Quando ouviu que a primeira rodada era por conta da casa um largo sorriso se via na face do Pixie.

    -Muito bem, Muito bem! Pois traga para mim um peixe assado com salada de batatas e uma fatia de torta de maçã e de bebida eu quero um copo de cerveja!

    Ele acena positivamente enquanto ouve as orientações da garçonete e pede um quarto pra ele e mesmo enquanto tentava barganhar, estava atento a conversa dos demais sobre suas origens.

    -Podem me agradecer, consegui o desconto da primeira rodada para nós! Hihihihihi! Ah! Ouvi as histórias de vocês, no meu caso, vim de um lugar chamado Myth Drannor na gigantesca Floresta de Comanthor, no continente de Faerûn. Um lugar selvagem que outrora foi civilizado, palco de grandes guerras, destruição e ruinas. Mas meu povo sabia lhe dar com todas as criaturas que estavam lá.

    Mas as coisas não ficaram assim para sempre, um certo dia uma figura estranha e obscura chegou ao local, ele montava num esqueleto de Quimera e passou a fazer rituais e reunir hordas de mortos vivos, passando a atacara o local seu nome era Necross, lutávamos tentando proteger a região mas ele era forte de mais no desespero contatamos uma Dríade corrompida e maligna chamada Narissa, não tivemos escolha e ela aceitou nos ajudar contato que ficássemos subordinados a ela.

    Foi durante o combate quando tudo aconteceu, já entrava pela noite e subitamente uma névoa poderosa e densa começou a envolver a tudo e todos fazendo todo desaparecerem, tanto os mortos de Necross como o próprio Necross como Narissa e todos s animais e fadas.

    Creio que eles estão aqui em Ravenloft e são ameaças terríveis. Espero não ter que enfrenta-los. E foi isso, passsei a viver como mercenário, sofri bastante porque as pessoas tinham medo de mim e numa missão conheci o Jack e nos tornamos grande amigos.


    O Pixe termina cm um sorriso enquanto voa ao redor da mesa.
    scorpion
    Mestre Jedi
    scorpion
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1045
    Reputação : 70

    ON - Viajantes na Estrada Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por scorpion em Ter Jun 09, 2020 8:02 pm

    @Sandinus escreveu:

    [color=#ccccff]
    Mas as coisas não ficaram assim para sempre, um certo dia uma figura estranha e obscura chegou ao local, ele montava num esqueleto de Quimera e passou a fazer rituais e reunir hordas de mortos vivos, passando a atacara o local seu nome era Necross, lutávamos tentando proteger a região mas ele era forte de mais no desespero contatamos uma Dríade corrompida e maligna chamada Narissa, não tivemos escolha e ela aceitou nos ajudar contato que ficássemos subordinados a ela.


    Raine: Estória interessante a sua. Eu gostaria que tivéssemos a oportunidade de cruzar com esse Necross.

    Ela continuou com o seu chá.

    Raine: Eu agradeceria a primeira rodada de cerveja e algum dos cavalheiros pode ficar com a minha. Eu não costumo ingerir álcool, especialmente pouco antes de dormir.

    A sacerdotisa continuava a comer a sua janta, de maneira polida e lenta. Na verdade, Raine comia muito pouco... comeu só duas lagostas e não mais que uma colherada da salada de batatas. A torta por sua vez, ela comeu tudo e empurrou pra baixo com mais chá.

    Raine: Bem... se mais ninguém tiver nada a dizer, eu solicitaria que nos recolhêssemos para estarmos preparados para amanhã.

    MAGIAS:


    0 círculo - 6 magias

    Criar Água
    Curar Ferimentos Mínimos x2
    Ler Magias
    Identificar Magia x2

    1 Círculo - 4 Magias +1 Domínio

    Domínio: Chill of the Grave (Mortis p.63) - Causa 2d10 por frio, não tem resistência, ataque de toque a distancia. Atinge 40ft.
    Compreender Idiomas
    Cura Menor
    Invocar Mortos-Vivos I x2 (Mortis p.65)

    2 Círculo - 3 Magias +1 Domínio
    Domínio: Profanar
    Curar Ferimentos Moderados 2d8+5
    Invocar Mortos Vivos II
    Blade of Pain and Fear (Mortis p.63): Cria espada que causa 1d6+3 de dano. Usa ataque de toque para acertar. Força não influencia. Se atingido, alvo testa para não ficar amedrontado.

