Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).

Links úteis Anúncios Redes Sociais
31/03 - Novo quadro de anúncios.
31/03 - Mesas com mais de 3 meses SEM postagens serão automaticamente arquivadas.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE MAIO
Mesas que forem abertas para serem jogadas em outras plataformas
serão excluídas do fórum.




 

    Gênesis

    Dovahkiin
    Mutante
    Dovahkiin
    Mutante

    Mensagens : 601
    Reputação : 20

    Gênesis Empty Gênesis

    Mensagem por Dovahkiin Ter Mar 15, 2022 11:48 am

    Gênesis Maxresdefault


    “A Serpente infernal ele era, cuja astúcia agitada com inveja
    Enganou a  Humanidade,
    E por seu Orgulho
    Foi expulso do céu,
    Com todo o seu exército
    De Anjos Rebeldes,
    Por cuja ajuda aspirou
    Para colocar-se em Glória
    Acima de seus pares,
    Ele confiou  ter se igualado
    Ao Altíssimo e venerado,
    Então ele se opôs; com objetivo ambicioso
    Contra o trono e monarquia do Senhor”.

    — John Milton, Paraíso Perdido, Livro I


            A Sinfonia é tudo. As vidas que vivemos e as realidade que sentimos são apenas indícios de sua complexidade total. O padrão da Sinfonia é inescapável, escrito em cada folha de grama e cada estrela no céu. Pela Sinfonia, Deus criou os céus e a terra.







            Os bene-elohim, os anjos, são os seres intermediários, colocados entre Deus e Sua criação, formados da luz da divindade, mas vestidos com o firmamento da realidade. Os anjos ocupam um lugar especial na Sinfonia. Eles são os instrumentos de Deus, encarregados de nutrir Sua criação de acordo com suas naturezas. A natureza de um anjo é sua ressonância, sua profunda sintonia com certos aspectos de padrões de criação. Como cristal finamente trabalhado, suas ações ecoam pela realidade em tons frios e claros.


    Gênesis 2c4ad67868720ac2d5739202820dd628e22c17a4_hq


            Mas quando um anjo age contra sua natureza básica, cria notas dissonantes. Quanto mais dissonância o anjo mantém, mais provável é que ele caia da graça.
    Eras atrás, um terço do coro divino se rebelou contra seu Criador, seus companheiros e – o pior de tudo - eles mesmos. Não mais satisfeitos como meros instrumentos da Sinfonia, eles queriam que ela os servisse.


    Gênesis A7efc23bffab466d78455092528d7a61


            Os rebeldes abraçaram suas novas naturezas dissonantes, substituindo sua divindade altruísta com o mal negro do egoísmo. Mesmo estando em menor número, Lúcifer era o maior dos estrategistas e conseguia inspirar o coração negro de seus aliados, mas a arrogância de Lúcifer foi sua ruína, pois antigo Portador da Luz acabou por ser derrotado por Miguel (um anjo de casta mais baixa, considerado por ele um inferior). Miguel era apenas um anjo, enquanto Lúcifer era um Serafim (o maior dos Serafins, diga-se de passagem), e foi justamente a soberba de Lúcifer que o fez subestimar o mais leal dos anjos de Deus, que contra todas as probabilidades, acabou derrotando-o.







             A derrota de Lúcifer minou o moral dos rebeldes restantes, que foram derrotados um por um. Os Caídos foram lançados no reino celestial do Inferno, a partir do qual eles continuam a tramar a eventual subversão da Sinfonia à sua própria visão maligna.


    Gênesis Paradise-lost-the-rebel-angels-by-dore-gustave-dore


            Os anjos caídos se viram mudados, despidos de sua antiga graça celestial, melhor adequados ao mal em seus corações. Mas a escuridão tem uma ressonância própria, e negar sua natureza egoísta traz dissonância dolorosa para mesmo os seres mais sombrios. Um Caído cheio de dissonância é uma criatura lamentável. A maioria é enclausurada por sua própria espécie.


    Gênesis Web3-angels-and-demons-ail-lee-cc-by-2-0


            Todo o conhecimento está contido na Sinfonia, mas mesmo os celestiais têm apenas o mais vago acesso aos seus mistérios. Sua relativa clareza de visão apenas lembra os anjos e demônios quão pouco eles podem saber, e de quão incerto o futuro realmente é. Os anjos agem como suas naturezas exigem; a maioria evita a dor de questionar seu propósito maior. Os demônios, da mesma forma, perseguem incansavelmente seus objetivos egoístas, afastando o medo constante de ter escolhido o lado errado. Tudo que um celestial pode fazer é agir como sua natureza exige, e rezar para que ele tome as decisões corretas.
            A Guerra pela Sinfonia se enfurece enquanto os celestiais tocam suas partes - despedaçando almas e partindo corações, esperando pelo melhor (ou o pior).


    Gênesis 4d3d4036337fd7838ddefd5ff6cee73c
    Dovahkiin
    Mutante
    Dovahkiin
    Mutante

    Mensagens : 601
    Reputação : 20

    Gênesis Empty Re: Gênesis

    Mensagem por Dovahkiin Ter Mar 15, 2022 7:34 pm

    A GUERRA ENTRE O CÉU E O INFERNO



            O Deus vivo, também conhecido como Yahweh, o Pai de Todos, o Altíssimo, dentre diversos outros nomes, é O Ser Primordial (também considerado a Primeira Causa Eficiente das Cinco Vias de Tomás de Aquino) e o criador de todo o Universo e seres viventes. Por ser uma entidade de antes do nascimento do universo, as características de Deus são praticamente inexplicáveis. Ele representa tudo que é bom e certo, além da luz e da ordem. O Altíssimo ama toda sua criação, mas tem um foco especial na humanidade, dando a eles parte de sua essência divina e ordenando aos anjos que eles "guiassem os homens sem interferir em seus caminhos".
            Todo-poderoso e eterno, Deus preside um trono de julgamento no ápice do universo. Este mundo e tudo nele são Suas criações, e ainda há guerra contra Ele e Seu reino. Humanos e Anjos têm livre-arbítrio – e alguns deles escolheram se voltar contra Deus e juraram vê-lo derrubado como o Senhor da Criação. E é a própria criação que atua como campo de batalha para as forças da luz e das trevas, e as almas humanas são o prêmio. Cada alma, presa em seu frágil vaso mortal, contém um fragmento do espírito divino, e assim cada alma corrompida e, portanto, roubada pela escuridão aumenta o poder e a audácia da Legião do Inferno.


