Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Capítulo UM - Este é o Meu Pecado ...

    Raijecki
    Adepto da Virtualidade
    Raijecki
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1579
    Reputação : 125
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 Empty Re: Capítulo UM - Este é o Meu Pecado ...

    Mensagem por Raijecki Seg Jan 04, 2021 3:09 pm

    Teste de evitar o perigo (Des +0):

    Raijecki efetuou 2 lançamento(s) de dados Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 Dice10 (d6.) :
    6 , 1
    Mystic Stranger
    Cavaleiro Jedi
    Mystic Stranger
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 175
    Reputação : 60

    Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 Empty Re: Capítulo UM - Este é o Meu Pecado ...

    Mensagem por Mystic Stranger Qua Jan 06, 2021 8:54 am






    Violet, a gatuna

    Os chiliques de Whixa ja haviam ultrapassado os limites de paciência da ladra de Morroc. E ter que lidar com ela estava cada vez pior. Como se não bastasse, a noviça tentou lhe atacar e foi impedida por Hergos que entrou em sua frente. De novo aquele sentimento estranho veio a si, fazendo ela se lembrar de momentos atrás. Precisava encontrar Aaron e o fazer mexer em Hergos e também contar sobre suas lembranças.  

    -Hergos, não preciso que me proteja. - disse para o boneco que se encontrava a sua frente. - Whixa, você não sabe com quem está se metendo. Tenha em mente isso.

    Por fim, Marin, que agora já era um adolescente. Mandou a real na cara do povo e tentou trazer sabedoria à cabeça de Whixa, algo difícil na opinião de Violet. Que sabia que ali só tinha coco de passarinho e só servia para carregar os cabelos.

    Após a pequena mente aérea de Whixa, que voltou de suas lembranças pelo chamado de Hergos e Marin. Violet, chamou por Hergos e seguiu na frente, tentando passar pelos corredores sem qualquer problema. Procuraria por Aaron e depois iriam até Tartan.


    EVITAR O PERIGO (DES+2)
    Mystic Stranger efetuou 2 lançamento(s) de dados Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 Dice10 (d6.) :
    2 , 6






    Raijecki
    Adepto da Virtualidade
    Raijecki
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1579
    Reputação : 125
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 Empty Re: Capítulo UM - Este é o Meu Pecado ...

    Mensagem por Raijecki Sex Jan 08, 2021 8:25 pm

    Teste de "Lembrar" (INT+2):

    Raijecki efetuou 2 lançamento(s) de dados Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 Dice10 (d6.) :
    1 , 5
    Bravos
    Antediluviano
    Bravos
    Antediluviano

    Mensagens : 4846
    Reputação : 381
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 Empty Re: Capítulo UM - Este é o Meu Pecado ...

    Mensagem por Bravos Seg Jan 11, 2021 1:00 pm






    Aaron, o Mercador

    - Ele está amaldiçoado? Quem o amaldiçoou? Um deus? - Lembrou-se que tudo aquilo aparentemente aconteceu pois eles haviam interceptado mensagens dos deuses. Seria esse o castigo? Griffyn dizia que Hergos apareceu em Alberta pouco tempo antes de ele mesmo aparecer lá e pedir para ingressar no clã. - Griffyn, quando eu pedi para ingressar no clã? - Puxou o velho pela gola da camisa e em seguida soltou-o por notar seu ímpeto. - Até onde eu sei, eu mesmo construí Hergos. Mas não lembro como ou quando ou de que forma.

    - Esse é o grande problema, Griffyn, apesar de não fazer sentido, eu estive aqui com Leones e Tartan e lutamos com Baphomet. No tempo que Whixa era a rainha de Glast Heim, talvez? - Devaneou, fazendo suposições. Se o velho o pudesse ajudar com aquilo, tanto melhor seria. Vasculhou a mesa e achou o bilhete e dois pequenos frascos. Tirou a adaga e guardou-a consigo e fez Griffyn ler, enquanto guardava também os frascos. - Onde está Tartan? Talvez ele apenas precise beber isso para sair da sua maldição.

    Seguiu por onde o velho havia apontado, ele ia na frente, olhando com cautela e chamando o outro assim que considerava seguro. Tentava, através de sua memória, lembrar-se dos caminhos do castelo e assim traçar uma rota até Whixa e Violet.

    [quote]Vou rolar aqui o lembrar para traçar um caminho para encontrar Whixa e Violet e então o evitar o perigo.

    Lembrar INT (+2)
    Bravos efetuou 2 lançamento(s) de dados Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 Dice10 (d6.) :
    4 , 1

    Evitar o Perigo DES (0)
    Bravos efetuou 2 lançamento(s) de dados Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 Dice10 (d6.) :
    3 , 3






    Hylian
    Troubleshooter
    Hylian
    Troubleshooter

    Mensagens : 778
    Reputação : 105
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png

    Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 Empty Re: Capítulo UM - Este é o Meu Pecado ...

    Mensagem por Hylian Seg Jan 11, 2021 4:57 pm









    Este é o Meu Pecado ...




    Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 YfwQoWh


    @Mystic Stranger @Raijecki @Bravos

    31 de Agosto de 2019 D.GH
    Estação: Outono, Temperatura: 5ºC, Previsão: ---
    Localização: A Grande Floresta de Payon.


