Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Templo de Avalon

    Noa
    Cavaleiro Jedi
    Noa
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 230
    Reputação : 1

    Templo de Avalon Empty Templo de Avalon

    Mensagem por Noa Sab Jun 05, 2021 7:54 am

    Sir Pontius olhava assustado para Flamarion, sentindo os efeitos execrável de seu Dom refletidos em suas palavras. Todavia o veterano compreendia do que aquela sensação se tratava, e apenas torcia as pontas de seu bigode no intento de controla-la para então dizer firmemente de forma cortês.

    -- Eu jamais permitiria tal descaso em minha vigilha meu lorde!

    Embora Flamarion tivesse perdido seu título de nobreza após ser deserdado pelo seu irmão, atual regente de sua família. Seu antigo servo que lhe jurou lealmente ainda o tratava como um lorde legítimo. O homem de meia idade esperou o momento em que Flamarion focava sua atenção nos ferimentos de Aysha, para que pudesse se retirar do recinto, tendo em mente em plano atrevido que faria seu senhor se orgulhar de seus serviços.

    A conciliana Mercere havia sofrido uma perfuração em seu ombro esquerdo, e não foi preciso uma avaliação profunda e detalhada para perceber que a flecha foi retirada de forma indevida causando um ferimento ainda pior. Enfim Albam chegava, cruzando com Sir Pontius ao passar pelas grandes portas de madeira maciça do local sagrado, o homem parecia determinado em seguir seu rumo mas não perdia a oportunidade de retrucar o comentário do mago.

    -- Talvez esta não seja a pergunta mais sensata neste momento meu caro...

    A voz de Flamarion estourava vigorosamente com suas palavras em latim ecoando por todo salão preenchendo o ar com aquele dose cheiro amadeirado de carvalho revelando sua insígnia mística. Aysha estava pálida e trêmula, mas sua ferida esfumaçava ao toque do jovem da Casa Flambeau, cauterizando-a instantaneamente. Com o ferimento magicamente curado, Gertrudes que já estava próxima observando tudo meio cabreira de se aproximar, tomava um impulso para limpar o sangue no corpo de Salazzar. Entretanto, Matilda a repreendia retirando o pano de suas mãos e o humedecendo no balde para repousa-lo sobre a testa da maga.

    -- Não foi pra isso que eu pedi isso! Não está vendo que ela está ardendo em febre? Limpar o sangue não é a prioridade no momento!

    Matilda estava extremamente preocupada, tentando manter o pano frio com a água do balde e repetindo o movimento na intenção de estabilizar a temperatura da conciliana. Ainda apreensiva, forçava um olhar na abrasiva presença de Flamarion para dizer de maneira aflita.

    -- Você foi incrível mestre! Mas ela ainda está envenenada, não tenho os recursos saber as propriedades do veneno e nem mesmo para criar um antídoto a tempo! Eu sinto muito, mas...

    Bastante ofegante e com dificuldades para falar diante de toda aquela energia despendida, Flamarion via lágrimas inconsoláveis de desespero começando a verter na face de sua companheira, borrando as marcas de carvão que ela pintava em seu rosto, mas ainda se agarrando na irracional esperança de tentar evitar a morte, mantendo seu movimento com o pano molhado na testa de Salazzar. Albam já se aproximava observando tudo o que acontecia, quando de repente Roxana chegava correndo esbaforida. Foi então que todos notaram algo que em meio aos acontecimentos turbulentos daquela manhã não foram capaz de lembrar...

