Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Baile de inverno

    Askalians
    Moderador
    Askalians
    Moderador

    Mensagens : 1106
    Reputação : 108
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Baile de inverno Empty Baile de inverno

    Mensagem por Askalians em Qua Ago 12, 2020 9:47 pm

    Depois de um ano letivo super cansativo, nada mais importante do que um belo baile de inverno para poderem curtir, espairecer e quem sabe estreitarem os laços uns com os outros...

    Baile de inverno Whatsa11
    Askalians
    Moderador
    Askalians
    Moderador

    Mensagens : 1106
    Reputação : 108
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Baile de inverno Empty Re: Baile de inverno

    Mensagem por Askalians em Qua Ago 12, 2020 11:35 pm





    Nome do Personagem: Iason Mink
    Idade: 35 anos
    Origem (local de nascimento): França
    Arquétipo: Deus
    Tipo Sanguíneo: A
    Conceito: Diretor

    E finalmente o dia do baile havia chegado e todo o salão de festas daquela imensa escola havia sido arrumado para aquele grande evento de final de ano. A única exigência é que como era uma e=festa formal, todos deveriam usar roupas de acordo com a ocasião. Nada de uniformes escolares seriam permitidos no recinto.

    O salão havia sido decorado em tons de índigo e roxo, que se misturavam muito bem e juntamente com as luzes o ambiente ganhava toda uma coloração que destacaria bem com suas roupas em tons de vermelho e branco.


    Baile de inverno 2770907


    Ele então subiu no palco que havia sido montado para toda a parte musical da festa e então proferiu algumas palavras diante do microfone:

    - Mais um ano chega ao fim. Mais um ano de muito esforço de todos. Aqui dentro desta escola temos a liberdade de sermos quem somos e estudarmos com toda a segurança do mundo exterior. Obrigado a todos por este ano e para celebrar, esta festa é para vocês... mas tenham juízo... - Depois do discurso ele simplesmente desceu daquele lugar e se retirou.

    Sua voz era indescritível, pois chegava a causar arrepios com a seriedade e também era excitante com as vibrações que dela vinha, mas agora a festa podia se iniciar.

    Ao fundo do lugar havia uma mesa ricamente enfeitava com tudo quanto era tipo de comida diferente e garçons iam ficar transitando oferecendo petiscos e drinks sem álcool para os alunos. Os professores iriam ficar de olho no local mas também tinham suas liberdades para poder aproveitar a festa de alguma forma. Isso incluía  também os seguranças da escola, mas tudo deveria ser friamente calculado e com moderação, pois a vigilância no local não podia parar nunca.

    Será que Marshall e Sebastian haviam feito algum esquema para que também pudessem aproveitar as festividades?

    Iyue
    Tecnocrata
    Iyue
    Tecnocrata

    Mensagens : 314
    Reputação : 37
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Baile de inverno Empty Re: Baile de inverno

    Mensagem por Iyue em Sab Ago 15, 2020 3:53 pm


    Baile de inverno





    A
    pós o discurso do diretor, a festa realmente parecia ter seu início.

    Mesmo com a música clássica rolando como som ambiente, muitos dos alunos realmente pareciam se divertir no meio tempo, comes e bebes rolando para todos os lados. Isso incluia vários professores e funcionários da escola participando para ter certeza que nenhum aluno iria fazer alguma babaquisse no meio tempo.


    Do topo da escadaria John estava com o headset ligado, e jogando em um console portátil, enquanto esperava Mina para eles irem para a festa. O jovem havia convidado a amiga/crush para o baile, mas o convite que ele fez foi tão confuso e jogado, que ele tinha certeza que a garota deveria estar brava com ele, e por isso tinha se esforçado de tentar vir arrumado, mas ainda queria evitar a raiva dela. Talvez fosse por isso que estava tentando não olhar ao redor e focar apenas nas imagens que seu console apresentava, mas ele não conseguia. Talvez ele devesse ter feito igual ao outro rapaz na base da escadaria.


    O segurança mais jovem, Lúpus, andava de um lado para o outro, na base da escadaria e do elevador principal, tentando não mostrar o quão nervoso estava, mas após ajustar a gravata borboleta pela miléssima vez, era impossível não perceber, tanto que várias garotas riam dele quando passavam por ele, enquanto recebia palavras de consolo para os colegas que passavam. Ele estava massacrando a rosa em suas mãos, sabia disso e tinha dó da flor, mas seu estado mental não permitia que ele conseguisse realmente parar de esmagar a flor. "Eu deveria ter vindo como lobo, para que eu deveria ter vindo como humano?!" Ele disse, esperando que Sayuri não se importasse com o nervossismo dele.


    Marshall, por mais que havia recebido a permissão de participar da festa desde que ficasse de olho, ainda não estava 100% feliz com a festa. Muito pelo fato de que teve que vestir calça social, mas se recusou a usar uma blusa social, então o sobretudo negro junto da camiseta de mesma cor tinha que ser o suficiente para aquela festa. "Maldita festa de gala" Ele reclamou baixinho, finalmente terminando de fazer a ronda pelas extremidades do salão. Se recussava atravessar por aquele centro e ter de passar pelas milhares de alunas que riam e tentavam puxar os rapazes para dançar, e isso aparentemente incluia alguns professores. Com isso ele pegou uma das taças que os garçons oferecia com as bebidas não álcoolicas, se virando descretamente, e do seu cantil, ele colocava um pouco de whisky na bebida para ficar tragável. Obviamente concordava com as regras dos adolescentes não beberem, mas isso não queria dizer que ele mesmo não poderia tomar um pouco naquela noite para aturar toda aquela festa.


    Já no canto, onde havia um bar onde eram oferecidos alguns drinks não álcoolicos, Andrew escutava seus amigos reclamarem de não ter nenhuma bebida com álcool, e que iriam tentar escapar para comprar bebida e batizar o poncho. O humano sinceramente não estava com paciência para os próprios amigos, pois ele tinha certeza que se ele aprontasse mais alguma antes de passar para o próximo ano escolar, ele iria acabar escutando uma grande bronca da mãe dele, fora todas as punições que iria receber. O bem da verdade, Andrew só estava esperando para Mark entrar na festa, para ele poder curtir a festa de verdade. Puxando a gravata para afrouxar um pouco mais, ele pegou uma das bebidas sem álcool, e sentou em um dos grandes sofás. "Maldita gravata" Ele reclamou, ignorando algumas garotas que tentavam puxar ele para dançar, ou tirar o óculos escuro que usava.


    Na pista de dança, várias pessoas entravam na valsa, incluindo a enfermeira Eliza, que rodopiava nos braços do parceiro. O vestido vermelho no estilo grego, flutuava com os movimentos, revelando um pouco mais da perna dela, atraindo muitos olhares dos rapazes, que entravam na fila para cada troca de música. Eliza dançava com todos, mantendo todas as mãos bobas na altura certa, e não levava nenhum dos companheiros e companheiras de dança a sério. Havia uma única pessoa que ela estava aguardando para passar a noite, e enquanto ela não via ele, Eliza iria se divertir na pista de dança por um bom tempo.


    Já havia se passado algum tempo quando os últimos alunos chegavam para a festa, e isso incluia uma certa raposa que estava nervosa. Kat segurava a barra da capa translucida que ela havia pegado emprestado de Lan Wanji, enquanto descia pela grande escadaria, fazendo com que várias pessoas se voltassem e murmurassem se era realmente a garota que era medrosa. Ao chegar no final da escadaria ela sorriu para Lúpus que ainda estava como uma bola de nervos, antes de entrar no salão. Suas orelhas se voltaram para algumas conversas, até prestar atenção em uma de um grupo de garotas que tiravam deboche dela por estar usando roupas similares ao do professor de música apenas para chamar atenção dele. Se sentindo envergonhada, ela olhou para o próprio vestido, era uma azul pálido com vários bordados de núvens brancas no topo, e mais detalhes bordados na barra, e por isso havia pegado emprestado a peça de roupa de Wanji, pois combinava com o vestido que ela tinha, e por cobrir as costas nuas dela. Kat observou o salão por mais um tempo, ainda tentando ignorar os comentários das garotas que estavam cada vez mais maldosos, carregados de ciúmes por ser a única aluna que recebia um tratamento mais carinhoso do professor.





    Baile de inverno Whatsa17





    Dance all night long
    Bastet
    Mestre Jedi
    Bastet
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1039
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Baile de inverno Empty Re: Baile de inverno

    Mensagem por Bastet em Sab Ago 15, 2020 6:00 pm




    Nana Osaki


    Nana havia ficado responsável pela música da festa. O diretor a havia incumbido de arrumar um DJ bom, que tocasse coisas “adequadas para as crianças do colégio”. Bem, talvez ele devesse ter dito que ela devia procurar alguém adequado para os gostos do diretor... Mas ele não o fez. Então, Nana contratou o DJ que sempre tocava na The Night, e o instruiu a tocar o que fazia mais sucesso entre os jovens. Provavelmente não as músicas mais calmas que Iason queria... Mas.

    Após o discurso do diretor, foi ajudar o DJ a levar os equipamentos para o palco, tendo de se virar para fazer tudo aquilo de salto alto e vestido. Maldito era aquele que inventou que tinha de vestir roupas de gala.

    Roupa:

    Baile de inverno PZCkrC6
     

    Emilio Garcia

    Emílio havia preparado um grande estoque de suas drogas para a venda na festa. O terno chique que Nicolae havia lhe comprado não tinha tanto espaço assim para carregar coisas, por isso dessa vez, ao invés de formato inofensivo de bala, ele optou por pílulas coloridas, que cabiam direitinho no bolso.

    Terminou de se arrumar no quarto do professor, aproveitando pra usar o perfume dele. Nicolae já havia saído pra ajudar na organização, então foi sozinho em direção ao salão. Chegou no meio do discurso do diretor, aproveitando a distração de todos para ir até a mesa do ponche e colocar algumas pílulas no líquido, que se dissolveram rapidamente.

    Depois foi andando pro meio dos alunos, olhando em volta para procurar Nicolae ou algum jovem que quisesse comprar um pouco de diversão.  

    Roupa:

    Baile de inverno DUykv6V


    Heidi Pearson

    Desde a noite na floresta, Heidi e Lud começaram um romance secreto. Um ajudava o outro com suas bestas selvagens e também saciavam os desejos carnais. A jovem sereia estava totalmente apaixonada e ciumenta com o professor, mas, apesar disso, não pôde ir como acompanhante dele no baile. Ambos sabiam que isso poderia ser considerado errado pelo diretor e outros professores.

