Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).

Links úteis Anúncios Redes Sociais
31/03 - Novo quadro de anúncios.
31/03 - Mesas com mais de 2 meses SEM postagens serão automaticamente arquivadas.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE MAIO
Mesas que forem abertas para serem jogadas em outras plataformas
serão excluídas do fórum.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE JUNHO
A partir de agora somente mestres com mesas ativas no fórum terão o nick laranja
para ficar mais fácil a distinção. Fiquem atentos que em breve teremos
um novo modelo de pedido de mesa!




 

    Haunted Horror: Sanatório Infernal

    DiegoPaje
    Forasteiro
    DiegoPaje
    Forasteiro

    Mensagens : 10
    Reputação : 1

    Haunted Horror: Sanatório Infernal Empty Haunted Horror: Sanatório Infernal

    Mensagem por DiegoPaje Qui Abr 28, 2022 10:13 pm

    A Tragédia no Sanatório Infernal, 05 de Julho de 1991.

    Na madrugada de Julho do ano de 1991, a pequena cidade de New Wicknagh testemunhou uma grande tragédia no Hospital Psiquiátrico de Fairview, por conta de um grave descuido, um dos pacientes surtou e assassinou brutalmente dois médicos e outros seis funcionários.

    O assassino, ainda não identificado, fugiu sem deixar nenhum vestígio. Isso fez a população se alarmar diante de um possível assassino em série. Na tentativa de manter tudo sob o controle, o prefeito da cidade, Charles Sidwell, providenciou o desligamento do hospital e o isolamento imediato para uma nova reforma que prometia uma segurança reforçada.

    O Hospital Psiquiátrico de Fairview tinha uma má reputação, e logo após o acontecido, as coisas pioraram ainda mais. Os policiais que protegiam o patrimônio do hospital relatavam gritos de desespero, logo alimentou uma forte lenda sobre espíritos malignos naquele lugar aparentemente assombroso.

    Há quem diga que o assassinato foi por causa de uma possessão demoníaca, mas uma coisa era certa, as pessoas estavam determinadas a descobrir por conta própria o que realmente tinha acontecido por lá.

    No ano de 1993, o hospital acabou saindo das prioridades da prefeitura, tornando-se um local abandonado pelas pessoas, mas depois de um certo tempo, começaram a surgir relatos de aparições misteriosas naquele hospital e falsas chamadas de emergência que eram efetuadas sem motivo algum, ocasionando um grande problema na administração da segurança de New Wicknagh. O prefeito, na tentativa de manter a sua reputação na cidade, propôs junto ao chefe de polícia a contratar uma equipe de investigadores paranormais a fim de resolver todo o mistério daquele lugar.

    Haunted Horror: Sanatório Infernal 1dc9c822d120eabf988e02a27fb9e6ebd207d9c0r1-471-312v2_uhq
    O hospital principal de Fairview, foto tirada no ano de 1992.

    Nos dias atuais... 1995

    Agora o ano é 1995, o ano das eleições, a equipe de Eric Castiglia, o chefe da IGH — uma pequena empresa amadora de investigadores paranormais — terá a missão de lidar com a situação em um período turbulento, a equipe se encontrava em Illinois e se preparava para fazer uma reunião até a sua viagem de Chicago até New Wicknagh.

    Eric Castiglia tomou sua atitude para reunir a equipe dos sonhos, o pequeno grupo recentemente formado por pessoas de confiança que ainda não se conheciam, e que segundo ele, seriam os melhores para se trabalhar em um caso tão delicado como aquele, que parecia ser apenas a ponta de um iceberg.

    Haunted Horror: Sanatório Infernal 2017411-elm-yonge-1980s-ed

    Escritório de Eric Castiglia, Abril de 1995.

    Era uma noite fria e a cidade de Chicago estava começando a escurecer, as pessoas estavam voltando para casa e o trânsito se intensificava ainda mais, suas ruas eram movimentadas e cercadas por luzes de outdoors. O escritório de Eric Castiglia se escondia em uma pequena galeria ao lado de uma loja de discos, para ter acesso ao lugar, a pessoa teria que entrar em um apartamento que se encontrava em um dos becos mais escuros da cidade.

    "Cadê o pessoal, Martha?"

    "Você marcou a reunião às 20h, Eric."

    "E que horas são?"

    "Ainda faltam trinta minutos." respondeu Martha, que não tirava os seus olhos do relógio na parede.

    O escritório de Eric não era tão moderno, a porta sempre emperrava e as luzes nem eram tão iluminadas, era difícil ter acesso ao local, o ambiente era um pouco quente apesar do clima frio das ruas. Eric se encontrava ao lado de sua assessora de confiança, Martha Lindsey, que vivia sempre com uma prancheta em mãos e uma caneta atrás da orelha.

    Haunted Horror: Sanatório Infernal Mid_x3

    Após os demorados trinta minutos, a porta se abriu com dificuldade, até se apresentar, com muita ansiedade, a primeira pessoa da equipe...
    Caelestia
    Moderador
    Caelestia
    Moderador

    Mensagens : 948
    Reputação : 125

    Haunted Horror: Sanatório Infernal Empty Re: Haunted Horror: Sanatório Infernal

    Mensagem por Caelestia Qua Maio 04, 2022 4:18 pm

    Alessa para o carro próximo a conhecida lojas de discos, sem desligar o automóvel.