    3 Círculo - 2 Magias +1 Domínio
    Domínio: Fangs of the Vampire King: bonus de +10 pra atacar, causa 1d6+força, 1 ponto de CON. Se fizer ataque com arma, este ataque secundário só tem bonus de +5
    Invocar Mortos Vivos III (Mortis p.65)
    Dissipar Magia

    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 3472
    Reputação : 69

    ON - Viajantes na Estrada Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Claude Speedy em Qua Jun 10, 2020 3:24 pm

    Aquele que botar as mão sobre mim, para me governar, é um usurpador, um tirano. Eu o declaro meu inimigo.

    O Andarilho tinha até ficado feliz em ouvir que os pudores eram algo que Raine tinha superado, por um momento achou que por razões racionais, mas o motivo era bastante religioso... Aliás, assustadoramente religiosos, já que ela teria de se flagelar.

    Ele recusou a bebida e a comida pensando mais agora na crueldade de alguém ter de fazer isso à si mesmo para agradar o sadismo de algum ser poderoso... Pensou mais um tempo sobre as palavras sobre os 20 deuses, mas pensava que aquela hora não era momento de um debate teológico. A sua cidade tinha uma tradição de pensar que a capacidade era bastante humana, ou lógica de qualquer raça, que os tais proclamados deuses eram na verdade seres muito antigos e poderosos, que aprenderam segredos naturais e que agora mentiam dizendo que eram seus criadores.

    O vento, a chuva, a vida, a morte, o fogo...Cada esquina tinha uma pequena divindade em Arton se dizendo a "criadora" dessas forças, quando ouviu sobre Toril de seu amigo, ouviu as mesmas falas... A verdade é que a quando criança sua "conterrânea" viveu em um lugar simples... Uma região que não é odiada, temida ou espionada - nem mesmo tem um rei ou príncipe. Na verdade, embora todos saibam onde fica este reino, muitos tendem a ignorar seus habitantes halflings... Mas o que todos conhecem é o lugar muito mais famoso por sua única cidade humana, a mundialmente conhecida Triunphus, a Cidade da Vida Eterna... Um lugar onde conta-se que as pessoas não morrem. Ele fica pensativo sobre isso e sobre até onde os conhecimentos de veneração ao ser planar que ela se dedicava iam.

    Jack precisava recordar o que viu e aprendeu. Sabia que muitos falavam que habitavam planetas, porque o conhecimento astrológico foi passado minimamente para saber isso, tinha noção que mundos diversos se encontravam já que os minotauros vieram de um outro planeta chamado Oerth, era o que a Liga Independente com seus sábios descobriu. Jack era parte de uma célula anárquica, que tinha vários conhecimentos... Aqui, ele tentou estudar mais... E pretende a partir de seu esforço e da ajuda de bons amigos conseguir se empenhar mais... A linda e agradável mulher que lhe dizia que estava acima do pudor porque agora era mais do que um gênero por conta de sua fé, fazia com que o rapaz as vezes oscilasse em sua fé pela humanidade.

    - Então vou querer só um copo de vinho...
    Respondeu para garçonete, já que viu que não precisaria pagar. Ficou curioso que Sanes parecia que iria desejar dormir ao relento.

    —O pequeno e nada invisível amigo que me acompanha é um brincalhão... Não faça caso, com essa história de desconto.

    Jack sorria meio de canto enquanto ouvia sobre Myth Drannor, a floresta e a descrição vivida do pequenino... Nunca tinha ouvido falar do continente de Faerun até conhece-lo. E isso fazia Jack pensar se igual os Minotauros que chegaram em Arton por uma viagem entre planetas, se Faerun ficaria em algum outro também... Quando o pixie chegou na parte sobre Necross, a admiração daquela sombria mulher preocupou Jack.

