Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    O Jogo dos Tronos - ON

    Alexyus
    Adepto da Virtualidade
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1510
    Reputação : 66

    O Jogo dos Tronos - ON - Página 15 Empty Re: O Jogo dos Tronos - ON

    Mensagem por Alexyus Qui Ago 05, 2021 5:09 pm

    ASDULFOR
    -Bem, espero que sejam boas noticias mesmo...pelo andar da carruagem... E o senhor sabe que minha área de atuação é o estudo da magia, é uma obsessão que tenho aprender mais e quem sabe redescobri-la, há alguma palestra sobre esse tema?

    O arquimeistre abanou a cabeça, dizendo:

    - Esse é seu maior defeito, Asdulfor, esse campo de pesquisa. A magia é algo mítico e totalmente teórico, sem aplicações práticas, e por isso mesmo é uma área que sofre muito preconceito. Certamente ainda há alguns meistres que se interessam por isso, mas nenhum deles arriscaria  sua reputação fazendo uma palestra sobre magia, ainda mais sem nenhum fato concreto novo.

    {quote]-Enfim, mas mudando um pouco de assunto Arquimesitre Arryck, há boatos sobre um grande cavaleiro que poucos conhecem, mas que dizem ser muito habilidoso. Como o senhor sabe, eu fui um soldado antes de me juntar a ordem e essa chama de combates ainda me envolve com alegria e animação, não mais para mim, pois não tenho mais condições, mas pelos outros, pelos jovens. O seu nome, salvo engano...é o... Não lembro seu nome, apenas o que talvez seja um título, O Cavaleiro Raposa... Ouviu algo sobre ele, estou curiosos para vê-lo em ação...[/quote]

    Um sorriso discreto surgiu no rosto do arquimeistre e ele passou a falar:

    - Ah, genealogia, hierarquia, heráldica, campos muito úteis do conhecimento, Asdulfor! Você faria bem em aprofundar-se nisso... Agora, vejamos... Cavaleiro Raposa... É comum que cavaleiros adotem animais como seus símbolos e seus apelidos também... Um exemplo atual bem conhecido é Sôr Sandor Clegane, cognominado Cão de Caça... Nos transcorrer das gerações, não é incomum que um cavaleiro repita o animal de outro cavaleiro de tempos passados... Pode ter havido outros cavaleiros com o símbolo de raposa em outras geraçõs, e talvez até haja dois cavaleiros contemporâneos usando o mesmo símbolo ao mesmo tempo, mas isso seria muito desonroso se um soubesse do outro... na verdade, há relatos de duelos de cavaleiros disputando a honra de usar o mesmo símbolo... Mas é claro que você está interessado no indivíduo mais recente a se chamar de Cavaleiro Raposa... Se me recordo corretamente, foi um cavaleiro que servia sob Aegon II Targaryen, que ficou conhecido como o Rei Louco... Acredito que o verdadeiro nome dele era Clayton Archay... não era de origem nobre, mas ficou bem conhecido como um guerreiro valoroso e bastante leal... Diferente da maioria dos defensores dos Targaryen, ele não dobrou o joelho após o saque de Porto Real e o regicídio... Isso fez com que ele se tornasse um fora-da-lei... Não me lembro de nenhum registro dele depois disso... Mas se quiser posso dar uma olhada nos arquivos, ou, melhor ainda, você mesmo pode verificar os registros aqui de Porto Real e também os de Vilavelha. 


    ARTHUR

    Bem, por este preço gostaria que fizesse minha arma para participar da Justa e reforçar a armadura do meu cavalo, e com esse trabalho avaliarei o seu trabalho. Até lá o preço está acertado e começa a ser pago amanhã, visto o adiantado da hora e o tempo que levará para se instalar. Sua filha já pode ficar conosco. Agora tenho obrigações a cuidar e com certeza o senhor tem providências a tomar, tenha um bom dia.

    O ferreiro Brazier ainda redarguiu mais uma vez:

    - Perdão, milorde, mas quando diz a sua arma para participar das justas, está se referindo a uma espada? Pois as lanças de justa são feitas de madeira, não são parte do meu ofício. Sobre a armadura de seu cavalo, é claro que posso fazê-la, mas o senhor precisa estar ciente de que quanto mais pesada for a armadura, mais lento seu cavalo ficará. Tenho alguma experiência nesse caso, e posso lhe afirmar com certeza que a maioria dos cavaleiros vai preferir uma montaria veloz, a não ser que tenha motivos para temer que haja um oponente desonrado que tentará acertar seu cavalo. Tem certeza que é isso que prefere?

    O herdeiro consulta o mapa de escala que tinha montado e rabisca algumas alterações e designa dois soldados para acompanhar a srta. Alyse em sua buscas assim que terminasse de se alimentar, instrui a forma de busca e o roteiro a ser seguido, indo nas tavernas mais prováveis primeiro e entra na sua tenda para montar o grid de disputas enquanto aguarda chegar seus familiares para conversar sobre os fatos ocorridos.

    Arthur verificou a escala de seus soldados e percebeu que estava ficando com bem pouco pessoal. O atual estado dos seus homens era o seguinte:

    Beron tinha levado Krotalus e Aubrey com ele; Gylen partira acompanhado de  Olac e Sivon, e há pouco tempo Asdulfor saíra escoltado por Wilford e Anthony. Sobravam com Arthur: Andy, Maxwell, Alvin e Tarso.

    Como Andy e Maxwell estavam atualmente de guarda no acampamento, restava a Arthur pedir que seu escudeiro Alvin e o aprendiz de Gyllen Tarso acompanhassem imediatamente a filha do ferreiro Alyse.

    Assim que terminasse, Arthur ainda poderia se dedicar à complicada tarefa de fazer a escalação de seus homens para inscrevê-los no torneio como seu pai ordenara.  Também haveria mais atividades possíveis antes de seus irmãos ou seu pai virem ao acampamento, se é que eles viriam naquele dia.
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2282
    Reputação : 127

    O Jogo dos Tronos - ON - Página 15 Empty Re: O Jogo dos Tronos - ON

    Mensagem por Wordspinner Sex Ago 06, 2021 2:07 pm






    Gylen Snow


    Ao ver Esdres o bastardo sorri aliviado. Era bom saber que ele não tinha sido assaltado ou sequestrado. "Não me veria em outro lugar se eu tivesse os fundos e o tempo livre para aproveitar." Ele recebe o afeto do irmão com satisfação. "Achei que ia ter gastado um pouco mais. Foi tão econômico irmão." Ele nem se preocupa com o dinheiro.

    "Um agrado a mais? Quer aproveitar e comprar o lugar?" Ele pergunta brincando.







    Sandinus
    Moderador
    Sandinus
    Moderador

    Mensagens : 11244
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    O Jogo dos Tronos - ON - Página 15 Empty Re: O Jogo dos Tronos - ON

    Mensagem por Sandinus Seg Ago 09, 2021 10:39 am

    Asdulfor ouve atento o puxão de orelha do Arquimeistre quanto a pouca atenção que dava a genealogia, hierarquia, heráldica e sua dedicação ao estudo da magia, mas o Asdulfor já manipulava a magia em parte. Ele era um warg e possuía o dom da visão verde e queria descobrir mais. Ele não se importou muito com a critica, o que mais lhe interessava eram as informações quanto ao Cavaleiro Raposa e pelo que foi falada foi melhor do que ele pensava, inclusive o nome dele o que facilitaria uma busca sobre seu alvo e é claro, a possibilidade de pegar mais informações fazendo sua própria pesquisa.

