Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Casa dos Algozes

    Bastet
    Adepto da Virtualidade
    Bastet
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1655
    Reputação : 96
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Casa dos Algozes - Página 9 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Bastet Sab Abr 17, 2021 3:55 pm



    Samantha
    Doiley

    Sam estava exausta. Não se lembrava da última vez que tinha comido ou dormido. Desde que chegara no churrasco, parecia ter passado semanas inteiras no espaço de poucas horas. Queria ir pra casa e até assentiu quando Chloe sugeriu para que dividissem um Uber... E então surgiu Shaw com aquele papo. Em outro momento até discutiria, mas preferia que eles focassem seus esforços na procura de Emillie.

    - A gente pode ser nova nisso, mas não somos idiotas, sabe? Podia só falar “é mais seguro passar a noite aqui” que entenderíamos – disse apenas pro Alpha (que ainda não sabia ser alpha), não gostando muito da forma que ele escolheu falar. Guardou o celular e esticou os olhos pra mensagem que ele mostrou, ficando aliviada e assentindo.

    Quase riu, vendo que Joe se lembrara dos biscoitos, de fato, e pousou a mão no ombro de Shaw, após ele falar com o rapaz medroso. Estava sem graça daquele toque não solicitado e tirou a mão logo que conseguiu a atenção dele.

    - Eu entendo que essa situação é uma merda. Imagino que tenha vencido lá, já que Franco ainda não voltou – bem, um alpha tinha de cuidar dos seus – Mas as pessoas que vivem aqui devia importar também, não só a guerra que está lá fora. Ele, nós, Silvia, o loirinho que esqueci o nome...- o “ele” indicava o Joe com a cabeça – E vocês. Cada um tem o próprio peso nas costas e o de vocês é maior, eu sei. Mas não esquece disso. Vocês estão quase quebrando aquele garoto ali. Mais um pirado na alcateia não vai ajudar... Nem menos um Sangue de Lobo – deu de ombros, quase externando os pensamentos sobre permanecer ou não ali. No fim, acabou deixando essa escolha pra depois.  Começou a se afastar, mas logo parou.

    - E Shaw? Obrigada por nos manter seguras hoje – disse apenas, voltando a andar pra dentro da casa. Apesar de todos terem surtado com a notícia de Connor fugindo e com a abordagem nada gentil com as “novatas” nesse meio tempo, os dois tinham demonstrado alguma preocupação ao voltar da reserva.

    Passou perto de Joe, pegando um biscoito de Bacon. – Cê não botou maconha nisso aqui não, né? – perguntou, sem o tom ameaçador de antes. Apesar de ainda achar ele um puta de um covarde, agora sabia que a outra grávida não tinha ido fazer nenhuma besteira.

    Se a resposta fosse negativa, morderia um pedaço e ia caçar um quarto pra dormir com Chloe, dando uma risadinha ao ver a mensagem de Axel.

    Respondeu com uma foto da cama que tinha arrumado ali, num quarto sem dono. “Vou contar lobinhos hoje pra dormir, não carneirinhos” , escreveu embaixo, tirando os sapatos e fechando a porta após Chloe entrar.

    Pela manhã teria de ir embora, devido ao trabalho, mas avisaria aos meninos por mensagem também, mandando o endereço, que ficava dentro do território dos Uivadores.


    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2408
    Reputação : 129

    Casa dos Algozes - Página 9 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Wordspinner Seg Abr 19, 2021 3:45 am

    Shaw escreveu:...amanhã o expresso vai para a próxima estação.

    Marco já estava dormindo no sofá com farelo na boca e um sorriso satisfeito. Mas Silvia parece ficar mais leve ouvindo isso. "Meu carro tá cheio de tralha dela." Sem veneno na voz, só se entregando ao cansaço. Ela se aproxima quando ele chama todos para verem. Pega um biscoito com uma mão e com a outra aperta primeiro Axel e depois Shaw no ombro. Os dedos finos e longos delicamente roçando o pescoço. Depois disso ela anda um passo para o próprio carro e depois volta. "Vou dormir aqui hoje, to indo pro banho." Ela passa de novo e pega mais um biscoito.

    As palavras de Shaw não dizem exatamente o que Joe queria ouvir e as emoções claramente saltam de um lado ao outro de seu rosto amedrontado. A mandibula travada e olhos correndo de um lado pro outro quando ele diz que estão perdendo lobos. Estranhamente o medo se torna clara resignação quando ele o alfa fala sobre levar sangue do lobo.

    Sam escreveu:Cê não botou maconha nisso aqui não, né?

    "Não..." a voz sem nenhuma animação. Ele assite ela mordendo e saindo e resmunga. "Passei no saco." Ele cheira um dos biscoitos e coloca inteiro na boca.

