Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    ON - Viajantes na Estrada

    scorpion
    Mestre Jedi
    scorpion
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1045
    Reputação : 70

    ON - Viajantes na Estrada - Página 6 Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por scorpion em Ter Set 08, 2020 6:28 pm

    Ouviu o que Jack tinha a dizer e arqueou a sobrancelha.

    Raine: ...e no fim, nem você com sua grande agilidade conseguiu impedir a morte do jovem, certo? Então qual é o ponto? Nenhum... o destino já estava traçado de toda maneira. Porém... eu apenas posso fingir entender o que você quer dizer com "eles iam demorar para recarregar"... Pois eu não sabia que aqueles goblins eram organizados como o exército de Yuden. Até onde reparei, atiravam de forma desorganizada e alguns eram mais fortes e maiores que outros, logo, mais capazes de rearmar bestas com agilidade. Porém, você agiu como se todos eles fossem rearmar as bestas ao mesmo tempo... como se eles fossem peões em algum jogo macabro, dividido em turnos e jogado por mentes sórdidas... ou mesmo pelos deuses. E se você me diz que consegue enxergar as ações dos deuses através de um padrão de "quem age antes, quem age depois, quanto tempo cada um demora para fazer algo", então, meu caro... a esnobe não sou eu. E sim você, que além de zombar do poder dos Deuses, age como se conseguisse ver os seus movimentos.

    E finalizando...

    Raine: Por ultimo... Aqueles goblins eram sequer um desafio. Se você deu o máximo de si lá, então apenas temo por sua vida. O jovem que morreu apenas teve sua alma reclamada e retirada da trama da vida... chame de destino, se quiser.... eu chamo de sina. Mas não usarei os dons preciosos de Azzuth com criaturas tão baixas e indignas. Os outros podem ofender os deuses.... mas eu não.

    Dizendo isso, manteve-se quieta. De que valia discutir com alguém que se achava onisciente, mas era tolo o suficiente para não ser grato aos deuses que o tornaram tão poderoso?

    Quando chegaram, Raine apenas entrou na estalagem, foi até o balcão e decidiu falar com o estalajadeiro, procurando informações, lendas ou qualquer coisa que pudesse ser útil como informação para a viagem.

    [OFF: APAGA O POST PASSADO, NARRADOR... ACABEI DUPLICANDO PRA EDITAR]

    [OFF2: TIVE DE QUEBRAR A 4ª BARREIRA AQUI, PRA PODER ENCONTRAR LÓGICA INGAME DO COMENTÁRIO DO MONGE]
    Edu
    Wyrm
    Edu
    Wyrm

    Mensagens : 7659
    Reputação : 115

    ON - Viajantes na Estrada - Página 6 Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Edu em Qui Set 10, 2020 10:06 pm

    - Fiu... que discussão hehehe - riu Sanes ao ver a conversa de Raine e o lutador falador.

    Nem ligou para a resposta de Bert antes se não queria queimar o rapaz pior para eles. Quando chegaram na cidade Sanes desceu a carroça e foi andando assoviando enquanto olhava a cidade em que estava. Ficou entediado, bleh, não tinha nada de interessante ali era melhor seguir para conversar com a Vistani.

    Chegou perto da mulher e a olhou de cima a baixo:

    - Você é uma daquelas que lê a mão ou joga cartas de tarot? - Ele olhou para o pixie e depois para a mulher - Daqui a pouco vem o monge falador que vai tentar passar uma cantada em você assim como ele tá tentando com a sacerdotisa com cara de zumbi a viagem inteira hahaha.
    Alexyus
    Mutante
    Alexyus
    Mutante

    Mensagens : 664
    Reputação : 36

    ON - Viajantes na Estrada - Página 6 Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Alexyus em Sab Set 12, 2020 3:24 pm

    SANES

    Sanes escreveu:Chegou perto da mulher e a olhou de cima a baixo:

    - Você é uma daquelas que lê a mão ou joga cartas de tarot? - Ele olhou para o pixie e depois para a mulher - Daqui a pouco vem o monge falador que vai tentar passar uma cantada em você assim como ele tá tentando com a sacerdotisa com cara de zumbi a viagem inteira hahaha.