    -Entendo... quase um fanático apoiador Targaryen. Bem de toda forma, seguirei seu conselho Arquimeistre Arric e irei pesquisar sobre nos registros. Bem, não vou tomar mais eu tempo, estou ansioso por boas notícias do norte!

    O velho se despede e segue em busca de notícias sobre suas terras com um leve sorriso no rosto, afinal, o nome do cavaleiro raposa poderia ter sido revelado. Restava ele pesquisar mais obre o tema já que realmente pouca coisa o interessaria neste evento.
    DariusNovadek
    Tecnocrata
    DariusNovadek
    Tecnocrata

    Mensagens : 488
    Reputação : 9

    O Jogo dos Tronos - ON - Página 15 Empty Re: O Jogo dos Tronos - ON

    Mensagem por DariusNovadek Qui Ago 12, 2021 2:16 pm

    -Vou apreciar  te colocando para trabalhar neste lugar. Um presente normal e não querer comprar um Bordel. Me fale agora a verdade quem foi a Valkiria que serviu o teu Hidromel? Por este preço estão servindo bebidas dos deuses por deidades femininas só pode...

    A irmã falava numa raiva mal escondida, podia enganar os outros a sua volta, mas não a Esdres. Ele ainda mantém o sorriso no rosto, mas não continua com suas risadinhas.

    - Da próxima vez, coloque regras em seus presentes, irmã. Você sabe que não se consegue pegar um gato das sombras depois que o solta, simplesmente é impossível. Quanto ao lugar, é só saber aproveita-lo e até você vai saber o porque cobram esse valor.

    -Não. Edres, nem pense em contaminar nosso irmão com sua boêmia... Temos muita coisa para fazer, mas antes quem é a tal de Linda que tanto fez você gastar este absurdo? E quer que eu esbanje mais com ela??? Sabe que recompensas devem ser merecidas, e não falo da forma que você acabou de pensar, eu estou falando de trabalhar para ter algo, se esforçar e tudo mais...Aquela coisa de merito por esforços e...e...Tá bom esquece isso ficou bem estranho colocado desta forma aqui...Só me chama a Linda quero ver a deidade feminina que te serviu... "1 DRAGÃO DE OURO E 25 GAMOS DE PRATA, EDRES!" se eu tivesse te deixado aqui por mais tempo provavelmente você bateria seu recorde de gastos...

    - Pode se contaminar quem ja foi contaminado? *Esdres olha pro irmão, ele devia estar se matando de rir por dentro* - Ja terminei meu serviço por aqui, mas se quiser mesmo ver a sua breve cunhada, peça para a Alanys, eu perdi a Linda de vista quando eu sai do quarto, ela é muito desejada... E mais uma vez minha irmã, temos dinheiro para gasta-lo, dinheiro não tem uso quando guardado. No mais, se não quiser me dar o tão prometido presente, pode deixar que eu pago, eu sei guardar dinheiro também.


    *Caso a irmã não pagasse, Esdres acertaria com Alanys 1 dragão de ouro e 50 gamos de prata*

    Após resolver a questão da conta, e após a irmã ter conversado com Linda (ou não), Esdres viraria pra ela e pro irmão e diria:

    - Bom, agora vamos ver o que eu comprei com todo esse dinheiro?

    Esdres leva os familiares até o soldado Hallad, cumprimenta-o de forma amigável e diz:

    - Meu caro Hallad, como tem aproveitado na minha ausência? Espero que bem. Você ja conheceu meus irmãos, mas queria apresenta-los formalmente, essa é minha adorável irmã gêmea Lícia Felinight e esse é meu irmão Gylen Snow. Estávamos conversando e Lícia está com muito medo de andar pelas ruas da capital, a ponto de me procurar aqui para que eu possa estar ao lado dela. Mas disse a ela que não precisa se preocupar, a guarda real tem soldados muito bons como vossa senhoria, e sei que vocês tem um apresso muito grande pelo Felinight, não é mesmo?

    Fez isso para mostrar para a irmã e o irmão a conquista que teve. E esconder a que não teve. Após isso estava livre para partir.
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1510
    Reputação : 66

    O Jogo dos Tronos - ON - Página 15 Empty Re: O Jogo dos Tronos - ON

    Mensagem por Alexyus Qui Ago 12, 2021 9:49 pm

    ASDULFOR


    Despedindo-se do Arquimeistre Erryk, Asdulfor subiu as longas escadarias da torre do Grande Meistre Pycelle, que levavam primeiramente aos aposentos privativos dele (excepcionalmente abertos aos demais meistres durante o conclave), e finalmente no topo da torre ao corvário da Fortaleza Vermelha, certamente um dos maiores aviários dos Sete Reinos.
    Spoiler:
    O Jogo dos Tronos - ON - Página 15 Corvos10
    Asdulfor já estivera no corvário em Vilavelha, de longe o maior e mais tradicional, afinal era o berço da Ordem dos Meistres, mas tinha que admitir que aquele de Porto Real não deixava muito a desejar para aquele.

    Havia uma fila enorme de meistres de todas as partes de Westeros, todos ansiosos para receber notícias dos domínios de seus senhores. O velho meistre Cedric era o responsável pelo corvário, e havia uma meia dúzia de acólitos e jovens meistres o auxiliando, mas ainda assim demorava bastante tempo para que cada um dos requerentes recebesse a resposta que buscava.
    Spoiler:
    O Jogo dos Tronos - ON - Página 15 A3aad410
    Alguns recebiam mensagens trazidas pelos corvos de suas terras de origem, outros enviavam instruções através de corvos da Fortaleza Vermelha, e alguns até esperavam muito tempo apenas para descobrir que não havia nenhuma mensagem para eles.

    Entre os meistres que estavam por ali, Asdulfor identificou muitos deles que conhecera em seus anos na Cidadela, embora a maioria fosse de tempos bem mais recentes que os dele. No meio de todos aqueles rostos, ele identificou um rosto jovem e recém visto, mas que ele se lembrava com clareza: meistre Ferris, o meistre que ele vira na tenda de Adham Dannett. Ferris parecia muito animado, conversando com outros meistres com entusiasmo indisfarçável. Embora os olhares dele tenham se cruzado várias vezes com o de Asdulfor, ele não demonstrou qualquer reação além do respeito devido aos meistres mais velhos. Asdulfor lembrou-se que ele vira Ferris através dos olhos de um rato, e que Ferris nunca o vira pessoalmente. Portanto, ele não sabia que Asdulfor era o meistre dos Felinight.

    Quando finalmente foi atendido pelo meistre Cedric, Asdulfor foi presenteado com uma carta enviada por Jones Felinight, o irmão de Beron, e seu sobrinho, que ficara como castelão no Castelo dos Sussurros. Jones informava que o rendimento das minas tinha subido nos dois meses que Beron estava ausente, o que aumentava a riqueza nos cofres do castelo. Ele também informava que estava investindo na ampliação das forças militares da casa, o que era muito de acordo com a disposição aguerrida de Jones.  


    ARTHUR

    No início da tarde, um mensageiro chegou ao acampamento trazendo uma mensagem de Lorde Beron. Depois de pagar o homem, Arthur se pôs a ler a carta.