    Ela comprou um vestido bem bonito para a festa, indo até o salão com Mina, Alison e Aya, meninas que participavam de algumas aulas com ela, e o acompanhante de Aya, Draco... Que andava junto de Aya, claramente não gostando de ter mais duas velas junto ao par dele.

    - Vocês vão encontrar alguém no lá no baile? – a jovem perguntou, andando de braços dados com as meninas sem par, torcendo para elas não possuírem um encontro naquela noite. Não era possível que ela seria a única sozinha... Será que conseguiria dançar com seu lobo?


    Roupa:

    Baile de inverno AVm09LX


    Draco Pendragon

    Draco e Aya haviam se tornado grandes amigos. Ambos eram estrangeiros e costumavam sair para conhecer a cidade juntos. Ela, apesar de não saber dos sobrenaturais do colégio, vivia tocando no assunto, cogitando que os acontecimentos ali não poderiam ser humanos. O dragão não sabia quanto tempo conseguiria esconder dela a sua origem.

    A havia convidado para o baile, com intenção de passar um tempo sozinho com a jovem dos cabelos dourados. Os dois já haviam quase se beijado algumas vezes, mas sempre alguém atrapalhava... E naquela noite não havia sido diferente.

    Aya chamou as colegas para ir com eles para o baile. Agora estavam Heidi, Alison e Mina andando na frente e os dois na parte de trás.

    - Você está linda! – ele disse, reparando na roupa que ela usava.

    Roupa:

    Baile de inverno UREZLbl

    Bastet
    Mestre Jedi
    Bastet
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1039
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Baile de inverno Empty Re: Baile de inverno

    Mensagem por Bastet em Sab Ago 15, 2020 6:49 pm




    Sayuri Ogawa

    Fazia pouco tempo que Sayuri havia descoberto que o seu “cão guia” era, na verdade, seu melhor amigo das aulas de jardinagem. E, desde então, a relação entre eles tava esquisita... Sayuri gostava muito dele, muito mesmo... E saber que ele mentira pra ela a deixava envergonhada e um tanto chateada. Apesar disso, aceitou o convite dele para ir ao baile.

    Pediu sua mãe para ajudar ela a se arrumar, afinal, queria estar bonita para o “encontro”.  Devido ao trabalho da mãe, acabaram se atrasando e ela chegou um pouco depois do início do baile de inverno. Foi andando até o salão,  onde pegou o elevador para ir até o piso da pista de dança. Havia combinado com Lúpus que o esperaria ali... Era mais fácil de ele a encontrar que ela sair tateando todo mundo e perguntando.
     

    Roupa:

    Baile de inverno Cp6ubB0



    Adam Müller

    Adam havia ido junto com John para o baile de inverno. Os dois dividiam quarto e haviam se arrumado juntos, Adam todo bobo por Alison ter aceito seu convite e John todo nervoso por ter convidado Mina. Aqueles dois andavam estranhos... Será que estavam namorando? Era quase impossível de acreditar.

    Estava mexendo no celular, apoiado no corrimão da escada, quando viu as meninas chegando pela porta. Deu um cutucão no amigo, para ele desligar o videogame, e se desencostou, arrumando a roupa e acenando para Alison.

    Foi andando até elas. Estavam em grupo, Alison, Mina, Heidi e Aya... E Draco.

    - Boa noite, meninas, boa noite Draco. Boa noite, Alison – ele disse, animado, dando um sorriso gigante para Alison  – Vocês se deram bem, perderam o discurso chato – ele riu, olhando em volta com receio de algum professor ter ouvido, afinal, ele era o conselheiro das turmas mais novas.


    Roupa:

    Baile de inverno T6bn9zj


    Mina Kyoto

    Mina não estava muito animada com o baile em si. Havia terminado com o namoradinho há algumas semanas e não estava com muito ânimo... Mas John a fez mudar de ideia. Na verdade, John tinha feito algo que ela não entendeu muito bem. Na noite anterior, ela tinha ido no quarto dele para assistirem um filme. Era a vez dele escolher, mas ele deixou ela ver um Shoujo bonitinho... E depois a convidou pro baile.  Depois disse que era como amigos... Mas só os dois.

    Bem, ela não recusaria ir com ele, mas estavam indo ao baile juntos ou só fazendo companhia um para o outro?

    ***

    Quando Heidi perguntou para ela e para Alison se estavam de par com alguém no baile, Mina deu de ombros.

    - Eu não sei! Meninos são tão confusos, né? Até os que a gente pensa que conhece – a menina bufou, vendo John e Adam  no topo da escada.

    Adam veio correndo cumprimentar o grupo... Mina esticou o pescoço pra ver se John estava vindo também, amassando a ponta do vestido com a mão, nervosa.


    Roupa:

    Baile de inverno YqGCo5O

    Larissa Aprill
    Troubleshooter
    Larissa Aprill
    Troubleshooter

    Mensagens : 992
    Reputação : 97
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Baile de inverno Empty Re: Baile de inverno

    Mensagem por Larissa Aprill em Dom Ago 16, 2020 10:09 pm









    Baile de inverno Images-13-1
    Alison Evans

    16 anos

    Alison estava ansiosa e se preparando para o baile durante semanas. Ela tinha sorte de ter feito amizade com a Mina e as outras garotas, elas fizeram compras juntas e decidiram se arrumar no mesmo quarto. Mina maquiou e arrumou o cabelo de Alison. Quando terminou o serviço entregou um espelho para Alison, a menina ficou espantada com o resultado. A maquiagem e a lente de contato ressaltaram a cor dos seus olhos, o blush era suave e combinava com o batom rosado. Os cabelos de Alison caiam como uma cascata sobre os ombros.

    - Mina… está incrível… muito obrigada.- Abraçou a menina feliz.

    O grupo caminha em direção ao salão, Draco e Aya caminhavam mais lentamente e Alison, Heide e Mina andavam de braços dados, quando a loira perguntou se tinham sido convidadas por alguém.

    A menina corou levemente ao lembrar do Adam. Desde o primeiro dia de aula o rapaz esteve ao seu lado e com o passar do tempo ficaram bem próximos, mas não tinha acontecido nada entre eles. Quem sabe essa noite mudaria tudo.

    - Sim… Adam me convidou *-*

    Ela reconheceu o loiro na escada e acenou de volta sorrindo. Ele estava muito bonito com a camisa azul marinho que contrastava com os cabelos loiros. Alison sorriu do comentário dele sobre o diretor.

    O grupo começou a se preparar para descer as escadas e Alison ficou próxima do loiro e disse baixinho.

    - Gostei desse estilo… combina com você.


    ★★★★★★★★★★★★★★★

    Baile de inverno Images-10
    Ryan Niall
    17 anos


    O ruivo estava muito empolgado com a festa, desde que fez amizade com Riki sua vida tinha mudado. O moreno o levava para vários lugares e o ruivo também faz amizade com Matt. Então quando não estava focado nos estudos e com a banda ele curtia as noites com os amigos.

    Riki também estava o ajudando a perder a timidez e tinha até algumas meninas interessadas no ruivo. O jovem chegou na festa usando uma camiseta preta e um blazer marrom. Ele olhou ao redor mas não achou os amigos, por isso enviou uma mensagem no grupo.

    " Acabei de chegar. Onde vcs estão?"

    Enquanto esperava o ruivo encheu o copo de ponche e deu um gole na bebida, sem saber que ela estava batizada.


    ★★★★★★★★★★★★★★★


    Baile de inverno Images-18
    Sung Hoo
    16 anos


    O jovem tinha acabado de chegar escola e fica encarando a entrada, sem saber direito o que fazer. Apesar de ter se arrumado por insistência da irmã, ele não estava empolgado com a formatura. Eles iriam se formar logo e Sung não sabia o que fazer da vida.

    Essa sensação de estar perdido sem rumo e não saber o que esperar do futuro estava consumindo o rapaz. Por isso ele tinha saído de casa mais cedo, para não ter nenhuma conversa desagradável com os familiares. O jovem suspirou e começou a caminhar pelos arredores, enquanto isso acendeu um cigarro para espairecer.




    Askalians
    Moderador
    Askalians
    Moderador

    Mensagens : 1106
    Reputação : 108
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Baile de inverno Empty Re: Baile de inverno

    Mensagem por Askalians em Ter Ago 18, 2020 12:48 am


    O Baile de Inverno

    O
    discurso feito por Iason havia sido o suficiente para que tudo começasse, então ele poderia pegar alguma coisa para beber como vinho por exemplo e aproveitar a festa de uma mesa bem ao canto do salão. Precisava antes de tudo dar uma boa olhada se por acaso Nana havia cumprido o combinado e arrumado um DJ que pudesse tocar músicas adequadas para aquela festa, ao invés das músicas vulgares que alguns jovens teimavam em ouvir.

    Quando viu a professora ajudando com uns instrumentos no palco ficou apenas observando o movimento de suas roupas sobre alguns leves tecidos que pareciam voar. Era tentador mas, sendo servido com uma taça de vinho por um garçom que aparecia ao seu lado, ele observava por debaixo dos seus óculos transparentes porém adequados para que o excesso de luz não afetasse muito sua visão ele via a mulher indo de um canto a outro, bem arrumada naquele salto, naquele vestido, com uma bela maquiagem e lábios bem vermelhos como um morango maduro.

    Sebastian como sempre apenas observava o caminhar das coisas de um canto do salão. Como alguns dos presentes, não gostava também de usar roupas sociais e não se sentia nada a vontade dentro delas, então acabou dando um jeitinho com uma camisa branca emprestava de Ludwig e uma calça jeans preta bem escura que tinha no fundo do armário. Colocou um casaco que imitava o casaco de um paletó e deixou a camisa com apenas 2 botões abertos em cima. Se era uma coisa que ele não tinha eram gravatas, mas para o padrão que o diretor tinha exigido, aquilo serviria. Com um tablet em suas mãos entregue por um dos garçons ele parecia verificar umas câmeras de segurança, vez ou outra, já que é bom prevenir do que remediar. Sabia que a ronda tinha sido feita, mas era bom dar uma olhada geral no sistema de segurança e autodefesa do lugar caso fosse necessário. Encostado na parede, um garçom simplesmente lhe trouxe uma garrafa de água como pedido ele ficou encostado na parede de olho no tablet e vez ou outra na festa. Mandava uma mensagem a cada hora para o diretor dizendo nem que fosse um simples “ok” para indicar que estava de vigia.

