Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Em Heséd

    Leomar
    Adepto da Virtualidade
    Leomar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1969
    Reputação : 28
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Em Heséd - Página 2 Empty Re: Em Heséd

    Mensagem por Leomar Dom Mar 21, 2021 8:22 pm

    KATE

    @DariusNovadek escreveu:- Como você disse, não preciso de cura física, mas a verdade é que preciso é de cura mágica, você não sente um grande fluxo mágico porque pela minha imprudência eu gastei todo ele, mas sou uma grande maga vermelha e azul..

    - Acredito que Piro vem guiando todas as minhas ações, e me guiou até aqui.. Procuro a escola Izete a tempos,  preciso retomar minha magia, e preciso conversar com Piro

    A suposta sacerdotisa coloca as duas mãos na nuca de Kate, buscando com a ponta dos dedo o lugar exato do maior ponto de energia. Kate sente a nuca esfriar e a sensação indo até sua mão direita, a de maior dominância para magia da água.

    - Um bloqueio? Mm, se segue mesmo Piro, uma imprudência assim faria sentido.

    Mah'ba, vejamos se tem conhecimento suficiente para conhecer nossa escola: (R.Oc.)

    Qual principal mantra de Piro?


    - Nifah'tonay! Dagve'tonay! Miira Nuci! (esta foi fácil ouviu Kevla entoar um milhão de vezes. fé fortalece, esperança fortalece, amor liberta)

    - Ok, não precisava falar em Moloke. E o de Jara?

    - É..... "Equilibre sempre o Pathos com o Pragma...?

    - Isto não é sequer um mantra! Está tentando adivinhar? - Kate quase sente o ovo trincar em suas mãos, afrouxa um pouco para não quebrá-lo. - Quais dois heróis disputaram sobre o Julgamento da Noite?

    (Era mais uma pergunta sobre a história de Piro, Kate pensa)

    - Adlay e "A Primeira Mulher".

    - E quem era A Primeira Mulher?

    - A defensora dos demônios. Que pregou que a Justiça só pode ver as ações.

    - Você sabe isto, e não sabe o nome dela? (...) Qual foi a Maha-Dona que intercedeu pela Escola Izete?

    - É.... foi a Gran-Elemental Ariel?

    - Você sabe o que é uma Maha-Dona?

    (Kate nem fazia ideia)

    - É a mulher mais importante da Escola Izete!... Ah, depois de Jara, claro!

    - E depois de Ariel também... Qual foi o mais longo julgamento de Jara?

    (Os Julgamentos de Jara eram bem famosos, qual seria o mais importante deles?)

    - Do Rei Tirano, Abiss!

    - O julgamento de Abiss durou um dia apenas!

    - Mas precisou de dois capítulos inteiros para ser contado, não foi? - Kate sorri, tentando parecer carismática, o ovo quebra nas mãos dela, ela baixa a cabeça (que má sorte).

    - Você não sabe muito sobre a Deusa-Mãe, não é?

    - Não tenho direito a uma segunda chance?

    - Isto não era um teste de inteligência, era de honestidade. Não teríamos magos de fogo em nossa escola se fizéssemos testes de inteligência. Até podemos tentar ajudar com cura, mas estamos sobrecarregados com muitos órfãos na cidade para ajudar, não teríamos como sustentar mais uma neófita.

    Opções de negociação:
    Como estas questões dependem de detalhes de cenário (que óbvio não fechei todo pra dar espaço de expandir), vou deixar algumas opções para negociar, para não jogar muito com sua personagem, mas se preferir adiantar estes detalhes, da próxima vez eu deduzo pela ações mais lógica.

    1 - Não sou tão neófita, apenas bloqueei feio meu fluxo energético, tipo um tornozelo torcido, só que na coluna... Mas se me ajudar com isto poderei dominar novamente o fogo e a água, posso aprender mais com vocês, e até ensinar o que sei aos verdadeiros neófitos! (Kate tinha até recuperado bem pra um dia só, em pouco tempo poderia mostrar tudo que sabe)

    2 - Estou satisfeita com a proposta, mas não seria um peso extra, preciso mesmo de ajuda apenas na cura mágica, tenho recursos próprios para me manter enquanto recupero. E até posso ajudar "uma filha da viúva"? (Kate ouviu este termo a muito tempo, sabia que significava algo pra Escola Izete)

    3 - Mah'ba! Mas eu posso ajudar com os órfãos também! Sou boa com crianças, até fui colocada ao lado de uma alma boa que cuidava de órfãos quando tive um probleminha no Plano Astral, quer dizer que nós tínhamos afinidade, não é? (piscadinha marota, o importante é manter o otimismo...)

    4 - Mas apesar de ser maga do fogo, eu aprendo rápido! Pode ter certeza, já treinei com três freĉias e estou acostumada com treinamento pesado! Me disseram que a Escola Izete não é pra quem tem medo da tempestade, mas até a deseja, não é verdade? (Kate leu isto em algum lugar)

    Pode escolher uma, jogar no dado ou adaptar.

    - Estamos operando improvisadamente, preferíamos ficar mais próximos ao mar, mas nossa antiga base não é segura. - De onde estavam, ainda era possível ver, do outro lado da barricada, uma casa com telhado meio azulado.

    - Então a antiga base ainda não foi destruída!

    - Eles não fariam isto enquanto temos uma enorme estátua de prata de Jara lá dentro.