    OS PROTAGONISTAS:



    Aaron



    Saúde: Normal
    Pontos de Vida: 16
    Armaduras 03
    Classe: Mercador
    Dano Base: 1D4
    Experiência: 11/12
    Nível: 03
    Carga Máxima: 14/14
    Zeny$: 150

    Aaron Digby


    Whixa



    Saúde: Normal
    Pontos de Vida: 18
    Armaduras 02
    Classe: Noviço
    Dano Base: 1D6
    Experiência: 11/12
    Nível: 03
    Carga Máxima: 05/09
    Zeny$: 150

    Whixander Vaee


    Violet



    Saúde: Normal
    Pontos de Vida: 19
    Armaduras 01
    Classe: Gatuno
    Dano Base: 1D8
    Experiência: 11/12
    Nível: 03
    Carga Máxima: 07/11
    Zeny$: 150

    Violet Hallan



    OS VÍNCULOS:


    Hergos



    Saúde: Incomum
    Pontos de Vida: ---
    Armaduras ---
    Classe: Espadachim
    Dano Base: ---
    Experiência: 00/00
    Nível: --- +1
    Carga Máxima: ---
    Zeny$: 0


    Marin



    Saúde: Normal
    Pontos de Vida: ---
    Armaduras ---
    Classe: Feiticeira
    Dano Base: ---
    Experiência: 11/00 +1
    Nível: ---
    Carga Máxima: 06/07
    Zeny$: ---









    WHIXA




    Whixa sem opções, mudara o rumo de seu caminho para evitar o que quer estivesse aproximando na sua direção, já que ela tinha consciência de que não conseguiria passar despercebida. Encontrou por sorte uma escadaria que a levava para andares mais baixos e ao adentrar o novo corredor, pós escadaria, encontrou-se em um ambiente extremamente frio que a fizera tremer e se envolver em seus braços como uma tentativa de reter calor. O corredor não era muito longe e parecia estar vazio, exceto por algumas celas que aprisionavam elfos delinquentes e um grande espelho redondo de frente para as celas pendurado na parede oposta.

    Whixa ouvira um grunhido estranho e passos que se aproximavam dela. Ao se virar de costa, ela pode ver uma criatura um tanto mais baixo do que ela. À primeira vista era possível confundir a criatura com um tronco velho qualquer, mas aquele tronco parecia ter olhos e boca, embora fossem três buracos escuros e sem fim, dois braços e duas pernas. Era uma criatura sagradas das florestas “Willow”. De fato, Whixa nunca imaginou em seus trinta e sete anos de idade que chegaria a ver uma criatura daquelas, era quase como estar diante de uma divindade, isso porquê os Willows não apareciam para qualquer um e tão pouco deixavam seu habitar natural que era a floresta. Aquele, no entanto, era apenas um filhote, visto que Willows adultos poderiam chegar até 30, 50 metros de altura, talvez até mais.

    Já faz dois mil anos, Whixa... de Glast Heim!


    Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 Card_10013
    Maku - O Guardião da Floresta


    A voz imponente que surgia da boca da criatura ecoou pelo corredor, mas não era ofensiva, era como de um conhecido que há muito ansiava por aquele momento. A mente de Whixa começou a vagar longe daquele lugar, muito longe, sentiu seu corpo leve e no mais profundo de suas memórias ela, então, ao abrir os olhos podia sentir o aroma das florestas e também a melodia característica tocada pelas criaturas que lá habitavam “O Minueto da Floresta”.

    Spoiler:
    Whixa visitava a floresta naquele por de sol e ela parecia atordoada, perdida em seus pensamentos. O gosto amargo da morte parecia cultivar em seu paladar cada vez mais e ela carregava consigo um corpo de uma jovem falecida, de longos cabelos dourados, vestia roupas reais como as dela. Whixa depositou o corpo sem vida sobre um altar de pedra de mármore com um símbolo sagrado que brilhou na penumbra do coração da cidade fazendo-o pulsar como se ela pudesse ouvir cada batimento naquele lugar.

    Maku... Eu lhe suplico... – sibilava Whixa sem muitas forças – Já pouco me importo com o que aconteça comigo, mas salve a alma de Laureen...

    Maku, que era um “willow” aproximou-se da rainha de Glast Heim, ele trazia em seu semblante uma profunda tristeza. Com toda sua sabedoria, ele estava ciente de que não poderia trazer Laureen de volta a vida, embora não fosse um grande segredo que a força da floresta poderia trazer de volta a vida bravos guerreiros que perderam suas vidas em suas aventuras, de fato, por alguma estranha razão isso seria impossível com aquela garota.

    A alma desta criatura não precisa ser salva... – murmurou Maku com seriedade – Estou surpreso, Whixa, por estar aqui, já que sempre fomos contra a sua divindade...

    Eu deveria ter ouvido vocês quando tive tempo... – gemeu Whixa tentando controlar a imensa vontade de romper em prantos – Hell nos traiu de maneira vil e covarde e está matando a todos nós...

    Não se preocupe, Whixa, aquela falsa deusa que se diz soberana destas terras não irá conseguir matar vocês... Eu posso sentir, posso ouvir os últimos desejos desta criatura... – Maku se referia a menina morta diante deles.

    Revele-me, por favor! – suplicou Whixa!

    Laureen desejou que vocês tivessem uma nova chance, que renascessem longe dos domínios de Hell e que de alguma forma poderiam consertar as coisas, você acredita nisso? Whixa!

    Acredito que... meu coração agora está em paz, pois sei que vou voltar a ver Laureen e os outros, se o desejo dela for abençoado pelos deuses...

    Que o fogo da vida queime a alma desta pequena criatura e que ela possa existir no calor de suas crenças muito além das terras dos homens, em um lugar que um dia vocês chamaram de lar...

    Whixa voltou a si quando a criatura vegetal a sua frente lhe tocava com suas mãos de madeira, ele tocava a virilha da noviça de forma inocente buscava pelo símbolo que há vinte anos, em Geffen brilhara fervoroso como fogo.

    Aqui está, é você mesma, Whixa! – concluiu o Willow – Espero que se lembre de mim, Maku!

    No entanto o Maku das lembranças de Whixa tinha a aparência mais velha e possuía pelo menos trinta metros de altura, o contrário daquele que não passava de um filhote.