    Gênesis 666440_wallpapers-nature-devils-and-demons-angel-vs-demon-iphone-hd-by_1674x2500_h


            A guerra aumentou e diminuiu de ritmo diversas vezes na história, às vezes fazendo diretamente sua presença conhecida, mas mais frequentemente como pano de fundo para eventos cataclísmicos acontecimentos ao longo da história humana. Nos tempos modernos, a terra carrega mais almas vivas do que jamais existiu. Nesta idade de cultura global, tecnologia avançada e materialismo decadente, o último ato deste grande conflito está prestes a acontecer. Em um lado está o Reino de Deus, compassivo e poderoso, mas distante e misterioso. No outro lado está a Legião do Inferno, rebelde e gananciosa, mas muito disposta a interferir diretamente no plano mortal. As coisas nem sempre serão como são, e as grandes mudanças no mundo no século passado são apenas um pequeno sinal das devastações que a guerra terá no futuro.

            Todos os verdadeiros anjos servem a um Arcanjo, direta ou indiretamente. Eles são os maiores cruzados por tudo o que é bom, belo e puro na Sinfonia. Demônios são um lote misto. Muitos podem ter desavenças entre si, mas todos eles trabalham para continuar a causa do egoísmo no mundo. Todos os demônios, desde sua queda, são esperados para servir a um Príncipe Demônio de alguma maneira.



    A ÚLTIMA ERA DO HOMEM

    “Eis que vem o dia que arderá como um forno; e todos os orgulhosos, sim, e todos os que praticam iniquidade serão como restolho”.
    — Malaquias 4:1


            É o alvorecer de um Novo Milênio, uma época de conexões inigualáveis entre nações, vasta riqueza material, e fome espiritual. A incerteza e confusão é solo fértil para os poderes do Inferno, e os agentes da Legião estão trabalhando duro para preparar seu caminho para a vitória final. Demônios andam pela terra disfarçados de mortais, e seus servos humanos são tão prováveis de serem encontrados em uma sala de reuniões quanto em uma Missa Negra Satânica. As forças das trevas reivindicam governos, sociedades secretas, corporações e agências mortais de todos os tipos. Sua influência não conhece limites.

    Gênesis Cp2077-8

            Esta é uma era cínica, uma era mundana, na qual as nações da terra são divididas por contrastes profundos. Nos países industrializados, os luxos são baratos e entorpecentes, e a irreligião é elegante. Nas nações pobres que lutam pela existência nos países menos estáveis nos cantos da terra, fome, doença e guerra incessante são a regra. O inferno segue a miséria e a indiferença, e seu poder cresce a cada dia que passa.
            Uma era de desespero silencioso. Uma era que é o nexo de presságios e profecias. A Legião está determinada a realizar a última fase de sua guerra contra o Reino de Deus, e seu poder nunca foi tão forte. No mundo industrializado, incentiva o desenvolvimento da tecnologia e lazer fácil. No mundo em desenvolvimento, cria miséria e fome, subjugando vastas populações com a tirania de suas próprias vidas insuportáveis. Miséria e indiferença são os pilares gêmeos do plano satânico, cada um igualmente útil para transformar os pensamentos de homens e mulheres longe da contemplação de Deus e Sua promessa.


    Um tempo de incerteza

    “O Senhor está entre nós ou não?”
    — Êxodo 17:7

            Embora a verdadeira natureza da Legião seja revelada aos seus servos, ela, no entanto, opta por permanecer relativamente quieta, trabalhando sem ser vista e escondendo sua presença da maioria da humanidade. A sua posição não é tão forte que arrisque propositadamente detecção e interferência de mortais comuns, para todos os efeitos escasso que tal interferência teria. Apesar de sua fome e audácia, os poderes do Inferno passaram milênios preparando-se para este tempo, e eles não têm vontade de arriscar nada desnecessariamente. Embora a presença da Legião deixe sua própria evidência, é sutil, facilmente descartada como os elementos naturais de uma idade mundana. É mal-estar e descuido, ganância e materialismo, indiferença hipócrita e negatividade casual.
            Por onde a Legião passa, ela mexe com as emoções negativas da humanidade, alimentando-se deles como sanguessugas. A Legião age como um chama sob as já consideráveis paixões mais sombrias da humanidade, despertando-as e levando-as a ferver.
            A Guerra entre os Sentinelas e a Legião é uma guerra secreta — os Sentinelas não podem se dar ao luxo de se revelar com muita frequência aos agentes da Legião, e a Legião ainda não pode revelar a verdade de sua presença na terra.
    Um tempo de preocupações internacionais.


    Gênesis 2016-united-nations-anti-christ

            As Nações Unidas, embora ridicularizadas como um tigre de papel, são meramente o artefato mais óbvio da cultura global que cresceu desde o final da segunda Guerra Mundial. Viagens fáceis, comunicações baratas e aumento de laços comerciais “uniram” os povos do mundo juntos como nunca, mas na prática, apenas facilitaram o trabalho da Legião em seu governo global.