    Ali, perto da barricada, tinha sempre alguém observando o outro lado, dava para ver pessoas atrás de beirais em vários telhados. Algumas ruas além tinha um conjunto de casa simples, mas que apenas uma bandeira diferenciava de outras, o símbolo da "Gota-Chama"

    Em Heséd - Página 2 Gota_c10



    AZRIEL

    Com a confiança (e até certa arrogância) que caracteriza a raça, Azriel resolve bater na porta do oponente. Não na portinha, já chega metendo o pé (ou no caso as asas) no salão de festa.

    - Saudações nobres combatentes. Gostaria de falar com seus superiores, por favor.

    Em Heséd - Página 2 1f607  Em Heséd - Página 2 1f62f
    Os humanos têm dificuldade de processar informações quando se trata de anjos, gajanos provavelmente ainda mais. Desembainhar armas contra um anjo provavelmente devia ser um tabu ali, e muitos demonstravam clara dúvida do que fazer.

    O líder deles chamava Monte'Bura (sobrenome, certamente)
    Em Heséd - Página 2 Fe5bcf723216da326515d77ce75cc537

    Ele espera bastante, depois de ouvir Azriel. Em Ajros, morada dos anjos, ensina-se contar até dez antes de responder qualquer pergunta, por mais simples que seja, mas dava pra calcular até a metade da tabuada do 6 pra este cara responder, chegava ser desrespeitoso.

    - Com todo respeito, Lady Morningstar, mas já passamos da fase de diplomacia. Eles nos chamam de invasores, mas é graças ao deus deles que somos exilados das cidades de nosso próprio continente. Meu avô foi nobre em Kerflej, e nos meus 61 anos nem suas ruínas eu vi. Que Anĝelina não responda pelo erros de seu filho, mas se ela não tivesse escondido o filho há um século atrás, não estaríamos até hoje drenando nossos escombros. Até os anjos guardiões reconhecem nossa causa e muitos se tornaram "amigos" de Gaja contra as forças e ditadura de Piro. Se nossos inimigos tivessem mesmo desejo de se redimir e evitar mais derramamento de sangue, enviariam os melhores operários para recuperar pelo menos a glória de Kerflej, que já foi a cidade mais admirada do mundo! Diga isto a eles, se lhe acalmará a alma!
    Srta. Moon
    Semi-Deus
    Srta. Moon
    Semi-Deus

    Mensagens : 5376
    Reputação : 60
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Em Heséd - Página 2 Empty Re: Em Heséd

    Mensagem por Srta. Moon Dom Mar 21, 2021 9:01 pm

    Seguiu para algum lugar seguro sentou-se e ficou a esperar ordens, na mais ficaria segura em algum canto sentada assistindo todo o movimento alheio.
    DariusNovadek
    Tecnocrata
    DariusNovadek
    Tecnocrata

    Mensagens : 367
    Reputação : 6

    Em Heséd - Página 2 Empty Re: Em Heséd

    Mensagem por DariusNovadek Dom Mar 21, 2021 10:51 pm

    Um questionamento começa, e Kate começa a suar frio, onde quer que Kate estivesse, queria sempre ser a melhor, mas um teste de inteligência não era muito sua praia. Deu seu melhor, mas a quebra do ovo era inevitável.

    - Isto não era um teste de inteligência, era de honestidade. Não teríamos magos de fogo em nossa escola se fizéssemos testes de inteligência. Até podemos tentar ajudar com cura, mas estamos sobrecarregados com muitos órfãos na cidade para ajudar, não teríamos como sustentar mais uma neófita.

    Bom, se não era de inteligência, então quer dizer que Kate foi bem?

    Mas o que Kate queria ali era reconhecimento e treinamento, não precisava ser sustentada, tinha o dinheiro da missão, e se a coisa apertasse, tinha a loja da Apis.

    OFF: Pra resposta, posso fazer uma mescla entre a 1 e a 4? Tipo assim:

    - Não sou tão neófita, apenas bloqueei feio meu fluxo energético, tipo um tornozelo torcido, só que na coluna... Mas se me ajudar com isto poderei dominar novamente o fogo e a água, posso aprender mais com vocês, e até ensinar o que sei aos verdadeiros neófitos! E apesar de ser maga do fogo, eu aprendo rápido! Pode ter certeza, já treinei com três freĉias e estou acostumada com treinamento pesado! Me disseram que a Escola Izete não é pra quem tem medo da tempestade, mas até a deseja, não é verdade?

    A sacerdotisa mostra a antiga base da escola Izete, Kate vira pra ela e fala:

    - Pode ter certeza, se e aceitarem e me ajudarem, eu me comprometo a usar todo meu poder de combate para junto com vocês retomar a antiga base de vocês!
    Pikapool
    Mestre Jedi
    Pikapool
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1144
    Reputação : 37

    Em Heséd - Página 2 Empty Re: Em Heséd

    Mensagem por Pikapool Seg Mar 22, 2021 4:52 pm

    A alegria só pode brotar de entre as pessoas que se sentem iguais!
    Ouvi atentamente a cada palavra de Monte'Bura. E em alguns momentos questionava-me sobre alguns fatos por ele citados. No entanto, não o questionei. Era claro o posicionamento dele.

