Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Caçando em casa

    GodsCorpse
    Sacerdote de Cthulhu
    GodsCorpse
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2788
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Caçando em casa - Página 2 Empty Re: Caçando em casa

    Mensagem por GodsCorpse Qui Jan 07, 2021 10:56 am











    Demora alguns segundos respirando fundo para Francis sair do estado eufórico que apenas um massacre como esse proporciona. Melhor ainda do que ver o gauru em combate era poder desopilar os sentidos violentos que tinha guardado embaixo do coração para fingir ser gente. Com uma mão, tentou limpar o sangue do rosto, mas só ajudou a espalhar no pescoço e peito. Connor e Silvia falavam entre si e Franco não conseguia ouvi-los ainda. Ainda estava ali. Revivendo a Primeira Mudança. Ele não conseguia decidir se tinha que pensar o que fez era algo bom ou algo ruim.


    Mas sem dúvida era algo incrível.


    - Os caras começaram. Teu professor de muai thay vai dizer que lutar treinado na rua é tipo lutar com uma faca. Como se compara com uma serra elétrica? - tentava, com pouco entusiasmo, acalmar a consciência do colega. Isso era algo que ele teria que viver consigo. Franco já fez paz. Enquanto ele faz a primeira vista para o Marco, Francis dá a volta para recolher os corpos, acompanhado posteriormente do rahu. Assim como o Marco, o capô não parecia estar em boas condições.. Por um segundo, pensou que o borbulho era a pressão esperando para estourar e Connor corrige antes do cahalith falar qualquer coisa. - Tem que queimar para não aparecer esses ferimentos se os corpos aparecerem... - complementou qualquer decisão - Arranca os dentes para dificultar a identificação. Sumimos com os ossos que arranhamos. Van no mar mesmo, não tem jeito.


    Se uma coisa que a rodinha de costura da prisão ensinou, era sumir com corpos 101...


    OFF:
    Atenção à mulher caída. Só porque vai que né
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2221
    Reputação : 127

    Caçando em casa - Página 2 Empty Re: Caçando em casa

    Mensagem por Wordspinner Qui Jan 07, 2021 4:01 pm

    OFF:

    A mulher caída só tá caída mesmo, soninho gostoso no chão e respirando. Não dá para saber tudo que ela viu ou não...

    É um bom plano com os corpos. Vocês podem até executar juntos e descrever a cena. Já que a Silvia vai ter que levar os outros sozinha. Deixo para vocês fechar a cena com a descrição com como vcs se livram dos corpos e da Van. Assim a gente fecha esse topico até vcs resolverem ir atrás do mesmo mistério de novo. Tb deixo livre a atualização do log de campanha dos uivadores.

    Ankou
    Mestre Jedi
    Ankou
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1356
    Reputação : 55

    Caçando em casa - Página 2 Empty Re: Caçando em casa

    Mensagem por Ankou Sab Jan 09, 2021 11:43 pm






    PThwhox.png

    Sylvia parece focada demais em Marco pra responder qualquer coisa, então é Franco que toma a palavra, tinha certeza que era uma ideia boa, o máximo que ele conhecia dessas coisas era de alguns seriados policiais que via na TV que dificilmente correspondiam a realidade.

    Ele se estica e abre a porta pra Franco tomar o banco do carona e acelera assim que ele entra, ele dirige e parece completamente normal e tranquilo, mas só parece, por dentro está totalmente tomado pela culpa de ter posto Marco no hospital de alguma forma.

    - Eu podia ter resolvido essa merda antes de abrirem a cabeça do Marco, antes do filho da puta cortar minha perna, antes deles se tornarem uma ameaça, mas eu vou cobrar meu quinhão por essa merda, de que eu fiquei do lado do juramento até as ultimas consequẽncias… É são os filhos das puta mais desagradáveis e insanos que existem, vai trovar essa pra mim? - Connor falava de uma forma intragável, puto e determinado, mas no fim suas últimas palavras não tinham afinco como se entendesse se Franco não quisesse fazer o serviço.

    Ele não fala praticamente mais nada o resto da viagem, fica revivendo o momento que viu a baba com sangue descendo da boca de Marco com ele apagado, ele dirige como que por instinto, corta pra área rural de Dover que ele parece conhecer melhor que aparentava, no caminho dava pra ler sempre em algum lugar na entrada da fazenda ou em cima da caixa de correio “Mcleary”, escrito sempre bem grandão e visível, como se fosse um aviso.

    Não dava pra saber se aquilo tudo era da família dele, mas ele também não se pronuncia, ele passa por uma porteira velha, desceu e subiu pra abrir a coisa tão calado quanto quase todo o resto da viagem, finalmente ele para em algum lugar no meio de lugar nenhum, dá pra ver ao longe um casebre caindo aos pedaços, meio destelhado, a terra escura alimentando o mato alto.