    A vistana era uma mulher de meia-idade, e levantou os olhos aflitos quando sanes olhou para ela.
    Vistana:
    ON - Viajantes na Estrada - Página 6 Eca48a10
    - Leituras de mão ou cartas de tarot são truques simples, meu senhor. Os reais fios do Destino são mais misteriosos e mais difíceis de se desvendar. A propósito, o senhor não teria avistado uma  menina vistana de 12 anos, morena, magra, de longos cabelos negros? Não, achei que não.

    E como Sanes previra, logo Jack, junto com Dasdingou, vieram falar com a vistana.


    DASDINGOU


    Dasdingou escreveu:O pequeno sobrevoa o local, vê que os goblins estão se dispersando e aproveita para vasculhar o corpo deles, tinham algumas poucas moedas com símbolos diferentes. Ele observa bem os desenhos das moedas e tenta identificar do que se trata. E logo em seguida recebe as cinco moedas oferecidas agradecendo.

    O pequeno pixie já estava no Semiplano do Pavor há tempo o bastante para compreender algumas características dos povos que viviam ali. A moeda era uma delas: cada um dos reinos da Terra das Brumas cunhava ouro, prata, cobre, e às vezes platina, com suas respectivas especificações e davam seus próprios nomes a elas. Em Mordentshire, as moedas eram dobrão-choro (PO), dobrão-lamento (PP), e centavo-salgado (PC).  Em Dementileu, os mesmos metais eram cunhados em moedas diferentes: corona (PL), solar (PO), lunar (PP), estelar (PC). Comerciantes desconfiados poderiam desconfiar de moedas diferentes de suas terras nativas, mas em geral aceitava-se o metal das moedas, às vezes com algum desconto, como num mercado de câmbio informal. Aqueles goblins terem moedas de Dementlieu poderia significar que eles teriam assaltado anteriormente viajantes que as portavam, e logo eles estariam voltando ou a caminho de Dementileu.


    Dasdingou escreveu:Ao chegar no local o pequeno olha com certo desgosto para a pousada degradada. E faz conforme solicitado dá uma volta no perímetro num raio de 50 metros ao redor da taverna em todas as direções invisível e pelo menos a uns 15 metros acima do chão para ter uma melhor visão.

    Dasdingou elevou-se no ar, acima do telhado mais alto da Estalagem do Carvalho Bocejante, e foi cercado por um banco de brumas denso que obscureciam a visão de partes muito distantes. O ladino alado chegou a ficar um pouco desnorteado, sem saber exatamente onde era acima e abaixo; sons fantasmagóricos de dentro do nevoeiro pareciam lamentos de desgraçados inquietos em mil infernos tormentosos... ou era apenas a imaginação do pixie que gerava tais interpretações de ruídos indistintos. Atordoado com aquelas sensações, Dasdingou acabou emergindo das névoas num ponto acima da chaminé, tendo uma visão aérea da estalagem e seus arredores imediatos: pareciam em ordem, ainda que decadentes, sem algo concreto que parecesse suspeito... a não ser a presença do vardo vistana no lado oposto da estrada.

    DASDINGOU, JACK & SANES

    Dasdingou escreveu:-Olá senhorita! Me chamo Dasdingou o Pixie Invisível, e este é meu amigo Jack, mas estou visível para a senhora se não como falaria? hahaha. _ele ri da própria piada- Sabendo que a senhora viaja basante e consegue romper os limites das brumas eu gostaria de algumas informações sobre duas pessoas se a senhora já ouviu falar, é claro...

    A cigana era uma mulher de meia-idade, e ergueu olhos negros brilhantes para ele, cheios de apreensão e angústia.

    Zerelda:
    ON - Viajantes na Estrada - Página 6 Eca48a10


    - Olá, giorgios. Vi a chegada de sua caravana. Acaso não teriam visto uma menina vistana de 12 anos, morena, magra, de longos cabelos negros? 

    Diante da expressão negativa dos dois, ela explicou:

    - Me chamo Zerelda. Estou à procura de minha filha Misha, que saiu para coletar raízes três noites atrás e ainda não voltou. Esse é o único abrigo num raio de quilômetros de floresta, acredito que ela encontrará o caminho para cá em breve... Mas faça as perguntas que desejava fazer, pixie invisível mas agora visível.

    Ela aguardou que Dasdingou ou Jack falassem.