    A casa da amiga de Emillie é perto do território tão perto que parece sorte demais. Duas ruas além do limite. Nada difiícil de ir dar uma olhada. Vizinhança tranquila numa das piores areas do território o que não era nada mal. Varias casinhas e um condominio de prédios bonitinhos. Era um desses prédios. Shaw olhava e a segurança era boa, nada que um uratha decidido não fosse ultrapassar, mas muros altos e cameras escondidas para não criarem um ar de insegurança. Um vigia em uma guarita na entrada. Em Dover isso era o bastante para evitar a maior parte dos problemas com ladrões.
    thendara_selune
    Troubleshooter
    thendara_selune
    Troubleshooter

    Mensagens : 803
    Reputação : 56

    Casa dos Algozes - Página 9 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por thendara_selune Seg Abr 19, 2021 2:27 pm

    Chloe escutou tudo e não questionava nada. Os biscoitos são aquela coisa fora do lugar e da cena para ela. Estava cansada demais e aquela noite parecia não querer deixar o sol iluminar tudo. Ouvia Sam falando com Shaw, mas não pontuou nada e era notório que se sentia deslocada entre eles  e só torcia que aquela alcateia achasse seu caminho. A ruiva  apenas espera Sam e quando encontram um quarto ela praticamente desaba na cama cansada demais para manter uma conversa. - Boa noite Sam...- A voz cansada e os olhos sem brilho algum. Apertando o travesseiro contra o corpo como se buscasse um pouco de conforto para esquecer aquele dia. Os olhos fecham por instantes e a mente pinta o guardião da alcateia como se quisesse testar sua coragem, ela aperta mais o travesseiro e com esforço dorme torcendo que o dia chegasse logo para aquecer-lhe o espírito cansado. Assim como Sam iria embora ao amanhecer.

    Falas em branco
    Faor
    Mutante
    Faor
    Mutante

    Mensagens : 703
    Reputação : 27

    Casa dos Algozes - Página 9 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Faor Sab Abr 24, 2021 9:23 am



    Sam escreveu:- Eu entendo que essa situação é uma merda. Imagino que tenha vencido lá, já que Franco ainda não voltou – bem, um alpha tinha de cuidar dos seus – Mas as pessoas que vivem aqui devia importar também, não só a guerra que está lá fora. Ele, nós, Silvia, o loirinho que esqueci o nome...- o “ele” indicava o Joe com a cabeça – E vocês. Cada um tem o próprio peso nas costas e o de vocês é maior, eu sei. Mas não esquece disso. Vocês estão quase quebrando aquele garoto ali. Mais um pirado na alcateia não vai ajudar... Nem menos um Sangue de Lobo – deu de ombros, quase externando os pensamentos sobre permanecer ou não ali. No fim, acabou deixando essa escolha pra depois.  Começou a se afastar, mas logo parou.

    - E Shaw? Obrigada por nos manter seguras hoje – disse apenas, voltando a andar pra dentro da casa. Apesar de todos terem surtado com a notícia de Connor fugindo e com a abordagem nada gentil com as “novatas” nesse meio tempo, os dois tinham demonstrado alguma preocupação ao voltar da reserva.


    Ele escuta sem resistência, desperto pelo toque dela que impediu ele de continuar se afastando. - Eu não esqueço, Sam. Hoje tudo o que importa é o que está aqui. Boa noite. - O tom é de gratidão e para indicar que ele escuta. Mas ele não vai até Joe para se desculpar ou algo assim. Se ele não se importa, se acredita que não fez nada demais ou se confiar o suficiente em Joe, difícil dizer. O irraka se vira e segue seu caminho.

     
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5300
    Reputação : 392
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Casa dos Algozes - Página 9 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Bravos Seg Jun 28, 2021 11:01 pm




    Axel Brown

    - É isso, sim, quero que todos que pesquisem por serviço de construção nesse bairro e nos vizinhos, encontrem primeiro o anúncio da minha construtora. - Ele dizia para o consultor de marketing digital. Com tudo que aconteceu, a construtora do pai, que agora era sua, ficou bastante tempo sem uma orientação mais clara. Havia negociado com James a contratação dos rapazes imigrantes e agora preparava o terreno para iniciar novas construções. Nos últimos tempos ele se devotou a pegar qualquer trabalho de reforma e reparos que apareceram dentro do território. Isso incluiu várias noites em bares arranjando pretextos para falar do seu trabalho, disposição de pequenos cartazes e cartões de visita. Praticamente tudo sendo feito por ele mesmo. Não se poderia ignorar o tipo de coisa que a divulgação boca a boca consegue fazer. Se o Caneco e o Bear's Mug tinham um público bem diferente, o pai de Axel sempre construiu pra gente como o primeiro, mas o que dava dinheiro hoje era o segundo. Axel fazia a manutenção dos primeiros clientes e cultivava os novos.

    Por isso sua nova aposta era no mundo digital. Seu pai nunca fez nada parecido com isso e ele mesmo entendia praticamente nada. Pediu ajuda de Olena para dar os primeiros passos nisso e foi ela quem lhe indicou o consultor com quem falava agora. - Acho que fotos das construções terminadas seria bacana, não é? - Seu cérebro mapeava onde encontrar fotógrafos bons para aquilo ao mesmo tempo que tentava calcular o investimento naquilo tudo.

    @Wordspinner Axel quer aumentar a atuação da construtora se tornando mais conhecido nos arredores do território. Buscando também estabelecer a vantagem de Área Residencial.






