Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).

Links úteis Anúncios Redes Sociais
31/03 - Novo quadro de anúncios.
31/03 - Mesas com mais de 2 meses SEM postagens serão automaticamente arquivadas.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE MAIO
Mesas que forem abertas para serem jogadas em outras plataformas
serão excluídas do fórum.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE JUNHO
A partir de agora somente mestres com mesas ativas no fórum terão o nick laranja
para ficar mais fácil a distinção. Fiquem atentos que em breve teremos
um novo modelo de pedido de mesa!




 

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Pikapool
    Garou de Posto Cinco
    Pikapool
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2399
    Reputação : 68

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Pikapool Sab Maio 28, 2022 1:49 am


     
         
         
     

             

             
    Informações

    • Mote: A única coisa necessária para que o mal triunfe é que os homens de bem não façam nada!

    • Itens Carregados: Mochila, algumas mudas de roupas, bolsa de rituais com componentes, diário, arcanábulos, algibeira, pederneira, tinta, porta-mapas, caneta tinteiro, saco de dormir e cantil.

    • Vestimentas: Camisa branca manga longa, saia preta, botas pretas, mais acessórios.


         

             

                 

    Fiquei boquiaberta ao ver a biblioteca Barthès. Assim que fomos deixados sozinhos, corri aminada para averiguar quais livros interessantes poderiam haver ali. E não demorou para que eu retornasse com alguns exemplares em mãos e me dirigisse à Jack.



    - Com tanto exemplares de magia negra e ocultismo só reforçam minha teoria que os Barthès talvez sejam os causadores da existência dos lobos. - Pondero por alguns segundos. - Ou será que não estão nos contando tudo e talvez já estejam a procura de uma forma de reverter a maldição da filhinha? - Esboço um sorriso matreiro. - O que acham Jack?



    Empolgada passei a tarde pesquisando. Jack mostrou-me alguns pontos interessantes sobre lobisomens. Contudo, ainda ficava na dúvida sobre a veracidade daquelas informações.



    As horas passam rápido quando a gente se diverte. E quando dei por mim, meu companheiro já deixava a biblioteca para seguir com seus afazeres. E com o sol já começando a se retirar, pensei se não devia fazer o mesmo quando a porta se abriu.



    - Não está interrompendo nada, senhorita Claudette. - Sorri gentilmente. - Você está dizendo que pretende ser minha criada, senhorita Claudette? - Questionei-a em tom malicioso.



    Observei atentamente enquanto Claudette se aproximava e também enquanto me servia. Ainda tentava imaginar a intenção dele quando ela começou a de seu pai.



    - Shh... - Levei o indicador a boca. - Se você não contar, eu não conto. - Sussurro para ela.



    Claudette estava diferente e isso me causava certa apreensão. Da última vez que estive em uma biblioteca sozinha o dono do lugar tinha presas e quase deu um fim a minha vida. Apesar que a abordagem de Claudette era bem mais gentil. Assim que nos tocamos, sorri de volta para Claudette.



    - Não há do que se desculpar, Claudette. - Levantei-me e parei diante dela.- Meus truques dispersaram vossa curiosidade? - Digo tocando seu peito com o indicador. - Acredito que você se sentirá mais a vontade... - Meu indicador desliza entre seus seios até sua barriga e então os outros dedos tocam-lhe e deslizam até sua cintura onde minha mão repousa. - ...após mais umas taças de vinho! - Aproximo meu rosto do dela.



    Com um sorriso malicioso em minha face, aguardei curiosa para ver qual seria a reação de Claudette.


             

         
    Claude Speedy
    Semi-Deus
    Claude Speedy
    Semi-Deus

    Mensagens : 5130
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Claude Speedy Sab Maio 28, 2022 9:24 am




    Parecia um problema como pegar aquelas plantas, então Jacques perguntou.

    —Há alguma forma especial de preserva-las?

    Respondi mais cedo para Letizia que teriam sorte se de fato fosse Bathes quem causou a doença dos lobos, afinal a resposta poderia estar na mesma biblioteca.
    Já tinha as adagas, que seriam úteis, mas não tinha como saber quem era adoecido pela maldição e quem era realmente "naturalmente" nascido dela.

    As ervas poderiam salvar pessoas que ainda poderiam ser redimidas.

    Bastava agora o próprio Frade dizer como pega-las.

    Ouvia a voz da mulher loira...

    —Esta tudo bem, senhorita... faz tempo que não vejo uma mulher que não seja ruiva por essas bandas... Como esta? Conhece Cipriano?

    scorpion
    Adepto da Virtualidade
    scorpion
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1916
    Reputação : 80

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por scorpion Sab Maio 28, 2022 2:37 pm

    VENTRESS E JACQUES

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Padre10
    Cipriano: Não há maneira muito específica, bom homem... mas como estas são flores que crescem na terra, é importante que você já as utilize para fazer chá ou o que quer que seja seu remédio. Amanhã pela manhã possivelmente elas já estarão murchas. É claro, você tentar plantá-las de novo na terra, mas eu acho difícil que elas sobrevivam.

    Então, aquela moça chegou. O frade deu um grande sorriso e abriu os braços.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Padre10
    Cipriano: Minha cara amiga, você veio! Eu não sabia se minha carta a encontraria...

    Ele deu um beijo na testa da moça e benzeu sua testa.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Padre10
    Cipriano: In nomine patris et filii et spiritus sancti. Também senti falta de nossas conversas, cara amiga.