    Vim ajudar vocês a salvarem o príncipe amaldiçoado e consertarem tudo! – disse Maku determinado enquanto puxava a noviça em direção a próxima área que era exatamente as celas masculinas onde provavelmente Aaron fora levado há umas horas atrás. No entanto havia uma cela vazia e outras que davam lar a elfos arruaceiros que imediatamente olharam para a noviça pedindo que os libertasse. Whixa sentiu um cheiro desagradável vindo de uma das celas, tratava-se de de dois orcs moribundos e acorrentados que dormiam a sono profundo, enquanto produziam um “show” de peidos e arrotos que fizera com que a noviça inconscientemente levasse a mão ao nariz e a boca, receosa de contrair quaisquer doenças possíveis que fossem transmitidas por aquelas criaturas.

    Whixa encontrou uma escadaria que levava aos andares superiores ao lado da única cela vazia, o que poderia indicar uma saída daquele lugar. Naquele momento, ouviu um grande urro ressoar pelo corredor onde reencontrara a pequena árvore Maku.

    São eles... – gemeu Maku – Os soldados da floresta... Melhor sairmos daqui! Eles vão atacar vocês, já que não vão saber diferenciar vocês dos elfos!






    VIOLET




    Violet seguiu pelos corredores que ela acreditava que os levaria até Aaron, atrás dela seguia o bando, Marin, Hergos e Judia e nenhum deles perceberam quando Whixa os deixou para evitar uma criatura rara que, se algum deles já chegou a ver na vida, provavelmente não estariam ali para contar a história, muito embora aquela criatura ainda fosse muito jovem para causar tamanho medo, pois apenas tinha próximo de dez metros de altura. Tratava-se de um Willow, criaturas que se assemelham com árvores que são ditas como os guardiões da natureza, juntamente com as fadas eles mantém a grande Árvore da Vida, Yggidrasil, o que Violet e os outros nunca chegaram a ver, talvez fosse meros mitos, histórias contadas de um lado a outro, mas que finalmente tiveram a possibilidade de conhecer um dos guardiões, aquilo era fato.


    Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 OxuogiU
    Willow - Soldado da Floresta


    Um Willow... Mas não é o poderoso Maku, ele talvez nem exista nos dias de hoje, mas o que essas criaturas fazem aqui? – cochichou Hergos sem demonstrar quaisquer surpresas em encontrar um desses.

    Elllffffoooossss, aaaannnqqqlllarr....! – rugia a criatura que não notara o grupo e seguia na direção contrária pelo corredor.

    Elfos e a natureza sempre tivemos uma relação muito íntima com as florestas, o que Kjaack fez? – lamuriou Judia ao notar que seu povo estaria em perigo de a floresta sagrada se voltasse contra os elfos.

    Devemos tomar cuidado, eles buscam Elfos, mas também podem não saber diferenciar humanos de elfos, dado a semelhanças das raças... – comentou Hergos

    Droga, Whixa desapareceu... – sibilou Marin ao notar a falta da noviça. – Eu vou atrás dela, vocês continuem até o Aaron... – disse ela saindo de fininho com cuidado para que não fosse notada pela criatura que ainda rondava o lugar.

    Violet, Hergos e Judia não tiveram tempo de impedi-la ou consentir com sua ideia, mais uma vez o grupo havia se separado, desta vez em três caminhos diferentes. Violet seguiu pelo corredor, virando para o próximo e finalmente encontrando com Aaron e Gryffin que recém abriram a porta de onde estavam e foram flagrados por outra criatura igual ao que viram anteriormente, porém um pouco mais alto e até agressivo.






    AARON





    Acredito que tenha sido uma força divina que o tenha amaldiçoado, pois qualquer humano, ou mesmo elfo que mexa com magias se o tentasse não teria um efeito tão grandioso assim, não se há histórico sobre algum bruxo ou sacerdote que conseguiu ir tão longe, talvez.... – Gryffin sentia algumas pontadas na mente como se sua memória envelhecida tentasse voltar a si – Bom, em Geffen, lembro-me de ter lido algumas histórias que contavam de três grandes da magia antiga, eram eles a Rainha de Glast Heim, ela era conhecida por seu enorme poder, bem como os reis da magia de Geffen, principalmente Marin, a rainha, existem histórias fenomenais sobre eles...

    Aaron pareceu um tanto agressivo, naquele momento, talvez por ter que processar tantas informações que pareciam não se encaixarem perfeitamente – Se acalme, meu amigo! – pediu o velho mago – Eu não tenho certeza quando você chegou em Alberta, acredito que tivesse dez anos, pois é quando as leis de Midgard permitem que os aventureiros se unam a um clã desejado. Antes disso você é apenas um aprendiz em treinamento... – explicou Gryffin tentando ser o mais útil possível – Você construiu Hergos? Aquele robô? Bom se o que você diz sobre ter outra vida há dois mil anos, mas... por que você construiu esse boneco? E por que Maya sempre tinha um carinho tão grande por aquele boneco? Espere, eu me lembro! Na Floresta do Sussurros, uma vez acompanhei Maya até lá, ela sempre ia lá, havia um casebre muito bem construído entre as árvores onde ela disse que encontrou o Hergos “desligado” há alguns anos, antes mesmo de conhecer você... Maya o religou...

    Gryffin leu com atenção a receita médica que inclusive havia a assinatura do reino que uma vez existiu nas terras dos homens. Ele olhou muito bem para a formula que lá havia escrito, e tentou massagear a cabeça na tentativa de relembrar bem as aulas de alquimia que tivera há anos atrás. – Não.... Esses ingredientes, eles são... A poção da transmutação! – concluiu Gryffin animando-se com a ideia de que ainda se lembrava de seus antigos estudos – Conhecida como Poção polisuco, isso quer dizer que Tartan tomava essa poção todos os dias para se transformar em alguém, talvez a real identidade dele fosse um grande segredo naquela época... Este tipo de poção não funciona por mais do que um dia, então, ele deveria tomar sempre...