    RAINE

    Uma placa verde com letras brancas balançava acima da porta para a qual Raine se dirigiu, cuja inscrição era "Estalagem do Carvalho Bocejante".
     
    Havia outra placa pregada frouxamente no lado direito da porta que dizia:

    ~ Uma peça de cobre por noite. Um cobre adicional para cada cavalo, mula ou burro a ser abrigado.

    ~ Uma peça de cobre por uma tigela quente de ensopado

    ~ Vinho e vodka disponíveis.

    VISTANI NÃO SÃO BEM-VINDOS.
        
    A pousada era aconchegante e acolhedora, um alívio bem-vindo do frio áspero do lado de fora que começava a penetrar até os ossos da sacerdotisa. O ar carregava o maravilhoso odor de vinho e ensopado caseiro. Lanternas penduradas suspensas em ganchos nas paredes proporcionavam ao local uma iluminação discreta.

    O primeiro andar da pousada era quente e bem conservado, apesar da aparência exterior. Três pequenas mesas estavam organizadas centralmente na sala principal. Uma baancada curta percorria a parede leste. A parede ocidental ostentava um vão onde uma escadaria de madeira levava ao segundo andar.

    Uma jovem mulher cheirando a doces flores silvestres estava varendo o chão, mas parou quando Raine entrou e apressou-se para recebê-la:

    - Boa noite, senhora! Seja bem-vinda! Sente-se, por favor! Eu me chamo Kesta. como posso servi-la, senhora?

    Kesta:
    ON - Viajantes na Estrada - Página 6 Kesta_10
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 10236
    Reputação : 75
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    ON - Viajantes na Estrada - Página 6 Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Sandinus em Qui Set 17, 2020 12:54 pm

    A sensação que as névos passaram para o pequeno causando-o desnorteamento por um momento assustaram o pequeno, os sussurros ouvidos das brumas eram estranhos, poderia ser a mente dele, mas já estava naquele plano a muito tempo e tinha certeza que os sons vinham das brumas, pois de longe eram as coisas mais miesteriosas dali. Ao observar ao redor percebe que as coisas pareciam normais a não ser pela mulher do outro lado da estrada da estalagem. Ele desce e conversa com ela, recebendo uma pergunta.

    -Olá, giorgios. Vi a chegada de sua caravana. Acaso não teriam visto uma menina vistana de 12 anos, morena, magra, de longos cabelos negros?

    O pequeno percebe a apreensão da moça e ao ouvir a indagação ele entende o que aconteceu, não antes de achar que ela estava com medo deles, talvez um pouco quem sabe. Dasdingou põe a mão no queixo mas não lembra de ter visto nada acerca da garota que a mulher procura.

    -Garota? Não vi nenhum garota nem quando subi acima da estalagem para olhar ao redor, é sua filha? Ela se perdeu de você?


    - Me chamo Zerelda. Estou à procura de minha filha Misha, que saiu para coletar raízes três noites atrás e ainda não voltou. Esse é o único abrigo num raio de quilômetros de floresta, acredito que ela encontrará o caminho para cá em breve... Mas faça as perguntas que desejava fazer, pixie invisível mas agora visível.

    Dasdingou coça a cabeça:

    -Senhora... Desculpe a sinceridade, mais uma criança de 12 anos perdida por aqui a três dias não parece coisa boa...recentemente fomos atacados por goblins tinham mais de 20 deles, porém conseguimos afugenta-los, espero que sua filha seja safa o suficiente para voltar para a senhora. Não sei se teremos tempo, mas eu poderia ajuda-la, mas sozinho não sou muita coisa, poucos são na verdade.

    Dasdingou olha ao redor meio sem esperança de que alguém além de seu próprio amigo Jack o ajudaria nessa empreitada, mas é algo que ele guarda para sí. Então ele meio sem graça indaga a moça:

    -Tem algumas pessoas que desde que vim para cá não tive noticias mais sei que estão por aqui em algum lugar e espero sinceramente não topar com eles... Espero que você também não... Você ouviu falar em dois nomes como Necross e Narissa? Ou o "Necromante" e a "Bruxa", algo que chegaram a alguns anos... Sei que necromante e bruxa soa bem genérico, mas...se você tiver alguma informação sobre isso me ajudaria.