    A música ainda estava alta no interior do carro enquanto a jovem mulher observava o beco escuro que dava acesso ao escritório de Eric, se perguntando se o homem realmente não poderia escolher um lugar melhor para trabalhar.

    Soltando de uma só vez todo o ar dos pulmões em uma baforada longa, Alessa por fim desliga o veículo e o rádio do carro e sai para a rua, entrando no estreito beco

    Ela apeta o passo. Não tinha nenhum problema com coisas sobrenaturais, mas pensar em tudo não sobrenatural que poderia acontecer a uma garota sozinha em um beco escuro como aquele, isso sim a assustava.

    Por fim ela alcança o apartamento que dava acesso ao escritório e relaxa.

    Não era a primeira vez que trabalhava com Eric e ele sempre levava uma “equipe” em suas investigações, contudo, por muitos serem freelancers ela nunca tinha certeza de quem encontraria

    Pensar nisso a fez imaginar se seriam todos conhecidos ou se teria algum membro novo na equipe.

    Alessa olha o relógio antes de abrir a porta. Estava adiantada cinco minutos.

    - Olá, pessoal! – Alessa sorri ao entrar, empurrando a porta com alguma dificuldade para fecha-la novamente. – Então, o que tem pra gente dessa vez, Eric? – Sem cerimônias ela se senta em uma poltrona, reparando que talvez tivesse sido a primeira a chegar.
    Askalians
    Administrador
    Askalians
    Administrador

    Mensagens : 1640
    Reputação : 169
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Haunted Horror: Sanatório Infernal Empty Re: Haunted Horror: Sanatório Infernal

    Mensagem por Askalians Qui Maio 05, 2022 7:57 am

    Anna havia acordado cedo naquele dia para ir para a escola. Ela penteou os cabelos, escovou os dentes e colocou uma roupa bem confortável como jeans e camiseta. Ajeitou os óculos no rosto, deu um beijo estalado na bochecha da Vó que estava sentada no sofá e saiu cantarolando para o colégio.

    No final daquele dia, ela tinha um compromisso e só poderia sair depois que cumprisse com todas as suas obrigações e depois de deixar tudo organizado.

    A menina morava com a avó que tinha lá suas dificuldades por conta da velhice e um pouco de alsheimer. Já que ela ia precisar se ausentar um pouco por conta de um trabalho e morava em uma cidade pequena, Anna pediu ajuda aos seus vizinhos para ficarem de olho na sua avó e ajudassem ela com a comida e os remédios.

    As horas do dia foram passando e tudo foi se ajustando até que as 18:00 em ponto ela estava pegando um ônibus para ir até a cidade vizinha. Ainda havia um pouco de tempo uma vez que o encontro estava marcado para as 20:00.

    A cidade vizinha não era lá muito longe então em 1 hora Anna chegou. Sua mochila estava um pouco pesada com uma ou outra coisa que trouxe lá dentro.

    Ela confirmava no celular o endereço até o seu destino e verificava na carteira se estava com dinheiro o bastante ou se teria que usar o cartão da vó, mas parecia que estava tudo ok.

    Depois de verificar tudo pela bilionésima vez, ela foi a procura de um táxi que a levasse até o tal escritório de Eric e em cerca de 20 min ela estava tocando a campainha do local enquanto mastigava uma barrinha de cereal.


    _____________________________
    "If you love me, good...
    If you don't, I really don't care...
    My life will keep going the same way, with or without you...
    I will never choose between my family and you because family always go first...
    We have to remain together, always and forever..."
    DiegoPaje
    Forasteiro
    DiegoPaje
    Forasteiro

    Mensagens : 10
    Reputação : 1

    Haunted Horror: Sanatório Infernal Empty Re: Haunted Horror: Sanatório Infernal

    Mensagem por DiegoPaje Qui Maio 05, 2022 4:47 pm

    Haunted Horror: Sanatório Infernal 1188


    Parte I - A caminho de New Wicknagh.


    - Ah, graças à Deus Alessa, como sempre cumprindo com os horários antecipadamente, não é? — Falou Eric com um intenso alivio. - Enfim, vamos esperar os outros chegarem.

    Depois de alguns minutos, a porta se abre novamente, uma segunda pessoa adentra ao lugar, Charles Byrne, um policial aposentado que aparentava estar na meia idade, ele examina o local por alguns minutos até até cumprimentar todos no local.

    - Boa noite, então é aqui? — Perguntou ele.
    - Eu me chamo Eric Castiglia?
    - Acho que sim.
    - Então talvez você esteja no lugar certo. — retrucou Eric com um sorriso no rosto.

    Depois de um certo tempo, um homem desajeitado quebra o silêncio ao abrir a porta com muito barulho, chamando a atenção de todos, Joseph Norcia era um homem bem vestido ou pelo menos ele achava que era, com o seu agoniante costume de ajustar os óculos em seu rosto, ele parecia ser uma pessoa ansiosa, Joseph Norcia era o cara da ciência, e de todas as gambiarras ele entendia com facilidade.

