Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Brumas de Baróvia

    Sandinus
    Moderador
    Sandinus
    Moderador

    Mensagens : 11244
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Brumas de Baróvia - Página 5 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Sandinus Sex Maio 14, 2021 12:32 pm

    A mulher parece ter ignorado Dalnur quando ofereceu um lanche para ela, talvez estivesse ainda muito fora de sí, ou não se sentia confortável com a presença de alguém do sexo masculino. O paladino pousa o prato num dos criados-mudos e volta-se para a elfa:

    -Tente alimenta-la, talvez ela se sinta mais confortável com uma mulher. Depois se der você me fala se descobriu algo na casa ou com ela sobre o desaparecimento de sua filha. Após isso, iremos até a taverna, lá está o filho do Burgomestre, não poderemos demorar muito, pois ele pode beber de mais e ficar incomunicável...

    O anão pousa sua mão levemente no ombro da elfa e acena positivamente, saindo em seguida. Ele reune Zoltan, Saarth e Loriel.

    -Bom, assim que  nossa amiga conseguir pelo menos alimentar a senhora já poderemos seguir. A fechadura já foi resolvida, o que me tranquiliza quanto a segurança dessa casa e de sua senhora. O curso de ação não poderia ser outro a não ser ir a taverna, falar com o filho do Burgomestre e em seguida ir até a casa dele para ver sua irmã e se podemos fazer algo. Vocês tem alguma sugestão? Pensei em ir ao cemitério...pode ser que os mortos estejam se levantando.

    O Duegar para aguardando algum pronunciamento de seus colegas.
    Dovahkiin
    Tecnocrata
    Dovahkiin
    Tecnocrata

    Mensagens : 301
    Reputação : 9

    Brumas de Baróvia - Página 5 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Dovahkiin Sex Maio 14, 2021 1:49 pm

    Enquanto Saarth concerta a fechadura com mais um milagre, Dalnur entrega a refeição preparada para que a elfa dê à mulher. Lentamente, ela se alimenta, mas ainda olhando para o vazio com os olhos marejados e não interage com ninguém, como se apenas estivesse agindo mecanicamente para sobreviver. A situação era triste, mas no momento não havia muito mais o que fazer. Ao beber a água, ela parece se acalmar um pouco, mas ainda se nega a conversar.


            Assim, o grupo segue para a Taverna Sangue de Videira (OFF: Podem decidir se o grupo inteiro vai à taverna ou se dividem. No momento considerarei que ao menos a maior parte do grupo vai à taverna).



    Brumas de Baróvia - Página 5 1*axVbZv5IQWh4Gj-Kxxyhkg





    Brumas de Baróvia - Página 5 Blood_on_the_vine


        O ardente fogo do interior propicia um calor escasso às poucas almas amontoadas que se encontram ali dentro. O silêncio só se rompe pelos goles ocasionais do vinho aguado. Arrik, o taverneiro, está atrás do balcão. Três homens se encontram em uma mesa à esquerda e um jovem bêbado senta-se isolado entre as sombras da direita.


    Arrik:
    Brumas de Baróvia - Página 5 91e7c9b7-7128-4e82-992c-93b42bde955f_570

    Frquentadores:
    Brumas de Baróvia - Página 5 Tavern_Scene_with_Two_Men_and_a_Girl_4a61eaa

    Ismark:
    Brumas de Baróvia - Página 5 Ismark_the_Lesser_2

        De forma automática, Arrik limpa os copos, um após o outro. Quando todos estão limpos, ele começa novamente.