    O pequenino indaga com certa apreensão, mas logo sorri com a piada feita por Sanes sobre o Jack apesar de discordar soou engraçado.

    -hihihihihi, Do que você está falando Sanes, ele não é assim. Encerrava ele com ar de riso.
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 3472
    Reputação : 69

    ON - Viajantes na Estrada - Página 6 Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Claude Speedy em Qui Set 17, 2020 8:02 pm

    Aquele que botar as mão sobre mim, para me governar, é um usurpador, um tirano. Eu o declaro meu inimigo.


    Ouvindo o comentário, Jack pensa.

    —Creio que vamos precisar de um rastreador...

    Falava em voz alta.

    —Se você assume que não existe esperança, então você garante que não haverá esperança, "Dasdi". Se você assume que existe um instinto em direção à liberdade, então existem oportunidades de mudar as coisas... Nós podemos e vamos achar a garota.

    Jack o fazia para incentivar a busca, apesar de concordar com os perigos e riscos quanto aos Goblins, novamente Jack se sente indefeso porque não saber como a magia nesse mundo funciona.


    [/quote]
    Edu
    Wyrm
    Edu
    Wyrm

    Mensagens : 7659
    Reputação : 115

    ON - Viajantes na Estrada - Página 6 Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Edu em Qui Set 17, 2020 9:51 pm

    - Sei como é, eu mesmo já mexi com advinhação algumas vezes. Tarot e mão são só o começo. Não, não vi nenhuma menina não senhora - nega ele ter visto uma menina enquanto coçava a barba - Hm... passamos por um grupo violento de goblins no caminho para cá pode ser que eles tenham algo a ver com o sumiço se bem que... os goblins tendo algo a ver não imagino um resultado muito bom. Bem, boa sorte na sua procura.

    Como Sanes não tinha nenhuma pergunta ele avançou assobiando para outra parte do vilarejo. E foi para a Taverna entrou lá e se sentou numa mesa, ficou só olhando em silencio, no momento não tinha nada para fazer ou perguntar.
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 3472
    Reputação : 69

    ON - Viajantes na Estrada - Página 6 Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Claude Speedy em Sex Set 18, 2020 12:17 pm

    Aquele que botar as mão sobre mim, para me governar, é um usurpador, um tirano. Eu o declaro meu inimigo.


    Ouvindo Sanes comentar sobre as próprias habilidades dos vistani, Jack pensa que talvez seja essa a saída.

    —Adivinhar... Sim, talvez seja essa a saída para acharmos essa criança.

    Falava em voz alta.

    — Zerelda, eu gostaria que pudesse ler onde ela esta. Dasdingul e eu a acharemos e a traremos de volta...

    Vendo que os sacerdotes, como fazem todos os clérigos, não iriam se importar com qualquer rebanho.


    scorpion
    Mestre Jedi
    scorpion
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1045
    Reputação : 70

    ON - Viajantes na Estrada - Página 6 Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por scorpion em Qui Set 24, 2020 12:29 pm

    Raine sentou-se e tirou 3 peças de cobre da algibeira e colocou-as sobre a mesa, então foi arrastando uma a uma e falando pelo que eram.

    Raine: Uma peça de cobre pelo ensopado... outra por outro pote de ensopado.... e outra para que você sente um pouco aqui, me faça companhia e jante comigo. Não estou no humor de jantar sozinha esta noite.

    Aguardava a resposta da mulher.

    Raine: A propósito.... Vi que Vistanis não eram bem-vindos aqui. Por qual razão, senhorita?

    Curioso...
    Alexyus
    Mutante
    Alexyus
    Mutante

    Mensagens : 664
    Reputação : 36

    ON - Viajantes na Estrada - Página 6 Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Alexyus em Ter Set 29, 2020 5:15 pm

    SANES

    Sanes escreveu:- Sei como é, eu mesmo já mexi com advinhação algumas vezes. Tarot e mão são só o começo. Não, não vi nenhuma menina não senhora - nega ele ter visto uma menina enquanto coçava a barba - Hm... passamos por um grupo violento de goblins no caminho para cá pode ser que eles tenham algo a ver com o sumiço se bem que... os goblins tendo algo a ver não imagino um resultado muito bom. Bem, boa sorte na sua procura.

