Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).

Links úteis Anúncios Redes Sociais
31/03 - Novo quadro de anúncios.
31/03 - Mesas com mais de 2 meses SEM postagens serão automaticamente arquivadas.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE MAIO
Mesas que forem abertas para serem jogadas em outras plataformas
serão excluídas do fórum.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE JUNHO
A partir de agora somente mestres com mesas ativas no fórum terão o nick laranja
para ficar mais fácil a distinção. Fiquem atentos que em breve teremos
um novo modelo de pedido de mesa!




 

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II

    Nightingale
    Mutante
    Nightingale
    Mutante

    Mensagens : 545
    Reputação : 4
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Empty Re: Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II

    Mensagem por Nightingale Seg Maio 09, 2022 12:45 pm

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Irelia13Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Arthur11Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Cristi11Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Katrin11
    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Zumbi_15Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Zumbi_16


    Trilha Sonora:

    Katrina resolvia contrariar o comando do irmão acreditando que poderia ajudar muito mais do era esperado dela. Ela avançava até o zumbi engajado com Irélia em uma corrida a fim de lhe desferir uma facada como o fez da ultima vez, afinal se fez uma vez por muito bem fazer denovo, não é? Mas quando ela já engajava na criatura horrenda, a mesma se virava pra ela de supetão, o bafo horrendo, a visão terrível do morto tão próximo de si fez Katrina vacilar, a criatura simplesmente levantou a mão para tentar contra atacar Katrina mas tudo o que fez foi atrapalhar o golpe da garota.

    Irélia por sua vez, que vira Katrina tentar lhe auxiliar, mas sem sucesso, aproveitou a brecha do zumbi que Katrina criou com sua tentativa de ataque, as duas lâminas giraram como um chicote invisível porém com ponta flamejante acertando a criatura, e numa puxada, ela desmembrava a criatura que com sua carne derretida emanava gosma para todos os lados inclusive acertando aquela gosma em Katrina que estava exatamente do lado. A garota tinha todas as vezes manchadas e sujadas de uma gosma quente e preta, carne pútrida que estava em si. Está certo que todos ali precisariam de um banho, tanto pela longa viage quanto pela luta com os mortos, mas Katrina certamente poderia até mesmo jogar aquelas roupas foras depois.

    Cristina corria para assistir Irélia que apesar de estar dando conta muito bem sozinha, ainda assim tinha outro morto engajado ao lado. Ela então decepa a cabeça do zumbi ao lado de Irelia, em seguida voltando a só apertar novamente a cinta do escudo.

    Arthur Também desferia um golpe arrancando a cabeça do zumbi em apenas um corte fazendo o mesmo cair de joelhos e inerte ao seus pés. Outro zumbi já se engajava com Arthur, a criatura avançava nele com seus gemidos mortiferos mas o Paladino conseguia repeli-lo com o seu escudo.

    Mais zumbis se aproximavam, mas todos podiam ver que ao menos estavam vencendo e aquelas criaturas agora já eram uma minoria.
    Nightingale
    Mutante
    Nightingale
    Mutante

    Mensagens : 545
    Reputação : 4
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Empty Re: Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II

    Mensagem por Nightingale Seg Maio 09, 2022 12:48 pm

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Batalh15
    Nightingale
    Mutante
    Nightingale
    Mutante

    Mensagens : 545
    Reputação : 4
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Empty Re: Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II

    Mensagem por Nightingale Seg Maio 09, 2022 2:00 pm

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Brom_p10Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Olento10Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Guarda10Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Esquel10Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Assar_10Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Coloss10

    Trilha Sonora:

    Enquanto Brom fazia sua parte em cima da janela o capitão abordava insturções rápidas para os soldados e os civis armados.

    Brom disparava uma flecha em direção ao meio do aglomerado de esqueletos enquanto o fogo do primeiro esqueleto que havia alvejado começava a se alastrar pelo corpo do mesmo. O esqueleto nem mesmo reagia, ele ficava parado completamente apenas esperando, como os outros, porém o fogo o queimava mesmo que ele parecesse não se importor, aos poucos a estrutura dele vacilava e o corpo do esqueleto se desmontava no chão com algumas partes da ossada tendo derretido a armadura se fundido nessa mesma ossada.

    A flecha que Brom disparou no alto surtiu efeito, no ponto certo, houve uma explosão de flechas e todas desceram, subiram, voavam por todos os lados. Os esqueletos eram atigindos embaixo, porém as flechas acertavam ou suas armaduras ou mesmo suas próprias ossadas mas que não pareciam abalar as criaturas. Elas tomavam as flechadas que ficavam presas em seus crânicos, ombros, pés, mas nem mesmo se mechiam, as flechas ficavam presas, fincadas nas ossadas e nas armaduras. Eles se mantinha imóveis e nada faziam.

