Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).

Links úteis Anúncios Redes Sociais
31/03 - Novo quadro de anúncios.
31/03 - Mesas com mais de 2 meses SEM postagens serão automaticamente arquivadas.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE MAIO
Mesas que forem abertas para serem jogadas em outras plataformas
serão excluídas do fórum.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE JUNHO
A partir de agora somente mestres com mesas ativas no fórum terão o nick laranja
para ficar mais fácil a distinção. Fiquem atentos que em breve teremos
um novo modelo de pedido de mesa!




 

    Chloe Moore

    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2811
    Reputação : 145

    Chloe  Moore - Página 11 Empty Re: Chloe Moore

    Mensagem por Wordspinner Qui Dez 30, 2021 3:57 pm

    Sebastian demora um instante para realmente se entregar ao abraço, mas os braços do rahu logo se fecham em volta dela com firmeza e vontade surpriendentes. Ela ouve e sente a respiração profunda dele. "Você cheira tão bem." Ele ri se afastando. "Tem desafios enormes no caminho e as vidas que a gente planeja, que a gente tem, nas nossas cabeças é muito frágil." Ele a segura pelos ombros. Os olhos nos dela. "Você vai se sentir tentada a fazer tudo para proteger os que ama, até passar por cima das liberdades deles. Cuidado." Os dedos dele eram mais suaves e finos do que era de se esperar.

    "Sabe, as crianças acreditam um monte de coisas loucas. Jason jura que o avô é um espião e que a tia e eu temos um grupo secreto de escaladas relâmpago. A verdade é sempre algo complicado. " Ele a solta e ajeita cuidadosamente a roupa da cahalith. "Minha mãe não fazia segredo. Era brutal manter o segredo. Viver na superficie de um mundo secreto. Boiando do lado de fora, separado do mundo real por uma tensão superficial inquebrável." Ele segura uma das mãos dela e passa dedo por dedo entre os dele, olhando um por um com cuidado. "Suas mãos são tão delicadas. A percepção das crianças também é."

    Ele suspira e se levanta. "Já sabe onde as crianças vão estudar? Ou é cedo demais? Quer ir comprar roupinhas? Sabe que vestidos eram roupas normais para todas as crianças?" Ele pergunta olhando para fora. Adimirando a cidade iluminada pelo sol.
    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade
    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1977
    Reputação : 82

    Chloe  Moore - Página 11 Empty Re: Chloe Moore

    Mensagem por thendara_selune Qui Dez 30, 2021 11:10 pm


    Chloe abre um sorriso caloroso. Sebastian é acolhedor e ficou surpresa em senti-lo tão intenso. Quando ele se afasta a voz dela saiu suave e com notas de humor.  -A beleza da fragrância é que ela fala ao seu coração e, com sorte, ao de outra pessoa, meu caro Sebastian.- A ruiva pisca cheia de alegria que fica estampada em seu rosto.  - Palavras da belíssima Elizabeth Taylor que ensinou-me muito e compreendia  bem os demais segredos para alcançar o coração de quem desejamos.- Depois um novo sorriso do tipo que faz um coração derreter aflorou nos lábios dela. Quando a segurou daquele jeito e a olhando daquela maneira sentiu-se acolhida por ele. - Já me sinto tentada em colocar todos que amo em uma redoma, mas é um pensamento tolo, o mundo a nossa volta é cheio de coisas nos espreitando e nem sempre trancafiar quem amamos significa protegê-los.- Então pensou no juramento, nas regras sobre como sobreviver dentro daquela realidade que os cerca e lembrou da sua alcateia. James surgia na sua mente tão cheio de calor e aquecendo-lhe o coração. -Se pudesse colocaria você e Asia em um lugar seguro, mas não posso lutar contra o curso do rio que nos leva, mas posso ter fé no melhor.- Não havia conformismo, mas sim o desejo de ver todos que apreciava vivendo suas vidas com alegria apesar de tudo. Sebastian podia ser gentil em um instante  e no outro ser apenas fogo ardendo empenhando em ser aquilo que nasceu para ser. As palavras saiam com doçura e sinceridade de quem apreciava demais a companhia do outro. - Você cativa sem esforço e sorte a minha por tê-lo encontrado.-  A ruiva o achava bonito, inteligente e carismático do tipo vendável para uma propaganda masculina. Não foi à toa que pensou nele de outra forma assim que o conheceu.

    Ele fala sobre o filho de James e  Chloe abre um sorriso apreciando o rumo da conversa. -William com toda certeza desperta esse tipo de pensamento em Jason,-Conteve o riso ao imaginar o tipo de história que o menino devia criar envolvendo o avô. Imaginou como ele devia tagarelar cheio de alegria sobre os demais que o cercavam. - Até posso imaginar que você e  Amy são personagens vivendo escaladas perigosas e com frases de efeito no meio da história.- Aquilo não deixa de ser verdade mesmo que tingida pela imaginação infantil de uma maneira mais amena.  -Porém embora a verdade possa ser um remédio amargo demais ela se faz necessária.- Pensou nela mesma.  Ironicamente no momento estava amarrada a muitas coisas e havia uma grande mentira que guardava apenas para si. Sebastian faça sobre a mãe e ela assentiu com a postura da outra mesmo sem conhecê-la por completo.  - Sua mãe sabia que omitir as coisas faria um estrago imenso, mas sinto que não deve ter sido fácil para você entender e absorver tudo com naturalidade.-

    Ao sentir as mãos de Sebastian naquele gesto, Chloe respira fundo pensando nos filhos que teria e no futuro. -Minhas mãos deviam apenas  salvar vidas ou apenas embalar meus futuros filhos ou acariciar quem amo.- Não tinha como esconder a preocupação nos olhos e depois sorriu apertando a mão dele com força. - Em algum momento eles vão saber tudo, não posso mantê-los seguros escondendo a verdade…- Ficou sentindo um nó na garganta. Lembrou da família, da mãe, do pai e Ian. Então como se ele tivesse adivinhado que ela estava prestes a ficar envolta de pensamentos turvos as perguntas de agora adoçavam tudo. - Não faço ideia de onde vão estudar. Você conhece algum lugar interessante?- Ela não tinha parado para planejar nada ainda, mas o pensamento aqueceu-lhe o coração. -  Até onde sei eram utilizados pelos meninos pela facilidade na hora de trocar, bem como higienizá-los e em dada idade quando já sabiam como usar as calças dispensavam os vestidos, acho que chamavam de “idade da razão”.- Chloe apreciava história, evidente que sempre teve uma queda por moda e a evolução dela. Queria que fosse possível guardar Sebastian em um potinho secreto de tão adorável que ele é. - Você teria paciência em me acompanhar em tal empreitada Sebastian?- Havia um tom de desafio na voz da ruiva. - Se estiver ocupado podemos deixar pra outra ocasião, mas se tiver coragem e energia nesses sapatos chiques adoraria arrastá-lo para fazer compras e abusar de seus braços carregando sacolas.-  Nunca se viu amiga ou colega de alguém do sexo oposto, em Dover podia experimentar isso sem ser criticada ou julgada. - Devo decidir um nome para meu primeiro pequeno...- O sorriso dela fica iluminado agora. - Pensei em chama-lo Aidan que signfica  "pequeno fogo". -
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2811
    Reputação : 145

    Chloe  Moore - Página 11 Empty Re: Chloe Moore

    Mensagem por Wordspinner Qua Jan 12, 2022 7:47 pm

    Chloe: Palavras da belíssima Elizabeth Taylor que ensinou-me muito e compreendia bem os demais segredos para alcançar o coração de quem desejamos

    "Não acho que ela possa me ajudar. " Ele gargalha.