    Reparou também que Marshall estava no local e que Lúpus também estava. Parecia que Marshall tinha tido o mesmo problema que ele com relação as roupas e como estava de olho nos cantos do local, cedo ou tarde iria dar de cara com ele por ali. Ele estava bonito com aqueles trajes e chegava a ser engraçado a ve-lo brigando com a gravata e como ficava feliz em ver que não tinha uma para ter aquele tipo de briga, mas porque será que teimava em usar óculos escuros mesmo naquela hora da noite? E nesses momentos ele se distraia por alguns instantes olhando o segurança ao invés de ficar de olho no seu tablet, mas logo voltava a olhar para o tablet.

    Mark não demorou muito para chegar a festa pois era fácil para ele usar roupas sociais, pois andava de terno e gravata diariamente pela escola, mas daquela vez e para a festa, ele havia escolhido um terno bege claro com uma gravata bege um pouco mais escura que o terno, para meio que fazer uma boa composição harmônica, mas com a luzes do local, suas roupas pareciam uma mistura de azul e roxo, apesar se serem bem mais claras do que aquilo. Ele ajeitou os óculos no rosto e eu uma olhada em volta. Ajeitou suas abotoaduras douradas e foi pegar uma água para beber.

    Ferid não parecia nem um pouco preocupado com nada, nem em usar roupas diferentes dos trajes brancos parecendo uma roupa militar que costumava usar desde sempre. Assim era seu jeito de ser, totalmente tranquilo e sem acessos de preocupação com absolutamente nada.

    Ele estava na pista de dança e agora havia chegado finalmente a sua vez de dançar com Elisa, de quem não iria simplesmente deixar que outros tocassem a partir daquele momento. Podia ter roubado a mulher de dançar com outros antes dele, mas era divertido ver como a mulher parecia querer aquilo, mas sabia que quando chegasse sua vez, ela não tocaria em mais ninguém, afinal apesar dos sorrisos, ninguém queria ser machucado pelo professor de esgrima, que nem se deu ao trabalho de deixar a espada guardada na sala de treinos e ela jazia em sua cintura.

    Lan Wanji chegou na festa e como que por radar logo localizou Kat e aquela situação toda que se encontrava. Viu que a jovem e suas orelhas se moviam por conta de estar ouvindo com certeza coisas desagradáveis. Como era do seu estilo, ele não usava outro tipo de roupa a não ser aqueles seus trajes azuis, mas naquela festa resolveu pelo menos não usar aquele enfeite no cabelo e deixar algumas madeixas mais soltas, pois pareceria menos indo de outro planeta daquela forma. Ele então caminhou na direção dela, cruzando o baile bem pelo centro do salão e sem se preocupar com o olhar de ninguém e com o que ninguém dizia e simplesmente foi na direção dela e que roupas eram aquela que combinavam perfeitamente com as dele? Seus cabelos pretos e bem longos esvoaçavam pelo meio do salão causando aquele mesmo efeito que o diretor causava, mas no caso eram o extremo oposto já que os cabelos do diretor eram de um loiro quase prateados e os de Lan eram de um preto bem denso.

    Não eram sem noção mas também não fazia questão de esconder que algo havia ali entre ele e a garota, seja um romance secreto ou não, pois ele simplesmente era assim. Ele era discreto com atitudes, mas demonstrava que havia certa predileção por ela, mas no quesito romance procurava ser o mais discreto quanto o seu corpo humano pudesse aguentar.

    Nicolae não teve problemas em se vestir para festa pois suas roupas sociais do dia a dia casavam bem com o evento, apesar de ser um pouco antigas, pois tinha alguns detalhes em renda nas mangas da camisa e na gola da camisa, mas pelo menos não iria usar uma cartola na cabeça como pedia o figurino e nem um bastão. Deixou apenas seus cabelos presos em um rabo de cavalo, já que não eram tão longos assim, pois eram um pouco abaixo da altura do ombro. Saiu do quarto antes do jovem ficar pronto ma sabia que iria ve-lo na festa e deu um leve sorriso quando viu o garoto entrando e logo indo batizar o ponche. Saia que ele ia fazer aquilo de qualquer maneira, mas aparentemente ninguém viu aquilo. Rss....

    Ludwig se esforçava para não dar bandeira do romance e de tudo o que acontecia entre ele e Heide no lago subsolo da escola ou até mesmo na floresta, mas não podia negar que quando viu a jovem chegando com duas amigas e um rapaz, seu coração saltitou em seu peito. A presença dela iluminava o salão sob os olhos dele.

    Por sorte o professor também não precisou se preocupar com roupas sociais pois normalmente usava calça social, colete e camisa branca social. A única coisa que havia feito é que daquela fez aceitou se submeter a um pouco de maquiagem para esconder algumas cicatrizes que tinha.

    Aya acabou indo na festa com a colega de classe Heide e com o amigo Draco. Realmente não sabia do quanto o sobrenatural havia naquela escola e não fazia a menor questão disso. Queria poder passar um tempo mais com Draco e o convite para o baile tinha vindo a calhar. Haviam tidos momentos em que quase se beijaram mas parecia que o destino estava brincando com os dois, como o sol e a lua brincam de um se esconder quando o outro aparecia.

    Quando Draco elogiou suas roupas ela sorriu e aproveitou que as colegas estavam se afastando para poder pegar algo para beber ou comer enquanto ela olharia para ele e pegaria na sua mão para puxar para se sentar em uma mesa com ele para conversar em algum lugar distante dali, onde as amigas não os vissem.

    Indo contra os costumes do seu país de origem, ela simplesmente preferiu se vestir com algo mais típico daquele país onde estava e optou por um kimono de flores azul celeste, afinal festas formais e de gala pediam roupas tradicionais e por mais estrangeira que fosse, aquilo era sinal de um profundo respeito a certas tradições do local.

    roupas de Aya:
    Baile de inverno 8792e190d8745f940e396c8cb0b66b6b

    -Obrigada Draco….

    Riki não estava animado para festas ainda mais porque não havia bebidas no local e nem podia fumar, mas com muito trabalho conseguiu convencer Matt também com a promessa de pegar algumas garotas. E mal havia chegado no local quando recebeu a mensagem de Ryan perguntando onde estava. Em uma rápida olhada no local achou Ryan e puxando Matt também se aproximaram.

    - A noiva aqui se atrasou um pouco... a culpa não é minha... - dizia Matt zoando de Riki que havia demorado para escolher uma roupa o mais social que conseguia e que no final das contas parecia algo improvisado como Marshall e até como Sebastian, tirando por uma longa corrente prata no pescoço ao invés de uma gravata, coisa que Matt pelo menos usava.

    Depois de alguns instantes Riki ele sentiu o cheiro de cigarro vindo do lado de fora do salão e simplesmente pediu licença aos amigos e foi até lá fora onde viu o jovem que tinha traços asiáticos fumando. Se aproximando e pegando um maço de cigarros do bolso da calça fingiu não achar o isqueiro para ter um pretexto para puxar conversa. Será que era alguém como ele? Então simplesmente disse se aproximando.

    -Tem fogo? Acho que perdi o meu isqueiro... – e lhe deu um breve sorriso mostrando um cigarro negro, que parecia ser bem mais forte que o que o outro jovem fumava.




    Larissa Aprill
    Troubleshooter
    Larissa Aprill
    Troubleshooter

    Mensagens : 992
    Reputação : 97
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Baile de inverno Empty Re: Baile de inverno

    Mensagem por Larissa Aprill em Ter Ago 18, 2020 12:59 pm





    Baile de inverno Images-10
    Ryan Niall
    17 anos


    O ruivo estava sentado numa mesa lateral, por sorte longe dos professores, e ele percebe duas… não… quatro pessoas se aproximando. Conforme a distância ia diminuindo, Ryan conseguia focalizar a visão em Riki e Matt, mas eles ainda pareciam meio borrados.

    Matt faz uma brincadeira sobre Riki e Ryan ri, fazia sentido, Riki deveria ter muitas roupas para escolher. O ruivo cambaleou para frente e foi apoiado por Matt. Então o ruivo enlaçou seu pescoço com o braço, mas ainda encarava Riki de frente.

    -A fessxxta está sxxhata ssem voccêêisss!!!- Ele falava mole e arrastado.

    Riki saiu por um momento e Ryan encara Matt, os dois estavam bem próximos. O ruivo via pontinhos brilhantes no rosto do jovem.

    -Estrelinhas!-O ruivo começa a acariciar o rosto do Matt, pois queria pegá-las.

    Algumas meninas se aproximaram dos dois, mas ao perceber que estavam abraçados elas pararam para observar e cochichar entre risos.

    ★★★★★★★★★★★★★★★


    Baile de inverno Images-18
    Sung Hoo
    16 anos


    A brisa gelada do inverno não incomodava o jovem, mas via que a ponta do nariz estava ficando avermelhado. Enquanto soltava a fumaça, um rapaz se aproximou com um sorriso e pede o isqueiro.

    Sung confirma com a cabeça, tira o objeto metálico do bolso e estendeu as mãos. Ele fez uma cabaninha enquanto acendia o cigarro para o vento não apagar. Os dois fumaram por alguns segundos em silêncio.

    - Aqui está melhor do que lá dentro? - Ele tinha visto Riki saindo da festa

    Iyue
    Tecnocrata
    Iyue
    Tecnocrata

    Mensagens : 314
    Reputação : 37
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Baile de inverno Empty Re: Baile de inverno

    Mensagem por Iyue em Ter Ago 18, 2020 3:12 pm



    Nome: Lúcio Ornstein

    Idade: 16 anos

    Altura: 1,78m

    Origem: Alemanha

    Arquétipo: Metamorfo - Lobo

    Clubes: Kickboxing e Jardinagem


    Quando Lúpus viu Sayuri, ele sentiu uma estranha calma, e caminhando até ela, ele chamou ela antes de pegar a mão dela. “Sayuri!” A voz dele estava banhada de felicidade de ver ela, mas ao mesmo tempo também tinha um certo receio. Sabia que ela ainda não estava tão feliz com ele por ele ter omitido o fato de que ele era o lobo que havia acompanhado ele para cima e para baixo.

