Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Casa dos Algozes

    Ankou
    Mestre Jedi
    Ankou
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1356
    Reputação : 55

    Casa dos Algozes - Página 2 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Ankou Sex Set 11, 2020 11:30 pm






    PThwhox.png

    Shaw escreveu:- Ela está certa sim. Só não adianta se afastar da merda para não se sujar.

    - É eu acho que isso a gente não conseguiria nem se a gente quisesse, mas eu acho que eu tenho mesmo que tirar minha cabeça dessa merda, pelo menos por enquanto, eu preciso ficar vivo até o inverno que vem porque eu quero saber o que o velho vai ter pra me dizer, foi o que ele pediu pra eu fazer, é o que meu primo pediu pra eu fazer e o que a minha mãe pediu pra eu fazer, definitivamente é o que eu preciso fazer. - ele encerra o assunto sobre aquilo, parecia pouco disposto a ir adiante, mas parecia de alguma forma satisfeito, como se fosse um quebra cabeças longo demais pra se montar rápido daquela forma.

    ___________________

    Ele aperta a mãe mais forte ainda, era como se um caminhão saísse das costas, enxuga os olhos dela com as mãos e a deixa ir, sem falar nada, finalmente eles tinham chegado num acordo.

    Logo ao sentir o aperto do pai no ombro ele lhe dá dois tapinhas nas costas e segue até próximo de Shaw, ele tira as carnes da churrasqueira antes que a porcaria vire carvão e as cobre com um pano, sem se demorar muito mais tá no portão da casa saindo com o companheiro.

    - Espero que o que ela te contou tenha te dado o sentimento de conclusão que eu acho que todo mundo precisa. - as palavras eram sérias e macias e seguidas do barulho de mensagem chegando no celular, ele saca o aparelho do bolso e olha, faz um sinal pro companheiro esperar apenas alguns segundos, parecia importante de alguma forma.

    - Tá tudo bem, tudo ótimo na verdade. - a mensagem seguia com um emoji sorridente e de um joínha.

    Logo ele entrava no carro e esperava por Shaw.

    Faor
    Mutante
    Faor
    Mutante

    Mensagens : 703
    Reputação : 27

    Casa dos Algozes - Página 2 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Faor Qua Set 16, 2020 11:21 am






    Casa dos Algozes - Página 2 268_2610


    Connor escreveu:- É eu acho que isso a gente não conseguiria nem se a gente quisesse, mas eu acho que eu tenho mesmo que tirar minha cabeça dessa merda, pelo menos por enquanto, eu preciso ficar vivo até o inverno que vem porque eu quero saber o que o velho vai ter pra me dizer, foi o que ele pediu pra eu fazer, é o que meu primo pediu pra eu fazer e o que a minha mãe pediu pra eu fazer, definitivamente é o que eu preciso fazer.


    - Rapaz, eu agradeço o que rolou aqui. Ruim ter despertado emoções pesadas e tal, sinto que a relação está tensa, mas é fato que a gente ouviu muito mais do que esperava. - O filho de Elizabeth estava grato, um pouco preocupado ou sem jeito com o aumento de temperatura ali, mas não estava satisfeito como o Rahu.


    Connor escreveu:- Espero que o que ela te contou tenha te dado o sentimento de conclusão que eu acho que todo mundo precisa.


    Já em torno do carro, Connor jogou um ponto final e, quando ele mandou alguma informação no celular, Shaw entrou no carro ainda pensativo, ainda olhando para a casa de Ash.

    - Eu também vou te pedir para chegar vivo no outro inverno, acho muito justo. E foi bom ouvir sobre minha mãe, isso era o que eu queria mesmo. Só que sentimento de conclusão não rolou, cara. Agora está muito claro que o que já aconteceu já foi mais do que investigado, já foi revirado e a gente tem que vestir a sandália da humildade sim, entendido. Mas a gente vai se foder mais quanto menos souber, não o contrário... - Connor queria um desfecho e Shaw não queria forçar. Mas o irraka apenas aceita que a questão talvez não seja urgente mas é sim muito grave, e se ninguém tentar fazer mais nada, a merda pode ser maior.



    Ankou
    Mestre Jedi
    Ankou
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1356
    Reputação : 55

    Casa dos Algozes - Página 2 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Ankou Qua Set 16, 2020 5:46 pm






    PThwhox.png

    Shaw escreveu: - Rapaz, eu agradeço o que rolou aqui. Ruim ter despertado emoções pesadas e tal, sinto que a relação está tensa, mas é fato que a gente ouviu muito mais do que esperava.

    - Ela parece nova, mas não é, família uratha, um monte de traumas escondidos... Relaxa cara, ela tá bem, a gente tá saindo da casa com ela melhor do que a gente entrou. -  ele sabia que a dor passaria logo, e ele dessa vez parecia mais em paz consigo.

    Shaw escreveu:- Eu também vou te pedir para chegar vivo no outro inverno, acho muito justo...

    Ele meneou a cabeça em positivo – Não só vestir a sandália da humildade, também vestir a camisa do nosso dever ancestral, todos eles já fizeram isso e todos eles já buscaram as mesmas respostas que a gente, foi difícil pra mim aceitar isso, aceitar de que querendo eu não eu tô impotente nessa jogada, pelo menos por hora. Não adianta a gente caçar um alvo que a gente não tem, mas eu acho que uma hora essa conta vai bater, eu só espero que até lá eu consiga distinguir o que os outros fizeram de errado pra eu não fazer e cair na mesma burrada, e pior, puxar vocês pro buraco comigo... – havia uma preocupação real tanto na voz quanto na figura do Rahu, mas era como se ele se negasse viver com medo do que podia vir pela frente.

    - Uma pena que isso só te deixou com mais pulgas atrás da orelha, mas a gente tem muito mais informações pra trabalhar agora... – ele pausa um momento. – Sabe o que deixa os velhos mais tristes? É ver a molecada mais nova cometer os mesmos erros que fez os amigos deles não chegarem na idade deles. O que todos os Meninna fizeram quando vieram pra cá? Caçaram incessantemente e atrás de uma vingança. Lembra que eu te falei que eu não sei o que fazer, mas sei exatamente o que não fazer? Pois é. Isso é algo a não se fazer, é o que levou quatro alcateias pra morte e uma pra loucura e consequentemente pra morte também. – não havia uma sombra de dúvida na voz, ele pareceu levar a sério quando falou que deveria ser o caçador paciente a sombra, no escuro sereno e esperando a oportunidade.