    Beron lhe avisava que durante o presente dia permaneceria na cidade, na companhia de Lady Maria, que estava indisposta. Mas que no dia seguinte logo pela manhã viria ao acampamento para verificiar tudo pessoalmente. Também avisava que provavelmente teriam convidados para o almoço, quase que certamente o Senhor Allafante.
      
    ESDRES, LÍCIA & GYLEN

    Já sabendo da fama de sovina de sua irmã Lícia, Esdres sacou sua própria bolsa de dinheiro e pagou 1 dragão de ouro e 50 gamos de prata, aos quais Alanys recebeu sem reclamar.

    Quando perguntada sobre Linda, Alanys disse:


    - Sinto muito, milordes, mas ela está atendendo outro cliente agora, e não sei quando estará disponível de novo.

    Esdres e seus irmãos não tinham como saber se isso era verdade ou uma mentira bem contada, pois Alanys era uma mestra do jogo da manipulação, soltando palavras sorridentes e indecifráveis com facilidade. Os dois cavaleiros de Dorne que Esdres vira anteriormente ainda estavam no salão, portanto nenhum deles estava recebendo as atenções de Linda no momento.

    Mas ao procurar Hallad pelo salão, Esdres o encontrou sem dificuldade, um tanto mais embriagado e menos vestido do que antes, tendo em seu colo uma beldade radiante que, embora inferior à beleza de Linda, ainda era impressionantemente bela.

    - Meu caro Hallad, como tem aproveitado na minha ausência? Espero que bem. Você ja conheceu meus irmãos, mas queria apresenta-los formalmente, essa é minha adorável irmã gêmea Lícia Felinight e esse é meu irmão Gylen Snow. Estávamos conversando e Lícia está com muito medo de andar pelas ruas da capital, a ponto de me procurar aqui para que eu possa estar ao lado dela. Mas disse a ela que não precisa se preocupar, a guarda real tem soldados muito bons como vossa senhoria, e sei que vocês tem um apresso muito grande pelo Felinight, não é mesmo?

    Hallad cumprimentou Lícia com um certo constrangimento, afinal estava seminu diante de uma dama nobre, mas a presença de Esdres o colocava mais à vontade, e Gylen parecia-lhe inofensivo.

    - Lorde Esdres tem razão, milady! Porto Real é bastante segura durante o dia, os capas douradas estão com a guarda dobrada em todos os postos. Se falar com Vyckon no Portão do Rio ou com Terrance  no Portão do Rei, digam-lhe que o capitão Simonen lhes deu o passe de nobreza para entrar e sair, e eles não vão incomodá-los de modo algum. Pode até dizer que estiveram comigo, Hallad, e eu lhes garanti que não seriam perturbados!

    A prestimosidade do soldado Hallad era grande, mas ele não faria menção de sair da Fonte de Jade tão cedo, aproveitando ao máximo o tempo de folga. Mas estava disposto a usar sua influência para contribuir com a sensação de segurança e a facilidade de mobilidade de Esdres e sua família.

    Do lado de fora, Lícia, Gylen e Esdres procuraram alugar uma carruagem para levá-los ao acampamento, sem mexer com o veículo de Lorde Beron. Depois de alguma pechincha, Lícia aceitou o fato de que teria que pagar 25 gamos de prata para que uma carruagem os levasse aonde queriam ir (e apenas ir, já que o cocheiro e seu veículo não ficaria à disposição depois disso).

    A viagem pelas ruas de Porto Real era lenta, mais lenta do que se tivessem ido a pé. O trânsito era terrível, o cocheiro gritava a todo momento, e muitos pedestres escapavam por um triz de ser pisoteados pelos cascos dos cavalos. Embora razoavelmente confortável, a carruagem não portava nenhum símbolo oficial ou brasão nobre, o que diminuía um pouco sua importância aos olhos dos passantes. Nos portões da cidade, os guardas olharam com desconfiança, pelo menos até que se citasse o nome de um dos capas douradas com quem Esdres confraternizara; de qualquer modo, os soldados não interromperiam o trajeto deles, e até os apressariam para não atrapalharem a circulação.


    ARTHUR, ESDRES, LÍCIA & GYLEN

    Era meio da tarde quando os três irmãos encontraram o primogênito no acampamento Felinight.

    Tal como Arthur já notara, Esdres, Lícia e Gylen perceberam que os Starks não tinham mandado nenhum representante para o torneio, e poucas casas do Norte tinham se disposto a mandar qualquer comitiva. O comboio Felinight era com certeza um dos maiores, senão o maior, do Norte, embora nobres de outros reinos também tivessem trazido um grande séquito de servos.

    Os soldados na entrada do acampamento pareciam bastante cansados e um tanto entediados, e Gylen e Esdres não viram muitos outros soldados por ali.

    Os demais servos, no entanto, estavam vagando por toda parte, dado que o trabalho no acampamento fluía mais suavemente agora que estavam estabelecidos. As moças andavam curiosas e risonhas por todos os lados, e até mesmo o chef Aurilly já fora checar as barracas de comida em seus períodos de folga.

    Para a decepção de Lícia, o seu tio-avô meistre não estava ali, e lhe informaram que ele partira pouco antes do meio-dia.
    Srta. Moon
    Semi-Deus
    Srta. Moon
    Semi-Deus

    Mensagens : 5785
    Reputação : 62
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    O Jogo dos Tronos - ON - Página 15 Empty Re: O Jogo dos Tronos - ON