    Cipriano apertou as duas mãos dela num cumprimento e olhou para Jack.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Padre10
    Cipriano: Senhor caçador... esta é Arikel, uma amiga minha de tempos atrás. Ela também veio aqui ajudar com o problema dos Lobos.

    Como o frade sabia que Jacques era um dos caçadores? Isso Jacques não sabia.


    ------------------------------------------------------------

    VAL

    A provocação de Val sobre sua outra filha não surte quaisquer efeitos na mulher. Ela parecia estar realmente acometida por algum tipo de doença espiritual que envolvia tristeza e abandono da vontade de viver.

    Então, Val decide investigar os outros quartos da casa, especialmente no quarto de Louise.

    Ela e Grumpy entram no quarto, após entrarem em alguns outros quartos... O quarto de Louise era o quarto de uma menina rica, que parecia ser tratada como princesa. Mesmo assim, ele estava bem bagunçado, como se ninguém tivesse remexido nele desde o incidente. A cama estava desarrumada e lençóis rasgados... a janela da varanda estava quebrada, como se algo enorme tivesse atravessado o vidro com força descomunal.

    Foi quando Grumpy acabou derrubando algo e quebrando o silêncio...

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Polvo-10
    Grumpy: Eita! Desculpe...


    Então, Val continuou averiguando o quarto.... Ela achou também na cabeceira do lado da cama um vidro de perfume quase pelo fim, um livro de contos de fadas e a caixinha de músicas que Katherine Shaw tanto insistia em ter. Ela também reparou que o travesseiro dela estava muito manchado de vermelho.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Polvo-10
    Grumpy: E aí? Achou algo, garota?


    Ela comentou com ele sobre o balde de água e Grumpy respondeu.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Polvo-10
    Grumpy: Eu não sei se vai ser uma boa idéia, Val... Se eu crescer demais, posso destruir as casas dessas pessoas. Essa cidade já sofreu o bastante.... teria de ser em um local mais.... aberto.



    -------------------------------------------------------------------------------

    LETIZIA

    Letizia e Claudette conversavam à luz das velas. Quando Letizia deslizou o dedo por ela, a garota respirou com certa rapidez. Seus olhos tremiam um pouco, como se ela realmente não soubesse bem o que estava fazendo...

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Claude10
    Claudette: Eu... bem, o nosso criado está ocupado, então.... sim... eu.... acho.... que sim.... eu acho.

    Claudette estava notoriamente nervosa. Ela encheu rapidamente a sua taça de vinho de novo e a virou de uma vez, como que se precisasse de coragem líquida.

    Então, quando Letizia deu um sorriso malicioso, Claudette meio que de uma maneira mais boba, se inclinou para a frente, dando um beijo nos lábios de Letizia, que se estendeu por alguns segundos. A garota não beijava bem.... alguém lasciva como Letizia já havia provado pessoas bem mais experientes, porém, ela também já havia estado com pessoas que não tinham a menor noção de sua beleza ou de como estar com um parceiro/parceira.

    Quando os lábios se afastaram, Claudette falou baixo, mas com um sorriso jovial no rosto.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Claude10
    Claudette: Isso foi bem... legal.

    Então, Claudette se afastou, dando uns dois passos pra trás. Ela desabotoou suas roupas, deixando a sua capa e o vestido escorrer pelos ombros, e caindo no chão, revelando o corpo nu dela. Ela meio que se cobriu, um tanto envergonhada.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Claude10
    Claudette: Eu... Você gosta de mim? O que a gente.... faz.... agora?

    [OFF] Pikapool, eu não vou perder tempo descrevendo a cena erótica. Caso a Letizia queira ficar com a Claudette, considere que vão se passar umas duas horas e que vocês consumarão o ato.[/OFF]
    Nightingale
    Mutante
    Nightingale
    Mutante

    Mensagens : 524
    Reputação : 4
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Nightingale Dom Maio 29, 2022 12:14 am

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Pcitur10

    Trilha Sonora:

    Arikel ficou em silêncio esperando com que Cipriano a benzesse, sentiu-se honrada e em jubilo quando recebeu a benção do amigo. Ao final voltou a olhar para ele, deixou que ele tomasse suas mãos e ela pôs as mãos em cima das da dele em resposta positiva ao carinho que tinha pelo amigo.

    Ao final das apresentações, ela responde ao homem:

    - Estou muito bem, meu bom senhor. Obrigada. Também espero que os bons ventos estejam lhe agraciando. Compreendo bem sua frustração quanto os cabelos de fogo...

    Disse tendo Sascha em mente, uma ponta solta que ainda tinha de caçar, para dar um fim naquela história totalmente.

    ... e sim, como meu bom amigo disse, já nos conhecemos a tempos. Cipriano me mostrou um caminho de luz que eu mesma não exergava por estar tão ansiosa em mergulhar em minhas próprias trevas. Devo minha alma a ele.

    Ela então vira-se para Cipriano.