    Aaron lembrou-se bem da fisionomia de Tartan e também sua mente tentava buscar mais sobre o tal casebre, mas parecia que algo o impedia de se lembrar de qualquer lugar que existisse no interior da Floresta do Sussurro que, há dois mil anos, talvez nem existisse como eles a conheceram há poucos anos. Aaron ainda se perguntou qual o interesse Whixa teria em esconder a identidade real de Tartan... Porém, havia se lembrado também do caminho até o quarto real do príncipe, embora alguns corredores ainda parecessem confusos em sua mente.

    Uma vez que os dois saíram pela única porta, ouviram um grande urro onipotente ecoar pelo corredor e finalmente uma criatura de pelo menos doze metros de altura, era muito parecido com uma árvore de tronco grosso, era possível ver os olhos e a boca no canto superior do tronco, as pernas e braços grossos e a criatura encarou os dois ameaçadoramente e não demorou muito para avançar contra eles. Aaron pode ver de relance, Violet, Marin e uma elfa chegarem do outro lado do corredor e, quando deu por si, viu que Hergos havia se colocado entre ele e a criatura de forma a protegê-lo, sacando sua espada.

    Elllffffoooossss, aaaannnqqqlllarr....! – rugia a criatura...


    Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 OxuogiU
    Willow - Soldado da Floresta






    Infos - OFF escreveu:

    @Bravos @Mystic Stranger Boa sorte com o grandalhão! Lembrando que o Willow/Soldado ele não viu a Violet, Hergos e a Judia, apenas viu o Aaron e o Gryffin!

    @Raijecki você pode enfrentar o bixo ou seguir enfrente pelas escadarias!






    Raijecki
    Adepto da Virtualidade
    Raijecki
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1579
    Reputação : 125
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 Empty Re: Capítulo UM - Este é o Meu Pecado ...

    Mensagem por Raijecki Seg Jan 11, 2021 7:41 pm






    Whixa Vaae, a Noviça Rebelde


    Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 QApfyp1

    ***

    Whixa percorria outro caminho e se separava de seus companheiros. Então se via diante de um corredor tão frio que precisava se aquecer com seus braços. Era um corredor de celas, e um ser que a noviça nunca pensou em ver - pelo menos naquela encarnação - surgia chamando seu nome.

    Um Willow, mas precisamente um Willow bebê, já que ele não passava dos joelhos de Whixa. Ele então procurava pela tatuagem da noviça que ficava em sua virilha, e Whixa saltava para trás em um puro reflexo.

    - Ninguém toca em mim sem permissão, nem você, entendeu pequenino?! Aliás de onde é que você me conh.... - Ela então descia fundo em suas antigas memórias, e logo descobria de onde aquele estranho e raro ser a conhecia. Ela estava em uma floresta e carregava uma mulher de cabelos loiros e cumpridos que vestia as mesmas roupas sagradas que ela. O corpo parecia sem vida, e ela o despejava delicadamente em um altar, onde um Willow adulto - De nome Maku - a dizia que não teria como trazê-la de volta, mas que sua vontade e bondade os dariam uma segunda chance para concertarem as maldades que Hell os havia causado.

    - Ai ai ai minha cabeça... Laureen... Maku... - Ela dizia baixinho, enquanto tamborilava seus dedos sobre sua testa. - Então você é Maku, e também renasceu como a gente? Por isso está desse tamanho? - Porém eles não tinham muito tempo para conversas, já que os guerreiros da florestas haviam invadido o local e avançavam contra os elfos.

    - Sim vamos! Nossa prioridade é salvar Tartan de uma vez! - Ela então avistava seus amigos encurralados pelos Willows, mas sabia que não podia ajudá-los, seu lugar e dever agora eram com Tartan, fizera uma promessa, um voto perpetuo á ele, e decidia pagar sua divida de uma vez por todas.






    Raijecki
    Adepto da Virtualidade
    Raijecki
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1579
    Reputação : 125
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 Empty Re: Capítulo UM - Este é o Meu Pecado ...

    Mensagem por Raijecki Seg Jan 11, 2021 7:48 pm

    Teste de evitar o perigo (Des +0):

    Raijecki efetuou 2 lançamento(s) de dados Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 Dice10 (d6.) :
    6 , 6
    Mystic Stranger
    Cavaleiro Jedi
    Mystic Stranger
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 175
    Reputação : 60

    Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 Empty Re: Capítulo UM - Este é o Meu Pecado ...

    Mensagem por Mystic Stranger Qui Jan 14, 2021 6:00 pm






    Violet, a gatuna

    Violet seguia pelo corredor junto dos outros, conseguindo passar despercebida por um ser que duvidou que chegaria a ver em sua vida. Um jovem Willon passava por ali, mesmo que não tivessem sidos vistos. Violet, se armava de suas adagas e entrava em posição de alerta.

    -Maku? Do que você está falando Hergos?- Viole, perguntou direto a ele. - Por que você não diz tudo o que sabe, o que tem dentro dessa cabecinha aí?

    Ouviu Judia se perguntar o que Kajaak havia feito. - Para eles terem invadido o castelo, coisa boa que não foi.- E então Marin fala sobre o desaparecimento de Whixa e sem esperar a reação de todos, saiu atrás da noviça. - Merda, acabamos nos separando. Mais uma para a gente ir atrás. Violet, por um momento achou melhor ir atrás de Marin e Whixa. Mas já que estavam ali, seria melhor seguir em frente. Marin era poderosa, bom pelo menos era o que tentava por em sua mente.

    Ao seguirem em frente, não demoraram muito a encontrar Aaron que saia de uma das portas por ali. E antes que pudesse seguir até ele, mas Willon surgiu diante de Aaron. Hergos reagiu se enfiando entre o mestre e a árvore enorme, com sorte o bicho não tinha visto Violet e Judia.

    -Precisamos ajudar, se não eles não vão conseguir sair dali. - Violet, disse a Judia. - Tem alguma coisa que possa acalmar esses seres? - Perguntou diretamente a Judia.

