Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Brumas de Baróvia

    Sandinus
    Moderador
    Sandinus
    Moderador

    Mensagens : 11244
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Brumas de Baróvia - Página 10 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Sandinus Seg Ago 16, 2021 10:34 am

    O grupo é atacado por alabardas que saem das paredes do castelo, elas alvejam o grupo o Duegar é atingido em cheio de modo severo, recebendo um corte profundo no olho e rosto. Um grito abafado de dor é ouvido enquanto o sangue jorrou sujando os demais do grupo. Ele se agarra fiem para não cair mas o golpe foi muito severo.

    -Arrrgh... ISSO NÃO VAI NOS PARAR! VAMOS FIRMES!

    Enquanto sacava seu escudo para ganhar mais proteção, CA passando a 20. Em seguida sua mão brilha e ele toca em si.

    Mecânica:

    Dalnur usa sua habilidade sobrenatural de paladino e Impor as mãos e cura 8 Pvs. Mestre: o Dalnur tem RD 1 da armadura então o dano reduziu em 1, sendo 20 de dano, i tirando os 8 agora foi pra 12 de dano. Ficando com 35/47.
    Nightingale
    Cavaleiro Jedi
    Nightingale
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 247
    Reputação : 2

    Brumas de Baróvia - Página 10 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Nightingale Seg Ago 16, 2021 6:06 pm


    Ventress virou um morcego-vampiro e logo levantou voo batendo as asas e usando o seu sonar como guia para achar a fonte daquele som de coração. Ela subiu o mais rápido que podia. Ela então via as frestas da parede se liquidificando e logo via alabardas surgirem de todos os lados. Ventress parou e emitiu um pequeno e grunhido agudo em direção à eles como se estivesse tentando chamar a atenção deles para a armadilha, porém um Morcego-vampiro não falava e por mais que ela quisesse gritar à eles "cuidado" sua anatomia de morcego não permitia. Ela então sobe o mais rapido que podia, seu tamanho tão diminuto e sua agilidade gigantesca devido à forma faziam com que as lanças perfurantes fossem faceis demais de se desviar. Quase não era necessário. Ela continuava subindo o mais rápido que podia, até que ela via aquela bizarra forma, um coração de vidro que bombeava uma espécie de sangue mágico. Ela observou que havia algo de muito maligno naquele coração, ele pulsava com flashes e luzes, era claro que utilizava magia e se tratando de Vlad e das cores, magia maligna. Aquela coisa parecia realmente um órgão vivo, quase como uma aberração da natureza. Era como se Vlad tivesse tornado a torre em si em uma anedota de um ser vivo, e o coração era justamente isso, o coração da torre. Ela via várias flechas pelo sonar, era como se várias pessoas tivessem tentado acertar o coração mas haviam falhado. Bem, agora a situação era diferente, essa armadilha não fora feita para impedir a passagem de um morcego-vampiro.

    Assim, Ventress voava rapidamente em direção ao coração, conseguindo passar por todas as lanças sem ser atiginda. Ela então pousava em cima daquele coração e em sua forma morcego em cima do coração ela voltava a forma normal, o que talvez, com seu próprio peso, já desestabilizaria o coração por si só, mas assim que seu corpo voltava à forma plena humanoide, Ventress que estava ajoelhada com a perna direita e com o pé esquerdo em cima, retira da bainha sua espada de prata num movimento giratório com a mão.

    - Aqui jás um coração flagelado!!! HUH!!!

    Com as duas mãos, Ventress finvaca a espada no coração a fim de destruí-lo de uma vez por todas e tão logo ela caísse, se não fosse possível facilmente pousar em forma humanoide ela voltaria em forma de morcego no ar.
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1510
    Reputação : 66

    Brumas de Baróvia - Página 10 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Alexyus Qui Ago 19, 2021 9:36 am

    Loriel escapou por pouco do ataque da armadilha de alabardas, mas Dalnur e Lunathel foram atingidos, a elfa apenas de raspão, mas o anão bem no olho. 

    Isso alarmou o Virtuoso, que instintivamente movimentou-se para a retaguarda do anão paladino que empunhava seu escudo para garantir maior cobertura.

    Na melhor posição que conseguiu alcançar, Angelus ergueu as mãos enquanto proferia as palavras mágicas para invocar uma das magias mais fundamentais de seu repertório.

    - Magicae Missilia!!!