    - Sim meu amigo, não pude deixar de vir ao teu socorro quando me pediu. Farei o que puder para ajudar, porém gostaria de saber as informações a mais que disse que daria pessoalmente. Tenho conhecimento de algumas criaturas que atuam na lua cheia, porém ainda sim é algo muito vago. Infelizmente, sei que temos pouco tempo, cheguei atrasada pois esta noite é de lua cheia e mais luas assim virão em sequência. Gostaria que me atualizasse imediatamente para poder entender melhor essa ameaça. Trouxe a Luz na Escuridão, porém nem todas as criaturas sofrem da mesma fraqueza da prata.
    Claude Speedy
    Semi-Deus
    Claude Speedy
    Semi-Deus

    Mensagens : 5130
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Claude Speedy Seg Maio 30, 2022 4:56 pm

    —Salvou sua alma? Isso é uma parte interessante de se ouvir da história...Assim como o frade com nome de um famoso santo cuja origem era exatamente a mais sombria poderia ser, não é? Entre tantas sombras, poderiam me dizer em que reside o conhecimento secreto de que faço parte do grupo de caçadores?


    Comentei com as ervas em mãos.

    —Pensei em uma pomada...provavelmente vamos precisar para os ferimentos...

    Caelestia
    Moderador
    Caelestia
    Moderador

    Mensagens : 948
    Reputação : 125

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Caelestia Ter Maio 31, 2022 11:42 am

    Segui pelos corredores verificando os quartos, mas para o meu profundo tédio não encontrei nada de interessante até que finalmente encontrei o quarto da garota... Qual era mesmo o nome dela? Ah, quem se importa?

    - Apesar de ter frufru demais para o meu gosto, até que eu curti a bagunça. Me fez lembrar de algumas das minhas cabines. – Digo de forma irônica conforme entro e verifico o lugar. – Ainda mais quando você resolve ajudar dando o seu toque pessoal. – Olho para o objeto que Grumpy deixou cair enquanto observo a cama e me aproximo da cabeceira – Ora, ora... Mas o que temos aqui... – Eu pego a tal caixinha de música que Kathy queria. – Parece que a Claudette não se preocupou de pegar a caixinha de música. – Dou de ombros. – Então deixa que eu levo.

    Ao me aproximar da cama percebo os lençóis rasgados e imagino que talvez tenham sido as garras dos tais lobos que fizeram o estrago, mas outra coisa também me chama a atenção e eu sento na cama quando ouço o comentário de Grumpy sobre ele aumentar de tamanho.

    - Deve ser por isso que escolheram um polvo... Parece que você está ficando molenga, meu caro amigo. – Retiro Grumpy do meu ombro e o coloco ao meu lado sobre a cama. – Não acordei hoje e pensei  “Ah, que belo dia para ser raptada ou morta por lobos” – Agora eu fui cínica, deliberadamente. – Não seja louco, velho molenga. A pele que mais gosto é a minha e não hesitarei em salva-la. – Olho para Grumpy e levanto uma sobrancelha. – E você nem cresce tanto assim.

    Eu olho mais uma vez para a cama e pego o travesseiro machado de sangue.

    - Os lençóis todos rasgados e só o travesseiro tem sangue. Sou eu ou isso também te faz lembrar de vampiros... Sabe... Pescoço, sangue... – Dou de ombros, jogo o travesseiro de volta no lugar e me levanto dando uma última olhada em tudo antes de pegar Grumpy e coloca-lo de volta no meu ombro.

    - Vamos falar com o pessoal. Eles já devem ter terminado as pesquisas e quem sabe isso do sangue no travesseiro seja uma informação relevante... Ou não, vai saber. – Saio do quarto levando Grumpy e a caixinha de musica. – Mas antes vamos te conseguir um pouco agua, você esta ficando ressecado e pegajoso demais. – Digo determinada a conseguir um balde de agua para o meu polvo e em seguida ir até a biblioteca verificar como vão as coisas para Letizia e Jack
    Katerine Le Blanc
    Adepto da Virtualidade
    Katerine Le Blanc
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1953
    Reputação : 22
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Katerine Le Blanc Ter Maio 31, 2022 1:21 pm


    Trilha Sonora:

    Eu observava o nosso grupo se separando enquanto pensava sobre os lobos, eu não sabia se eles estariam perto de nós ou se ainda tínhamos tempo e sendo assim eu me afastava da mesa e começava a andar vagarosamente pelo local enquanto tentava observar pelas janelas algum ponto estratégico caso fossemos atacados de surpresa. Ainda caminhava por entre os quartos para não me perder em nada e também dava um leve vislumbre na biblioteca enquanto tentava calcular em minha mente o tempo que os lobos tinham caso tivesse um ataque surpresa, dentro de mim pude sentir de alguma forma meu lado monstro tentando tomar controle de alguma forma enquanto eu respirava fundo e me olhava no espelho.

    — Eu sei que não posso te controlar, mas tenha paciência, não queremos fazer um alarde na cidade e muito menos aos lobos caso eles estejam por perto. — Dizia vendo o vislumbre do monstro em meu lado direito, ele se parecia com um morto vivo e parecia balançar a cabeça para mim ou aquilo seria minha imaginação ou simplesmente com uma conversa poderíamos entrar em harmonia, só o tempo iria dizer como estaremos e sendo assim e voltei a observar cada canto daquela casa para tentar pensar em um jeito de alertar o grupo caso fossemos atacados ou tentar proteger qualquer pessoa caso fosse necessário.
    Pikapool
    Garou de Posto Cinco
    Pikapool
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2399
    Reputação : 68

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Pikapool Ter Maio 31, 2022 8:33 pm


     
         
         
     

             

             
    Informações

    • Mote: A única coisa necessária para que o mal triunfe é que os homens de bem não façam nada!

    • Itens Carregados: Mochila, algumas mudas de roupas, bolsa de rituais com componentes, diário, arcanábulos, algibeira, pederneira, tinta, porta-mapas, caneta tinteiro, saco de dormir e cantil.