    - Mas sabe o que é mais interessante dessa história toda? Krantz e Stuarts – Connor sorri e balança a cabeça em negativo como se lembrasse de algo – Quando eu cheguei aqui eu cheguei todo revolucionário querendo mudar a porra toda, eu levei porrada moral em cima de porrada moral, e eu tenho que agradecer meu primo por ter sido ele a ter me dado essas lições e não outra pessoa. Mas eu pensei que talvez eu pudesse ir falar com a Legião, saber o por que da relutância deles se juntarem ao protetorado, eu achava que era por que eles pregavam o jeito dos anciões, mas a coisa é muito mais pessoal, e eu não fui por que eu achava que não tinha marcas o suficiente e a verdade é que eu ainda não tenho, eu já tenho o bastante pra fazer meu primo e minha mãe me olharem diferente, e eu percebi isso hoje, mas pra eles não, pra eles eu ainda sou um moleque fedendo a leite e se eu fosse eu provavelmente ia voltar sem um braço, talvez sem o saco só por que eles são sacanas, e nem tiro a razão deles. – naquela altura já estavam chegando em casa, ele começa a estacionar o carro, mas continua falando – A diferença agora é que eles tem um intermediário, melhor, dois. Você e Franco, mas você principalmente é a chave pra isso se resolver, eles podem ter perdido uma companheira de alcateia, mas você perdeu muito mais do que isso, foi o único que se fodeu de verdade. Infelizmente a morte dela e da alfa começou uma rixa que provavelmente só você pode ajudar a acabar. – Ele termina de estacionar e olha sério pra Shaw. – Cara aquela cola que eles usaram no Atiçador, aquilo é equipamento militar, aquela budega era usada no Vietnam, eu corri atrás de fazer o dever de casa, ter eles estabelecidos e cooperando invés de espremidos no Estaleiro e se estranhando com os Uivadores, porra cara isso ia ajudar demais. A verdade que ninguém diz, é que todo mundo quer eles dentro, exceto Stuarts, Krantz e o resto dos moleques que ele fez a cabeça, mas você pode mudar isso, talvez seja o único que possa. – Ele suspira e fica visível um sentimento de pena – Chaya cara, ela é forte, mas ela não brilha... – Era a melhor maneira dele se referir a uma Rahu que ele achava “impura” demais.

    Ele sai do veículo e espera Shaw sair pra ativar o alarme enquanto a coisa toda se fecha sozinha. – Pensa nisso. – dizia se encaminhando a casa.

    Faor
    Mutante
    Faor
    Mutante

    Mensagens : 703
    Reputação : 27

    Casa dos Algozes - Página 2 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Faor Sex Set 25, 2020 3:31 pm






    Casa dos Algozes - Página 2 268_2610



    Shaw ouvia Connor e concordava com ele. Ficou especialmente contente em ouvir sobre a evolução da relação dele com Ash. Era justo. Shaw... Edgar está mais próximo de Elizabeth e Connor também ganhou com isso. Quando o amigo continua a falar, para Shaw, fica claro que eles tem as mesmas preocupações e motivações. Sem problema em mergulhar de cabeça, só não dá para fazer de olho fechado - ele sempre pensa assim. Fodam-se as consequências sempre, mas sem burrice, sem desperdício, sei palhaçada.


    Connor escreveu:- Mas sabe o que é mais interessante dessa história toda? Krantz e Stuarts...


    Shaw escuta ainda mais interessado. Ash tinha apontado outros caminhos, mas aquele ali era o mais diferente. E sua mãe foi uma Garra Sangrenta, assim como ele.


    Connor escreveu:-Cara aquela cola que eles usaram no Atiçador, aquilo é equipamento militar, aquela budega era usada no Vietnam, eu corri atrás de fazer o dever de casa, ter eles estabelecidos e cooperando invés de espremidos no Estaleiro e se estranhando com os Uivadores, porra cara isso ia ajudar demais. A verdade que ninguém diz, é que todo mundo quer eles dentro, exceto Stuarts, Krantz e o resto dos moleques que ele fez a cabeça, mas você pode mudar isso, talvez seja o único que possa.


    - Rapaz, não esquece porque precisaram de usar a cola no Atiçador... - Ele claramente citava o desenrolar do desafio entre Amy e o Atiçador, que iniciou em torno de Shaw. - Nem todas as portas estão abertas. Mas eu realmente acho que esse é um caminho que a gente deve seguir.


    Connor escreveu:-Chaya cara, ela é forte, mas ela não brilha...


    - Eu acho que entendo, mas só acho... -Não parecia perturbado. - Ainda assim eu teria corrido com ela há tempos atrás como vou correr a nossa família, entende? Não é forçação e não é mi mi mi. Ela sabe pouco mas não me negou o que sabe. É um caminho.

    - Mas e aí, vamos juntos, esperamos um tempo, vou sozinho, com Francys, o que você acha melhor?



    Ankou
    Mestre Jedi
    Ankou
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1356
    Reputação : 55

    Casa dos Algozes - Página 2 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Ankou Sex Set 25, 2020 4:33 pm






    PThwhox.png

    A chave gira e Connor abre a portada casa e deixa aberta pra Shaw passar logo atrás dele.

    Shaw escreveu:- Rapaz, não esquece porque precisaram de usar a cola no Atiçador...

    Ele sorri, e balança a cabeça em negativo – Esquece isso cara, não tem nada haver contigo, a Legião já tomou pau dos Uivadores, mais de uma vez, aquele problema é deles, só usaram tu e Franco de pretexto pra arranjar briga, mais infantil que moleque medindo pau. – E mesmo apesar da afinidade obvia de Connor com os Uivadores naquele aspecto ele parecia bem imparcial.

    Shaw escreveu:- Eu acho que entendo, mas só acho...

    - Tu entende, entende sim! – Connor aponta pra onde quer que a marca de pureza de Shaw tinha sido pintada pelo Luno. – Isso não se ganha de graça, e o Luno não te dá sem você ir pedir...

    Shaw escreveu:- Mas e aí, vamos juntos, esperamos um tempo, vou sozinho, com Francys, o que você acha melhor?

    Connor meneia em negativo – Nah, isso é coisa pra tu principalmente e pro Franco, se eu aparecer lá pode deixar eles cabreiro, eu posso até ajudar a intervir por eles no protetorado, conversar com o Richard e com Stuarts, chamo até o Axel pra mediar, o que é justo, mas isso é se vocês conseguirem convencer eles de alguma coisa. – Ele se senta no sofá, nunca de forma confortável, ele nunca parece confortável dentro daquela casa. – Eles tem as mesmas preocupações que nós, num território muito menor, jogados pra escanteio, e com a paranoia de que qualquer um de nós pode querer pular na garganta deles sem nem aviso... Eles vivem um inferno que eles cavaram pra eles mesmos. – ele fica pensativo – “Vocês precisam de um alfa que não atrase vocês”, foi o que o vô disse, na moral, se eu tivesse que apostar minhas fichas o pirado é o Atiçador, mas Krantz sabe como influenciar ele, e se mantém longe do Stuarts, mas na boa eu não acho que os outros dois camaradas tão felizes com isso não, eles seguem porque é a honra deles... É o teu credo cara, uma tribo que só respeita a força, que não é necessariamente física. – ele veste uma cara intencionalmente cínica – Quem pra você parece o mais forte ali? – Connor não precisava nem responder aquela pergunta, ficava bem óbvio que ele colocava as apostava no Ithaeur de barba grisalha.

    Faor
    Mutante
    Faor
    Mutante

    Mensagens : 703
    Reputação : 27

    Casa dos Algozes - Página 2 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Faor Qua Set 30, 2020 6:33 pm






    Casa dos Algozes - Página 2 268_2610



    Shaw acompanha o raciocínio de Connor e, outra vez, concorda com ele. - Vou trocar uma ideia com Francys. Não piso lá sem a visão dele. Temos Silvia também nesse caldo, sei lá. Quem saiu de lá, teve seus motivos.

