Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Parte 2.3: A Agente da Nobreza

    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 4240
    Reputação : 77
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.3: A Agente da Nobreza Empty Parte 2.3: A Agente da Nobreza

    Mensagem por Claude Speedy Seg Mar 08, 2021 6:42 pm

    Reino de Ahlen. [Cidade de Gorsengred]


    @Simon Black

    Desde a ascensão da casa Vorlat à regência do poder sobre Ahlen, a cidade de Gorsengred se tornou ainda mais abandonada diante dos olhos da regência. Há quem diga no palácio que isso ocorre porque na verdade a atual família é apenas um grupo manipulado pelos políticos minotauros de Tapista que tem por objetivo expandir-se sobre a região um braço militar e comercial. Mas é certo que todos sabem que a corrupção local é totalmente submissa às três famílias, talvez elas sim sejam essa conexão pois a jovem espiã sabia que desde que a esposa do regente foi envenenada e ficou paralítica pouca atenção tem sido dada para as cidades mais distantes.

    O que mais desagradou Anne Crowley foi saber que é possível que uma rebelião de escravos se inicie justamente na cidade e incite uma revolta popular contra os cuidados de seus atuais susseranos. Isso incentivou a nobreza a lhe enviar para promover um casamento de conveniência entre as famílias locais, esmagar a possível rebelião e livrar o local de uma possível influência estrangeira. O que uma das baronesas aconselhou é que Anne seria a melhor opção para promover tal união. Claro, que ela sabia que o motivo de ser enviada para cá também era algum tipo de descarte de suas funções no centro de poder, mas a ambição de assumir algum destaque se bem sucedida, lhe seduziu muito mais em poder.

    A caminhada para Gorsengred a leva na direção do oeste por uns oitenta quilômetros desde a capital, atravessando planícies e subindo serras. Felizmente, não acontece nenhum encontro perigoso. Finalmente, Anne chega à costa e vê a alta muralha que circunda o porto e o aglomerado de construções que se projeta para o mar como uma feia mancha negra.

    Há navios ancorados no porto e fumaça subindo suavemente de chaminés. Parece suficientemente pacífico, e somente quando o vento muda,
    trazendo o cheiro de podridão na brisa, você se lembrada natureza cruel deste lugar notório. Seguindo a estrada empoeirada para o norte ao longo da costa, na direção dos portões da cidade, você começa a notar alguns sinais assustadores - crânios em espetos de madeira, homens morrendo
    de fome em jaulas suspensas nas muralhas da cidade e bandeiras negras em toda parte.

    Ao se aproximar do portão principal, um frio corre pela sua espinha, e você instintivamente segura o cabo de seu florete para se reanimar.
    No portão, você se depara com um guarda alto, usando uma cota de malha de aço e um elmo de ferro.

    Ele avança, barrando a sua passagem com a lança, e diz:

    —Quem quer entrar em Gorsengred sem ser convidado? Explique o quê está fazendo aqui ou volte pelo caminho que veio.

    Era hora de explicar o quê está fazendo aqui ou criar alguma desculpa.

    Template Roubado
    Simon Black
    Mutante
    Simon Black
    Mutante

    Mensagens : 683
    Reputação : 18

    Parte 2.3: A Agente da Nobreza Empty Re: Parte 2.3: A Agente da Nobreza

    Mensagem por Simon Black Qua Mar 10, 2021 6:28 am

    Reino de Ahlen. [Cidade de Gorsengred]


    Sweet dreams are made of this
    Who am I to disagree?
    I've traveled the world and the seven seas
    Everybody's looking for something



    A bota suja afundava na terra a cada passo. Alguns dos trechos pelos quais passara, rumando de sua bela cidade até o interior relativamente próximo, fora feito, em geral, por algumas estradas reais, mas parte do caminho tivera de ser pelos ermos. A sorte é que não houvera chuva – e, por conseguinte, sem lama no processo.

    Poderia dizer que seu dever cívico ou que seus sonhos a levavam até aquela cidade esquecida no extremo do reino. Estaria mentindo em qualquer um dos dois casos. Por mais que tivesse a ligação que tinha com Ahlen, por mais que estivesse ligada à coroa há um tempo considerável, por mais que soubesse que havia quem tivesse autorizado sua ida como um descarte da cidade de Thartann, a Capital real, existia um motivo muito forte para ela ter aceito a missão: era a primeira que faria sozinha.

    Até então, todas as missões que participara foram sancionadas para um grupo escolhido. Dessa vez, solitária, os recursos foram passados diretamente para si. Bem ou mal, para um reino como aquele, exigia certa confiança. E ela sabia que dependia apenas de si para que ascendesse mais e mais.