    Menu:

    Alho porro assado, caneca de hidromel (4 PC)
    Biscoitos de trigo e carneiro estufado, caneca de vinho (12 PC)
    Mingau de Espelta, Caneca de Cidra (4 PC)
    Biscoitos de trigo e queijo macio, caneca de cidra (3 PC)
    Pato assado e queijo azul, caneca de cidra (11 PC)
    Dycleal
    Wyrm
    Dycleal
    Wyrm

    Mensagens : 8038
    Reputação : 151
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Brumas de Baróvia - Página 5 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Dycleal Sex Maio 14, 2021 3:15 pm

    Zoltan volta para casa da chorosa senhora, deixa o clérigo consertando a porta e preocupado, sobe para observar a senhora de longe, no beiral da porta e discretamente ver se a elfa seguira os seus conselhos. Fica feliz em ver a elfa a alimentando e conseguindo empatia da senhora que conta a sua história e a da menina desaparecida. A elfa tinha observado para ele que o quarto da menina não apresentava evidências que a menina fora levada a força, pelo contrario, que deveria ter saído por vontade própria.

    O Anão logo se solidariza de coração em buscar aquela menina e traze-la para a pobre mãe, pois gostaria que se alguém acha-se seus filhos ou sua esposa fizesse o mesmo. Porém após controlar sua emoção e começar a ponderar sobre o caso, lembra que no subterrâneo existem criaturas que subvertem a vontade de seres com a mente mais fraca e os escravizam, dominando-os e tornando-os servos dóceis. Ele arrazoa que se existe no subterrâneo deve haver na superfície também e fica preocupado com o destino da menina e vê que esse resgate provavelmente não será simples e se entristece novamente torcendo para que não tenha acontecido o mesmo com sua família, porém não era alguém de desistir fácil.

    O resiliente guerreiro desce e vendo que todos estão prontos, segue junto para a taverna e ao chegar localiza quem ele acha que é o filho do burgo mestre e aponta para ele, mostrando para o cinzento e para o clérigo e olha para o cartaz onde está anunciado o menu e pede Biscoitos de trigo e carneiro estufado com uma caneca de vinho, comer e beber, no momento, era o melhor remédio para acalmar a sua alma e espera os companheiros irem sentar com o orfão do seu contratante.
    Sandinus
    Moderador
    Sandinus
    Moderador

    Mensagens : 11244
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Brumas de Baróvia - Página 5 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Sandinus Sex Maio 14, 2021 4:21 pm

    Ao chegar na taverna Dalnur logo identifica o filho do Burgomestre, um jovem bêbado estranho, segundo informou o comerciante. Mas ainda não iria interpela-lo, antes disso, estava faminto. Ele dirige-se até o balcão, mas mantinha o olho no jovem.

    -Boa noite bom senhor, queria um pato assado, queijo azul e uma caneca de cidra, por favor.

    Dalnur volta-se para os demais e sussurra:

    -Vamos sentar numa mesa próxima ao garoto... Dizia ele enquanto já se dirigia até a mesa.
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1510
    Reputação : 66

    Brumas de Baróvia - Página 5 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Alexyus Sex Maio 14, 2021 7:54 pm

    Loriel acompanhou Dalnur e os outros para a taverna, para tentar conversar com o filho do finado burgomestre.

    Lúnathêl já teria cuidado da senhora traumatizada, então ele se sentaria ao lado da elfa, mas procuraria um ângulo de frente para a porta para permanecer alerta.

    Dalnur escreveu:-Vamos sentar numa mesa próxima ao garoto...

    Loriel deu de ombros, mas comentou:

    - Não acha melhor falarmos logo com ele? Me parece que a ameaça sinistra daqui pode atacar a qualquer momento. A irmã dele pode estar desprotegida enquanto ele se embriaga aqui...
    Khaleesi
    Samurai Urbano
    Khaleesi
    Samurai Urbano

    Mensagens : 102
    Reputação : 18

    Brumas de Baróvia - Página 5 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Khaleesi Sab Maio 15, 2021 9:01 am

    Após garantirmos a segurança e alimento da mulher, sigo com o grupo até a taverna.