    Mortos-Vivos não costuma ser "colegas" de viagem dos vivos... Com exceção dos vivos mais tirânicos.
    Mas era certo que Jack, o mais rapidamente possível iria procurar sobre os hábitos do tal "Afflux"...

    Quando a garota fez menção de seguir para seu descanso, o Andarilho apenas concordou com a cabeça. Ainda ligeiramente chocado com as afirmações da jovem.



    Edu
    Wyrm
    Edu
    Wyrm

    Mensagens : 7659
    Reputação : 115

    ON - Viajantes na Estrada Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Edu em Qua Jun 10, 2020 5:34 pm

    Sanes que ouvia a historia ainda olhando o livro falou sem que tirasse os olhos das paginas.

    - Ninguem reparou no detalhe mais importante, necromante que se chama Necross? Que falta de criatividade - comentou ele a historia do pixie.

    Olhou para a Elena, e respondeu sobre a questão do quarto.

    - Nah, deixa o meu quarto pro monge aqui, ele quer dormir no conforto, mas tá morrendo de vergonha de falar hahahaha - termina rindo.

    E pra finalizar ele levanta a caneca de cerveja dizendo:

    - Um brinde a fadinha e sua incrivel historia e... o necromante sem criatividade.

    Depois disso ele se levanta pegando o livro, como já tinha terminado a sua comida, ele tinha muito o que preparar para o próximo dia.

    - Senhoras e senhores, vou me retirar agora boa comida e conversa pra vocês.

    Com um livro na mão e a mochila na outra foi andando até a saida da taverna, fez uma reverencia para Elena e deixou o estabelecimento. Nas ruas procurou um beco aonde não pudesse ser perturbado e armou o seu saco de dormir e acender uma pequena fogueira. Sentou em cima do seu leito em posição de lotus, tirou a armadura e a camisa que vestia. Exposto aos elementos começou a fazer a sua oração em tom calmo já perto quase do final, um raio desceu dos céus de acertou em cheio Sanes. O mesmo pareceu não ter sido afetado mais uma fumaça branca subia do seu corpo. Sacudiu a cabeça, vestiu a camisa novamente.

    - Essa foi boa - se deitando no saco de dormir.

    magias:


    Circulo 0

    Create Water
    Detect Magic
    Read Magic
    Light
    Cure Minor Wounds

    Circulo 1

    Cure Light Wounds
    Divine Favor
    Shield of faith
    Hide from Undead
    *Rhino Rush

    Circulo 2

    Cure Moderate Wounds
    Consecrate
    Align Weapon
    *Shatter

    Circulo 3

    Magic Circle
    Bestow Curse
    *Rage

    *dominio



    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 10236
    Reputação : 75
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    ON - Viajantes na Estrada Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Sandinus em Qua Jun 10, 2020 5:44 pm

    A comida pedida pelo pixie chega ele lambe os lábios e começa a comer lentamente enquanto vai escutando a conversa dos demais.

    -Ahhh...isso aqui está maravilhoso! A comida daqui é muito boa!

    O pequeno vê Raine e Sanes se despedirem e apenas acena para ambos, sabia que amanhã seria um dia para começar a missão e estava bastante empolgado. Ele come mais um pouco e indaga seu amigo curioso:

    -Onde você vai dormir Jack? Você sabe que esse seu voto ai de não querer dinheiro é bastante estranho, por outro lado sempre a sua parte ou você me repassa ou faz doações, acho que você deveria em repassar mais hehehehe.

    Aguardando a resposta do amigo ele termina o prato e passa a tomar cerveja calmamente admirando o local.
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 3472
    Reputação : 69

    ON - Viajantes na Estrada Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Claude Speedy em Qua Jun 10, 2020 6:47 pm

    Aquele que botar as mão sobre mim, para me governar, é um usurpador, um tirano. Eu o declaro meu inimigo.