    Afinal, no fim das contas, era por esse motivo que ela realmente seguia ali.

    Esses pensamentos, que volta e meia retornavam enquanto ela murmurava uma canção, foram varridos de sua mente. O olhar perpassou os pobres coitados que sofriam próximo aos portões da cidade. Um sorriso quase imperceptível lhe veio aos lábios.

    A longa capa de viagem cobria-lhe parte do corpo, o capuz sobre a cabeça, as orelhas ligeiramente pontuadas cobertas pelos cabelos castanhos. A pistola, bem guardada no coldre, escondida sobre roupas. O sabre, embainhado, foi tocado em seu cabo, num pedido mudo para trazer confiança. Estava quase chegando a seu destino, o cheiro inconfundível chegava as suas narinas, quando acabou por ser interceptada por um dos guardas da cidade.

    Ela ergueu as sobrancelhas ao encará-lo, fez uma expressão confusa, perdida, levou a mão esquerda ao peito e murmurou:

    – Senhor? – a palavra saiu com um tom afetado – Chamo-me Anne Brown e fui... eu estava junto... – algumas lágrimas lhe vieram aos olhos, ela engoliu em seco – Desculpe-me senhor. A comitiva que eu estava... fomos atacados há dois dias... – ela se aproximou dele, chorosa, como que a pedir um abraço – Lady Zinfraud nos convidou para a Noite de Máscaras... mas... – novas lágrimas vieram e ela não as conteve dessa vez – Apenas eu consegui chegar... – e ergueu os olhos para encará-la.


    Some of them want to use you
    Some of them want to get used by you
    Some of them want to abuse you
    Some of them want to be abused



    Parte 2.3: A Agente da Nobreza E95ba4c90897d58634e94377ce2f6574

    Template Roubado – Copiando o Mestre
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 4240
    Reputação : 77
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.3: A Agente da Nobreza Empty Re: Parte 2.3: A Agente da Nobreza

    Mensagem por Claude Speedy Qua Mar 10, 2021 12:14 pm

    Reino de Ahlen. [Cidade de Gorsengred]


    O guarda olha e sorri, segurando a risada, era visível para a jovem meia-elfa de que ele sadicamente se contém para não zombar da má sorte da jovem. Ele não diz nada além de expressar um sorriso cínico que tenta disfarçar sem sucesso.

    É visível que ele tem de manter a postura de policial enquanto finge algum tipo de compaixão que é nitidamente falsa para a espiã do regente, o que aliás já faz com que ela pense o quanto a situação de saques e pilhagens se tornou mais intensa na região.
     
    Ele faz um sinal para dois guardas que estão acima da muralha, e girando uma manivela em uma roldana imensa presa ao chão eles abrem o portão.

    Anne nota visivelmente que conseguiu a entrada e atenção de predadores sobre si.

    Adentrando pelos portões principais, a garota vê lixo acumulado por ruas imundas e tem certeza de que esta sendo seguida.

    Ao caminhar um pouco de forma discretamente apressada, ainda fingindo ser indefesa, Anne se depara com três caminhos à sua frente em uma tripartição. Com placas indicado cada direção.

    A direção Norte, vai para rua da Chave; a direção Sul, Rua do Relógio e ; a direção Leste para Rua do Mercado.

    Deveria decidir para onde ir aquelas frestas entre as casas poderiam ainda abrigar quem estava em seu encalço, além de que pessoas poderiam a ver por entre as janelas e portanto não parecia ainda ser uma boa hora para parar.

    Era mais seguro seguir por um dos caminhos.
    Mas o conflito poderia ser a forma como lidar com isso.

    Dependia dela a decisão.

    Template Roubado – Copiando o Mestre
    Simon Black
    Mutante
    Simon Black
    Mutante

    Mensagens : 683
    Reputação : 18

    Parte 2.3: A Agente da Nobreza Empty Re: Parte 2.3: A Agente da Nobreza

    Mensagem por Simon Black Dom Mar 14, 2021 1:22 pm

    @Simon Black escreveu:
    Cidade de Gorsengred


    O sádico homem parecia alegre em vê-la debulhar-se em lágrimas. Vestidos, maquiagens, nobreza. Não passava de uma nobre chorona que não conseguiria sobreviver um único dia naquele antro ao qual chegava.

    Ao menos, deveria ser isso que ele pensara ao liberar sua entrada, tendo prendido a atenção dele e de outros urubus, que pareciam farejar uma carniça, como se ela de fato o fosse.

    Seu caminhar para dentro da cidade fora vacilante. Não por receio do que viria a encontrar, longe disso. Na verdade, tratava-se ainda da história contada, que deixara os corvos em polvorosa. O passo fora apertado, enquanto aos poucos sua expressão ia se modificando.