    Se caso não houvesse nada, o jeito seria lutar contra o bicho. E aquela seria uma luta difícil, mas Violet daria tudo de si para conseguir salvar seus amigos.







    Bravos
    Antediluviano
    Bravos
    Antediluviano

    Mensagens : 4846
    Reputação : 381
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 Empty Re: Capítulo UM - Este é o Meu Pecado ...

    Mensagem por Bravos Ter Jan 19, 2021 11:01 pm






    Aaron, o Mercador

    - Marin? Talvez você tenha a sorte de conhecê-la em breve. - Disse enquanto o velho Gryffin ia falando. - Eu não sei porque ou quando construí Hergos, mas quando saímos de Prontera nós o encontramos. Ele dizia estar a mando do Mestre Roann. Provavelmente era mentira. Só depois nós descobrimos que se tratava de um constructo e que eu o havia construído. - Disse, sem muita convicção. - É estranho ter lembranças de algo que não lembro ter vivido, mas efetivamente vivi.

    Enquanto Griffyn olhava a poção e chegava àquela conclusão, Aaron pela primeira vez se sentiu animado. - Eu não me lembro de nada sobre isso, mas essa é uma descoberta fenomenal, agora temos algo de concreto. Vamos, Griffyn! - Ele começou a seguir o que conseguia lembrar, mas pelo jeitos as coisas não eram assim antes. Seu semblante mostrava claramente a contínua concentração que ele fazia para achar aqueles caminhos.

    Caminhos que os levaram para diante de uma árvore animada que parecia mais uma vez atacar os elfos. Quase parecido com o que aconteceu em suas lembranças. Aaron põe a mão, impedindo que Gryffin passasse e botando-o para trás de si. - Cuidado, fique para trás! - Viu então Violet, Marin e uma elfa. Como havia notado que a árvore não vira as três, fez um gesto sutil, pedindo socorro. Mas logo aparece Hergos, ficando entre eles e o adversário.

    - Hergos, você tem alguma outra arma? Estou desarmado! - Aaron confiava que, se ele havia feito aquele constructo, ele teria uma carta na manga!






    Hylian
    Troubleshooter
    Hylian
    Troubleshooter

    Mensagens : 778
    Reputação : 105
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png

    Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 Empty Re: Capítulo UM - Este é o Meu Pecado ...

    Mensagem por Hylian Qua Jan 20, 2021 9:06 pm









    Este é o Meu Pecado ...




    Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 YfwQoWh


    @Mystic Stranger @Raijecki @Bravos

    31 de Agosto de 2019 D.GH
    Estação: Outono, Temperatura: 5ºC, Previsão: ---
    Localização: A Grande Floresta de Payon.


    OS PROTAGONISTAS:



    Aaron



    Saúde: Normal
    Pontos de Vida: 16
    Armaduras 03
    Classe: Mercador
    Dano Base: 1D4
    Experiência: 12/14
    Nível: 03
    Carga Máxima: 14/14
    Zeny$: 150

    Aaron Digby


    Whixa



    Saúde: Normal
    Pontos de Vida: 18
    Armaduras 02
    Classe: Noviço
    Dano Base: 1D6
    Experiência: 12/14
    Nível: 03
    Carga Máxima: 05/09
    Zeny$: 150

    Whixander Vaee


    Violet



    Saúde: Normal
    Pontos de Vida: 19
    Armaduras 01
    Classe: Gatuno
    Dano Base: 1D8
    Experiência: 12/14
    Nível: 03
    Carga Máxima: 07/11
    Zeny$: 150

    Violet Hallan



    OS VÍNCULOS:


    Hergos



    Saúde: Incomum
    Pontos de Vida: ---
    Armaduras ---
    Classe: Espadachim
    Dano Base: ---
    Experiência: 00/00
    Nível: --- +1
    Carga Máxima: ---
    Zeny$: 0


    Marin



    Saúde: Normal
    Pontos de Vida: ---
    Armaduras ---
    Classe: Feiticeira
    Dano Base: ---
    Experiência: 11/00 +1
    Nível: ---
    Carga Máxima: 06/07
    Zeny$: ---









    WHIXA




    De alguma forma curiosa, Whixa Vaae parecia saber exatamente qual era o caminho exato e quais corredores, portas e escadas seguir para chegassem de uma vez até por fim o último corredor onde existia uma belíssima porta dupla de pelo menos dez metros de altura. Era como um Dejavu, já que tudo que ali existia naquele corredor estava exatamente igual como Whixa poderia ligeiramente recordar, há tantos mil anos atrás...

    A porta era diferente das demais e continha o símbolo real da família e da raça a que pertencia. Era feita com uma madeira de altíssima qualidade, os trincos e detalhes eram feitos com um metal prateado e reluzente que se destacavam pela cor do verde-natural que um dia fora pintada, embora estivesse bastante desgastada com o tempo. Vários furos formados pelos cupins permitiam que Whixa pudesse ter uma vista não muito boa do que havia no interior do quarto, mas o mais importante ali estava lá imóvel, quase como um cadáver sobrevivendo sem motivo algum sobre o acento real...

    Whixa e Maku juntos aproveitaram sem mais delongas para empurrar o grande portal que rangeu pesadamente até finalmente criar um vão que fosse possível de ambos passarem, já que a porta não abrir mais do que aquilo. O quarto de Tartan não estava exatamente como Whixa poderia se lembrar vagamente, mas isso porquê parecia que não era limpo há muitos anos, já que Judia quem era a responsável por cuidar do príncipe havia sido aprisionada pelo atual regente golpista, Kjaack.