    Devido não terem se dedicado aqueles breves 2 minutos matinais no ritual de Parma Mágica, a influência de seus Dons afetou pela primeira vez uns aos outros, tendo como agravante o Dom Manifesto da Maga de Cambridge que os fazia sentir o amargor do fel em todo seu apogeu, chegando a causar ânsia em Flamarion que estava tentando se recuperar da magia exaustiva que havia conjurado. Todos deveriam aprender a reagir aos efeitos do dom um do outro naquela situação de despreparo, sentindo na pele o que os mundanos do concílio sentiam todos os dias ao lidarem com eles. A respiração de Aysha ficava cada vez mais fraca e que seu corpo começava a ter alguns espasmos deixando claro para Roxana que sua vida estava quase encontrando o seu lamentável fim.
    Shmul
    Troubleshooter
    Shmul
    Troubleshooter

    Mensagens : 992
    Reputação : 39

    Templo de Avalon Empty Re: Templo de Avalon

    Mensagem por Shmul Seg Jun 07, 2021 9:47 am

    Flamarion parecia não ter a situação sob controle como imaginara, e as palavras de convicção desferidas se quebraram como um espelho ruidoso com morte iminente de sua aliada. Talvez a cura que havia proporcionado ajuda-se a mante-la forte para resistir ao veneno por um pouco mais de tempo, mas não entendia muito bem como venenos funcionavam. – Por Gwyndion, que veneno diabólico é este que mata em minutos, Matilda? – exclamou em nome do deus Galês.

    A chegada de Albam havia irritado o Galês, mas foi o Dom manifesto de Roxana quem causou um tremendo mal estar em todos, deixando Flamarion agressivo com a situação, ainda que não fosse sua intenção – O coração ainda batendo e já vieste recolher o corpo para seus experimentos nefastos, mulher? – disse raivoso.

    - Um ritual será necessário, mas ainda há tempo? – Então se afastou da Mercere e dos outros Magi o máximo que a situação permitia.
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5039
    Reputação : 390
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Templo de Avalon Empty Re: Templo de Avalon

    Mensagem por Bravos Seg Jun 07, 2021 10:15 pm




    Albam Pekham

    Ver Gertrudes depois de ver Irina era demasiadamente injusto, pois Irina parecia ter sido esculpida pelos deuses e Gertrudes parecia ser sido chutada sem querer por um. Albam respira fundo e entra no templo. Aysha havia sido alvejada por uma flecha e pelo andar da carruagem ela estava envenenada. - O que houve aqui? Domor chegou correndo e berrando em meus aposentos e pelo visto ele tinha motivos reais para isso.

    Logo que se aproximou sentiu um desagrado por estar perto de Flamarion. Ele não havia feito a Parma Mágica e era extremamente irritante estar próximo de outro mago. Não à toa eles se mataram durante anos. Roxana chegava e a coisa toda se tornava pior. Flamarion cuspia agressões. - Flamarion, você parece que acordou com o pé esquerdo. Se alguém pode fazer algo por Aysha agora é nossa mange-morts Bonisagus! - Albam tentava esboçar um sorriso enquanto arriscava no francês fortemente carregado.

    Flamarion sugere um ritual. Albam espera Roxana dizer algo. Não tinha exatamente como ajudar ali sem uma orientação mais precisa da maga Bonisagus. - Nós temos uma profecia de Irina para levar em consideração com o que se passa atualmente. - Disse como quem não queria nada. - Acho que querem que Avalon caia para sempre no esquecimento.






    Sayd
    Mestre Jedi
    Sayd
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1116
    Reputação : 42

    Templo de Avalon Empty Re: Templo de Avalon

    Mensagem por Sayd Ter Jun 08, 2021 1:22 pm

    Entro no templo e sigo diretamente para Aysha.

    – Cadáveres podem esperar, são os vivos que exigem pressa – rosno em resposta a Flamarion sem sequer olhar para ele.

    A distinta sensação do dom de Flamarion me faz lembrar do ritual da Parma Magica e me dou conta de que minha presença deve beirar o insuportável aos demais sodales. Surpreendentemente, nada me incomoda partindo de Albam, o que me faz considerar que ele deva possuir o dom gentil. Ele faz um comentário delicado que ignoro devido a urgência da situação.

    Sem perder muito tempo com esses pensamentos supérfluos, concentro-me em examinar a condição de Aysha.

    – Onde está o ferimento? – pergunto para ninguém específico, devido à ferida da flechada não estar visível. Escuto a resposta sem desviar minha atenção da paciente.