    “Você está linda!” Ele disse, antes de entrar na mão dela a rosa, cujo o cabo estava já detonado, mas a flor em si parecia ter sobrevivido ao nervosismo do rapaz. “Erm, desculpa, eu sei que eu deveria ter tomado mais cuidado, mas…” Ele iria continuar falando como sempre fazia na forma de lobo. Isso não havia mudado, o tom de voz era similar aos uivos e latidos, mas era estranho a falta de pelo.

    “Digo, quer ir dançar?” Lúpus perguntou, tentando achar coisas para talvez distrair daquela sensação de desconforto que havia ficado. E com isso ele voltou o olhar para a pista de dança, e finalmente reparando no baile, achando tudo aquilo completamente estranho, e engolindo em seco, ele sorriu para Sayuri, esperando ouvir também o que ela queria fazer.








    Nome: John

    Idade: 16 anos

    Altura: 1,70m

    Origem: Japão-EUA

    Arquétipo: Humano

    Clubes: Games




    John recebeu a cutucada de Adam, fazendo ele desligar o videogame, e prestar atenção no grupo que havia chegado. Ele tentou ajustar a roupa e os cabelos, mas era um pouco impossível, e descendo a escada seguindo o amigo. John reparou em como Adam parecia feliz de ver Alison, parecia tudo tão mais simples para o amigo.

    Por fim ele olhou para Mina, e sentiu o coração falhar uma batida, e olhando para o outro lado, tossindo para cobrir o rosto que começou a queimar ligeiramente, ele fez um sentido de negar para se acalmar antes de se aproximar do grupo. “Yo!” Ele disse com um sorriso, antes de voltar para Mina e sorrir um pouco mais sincero, ficando parado do lado dela. Era isso que era para ele fazer né? Que confusão tudo aquilo era e fazendo menção de pegar na mão dela, ele hesitou no último momento, guardando as mãos nos bolsos da calça, antes que ele passasse um mico na frente de todos.

    “Chato? Até o próprio diretor parecia entediado de ter que fazer aquele discurso” John comentou, quebrando um pouco mais o gelo, sem se preocupar com os professores. “Vocês também perderam o ponche não alcóolico, parecem que compraram uma bebida forte e batizaram o mesmo” Ele disse apontando para um grupo de rapazes que fazia fila para repetir a bebida do ponche e já estavam começando a ficar um pouco alterados.


    Bastet
    Mestre Jedi
    Bastet
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1039
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Baile de inverno Empty Re: Baile de inverno

    Mensagem por Bastet em Ter Ago 18, 2020 5:41 pm




    Nana Osaki


    Enquanto estava em cima do palco, ajudando o DJ, viu um dos garotos colocando umas pílulas no ponche e deu uma risada. Se lembrava que na época do colégio ela que estava naquele lugar, com um garrafa de vodka.

    Não comentou nada, achando que os meninos precisavam se divertir pelo menos uma vez ao ano... E as drogas do garoto circulavam pelo colégio há um tempo, sem fazer realmente nenhum mal como as drogas sintéticas.

    Terminou de ajeitar o palco, com os microfones das bandas que tocariam mais para o meio da festa e para o anúncio de Rei e Rainha do baile (coisa que achava muito ultrapassada, mas, aparentemente, era tradição) e logo desceu do palco.

    Uma música remixada começava a tocar, enquanto os alunos ainda entravam pelo baile, a pista começando a ter gente dançando.

    Nana pegou um pouco do tal ponche, vendo que as crianças já estavam tirando a gravata após beber. Riu e andou na direção do diretor, bebericando o que devia ser um suquinho de groselha.

    - Esses trajes tão adequados, diretor? – deu uma voltinha, abrindo um sorriso.  Logo se sentou ao lado dele na mesa – Acho que esse vai ser um baile interessante...

     

    Emilio Garcia

    Emílio andava pelo salão,  tendo vendido metade do estoque só para o time de futebol, que estava entediado de ficar ali enquanto seus pares tiravam foto. Todos agora pareciam sorridentes e aceitaram até fazer poses nas decorações com as meninas.

    Quando viu uma movimentação fora do salão do baile, sorriu. Seguiu pelo caminho que Riki havia passado, vendo se havia possíveis clientes ali.  Jovens deslocados costumavam querer escapatórias da realidade triste.

    Se aproximou dos dois jovens que fumavam, se encostando na parede ao lado deles – Opa – disse, procurando algo nos bolsos como se fosse acender um cigarro também, mas tirando uma caixinha dourada.

    - Cigarro faz mal aos pulmões, meninos. Experimentem isso – abriu a caixinha, onde tinha comprimidos coloridos.  – Por conta da casa a primeira dose para gatos como vocês... – Emilio não tinha o porte de um jogador de futebol e nem os traços delicados dos jovens daquele país... Sua beleza era exótica, o sorriso ferino e os olhos azuis vibrantes.

    Sabia que após a primeira dose, as pessoas geralmente voltavam a procurá-lo em algum momento.


    Heidi Pearson

    Heidi bufava ao perceber que era a única “encalhada” no baile.  Até Mina, que era toda enrolada com meninos, tinha um par (ou quase isso).

    - Ai, já vi que vou ficar de vela hoje – reclamou, fazendo um biquinho. Apesar do mau humor, sorriu ao ver os meninos se aproximarem e os cumprimentou. Aya e Draco saíram rapidamente de perto deles e os garotos claramente queriam seus pares.

    - Hm... Batizado é? – ela perguntou quando John comentou sobre o ponche.  Não tinha boa experiência com bebida batizada, mas precisava se soltar um pouco pra tentar aproveitar.

    - Meninas, eu vou pegar um pouco, alguém quer? – perguntou, arrumando uma desculpa para deixar os casais sozinhos e procurar seu lobo.

    Logo desceu, pegando só um pouquinho mesmo do ponche, sem beber ainda. Viu Lud conversando com outros professores e chegou correndo perto dele.

    - Professor! Professor! Me ajuda, vem! – parecia apavorada, mas o lobo perceberia um sorrisinho no rosto dela ao puxar ele para os corredores escuros do colégio por um momentinho. Não poderiam sumir por muito tempo, mas cinco minutos ninguém sentiria falta...

    Draco Pendragon

    Draco se surpreendeu quando a menina o pegou pela mão e puxou para longe do grupo de meninas.  Ele sorriu, ajeitando o cabelo após correrem e se sentando ao lado de Aya.

    - Por nada... Achei que você viria com aqueles vestidos tipo os das meninas... Mas essa roupa ficou incrível. – disse, se levantando pra servir ponche pra eles e voltando. Tinham saído de perto antes de John alertar da bebida batizada.

    - Na Rússia os bailes de final de ano são assim? Pra mim essa decoração parece surreal – riu, o final do ano “escolar” em seu reino era de testes de fogo e sangue. Formavam guerreiros e não adolescentes felizes.

    Bebeu um pouco, sentindo a garganta arder um pouco.

    - Hm... isso é gostoso!


    Bastet
    Mestre Jedi
    Bastet
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1039
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Baile de inverno Empty Re: Baile de inverno

    Mensagem por Bastet em Ter Ago 18, 2020 6:13 pm




    Sayuri Ogawa

    Quando ouviu a voz de Lúcio,  ela abriu um pequeno sorriso. Apesar de estar um pouco chateada com ele, eles haviam construído uma amizade muito bonita... E ela estava feliz de ter sido convidada.

    Ficou vermelha quando ganhou a rosa, negando quando ele se desculpou.

    - Está tudo bem, olha – colocou a rosa entre as mãos e se concentrou um pouco. Um brilho rosado se formou entre as mãos e logo o cabinho da rosa estava inteiro. Exibiu a sua rosa com um sorriso.

    - Põe no meu cabelo? – pediu, imaginando que ia ficar bonito.  – Qual a cor dela?

    Assentiu quanto ao convite, estendendo a mão para ele a levar.  A música era animada,  ela parecia envergonhada em dançar... Não costumava fazer essas coisas.


    Adam Müller

    Adam deu uma risada quando John concordou, ficando surpreso por não ter percebido a coisa do ponche.  Pensou se deveria avisar sobre isso para os professores, mas os alunos não pareciam estar passando do limite. Estavam mais alegres e descontraídos e isso era bom, certo?

    O loiro ficou vermelho com o elogio de Alison, puxando o suspensório com uma mão, sem graça.

    - Obrigado! Você está linda também! Acho que nunca tinha te visto de cabelo solto... –
    ele toca no cabelo dela, logo estendendo a mão para ela pegar.

    - Vamos aproveitar esse baile? – perguntou pra todos e depois olhou pra Alison – Eu mal podia esperar por ele...


    Mina Kyoto

    Mina viu John todo arrumado e até se surpreendeu. Ele havia se esforçado mesmo pra ficar bonito ali... Aliás, ele tava uma gracinha. Quando foi que ele deixou de ser o baixinho sardento com cabelo oleoso?

    O cumprimentou de maneira geral como ele havia feito, ficando quase como uma estátua ao lado dele.  Os dedos dos adolescentes se roçaram, mas logo John enfiou as mãos nos bolsos e Mina começou a enrolar o cabelo, sem graça.

    Começaram a andar pelo baile, ainda em grupo e John contou sobre o ponche e Heidi saiu correndo pra pegar.

    - A gente devia beber também? – perguntou pra John, que era uns meses mais velho que ela e, teoricamente, mais responsável.


    Iyue
    Tecnocrata
    Iyue
    Tecnocrata

    Mensagens : 314
    Reputação : 37
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Baile de inverno Empty Re: Baile de inverno

    Mensagem por Iyue em Ter Ago 18, 2020 8:42 pm



    Nome: Marshall Ornstein

    Idade: 32 anos

    Altura: 1,97m

    Origem: Alemanha

    Arquétipo: Metamorfo - Lobo

    Profissão: Segurança


    Havia terminado de dar a quarta ronda nos arredores do salão e já estava de saco cheio e com o cantil de bebida vazio. Marshall já não estava feliz tentando não prestar atenção na festa, e aquela gravata era uma forca. Tirando ela e jogando ela no lixo mais próximo, ele finalmente localizou Sebastian, trocando olhares antes do próprio professor voltar a prestar atenção na tablet que tinha em mãos.