    OFF:
    Shaw está satisfeito. Vamos ver como levar isso ao outro Garra.



    Ankou
    Mestre Jedi
    Ankou
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1356
    Reputação : 55

    Casa dos Algozes - Página 2 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Ankou Qui Out 01, 2020 4:31 pm






    PThwhox.png

    Vindo de : A alcateia que falta

    Connor é ridiculamente rápido, tanto quanto um carro de passeio que conseguia se desviar e manobrar entre árvores, dá pra ver e seguir o rastro dele e marcas de garras nas árvores onde ele se apoiou pra ganhar ainda mais impulso, daria pra jurar que eram marcas de urso. Quilômetros depois ele chega na casa pela entrada secreta a coisa toda fica aberta com uma mensagem no chão de terra. “ A mulher do padre fecha a porta e apaga isso aqui”.

    O cheiro dele guia até a área de lazer da casa, a camiseta azul tá pendurada numa guarda da cadeira, o corpo ainda minava suor que tinha sido enxugado na própria camiseta, ele tá na churrasqueira desembrulhando laminados que já estavam descansando no bafo umas cinco a seis horas, uma janela de costela e um pernil de cervo.

    Em uma bacia metálica e rasa ele dá três pancadas no osso da perna do bicho e a carne desmancha, a costela ele joga em cima de uma tábua, dava pra desmanchar ela no dedo, e o aroma suculento de carne e ervas invadia o ar e as narinas de qualquer um.

    Quando minutos depois estão todos reunidos ele quebra o fêmur do bicho e chupa o tutano, a coisa descia igual manteiga na boca e deixa a outra metade do osso pra quem quisesse se servir. – Ok, minha primeira decisão e ela já foi questionada, mas eu vou levar na boa. – Dizia lambendo os dedos engordurados. – No dia que a gente se conheceu eu falei com meu primo pelo celular, que eu ia continuar sendo capitão, uma brincadeira de zoeira, mas cá estamos, todo mundo sabe que desde o primeiro dia eu venho por mais ou por menos fazendo esse papel e não é agora que isso se tornou oficial que eu vou me tornar um tirano. – Ele logo desfia um pedaço de carne e joga pra dentro.

    - Então eu vou abrir o jogo. Vocês sabem que minha escolha óbvia seria o Axel certo? Mesma tribo, valores parecidos, essas coisas. O problema é que as escolhas óbvias tem matado muita gente da minha tribo por aqui e isso provavelmente não seria muito sábio da minha parte, eu tenho minhas razões pra escolher o Shaw, principalmente por que a gente tem uma guerra vindo pra cima, e uma hora a merda que bateu no ventilador vai respingar aqui, mas vocês sabem que eu trabalharia bem com qualquer um de vocês, por mais diferenças que a gente possa ter. – ele jogou mais um naco de carne na boca pausando um momento, tempo o bastante pra engolir e voltar a falar. – Mas o Ethan eu quero onde ele está. Tu fica mais olhando pro lado de lá que pra cá, tem hora eu poderia jurar que cê é autista. – ele se levanta – Já volto. – Ele não demora nem um minuto e volta com um fardo de latinhas de cerveja e as coloca em cima da mesa.

    - Continuando. O que eu não quero é sair sem um beta amanhã, mas já que minha escolha não foi bem vinda, talvez eu não tenha sido tão justo quanto eu imaginava – as palavras e confiança dele mostravam que ele havia pensado muito mais no assunto do que simplesmente ter feito uma decisão jogada, tão logo ele abria uma lata e dava três longas goladas nela empurrando o fardo mais pro centro da mesa pra que os companheiros se servissem. – Então eu quero que vocês três se lasquem e decidam isso, eu vou respeitar e aceitar a decisão de vocês, enquanto isso eu fico aqui, comendo carne, bebendo cerveja e pensando se é realmente uma boa Franco se juntar a Shaw e Amy, ou eu que to sendo paranoico. – o que se seguia agora era silêncio e um ar pensativo de Connor, enquanto ele dava espaço pros três discutirem o que queriam fazer.

    GodsCorpse
    Sacerdote de Cthulhu
    GodsCorpse
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2788
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Casa dos Algozes - Página 2 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por GodsCorpse Sex Out 02, 2020 1:13 am


        
           
           
        

               

               

    Franco está trajando um casaco longo preto de couro de capuz com peito aberto, exibindo uma blusa branca de linho. Veste também uma calça do mesmo material do casaco e botas escuras.
    Seu cabelo está mais curto e a barba mais rala do que da primeira vez que vieram a este lugar.


                   

    Ficha


               

           

               

                   

    Franco puxaria a Shaw durante a "corrida" (não fazia muita questão, estava mais galopando) para puxar Shaw ao lado para discutir a ideia dele sobre "beta". Franco não puxou para o conceito da alcateia animal, mas sim para hierarquia - - Não se preocupa com o holofote. Ninguém faz pela luz o que ele quer de ti.


                   

    O conceito não era estranho para o Franco, pois todo chefe de gangue na prisão tinha um outro rapaz em seu ouvido, era a mão direita e a mão direita tinha o julgamento mais pesado. Alfa, a todos os fins, era um líder, não um chefe. Ele caça junto, age junto, sua palavra não é lei, é uma opinião, uma opinião mais respeitada e seu beta serviria para guiar em seu lugar caso não tenha a capacidade, como também ser o primeiro a dar input em uma ideia errada.


                   

    - Esperava o Axel, mas ele deve tar com medo do que aconteceu com a outra galera. O que aconteceu com Aqueles que caçam nas sombras. Tu é dezenas de vezes mais cabeça que eu, vai saber fazer o certo se precisar na hora. E se precisar que eu vá na frente para apresentar o trabalho de cartolina, sabe que eu faço. - brincou, mas sem seu sorriso - Na real... Ele tá limpando as mãos dele, que ele não vai querer sujar elas.


                   

                   

    Franco chegava por último na casa e tirou o casaco, deixando-o pendurado na entrada. Não estava olhando para nada nem dando tanto papo para o pessoal. Uma sombra fria cobria seus pensamentos, deixando-o mais calmo que o normal. Gelo subia a barriga em pensar no dia de amanhã, mas a perna trêmula era expectativa, não medo. Na real, mesmo com estômago revirado, um ataque com as garras ou uma mordida faria-o sair do estado imediatamente. Já passou por isso, antes de ser esfaqueado. Deitado num beliche, contando os minutos até a porta se abrir para o almoço. Ele sabia que vinha, antecipava a revanche, mas sabe que nunca vai estar preparado para aquilo de verdade. Nem como homem, nem como lobo.


                   

    Connor foi naturalmente tomando papel de líder. Franco se pôs a questionar na frente de todos, mas mais pela chance de se provar do que a busca pelo posto em si. Não era o que ele queria, era pensamento demais. Ele quer a glória de estar ali, mas não a responsabilidade que arcava. Ele estava melhor instalado naquele mundo do que Francis jamais seria, literalmente nascido nele, então ao menos respeita. Dois postos foram decididos nessa noite pelo rapaz rahu e isso descia tão bem quanto uma cerveja quente: não é das melhores, porque poderia ter gelado, mas ainda é cerveja, não é?