    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2408
    Reputação : 129

    Casa dos Algozes - Página 9 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Wordspinner Dom Jul 04, 2021 8:09 pm

    "Pra alcançar bem um bairro é bom ter um local como base, um lugar que possa ser visto e alcançado pelas pessoas. A imagem social de vocês é importante também." Ele bate os dedos gordinhos na mesa. Ele bate nas fotos dos seus empregados impressas nos contratos. "Isso é uma faca de dois gumes, se você tiver uma boa parcela de mãos locais trabalhando com você isso vai te permitir agradar todo mundo se souber quem mandar para onde." Ele separa os imigrantes do locais. "Conservadores podem ser muito barulhentos no twitter." Ele dá um tapinha na pilha que fez com os locais. "Nisso parece que você tem tudo, eu apostaria em alguns videos trabalhando. As pessoas adoram ver técnicas incomuns e truques e se sentir dentro da coisa." Ele diz fingindo medir a parede e colocar blocos imaginários nela.

    "Consiga alguém carismático e que saiba falar e tenha todos os dentes para sorrir na internet. Vamos precisar de presença em todas as redes sociais locais, você quer que as pessoas mostrem seu trabalho para você." Ele falava e parecia muito trabalho. O elodoth lembra de todo o trabalho e as conversas e o telefone tocando em horas inapropriadas e as reformas de emergência. Os velhos reclamando no caneco e os pedidos insanos e excessivamente elaborados das pessoas do Bear's Mug. O tempo sem língua um problema enorme no meio disso tudo, tendo que parar de ver pessoalmente os funcionários e os clientes.

    "As fotos são imprescindíveis. Mas podem ser um problemão, elas tem que continuar chegando todos os dias. Textos novos. Textos engraçados para os mais jovens e algumas máximas para os mais antigos." Ele diz usando aspas com os dedos. "Só que vídeos também são necessários. São a novidade do momento. Você precisa estar lá." O gordinho vira o celular para Axel e ele vê os vídeos de alguns segundos um depois do outro.

    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5300
    Reputação : 392
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Casa dos Algozes - Página 9 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Bravos Seg Jul 12, 2021 11:10 pm




    Axel Brown

    O rapaz fala e muita coisa que ele diz passa completamente desapercebido pelo elodoth. Ele estava imerso num mundo que era completamente distante do do uratha. - Eu valorizo meus trabalhadores. - Axel tinha o apoio deles e sabia que eram gente com a qual se poderia contar. A gente simples sempre está mais disposta e menos cheia de dedos. - Eles vão ter que engolir quando se trata de lei, não se pode excluir imigrantes das seleções. - Axel dá de ombros. - Mas não vamos dar murro em ponta de faca. - E então um sorriso travesso. - Vídeos nas obras? Ok, isso dá pra arranjar.

    Quando ele começa a falar da constância com que aquelas coisas deveriam ser atualizadas, Axel coça a cabeça. - Vamos contratar alguém pra isso, eu não tenho como dar conta. Você tem um nome? - Ele faz alguns cálculos sobre quanto aquilo custaria e quanto poderia retornar. - Gosto de comunicar com os jovens, mas prefiro algo menos engraçadinho. Meu time tem mais experiência que humor. - Lembrava dos empregados que ainda restavam desde o tempo do seu pai, que eram já senhores batidos do tempo. Os mais novos foram contratações dele, e, de certa forma, estão sob a supervisão direta dos mais antigos, que tocam de fato as obras.

    Ele digita uma mensagem para Olena: O gordinho do marketing tá dizendo que vou precisar de um sorriso bonito para fazer vídeos para internet. - Ele espera alguns momentos antes de mandar a outra mensagem: Conhece alguém assim?  Rolling Eyes






    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2408
    Reputação : 129

    Casa dos Algozes - Página 9 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Wordspinner Dom Jul 18, 2021 3:18 am

    Axel escreveu:... não se pode excluir imigrantes das seleções.

    "De forma alguma, você precisa contratar os imigrantes. Diversidade e inclusão tem muita força. Mas precisa de um bom inglês, sal da terra, para aparecer também. Não pode esquecer as raízes." Ele pisca como se fossem amigos intimos.


    Axel escreveu:Ok, isso dá pra arranjar.

    "Ótimo." A voz cheia de energia.

    Axel escreveu:Você tem um nome?


    "O melhor é que seja alguém que entende o que você faz. Que entende a alma da sua empresa. Alguém que representa o que vocês são."

    Axel escreveu:Gosto de comunicar com os jovens, mas prefiro algo menos engraçadinho. Meu time tem mais experiência que humor.

    "Sr. Zangado, não precisa ser fácil de digerir, mas se não tiver humor nem precisa fazer, não vai ter o resultado que você quer. Eu não vim aqui para autorizar suas cismas, vim te dizer o que funciona e hoje só odio ou risos engajam." Ele respira fundo para recuperar o folego. "Pelo menos você tem os imigrantes, quem sabe um deles é divertido, não é?" Era difícil ver os funcionários fazendo graça ou usando tecnicas chamativas. Eficiência era primordial e não entreterimento.


    --

    "Claro que eu conheço!!!" Ela manda um monte de carinhas felizes logo depois. "Você é perfeito. Tem todos os dentes e eles são certinhos e lisos e organizados. Perfeito para sorrir para as cameras. Vai ficar lindo de pedreiro. Sexy..." Ela manda um diabinho. "To com saudade." Ela manda uma figurinha de uma criança fazendo beicinho. "Eu fiz um monte de coisa pro bar, mas meus clientes são quase todos universitários e tiram as fotos todas para mim e quando eu quero renovar é só pintar de branco e deixar picharem tudo de novo." Quase um minuto inteiro depois. "Se quiser, obras sustentáveis estão em alta demanda, especialmente em reformas."