    Brom escreveu:- Eu vou retardá-los! Segurem os portões e façam com que eles entrem em duplas, assim diminuimos as vantagens dos numeros! Façam um corredor!

    O Capitão então responde:

    - Você não dá as ordens, arqueiro! Mantenha a posição faremos a muralha de escudos! Quero escudeiros experientes na frente e lanceiros atrás espetando o inimigo com as lancas por sobre os ombros dos escudeiros, não temos homens o suficiente para cobrir os flancos, arqueiro você fará esse papel! Espero que seja bom o suficiente para atirar em dois flancos ao mesmo tempo, e rápido. Prepare-se agora e espere sairmos para liberar e flanco e você nos cobrir.

    Os homens então começavam a se posicionar, o capitão ia na frente com os escudeiros enquanto os menos experientes iam para trás tentar espetar os esqueletos que seriam segurados pelos escudeiros. Novamente, a estrutura era abalada, ele sente o tremor mas graças a sua ideia de manter um apoio fácil ele conseguiu se agarrar para ajudar a se manter.

    Capitão:

    - Vamos abrir. Arqueiro, preparar para proteger os flancos!


    Nightingale
    Mutante
    Nightingale
    Mutante

    Mensagens : 545
    Reputação : 4
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Empty Re: Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II

    Mensagem por Nightingale Seg Maio 09, 2022 2:01 pm

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Brom_b12
    Agata Allein
    Neófito
    Agata Allein
    Neófito

    Mensagens : 21
    Reputação : 1

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Empty Re: Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II

    Mensagem por Agata Allein Seg Maio 09, 2022 2:10 pm

    Katrina parecia estar não muito aquecida ainda, ela tinha dificuldades para acertar aquele mortos vivos que nos cercam, como um reflexo após ela distrair o morto exa executava mais um com as suas lâminas, e mais uma vez nós tínhamos gosma para todos os lados, aquilo, chegava a me fazer tossir, era quase possível sentir o gosto daquelas coisas por conta daquele cheiro horrível.

    Foto: Xan Irelia

    Meus deus, eu preciso me limpar depois disso

    Ela dizia enquanto estica seu braço na direção do zumbi mais próximo a Arthur, ela ia como uma flecha de fogo que queria perfurar a cabeça daquele morto vivo, pelo menos, dessa vez ela estava longe da explosão de gosma e morte, honestamente era tudo o que queria agora.

    scorpion
    Adepto da Virtualidade
    scorpion
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1967
    Reputação : 80

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Empty Re: Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II

    Mensagem por scorpion Seg Maio 09, 2022 2:37 pm

    Brom vês suas flechas choverem, mas elas pouco pareciam fazer efeito contra aquelas criaturas! Maldição... era como se fossem gotas de chuva para os bastardos!

    Brom: Droga... Eu devia ter previsto isso! Tolo, Brom! Tolo!

    O jovem arqueiro ouvia as bravejas do velho... ele dizia que iriam sair como uma parede de escudos e que Brom deveria defender as duas retaguardas!

    Brom: Velho teimoso! - ele falava para si mesmo.

    Olhava pra baixo, dentro da igreja e gritava.

    Brom: Eu vou fazer o meu melhor, velho! Mas eles são imunes a boa parte das minhas flechas! Vou ter de improvisar!

    Porém, eles eram esqueletos... Por mais que fossem vazados por dentro, eles ainda tinham uma estrutura frágil. Não era sobre ACERTAR, mas sim sobre ONDE acertar! Sendo assim, Brom sacou uma flecha e mirou no esqueleto mais próximo da porta (K8)... Brom começava a focar no alvo, como o velho o ensinara há muitos anos... O Arco das Florestas também o ajudava. Ele falava palavras em élfico antigo...

    Brom: Shura nerfalis cantif'asu... (Espíritos do Vento, carreguem minha flecha!)

    Runas brancas élficas brilhavam dos dois lados do arco e os olhos de Brom ficavam esbranquiçados... uma magia élfica que fazia a flecha viajar pelo vento com muito mais velocidade e potência... Não somente isso, Brom fez mira. Apertou um dos olhos e focou, bem ali... no meio do osso da coluna que segurava a parte de cima do esqueleto em sua bacia pélvica. Visava acertar aquele osso, quebrando-o e fazendo o esqueleto partir-se no meio...