    • Vestimentas: Camisa branca manga longa, saia preta, botas pretas, mais acessórios.


         

             

                 

    Surpreendi-me quando Claudette me beijou. Não esperava que ela tivesse tal atitude. No entanto, correspondo seu beijo. E quando não espera ser mais surpreendida, Claudette se despiu diante de mim.



    Admirei o corpo de Claudette por alguns instantes antes de aproximar-me e abaixar-me diante dela. E então levantar-me cobrindo-a com sua capa.



    - Fico lisonjeada, senhorita Claudette. - Sorrio amavelmente. - Mas, devo me concentrar em encontrar uma maneira de resolver o problema dos lobos e, se tudo der certo, trazer sua irmã de volta. - Acaricio o rosto de Claudette e dou-lhe um selinho. - Porém, espero que possamos prosseguir desse ponto para comemorarmos meu retorno triunfante.



    Volto-me para mesa e encaro os livros por um momento.



    - Que se dane. - Digo ao jogar os livros sobre a mesa no chão. - Mereço um incentivo. - Viro-me e puxo Claudette para mim e a beijo enquanto a direciono para a mesa.






    Algum tempo depois ao terminar de abotoar minha camisa e prender meu cabelo, beijo Claudette mais uma vez antes de prosseguir.



    - Claudette, querida. Poderia me levar até onde as armas foram revestidas com prata? - Seguro sua mão. - Tive uma ideia que talvez possa funcionar contra os lobos. - Aguardo ela me guiar.



    No local esperava encontrar o que restou da prata usada para poder transformá-la em pó.


             

         
    scorpion
    Adepto da Virtualidade
    scorpion
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1916
    Reputação : 80

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por scorpion Qua Jun 01, 2022 12:31 pm

    VENTRESS E JACK

    O frade ouve o que Ventress diz e também Jacques.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Padre10
    Cipriano: Ah, minha cara amiga, quisera eu que fosse tão simples assim...

    Ele pega um balde de sementes que estava aos seus pés e vai até a porta da igreja. Então, ele entra convidando os dois a entrarem. Ele pede que se acomodem na mesa e então serve chá e pão para ambos.... então, senta-se a mesa e começa a conversar novamente com eles.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Padre10
    Cipriano: Tudo o que sei é que estes não são lobos ou lobisomens comuns. Eles são muito diferentes... Não apenas o seu aspecto físico e suas proezas, mas principalmente o seu comportamento. Os relatos são os mais assustadores... eles sobem telhados com facilidade, saltam de cima de casas e suas passadas mal fazem ruídos. Eles se coordenam com uivos, com um nível tático que fazem os nossos milicianos parecerem crianças com espadas de madeira. seus olhos.... é como se enxergassem por trás das paredes, pois mesmo os que se esconderam, não deixaram de serem capturados. porém, nenhum deles anda em duas pernas como homem... é por isso que eu descarto a possibilidade de lobisomens comuns.

    Cipriano bebia o chá e depois servia mais....

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Padre10
    Cipriano: A Lua cheia não os deixa ensandecidos e com sede de sangue... parece ao contrário. Parece que os inspira e os torna mais sagazes... e o que mais me assusta, meus valentes amigos...

    O relato de Cipriano, com a iluminação bruxuleante do fogo esquentando a chaleira deixava tudo ainda mais macabro.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Padre10
    Cipriano: um deles entrou na igreja uma vez. Lembro-me como se fosse agora... Pêlo negro.... olhos vermelhos e faiscantes... os dentes afiados como facas... Ele entrou por aquela porta, que se abriu como se ele tivesse mãos.... entrou devagar.... me encarou e quando eu estava prestes a me borrar nas ceroulas.... ele saiu. Ele fez aquilo com um único intuito: Mostrar que a fé e a casa dO Senhor não o abalam. Era quase como se estivesse a zombar da casa de Deus....

    Foi então, que Ventress e Jacques ouviram algo que eles não queriam ouvir.... ao menos não tão cedo!

    -----------------------------------------------

    KATHERINE

    Katherine resolveu gastar boa parte do seu tempo analisando o casarão e tentando ver locais mais estratégicos para se defenderem... De fato, a garota conseguiu encontrar diversos lugares, porém, o que parecia ser o mais estratégico era o telhado. O telhado era reto, então permitia que as pessoas se deslocassem sem precisar se preocupar em escorregar. Além disso, havia um fácil acesso para o telhado, oriundo de uma escada de ferro pregada na parede que permitia que um humano subisse, mas não um animal sem polegares. Além disso, o telhado contava com uma pequena mureta que poderia servir de cobertura e dar uma vantagem a atiradores que estivessem em uma posição alta.
    Além daquele lugar, pouco poderia ser chamado de estratégico. A casa era repleta de enormes janelas, que permitiam que qualquer criatura pudesse observar para dentro ou para fora, além de invadir facilmente. Os portões de grade poderiam ser fechados e correnteados, mas nada mais que isso. Os muros em torno da propriedade eram precários e tinham várias falhas, apesar de terem quase 3m de altura...

    Enquanto rondava pela propriedade, Katherine ouviu um som que gelou sua espinha....

    ----------------------------------------------

    LETIZIA E VAL

    Val saía ainda cismada com a mulher no quarto, porém, estava mais interessada em achar um balde de água para Grumpy. Não foi muito difícil de conseguir isso... A cozinha estava cheia de baldes e havia a água do poço logo ao lado, então Grumpy já estava se refrescando.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Polvo-10
    Grumpy: Eu não cresço tanto assim?! Cê tá me menosprezando, garota?!