    Brumas de Baróvia - Página 10 M%25C3%25ADsseis%2Bm%25C3%25A1gicos

    O alvo de cada um dos mísseis mágicos era o cabo das alabardas, visando quebrá-los para assim arrancar a parte letal das lâminas de seu suporte.
    Dovahkiin
    Tecnocrata
    Dovahkiin
    Tecnocrata

    Mensagens : 301
    Reputação : 9

    Brumas de Baróvia - Página 10 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Dovahkiin Ter Ago 24, 2021 10:54 am



            Dalnur urrava de dor com o olho sangrando, mas se mantinha firme e se protegia para evitar futuros ataques, enquanto usava a outra mão para tentar reparar o pior do corte em seu rosto. A elfa também era ferida de raspão, mas o restante do grupo havia conseguido a duras penas evitar o ataque. Neste momento, Ventress se tornava um morcego e desaparecia voando para o alto.

            Visando futuros ataques, Loriel disparava Mísseis Mágicos contra as armas, danificando suas hastes.


    ...


            Muitos metros acima, Saarth podia sentir sob seus pés que algo ruim acontecia abaixo da torre. Não muito abaixo, um morcego voava, enquanto alabardas tentavam inutilmente atingi-lo. O morcego pousava no topo do coração e lentamente se transformava em sua forma Drow.


    ...


            Abaixo, uma nova leva de ataques flagelava o grupo. Luna e Dalnur eram atingidos de raspão, enquanto Loriel levava um corte moderado no braço. Já Zoltan conseguia evitar novamente o ataque.


    ...

            Ventress se dependurava no grande coração de vidro e seu pouco peso era quase o suficiente para romper as artérias do órgão artificial. Ainda assim, ela sacava sua lâmina de prata e com uma última fala emblemática, enterrava-a no coração. Imediatamente, a luz avermelhada parava de irradiar, e um líquido escuro e viscoso com um odor horrível vazava do coração, como uma torneira aberta.

            No mesmo instante, as alabardas caiam todas no chão, imóveis, enquanto as frestas nas paredes se fechavam sozinhas. Parece que o perigo havia passado. Ao menos o perigo nesta torre...
    Sandinus
    Moderador
    Sandinus
    Moderador

    Mensagens : 11244
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Brumas de Baróvia - Página 10 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Sandinus Sex Ago 27, 2021 8:57 pm

    Dalnur mal tinha se curado e sofreu mais um ataque, mesmo de raspão prejudicou ainda mais a saúde do Paladino que mesmo com o escudo não conseguiu se proteger, ele resmungava irritado, seus companheiros tentavam deter as lâminas mas só depois que a vampira subiu que as lâminas caíram como se tivessem sido desativadas. O anão olha para cima confuso esperando que ela voltasse para esclarecer o que fez.

    Enquanto isso acelerava o passo para sair dalí o mais rápido possível.

    -Vamos, agora é a chance de acelerarmos antes que isso volte!
    Dovahkiin
    Tecnocrata
    Dovahkiin
    Tecnocrata

    Mensagens : 301
    Reputação : 9

    Brumas de Baróvia - Página 10 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Dovahkiin Dom Ago 29, 2021 7:00 pm

    OFF: Apenas corrigindo um equívoco meu.


    Assim que o chão parava de tremer, Saarth se perguntava o que havia ocorrido. Mas mais importante que isso, ele pensava que aquele não era um lugar seguro para se estar e ia logo em direção ao baú. Não haviam armadilhas à sua volta (talvez a própria torre fosse uma armadilha e a luz o chamariz?!). De qualquer forma, o baú estava trancado por um grande e velho cadeado enferrujado que facilmente poderia ser quebrado.

    OFF: Levando em conta que ele abra o baú, segue a cena:


    Spoiler:

    Brumas de Baróvia - Página 10 Sword10
    OFF: Estou sem tempo de cortar a imagem, mas imagine a lâmina sem cabo.

    Uma lâmina sem cabo brilhava como o próprio sol, e caso ele a segurasse, uma estranha força parecia dirigir a parte de seu cabo para a porta trancada em direção à torre lá em baixo.

    ...