    A dúvida que a atingiu veio quando chegou em uma encruzilhada. O olhar fora rápido, deixara lixo para trás, ruas imundas, uma verdadeira podridão em que o poder real não chegava. Ahlen era muito mais do que aqueles que comandavam Gorsengred fazia parecer.

    Decidido, tomou seu caminho. Por hora, uma lady solitária a caminhar apressada para longe de lobos que queriam pegá-la como a um cordeiro. Tinha o pressentimento de estar sendo seguida e por isso tratou de ir ao caminho que deveria ter maior movimento: Leste, a Rua do Mercado.

    Enquanto isso, a mão direita posta para dentro da capa. Se fosse necessário, bem, uma lâmina bem posta faria um belo estrago.


    Reino de Ahlen
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 4240
    Reputação : 77
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.3: A Agente da Nobreza Empty Re: Parte 2.3: A Agente da Nobreza

    Mensagem por Claude Speedy Dom Mar 14, 2021 11:52 pm

    Reino de Ahlen. [Cidade de Gorsengred]


    Andando pela rua na direção leste, você vê a sua esquerda uma pequena loja de plantas medicinais, ao olhar pela janela você nota vários potes e uma placa escrita em comum com a palavra "Aberto". É possível observar um balcão com uma balança, e algumas ervas sobre o mesmo.

    Pode ser uma opção para se conseguir esconder do provável perseguidor ou ainda havia a chance de tentar correr mais profundamente até a Praça do Mercado.

    Template Roubado
    Simon Black
    Mutante
    Simon Black
    Mutante

    Mensagens : 683
    Reputação : 18

    Parte 2.3: A Agente da Nobreza Empty Re: Parte 2.3: A Agente da Nobreza

    Mensagem por Simon Black Ter Mar 16, 2021 8:18 pm

    Cidade de Gorsengred


    Seu caminhar apressado acabou por levá-la até a entrada de uma loja de plantas. Seu olhar percorreu rapidamente o lugar, viu ervas e uma balança. Sentia ainda que havia alguém lhe seguindo, por isso levou a mão até a maçaneta e abriu a porta, entrando.

    De lá, tão logo fechou a porta, caminhou alguns passos mais para dentro. Seus olhos passeavam em fingida procura por alguma planta enquanto na verdade focava o lado de fora, tentando visualizar se realmente tinha alguém atrás dela, e quem seria.

    Reino de Ahlen
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 4240
    Reputação : 77
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.3: A Agente da Nobreza Empty Re: Parte 2.3: A Agente da Nobreza

    Mensagem por Claude Speedy Qua Mar 17, 2021 11:09 am

    Cidade de Gorsengred


    Parte 2.3: A Agente da Nobreza Download_69__clipped_rev_1_fb81a062-c4a0-4288-bd00-5bd5c1a6c1d9_687x

    —Saudações, milady. A mistura de fumo e um cachimbo custam uma Peça de Ouro, e a mistura curativa custa quatro Peças de Ouro por porção. Fique à vontade.

    A reação aparentemente pacífica dentro dessa noite tão sombria nessa cidade, o rapaz continua a organizar pequenas ervas enquanto a mulher nota que dois guardas que são em seguida acompanhados de dois dos guardas que estavam no alto da entrada da muralha a seguiram e fingiram passar direto pela loja. É nitido que o atendente também percebeu a real razão pela qual ela entrou na loja assim que eles passam e à meia-elfa fica claro que ele responde de forma solidária à situação sem querer transparecer que sabe o que esta havendo, mas já transparecendo.

    —Noite difícil?

    Ele fala depois de olhar pela janela os guardas passando e depois voltava a pesar as ervas.

    Reino de Ahlen
    Simon Black
    Mutante
    Simon Black
    Mutante

    Mensagens : 683
    Reputação : 18

    Parte 2.3: A Agente da Nobreza Empty Re: Parte 2.3: A Agente da Nobreza

    Mensagem por Simon Black Qua Mar 17, 2021 7:34 pm

    Cidade de Gorsengred


    Ficar à vontade. As palavras dele chegaram aos seus ouvidos embora os olhos estivessem focados nos guardas. O cenho estava crispado, os pensamentos em polvorosa sobre qual o próximo passo a tomar. A verdade era que precisava chegar ao seu destino o quanto antes e aquele tempo perdido não estava mesmo nos planos.

    Embora, por outro lado, talvez pudesse extrair algum tipo de informação.

    Acabou por dar um sorriso quando ele falou em noite difícil.