    Ele parecia notoriamente ofendido.... afinal, Grumpy era um polvo macho (ou homem, como ele dizia) e para homens "tamanho é documento".

    Depois que Grumpy se refrescou um pouco, Val decidiu ir até a biblioteca ver como estavam Letizia e Jacques....

    Letizia e Claudette se agarraram e fizeram amor por quase duas horas.... porém, antes que ambas acabassem, Val havia chego.

    A pirata não teve o menor trabalho para achar as duas. Ao entrar na biblioteca, logo ao lado da mesa central, estavam as duas ruivas nuas, entrelaçadas uma na outra.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Polvo-10
    Grumpy: Caramba! isso que eu chamo de trabalhar com prazer! har har har!

    Porém, apenas Val podia ouvir Grumpy.
    Ao ouvir a porta e Val chegando, Claudette se cobriu com o pouco de pano que havia no chão.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Claude10
    Claudette: Ai, Jesus! O que você está fazendo aqui?!

    Porém, não haveria tempo para muita conversa, pois as três ouviram um som que gelou os pêlos de suas colunas....

    Claudette se abraçou em Letizia, tremendo em medo.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Claude10
    Claudette: Letizia, querida, por favor.... Não me deixe só aqui! Não deixe que me levem!

    --------------------------------------------------------

    SOM OUVIDO POR TODOS....

    Katerine Le Blanc
    Adepto da Virtualidade
    Katerine Le Blanc
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1953
    Reputação : 22
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Katerine Le Blanc Qui Jun 02, 2022 1:45 pm


    Trilha Sonora:

    O Telhado era o lugar mais confiável que tínhamos naquele momento e mesmo tentando encontrar mais algum local estratégico tudo parecia uma armadilha e sedo assim eu pretendia ficar longe das janelas e também do mudo principal, antes que eu pudesse fazer mais alguma coisa ouvia um uivo fazendo com que minha espinha gelasse eu logo respirava fundo e começava a correr até a biblioteca. — Eu espero que dê tempo para que eu chegue na biblioteca... — Falei enquanto ainda corria até a biblioteca esperando conseguir chegar lá antes que algo aconteça ou antes que os lobos entre no local.
    Pikapool
    Garou de Posto Cinco
    Pikapool
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2399
    Reputação : 68

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Pikapool Qui Jun 02, 2022 8:00 pm


     
         
         
     

             

             
    Informações

    • Mote: A única coisa necessária para que o mal triunfe é que os homens de bem não façam nada!

    • Itens Carregados: Mochila, algumas mudas de roupas, bolsa de rituais com componentes, diário, arcanábulos, algibeira, pederneira, tinta, porta-mapas, caneta tinteiro, saco de dormir e cantil.

    • Vestimentas: Camisa branca manga longa, saia preta, botas pretas, mais acessórios.


         

             

                 

    Aceno para Val assim que as vejo adentrar a biblioteca. E diferente de Claudette, eu apenas sorrio maliciosamente.



    - Olá V! Fique a vontade para... - Antes que completasse a frase, uivos sinistros ressoavam causando-me calafrios.



    Enquanto procurava minhas roupas, fui agarrada por Claudette..



    - Ninguém vai ser levado, Claudette! - A abracei tentando fazê-la se acalmar. - Mas para isso, eu preciso que me deixe ir até lá. - Repousei meu queixo sobre seu ombro e encarei Val com certa estranheza.



    Tal comportamento de Claudette só serviam ainda mais para aumentar minhas suspeitas de que sua família tivesse algo a ver com esses lobos.



    - Claudette, querida. Preciso de pó de prata para testar uma teoria. - Diria assim que ela me soltasse e eu pudesse me vestir rapidamente.. - Vista-se querida. Precisamos ser rápidas. - Tentei ser gentil diante do temor da moça.



    Saltitando em um pé só enquanto calçava minhas botas segui até Val.



    - Alguma novidade V? - Pergunto curiosa. Mas antes de qualquer resposta prossigo. - Desculpe-me V. Da próxima, prometo que também te mostrarei meus truques. Não precisa ficar chateada. - Dou uma piscadela para Val.


             

         
    Caelestia
    Moderador
    Caelestia
    Moderador

    Mensagens : 948
    Reputação : 125

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Caelestia Qui Jun 02, 2022 8:55 pm

    Finalmente com grumpy acomodado em seu balde de água pude seguir até a biblioteca enquanto me divertia ouvindo os resmungos do polvo.

    - Estou apenas dizendo a verdade. – Havia um certo divertimento no cinismo em minha voz. – Você sabe que não cresce mesmo tanto assim... Velho molenga – Mas quando ele fez aquela cara de quem está chateado eu não pude mais me conter. – Hahaha... Não faça essa cara, você fica estranho, velho amigo.

    Não demorou muito para que encontrasse a biblioteca, mas para minha surpresa Letizia procurando por informações sobre os lobos em lugares bem inusitados, eu diria. Depois ela diz que eu é que tenho que ser mais simpática com a nossa contratante.

    Me apoiei em uma mesa próxima, cruzei os braços e sorri de forma maliciosa para as mulheres seminuas no chão, enquanto ria do comentário de Grumpy.