    "Asia é impossível de conter. Ela sempre ferve para fora." Um sorriso bobo no rosto.

    Chloe: Porém embora a verdade possa ser um remédio amargo demais ela se faz necessária.-

    "Acho que sim. Mas acertar a dose e a hora não é trivial. Jason devia saber que uma palavra errada sua pode significar a sua morte? Da sua família? Dos amigos?" Ele dá de ombros realmente sem saber.


    Chloe: Sua mãe sabia que omitir as coisas faria um estrago imenso, mas sinto que não deve ter sido fácil para você entender e absorver tudo com naturalidade.

    "Acho que podia ter esperado mais alguns anos antes de ver um desmembramento." Uma risadinha e mais nada.

    "Não sei muito sobre os colegios da região. Mas Amy dá aula em um. Eles tem um acordo, ela falta bastante. As crianças todas estudam lá. Mas não é o mais caro por aí." Ele não parece saber muito, ou se importar. "As crianças gostam, mas sempre passam as férias na colonia no japão."

    Ele se levanta quando ela fala dos sapatos. "Mas claro que tem. Eu conheço as melhores lojas da cidade." Ele parecia animado para empreitada, mas gargalha quando ela fala do nome.

    "Aidan? Me lembrou Aedan o caçador. Aedan Silverthorn. O bando dele tem um monte de mortes nas costas. Feio, a cara toda remendada e faltando pedaço. Eu fico pensando que um dia alguém olhou para ele que nem a gente olha os bebês." Ele tinha se tornado pensativo enquanto falava andando para a porta. Então ao terminar. "Vamos?" Ele sorri de novo radiante.


    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade
    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1977
    Reputação : 82

    Chloe  Moore - Página 11 Empty Re: Chloe Moore

    Mensagem por thendara_selune Sex Jan 14, 2022 10:31 am

    O que ela ia dizer fazia seus olhos cintilarem e as maçãs do rosto se encherem de um vermelho tímido. -Não me entenda mal, mas você é bem atraente Sebastian, não precisa se esforçar para se fazer notar.- Havia agora um brilho divertido nos olhos. - Quando o conheci pensei uma ou duas vezes em você de uma maneira nada puritana. Você com toda certeza é um coquetel de memórias e emoções marcantes demais Sebastian!- Ela respondeu com um tom claro de admiração. - Então você não precisa de ajuda alguma para encontrar companhia.- Chegou perto dele com um sorrisinho cúmplice.- Nunca falaria assim antes, é um alívio expressar as coisas claramente, sem que alguém me venha falar sobre normas de decoro.- Chloe riu pensando sobre a loira. - Asia é uma explosão solar, não tem como escapar dela.-  Afastou-se pegando a bolsa o ouvindo falar sobre Jason. -Ele é fascinado pelo mundo que o cerca, mas sei que não vai colocar tudo a perder, James vai lidar bem com isso e quando o menino for mais velho entenderá melhor o segredo.- Arqueou as sobrancelhas surpresa quando ele disse sobre desmembramento e ainda assim deu uma risadinha como se aquilo não lhe afetasse mais. -Ninguém deveria presenciar coisas assim parece que estou me contradizendo, mas não desejo que os meus vejam essas coisas enquanto eu puder evitar.- Baixou os olhos e considerou se os filhos passariam por coisas ruins. Relaxou o corpo e se prendeu a breve menção da rotina da outra uratha. - Quem sabe também consiga manter meu trabalho de alguma forma e as contas em dia.- Uma expressão leve surgiu no rosto dela, como se achasse divertido aquele lampejo de ilusão de ser uma mãe “normal”.

    -Ele deve ter sido um bebezinho fofo também- Chloe imaginou que todos foram doces e inocentes um dia, mas alguns acabam virando um ser que habita apenas a imaginação das pessoas comuns ou pior viram monstros espreitando presas alienígenas.-, fico imaginando um título “A morte em retalhos” ou quem sabe “ Caça a morte” daria uma boa história para se contar em um noite onde o céu se ergue totalmente escuro, as chamas da fogueira serpenteiam iluminando a imaginação e o vento faz a pele sentir um arrepio cheio de excitação.- Caminhava atrás dele e falava teatralmente pensando no tal Silverthorn, sempre gostou de histórias e adoraria ter umas boas para contar. -Um dia quero ouvir uma história sobre você Sebastian.- Apertou o braço dele com carinho e a curiosidade de uma criança. - Porém por agora a nossa história é “ uma empreitada selvagem nas melhores lojas sob a liderança firme de Sebastian “Caça Descontos.”- Piscou pra ele, Chloe não tinha ideia do quanto as coisas poderiam ser ainda mais violentas, mas estava feliz em viver a normalidade fosse ela uma ilusão ou um mera armadilha do destino.
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2811
    Reputação : 145

    Chloe  Moore - Página 11 Empty Re: Chloe Moore

    Mensagem por Wordspinner Seg Jan 24, 2022 8:10 pm

    "Se expressar claramente. Há muitas barreiras e segredos. Quando... Se é como eu sou as pessoas esperam uma postura diferente. Ficam procurando se sabem." Ele alinha a própria roupa com cuidado. "Bom saber que meu charme não é ignorado"

    Ele só concorda com a cabeça quando ela fala de Asia. Depois ele concorda outra vez.

    "Eles sabem muito do segredo, entendem a vida em alcateia. Eles acham que é uma viagem de férias, quando vão ao Japão todo ano, mas é um lento e lúdico treinamento que fazem. Uma imersão nas nossas histórias e dinamicas." Ele parece não ter certeza se concorda com o que disse sobre Jason. Ou talvez esteja pensando nas diferenças com o que ele viveu.

    "Bom saber que quer evitar desmembramentos antes da idade adequada." Ele sorri algo afiado e divertido.

    "Você vai conseguir segurar seu trabalho. Richard não aposta errado e movemos alguns pauzinhos para sua clinical acontecer." Casual como se estivesse falando de cafe.

    "Então nós somos os vilões nessa história? Ou garotinho que viu o pai matar a mãe antes de ser ele mesmo baleado até ficar irreconhecível Pela policia? Eu sei que ele nem se pergunta. Mas as vezes eu dúvido." As palavras ficam mais e mais distantes até ele voltar sua atenção de novo a Chloe. "Eu matei a rainha do Outono. Eu venci o Mar Vingativo. Eu protegi meus irmãos e eu sei onde fica cada loja de roupas em Dover. Pelo menos todas que valem a pena." Então ele ri discreto e despois menos e então gargalha.