    Após um brevíssimo exame mundano da maga envenenada eu improviso o feitiço Epifânia dos Defeitos da Carne – trazendo uma brisa gélida com o aroma das flores de um funeral ao salão do templo enquanto gesticulo sobre o corpo da paciente bradando alta e lentamente “INFIRMITATES REVELARE GRAVI MORBO REVELARE”. Isso deve me permitir identificar imediatamente o quão grave é a situação e que tipo de veneno está sendo utilizado.*

    Feito isso, avalio se possuo em meu equipamento médico algum antídoto mundano para o veneno, o que seria uma solução mais rápida, prática e barata para o problema.

    Imediatamente em seguida realizo o feitiço “Purificação da Ferida Purulenta”, a fim de aumentar as chances de sobrevivência enquanto avaliamos as opções. Com gestos enérgicos e entoo no mesmo tom do feitiço anterior “CORPUS INFIRMUM SANARE GRAVIS"**

    Controlando a repulsa provocada pelo dom de Flamarion eu digo:

    – Você agiu corretamente ao selar o ferimento da flechada. Mesmo que esse ferimento ainda precise ser tratado quando o efeito da magia se dissipar, pelo menos por hora o corpo dela precisará lidar apenas com o veneno. Quanto a isso, fiz o melhor que era possível fazer imediatamente e é provável que ela se recupere se cuidarmos dela em um ambiente aquecido e confortável.

    Eu faço uma pausa e então concluo sombriamente.

    – Mas há sempre uma chance de que esses esforços não sejam suficientes… eu arriscaria algo em torno de uma chance em oitenta. A única maneira de garantir que o veneno cesse de ter efeito imediatamente é através de um ritual que nos custará cinco peões de vis. Isso não apenas garantirá a sobrevivência de Aysha, como também vai nos poupar a maior parte do tempo de recuperação. Considerem tudo isso enquanto providencio minha Parma Mágica, se me permitem, pois vai ser improdutivo conversarmos nessas condições.

    Afastando-me para outra parte do salão eu faço meu ritual da parma e então retorno para ouvir a opinião dos sodales.


    *Mecânicas do exame inicial::
    Espontânea(COM FADIGA): (Intellego 0 + Corpus 13 + VIG 4 + AURA 5 + gestos e voz 2 + DADO CRÍTICO)/2

    (Total 24 +Crítico/2)

    Sayd efetuou 1 lançamento(s) de dados Templo de Avalon D10 (d10.) :
    5

    NÍVEL 10 (InCo) EPIFANIA DOS DEFEITOS DA CARNE Alc: Toque, Dur: Momentânea, Alv: Indivíduo
    O magus consegue encontrar qualquer problema médico em uma pessoa ou ser humanoide que ele tocar. Esta magia oferece mais informações e com mais especificidade, do que Olhar de Cirurgião. (Base 5, +1 Toque)

    Rolagem de dado crítico:
    Sayd efetuou 1 lançamento(s) de dados Templo de Avalon D10 (d10.) :
    7

    A menos que o resultado seja 0 a magia será bem sucedida. Caso o resultado seja 0 eu deverei rolar um dado de falha crítica, então já adianto ele abaixo. Ele deve ser desconsiderado caso a rolagem anterior tiver qualquer resultado maior que 0.


    Considerando que a magia foi bem sucedida, eu serei capaz de “enxergar” o veneno, doenças e etc, mas ainda preciso de uma rolagem de inteligência mais medicina para identificar o que ele é. A rolagem segue abaixo:

    Int 4 + Med 3 = 7 +dado

    Sayd efetuou 1 lançamento(s) de dados Templo de Avalon D10 (d10.) :
    9


    ** Mecânicas do tratamento inicial:
    Formulaica: Creo 13 + Corpus 13 + VIG 4 + AURA 5 + gestos e voz 2 + DADO

    (Total 37+ dado)