    Consciência Global, Cultura Global



            Um dos desenvolvimentos mais óbvios do Novo milênio é o encolhimento das fronteiras da humanidade. Notícias viajam pelo mundo em questão de minutos. As viagens aéreas tornam quase qualquer ponto da Terra acessível de qualquer outro ponto dentro de um ou dois dias no máximo. Comércio cruza linhas internacionais em um padrão cada vez mais confuso de relações comerciais legais, ilegais e moralmente questionáveis.
            Armas de fogo alemãs e roupas russas são vendidas nos bazares da Tailândia para turistas da América do Norte e terroristas das Filipinas. Telefones celulares e pacotes de serviços são vendidos por vendedores ambulantes nas docas italianas, ao lado de peixe fresco gelado da Grécia e drogas da Turquia e Colômbia.
            Violentos radicais dedicados à derrubada da civilização ocidental usam Jeans americanos e refrigerantes gasosos em latas de alumínio.
    Este mundo, com todos os seus prazeres sedutores e perigos mortais, é um playground construído pedra sobre pedra pela Legião sobre o decorrer de uma luta de dois mil anos contra o legado de Jesus Cristo.
            Nenhum dos objetos e artefatos da civilização de alta tecnologia no Novo Milênio são pecaminosos por si mesmos. Seria tolo atribuir características humanas a edifícios e dispositivos, truques e engenhocas. É a Legião que faz essas ferramentas de engano e prisão espiritual, a Legião que usa para atrair os outros com conforto material ou forçar as pessoas à miséria material.
            Para compreender a essência do Novo Milênio, imagine um mundo onde cada falha, cada tensão, cada pior cenário, e cada tendência pessimista do nosso próprio mundo continua ou piora ainda mais, enquanto a beleza do mundo natural e o poder das realizações humanas é enterrado. É um tempo e lugar de contradições, onde a escuridão e a beleza andam de mãos dadas, onde a angústia e os medos do nosso próprio mundo têm uma profundidade adicional de grandeza e perigos sobrenaturais.


    AMÉRICA DO NORTE: TERRA DOS EXTREMOS




            Os Estados Unidos são a última superpotência verdadeira da Guerra Fria; sobreviveu com a economia global, cultural e influência militar intactas. Tão admirado pelos cidadãos de países estrangeiros como é odiado, não se pode dizer que os Estados Unidos tenham qualquer cultura verdadeiramente monolítica. Não existe uma definição simples de American Dream, nenhum espírito americano singular, nenhum verdadeiro americano convencional. A política e a sociedade americana estão sempre se movendo em cem direções diferentes ao mesmo tempo.
            O discurso americano é fragmentado e irresponsável. O jornalismo, esse quarto poder outrora vital e guardião das liberdades, é uma sombra auto-importante de sua antiga credibilidade. A mídia nacional devora a si mesma e fala em aforismos e meias-verdades, preferindo adoração de celebridades e frases de efeito a desafios morais ou intelectuais.
            Os jornalistas estão mais inclinados a fazer a notícia do que a relatar isto. O relativismo moral é desenfreado, com a maioria dos americanos incapazes de concordar com qualquer definição singular de palavras simples como moralidade, honra e justiça.
            A grande maioria das crianças americanas nas últimas décadas são analfabetos funcionais, aflitos com uma variedade de problemas sociais e desordens mentais pelo fato de serem, em geral, abandonadas às distrações duvidosas da televisão e da internet por pais atormentados ou incompetentes. A obesidade é endêmica para os americanos do Novo Milênio, mais um sintoma de um estilo de vida cada vez mais dedicado ao lazer e ao prazer.
            Enquanto isso, a economia dos EUA está em um ciclo constante de booms e quedas. Enquanto menos pessoas estão ganhando cada vez mais dinheiro a cada dia que passa, a segurança para trabalhadores de baixa e média renda praticamente desapareceu. O mercado de emprego temporário nos Estados Unidos é a indústria que mais cresce, e milhões de adultos educados e qualificados encontram-se trabalhando longas horas sem a dignidade e a estabilidade que outrora consideravam garantida. Ganhos recordes de ações compartilham manchetes com demissões recordes. A maioria dos americanos confessa ter pouca compreensão dos mecanismos reais da economia cada vez mais high-tech.
            A indústria pesada dos EUA foi destruída, deixando cidades fabris deitadas ociosas e estéreis, dominadas pelo crime e falidas. O desenvolvimento de nações do Terceiro Mundo engoliu milhões de empregos americanos; enviados para o exterior por executivos americanos muito felizes em usar trabalhadores por uma fração do custo, com pouca preocupação com segurança e condições de trabalho humanitárias às quais os americanos trabalhadores têm direito. Políticos dos EUA, que estão chafurdando em um pântano de suborno, permitiram a exportação competitiva de seus antigos empregos dos constituintes para as nações em desenvolvimento, a fim de plantar as sementes da democracia. Os portos e cidades da América enferrujam, e a Legião ri.
            O Canadá, idealmente posicionado para atuar como elo cultural e tecnológico entre os Estados Unidos e as nações da Europa, há muito é visto como uma versão mais gentil dos EUA; apenas um pouco mais frio e um pouco mais ao norte. O Canadá é, de fato, uma das potências globais mais envolvidas do Novo Milênio, muitas vezes enviando representantes de suas forças armadas para pontos problemáticos globais a mando das Nações Unidas. Apesar de sua reputação gentil, O Canadá está profundamente ligado aos Estados Unidos, tanto econômica quanto culturalmente, e começou a sentir a mesma decadência que corrói o coração de seu vizinho ao sul.