    - Eric? — Disse Joseph, sem jeito.
    - Você era mais pontual antes, meu amigo. O que aconteceu?
    - Ah, é. Às vezes, você sabe, a gente tenta ser mais rápido, só que o que eu quero dizer com isso é o seguinte, eu estava um pouco...
    - Atrasado, já sabemos. — O silêncio toma conta do lugar quando Joseph é interrompido pela Martha.

    Não demorou muito para que a campainha do local fosse acionada, Martha desce as escadas para abrir a porta, e lá estava Anna, parada na entrada do escritório. Depois de algumas conversas, Martha acompanha a garota até o escritório de Eric, sendo o centro das pessoas que estavam ali.

    - Calma, que eu vou explicar. — Disse Martha.
    - É, você tem muito o que explicar. — Retrucou Eric, que não parava de olhar para Anna com o seu jeito desconfiado de ser. Martha aponta para garota e conta um pouco do porquê chamar uma menina para a reunião.

    - Essa é a Anna White, ela reside em New Wicknagh, essa garota pode ser a chave do nosso sucesso, ela não só conhece a cidade de ponta a cabeça, ela também tem dons mediúnicos que podem ajudar a gente a resolver esses mistérios.
    - Martha? Mas ela é muito nova. — Eric desaprova amargamente, enquanto os outros ao redor sussurram entre si.
    - E o que isso tem haver, Eric? Ela vai ajudar na solução do caso. — responde Martha, olhando seriamente para o seu chefe.
    - Não quero me responsabilizar por uma criança. Ninguém aqui quer.
    - Você pode deixar comigo Eric. Eu posso ser responsável por ela. — Interrompe Charles, tomando a atenção de todos.
    - Tem certeza? Ela é um bebê. — Eric aponta para Anna enquanto questiona o policial.
    - Pode deixar comigo, estamos juntos nessa.

    Eric Castiglia respira fundo, olha para os relógios enquanto bufa e negativa com a cabeça, ele vai até a sua mesa e retira alguns papéis para distribuir para cada pessoa do local, evitando passar para a garota Anna.

    - Vejam, esse papel, aqui diz tudo o que está acontecendo naquele sanatório maldito, o chefe de polícia está pressionando, as pessoas estão pressionando, a cidade está uma loucura.

    Enquanto Eric completa, Martha entrega um papel para Anna, fazendo ele balançar a cabeça negativamente e continuar a falar.

    - Tudo isso aqui tem que ser analisado com responsabilidade, isso envolve muita coisa.

    Eric vai para o centro da mesa, fica em silêncio por alguns segundos e então, volta a falar seriamente com o grupo.

    Joseph, você que é um nerdinho, você ajuda a Alessa com esses equipamentos malucos dela, eu sei que você consegue desenrolar isso.
    Alessa, cuide tudo do audiovisual, mas não deixe de me comunicar, essa coisa é séria, preciso saber de tudo antes de tomar alguma decisão. E você Charles, você tem uma arma com você, as pessoas precisam da sua segurança, toma conta da garota, às vezes a Martha faz essas doideiras.

    Há um carro esperando por vocês neste...
    — Enquanto Eric olhava seu relógio, era possível ouvir uma buzina do outro lado da janela. - ...exato momento.

    Depois de alguns acertos, Eric e o grupo descem as escadas, e lá estava o motorista, abrindo a porta para todos do grupo.

    - Ei, antes de entrarem, quaisquer dúvidas, perguntem ao motorista. Outra coisa, as coisas podem estar difíceis, mas lembrem-se, não escolhi qualquer um para trabalhar comigo, então não me decepcionem. — Ele encara cada um do grupo, menos Anna.

    Agora o grupo se encontra dentro do carro, e o motorista liga o carro, ele coloca uma música de batidas relaxantes, enquanto dá inicio a sua viagem até a cidade de New Wicknagh, que seria um pouco longa.

    O carro não era muito apertado e o ar refrescava a todos lá dentro, cada um ocupava seus lugares. No banco de trás, haviam três pessoas, no lado esquerdo Alessa Mason, no meio Anna White e na direita Joseph Norcia, e por último, no banco da frente, o policial Charles Lincoln e o motorista do veiculo.
    Caelestia
    Moderador
    Caelestia
    Moderador

    Mensagens : 948
    Reputação : 125

    Haunted Horror: Sanatório Infernal Empty Re: Haunted Horror: Sanatório Infernal

    Mensagem por Caelestia Seg Maio 09, 2022 3:27 pm

    Quando Martha se retira para atender a campainha e retorna acompanhada de uma garota, claramente ainda uma adolescente, de inicio Alessa não dá muita atenção imaginando que ela poderia ser alguma sobrinha da mulher, por isso mesmo arregalou os olhos, em surpresa, diante da revelação de que aquela jovenzinha iria participar da investigação junto ao grupo.

    Está certo que muita gente não “levava fé” no tipo de trabalho que iriam executar, mas daí a levar uma adolescente... Alessa se sentia tentada a concordar com Erick e achar aquilo um absurdo.

