Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Prólogo Liz - Askalians

    Bastet
    Mestre Jedi
    Bastet
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1460
    Reputação : 89
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Prólogo Liz - Askalians  Empty Prólogo Liz - Askalians

    Mensagem por Bastet Dom Fev 07, 2021 11:46 pm





    Cidade Vermelha


    Lisandra
    Eckhart


    Prólogo Liz - Askalians  JhXAwQt

    Aquela era a primeira noite após a reforma no RisOtto’s e o restaurante estava muito diferente. Um novo sócio tinha se interessado, após o sucesso recente do lugar... E, bem, parecia ter o dinheiro para uma reforma gigantesca. O espaço ainda era o mesmo: pequeno, com um bar e  poucas mesas no primeiro andar. No segundo, agora, tinha um mezanino mais exclusivo,  com divisórias fumê e ambientes privados para clientes “vip”.

    Liz se pegou olhando para esse mezanino, imaginando o que estava acontecendo lá. Desde o começo da noite, somente uma garçonete havia subido e descido de lá, para servir os figurões que apareceram. Muita bebida subindo... Poucos pratos sendo solicitados. Otto, o dono do restaurante, estava ocupado recebendo as pessoas, fazendo a média. Parecia nem reparar nas pessoas que subiam para o mezanino, ocupado com o movimento do primeiro andar. Uma faixa de camurça, pendurada entre dois mastros dourados, fechava a entrada da escada... E o maitre controlava quem subia ou descia.

    ---

    Já estava quase no fim de seu turno... Alguém pediu indicação de vinho e uma das garçonetes a chamou. Era um casal, escolheram o vinho mais caro e um petit gateau. O homem tinha pedido anteriormente para ela colocar a aliança de noivado no chantilly... E ela precisava cuidar disso.

    A garçonete que levava as coisas pro mezanino estava parada no pequeno corredor de funcionários, onde ficavam a porta pra entrar no bar e na cozinha. Parecia fazer uma pausa e fumava escondido, espirrando um mentol qualquer no ar quando viu  Liz entrar. Ela era nova ali, magra demais e com cabelos bastante escuros. O batom era vermelho, o que contrastava com sua pele branca.

    - Ô Liz – alguém chamou de dentro da cozinha – O cara pediu pra escrever alguma coisa no prato do petit gateau? – um dos cozinheiros perguntou, colocando a cara no buraco aberto na porta da cozinha, pra passar os pratos. Ele era negro, alto, com dreads escondidos dentro de uma touca de cozinheiro. Talvez uma das únicas pessoas, além de Liz, a manter o emprego após a reforma.   – Pô,  Beatrice, fumando aqui de novo? Se o boss sentir o cheiro vai encrencar é com a gente da cozinha!  

    @Askalians
    Askalians
    Moderador
    Askalians
    Moderador

    Mensagens : 1373
    Reputação : 145
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Prólogo Liz - Askalians  Empty Re: Prólogo Liz - Askalians

    Mensagem por Askalians Seg Mar 01, 2021 11:15 pm





    Cidade Vermelha


    Lisandra
    Eckhart
    Depois de toda a reforma, o local estava ainda mais lindo do que costumava ser e ela não cansava de olhar tudo o que haviam mudado e melhorado e mesmo sendo um lugar pequeno, iria cada vez mais fazer sucesso com os clientes.

    O mezanino no segundo andar sempre havia sido o lugar doa clientes vip e as vezes parecia curioso demais o que acontecia lá para ela. Havia vezes que não conseguia deixar de evitar em olhar para lá e se perguntar porque algumas pessoas faziam tanta questão e se achavam tão importantes em subir lá...

    E depois de muito o que fazer o turno estava finalmente acabando e ela tinha que cuidar do cliente do vinho e do pétit gateau. Ela então avisou ao cozinheiro que iria ficar lindo se escrevesse “will you marry me?” no prato e causaria impacto, sem falar q ela deveria esconder o anel no chantilly.

    - Acho que assim vai ficar perfeito e a mulher vai aceitar o pedido…. – e aorriu olhando para o prato que o cozinheiro arrumava.

    Realmente o cheiro de cigarro vindo da outra não era la muito agradável, mas ja que a mulher precisava tanto de fumar, poderia simplesmente fazer algo e ajudar pelo menos. Não queria problemas para sim as também não podia fingir e nada fazer.