    Dasdingou escreveu:-Ahhh...isso aqui está maravilhoso! A comida daqui é muito boa!

    Jack coloca as mãos no queixo, apoiando a cabeça...
    Pensativo.
    Uma garota, adolescente...servindo às forças de uma entidade que exige que seus servos se matirizem.

    O divertido pixie por um instante fala da comida, mas é o guerreiro com a lança que consegue quebrar o raciocínio tão tenso do lutador.

    Sanes escreveu:- Nah, deixa o meu quarto pro monge aqui, ele quer dormir no conforto, mas tá morrendo de vergonha de falar hahahaha


    —Eu não sou um monge... Sanes... Eu não me ajoelho para ninguém, justamente por isso que não é por conta de qualquer vergonha que falo sobre conforto que eu gostaria de poder pagar o quarto de outra maneira. Eu não estou ocultando nada do que acredito... Eu simplesmente disse que posso pagar com trabalho. É como todos nós deveriamos viver... O ouro só gera tiranos e escravagistas...

    O Andarilho se despede de Raine e Sanes e ouve seu amigo alado perguntar:

    Dasdingou escreveu:-Onde você vai dormir Jack? Você sabe que esse seu voto ai de não querer dinheiro é bastante estranho, por outro lado sempre a sua parte ou você me repassa ou faz doações, acho que você deveria em repassar mais hehehehe.

    —"Dasd", eu não pretendia aumentar sua ganância. Na verdade tento motivar as pessoas a pensar que é um mundo em que os seres inteligentes deveriam se ajudar mais ao invés de ficar o tempo todo se rebaixando... Bom, é assim que encaram, parece algum tipo de  mas eu livremente decidi que é incoerente eu tomar do uso de tantos objetos... conquistados por violência, usurpação e especialmente ditadura... Todos povos, tem seus reis e governos e os tais "deuses" a Liga Indepente em meu planeta tentou acabar com tudo isso... Aqui conheci a "Igreja" da Humanidade... Não somos "monges", somos cientistas... Por isso creio que houve uma confusão com esse guerreiro, o Sanes... Eu ia te perguntar se sabe que simbolos são esses que ele carrega.

    Carregando o vinho ele caminha com o amigo que admira o lugar.

    —Essa bebida, essa madeira da construção desse lugar... Tudo isso foi feito com muito trabalho árduo, mas o dinheiro sempre foi o meio de tornar isso pela imposição dos reis... Vi a formação disso com o Império Yurden, depois os Minotauros... Tudo que eles faziam era enfiar espadas e armas em nossas caras, deram apoio à famílias ambiciosas para piorar tudo ainda mais. Se pudessemos nos ajudar sem ser por esse meio de criar tantos reis e deuses que só vivem de nos chicotear... Nosso trabalho de lutar contra mortos-vivos e outros seres seria mais fácil...  

    Falava e dava outro gole no vinho.

    —Aquela garota me preocupa, "Dasdi". Eu até entendo um guerreiro como Sanes rir de uma necromante que te atacou, mas a menina parece que realmente disse que queria conhece-la.  


    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 10236
    Reputação : 75
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    ON - Viajantes na Estrada Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Sandinus em Qua Jun 10, 2020 7:10 pm

    Dasdingo ouve a fala de Jack, a mesma de sempre, mas não dá muita bola, já estava acostumado com seu amigo, ele ouve todo aquele discurso até bonito enquanto come e bebe até que é indagado sobre o que acha da jovem Raine. O pequeno engole, toma mais um gole de sua cerveja e logo responde:

    -Jack, você sabe que para enfrentar esses tiranos estar de mãos vazias não é a melhor opção, temos que usar o que for necessário para detê-los, mesmo que tenha que usar as armas deles, você sabe que penso assim. De toda forma se ela conhecesse o Necross, das duas uma, não sei a índole dela ainda... e você sabe que tenho como fazer isso, mas prefiro deixar para os inimigos...