    Sayd efetuou 1 lançamento(s) de dados Templo de Avalon D10 (d10.) :
    6

    PURIFICAÇÃO DA FERIDA PURULENTA [CrCo 20]
    Alc: Toque, Dur: Lua, Alv: Indivíduo
    O alvo recebe um bônus de +9 em suas rolagens de Recuperação, mas somente se estiver sob efeito da magia durante todo o período de cura. O período de cura é considerado a partir do momento em que a magia é conjurada e qualquer período de cura anterior é desconsiderado. (Base 4, +1 Toque, +3 Lua)

    Essa magia fará com que o total de recuperação de Aysha seja igual a 9 + 3 (meu valor em medicina) + o vigor dela + dado crítico. Nada do que eu fiz afeta o ferimento da flecha que Flamarion selou. Nesse momento é como se esse ferimento não existisse.
    Noa
    Cavaleiro Jedi
    Noa
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 230
    Reputação : 1

    Templo de Avalon Empty Re: Templo de Avalon

    Mensagem por Noa Sex Jun 11, 2021 3:18 pm

    Frustrada em meio ao desespero de se ver em mãos atadas naquela situação, do pouco que Matilda havia lido sobre Galeno de Pérgamo e Hipócrates, a erudita sabia que na maioria dos casos o envenenamento significava uma sentença de morte. A voz de Flamarion vinha como um trovão ao convocar o nome supremo de sua divindade a fazendo retrair o corpo instintivamente sem sequer ter coragem de responde-lo constatando sua inabilidade de lidar com aquilo que estava diante de seus olhos. Assim que Roxana chegava o clima ficava ainda mais pesado, com discussões incitando o fervilhar do sangue dos magi. Gertrudes ficava pasma ao ver a possível carniceira da membro dos capuzes vermelhos se aproximando para chafurdar seu cadáver assim como o Flambeau havia insinuado. Sua presença maligna estuporava qualquer simpatia que se pudesse ter por ela, causando olhares de desaprovação para Albam por parte das mundanas que ali estavam, devido sua tentativa de elogiar e defender a Bruxa de Cambridge.

    Em seu exame inicial no corpo da Mercere foi capaz de denotar sintomas como febre, tremores e espasmos, dificuldade na respiração, pulsação acelerada, inchaço na garganta, pele pálida, fria e úmida e o inicio de uma parada cardíaca categorizando um choque anafilático causado por um envenenamento grave. Ao assistir brevemente todos aqueles métodos precisos, tendo em mente que agora a situação seria transferida para as mãos suspeitas da necromante, Matilda se retirava junto de Gertrudes enquanto direcionava um olhar desconfiado e carregado de inveja para a Bonisagus, apenas assentindo com a cabeça para seu mestre em forma de respeito em sua partida do templo. Em meio a curiosidade da curandeira surgiu em voz alta sua indagação de como ela havia sido envenenada tão seriamente sem ao menos ter um ferimento para tal. Assim Flamarion se prontificou em atualiza-la sobre todos os detalhes que detinha da situação, causando uma sensação na maga mediante a isso de que ele havia fechado a ferida com o propósito apenas de atrapalha-la em seu processo de diagnóstico e tratamento do quadro clínico de Salazzar. A primeira magia era conjurada com certo esforço pela maga, a deixando completamente ofegante debruçada sobre a paciente, tendo o sucesso da execução como recompensa de toda aquela energia despendida. No entanto, sua insígnia trazia ao ambiente um aroma fúnebre de crisântemo que lhes passavam a impressão de que ela estava velando o corpo já sem expectativas de sobrevivência daquela mulher moribunda em frangalhos. Para a surpresa de Roxana, como se a alma estivesse prestes a sair do corpo da Persa uma luz amarela que somente ela podia enxergar irradiava, sendo tão incandescente que ofuscava suas pupilas que se dilatavam para tentar se adaptar a claridade repentina. Todo organismo de Aysha estava comprometido por aquele veneno nitidamente incomum nunca visto antes por ela, formando aspirais sincronizadas no fluxo sanguíneo como se aquela substância estivesse começando a devorar suas células de dentro para fora, como se em segundos replicasse uma degradação semelhante a que certos fungos conseguem realizar em anos, deixando-a com a certeza de que se tratava de uma toxina sobrenatural. Assim que os movimentos ritmados e conjurações voltaram a sair de sua boca, aquele cheiro se intensificava ao redor se tornando um odor desagradável impregnando todo o local, trazendo novamente um pressentimento de que um funeral inevidavelmente aconteceria ali, porém dessa vez o intuito da bruxa era estabilizar aquela pobre vítima dos efeitos tórridos e agonizantes que percorriam em suas veias. Foi então que seguindo o exemplo de Albam, evitando os pensamentos hostis influenciados pelo Dom de seus sodales, não tardou em tentar apaziguar os ânimos com seus elogios e por fim reservar poucos minutos de seu tempo para efetuar o ritual de Parma Mágica.
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5039
    Reputação : 390
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Templo de Avalon Empty Re: Templo de Avalon