    - Você não faz idéia... - murmurou, virando-se por um momento na direção dele - - O que aconteceu com a cidade? Quase não permitem minha entrada... e, mesmo depois da permissão, bem... - completou, apontando com a cabeça na direção dos guardas.

    Afinal, mesmo depois de terem permitido que ela entrasse, lá estavam seguindo-a.

    Reino de Ahlen
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 4240
    Reputação : 77
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.3: A Agente da Nobreza Empty Re: Parte 2.3: A Agente da Nobreza

    Mensagem por Claude Speedy Qua Mar 17, 2021 8:22 pm

    Cidade de Gorsengred


    Parte 2.3: A Agente da Nobreza Download_69__clipped_rev_1_fb81a062-c4a0-4288-bd00-5bd5c1a6c1d9_687x

    —Isso é comum por aqui há muitos anos. Os guardas sempre tentam conseguir algum ganho extra com taxas de impostos inventados ou pequenos assaltos noturnos, é assim desde que vim para cá há um ano. As famílias ricas da cidade cobram uma parte dos salários deles, isso estimula que cometam pequenos assaltos e enganam o povo. Se deixaram você passar creio que não pretendiam deixa-la... passar... dessa noite...

    Ele comentava enquanto limpava um cachimbo, ele olha para a porta, ficando em silêncio por um instante. Depois de ter certeza de que não há ninguém de fato por ali para entrar, o rapaz se volta para ela novamente.

    —A senhorita pelo visto... Não conhece esse lugar muito bem a cidade, mas Norla Zinfraud, esta negociando a formação de um grupo de corsários com esse tal casamento arranjado...

    E é sobre isso que Anne Crowley sabia.

    A sobrinha da matriarca chamada Ângela Zinfraud iria se casar com o paladino Sansom, um servo do Deus da Justiça Khalmyr.

    Isso parecia uma contradição, mas há duas coisas que Anne sabe que isso iria gerar.

    A primeira seria a imagem de honestidade e beata religiosa para a matriarca e sua sobrinha e a segunda o apoio indiretos dos Cavaleiros da Luz.

    Toda ideia dela era criar um grupo de corsários que fossem aprovados pelo regente, atualmente o que se falava por aí é que Norla tinha vários piratas que atacavam embarcações e que com esse casamento ela poderia ter o apoio para transformar o grupo de ladrões ilegais em ladrões ilegais. A essência da diferença entre um pirata e um corsário é que o segundo é aprovado por um reino. É bem provável que as pessoas da nobreza ao redor de Thorngald Vorlat concordassem com um grupo de saqueadores ao seu comando, mas a autonomia de Zorla poderia ser um problema.

    A reação aparentemente pacífica dentro dessa noite tão sombria nessa cidade, o rapaz continua a organizar pequenas ervas enquanto a mulher nota que dois guardas que são em seguida acompanhados de dois dos guardas que estavam no alto da entrada da muralha a seguiram e fingiram passar direto pela loja. É nitido que o atendente também percebeu a real razão pela qual ela entrou na loja assim que eles passam e à meia-elfa fica claro que ele responde de forma solidária à situação sem querer transparecer que sabe o que esta havendo, mas já transparecendo.

    —A cidade é amaldiçoada por esse núcleo de vilões, desde antes de que cheguei. É um belo vestido que a senhorita esta usando...

    Anne tem a impressão de que ele olhou diretamente para onde ela esta escondendo a sua pistola.

    Será que foi só impressão?
    Reino de Ahlen
    Simon Black
    Mutante
    Simon Black
    Mutante

    Mensagens : 683
    Reputação : 18

    Parte 2.3: A Agente da Nobreza Empty Re: Parte 2.3: A Agente da Nobreza

    Mensagem por Simon Black Sex Mar 19, 2021 6:40 am

    Cidade de Gorsengred



    Então a situação na cidade estava muito pior do que imaginava. Nobres extorquindo o povo não era novidade, muito menos em Ahlen, mas ao mesmo tempo a necessidade de manter a plebe controlada era extremamente necessário. Em Thartann e em boa parte do reino, pelo que sabia, o povo fazia questão de se dizer nativo do Reino da Intriga.

    Já ali, em Gorsengred, com os guardas agindo daquele jeito, se tornava algo difícil. Muito difícil.

    – Tive essa impressão... os olhares que dirigiram ao permitir minha entrada... uma presença constante enquanto eu caminhava pelas ruas internas... – vacilou ligeiramente no timbre de voz e deu uma leve tremida nos ombros.


    Seu pensamento fora imediatamente para o que a levara até ali e nas palavras proferidas pelo vendedor. O casamento entre a sobrinha da Sra. Zinfraud com um Paladino de Khalmyr era um verdadeiro chamariz. Sabia que havia algo por trás, só não tinham a certeza exata do quê, embora algumas informações estivessem sendo fornecidas.