    Mirava.... aguardando o momento certo...

    Brom: Podem sair, velho! E que os deuses nos ajudem!

    [AÇÕES]
    Padrão: Mirar (com Mira Aprimorada), só disparo no próximo turno, pra ganhar os bônus. (Estou mirando o poder FOCAR NO ALVO)
    Movimento: Nenhuma, além de continuar pregado na parede.
    Dycleal
    Wyrm
    Dycleal
    Wyrm

    Mensagens : 9125
    Reputação : 162
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Empty Re: Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II

    Mensagem por Dycleal Ter Maio 10, 2022 3:07 pm

    Dycleal escreveu:
    Dycleal escreveu:






     Cristina Stormwinter
    "."A Natureza é suprema, os elementos são o verdadeiro poder. Sendo nossa mãe, cuida, mas no seu tempo! O Vento rege a sorte, a aventura, o renovar e esta benção é dada para os seus escolhidos e estes escolhidos são meus e são protegidos para cumprir os seus propósitos, que são os meus incorporados nele. - fragmento da oração a Desna.
    Cristina Stormwinter






    A bárbara não se importa com o cheiro e a sujeira, isso qualquer banho resolve, sua preocupação é ainda ter abominações em pé, no seu caminho para o templo e observa o em torno e vê a direita de Arthur e mais a frente, uma criatura se dirigindo para o cavaleiro e decide contornar, pela direita, para atacar aquele monstro(F8) e dirige-se para a frente do monstro(G8) e lhe dá um golpe para arrancar a sua cabeça cheia de merda enquanto se protege da sua podridão e possível ataque com o escudo.




    Cristina Stormwinter@Aeroth, The Dragon Wars
    Kether
    Garou de Posto Cinco
    Kether
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2385
    Reputação : 97
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh34.png

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Empty Re: Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II

    Mensagem por Kether Qua Maio 11, 2022 7:44 pm







     Arthur Dragunborn
    "Revele a verdade, puna os culpados, corrija os errados e sempre seja verdadeiro e justo em suas ações. Leve a Justiça aos culpados em nome daqueles que não podem realizá-la." - fragmento da oração a Kayla-El.
    Arthur Dragunborn





    Arthur vê que Irelia e Cristina derrotavam os zumbis mais próximos então ele parte em carga na direção do último inimigo ainda no campo de batalha e o ataca com sua espada num golpe em meia lua.

    "Onde está Anastasia?" - pensava.

    - Vocês viram a Anastasia? - pergunta enquanto se aproxima das garotas.

    Ele então leva a mão até o ferimento causado pela mordida do zumbi, então ele tenta se lembrar quais as características daquelas criaturas e se elas traziam alguma doença. Mesmo que Arthur não se recordasse da última vez que ele ficara doente, ele se preocupava com as condições de Cristina ao reparar que a barbara tinha uma mancha de sangue em sua roupa rasgada.

    - Cristina posso ver esse seu ferimento?




    Arthur Dragunborn @Aeroth, The Dragon Wars Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Espada11
    Nightingale
    Mutante
    Nightingale
    Mutante

    Mensagens : 545
    Reputação : 4
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Empty Re: Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II

    Mensagem por Nightingale Seg Maio 16, 2022 2:33 pm

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Irelia13Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Arthur11Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Cristi11Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Katrin11



    Trilha Sonora:

    Os mortos estavam no fim, pelo menos, daquela região da cidade. Cada um deles dava um ultimo golpe nos monstros que os destroçava ou os decaptava facilmente. Era mais fácil lidar com aquelas criaturas quando não estavam em bando. Katrina se aproximava do grupo à medida que a área fosse mais segura. Apenas metade do grupo fora ferido, levaram mordidas e Arthur se lembra que mordidas de mortos podiam ser tão infecciosas quanto qualquer ferimento com arma que não estivesse limpa ou feridas expostas a muitas bactérias, mas não seria nada que um bom tratamento e limpeza a tempo não resolvesse. Claro, haviam mortos que sim possuíam outros tipos de infecção, mas aquele grupo não se enquadrava, haviam mortos pestilentos que não só espalhavam suas doenças mas também a própria infecção do vírus da zumbificação, estes eram normalmente de pele amarelada e vomitavam ácido em suas vítimas, que também tinha o potencial de infecção.