    Ela até contestaria a companhia da garota na investigação se Martha não houvesse dito algo muito interessante: Aquela garota era médium. Alessa não se lembrava de terem em investigações anteriores ninguém que se declarasse abertamente “médium”

    Ajeitando-se em sua poltrona ela fica quieta observando a movimentação das pessoas enquanto analisava a garota de soslaio e ouvia as orientações de Erick.

    Já do lado de fora do escritório, o homem dá os últimos direcionamentos à equipe antes de se separarem.

    - Não tão rápido assim! Alguém precisa me ajudar a pegar meus equipamentos no carro. Sem eles não vou a lugar algum. – Alessa cruza os braços enquanto espera alguém se voluntariar para ajudá-la. – O que foi? Não vai conosco dessa vez... Chefinho? – Ela vai em direção ao seu carro e sorri torto ao passar pelo homem, dando de ombros e finalmente relaxando os braços. – E você Martha? Para quem iria se responsabilizar pela garota, não me diga que vai convenientemente ficar no escritório?

    Tudo ajeitado, Alessa assume seu lugar no carro e finalmente eles seguem viagem para New Wicknagh.

    Aproveitando que estava ao lado da garota, Alessa a olha de cima a baixo antes de usar o próprio ombro para empurrar o braço de Anna.

    - Olá, Ana... Que dizer que você é médium, hein... Como que você veio parar nessa garota? – A pergunta foi direta, mas não havia nada além de curiosidade no tom de voz de Alessa
    Askalians
    Administrador
    Askalians
    Administrador

    Mensagens : 1640
    Reputação : 169
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Haunted Horror: Sanatório Infernal Empty Re: Haunted Horror: Sanatório Infernal

    Mensagem por Askalians Ter Maio 10, 2022 3:00 pm

    Assim que a porta foi aberta, Anna sorriu ao ver o rosto da mulher. Ambas trocaram algumas palavras e então Anna finalmente foi convidada a entrar. Ela foi seguindo Martha até que finalmente chegou no escritório.

    Que situação constrangedora foi entrar no escritório e todo mundo olhar automaticamente para ela e com certeza era porque comparado com todos que estavam ali, seria a mais nova.

    Todos começam a cochichar entre si sobre ela enquanto Martha explicava a situação para Eric.

    Mais algumas palavras foram trocadas na presença dela, que nada dizia, pois por mais que estivesse se sentindo mal com toda aquela conversa, lá no fundo ela sabia que aquele tipo de coisa poderia acontecer.

    Estava ficando tensa quando o policial aposentado chamado Charles respondeu em seu favor junto com Martha. Ela olhou para o homem e deu um meio sorriso de alívio, pois parecia que tudo agora iria ficar bem. Não precisava realmente que alguém se responsabilizasse por ele mas ficava feliz de alguém fazer isso.

    - Obrigada - gesticulou ela com a boca olhando para Charles.

    Quando Eric começa a distribuir uma série de papéis evitando passar para ela, ficou mais chateada ainda, mas se aproximou de Charles para poder ler e acompanhar o que o responsável dizia até que ouviu a buzina. Sabia que era hora de descer e então dentro do carro, sentada ao lado de outra mulher chamada Alessa, ela puxou conversa e ficou feliz com isso:

    - Olá... você é a Alessa né!? prazer... - e ela fez então uma breve pausa antes de começar a falar mais uma vez sim... eu sou médium e como eu moro em New Vicknagh, todo mundo me conhece, por isso eu vim parar aqui.. e você?


    _____________________________
    "If you love me, good...
    If you don't, I really don't care...
    My life will keep going the same way, with or without you...
    I will never choose between my family and you because family always go first...
    We have to remain together, always and forever..."
    DiegoPaje
    Forasteiro
    DiegoPaje
    Forasteiro

    Mensagens : 10
    Reputação : 1

    Haunted Horror: Sanatório Infernal Empty Re: Haunted Horror: Sanatório Infernal

    Mensagem por DiegoPaje Dom Maio 15, 2022 9:23 am

    Haunted Horror: Sanatório Infernal Depositphotos_497603256-stock-video-rear-view-mirror-in-a
    Em New Wicknagh

    Atento as palavras de Anna e Alessa, o motorista observa friamente o retrovisor, sem dizer uma palavra, ele seguia fielmente o destino até escutar as dúvidas que saiam da mente de Charles Byrne, o velho policial que ocupava o banco da frente.

    - New Wicknagh é muito distante daqui? — perguntou Charles.
    - Mais ou menos, leva algumas horas de carro.
    - Eu nunca conheci essa cidade... — Charles é interrompido pelo bip do pager acionado, o motorista olha o aparelho com atenção antes de dar uma informação para o grupo.  - Bom, o Eric hospedou vocês no Primal Keep Hotel, parece que o prefeito quer dar uma palavrinha com vocês.

    Enquanto Charles recua a sua cabeça e expressa uma face duvidosa, Joseph ousa a fazer uma pergunta para o motorista. - O que o prefeito quer com a gente?

    - Essas coisas que acontecem no hospital é muito maior do que vocês pensam, depois daquele dia, o prefeito teve que lidar com uma grande pedra no sapato. — respondeu o motorista, que não tirava o foco do volante uma vez sequer.

    Horas se passam...

    Depois de algumas horas de viagem, era finalmente possível ver uma placa aos pedaços que indicava a direção para a cidade de New Wicknagh, o motorista pega a rota seguindo até o centro.

