Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    SEVEN WONDERS

    shamps
    Sacerdote de Cthulhu
    shamps
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2758
    Reputação : 200
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    SEVEN WONDERS - Página 2 Empty Re: SEVEN WONDERS

    Mensagem por shamps em Qui Ago 27, 2020 9:49 pm




    A moral e a índole de Yerin fizeram ela ficar chocada com o que tinha acabado de ouvir na lanchonete. Ela seguia à risca os princípios morais ensinado por seus pais e, mais que views e likes, ela estava preocupada com uma pessoa inocente. Ela preparou sim seu post com o intuito de alertar as pessoas e estava conseguindo, ela ficou aliviada com os views, pois sabia que a justiça estava se espalhando, agora só faltava chegar na pessoa certa: a real vítima. Mas ela não tinha tempo de pensar nisso agora.

    "- Yojeong!" - ela viu o Kakao da cúmplice e sorriu, respondendo - "claro que consegui, foi uma surpresa o que ouvi... uma infeliz surpresa. Vc consegue imaginar a quantidade de crimes envolvidos aqui? Não sou da área do Direito, mas temos extorsão, comunicação de falso crime, manipulação de provas e calúnia! Isso é horrível!"

    Na sala de aula, discretamente ela acompanhava a evolução do caso e sorriu ao ver as 20 mil visualizações, e só ia crescendo. Seus olhos se arregalaram quando chegou a um milhão de views e aquilo era incrível. Os comentários eram de todos os tipos, por sorte ela não se preocupava com os negativos. Tantas mensagens que ela não conseguia mais acompanhar em tempo real e teria que dar atenção aos seus inscritos e seguidores mais tarde. Infelizmente tanta notificação não era vista com bons olhos por seu professor, que parecia irritado.

    - Mas professor... - ela tentou argumentar, mas era impossível argumentar com alguém irritado - eu posso deixar no silencioso... mas... tudo bem - ela saiu da sala não muito feliz com a situação, sorte que não era uma aula importante, depois pensou que seria mais fácil acompanhar as notícias fora de sala e foi caminhando para fora do prédio. Ela parou de andar quando recebeu a mensagem do banco e arregalou os olhos de espanto.

    - Yes... - ela vibrou com um soquinho discreto no ar. Isso era realmente muito agradável - daebak! Arrasei nessa... eu sou demais! Hahahaha...

    Seu telefone toca no meio de seus devaneios e ela sorri ao ver que era Changkyun, seu praticamente irmão de infância.

    - Yeoboseyo Kyunnie! - ela estranha a maneira dele falar - Kyunnie? Alôooo... Kyunnie! Aconteceu algo?... - a outra pessoa fala com e se identifica como policial, fazendo o coração da jovem gelar - o... oficial? Sim, ele é meu irmão... briga? Mas ele está bem? Es... estou indo imediatamente, senhor. Por favor, cuide dele para mim... - ela desligou, jogou o celular na bolsa e saiu correndo pelos corredores da faculdade, mantendo o ritmo ao atravessar o estacionamento até seu carro.

    O policial disse em qual distrito ele estava e foi voando para lá, com o coração na mão. Família vinha sempre em primeiro lugar para ela e Changkyun era como um irmão para ela, criados juntos desde crianças. Mesmo ele sendo o mais velho, ela sempre cuidou dele e o tratava como o maknae, quando na verdade ele era seu oppa. E eram coisas como essa que faziam ela trata-lo feito criança.

    - Briga, Kyunnie? - ela dá um soco no volante enquanto dirige. Primeiro ela veria como ele estava e só então decidiria se ligaria para seus pais. Ela sabia o quanto eles ficariam tristes - você me paga, Kukunny!!!

    O carro para em frente o posto policial e ela entra correndo, parando no balcão de informações e se curvando brevemente.

    - Eu sou Yoo Yerin, vim ver meu irmão, Im Changkyun. O oficial Cho me ligou... eu posso vê-lo? - ela esfregava a testa aflita enquanto aguardava, caminhando de um lado para o outro impaciente.


    Iyue
    Cavaleiro Jedi
    Iyue
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 285
    Reputação : 30
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    SEVEN WONDERS - Página 2 Empty Re: SEVEN WONDERS

    Mensagem por Iyue em Sab Ago 29, 2020 10:44 pm




    SEVEN WONDERS - Página 2 IMG-20200820-WA0018

    Xu Shao Ying



    Ao ver o CEO retornar com os papéis e escutar algumas informações sobre a irmã do amigo, Shao Ying trocou olhares preocupados com Yibo, mas ao escutar sobre a audição, ele não conseguiu conter a cara de espantado. Concordava com as palavras de Hiro, mas preferiu naquele momento não falar nada, pois sabia que se ele discutisse, não iria ganhar nada ali.