    O grupo se reunia com Irélia ainda mantendo sua faca de chamas conjurada, e Arthur fora o único que percebera o sumiço de Anastasia. O grupo então começava a a olhar em volta em busca da companheira quando então de um canto escuro antes do momento que Arthur começara a curar a si mesmo e a Cristina.

    Nova trilha sonora:

    Quando então todos escutavam um gemido, não um gemido de lamuria como os mortos faziam, mas um gemido de prazer, quando eles olham na direção, eles viam alguém debruçado em cima de um dos cadáveres, quando Irélia ilumina melhor o ambiente com sua adaga, no momento que a penumbra se esvai e a luz alaranjada do fogo jorra sobre a criatura, eles viam Anastasia que expunha uma boca com presas vampirescas e ensanguentada sobre um dos zumbis mortos. Ela olhava para eles de forma feroz e com os olhos dourados de um aspecto sobrenatural, emitindo um grunhido animalesco que lembrava muito o grunhido de um felino.

    Anastasia:

    Logo depois os olhos dela se desfazem e a expressão feroz mudava pra uma expressão de dor. Ela começava a se levantar, confusa, olhando as mãos ensanguentadas, o cadáver a sua frente drenado, as roupas, boca e garganta empapadas de sangue.

    - Arthur... Eu-Eu não... Consigo me controlar... Socorro...

    Independente do que o grupo falasse, Anastasia começava a cambalear para trás, confusa e assustada. Ela então se virava e começava a correr, saltava e em pleno ar seu corpo se transformava em uma núvem de morcegos que começavam a voar pelo céu se espalhando na noite e desaparecendo na escuridão mesmo sob a luz do luar.

    Nightingale
    Mutante
    Nightingale
    Mutante

    Mensagens : 545
    Reputação : 4
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Empty Re: Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II

    Mensagem por Nightingale Seg Maio 16, 2022 3:21 pm

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Brom_p10Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Olento10Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Guarda10Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Esquel10Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Assar_10Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Coloss10

    Trilha Sonora:

    Assim que Brom dava o sinal, os soldados abriam a porta usando os grandes escudos como arietes e as portas eram batidas, o grande BLAM era bem ouvido e logo que eles saíam e os primeiros esqueletos já vinham em direção à muralha de escudos Brom disparava vários tiros em um único alvo acertando vários tiros em áreas pontuais, inclusive a área que queria, assim abalando a estrutura óssea e fazendo o esqueleto se desmontar, e como ele estava em movimento, os ossos caíram rolando para frente e os lados.

    Tão logo os esqueletos já engajavam na muralha de escudos e os esqueletos dos flancos faziam o mesmo, só que nas laterais, que não eram protegidos pelos escudos, eles começavam a atacar, mas a primeira parte da estratégia estava dando certo, os esquelentos tentavam atacar os escudos mas suas lâminas não muito boas acertavam os escudos que aguentavam bem as pancadas, os civis com lanças atrás que tiveram uma instrução básica de como deveriam atacar através da muralha simplesmente seguravam apropriadamente as lanças e tudo o que precisavam era continuar espetando. Eles espetavam os esqueletos engajados com os escudos e desmontavam os mesmos quando estes eram acertados nas ossadas dos torax, porém a batalha ainda estava no começo, os esqueletos engajados nos flancos aproveitavam que os soldados estavam indefesos e atacavam com as espadas os corpos dos soldados que felizmente estavam de armadura. Ainda assim os golpes doíam, acertavam os baços e os torax do capitão e do soldado ao lado fazendo os dois gritarem de dor mas ainda se manterem firmes.

    Soldados: - OS FLANCOS, ARQUEIRO, PROTEJA OS FLANCOS!!!!

    Todos eles gritavam para Brom quase que em unissono.

    Mais uma vez, o colosso esqueleto batia com as duas mãos em forma de martelo abalando a estrutrua e fazendo tudo tremer. Brom se agarrava no suporte que criara e conseguiu se equilibrar, mas ele via que rachaduras começavam a se formar nas paredes do templo onde o colosso tentava derrubar.[/i]
    Nightingale
    Mutante
    Nightingale
    Mutante

    Mensagens : 545
    Reputação : 4
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Empty Re: Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II

    Mensagem por Nightingale Seg Maio 16, 2022 3:22 pm

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Brom_b13
    scorpion
    Adepto da Virtualidade
    scorpion
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1967
    Reputação : 80

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Empty Re: Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II

    Mensagem por scorpion Seg Maio 16, 2022 5:10 pm

    O abrir das portas quase rima com o coração de Brom, tamanho o solavanco dentro do peito. Era como se a primeira enunciação para a morte de todos ali tivesse acabado de ter sido dada.
    O Capitão e o homem aguentavam bem.... mas por quanto tempo?

