Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Albam Pekham

    Noa
    Cavaleiro Jedi
    Noa
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 230
    Reputação : 1

    Albam Pekham Empty Albam Pekham

    Mensagem por Noa Qua Maio 26, 2021 1:07 pm

    A partir da chegada dos novos concílianos em Avalon ninguém podia se dar ao luxo de não pegar no pesado preparando suas acomodações, exceto é claro pelo nobre Pekham da Casa Verdicus, do qual dispunha da ajuda dos braços fortes e condicionamento físico vigoroso de seu servo Domor, que se prontificava a fazer todo tipo de tarefa, desde levar as bagagens até mesmo ir pegar água no poço para os demais. Dessa forma pôde clarear sua mente para tomar a difícil decisão de onde faria sua morada. No centro das ruínas de Avalon havia diversos alojamentos individuais de estrutura semelhante a de casas feitas de pedra, no entanto muitas delas estavam terrivelmente avariadas. Por sorte, fôra capaz de encontrar entre elas uma construção velha e empoeirada, porém mais espaçosa, onde além de fixar seu laboratório talvez também pudesse chamar de lar. Dawid, o carpinteiro do concílio, passou a semana inteira fazendo os devidos reparos e fortificando as vedações para que o clima frio e úmido não penetrasse em seus aposentos. Assim, com a reforma terminada e seus pertences ajeitados, enfim Albam e Irina podiam descansar mais tranquilos, passando juntos uma noite calorosa e privativa debaixo de seus lençóis de seda.

    Logo pela manhã o artífice despertava ouvindo suavemente o som lírico de sua companheira. Sentada próxima da janela, seus dedos delicados e graciosos deslizavam pelas cordas de sua lira formando as notas com tamanha intimidade em uma destreza quase absoluta, tornando-se difícil de acompanhar aqueles movimentos sem sentir uma intrigante sensação sublime, como o calor de uma fogueira crepitante em uma noite fria. Os cabelos negros e volumosos de Irina caíam por sobre seus ombros como a noite em seu esplendor a emoldurar sua face morena e olhos púrpura. Um sorriso descontraído formava-se em seus lábios fartos arqueando a sobrancelha ao notar o despertar de seu amante. Entretanto, antes que pudesse encerrar seu acorde, subitamente seus olhos se arregalavam e um suspiro profundo era tomado em um tom do desespero de um afogamento, franzindo sua testa em uma tenebrosa agonia.
    No monento em que Albam se levantava para acudi-la, sua voz inundava todo aquele recinto, como o trovejar em uma tempestade:

    -- A tormenta varrerá estas terras para os confins do oblivium!

    E então desmaiara repentinamente, deixando seu corpo cair sobre seu instrumento como se pegasse em um sono profundo. Em um sequência turbulenta, um tumulto era ouvido ao longe e não demorou para que martelassem fortemente ao bater em sua porta. Para que então a voz grossa de Domor se fizesse presente trazendo a noticia de forma abrupta sem dispor de firulas.

    -- Estamos sob ataque!
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5039
    Reputação : 390
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Albam Pekham Empty Re: Albam Pekham

    Mensagem por Bravos Sex Maio 28, 2021 2:57 pm




    Albam Pekham

    - Você, Dawid, é incrível! - Dawid escutou diversas vezes frases como aquela durante os trabalhos no novo lar do mago Verditius. O homem era às vezes até inconvenientemente incentivador. - Olhe, aqui vai ficar a mesa do esmeril. Já ali eu vou precisar de luz, então quero um suporte para um lampião grande. Logo aqui ficará o forno, oh não... Precisa ficar longe do meu local de repouso, coloquemos ali, então. - E assim passou-se a semana.

    * * *

    Acordar com a lira graciosa de Irina era uma bênção. Sem nem abrir os olhos, Albam lhe diz: - Não tem dia ruim quando se acorda com uma melodia dessas. - Ele ainda se erguia quando notou que ela passava mal. De um salto se ergueu e correu na sua direção. - Acorde, acorde! - Albam dá alguns tapinhas no seu rosto. - ROXANA, VENHA CÁ! - Era um pedido completamente inócuo porque a Bonisagus jamais escutaria. Então veio o oráculo da espanhola. - Puta merda!

    Domor bate a porta e grita. Albam retorna: - Mas já? - Com o braço, enlaça a cintura de Irina e a levanta com dificuldade. - Domor, entre aqui, pegue Irina, se depender de mim a gente não vai chegar nem na saída dos meus aposentos. - Ele segura a musicista enquanto o socorro vem. - O que está acontecendo exatamente?