    Mensagem por Srta. Moon Sex Ago 13, 2021 11:18 am

      Ficou séria em relação ao seu irmão, poderia joga-lo pela janela pelo que ele falou. Pensava que ela era qual tipinho de pessoa para falar aquilo, teria pago o dobro do valor pedido pela tal Alanys, mas não o fez, pois seu foi quem pagou reclamando. Para Alanys falou de forma séria.
    -Então quando ela estiver disponível espero que seja agora mesmo, quando tiver terminado seja lá o que não esta fazendo, ela pode pegar uma carruagem e ir direto para o acampamento dos Felinight e me procure que venha direto a mim, eu mesma pagarei a condução e o valor da hora que ela vai dispersar me acompanhando...
    Tirava de sua bolsa 30 gamo de prata e entregava a mulher.
    -Um agrado para lembrar-se do meu pedido... Espero que no final do dia encontre a tal Linda em meu acampamento...
      Lícia que já estava com raiva e percebendo que tinha algo de errado ali, pois tinha um pedido negado e isso já estava começando a irrita-la de verdade. Seguiu junto com seu irmão provavelmente só encarou o guarda e sorrindo cordialmente.
    -Fico agradecida por sua ajuda, agora sinto que estou segura para andar pela cidade....
      Se despediu de todos, queria ter ficado um pouco mais para conhecer o restante dos amigos do seu irmão, mas parecia que estava correndo contra o tempo, uma coisa tinha em mente não deveria ter colocado os pés naquela cidade e já estava pensando em ir embora voltar para segurança de suas terras ou o conflito administrativo e seguro do salão onde ficava a biblioteca em sua casa.
      Observando a movimentação do lado de fora da carruagem ficou calada ainda estava com raiva, apenas apoiava seu braço na janela.
    -Negar meu pedido, deveria comprar aquele lugar... Na verdade cansei desta cidade existe muita maldade aqui, acho que todos estão parados na sombra esperando o momento certo para apunhalar qualquer um pelas costas, não existe honra, confiança e palavra neste lugar...Quero ir embora, não me sinto segura e tão pouco bem nesta cidade...
      No acampamento tratou de ver como estavam as coisas em geral, não gostou nada de ver os soldados cansados, aquilo não estava bem. Acenou para eles agradecendo pelo esforço extra, veria mais tarde o que poderia fazer para dar um bom descanso a eles, mesmo que sua palavra não tivesse peso algum, faria isso pedindo a seus irmãos. Aos empregados mais tarde veria como estava cada um deles, no momento tinha coisas mais importantes para fazer além de descobrir que se u tio- avó não estava e isso a deixava ainda mais irritada, parecia que não ia ter um bom dia mesmo, e ainda faltava a noite, não poderia ficar mais pior do que já estava para ela, seria muita sacanagem dos Deuses.
      Abraçava Arthur com carinho, ao longo do caminho percebia que poucas casas do norte estavam presente no torneio, e poderia entender os motivos de permanecerem em suas terras , aquele lugar não era digno de visitas amigáveis e como os demais a família deveria evitar qualquer tipo de contato com aquele povo e voltar para o Norte fortalecer suas terras e influencia. Aquele lugar era a desgraça de muitos provavelmente, não queria mais se misturar aquelas pessoas. Comentava para apenas seus irmãos escutarem.
      -Vejo que nosso querido pai se enganou em ter vindo para este festival, eu quero ir embora, não vejo mais nada que me agrade aqui além de encontrar pessoas mentirosas e sem um pingo de honra. No Norte ao menos sabemos quem é nosso inimigo, existe honra e a palavra tem valor...Aqui estamos em uma cidade que mais parece um ninho de cobras...Devemos retornar para casa, bem fez a família Starks em não ter vindo, acho que eles sabem muito bem como são as pessoas deste lugar...
      Adentrava a tenda principal a procura do mapa do reino, queria ver as famílias vizinhas e suas possíveis ligações com as famílias que estão presente no festival. Queria ver os possíveis inimigos que estava ameaçando sua família, junto ao que cada informação separada que seus irmãos tinham no momento, tudo desde o primeiro dia de viagem, as pessoas mortas, o desaparecido na taverna e por ai vai. Queria ver uma logica em tudo, um possível ponto de partida para começar a caçar o verdadeiro inimigo que até o momento estava nas sombras.
    -Eu vou até o acampamento dos Danoninhos, vou conversar com o Adham Dannett ver o que realmente está acontecendo e não vou sair do acampamento dele, enquanto o mesmo não tiver a coragem de um homem de verdade e me encarar... Falar na minha cara toda a mentira que fizeram aquele estupido acreditar e se tiver que dar um tapa na cara dele vou dar...Quem sabe ele fique um pouco mais inteligente sendo esbofeteado... Se a Linda aparecer creio eu que não vai, por fim fou gamos de prata jogado fora com aquela tal de Alanys, bom, tanto faz se ela aparecer alguém fique cuidando dela até meu retorno, nada de gracinhas e não deixem o meu querido irmão Esdres chegar perto dela...


    OFF: quero reunir o pouco de informação geral de cada um antes de rolar astucia para ver o que podemos descobrir, depois rolar outra vez com as informações vindas dos demais parentes avulso pelo cenário.

    OFF²: Eu vou lá no acampamento do Danoninho e ele vai me atender se não já vamos brigar com os guardinhas dele ali mesmo, quero ver se alguém tem coragem de levantar a mão para me bater...
    DariusNovadek
    Tecnocrata
    DariusNovadek
    Tecnocrata

    Mensagens : 488
    Reputação : 9

    O Jogo dos Tronos - ON - Página 15 Empty Re: O Jogo dos Tronos - ON

    Mensagem por DariusNovadek Dom Ago 15, 2021 12:44 pm

    - Muito obrigado, caro Hallad, aproveite o quanto puder!

    Com isso saiu do estabelecimento, acompanhando sua irmã e seu irmão. Lícia parecia com pressa e foi atrás de alugar uma carruagem para os levar de volta ao acampamento, Esdres não a impediu, aquele não era o momento de contrariara outra vez, alias, não deveria fazer isso por um bom tempo.

    Quando a carruagem se mostrou disponível, ajudou sua irmã entrar nela e entrou logo em seguida. O trajeto começou quieto, e Esdres não seria o primeiro a quebrar o silencio, era falador mas não era burro, não queria atormentar sua irmã. Porém, ela mesma foi quem falou primeiro.

    -Negar meu pedido, deveria comprar aquele lugar... Na verdade cansei desta cidade existe muita maldade aqui, acho que todos estão parados na sombra esperando o momento certo para apunhalar qualquer um pelas costas, não existe honra, confiança e palavra neste lugar...Quero ir embora, não me sinto segura e tão pouco bem nesta cidade...

    Esdres pegou sua mão, como forma de carinho.

    - Você não está errada, querida irmã. Estamos muito longe de casa, e aqui outros costumes parecem reger. Mas não vamos ficar aqui muito tempo, é mais um evento de prestígios que temos que cumprir. Temos que manter a calma, nos adaptar e saber dançar a dança deles aqui. Com sorte conseguiremos alguma coisa que nos beneficie aqui, e se não acharmos, simplesmente voltamos para nossas terras, onde tudo é mais seguro la. Além do mais, eu estarei contigo te protegendo.

    Ao chegar no acampamento, Esdres viu que os soldados estavam cansados. Fez um gesto com a cabeça para Gylen, mostrando os pobres soldados.

    - Temos que falar com nosso pai de fazer uma escalas com os soldados, estes ai ainda não se recuperaram da viagem.

    -Vejo que nosso querido pai se enganou em ter vindo para este festival, eu quero ir embora, não vejo mais nada que me agrade aqui além de encontrar pessoas mentirosas e sem um pingo de honra. No Norte ao menos sabemos quem é nosso inimigo, existe honra e a palavra tem valor...Aqui estamos em uma cidade que mais parece um ninho de cobras...Devemos retornar para casa, bem fez a família Starks em não ter vindo, acho que eles sabem muito bem como são as pessoas deste lugar...

    - Em uma coisa você tem razão irmã, seria melhor pra nós se os Starks tivessem vindo, com certeza Lorde Eddard ouviria nossa versão com mais atenção e calma. Mas se o senhor nosso pai nos quis aqui, com certeza deve ter planos para nossa família.

    Ao descer da carruagem, Lícia ja disse que queria conversar com os Dannets, Esdres interveio.

    - Irmã, antes de ir, não acha melhor fazermos uma reunião familiar? Cada um de nós foi para um lugar diferente, talvez cada um tenha uma informação diferente, que juntas podem fazer a diferença. Com isso, você pode chegar no acampamento deles bem mais informada.

    Sabendo da impaciência de sua irmã, ja foi logo solicitar a seu pai esta reunião.
    Srta. Moon
    Semi-Deus
    Srta. Moon
    Semi-Deus

    Mensagens : 5785
    Reputação : 62
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    O Jogo dos Tronos - ON - Página 15 Empty Re: O Jogo dos Tronos - ON

    Mensagem por Srta. Moon Dom Ago 15, 2021 2:37 pm

    Ficou mais calma ao perceber que deveria primeiro reunir informações algo que havia pensado antes, mas pelos desaforos que vem recebendo pedia o juízo das ações. Ficou esperando na tenta principal, novamente procurava um mapa para analisar as terras de aliados e inimigos que cercavam o domínio de sua família. Nem respondia a seu irmão estava irritada no momento mas seguia com o seu pedido de esperar.