    AMÉRICA LATINA: POLÍTICA DE VENENO E MARAVILHAS NATURAIS




            A América do Sul e Central, ainda se recuperando de um legado secular de colonialismo de nações mais poderosas, está experimentando diversas variedades de turbulência nos primeiros anos do Novo Milênio. Nas selvas e colinas de Columbia, uma mortal guerra continua entre barões da cocaína com exércitos privados, extremistas rebeldes com gosto pelo assassinato em massa e um governo brutal que goza de pouco apoio popular. Um comércio maciço de narcóticos alcança o México e o Caribe, terminando nos Estados Unidos, onde há sempre uma demanda insaciável por drogas de revendedores e usuários.
    Porto Rico, Jamaica e Bahamas desfrutam de um florescente comércio turístico da rica América do Norte e Europa, mas nas proximidades Cuba sufoca em mais uma década de regime comunista austero.
            O México está tentando desesperadamente modernizar sua economia, mas rebeliões internas, poluição desenfreada e corrupção política complicaram esse esforço. No geral, a América do Sul fica atrás da Europa e da América do Norte no desenvolvimento tecnológico, em parte porque há muito serve como lixeira para as armas e ideologias políticas dessas regiões. A instabilidade é uma palavra de ordem onde muitos dos governos regionais e políticos rebeldes, bem como cruzados indígenas, estão sempre esperando no sombras para aproveitar sua oportunidade.
            No Brasil e Argentina, o crime atinge proporções alarmantes (sendo que ocorrem mais assassinatos no Rio de Janeiro sozinho do que na Faixa de Gaza). O Brasil é o país mais rico do mundo em diversos recursos naturais (incluindo água potável) mas a maior parte de sua população está abaixo da linha de pobreza, enquanto classes privilegiadas e políticos possuem mais direitos que em qualquer país considerado democrático.


    ÁFRICA E ORIENTE MÉDIO: ESTUDOS EM TENSÃO E TURBULÊNCIA


    Gênesis 15975145383_91e165d64f_k

            Nenhuma outra região do mundo do Novo Milênio é tão culturalmente volátil e politicamente instável como o vasto continente da África e a encruzilhada internacional da Ásia Menor para o nordeste. Na África Central, dezenas de países jovens se encontram controlados por cleptocratas despóticos, ou dilacerados por interminável turbulência étnica, ao mesmo tempo lutando contra periódicos de seca, fome e uma taxa de infecção por doenças mortais como como o HIV que supera qualquer outra região do mundo.
            Em todo o Oriente Médio, com suas vastas reservas de petróleo e suas lealdades cruzadas a outras nações, políticas e seitas filosóficas do Islã lutam silenciosamente e violentamente pelo controle. Revoluções, guerras e incidentes terroristas são lugar comum, e o sangue dos inocentes continua a alimentar o apetite da Legião.


    EUROPA: PROSPERIDADE E PROBLEMAS EM FERVURA


    Gênesis Evil_2126475

            Na superfície, o Noroeste da Europa é um bastião relativo de paz, força econômica e desenvolvimento tecnológico.
    Inglaterra, França, Alemanha, Suíça, Áustria, Islândia, Suécia, Noruega, Itália, Espanha, Bélgica, Dinamarca, Holanda, e Portugal colheram os benefícios de permanecerem neutros ou no âmbito da assistência económica e militar prestada pelos Estados Unidos após a Segunda Guerra Mundial. Nas sombras, esses países sofrem os mesmos problemas que os primos norte-americanos – estruturas políticas e a elite econômica e cultural são quase dominados por agentes da Legião. Sociedades secretas, lojas ocultas e fraternidades misteriosas experimentaram o ressurgimento da popularidade. Mais abertamente, as economias da Europa crescem e oscilam em conjunto com os mercados dos Estados Unidos e do Extremo Oriente. As tensões étnicas são altas em várias regiões, apenas mal suprimidas pelos governos nacionais.
            As nações que ficaram atrás da Cortina de Ferro quando o poder dos soviéticos ainda pairava sobre a Europa não se saíram tão bem desde a colapso geral do regime comunista no início da década de 1990. Polônia, Tchecoslováquia, Hungria, Bulgária, Romênia e as antiga repúblicas soviéticas da Comunidade de Estados Independentes ainda sofrem com a criminalidade desenfreada, problemas de transição econômica, enormes dificuldades ambientais, e uma verdadeira inundação de Tecnologia e equipamento militar da era soviética, complicando tanto as situações criminais e políticas. A Iugoslávia foi destruída por uma série de amargas guerras étnicas, e atualmente permanece preso num impasse desconfortável imposto por forças de paz e relutantes missões e a ameaça de ação militar da OTAN. O tráfico humano e turismo sexual ainda é muito forte no Leste Europeu, equiparando-se ao da América Latina.
            A Europa foi a maior herdeira do pensamento cristão e tradição seguindo o crescimento da igreja fundada pelos apóstolos de Jesus. O Vaticano, trancado dentro das antigas colinas de Roma, é o atual centro mundial do catolicismo, embora sua vasta burocracia e inumeráveis fileiras são certamente tão densas com Agentes de sociedades secretas e provocadores da Legião como qualquer autoridade secular.