    Brom: Aguentem firme!

    O que fazer? Brom estava perdido. Havia derrubado já dois, mas era uma guarnição inteira.... O que um jovem Guardião poderia fazer?
    Foi então, que em sua mente vieram as palavras do seu antigo mestre... Brom lembrou-se de uma planta que ele e o mestre encontraram crescendo debaixo de um tronco caído e, que, de forma alguma conseguia apanhar o Sol.
    Quando indagou o mestre, o velho lhe disse algo que nunca esqueceria...

    "Parte da força dO Verde, é que O Verde sempre se adapta. A natureza sempre dá um jeito!"

    Era isso! Brom teria de inovar e se adaptar àquela situação. Ele então decidiu tentar algo que nunca havia tentado antes... Usar duas magias ao mesmo tempo!

    Ele sacou de sua aljava uma das flechas que se repartia e a outra que havia conseguido incendiar o esqueleto há pouco tempo... amarrou as duas com um cordame rapidamente e armou-a no arco, mirando para os céus.

    Brom: Que o verde me ajude...

    Então, começou a recitar as palavras élficas de encantamento da flecha de fogo.... e assim que ela gerou sua fumaça e sua chama, ele recitou as palavras que faziam as flechas choverem.... E ela brilhou!
    Uma gota de suor escorria por sua testa. Então, ele gritou....

    Brom: Que o fogo sagrado dO Verde chova sobre vocês, vis criaturas!!!

    E disparou!

    [OFF] Eu vou usar Esforço Extra pra criar um efeito alternativo do meu arco por uma ação. Será uma mistura da Saraivada de Flechas com a Flecha Explosiva. O poder principal do meu arranjo me permite arranjos de 11PP, então, vamos lá...
    Dano 4
    Extras: Afeta Área (Explosão), Seletivo, Dano Secundário
    Falhas: Pode ser facilmente roubado -6
    Fixos: Indireto +1
    Soma 17pp - 6PP = 11PP

    O alvo central será o K-8.... E que os dados me ajudem!
    Kether
    Garou de Posto Cinco
    Kether
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2385
    Reputação : 97
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh34.png

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Empty Re: Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II

    Mensagem por Kether Ter Maio 17, 2022 10:42 am







     Arthur Dragunborn
    "Revele a verdade, puna os culpados, corrija os errados e sempre seja verdadeiro e justo em suas ações. Leve a Justiça aos culpados em nome daqueles que não podem realizá-la." - fragmento da oração a Kayla-El.
    Arthur Dragunborn





    Ele sentia o peso de sua fraqueza, ela havia procurado por ajuda. Buscou por seu mestre, mas Lorde Lancaster havia viajado com a família para uma cidade próxima para o casamento do filho mais velho. Mas nunca mais retornara, no seu lugar uma carta de seu filho avisando que a família Lancaster ia viajar por todo o reino. E que a irmã mais nova estaria sob sua tutela durante a viagem dos pais. Neste tempo era para Arthur tomar conta da casa da família em Joyfish Town.

    Gemidos de prazer naquela cena mórbida eram a última coisa que Arthur esperava ouvir. Mesmo assim a sua atenção é levada para a origem dos ruídos...

    "Por Kayla-El! Não pode ser! Anasta..." - pensava em estado de choque total.

    Arthur ao reconhecer Anastasia e enquanto via seus lábios se moverem antes mesmo de ouvir sua voz recordava dos momentos que passaram na estalagem da família dela. Todas as brincadeiras, todas as gargalhadas, todas as vezes que ela tratou dos ferimentos que ele teve em suas artes. A amiga havia pedido a sua ajuda com a sua maldição e ele jurara que iria ajudá-la e falhou. Como ele ousava ser um Paladino, um Cavaleiro de Kayla-El, o eleito dEla. Se nem ao menos ele conseguia salvar a amiga, nem mesmo a irmã ele pode salvar na infância.

    - Arthur... Eu-Eu não... Consigo me controlar... Socorro...

    Ela partia tomada pela sua maldição, e Arthur não pode fazer nada. Seu olhar agora se perdia no nada, sem brilho, sem força, sem vontade de prosseguir. Sua espada cai de sua mão. As lágrimas correm por seu rosto e ele fica estático o vazio toma conta de seus sentidos e ele se sente pequeno no meio da vastidão do escuro.