    Então ele preferiu se voltar para Lee que estava já prestes a sair quando Min-ki correu para abraçar ele, e logo em seguida Hiro ir atrás para se despedir. Caminhando até Lee, ele apertou a mão do amigo e puxou para um abraço “Boa sorte Lee, para o que precisar também estamos aqui viu. Você faz parte da família” Ele disse com um sorriso triste soltando o amigo e dando um passo para trás. “E vamos continuar esperando que a polícia ainda resolva isso, assim sua honra vai ficar inteira e ninguém vai poder te acusar de nada”

    E assim que Lee saiu da sala, parecia realmente cair a ficha que eles teriam um novo integrante, e um novo integrante tão cedo. Tanto que após a viagem de van para casa, ele se viu sentado na cozinha com Yibo, e tentando se distrair, ele cozinhava algo para todos se sentirem melhor. Estava fazendo um bolo de chocolate que ele havia acertado a última vez e guardado a receita, então era certeza que não sairia igual aos demais experimentos que ele fazia.

    “O que você acha de tudo isso realmente Yibo?” Ele pergunta batendo a massa na mão, sem perceber que estava com o rosto sujo de chocolate. “Está tudo tão rápido, e para a pessoa chegar realmente na quarta feira? Eu espero que ele tenha paciência para aguentar todos nós” Ele disse tentando sorrir, mas realmente estava preocupado, tanto que não impedia Yibo de comer quase todo o chocolate do recheio. E assim ele continuou a cozinhar até realmente toda a casa cheirar bolo pronto.


    Larissa Aprill
    Troubleshooter
    Larissa Aprill
    Troubleshooter

    Mensagens : 955
    Reputação : 90
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    SEVEN WONDERS - Página 2 Empty Re: SEVEN WONDERS

    Mensagem por Larissa Aprill em Seg Ago 31, 2020 12:05 pm




    SEVEN WONDERS - Página 2 Images-35


    Se-ah ficou deslumbrada com a possibilidade de estar junto do seu amado e nem pensou duas vezes antes de comprar uma tesoura boa para cortar os cabelos e algumas faixas para disfarçar os seios.

    Fisicamente não era tão atraente quanto as outras garotas, não tinha tantas curvas. Mas seu rosto era bonito, apesar de não ser vaidosa para cuidar da pele. Então essa foi mais uma motivação para seu plano.

    Enquanto caminhava para casa, passou por uma lojinha, parecida com um brechó. E percebeu que havia algumas roupas masculinas muito boas. Com menos de 1.000 won encheu uma sacola de camisetas, bermudas e bonés.

    A ficha da dificuldade e da loucura que iria fazer foi caindo aos poucos, conforme fazia a inscrição para audição.

    No formulário pedia às documentação e obviamente teria que ser de algum homem, fora a taxa de inscrição que era bem cara.




    Larissa Aprill
    Troubleshooter
    Larissa Aprill
    Troubleshooter

    Mensagens : 955
    Reputação : 90
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    SEVEN WONDERS - Página 2 Empty Re: SEVEN WONDERS

    Mensagem por Larissa Aprill em Seg Ago 31, 2020 2:37 pm




    SEVEN WONDERS - Página 2 Images-31


    Yerin estava feliz com a repercussão que o áudio estava causando. Mas estava mais preocupada em inocentar Lee.

    Yojeong continuava a conversa pelo aplicativo.


    Yojeong- Não tinha pensado nisso, essa garota está bem ferrada hehe. Vou entrar em contato com alguém da Sigma. Nos falamos mais tarde.

    Na sala de aula a garota ainda tentou argumentar com o professor, mas o ensino coreano era bem severo em relação ao uso de celular. Felizmente não era uma matéria tão importante e ela também poderia pegar a matéria de alguma colega.

    O saldo bancário também animou a menina, finalmente estava recolhendo frutos do seu furo investigativo. Enquanto pensava no que poderia fazer com todo aquele dinheiro, uma ligação a puxou para a realidade.

    Yerin fica muito preocupada com o amigo ao saber que ele estava na delegacia. O oficial a acalma dizendo que está tudo bem com o rapaz, que era apenas um caso de PT, bem comum com os jovens hoje em dia. E fala em qual DP estavam e ao pesquisar no google vê que ficava menos de 10 minutos da faculdade.

    No carro, a menina pensa numa punição para o amigo. Mas também surge uma preocupação de leve, pois ele não costumava beber. E tinha baixa resistência a bebida, diferente dela própria, que se quisesse beber uma noitada, ficaria horas e horas, sem ter grande alterações de consciência.

    Ao chegar na delegacia, o recepcionista indica uma sala no fim do corredor. O espaço era grande e havia muitas escrivaninhas espalhadas pelo lugar. Mais ao fundo Yerin reconhece  Chang Kyun, ele estava dormindo debruçado no próprio braço.



    SEVEN WONDERS - Página 2 8bc7f476e61f73a34cb28c97b6c0420f-1

    Oficial Cho- Srta. Yoo, muito obrigado por vir tão rápido.- Ele estende a mão quando a menina se aproxima e faz uma leve reverência.