    Não tinha a descrição do filho do Burgomestre, mas o homem se embriagando sozinho era fácil de identificar. Os anões, no entanto, pareciam ter decidido aguardar e observar ao que aconteceria em seguida. Assinto e também peço um pato assado, seguindo Dalnur para me sentar numa mesa próxima.

    O grupo silencioso de homens bebendo e o taverneiro que agia quase mecanicamente me chamam a atenção, então aproveito para analisar melhor a taverna enquanto esperamos pela comida.

    Observar +14:
    Khaleesi efetuou 1 lançamento(s) de dados Brumas de Baróvia - Página 5 1139504.7c7e302e16a24865f62067a0b289ee5e (d20.) :
    20
    Sandinus
    Moderador
    Sandinus
    Moderador

    Mensagens : 11244
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Brumas de Baróvia - Página 5 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Sandinus Sab Maio 15, 2021 11:21 am

    Dalnur acena para Loriel com certo ar de dúvida. Afinal essa grande ameaça noturna não parece ser tão grande quando uma Taverna e um comércio sem mantém aberto a noite.

    - Não sei quão grande é essa ameaça noturna para uma Taverna e um comerciante ficarem abertos até tarde, bem como para essas pessoas estarem aqui se embriagando, porque até guerreiros experientes bêbados são um alvo mais fácil de ser abatido.

    Inclusive acho que ele sabem quando essa ameaça está por vir, caso contrário não estariam tão tranquilos como estão. De toda forma, se quiser já falar com ele fique a vontade Loriel.
    Dovahkiin
    Tecnocrata
    Dovahkiin
    Tecnocrata

    Mensagens : 301
    Reputação : 9

    Brumas de Baróvia - Página 5 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Dovahkiin Sab Maio 15, 2021 12:03 pm

    Após adentrarem na taverna, Zoltan, Dalnur e Lúnathel faziam seus pedidos no balcão. O taverneiro não falava nada, apenas os olhava com olhos depressivos, assentia com a cabeça, ia até a parte de trás da taverna pedir que preparassem a comida e voltava à sua tarefa incessante de limpar os copos.

            Enquanto esperavam, Dalnur sugere que sentem-se perto do jovem nas sombras, enquanto Loriel acreditava que não deveriam perder tempo e abordarem-no logo. Neste meio tempo, a elfa aproveita para, discretamente, usar de sua visão aguçada em busca de qualquer detalhe. Não havia muito fora do comum na taverna, os três homens da mesa ao lado nem se importavam com o que ocorria à sua volta, apenas bebiam até que um deles puxa um baralho do bolso e pergunta se os outros dois querem jogar. Por fim, o jovem nas sombras parecia já estar consideravelmente embriagado e pedia mais uma garrafa, sem se importar com o quanto estava gastando ou se teria condições de voltar para casa. A todo momento seus lábios se moviam levemente como que murmurando para si mesmo. Para os outros presentes na taverna, suas palavras desencontradas eram inaudíveis, mas a elfa podia "ler" o que ele murmurava:

    " Papai, como você foi nos deixar assim?! hic..."

    "... Antes de morrer eu juro que enfiarei uma espada no coração daquele maldito sangue suga"

    " Já que está tudo ferrado mesmo, de quê me adiantam essas moedas?! ARRIK, MAIS UMA RODADA! hic..."


            Enquanto os pratos eram preparados, Dalnur mantém a ideia de esperarem para abordar o jovem, mas diz ao meio elfo que se assim desejar, ele poderia seguir adiante com sua ideia.
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1510
    Reputação : 66

    Brumas de Baróvia - Página 5 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Alexyus Sab Maio 15, 2021 4:55 pm

    - Não sei quão grande é essa ameaça noturna para uma Taverna e um comerciante ficarem abertos até tarde, bem como para essas pessoas estarem aqui se embriagando, porque até guerreiros experientes bêbados são um alvo mais fácil de ser abatido.

    Inclusive acho que ele sabem quando essa ameaça está por vir, caso contrário não estariam tão tranquilos como estão. De toda forma, se quiser já falar com ele fique a vontade Loriel.