    --
    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade
    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1977
    Reputação : 82

    Chloe  Moore - Página 11 Empty Re: Chloe Moore

    Mensagem por thendara_selune Qui Jan 27, 2022 3:39 pm

    -Ah, jura? - retrucou Chloe com um sorrisinho ao ver Sebastian falando do próprio charme daquele jeito. - Oh! Pelos céus, impossível escapar do seu charme Sebastian.- Respondia teatralmente enquanto esticou sobre o salto para beijar-lhe a bochecha com carinho. O bom humor sempre foi algo limitado em Chloe, nada de sorrisos abertos, emoções sempre contidas e achou que casando-se teria autonomia, mas foi apenas como se mudasse de uma gaiola para outra com a diferença que Ian tinha domínio sobre ela de um jeito assustador.  Então como se quisesse se prender apenas ao breve momento de alegria apertou de leve o braço de Sebastian. - Hum...Qualquer dia desses arrastarei você para um encontro às cegas. Prometo que serei boazinha se aceitar, não pode negar isso a uma pobre dama. - Olhou para ele por alguns segundos cheia de divertimento. - Vou convidar a Asia, acho que seria divertido ou um completo caos. Ela me deve uma noite sem interrupções alucinadas antes que me torne a parente da Moby Dick!- Chloe imaginou-se com os pés inchados, redondinha e com as maçãs do rosto coradas. O riso dela tinha um tom de provocação que cessa quando o escuta falar das crianças. - Lidar com tudo isso não é fácil para nenhum de nós. Acho que as crianças ficaram bem, Jason é um menino incrível e vai surpreender a todos de um jeito positivo, basta dar tempo ao tempo.- Os olhos dela analisam o outro com curiosidade as palavras a seguir parecem ser ditas mais pra si mesma. - Não existe uma equivalência perfeita nisso, talvez no fim somos a soma de todas as escolhas que fazemos.-


    -Nada de cenas de desmembramento, vou tentar mantê-los atentos, conscientes do necessário e evidentemente estou pronta para cantar uma música infantil mais de uma vez ou assistir o mesmo desenho várias vezes!- O tom animado tentava fazer a conversa fluir sem precisarem falar mais sobre coisas densas. - Richard não aposta em nada que venha dar prejuízo é notoriamente bem articulado. -Claro que é, afinal ele fazia William sentir orgulho pela maneira que lidou com o assunto envolvendo os Puros e outras coisas que ninguém podia imaginar. Pensar em William a fez sentir  uma sensação  que não conseguia definir. Estava agradecida por não precisar lidar com ele e torcia que não o encontrasse de novo ou pelo menos só depois que os bebês nascessem. Mesmo que ele pudesse dar respostas não se sentia segura para encará-lo e ficou ruborizada pensando no motivo.

    Em meio a toda conversa acabou esquecendo-se dos papéis de adoção.- Antes tenho que assinar os documentos.- Olhando a papelada sentiu a caneta tremer entre seus dedos, tirou do bebê uma vida comum e agora tenta remediar as coisas o tornado seu. - Aidan Moore me parece sonoro!- Ela entrega o envelope a Sebastian.  Agora estavam ligados pela tragédia, violência e sangue.

    Sebastian então parecia ter um vislumbre de horror fragmentando algo distante que perdia-se em seu olhar até que ele volta ao momento em uma poética intensa que se encerra em seu conhecimento sobre as lojas com um tom cômico que a faz rir. - Capturou minha atenção, além de charmoso é um artífice talentoso no uso das palavras, se pensar em virar escritor me avisa, adoraria ser sua agente.- Um tapinha cordial na mão dele antes de continuar a falar. - Seja como for, as tecelãs do destino adoram emaranhar os fios de nossa existência, quase sempre nos levando a dramas e ascensões surpreendentes…Vamos aguardar o próximo capítulo com os dedos cruzados para dar sorte! - A ruiva morde o lábio inferior antes de sorrir e seguir Sebastian em meio a uma conversa descontraída.  Aventurar-se junto com ele seria divertido, havia algo no outro que a fazia lembrar de casa e durante todo o tempo que andaram juntos manteve um sorriso nos lábios. Fez compras, cheia de excitação, seus sentidos em polvorosa e sempre que sentia um cheiro atrativo convidava Sebastian para comerem juntos.
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2811
    Reputação : 145

    Chloe  Moore - Página 11 Empty Re: Chloe Moore

    Mensagem por Wordspinner Dom Jan 30, 2022 2:06 pm

    Chloe: Ela me deve uma noite sem interrupções alucinadas antes que me torne a parente da Moby Dick

    "Cuidado com o que deseja." Ele fala como se fosse um aviso. "Ela não tem limite nenhum."

    Chloe: Richard não aposta em nada que venha dar prejuízo é notoriamente bem articulado.

    "Ele cuida da gente. É um ótimo lider. Nunca vou esquecer quando ele trapaceou até roubar a liderança." Ele ri. Depois para e ri de novo.

    Chloe: Aidan Moore me parece sonoro!

    "É sim. É bom. Soa bem." Ele diz claramente tentando dar a segurança a ela. "Primeiro momento de uma jornada longa e feliz."


    Chloe: ...escritor me avisa, adoraria ser sua agente

    Ele afaga a mão de Chloe. "Não é a onde deva estar. O segredo é muito maior. Muito mais importante."


    Os dois compram juntos por toda cidade. Quase toda a cidade. Eles evitam os territórios da irmandade ardente e dos filhos do corvo. Mas Sebastian jura que não perderam nada. No fim eles terminam vendo o por do sol sobre o mar com Sebastian apontando e dizendo "Lá é a França." E tomando um longo gole de chá.


    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade
    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1977
    Reputação : 82

    Chloe  Moore - Página 11 Empty Re: Chloe Moore

    Mensagem por thendara_selune Dom Jan 30, 2022 3:27 pm



    Ela olhou o mar banhando pelo linho suave do entardecer lembrando-se da viagem feita quando menina para Annecy com a mãe que tinha raízes perdidas por lá, mas era um assunto pouco falado. - Um dia quem sabe podiamos ir até lá.- Não que acredite na possibilidade, mas sentia-se impelida a traçar rotas pro futuro e deu uma risada enquanto bebia o chá. O líquido ia criando uma pequena nuvem de vapor e o sabor alcançando seus sentidos a fazia sentir-se muito bem. -Obrigada por hoje Sebastian.- Afagou-lhe o braço com carinho e beijou-lhe a bochecha tal como faria a um irmão.- Sobre a gravidez sei que nem vou conseguir esconder, mas ainda não falei nada para James e prefiro contar quando me sentir pronta para isso.- Os olhos dela são suplicantes. -Fica entre nós por agora. Tenho mais uma coisa para perguntar,- Chloe quase estava colada a ele e falou em um tom baixo. - Como foi escolher a tribo que está? O que o levou a isso e porque segue este caminho Sebastian?  Faço essas perguntas porque não me sinto atraída por nenhuma delas e ao mesmo tempo é estranho me sentir desgarrada.-

    (Ela perguntaria se o ambiente fosse adequado para isso, então aqui fica a cargo do narrador o que ele diz sobre e se quiser pode resumir da maneira que achar mais interessante.)


    Depois de ouvi-lo, Chloe sente um misto de estar perdida e ao mesmo tempo como se as coisas de alguma maneira tivessem que ser daquela maneira sobre não ter escolhido uma tribo.  Eles se despedem e ela vai para casa onde encontra a realidade de cuidar de Aidan com ajuda da enfermeira. Quando estão sozinhos ela faz o melhor para ser uma mãe e ao repetir a palavra para si mesma aquilo lhe soa tão acolhedor. Chloe organiza-se como pode entre atender em Corona e na clínica o que por vezes a deixa cansada. Quando estava examinando alguns documentos sobre a farmácia suspirou pesadamente porque nunca fora uma mulher de negócios antes. Quando começa a guardar a papelada seu olhar vai até a cômoda onde guarda a aliança e algumas fotos.