    -Mas isso não muda o fato de que eu vou falar com o Danoninho mais tarde... Não acho uma boa ideia incomodar nosso pai e outra ele vai me proibir de agir ou falar com os Danoninhos...
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2282
    Reputação : 127

    O Jogo dos Tronos - ON - Página 15 Empty Re: O Jogo dos Tronos - ON

    Mensagem por Wordspinner Seg Ago 16, 2021 7:45 am

    O homem que encontraram e tota aquela coisa do dinheiro deixaram o bastardo um pouco perdido e nada entretido. Mas era o seu trabalho vigiar eles, às vezes. Ou pelo menos achava que era. Se reservou a um cumprimento simples a Hallad, era melhor não chamar atenção, já que assim poderia apreciar melhor a bela vista local.

    --

    A irmã resmunga sua reclamação na carruagem e isso faz Gylen considerar com cuidado a cidade. Ele teve pouco tempo e sentia de forma diferente, mas talvez estivesse sendo inocente.

    "Minha cara irmã, estaremos de volta antes em pouco tempo. Aproveite o que puder e compre o que for ser útil. Até oportunistas sem coração podem ser úteis. E como Esdres bem disse, temos uma oportunidade na dança e se impressionarmos o rei no trono de ferro a casa Felinight sopode subir."

    Ele pensava nós problemas que tinham tido até ali e que isso logo chegaria a um desfecho talvez até frente ao rei.

    "Tem muitos dragões para se ter na cidade. Mestre Mayo por exemplo, uma oportunidade de lucrar sendo a única fornecedora de uma bebida nova, exótica e forte para o norte. Sei pode pensar em outras, talvez até comprar de verdade o lugar, tio Adulsfor adoraria a ideia."

    Ele diz brincando, mas sabia que o velho consideraria o lugar útil. Putas ouvem todo tipo de confissão.

    --

    A chegada no acampamento era boa e descer da carruagem era melhor ainda. Soldados entediados eram um presente extra, claro que esperariam até Gylen terminar de conversar com os irmãos.

    "Eles estão cansados porque estamos separados e somos muitos. Os soldados são muito bons. Se nós descansarmos um pouco eles descansam juntos. "

    Vendo a férrea determinação de Lícia ele sabia que algo desastroso estava prestes a acontecer.

    "Irmãos, nosso pai tem suas preocupações, mas esse inimigo tentando colocar as duas casas uma contra a outra não é um deles. Um jantar com os outros membros da comitiva pode ser muito informativo, Gaspar, Lu Mei e até Adulsfor devem ter novas luzes sobre nossos problemas. Além disso Adham é perigoso e não é o tipo de homem evitaria feri-lá irmã. Tendo a oportunidade ele a faria desaparecer e séria rápido nisso, se aproximar dele sem proteção é cortejar o desastre. Leve um aleijado se quiser ou seja seguida das sombras. Mas não vá sozinha, ele é perigoso e não é nada respeitoso e não parece ser o inimigo de verdade. "

    Gylen talvez não gostasse muito de Adham. Talvez quisesse mostrar para ele o que mãos rápidas realmente são. Mas preferia tomar um bom vinho e dormir aquecido por uma camponesa bonitinha.

    Infelizmente Gylen sabia que o pai não proibirá a irmã de ir. Infelizmente ele via o seu sono embriagado cada vez mais distante.
    Srta. Moon
    Semi-Deus
    Srta. Moon
    Semi-Deus

    Mensagens : 5785
    Reputação : 62
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    O Jogo dos Tronos - ON - Página 15 Empty Re: O Jogo dos Tronos - ON

    Mensagem por Srta. Moon Seg Ago 16, 2021 4:47 pm

    ficou sentada em algum cômodo na tenda principal, procurava o maldito mapa ainda e novamente ponderava suas ações, poderia estar sendo precipitada demais e escutava o que seus irmãos falavam para ela, e sabia que não viria nada de bom daquele lugar, mas não comento isso.

    -Tudo bem, vou esperar...Enquanto penso em uma abordagem mais amigável e produtiva com o nosso Danoninho...
    Permaneceu vasculhando a procura do mapa.
    -Seu amigo do vinho é meio escorregadio, queria saber mais sobre ele, mas no final o mesmo só me ofertou uma historinha furada sobre vender suas mercadorias...Ninguém vem de tão longe só para isso e sem lucrar muito, entende... Há não ser que esteja falido precisando desesperadamente de alguns Dragões de Ouro...

    DariusNovadek
    Tecnocrata
    DariusNovadek
    Tecnocrata

    Mensagens : 488
    Reputação : 9

    O Jogo dos Tronos - ON - Página 15 Empty Re: O Jogo dos Tronos - ON

    Mensagem por DariusNovadek Ter Ago 17, 2021 3:10 pm

    Esdres esperava na tenda central com sua irmã e seu irmão Gylen, os dois estavam conversando entre si.

    - Se o pobre menino pensar em encostar a mão em minha irmã, vai ser um Danett maneta.

    Comentava quando Licia dizia que iria ao acampamento do mesmo de um jeito ou de outro.

    Não pode deixar de ouvir Gylen comentando com a irmã sobre uma nova bebida, e uma oportunidade de comércio para usa família. Esdres logo se pois de pé, ja estava começando a ficar entediado.

    - Como disse, meu irmão? Uma nova bebida sendo disponibilizada para nossa família? Está falando com a pessoa errada, Lícia não é tão apreciadora assim desse tipo de bebidas, que membro da família entende mais de bebida do que nós dois?
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2282
    Reputação : 127

    O Jogo dos Tronos - ON - Página 15 Empty Re: O Jogo dos Tronos - ON

    Mensagem por Wordspinner Ter Ago 17, 2021 4:06 pm

    Gylen vê o entusiasmo do irmão com um sentimento misto.

    "Não há dúvidas de que a bebida é primorosa. Deliciosa e forte. Tem o que precisa para agradar nobres de todas as terras. A questão difícil é feita de dragões e transporte. Trazer bebida do outro lado do mar? Garrafas e água ocupam muito espaço em um navio e podem quebrar. Muito prejuízo."

    Ele fala quase como se fosse contra a ideia.

    "Nesse caso se vende exclusividade e se vende só para os grandes nobres capazes de pagar carro. Um ótimo começo se me permite dizer isso sem nenhuma experiência. Mas imagine comigo."

    Ele bate a bengala levemente no chão e faz um cotorno tosco do que deveria ser westeros.

    "Imagine nas terras fluviais, com água boa de sobra, que se produza uma bebida de tal calibre. Não seria possível no frio do norte muito diferente de Braavos. Mas terras fluviais? Imagine poder escoar a produção tão facilmente para as terras do rei quanto para o norte, ou até o rochedo do leão e as terras altas? Seriamos concorrentes do grande jardim e importando apenas o que não pudermos plantar nos mesmos. Poderiamos até comprar de jardim de cima se o preço for melhor. "

    Ele respira fundo olhando de um irmão para o outro.