    - Sinto sua determinação, nobre Monte'Bura. - Uno as mãos em suplica e abaixo a cabeça. - Ao menos peço que o senhor tenha piedade e não puna os cidadãos. Quem rejeitou um acordo diplomático foram os grandes que comandam a cidade. Pessoas inescrupulosas que enviam inocentes para a morte. Enquanto isso, eles estão seguros em suas fortalezas. - Ajoelho-me diante dele. - Por favor, Monte'Bura. Prometa-me não ferir os inocentes...

    Tentava ao menos interceder pelos inocentes que já sofriam com toda aquela desgraça e miséria.

    Em caso de uma resposta favorável, eu apenas diria:

    - Agradeço sua bondade, Monte'Bura. Que as bençãos de Anĝelina recaiam sobre o senhor e sobre todos aqui. - Alçaria voo e retornaria para reportar.

    Em caso de uma resposta desfavorável, vamos dialogar mais um pouco. xD
    Leomar
    Adepto da Virtualidade
    Leomar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1969
    Reputação : 28
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Em Heséd - Página 2 Empty Re: Em Heséd

    Mensagem por Leomar Ter Mar 23, 2021 7:09 pm

    Como ninguém falou nada das miniaturas ou mapas, vou continuar usando o wc3editor pra dar uma ideia da visão geral.

    off: ignorem as piadinhas (ou quase todas) é só para ver o cenário mesmo.

    Em Heséd - Página 2 C110

    Com a distração causada pela anjo, um dos magos negros tenta aproximar-se furtivamente do oponente, usando a parte em ruínas na parte baixa do paredão, mas acaba não conseguindo se aproximar.

    Em Heséd - Página 2 C210

    Enquanto isto, Azriel prosseguia na diplomacia.

    Em Heséd - Página 2 C211

    Azriel escreveu:- Sinto sua determinação, nobre Monte'Bura (...) Prometa-me não ferir os inocentes...

    Ele fica um pouco incomodado. As palavras de Monte'Bura tinham passado um pouco de ânimo para seus soldados, alguns dos quais já estavam esquecendo porque estavam ali, outros que talvez nunca tivessem sabido.

    Fazia quase um século que Gaja fora destruída pelo Louco! Mas o que isto significava para estes meninos de 15, 16 anos? Eles tinham que ser lembrados que foram privados de uma grandeza que nunca viram!

    Mas as palavras de Azriel (e também sua presença e gestos doces) também atingiram seus soldados, eles também estavam a mando de pessoas inescrupulosas protegidas em suas fortalezas, e boa parte dos que estavam ali sabiam que foram basicamente mandados só para morrer. Todos estavam cansados, mesmo Monte'Bura. Ele tinha um objetivo, e convicção de que fora privado de uma boa vida por causa de Piro e portanto merecia reparação de seus adeptos, mas estava cansado.

    - Nós de Gaja buscamos recuperar nossas cidades, queremos o que é justo: recursos em troca dos que foram perdidos e operários para os reparos. Não temos interesses em mulheres, crianças ou civis inúteis. Portanto só quero levar o que é justo, prometo não fazer nada contra os inocentes.

    - Agradeço sua bondade, Monte'Bura. Que as bênçãos de Anĝelina recaiam sobre o senhor e sobre todos aqui.

    Enquanto Azriel volta para o grupo, o tenente está mandando a maioria juntar na parte mais baixa (do ponto de vista de quem tá no platô), acender fogueiras, fazer barulho, para chamar atenção do inimigo para aquele ponto, enquanto o grupo de meio-demônios é tirado das tendas e vai tentar contornar pela parte mais alta, que ficará isolada pra dar impressão pro inimigo que quase ninguém tá patrulhando lá, já que o revelo é uma defesa em si. Ele engole a raiva por não conseguir fazer uma zona de obliteração, o máximo que conseguiria era bloquear magia a 4 ou 5 metros na encosta, pouco provável que isto detivesse magos inimigos. A noite começa cair.

    Em Heséd - Página 2 C310

    Em Heséd - Página 2 C410

    Em Heséd - Página 2 C411

    O tenente chega no Ka e fala: - Já não conseguimos ver os meio-demônios, se nenhuma movimentação lá embaixo sugerir que foram pegos, temos que dar cerca de uma hora ou pouca coisa mais para eles conseguirem derrubar alguns discretamente. Enquanto isto, o grosso de nossas tropas se reunirão na parte norte onde tem um declive mais suave, pois um ataque frontal só pode vir de lá. Ao mesmo tempo, quem tiver habilidades mais sorrateiras irá descer pelo outro lado, como fizeram os meio-demônios, e irão se organizando lá como puderem. Tem algumas poucas construções lá em baixo, boa parte já em ruína, mas se um grupo conseguir entrar lá sem chamar atenção, podemos ir mandando reforços aos poucos... Do seu grupo, quem acha que tem capacidade de infiltrar e quem é força bruta?

    Hélius Blua já está se pondo, Ka como é humano quase não enxerga mais nada lá embaixo, o tenente vai aproveitar pra perguntar se a anjo descobriu alguma coisa no grupo deles que possa ser usada contra eles, pontos fracos, formações...

    Nadhull e Mortalha ainda conseguem enxergar um pouco lá embaixo, a visão dos demônios não é perfeita a noite, tem perda também, mas é bem melhor que dos humanos.