    - Hahahaha... Vai ver que nossa amiga estava testando um novo jeito de forjar prata, hahaha... Proveitosa a pesquisa, Le?

    Nesse momento ouvimos o som de uivos que me fizeram levar uma das mãos a minha pistola, mas logo em seguida as palavras de Letizia me fizeram olhar novamente as mulheres e revirei os olhos diante da cena patética de Claudette abraçando a outra pedindo por proteção.

    - Argh... Para com isso garota! Levante e vista-se! Ou prefere fugir dos lobos correndo por ai nua? – Sorrio de fora maliciosa.

    A situação poderia ser séria, mas eu não iria resistir a oportunidade de provocar, não mesmo. Com um meio sorriso de canto eu me aproximo de Letizia quando ela vem em minha direção calçando as botas e a seguro por um dos braços e a puxo quase colando nossos corpos e aproveito a proximidade para sussurrar em seu ouvido.

    - A velhota parece ser mesmo apenas uma velhota triste. Consegui a caixinha de música de Kathy e bem... – Me afasto apenas para olhar para Letizia de forma maliciosa e agora passo a sussurrar no seu outro ouvido. – E no quarto da irmã dessa aí, apesar dos lençóis estarem rasgados só no travesseiro que encontrei sangue. Achei isso estranho... Não sei, parece mais coisa de vampiro. – Agora soltando Letizia eu dou a volta nela, parando logo atrás dela, nos fazendo ficar de frente para Claudete e falo em voz alta – Espero que não seja ciumenta, querida. – Agora apoiando o ombro no queixo de letizia, volto a falar de forma que só ela ouvisse. – Achou algo em suas pesquisas, além do obvio? Porque prata acho que não temos certo?

    Por fim me afasto de Letizia e sorrio divertida voltando a me escorar na mesa próxima enquanto aguardava as duas se vestirem.

    - Tenho certeza que você adoraria me mostrar seus “truques”,Le querida, mas não se preocupe vou deixar essa parte de seu educada para você... Pelo menos por enquanto – Sorrio divertida quando dou pela falta de alguém. – Falando em educação e simpatia... Cadê o Jack? Ele não ia ficar na biblioteca pesquisando com você?– Eu levanto uma sobrancelha e olho de Letizia para Claudete e delas para Grumpy.

    Nightingale
    Mutante
    Nightingale
    Mutante

    Mensagens : 524
    Reputação : 4
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Nightingale Sex Jun 03, 2022 6:03 am

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Pcitur10

    Trilha Sonora:

    As falas do homem caçador preocupavam Arikel, sim Cipriano já foi uma vez o Manto Negro, um bruxo das trevas que se converteu ao Cristianismo, porém ele não era um Santo, ou pelo menos a Igreja não o considerava um visto que ele é apenas um frade agora. As pessoas exageram, e pior, muitas não perdoam. Ficara com medo por seu amigo e pelo julgamento e condenação das pessoas a uma vida antiga de pecados graves em que já recebeu o perdão de Deus. Não falou nada sobre isso e Cipriano desconversou, Arikel foi nesse embalo.

    Quando Cipriano os chamou para entrar, ela assim o fez, não sem antes se ajoelhar em frente à Igreja e prestar seu respeito fazendo o sinal da cruz e só então entrar. Ela aceita o chá quando se senta no banco da igreja e mantem o pires e a chicara consigo, pega um pedaço de pão e diz:

    - A benção, meu amigo.

    Se referindo agradecida ao pão que recebeu, enquanto seu arco é tirado e posto ao seu lado, de fácil tomada para si.


    Cipriano escreveu:Tudo o que sei é que estes não são lobos ou lobisomens comuns. Eles são muito diferentes... Não apenas o seu aspecto físico e suas proezas, mas principalmente o seu comportamento. Os relatos são os mais assustadores... eles sobem telhados com facilidade, saltam de cima de casas e suas passadas mal fazem ruídos. Eles se coordenam com uivos, com um nível tático que fazem os nossos milicianos parecerem crianças com espadas de madeira. seus olhos.... é como se enxergassem por trás das paredes, pois mesmo os que se esconderam, não deixaram de serem capturados. porém, nenhum deles anda em duas pernas como homem... é por isso que eu descarto a possibilidade de lobisomens comuns.


    Arikel escutava com atenção e ao final falou.

    - Lobisomens podem fazer isso, saltar de telhados, escalar, alguns também podem ser inteligentes quando não se perdem para a fúria, ainda assim diz-me que são lobos. Quadrupedes. Lobos também tem um faro muito bom, então se esconder sem que consiga ofuscar seu cheiro não adianta. Será interessante ter lama, muita lama, para cobrir nosso corpo e evitar que captem o nosso cheiro. Uma vez que o fizerem podem nos perseguir onde quer que estejamos.


    Cipriano escreveu:- A Lua cheia não os deixa ensandecidos e com sede de sangue... parece ao contrário. Parece que os inspira e os torna mais sagazes... e o que mais me assusta, meus valentes amigos... um deles entrou na igreja uma vez. Lembro-me como se fosse agora... Pêlo negro.... olhos vermelhos e faiscantes... os dentes afiados como facas... Ele entrou por aquela porta, que se abriu como se ele tivesse mãos.... entrou devagar.... me encarou e quando eu estava prestes a me borrar nas ceroulas.... ele saiu. Ele fez aquilo com um único intuito: Mostrar que a fé e a casa dO Senhor não o abalam. Era quase como se estivesse a zombar da casa de Deus....