    A campainha faz os dois se assustarem e o entregador particular, um mensageiro, com uma carta celada a cera com um brasão intricado torna a coisa toda até alegórica. Ele se recusa a informar qualquer além de que a carta é para ele. Axel, só poderia ser entregue em suas mãos. Isso e é claro, de quem vinha a mensagem. Marques d'Évreux. Se é que ainda existem marqueses. O papel era caro, Axel sabia dizer pela qualidade da textura e gramatura.

    O conteúdo era simples e curto. Em letras rebuscadas traçadas a tinta preta: Preciso dos seus serviços. A única outra coisa no envelope era um cartão elegante com o brasão marcado na cera decorado em linhas afiadas. D'Évreux escrito abaixo e um endereço nas costas. Sem telefones ou qualquer meio de contato.
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5300
    Reputação : 392
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Casa dos Algozes - Página 9 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Bravos Sab Jul 31, 2021 11:12 am




    Axel Brown

    - Anotado... - Ele rabisca 'encontrar um jovem e bom marceneiro local'. Quando o rapaz fala de entender a alma da empresa e o que eles são a vontade de responder era: construtores?! Esse mundo novo onde qualquer emprego precisa ter uma razão de ser metafísica para além de alimentar bocas e prover sustento era uma merda. Ódio ou risada. Era a cartilha para a qual eles teriam que rezar. - Vamos torcer que sim. - Ele comenta sobre ter um imigrante divertido.

    As mensagens que vinham de Olena o fizeram rir com a invertida. 'Eu tava pensando mais em você de pedreira sexy, me parece bem mais interessante!' - Ele continua a responder. 'Acredito que depois da reunião com o gordinho posso ir aí'. - Ele olha o relógio para confirmar. Quando a mensagem de Olena falando de obras sustentáveis chega, ele anota no mesmo caderno onde anotou a sugestão do marketeiro. A campainha toca. Uma carta para ele. Uma carta em papel caríssimo fechada com um selo barroco. Instantaneamente ele lembra do brasão do colégio Portão de Bronze. Era a única outra coisa rebuscada com a qual ele havia tido contato recentemente. No caderno onde ele anotava as coisas ele buscou o esquete que havia feito do brasão do colégio, para comparar. Fez também uma cópia daquele novo brasão antes de abrir.

    Marques d'Évreux. Viu o endereço e buscou localizar na mente onde ele estava. Mentalmente sua memória foi buscar aquele mesmo endereço no mapa da cidade dado por Sebastian. Axel mete a carta no bolso e volta. - Ok, vamos começar a trabalhar nisso. Outras reunião semana que vem para vermos o andamento das coisas? - Ele sugere para o gordinho dar o fora. - Ótimo! - Sorri com um olhar cúmplice enquanto aperta a mão do mesmo. Depois de deixá-lo ir, ele liga para Olena. - Marquês d'Évreux. Esse nome pomposo e boiolinha lhe diz alguma coisa?






    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2408
    Reputação : 129

    Casa dos Algozes - Página 9 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Wordspinner Sab Ago 14, 2021 7:22 pm

    "Seu tarado! De jeito nenhum! Não!" Ela dizia para a pedreira sexy e mandou uma foto de si mesma do lado da pia com louça. "Me preparando!" Logo depois uma foto da geladeira com umas garrafas escuras de cerveja.

    O marketeiro não se faz de rogado. "Claro, mas uns emails antes podem evitar de a gente perder tempo." Ele se estica todo antes de sair como se ficarsentado fosse incomum para ele.

    "Oi! O que de nome?..." ela fica em silêncio, mas Axel consegue ouvir os passos. "Tem certeza qye você tá falando certo? Francês precisa de biquinho." Ela fala com uma voz brincalhona. O barulho do teclado e uns cliques de mouse. "Guilherme D'Evreux, se for esse ele é namorado da Main. Super ultra rico. Mas não sei se é marquês. Isso ajuda?" Ela pergunta cheia de esperança. "Já tá chegando? Ainda não acabei aquela louça." Ela diz com um tom manhoso.

    Axel ainda com os papeis na mão pensando no mapa de Sebastian. Era impossível realmente cruzar as informações. Mas o mapa tinha uma lista de pessoas ricas. Os brasões em si não eram nada parecidos, uma heráldica antiga no caso do marquês e algo mais moderno e misteriosamente simétrico no caso so colégio. Misteriosamente porque sempre parecia que tinha algum detalhe escondido.
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5300
    Reputação : 392
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Casa dos Algozes - Página 9 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Bravos Dom Ago 22, 2021 1:00 pm




    Axel Brown

    - Aqui na minha imaginação parece ótimo... - Olena pesquisa pelo nome do tal marquês. - Só o nome tem pinta de ricasso. Acho que ajuda. Ele é rico de que? Parece que recebi uma "oferta" para trabalhar pra ele. - Ele já se encaminhava para lá e a pergunta se estava chegando engatilha uma piadoca tosca: - Estava, mas posso demorar mais um pouco. - Um silêncio breve e uma risada. Ele ainda tentava esquadrinhar o ricasso na memória, só que estava com poucas informações. - Sabe qual é o engraçado? Ele só me mandou um endereço. Por que rico é sempre bizarro? - Era uma pergunta retórica.