    Ele come mais um pouco e dá outro gole mais longo.

    -...mas ou ele recrutaria ela para servi-lo o que acho difícil pois nunca vi ele de companhia de nenhum ser vivo ou ele mataria ela e fazia dela sua marionete. Essa opção muito mais provável. Quanto ao símbolo de Sanes apesar dele ser de Faerum não posso ajudar muito, vivi o tempo todo em meio as florestas, provavelmente deve ser um deus conhecido, mas para as áreas urbanas. Mas podemos pergunta-los amanhã e até pedir para falarem sobre os deuses, acho que seria interessante, assim como já falei de você sobre a mãe das florestas minha deusa Mieliki.

    O pequeno encerra sua comida aguarda para ver se Jack fala mais alguma coisa e caso ele não fale ele vai dormir.

    -Se você quer pagar sua estadia com serviços ofereça a dona do local, acho que ela aceitaria, mas desconfiada... Ninguém confiaria em alguém assim tão facilmente. Não é comum em lugar nenhum.
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 3472
    Reputação : 69

    ON - Viajantes na Estrada Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Claude Speedy em Qui Jun 11, 2020 12:32 pm

    Aquele que botar as mão sobre mim, para me governar, é um usurpador, um tirano. Eu o declaro meu inimigo.



    Enquanto bebia o vinho, ouvia Dasdingou...

    —Necromancia pode ser útil em algum momento. Eu só temo que é um modo de criar tirania... Sempre estando atentos podemos fazer tudo. Eu só penso que esses corpos nunca escolheram ser transformados em criaturas sobre o controle da jovem ou do ser chamado Afllux, meu amigo... Se é que Afllux existe... Bom... Minha estadia pelo que entendi já esta paga. Mas sinceramente isso é algo que nossos serviços já pagarão para Gennifer...

    Nisso Jack caminha com o pixie para o quarto.

    —Nossa missão com essa menina é faze-la sorrir... Isso já me deixaria mais confortável! hahaha


    Alexyus
    Mutante
    Alexyus
    Mutante

    Mensagens : 664
    Reputação : 36

    ON - Viajantes na Estrada Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Alexyus em Dom Jun 14, 2020 9:10 pm

    Dasdingou escreveu:-Muito bem, Muito bem! Pois traga para mim um peixe assado com salada de batatas e uma fatia de torta de maçã e de bebida eu quero um copo de cerveja!
    Jack escreveu:- Então vou querer só um copo de vinho...
    Respondeu para garçonete, já que viu que não precisaria pagar. Ficou curioso que Sanes parecia que iria desejar dormir ao relento.

    Apesar de pequeno, Dasdingou recebeu comida tão farta para cosumir o dobro de seu peso. O peixe assado recém-saído do forno, a salada de batatas temperada com abundância e a fatia de torta de maçã ricamente adocicada estavam soberbamente apetitosos. A cerveja foi servida numa caneca de vidro transparente esculpido com cintilantes peixes e outras belas criaturas marinhas. O vinho de Jack foi servido num belo cálice de vinho tão cristalino que projetava quase tantos reflexos quanto os espelhos das paredes.

    Sanes escreveu:Com um livro na mão e a mochila na outra foi andando até a saida da taverna, fez uma reverencia para Elena e deixou o estabelecimento. Nas ruas procurou um beco aonde não pudesse ser perturbado e armou o seu saco de dormir e acender uma pequena fogueira.

    Sanes vagou pelas ruas desertas de Mordentshire, iluminadas apenas pelas luzes dos poucos postes de lamparinas. Os becos entre as edificações eram lugubremente escuros, e um nevoeiro denso e cegante subia do litoral, engolfando lentamente toda a cidade.

    O servo de Talos vagou em direção ao Leste até encontrar um beco que parecia estar entre dois prédios desertos, onde supunha que não seria perturbado. A fogueira que acendeu fornecia uma chama reconfortante para que fizesse suas preces. Após a resposta relampejante às suas orações, ele dormiu e teve um sono sem sonhos.