    - Vai fumar lá nos fundos, Beatrice... eu cubro suas mesas... – já que havia nas comandas os números das mesas, seria simples resolver tudo...

    Quando o prato do pétit gateau ficou pronto, colocou o anel no chantilly e seguiu para levar finalmente o prato para a mesa com o vinho que o casal havia pedido de indicação...

    Bastet
    Mestre Jedi
    Bastet
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1460
    Reputação : 89
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Prólogo Liz - Askalians  Empty Re: Prólogo Liz - Askalians

    Mensagem por Bastet Qua Mar 03, 2021 4:12 pm





    Cidade Vermelha


    Lisandra
    Eckhart


    - Vai ficar daora! Já trago o seu pedido – o rapaz parecia animado. Ele gostava mesmo de cozinhar e ter seus pratos participando de um momento tão especial para um casal, o deixava feliz. Ele voltou pra dentro da cozinha, pegando uma bisnaguinha com calda de chocolate e começou a decorar o prato, com os dizeres que Liz tinha sugerido.

    O cheiro do bolinho ficando pronto era uma delícia... Apesar de, no corredor, ele estar sendo mascarado pelo cheiro do cigarro.

    Beatrice parecia irritada por ter levado bronca do cozinheiro. Tinha apagado o cigarro, mas o mantinha entre os dedos, como se tê-lo ali a confortasse. Quando Liz se ofereceu para servir as suas mesas, poderia perceber algo entre dúvida e raiva na sua expressão. A outra garçonete certamente não queria dividir as suas mesas... Mas precisava mesmo de uma folga. Estava muito pálida e magra... Olheiras fundas sob a maquiagem bem feita.

    - Ok... Leva isso – ela suspirou, tirando o broche que usava no uniforme e prendendo no dela.  Logo ela saiu rápido, com o salto-alto fazendo barulho pelo chão do corredor.

    ***

    O prato do casal realmente fez sucesso... Agora, Liz via o homem ajoelhado ao lado da cadeira da noiva, colocando o anel no dedo dela.  Todos do ambiente aplaudiram após ela dizer sim. Certamente a frase bonitinha no prato tinha ajudado com o momento especial.

    O horário da mulher tinha terminado e ela já estava pensando em ir se trocar pra ir embora... Quando o gerente a chamou.

    - O que você tá fazendo com isso? – perguntou, indicando o broche e suspirando.  Pela primeira vez Liz se atentaria ao objeto, que era dourado e indicava “Mezanino” em letras vermelhas. – Onde está a Beatrice? O turno dela ainda não acabou...

    Aguardou a resposta, enquanto procurava o dono com os olhos... Mas Otto não parecia estar em nenhum lugar.  Alguém gritou da cozinha “PEDIDO PRA MESA 3M”. O gerente balançou a cabeça em negativo, indicando pra Liz ir pegar.

    - Agora a mesa é sua. No segundo andar.

    Claro, a mulher poderia recusar e ir procurar Beatrice... Ou aceitar a mesa e ir servir o prato que tinha acabado de ficar pronto. Uma coisa era certa: ao olhar para a escada, que ficava sempre bloqueada... Algo crescia dentro dela. Curiosidade, medo, ansiedade.  

    Que tipo de pessoa Beatrice servia lá em cima?

    Askalians
    Moderador
    Askalians
    Moderador

    Mensagens : 1373
    Reputação : 145
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Prólogo Liz - Askalians  Empty Re: Prólogo Liz - Askalians

    Mensagem por Askalians Dom Mar 07, 2021 10:01 pm





    Cidade Vermelha


    Lisandra
    Eckhart
    E ela ficou observando até que finalmente levou o pato ao casal e foi lindo que tudo deu certo e o pedido de casamento funcionou. Aquele tipo de situação era sempre muito emocionante de ver naquele lugar.
    Beatrice não parecia contente, mas tudo o que Liz queria fazer era simplesmente poder ajudar. Não iria ficar com gorjeta nenhuma e até daria para a outra caso essa fosse sua preocupação, mas as feições dela estavam indicando que realmente precisava dar um tempo.

    Quando Beatrice colocou o broche que usava nela, Liz no primeiro momento não percebeu o que aquilo se tratava, mas então a mulher simplesmente saiu. Liz deu de ombros, desejou que ela pudesse descansar um pouco e foi continuar o seu trabalho.