    Ao se aproximar do amigo que estava desacordado, a jovem percebe que ele tem um pequeno corte nos lábios. O oficial coça a cabeça sem graça.


    Oficial Cho- Como você pode ver, seu amigo não está em condições de depor. Mas segundo testemunhas, houve uma discussão no bar e ele apanhou. Em casos assim, o agressor deve ser autuado. Você gostaria de prestar a queixa?

    Nesse momento Yerin se assusta com o som de palmas atrás de si. Ao se virar, percebe que Lee estava sentado algumas mesas atrás, como o rapaz estava usando uma touca vermelha, ela não o  reconheceu.

    Lee Kwon- Uau… que trabalho incrível da polícia.- disse com irônia. - Uma simples briga num bar causa todo esse alvoroço… Vocês deveriam estar prendendo bandidos, invés de perder tempo com essas coisas.

    Outro policial que provavelmente estava pegando o depoimento de Lee, levantou irritado e bateu com o jornal na cabeça do rapaz.

    Lee também ficou irritado, pois tinha um temperamento explosivo.


    Lee Kwon- Jinjja?? (É sério??- irônico) Ta certo… querem me prender, ok!- Ele estende os punhos para o polícias.

    O oficial Cho se aproxima de Lee e o ameaça. Se ele falar mais alguma besteira, vai ser preso. O rapaz se senta irritado, mas fica calado. Então o homem se desculpa com Yerin e aguarda a sua decisão.



    shamps
    Sacerdote de Cthulhu
    shamps
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2758
    Reputação : 200
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    SEVEN WONDERS - Página 2 Empty Re: SEVEN WONDERS

    Mensagem por shamps em Seg Ago 31, 2020 10:56 pm




    Preocupada, Yerin não conseguia parar de pensar em como estaria seu melhor amigo, seu irmão.

    - Aish, Kyunnie... – ela falava sozinha – você é um bebezão para beber... vou te encher de café amargo, você vai ver só... Tomara que não esteja machucado... Droga de trânsito!!! – ela estava perto da DP, mas parecia uma eternidade para alguém preocupado.

    Por sorte, ela foi rapidamente atendida e seguiu para a sala indicada e correu quando viu Changkyun adormecido na mesa. Ela cumprimentou o oficial Cho, que gentil a acalmou quando ligou para ela.

    - Obrigada por ter cuidado dele para mim, senhor – ela passou a mão na cabeça do irmão adormecido e franziu o cenho preocupada ao ver o corte na boca – será que ele precisa ir para o hospital? – ela prestou atenção às palavras do oficial e moveu a cabeça depressa assentindo – bateram nele? Mas é claro que eu quero prestar queixa contra o monstro que agrediu o meu irmãozinho – ela já estava preparada para falar quando ouviu palmas vindo do outro lado da sala. Ela se virou e assistiu com raiva o deboche demonstrado pelo individuo – e pelo visto a polícia cumpriu perfeitamente o dever dela prendendo bandidos. O bandido aqui é o senhor! – ela olhou novamente para Cho – foi ele que bateu no Changkyun? – ainda não tinha reconhecido Lee e caminhou até ele – você não tem vergonha não? Um marmanjo desses bater em uma criança? – e num gesto de “deixa de ser besta”, ela deu uma bolsada nele, mas não forte o suficiente para ser considerado uma agressão, aproveitando a deixa da jornalada que o outro oficial deu em Lee. Tão rápido quanto ela foi até ele, ela voltou para junto de Changkyun. Foi só quando ele fez o teatrinho dele e levou bronca de Cho que ela reconheceu o rapaz em questão e ficou indignada. Era aquele pulha que ela queria ajudar?

    - Lee Kwon? Aish... Não acredito que eu vou livrar a cara de um babaca feito você! – Yerin sabia que o certo era o certo e ela não se arrependia disso, mas ficou muito desgostosa ao ver o quão baixo aquele sujeito era. Primeiro ela iria se preocupar com sua família, Changkyun, depois veria o que faria com aquele ridículo do Lee – podemos começar, oficial? Quero prestar queixa de agressão – disse com o semblante decidido.



    Askalians
    Moderador
    Askalians
    Moderador

    Mensagens : 981
    Reputação : 95
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    SEVEN WONDERS - Página 2 Empty Re: SEVEN WONDERS

    Mensagem por Askalians em Qua Set 02, 2020 11:50 pm




    SEVEN WONDERS - Página 2 7fc9dd50b0b90a80d76c100311b087a86ec30b38v2_00

    Wang Yibo (王一博)


    Trocava certos olhares com Xu Shao pois com certeza estava perplexo quanto o colega sobre uma “audição”.

    Observou os colegas se abraçarem, se despedirem, mas em situações daquele tipo ele não conseguia ter algum tipo de reação melhor do que aquela. Não sabia mesmo ligar com tudo e acabava apenas observando calado a distância.