    Ao chegar na cidade, vocês se deparam com as ruas quase vazias, eram onze horas da noite, era possível perceber as luzes de algumas casas apagadas, algumas lojas se fechando e o silêncio que predominava por ali.

    Depois de virar algumas esquinas, um grande hotel luminoso era visto, aquele hotel se chamava Primal Keep Hotel, uma grande referência da cidade, o motorista dirige até o estacionamento do hotel, balizando o carro até parar em frente a ele.

    O motorista sai para ajudar na retirada dos equipamentos enquanto na porta do hotel, havia uma pessoa esperando pelo grupo, era um homem magro e alto, que olhava fixamente para a equipe de investigação, ele esperava o despache de todos os equipamentos necessários.

    Terminado o despache, o grupo vai até a porta do hotel, aonde o homem alto e magro é visto de um ângulo melhor, com o seu sorriso amarelado e uma pele clara, ele era uma pessoa bem vestida, aparentava ser um homem de meia-idade.

    - Sejam bem-vindos ao hotel, eu vou comunicar ao prefeito que vocês estão aqui, antes de tudo, eu me chamo Bruce e eu sou o proprietário do hotel, eu reservei um quarto para vocês e as chaves estão na recepção, podem ir lá pegar na hora que quiserem. Aproveitem para explorar um pouco o lugar e conhecer mais sobre a cidade caso queiram. — ele se despede com um breve aceno, e vira as costas para o grupo indo direto para um telefone público.


    O hotel era grande, mas não muito luxuoso, ele tinha estrutura o suficiente para receber pessoas de classe média, no balcão, havia um recepcionista, que fazia o trabalho de anotar o nome de cada uma das pessoas que estavam entrando pelo hotel.

    Há dois sofás na recepção, um com apenas uma senhora de idade e o outro com dois casais de adolescentes.

    Subindo as escadas, você vai se deparar com um corredor que dá para cinco portas, em cada parede, haviam duas até o final do corredor, que seria a última porta.

    Você também poderia explorar o exterior do hotel, o estacionamento tinha apenas dois carros e o clima sereno tomava conta da rua.


    Lugares relacionados

    Haunted Horror: Sanatório Infernal 00c659897af79f529be50442ca67756a--parking-lot
    Haunted Horror: Sanatório Infernal 1570662803969
    Haunted Horror: Sanatório Infernal 227766210
    Haunted Horror: Sanatório Infernal Corredor-prego-e-martelo-capa
    Caelestia
    Moderador
    Caelestia
    Moderador

    Mensagens : 948
    Reputação : 125

    Haunted Horror: Sanatório Infernal Empty Re: Haunted Horror: Sanatório Infernal

    Mensagem por Caelestia Seg Maio 16, 2022 4:09 pm

    - Bem, eu diria que você está bem longe da cidade, não? – Alessa faz uma observação após o motorista informar que seriam algumas horas de viagem. – Eu sou a moça que tira as fotos. – Ela sorri. – Sério... Eu tiro fatos e faço alguns vídeos na esperança de “capturar” alguma evidência que comprove a existência de espíritos e assim validar que o lugar é mesmo assombrado. – Alessa dá de ombros enquanto ouve os homens conversando sobre o local a ser investigado. – Nem sempre conseguimos algum registro... Espero que com sua ajuda isso mude. Martha está colocando muita “fé” nisso.

    Dizendo isso, Alessa da um último sorriso para a garota antes de se concentrar na conversa entre os homens sobre a cidade. No restante do trajeto apenas trocou uma outra palavra com Anna e os demais, preferindo colocar os fones e ouvir seu walkman durante a viagem.

    ..............................

    Quando a viagem finalmente chega ao fim e o carro estaciona em frente ao hotel, Alessa fica feliz em sair do veículo e se espreguiça olhando a movimentação da rua em volta enquanto ouve as orientações de Bruce.

    Quando o homem diz “eu reservei um quarto para vocês e as chaves estão na recepção”, Alessa faz uma careta, mas não tem tempo de perguntar nada ao homem pois ele se afasta logo em seguida.

    Segurando o braço de Ana, ela puxa a garota e cochicha – Explorar e conhecer a cidade as 23h, com tudo fechando? Não é porque participo de investigações sobrenaturais que não tenho um mínimo de juízo. – E agora acrescentando em um tom de voz mais alto ela completa. – Eu estou louca ou o carinha disse que o Erick reservou UM quarto para nós? UM! Não acredito que aquele mão de vaca fez isso! – Ela parecia chateada. – Eu vou a recepção verificar isso. Quer ir comigo Ana? Deixe os rapazes aí descarregando as coisas do carro...
    Askalians
    Administrador
    Askalians
    Administrador

    Mensagens : 1640
    Reputação : 169
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Haunted Horror: Sanatório Infernal Empty Re: Haunted Horror: Sanatório Infernal

    Mensagem por Askalians Sex Maio 20, 2022 3:36 pm

    - Por incrível que pareça são poucas horas de viagem… é tudo muito próximo… - sorriu ela de leve enquanto ouvia Alessa falar mais.

    - E você acha que é realmente possível capturar alguma coisa em foto? / perguntou inocente.