    Sanes rapidamente se afastou da mulher vistana quando o pixie e o monge se aproximaram, ignorando o gracejo de Dasdingou.

    Embora o sacerdote pensasse estar num vilarejo, não havia nada ali além da estalagem e do celeiro. Procurando algo semelhante a uma taverna, Sanes entrou na estalagem, onde encontrou Raine e boa parte dos membros da caravana. 


    DASDINGOU & JACK

    Dasdingou mostrou-se receoso sobre o destino da filha da vistana.

    Dasdingou escreveu:-Senhora... Desculpe a sinceridade, mais uma criança de 12 anos perdida por aqui a três dias não parece coisa boa...recentemente fomos atacados por goblins tinham mais de 20 deles, porém conseguimos afugenta-los, espero que sua filha seja safa o suficiente para voltar para a senhora. Não sei se teremos tempo, mas eu poderia ajuda-la, mas sozinho não sou muita coisa, poucos são na verdade.

    Mas Jack o repreendeu logo em seguida.

    Jack escreveu:—Se você assume que não existe esperança, então você garante que não haverá esperança, "Dasdi". Se você assume que existe um instinto em direção à liberdade, então existem oportunidades de mudar as coisas... Nós podemos e vamos achar a garota.

    No entanto, a vistana Zerelda redarguiu:

    - Não precisam se preocupar, gentis senhores! Misha conhece bem essas matas e é muito boa em se esconder, tenho certeza de que logo encontrará o caminho para cá... eu quase consigo senti-la nos ventos... De qualquer forma, eu lhes agradeço muitíssimo pela oferta! Aqui, eis um presente por sua generosidade.

    A velha remexeu num bolso interno e estendeu a mão, entregando uma moeda a Jack. Era uma estranha moeda, com símbolos desconhecidos, diferente de qualquer cunhagem que ele ou Dasdingou já tinham visto.

    Moeda:
    ON - Viajantes na Estrada - Página 6 Trinke10


    Dasdingou ainda tinha outra preocupação.

    Dasdingou escreveu:-Tem algumas pessoas que desde que vim para cá não tive noticias mais sei que estão por aqui em algum lugar e espero sinceramente não topar com eles... Espero que você também não... Você ouviu falar em dois nomes como Necross e Narissa? Ou o "Necromante" e a "Bruxa", algo que chegaram a alguns anos... Sei que necromante e bruxa soa bem genérico, mas...se você tiver alguma informação sobre isso me ajudaria.

    Zerelda olhou profundamente no fundo dos olhos do pixei com uma expressão penetrante, e Dasdingou sentiu como se ela encarasse diretamente o âmago de sua alma. Por fim, ela sacudiu a cabeça e disse:

    - Há trevas próximas a você, pequeno ser (in)visível, mas não as que receia. As duas sombras que você teme estão distantes, mas seus caminhos podem voltar a se cruzar caso suas escolhas levem a isso...


    RAINE & SANES

    Raine foi a primeira a entrar na estalagem, mas logo os passageiros e servos da caravana entraram também, provocando um grande alarido.

    Raine escreveu:Raine: Uma peça de cobre pelo ensopado... outra por outro pote de ensopado.... e outra para que você sente um pouco aqui, me faça companhia e jante comigo. Não estou no humor de jantar sozinha esta noite.

    A moça sorriu, mas devolveu duas moedas, ficando com apenas uma.

    - Agradeço o convite, senhora, mas parece que não terei muito descanso essa noite, e também não lhe faltará companhia.

    Ela falou indicando a porta, por onde entravam cada vez mais viajantes do comboio mercantil.

    Raine ainda teve tempo de fazer mais uma pergunta:

    Raine escreveu:Raine: A propósito.... Vi que Vistanis não eram bem-vindos aqui. Por qual razão, senhorita?

    A moça ia responder quando uma mulher de meia idade em um vestido bem surrado saiu da adega carregando algumas garrafas de vinho sobre um braço e uma panela de ensopado esfumaçando de fresquinho. O cabelo da mulher era rebelde e despenteado. Ela cumprimentou Raine e os demais recém-chegados com um breve "olá" e chama Kesta até o bar.