    Durante a viagem de van passou todo o tempo com a cara enfiada no celular lendo sobre o que a media falava sobre o assunto e se por acaso encontrava alguma brecha para quem sabe poder servir de alguma ajuda, pois se era algo que o deixava louco eram injustiças, mas tudo levava a crer que o colega realmente havia pisado feio na bola.

    Sentado na cozinha enquanto Shao brincava de “Masterchef” ele divagava em pensamentos tanto que demorou um pouco para notar quando o outro lhe fez uma pergunta.

    - ah... é... não sei... existe muita coisa na rede provando realmente o que aconteceu... como se não pudéssemos fazer nada... – e então ele repara que o colega estava com o rosto sujo de chocolate.

    - o_ô her... shao ying.. seu.. rosto... chocolate... – e apronta para o próprio rosto indicando ao colega que o dele estava sujo naquele mesmo lugar que havia indicado.

    - Aguentar todos nós não será o problema... desde que não fique me falando para parar de comer ou que você passe a cozinhar e me deixe morrer de fome tá tudo bem... – pegava umas colheradas bem grandes do recheio que Xu Shao fazia e enfiava na boca, ficando com os lábios e os cantos da boca sujos também de chocolate, mas não parecia preocupado com isso nem um pouco, afinal o gosto daquela cobertura era divino e ele para variar estava faminto.

    Quando mais incomodado, nervoso ou até mesmo ansioso, Yibo comia muito, principalmente qualquer coisa que o colega fazia, mesmo que fosse algum experimento maluco. Podia chegar a passar mal, mas era um bom comilão e logo que a casa começou a cheirar bolo ele já queria poder cravar umas boas colheradas no bolo e encher a barriga. Yibo só não engordava por sorte ou por ser mesmo divinamente abençoado com isso, pois vivia comendo e beliscando coisas.


    Bastet
    Troubleshooter
    Bastet
    Troubleshooter

    Mensagens : 916
    Reputação : 45
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    SEVEN WONDERS - Página 2 Empty Re: SEVEN WONDERS

    Mensagem por Bastet em Sab Set 05, 2020 10:15 pm




    SEVEN WONDERS - Página 2 46mqJaw

    Um novo começo

    Ao chegar em casa, a menina espalhou as roupas que havia comprado, decidindo qual combinava com qual. Certamente precisaria estar bonita para as audições... E, bem, ela não era tão ligada em moda, mas conseguiu montar uns looks parecidos com o dos meninos do 7W.

    Dobrou as roupas já por “look” e colocou em seu armário.  Depois preparou um dos macarrões que tinha comprado na loja de conveniência e abriu o formulário de inscrição no celular. Leu tudo direitinho, mas só se tocou do maior problema quando começou a preencher.

    “Ahh, o que eu faço agora?” Pensou, sem conseguir encontrar muitas saídas.

    Logo pensou em algo, uma solução que seria perfeita. Seu primo, Min Jun Woo sempre dizia que ela tinha de seguir seus sonhos. Talvez ele pudesse ajudar.

    Discou o número dele, torcendo para que ele aceitasse sua chamada a cobrar. Era muito caro ligar para outra cidade.

    “Atende, Atende”, pensou, batendo os pés no chão, de tanto nervoso.

    Larissa Aprill
    Troubleshooter
    Larissa Aprill
    Troubleshooter

    Mensagens : 955
    Reputação : 90
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    SEVEN WONDERS - Página 2 Empty Re: SEVEN WONDERS

    Mensagem por Larissa Aprill em Dom Set 13, 2020 11:49 pm




    SEVEN WONDERS - Página 2 Images-41


    Hiro viu Lee assinando o contrato e percebeu que Min-ki estava limpando o rosto com a manga da blusa. Então se aproximou do loiro e passou o braço pelo seu pescoço, num abraço fraterno.

    Mesmo sendo um dos mais velhos e o líder da banda, o loiro era muito sentimental e apegado com os amigos. Por isso aceitou o abraço e se permitiu chorar em silêncio enquanto Hiro que dava uns tapinhas amigáveis no ombro.

    Lee Kwon saiu da sala, mas antes recebeu todo o apoio dos amigos. Alguns o abraçaram e desejaram boa sorte, outros mantiveram uma distância respeitosa. O bad boy da banda estava realmente comovido com os amigos, pingarreou ao agradecer e antes que os olhos começasse a ficar marejados saiu da sala dizendo que manteria contato. Mas no geral era uma sensação de tristeza para o grupo.

    E assim que ficaram sozinhos, a bomba caiu nas mãos do empresário, conforme ele ia explicando sobre a audição.

    Hiro teve a reação mais explosiva de todos, o jovem gritava pela sala e agora era a vez de Min-ki tentar acalmá-lo. Kim Baek também reclamou, dizendo o quanto a banda ficaria prejudicada com um novo integrante.

    Shao, Yibo e Simon preferiram não se manifestar, mas com certeza estavam preocupados sobre o futuro.