    - Quem é Main mesmo, no jogo do bicho? - Lembrava dessa informação. Talvez pela seu relacionamento acabasse conhecendo mais do talvez marquês.






    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2408
    Reputação : 129

    Casa dos Algozes - Página 9 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Wordspinner Ter Set 07, 2021 6:03 pm

    "Oh para de ser preguiçoso e vem logo. Quero te ver." Ela parece pensar no que ele fala e os dedos fazem barulho no telefone. "Cê não lembra da Main? A gente falou dela esses dias, ela estudo no colégio de granfino que você vai pagar pros nossos filhos. Lembra? Acho que ele é rico de dinheiro velho, mas sabe como é esse pessoal endinheirado, esconde tudo." Ela fala animada e quase conspiratória. "Você vai? Trabalhar pro cara? Vai conseguir uma bolsa?"
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5300
    Reputação : 392
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Casa dos Algozes - Página 9 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Bravos Qua Set 15, 2021 9:08 pm




    Axel Brown

    Ele já estava a caminho. - Chego logo... - Olena o lembra quem era a tal Main. - Nossa, tinha esquecido... Eu devia ter uma memória melhor para isso. - Ele se reprova um pouco pela falha. - Bom, quer passear na casa de um grã-fino? Podemos bater lá como quem não tá entendendo nada.

    Ele passaria na casa de Olena e ajudaria na pia. Depois disso, se dirigiria ao endereço que recebeu do tal barão. Diante do local, saindo do uber, ele pergunta à Olena: - O que cê acha que ele quer? Como cê acha que ele chegou até mim? - Espera uma resposta. - Eu acho que tem a ver com nossa ida no colégio.






    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2408
    Reputação : 129

    Casa dos Algozes - Página 9 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Wordspinner Ter Set 21, 2021 7:23 pm

    "Eu não quero não." Ela diz rápido. "Mas eu sei que você tá com medo e quer alguém pra usar nos seus truques de distração. Eu vou." Ela suspira exagerando. "Você precisa de mim."

    A pia não estava tão ruim e Olena tinha uma de suas expeciências a mão. Uma garrafa de braggot que ela orgulhosamente tinha feito sozinha. Dois copos grandes de vidro. Ela tinha pouco pra dizer, mas muito a perguntar sobre a própria roupa. Assim que ela se sente satisfeita ela parece exatamente como sempre. Exceto por um par de brincos novos e um lencinho no bolso de uma jaqueta quase nova que ela tinha comprado com ele em um passeio ao shopping.

    Parque Hyde era sempre, sempre, impressionante. As casas enormes escondidas Nas areas verdes. Os muros altos e as cercas eletricas delicadas e mortais. Tanto verde e praças nem cuidadas. Um carro de segurança particular logo aparece no retrovisor a distância ao mesmo tempo educada e vigilante. Uma mulher bonita passa correndo com dois cães sem coleiras ao lado. Ela cumprimenta Axel e da mesma forma os seguranças, um toque de leve no bone muito rosa.

    Road largas com iluminação de led constante em postes retro de ferro fundido. Carros silenciosos. Casas silenciosas. Morros com areas de lazer comunitárias e limpas. Mesmo assim o lugar era um labirinto verde.

    Olhar a casa colocava riqueza em perspectiva. Era enorme e apesar dos muros altos ainda se via a construção exagerada no alto do morro. A piscina e a fonte e o jardim luxuriante. A longa estrada de pedras amarelas até a entrada com portas onde qualquer gauru passaria sem problema.

    "Pode ser." Ela balbucia meio encantada e meio ultrajada com o lugar. "Quer ir embora? Tem pipoca e sofá lá em casa." A voz pequena e o rosto colado na janela. O tempo nublado lá fora combinava com a desconfiança de Axel.


    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5300
    Reputação : 392
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Casa dos Algozes - Página 9 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Bravos Sex Set 24, 2021 4:59 pm




    Axel Brown

    Dinheiro demais. Demais. Era o que eles tinham diante deles. - Isso aqui tá tudo muito estranho. - Ele suspira. - Talvez seja melhor você voltar, eu descubro isso sozinho e aí a gente vê um filme. - Ele sorri para ela. - Ou faz um filho, você que sabe. - Fala com a mesma seriedade e ergue uma sobrancelha, numa simulação de sugestão sutil. Ele de fato já se arrependia de tê-la levado ali. - Sério, volte, eu chego logo.

    Ele sabe que ela vai resistir, mas será irredutível. Só quando estivesse sozinho iria por os pés naquela casa. Na pior das hipóteses, porta nenhuma ficava trancada diante dele.