    – Vim há muitos anos, realmente não me recordo... – um sorriso surgiu em seus lábios enquanto ela se virava para encará-lo – Mas sempre ouvi falar sobre como é a Noite das Máscaras em Gorsengred e esse ano quis conhecer!

    Não havia mentiras naquelas palavras. Ela realmente estivera na cidade ainda em idade tenra e tinha vontade de conhecer o festival em cada uma das cidades que formavam o reino em que nascera.

    Se perdera por um instante em pensamentos sobre qual passo seria aquele que tomaria a seguir quando o rapaz tornou a falar. Seus olhos se voltaram aos dele e ela teve uma impressão de que ele agora parecia jogar consigo.

    – Ah, obrigada... – não se moveu inicialmente, mas estava atenta aos seus movimentos caso precisasse – Embora eu pretendesse me hospedar em uma estalagem, me tornar mais apresentável... – deu um sorrisinho irônico com o canto dos lábios – Acabamos não nos apresentando, Sr.?


    Reino de Ahlen

    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 4240
    Reputação : 77
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.3: A Agente da Nobreza Empty Re: Parte 2.3: A Agente da Nobreza

    Mensagem por Claude Speedy Seg Mar 22, 2021 12:54 pm

    Cidade de Gorsengred


    Parte 2.3: A Agente da Nobreza Download_69__clipped_rev_1_fb81a062-c4a0-4288-bd00-5bd5c1a6c1d9_687x

    —Sou Jack Adams, e a senhorita...? A noite de mascaras é tentadora, se estende por todas cidades desse reino... precisa ficar atenta porque não é só uma mera festa de carnaval... As famílias usam a falsa anarquia criada nesse período para impor a morte de seus captores. Além disso , tem de ter cuidado, é perigoso antes desse dia andar pelas ruas da cidade sem um passe, você vai parar em uma masmorra. Provavelmente... Bom, há uma taverna aqui perto: O Ganso Manso. Lá poderá falar com Milana... Apenas diga que eu a enviei. Fica logo do outro lado no final dessa rua, é um lugar movimentado e os guardas provavelmente não vão te emboscar daqui até lá.

    Ele comentava enquanto guardava os cachimbos e as moedas sobre o balcão.

    —Bem, provavelmente não vão te parar...

    Comentava enquanto colocava os objetos dentro do balcão.
    Reino de Ahlen
    Simon Black
    Mutante
    Simon Black
    Mutante

    Mensagens : 683
    Reputação : 18

    Parte 2.3: A Agente da Nobreza Empty Re: Parte 2.3: A Agente da Nobreza

    Mensagem por Simon Black Ter Mar 23, 2021 12:07 pm

    Cidade de Gorsengred


    - Anne... Caldwell...

    A resposta foi dada com um singelo sorriso nos lábios, tendo parado por um momento antes de informar o sobrenome, no caso o segundo utilizado desde a chegada naquela cidade. Em silêncio o ouviu falar a respeito da Noite das Máscaras, sobre a necessidade de possuir um passe e sobre a taverna que poderia procurar. Ela sabia quem deveria encontrar, mas uma ida até a Ganso Manso poderia lhe trazer algumas informações - e, também, o complemento de sua justificativa para estar ali.

    - Falarei com ela sim. Obrigada, Sr. Adams...

    Veio então o tom de brincadeira dele, que tratava de arrumar alguns itens em sua loja. Um novo sorriso, esse mais malicioso, veio aos seus lábios com as últimas palavras que ela falou. Apenas respondeu, antes de sair de lá:

    - Bem, cada um faz o que tem capacidade... - piscou um olho pra ele, agradecendo novamente e saiu da loja.

    De maneira furtiva, sua intenção era seguir até o local que ele indicara: a Ganso Manso.

    Tentaria não chamar atenção, embora ela própria estivesse bem atenta a alguma aproximação não esperada...

    Reino de Ahlen
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 4240
    Reputação : 77
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.3: A Agente da Nobreza Empty Re: Parte 2.3: A Agente da Nobreza

    Mensagem por Claude Speedy Ter Mar 23, 2021 3:03 pm

    Cidade de Gorsengred


    Jack observa as palavras que Anne diz, é nítido que ele tem algo que sabe e não fala. Mas quem não teria nessa cidade e nessas terras conhecidas pela traição e tramóias?