    Park Hyun - Eu entendo sua revolta Hiro, mas não foi proposital. O CEO teve que agir o mais rápido possível para evitar que a banda ficasse com uma imagem negativa.- Ele suspira e fala com uma voz um pouco cansada. - Infelizmente a indústria do Kpop é cruel, todos os dias surgem bandas novas e que floopam (fracassam) da noite pro dia. Por isso tentem entender o porquê de agirmos assim.

    Kim Baek e Hiro pareceram se acalmar com essa explicação e logo todos foram para a van. Havia muitos repórteres e fãs na frente da empresa, mas eles conseguiram sair pelos fundos sem serem vistos.

    No caminho de casa, o trajeto foi silencioso. Yibo estava concentrado no celular, havia muitos twitter e comentários na página oficial da banda. Mas nenhuma notícia de que Lee era inocente.

    Ao chegarem em casa, Hiro e Simon foram para seus quartos. Kim Baek se trancou no estúdio e Min-ki disse que iria tomar banho.

    Shao decidiu fazer um bolo para alegrar os colegas. O mestiço de japonês e chinês era um pouco atrapalhado, havia farinha por toda a bancada e quase sempre ele cometia algum erro em suas criações.

    Mas desta vez ele seguia a risca a receita que estava anotado num papel. Enquanto ele batia a massa com o fouet, ele havia deixado o ganache de chocolate esfriando. Yibo estava sentado a frente do amigo e pegava uma colher do recheio. Quanto mais preocupado e ansioso, mais Wang comia.

    Os dois garotos estavam sujos de chocolate, mas pareciam não se importar, pois o problema era grave. E enquanto especulavam o que iria acontecer, Min-ki chega na cozinha no momento que Shao coloca o bolo no forno.


    Min-ki - O que aconteceu com vocês?? Shao tinha massa no rosto e uma leve camada de farinha pelos cabelos. Enquanto Yibo estava com a boca e mão melecado do recheio. - Se quiserem podem ir tomar banho que eu limpo a cozinha.

    Normalmente o loiro estava sempre rindo e brincando, então era até estranho o ver sério daquela maneira.

    A casa possuía dois banheiros com chuveiros e banheira, mas ficavam em andares diferentes. O primeiro banheiro era do lado da cozinha, enquanto o outro ficava no andar de cima no final do corredor.

    Os banheiros sempre eram disputados no horário da manhã, quem fosse mais rápido ou mais esperto conseguia usar primeiro. Mas o grupo tentava manter uma boa convivência, então ninguém abusava do banheiro, pelo menos não na parte da manhã.

    Os banhos mais longos normalmente aconteciam no fim de tarde e anoitecer. E também acontecia dos meninos compartilharem a pia ou o vaso enquanto outro tomava banho. Simon era o único com a mania de trancar o banheiro enquanto usava. Provavelmente era um costume ocidental.

    Shao e Yibo poderiam decidir o que fazer antes do bolo ficar pronto.

    No andar de cima, Simon bate na porta de Hiro e aguarda ser atendido. Assim que o japonês abrisse a porta iria perceber o amigo um pouco sem jeito.


    Simon - Eu queria conversar com você.

    O alemão falava coreano fluente, mas tinha um sotaque muito carregado. Eles entram no quarto que era formado por beliches num canto da parede e um armário na outra.

    Entre as camas tinha um criado mudo com abajur e alguns puffs espalhados pelo quarto, além de uma escrivaninha.

    Cada dormitório tinha os mesmos tipo de mobília, mas a decoração era por conta dos rapazes e como Shao e Hiro eram japoneses, tinha muita referência do Japão.

    Simon senta num puff e encara o chão antes de começar a falar.


    Simon - Eu...eu me senti mal por tudo que aconteceu hoje. E me sinto pior ainda por não conseguir me expressar direito...- Ele para de falar, parecia estar escolhendo bem cada palavra.- O que você falou para o Sr. Park hoje foi muito corajoso….Senti inveja de você por isso.

    Hiro e Simon não eram muito próximos, apesar da maioria dos integrantes serem estrangeiros, Simon era o mais excluído e tinha um club de anti-fãs, só porque ele não era oriental.


    Katerine Le Blanc
    Mestre Jedi
    Katerine Le Blanc
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1256
    Reputação : 18
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    SEVEN WONDERS - Página 2 Empty Re: SEVEN WONDERS

    Mensagem por Katerine Le Blanc em Seg Set 14, 2020 1:03 am

    Hiro assim que entrou em seu quarto deitou em eu cama e olhou para o teto, em sua mente passavam várias imagens e do que o futuro dela poderia reservar.

    Quando ouvia alguém bater em sua porta Hiro se sentou na cama respirando fundo, mesmo não querendo conversar com ninguém olhou a porta pronto para falar. — Pode entrar. — Ele dizia ao ver que Simon adentrava pela porta.