    Arthur Dragunborn @Aeroth, The Dragon Wars Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Espada11
    Dycleal
    Wyrm
    Dycleal
    Wyrm

    Mensagens : 9125
    Reputação : 162
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Empty Re: Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II

    Mensagem por Dycleal Qua Maio 18, 2022 2:36 pm







     Cristina Stormwinter
    "."A Natureza é suprema, os elementos são o verdadeiro poder. Sendo nossa mãe, cuida, mas no seu tempo! O Vento rege a sorte, a aventura, o renovar e esta benção é dada para os seus escolhidos e estes escolhidos são meus e são protegidos para cumprir os seus propósitos, que são os meus incorporados nele. - fragmento da oração a Desna.
    Cristina Stormwinter






    A batalha parece ser finda e o Arthur olha para Cristina e pergunta se pode olhar seu ferimento e ela se lembra que está ferida e semidesnuda. A bárbara olha ao redor e vendo uma breve segurança no ambiente e se aproxima do guerreiro sagrado para que ele avalie o ferimento no tórax e a meio caminho ouve um gemido estranho, não um gemido de sofrimento, mas de êxtase extrema. Após Irélia iluminar o canto de onde os gemidos vinham, a jovem percebe um ser animalesco sobre a carcaça de um dos monstros derrubado e com caninos melados de sangue e um olhar selvagem, com expressão de ódio, e se assemelhando a um lobo atroz ou um felino.

    Mas logo o olhar muda para algo decaído e balbucia algo como desculpas para Arthur e neste momento a ficha cai que deve ser Anastasia e se confirma com a reação do cavalheiro que parece distante a ponto de se desligar da atenção que dava para a combatente. Cristina pensa rápido e corre em direção ao ser que parece ser a amiga do Arthur, porém ela se transforma em um bando de morcegos e a garota atravessa o nada que ela deixou...

    A guerreira selvagem, se vira para Arthur e pergunta: - Podemos ajuda-la? Eu não sei como fazer, mais quero ajudar, se possível... E fica encarando Arthur.




    Cristina Stormwinter@Aeroth, The Dragon Wars
    Agata Allein
    Neófito
    Agata Allein
    Neófito

    Mensagens : 21
    Reputação : 1

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Empty Re: Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II

    Mensagem por Agata Allein Sex Maio 20, 2022 1:34 pm

    A batalha finalmente tinha terminado, por hora pelo menos, algo dizia que nada de bom viria daquele lugar. Arthur oferecia para ajudar Cristina, ela tinha se ferido contra esse bando de mortos vivos mas nada grave, no fundo eu apenas rezava para que Arthur não tivesse visto nenhum rosto familiar, aquilo era como a invasão de Quin novamente.

    Um barulho estranho surgia e em um reflexo eu posicionava minhas laminas para ver o que era, mal tínhamos acabado e teríamos que começar de novo, mas para minha surpresa aquilo era Anastasia, talvez possuída, não sabia, mas suas lâminas estavam ali se precisasse delas, mas não foi isso o que aconteceu.

    Ela se desfazia em uma nuvem de morcegos enquanto Cristina tentava segurá-la de alguma forma, porém sem sucesso, Arthur parecia mais abalado do que nunca, as lágrimas desciam pelo seu rosto, eu ficaria surpresa se elas não o fizessem.

    Caminho devagar ate ele, colocou a mão em um dos seus ombros e olhava fixamente para ele:

    Foto: Xan Irelia

    Arthur, preciso que você olhe pra mim

    Assim que ele o fizesse, eu continuaria

    Foto: Xan Irelia

    Eu não sei o quão devastadora deve ser a dor agora, mas você precisa se levantar, ainda pode ter sobreviventes em algum lugar e eles são nossa responsabilidade. Você sempre terá a nós como ombro amigo para chorar quando quiser, mas agora não é a hora, preciso que você segure sua espada com toda a sua fé e força e avance conosco. Vamos.

    Ela enganchou seu braço por debaixo do braço de Arthur e puxava levemente, esperando que ele respondesse se levantando, eles precisavam continuar, o luto vem após a guerra.