    - O velho que era dono era amigo do vô, os filhos tão brigando por esse pedaço amaldiçoado de terra até hoje, essa porra tá na justiça há tanto tempo que eu acho que esqueceram. - ele diz brevemente enquanto ajuda Franco a tirar os corpos do carro junto dos equipamentos deles – Aqui é longe de tudo, mas não acho uma boa tacar fogo, pessoal vai ver, fora isso faz o que tu achar melhor, as patas do urshul são as melhores pás que você pode ter e ninguém cultiva esse canto, dá pra cavar as covas e ninguém vai ver nem achar. - era sem dúvida o melhor lugar que ele conhecia pra esconder alguma coisa que não fosse a reserva – Vou jogar essa lata velha de um penhasco, té mais. - era explícito, parecia pouco disposto a conversar, nem informava de que penhascos ele ia jogar o carro a ilha tinha dezenas deles como todas as ilhas britânicas, mais penhascos que praias cinzentas e nada atrativas.



    Com o resto da camisa dele ele limpa o que pode das digitais nas maçanetas e no volante e em qualquer lugar que ele lembra de ter tocado, o Dalu é forte o bastante pra arrancar as placas e fazer bolinhas de metal amassado, por fim tudo que ele precisa é um pedaço de pau forçando o acelerador e apoiado no banco da van, a coisa acelera até despencar do penhasco sem pedras no fundo cuidadosamente escolhido pra coisa afundar sem impedimentos.

    Ele suspira olhando a van com o motor afogado se afundando lentamente no mar. - Que dia de merda… - tinha acabado de ficar pior quanto mais o vento gelado da costa batia no torso nu, ele se aproveita da forma de lobo cheia de pelos e protegida do frio e fica ali observando até o carro ficar invisível no fundo do mar, era hora de ir embora o que tá feito tá feito.

    GodsCorpse
    Sacerdote de Cthulhu
    GodsCorpse
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2788
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Caçando em casa - Página 2 Empty Re: Caçando em casa

    Mensagem por GodsCorpse Dom Jan 10, 2021 11:58 pm


        
            
            
        

                
                
                

            

                

    - Não te incomoda com isso, porra. Juramento fala de não matar Uratha e o rabanho não saber. Tá misturando os dois e aqueles merdas são menos que humanos quando se trata disso. - pausa - A gente tinha que ter resolvido sim. Demos mole. Inferno.


                

    Depois disso, respeitou o silêncio do Connor. Isso estaria pesando na consciência dele de uma forma ou de outra vai processar. Francis se ajeitou no banco quando viu a caixa de correiro e respondeu enquanto ajudava com os corpos - heh, os filhos são esse tipo mesmo? Conhecia uns velhos que brigavam por uma terra para minerar carvão por tanto tempo que esqueceram que o negócio agora era eletricidade agora. - juntou uma cabeça e jogou no ar para o Connor, dando uma risada - Pô, dobrou o trabalho então. Vou ter que ir de cachorrão e cavar? Ideia era ser só os ossos. Porra. Ôh segura! - pediu para Connor aguardar enquanto limpava as vestimentas dos corpos e pertences - É melhor que as roupas vão junto ou queimem. Os corpos contam uma história, a van e os documentos outra. Já vou ter que cuidar dos dentes, então ter o ID aqui desse cara de buceta junto vai incomodar se vierem aqui por acaso do destino. Ainda mais se esse acaso pode ser um espírito que olhou tudo isso e resolveu passar um torpedo para nos fuder.


                

    Ficou ali com os corpos enquanto Connor se livrou da van - Bem, se ninguém vai achar... - Tomou a forma de urshul e garantiu a bela cova, que custou mais do tempo. dois metros deveria ser o bastate. Em dalu foi dividindo para conquistar: cada membro deveria contar uma história diferente, logo, quantos mais membros, maior a pergunta. Na metade Francis se perguntava o que ele era para estar fazendo serviço de açougueiro - Agora o Picasso. - Com as garras, fazia o rosto de cada um apenas um buraco para o crânio aparecer e os dentes iriam para uma caixinha depois.


                

    Quando terminou de distribuir os corpos, parecia um mosaico no buraco. Francis olhou aquilo e sentiu a consciência formando o enjoo que o lobo não sentiria. Eram merdas, mas passar todo aquele tempo tendo que "arrumá-los" para uma cova sem marca, sem família sem nada... Quando se tornava uma história, eles tinham vida e personalidade. Ali? Só manequins de sangue. Connor, quando volta, vê ele sobre a cova preenchida, sentado nos calcanhares e com as mãos entrelaçadas na nuca. - Que dia de merda...


            
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2221
    Reputação : 127

    Caçando em casa - Página 2 Empty Re: Caçando em casa

    Mensagem por Wordspinner Ter Jan 12, 2021 7:18 pm

    Off:


    Eu adorei a paridade. Gostei muito dos posts. Parabéns.

    Nem vou trazer nada da cova para maltratar vcs...

    Ps: Quando vcs quiserem seguir nessa direção de novo Franco pode tirar umas informações da manga.
    Conteúdo patrocinado


    Caçando em casa - Página 2 Empty Re: Caçando em casa

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex Set 17, 2021 7:46 am