    ÁSIA E PACÍFICO: VASTAS CULTURAS EM CONFLITO


    Gênesis Https%3A%2F%2Fd1e00ek4ebabms.cloudfront.net%2Fproduction%2F944e0adf-f859-4013-860d-748d92f8f8df

            Ásia, lar de antigos impérios, assim como a maioria das pessoas vivendo no Novo Milênio, é uma vasta área com um conjunto verdadeiramente incompreensível de problemas políticos e culturais. Índia e Paquistão, as mais novas potências nucleares do mundo, estão à beira de guerra pelas disputadas terras altas da Caxemira. China comunista, inigualável em mão de obra, flexiona seus músculos contra seus vizinhos, especialmente contra Taiwan, que alega ser uma província renegada que deve ser retomada à força. Relações entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul continuam tensas e, embora haja rumores de que a Coréia do Norte possui armas nucleares, também está morrendo de fome e destituída, sobrecarregada com um exército inchado e uma indefesa economia. Mesmo o Japão, potência econômica inabalável desde a década de 1970, sentiu a picada de mercados globais incertos e está mudando seu tecido social.
            Nas águas quentes do Oceano Índico, piratas modernos em cargueiros roubados e lanchas a motor vasculham as rotas de navegação, enquanto os governos instáveis e jovens da Orla do Pacífico lutam para manter manifestantes extremistas e rebeldes nacionalistas sob controle. A Legião encontrou solo fértil nas tradições ocultas do Oriente, e seus agentes estão por toda parte nestas conturbadas regiões, potencialmente explosivas, semeando discórdia, recrutando servos, e colhendo sua colheita costumeira de miséria humana e impiedade.
            Enquanto isso, a Austrália e a Nova Zelândia contam com a instabilidade econômica dos mercados do Pacífico e da Ásia para sua infra-estrutura, ao mesmo tempo infestada de fios de Estilo de vida americano e ambição capitalista. Comercialismo e aceitação em escala global como uma força autônoma e motriz no Novo Milênio os levou a ignorar as injustiças que estão ocorrendo dentro de seus órgãos governamentais e políticos.


    Prosperidade e Desespero


            O Novo Milênio é uma época marcada por profundos contrastes de estilos de vida dos seres humanos em todos os lugares. Uma elite privilegiada desfruta de toda a variedade de prazeres e confortos associados à vida moderna de luxo. Na América do Norte, Europa e mais países desenvolvidos da Orla do Pacífico, essa demografia inclui muitos cidadãos privados ricos e afortunados, bem como governos oficiais, autoridades nacionais e celebridades internacionais. Aqueles que vivem uma vida de luxo em regiões menos desenvolvidas do mundo geralmente a guardam pela força das armas. Cruéis magnatas do óleo, ditadores militares egocêntricos, visionários malucos, e os gênios do crime que saltam fronteiras estão acostumados a desfrutarem das coisas boas da vida, embora poucas das pessoas que esmagam sob suas botas podem dizer o mesmo.
            A grande maioria da população mundial não tem ideia real do que é viver com conforto e facilidade, embora possam ler sobre tais conceitos em revistas e vê-los apresentados na televisão. A vida para sete em cada dez seres humanos no Novo Millennium é labuta por salários de subsistência e pouca esperança. As fábricas do mundo industrializado são enviadas para as margens do mundo em desenvolvimento. Trabalhadores do terceiro mundo são engolidos por escravidão virtual em condições perigosas, enquanto os abandonados trabalhadores do mundo desenvolvido são consumidos pela pobreza e frustração. Milhões de pessoas estão constantemente em movimento, refugiados de guerras, genocídios e desastres naturais, e milhões mais não conheceram nada além de um estado de guerra e ódio desde seus primeiros anos da infância.
            A Legião dá as boas-vindas aos luxos entorpecentes da alta tecnologia e as indignidades mortificantes da alma da pobreza com igual sabor. Ambos os extremos são abusivos para o espírito humano, degradando a vontade humana. Assim é todo o mundo humano, com todas as suas diversas nações e elementos, fez uma ferramenta dos caprichos e fomes do coro demoníaco de Satanás.

    “Mas os medrosos, e os incrédulos, e os abomináveis, e assassinos, e devassos, e feiticeiros, e idólatras, e todos os mentirosos terão sua parte no lago que queima com fogo e enxofre”.
    — Apocalipse 21:8

            Para muitos mortais que vivem no Novo Milênio, a motivação percebida para cometer o mal deriva inteiramente da simples desejo de “fazer o mal”. Enquanto se pode perceber um ato maligno por causa das consequências, aqueles que as cometem são normalmente movidos por desejos muito mais paradoxais e complexos.
            Satanás e aqueles que ele comanda são criaturas de ódio e auto engrandecimento, mas podem justificar suas ações. Os servos da Legião - de Satanás à entidade mais humilde em hierarquia — racionalizaram e justificaram os eventos que deu-lhes a sua posição.
            De fato, muitos que marcham sob a bandeira de Satanás o fazem porque eles veem o Príncipe Negro do Inferno como um rebelde justo, um anarquista de pensamento livre contra as leis sufocantes e crueldade de Deus.
            Enquanto aqueles que servem ao Senhor aprendem a confiar em sua orientação, os agentes da Legião não confiam em ninguém. A única certeza que os agentes do Diabo têm é o conhecimento de que eles sofrerão dores incalculáveis se falharem em suas tarefas e, assim, enfraquecerem a luta contra a dominação de Deus. Demônios são criaturas mutáveis, capazes de crescer em força, inteligência e previsão. Cada entidade que se reúne sob Satanás faz isso com o entendimento de que se ele cair, outro rapidamente irá tomar o seu lugar. Se ele vacilar, há sempre espaço para punição nas profundezas do Inferno.
            A Legião é indiretamente responsável pela maior parte dos males facilitando o pecado original. Através de maquinações sutis e sussurros tentadores, Satanás e seu exército têm jogado com a humanidade como fantoches desde então e continuam a fazê-lo a cada dia que passa.
            A pergunta é, por quê? Se as Revelações são de fato verdade, e Deus triunfará no final, então o que há para eles? Alguns especulam que Satanás é rancoroso e espera destruir o prazer que Deus obtém por Sua criação. Outros sustentam a conjectura de que Satanás deseja retornar para o lado de Deus e, destruindo o mundo, ele se juntará ao espírito eterno de Deus e retomará seu lugar no Plano Divino. As motivações são confusas na melhor das hipóteses, mas elas estão lá mesmo assim.
            A Legião prospera na angústia e confusão humana, e se deleita quando o espírito humano se afasta de seu criador para persiga o pecado mortal de braços abertos. Fome e vingança por aquele que os expulsou do Céu alimentam em parte suas motivações, assim como sua amargura, que se origina de causas diversas. A Legião se ressente de Anjos e Sentinelas leais como ovelhas e covardes.
            Em última análise, aqueles que juram lealdade à Legião estão tão longe em seus próprios argumentos e ódios que eles farão qualquer coisa para contra-atacar o Céu e, infelizmente, isso significa a vitimização dos bilhões de almas que vivem na Terra.