    - Não sou tão neófita, apenas bloqueei feio meu fluxo energético, tipo um tornozelo torcido, só que na coluna... Mas se me ajudar com isto poderei dominar novamente o fogo e a água, posso aprender mais com vocês, e até ensinar o que sei aos verdadeiros neófitos! E apesar de ser maga do fogo, eu aprendo rápido! Pode ter certeza, já treinei com três freĉias e estou acostumada com treinamento pesado! Me disseram que a Escola Izete não é pra quem tem medo da tempestade, mas até a deseja, não é verdade?

    - Pelo menos foi o que Daspen disse.

    - Legal! Quem é Daspen?

    (rolando os olhos)

    - Foi o cara que disse: "a Escola Izete não é pra quem tem medo da tempestade, mas até a deseja."

    - Pode ter certeza, se e aceitarem e me ajudarem, eu me comprometo a usar todo meu poder de combate para junto com vocês retomar a antiga base de vocês!

    - Bom mesmo, somos uma Escola, não uma Igreja. Ajudamos quando é possível, mas não vivemos pra caridade. Pode ficar enquanto é medicada, mas quando estiver boa deve pagar, com material ou com trabalho.

    Estamos por enquanto separando o nosso pessoal, dominadores de fogo numa casa, seres racionais na outra. Você diz já ser rubro-celeste, mas qual seu elemento principal?


    - Bem, pra ser sincera, creio que estou meio-a-meio.

    - Então ficará com o pessoal do fogo. Quase certo que é seu elemento. A propósito, aqui eles me chamam de "A Corrente".

    - Sou Kate!

    - Nenomata? - Esta era a forma "formal" para quem não tinha sobrenome.

    - Sim...

    - Temos muitos aqui. - Caminham até uma casa. - Este são Solazar Get'Mezi, Kito Get'Mezi, Sibrah Nenomata e Adrai Irkatt. Esta é Kate Nenomata. Ela quer ficar uns dias aqui até recuperar sua magia perdida.

    Eles fecham o punho esquerdo e seguram com o direito, Kate espelha o cumprimento.

    - Haverá uma aula de cura dentro de vinte e cinco minutos na sala de cura, todos sabem onde é. Você pode ir lá servir de cobaia, pode ser um bom começo. Ou, se preferir tentar destravar o fogo primeiro, veja o que eles podem fazer por você.

    - Aí loirinha, se quiser economizar, cabem dois na minha cama, assim não irão te cobrar estadia! - Kito pisca pra Kate. Apesar do sobrenome, Solazar e Kito não eram parecidos, o primeiro era negro, relativamente forte, careca, o segundo era claro, baixo e tinha o cabelo vermelho de urucum (Kate ainda estava com o cabelo zuado, embora as raízes já estivessem no seu tom vermelho natural, diferente de quem usava urucum, mas ainda ia demorar uns meses pra voltar o normal, pelo menos sabia que a magia das fadas não foi definitiva, o contrário dos olhos do Ka), Sibrah tinha traços de mulher, mas a voz era de homem, usava brincos e tinha tatuagem na cara, podia ser uma moça quase sem peitos ou um rapaz quase sem músculos, tinha por volta dos 17 e estava difícil ter certeza, Adrai era um mestiço sem traços específicos, pardo, estatura mediana, o tipo que se misturaria fácil com a maioria das multidões, de diferente tinha apenas algumas falhas nas sobrancelhas (típico de acidentes com fogo) e os cabelos raspados dos lados (também típico de quem tem muitos acidentes com fogo e usa assim pra ter menos trabalho, em geral magos vermelho costumam ter cabelos curtos pois vivem queimando eles).
    Pikapool
    Mestre Jedi
    Pikapool
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1144
    Reputação : 37

    Em Heséd - Página 2 Empty Re: Em Heséd

    Mensagem por Pikapool Qua Mar 24, 2021 8:52 pm

    A alegria só pode brotar de entre as pessoas que se sentem iguais!
    Ao retornar, reúno-me com Ka e o tenente para reportar-lhes. Digo que os inimigos tem ao menos o dobro de soldados e apesar de não ter poder aéreo, eles possuem arqueiros. Também compartilho que pelo que pude notar, Monte'Bura está disposto a seguir com o ataque para reivindicar o que foi tirado de Gaja, ou seja, suas cidades e o que mais for de direito deles. Digo também que ele não está disposto a negociar, pois eles tentaram e não ouve exito.

    Sem saber como prosseguir por nunca ter feito parte de um confronto de tal proporção, apenas mantenho-me em silencio aguardando as decisões de Ka e do tenente.
    Dycleal
    Wyrm
    Dycleal
    Wyrm

    Mensagens : 7651
    Reputação : 151
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Em Heséd - Página 2 Empty Re: Em Heséd

    Mensagem por Dycleal Qua Mar 24, 2021 9:08 pm

    Nadhull se aproxima de onde Ka está no momento que a Azriel vai chegando e relata o que deve ter ouvindo e vivenciado em sua empreitada e o Incubo, fica esperando o posicionamento do tenente e de Ka para ver em que pode ajudar, agora que está reenergizado e centrado.
    Srta. Moon
    Semi-Deus
    Srta. Moon
    Semi-Deus

    Mensagens : 5376
    Reputação : 60
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Em Heséd - Página 2 Empty Re: Em Heséd

    Mensagem por Srta. Moon Qua Mar 24, 2021 11:22 pm

    Tentava conjurar duas sombras inteligentes, queria usar elas a ponto de conseguirem se separar de sua conjuradora a uma longa distancia, no momento prestava atenção na conversa.