    Loriel assentiu, comentando:

    - Talvez o perigo não seja para todos, ou todos estão tão conformados com seu destino que já não se importam com os riscos...

    O meio-elfo compreendia a necessidade dos outros de comer e beber, talvez mesmo descansar um pouco, depois daquela jornada e dos eventos que bruscamente surgiram em seu caminho, mas ele era incansável, e dispensava aquelas necessidades fisiológicas.

    Loriel Angelus caminhou até a mesa onde o filho do burgomestre pedira outra rodada, falando num tom de voz cortês e amigável:

    - Vejo que sua noite está bem ruim. Você é o filho do burgomestre que faleceu, não é mesmo? Sinto muito por sua perda, de verdade. Eu me chamo Loriel Angelus, e eu e alguns companheiros recebemos uma convocação de seu pai, mas só chegamos agora. Ele disse que sua irmã estava em perigo e que precisava da ajuda de sujeitos poderosos para enfrentar o Mal que reside nos castelo. Sei que é tarde para ajudar seu pai agora, mas se estiver disposto a nos ajudar, eu prometo que honraremos a vontade dele.
    Dovahkiin
    Tecnocrata
    Dovahkiin
    Tecnocrata

    Mensagens : 301
    Reputação : 9

    Brumas de Baróvia - Página 5 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Dovahkiin Sab Maio 15, 2021 5:36 pm


    Loriel se aproximava do jovem bêbado nas sombras. O jovem mal parecia notá-lo até que o meio elfo fala com ele:

    Loriel: - Vejo que sua noite está bem ruim. Você é o filho do burgomestre que faleceu, não é mesmo? Sinto muito por sua perda, de verdade. Eu me chamo Loriel Angelus, e eu e alguns companheiros recebemos uma convocação de seu pai, mas só chegamos agora. Ele disse que sua irmã estava em perigo e que precisava da ajuda de sujeitos poderosos para enfrentar o Mal que reside nos castelo. Sei que é tarde para ajudar seu pai agora, mas se estiver disposto a nos ajudar, eu prometo que honraremos a vontade dele.

    O jovem finalmente percebe que havia alguém próximo a sua mesa e olha para cima, procurando os olhos do meio elfo:

    - Convoca... o senhor conheceu meu pai?

    Caso digam que receberam uma carta do pai do jovem, ele acha isso muito estranho e pede para ver a tal carta. Caso deem a ele, ele a olha e pode-se perceber rugas se formando em sua testa.

    - Desculpe informá-lo, mas esta não é a letra de meu pai! - Então o jovem pergunta quando e em que tipo de ocasião o grupo recebeu a carta. Assim que respondido, ele começa a falar:

    - Estranho... muito estranho. Principalmente pelo fato de que... bem... a verdade é que meu pai faleceu há dez dias e não ontem, como as pessoas acreditam. Logo, ele não poderia ter escrito essa carta. Mas de fato, passamos por um grande problema. Quer sentar e beber um pouco?! Pegue uma cadeira, fazia dias que eu queria contar tudo a alguém, era um peso alto demais para carregar. Então, aquele filho da mãe que reside no castelo no topo da colina, não contente em nos infernizar há décadas, por alguma razão se sentiu atraído por minha irmã, Ireena. A única coisa que impedia o maldito de levar minha irmã era o Grande Símbolo Sagrado do clérigo Danovich. Danovich nos ajudou como pôde, mas há dez dias o símbolo foi roubado, nossa casa foi atacada e nosso pai veio a falecer. Danovich nos instruiu a evitar mencionar que nosso pai faleceu, pois isso atrairia olhares gananciosos de vizinhos desesperados por dinheiro, mas na última noite me embebedei e acabei falando demais... Agora minha irmã se encontra desprotegida, por isso preciso ir para casa antes do anoitecer!