    Noa
    Cavaleiro Jedi
    Noa
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 230
    Reputação : 1

    Albam Pekham Empty Re: Albam Pekham

    Mensagem por Noa Sab Maio 29, 2021 5:54 pm

    Aquela situação era de fato atípica, visto que mesmo com as visões enigmáticas e premonições repentinas de sua companheira, ela jamais havia tido um comportamento de oráculo recitando uma profecia dessa maneira, inclusive não tinha o conhecimento do Verdicos em Latim para saber aquela palavra específica; "Oblivium'' palavra designada para retratar o esquecimento, desaparecimento, extinção e muitas outras variações de perda. Enquanto pensava e tentava ajuda-la, o aroma da musicista se impregnava em seu olfato como se reclinasse para cheirar o perfume de uma flor em dias de primavera. O corpo da garota fraquejava ao ser colocada de pé, porém no momento derradeiro em que Domor arrombava a porta agindo por impulso em meio a agitação das palavras do nobre Pekham, Irina recobrava a consciência no susto já posta de pé por Albam. O brutamontes coçava a cabeça observando a dama em seus braços sem entender muito bem o comando que havia recebido anteriormente, no entanto cruzava os braços fingindo trabalho cumprido e dizia num tom firme como lhe era de costume.

    -- Flechas voaram por todos os lados vindas de cima dos muros do portão levadiço! Na correria vi que muitos dos nossos estão se reunindo no templo.

    Domor se sentia erudito tentando falar de forma rebuscada sem recorrer a gírias para chamar atenção de seu mestre. Já Irina demonstrava o oposto, desvencilhando-se de seus braços gentilmente para que pudesse se sentar na cama. Sua postura cabisbaixa não pretendia esconder seu descontentamento com a visão que tivera, respirando fundo antes de transmitir melancolia em sua voz, até mesmo não dando importância aos relatos de Domor.

    -- Por favor, eu gostaria de ficar um pouco sozinha... Estarei segura aqui enquanto vocês resolvem esta inconveniência.

    Por outro lado, Domor também não pretendia ficar enrolando diante daquela situação emblemática onde o tempo perdido poderia implicar em graves consequências. Razão pela qual o homem se exaltava brandindo ordens como se estivesse em posição de comando antes de se virar e sair correndo sem esperar por respostas.

    -- Vá para o templo!! Eu irei dar cabo desse assunto!
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5039
    Reputação : 390
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Albam Pekham Empty Re: Albam Pekham

    Mensagem por Bravos Ter Jun 01, 2021 9:31 pm




    Albam Pekham

    Havia muitas coisas para levar em conta, já que as premonições de Irina não costumavam ser daquela forma. Quando a porta estourou com um chute de Domor, até Albam se assustou. - DOMOR, PELO AMOR DE DEUS. Agora vai ter que ajeitar essa merda. - Irina sentou-se na cama e Albam a seguiu até lá, ficando de pé diante dela. - Não saia, daqui, ok? Vamos conversar sobre isso depois. - Domor já estava atravessando a porta enquanto corria. Albam piscou duas ou três vezes antes de reagir apropriadamente. - Domor tem andando muito sensato ultimamente, eu irei até o templo para ver o que houve.

    Albam já atravessava a porta quando parou e se virou para Irina: - Ponha uma cadeira fechando a porta, já que a fechadura já não serve. - Encostou a porta atrás de si. Logo estava caminhando a passos largos para o templo onde esperava encontrar os demais.

    Quando entrasse no local, se aproximaria já falando alto: - Mal chegamos e já estamos sob ataque? O que vocês fizeram?






    Noa
    Cavaleiro Jedi
    Noa
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 230
    Reputação : 1

    Albam Pekham Empty Re: Albam Pekham

    Mensagem por Noa Sab Jun 05, 2021 6:01 am

    Ainda cabisbaixa, Irina acentia afirmativamente com a cabeça levamente acatando as palavras de Albam. Assim que saia de sua residência, podia ouvir a cadeira sendo arrastada lá dentro para que ela pudesse devidamente bloquear a porta. O centro do concílio parecia calmo como o habitual, dando a impressão que Domor havia feito alarde atoa. No entanto, ao se aproximar do templo foi capaz de notar uma movimentação atípica de pessoas agitadas correndo de um lado para o outro, sendo uma delas a jovem cozinheira Gertrudes, na qual estava rumandando igualmente para o templo porém vindo da direção oposta enquanto carregava de forma meio desajeitada um balde cheio de água e um pano de algodão pendurado nos ombros, ela parecia apressada e foi capaz de adentrar ao templo primeiro.

    Gertrudes:
    Albam Pekham 3d1e6c11

    -- Continuação no tópico ''Templo de Avalon'' --
    Conteúdo patrocinado


    Albam Pekham Empty Re: Albam Pekham

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Jun 14, 2021 4:06 pm