    Nightingale
    Mutante
    Nightingale
    Mutante

    Mensagens : 545
    Reputação : 4
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Empty Re: Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II

    Mensagem por Nightingale Sex Maio 20, 2022 2:31 pm

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Irelia13Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Arthur11Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Cristi11Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Katrin11

    Trilha Sonora:

    A cena foi lamentável, ninguém ali sentiu a decepção crescer mais do que Arthur. Nenhum dos outros presentes ali tinham entendido o que realmente acontecera, que Arthur escondera dos companheiros de viagem o que Anastasia era. Arthur não escondia porque ele queria, mas por um pedido da próprio Anastasia, algo que os companheiros iriam descobrir cedo ou tarde, que a mulher era uma Damphir mas que se não perceberam agora que Arthur seria o único que poderia ter a resposta daquilo, provavelmente não perceberiam mais.

    Katrina se aproximou de seu irmão e apenas pôs a mão em seu ombro, fazendo um minuto de silêncio de sua parte, quando Irélia se aproximou e trouxe as palavras que lembrariam ao Paladino que ele não poderia dar a pausa do lamento agora. Outras pessoas podiam estar vivas ainda e em perigo, palavras que fizeram o Paladino se lembrar da urgência da situação, palavras que fizeram ele olhar para Irélia e concordar em silêncio com um gesto da cabeça. Quando se levantou, o Paladino se encaminhou até Cristina e pôs a mão levemente perto do peito da Bárbara, mas sem tocá-la. Então, uma bola de luz branca surgiu na palma da mão de Arthur, uma luz levemente aquecida e gostosa, a Barbara sentiu a dor ir embora aos poucos, a luz que emanava da bola era mais reconfortante que a luz do fogo de Irélia, não era uma luz elemental, era uma luz divina, carregada de bondade e esperança. Quando a luz de Arthur cessou em poucos segundos depois, Cristina e todo o grupo viam que a ferida da Barbara se fora, como se nunca tivesse estado ali.

    Nenhum deles sabia, mas a ferida havia sido transferida para Arthur que tinha aquela mordida agora em seu próprio corpo, mas não era possível que ninguém a visse porque a armadura de placas do Paladino cobria seu corpo inteiro e ninguém sabia que por baixo do peitoral da armadura havia a mordida de um morto-vivo. Logo depois, ele volta a utilizar a mesma luz em seu próprio peito, talvez Arthur tenha se machucado na batalha com um zumbi tendo o golpeado no peito e causou alguma hematoma, ninguem saberia dizer, mas a verdade é que ele curava o ferimento que pegara de Cristina.

    O grupo então seguia a uma corrida para a direção do templo, o caminho estava livre mas ninguém sabia dizer por quanto tempo até que outros mortos começassem a se levantar para impedi-los novamente. Eles seguiam pelas estradas da cidade e por todo o lugar que via eram sangue, morte, carnificina. Eles espantavam corvos, abutres e ratos da paisagem à medida que faziam alarde com a corrida.


    Nova Trilha Sonora:


    Quando o grupo chegara nos terrenos do templo, depois de algum tempo de corrida, eles viam que a situação estava muito pior do que pensavam. Viam um enxame de esqueletos à frente do portão do templo, viam também um gigante colosso feito de ossos que tinha uma espécie de eletricidade estática envolvendo como uma aura envolvendo seu corpo e algo que o grupo via como uma espécie de general. Mais afastado, observando, montado em um cavalo que parecia ser o cavalo da própria Morte e usando armaduras e um manto, uma aura negra que fazia os sentidos de todos ficarem mais alerta que o normal, estava este cavaleiro que claramente parecia ser uma espécie de líder ou capitão daquela tropa de esqueletos aglomerados.



    Templo:

    Inimigos:


    De toda a maldade que Arthur sentiu até agora, nenhuma era tão poderosa, tão vil e tão perturbadora quanto a daquele cavaleiro e seu cavalo horripilante. Aquela coisa fazia o senso de maldade do Paladino explodir em sua cabeça como nunca, fazendo com o que por alguns segundos o mesmo tivesse um período de tontura, nunca em sua vida encontrara algo tão nefasto e seus sentidos brevemente zonzos eram a prova disso.

    Na janela da frente do templo, nos andares superiores, estava um homem com um arco e flecha tentando atirar contra aquele monte de ossos hostis. O grande Colosso de Ossos estava desferindo pancadas com seus dois punhos na estrutura do Templo fazendo o mesmo tremer.

    Arqueiro:

    Arthur sabia que os mortos-vivos jamais poderiam entrar no templo de kayla-el, mas nada impedia que o templo fosse destruído, a estrutura desabasse e a santidade do Templo fosse desmoronado junto. O Cavaleiro montado no cavalo de fogo negro apenas encarava o grupo que havia chegado, ele nada fazia, apenas os encarava sem esboçar nenhuma reação.