    Caso seja informado que já era noite, o jovem se levanta em um salto, desesperado.

    - Por An'tè, acabei me distraindo novamente, por favor, me levem até em casa! Minha irmã está sozinha e desprotegida!
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1510
    Reputação : 66

    Brumas de Baróvia - Página 5 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Alexyus Sab Maio 15, 2021 9:27 pm

    Loriel mostrou a carta e sentou-se com o jovem para ouvir toda a história.

    A surpresa foi tamanha que ele mal conseguiu falar.

    Quando ele falou que precisava voltar para casa antes do anoitecer, Loriel teve certeza que ele estava tão bêbado que perdera a noção do tempo. Precisava avisá-lo antes que algo ruim acontecesse.

    - Por An'tè, acabei me distraindo novamente, por favor, me levem até em casa! Minha irmã está sozinha e desprotegida!

    Loriel acenou para seus companheiros e apoiou o jovem bêbado, conduzindo-o para fora da taverna e procurando a casa dele.
    Sandinus
    Moderador
    Sandinus
    Moderador

    Mensagens : 11244
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Brumas de Baróvia - Página 5 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Sandinus Sab Maio 15, 2021 9:34 pm

    Ao ouvir o comentário do homem bêbado Dalnur levanta-se de uma vez derrubando a mesa e a cadeira num susto.

    -Mas, que irresponsabilidade sua! Como Pôde esquecer o tempo da ameaça de sua irmã! Por An'tè!

    O Duegar levanta-se agarra o homem das mãos de Loriel e o coloca sob seu ombro. -Não temos tempo de esperar ele firmar suas pernas Loriel, você realmente estava certo quando a ameaça.... O duegar corre até fora da taverna até Suk'wana, joga o jovem sob o dorso da hydra e monta em seguida.

    -A toda velocidade minha companheira!

    Cavalgava a toda até a casa do Burgomestre.
    Dovahkiin
    Tecnocrata
    Dovahkiin
    Tecnocrata

    Mensagens : 301
    Reputação : 9

    Brumas de Baróvia - Página 5 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Dovahkiin Seg Maio 17, 2021 11:10 am

    Enquanto o restante do grupo se alimentava, Loriel sentava-se com o filho do Burgomestre e o escutava. Em dado momento, Loriel pede ao grupo a carta e a mostra ao jovem, e este diz que seu pai não poderia ter escrito tal carta. A pior parte foi quando ele diz que sua irmã estava sozinha em casa e portanto não poderia se prolongar muito no bar, precisando chegar antes da noite em casa, então ele se desespera quando descobre que já era tarde da noite. Loriel vai levando-o cuidadosamente para fora, mas Dalnur se enfurece com a irresponsabilidade do jovem e levanta-se antes mesmo de terminar seu prato, joga o rapaz cambaleante nos ombros e vai para fora, jogando-o sobre a Hydra, para em seguida montar nela e ordenar que ela seguisse direto à casa. (OFF: Considerarei que o grupo siga junto).


    - Hey, acho que estou bêbado demais. Sinto como se estivesse montado em um dragão dourado de trocentas cabeças, hic...


            O grupo finalmente alcançava a casa (uma mansão de aspecto cansado, ocupando um grande espaço atrás de oxidados portões de ferro dobrados e tortos, balançando ao vento, rangendo eternamente). Ervas daninhas dominaram o solo e ameaçam fazer o mesmo com o edifício. Porém, o mato ao redor das paredes está pisoteado, formando um caminho que rodeia a vivenda. Há profundas marcas de garras no acabamento das paredes anteriormente belas. Grandes manchas negras também denunciam fogos que assaltaram as paredes. Nenhuma das janelas conserva um cristal inteiro (e nem mesmo um vidro quebrado) e todas estão obstruídas por pesadas tábuas, cada uma com manchas que demonstram mau presságio.