    — Oi Simon entra, pode sentar e não precisa ficar sem jeito. — Hiro dizia enquanto se arrumava na cama e constando suas costas na parede.

    Hiro ouvia Simon com sorriso no rosto duvidando de suas próprias palavras naquele dia, mas de algum jeito ele sabia que Simon era maior do que isso. — Não se sinta assim Simon, olha eu as vezes sou meio explosivo só que tem vezes que eu não consigo, já me senti assim como você e eu tive que tomar coragem para falar. — O japonês dizia assim que se levantava da cama e se sentava ao lado de Simon.

    — Tente sempre ser você, se expresse e eu vou estar aqui para te apoiar e eu acho que o resto do pessoal também vai, eu sei que é capaz de mais, se quiser me contar o que está sentindo eu sou todo ouvidos. — Hiro dizia de forma seria e mesmo sabendo que eles não eram tão próximos poderiam ficar de alguma forma naquele momento.
    100 Ways
    cactus
    Larissa Aprill
    Troubleshooter
    Larissa Aprill
    Troubleshooter

    Mensagens : 955
    Reputação : 90
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    SEVEN WONDERS - Página 2 Empty Re: SEVEN WONDERS

    Mensagem por Larissa Aprill em Seg Set 14, 2020 1:15 am




    SEVEN WONDERS - Página 2 Images-31


    Yerin estava aflita com o estado do amigo e por mais que a vontade fosse atravessar todos os sinais vermelhos, ela tentava manter o controle, enquanto planejava uma vingança pela bebedeira do rapaz.

    Ao chegar na delegacia, ela anunciou como irmã do rapaz e apesar dele estar machucado, não precisava ir para o hospital. O policial era gentil e observava aquela cena de preocupação e com a intenção da jovem de prestar queixa disse.


    Oficial Cho- Certo, vou preparar a autuação.

    Nesse breve momento em que pegava os papéis, Lee Kwon teve uma reação explosiva na sala. Yerin aproveitou que o policial o repreendeu e fez o mesmo. A menina ao se aproximar do rapaz percebeu o quanto ele era alto. E com a bolsada o ex- integrante lhe lançou um olhar mortal.

    Lee Kwon- Chugŭlle? (Quer morrer?)- Disse a jovem irritado, mas todos sabiam que era apenas uma expressão muito comum na Coréia.

    Felizmente os polícias agiram rápido, Lee ficou calado com a ameaça do Policial.

    Yerin reconheceu Lee após o ocorrido, mas estava tão irritada e preocupada com o amigo que preferiu dar continuidade a queixa. Quando assinou os papéis, Lee foi algemado e mesmo se debatendo e xingando as pessoas, foi levado para a cela e a menina o perdeu de vista.


    Oficial Cho-  Desculpe todo o inconveniente. E acho melhor levar seu amigo para casa agora.

    Se pedisse Yerin teria ajuda dos polícias para carregar Changkyun até o taxi. E quando os dois tivessem sozinhos, o jovem iria apoiar a cabeça no seu ombro e falar de maneira sonolenta.

    Changkyun- Noona ( irmã mais velha)...Me desculpe… Não deveria ter bebido tanto, mas...- Ele parou de falar de repente e parecia estar muito triste.- A Mina … ela … ela terminou comigo.

    Sem conseguir conter as lágrimas o rapaz desabou de chorar. Yerin conhecia muito bem a Mina, já que os três estudaram na mesma escola fundamental e no fim do ensino médio o amigo e a menina começaram a namorar.


    Larissa Aprill
    Troubleshooter
    Larissa Aprill
    Troubleshooter

    Mensagens : 955
    Reputação : 90
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    SEVEN WONDERS - Página 2 Empty Re: SEVEN WONDERS

    Mensagem por Larissa Aprill em Seg Set 14, 2020 1:45 am




    SEVEN WONDERS - Página 2 Images-35


    Empolgada com esse novo rumo que a vida estava lhe dando, rapidamente a menina preparou as roupas de menino e guardou no fundo de uma gaveta do armário.

    Enquanto prepava o miojo instântaneo, pegou o celular e destravou a tela de bloqueio, uma imagem de Kim Baek. Ao entrar no site da banda logo achou o formulário de inscrições. Havia o anexo para gerar o boleto e pagar a inscrição, mas logo de início o site pedia informações pessoais como nome, endereço e documentos pessoais.

    Ela sentiu um buraco abrindo sobre seus pés, por impulso tinha gastado o pouco dinheiro que tinha com roupas e esqueceu dos detalhes burocráticos. Mas antes que se desesperasse, ela se lembrou do primo de infância.

    Jun Woo e ela tinham a mesma idade e cresceram juntos em Busan. O primo sempre incentivou a menina a correr atrás dos seus sonhos por isso não pensou duas vezes antes de ligar a cobrar para o rapaz.

    Após 4 chamadas ele atende o telefone, ao fundo Se Ah escutaria o som das ondas e das gaivotas. O que traria uma sensação de nostalgia, já que sua família trabalhava com a pesca e comércio de peixe em Busan.