    Pensei em um grupo formado já conhecidos do lugar (demais jogadores) ... Mas não reconhecidos como aventureiros, tá mais para um bando que se reuniu para resolver as desavenças do povo local, em reuniões constantes na taverna "Ganso Manso"

    Aquela taberna não tinha nada de especial, sua construção era um tanto quanto precária devido a rústica engenharia e também ao malcuidado da madeira bem como sua idade avançada. Não tinha nem uma simples melodia sendo tocada, apenas os sons de clientes insatisfeitos, da fraca lareira queimando e do forte vento empurrando contra uma janela fechada. Estava ali desde a fundação daquela cidade como vila e já tinha presenciado todo o tipo de sujeitos ao longo dos tempos. Mas atualmente era apenas uma ponte para poucos comerciantes que precisavam parar sem muito dinheiro ou um passe para daquela região para assim abastecer as outras poucas vilas mais distantes, e claro, lucrar o que conseguirem.

    No balcão era possível ver Milana. Uma beldade morena de busto farto chama a atenção, há alguns poucos dentro usuários do local.

    Três jovens reclamam do atendimento.

    - Brrrr... Puta que pariu, que espelunca! – Bravejava um suposto candidato a aventureiro a seus colegas de mesa. – Essa merda de lareira não esquenta porra nenhuma e nossas cervejas ainda não chegaram! – Concluía. Era apenas um garoto, não mais do que 16 anos na cara cheia de espinhas e dentes tortos e amarelados. Vestia uma armadura de cota de malha e tinha uma espada grande repousando ao lado de sua cadeira.

    - Acredito que pela cara despreocupada da taberneira, vai demorar ainda mais... – Respondia uma garota sentada ao lado direito do rapaz, suas roupas e o grande livro aberto logo em sua frente entregava se tratar de uma maga. Sem falar em seu chapéu pontudo. – Mas posso fazer algo sobre o fogo... - Então para tentar trazer algum alivio a todos os presentes no local, a moça esticava seu braço em direção a lareira... Mas Milana grita para ela não fazer isso.

    —NÃO! Temos de manter essa temperatura... Nada de fazer isso.

    E nesse momento peculiar que Anne chega, os olhos de Milana se voltam para ela, assim que ela saí de trás do balcão resmungando e vai até a meia-elfa.

    —Em que posso ajudar?

    Reino de Ahlen
    Simon Black
    Mutante
    Simon Black
    Mutante

    Mensagens : 683
    Reputação : 18

    Parte 2.3: A Agente da Nobreza Empty Re: Parte 2.3: A Agente da Nobreza

    Mensagem por Simon Black Sex Mar 26, 2021 7:12 am

    Cidade de Gorsengred - Taverna Ganso Manso


    A expressão de Jack, um homem que aparentemente a ajudou, mas que no fim ficara claramente com algo por dizer, ainda estava em sua mente. Aquele era um Reino de meias palavras e saber ler o que era dito pelo corpo e escondido no que era proferido tinha que fazer parte de quem queria progredir naquelas terras. Fosse em Gorsengrend ou Thartann.

    O Ganso Manso, que acabara por encontrar depois de alguns momentos de caminhada oculta pelas ruas da cidade, não era exatamente grandiosa, mas obviamente se tratava de um ambiente onde poderia se refugiar por um período. A longa viagem poderia cobrar seu preço e, além disso, seria um lugar para ter de apoio.

    Seu olhar percorreu o ambiente, analisou os que por ali estava, se deteve pouco em cada um, embora o farto busto da beldade morena que atendia por Milana foi notado, trazendo um sorriso bem ligeiro no canto dos lábios ao pensar em qual seria a proximidade dela com Jack. Manteve os ouvidos atentos ao grupo que reclamava, depois de deter os olhos por poucos segundos sobre eles.

    Seu pensamento fora apenas um quando a presunçosa pensara em acender o fogo e o grito, por parte da responsável, gritou: amadores. E um riso de escárnio surgiu em sua face enquanto ela esperou e o atendimento finalmente chegou.

    - Eu gostaria de uma refeição... pode ser a do dia... - um curto sorriso surgiu em seus lábios - - E também de um quarto, se for possível! - completou, os olhos indo até os dela.

    Reino de Ahlen
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 4240
    Reputação : 77
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.3: A Agente da Nobreza Empty Re: Parte 2.3: A Agente da Nobreza

    Mensagem por Claude Speedy Sex Mar 26, 2021 12:05 pm

    Cidade de Gorsengred - Taverna Ganso Manso


    —Ah, mas é claro...

    Ela respondeu e trouxe uma quente sopa de batata doce extremamente nutritiva e uma caneca de um tipo de chá detox. O grupo continuava a reclamar sobre o frio, aparentemente eram três adolescente e ficavam se gabando de suas capacidades como aventureiros mercenários experientes.