    OFF: Percepção: 9 +2 = 11
    Misticismo - Profissional (20pp) Per

    3 , 2
    Leomar
    Adepto da Virtualidade
    Leomar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1969
    Reputação : 28
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Em Heséd - Página 2 Empty Re: Em Heséd

    Mensagem por Leomar Sex Mar 26, 2021 9:09 am

    @Srta. Moon escreveu:Tentava conjurar duas sombras inteligentes, queria usar elas a ponto de conseguirem se separar de sua conjuradora a uma longa distancia, no momento prestava atenção na conversa.


    OFF: Percepção: 9 +2 = 11
    Misticismo - Profissional (20pp) Per

    3,2

    Consegue a evocação sem problema, vai custar 8PM, 4 pra cada, a zona de obliteração não foi estabelecida ainda, se for, talvez elas tenham problema na hora de voltar com os relatórios, mas isto dá pra contornar. Enquanto mantiver concentração elas passam informações em tempo real, mas se não quiser ficar presa a elas enquanto elas patrulham, pode dar ordem simples e elas voltam depois, tipo: vai lá e vê se encontra "x".

    Como está escuro e a maioria (talvez todos) dos inimigos é humano, e provavelmente não tem muita gente especializada em magia negra do lado deles, provavelmente suas sombras não serão identificadas por um tempo relativamente bom. Obviamente elas só podem ser atacadas por magia.

    Inicialmente elas apenas confirmam o que se especula de básico, mas quando der uma ordem específica pode descobrir algo mais importante:

    * eles têm basicamente o dobro de soldados que vocês, e os soldados deles estão mais descansados e melhor alimentados, mais da metade são jovens e inexperientes. A maioria deles é infantaria, possuem poucos arqueiros (embora bem mais que vocês) e menos ainda cavaleiros. Num primeiro momento as sombras não veem nenhum que claramente seja mago, mas não dá pra ter certeza sem fazer um pente bem mais fino. É possível que tenham ALGUNS poucos, assim como do lado de vocês o exército só tinha cinco magos negros até onde se sabe. As sombras podem ouvir pedaços de conversas, mas não analisariam facilmente (a menos que queira dar muita inteligência a elas, isto te deixaria com pouca mana) porém podem fazer análises pontuais se estiver na ordem específica, tipo, te passar só as conversas de quem está num setor, ou só de quer porta arcos, etc. Não tem nenhuma mulher entre os guerreiros deles. Os arqueiros e os guerreiros mais novos estão mais a frente do paredão, enquanto os estrategistas estão no centro, cavalaria no fundo. O maior contingente está na parte mais norte, onde o paredão é menor, pensando como atacar por ali, sabendo que vão sofrer efeito de funil. Muitos na linha de frente estão desmotivados, pois sabem que tem poucas chances de terminarem vivos. As sombras não encontram, num primeiro momento, ninguém vestido de sacerdote ou demonstrando clara devoção religiosa. Cerca de dois terços do total do exército deles está nas barracas, mostrando que não pretendem atacar a noite, mas esperar pelo menos até a manhã. As sombras conseguem ver que o pequeno grupo de meio-demônios conseguiu chegar sem serem vistos perto do exército inimigo, e até já conseguiram fazer algumas mortes discretas, como o cara que tava mijando numa árvore.

    Depois que o @Christiano Keller responder eu faço os movimentos do exército.
    Christiano Keller
    Sacerdote de Cthulhu
    Christiano Keller
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2855
    Reputação : 137
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Em Heséd - Página 2 Empty Re: Em Heséd

    Mensagem por Christiano Keller Seg Mar 29, 2021 12:15 am

    Ka,

           As palavras do tenente sobre o combate foram claras e importantes. Uma emboscada estava em processo e seria a melhor forma de fazer o ataque. Chamar a atenção dos soldados para outro lugar seria crucial para os inimigos pegarem eles por trás e depois o grosso das forças descerem pelo caminho mais suave.
           - Tenente, os voadores podem ser mais silenciosos pois poderiam planar até o solo lá embaixo. Eu geralmente faço o suporte. Aqueles arqueiros pendurados são alvos fáceis, o que acha de os colocar mais para cima no platô? Certamente terão mais disparos se usarem o solo como proteção. Ka sabia que as opções eram poucas. No entanto poderiam fazer algumas coisas para chamar a atenção dos inimigos para o lado errado. Tenente, o que acha de usarmos algumas tochas para chamar atenção dos inimigos para o lado errado? Talvez até um fogo no lado próximo da vila que possa fazer eles se moverem para a posição errada? Talvez um dos meus amigos alados possa iluminar o lado errado chamando atenção dos inimigos para este lado? Algumas cordas com um pouco de madeira e teríamos tochas se movendo na região. Ou mesmo um fogo na vila poderia distrair os inimigos enquanto nós acabamos com eles. Opções sujas e horríveis, mas na guerra o importante era vencer e continuar vivo. Enquanto está vivo há esperança de vencer e vencer significa que você está vivo. A morte era a derrota certa e destino de todos.