    Acho que a gente pode acelerar essa cena e talvez até combinar o que rolou via mp, agora que a coisa já vai andar, acho que não faz sentido seguirmos aqui na mesma marcha hahah






    Ankou
    Mestre Jedi
    Ankou
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1469
    Reputação : 55

    Casa dos Algozes - Página 9 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Ankou Qua Out 06, 2021 7:19 pm

    Tinha pouco tempo que ele tinha voltado pra alcateia, parecia totalmente desajustado e ainda haviam ressentimentos dele com o Caminhante, ele preferiu ficar no AP da Sam, ainda tinha pavor daquela casa, e ninguém ia discordar que não era segura, ele ficou boa parte daquela primeira semana zanzando entre a parte urbana e a reserva, como se procurasse alguma coisa, a outra parte do tempo ele parecia ainda andar pro bairro ao lado como se tivesse de olho em Emillie.

    Até três dias atrás parecia a porra de um mendigo e do nada ele voltou com a moto enorme e bonita, barba e cabelos bem feitos e um terno bem cortado, mas ainda não tinha um trocado no bolso, a moto parada na garagem do prédio de Sam por que ele não tinha grana pra gasolina.

    No resto do tempo livre ele parecia tentar se integrar de volta, fazer as pazes principalmente com Judas e Silvia, tentando fazer Marco se divertir e conseguir finalmente falar inglês, isso tudo sempre com uma e às vezes até com as duas crianças, era engraçado ver um cara daquele tamanho tão carinhoso fazendo mamadeira de leite materno congelado.

    --

    Na reunião da alcateia…- Então a gente tem um monte de problemas. - aquilo nem era novidade e ele nem fala como se fosse, ele bate uma sacola em cima da mesa e dentro dela tá cheio de lixo, algumas plantas, nada com cheiro muito forte.

    Ele remove o paletó o colocando na guarda da espreguiçadeira perto da piscina, e arregaça uma das mangas da camisa futucando na sacola, de dentro ele tira cartuchos de munição disparadas, algumas armadilhas de caçador - Achei isso nas nossas fronteiras, os lobos não são povo mas são nossos primos… Mas nem era o que eu tava procurando. - ele diz tirando um telefone do bolso, nitidamente não era dele, a foto de capa era de uma criança desconhecida, a linguagem do telefone toda em cirílico, ele acessa o que parece a pasta de fotos.

    - Isso era o que eu tava procurando, e eu achei três lugares promissores, lugares onde a gente pode ter muros, cerca elétrica, lugar pras crianças correrem, um lugar onde eu não tenha que me preocupar com nove Reis Predadores querendo comer o meu rabo com os meus bebês na reta certo.  - ele pigarreia e faz uma careta de insatisfação - Eu achei essa rua sem saída tem 10 casas pequenas, pararam a extensão por que na época instituíram a reserva, pelo menos é o que o pessoal local comenta - ele desliza o dedo e um outro lugar aparece. - É um hotel, vinte cinco quartos, área externa traseira, estacionamento, bem bonitinho, dá pra transformar na porra de um forte Apache. O que esses dois lugares tem em comum? Tão no bairro ao lado que foi o meu inferno astral durante os últimos seis meses, que a gente tem todo direito de considerar nosso já que fui eu que me fodi pras coisas não degringolarem por lá. - os dedos deslizam mais uma vez. - Ah, o velho “Shopis”, não tão gigantesco, fica no nosso território atual e vai ser uma dor de corno dar jeito, o que esses três lugares tem em comum? Bem, a gente pode queimar, espantar pessoas, destruir bens sem sermos notados até que ninguém além de nós gostaria de adquirí-los, todos os três tem acesso direto a reserva que ainda é nossa. - parece que ele terminou a apresentação de slides dele, mas só os slides.

    O olhar se fixa em Axel no fim - Tu sabe que a gente vai ter que expandir né? É questão de tempo para reivindicarem o que ficou pra trás, e mais um bairro a gente dá conta, não somos mais cinco moleques assustados encurralados em um canto. - Ele faz um bico, o olhar alguns deles conheciam bem - Além de que eu plantei um foci de natureza perto dessas casinhas, na reserva, eu tive que fazer com muito cuidado, o lugar ficou mais denso eu tive que plantar umas árvores pros amigos do outro lado, jardinagem me manteve calmo esses últimos meses, trocar outras comidas por carne também, isso quer dizer que suas barreiras de proteção não cobrem o território todo? Quer sim, que eu tava invadindo um pedacinho da reserva? Também, desculpa por isso. - ele se senta e olha em volta agora - Então por onde começamos? - ele se senta e recosta a cabeça na espreguiçadeira ficando relaxado de braços cruzados, esperando opiniões e decisões serem tomadas, ele fita a lua crescente  um segundo, no momento seguinte ele estende os braços pra Sam como se tivesse pedindo os bebês.
    Connor Mcleary
    -Essência: 7/11
    -Dano: 0/12






    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5300
    Reputação : 392
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Casa dos Algozes - Página 9 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Bravos Qui Out 07, 2021 10:48 pm




    Axel Brown

    Ele acende o cigarro de praxe e bafora longamente enquanto Connor fala. Eles haviam conversado. Conversado longamente. Axel havia dito tudo que tinha para falar para ele. Connor havia falado seu lado da história. Provavelmente ambos escutaram o que não queriam. Agora eles estavam de novo alinhados. Noutra direção, é claro, mas devidamente alinhados. Quando o rahu termina de falar. - Você quer me dar motivos para ficar puto me falando que minhas fronteiras estão mau vigiadas? - O tom de voz era sério, mas o semblante era de piada. - Nós diminuímos quando tivemos que diminuir. Tempos atrás os urathas da alcatéia éramos eu e Skye. Agora temos ainda Joe, Sam e você. - Ele bate a cinza no cinzeiro que estava na mesinha central. - E uma creche.