    LaDonna Deski:
    ON - Viajantes na Estrada - Página 6 Ladonn10

    As duas mulheres começaram a servir copos e pratos para todos, incluindo Raine, seguindo de vinho e uma concha de ensopado para quem tinha pedido. Logo, estavam servindo Raine, e a velha falou:

    - Boa noite, senhora. Sou LaDonna Deski, dona da estalagem. Deseja algo mais além do ensopado?

    Baixando a voz, ela falou num tom mordaz:

    - Não gostamos de vistani por aqui, senhora, e você também seria sábia se ficasse longe deles. Deixe que cuidem de seus assuntos e desapareçam assim que possível, enquanto eu cuido dos meus próprios negócios.

    Sanes chegou a tempo de ver a velha estalajadeira sussurrando algo para Raine.
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 10236
    Reputação : 75
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    ON - Viajantes na Estrada - Página 6 Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Sandinus em Ter Set 29, 2020 10:15 pm

    Dasdingou ouve a vistani reforçar que acreditava na sua filha e não havia necessidade dele e Jack se preocuparem. O pequeno apenas acena positivamente entendendo a situação e lançando um olhar para Jack que ele entendia que não precisávamos mais intervir. Se ela disse isso e vistanis tem fama de serem videntes provavelmente ela sabe que a sua filha voltaria.

    Porém, para sua surpresa, ela oferece como agradecimento pela preocupação uma estranha moeda, completamente icônica e de cunhagem desconhecida. O pequeno acena para a moça:

    -Obrigado senhora, sei um pouco sobre vocês e confio em seu instinto. Vai dar tudo certo para você e sua filha... Quanto a essa morda, ela é bem diferente, tem propriedades mágicas?

    O Pixie ainda aguardava a resposta sobre a segunda pergunta, a Vistani olha nos olhos do pequeno como se olhasse sua alma e responde de forma misteriosa porém esclarecedora para a pergunta do pequeno. O pixie fica um pouco assustado pelo olhar penetrante, mas se mantém firme e esperava o diagnóstico da mulher.

    - Há trevas próximas a você, pequeno ser (in)visível, mas não as que receia. As duas sombras que você teme estão distantes, mas seus caminhos podem voltar a se cruzar caso suas escolhas levem a isso...

    Dasdingou abaixa um pouco a cabeça olhando para o chão pensativo, mas com certo alívio ergue sua cabeça e acena para a moça se despedindo. Ele aguardava Jack para seguirem até a estalagem. - O que você achou sobre o que ela disse quanto as trevas próximas a mim, Jack? Chegando lá ele se junta aos demais e logo procura um dos atendentes e pede o cardápio. Estava faminto.
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 3472
    Reputação : 69

    ON - Viajantes na Estrada - Página 6 Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Claude Speedy em Qua Set 30, 2020 6:07 pm

    Aquele que botar as mão sobre mim, para me governar, é um usurpador, um tirano. Eu o declaro meu inimigo.


    Conforme o Dasdingou comenta sobre o que quisera dizer a vistani sobre as trevas, Jack simplesmente joga ao pixie a moeda que recebeu como sequer a tivesse tido por qualquer momento.

    —Eu sinceramente nem imagino que trevas você possuí, mas fico feliz que as trevas que procuramos estejam distantes. Guarde a moeda com você... Se for mágica é uma ostentação muito maior do que eupreciso.

    Havia muito da magia a estudar nesse lugar, onde a própria magia de Arton não mais funcionava e onde a jovem necromante de seu mundo conheceu outras forças para aprender a manipular. Mas ao chegar aqui, tudo era diferente... Seu modo de ser um falsário se fez completamente diferente.

    Mas ele pensa que precisa aprender... por não saber mais como manipular a magia, um rapaz morreu.

    Se sentava e esperava chegar a comida do pequeno amigo com um tom pensativo.

    scorpion
    Mestre Jedi
    scorpion
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1045
    Reputação : 70

    ON - Viajantes na Estrada - Página 6 Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por scorpion em Qui Out 01, 2020 2:44 pm

    Raine torceu a boca, mas compreendeu... Ela levou uma peça de cobre até os lábios, deu um beijo nela e a entregou na mão da moça

    Raine: Fique com a peça de cobre, então. Não a gaste.... ela lhe trará sorte.