                   

    Justificado o porquê do Shaw, fazendo Francis levantar a sobrancelha para o colega de Garras - Não tenho nem o que dizer. Já fui lascado hoje pelo meu peitinho nu. - fazia menção às marcas que não tinha - Mas o medo é válido, e o Shaw tem um parafuso amais que eu. Tem isso.


                   

    Franco pegou uma das cervejas, abriu devagar, bebeu devagar - Shaw e Amy não são um problema. São a solução. - cobriu a boca com a bebida, para fingir que não precisaria se justificar de sua afirmação. Estava se forçando o máximo para não dizer um "Deixa que a gente lida com isso e finge que não sabe o que vai acontecer", pois ia doer o coração do menino de qualquer forma.


               

           
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5213
    Reputação : 391
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Casa dos Algozes - Página 2 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Bravos Sex Out 02, 2020 11:05 am




    Axel Brown

    Logo após Connor, Axel segue em direção à casa. Manteve-se um pouco afastado dos demais. Pensava em várias coisas. Na caçada do outro dia. Na escolha de Connor. Na recusa de Shaw. No que ele mesmo sentia que deveria fazer. Chegando nas portas do fundo da casa, voltou à forma Hishu. Puxou um cigarro do bolso da blusa de flanela e acendeu. Encostado na parede ele fumou sozinho por alguns instantes até que se aproximassem os demais. Antes que eles efetivamente chegassem, ele batia as cinzas e entrava.

    Para jantar tinham um cervo. Axel entrou na cozinha sem falar nada. Levava o cigarro no canto da boca tal qual um velho. Pegou um prato, uma cerveja e se serviu. Só quando se sentou é que apagou o cigarro. Quando os demais chegaram, Connor expôs os motivos de sua escolha.

    Francis lavou as mãos. Shaw já havia falado algo antes de partir. - Eu vou falar um pouco de mim pra vocês. - Botou um pedaço grande de carne na boca e mastigou ele todo antes de voltar a falar. - O Axel da vida lá fora era um garoto de gostava de bebedeira, putaria e odiava o pai que o forçava a trabalhar. - Passou os olhos em cada um dos que estavam ali presente. - Esse cara morreu junto com o pai dele. - Um gole de cerveja. - Esse Axel aqui que vocês conhecem está tentando ter a responsabilidade que nunca teve. - Garrafa sobre a mesa. - Eu irei disputar a posição de beta se for preciso. Não que eu ache algum de vocês menor que eu. Não que eu ache que os motivos que Connor deu são inválidos. É apenas algo que eu vou fazer, pois é onde eu penso que devo estar. Fosse quem fosse o alfa. - Passou a mão pelos cabelos. - O que eu penso em fazer... E vou fazer, independente de cargo, reconhecido ou não, é garantir que todos funcionem na eficiência máxima. E isso envolve fiscalizar, cobrar e proteger.

    Espetou uma cenoura com o garfo e passou pra dentro. - Como inclusive fiz mais cedo. Como teria feito se a disputa do alfa ainda estivesse em aberto. Existem motivos óbvios sobre porque não seria bom dois Meninna à frente de uma alcatéia em Dover. Existem características pessoais de porquê deveria ser um e outro. - Deu de ombros. - Se tiverem algo para falar, especialmente Shaw, eu gostaria de ouvir... - Olhou um tempo para Shaw para ver o que ele diria. Depois voltou-se para o Ithaeur. - Ethan?






    Dycleal
    Wyrm
    Dycleal
    Wyrm

    Mensagens : 8022
    Reputação : 151
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Casa dos Algozes - Página 2 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Dycleal Sex Out 02, 2020 6:19 pm

    Ethan se sentia leve e revigorado e quando abriu os olhos viu seus companheiros correndo transformados e se transformou também e os segue sentindo a natureza ao seu redor e se sente uno com ela e com seus irmãos e acelera para se aproximar um pouco mais deles... Ao longe vê a casa e eles adentrando, e volta a forma hishu e todos já estão sentados na área de lazer, comendo uma carne e furtivamente passa por trás das poltronas e passando pela carne, pega um pouco do pernil e uma bebida e senta-se ao lado do Axel, que após a fala de Connor, que o chama de autista e de Franco que faz suas considerações, começa a falar e em um determinado momento ele questiona a opinião do Shaw sobre a sua fala e depois olha para o Ithaeur e faz o mesmo questionamento ele diz: - Sei o que pensa, estou contigo em teus pensamentos, deve coloca-los sempre para nós sim. está questão de liderança, de Alpha, que já resolvemos e agora de um Beta, eu entendo todas colocações e com a sua fala, vejo que você está apto a disputar o posto de Beta, se é que alguém o vai questionar, por isso sempre coloque o que sente para fora, para ajudar o grupo, pois para mim foi esclarecedora, a sua fala.

    Ele se cala achando que o pensamento do Axel faz muito sentindo. Depois se levanta novamente, pensando na referência que Connor fez a ele como um "Autista" e conclui que deve se desculpar pelo seu comportamento ausente e fala: - Senhores, meus irmãos, quero pedir desculpa por estar tão alheio a vocês, eu tenho me comportado as vezes como um autista, de fato, como disse o Connor, mas esse trabalho com os espíritos é ainda algo novo para mim e as vezes eu me absorvo tanto que esqueço os vivos. Mas quero dizer que admiro todos vocês e estou uno em propósito com todos, e que o mais importante é o sucesso da alcateia em realizar os seus trabalho em união, me perdoe se os magoei por algo, e pelo comportamento de um autista, neste período de recolhimento e descobertas interiores...E se senta novamente, agora, bem atento e focado.
    Faor
    Mutante
    Faor
    Mutante

    Mensagens : 703
    Reputação : 27

    Casa dos Algozes - Página 2 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Faor Sab Out 03, 2020 12:46 pm






    Casa dos Algozes - Página 2 268_2610



    Connor dispara levantando grama e Axel o segue. Shaw olha em volta e percebe Francys prestes a se transformar e Ethan concentrado no totem. Depois dos dois Meninna, os dois Garras seguem, sem pressa. Ele não respondeu ao irmão de tribo, tentou considerar tudo o que estava na mesa. Ele se adiantou a Francys em algum momento na reserva e foi bem recepcionado pelos cheiros da casa, cigarro, carne gorda e ervas aromáticas.






    Todos juntos, Ethan já estava lá e Shaw achou isso curioso, Connor seguiu argumentando mas, sentado, Shaw só o acompanhava na refeição. Boca boa, comendo o cordeiro pra valer, como se a fome o incomodasse há tempos. Mãos engorduradas, apenas quando Axel já estava falando ele pega uma cerveja, abre e levanta. Faz um gesto de brinde quando Ethan diz o que pensa.

    - Eu ia dizer só: "então fechou, Axel é o beta, chega dessa porra porque amanhã vai ser foda". - Finalmente bebeu a cerveja e a sede parecia maior que a fome anterior. - Mas curti a ideia da galera de abrir o coração e vou dizer uma coisa ou outra. - Limpa a boca com o antebraço e larga a cerveja, aproveitando a umidade nas mãos para limpar um pouco o excesso de gordura.