    Depois se reclina de volta no sofá. Parecia que fazia anos que ele não estivera tão tranquilo consigo. - Eu gosto do hotel. Pra construtora é interessante, recuperar uma estrutura grande... Uma parte dele pode ser rentável, pode ser um abrigo diplomático... Tem mais jogo que uma vila feliz. - Ele se levanta e vai até a sacola que Connor havia trago. - Estão caçando na reserva? Isso num é proibido? Eu acho que vou gostar de fazer alguns grupos temerem a reserva novamente. - Tinha um dos cartuchos vazios entre os dedos numa das mãos. - Onde exatamente você encontrou?






    Bastet
    Adepto da Virtualidade
    Bastet
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1655
    Reputação : 96
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Casa dos Algozes - Página 9 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Bastet Sex Out 08, 2021 1:09 am



    Samantha ainda estava se acostumando com isso de ser uratha... E ser mãe. Carregava os bebês em um sling duplo, algumas sacolas em uma mão e a bolsa dos bebês na outra. Como sabia que ia ter muita gente na casa, comprou alguns bifes pra Connor e Axel e besteiras gostosas para os demais. Ficou aliviada quando viu Judas e Joe na porta, passando tudo o que tinha na mão pro que se oferecesse primeiro.

    - Valeu... Eu não consegui trazer as cervejas, vocês quebram essa pra mim?  Já deixei o pedido até feito, mas tá passando da hora deles mamarem – indicou as crianças. Sorriria caso um deles dissesse que sim e entraria na casa. Cerberus, um dobberman que Sam estava treinando, estava parado na porta até Sam dar um sinal, e então ele saiu correndo pela casa, indo para o quintal onde Skye provavelmente estava.

    Cumprimentaria as crianças que jogavam videogame na sala, passando uns pirulitos escondidos pra eles e fazendo sinal de “shh” com o dedo, e em seguida Dulce, que confeitava um bolo na cozinha. Não iria faltar comida naquele dia, esse era um fato.

    Enquanto o resto do pessoal não chegava, Sam foi cuidar dos bebês que precisavam de alimento.


    Sling:
    Casa dos Algozes - Página 9 OB3dffY
    Dulce:
    Casa dos Algozes - Página 9 Hk66DzW
    Cerberus:
    Casa dos Algozes - Página 9 Uh5KDx4
    ---

    Enquanto Connor e Axel conversavam Samantha prestava atenção. Apesar daquele dia tranquilo, estava claro que eles tinham bastante problemas e aquela casa era um deles. Mesmo com Sam, Connor e Chloe vivendo fora dali, o local já estava pequeno... Além de ser vulnerável.

    Sam tira os bebês do sling, colocando um em cada braço de Connor quando ele pediu, ajeitando a touquinha deles. Se senta em uma das cadeirinhas postas perto da piscina, estendendo a mão pra pegar o celular e ver as fotos – Vocês não acham que a gente devia ir nesses lugares para avaliar? Não parece uma coisa muito barata nada disso pra gente escolher no unidunitê. Mas eu acredito que o hotel seja o mais fácil criar proteção sem levantar suspeitas. – o olhar foi pra Chloe, a ruiva sabia que Sam não ia sugerir algo que ela gostaria – O que acha de passar a noite num hotel com um dos bonitões aqui? – indicou os meninos da alcateia – Com todo respeito, claro – riu – Axel e Olena podem querer alugar uma casinha num ambiente tão aconchegante... Eu posso ir com Connor ou Joe dar um bizu na Sombra desses locais. Connor já conhece bem, mas é bom a gente saber como enfrentar o que está além dos humanos.... Se a gente vai desvalorizar a propriedade devemos tentar saber todos os prós, contras e as merdas que pode rolar...  

    Quando o assunto se voltou para a reserva, ela pareceu ainda mais interessada, aguardando a resposta de Connor para a pergunta do alfa. Pegou um dos saquinhos de batata na mesinha, começando a comer.


    Samantha Doiley
    -Essência: 7/10
    -Dano: 0/7











    Ankou
    Mestre Jedi
    Ankou
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1469
    Reputação : 55

    Casa dos Algozes - Página 9 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Ankou Sex Out 08, 2021 3:48 pm

    - Upa! Sentiram saudade do papai foi? Papai tava com saudade. - a voz fina típica para animar os bebês, ele aperta os pequenos entre os braços e enche eles de beijos, recosta de volta na espreguiçadeira deixando os bebês deitados sobre o peito, do bolso ele tira um chocalho pequeno feito de plástico colorido e dá na mão deles mantendo eles distraídos.

    Uma mão de estica até a cadeira de Sam e se apoia na perna dela, um carinho discreto, ele a olha, a quer mais perto fazendo parte daquilo, ele nem pergunta, nem precisava, ele puxa a cadeira pra mais perto, com ela em cima, os bebês balançando os chocalho de forma errática, ele parece em paz e feliz como nunca antes haviam ficado.