    Por instantes esqueceu o que havia sugerido para a outra, pois estava tudo tão calmo até que o gerente puxou assunto questionando o tal broche que ela havia completamente esquecido. Tomara que o gerente não fique nervoso por ela ter se oferecido para ajudar a colega.

    - Beatrice não estava bem senhor, então me ofereci para cobrir o serviço dela, pois não parecia nada bem.. – e o olhou com um ar de preocupação, pois realmente ela trabalhava zelando pelo bem do lugar e atendia muito bem os clientes.

    E então o grito da cozinha avisou do prato que estava pronto. Ela olhou para o gerente, pediu licença e foi pegar o tal prato. O que poderia ser tão ruim de ela servir o mezanino? Nunca havia subido lá mas trabalhava melhor que qualquer pessoa ali dentro então qual seria o problema afinal de contas?

    Liz não iria sair para procurar Beatrice, ainda mais porque se havia se prontificado a ajudar, aquilo não parecia nada profissional e também nada de lógico então assumiu o que tivesse que ser e pegando o prato, foi se dirigindo para aquelas escadas que viviam sempre bloqueadas.

    Inicialmente ela se sentiria receosa e ansiosa em subir lá, mas cliente era cliente afinal de contas então qual seria o problema??

    Bastet
    Mestre Jedi
    Bastet
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1460
    Reputação : 89
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Prólogo Liz - Askalians  Empty Re: Prólogo Liz - Askalians

    Mensagem por Bastet Qui Mar 11, 2021 4:31 pm





    Cidade Vermelha


    Lisandra
    Eckhart


    O gerente ajeitou a gola do uniforme dela e a analisou por um momento. – Bom, acho que vão gostar de você lá. Não  se esqueça que o mezanino é um local... Discreto, Lisandra – apenas falou, sabendo que a mulher era muito profissional, mas achando necessário advertir. Indicou para ela ir pegar os pratos e voltou aos seus afazeres.

    Os pedidos eram um carpaccio bovino e  um rosbife bem mal passado. O cheiro tava bem gostoso, o pessoal da cozinha realmente era muito bom. Ao chegar perto da escada, o maitre a olhou e olhou os pratos, verificando se estava tudo certo – O rosbife é para o salão, mesa 3M... O outro... – ele olhou no tablet que usava – Você vai levar na sala privada A.  Não é difícil de achar, está tudo sinalizado – ele abriu a cordinha de veludo que fechava a escada e indicou para Liz subir.

    Não era uma escada longa, e, no topo, a jovem encontraria um salão grande e com iluminação avermelhada. Um bar em um dos cantos e sofás espalhados por todo o lugar. Algumas salas privadas ao fundo, com cortinas que escondiam quem tava dentro. Certamente a obra tinha pego o segundo andar da loja ao lado, sendo bem mais vasta do que parecia. Homens e mulheres seminus, dançando pelos cantos, enquanto pessoas bem vestidas conversavam nos sofás.  Cada mesinha na frente dos sofás tinha a indicação de número. A mesa 3M era perto do bar, dois homens se beijavam, só percebendo Liz se aproximar quando estava colocando o prato na mesa.

    Um deles era um figurão da cidade, já sem a gravata do terno e uns botões da blusa aberto... O outro era um dos dançarinos, com uma cueca de couro, botas de salto fino e uma máscara preta no rosto, que só mostrava os olhos e a boca.

    Prólogo Liz - Askalians  DY5RHKK

    Dançarinos pelo salão [+18]:

    Prólogo Liz - Askalians  0jHRok1
    Prólogo Liz - Askalians  KG2O8iq

    - Hmm que cheiro maravilhoso – o homem chique disse, a olhando nos olhos, sem dar a mínima atenção para o prato – Olha, meu bem, parece que teremos uma sobremesa nova...

    Prólogo Liz - Askalians  8NSfHvM

    Askalians
    Moderador
    Askalians
    Moderador

    Mensagens : 1373
    Reputação : 145
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Prólogo Liz - Askalians  Empty Re: Prólogo Liz - Askalians

    Mensagem por Askalians Qua Mar 24, 2021 3:55 pm





    Cidade Vermelha


    Lisandra
    Eckhart
    E ela sorriu de leve quando o gerente ajeitou a gola do seu uniforme e apenas respondei com um movimento afirmativo de cabeça quando ele falou sobre a discrição do mezanino.

    Com a bandeja em mãos, prestou atenção de onde era para ser entregue o rosbife e onde era para entregar o carpaccio e então subiu as escadas.