    SEVEN WONDERS - Página 2 Images-30-1

    Jun Woo- Alô! Se-ah?? Tá tudo bem?


    shamps
    Sacerdote de Cthulhu
    shamps
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2758
    Reputação : 200
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    SEVEN WONDERS - Página 2 Empty Re: SEVEN WONDERS

    Mensagem por shamps em Seg Set 14, 2020 7:05 pm




    Era inacreditável para a jovem youtuber que ela estava passando uma tarde na delegacia depondo contra um idol que agrediu o seu irmão, justamente o idol que ela estava disposta a ajudar.
    Ela agradeceu o oficial Cho e ficou aliviada ao saber que o caso do amigo não era de hospital, mesmo assim estava preocupada.

    - Em casa vou preparar um banho gelado e café amargo para ele – suspirou por fim ao encarar o policial – acho que a ressaca para ele já vai ser castigo suficiente.

    Ela aguardou Cho preparar tudo quando aconteceu o incidente com o desagradável Lee, que após a bolsada que levou ainda quis bancar o gostosão marrento para cima dela. Ela não se intimidou com o mimimi dele e sustentou seu olhar marrento sem pestanejar. Ela lidava com aquele tipo de coisa o tempo todo, afinal, não é só de flores que vive a vida de um influencer, ainda mais lidando com idols. Lee não era o primeiro a se engraçar para cima dela e não seria o último. Mesmo alto ela não se intimidou, ela estava na razão ali, mas adorou e agradeceu quando o outro policial deu uma bronca nele.

    Ela prestou a queixa contra Lee em nome de Changkyun e esperou que os policiais agissem, o que foi feito com presteza.

    - Vou ligar para minha mãe – ela pegou seu celular e acionou a câmera com facilidade. Ligar para mãe era só uma desculpa para ela ter acesso rápido e discreto ao aparelho, ela tinha que fotografar aquela cena, Lee Kwon sendo levado algemado para o xilindró. Que furo! Aquele dia estava sendo muito produtivo. Ela fez uma sequência de cliques discretos e logo baixou o aparelho – ela não atende. Pena!

    - Eu vou leva-lo sim, policial. Muito obrigada por cuidar dele – ela olhou para Changkyun com ternura – ele não é meu irmão de sangue, mas fomos criados juntos, então é como se fossemos, não é mesmo!? Ah... o senhor me ajuda a leva-lo para o carro? Por gentileza - ela até tentou levanta-lo sozinha, mas não conseguiu e não tinha nem cabimento num lugar cheio de homens ela fazer aquele esforço todo.

    Ela acabou esquecendo de entregar as provas que tinha, tamanha era a preocupação como amigo. A família vinha em primeiro lugar. Yerin achou perigoso deixar Changkyun desacordado no jeep todo aberto e optou por chamar um táxi ou uber. No dia seguinte voltaria para pegar seu carro, afinal, Seul era segura e o carro estava no pátio de uma delegacia.

    - Obrigada, oficial. Amanhã eu venho buscar meu carro.

    No carro, ela apoiou o garoto em seu ombro e pouco depois ele acordou resmungando.

    - N... noona? - ela ficou indignada ao ser chamada de noona, já que ela era mais nova, depois suspirou e deixou que ele continuasse. Analisando a situação, Yerin agia mesmo como a noona dele - era você que tinha que cuidar de mim e não o contrário - ela falou baixinho, mais para ela do que para ele. Ela o abraçou com ternura quando ele começou a chorar e falar o motivo da bebedeira - shhhh... Está tudo bem, já estamos indo para casa - ela não suportava vê-lo chorando - a Mina? Como? Eu vou dar na cara dela... Quem ela pensa que é para terminar com você? Vocês sempre foram o casal perfeito... - os três sempre se deram muito bem e Yerin foi uma das que mais apoiou o namoro deles, então aquilo não fazia sentido para ela Toda aquela raiva e vontade de faze-lo pagar pela embriagues foi por água abaixo. Agora ela só conseguia ver um rapaz frágil precisando de colo, o colo de uma irmã, de uma cúmplice - já estamos chegando, oppa, você vai tomar um banho e um café para se sentir melhor, daí nós conversamos, está bem? - ela tentou anima-lo e conforta-lo. Em casa, ela prepararia o banho para ele e enquanto ele se banhava, ela preparava um café forte e uma bolsa térmica com gelo.