    Caminhando até ele, Marshall encostou na parede e observou por cima do ombro de Sebastian as câmeras. “Alguns alunos contrabandearam bebidas, vamos fazer algo sobre?” Ele perguntou, olhando para a festa, e tentando localizar o irmão mais novo antes de voltar a atenção dele para Sebastian. Mesmo preocupado com a segurança, Marshall estava pensando em como distrair o homem que tirava ele do sério e trazia aquelas sensações estranhas. Por mais que ele não curtia muito, aquilo continuava sendo uma festa, e o diretor havia dado uma permissão para eles curtirem também, mesmo que mantivessem de olho na segurança.

    “Anda, nós dois checamos todos os sistemas novos de segurança, os alarmes estão sincronizados com nossos telefones, relaxe um pouco mais Sebastian” Ele disse com um sorriso, abrindo o cantil, xingando em alemão novamente, pois havia esquecido que estava vazio. “Se está tão preocupado, vamos para uma nova ronda, o Lúpus ainda está prestando atenção na situação também”








    Nome: Andrew Koki

    Idade: 16 anos

    Altura: 1,80m

    Origem: Japão

    Arquétipo: Humano

    Clubes: Kickboxing e Basquete


    Assim que Andrew localizou onde o professor de religião, ele se levantou, e caminhou calmamente até o Mark, que estava ainda de costas para o jovem. Chegando próximo, ele pegou o copo após o anjo ter tomado um gole. “Que coincidência te ver por aqui, Professor” Ele disse com um sorriso de canto de boca, antes de devolver o copo para o professor.

    O relacionamento do anjo com o humano não era exatamente um segredo, mas também não era um dos melhores relacionamentos escondidos que a escola tinha. Muito pelo fato de que Andrew havia parado de dar em cima dos outros rapazes e garotas, e durante as aulas de religião ele realmente prestar atenção, flertando com o professor em aula, fazendo Mark perder a concentração.

    “Se eu posso fazer uma sugestão, o ponche está bem diferente do que é esperado” Ele ri, não acreditando que Mark possa querer tomar da bebida. “Quer dançar Mark?” O humano pergunta chegando próximo do professor, olhando como se estivesse com fome, mesmo que os dois haviam passado a noite anterior inteira juntos. Havia sido avisado, e que teria de tomar cuidado, pois seria mais complicado escapar com os flertes daquela situação.

    Esperando a resposta de Mark, ele olhou ao redor para notar onde estavam as câmeras de segurança e em qual mesa o diretor estava, para conseguir evitar, ou dar uma justificativa melhor. Esperava que pelo menos os demais alunos se juntassem para dançar e formasse aquele bolo para poder ficar grudado com o amante, mas seria difícil enquanto ainda não começasse as músicas das bandas.







    Nome: Eliza Argyros

    Idade: 28 anos

    Altura: 1,78m

    Origem: Grécia

    Arquétipo: Humana

    Profissão: Médica


    Assim que Eliza havia cruzado os olhares com Ferid na pista de dança, enquanto ela ainda dançava com os outros, ela sorria maliciosamente. Ela se divertia com aquilo, pois sabia que quando ela estivesse nos braços dele, não existiria mais ninguém. E foi exatamente o que aconteceu assim que ele se aproximou dela. Sentindo a mão dele no mesmo instante que um tango começou a tocar, fez Eliza olhar para ele com aquele sorriso malicioso ainda brincando nos lábios rubros.

    Dança entre Ferid e Eliza:

    Sentindo ele mais próximo dela, ela suspirou um “Boa noite Ferid”. A voz aveludada envolvia ambos, sedutora, que refletiam na dança de ambos. O tecido vermelho contrastando com o uniforme branco, e os movimentos encantando os alunos e funcionários que pararam para ver aquela dança tão sedutora. “Pelo visto eu encontrei meu parceiro ideal para a noite” Ela disse, com aqueles olhos dourados brilhando perigosamente. A mão dela passava pelo corpo dele com os movimentos da dança, e ela aproveitava cada segundo com o parceiro, até a música acabar.






    Nome: Kat Akagawa

    Idade: 16 anos

    Altura: 1,60m

    Origem: Japão

    Arquétipo: Kitsune

    Clubes: Jardinagem & Artes


    Kat estava já acuada em um canto devido às palavras de ódio das garotas e os convites dos rapazes do time de futebol, que acharam interessante ela ter vindo com as orelhinhas felpudas a mostra naquele baile. Ela normalmente conseguia ignorar grande parte dos comentários das garotas, mas os convites dos rapazes com os comentários das orelhas que viviam escondidas pelos vários chapéus que usava, deixaram ela cada vez mais selfaware do que antes, tanto que mesmo vendo Lan Wanji cruzando todo o salão e atraindo olhares, ela não se sentiu mais calma.

    Sentindo o próprio coração batendo mais rápido e as bochechas corarem, ela tentou se concentrar no fato de que ele não iria poder passar toda a noite com ela. Mesmo que o homem fizesse uma certa predileção por ela, o romance que viviam era talvez um dos mais discretos e escondidos que tinham dentro daquela escola, justamente para não prejudicar nenhum dos dois, mas não queria dizer que não seria complicado.

    Com um sorriso tímido, ainda tentando ignorar os demais comentários ela se curvou tradicionalmente para o professor “Boa noite Professor Lan” Era um pouco mais formal, mas talvez mais seguro evitar falar o nome dado do professor. Se aproximando um pouco mais ela comenta um pouco mais calma de ter ele por perto. “Está elegante como sempre” O elogio dela era simples, e ela escondia o sorriso que parecia crescer um pouco mais com a mão encoberta com a manga comprida do hanfu.


    Larissa Aprill
    Troubleshooter
    Larissa Aprill
    Troubleshooter

    Mensagens : 992
    Reputação : 97
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Baile de inverno Empty Re: Baile de inverno

    Mensagem por Larissa Aprill em Qua Ago 19, 2020 2:07 pm







    Baile de inverno Images-13-1
    Alison Evans

    16 anos

    As meninas estavam lindas e Alison ficou feliz com o elogio. John avisa sobre o ponche batizado e ela fica feliz em saber disso, pois não queria ficar bêbada numa noite tão especial.

    Ela observava o grupo de alunos próximo do ponche, quando Adam responde seu comentário e alisa seus cabelos com a mão. E cora levemente.

    -Obrigada. A Mina que teve a idéia de fazer escova e bom… da maquiagem também.- E sorri feliz.

    Como sugerido o grupo iria para a pista de dança, mas enquanto andavam pelo local Alison se aproximou da Mina e cochichou.

    - Você está incrível… Logo John vai perceber isso também- Ela dá um beijo no rosto da garota e começa a andar de mãos dadas com Adam.

    Apesar de estarem em grupo, os dois estavam juntinhos agora e Alison o olha admirada.

    -Eu também estava ansiosa por hoje.


    Askalians
    Moderador
    Askalians
    Moderador

    Mensagens : 1106
    Reputação : 108
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Baile de inverno Empty Re: Baile de inverno

    Mensagem por Askalians em Sex Ago 21, 2020 3:43 pm





    Nome do Personagem: Iason Mink
    Idade: 35 anos
    Origem (local de nascimento): França
    Arquétipo: Deus
    Tipo Sanguíneo: A
    Conceito: Diretor
    Altura: 1,90cm

    E ele observava a professora ainda terminando de ajustar coisas no palco antes de começar a tocar algumas músicas. Viu que ela foi pegar algo para beber e depois veio para sua mesa em um cato recluso e privativo daquele salão.
    - Estão sim. Perturbadores, porém, adequados... – Falou observando ela de cima a baixo, que bom que o brilho de seus óculos podiam esconder a direção de seu olhar.
    - Não quer beber algo mais agradável comigo como por exemplo uma taça de vinho?- pergunta logo que ela se senta ao seu lado e é claro que ele aproveita para virar o rosto para ela e falar um pouco mais próximo de seu ouvido, já que havia um pouco de barulho demais de fundo.
    - Creio que vai ser sim... – Sussurrou no ouvido dela e depois voltou a bebericar a sua taça de vinho.








    Nome do Personagem: Nicolae Bartholy
    Idade: 30 anos
    Arquétipo: Vampiro
    Conceito: Professor
    Altura: 1,75cm

    Viu seu gostoso amante batizar o ponche e sorriu, pois era bem a cara dele fazer aquilo mesmo e com certeza a festa agora seria menos chata, mas mesmo assim, aparentemente o boy estava mais interessado em conduzir seus negócios do que curtir sua companhia, então ele iria procurar se manter a distancia apenas observando.
    Observou o jovem a ir de um canto para o outro no salão e depois ir para o jardim atrás de Riki, que de certo deve ter saído para fumar.
    Será que ele deveria ir atrás e encurralar o garoto no jardim ou simplesmente observar tudo as escondidas??








    Nome do Personagem: Sebastian Jones
    Idade: 30 anos
    Origem (local de nascimento): Inglaterra
    Arquétipo: Humano
    Tipo Sanguíneo: O
    Conceito: Caçador
    Altura: 1,82m

    E ele o olhava, principalmente na questão de pegar o cantil e tentar beber algo e o cantil estar vazio. Seus olhos de forma inesperada acabavam por se fixar nos lábios do outro adulto e parecia que ambos estavam se olhando a distância.
    - Não... se o diretor não percebeu não vamos criar o caos.... finge que não viu nada e não ouviu nada... – e o olhou de forma curiosa para Marshall.
    - E você.. vai conseguir relaxar? Vai conseguir relaxar vai? – retribui o mesmo sorriso e observa com um pouco de curiosidade aquela expressão no rosto do outro, principalmente porque havia voltado a pegar o cantil sendo que sabia que já estava vazio, então porque fazer isso? Será que queria trazer tanto assim a atenção de Sebastian ao seus lábios?
    Como um quebra gelo, Sebastian oferece a ele a garrafa de água que segurava, já que parecia que Marshall tinha sede.
    - Beba.. ou está a fim de descobrir o quão batizado o ponche está!? Rss - e em seguida voltava a olhar para o tablet em suas mãos.
    Talvez fosse apenas um grande defeito de Sebastian, mas ele era excessivamente observador, mas não deixava de ser um homem muito curioso.