    Rapidamente as acomodações para Anne foram conseguidas e Milana retornava pouco depois, ela começava a conduzi-la para seu quarto andar acima enquanto entregava a chave.


    —Se tiver algo mais que eu possa fazer por você...


    Reino de Ahlen
    Simon Black
    Mutante
    Simon Black
    Mutante

    Mensagens : 683
    Reputação : 18

    Parte 2.3: A Agente da Nobreza Empty Re: Parte 2.3: A Agente da Nobreza

    Mensagem por Simon Black Dom Mar 28, 2021 9:16 am

    Cidade de Gorsengred - Taverna Ganso Manso


    Agradeceu com um movimento de cabeça assim que a quente sopa de batata doce extremamente nutritiva e a caneca de chá foram trazidas. Seu olhar perpassou momentaneamente pelo grupo que continuava a reclamar sobre o frio. Colocou a ponta da caneca sobre os lábios, sorvendo um pequeno gole do chá para prová-lo. Na sequência, fez o mesmo com a sopa, usando uma colher para tal. Gostando do que provara, algo para aquecer em um momento de frio, tratou de se alimentar.

    Tempos depois, quando já havia terminado a refeição e Milana retornou para conduzi-la até um quarto, entregando-lhe a chave, vieram mais algumas palavras.

    - Um pouco de conversa e informações, talvez... - disse com um sorriso nos lábios finos - Cheguei hoje à cidade, passei rapidamente por uma loja de ervas, foi um rapaz que estava lá que me recomendou vir aqui. Era o... o... - sua expressão ligeiramente perdida parecia denotar que esquecera o nome dele, assim como de Milana, mas obviamente nem uma coisa nem outra ocorrera - James... não... Jack Adams, isso. Disse para procurar uma moça... que não lembro o nome... avisar que ele me enviara - falou, com uma expressão ligeiramente perdida e concluiu - Milena... não, Milana, isso, esse era o nome. Você a conhece? - perguntou com uma expressão inocente na face.


    Reino de Ahlen
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 4240
    Reputação : 77
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.3: A Agente da Nobreza Empty Re: Parte 2.3: A Agente da Nobreza

    Mensagem por Claude Speedy Seg Mar 29, 2021 11:19 am

    Cidade de Gorsengred - Taverna Ganso Manso


    —Eu sou Milana, senhorita. Se Jack te enviou deve ser por algum motivo especial. Algum problema com os guardas da cidade hoje?

    Ela respondeu enquanto subia as escadas até o outro andar, então tocava uma parede onde surgia uma porta secreta, entrando em um quarto onde há uma cama em um canto e uma tina vazia.

    —Pela manhã fique atenta, eles costumam ser agressivos... Essa é a chave dessa porta.  Se quiser água quente e um banho é só me dizer. Penso que a senhorita já deve ter notado que os guardas do reinado são saqueadores terríveis com os forasteiros... Você precisa descansar.

    Ela fecha a porta atrás de vocês duas e continua.

    —Existe uma saída secreta bem aqui nessa outra parede. Você talvez ache que precise usa-la... Então eu vou pedir um dinheiro adiantado de vinte moedas de prata.

    Comentava olhando nos olhos da espiã, aguardando justamente o pagamento e sabendo que ela precisaria daquela noite.

    Reino de Ahlen
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 4240
    Reputação : 77
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.3: A Agente da Nobreza Empty Re: Parte 2.3: A Agente da Nobreza

    Mensagem por Claude Speedy Seg Mar 29, 2021 11:35 am

    @Claude Speedy escreveu:
    Cidade de Gorsengred - Taverna Ganso Manso


    —Eu sou Milana, senhorita. Se Jack te enviou deve ser por algum motivo especial. Algum problema com os guardas da cidade hoje?

    Ela respondeu enquanto subia as escadas até o outro andar, então tocava uma parede onde surgia uma porta secreta, entrando em um quarto onde há uma cama em um canto e uma tina vazia.

    —Pela manhã fique atenta, eles costumam ser agressivos... Essa é a chave dessa porta.  Se quiser água quente e um banho é só me dizer. Penso que a senhorita já deve ter notado que os guardas do reinado são saqueadores terríveis com os forasteiros... Você precisa descansar.

    Ela fecha a porta atrás de vocês duas e continua.

    —Existe uma saída secreta bem aqui nessa outra parede. Você talvez ache que precise usa-la... Então eu vou pedir um dinheiro adiantado de vinte moedas de prata. Se não quiser mais nada além do banho... Eu já lhe desejarei uma boa noite depois disso.

    Comentava olhando nos olhos da espiã, aguardando justamente o pagamento e se não fosse pedir pelo banho, o local para descansar era protegido suficiente.