    - Sim, com seus relatos começo a descartar a possibilidade de Lobisomens, e aparentemente a ligação com a Lua os deixa mais focados, algo diferente de lobisomens que ficam ensandecidos. Talvez a prata não sirva de muito, mas ainda é válido um teste. Converterei uma de minhas flechas em prata pura e o acertarei, veremos como reage, mas não estou confiante.

    Deu uma pausa e continuou.

    - Estes lobos são bem confiantes, vejo esta ação de intimidação como um erro, agora sabemos que poderes sacro santos não ajudarão, não se tratam de feras puramente malignas, eles perderam o elemento supresa. Confesso que me entristece o coração ver muitas coisas que a Igreja o faz por culpa de hereges que entraram nela e muitas da casa de Deus não tem mais a presença Dele, mas com você aqui eu descarto essa possibilidade. Sua fé é verdadeira, meu amigo, eu mesma já provei dela, então se me diz que o poder da tua fé não abala essa Besta-Fera então tenho razões para duvidar apenas da natureza da criatura. Pode ser que sejam animagos? Magos que se convertem em animais?

    Antes que Cipriano pudesse responder, eles escutam o uivo que gelam a espinha até de Arikel. Ela se levantava e pegava seu arco. Uma expressão muito mais preocupada se formou, não esperava que já estivesse perto.

    - Parece que a horas de caçar informações acabou. Cipriano, por favor, me leve até o ponto mais alto da igreja, quero ver o que temos por aqui e se já consigo avistar algum lobo.

    Ela então vira-se para o caçador.

    - És um caçador que ajudará, não é? Será uma honra lutar ao teu lado. Há outros para a tarefa?

    Se Jack disser que sim, então Arikel irá pedir para levá-la até eles, assim que ela terminar de olhar o terreno primeiro. A noite já tinha se erguido, aquilo era bom.
    Pikapool
    Garou de Posto Cinco
    Pikapool
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2399
    Reputação : 68

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Pikapool Sex Jun 03, 2022 8:13 am


     
         
         
     

             

             
    Informações

    • Mote: A única coisa necessária para que o mal triunfe é que os homens de bem não façam nada!

    • Itens Carregados: Mochila, algumas mudas de roupas, bolsa de rituais com componentes, diário, arcanábulos, algibeira, pederneira, tinta, porta-mapas, caneta tinteiro, saco de dormir e cantil.

    • Vestimentas: Camisa branca manga longa, saia preta, botas pretas, mais acessórios.


         

             

                 

    - Só estava me certificando que Claudette não estava escondendo presas afiadas ou um rabo felpudo. - Respondo Val e em tom de escárnio completo. - E caso isso se confirmasse, eu estava curiosa para saber se o lobo realmente te come melhor.



    Ouvi as sussurros de Val atentamente e cada vez ficava mais intrigada com toda a situação.



    - Sinto que eles não estão nos contando toda a verdade. - Sussurro para Val. - Na carta que recebemos diziam se tratar de um vampiro e quando chegamos aqui o problema eram esses lobos. - Sorrio para Claudette. - Nada muito conclusivo. Mas a prata foi requisitada. Então acredito que temos.



    Abri um largo sorriso ao ouvir as palavras de Val. Então havia uma possibilidade de ter um pouco de diversão pirata. Contudo, contive meus comentários e apenas lhe respondi:



    - Após algumas horas de pesquisa ele se encheu e saiu atrás de algo mais emocionante. - Dou uma rápida olhada para Claudette se vestindo. - V, mal sabia ele que se tivesse paciência teria muita diversão por aqui. - Mostro a língua em deboche para Val.



    Aguardo Claudette atender meu pedido e nos guiar até a prata.


             

         
    Claude Speedy
    Semi-Deus
    Claude Speedy
    Semi-Deus

    Mensagens : 5130
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Claude Speedy Sex Jun 03, 2022 11:37 am

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Images?q=tbn:ANd9GcR6dXHCLXrw9FQSSAddlu-v2-H7rv487GbFOjOtY9aW1MUsAN4kPmZLDGqjCKCTZFnOVZg&usqp=CAU

    Se  Abdul Alhazred estivesse aqui ouvindo a história, se riria dos comentários de uma igreja cristã proteger alguém, como riu de mim no passado por estar marchando em nome do cadáver leproso do único rei que venceu seu povo... Não bastava ele ter falado com um sujeito que considerava Maomé um profeta maior do que Jesus porque dizia aprendeu não foi com Cristo que aprendeu a ter vida eterna, agora eu conversava com homem que tinha o mesmo nome de um mártir de mais de mil anos atrás...

    ...odeio saber a passagem do tempo...

    ...muitos dos meus colegas analfabetos por não terem nascido na nobreza foram para Jerusalém acreditando estar caçando pessoalmente os carrascos do Nazareno em sua cruz. Realmente a ignorância é uma benção, não questiono a sinistra questão sobre Cipriano, como não questionei sobre Abdul...apenas abraço o que tenho em mãos para enfrentar o que esta por vir.

    Quando a mulher ao meu lado afirma sobre eu ser um caçador, perguntando se eu ajudaria por isso eu meramente queria gritar a plenos pulmões que sou um templário.

    E dependendo para quem você perguntar, um templário é um herege ou um Santo... Igual a Cipriano esses dois aspectos da vida atraem tipos diferentes para minha história de vida.