    - Farei tudo o que estiver ao meu alcance para ajudar…

    Depois de trocar uma ou outra palavra com Alessa, ela ficou então calada enquanto seguia viagem.

    Quando finalmente adentraram a cidade, ela se depara com a vizinhança costumeira, com o silêncio e a calmaria da noite. Podiam ser apenas as 11 da noite mas era normal a cidade se comportar daquela forma, pois tudo sempre foi assim, desde que se conhecia por gente.

    Anna ouviu que ficariam hospedados em um hotel na cidade e que também falariam com o prefeito, um homem que ela  já tinha visto mas nunca havia conversado antes. Será que ele saberia sobre ela já que são da mesma cidade?

    Quando chegam no hotel, ela segue ao lado de Charles calada observando tudo a sua volta sem nada dizer. Ela já tinha ouvido falar daquele lugar mas nunca se hospedou lá, pois não tinha a menor necessidade para isso.

    Chegando no hotel, começaram a tirar todo o equipamento do veículo e então Alessa a puxou pelo braço:

    - Eu… vou com você sim…- e seguiu junto com Alessa.


    _____________________________
    "If you love me, good...
    If you don't, I really don't care...
    My life will keep going the same way, with or without you...
    I will never choose between my family and you because family always go first...
    We have to remain together, always and forever..."
    DiegoPaje
    Forasteiro
    DiegoPaje
    Forasteiro

    Mensagens : 10
    Reputação : 1

    Haunted Horror: Sanatório Infernal Empty Re: Haunted Horror: Sanatório Infernal

    Mensagem por DiegoPaje Sex Maio 27, 2022 7:17 pm

    O recepcionista, esperava ansiosamente as garotas para tirar suas dúvidas, suas vestes eram elegantes para receber alguém em um hotel de luxo, em sua camisa, o nome e símbolo do Primal Keep Hotel estava estampado em seu peito, atrás dele, haviam vários quadros de pessoas de alto renome na cidade, incluindo o prefeito.

    — Será que eu posso ajudar vocês? Respondeu ele, com toda a sua cortesia de recepcionista.

    Já no lado de fora, estava o assessor do prefeito que ao terminar a ligação, olha para as ruas vazias em frente ao hotel, por lá, ele conversa com Charles enquanto Joseph dá uma volta no local.
    Caelestia
    Moderador
    Caelestia
    Moderador

    Mensagens : 948
    Reputação : 125

    Haunted Horror: Sanatório Infernal Empty Re: Haunted Horror: Sanatório Infernal

    Mensagem por Caelestia Sab Maio 28, 2022 9:44 am

    Alessa segue com Ana até a recepção do hotel. O semblante dela estava fechado, denotando sua chateação e ela resmungava, reclamando de Erick, conforme andavam.

    Ao chegar no balcão ela solta o braço de Ana e ajeita os óculos sobre o nariz, se dirigindo ao recepcionista.

    - Boa noite. – Ela para por instantes pensando no que dizer. – Bem, parece que há uma reserva feita para algumas pessoas que vão se encontrar com o prefeito. Só não sei em nome de quem foi feita a reserva... Talvez em nome de Eric Castiglia... Enfim, poderia me dizer quanto quartos foram reservados?

    Enquanto esperava que o rapaz respondesse Alessa se aproxima de Ana e diz para a garota. – Hey, Ana, você mora na cidade certo? Acho que não precisa ficar aqui conosco se não quiser...

    - Escuta, como faço para conseguir um taxi? – Alessa se volta de repente para o recepcionista e faz uma nova pergunta. – Acabei de me dar conta que tenho uma ótima guia para está cidade. – Ela olha para Ana e ri. – Me diga moço... O que tanto está acontecendo nesta cidade sobre o tal hospital ou sanatório, não sei, para que o prefeito tenha chamado uma equipe para investigar?

    Novamente enquanto esperava o recepcionista responder, Alessa desta vez se curva em direção a Ana, aproximando a boca do ouvido da garota sussurra. – Se o carinha conseguir um taxi, o que me diz de dar uma passada em frente ao tal hospital? Queria fazer umas fotos da fachado do lugar antes da investigação... Melhor do que ouvir um assessor chato. Depois eles podem nos contar o que o prefeito quer. - Alessa sorri.
    Askalians
    Administrador
    Askalians
    Administrador

    Mensagens : 1640
    Reputação : 169
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Haunted Horror: Sanatório Infernal Empty Re: Haunted Horror: Sanatório Infernal

    Mensagem por Askalians Dom Maio 29, 2022 1:32 pm

    E Ana segue ao lado da mulher. Era nítido que Alessa estava chateada, até mesmo para Ana que não a conhecia podia perceber isso, sem falardo quanto resmungava e reclamava de Erick enquanto andavam.

    Assim que chegam no balcão, ela fica em silêncio apenas observando Alessa até que a mais velha a surpreende dizendo algo sobre ela não precisar ficar lá, uma vez que era da cidade. Realmente não havia pensado nisso mas, se há havia causado tanto rebuliço por ser a mais nova do grupo poderia causar ainda mais se não ficasse junto com todos alí... e Ana olhou para o lado com uma expressão pensativa.