           Ka pensa em como poderia ajudar o combate de alguma forma, como poderia lançar as pedras, talvez como poderia lutar no grosso das forças de batalha ou mesmo se teria condições de fazer uma missão furtiva para atacar os inimigos. Porém furtividade não era seu ponto forte. Talvez possa até lutar lançando algumas pedras na direção dos seus inimigos e depois ir para o campo de batalha, na segunda onda para pegar os inimigos mais cansados? Talvez não seja o caso, como o número deles era maios o segredo ali seria pegar eles de surpresa. A distração e a emboscada ainda são as melhores saídas. Ka por sua vez não era alguém tão discreto para fazer uma missão silenciosa, mas talvez seja algo que possa praticar.
           Para praticar as ações de caminhar silenciosamente Ka tenta colocar em prática suas habilidades. Caminha sobre pedras soltas e de modo furtivo parece complexo, as pedras podem ser trituradas sob a bota, o terreno afunda com seu peso e outros detalhes são marcantes. Ka pensa nas coisas que carrega e nos barulhos que faz ao caminhar, pois não eram apenas seus pés que poderiam produzir sons, havia todo um conjunto de coisas que fazia barulho, como sua mochila, os detalhes em sua armadura das placas de metal batendo. Muitos dos detalhes que Ka precisa corrigir logo.
    DariusNovadek
    Tecnocrata
    DariusNovadek
    Tecnocrata

    Mensagens : 367
    Reputação : 6

    Em Heséd - Página 2 Empty Re: Em Heséd

    Mensagem por DariusNovadek Seg Mar 29, 2021 3:13 pm

    Kate acompanha "A Corrente" até uma casa, todos a cumprimentam, e ela retorna o cumprimento. Kito ja faz uma brincadeira com Kate, pelo visto aquilo não era exclusividade dos demônios ou de quem andava com eles, Kate ri.

    - Que bom, gosto de dormir com espaço, mas você vai dormir aonde, com seu irmão?

    E ri de novo logo em seguida.

    Após "A corrente" ir embora Kate pergunta para seu novo grupo:

    - São todos neófitos? Estão a quanto tempo aqui na escola, aprenderam muito?

    Se eles se ofecessem para ajudar Kate, ela iria aceitar, caso contrario só ia jogar papo fora até a hora da aula
    Srta. Moon
    Semi-Deus
    Srta. Moon
    Semi-Deus

    Mensagens : 5376
    Reputação : 60
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Em Heséd - Página 2 Empty Re: Em Heséd

    Mensagem por Srta. Moon Qua Mar 31, 2021 3:48 pm

    Fez diferente do que foi pedido, no momento apenas ordenava os dois vultos possuir dos arqueiros e atacar se próprio grupo.


    OFF: comandar as sombras para possuir dos arqueiros inimigos e fazer com que eles ataquem seus companheiros.

    Qual teste devo rolar,
    Leomar
    Adepto da Virtualidade
    Leomar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1969
    Reputação : 28
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Em Heséd - Página 2 Empty Re: Em Heséd

    Mensagem por Leomar Sex Abr 02, 2021 7:04 pm

    KATE

    Kate tem vinte e cinco minutos pra decidir se vai pra aula de cura ou se conseguirá extrair algo de bom com o pessoal vermelho, assim que A Corrente deixa ela conhecendo os novos "amigos" as cantadas já começam.

    - Que bom, gosto de dormir com espaço, mas você vai dormir aonde, com seu irmão?

    - Olha só, temos uma verdadeira devota de Piro! Se reconhece pela língua afiada. - Risadas, Kito aproveita pra dar uma palmada na bunda de Kate, pelo jeito eles tinham mesmo os mesmos modos dos demônios. - Não é só a língua que vocês mantem afiada, não é verdade? (piscadinha maliciosa)

    - São todos neófitos? Estão a quanto tempo aqui na escola, aprenderam muito?

    Sibrah revira os olhos, numa expressão de quem tem que lidar com uma sem noção.

    - Temos cara de neófitos?

    Spoiler:
    Em Heséd - Página 2 B48565db965e7759c9cde6ca9999201c
    Ele (ou ela, Kate ainda está decidindo) é o mais novo(a?) ali, ainda não achei imagem para todos, mas se quiser pode colocar alguma.

    - Bem se vê que a loirinha é metida de rocha! - Kito começa fazer um feitiço, ele saca a espada, Kate instintivamente se afasta, mas fica observando. - Stenéria Astäteh. - A lâmina se ilumina, e então fica envolta em chamas, Kito faz vários movimentos em círculo com a espada, para se mostrar. Kate já tinha conseguido, com uma espada preparada (a dele provavelmente também era), direcionar alguns rastros rápidos de fogo, mas não envolvendo a lâmina daquela forma. - A questão é: em que grau você está, loirinha!

    Kate observa que ele segura a espada com a esquerda, mas não parecia ser bom espadachim, talvez, como ela, também tenha uma mão dominante para cada elemento. Os treinos com magia de água exigiam coisas diferentes de cada mão ("a água pode ser abençoada com uma mão e amaldiçoada com outra" não parecia ser apenas um jargão como alguns achavam), já o fogo podia ser canalizo com as duas mãos, mas Kate conseguia evocar mais fortemente com a esquerda.

    - É, mostra o qui sabe, pr'a'gente vê' o qui pó'fazê! - Diz Solazar com forte soquete do norte.

    - Mas eu estou com bloqueio por ter gasto mana além do que devia!