            A guerra é principalmente de natureza ideológica e metafísica. Fortalecer as próprias Palavras e enfraquecer as do inimigo abre caminho para uma vitória final. Um recurso-chave contestado é a Essência, energia básica que pode ser gerada tanto para o Céu quanto para o Inferno por meio de atividades humanas. Os Destinos e Sinas dos mortais também são frequentemente significativos nessa luta.

            Neste momento, o Inferno parece estar (contra todas as probabilidades) do lado vencedor. Está começando a parecer que eles podem alcançar uma vitória total quando o Armagedom chegar.  Apesar disso, o Inferno enfrenta uma luta desesperada. Como você vence Deus? A estratégia dominante é direta: opor-se a tudo o que cheira ao Divino. Apagar todos os vestígios dele da existência e/ou fazer com que os humanos o odeiem. A manifestação primária de Deus é o altruísmo, assim como as Palavras com as quais os Arcanjos de Deus foram sintonizados. Então, parece lógico atacar essas manifestações na tentativa de empurrar Deus para trás. Talvez, se os demônios colocarem todas as suas forças para destruir essas manifestações, ou ao menos fazer parecer que o altruísmo angelical não é verdadeiro, o poder de Lúcifer no final será suficiente para estabelecer uma nova ordem demoníaca.
    Dovahkiin
    Mutante
    Dovahkiin
    Mutante

    Mensagens : 601
    Reputação : 20

    Gênesis Empty Re: Gênesis

    Mensagem por Dovahkiin Ter Mar 15, 2022 8:04 pm

    A ALIANÇA DA LUZ




    “O teu reino é um reino eterno, e o teu domínio perdura por todas as gerações. O SENHOR sustenta todos que caem, e levanta todos os encurvados”.
    — Salmos 145:13-14


    Gênesis Default

    Anjos:
            Os mais poderosos de todos os servos de Deus são seus anjos, seres de espírito puro que defendem as muralhas do Reino Celestial (entre diversas outras funções). Existem três principais tríades que dividem nove coros angelicais.
            A primeira tríade compreende os Serafins, Querubins e Tronos/Ofanins, os anjos mais próximos de Deus, encarregados de defenderem Seu Trono e o Paraíso.
            A segunda tríade é composta pelos príncipes da corte celestial: Dominações/Kyriotes (que possuem a função de regular as atividades dos anjos menores, distribuindo aos outros anjos suas funções e seus mistérios), Virtudes (responsáveis pela manutenção do curso dos astros para que a ordem do universo seja preservada) e Potestades (que possuem a capacidade de absorver e armazenar e transmitir o poder do plano divino).
            A terceira tríade é composta pelos Principados (os anjos encarregados de receber as ordens das Dominações e Potestades e transmití-las aos reinos inferiores), e os Arcanjos e Anjos (os mais próximos do reino humano, que serão os personagens mais importantes do jogo, caso o lado celestial seja o escolhido).
            Satanás e as hostes decaídas estiveram uma vez entre essas fileiras leais, antes que o orgulho os cegasse e acendesse as sementes venenosas de ambição em seus corações. Agora anjo faz guerra contra anjo, através das próprias linhas que unem o universo.


    Vigias (Grigory)

    Não te desvies nem para a direita nem para a esquerda; retira o teu pé da malignidade!
    - Provérbios 4:27

            No passado, Deus ordenou que um grupo de anjos fizesse para si mesmos, corpos humanos, e descessem à terra para pastorearem os seres humanos. Eles serviram a humanidade primitiva como vastos reservatórios de informações sobre os pontos mais delicados da civilização. Eles eram também chamados de Vigilantes, pois era seu trabalho observar a humanidade, ajudando quando necessário, mas não interferindo no seu desenvolvimento.


    Gênesis 159372-homepage-news-feature-when-will-eternals-come-to-disney-streaming-release-date-revealed-image1-3osfuipxg4


            Porém, estes anjos - embora cheios de graça divina de Deus – descobriram que ao criarem vestes físicas para si, tornaram-se suscetíveis aos mesmos e pecados e tentações que os homens.  
            No Monte Hérmon, os 200 principais Grigori "olharam as filhas dos homens e acharam que estas eram agradáveis aos seus olhos e as desejaram." Neste lugar eles fizeram um acordo entre eles. Todos eles sairiam e tomariam para si as filhas dos homens, todas as que desejassem, e se fossem punidos por isso, todos aceitariam o castigo por igual.
            Como se isso não bastasse, eles começam a ensinar artes secretas aos seres humanos. Como magia, astrologia, métodos de cura das trevas, alquimia, encantamentos e rituais, além de da forja de armas e artes da guerra.
            As lendas dizem que as crianças que os Grigori geraram eram monstros horríveis e disformes, agora conhecidos como os Nephillim. Muitos dos antigos contos sobre heróis da antiguidade e semi deuses se originaram dos Nephillim. Porém, com o tempo, as sementes do pecado e do egoísmo floresceram nos corações dos Nephillim, que passaram a usar sua força para dominarem os humanos. Tanto os Grigori quanto seus filhos bastardos foram condenados por Deus e hoje habitam o Inferno.