    Antes de ir embora pegou algumas, olhando cada figura seus lábios tremeram, quando Aidan chora prontamente ela vai até ele e após cuidar dele o coloca em sua cama. As fotos espalhadas, uma delas para na mãozinha que ainda não sabe o que busca e ela vê os pais no dia do casamento dela. Um nó na garganta e a sensação de saber que todos estavam em uma encruzilhada maldosa.

    Lembra do olhar  do pai no sítio e isso faz seu coração ficar pesado, era o sangue dele em suas veias e não era fácil esquecer mesmo com o aviso de Axel. Desde que chegou em Dover tinha esperanças que eles a entendessem, quem sabe o marido mudasse, mas agora que era como eles parecia que a possibilidade de viverem todos juntos estava cada vez mais distante. Havia uma sombra entre os desejos dela e a realidade que espreita Dover. As lágrimas rolam mesmo que ela tente contê-las, as mãozinhas alcançam outras fotos, com cuidado ela tira dele e oferece em troca um brinquedo fofinho em forma de dinossauro. Depois ela pega o celular e os dedos vão deslizando para mandar uma mensagem.  


    Ela envia a mensagem para mãe porque acha que Elize seria a mais propícia a querer contato e sente uma mega ansiedade com isso Shocked  pale  silent

    “Sei que não é o meio ideal, mas dadas as circunstâncias é a única maneira viável de entrar em contato. Vocês serão avós e espero que isso os alegre de alguma maneira. Gostaria de vê-los, sei que temos muito a dizer, pelo menos eu tenho, mas temo que as coisas terminem de uma maneira terrível. Sobre meu casamento não temos mais o que fazer e especialmente agora que terei uma criança… Sinto muito por tudo. Eu os amo, jamais vou esquecê-los, mas não posso compactuar com o que vi e se um dia entenderem isso podemos nos reencontrar.”


    Como podia perdoá-los? Não tinha como fazer isso, mas também não conseguia fingir que eles não existiam. Raiva, frustração, tristeza embalavam sua mente ao enviar a mensagem e quando pensou no passado sentia como algo precioso tivesse sido arrancado dela.
    Mandar aquela mensagem não era o ideal, mas sabia que não tinha como voltar para casa sem causar um problema ou ser vista com desconfiança. Por agora era só aquilo que podia fazer, pensou no espírito que estava dentro dela e como foi graças a sua presença que teve coragem para fugir, mas também imaginou se ela não arquitetou tudo desde o começo e isso preocupou Chloe.

    Sua família sabia quem era aquela mulher, mas como poderia ter respostas se era impossível voltar a Durham. Não tinha dito tudo que sabia, mas tinha medo que suas palavras gerassem um transtorno maior se fossem ditas aos seus iguais. Em parte compreendia que devia ter dado ouvidos a William e tentado saber o que era aquilo que viu, mas agora o melhor era recorrer a uma Uratha que talvez pudesse lhe contar alguma história sobre a tal “Rainha”. A ruiva vai em busca de Asia primeiro, afinal ela era de confiança e em em uma noite que a outra estivesse livre Chloe tentaria obter respostas.



    OFF:

    -Primeiro ela falaria com Asia sobre os eventos do sítio até pq ela é Ithaeur então vamos ver se a personagem conseguem unir os fios soltos ou se isso tudo é coisa que n tem nada haver entre si  What a Face Porém ela não acredita em coincidências, essa história da Coroa, da loira fantasma saber sobre a tal rainha e aquela coisa que ela viu quando entrou no quartinho onde Aponi estava podem ter alguma ligação ou não com algo que Dione saiba. Com James ela é gentil manda uma mensagem fofa, mas desde a mudança fica sem saber como agir com ele, para Chloe ter feito aquelas coisas horrendas podem fazer o moço ter medo dela ou repulsa. Na cabeça dela aquele dia não é algo fácil de esquecer, considero que vez outra ela tem pesadelos com isso e com o sítio.
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2811
    Reputação : 145

    Chloe  Moore - Página 11 Empty Re: Chloe Moore

    Mensagem por Wordspinner Qui Fev 03, 2022 1:03 am

    Chloe escreveu: Como foi escolher a tribo que está? O que o levou a isso e porque segue este caminho Sebastian? Faço essas perguntas porque não me sinto atraída por nenhuma delas e ao mesmo tempo é estranho me sentir desgarrada.

    Ele não precisa pensar para responder. "Foi natural, como se secar depois do banho." Ele olha para ela sem nenhuma pressa. "Não precisa correr, eu sempre soube que não queria a tribo da minha mãe e quando a gente tava junto. A alcateia como começou, não tinha dúvidas. Nós eramos o novo. Rebeldia e confrontação. Eramos adolescentes e de verdade acertamos." Ela faz uma carreta como se tivesse se mordido comendo. "Ou não. Só sobramos eu e Amy. Os outros todos vieram depois. " Ele segura a mão de Chloe como se fosse levá-la a algum lugar. "Eu posso falar de nós. Farsil Luhal. Os filhos do Lobo Vermelho." E então ele força um sotaque latino. "Coyote." E ri. "Nós jogamos fora das regras, mas não todas. Só as que julgarmos inúteis ou ruins. Não somos contra regras ou tradições ou o passado, não. Não mesmo. Por isso parecemos canalhas, mas só julgamos o mundo de verdade. Julgamos nós mesmos e estamos prontos para tentar o novo. Arriscar." Ele sorri de novo. "É, eu sei. Estou pintando algo bonito, mas a própria ideia de honra não algo sagrado para nós. Vigiamos os humanos e os vemos de perto e quando precisam ser tirados da figura, quem vai até eles? Quem descredibiliza o policial que tropeçou no que não devia? Quem some com o bombeiro que viu demais no salvamento? Quem afunda no concreto o peão de obra que olhou do outro lado?" Ele dá de ombros. "Nós juramos honrar o nosso território em todas as coisas. Fazemos isso e o deixamos livre. Mas o que é nosso território? Nossa terra? É, sim. No mínimo." Os olhos calmamente fixos nos dela.

    --

    O telefone toca logo depois. Menos de um minuto. Quando Chloe atende "Por favor volta, fica comigo. A gente vai para longe e não fala mais disso e não precisa mais ver o Ian, seu pai concorda comigo. Vem por favor."