    Nome do Personagem: Mark Lewis
    Origem (local de nascimento): Heaven
    Arquétipo: Anjo
    Tipo sanguíneo: Desconhecido
    Conceito: Professor
    Altura: 1,85cm

    E ele sorri ao ver a típica carinha do jovem, deu um sorriso gentil. Ainda não conseguia entender qual era a relação dele com Andrew e como era aquela relação. Talvez algum dia algo fosse oficializado, mas por enquanto era aquela situação.
    Andrew fazia questão de deixá-lo meio sem graça durante as aulas e fazendo comentários de duplo sentido entre outras coisas. Isso o desconcentrava, mas era bom pois o garoto era bem espirituoso.
    Ele não escondia as coisas das pessoas pois sabia que não havia nada para esconder, já que ele e Andrew não ficavam se pegando. Mark sabia separar bem os momentos dos dois e acreditava que se outras pessoas olhassem a situação de fora poderiam pensar que não estivesse acontecendo nada, ou pelo menos ele era ingênuo demais para achar que realmente alguém pensaria em qualquer coisa. Ele simplesmente estava em uma fase muito boa na sua vida e estava feliz com isso, feliz em ter aqueles momentos com o jovem.
    - Obrigada Andrew, vou experimentar. – Será que Andrew fazia alguma ideia do que poderia acontecer se Mark provasse do ponche batizado? Mark era já todo fofinho e gentil com todo mundo. Será que com o ponche não haveria o risco do professor ser abusado por alguém?
    Ele então pegou o copo de ponche da mão de Andrew e deu um leve gole. Imediatamente ele ficou levemente corado e se arrepiou com aquela sensação que invadiu seu corpo e ele ficou meio zonzo.
    - Sim.. vamos... ^^ – e caminhou com o jovem para a pista de dança e lá, apoiou a cabeça dele no ombro de Andrew e disse:
    - Andrew... tem alguma coisa estranha comigo... não estou me sentindo muito bem...
    No salão havia apenas câmeras perto dos acessos de portas e janelas. Eram discretas, mas toda câmera possui um ponto cego, que por mais que tenha sido bem restringido, elas ainda tinham de qualquer forma.







    Nome do Personagem: Ferid Barthory
    Idade: 29 anos
    Origem (local de nascimento): Inglaterra
    Arquétipo: vampiro
    Tipo Sanguíneo: A
    Conceito: Professor de Esgrima
    Altura: 1,75 cm

    Nos braços de sua enfermeira favorita em meio àquela música, ele conduzia e era conduzido por todo o lugar em uma grande sincronia que aqueles dois tinham com os seus movimentos, parecendo quase uma ballet.
    - Boa noite Elisa... – disse ele dando aquela olhada que podia despir até mesma a alma da jovem.
    - Esperava outro parceiro ou pode ser eu mesmo? Rs... – brincou ele.








    Nome do Personagem: Lan Wang Ji
    Origem (local de nascimento): China
    Arquétipo: Samurai / Humano
    Tipo sanguíneo: B-
    Altura: 1,80 cm
    Conceito: Professor

    Definitivamente a história dos dois era a mais discreta possível se comparada com outros , mas mesmo assim ainda era escandaloso um professor se envolver com um aluno, mas ele simplesmente não parecia preocupado com isso, pois sua descrição era impecável até sob os olhos do curioso Sebastian Jones.
    - Boa noite Kat... – cumprimenta sério como sempre.
    - Obrigado... Bonitas roupas... mas talvez se sinta mais confortável em esconder suas orelhas... não gostaria de fazer isso? – acaba comentando em um tom de voz baixo se aproximando um pouco dos ouvidos dela de forma discreta.
    Realmente parecia que ele estava preocupado com aquilo, mas se ela olhasse bem, aquela seria a primeira vez que veria as madeixas esvoaçantes do professor naquela maneira tão pouco formal e casual, completamente fora de seus padrões e costumes, mas que pensou que poderia ser do agrado dela.
    Haviam muitos pensamentos em sua cabeça.. ideias e talvez planos...









    Nome do Personagem: Riki Eberwald
    Idade: 17 anos
    Origem (local de nascimento): Inglaterra
    Arquétipo: Humano
    Tipo Sanguíneo: O
    Conceito: Bad boy
    Altura: 1,70cm

    Aceita o isqueiro de metal que o outro havia lhe emprestado e acende o cigarro enquanto o jovem o ajudava já que o vento queria fazer com que ninguém conseguisse fumar ali naquela noite. Os dois fumaram por alguns instantes em silêncio anteriormente, mas mal o garoto lhe fez uma pergunta e ele a respondeu logo em seguida:
    - Não sou muito de festas assim... formais demais... prefiro bater papo com alguém enquanto fumo... é mais agradável não acha?
    E então estende a mão para cumprimentá-lo com um breve sorriso no rosto.
    - Eu sou o Riki e você?
    Observou o Emilio se aproximando com aquelas “balinhas” que vendia. Já conhecia o garoto e os seus serviços mas apenas de longe e nunca havia aceitado nada que alguém lhe oferecera que viesse daquele jovem, mas quem sabem não seria bom relaxar um pouco naquele momento?
    - Obrigado.
    Ele pegou duas das balinhas como se pegasse por ele e por Sung e colocou uma na boca, mas então a mordeu e puxando do nada Sung pelo colarinho da camisa, lhe dei um gostoso beijo de língua lhe passando metade daquela “bala”
    - Talvez metade seja o suficiente para relaxarmos... que tal?







    Nome do Personagem: Ludwig Eberwald
    Idade: 30 anos
    Origem (local de nascimento): Inglaterra
    Arquétipo: Lobisomem
    Altura: 1,83 cm

    Por medidas de segurança, o professor observava a jovem a distancia, principalmente pois ele sabia que o ponche havia sido batizado já. Tinha ouvido tudo muito bem, graças a sua natureza monstruosa, mas ao ver que estava distraída conversando com um amigo, ele dirigiu algumas palavras para um outro professor quando de repente viu que sua Heide já chegou correndo na direção dele o chamando.
    - O_O mas.. o que houve senhorita Pearson? – e percebendo que aquilo não passava de uma desculpa para alguma coisa que ela deveria estar planejando, ele pediu licença ao professor que estava com ele e foi com ela para onde quer que seja que ela o estivesse levando.
    Ele sorriu e riu de leve quando se viu fora daquele salão e em um corredor da escola e disse:
    - Quase acreditei que havia mesmo algo de errado com você.. rss








    Nome do Personagem: Aya Stein
    Idade: 17 anos
    Origem (local de nascimento): Russia
    Arquétipo: Humana
    Tipo Sanguíneo: O-
    Conceito: Estudante exemplar

    O olha e dá um sorriso gentil.
    - Quando fui ver roupas com as meninas, eu simplesmente adorei esse kimono... me senti muito bem nele, mas eu queria ter achado outro tipo de roupa para ir...
    Não ia confessar para ele que tinha pensado em ir com trajes típicos da terra dele, talvez se ele insistisse no assunto poderia deixar escapar a informação.
    - Na Rússia fazemos bailes em muitas ocasiões, mas no fim do ano pode ser externo também, por conta da neve, com rinques de patinação e tudo mais...
    Ela sorri mais uma vez e olha para a bebida dele. Pega um pouco o corpo dele e toma um gole. Acha estranho porque o gosto era estranho, mas bom e não parecia ter álcool, mas coçava na garganta e a deixava meio “de vagar”.  Será que iria sentir muitos os efeitos ou só iria simplesmente relaxar um pouco?
    - É esquisito.. mas é bom... rsss









    Nome do Personagem: Matt Ortega
    Idade: 18 anos
    Origem (local de nascimento): Espanha
    Arquétipo: Humano
    Tipo Sanguíneo: O
    Conceito: Bad boy Romantico
    Altura: 1,70cm

    Mal se aproxima do colega e Riki já arruma um pretexto para sair de lá. Sempre foi assim e sempre vai ser, tanto que o comportamento do amigo não lhe incomodava pois só quando as coisas estavam bem mal e que Riki ficava mais grudado com ele, fora isso o amigo era um pássaro livre que voava sempre para onde queria.
    Observou o colega e percebeu que havia bebido alguma coisa eu o deixara assim, ou seja, nada de ponche naquela noite.
    - Ei... isso está fazendo cócegas Ryan... hauahuahua.... pare com isso...hauahuhauha – ria ele tentando fazer com que o colega parasse com isso, pois as coisas poderiam ficar constrangedoras, mas estava levando na esportiva, pois o jovem parecia bêbado.

    Larissa Aprill
    Troubleshooter
    Larissa Aprill
    Troubleshooter

    Mensagens : 992
    Reputação : 97
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Baile de inverno Empty Re: Baile de inverno

    Mensagem por Larissa Aprill em Sab Ago 22, 2020 3:14 pm





    Baile de inverno Images-10
    Ryan Niall
    17 anos


    Ryan estava concentrado na tarefa de caçar as estrelas no rosto do amigo. Após algumas alisadas e uns beliscões acidentais, o ruivo desiste e bufa frustado.

    -Dessxito.

    Ele apoia a cabeça do ombro do Matt, que estava escorando todo o peso do jovem bêbado. Ryan parecia chateado, agora ele realmente queria ver as estrelas. Ele precisou se esforçar para tentar falar claramente

    -Podemos...ver...o ce-céu? - E aponta para cima.

    ★★★★★★★★★★★★★★★


    Baile de inverno Images-18
    Sung Hoo
    16 anos


    Sung confirma com a cabeça enquanto traga o cigarro e estende a mão em cumprimento. Antes de falar ele inclina o rosto para cima e solta a fumaça que estava nos pulmões.

    - Concordo, aliás pode me chamar de Sung Hoo.

    Enquanto ele terminava de fumar e apaga a bituca com o tênis, um jovem bronzeado se aproxima dos dois. Ele parou do lado e Sung achou que o local tinha virado um fumódromo. Mas para sua surpresa o rapaz pega uma caixinha dourada com comprimidos. Então ele era o famoso fornecedor da escola?

    Sung encara as pílulas por um tempo. Nunca tinha experimentado antes, mas porque não? Quando foi estender a mão, Riki pegou duas.

    O moreno foi tão rápido que Sung não teve tempo de reagir. Riki havia o puxado pela gola da camisa e aproximou os lábios, com o beijo lhe passou a droga na boca.

    Foi impressão ou Sung correspondeu o beijo por uma fração de segundos? Mas no instante seguinte o oriental se afastou com dois passos para trás e bateu as costas no muro que Emilio estava.