    Nightingale
    Mutante
    Nightingale
    Mutante

    Mensagens : 545
    Reputação : 4
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Empty Re: Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II

    Mensagem por Nightingale Sex Maio 20, 2022 2:44 pm

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Brom_b14
    Nightingale
    Mutante
    Nightingale
    Mutante

    Mensagens : 545
    Reputação : 4
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Empty Re: Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II

    Mensagem por Nightingale Sex Maio 20, 2022 6:43 pm

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Brom_p10Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Olento10Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Guarda10Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Esquel10Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Assar_10Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Coloss10
    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Arthur12 Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Cristi12 Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Irelia14 Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Katrin12

    Nova Trilha Sonora:

    Brom fazia suas preces, ele precisava fazer algo e naquele momento o que ele precisava era de um milagre, e assim, fazendo as suas preces, o arqueiro lançava sua flecha para o meio das ossadas e dessa unica flecha uma pequena explosão aconteceu. No inicio, todos poderiam pensar que aquela pequena flecha que explodiu no ar nada faria, era apenas alguma tentativa estranha e falha, mas então daquele unico ponto no céu uma saraiva de flechas começou a chover em cima de todos os esqueletos fincando em todos eles e até mesmo chegando a pegar no grande colosso de ossos. Os esqueletos pararam imediatamente o que faziam e logo depois viera a explosão, um a um, as flechas fincadas nos esqueletos começaram a explodir. Uma nuvem de poeira se levantou cobrindo todo o ambiente, o som das explosões ecovam por todo o ambiente.

    A poeira ficou no ar por mais ou menos 40 segundos, o mistério paraiva no ambiente, o eco das explosões ainda soava o ouvido de todos, quando finalmente a densidade da poeira começava a seder era possível ver um chão forrado com ossadas destruidas. O grupo de Arthur, Irelia, Cristina e Katrina havia presenciado tudo, aquele arqueiro sozinho destruir um batalhão de esqueletos mortos-vivos. Brom, por seu lado, estava exausto, usar aquela prece havia gasto muito do seu espirito, ele preciva de um tempo para se recuperar. Os olhos dos soldados humanos ficaram atonitos, um sorriso de vitoria nascia e a esperança brilhava em todos eles. Só agora o grupo novo que chegara conseguia ver que havia um grupo na frente dos portões do templo, com lanças e escudos tentando defender o lugar.

    O cavaleiro esqueleto finalmente parecera esboçar alguma reação. Dele era emanado um grunhido de descontentamento, aquele grunhido era horrível, como um monstro grande e horroroso que pega criancinhas a noite. Dava um calafrio em todos, então, ele erguia a mão em direção ao colosso esqueleto, o mesmo que também tinha tomado as flechas explosivas, ao contrário dos esqueletos, ainda estava de pé e muito bem, seria necessário bem mais para derrotá-lo. A grande monstruosidade se reposiciona deixando de mão o templo que tentava abalar. A grande criatura ia mais pro meio do ambiente, ela erguia o pé e pisava furiosamente no chão, todos sentiam o ambiente tremer como um terremoto, mas ainda assim conseguiram se manter de pé, e então um rugido furioso era emanado da grande criatura morta viva à medida que podiam ver que a eletricidade envolta de si começara a ficar mais evidente e mais constante, mais creptante.


    Rugido do esqueletão:


    O cavaleiro, por sua vez, simplesmente se vira de costas, o cavalo empina e solta um relincho, mas não um relincho comum, um relincho fantasmagórico e gultura, não como de um cavalo, mas como de uma Besta vinda do inferno. O cavalo então trotava na direção oposta da batalha, rapidamente e facilmente pulando o alto muro de 10 metros que cercava o campus do templo.
    Nightingale
    Mutante
    Nightingale
    Mutante

    Mensagens : 545
    Reputação : 4
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Empty Re: Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II

    Mensagem por Nightingale Sex Maio 20, 2022 6:44 pm

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Brom_b15
    Nightingale
    Mutante
    Nightingale
    Mutante

    Mensagens : 545
    Reputação : 4
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png

    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Empty Re: Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II

    Mensagem por Nightingale Seg Maio 23, 2022 11:50 am

    Ordem da Iniciativa

    Irélia - 35
    Brom - 25
    Cristina - 23
    Colosso - 20
    Soldados - 20
    Rottherdan - 16
    Katrina - 15
    Alex - 13
    Conteúdo patrocinado


    Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II - Página 4 Empty Re: Capítulo 1 - Festival dos Horrores - Parte II

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Ago 18, 2022 2:33 pm