    --

    "Senta aí." Asia estava sentada na própria sala. "James ainda demora uma meia hora, lindona. Então..." Ela Pega um copo cheio de morangos esmagados e gelo e mais alguma coisa alcoólica. Chupa o canudinho e faz uma cara feliz. "Se quiser, pode fazer um também." Ela se senta botando as pernas na perna do sofá cinza e felpudo. Ela suga de novo e faz um barulho de satisfação.
    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade
    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1977
    Reputação : 82

    Chloe  Moore - Página 11 Empty Re: Chloe Moore

    Mensagem por thendara_selune Qui Fev 03, 2022 4:19 pm



    -Imagino que seja mais divertido quebrar as regras que segui-las e ao mesmo tempo acho que o grande segredo para quebrá-las é fazer com que pareça que você as está seguindo.- Chloe respondia com algum divertimento na voz. Ele segura a mão dela e a ruiva mantém um sorriso que o incentiva a falar mais. - O Coiote sabe que a melhor parte de conhecer as regras é encontrar uma maneira aceitável de quebrá-las e quem o abraça deve saber fazer isso com maestria.- Sebastian tinha um jeito próprio de dar vida às palavras e isso a contagiou. - No fim das contas é emocionante não é? Quebrar as regras e conseguir desequilibrar as variáveis em prol do que queremos fazer!- A voz dela soava cheia de energia, mas depois ouvindo sobre os humanos lembrou de Clara.- A primeira vez que realmente entendi isso foi com Clara.- Depois apenas olhou para ele. - Em certos momentos, somos donos do nosso destino e em outros reféns das nossas escolhas…Sei que um dia desses serei eu escolhendo quem afundar no concreto e tentando remodelar meu destino.- A tristeza fica ali sendo sustentada no semblante delicado, mas logo depois os lábios criam um sorriso de conformismo.









    --

    Ao escutar a voz da mãe um redemoinho de sentimentos a envolve. Ela sente um nó na garganta e a vontade de estar com a mãe queima no coração. - A senhora não entenderia…Eu vi coisas que a senhora não sabe, a nossa família tem segredos além dos lobos…- Chloe ia chorar, a pequena chorona Moore, aquilo era um golpe baixo e escutar a voz da mãe era quebrá-la em pedacinhos. - Pergunte ao papai o que tinha no celeiro…Ele sabe, sabe muito bem o que vi e a senhora não pode compactuar com isso, posso tentar buscá-la…- A voz dela some por uns segundos.- Meu pai era meu herói e agora…Não sei mais quem ele é!-  A voz embargada e depois ela chora porque não podia ser igual aos demais da sua Alcateia? Eles tinham sofrido, tinham perdido algo  e ainda assim seguiram adiante, mas Chloe queria ter tudo.



    --


    -Obrigada, mas dessa vez passo.- Disse Chloe, sentando-se perto da loira e dando mais olhada nela.- Você  me deve uma saída sem balas cortando o ar!-  Provocou Chloe. Os lábios rosados davam um sorriso cúmplice.- Como você está Asia?- A ruiva cruza as pernas e coloca a bolsa em um canto próximo. Quando a loira responde, ela apenas sorri.

    - Primeiro vou tentar resumir que no sítio eu vi coisas que não fazem sentido. Acho que você lembra que quando nos conhecemos você e os demais naquele dia ouviram algumas coisas sobre como acabei parando em Dover por indicação de um espírito. - Os olhos dela se estreitaram, os lábios agora estavam franzidos. - A mesma loira fantasma estava no sítio, ela queria salvar uma rainha que estava dentro da casa e ao que parece ela está ligada a minha família de alguma maneira. Era essa coisa que não me permitia engravidar, mas acho que você deve ter notado que agora estou grávida?!- Chloe dava um sorriso tímido ao dizer aquilo. -Isso foi graças ao Axel e a Maria que fez um exorcismo para resolver as coisas.- Depois sua voz se aprofundou e seus olhos ficaram vidrados lembrando daquele dia. - Tinha outras coisas acontecendo além dessa loira, havia uma outra coisa com eles dentro daquele quarto enquanto faziam algo com Aponi…- Ela não tinha como saber, mas seus olhos  ficaram selvagens e distantes sua boca sensual curvada em um sorriso maldoso ao pensar de novo em como tudo aconteceu naquele dia e não ter obtido respostas até agora. - William e seu filho deviam estar tentando ajudar Aponi, suponho que era isso, mas no meu entendimento achei que estavam a machucando e por isso deixei o espírito me usar, além do fato que Sam tinha entrado naquele quarto…Fiquei com medo que ela se machucasse e depois tudo pareceu surreal demais. -  Ela morde o lábio inferior com força visivelmente contrariada e depois suspirou revirando os olhos inquieta. - Não queria incomodar você com isso, sei que já ajudou muito, mas é um assunto que tem me tirado de órbita, odeio não ter respostas e me sinto andando no escuro sobre tudo que aconteceu naquele dia!-  Chloe estava franzindo a testa, imersa em seus pensamentos até que o som do canudinho de Asia a fez olhar pra loira. -Eu contando isso tudo e você parecendo uma gata tomando banho de sol alheia ao mundo que a cerca...- A ruiva dizia aquilo com um sorriso doce. Desde a primeira vez que a viu era como estar em um campo de girassóis brilhantes. - Talvez eu precise mesmo beber alguma coisa antes que minha cabeça exploda ou acabe ficando maluca de vez.!- Ela levanta e serve apenas um pouco da bebida. Pega um morango e o mordisca. - Ainda tem mais uma coisa você sabe dizer que coroa é essa que Dione quer de volta?!-
    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade
    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1977
    Reputação : 82

    Chloe  Moore - Página 11 Empty Re: Chloe Moore

    Mensagem por thendara_selune Qui Fev 03, 2022 4:22 pm

    Roupinha Chloe
    Chloe  Moore - Página 11 5db5f610
    Esqueci de colocar o visual da minha santa personagem Razz  auauhhua Pena que não da pra editar as postagens  Sad
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2811
    Reputação : 145

    Chloe  Moore - Página 11 Empty Re: Chloe Moore

    Mensagem por Wordspinner Seg Fev 07, 2022 9:36 pm

    Chloe: No fim das contas é emocionante não é? Quebrar as regras e conseguir desequilibrar as variáveis em prol do que queremos fazer!

    "Eu gosto ganhar. Eu gosto mesmo."

    Chloe: Sei que um dia desses serei eu escolhendo quem afundar no concreto e tentando remodelar meu destino

    "Você escolhe ou o mundo escolhe e o mundo não liga para nada." A voz irritada, mas sem rebeldia.

    --

    Chloe: Meu pai era meu herói e agora…Não sei mais quem ele é!-

    "Não Chloe. Não é assim." A voz atormentada e vibrando de emoção. "O que você viu. O que quer que seu pai tenha feito, ele é o que nós protege. Nós deixa seguras. Acredita em mim. Ele te quer de volta, muito. O nosso coração sangra com a sua ausência. Ele não é a mesma coisa que todos os outros. Não é. Vem para casa. A gente te protege. A gente te ajuda a entender. Eu prometo." Enxarcada de esperança e promessas.

    --

    A loira finge emgasgar quando Chloe fala das balas cortando o ar. "Eu to ótima. Cansada e preocupada. Mas ótima." Ela volta a sugar enquanto Chloe fala. Os olhos despreocupados na ruiva.

    "Se é uma pessoa, não é um espírito. Talvez fantasma. Agora rainha? Ninguém com esse nome. A última por aqui morreu faz um tempo. Ah, eu fico feliz com essa coisa de bebês. Aposto que foi divertido botar eles aí." Ela ri, mas não espera uma resposta.

    " Agora qual era a deles lá? Não sei, mas acho que ninguém ali veria um fantasma. Saca? Deve ser isso essa loira sua. Já o tio Will e o Edrick? Eles não tavam fodendo com a Aponi. Era consensual, ela é cahalith e os sonhos estão bloqueados, pelo menos filtrados por uma coisa. Talvez Gurim-Ur. É a Minha aposta pelo menos." Ela faz barulho com o canudinho.