    - Nah, isso sou eu induzindo vocês a procurarmos um lugar novo porque eu nunca gostei dessa casa… - Ele soa insatisfeito, mas honesto. - Mas a casa da frente continua vazia, o hotel ainda serve pra você fazer uma grana com a construtora, a gente vai precisar, cê tem uma criança vindo, eles são máquinas de cocô, fraldas são caras - ele dá um sorriso, faz um carinho e beija os bebês de novo - mas a real é que a gente precisa de muros, cerca elétrica, mais câmeras, aqui e na outra casa, a gente pode fazer um túnel interligando as duas, elas já tem saídas pra reserva então a gente nem precisa de uma rota de fuga caso dê merda… Vou mover o foci ainda hoje mais tarde pras árvores do Caminhante, vai ficar pertinho e acessível, a gente precisa disso pra ontem. - ele falava com uma certa autoridade, mas não parecia querer impor nada - O que acha Joe? Talvez você veja alguma coisa que eu não esteja vendo. - era trabalho dos guerreiros pensarem na estratégia de defesa, ele não ia jogar aquele jogo sozinho, era honesto deixar o mais novo se provar.

    --

    Ele parece que nem prestou atenção na ideia de Sam, mas ele ouviu cada detalhe - Eu tinha pensado nesse acordo com um verme, barata, rato, vocês escolhem, infestações constantes no hotel vão quebrar ele rapidinho, vão vender a massa falida, aí a construtora entra, grana, prestígio, podexá que eu pago a prenda, acordos são o que eu mais fiz nos últimos tempos, mas nem vou dispensar seus olhos não. - ele parecia afiado, as últimas palavras direcionadas a Axel.

    --

    - Caçadores… Aham, eles são um problema generalizado, não tá só aqui, Brendan e Richard me disseram que tão tendo problema nas bandas deles também… O que é uma lei? Senão uma miserável pilha de palavrinhas? - ele diz aquilo com um sorriso no rosto, como se fosse algo muito engraçado, nem imaginava se iam perceber a referência, mas nem ia explicar. - Achei três rastros, um cervo e dois lobos, mas não faz diferença cara são só pessoas, nada que eu tenha uma desculpa cabível pra caçar, ainda não, mas os nazi… Ahhhh os nazi, eles ainda tão por aí, ou vocês já adubaram o chão com eles? - dava pra sentir o desgosto dele pela ideologia mais abjeta que a humanidade tinha criado, ele emanava vontade de caçar, mesmo com o semblante gelado.
    Connor Mcleary
    -Essência: 7/11
    -Dano: 0/12






    thendara_selune
    Troubleshooter
    thendara_selune
    Troubleshooter

    Mensagens : 803
    Reputação : 56

    Casa dos Algozes - Página 9 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por thendara_selune Sab Out 09, 2021 4:14 am

    Ela chegou um tempo depois, movendo-se pela casa, cumprimentando todos com um sorriso muito aberto. A cesta cheia de guloseimas para todos, livros de colorir para as crianças, roupinhas fofas para criançada, teria pedido a Axel e James para fazerem um parquinho naquele imenso espaço verde.  Buscou por correspondências, contas a serem pagas e depois falou com Dulce. Ao ver Silvia deu um sorriso, com Judas era solta, Marco também recebia sua atenção e Joe era um lobo que gerava curiosidade em Chloe. A tribo dele era algo fascinante. Passou por Wendy entregando um livro de anatomia novinho, tinha visto na livraria e vez ou outra tentava trocar ideias com a enfermeira.

    Foi a onde todos os lobos estavam e  nesse mesmo momento  a conversa se iniciava. A barriga enorme, redonda, mostrava que Chloe estava indo muito bem, os olhos luminosos e os cabelos soltos. O rosto corado, comia um bolinho de canela e deu um sorriso acolhedor para Sam. Encosta a bolsa no chão, puxando dela embrulhos delicados, não era difícil imaginar que eram roupinhas de bebê fofas que dava a Axel e Sam piscando bem humorada. -Bordadas por monjas cegas do Tibete…- Ela ri cheia de humor. - Brincadeira, são macaquinhos fofos bordados de fato, mas de uma loja legal, eles crescem rápido e tudo se perde depressa...Sempre é legal ter essas coisinhas de montes!- Chloe toca os bebezinhos com delicadeza, mas logo procura um canto macio para sentar assim que entregou os pacotes.

    A conversa foi sobre um hotel, depois teve a questão das fronteiras e ouvia todos com atenção.  -Bem provavelmente teremos que lidar com muito, crianças, os sangue do lobo, essa questão territorial, tudo tem sua urgência e concordo que inicialmente devemos proteger os nossos o quanto antes!-  A palavra nazi a faz olhar Connor, mas não sabia exatamente o que tinha acontecido envolvendo esse assunto. Chloe espera Axel responder a Connor e passa um olho em Greg, torcia que ele tivesse se ajustando a tudo junto com sua parente. -Greg não seja tímido, pode nos dar o ar da  graça, queremos ouvir sua voz!-  Recostou-se na cadeira buscando uma posição e respirou fundo enchendo os pulmões de ar.

    Roupinha :
    Casa dos Algozes - Página 9 Fdbde010
    Conteúdo patrocinado


    Casa dos Algozes - Página 9 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Jan 20, 2022 3:12 pm