    - Só que, vocês não vão gostar de algumas partes. - Ele se aproxima de Francys, mas encara Connor. - Tenta segurar a onda e a vontade de ver o que tem dentro da minha cabeça para calar a minha boca, ok? Mas, começando dessa parte em que você vai ficar puto, o negócio é o seguinte. - Ele avalia a posição do alfa e calcula como ele saltaria para arrebentar o pescoço do irraka. Tenta decidir como poderia golpeá-lo antes disso, usando o que tivesse por perto. - Se a treta de ter dois Meninna à frente dos algozes é suficiente para a gente renovar a porra da maldição e já define nosso futuro, bom, então talvez você não devesse ser o alfa, não é bonitão? Tem mais... - Ele faz uma pausa breve, medindo quais músculos de Connor contraíram para antecipar qualquer movimento. - Tem mais e eu tô cagando para o que as outras alcateias vão pensar das tribos à frente aqui, cagando mais ainda pra Legião, se isso interessa. - Ele não tira os olhos de Connor, Francys ao lado poderia escolher entre quais costela de Shaw iria enfiar uma faca, e o filho da Sortuda não saberia até começar a jorrar sangue. - Se a ideia é fazer diferente, procurar outros caminhos, cagar em outras privadas, talvez... - E aqui o talvez deve ter soado irônico, no limite de ser uma provocação. - Talvez não devêssemos ter um Mcleary dando as cartas aqui, hein? - Mas o tom não era de desafio, não era de cobrança. Era um professor chato descrevendo um axioma matemático. - A região toda é um parque de diversões da família, não é?

    Ele faz uma pausa apenas para avaliar a chances de ser trucidado. Ele não mede a reação de nenhum dos outros três. Só quer saber se vai morrer nesse instante ou se ainda tem atenção para concluir o raciocínio.

    - Você é o nosso Rahu e ninguém dentro ou fora dos algozes tem dúvidas do que isso representa. E não é o seu tamanho que impõe essa certeza, certo? Mas você não é só o nosso tanque de guerra. É a porra do nosso alfa, pontuou nome dos parentes, cobrou espaço e ofereceu ajuda. Não olhou para trás para ver o que a gente achava. Está acompanhando? É rigorosamente o que o Axel falou: você, eu, Axel, todos aqui, vão fazer exatamente o que tem que ser feito, independente do crachá! O crachá trás força, mas pesa também. Você é o cara para carregar o peso do alfa e só você. Esse é o ponto.

    Ainda inteiro, ele olha os demais e aponta para Axel. - Você está disputando com o meu nome, porque não é sobre o que eu quero, é sobre o que eu acho certo. E eu acho certo você ser o meio de campo. - Ele sorri ao lembrar do pai valorizando a posição no futebol. Shaw nunca gostou disso. - Você vai fazer esse papel de qualquer jeito. Por isso, acho que deve ficar contigo. E não para eu fugir do peso, porque aí é que está: receber a atenção e responsabilidade do beta me coloca numa evidência que vai me prender para cacete, enquanto o Axel dançaria com isso nas costas. Agora, carregar o peso do filho da puta condenado por fazer merda grande, desse eu jamais vou fugir, não tenho dúvidas que isso é comigo. Sacou? Articulação, Axel, cagar na água benta do Vaticano, Shawzinho, putaria, faxina, assuntos gerais, meu irmão aqui. - Ele se apoia em Francys. - O seu papel e o de Ethan, são super óbvios, né?

    O tempo todo, ele se mantém firme e em tom sóbrio, especialmente depois de se sentir seguro quanto à reação de Connor.



    Ankou
    Mestre Jedi
    Ankou
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1356
    Reputação : 55

    Casa dos Algozes - Página 2 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Ankou Sab Out 03, 2020 3:12 pm






    PThwhox.png

    Franco escreveu:Shaw e Amy não são um problema. São a solução.

    Pra ser honesto Amy tem mais chance de se foder nessa que outra coisa, mas se três dos caras ocupam eles e o resto te encurrala como tu sai dessa? Você tá fodido meu amigo... – ele realmente parece pensar no assunto mais um pouco – Além de que eu não sei o que a gente vai achar lá no não lugar. – ele bebe um tanto mais da cerveja e se põe pensativo.

    Ethan escreveu:- Senhores, meus irmãos, quero pedir desculpa por estar tão alheio a vocês...

    - Suave você olhar mais pra lá do que pra cá, mas se lembre que tu é guardião dos dois mundos... – a coisa toda soava mais em tom de conselho que outra coisa, não parecia realmente chateado do modo que ele agia e falava como se não fosse necessárias as desculpas.

    Axel escreveu:- Eu vou falar um pouco de mim pra vocês...

    - Isso é esperança... – Não sabia se as coisas começavam a tomar sentido pra eles agora, mas definitivamente ele já havia dado aquele recado antes, ele se deixava sorrir sem mostrar os dentes.

    Shaw escreveu:- A região toda é um parque de diversões da família, não é?

    Connor parece indecifrável com a palavras de Shaw, isso até ele falar sobre a família dele, o tom já não importava mais, nem a posição dele ser questionada importava mais, dava pra ver um sentimento de ofensa, por mais cuidadoso que Shaw fosse, mas depois decepção.

    - Eu achei que tu tivesse crescido mais nesse pouco tempo de alcateia, mas talvez eu tenha me enganado, me enganado feio. Quando eu passei pela primeira mudança eu achei que tivesse sido atingido pela “maldição” de família, foi muito doído eu entender o que era o sacrifício. Eu não espero que todo mundo entenda como eu, agora chamar Dover de parque de diversão dos Mcleary? – ele respira fundo e esfrega o rosto como um pai que se perguntava "onde foi que eu errei". – Cara tem mais uma dezena de “Edgars” na minha família que não tiveram nem a oportunidade de saber o que aconteceu, por que no geral é melhor assim, você teve a oportunidade de até mesmo compreender o sacrifício da sua mãe, ainda assim você me fala uma merda dessa, tudo na minha família foi pago com sangue e osso. – ele termina de virar a cerveja e bate a latinha em cima da mesa.

    - A oportunidade foi igual pra todo mundo, você podia ter ido parar lá do lado do Franco, mas você foi omisso, e quando eu te ofereci uma responsabilidade você negou. Franco fraquejou no momento que ele se achou menor como se as minhas marcas fossem parâmetro pra qualquer coisa, são o parâmetro do Axel, mas eu nunca pedi por isso. De todos vocês o que teve mais coragem e bom senso foi o Ethan, mesmo sempre distraído pro Hisil. E se eu tomei a frente dos Algozes, por omissão ou apoio é por que eu já decidi pagar o preço do sacrifício, eu aceitei fazer isso muito antes até de conhecer qualquer um de vocês. E acredite, nada me doeu mais que ver minha mãe aos prantos arrastando a cara no chão sem força pra mover os braços de tanta dor e tristeza, mas até ela entende o que eu me dispus a fazer... – Talvez os Mcleary fossem feitos de um material diferente no final das contas como dizia o tio Nestor.