    - Que porra foi essa? - Ele limpa os lábios com as mãos.

    Riki disse que ele relaxaria com metade da bala. Sung encara Emilio.

    - Em quanto tempo isso faz efeito?

    Sung sentia o coração acelerado, mas não sabia se era efeito da droga ou do beijo.


    Iyue
    Tecnocrata
    Iyue
    Tecnocrata

    Mensagens : 314
    Reputação : 37
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Baile de inverno Empty Re: Baile de inverno

    Mensagem por Iyue em Sab Ago 22, 2020 8:39 pm



    Nome: Lúcio Ornstein

    Idade: 16 anos

    Altura: 1,78m

    Origem: Alemanha

    Arquétipo: Metamorfo - Lobo

    Clubes: Kickboxing e Jardinagem


    Lúcio sorriu vendo ela recuperar a rosa com o sorriso. Na realidade mais pelo sorriso dela do que pela flor, pois aquele sorriso fazia ele ficar acordado nas noites e uivar para a lua igual a um idiota. “Claro, só um momento” Ele disse, ajustando a rosa com todo o cuidado do mundo que ele conseguia ter, o que não era muito, mas o lobo estava tentando.

    “É uma rosa vermelha, da estufa que estamos cuidando no clube” Ele disse olhando melhor para ela, e segurando a mão dela, ele guiou até a pista de dança que estava começando a ficar bem movimentada com a música animada.

    O jovem segurança não largou da mão da garota, e pegou na outra, fazendo as típicas danças bobinhas “Relaxa, não vou pisar no seu pé e nem deixar você cair, eu prometo Sayuri” Ele disse puxando ela para ficar mais próxima, dele, ainda fazendo todos os trejeitos bobinhos para fazer ela sorrir.








    Nome: John

    Idade: 16 anos

    Altura: 1,70m

    Origem: Japão-EUA

    Arquétipo: Humano

    Clubes: Games




    Percebendo que Adam e Alison tinham saído para andar um pouco mais a frente após Heide ter saído correndo para pegar o ponche e depois dar a louca puxando um professor pedindo ajuda, John se encontrou relativamente sozinho com Mina. Ele agradeceu mentalmente pelas mãos estarem nos bolsos, pois estavam suando feito louco.

    “Por que não? Um copo não vai deixar ninguém bêbado não é?” Ele disse brincando, mas apenas por ele não ter visto alguns colegas estarem já completamente embriagados em algum outro canto do salão. Ele guiou ela até a mesa do ponche, pegando um copo para ele, e um para Mina, cheirando para ver antes se conseguia reconhecer o álcool que haviam colocado, mas pelo visto, era daqueles ponches cheios de açúcar que mal dava para diferenciar gosto e cheiro.

    “A um baile diferente” Ele disse, tomando um gole. John já havia tomado bebida álcoolica antes, mas apenas o social nas baladas, com a garrafa de cerveja, então ao tomar aquele gole, foi muito mais para ter coragem no plano dele de tentar conquistar Mina. O que ele não esperava que a bebida fosse realmente extremamente doce, a ponto de esconder qualquer sabor do álcool forte que tinha nela. “Então…” Ele começou, ainda sem saber o que deveria fazer, mas pelo menos estava um pouco mais confiante agora.

    “Se estivéssemos todos presos em uma ilha deserta, quem daqui do salão seria o líder?” John perguntou, começando novamente o jogo bobo dele de fazer perguntas aleatórias, enquanto ele se aproximava mais para ficar do lado de Mina, com as mãos deles roçando, quando ele segurou o mindinho dela com o dele.



    Iyue
    Tecnocrata
    Iyue
    Tecnocrata

    Mensagens : 314
    Reputação : 37
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Baile de inverno Empty Re: Baile de inverno

    Mensagem por Iyue em Sab Ago 22, 2020 11:20 pm



    Nome: Marshall Ornstein

    Idade: 32 anos

    Altura: 1,97m

    Origem: Alemanha

    Arquétipo: Metamorfo - Lobo

    Profissão: Segurança


    “Justo” Marshall disse, sorrindo ao ver o irmão mais novo dançando com uma das alunas que parecia ser mais simpática e certinha do que as demais alunas que estavam se jogando nos braços dele até um momento atrás.

    “Eu vou conseguir se estiver com uma pessoa certa, e talvez apenas por uma hora e meia, no máximo duas, antes dessa pessoa resolver pegar o tablet de novo para olhar a segurança” Ele disse com uma risada bufada, pegando a garrafa de água da mão de Sebastian e tomando um gole. “Estou bem com a sua água simples, já que eu esqueci de encher meu cantil com vodka. E aquele ponche está com alguma bebida barata que vai deixar metade dos alunos e funcionários com uma enxaqueca de ressaca amanhã, que a equipe da enfermaria vai ter trabalho, estou tranquilo” Marshall dá outra risada bufada, dando um novo gole e acabando com a água, e entregando a garrafa para um dos garçons que passava por ali, pedindo algo forte para ambos, pois ele não iria ficar apenas na água, e definitivamente não iria tomar bebida barata.

    Cruzando os braços ele voltou a olhar para a pista de dança reparando na situação, antes de olhar de rabo de olho para Sebastian, e nos movimentos dele enquanto olhava o tablet. Era até compulsivo o como mandava mensagem de que tudo estava bem. Um rosnado interno bem pequeno começou a surgir, ainda mais por que ao olhar para a mesa do diretor, ele parecia mais entretido com uma professora do que com as mensagens que Sebastian parecia mandar. Colocando a mão calejada sobre a do caçador, ele pegou a tablet, e começou a olhar todas as câmeras para se distrair com o trabalho. “Se você não for parar por uma meia hora, eu também não vou parar” Ele disse sem mais nem menos.








    Nome: Andrew Koki

    Idade: 16 anos

    Altura: 1,80m

    Origem: Japão

    Arquétipo: Humano

    Clubes: Kickboxing e Basquete


    Andrew não sabia porque ele ainda se impressionava com a inocência de Mark, mas sorria no fundo. Seria algo interessante, principalmente por nunca ter visto o amante embriagado. Bem, pelo menos agora, tinha motivo de não sair do lado do professor, ainda mais com ele se apoiando no ombro dele. “Você está bêbado pelo visto” Andrew contou para Mark, e segurando ele pela cintura, ele passou um braço pelo pescoço e pediu desculpas para mover o professor para fora da pista de dança.

    Algumas alunas perguntaram se eles precisavam de ajuda, outros funcionários perguntou o que havia acontecido, mas Andrew encarava todos eles antes de dizer que ele tinha tudo sobre o controle, e que o professor só precisava de um pouco de ar puro. E foi assim que o jovem levou o professor para uma das sacadas da escola. Era uma sacada menor que a grandiosa sacada que fazia parte da festa, mas era bem mais escondida, e tinha um ponto cego que ele gostava de usar para as escapadas dele após usar o quarto de Michael.

    “Achei que você já havia tomado alguma bebida antes” Andrew comentou, apoiando Mark contra a parede, segurando a cintura agora com mais propriedade para manter o homem de pé, enquanto a outra mão segurava o rosto dele. Os olhos azuis gélidos, tinham um brilho diferente aquela noite. “Respira fundo, você deveria ter comido algo antes de vir pro baile Michael” Ele comenta, verificando o estado do amante. “Como você está?”






    Nome: Eliza Argyros

    Idade: 28 anos

    Altura: 1,78m

    Origem: Grécia

    Arquétipo: Humana

    Profissão: Médica


    Com a sequência da dança, e aqueles olhares que a despia, Eliza parecia apenas querer seduzir cada vez mais o vampiro, que quando terminou, a enfermeira estava respirando fundo, com algumas gotículas de suor escorrendo pelo pescoço dela.

    “Eu estava com apenas uma pessoa em mente para ser meu parceiro esta noite, mas quem sabe, existem tantas outras belas pessoas, que ele poderia ter escolhido qualquer outra” Ela disse brincando de volta, e escutando a música trocar para algo mais popular entre os alunos, o que fizeram muitos outros entrarem na pista de dança e se tornar bem mais estilo balada, com vários corpos próximos, se tocando, e empurrando ambos os adultos a ficarem bem mais próximos. Soltando uma risada baixa, ela observou aqueles vermelhos, os próprios olhos dourados dela brilhando de desejo, convidando ele para algo que parecia até proibido, com uma das mãos no peitoral do vampiro, enquanto a outra brincava com uma das mechas do cabelo dele.

    “Já deixou de fazer meu estilo de dança neste baile” Eliza diz no ouvido de Ferid, pois com a música muito mais alta agora, era complicado escutar, e ela se recusava a gritar “Que tal um drink em uma das sacadas?” Eliza perguntou, a pergunta ambígua combinada com o tom do flerte apenas deixou claro o desejo da humana, que apenas esperou a resposta do vampiro, antes de escaparem para algum canto pelo menos mais calmo do que a pista de dança cheia de adolescentes.






    Nome: Kat Akagawa

    Idade: 16 anos

    Altura: 1,60m

    Origem: Japão

    Arquétipo: Kitsune

    Clubes: Jardinagem & Artes


    Kat sentiu suas bochechas tomarem o mesmo tom escarlate de seus cabelos, mas ela sorriu, e rodopiou no lugar mostrando as roupas. Com o girar dela, o cabelo escarlate que começava a ficar cada dia mais escuro, se levantou e o hanfu externo apesar de cobrir as costas da jovem, ainda era translúcido, e mostrava o vestido moderno e revelador, pois tinha as costas inteira exposta, e contornava o corpo da jovem até a cintura antes de abrir na saia mais rodada. “Obrigada, eu achei que seriam adequados para a noite, mas acho que muitas garotas escolheram algo mais moderno” Ela sorri, pensando que pelo menos ela não havia escolhido a própria yukata tradicional dela, aí sim estaria completamente distante da normalidade.

    Mas foi com as palavras dele, a jovem acabou tocando as próprias orelhas, e ela comentou um pouco envergonhada  “Na última vez que tentei eu não consegui, tanto que desisti de tentar após isso, mas talvez tenha razão” E se concentrou um pouco mais e fechando os olhos. Após alguns segundos, as orelhinhas felpudas haviam sumido, e puxando uma das mechas escarlate, ela agora possuía as orelhas normais como qualquer humano.