    Brumas de Baróvia - Página 5 9a876e1990e3960d7d7759aa178f31b5


            Ao baterem na porta, uma voz feminina os questiona:

    - Quem está aí e por que querem entrar?


            Caso levem seu irmão à porta, ela os deixará entrar automaticamente, senão será necessário convencê-la.






            A beleza da jovem corta a respiração dos membros do sexo masculino do grupo. Após conseguirem tirar os olhos dela, podem ver que o interior da casa está bem preservado, ao contrário das instalações de fora. Porém, várias tábuas podem ser vistas pregadas às pressas nas janelas (como se o processo precisasse ser repetido diariamente) e há uma abundância de símbolos sagrados espalhados por cada cômodo.


    Brumas de Baróvia - Página 5 Ireena



    Brumas de Baróvia - Página 5 Victorian-mansion-8-1024x665


            O burgomestre encontra-se no salão principal da mansão (morto, dentro de um caixão, e bastante preservado para alguém que faleceu há dez dias).


    Brumas de Baróvia - Página 5 ZvKY5hUf-R2ex20ec3jOY9IqJTFfddGKtdnhVINwtg1BRfKjAPppgF-ABPVgMdIrzwq989I9IErx8GwgtMFjKxSLRQjr__5jtaqnJgyKdjl7t1w


            A habitação é escura, exceto pelas velas que iluminam o caixão. Ela pede que todos se sentem e digam o porquê de estarem ali. Assim que falam, ela começa a falar:

    - Nossa situação tem sido difícil nos últimos tempos. Todas as noites, lobos e outras criaturas terríveis tentam invadir a casa. O coração de meu pai não pôde aguentar os constantes assédios e ele veio a falecer. Por alguma razão, desde sua morte, as criaturas não têm mais atacado a casa. Porém, nas primeiras duas noites após nosso pai falecer... acordei com isso! - Diz ela, mostrando pequenas feridas em seu pescoço.

    - Me senti mais enfraquecida a cada manhã logo depois de acordar com isso, e não sei o que poderá acontecer se isso ocorrer uma terceira vez! O Clérigo da vila nos instruiu a espalharmos símbolos de An'tè em toda a casa e disse que eu não deveria deixar a residência por nada nesse mundo. Ainda assim tenho medo.
    Dycleal
    Wyrm
    Dycleal
    Wyrm

    Mensagens : 8038
    Reputação : 151
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Brumas de Baróvia - Página 5 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Dycleal Seg Maio 17, 2021 2:55 pm

    Zoltan continua comendo o se carneiro e saboreando um excelente vinho com biscoitos de trigo para equilibrar o paladar, vê Loriel sentando e conversando com o orfão e dali um tempo, o Dalnur levanta-se com aspecto furioso , coloca o rapaz as costas enquanto ele tentava se levantar e o leva para sua estranha montaria. O anão, continua comendo, achando aquilo uma selvageria e bebe o resto de vinho que falta, limpa as migalhas de biscoito da barba e olha para os ossos do carneiro e reflete que não morrerá de fome nas próximas 24 horas e com um sonoro arroto, se levanta e parte atrás da trupe apressada.

    Quando chega a frente da casa, lembra dos refúgios que faziam para resistir aos ataques dos drows, como escaramuças e bankers, refeitos diariamente após cada ataque e ouve a voz maviosa de uma jovem que após questionar que estava ali, logo abre ao reconhecer o irmão e mostra a imagem de uma das mais belas humanas que ele já viu, embora nem sequer chegue aos pés de uma anã, principalmente a sua amada esposa... E esses pensamentos o deixam um tanto taciturno e concentra-se em observar o entorno, enquanto os amigos travam um diálogo com a moça.
    Edu
    Wyrm
    Edu
    Wyrm

    Mensagens : 7789
    Reputação : 116

    Brumas de Baróvia - Página 5 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Edu Seg Maio 17, 2021 8:00 pm

    Saarth manteve a compostura mesmo diante da grande beleza da mulher. Já sentado e na conversa com a jovem ele fala:

    - É uma decisão sabia do clérigo local, eu sugeriria que você usasse algum tipo de objeto que a protegesse contra o mal. Eu mesmo poderia usar conjurar proteção contra o mal em você para protege-la mas ela mesmo duraria apenas alguns minutos. Como os meus companheiros tem falado ao longo da nossa estadia nessa cidade, um tal de Vlad pode ser o homem por trás do que fizeram no seu pescoço. Como isso acontece toda noite, se montarmos guarda aqui poderemos protege-la quando ele vier novamente.