    "Só pensar essas coisas já me deixa tonto."
    Srta. Moon
    Semi-Deus
    Srta. Moon
    Semi-Deus

    Mensagens : 5785
    Reputação : 62
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    O Jogo dos Tronos - ON - Página 15 Empty Re: O Jogo dos Tronos - ON

    Mensagem por Srta. Moon Ter Ago 17, 2021 5:24 pm

    Encarava Esdres, e gesticulava em negativo com a mão.
    -É isso que eu tenho medo, por isso prefiro ir sozinha, provavelmente vocês machucariam o coitado... Arrisco a dizer que no máximo ele vai falar um monte de palavrão...Não imagino alguém ser assim, tão agressivo a este ponto...
    Permaneceu procurando o que venho buscar naquele lugar, mas não deixou de prestar atenção no que seu irmão Gylen comentava, até imaginava o custo da mão de obra e tudo mais.
    -Em barril. Prefiro apenas o liquido, depois podemos vender em alguma jarra artesanal exótica para os nobres e demais apreciadores de uma boa bebida... Na próxima oportunidade que encontra-lo vou firmar um contrato teste de quatro meses para ver como vai comportar-se o produto no mercado...O que me preocupa é os ataques que nossas rotas comerciais estão sofrendo por parte dos Boltons...

    Permaneceu sentada vasculhando a procura do mapa.
    Sandinus
    Moderador
    Sandinus
    Moderador

    Mensagens : 11244
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    O Jogo dos Tronos - ON - Página 15 Empty Re: O Jogo dos Tronos - ON

    Mensagem por Sandinus Qua Ago 18, 2021 7:12 pm

    As longas escadarias eram severas para o velho meistre, mas Asdulfro seguia firme, tinha um vigor ainda aceitável e acima do comum para sua idade, mas os males da idade dificultavam sua destreza e precisão, obrigando-o a seguir lentamente. Enquanto observava a fila, o velho viu o Meitre dos Dannets e talvez em meio aquela neutralidade do local talvez fosse uma boa oportunidade de aborda-lo, mas precisaria disfarçar e enquanto lia as boas notícias do norte com alegria fingia continuar lendo enquanto observava a cena aguardando algum meistre conhecido se aproximar do meistre dos Dannets para conseguir se introduzir na conversa de modo discreto.

    Assim que terminasse com ele talvez conseguisse esclarecer melhor a intenção dos Fenlinight, o que facilitaria os tratos com os Dannets. Em seguida ele partiria para os arquivos e iria pesquisar mais a fundo sobre o cavaleiro raposa, seu nome e linhagem. Poderia quem sabe matar dois coelhos em uma cajadada, ainda mais se descobrisse alguma relação paralela que possa ter acesso. O cavaleiro era um fora da lei e inimigo do rei Robert e obviamente de todos que o apoiam.

    A Dúvida era o porque logo o Norte e logo os Fenlinight? Estaria ele envolvido com os Boltons? Ou qualquer uma das casas não muito amigas do norte? Era uma possibilidade.

    O velho apenas aguardava ansiosamente a oportunidade de se infiltrar na conversa.
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1510
    Reputação : 66

    O Jogo dos Tronos - ON - Página 15 Empty Re: O Jogo dos Tronos - ON

    Mensagem por Alexyus Qui Ago 19, 2021 11:15 am

    ARTHUR, ESDRES, LÍCIA & GYLEN


    A saída apressada da Fonte de Jade de Lícia e seus dois irmãos deixou Alanys e seus funcionários atônitos, que não chegaram a responder à exigência algo descabida da nobre.


    Esdres, Lícia e Gylen tiveram bastante tempo para conversar nas mais de duas horas que a carruagem levou para sair de Porto Real e alcançar o acampamento Felinight.


    Ao chegarem ao acampamento, os três puderem ter uma compreensão melhor de como estavam seus soldados. Beron tinha levado Krotalus e Aubrey com ele; Gylen partira acompanhado de  Olac e Sivon, e há pouco tempo Asdulfor saíra escoltado por Wilford e Anthony. Sobravam com Arthur: Andy, Maxwell, Alvin e Tarso. Como Andy e Maxwell estavam atualmente de guarda no acampamento, restara a Arthur pedir que seu escudeiro, Alvin, e o aprendiz de Gyllen, Tarso, acompanhassem imediatamente a filha do ferreiro Alyse. Isso explicava porque Andy e Maxwell pareciam cansados, pois não havia ninguém para substituí-los na vigilância, desmontando completamente as escalas de revezamento anteriormente feitas.

    Ao encontrarem o Primogênito, Arthur informou aos três irmãos da mensagem que acabara de receber de Lorde Beron, de que ele viria ao acampamento no amanhecer do dia seguinte.

    As servas de Esdres vieram recebê-lo assim que ele chegou. Beatrix estava carregando um buquê de flores silvestres, um dos muitos com que estava decorando o acampamento. Anya estava mais animada que de costume, ansiosa para contar a Esdres sobre as muitas coisas que tinha visto na feira e no festival. Daria, por sua vez, queria saber apenas sobre Esdres, preocupando-se como estava e o que tinha feito; ela estava usando uma bonita tiara de brilhantes que Esdres nunca tinha visto, e seu perfume era marcantemente fora do habitual, de um sabor doce e frutado que não se achava no Norte. 

    Lícia se pôs a procurar um mapa que indicasse os vizinhos dos Felinight. Um documento assim era bastante incomum entre os pertences de viagem, e a única possibilidade de alguém ter um desses era o Meistre Asdulfor. Mas buscas em sua carruagem envolviam passar pelo cão e pelo gato das sombras do tio-avô, o que era um tanto perigoso sem a presença do meistre. Mas mesmo que Lícia conseguisse passar pelos animais e mexesse com segurança nos misteriosos pertences do ancião, não havia nenhum mapa político do tipo que ela buscava entre os poucos documentos que Asdulfor trouxera para uma viagem tão longa.


    ASDULFOR

    Entreouvindo a conversa do meistre dos Dannetts, Asdulfor notou que Ferris falava animadamente sobre as últimas descobertas científicas de cada área, demonstrando um prazer acadêmico em debater estes assuntos eruditos. Asdulfor seria plenamente capaz de acompanhar esse tipo de discussões, dado seu vasto conhecimento de certas áreas. Porém, em nenhum momento meistre Ferris abordou qualquer assunto relativo à casa a qual servia, ou aos Felinight, ou mesmo ao torneio do rei. Assuntos políticos pareciam não lhe chamar qualquer atenção naquele momento. Asdulfor teria que ser criativo para introduzir o tema na conversa.

    Quando finalmente teve tempo para examinar os registros da biblioteca do Grande Meistre Pycelle, que estavam abertos às consultas de todos os meistres naquela ocasião, Asdulfor mergulhou em sua tarefa de buscar informações. Era claro que Pycelle não deixaria a totalidade de seus documentos expostos ao escrutínio de toda a ordem de meistres e provavelmente tinha guardado os documentos que lhe fossem de maior importância em um lugar seguro e oculto aos olhos curiosos de colegas que também eram rivais em potencial.