    A raposa sorriu para ele, quando conseguiu esconder, finalmente reparando nas madeixas do professor de forma mais casual. Inconscientemente, mais por estar próxima, ela acabou brincando com uma das mechas soltas negras gentilmente. “Parece mais confortável com seus cabelos mais soltos” Kat disse, voltando olhar para ele o sorriso crescendo um pouco mais, e as palavras quase que em um sussurro ditas “Eu gosto, combina com você”

    “Mas admito que eu não sabia se você iria vir para o baile Lan Zhan” Kat disse, olhando ao redor, com os demais alunos já indo para a pista de dança, dançando naquela balada que se formava, outros já montando grupos ao redor do ponche que até um momento estava vazio, fora vários casais de alunos que estavam curtindo a festa juntos, ou saindo de fininho para ficarem juntos em um dos cantos da escola. “Achei que iria preferir ficar na sua sala tocando o Guqin, ou tomando um chá” Kat comenta, voltando a olhar para ele, já bem mais confortável por conseguir parecer mais pertencente ao grupo de alunos humanos, ao invés de uma kitsune.


    Bastet
    Mestre Jedi
    Bastet
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1039
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Baile de inverno Empty Re: Baile de inverno

    Mensagem por Bastet em Dom Ago 23, 2020 12:32 pm




    Sayuri Ogawa

    Sayuri fez uma careta quando ele empurrou o cabo da rosa em seu couro cabeludo, mas não disse nada, percebendo que ele tentava ser bastante delicado no toque.

    - Oh! Elas tão grandes assim? Acho que o fertilizante que a gente preparou deu certo... – Sayuri segurou uma risada, quando lembrou que precisaram buscar “matéria orgânica animal” pra preparar o fertilizante, mas tinham passado a manhã toda discutindo sobre ele ser o lobo... E, pra não perderem ponto, precisaram pegar a “matéria orgânica” de Lúcio em sua forma animal.

    - Obrigada! – a jovem agradeceu, deixando o menino a guiar para a pista de dança.

    No início estava com vergonha, mas logo Lúcio começou a dançar com ela de um jeito doido e muito divertido. Ela riu e acompanhou, negando quando ele prometeu não pisar no pé dela.

    - É mais provável que eu pise no seu pé! Está com botina hoje, pra se proteger? – brincou, balançando o joelho pra lá e pra cá, fazendo o vestido rodar de levinho.  Logo ficou vermelha com a promessa dele de não a deixar cair.

    - Eu sei... eu confio em você, Lúcio... – sorriu, se aproximando um pouquinho pra dançarem mais juntinhos.


    Adam Müller

    O loiro não se importava realmente se ela estava toda emperequetada  ou com seu visual do dia a dia, a achava linda de qualquer forma... Mas era bom vê-la com um pouco de confiança. Isso sim deixava Alison ainda mais bonita. Além disso, era visível como as novas amizades deixavam ela feliz.

    Pegou na mão dela novamente, após a garota ir cochichar algo com Mina,  sorrindo quando ela disse que também estava ansiosa para aquele dia.

    - Temos algo a resolver na pista de dança, mais tarde, não é? – ele deu uma provocadinha, se lembrando da pequena confusão que havia acontecido após eles dançarem na balada, há um tempo atrás. Apesar disso, a noite havia sido ótima... Após a confusão, conversaram bastante e deram até uma bitoquinha.

    Olhou pra ela, sabendo que estaria toda vermelhinha. Ele também estava levemente corado, mas com um sorriso gigante.

    Viu Mina e John indo beber o ponche batizado e ergueu uma sobrancelha.

    - Quer entrar na onda deles também? – perguntou, deixando ela escolher. Não sabia se a menina estava acostumada a beber.


    Mina Kyoto

    A jovem fica vermelha com o comentário de Alison e dá um sorriso.

    - Ai, amiga, obrigada! – ela responde, também baixinho – O Adam já percebeu o quão maravilhosa você tá... olha a cara de bobão dele hihi – ela disse e viu Alison ir andar com o quase namorado.

    Mina dá um sorrisinho quando ele concorda em beber com ela. Ela não era muito de beber, preferia coisas docinhas como suco ou coca cola, mas sentia que precisava naquela noite. Além disso, confiava em John, sabia que ele não faria nada demais caso ela ficasse altinha com o ponche.

    Pegou o copo que o amigo ofereceu,  também cheirando. Só tinha cheiro de coisa doce, o que a agradava. Ergueu o copo quando ele fez aquele brinde e deu uma golada generosa. Realmente, não dava pra sentir o gosto da adulteração na bebida, parecia simplesmente um suco muito açucarado.

    - Hm, isso é gostoso. – comentou, bebendo um pouco mais e vendo John se aproximar, ficando ao seu lado.  Quando sentiu os dedinhos se entrelaçando, ficou corada, aproveitando o assunto pra virar o rosto e procurar o líder.

    - Bom, eu acho que o Adam ia querer ser, mas ele não ia conseguir tomar as decisões difíceis de sobrevivência. Então talvez um dos seguranças... O irmão do Lúcio ou aquele outro bonitão... Como eles chamam mesmo? A cara de malvado ia impor respeito... – perguntou, sem ter tido muito contato com os seguranças.  Estava tão acostumada a falar de tudo com o amigo que nem se tocou que estava chamando outro homem de bonito em um possível date com John.

    - Hm... E quem você acha que morreria primeiro? – perguntou, pra colocá-lo em saia justa e mudar o assunto do líder. Bebeu mais um pouco do ponche, se esquecendo do teor alcoólico dele. Escorregou um pouco mais a mão na dele, pra ficarem de mãos dadas definitivamente.


    Bastet
    Mestre Jedi
    Bastet
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1039
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Baile de inverno Empty Re: Baile de inverno

    Mensagem por Bastet em Dom Ago 23, 2020 1:20 pm




    Nana Osaki


    Ela sorriu quando ele “aprovou” seu traje. Se exibiu mais um pouquinho pra ele antes de se sentar e assentiu ao convite de beber algo mais agradável. Pousou o copinho vermelho com o ponche na mesa.

    Quando ele sussurra em seu ouvido, ela se arrepia de leve e vira o rosto pra ele, - Deixa eu ver se esse vinho é mesmo bom... – aproveitando-se da proximidade para lhe roubar um beijo gostoso.

    Como estavam na mesa privada e meio escondida do diretor, não precisou se preocupar com alunos vendo ou outros professores fofoqueiros comentando sobre o caso deles.

    -  Hmm... – lambeu os lábios após o beijo, dando um sorriso – delicioso.  – sorriu, se ajeitando na cadeira.


    Emilio Garcia

    Quando Riki pegou as duas balinhas de uma vez, Emílio sorriu e fechou a caixinha, guardando em seu bolso de volta. Não teve nem tempo de falar algo, pois Riki já foi beijando o amigo. Emílio ergueu uma sobrancelha, achando aquilo um tanto sem educação... Mas deu de ombros, já começando a sair quando ouviu Sung Hoo lhe perguntar sobre o efeito da pílula.

    - Alguns minutos... Se você tomar uma inteira. – disse, e fez um sinal em despedida, começando a andar pelo caminho que tinha vindo.  Quando já ia entrar, deu de cara com Nicolae, dando um sorriso.

    - Está me espionando, Nic? – sorriu, deixando ele sair, para ficarem ali forta, se esticando pra dar um selinho nele. – Eu guardei uma especial pra você.... Ou prefere direto da fonte? – perguntou, se encostando em uma parede ao lado da porta e o puxando pela calça pra perto de si.


    Heidi Pearson

    Heidi nem respondeu quando ele perguntou o que havia acontecido. Apenas o puxou até o corredor do colégio, onde não tinha ninguém e deu uma risadinha com o que ele disse.

    - Queria te ver sem aquele monte de gente... – ela disse, se aproximando para dar um beijo leve nele – Você tá tão gato... Aposto que aquelas professoras tavam dando em cima de você – fez um beicinho e roubou outro beijinho dele.

    Os olhos dela brilhavam ali, no escuro, com o leve ciúme.


    Draco Pendragon

    Draco ficou curioso com a afirmação dela.

    - Eu acho que você ia ficar linda em qualquer traje. Qual tipo de roupa você queria ter vindo? – perguntou, imaginando que poderia dar esse presente a ela, pelo que conhecia Aya, talvez ela não se assustasse em perceber que ele não era humano. Aquele parecia ser um momento pra dizer... E a bebida parecia tá ajudando ele com a inibição de contar aquele segredo.

    Em seguida ouviu ela contar sobre os bailes na Rússia, imaginando. Nunca tinha patinado, talvez sua temperatura corporal fosse um problema no gelo, mas queria tentar um dia.

    - Deve ser muito bonito! Nas férias a gente podia fazer um passeio nas suas terras... Talvez nas minhas também. Claro, se seus pais permitirem...

    Sugeriu, visto que teriam algumas semanas de férias de inverno, após o fim do semestre.  Viu ela beber e fazendo uma leve careta depois, sorrindo. Os dois não estavam muito acostumados com droga e o primeiro efeito era se desinibir, ficando mais alegres.

    - Sim! Aqui tá quente, né?  - perguntou, prendendo os cabelos longos em um coque, sem entender o que acontecia com o próprio corpo.


    Larissa Aprill
    Troubleshooter
    Larissa Aprill
    Troubleshooter

    Mensagens : 992
    Reputação : 97
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Baile de inverno Empty Re: Baile de inverno

    Mensagem por Larissa Aprill em Qua Ago 26, 2020 8:37 pm







    Baile de inverno Images-13-1
    Alison Evans

    16 anos

    Alison e Mina trocaram risinhos com as confidências. Depois se separaram em duplas.

    Quando Adam comentou sobre a pista de dança, a menina corou imediatamente. Mas aceitou o convite e enquanto caminhavam para a pista, o loiro comentou do ponche batizado.


    -Acho que não... Quero curtir essa noite... Com você- E sorri

    Alison se aproxima do loiro quando vão dançar. A música estava animada e as pessoa dançavam em grupos no ritmo da música.



    Mas a menina deu um passo a frente para ficar mais proxima dele.

    - Então...vamos continuar da onde paramos naquele dia?- Ela estava bem mais confiante e até um pouco atirada, pelo simples fato de se achar bonita.



    Conteúdo patrocinado


    Baile de inverno Empty Re: Baile de inverno

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Dez 05, 2020 2:49 pm