    Alessa continuou fazendo suas perguntas até que a surpreendeu de novo cochichando algo em seu ouvido sobre fazer umas fotos da fachada do lugar antes da investigação enquanto os outros ficariam ouvindo o chato assessor. Não era uma má ideia afinal de contas então Ana sorriu e balançou a cabeça afirmativamente.


    _____________________________
    "If you love me, good...
    If you don't, I really don't care...
    My life will keep going the same way, with or without you...
    I will never choose between my family and you because family always go first...
    We have to remain together, always and forever..."
    DiegoPaje
    Forasteiro
    DiegoPaje
    Forasteiro

    Mensagens : 10
    Reputação : 1

    Haunted Horror: Sanatório Infernal Empty Re: Haunted Horror: Sanatório Infernal

    Mensagem por DiegoPaje Seg Jun 06, 2022 4:55 pm

    "– Bem, parece que há uma reserva feita para algumas pessoas que vão se encontrar com o prefeito. Só não sei em nome de quem foi feita a reserva... Talvez em nome de Eric Castiglia... Enfim, poderia me dizer quanto quartos foram reservados?"

    O recepcionista coloca a mão sobre uma prancheta em cima da mesa, ele dá uma olhada até procurar algumas informações e dizer algo...
    - De fato, em nome de Eric Castiglia, e foi reservado apenas um quarto. ...ele aguardava mais perguntas enquanto observava o pequeno diálogo entre as duas mulheres.

    - Escuta, como faço para conseguir um taxi? – Alessa se volta de repente para o recepcionista e faz uma nova pergunta. – Acabei de me dar conta que tenho uma ótima guia para está cidade.

    – Me diga moço... O que tanto está acontecendo nesta cidade sobre o tal hospital ou sanatório, não sei, para que o prefeito tenha chamado uma equipe para investigar?

    - Bom, eu posso conseguir isso para você, basta eu ligar para a central que será encaminhado um taxista até aqui. Quer que eu faça isso? E sobre a sua pergunta em relação ao que está acontecendo, eu não faço ideia, eu acho melhor você perguntar para alguém que saiba falar com clareza.

    O recepcionista retira o telefone do gancho e espera a confirmação de Alessa, olhando para as duas garotas em frente ao balcão.

    Spoiler:
    Caelestia
    Moderador
    Caelestia
    Moderador

    Mensagens : 948
    Reputação : 125

    Haunted Horror: Sanatório Infernal Empty Re: Haunted Horror: Sanatório Infernal

    Mensagem por Caelestia Sab Jun 11, 2022 8:38 am

    Quando o rapaz da recepção confirma que Erick havia feito a reserva de apenas um quarto, Alessa estreita os olhos.

    - Mas aquele lá é muito mesquinho mesmo, viu. – Ela reclama em voz alta. – Ele esperava mesmo que eu ficasse no mesmo quarto que aqueles esquisitos. Nem ferrando... Olha, moço, vou querer alugar um quarto... sei lá... A mesma quantidade de noites que o Erick alugou... Pode ser o mais simples que tiver, eu não me importo e... Ah... – Alessa olha para a garota. – Você, meu bem... Vai querer ficar aqui no hotel ou vai para casa? – Ela pergunta para Ana – De toda forma, com duas camas de solteiro, por favor. – Ela volta a falar com o recepcionista.

    Alessa abre um sorriso quando Ana aceita ir com ela até o sanatório tirar fotos da fachada.

    - Ah... Pode pedir o taxi, por favor... – Ela fala um pouco decepcionada pelo rapaz não saber nada sobre o que estava acontecendo para terem sido chamados àquele lugar. –  Avise que vamos passar também pelo sanatório abandonado... Poderia pedir para mandarem um motorista bem safo, que saiba nos contar das histórias que rodeiam aquele lugar?

    Alessa se apoia de costas no balcão e sorri para Ana. - Espero que esteja animada para tirar umas fotos


    OFF:
    DiegoPaje
    Forasteiro
    DiegoPaje
    Forasteiro

    Mensagens : 10
    Reputação : 1

    Haunted Horror: Sanatório Infernal Empty Re: Haunted Horror: Sanatório Infernal

    Mensagem por DiegoPaje Dom Jun 12, 2022 2:44 pm

    — Tudo bem, eu vou reservar um quarto para a senhorita, só um momento... Como é o seu nome? Preciso de alguns dados pessoais, pois tudo está no nome do senhor Eric...

    O recepcionista acessa o banco de dados no computador antigo, ele digita algumas informações antes de pegar algumas papeladas para Alessa assinar.

    — Aqui, a senhora precisa assinar esses papéis, desculpe a burocracia, mas é para ter certeza de que eu não alterei nada por conta própria, você sabe, procedimento do hotel. - ele sorri para Alessa, indo até o telefone do balcão. Ele disca o 441 e entra em contato com a Wicknagh Cab Company.

    — Alô? Aqui é o recepcionista do Primal Keep Hotel, eu queria solicitar um motorista que conheça bem a cidade, por favor? - ele desliga, voltando para as meninas. — Pronto, foi chamado, agora é só aguardar.