    Reino de Ahlen
    Simon Black
    Mutante
    Simon Black
    Mutante

    Mensagens : 683
    Reputação : 18

    Parte 2.3: A Agente da Nobreza Empty Re: Parte 2.3: A Agente da Nobreza

    Mensagem por Simon Black Qua Mar 31, 2021 7:05 am

    Cidade de Gorsengred - Taverna Ganso Manso


    Havia muito o que pensar, como reagir. Recebera algumas informações em Thartann, mas a chegada a Gorsengred apenas demonstrava que a inteligência real não detinha todas as informações. A cidade estava muito mais problemática do que supunham e, ao que parecia, a família Zinfraud estava um passo a frente para tomar, de fato, o lugar. E, quem sabe, expandir futuramente.

    As duas conversavam enquanto subiam escadas. A mulher se revelou sendo a Milana, indicada por Jack Adams para que procurasse. Acabou deixando escapar um suspiro quando veio a pergunta a respeito dos guardas.

    - Os guardas... eles autorizaram minha entrada na cidade, mas senti que alguns me seguiam e por isso entrei na loja... - ela olhou de relance para a taverneira - Foi onde o conheci. Vi de lá os guardas rondando, procurando, e ele me falou sobre o que fazem com pessoas como eu... - deu um risinho maldoso de canto de lábios, afinal seu pensamento era que eles não sabiam o que ela fazia com pessoas como eles - Como precisava de um lugar pra ficar, ele me indicou vir aqui e te procurar!

    Suas sobrancelhas se ergueram ao ver a porta secreta que era revelada e o quarto em que as duas acabavam por entrar. Seu olhar percorreu cada centímetro do ambiente, havia muito ali e era impressionante como tavernas escondiam coisas... interessantes. Deixou sua mochila no canto da cama, muitos de seus pertences estavam ali.

    Seus olhos se voltaram para a beldade que lhe aconselhava a respeito do dia seguinte. Não respondeu por hora, deixando-a fechar a porta e falar do restante do quarto, já com a chave do mesmo recebida em mãos e guardada de imediato.

    Foi até a mochila e a abriu, retirando dela uma algibeira e coletando 25 moedas de prata.

    - Obrigada pelo conselho... - os olhos dela estavam nos seus e Anne acabou por morder de leve o lábio inferior, enquanto estendia as moedas para Milana - E eu vou aceitar o banho sim... - murmurou com um sorrisinho - Assim como conversar, caso você possa ficar mais...

    Reino de Ahlen
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 4240
    Reputação : 77
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.3: A Agente da Nobreza Empty Re: Parte 2.3: A Agente da Nobreza

    Mensagem por Claude Speedy Qui Abr 01, 2021 1:41 pm

    Cidade de Gorsengred - Taverna Ganso Manso


    Milana olha para fora depois olha para Anne e sem dizer muito ela também agarra a espiã e a beija. Ao que parece caindo no flerte de imediato...

    Os momentos seguintes são seguidos de um longo beijo e carícias de prazer da parte de ambas e enquanto a mão da morena percorre as coxas da meia-elfa acaba achando a arma oculta... aparentemente no mesmo lugar Jack estava olhando lá na venda. É estranho, mas por um momento a impressão era de que ela sabia onde estava escondida a pistola.

    Conforme se despem, é notório que há também uma adaga oculta com a Milana. Para espiã meia-elfa Fica evidente que aquelas ações todas também visavam seduzir profundamente, o que não deixava de ser divertido já que o plano da agente do reinado era justamente esse e também ficava notório que por pouco ela não se sentiu fisgada pela intimidade que se seguiu.

    Depois de algum longo tempo naquela noite, ambas estavam na cama, deitadas descansando das "atividades" quando Milana se senta na cama e se inclina para pegar em um bolso escondido em uma das botas o que parecem ser algumas ervas e um cachimbo muito parecido com o que Jack vendia.

    Era achbuld, uma erva ilegal em todo reino, mas pelo que diziam muito menos danosa para saúde do álcool e Anne sabia que ela era utilizada como remédio em Salistick.
    Será que algumas dessas ervas estavam sendo vendidas ali? Estaria a guarda envolvida...?

    De costas para meia-elfa, ao invés de acender o cachimbo, ela começa a enrolar em um pequeno pedaço de papiro as folhas picadas e amassadas.

    Ela acende com pederneiras e depois de fumar um pouco oferece para Anne.


    Reino de Ahlen
    Conteúdo patrocinado


    Parte 2.3: A Agente da Nobreza Empty Re: Parte 2.3: A Agente da Nobreza

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Dez 04, 2021 2:15 am