    Sandinus
    Moderador
    Sandinus
    Moderador

    Mensagens : 11244
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Brumas de Baróvia - Página 5 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Sandinus Seg Maio 17, 2021 9:06 pm

    Dalnur chega quase ofegante pela velocidade que impôs a sua hydra para alcançar o local o quanto antes, ele observa o local atento a procura de inimigos, mas parece não ter a não ser as marcas por toda a casa e ao que parece bastante acossada pelas criaturas. Ele pede que o homem se apresente a sua irmã para poderem entrar e assim que ele o faz a jovem abre a porta e Dalnur fica paralisado olhando a beleza estonteante da humana, claro ela não se comparava as Duegars barbudas de seu povo, mas para uma outra raça era algo realmente impressionante.
    Depois de alguns segundos sem ação ela retoma a palavra completamente deslocado:

    -Er..bem...nós..er...Trouxemos seu irmão para a sua segurança e segurança dele. Podemos entrar? Nós temos uma carta de seu pai pedindo auxílio, mas ao que parece não foi ele que escreveu...

    O grupo adentra o local convidado pela moça e Suk'wana fica mais uma vez na porta de guarda com suas cinco cabeças cada uma olhando para um lado. A casa era escura, mais até do que deveria para a situação. A Jovem descreve o que eles vem passando e Dalnur ouve os comentários de seus colegas, concordando principalmente com Saarth.

    -Sim, decisão sábia do Clérigo, porém, você precisa se proteger também, Vlad é um vampiro e ele provavelmente se alimentou de seu sangue nessas duas noites e pelo visto você já esta bem fraca... Você não pode ficar vulnerável mais uma vez. Temos que traçar um plano para pega-lo e protege-la. Quanto a seu pai, sinto muito. Agora me surpreende o fato dele ter morrido a tanto tempo e seu corpo estar intacto. O Clérigo local usou algum tipo de magia nele? Sabe dizer?
    Dalnur se aproxima do caixão, faz uma breve oração e analisando o corpo tenta identificar alguma magia divina aplicada nele.

    Conhecimento Religião: +3
    Sandinus efetuou 1 lançamento(s) de dados Brumas de Baróvia - Página 5 1139504.7c7e302e16a24865f62067a0b289ee5e (d20.) :
    3

    OFF: Mestre, lembrando que em todo o ambiente que eu entro eu sei quem não é bom, não necessariamente quem é mal, devido a aura que o Paladino possui, pra onde eu olhar uma aura de cone de 9m, igual a magia detectar o bem. É uma habilidade extraordinária, como se ao olhar para alguém eu lesse o coração dessa pessoa. OFF:
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1510
    Reputação : 66

    Brumas de Baróvia - Página 5 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Alexyus Qua Maio 19, 2021 4:24 pm

    Loriel ficou impressionado com a beleza de Ireena.

    Quase conseguia entender o fascínio do vampiro por ela, mas desconfiava que as motivações dele eram menos românticas que as do Virtuoso.

    A casa era o próprio retrato do abandono, e a presença do corpo do burgomestre era um tanto macabra.

    O meio-elfo ouviu atentamente a conversa, mantendo-se em silêncio solene, deixando que Dalnur e Saarth, os homens santos, traçassem o plano de ação.