    - Agora se vocês tem um pouco de hombridade e honra, meu papel não vai mais ser questionado até o dia em que eu cometer algum pecado do Pai Lobo. Eu nunca precisei dar essa decisão na mão de vocês, mas eu fiz porque é o certo, e por que eu não preciso e nem quero ninguém desempenhando uma função com má vontade. – por fim ele olha pra Franco esperando que ele tivesse algo a dizer sobre aquilo, e no fim ter sido questionado parecia fazer ele revigorado de alguma forma, como se houvesse ainda mais determinação no olhar.

    Ele abre uma segunda cerveja e dá uma golada, se servindo de mais um pedaço de carne.

    Dycleal
    Wyrm
    Dycleal
    Wyrm

    Mensagens : 8022
    Reputação : 151
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Casa dos Algozes - Página 2 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Dycleal Dom Out 04, 2020 8:47 pm

    Ethan ouve a fala de Shaw e a princípio fica chocado, mas depois pensa que o Connor fez o mesmo com ele o chamando de autista e mesmo sendo ofensivo, o quanto que o Ithaeur aprendeu com a autocrítica que fez a partir desta crítica grosseira e decide cumprir com o que prometera de participar mais da vida social da alcateia e se aproxima de Shaw exatamente quando Connor começa a falar, o que prometia ser uma fala tensa.

    Após a fala de Connor, uma fala que não foi tão pesada quanto ele pensava, ele levanta a mão e pede para falar e diz: - Eu prometi a pouco que iria participar mais das nossas conversas e decisões e é isso que estou fazendo e Connor, você mesmo me chamou de Autista e a princípio, seria ofensivo e eu podia escolher me ofender, mas considero que você é meu irmão e se preocupa comigo e decidi fazer uma autocrítica e refleti e cheguei a conclusão que de certa forma você estava certo e me alertara para algo que eu precisava melhora e te agradeço por isso então conclamo que para o bem da nossa unidade e fortaleza, sempre sejamos francos uns com os outros e que possamos refletir sobre o que foi falado e buscar um depuramento de atitudes visando nos tornar Urathas melhores, mais fortes e unidos. Após essa fala ele dá um passo para trás e cruza os braços esperando que Franco se pronunciasse.
    GodsCorpse
    Sacerdote de Cthulhu
    GodsCorpse
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2788
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Casa dos Algozes - Página 2 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por GodsCorpse Dom Out 04, 2020 9:15 pm


        
           
           
        

               

               

    Franco está trajando uma blusa branca de linho. Veste também uma calça do mesmo material do casaco e botas escuras.


                   

    Ficha


               

           

               

                   

    Franco soltou um alto "Aaah" ao término das palavras de Axel, mas não engrenou em nenhuma crítica ou elogio à situação. Desta vez, sequer tirava alguma alegria do conflito entre amigos em seu sadismo social. Axel já havia decidido sua posição, querendo ou não. Ethan faz sua voz ser dita e a menção de "autista" tirou um risinho leve de si - Porra mano... Não vamos ficar dando nominho para os colegas... Isso é coisa de retardado... - brincou e olhou para Ethan - Não deve ser fácil com essas coisas suspirando no seu cangote o tempo todo, então nem te atrapalho. Para mim, não tem que pedir nada. - voltou à mais um gole da bebida e mais uma mordida da comida.


                   

    O que seria já um momento de tensão se escalou à outro com Shaw e Connor abrindo o coração sobre as escolhas recentes, então Franco se fez ouvido após ter seu nome e sua presença levada em conta - Primeiro de tudo, vocês estão numa merda fodida que agora eu vou ter que falar como voz da consciência aqui. Pode parecer que eu me afastei de sair na lama com Connor ali na frente por marquinhas e sei lá o que, mas no fim, ninguém se importa, nem eu. Sabe por que me afastei? Porque se tem que algum merdão ir lá na frente falar, tem que ser ao menos um que entende. Eu não tenho o toque da política aqui. Cês tem? Shaw? Ethan? Ao menos nisso tento ser menos idiota. Grandes merda o crachá de alfa e o caralho. Isso aqui... - gesticulava o indicador num círculo - Isso aqui é uma porra de uma engrenagem que a gente tem que manter funcionando. Meu papel óbvio? De longe. Se for só pela lua, meu papel é falar que a gente vai morrer a cada semana que eu tiro uma soneca. Se for pelo meu passado, meu papel era dar com os ferros na cara de gente como o Connor e afogar os dentes de gente como Shaw.


                   

    - Agora, uma coisa que entendi é que as merdas das decisões estão sendo feitas no momento que estão nos perguntando delas e isso que deu errado até agora. E se a gente sair amanhã com isso desregulado como está, vamo morrer. "Meu papel" vai estar feito porque avisei, né? Heh... Fomos muito educados para chegar em casa para lavar a louça que a gente fez quando trouxe a comida para casa, quando deveria ter... porra, me perdi na metáfora. Entendeu né?


                   

    Apontou para o Shaw de forma meio caricata, jogando a coluna toda com o braço - Tu tá puto com que afinal? Com quem fez a escolha ou com o papel? Ou com a razão da escolha? Vamo no objetivo porra, que tu quer?


                   

    Apontou para o Axel - Tu só quer teu crachá. - virou para Ethan, apontando - ... Tu tá suave. Tu tá aqui e é o que importa.


                   

    Foi apontar para o Connor, mas virou o rosto e recolheu a mão. É tudo show. Voltou a olhar para ele e para o grupo - Tu tá com o que tu quer, primeiro porque eu larguei de mão e segundo porque todo mundo quis ser educado de ouvir a reunião em vez de fazer a escolha... A gente que faz as nossas regras. A gente ainda ta seguindo regra do rebanho. - ficou em silêncio, olhou para todos - Não quero ser alfa. Não quero ser beta. Quero garantir essa geleia funcionando. As possíveis consequências de cada um no seu posto a gente vai ter que aceitar e engolir agora. Pode ser? Eu quero "divisão" de tribos nas lideranças. Nem que seja eu. Eu vi o que vi em sonhos demais então isso tem que ser feito. Se eu disser "Vai Shaw", tu diz o que amigo? - perguntou para Shaw.


               

           
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5213
    Reputação : 391
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Casa dos Algozes - Página 2 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Bravos Seg Out 05, 2020 1:22 pm




    Axel Brown

    - Shaw! - Disse Axel quando as 'acusações' do irraka pareciam ter ficado exaltadas demais. Axel entendia os pontos. Achava-os válidos, mas precisavam ser ditos com reverência. Querendo ou não, era um assunto delicado para Connor e agora ele era o alfa. Aquilo era apenas um lembrete do juramento que eles tinham, não uma censura.

    Connor respondeu. Ethan pontuou que todos deveriam escutar uns aos outros. Era válido. - Além disso, Connor, ninguém aqui precisa ter a reverência e a admiração que você mesmo nutre por sua família. Obviamente, ninguém irá desrespeitá-la, porém, mais por você que por ela. - Disse mantendo os olhos no alfa, sem agressividade. - Quase todos aqui tem na família algo importante, seja de dor, seja de suporte. Todos são capazes de se colocar na pele um do outro para entender. - Disse e então botou o último pedaço de carne na boca, mastigando-o enquanto Francis começava a falar.