    É claro que quando subiu deu uma observada de canto de olho para o local com a iluminação avermelhada, o bar, os sofás e as salas privadas ao fundo. Não ficou muito chocada com os dançarinos dançando seminus pelo local pois era o mínimo que imaginava já que iria encontrar e o resto achou bem normal.

    A mesa 3M que ela deveria entregar um dos pedidos era a mesa onde os dois homens se beijavam e delicadamente ela não queria atrapalhar o momento romântico dos dois, então iria se aproximar sem fazer barulho e colocar o pedido na mesa, mas não deu muito certo, pois o homem a encarou nos olhos. Aquilo era ligeiramente desconfortável...

    Ela não tinha nenhum preconceito com aquele tipo de coisa pois acreditava que todos deveriam ser felizes seja lá qual for a forma que escolhessem isso, mas era claro que um dos homens era um cliente e o outro pela roupa era claramente um dançarino aproveitando a situação, mas não era da sua conta se o tal dançarino estava fazendo o seu trabalho ou não, pois desconhecia como as coisas funcionavam lá em cima e nem era a sua função.

    Constrangida em ter interrompido os dois e de o tal homem ter a encarado nos olhos, ela abaixou o olhar ao invés de encará-lo de volta e disse gentilmente:

    - Com licença. Aqui está o seu pedido.

    Bastet
    Mestre Jedi
    Bastet
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1460
    Reputação : 89
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Prólogo Liz - Askalians  Empty Re: Prólogo Liz - Askalians

    Mensagem por Bastet Qua Mar 31, 2021 5:39 pm





    Cidade Vermelha


    Lisandra
    Eckhart


    - Obrigado, parece deliciosa... – o homem disse, mesmo que o prato fosse um rosbife, no masculino. Se inclinou, começando a cortar a carne pra provar um pedaço – Me chamo Alexander Walsh. Quero que seja nossa atendente hoje, diga ao seu chefe – parecia um pedido indecente, na voz de Alexander... Talvez por isso poucas pessoas atendessem lá, pois o trabalho poderia tomar rumos...curiosos.

    O dançarino a olhou, com um sorriso – Como é seu nome, querida? Acho que nunca te vi aqui em cima – a voz dele era mais suave e gentil.

    Walsh a observava... Mesmo com os olhos baixos, Liz conseguia sentir o olhar dele sobre si.  O Dançarino se inclinou para pegar uma bebida que tava na mesinha, estendendo a mão pra ela ao mesmo tempo que o outro homem disse.

    - Não quer se sentar com a gente um pouco? Acabamos de pedir um vinho delicioso da sua adega. Eu gosto de companhia de gente bonita para beber....

    [/quote]
    Askalians
    Moderador
    Askalians
    Moderador

    Mensagens : 1373
    Reputação : 145
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Prólogo Liz - Askalians  Empty Re: Prólogo Liz - Askalians

    Mensagem por Askalians Dom Abr 11, 2021 5:10 pm





    Cidade Vermelha


    Lisandra
    Eckhart
    Ela sorriu de leve quando o homem disse que o prato estava delicioso. Com certeza ela diria aquelas palavras para o cozinheiro para então deixá-lo todo feliz e orgulhoso. Quem é que não gostaria de um feedback tão bom quanto aquele?

    - Muito prazer senhores, Eu sou a Liz e serei a atendente de vocês esta noite. Minha colega não está se sentindo bem então eu vou servi-los esta noite.

    O dançarino parecia realmente bem gentil. Não acreditava que pudesse ser ironia vindo dele, mas o outro homem chamado Alexander Walsh era estranho. Ele estava acompanho e mesmo assim sentia que os olhos dele não saiam de si e aquele olhar era intrigante e chegava a incomodar. Às vezes sentia frio na espinha, às vezes calor... era muito estranho.

    Era muito estranho as coisas naquele lugar, mas não era do seu feitio de ser movida pela curiosidade e começar a se questionar sobre o lugar. Ela ficaria bem quieta e evitaria de pensar no assunto.

    - Muito obrigada pelo convite, mas eu tenho que servir algumas mesas, mas não se preocupem. Me chamam sempre que quiserem, mas não posso ficar. Com licença. – fez uma breve mesura educada para ambos e se virou em direção a escada para descer.
    Conteúdo patrocinado


    Prólogo Liz - Askalians  Empty Re: Prólogo Liz - Askalians

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Jul 27, 2021 1:45 am