    OFF: Fiquem à vontade para descrever suas ações matinais.


    Já passava da metade do dia quando as irmãs Weathermay-Foxgrove chegaram à Estalagem Espelho Brilhante para a reunião com Garu, Dasdingou, Sanes, Raine e Jack. Elas se sentaram na mesa mais distante da porta, e Laurie pediu o almoço enquanto Gennifer pediu apenas um vinho.

    Assim que todos estavam acomodados, Laurie falou:

    - Se quiserem perguntar alguma coisa que não tenha a ver com a missão, perguntem agora.


    OFF: Quaisquer dúvidas que quiserem tirar com as irmãs, fiquem à vontade para perguntar.


    Após quaisquer perguntas serem respondidas, Gennifer abriu uma bolsa de couro e tirou alguns papéis, explicando:

    - Recebemos essa carta do Comte Tomas d’Aloure, um nobre dementlieuse que reside nos arredores de Port-a-Lucine.

    Ela entrega a carta aos aventureiros que quiserem ler. Trata-se de uma missiva extensa, redigida por um autor bem instruído mas aparentemente perturbado e ligeiramente incoerente, relatando com muitos detalhes e divagações a história do conde.

    O conde Tomas d'Aloure nasceu em 712 na aristocracia de Dementlieu. Um século atrás, na história de Dementlieu, os d'Aloures estavam entre os mais poderosos e influentes nobres de Dementlieu, mas nos últimos anos o surgimento de uma classe média de Dementlieu e o crescente poder político do cargo de Lorde-Governador combinaram-se para empurrar a maioria das famílias nobres de Dementlieu para segundo plano, os d'Aloures entre eles. No entanto, embora o título de Comte agora tenha pouco poder oficial para acompanhá-lo, os d'Aloures permaneceram muito respeitados e uma família rica, e Tomas nasceu, o único herdeiro do sobrenome.
    O nome d'Aloure floresceu sob a liderança de Tomas. Ele era carismático, gentil e generoso, e, portanto, tornou-se bastante popular tanto entre as classes alta quanto baixa.
    Há cerca de três anos, a vida de Aloure mudou para pior. Apenas algumas semanas depois, sua esposa Sara morreu de uma doença desconhecida. Amigos começaram a evitá-lo, e ele se viu de repente na lista negra da maioria dos eventos sociais. A maioria de seus criados o abandonaram. Eventualmente, o que começou como ostracismo se transformou em antagonismo direto. Ele não ousa deixar sua propriedade fora de Port-a-Lucine por qualquer período de tempo, já que foi fisicamente atacado por plebeus nas últimas vezes que saiu. O Comte está absolutamente confuso sobre o porquê daqueles que o amavam e o chamavam de amigo agora completamente fecharem as portas para ele, e não faz ideia do porquê agora parecem odiá-lo tanto.

    Gennifer estendeu um mapa sobre a mesa, indicando com o dedo as direções enquanto falava:

    - Para chegar a Port-a-Lucine, vocês devem pegar a Estrada do Moinho rumo ao Norte, passando pelo povoado de Hope´s End até a cidade de Chateaufaux. Ali, vocês seguiriam por L'Avenue de Progrès, ou Avenida do Progresso para aqueles que não são esnobes metidos, até chegar a Port-a-Lucine. Uma vez ali, deve ser bem fácil achar a propriedade D´Aloure. Há uma caravana de comerciantes saindo amanhã de manhã rumo a Chateaufaux que vocês poderiam acompanhar discretamente, talvez como guarda-costas.

    O elegante dedo da moça se moveu para a parte azul do mapa enquanto ela explicava:

    Mapa:
    ON - Viajantes na Estrada Mapa_p11

    - Uma maneira alternativa de chegar lá seria pegar um barco que fosse diretamente para Port-a-Lucine. Vocês seguiriam para norte, passando pelo Penhasco da Dama Pálida, costeando até a Baía de Sable e chegando à Baía Pernault. A viagem seria mais rápida, mas não temos contatos no porto para ajudá-los nesse caso, então vocês estariam por sua conta e risco para conseguir transporte.