    Iyue
    Cavaleiro Jedi
    Iyue
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 285
    Reputação : 30
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    SEVEN WONDERS - Página 2 Empty Re: SEVEN WONDERS

    Mensagem por Iyue em Dom Set 20, 2020 10:34 am




    SEVEN WONDERS - Página 2 IMG-20200820-WA0018

    Xu Shao Ying



    Shao se voltou para Yibo quando ele começou a falar mais pausadamente que o normal, e imitou o que ele estava fazendo, e sentiu o chocolate no rosto. Com um sorriso fofo, porém bobo, ele lambeu o dedo sujo de chocolate antes de colocar o resto da massa no forno. “ Duvido que iriam falar para você parar de comer Yibo, nós acabaríamos comprando escondido comida se fosse o caso” Shao, apesar de fazer as receitas malucas dele e adorar brincar de masterchef, ele sempre foi preocupado em fazer receitas saudáveis, muito por ele controlar demais o peso dele, e sentia certa inveja da maneira como Yibo conseguia comer muito e não engordar.

    Com a chegada de Min-ki, Shao sorriu para ele e se curvando ligeiramente ele agradeceu “Obrigado Min-ki, por favor deixe a louça, eu termino de lavar ela depois do banho” Ele normalmente gostava de arrumar a própria bagunça, mas o nível de bagunça de ambos era muito grande, e Min-ki parecia preocupado com alguma coisa “Por favor, fique de olho no bolo para não queimar” Ele disse, antes de sair da cozinha com Yibo e caminhar em direção ao banheiro no andar de cima, para aproveitar e pegar as próprias roupas para trocar depois.


    Askalians
    Moderador
    Askalians
    Moderador

    Mensagens : 981
    Reputação : 95
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    SEVEN WONDERS - Página 2 Empty Re: SEVEN WONDERS

    Mensagem por Askalians em Dom Set 20, 2020 8:38 pm




    SEVEN WONDERS - Página 2 7fc9dd50b0b90a80d76c100311b087a86ec30b38v2_00

    Wang Yibo (王一博)



    Sorri com o comentário sobre mantê-lo alimentado.

    - rs..só porque eu fico mais animado depois de comer...

    Era muito bom comer qualquer coisa que o outro fazia e não só porque gostava mesmo de comer, mas sentia algo especial em qualquer coisa que Xu shao fazia e por algum motivo gostava de ficar olhando para ele enquanto cozinhava. Vai lá entender qual era o motivo, mas quando ia dizer mais alguma coisa, outro colega entra na cozinha e ele muda de ideia.

    Olha para Min-ki que chegou na cozinha e para variar pegou ele comendo. Não que isso importasse muito pois todo mundo o chamava de comilão já mesmo. Achou que foi muito bom que se ofereceu para limpar a cozinha, pois ele é que não iria fazer aquilo, afinal não era nem em sonho o seu dia da faxina.

    - Mas não estamos tão sujos assim, ou estamos? – olhou de volta para Shao tentando tirar a farinha do cabelo dele, mas parecia que o colega preferia seguir para o chuveiro e ele acabou apenas dizendo.

    - Banho!?

    E foi sendo tirado da cozinha, mas teve tempo de olhar para Min-ki antes e dizer:

    - Não deixe de jeito nenhum esse bolo queimar....

    Porque será que Xu Shao estava indo justamente tomar banho no banheiro do andar de cima ao invés do que ficava naquele andar perto da cozinha?



    Bastet
    Troubleshooter
    Bastet
    Troubleshooter

    Mensagens : 916
    Reputação : 45
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    SEVEN WONDERS - Página 2 Empty Re: SEVEN WONDERS

    Mensagem por Bastet em Dom Set 20, 2020 10:00 pm




    SEVEN WONDERS - Página 2 46mqJaw

    Um novo começo


    A menina estava ansiosa com toda aquela demora em atender o telefone. Será que o primo tinha mudado de número? Será que ele estava em algum lugar sem sinal?Aiaiai, precisava falar com ele, precisava muiiito!

    Já tinha até se levantado quando Jun Woo atendeu. Estava andando pra lá e para cá, pensando no que faria, caso aquilo não desse certo.

    - Alô! Jun Woo! Que demora! Estou bem e você? – aguardou a resposta e logo continuou falando – Você tá perto do meu pai? Se tá, pode ir pra um lugar que ele não ouça? Preciso muiiito de um favor, mas é segredo!

    Enquanto o primo arrumava um local seguro pra falar, ela andava por todo o cubículo que vivia. Quase caiu no tatame que dormia, acabando por se sentar e cruzar as pernas feito índio.

    Quando o primo disse que ela podia falar, ela respirou fundo.

    - Então! Não me mata, tá? Lembra que te contei que tava trabalhando e tal? Eu meio que fui demitida hoje... Fiz besteira! Mas surgiu uma oportunidade muito, muito boa! Só que eu preciso de duas coisas... O dinheiro da inscrição... E sua permissão pra usar seus dados.... É, só pode meninos... É uma banda... Sim! A primeira que abre inscrições sem necessidade de aula de canto e essas coisas... Vai! Imagina como vou poder ajudar vocês!

    A parte que era a primeira sem exigências não era bem verdade, mas precisava ter um drama pra convencer o primo.


    Conteúdo patrocinado


    SEVEN WONDERS - Página 2 Empty Re: SEVEN WONDERS

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex Set 25, 2020 8:57 pm