    Logo abaixo, nas escadas da torre, Dalnur, ainda segurando o sangramento de seu olho, sentia algo vibrar em seu bolso. Ao mexer nele, via o cabo da espada brilhando, e, como que atraído por uma força magnética, apontava para cima.
    Nightingale
    Cavaleiro Jedi
    Nightingale
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 247
    Reputação : 2

    Brumas de Baróvia - Página 10 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Nightingale Ter Ago 31, 2021 7:55 pm

    O cheiro que irradiava daquela coisa era terrível. Felizmente, Ventress não precisava respirar e não despencava também em queda livre, visto que as artérias, embora abaladas pelo peso da Vampira Drow, não tinham cedido completamente nem pelo nem pelo golpe desferido com a espada. Ela notava lá abaixo que algo mudava, não escutava mais sons, as lanças pararam de serem invocadas das paredes. Ela sorriu brevemente com a pequena vitória e seus olhos predatórias brilharam em tom vermelho. Logo, ela saltou no ar e deixou-se cair em queda livre com a capa esvoaçando para cima. Chegando numa altura considerável ela novamente se transformava em morcego, se aproximava até o grupo, vendo que o Daenor havia sido muito ferido nessa armadilha.

    Ela pousava diante deles, na escada logo que o Duegar começava a apressar a todos, e em poucos segundos o pequeno morcego vampiro novamente começava a crescer virando o corpo da Drow denovo.

    Ventress escreveu:Brumas de Baróvia - Página 10 Ventre26

    - Não é necessário tanta urgência, Duegar, pelo menos não mais por essas lanças. Eu desativei o sistema de defesa desta torre. O coração batendo que o Elfo e eu escutamos, aquele era o sistema de defesa. A menos que haja uma magia profana de restauração do sistema da Torre, estamos seguros, mas sim, temos outros motivos para nos apressarmos além deste. Você está bem? Consegue prosseguir?

    Ao final, ela perguntava ao anão negro, tentando se esforçar para ter algum tom compassivo em sua voz e não parecer um automato falante. Olhar para a ferida sangrenta do anão despertava o apetite em Ventress, mesmo que ela tivesse já se alimentado, o sangue era um vício eterno e uma necessidade avassaladora. Ela sabia que estava muito bem sob controle e tentava não encarar o sangue que escorria da cara do Daenor, mas ainda assim era um ato consciente ter que não ficar olhando. Felizmente ela estava com seu anel, mas ainda levaria uma semana para que ele fizesse o efeito desejado. Se ninguém fizesse mais objeções com relação a prosseguirem, Ventress continuaria com o acordo de ir à frente, embora sempre alerta para sua retaguarda também.

    Dycleal
    Wyrm
    Dycleal
    Wyrm

    Mensagens : 8038
    Reputação : 151
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Brumas de Baróvia - Página 10 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Dycleal Qua Set 01, 2021 10:41 am

    Zoltan ouve as palavras de Dalnur, vê um morcego chegar e se transformar na moça que viram anteriormente e confirma a necessidade de acelerar os passos, o anão reposiciona seu escudo e diz: - Sigamos com cuidado, sem perder o ritmo. Eu tentarei manter a proteção em movimento. E segue em frente pela escada, com cuidado e de forma a defender os demais.
    Dovahkiin
    Tecnocrata
    Dovahkiin
    Tecnocrata

    Mensagens : 301
    Reputação : 9

    Brumas de Baróvia - Página 10 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Dovahkiin Sex Set 10, 2021 2:37 pm

    O perigo havia passado (ao menos naquele local, pois todos suspeitavam que o castelo inteiro era cheio de armadilhas). Assim, o grupo sobe, guiados pelo cabo da espada que Dalnur segurava, chegando até a porta lá em cima. Ventress não podia acompanhá-los nesta parte, pois a luz que passava pelas frestas da porta a feririam. A porta estava trancada, mas suas barras envelhecidas e enferrujadas poderiam ser destruídas por um mero golpe de machado ou espada.


            Ao entrarem lá dentro, encontram seu companheiro desaparecido: Saarth, e ele já havia aberto o baú e encontrado a lâmina que faltava à espada. Dalnur que segurava o cabo e Saarth que tinha a lãmina consigo, sentiam uma atração entre as duas partes da espada, que pareciam vivas e dispostas a se juntarem novamente.

            Caso ambos unissem as duas partes, o brilho da lâmina acabava, mas seu portador de alguma forma sabia que poderia acendê-la com sua própria vontade (ação padrão) duas vezes por dia, como se um elo mental o unisse à arma.