    Uma moça inocente dessas, presa num mundo como aquele... cedo ou tarde, iria sofrer bastante. A moeda que ela lhe deu, em sua mente, pediu a Azzuth que, quando aquela mulher sofresse, que fosse um bom sofrimento e que aprendesse com ele, para se tornar mais forte. Uma benção-maldição? Dependia do ponto de vista de cada uma. Ficou apenas com um pote de ensopado e enquanto estava degustando ele, mais pessoas começaram a entrar e Raine só fez puxar o capuz para cima, caso tivessem desconhecidos entre os que entravam.

    Uma senhora entrou, dando as boas vindas aos novos fregueses e explicando porque não gostavam de Vishantis ali. Raine ouviu tudo e terminou o ensopado. Quando já estava satisfeita, ela foi até a velha e disse.

    Raine: Saudações. Eu e meus contratantes viajantes vamos querer alguns quartos. Porém, eu fui incumbida da segurança deles e toda vez que paramos em uma estalagem eu fico responsável por ver os quartos. Gostaria de poder dar uma olhada neles e conferir as trancas e janelas. Se estiver receosa, pode pedir que a jovem me acompanhe para observar tudo.
    Edu
    Wyrm
    Edu
    Wyrm

    Mensagens : 7659
    Reputação : 115

    ON - Viajantes na Estrada - Página 6 Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Edu em Dom Out 04, 2020 3:31 am

    Sanes olhou a velha conversando com Raine e coçou o queixo mas acabou dando de ombros não era seu problema. Aproximou-se da velha e perguntou:

    - Tendo algum tipo de problema recentemente, nessa... pequena localidade. Por uma certa quantidade de moedas de repente posso ajudar a resolve-los.
    Alexyus
    Mutante
    Alexyus
    Mutante

    Mensagens : 664
    Reputação : 36

    ON - Viajantes na Estrada - Página 6 Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Alexyus em Ter Out 13, 2020 1:28 pm

    Raine escreveu:Raine: Fique com a peça de cobre, então. Não a gaste.... ela lhe trará sorte.

    A garota pegou a moeda e agradeceu com um sorriso, mas logo teve que sair correndo à medida que o salão da estalagem enchia com cada vez mais membro da caravana entrando para comer e beber.

    Sanes escreveu:Aproximou-se da velha e perguntou:

    - Tendo algum tipo de problema recentemente, nessa... pequena localidade. Por uma certa quantidade de moedas de repente posso ajudar a resolve-los.

    A velha deu de ombros, respondendo:

    - Não se preocupe, senhor! Apenas sua presença aqui e seus cobres como pagamento já resolvem muitos problemas...

    Jack e Dasdingou entraram em seguida, arrumando um lugar para se sentar enquanto esperavam ser servidos. Bert e os últimos empregados entraram logo após eles, lotando o pequeno salão.

    Quando todos já estavam mais ou menos servidos e degustando a refeição (que nada mais era que um ensopado bem medíocre) acompanhando uma cerveja (um tanto aguada, mas gelada, o que não ajudava a aquecer do frio da estrada), a porta da estalagem foi aberta com um gesto repentino.

    No umbral da porta, entrou um homem enorme, grande como um urso, e trajando vestes que eram em sua maioria feitas de peles de animais.

    Spoiler:
    ON - Viajantes na Estrada - Página 6 Tom_Ed-1024x578
     

    Com o safanão que ele dera na porta, entrou uma fria rajada de vento do lado de fora. Isso foi o suficiente para que ele fechasse a porta com uma batida violenta, que estremeceu as paredes e produziu um estrondo maior do que todos os membros da caravana poderiam fazer juntos.

    Ele atravessou o salão e foi falar diretamente com LaDonna. A voz dele era alta e cavernosa, e seu tom traía um humor sombrio e zangado. LaDonna falava do modo mais baixo e discreto, mas a chegada do homem causara tanta surpresa que o resto do salão caiu em silêncio, e foi plenamente possível para todos ouvir a conversa deles.

    - LaDonna! O estoque de conservas foi saqueado por lobos! E os suprimentos de carne estão acabando! Já mandei Ulav colocar mais armadilhas na floresta, mas é melhor você economizar na comida!

    - Mas temos muitos hóspedes, Krakov...

    - Não importa, dê um jeito! E não deixe que eles fiquem metendo o nariz por aí! E prepare um balde se algum bêbado quiser vomitar!