    Mensagem por Bravos Sab Jun 12, 2021 1:52 pm




    Albam Pekham

    Albam vê os olhares de reprovação dos conciliares para ele, ao elogiar a Bonisagus. Ele dá um sorriso amarelo enquanto propõe: - Entendo desconfiarem, eu mesmo queria ficar longe, mas sem ela Aysha estaria definitivamente condenada. - Negócios, negócios, era melhor ela por perto que longe. Ele acompanha as ações da maga e era verdadeiramente desagradável, até porque sua magia escorria como um presente funeral. Albam leva a mão sobre o nariz e a boca sabendo que aquilo pouco iria adiantar.

    Pelo visto Aysha havia sido envenenada seriamente. Roxana se afasta para fazer sua Parma Mágica. Albam continua por ali, apesar do incômodo, era bom que as coisas estivessem alinhadas antes de sair. Quando ela e Flamarion voltassem, ele proporia: - Se o veneno é grave assim, não podemos perder mais tempo, ainda que o custo do ritual seja alto, melhor seria garantir a vida de nossa companheira. - A profecia de Irina parecia martelar na sua cabeça.

    - Roxana, sabe dizer a origem desse veneno? Com o que devemos nos preocupar? Alguma pista de quem está nos atacando? - Perguntou. Era essencial aquela informação, afinal de contas. Depois que a tivesse e que os preparativos para o ritual se iniciassem, ele se afastaria para efetivar sua Parma Mágica. Estava já impossível de conviver com aquele incômodo. Albam admirava verdadeiramente todos sem o Dom que se dispunham a viver ali entre eles.






    Shmul
    Troubleshooter
    Shmul
    Troubleshooter

    Mensagens : 992
    Reputação : 39

    Templo de Avalon Empty Re: Templo de Avalon

    Mensagem por Shmul Hoje à(s) 1:29 pm

    - Acordei da pior maneira possível, de sobressalto – disse em resposta a Albam, ainda com descontentamento em sua voz. – Por que você não nos refresca a memória à respeito da profecia?

    Ouviu Roxanne elogiando suas ações, mas as palavras soavam como deboche em sua mente - Aparentemente precipitei-me em fechar o ferimento antes do diagnóstico completo, foi um maldito tiro no escuro, visto que uma intervenção mundana talvez resolvesse – e quase rosnava entre palavras, nervoso, tanto consigo como com o DOM Manifesto da aliada.

    Enquanto a Magi de Cambridge tentava resolver a situação, Flamarion que havia tomado distancia, conjurou sua Parma Magica, a fim de diminuir os impactos de DOM nos outros, e como era de costume fazer toda manhã.

    - Nos aprecemos, então, para o ritual. Cada segundo importa. Roxanne e Albam fazem os preparativos, eu busco os peões de Vim. Matilda pode auxilia-los, certamente. – Não que Flamarion odiasse o laboratório, longe disso, mas tinha preferência por coisas práticas e menos rotineiras.
    Conteúdo patrocinado


    Templo de Avalon Empty Re: Templo de Avalon

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Jun 14, 2021 3:06 pm