    As pesquisas de Asdulfor sobre o Cavaleiro Raposa davam conta em documentos recentes de que tratava-se de um bandido da Estrada Real, provavelmente baseado em algum lugar da floresta vizinha a Porto Real chamada de Mata do Rei. A maior parte das pessoas achavam que o Cavaleiro Raposa era um cavaleiro errante ou um bandido fingindo ser um cavaleiro para espantar os camponeses e fazê-los desistir de suas posses sem resistir. Descrições físicas apontavam que ele era um homem de meia idade,
    musculoso, com um rosto largo e queixo quadrado. Uma cicatriz descia desde sob seu olho esquerdo até a ponta de seu queixo. Ele usava armadura  resistente porém antiquada, bem cuidada mas desgastada, e cavalgava um cavalo forte de batalha, provavelmente também roubado.

    Verificando documentos mais antigos, Asdulfor descobriu um registro de que o Cavaleiro Raposa era um pseudônimo criado por um certo Lorde Clayton Archay, um cavaleiro que lutara na Rebelião de Robert a favor dos Targaryen, e que se recusara a dobrar o joelho após a derrota do Rei Louco e, portanto, tornara-se um rebelde foragido.

    Documentos sobre a Casa Archay eram ainda mais antigos e foram bem difíceis de encontrar. Era uma casa quase esquecida, e seu último herdeiro conhecido era Clayton Archay, o qual muitos já acreditavam estar morto. As terras Archay tinham sido incorporadas pelo reino do Veado Coroado e foram distribuídas a homens leais que lutaram pelo Rei Robert.

    Já era noite quando Asdulfor descobriu essas últimas informações.

    Ele poderia continuar procurando mais sobre o tema, pois havia uma chance de em algum lugar haver alguma referência útil, mas isso poderia levar um longo tempo e era uma questão de sorte e mera possibilidade. Outra opção que ocorreu ao meistre Felinight foi vasculhar a biblioteca disponível em busca de seu assunto preferido, a magia. Além do acervo disponibilizado, também era tentador esquivar-se pela torre do Grande Meistre e procurar os documentos ocultos e descobrir o que Pycelle queria manter em segredo da Ordem. Por outro lado, Asdulfor poderia dar-se por satisfeito e ir embora, ao encontro de Beron na hospedaria da Árvore Verde, ou mesmo voltar ao acampamento Felinight; o corpo do velho já traía o cansaço daquele dia e o necessário descanso logo seria mais que uma necessidade, seria obrigação.
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1510
    Reputação : 66

    O Jogo dos Tronos - ON - Página 15 Empty Re: O Jogo dos Tronos - ON

    Mensagem por Alexyus Sab Ago 28, 2021 1:49 pm

    ASDULFOR

    Já era noite quando o meistre Felinight deu por encerrada a pesquisa sobre o Cavaleiro Raposa. Não havia mais tempo para buscar outras informações, era preciso procurar o descanso.

    Os dois soldados que escoltavam o meistre o acompanharam até a estalagem Árvore Verde, onde o Lorde Felinight estava hospedado. Depois que o meistre acomodou-se, eles puderam finalmente desfrutar de algum tempo de folga.

    Na manhã seguinte, Beron e Maria iriam ao acampamento, e Asdulfor poderia acompanhar ou não, talvez voltando a torre do Grande Meistre Pycelle onde o conclave prosseguia.

    A noite, seria hora do Banquete do Rei Robert, na Fortaleza Vermelha.

    ARTHUR, ESDRES, LICIA & GYLEN

    Depois da busca infrutífera de Lícia por um mapa que lhe indicasse seus vizinhos, ela foi até o acampamento dos Dannetts, junto com Gylen. Mas ali estavam apenas os três rapazes que o bastardo já encontrara antes. O cavaleiro, o meistre e o herdeiro Dannett não estavam ali, e os três rapazes informaram que eles estavam na cidade de Porto Real.

    A noite transcorreu sem incidentes, com os soldados de guarda bastante cansados .as mantendo suas posições.

    Na manhã seguinte, logo nas primeiras horas de claridade, logo após o desjejum, Lorde Beron, Lady Maria e os soldados Abyss e Krotalus chegaram ao acampamento. Beron queria saber de Arthur sobre as preparações para o torneio. Maria levou Lícia para ajudar na arrumação do acampamento, ordenando aos servos que se preparassem para receber visitas.

    Perto do meio-dia, o senhor Alafante e a filha Inês chegaram ao acampamento, sendo recebidos por Beron para o almoço. Todos os filhos Felinight puderam participar da refeição e das conversas.

    Pouco após o almoço, o comerciante Mayo Vierro chegou com duas mulas carregadas com quatro barris da bebida cheldarro, procurando Lícia Felinight. Dessa vez, ele estava disposto a proporcionar uma degustação da bebida para os desejosos, e também de negociar um acordo comercial com os nortenhos.

    No fim da tarde, os Felinight precisariam começar a se arrumar para uma ocasião muito importante: o banquete do rei Robert. Beron e Maria usariam suas melhores roupas, penteados e perfumados, e exigiriam o mesmo de seus filhos.
    Sandinus
    Moderador
    Sandinus
    Moderador

    Mensagens : 11244
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    O Jogo dos Tronos - ON - Página 15 Empty Re: O Jogo dos Tronos - ON

    Mensagem por Sandinus Sab Ago 28, 2021 3:54 pm

    Após as pesquisas Asdulfor se dirigiu a estalagem onde Lorde Beron e Lady Maria estavam, como já era tarde ele apenas explicou a Beron superficialmente o que descobriu, mas que detalharia quando fossem ao acampamento no dia seguinte. Ao amanhecer ele seguiu com toda a comitiva até o acampamento para se inteirar de tudo e saber se alguém conseguiu alguma informação útil.

    Pela manhã o velho Asdulfro preferiu comer no acampamento, lá ele aproveitou com os demais o desjejum.

    -Então, Arthur, Esdres, Lícia e Gyllen...conseguiram alguma informação útil sobre nossa situação, passei o dia pesquisando na biblioteca do Grande Mesitre Pycelle e tenho informações interessantes, porém, queria saber sobre as que obtiveram, antes.

    O velho olha de um lado para o outro circundando o local e com uma expressão de dúvidas indaga os demais:

    -Vocês sabem onde Gaspar e Lu Mei foram?
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2282
    Reputação : 127

    O Jogo dos Tronos - ON - Página 15 Empty Re: O Jogo dos Tronos - ON

    Mensagem por Wordspinner Sab Ago 28, 2021 10:36 pm






    Gylen Snow

    Gyllen procura Arthur assim que acorda e se veste bem o suficiente para ser considerado apresentável. "Irmão, eu pensei muito no que disse e os soldados não vão servir. Eles estão mais entrosados do que nunca, mas não será o bastante." Ele diz baixo e lutando para conter a própria frustração. Ele tinha apostado tantas horas nesses homens, tanto esforço, tanta atenção que ele já até conhecia e gostava deles. Mas sabia que estariam cansados até os ossos e lutariam contra homens da nobreza e cavaleiros profissionais descansados e bem equipados e que tinham a real aspiração de ganhar enquanto eles seriam somente a escada de um nobre. "Deixe Aubrey de fora e Olac támbem. Garanta que Krotalus esteja na arena e me diga quem você quer que ganhe. Vou precisar de Sivon e obviamente Tasso é jovem demais para lutar e não deve entrar na sua lista. Escolha o vencedor irmão e informe os nossos homens disso, se entrarem na liça como um time de verdade já teremos vantagem. Vou garantir que tenhamos uma outra força a nosso favor no campo de batalha e você só precisa se preocupar em lutar e vencer ou deixar isso para Esdres..." Ele coça o rosto na barba que deveria já ter feito. "Ou quem você quiser, menos eu. Um aleijado não pode ganhar e nem lutar. Sério ridículo e insultante." Ele aperta a bengala contra o chão para provar seu ponto.