    "Eu não tenho nenhuma certeza pra você. Eu sei o que você quer, mas eu não tenho. Posso te dizer que Olhos do Céu não age contra nenhum Urdaga. Nenhum e se você repetir isso para alguém eu vou negar." Ela fisga um pedaço de morango com o canudo e pega com a língua.

    "Hunnn. Ah, Dione foi a rainha do verão. Isso dura a primavera toda também. Mas agora é hora da rainha do Outono e Dione pode não ser a próxima rainha do verão. Politica dos perdidos. Ela tem falado com você?" Ela pega mais um morango. "Bom, né?" Ela lambe a ponta do canudinho e começa a procurar outro pedaço.

    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade
    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1977
    Reputação : 82

    Chloe  Moore - Página 11 Empty Re: Chloe Moore

    Mensagem por thendara_selune Ter Fev 08, 2022 12:37 am


    Com Sebastian


    -A maioria aprecia ganhar, outros preferem colher os frutos nas sombras sem que ninguém saiba o que conseguiram e alguns preferem apenas seguir o caminho em linha reta sem alterar as regras.- Ela ri despreocupada e depois bebe mais um gole de chá. -Essa irritação é interessante, temos aqui um rapazinho perigoso e com ares de bom moço!- Um sorriso antes de prosseguir.- O mundo pode não ligar para porcaria alguma, mas nós devemos permanecer conectados a algo que nos faça ver o caminho!- Ela deixa a xícara repousar na mesa e toca o peito de Sebastian. -O seu coração se importa com as escolhas que você faz e o mundo fica em segundo plano quando se trata do que devemos escolher ou que regras quebrar pra vencer…Eu entendo você e torço que sempre vença Sebastian.- Chloe aperta a mão dele e depois dava um sorriso. -Mas fique sabendo que não pode ficar irritado perto de mim, posso querer dar umas palmadinhas em você.- A ruiva dá uma risada e volta a beber o chá olhando para ele com cumplicidade.
    ***



    O rosto vermelho, ela funga e respira fundo antes de falar. -Mãe…não é simples, nada mais é como antes. Eu passei por algo e agora sou como o papai!- Estreitou os olhos e recostou-se na cabeceira olhando o bebê.- A senhora me pede pra voltar mesmo depois de mandarem a senhora Randall atirar em alguém que gosto?!O mundo não é o mesmo pra mim, a senhora pode não acreditar mas os amo porém não posso aceitar as coisas que vi…Agora só posso dizer que quando tudo acalmar aqui vou tentar encontrá-la, mas agora não posso!- Ela encolheu os ombros. -Tenho a sensação de que as coisas se perderam em um tempo distante, ainda lembro do dia que derrubei o vaso caro que a tia Brigid lhe deu e a senhora fez uma cara azeda, mas depois o papai disse que era um vaso feio…Naquele mesmo dia ele a compensou com um conjunto de safira caxemira e a noite a senhora veio ao meu quarto com um sorrisinho dizer que eu podia quebrar outros vasos…Eu tinha uns doze anos e nós duas acabamos rindo juntas…-Chloe piscou e seus ombros começaram a tremer enquanto lutava contra as lágrimas. - Sinto muito que tudo tenha se perdido desse jeito!-  A voz trêmula enquanto olhou pro teto e torcia para acordar fora daquele pesadelo.



    ***
    Com Asia


    -Em casa devem saber quem ela é, já que acho que foi ela que me fez adoecer quando noivei, mas eles não me diriam por telefone…-A ruiva deu um pequeno sorriso de desgosto. -Apesar de tudo são minha família e me importo com ele por mais errado que seja.- Ela joga o cabelo para um lado e pisca pra outra. - Você não perde uma chance!- A ruiva morde o morango e bebe mais um pouco. - William é um poço de virtudes cegas e entrelaçadas a um meio de vencer sempre!- Ela então levanta-se e mistura os morangos no copo, os olhos ficam fixos no movimento que fazia. Mistura a bebida  e mesmo que depois colocasse tudo pra fora valia a pena. Precisava relaxar uma meia hora ao menos. - Perdoe minha ignorância, mas o que seria Gurim-Ur?-

    -Depois do clube nos reencontramos, mas foi um sonho e admito que ela sabe muito bem como percorrer a mente alheia e incitar desejos…Nunca fui santa e nem vou dizer que não gostei, mas é um poder que deixa claro o quanto Dione pode influenciar a mente a seu bel-prazer!- Deu um sorriso malicioso.- Mas faz um tempo que não a vejo nos sonhos, mas me pareceu calorosa e ao mesmo tempo uma presença além do meu entendimento! - Recostou-se na poltrona e bebeu um gole antes de continuar. - Também não faço ideia do que você disse sobre política dos perdidos, mas sou uma boa ouvinte professora Asia.- Um novo sorriso e depois ela assentiu com a outra ser bom.- Melhor seria estar a beira mar longe dessa loucura toda e fingindo que sou outra pessoa!- Chloe respondeu com divertimento na voz.
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2811
    Reputação : 145

    Chloe  Moore - Página 11 Empty Re: Chloe Moore

    Mensagem por Wordspinner Sab Mar 05, 2022 3:08 pm

    Chloe escreveu:Eu passei por algo e agora sou como o papai!

    "Você vai ficar bem. A gente cuida de você filha."

    Chloe escreveu:Randall atirar em alguém que gosto?!

    "Ela... não. Eles... Eles, ela não volta mais."

    Chloe escreveu:Sinto muito que tudo tenha se perdido desse jeito!

    "Nada acabou. Só precisa voltar e fazer parte da nossa vida de novo. Tudo que tem aí é falso. Não ode ser real, não como aqui. Não como nós. Por favor, conversa com a sua prima, ela achou difícil também, mas ela entende."


    --

    OFF escreveu: Movida a interação com Asia para o dia seguinte a reunião em que foi criada a Cruzada Prateada.


    "Famílias... cuidado com elas. São traiçoeiras." Ela diz sem humor. "Gurim-Ur é o totem dos Tocados pelo Fogo. Fanáticos e manipuladores perigosos, além de normalmente dizerem a verdade. Pelo menos a verdade em que acreditam."

    Chloe escreveu:como percorrer a mente alheia e incitar desejos

    "Seus sonhos." Ela diz com um toque de malicia na voz. "Os perdidos andam entre os sonhos e o mundo estranho deles. Não queira ir parar lá. Eles podem ser brutais e insanos, se Dione for a mais proeminente da sua corte ela vai ser a rainha de novo. Se não? Ela vai ficar insuportável um ano inteiro." Ela sorri antes de colocar um outro pedaço de morango na boca. "Então ela invadiu seus sonhos molhados!??!" E enfia o canudo na boca com intensidade lenta e os olhos transfixando os da ruiva.