    Ao adentrar o grande aposento e dar os primeiros passos sobre a comprida tapeçaria verde-esmeralda felpuda com detalhes em prata, Whixa teve certeza de que o príncipe estava vivo, ela podia ouvir os frágeis batimentos de Tartan mesmo estando há metros de distância, era como se ambos o seu coração e o dele se completassem em uma longa sinfonia cardíaca. E ambos, embora a fragilidade do coração de Tartan, pareciam seguir um ritmo curioso no qual Whixa não se lembrava, mas curiosamente, parecia faltar mais integrantes naquela orquestra, já a sinfonia se perdia em um vazio silencioso...


    Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 ZrFIZdP
    Tartan - O Príncipe Amaldiçoado


    Olhar para o Tartan daquela forma talvez tenha trazido ligeiras memórias adormecidas no mais profundo da mente da noviça. Whixa lembrava-se da ultima vez que vira, Tartan ainda era um adolescente, talvez beirando os quinze anos e continuava com a mesma altura de antes, porém parecia ser um velho decrépito! Aquele aspecto triste, seu corpo estava envelhecido pela maldição, talvez mais pela maldição do que pelo tempo em que seguia vegetando, seus olhos pareciam estar mortos, ele já não possuía mais calor elfo, e se quer algum sinal de que realmente estava vivo, exceto pelo coração que parecia sofrer tanto para continuar bombeando... Whixa notou que Tartan possuía em seu pescoço o amuleto sagrado das florestas...

    O Amuleto Vanir! – exclamou Maku arregalando os olhos – Mas isso é impossível... – murmurou ele para si mesmo, tentado buscar em suas memórias algo que fizesse sentido. – Este é um dos quatro amuletos sagrados antes forjados pelos deuses dos quatro grandes mundos principais: Vanaheim, o lar das divindades da magia; Nilfheim, o lar das divindades do submundo e também os mortos; Asgard, o lar das divindades da luz e, por fim, mas não menos importante, Muspelheim, o lar de areia, o lugar mais quente e seco que se pode imaginar, lá vivem os gigantes de areia... O que eu não consigo entender é, por que Tartan carrega consigo o amuleto de Vanaheim, se os elfos não são herdeiros desses deuses, este amuleto deveria pertencer a Marin, já que ela é a herdeira de Geffen, a terra da magia!


    Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 LRZTi02
    O Amuleto Vanir






    VIOLET & AARON




    Hergos não respondeu à pergunta de Violet e tão pouco respondera a Aaron de prontidão, era como se o boneco de fato encarasse a criatura com olhos fixos e severos, como se sua estrutura mecânica buscasse alguma possível solução em silêncio. Judia buscou dentro de si tudo o que sabia sobre os seres das florestas, e por mais que fosse elfa, nunca tivera a oportunidade de estar tão perto de um soldado da floresta como aquele, era quase como estar próximo de uma divindade.

    Desde que me intendo por gente, Elfos e a floresta sempre trabalharam juntos, sempre fomos como um único ser apenas. Lembro-me das histórias que eram contadas em como Elfos e os poderosos soldados das florestas lutaram juntos contra invasões de nossas terras, mas agora, não sei o que Kjaack fez para tê-los enfurecido desta forma, eu simplesmente...

    Finalmente Hergos puxou de suas costas sua pesada espada longa de duas mãos preparando-se para a luta, colocou-se em posição de ataque e sem tirar os olhos da criatura que se preparava para atacar também ele disse: – Fuja! Pegue tuas coisas e complete a sua missão, Whixa já deve estar próximo de Tartan neste momento, não percam tempo!!! – ele jogou sua bolsa que carregava consigo que pertencia os pertences de Aaron bem como o pequeno baú que receberam em Prontera há vinte anos...

    Mas este espadachim é maluco! – concluiu Judia incapaz de acreditar na coragem daquele ser – Estamos diante de um soldado da floresta, só guerreiros de alto nível conseguiriam derrota-lo, ou talvez...

    O Amuleto Sagrado de Vanir! – falaram Judia e Gryffin juntos!

    Eu me lembro, Tartan possui este poderoso amuleto no pescoço, sempre acreditei que ele pudesse ter alguma relação com os deuses, o que sempre me foi confuso, já que Vanir são os deuses da magia que habitam as terras de Vanaheim, também fundadores das terras mágicas de Geffen, quando pesquisei sobre isso anos atrás, nunca consegui compreender o porquê o elfo mais importante de nossa raça carregaria um amuleto desses! – dizia Judia rapidamente enquanto sua memória parecia voltar dolorosamente, de forma que ela levava a mão a testa massageando-a para aliviar a tensão – Este é um dos quatro poderosos amuletos, acredito que só ele seja capaz de parar essas criaturas...

    Violet e Aaron sentiram-se estranhos como se suas mentes dessem um nó com a explicação de Judia, e finalmente como se estivesse adormecendo, sentiram suas mentes lhe puxarem para momentos que pareciam tão reais e irreais ao mesmo tempo, eram memórias esquecidas no mais profundo de seu ser...

    Spoiler:
    Era muito agradável ouvir e sentir o aroma e o som característico daquelas florestas, era como um conto inalcançável. A beleza dos rios, da vegetação e até mesmo a cantoria dos diversos pássaros que lá existiam, aquilo era possível a calmar qualquer alma atordoada.

    Violet, Aaron, Whixa e outro mais caminhavam em silêncio por aquele lugar, acompanhados de dois grandiosos soldados da floresta que em nada pareciam violentos, eles conversavam entre si sobre os problemas que Midgard estava enfrentando há muito. Finalmente eles foram guiados por um bosque ainda mais belo, tudo ali poderia parecer um conto de fadas, cores belíssimas, criaturas surreais e de forma majestosa e imponente existia o grande guardião daquelas terras, a maior Árvore que ali existia, atingindo seus poderosos 50 metros de altura e a única que cultivava a essência da vida, conhecida também por Yggidrasil, Maku, a árvore mestra. Maku levou suas grandes mãos próximo das crianças, para que estas pudessem subir como sempre o fizera antes e cada um deles se ajeitou como pode em suas grandiosas mãos e nenhum deles parecia temer a altura em que eram levadas até próximo do rosto da grande criatura que reinava nas florestas.


    Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 D3e87dccde9166617c66bdfeb5bb0a67
    Grande Árvore Guardiã - Maku!


    Minhas crianças... – disse a grande árvore sorridente pela visita dos quatro pequenos – Seria mentira de minha parte se eu dissesse que não os esperava hoje... Oh, vejo que vocês não estão bem, sobretudo você, pequena Marin...

    Um galho como se fosse a mão da grande árvore esticou-se até levemente tocar o queixo de Marin que levantou o rostinho infantil – O que houve, não me diga que andaram brigando novamente?

    Viemos devolver isso! – interrompeu Whixa impaciente e puxou um embrulho revelando um belo amuleto que qualquer um daria a vida por ter uma joia divina como aquelas. Whixa tão pouco parecia satisfeita em fazê-lo, mas para ela as ordens de Hell significam mais do que a riqueza.

    Aaron, Violet e o outro jovem fizeram o mesmo revelando cada um amuleto diferente e Marin parecia ser a única a resistir.

    Ande, Marin, se o problema é a joia, você poderá ter quantas quiser, outras muito mais belas... – ordenou Whixa.

    Pare de mandar, Whixa, você é princesa de Glast Heim, não somos seus subordinados! – vociferou Violet irritada.

    Se acalmem, crianças... – a calmaria da voz da árvore Maku ecoava longe na floresta, embora mesmo que houvessem aventureiros ali, eles não poderiam ouvir mais do que uma bela melodia a cantarolar em seus ouvidos. – E por que acham que devem devolver estes amuletos a mim? Se bem me lembro, e é claro que me lembro, quando cada um de vocês foram encontrados, ainda recém-nascidos, já faziam posse desses amuletos pendurados junto ao peito...

    Hell é a única divindade correta e verdadeira a quem devemos adorar e obedecer! – interrompeu Whixa novamente – E como dito por ela, nada disso pertence a ela, não podemos ter esse tipo de amuleto profano em nosso poder, seria como trair a nossa criadora!

    Oh... Eu entendo... – respondeu Maku preocupado.

    A Verdade é que já tentamos destruir isso, cada um deles, e... Inclusive, os jogamos no olho do vulcão do Monte Mjolnir... – disse a quarta criança, um menino.

    Sim... Mas... Quando despertamos no dia seguinte.... – Falava Aaron pensativo, como se tentasse entender – Esses amuletos haviam voltado para nós...

    Eu compreendo... – disse Maku, por fim – Faremos assim, será um imenso prazer guardar estes amuletos para vocês e, quando precisarem, saberão onde encontrar...

    Precisar? – perguntou Aaron.

    Quando a verdade lhe cair como vendaval impossível de controlar, o gosto amargo da morte e seu fim estiver próximo e nada mais restar, nem mesmo a esperança, então isso que dizer que você sucumbiu a escuridão total e quando isso acontecer... Aqui eu sempre estarei...

    Aaron e Violet lembravam-se que aquilo nunca fizer muito sentido em suas mentes quando crianças, ou mesmo adolescentes, mas com o tempo se esqueceram de tudo aquilo, tornaram-se adultos e possuíam outras preocupações que não os de amuletos profanos...

    Marin foi a única que continuou em uma conversa quase sem fim com a grande Árvore, daquele dia em diante, Violet, Aaron e Whixa não mais voltaram aquelas florestas e tão pouco voltaram a visitar a grande Árvore mestra e guardiã.

    Quando Violet e Aaron voltaram a si, após longos segundos que lhe pareceram horas, estavam diante dos urros do grandioso soldado e das habilidades muito precisas de Hergos que naquele momento decepava um grosso galho comprido que o soldado usava como espécie de braço.







    Infos - OFF escreveu:

    @Bravos @Mystic Stranger Herguitos está dando chance de vocês caírem fora e seguirem seus caminhos até os aposentos de Tartan (talvez ele esteja prevendo que a whixa pode fazer merda), então se continuarem ali, podem atacar de vez... Aaron recuperou todos os pertences, inclusive o bauzinho que vocês carregavam, ou podem vazar dali...

    @Raijecki FINALMENTE, RAJOSO CHEGOU NO PONTO "A" deste capítulo, agora falta chegar nos outros 999 pontos dos demais capítulos e chegamos ao fim! Zueras a parte, você está diante do maravilhoso príncipe amaldiçoado, está na hora de fazer algo para ajuda-lo, ou se matar de vez com ele...

    Vocês ganharam +1 de XP pelo dado crítico do Sr. Raposo!








    Raijecki
    Adepto da Virtualidade
    Raijecki
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1579
    Reputação : 125
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 Empty Re: Capítulo UM - Este é o Meu Pecado ...

    Mensagem por Raijecki Qui Jan 21, 2021 7:32 pm






    Whixa Vaae, a Noviça Rebelde


    Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 QApfyp1

    ***

    Whixa enfim chegava até o príncipe amaldiçoado. Era crítica sua situação e muito pior do que ela poderia imaginar. O pobre coitado estava apenas os trapos, muito diferente de suas lembranças. Ela também se lembrava vagamente daquelas acomodações que pareciam não ser limpas a anos, mas não possuía tempo a perder com algo tão supérfluo. Precisava agir logo contra a doença maldita de Tartan, salvá-lo como prometera tantas eras antes.

    - Consigo sentir seus batimentos cardíacos. Mas acho que talvez podemos precisar dos outros aqui para o ritual... - Comentou para a pequena árvore falante a seu lado. Então avistavam um amuleto sagrada das florestas, que tornava as coisas ainda mais complicadas e confusas, pois - como Maku já adiantava - não havia explicação do motivo de Tartan possuir aquele amuleto.