    OFF: Trata-se de uma Espada Longa +2 Ordeira/Boa. A luz irradiada por ela dura 1d4 rodadas e queima criaturas das trevas como o próprio sol. Além disso, conta como uma arma +3 contra Mortos-Vivos e seu portador recebe +2 contra qualquer efeito de medo enquanto a portar. Agora resta Dalnur e Saarth decidirem quem será seu portador.
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1510
    Reputação : 66

    Brumas de Baróvia - Página 10 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Alexyus Sex Set 17, 2021 2:06 pm

    Loriel usou sua magia de Detectar magia para identificar as propriedades místicas daquele cabo de espada.

    Uma vez que tivesse todas as informações, contaria aos seus companheiros o que tinha descoberto.

    OFF: Ele vai repetir as especificações que o mestre já deu.
    Sandinus
    Moderador
    Sandinus
    Moderador

    Mensagens : 11244
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Brumas de Baróvia - Página 10 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Sandinus Seg Set 27, 2021 10:10 am

    Dalnur observa a situação com certa satisfação, sua intuição que levou eles para lá, ele estava certo. Com um sorriso ele se aproxima de Saarth:

    -Realmente, eu estava certo de vir logo aqui. Com esse cabo e essa Lâmina formaremos a arma para destruir esse traidor da ordem e profanador! Então, Saarth, peço que essa espada fique comigo, preciso limpar o nome de minha ordem jogada as traças por esse maldito vampiro.

    Dalnur aguardava a opinião do clérigo.
    Edu
    Wyrm
    Edu
    Wyrm

    Mensagens : 7789
    Reputação : 116

    Brumas de Baróvia - Página 10 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Edu Sex Out 15, 2021 10:24 am

    O clérigo entrega a lamina ao paladino.

    - Que use essa espada com sabedoria irmão - diz isso entregando a ele a espada.
    Dovahkiin
    Tecnocrata
    Dovahkiin
    Tecnocrata

    Mensagens : 301
    Reputação : 9

    Brumas de Baróvia - Página 10 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Dovahkiin Seg Out 18, 2021 5:26 pm




    Assim que decidiam quem ficaria com a poderosa arma sagrada, o grupo optava por seguir a opção de Ventress, que os guiaria até a tumba da mãe de Vlad. Agora eles faziam o caminho inverso, descendo pela torre, até masmorras cavadas dentro da própria montanha.

    Brumas de Baróvia - Página 10 London-sewer-C19th

            O local era escuro e úmido, cheirando a mofo e sonhos partidos. Além disso, o chão das masmorras estava coberto até aproximadamente a altura da cintura de um homem adulto com água parada. Ventress e Luna iam na frente, tomando cuidado para evitar possíveis armadilhas, até que o local se bifurcava. O lado direito levava até as catacumbas (onde estava tanto a tumba de Vlad como a de sua mãe, irmão e diversas outras pessoas). O lado esquerdo levava para até um túnel escuro onde Ventress diz ter sido torturada.

    OFF: Aqui vou supor que o grupo decida continuar seu rumo pelo túnel da direita. Se por alguma razão decidirem mudar de ideia, podem avisar que eu mudo a cena.


    Brumas de Baróvia - Página 10 83zfompk0i951



            As catacumbas era um enorme labirinto de pilares/lápides de dezenas de indivíduos. Nos extremos Norte, Sul e Leste (oposto à entrada) estavam três mausoléus diferentes. mais elaborados. Eram respectivamente as tumbas de Miguel (irmão de Vlad e antigo portador da Espada do Sol), Vlad e Barov/Ravenóvia (pais de Vlad).

    OFF: Novamente irei supor que o grupo siga até a cripta dos pais de Vlad.

    Brumas de Baróvia - Página 10 Z5n8lewpg7u31


            A tumba permanecia no mais absoluto silêncio. As janelas estavam escuras pelo passar de tempo, filtrando a luz que deveria passar por elas. Há um ataúde fechado em cada lado da sala. Sobre o ataúde da direita há um mural de um grande guerreiro montado em seu cavalo.

    Brumas de Baróvia - Página 10 A62b4f53e5c0ad5118ae351b6411faad

            Sobre o ataúde da esquerda há um mural mostrando uma bela jovem.

    Brumas de Baróvia - Página 10 Female-noble-4-1
    Conteúdo patrocinado


    Brumas de Baróvia - Página 10 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Out 21, 2021 5:30 pm