    Chloe escreveu:Melhor seria estar a beira mar longe dessa loucura toda e fingindo que sou outra pessoa

    Asia balança a cabeça veementemente. "Você só quer a chatice porque ainda tem pena de si mesma. Depois vai ver que o risco vale a pena. Que não existe outra vida mesmo. "

    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade
    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1977
    Reputação : 82

    Chloe  Moore - Página 11 Empty Re: Chloe Moore

    Mensagem por thendara_selune Seg Mar 14, 2022 2:13 pm



    Chloe Moore



    O coração dela estava batendo forte no peito. -Alguns dias, preciso de um tempo para pensar e organizar meus pensamentos…- A voz dela é um murmúrio cansado e carregado de melancolia. -Quando me sentir pronta irei até vocês, mas se as palavras ditas aí não me convencerem não quero que continuem me esperando não é justo para nenhum dos lados.- Fechando os olhos, ela recostou-se mais na cabeceira da cama e respirou pesadamente. - Tenho que desligar agora e espero que fique bem mamãe.-  Ela engoliu  o nó na garganta, sentindo o calor do seu corpo subir. Aquilo era demais, seria mais fácil arrumar tudo e ir mais longe?! Mas sempre haveria o medo, a perseguição e a fuga  jamais a afastaria do mundo ao qual pertence.      
                                                             
     
    ***


    Com Asia


    - A verdade pode ser uma criatura injusta, maldosa que se despe de maneiras diferentes a depender de quem a revela, com minha família não seria diferente e vejam só onde me manter cega me levou?!- Chloe sussurrou com um tom ácido, não direciono a loira, mas a si mesma. -Mas quero despir a coisa toda do meu jeito, pro bem ou pro mal em uma concepção frágil…Ainda assim quero ouvi-los falar!- Chloe sentiu a mandíbula travar. -Nem que seja para perguntar que porra eles estavam esperando de mim no final das contas?!- O palavrão escapa, ela cora e vira o copo lembrando da aula sobre palavrões úteis com Samantha.
    Então o tom malicioso da outra a fez olhar para Asia como se fosse uma boneca feita para se brincar de um jeito perigoso, a ruiva sentia uma dose de inveja da loira, mas depois logo culpava a gestação por cada pensamento caótico ou excessivamente emotivo que sentia ao longo dos meses. As mudanças de humor e tudo pareceu  muito sensorial depois da mudança. De uma hora para outra ia de brasas a completa frieza, talvez seus hormônios estivessem mutantes ou fosse outras coisas que não conseguia entender. Era a Lua? Talvez fosse e por isso às vezes se sentia à beira da loucura, depois a culpa a carcomia lentamente, precisou se afastar do trabalho assim que chegou aos cinco meses ou acabaria fazendo alguma besteira que custaria a vida de alguém. Lembrou de Aidan e aquilo cortou seu coração e a fez morder os lábios com força sendo salva daquele pensamento pelo tom malicioso de Asia.

    -Foi um sonho molhado!- O som do riso dela é carregado de uma onda quente que a faz esquecer o mar de sangue nas sua palavras de segundos atrás.  -Digamos que foi bem isso mesmo, Dione apenas puxou uma corda e resultou em uma bela memória de verão.- A ruiva apoia uma das mãos no queixo. - Ela me parece muito interessante, combina muitíssimo com ela o título de rainha e notei que tem seguidores divertidos.- A voz de Chloe tinha um toque de excitação que morria um instante depois dando lugar a seriedade tão típica dela. -Quero falar com ela pessoalmente. Você sabe como a encontro? No clube ou preciso de um código secreto?- O sorriso abria-se em um contorno divertido.

    As sobrancelhas delas arqueiam ao pensar sobre pena e demais coisas que Asia disse desde que se conheceram. - Acho que ter pena de mim mesma é o que me mantém aqui, se não fosse isso teria dado passadas até um caminho sem volta,-respondeu relaxando o corpo pesado e passando a mão na barriga. - por isso pra mim a graça é viver a fantasia, a ilusão tênue que nos mantém com pena de nós mesmos e ao mesmo tempo corajosos o suficiente para espiar além das cortinas em um quarto escuro.- Chloe sorriu para si mesma, inclinando-se para frente e apoiando os cotovelos nos joelhos . - Pelo menos é nisso que eu gosto de acreditar. Pena, culpa, medo, frustração, pequenos delitos que ninguém pode saber tornam-se um vício indecente e bebemos em goles pequenos, já bebi um pouco de tudo desde que cheguei a Dover. - Ela parecia sem fôlego agora como se estivesse sentido-se presa a uma memória que fazia o ar escapar dos pulmões e suspira voltando ao momento. - Você é muito prática Asia não a vejo temendo o amanhã ou qualquer escolha que tenha que fazer- A ruiva muda o rumo da conversa e parecia se divertir em comentar aquilo talvez porque a loira era seu exposto ou parecida demais com o que Chloe prefere manter trancado dentro de si. - Gosto de vê-la tão à vontade para ser honesta, parece que a caçada não lhe afetou ao ponto de estar pensando nas encruzilhadas dessa vida que temos.- Um sorriso cheio de provocação escapou dos seus lábios, desafiando o mundo ou quem sabe a si mesma ao pensar nas próprias escolhas.

    [/color]
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2811
    Reputação : 145

    Chloe  Moore - Página 11 Empty Re: Chloe Moore

    Mensagem por Wordspinner Sab Mar 19, 2022 8:36 pm

    Ela desliga ao mesmo tempo que a mãe começava a falar algo. As palavras perdidas além da audição.

    --
    Chloe: ...me manter cega me levou?!

    "Nunca vai saber onde a verdade absoluta e sem filtros a levaria. Ninguém vai." Ela resmunga casualmente como se não conseguisse não falar.

    Chloe:...no final das contas?!

    "Fé, colaboração e amor. Não é o que toda família quer?" Mais uma chupada no canudo. "Eu preciso de mais." E enche o copo.

    Então Chloe começa a falar de Dione e Asia parece ganhar uma nova energia e curiosidade. Ela se estica e serpenteia para perto de Chloe. Perto o suficiente para tocar. Mas não o faz. Os olhos bonitos da loira parecem procurar dentro dela. Se aproximando e confirmando enquanto Chloe falava até...

    Chloe:...preciso de um código secreto?-

    "Ela tem um emprego normal." Ela afunda na cadeira decepcionada. "Ela escreve para alguns tabloides e jornais da cidade. Eu te passo o cafe onde ela fica. Mas espera ela terminar o trabalho e ir até você. Ela adora o frapuccino com creme e avelã." A voz ficando distante e entediada.

    Chloe:...desde que cheguei a Dover

    "Tudo?" A voz da loira tem um chama pequena e insidiosa. Quase um sussurro quente e macio. Feito para acordar calores em qualquer um.

    Chloe:...dessa vida que temos

    Ela sorri algo afiado e orgulho. Os dentes bem brancos no rosto bonito e tocado pelo sol. "Para usar as suas palavras é preciso beber a vida toda." Ela segura o rosto de Chloe com a mão direita e imensa delicadeza, mesmo assim seus dedos pareciam garras. O polegar se arrastando até bem perto do lábio da outra. "Eu vou caçar e gostar. Eu vou sangrar e sofrer. Mas meus desejos não vão ficar guardados em uma jaula que alguém fez para mim." A mão no rosto de Chloe era fria do contato com o copo, mas todo resto da ithaeur parecia quente como o sol.

    A loira se aproxima. O rosto sério e cheio de uma intensidade sem dissimulações. Mais perto. Mais perto. "Você?" Ela pergunta e Chloe sente o cheiro de morango e alcool no calor que toca o seu rosto.