    Francis aponta o dedo para Axel e algo interior parece se contorcer para decepar aquele dedo fora, mas o elodoth se controla. Quando o cahalith termina de falar, ele se levanta. - Isso não é uma câmara de vereadores para ter representatividade. Aliás, isso nem existe no nosso mundo. Olhe as cortes de espíritos aí fora e vejam se eles não iriam rir desse conceito. Esquece essa porra. - Axel falava sério. - Ou você quer, ou não quer. Não arranja uma desculpa. - Sustentou o silêncio por alguns segundos. - Shaw disse que prefere não estar na posição de beta. Lá na reunião eu te censurei, mas aqui estamos em casa. Mak Ne Sih. Se quiser disputar comigo, façamos agora.

    Deu um murro de leve na madeira da mesa, com os nós dos dedos. - O alfa escolhe o tipo de disputa e ele media ao final. Nada que possa nos ferir, exaurir ou enfraquecer para amanhã. Não percamos de vista o mais importante.






    GodsCorpse
    Sacerdote de Cthulhu
    GodsCorpse
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2788
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Casa dos Algozes - Página 2 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por GodsCorpse Ter Out 06, 2020 11:18 am








    Franco está trajando uma blusa branca de linho. Veste também uma calça do mesmo material do casaco e botas escuras.


    Ficha





    Franco deu de ombros - Não quero. Quero que fique limpo. Se dois Meninna é de dar merda, a gente bate em quem quiser vier dar merda. Mas cês me entenderam né? A gente caiu nisso porque a gente foi deixando essas reuniões para perguntar quem é quem aqui. Eu já estou onde quero estar e confio em vocês o bastante para conseguir fazer valer esse. E como disse, eu vou me guardar para amanhã. - sorriu.



    Faor
    Mutante
    Faor
    Mutante

    Mensagens : 703
    Reputação : 27

    Casa dos Algozes - Página 2 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Faor Qua Out 07, 2020 11:42 am






    Casa dos Algozes - Página 2 268_2610



    Quando Connor finalmente reage, Shaw vai encolhendo e se sentando, buscando a cerveja. Ele mal encara o alfa mas quem preta atenção não vê nele submissão ou vergonha, e sim desânimo. O Rahu segue falando, Ethan se aproxima e Axel o repreende de leve. Francys dessa vez resolve falar mais e Shaw volta a respirar aliviado, apenas por encontrar algo com o que concorda.

    Por fim, voz fraca sem emoções, ele aponta para Connor o indicador da mão que está segurando a lata, ainda pela metade. - Na boa? Eu preferia ver você puto e eu ter que seguir amanhã com um pedaço a menos, do que sentir isso aí, você desapontado ou pior, achar que estou te desrespeitando ou zoando com tua família. Não foi nada disso, mas, tem coisas que quanto mais mexe, mais fede... - Ele molha a boca rapidamente com a cerveja e olha para o Axel.

    - Você é o beta cara. A decisão do alfa ficou com nós três. Francys não quer, eu não quero, você quer. Simples assim. - As palavras saem monótonas. - Amanhã todo mundo vai fazer o melhor, sei disso. Nada mudou, se não entenderam o que eu quis trazer, vamos curtir a cerveja pelo menos.

    Ele solta a latinha e olha para Francys. - Vamos tocar a Caçada, certo? Seria bom com a Amy junto, mas foda-se.



    Ankou
    Mestre Jedi
    Ankou
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1356
    Reputação : 55

    Casa dos Algozes - Página 2 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Ankou Qua Out 07, 2020 6:14 pm






    PThwhox.png

    Depois da semi-balbúrdia de todos colocando seus sentimentos pra fora quando tudo fica finalmente em silêncio Connor dá uma risada. – Relaxem, eu pedi por isso. – Ele dizia como se já esperasse aquilo acontecer.

    Ele primeiramente se volta pra Shaw e Axel – O problema não é ser minha família ou não, o juramento não se importa com isso, ser eles só fazem as coisas mais pessoais, podia ser a Legião, os Uivadores ou quem fosse. -  a voz dele já era mais serena, não dava pra distinguir se ele tava mentindo, se fazendo, ou se conseguiu abstrair o sentimento de maneira rápida ou mesmo já tinha previsto tudo aquilo. O que se seguiria parecia soar até impessoal. – Os Corvos tem um território sendo polido por noventa anos, em algum momento até onde a gente tá sentado aqui já foi território deles, eu penso um monte de merda das outras alcateias, é humano fazer isso, ou melhor é uratha fazer isso, eu só me seguro pra não falar. Sem ofensas rapazes, território é sagrado. – no fim a voz soava didática quase como um professor em sala de aula.

    Após isso ele se volta a Franco. – Relaxa cara, o crachá e as marcas não importam muito aqui ou nas caçadas. – Ele aponta e bate o dedo no centro da mesa. – Aqui a gente é a alcateia reunida trocando ideia e... Farpas, por que não. Mas lá fora eles são as únicas armas políticas que cada um tem, mas isso é só um lembrete, eu não vou enxugar gelo.

    Por fim ele se levanta, ele repete o mesmo gesto com Axel, ele não fala nada dessa vez, mas mantém testa com testa colada, um gesto simbólico e de respeito, logo ele bate uma mão pesada no ombro do Elodoth. – A gente tem uma missão pra cumprir e eu prometi sacrificar o que fosse preciso pra cumprir, a gente acabou de dificultar nossa vida, devemos ser os piores Meninna da face da terra, como se não bastasse a noissa tribo achar a gente louco, mas eu vou dar um jeito de manter a casa em ordem eu prometo. – A coisa tinha até um tom de chacota.

    Ele se vira e pega a metade do osso não chupado e estende pra Axel, o tutano, era a melhor parte pra Connor, e ossos de cervo eram especialmente rico neles, uma manteiga gordurosa cheia de sabor, mas o osso tinha muito mais simbolismo que sabor, tava dividindo o peso da responsabilidade que eles mesmos tinham puxado pra si.

    Ele começa a andar pra dentro da casa mas para depois de alguns passos. – Franco, tu não me respondeu o que tu faria se fosse encurralado por três, então vou considerar que você não sabe, e como eu também não sei você vai com a gente amanhã no grupo principal. Shaw, cuidado com aquela merda, rasga quantas gargantas você conseguir, mas se vc for encurralado cai fora, se você perder um pedaço cai fora. O mesmo serve pra todo mundo no grupo principal, se eu disser corre, é pra correr, entendido? – As palavras soavam mortalmente séria e ele chegava a repetir. – Entendido?! – quando todo mundo respondesse aquilo quase que como um esquadrão ele se dava por satisfeito.

    - Ethan, não faça cerimônia não, pode comer à vontade, mas a bagunça é sua. E cê tem razão eu me preocupo demais com todo mundo, às vezes mais do que eu deveria.– Principalmente quando se tratava dos Sangue do Lobo.
    Se voltava a seguir pra dentro, não que houvesse muita bagunça pra cair no colo de Ethan, um garfo de churrasqueira, uma bacia e uma tábua.