    Sentinelas:
            Nos últimos tempos, cada vez mais demônios têm sido liberados na terra. A aliança da luz precisava encontrar uma forma de contrapor isso ou perderia a terra e as almas humanas. Assim, novamente foram criados "Vigias", anjos que receberam a permissão de viverem entre os mortais, como os antigos Grigory. Porém, desta vez, apenas os anjos menores seriam enviados nesta missão, sendo orientados por seus respectivos Arcanjos, para que não sofram o mesmo destino que os antigos Vigias. Os personagens dos jogadores anjos fazem parte desta categoria.
            Obviamente, os Arcanjos que guiam os Sentinelas permanecem incorpóreos. Seu dever não é lutar na terra, mas em vez disso, guiar e apoiar os Sentinelas cujo lugar é na terra.
    Dovahkiin
    Mutante
    Dovahkiin
    Mutante

    Mensagens : 601
    Reputação : 20

    Gênesis Empty Re: Gênesis

    Mensagem por Dovahkiin Ter Mar 15, 2022 9:26 pm

    A LEGIÃO

    "E perguntou-lhe: Qual é o teu nome? E lhe respondeu, dizendo: Legião é o meu nome, porque somos muitos."
    -Marcos 5:9





            O Soberano de Inferno, o maior e mais ousado inimigo da luz é Satanás, O Caído. Uma vez ele foi chamado Lúcifer, o mais alto e mais belo dos Anjos de Deus. Em sua ambição imprudente, Lúcifer liderou uma rebelião contra o trono do Paraíso. Superado pelo leal Arcanjo Miguel, Lúcifer e um terço dos anjos que o sustentavam foram lançados do Céu, para sempre afastados do amor de Deus.


    Gênesis Demonologie-7

            Satanás também é chamado de Príncipe da Mentira e de Serpente, pois é dito ser aquele que seduziu Adão e Eva para comer o proibido fruto da Árvore do Conhecimento. É difícil imaginar um antagonista mais astuto, poderoso ou voraz pelo espírito humano do que a estrela da manhã mais brilhante do céu. Satanás e seus exército de Anjos rebeldes governam os terríveis fogos do Inferno, onde as almas dos ímpios e dos injustos são atormentadas eternamente.
            A Hierarquia do Inferno, nascida na miséria e fogo no centro do reino infernal de Satanás, estende seu poder para reivindicar a fidelidade voluntária de incontáveis homens e mulheres sobre a terra. Nos anos críticos do Novo Milênio, o mundo mundano das forças da Legião supera em muito as forças restantes do Reino de Deus ativo na terra. Acima de tudo, os Anjos Caídos e seus consortes demoníacos travaram uma guerra paciente ao longo de milhares de anos, ganhando tempo e sustentando suas derrotas. Agora o fim do jogo se aproxima.


    Gênesis Untitled-168.jpg!Large


    Caídos: Os Anjos Rebeldes

    “Acautelai-vos, para que o vosso coração não seja enganado.”
    — Deuteronômio 11:16

            De acordo com o folclore transmitido desde os tempos bíblicos, um terço da hoste angelical ficou do lado de Lúcifer em sua rebelião contra Deus e foi abatida com ele. Desde a época da Queda, esses anjos rebeldes chamaram a si mesmos de Caídos, e eles formam a crosta superior da Hierarquia da Legião. O mais poderoso caído de todos é o próprio Satanás.
            Os caídos são um conjunto diversificado de seres cruéis e sutis exibindo uma ampla gama de habilidades. O mais interessante é que sua força não é fixa. Caídos podem subir e cair dentro da hierarquia da Legião como um resultado do sucesso ou fracasso de seus esquemas individuais. Não apenas os Caídos estão sujeitos à autoridade e punição de seus superiores, acredita-se que eles estão ativamente em competição odiosa uns contra os outros, roubando almas, poder e seguidores quando possível. Porém, isso não é uma prova de fraqueza, muito pelo contrário, é uma prova da enorme organização da Legião que a permitiu sobreviver (e crescer) apesar dessas constantes lutas internas.
            O inferno é um lugar de facções sem fim, traições, política e alianças temporárias. Não há amor perdido entre os Caídos — a única coisa que os une é a sua fome de invadir as muralhas do Céu e sentir a graça de sua presença mais uma vez, mesmo que eles devam sentir isso como espoliadores e usurpadores. Caídos são capazes de possuir humanos e assim guiar os acontecimentos na terra, e, de fato, muitas vezes o fazem.


    Gênesis Ut69fvgr2o571



    Príncipes do Inferno

    “As palavras de sua boca eram mais suaves que manteiga, mas a guerra estava em seu coração”.
    — Salmos 55:21


           Os sete demônios mais poderosos e influentes do Inferno formam o topo da hierarquia da Legião. Abaixo deles, existem pequenos “títulos de nobreza” menores, como Duques do Inferno. Quase todo demônio que não é um príncipe serve a um príncipe e participa de seus jogos de poder como um peão, tanto para sua própria vantagem (Ritos, Sintonias) e para seu perigo (Dissonâncias). (Obviamente, os personagens entram nessa categoria, caso escolham o lado da Legião).
            O inferno é um lugar intensamente político, onde seus maiores riscos geralmente vêm, não de seus rivais, mas de seu superior e seus subordinados. Se você pode agradar seu príncipe sem excitar seu ódio ou ciúme, ele pode conceder dádivas na forma de iniciações, ritos ou distinções.