    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade
    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1977
    Reputação : 82

    Chloe  Moore - Página 11 Empty Re: Chloe Moore

    Mensagem por thendara_selune Sab Mar 19, 2022 11:47 pm



    Chloe Moore



    Fim da ligação
    Spoiler:

    Chloe ainda pensa em ligar de novo naquela noite, mas apenas se permite apreciar o momento olhando o bebê e depois quando ele dorme tem a chance de tomar um longo banho deixando as lágrimas desaguarem. O silêncio é um cobertor gentil que apreciava demais naquele momento.

    ***

    Com Asia

    OFF:

    A ruiva ouvia Asia imaginando Dione com um ar de deboche adocicado escrevendo para tabloides e jornais entre um murmúrio de tédio ou breve animação. Chloe fez o possível para reprimir sua vertigem ao ver a loira tão perto e ansiosa por detalhes que a ruiva não daria. Ela não falaria para ninguém o que fez embora naquele momento pouco importa se os tais pequenos delitos que cometeu.

    Chloe dava uma pausa nos pensamentos quando a outra dava a palavra “tudo” uma efervescência palpável. A ruiva sentia-se como uma presa diante do predador, mas aquilo era um jogo que nunca tinha jogado antes. Mesmo assim ela levou um momento obrigatório para considerar o que estava prestes a fazer, um equívoco movido por tudo que a cercava, mas depois deu de ombros também como se no final da página nada mais importasse dentro daquela sala. - Vai caçar, sangrar e ser o que nasceu para ser!-  O polegar da outra tão perto criou uma onda elétrica difícil de conter. Seu sangue corre gelado, e cerra os dentes, o calor da respiração de Asia a uma polegada de distância, batendo em seus lábios enquanto a ruiva também ficou olhando a boca da loira. "Você pode gostar de Chloe." O pensamento fica a provocando.

    Sem hesitar ou recuar os lábios dela roçam no da outra. - Quente…- O sussurro baixo e tímido. O que ela viu nos olhos de Asia a fez ofegar. Um breve vislumbre do verão que ardia na outra a fez se sentir tão quente. -Eu o que?!- Chloe murmura em seguida  e os lábios entreabrem-se esperando a reação da outra. Ao longo dos meses ela se manteve longe de qualquer toque ou desejo, talvez isso tivesse resultado na maneira que seu corpo correspondia à loira agora. -Você está cheirando a morango…-O tom de divertimento e os olhos pareciam felinos encarando a outra. O toque de Asia fazia o  coração da ruiva bater  mais forte, todos os poros do seu corpo esfriam com um suor repentino.Ela inclina a cabeça, estudando cada reação da loira tão consciente da nuvem de excitação que encobria as duas que podia sentir a pele pinicando cheia de desejos desconhecidos.

    [/color]
    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade
    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1977
    Reputação : 82

    Chloe  Moore - Página 11 Empty Re: Chloe Moore

    Mensagem por thendara_selune Dom Mar 20, 2022 12:24 pm

    Só corrigindo :
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2811
    Reputação : 145

    Chloe  Moore - Página 11 Empty Re: Chloe Moore

    Mensagem por Wordspinner Seg Mar 21, 2022 10:21 am

    Chloe escreveu:Vai caçar, sangrar e ser o que nasceu para ser!

    Um movimento quase imperceptível para cima e para baixo era toda resposta que ela tinha.

    Chloe escreveu:-Você está cheirando a morango…

    "É mais gostoso na sua boca." A voz dela parecia entrar na ruiva. Soar dentro da sua boca de tão perto. Perto o suficiente para sentir o calor antes do toque. Antes do beijo com gosto de morango e vodka. Suave e delicado entrando nela, a língua macia e os lábios delicados. A loira movia junto com ela. Respirava fundo e as mãos dela seguravam o rosto e os dedos se enfiavam na nuca de Chloe.

    Por um momento as duas bocas se separam e os olhos de Asia transfixam os dela. O foco letal de uma caçadora, sem humor. Só desejo. Então a loira mergulha em outro beijo. As unhas da mão esquerda descendo pelo pescoço e ombros e seios. Descendo até a cintura. A outra mão afaga e segura Chloe no lugar. Uma dar pernas longas da loira se insinua entre as duas da ruiva. O gosto fresco na boca. A fome da ithaeur que parecia pronta para devorar ela toda e mesmo assim seguia um passo deliberado, sem pressa, sem hesitação. Saboreando cada segundo.
    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade
    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1977
    Reputação : 82

    Chloe  Moore - Página 11 Empty Re: Chloe Moore

    Mensagem por thendara_selune Seg Mar 21, 2022 11:45 am



    Chloe Moore





    Ela olhou para Asia, cujo rosto revelou a faceta da excitação. Quando o primeiro tremor atingiu-a, ela percebeu que estava à mercê da outra e isso não era ruim, não importava o ângulo a cena toda lhe pareceu tão certa que chegava a arder percorrendo as suas veias.  A excitação de saber disso a fez estremecer mais uma vez, e  quando os lábios se afastam por um breve momento parecia que tudo ficava vermelho ao redor das duas. Chloe gostava do papel de presa, de lebre perdida na ravina enquanto o predador trava a mandíbula em seu pescoço por isso amou o marido, assim como apreciou cada segundo com William mesmo sendo tão errado e agora a mesma melodia primitiva a impulsionava para aquele momento.

    A ruiva se entrega aos movimentos calculados para excitar criados pela loira sem ensaio algum, era só Asia sendo a torrente de verão que inunda tudo que toca. -Pode provar tudo que quiser…-A ruiva a beijava de novo  a sensação da perna dela deslizando entre as suas coxas a faz ficar arrepiada. A pele dourada da outra criaria uma tela bonita ao se misturar com as sardas espalhadas de Chloe que vestia aquele tom alvo. Seus olhos predatórios são um deleite  ousado e o tipo de  convite ao melhor lado de uma noite improvável. As mãos da ruiva vão até o copo, ela pega um dos cubos que derretia lento e afasta-se da loira com malícia nos olhos âmbar. O cubo parecia ganhar vida, se insinuando pelos lábios da outra, a gotícula gelada percorrendo seu caminho enquanto os dedos delicados da ruiva o guiavam sem pressa em um passeio pela curva do pescoço da loira, depois entre os vale delicado de seus seios circundando lentamente os bicos excitados dela e depois propositalmente deixa ele sozinho descer até o ventre da outra por dentro da roupa. Havia tantas sensações excitantes acontecendo ao mesmo tempo que compreender todas elas estava se tornando uma tarefa esmagadora.

    O ponto de prazer mais óbvio e vívido estava vindo de seu íntimo, Asia tinha um ritmo moderado que a fez mordiscar o pescoço da loira. Isso levou sua capacidade de resposta a novas alturas naquele instante. A fome da outra a preenchia com velocidade, imaginava a carne das duas se tocando e os sons doces que  ecoaram por toda a sala.  Chloe fica ofegante e geme sentindo a proximidade de Asia queimar mais e mais seu corpo. Nenhuma delas estava disposta a fazer uma pausa ou adiar o inadiável. Oito dias para adentrar aquele caminho sem volta e agora apenas o breve momento fazia seu sangue bombear ao ponto do seu coração querer explodir em êxtase.

    Gif maroto :


    Conteúdo patrocinado


    Chloe  Moore - Página 11 Empty Re: Chloe Moore

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex Dez 02, 2022 12:12 am