    O meio-elfo planejava ficar acordado o máximo de tempo possível, vigiando Ireena.
    Dovahkiin
    Tecnocrata
    Dovahkiin
    Tecnocrata

    Mensagens : 301
    Reputação : 9

    Brumas de Baróvia - Página 5 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Dovahkiin Qua Maio 19, 2021 8:54 pm



    Saarth: - É uma decisão sabia do clérigo local, eu sugeriria que você usasse algum tipo de objeto que a protegesse contra o mal. Eu mesmo poderia usar conjurar proteção contra o mal em você para protege-la mas ela mesmo duraria apenas alguns minutos. Como os meus companheiros tem falado ao longo da nossa estadia nessa cidade, um tal de Vlad pode ser o homem por trás do que fizeram no seu pescoço. Como isso acontece toda noite, se montarmos guarda aqui poderemos protege-la quando ele vier novamente.

    Dalnur: -Sim, decisão sábia do Clérigo, porém, você precisa se proteger também, Vlad é um vampiro e ele provavelmente se alimentou de seu sangue nessas duas noites e pelo visto você já esta bem fraca... Você não pode ficar vulnerável mais uma vez. Temos que traçar um plano para pega-lo e protege-la. Quanto a seu pai, sinto muito. Agora me surpreende o fato dele ter morrido a tanto tempo e seu corpo estar intacto. O Clérigo local usou algum tipo de magia nele? Sabe dizer?

    O anão olhava para o cadáver mas não conseguia ver nada, porém, a jovem fornecia a resposta:

    - Sim, compramos todos os símbolos religiosos da cidade e utilizo um em meu pescoço. Desde então, não temos sido atormentados pelas crias da noite, mas estamos ilhados aqui dentro. Meu irmão sai para comprar provisões, mas sempre volta tarde. E bêbado. A morte de nosso pai fez muito mal a ele. E sim, nosso clérigo tem preservado o corpo de nosso pai através de algum milagre. Mas sinto que ele não me conta tudo, como se estivesse me protegendo da verdade. Quando eu disse que acordei com essas feridas duas vezes, ele se desesperou e disse que em hipótese alguma poderia acontecer uma terceira vez. Tenho a impressão de que algo horrível esteja prestes a acontecer, por isso, lhes agradeço por toda a ajuda!
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1510
    Reputação : 66

    Brumas de Baróvia - Página 5 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Alexyus Sab Maio 22, 2021 1:46 pm

    Loriel se desinteressava por aquela conversa sobre símbolos religiosos, pois aparentemente a efetividade deles era bem limitada.

    Enquanto Dalnur e Saarth se ocupavam disso, o meio-elfo mantinha-se ao lado de Lûnathèl, imaginando se a elfa em sua vida mais longeva já teria tido alguma vivência que ajudasse a elucidar alguma coisa sobre o impasse daquela situação.

    Ao mesmo tempo, o olhar dele não de desviava da bela Ireena, que apesar de alegar não saber nada sobre o que ocorria, mas que sem dúvida era a chave para todo o mistério.
    Sandinus
    Moderador
    Sandinus
    Moderador

    Mensagens : 11244
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Brumas de Baróvia - Página 5 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Sandinus Sab Maio 22, 2021 3:20 pm

    Preocupado se tinha alguma falha na proteção da casa, Dalnur decide procurar por algo maligno que posso estar no imóvel, um item que aparentemente era normal ou se havia algo escondido em algum lugar da casa, para isso o Paladino ora para An'tè e usa sua habilidade detectar o mal.

    Ele se ajoelha com o símbolo de An'tè e mãos e assim que ativa a habilidade decide vasculhar todos os cantos da casa embutidos os andares. Seis olhos brilham dourado enquanto o Duegar busca o seu intento.

    Com o alcance de sua magia, não iria perder muito tempo.
    Conteúdo patrocinado


    Brumas de Baróvia - Página 5 Empty Re: Brumas de Baróvia

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Out 21, 2021 6:25 pm