    Gênesis 880aa9cbb6e440142735fd3d31192e360dd351da


    INFERNO
    “Tudo se resume a isto: humanos nascem, então eles andam por aí esbarrando nas coisas até que eles morram. Eles não têm muito tempo, muito sentido ou muita esperança. As chances são que, hoje mais do que nunca, eles vão viver vidas egoístas, vidas diabólicas, então o inferno os terá. E se eles vão andar na estrada escura, eu espero que eles façam isso bem. O mal não tem paciência com mediocridade.”


    Gênesis 159-1590509_zdzisaw-beksiski-was-an-incredibly-talented-polish-beksinski


            O inferno é um reino etéreo com uma hierarquia rígida. No entanto, isso não quer dizer que o inferno é um lugar sem regiões definíveis. O reino de Satanás é baseado em posição, status e prestígio para controlar os inúmeros esquemas do Inferno. Satanás senta-se no topo desta vasta burocracia em seu trono infernal, dirigindo muitos planos e comandando àqueles abaixo dele. O inferno serve como lugar onde as almas dos condenados são relegadas a uma vida de tormentos e torturas desumanas. É onde os Caídos e outras Entidades demoníacas tramam seus esquemas e dos quais diabólicas monstruosidades nascem do ódio e do rancor.
            As muitas camadas do Inferno são extremamente instáveis; propensas a surtos de rebelião e rachaduras formadas por alianças clandestinas. O inferno está repleto de ciúmes, paranoia e ambição em escala maior do que qualquer experiência humana. Satanás ordena através medo (pois há punições que tornam até o maior dos Demônios sobrepujados com medo e pavor) e o simples fato de que ele é o indivíduo mais poderoso do Abismo. Talvez Satanás jogue seus lacaios uns contra os outros, de modo que uma rebelião contra ele nunca ocorrerá como aconteceu no céu. A ironia pode ser demais para ele suportar!
            No Inferno, todos podem fazer o que quiserem, e infelizmente, alguns deles podem ser maiores que você. Essas são as chances que você corre, estando à beira do abismo. Um lugar de escuridão, uma discórdia gritante constante reverberando por toda a Sinfonia. É um abscesso no reino celestial, e assim foi legitimamente chamado de Vácuo. É uma série de inúmeras cavernas e túneis, descendo sem parar, e assim tem sido legitimamente chamado de Poço. É um lugar de grande sofrimento, e assim foi legitimamente chamado de Inferno. Seus habitantes, que tem coisas melhores para se preocupar, apenas chamam de Inferno.


    Gênesis 336-3363675_zdzislaw-beksinski



    PRINCIPADOS
    “Papai,” disse o pequeno, aconchegado em sua cama, “podem anjos visitar o inferno?”
    “Somente os anjos e santos podem ir para o céu”, o pai riu”, mas qualquer um pode ir para o inferno!”

            O inferno é onde os demônios vivem. Está dividido em um grande número de principados, cânions de tamanhos variados conectados por túneis, passarelas e portões de teletransporte. Cada Principado tem várias “Amarras”, lugares infernais na Terra à qual está intimamente ligada.
            Cada Principado é governado por um Príncipe Demônio, cujos assuntos incluem não apenas demônios, mas também milhões incontáveis dos espíritos humanos – aqueles cujas ações diabólicas os atraíram para baixo após a morte. Essas almas se tornam propriedade do Príncipe cuja Palavra eles (conscientemente ou inconscientemente) apoiaram durante suas vidas. "Viajar por entre os principados é difícil e acompanhado de perto, mesmo para demônios, embora mais ainda para almas humanas.
    A moeda do Inferno é, claro, a Essência. Cada demônio ou alma condenada no Inferno gera 1 Essência a cada 24 horas – não ao pôr do sol, já que o inferno é sempre escuro. (Os anjos que visitam o Inferno não recuperam a Essência.)
            Dependendo do Principado, os humanos podem usar Essência para comprar qualquer coisa a partir de uma breve pausa de suas torturas para a completa liberdade. Mas dependendo do Principado, os humanos são usados como tudo, desde cobaias a combustíveis para abastecer os fornos – não muito diferentes da Terra, pense nisso.

    Gênesis Zdzislaw-Beksinski-Obras-TriCurioso-1
    Dovahkiin
    Mutante
    Dovahkiin
    Mutante

    Mensagens : 601
    Reputação : 20

    Gênesis Empty Re: Gênesis

    Mensagem por Dovahkiin Dom Mar 20, 2022 10:05 pm

    Conceitos de Predestinação no game: Destino e Sina:

            Apesar de Deus ter fornecido o livre arbítrio às suas criações, conceitos como predestinação sempre foram alvo de muitas especulações, tanto para mortais como para celestiais. Alguns celestiais possuem a vantagem da previsão, mas mesmo eles já viram o futuro mudar.
            Nesse sentido, o destino de uma pessoa é o objetivo mais fantástico que ela pode esperar realizar, seu potencial para brilhar, para afetar a Sinfonia de forma positiva. Já a sina é o oposto, é o momento obscuro que, seja por meio do erro ou do egoísmo, uma pessoa condena a si mesma a ajudar o diabólico, corrompendo e subvertendo a Sinfonia. Assim como seu destino é o melhor que pode acontecer, para ela e para o mundo, a sina é o pior.
            Dizem que o destino de Hitler era ser um decorador de interiores honesto que pintava por prazer e daria aulas na velhice. Já sua sina era ser um ditador. Ele optou por sua sina e isso o destruiu. O destino de Jesus era se sacrificar pela humanidade e ressurgir 3 dias depois em toda sua glória. Já sua sina era ceder às ofertas de Lúcifer e reinar ao lado dele, provando que Deus estava errado. Dizem que essa foi a maior decepção do Príncipe das Trevas desde a Queda.


    Gênesis What-Is-Fate-Destiny
    Conteúdo patrocinado


    Gênesis Empty Re: Gênesis

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex Maio 27, 2022 4:03 am