    - Uai, si gastô mais qui a capacidadi, devi tê feitu alguma técni'ncomum. Expliqui'ntão o qui sabi i o qui feiz pra'cabá assim.

    (eles esperam Kate resumir suas proezas e/ou explicar como acabou sem poderes, pois exaustão mágica simples não leva a causar bloqueio)

    - Bom, tchutchuca, a gente poderia desbloquear seus chacras, um por um, começando de baixo para cima... Garanto que será um prazer ajudar você achar seu fluxo novamente.

    Apesar da malícia, um procedimento padrão seria este mesmo, realinhar os chacras dos inferiores para os superiores. Quando Kate foi esfaqueada, teve que fazer assim. O desconforto seria ter outra pessoa manipulando seus chacras mais básicos, principalmente os dois primeiros, que ficam bem embaixo da coluna. O prazer que Kito teria em ajudar com certeza não seria só por boa vontade.

    - Não teria um processo, digamos, mais rápido?

    - Se quiser pode tentar um desbloqueio na força bruta, ou então recorrer a medicação. - Adrai fala algo pela primeira vez.




    NO PLANALTO

    O exército tenta fazer de tudo para focar a atenção do inimigo na parte mais baixa, segurando o ataque para dar chance de tentarem passar um grupo de infiltração, se dessem sorte, o inimigo pensaria que não atacariam antes do amanhecer. Mas sorte não é algo que se dê pra contar em campos de batalha. Um alerta é disparado, logo, os soldados que estavam dormindo começam sair das barracas.

    Iniciativa Fajr-Regno
    Leomar efetuou 1 lançamento(s) de dados Em Heséd - Página 2 D12 (d12.) :
    5
    Iniciativa Gaja
    Leomar efetuou 1 lançamento(s) de dados Em Heséd - Página 2 D12 (d12.) :
    10

    O tenente tinha ouvido as sugestões de Ka sobre levar tochas amarradas pelos voadores, não tinha levado muita fé, pois mesmo com uma corda grande, as asas brancas da anjo chamariam muito atenção (até o momento ele pensa que a Azriel é a única voadora ali), mas diz que poderiam tentar quando a noite estivesse no ápice. Porém é tudo inútil, pois o alarme é tocado poucos minutos depois que a segunda estrela se põe.

    Ka escreveu:Aqueles arqueiros pendurados são alvos fáceis, o que acha de os colocar mais para cima no platô? Certamente terão mais disparos se usarem o solo como proteção.

    - Os novatos podem atirar daqui, mas mesmo mirando de cima pra baixo, nesta altura é como atirar às cegas, e precisamos de alguns poucos arqueiros mais experientes com um pouquinho mais de ângulo. Porém na altura que eles estão, ninguém vai conseguir acertá-los. - Ironicamente, assim que diz isto, uma arqueira que estava numa das posições mais altas é atingida. - Ninguém vai conseguir fazer isto duas vezes!

    Em Heséd - Página 2 C1_bmp10

    Os arqueiros começam fazer sua parte.
    (1°, 2° e 5° acertam, um oponente consegue acertar o 4°, mesmo estando nas posições mais baixas, as flechas inimigas não chegam até onde estão os arqueiros que Ka deu uma melhoradinha no suporte deles)
    Perto da rampa norte, vocês começam avançar.
    (dano grupal causado 26, dano defendido 11)

    Em Heséd - Página 2 C1_bmp11

    Alguns soldados dos dois lados começam se chocar. O exército de Fajr-Regno não pode avançar muito para não perderem a vantagem de terreno estreito, o exército de Gaja busca então se impor pelo número.

    Em Heséd - Página 2 C1_bmp12

    Mortalha tenta se concentrar, usando as sombras para encontrar um arqueiro mais suscetível a uma artimanha mental, porém, com os soldados alertados do perigo e se movendo, fica difícil demais para ela, e ela sente o seu poder se perdendo antes de conseguir concluir o encantamento.




    Pikapool:
    A Azriel tem "Sorte" e ainda não foi usada, e talvez venha precisar nos próximos turnos. Como pegou com poucos pontos, o provável é que eu crie um evento aleatório favorável qualquer, mas, se por acaso uma das próximas rolagens seguintes for muito ruim, você pode usar a sorte para rolar de novo uma vez só.

    Mas Se preferir usar antes de rolar, pode escolher um evento de rolagem e usar mod+2, ou usar mod+1 em duas rolagens, aí vê o que acha mais coerente ou emocionante.
    Christiano Keller
    Sacerdote de Cthulhu
    Christiano Keller
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2855
    Reputação : 137
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Em Heséd - Página 2 Empty Re: Em Heséd