    O homem levantou os olhos, passou um olhar por todo o salão, encarando nos olhos todos que se atrevessem a sustentar seu olhar, e finalmente focou-se na garota que atendia todos:

    - Kesta! Vá buscar Peter e mande que ele ajude Ulav com as armadilhas! Eu vou dar uma olhada na adega!

    E juntando a palavra à ação, ele abriu uma porta atrás do balcão e desceu o que deveria ser uma escada, sumindo da vista.

    Bert, que em poucos minutos já bebera prodigioso número de canecas, conseguiu perguntar a LaDonna:

    - Quem é esse camarada simpático?

    LaDonna respondeu, com um tom de desculpas:

    - Este é meu marido, Krakov Desk. Perdoe a grosseria dele por não ficar para conversar...

    Aos poucos, o álcool causou seu efeito e o ambiente no salão começou a ficar mais leve e descontraído. O ensopado ralo enchia os estômagos apenas parcialmente, mas a cerveja, ou o vinho para os mais exigentes, ambos aguados, tinham álcool suficiente para nublar os paladares mais exigentes. Os comerciantes não estavam muito satisfeitos, mas os empregados se contentavam com pouco, e Bert já estava positivamente bêbado.

    Raine escreveu:Raine: Saudações. Eu e meus contratantes viajantes vamos querer alguns quartos. Porém, eu fui incumbida da segurança deles e toda vez que paramos em uma estalagem eu fico responsável por ver os quartos. Gostaria de poder dar uma olhada neles e conferir as trancas e janelas. Se estiver receosa, pode pedir que a jovem me acompanhe para observar tudo.

    LaDonna respondeu bastante servilmente:

    - Mas é claro, senhora! Kesta pode lhe mostrar todas as acomodações agora mesmo!

    A jovem se adiantou para conduzir Raine ao andar de cima onde ficavam os dormitórios, acrescentando solícita:

    - Não se preocupe, senhora, eu posso cuidar até dos seus companheiros mais embriagados...

    Próximo, Bert resmunou com um riso:

    - Eu gosto de ser cuidado por jovens bonitas...

    E logo deitou sua cabeça sobre a mesa.


    OFF: Raine e qualquer um que queira checar os quartos pode fazer um teste de Procurar CD 10
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 10236
    Reputação : 75
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    ON - Viajantes na Estrada - Página 6 Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Sandinus em Dom Out 18, 2020 10:38 pm

    Dasdingo comia alegremente até a chegada repentina do homem, sua aparência por si já era intimidadora, mas sua força também era assustadora. O pequeno achou que as paredes do local iriam desabar. Por outro lado os problemas com lobos pareciam sérios e o aviso para que ninguém fosse se aventurar pelos arredores. Quando ele acabou de falar e desceu enquanto os silêncio ainda imperava ele falou num to suficiente para que todos no salão ouvissem.

    -O mundo é sempre melhor quando tem pessoas sutis e discretas, não é Jack?

    Era uma piada para quebrar o clima no salão. Ele mesmo cai na gargalhada, uma gargalhada contagiante.

    O tempo foi passando ele viu Raine subir para verificar os quartos. O pequeno volta-se para Jack:

    -Vou dar uma olhada por aí...

    Dizia ele enquanto sumia de vista com sua invisibilidade, porém ao invés de ir olhar ao redor ele voou até a adega seguindo o caminho feito pelo homem.
    Edu
    Wyrm
    Edu
    Wyrm

    Mensagens : 7659
    Reputação : 115

    ON - Viajantes na Estrada - Página 6 Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Edu em Qua Out 21, 2020 12:17 pm

    - hm... - nesse momento o marido de Ladonna entrou no estabelecimento e começou a falar, Sanes olhou com interesse no que o homem falava - Podemos caçar esses lobos e ursos para vocês e podem usar a carne deles para substituir os suprimentos perdidos... E ainda podemos entrar na floresta e buscar pela garota perdida. Digo posso fazer isso, não sei se os meu companheiros de viagem vão querer participar.

    Sanes sai de onde estava e vai até o marido de Ladonna.

    - Aonde esses animais circulam geralmente? Tem alguma área definida?
    Conteúdo patrocinado


    ON - Viajantes na Estrada - Página 6 Empty Re: ON - Viajantes na Estrada

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Out 24, 2020 3:11 am