    O que queria e precisava agora era um banho e cama.

    Dycleal
    Wyrm
    Dycleal
    Wyrm

    Mensagens : 8022
    Reputação : 151
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Casa dos Algozes - Página 2 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Dycleal Qua Out 07, 2020 8:33 pm

    Ethan olha para Connor e diz: - Deixa comigo, o trabalho metódico me relaxa. E vai na carne e se serve abundantemente e começa a organizar as coisas à medida que o pessoal para de comer e quem o vê fazendo a limpeza, parece mais um ritual do que um trabalho, e seu rosto é um misto de concentração e felicidade.
    Ankou
    Mestre Jedi
    Ankou
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1356
    Reputação : 55

    Casa dos Algozes - Página 2 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Ankou Seg Jan 11, 2021 9:37 pm






    PThwhox.png

    Mesmo avariado a semana que se seguiu Connor mal parou dois dias, ele caçava insistentemente o tempo todo, nada poderoso ou sinistro o bastante, mas espíritos velhos, da natureza, sombras e informação, tentando desentocar tudo que pudesse, Shaw era quem ele recorria pra sancionar as caçadas, não escondia que estava atrás do treco que enlouquecia os Caça nas Trevas, nem mesmo impedia de quem quer que quisesse o acompanhar, nem mesmo Franco, ainda que ele dificilmente tenha dirigido qualquer palavra pra ele naquele meio tempo.

    Naquele dia começou a caçar cedo, mas não no lado de lá, na reserva. Um cervo grande dividido em quatro sobre o fogo de chão junto de outras carnes menos impressionantes possíveis de se achar no mercado, mas nitidamente de melhor qualidade, compradas nos sítios e fazendas da família e conhecidos, um churrasco abundante que só os uratha iriam entender, mas que ainda demoraria horas pra terminar.

    Por um lado o telefone de cada um deles soou com um convite pras 20h, um churrasco abundante pra quem quisesse vir, como boas vindas, como um recomeço, regada a bebida alcoólica encomendada de Olena, que ele fazia questão de pagar mesmo que tivesse desconto, por outro os lunos sussurraram no ouvido deles as 18h pra algo muito mais sério que aconteceria antes, a alcatéia toda mais Amy, Asia e Simon, o convite pro julgamento era curto, honesto e sem rodeios.

    Um bilhete com a caligrafia de Connor descansa sobre o criado mudo no quarto de Shaw, nele relatava as notas das acusações.

    O Lobo tem que caçar, o primeiro código do juramento que ele colocou em risco, quase matando a alcateia toda junto de Amy e Asia com aquele tiro, por pouco não fazendo a caçada falhar e eventualmente ainda terminar com a corrupção indigna de mais dois urathas.

    O Baixo honra o alto, infringidos contra Richard e Asia, que mesmo que ambos não liguem em acúmulo ainda mais contra a mesma alcateia pode se tornar uma ferida profunda, duvido que Amy ou Sebastian levariam isso na esportiva, talvez nem o Jay.

    Menor e não menos importante, ele não chegou a quebrar o segredo, mas ele riscou com umas imagens difíceis de engolir, isso eu vou resolver essa semana, só falta eu terminar o pagamento da nossa parte da barganha.

    No entanto tudo isso exige reparação, se vai ser um pedido de desculpas formal ou lançar ele aos lunos isso quem vai decidir são os meia lua.



    Connor está sentado na área da piscina em uma daquelas mesas feitas com ripas de madera pintadas de branco, nas ripas tem o nome de cada um deles entalhado a faca bowie descansa do lado cravada em um pedaço qualquer.

    Ele fica calado com o semblante impossível de ler até que cada um dos convidados estivessem presentes e quando ele começa a falar a coisa não muda muito, a única distração é o cheiro delicioso de carne vindo do fundo da casa. Ele toma a forma de Dalu e a primeira língua ganha potência.

    - Primeiramente eu gostaria de agradecer a cada um dos presentes, seria deselegante da minha parte desviar os senhores de suas rotinas sem oferecer uma cortesia de minha parte, fiquem a vontade de ao término do julgamento ficarem pros comes e bebes, isso incluí especialmente o Sr. Uivo Longo, pela presteza de comparecer em tão curto tempo. - O discurso não parecia pensado, mas a verdade é que Connor definitivamente não havia sido criado no gueto, dava pra sentir que ele devia pouco nos modos pra Sebastian, pelo menos quando ele se forçava.

    - Primeiro de tudo antes de declarar essa sessão aberta gostaria de declarar que assim como todos os demais presentes eu enviei uma mensagem a Uivo da Morte, até então evadido de uma caçada, deixando sua alcateia em perigo de morte, praticamente uma semana depois ele não se deu ao trabalho de comparecer portanto… - Ele não fala mais sobre, ele pega a faca e crava forte sobre a ripa onde estava o nome que ele havia dado a Ethan e o risca com força, dava pra sentir do outro lado o Caminhante se remoer, junto dos laços se rompendo, era quase como sentir dor em algum lugar do corpo que não existia, mas Connor não tremeu, nem mesmo titubeou, olhou sério pra Franco enquanto o nome era riscado e cravou a faca da mesma forma ao lado do nome dele, mas a deixou inerte.

    Ele se apoia na mesa e olha novamente pros presentes – Eu espero que o julgamento prossiga de forma pacífica, e da maneira mais honesta possível, Por que honesto é tudo que eu sou com a minha alcateia e com o povo. Falando nisso… - ele retira do bolso a karambit que pertencia a Olhos Vermelhos e a toma em mãos, ela parecia até mais bonitinha, limpa, com uma bainha e uma presilha pra se por no cinto. - A faquinha foi conquistada por mim arrancada de um inimigo e é de meu direito dá-la pra quem eu quiser. - ele estende em direção a Shaw e abre a deixando na palma da mão pra que ele pegasse – Não fosse por você aquele dia certamente estaríamos todos mortos, foi você quem conseguiu ligar as duas frentes separadas e conseguiu fazer com que nós lutássemos como um só novamente, você foi o melhor caçador aquele dia e eu seria um péssimo alpha de não reconhecer isso, eu pensei muito em devolver isso pro que sobrou dos Patas de Ferro pra me sentir menos canalha, mas essa decisão não é minha mais. - ele soava totalmente honesto como se fosse um lago cristalino sem nada a esconder.

    - Muito bem senhores, eu tenho mais convidados pra receber em um pouco menos de duas horas, espero que até lá tenham um resultado, não se acanhem de me chamar quando chegarem nele. - Ele olha pra Franco por um instante e deixa um olhar decepcionado passar por toda aquela retidão – Eu espero que não piore as coisas pra você. - ele respira fundo e olha com confiança pros dois Elodoths. - A sessão está oficialmente aberta e eu espero que depois disso esse assunto nunca mais vnha à tona. - ele estende uma mão pra Shaw como se desse a ele a palavra e se retira a passos lentos em direção dos fundos da casa ao mesmo tempo em que o corpo murcha pra forma humana.

    Conteúdo patrocinado


    Casa dos Algozes - Página 2 Empty Re: Casa dos Algozes

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex Set 17, 2021 7:05 am