    Laurie cortou a irmã, indagando o grupo:

    - Então, o que querem fazer?
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 10236
    Reputação : 75
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    ON - Viajantes na Estrada Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Sandinus em Seg Jun 15, 2020 9:22 am

    A comida vem farta, mais do que achavam que seu pequeno corpo poderia aguentar, mas ele surpreende a todos e come tudo, deixando sua barriga uma leve protuberância antes de ir deitar. Anoite foi tranquila e Dasdingou o pequeno acordou sem fome e aproveitou para ler o manual das bestas,  até a hora do almoço sob a companhia das irmãs  Weathermay-Foxgrove.

    Elas chegaram e o pequenino decidiu pedir Ovos de Pato com Grão de Bico e mais uma cerveja. Enquanto comia algo veio em sua mente. Ele engole e volta-se para as irmãs.

    -Senhoritas, iremos ganhar algumas moedas de suporte para iniciarmos nossa jornada? Quem sabe subornar alguém, pagara algum tipo de pedágio ilegal caso bandidos nos abordem em nossa viagem etc.?

    Após a resposta uma carta é entregue a eles e o pequenino também lê. Trata-se de um pedido de ajuda. Gennifer então começa a explicar possíveis caminhos que o grupo seguiria para chegar até o local o pixie analisa as duas opções. Para, pensa um pouco.

    -Acho que devíamos ir pelo mar, no caso, as moedinhas que pedi podem ser de grande ajuda para isso! O pequeno abre um sorriso para a moça enquanto se aproxima e toca de leve na pontinha do nariz dela, afastando-se em seguida sorrindo e olhando para os demais.
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 3472
    Reputação : 69

    ON - Viajantes na Estrada Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Claude Speedy em Seg Jun 15, 2020 7:33 pm

    [quote="Claude Speedy"]
    Aquele que botar as mão sobre mim, para me governar, é um usurpador, um tirano. Eu o declaro meu inimigo.



    Ouvindo Dasdingou falando sobre tantas moedas e custos de viagem...

    —Meninas, vamos pela parte que vocês tem contatos... Não estou nem um pouco querendo ter de lidar com imprevistos em uma jornada por um tal "Penhasco da Dama Pálida"... De damas pálidas já basta Raine.

    Jack olha o mapa e comenta.

    —Eu posso tranquilamente auxiliar as caravanas na Avenida do Progresso e temos os dois guerreiros como guarda-costas... Acho o mais plausível... Mas gostria de saber a opinião dos demais.


    Edu
    Wyrm
    Edu
    Wyrm

    Mensagens : 7659
    Reputação : 115

    ON - Viajantes na Estrada Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Edu em Seg Jun 15, 2020 8:20 pm

    Sanes levantou e estalou as costas fechando o cenho com o ato. Devia ter ficado na hospedaria, não pode deixar de pensar qual seria a reação do pessoal lá quando o prédio pegasse fogo. Deu uma risada de leve. Arrumou a suas coisas e foi até o herbanário caminhando tranquilamente pela cidade. Entrou no estabelecimento, o pixie e o monge já estavam lá.

    Sentou-se na mesa e ouviu toda a historia.

    - Com certeza acham que ele foi marcado por algo profano ou que o próprio Comte fez algo ruim - apoiou o cotovelo na mesa e a mão no queixo - hm... é uma historia interessante. Seria bom que chegássemos da forma mais discreta possível e conversarmos com a população local antes de falar com o sujeito. Sinto que tem algo faltando nessa historia e gostaria de saber das pessoas ali do se trata. Ir de Barco parece uma melhor alternativa já que vocês duas não tem ligação nenhuma com marinheiros assim não teriam chance de saberem que viemos ajudar Tomas.
    Conteúdo patrocinado


    ON - Viajantes na Estrada Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Out 24, 2020 5:18 am