    - Alguém o colocou nele depois? Será por isso que os Willows estão atacando este lugar? - Perguntava a Maku. Ela então se dirigia até o príncipe do egito e delicadamente tentava tirar o amuleto de seu pescoço, porém perguntava a Maku antes de completar sua ação:

    - Será que devo? Não faço ideia do que isso faz ou para que serve, mas talvez Marin saiba... - Caso Maku a alertasse para não fazer, ela deixaria o amuleto. Então após isso, começaria a invocação de seu Deus todo poderoso através de uma oração, o Caolho, Odin a fins de pedir á ele que intervisse na maldição do antigo colega, o salvando daquele terrível destino. Ela se ajoelhava para então entoar sua reza:

    - Meu governante de Asgard

    Senhor de todas as magias

    Deus nórdico que domina todas as forças

    De Granideum, grande mitologia nórdica.

    Senhor de todas as leis que regem os outros deuses

    Defenda-me com sua lança de Gungnir

    Leve-me na companhia de Sleipnir

    Seu cavalo de oito patas

    Que tem a faculdade de cavalgar no espaço, por cima das terras e águas.

    Cavalgue e não me deixes cair.

    Odin daí-me sua sabedoria.

    Que conseguistes no poço de Mimir

    Para que possa discenir os bons dos maus

    Pois tenho o esmo gosto seu por batalhas

    Impossíveis, sangrentas, mais vitoriosas.

    Onde ao lado de Loki quero estar

    Loki (deus do fogo) seu filho, irmão consangüíneo de Thor

    Apesar de símbolo da maldade Loki me torna firme em minhas decisões mais difíceis e cruéis.

    Mesmo que seja comigo mesmo!

    E com sua bela aparência e terna que disfarça atos cruéis.

    Mais que Odin tudo vê e tudo sabe pelos seus corvos fiéis

    Que os olhos de Hugin (pensamento) e Munin (memória)

    Sejam meus e seus olhos Odin, meu glorioso Deus.

    Dei-me sua capa de viajante cinza para que possa mundos cruzar.

    Sem ser vista, e que possas continuar usando o chapéu de abas largas.

    Com o olho perdido preso nela.

    Para que possas ver o impossível

    No coração dos humanos normais

    Por que no inferno já habito.

    E tenho o poder de ver

    O que pessoas comuns não podem ver.

    Off:
    Vou usar essa habilidade avançada:

    MEU DEUS ME PROTEGERÁ

    Quando comungar, perca toda a Fé que possuía e ganhe Fé 1. Quando você ou um aliado sofrer dano, você pode gastar Fé para invocar seu deus. Ele irá intervir através de uma manifestação de seu Domínio e negará todo o dano.






    Raijecki
    Adepto da Virtualidade
    Raijecki
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1579
    Reputação : 125
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 Empty Re: Capítulo UM - Este é o Meu Pecado ...

    Mensagem por Raijecki Qui Jan 21, 2021 7:50 pm

    Teste de lembrar (+2 INT) :

    Raijecki efetuou 2 lançamento(s) de dados Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 Dice10 (d6.) :
    4 , 6
    Mystic Stranger
    Cavaleiro Jedi
    Mystic Stranger
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 175
    Reputação : 60

    Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 Empty Re: Capítulo UM - Este é o Meu Pecado ...

    Mensagem por Mystic Stranger Dom Jan 31, 2021 7:16 am






    Violet, a gatuna

    Violet não entraria em conflito com aquele ser, sem um plano. Sua pergunta a Judia, a princípio não tinha ajudado em nada. Afinal, aqueles seres não estariam ali se algo não estivesse errado. Ela olhou para Hergos, se perguntando se ele daria conta daquele guardião, para que eles conseguissem fugir.

    Após ouvir sobre o amuleto, Violet mergulhou em novas lembranças. E aquilo mais uma vez trazia lembranças deles de uma época antiga. Quando Violet voltou a si, Hergos já atacava o guardião e Violet aproveitou para chamar atenção de Aaron. - Vamos, ele ficará bem! Precisamos seguir até Tartan! - E dito isso, seguiu o caminho, esperando que Hergos conseguisse segurar o guardião por um tempo.








    Bravos
    Antediluviano
    Bravos
    Antediluviano

    Mensagens : 4846
    Reputação : 381
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 Empty Re: Capítulo UM - Este é o Meu Pecado ...

    Mensagem por Bravos Qua Fev 10, 2021 10:20 am






    Aaron, o Mercador

    - Que caralha de missão é essa? - Já não sabia nem tinha certeza de nada. Pegou seus pertences, inclusive a caixa que haviam recebido no início de tudo. Hergos dava tempo pra ambos agirem, mas então uma nova onda de lembranças o assaltou. Estavam diante da grande árvore Maku. Não tinha certeza de quando aquilo havia acontecido. Falavam de amuletos e de Hell e de como aqueles amuletos sempre estiveram com eles. A grande árvore iria guardá-los consigo. E havia ainda um quarto garoto. Aaron fixou-se a olhá-lo para saber quem era.

    E então estavam de volta. Violet o chamava e ele acena para que espere: - Um momento, Violet! - Aaron vai até perto de Gryffin e mostra-lhe a caixa dourada que haviam recebido das mãos dos grandes mestres antes que tudo aquilo acontecesse. - Deveríamos entregar isso para Ulrich, mas quando chegamos lá, ele estava morto. Esse é, segundo o que nos disseram, o bem mais precioso de Midgard. - Esperou o velho dizer algo ou simplesmente abrir a caixa e fazer alguma coisa.

    Depois disso, correria junto de Violet para seguirem até Tartan. Talvez aquela caixa guardasse um segredo que os possibilitaria fazer frente aos tais amuletos que Judia estava falando há pouco, ou que eles deixaram na árvore Maku.






    Conteúdo patrocinado


    Capítulo UM -  Este é o Meu Pecado ... - Página 3 Empty Re: Capítulo UM - Este é o Meu Pecado ...

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom Abr 11, 2021 2:58 pm