    Mensagem por Christiano Keller Sab Abr 03, 2021 10:52 pm

    Ka,

           A batalha começa e Ka vai junto com os guerreiros para fazer o uso da passagem estreita. Se não houver liderança ou alguém que dá comandos, Ka dará comandos para manter os combatentes na posição de vantagem. Tudo implica em manter a formação e fazer da passagem estreita como uma porta. Apenas alguns passam por vez e assim a superioridade numérica não tem tanta vantagem. Podem trocar os combatentes para fazer com que aqueles na linha de frente descansem um pouco entre um combate e outro ao fazer a linha de trás trocar de lugar com eles. Depois podem trocar com os da terceira linha e assim por diante.
           O calor da batalha era sempre preocupante, muitos gritos e sons diferentes podem acontecer lá no meio. A presença de alguém para lidar os soldados também é importante pois alguns deles podem avançar muito ou até enquanto alguns lutam na linha de frente um outro movimento ou ação de comando pode acontecer. Nessa hora é que alguém precisa observar o campo de batalha. Além dos sons os cheiros podem representar outras ameaças, desde o cheiro de coisas queimando até grama cortada. Cada detalhe pode colocar uma informação adicional para os exércitos experientes. A escuridão era horrível, mas algumas coisas podem ser percebidas com um pouco de dificuldade, outras não passam do breu do vazio que leva para baixo.
           Enquanto tenta observar o que acontece ali, Ka vai até a beirada da passagem e usa o martelo para dar tacadas de pedras nos soldados que estão lá pra baixo. Com o martelo batendo em pedras a ideia era lançar um pedaço de pedra nos soldados inimigos. Muitos projéteis serão de pouco efeito, mas talvez algum seja bom, afinal pedradas ainda são pedradas. Ka pensa se tivesse esferas de metal e um cano para mirar os alvos que tal feito poderia ser tremendo. Naquela condição ao menos poderia guiar os guerreiros para não se jogarem penhasco a baixo ou deixar que escapem da formação de batalha.
           - Segurem a linha. Vocês são a proteção de seus colegas e eles a sua proteção. Segurem a linha. Ka tenta acompanhar os momentos e ver se há um líder para dar ordens. O combate precisa de uma liderança e alguém precisa dar os comandos. Aquilo faz Ka lembrar de seu tempo no navio. Não houve muito combate, mas o que houve tinha uma forma de funcionar, um líder maior que dava ordens e líderes menores que faziam as coisas acontecerem. Ka estava ali no campo de batalha e não via um líder menor, como um sargento para fazer a batalha acontecer. O tenente ainda parecia muito verde e pouco preocupado com as ações de batalha. Nessa hora que a experiência de Ka valia mais que a da maioria ali. No entanto o grupo parado na porta segurando as forças inimigas dava um aspecto de algo fixo para Ka. Em algum momento precisam se mover ou uma ação de comando inimiga para disparar flechas em sua direção pode fazer deles alvos fáceis.
    DariusNovadek
    Tecnocrata
    DariusNovadek
    Tecnocrata

    Mensagens : 367
    Reputação : 6

    Em Heséd - Página 2 Empty Re: Em Heséd

    Mensagem por DariusNovadek Seg Abr 05, 2021 10:19 pm

    Kate vai conhecendo a nova turma, Se pergunta mentalmente quando teria uma turma "fixa" parecia que sempre estava de mudança.

    Olha só, temos uma verdadeira devota de Piro! Se reconhece pela língua afiada. - Risadas, Kito aproveita pra dar uma palmada na bunda de Kate, pelo jeito eles tinham mesmo os mesmos modos dos demônios. - Não é só a língua que vocês mantem afiada, não é verdade? (piscadinha maliciosa)

    Kate, num movimento rápido saca sua espada e coloca rente ao pescoço de Kito.

    - Sim, minha espada também esta afiada, quer ver

    Obviamente Kate não queria matar Kito, até da uma risada depois disso, mas aprendeu que tinha que se impor na primeira oportunidade, se quisesse o mínimo de respeito.

    - Temos cara de neófitos?

    - Não, não é isso.. É que a mulher me tratou com um desdenho que jurava que ela me colocaria junto com os iniciantes.. Se ela não colocou, isso é um ponto bom, pelo menos mostrei meu potencial, mesmo estando bloqueada.. Mas não responderam uma de minhas perguntas, estão a quanto tempo aqui?

    Depois Kito faz uma pequena demonstração, e Kate vê ele fazendo uma coisa que ela ainda não tinha feito, fica feliz por aquilo, teria muito o que aprender ali.

    - Que grau? Sei la eu druzu.. Eu faço pelo que me da na telha, tenho um pouco de conhecimento sim, mas o que eu faço, faço por impulsão.. Eu era uma wananko, e foi assim que bloqueei meus poderes..

    Diante das alternativas, Kate fala:

    - Como seria pela força bruta? e quais medicamentos são esses? Talvez, ja que daqui 25 minutos vou ser cobaia da aula.. Poderíamos gastar esse tempo se conhecendo.. Vocês devem estar em meio essa guerra a muito tempo..
    Dycleal
    Wyrm
    Dycleal
    Wyrm

    Mensagens : 7651
    Reputação : 151
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Em Heséd - Página 2 Empty Re: Em Heséd

    Mensagem por Dycleal Dom Abr 11, 2021 6:27 pm

    Nadhull sente muita mana negra no ambiente e vê que no exército inimigo tem muitos combatentes jovens e inexperientes, e não deseja machuca-los e pensando nisto, absorve o máximo de mana negra que pode e se concentrando irradia uma grande onde de medo e pavor em direção aos jovens combatentes e após essa ação, começa a se preparar para fazer um voo sorrateiro e a meia altura em arco pela lateral a fim de chegar as costas dos soldados inimigos no outro lado para poder estudar o campo de batalha e decidir as próximas ações.
    Conteúdo patrocinado


    Em Heséd - Página 2 Empty Re: Em Heséd

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qua Abr 14, 2021 5:29 am