    Depois disso ele vai até Sivon com o que precisaria para fazer a barba. "Meu amigo... Sivon... Acorde, vamos... Levante e venha aqui. Vou precisar que tire essa barba hoje para uma oportunidade única." Então ele prosseguiria a explicar seu plano, somente o que Sivon precisaria saber, enquanto raspava a barba do amigo e falava sobre um corte de cabelo. "Vamos lutar na liça. Mas não como Sivon e Gyllen. Seremos dois desses lutadores misteriosos que os westerosi tanto falam nas histórias e vamos perder gloriosamente..." Ele e Sivon entrariam para lutar separados e atacar qualquer um que enjagasse com o grupo dos irmãos. Sivon estaria ali para proteger Gyllen, mas não a ponto de se machucar, deveria se render ao invés de se machucar. Ganhar tempo ao invés de gloria. Gyllen por outro lado faria o trabalho do bastardo ponto no chão tantos quando conseguisse abrindo caminho para uma vitória mais simples da parte dos irmãos. Já estava pensando em como se deixaria desarmar e cairia pedindo clemência. Tasso iria registrar os dois e Olac faria as apostas que pudesse. Aubrey era o mais famoso dos lutadores Felinight e ficar de fora melhoraria as apostas contra a casa e assim os ganhos quando vencessem.

    --

    Gyllen somente procura Licia quando já está realmente apresentável e depois de combinar os detalhes com Olac, Sivon, Tasso e o irmão Arthur. "Minha cara irmã... Sei que está ocupada organizando todo o lugar, mas preciso dizer algo. Não a conheço o bastante, não sei se gosta de apostas... Porém andei conversando com nosso irmão e creio que podemos ganhar a liça. O grand meele... Não apostaria uma moeda sequer na justa, no entanto. Minhas apostas vão ser todas em..." Ele prossegue dizendo o nome de quem Arthur houvesse escolhido. "Sei que já está recuperada da frustração de não encontrar Adham. Já tem um novo plano?"


    --

    O bastardo parece um pouco envergonhado quando tem de responder sobre as informações que conseguiu ou não. "Infelizmente não descobri muito, Lorde Meister, uma mensão a um Varys aqui e uma demonstração de que os boatos correm soltos. Somos fofoca da corte, logo, estarão nos observando e provocando. No caso, vocês já que eu vou ficar na mesa menos hóstil reservada aos menos importantes." Ele dá de ombros e olha de Lícia para Esdres. Eles provavelmente tinham algo melhor que ele. Pelo menos essa era sua esperança. "Porém, se posso fazer um pedido nesse momento..." Ele realmente não espera permissão. "Liça parece ser um ponto importante para nosso pai e será uma ótima chance de demonstrar força e virtude. As pessoas são julgadas por combate aqui, não é? Adoraria se pudessemos fazer um esforço coletivo com qualquer..." O bastardo procura a palavra certa em algum canto da boca e não encontrando. "De qualquer forma que puderem imaginar." Então ele dá de ombros e olha de um para o outro.







    DariusNovadek
    Tecnocrata
    DariusNovadek
    Tecnocrata

    Mensagens : 488
    Reputação : 9

    O Jogo dos Tronos - ON - Página 15 Empty Re: O Jogo dos Tronos - ON

    Mensagem por DariusNovadek Seg Ago 30, 2021 3:13 pm

    Esdres chegou ao acampamento e logo foi recebido pelas suas três aias, a quem Esdres deu total atenção. Elogiou Beatrix por estar decorando o acampamento.

    - Está deixando o acampamento com sua cara Beatrix, portanto, mais bonito. Será bom para todos nós aqui, além de disfarçar o mau cheiro dessa cidade. Continue assim.

    Sentou-se com Anya e ouviu suas histórias sobre o festival, entusiasmado com a mesma, tentou ver nos detalhes se não tinha nenhuma informação valiosa. Depois foi a vez de Daria, quando ela perguntou onde Esdres estava e o que estava fazendo, Esdres disse:

    - Estava vendo o que o Sul tem a oferecer, e me convencendo que ja tenho tudo o que preciso no Norte. *Diz isso enquanto acariciava os cabelos dela, até chegar em sua tiara* - Espero que você sinta o mesmo, apesar dos presentes. *Esdres diz com um sorriso amigável na boca.

    ...

    Estava tão focado em dar atenção para suas aias que nem viu sua irmã saindo de seu acampamento e indo até os Dannets, pelo menos Gylen foi com ela.

    Passou a noite tranquilo no acampamento, ja tinha feito sua libertinagem do dia. Apenas conversou com alguns soldados, tentando aliviar o cansaço deles, mas logo foi dormir.

    ...

    Esdres acordou cedo, e andou pelo acampamento como se nunca tinha feito antes, e realmente era algo estranho pra ele, acordar antes do que a maioria, e sem ressaca.
    Ficou a porta do acampamento da família, olhando os estandartes e com sorte conversaria com algum nobre. Mas logo foi chamado pelo Tio-avô para uma reunião familiar.

    Provavelmente foi o primeiro a chegar, e esperou os demais. Seu tio, como de costume, presidia a reunião e foi ele quem a iniciou, perguntando algumas informações. Após Gylen falar, Esdres começou:

    - Também não tenho muitas informações a dar, mas tenho uma notícia que pode nos ajudar e muito a todos nós: A guarda-real é nossa. *Esdres reorganizou as palavras em sua mente, talvez tinha exagerado. - Bem, não que ela seja nossa, mas estão bem afetuosos com a nossa família. Isso pode nos ajudar de várias maneiras.. Na locomoção por Porto Real, como Lícia e Gylen puderam ver ontem, e também no reconhecimento de pessoas, onde elas estão no momento, etc.. Quem nós quisermos encontrar, com certeza eles o encontrarão pra gente.

    Off: Vou esperar as respostas para continuar com o post
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 4173
    Reputação : 77
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    O Jogo dos Tronos - ON - Página 15 Empty Re: O Jogo dos Tronos - ON

    Mensagem por Claude Speedy Ter Ago 31, 2021 11:52 am








    Ou o guia era completamente inepto socialmente...
    Ou o sujeito era um tremendo manipulador...

    Dos dois modos, Gaspar sentiu que estava ainda mais perdido por entre as árvores.













    O Jogo dos Tronos - ON - Página 15 _0b42edd8-ce8a-11e6-840e-04a97aefc7ba



    Minha dúvida dissipou-se sobre se ele era um verdadeiro traidor ou um tremendo mestre do logro.

    "Eu comento que estamos na trilha dele, não que ele esteja exatamente aqui..."


    Meus instintos diziam que era a típica e assustadora passiva dos ajoelhadores em sua ingenuidade..

    Era melhor nem tentar explicar o que eu tentei fazer para uma mente tão civilizada e seguir pelas trilhas.

    Infelizmente minha condição nesse lugar só seria útil se eu visse de fato o tal raposa e nesse ponto eu me dispusesse a ocultar-me.





    Conteúdo patrocinado


    O Jogo dos Tronos - ON - Página 15 Empty Re: O Jogo dos Tronos - ON

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Out 21, 2021 5:39 pm