    O tempo passa, o taxista já esperava a clientela do lado de fora, no interior do táxi, era possível ver um homem velho que parecia mais um caipira do que um motorista, ele tentava ser simpático a todo o momento abrindo um sorriso amarelado para frente do hotel, com as mãos no volante.

    — Foi aqui que chamaram o táxi em nome do Primal Keep Hotel? - pergunta o motorista.
    Caelestia
    Moderador
    Caelestia
    Moderador

    Mensagens : 948
    Reputação : 125

    Haunted Horror: Sanatório Infernal Empty Re: Haunted Horror: Sanatório Infernal

    Mensagem por Caelestia Ter Jun 14, 2022 6:02 am

    Alessa assina os papeis da reserva e agradece ao rapaz assim que o taxista chega. Ela acena para ele em confirmação e, segurando o braço de Ana, segue em direção ao veículo.

    - Olá, boa noite senhor...? – Alessa cumprimenta o homem e entra no carro. – Então... Queremos visitar o sanatório abandonado de Fairview. Vamos tirar umas fotos da fachada. – Ela olha para Ana e pisca um dos olhos em direção a garota. – Ouvi dizer que coisas estranhas acontecem por lá... Até o prefeito parece interessado no assunto. Diz aí o senhor sabe dessas histórias estranhas que acontecem por lá? – Ela retira uma máquina fotográfica profissional de sua bolsa e começa a arrumar os rolos de filme. – Até agora ninguém com quem falamos soube nos contar nenhuma história sequer daquele lugar.

    Ela continuava mexendo em sua câmera enquanto aguardava a resposta do taxista quando se lembra de algo e prontamente volta a remexer na bolsa

    - Onde está? Onde está? Tenho certeza que coloquei na bolsa... Ah, aqui! – Sorrindo, Alessa se vira para Ana e entrega para a garota uma pequena câmera do tipo polaroid de revelação instantânea. – Tó! Que tal me ajudar com os cliques... – Se inclinando em direção a Ana, ela sussurra para que o motorista não a ouvisse. – Vai que sua mediunidade ajuda e você tira uma foto beeem legal. – Ela sorri
    DiegoPaje
    Forasteiro
    DiegoPaje
    Forasteiro

    Mensagens : 10
    Reputação : 1

    Haunted Horror: Sanatório Infernal Empty Re: Haunted Horror: Sanatório Infernal

    Mensagem por DiegoPaje Sex Jun 17, 2022 5:37 pm

    — Não só sei como fui testemunha... - ele dá partida no carro, pegando a direita da rua.

    O motorista dirige cautelosamente pelo lugar sombrio, tudo parecia estar sombrio naquela hora, New Wicknagh se preparava para dormir, até que o motorista conta um pouco da história da cidade.

    — Saudades de quando New Wicknagh era um paraíso, as pessoas não se preocupavam com nada, nem com a gestão, nem com a porcaria desse sanatório abandonado... - o motorista pega a primeira rua da esquerda, Wishard Street 323, ao observar pela janela, haviam pequenas lojas afastadas uma das outras, as calçadas eram maiores do que deveriam ser, a infraestrutura da cidade estava um pouco acabada. — Tudo começou quando um maluco, que maldito seja ele, se soltou da jaula e matou todo mundo sob desequilíbrio mental... pobres enfermeiros, só estavam fazendo o trabalho deles. Antes disso, aquele sanatório já tinha uma fama macabra, aquele lugar foi construído em cima de um cemitério no século 19, mas aí eu já estaria entrando na história do país, que eu não tenho paciência de contar, enfim... - o motorista pega a direita e segue reto, no final da rua, era possível ver um bar isolado de outros estabelecimentos, a sua luz radiante da cor rosa invadia toda a calçada do lugar, a cada vez que o motorista chegava perto, mais alto o barulho era, até ele pegar a rua da direita e se desfazer de toda aquela poluição sonora. — A cidade parece quieta, mas algumas pessoas não sabem o que é hora de dormir, como você vê.

    Depois de alguns minutos, o motorista chega próximo ao sanatório de Fairview, ele anda um pouco mais devagar para que a vista fosse mais apreciada pelas meninas. — Aqui está esse local maldito, e eu vou falar para vocês, eu já passei por muitas coisas nessa minha vida, fui veterano de guerra há muito tempo, mas eu nunca vi algo tão horrível quando eu decidi tentar entrar nesse lugar. Para alguém entrar lá, tem que ter muitos culhões, porque eu, já tive essa coragem, até ver um corpo pendurado na parte superior desse hospital, naquela última janela ali, eu vi, eu não estava louco. - ele aponta para a segunda janela do hospital. — Eu chamei a polícia e ela veio isolar o local, como sempre fazem, mas nada parece adiantar, o corpo que eu tinha visto, tinha desaparecido, como se alguém ocultasse alguma coisa dali. - ele olha pelo retrovisor, observa Ana e Alessa por breve segundos, até fazer a sua pergunta... — Aliás, eu admiro a coragem de vocês, não é qualquer um que vem aqui para conhecer essa parte "turística" da cidade, heheh....
    Conteúdo patrocinado


    Haunted Horror: Sanatório Infernal Empty Re: Haunted Horror: Sanatório Infernal

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex Jul 01, 2022 3:34 am