    Sigo com ela correndo procurando também achar locais mais altos.
    A ameaça começou e mais uma vez me furto de questionar como Cripriano não foi devorado pelo lobo.

    Não sou mais o velho sábio líder experiente, sou apenas um instrumento egoísta de vingança cercado por um harém de mulheres como um sarraceno ou o próprio Rei Davi seria...

    ...eu apenas concordo com a loira com a cabeça e sigo ao seu lado, dos telhados poderemos pensar como pegar os predadores.

    Penso apenas nisso.
    scorpion
    Adepto da Virtualidade
    scorpion
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1916
    Reputação : 80

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por scorpion Sex Jun 03, 2022 3:31 pm

    NA BIBLIOTECA

    Claudette se vestia o mais rápido que podia. Na verdade, a chegada de mais uma garota, Katherine Shaw, fez com que ela pegavssea suas trouxas e fosse para trás de uma estante colocá-las, morta de vergonha. Diferentemente de Letizia que se divertia com a situação e se vestia com mais calma.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Claude10
    Claudette: Pó de Prata? O que é isso?

    As outras não sabiam, mas Shaw já tinha ouvido falar em suas viagens que pó de prata não era exatamente uma coisa fácil de se conseguir.... mesmo porque, ele não era uma prata pura em si, mas uma prata alquímica, normalmente só usada por poucos cientistas da época (tendo em vista que a sua grande utilidade era a revelação de fotografias e a mesma não existia na época). Logo, era entendível que Claudette sequer soubesse o que era aquilo e, mais dificilmente de que teria a disposição.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Claude10
    Claudette: É mais prata? Se for, nós não temos. Vocês pediram toda a nossa prata e o nosso servo usou-a para forjar as armas que o seu colega pediu.Não há mais um talher de prata nesses muros sequer.

    Naquele momento, um sino começava a ser tocado desesperadamente, ao longe...

    Enquanto isso, Letizia dava suas investidas em Val, o que deixou Grumpy, de certa forma, enciumado.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Polvo-10
    Grumpy: Mas que diabos...? Ah... ela não se atreveria!

    O desespero de Claudette em ter sido pega com Letizia era plausível. Naquela época, na França, o homossexualismo era visto como sinal de bruxaria, especialmente entre mulheres... e naquela época, a inquisição francesa sempre estava procurando "lenha para a fogueira".

    O uivo se fez mais uma vez presente no ar.... e depois outro e outro.... As garotas não sabiam se ele estava longe ou perto. O uivo era amedrontador, porém as três mantiveram-se firmes e não permitiram que o uivo entrasse em suas almas. Porém, este não foi o mesmo efeito em Grumpy e Claudette... a ruiva sentou-se no chão e abraçou os joelhos, depois levou as mãos às orelhas e ficava repetindo para si mesma, como uma maluca.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Claude10
    Claudette: Eles não virão atrás de mim. Estou segura. Estou segura. Estou segura....

    Já Grumpy se enrolou no pescoço e cabelos de Val com tanta força que a garota deu um pequeno grito, pois ele quase a enforcara por reflexo. O chapéu dele caiu no chão e,pela primeira vez o pequeno polvo não se importou de estar com a cabeça descoberta.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Polvo-10
    Grumpy: Oh, não! Eles estão perto! Eles comem carne! Eu não quero morrer hoje! Val, a gente devia ir embora daqui! Chega pra mim! Já não tem mais graça isso!

    Grumpy estava notoriamente amedrontado, a ponto de que ficou até mais frio em sua temperatura coporal.

    Porém, aquilo não foi tudo que as garotas ouviram... Por uma das grandes janelas dos corredores, elas podiam ver ao canto do portão de entrada.... em sua frente, havia um garoto, agarrado nas grades. Ele sacudia as grades com desespero, como se quisesse arrancá-las.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Garoto10
    Garoto: Por favor! Socorro! Deixem-me entrar! Eles estão vindo! Por favor...

    Porém, como que sugado rapidamente por algo, o garoto cai no chão, ainda se segurando às grades. Lágrimas correm por seus olhos... e a sua cara é de horror e desespero.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Garoto10
    Garoto: Não! Me deixa ir! Não! NÃÃÃÃOOOOOO!

    Algo puxa o garoto, com muita velocidade e ele some atrás do muro de pedra...

    ---------------------------------------------------------

    NA IGREJA

    O amigo ouvia as teorias de Ventress com atenção.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Padre10
    Cipriano: Eu realmente não faço ideia do que querem ou sua origem, minha amiga... Eles são diferentes de tudo aquilo que já enfrentei nessa vida.... ou em minha vida passada.

    Ela sabia ao que ele se referia... mas sabia que ele não comentaria sobre seus pecados do passado. Quando ele pediu a benção, ele novamente a benzeu.

    Jack não responde nada à Arikel, então os dois sobem dois andares até o campanário da igreja. Era possível se observar boa parte da cidade dali. A casa dos Barth˜e não era visível, porém, ficando um pouco mais afastada e escondida por pequenas colinas da região, porém, o resto quase todo era visível.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 6c2fdc8e4b359ea10a4b45d3496630d2

    A cidade por si só era escura... porém, a luz da lua facilitava. A grande maioria das casas estavam com as janelas fechadas e as velas apagadas, como se quisessem demonstrar que "nada havia ali"... algo que logo se mostraria inútil.
    Naquele momento, Cipriano correu até a corda do sino.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Padre10
    Cipriano: Eu tenho que tocar o sino e alertar os cidadãos.

    BLEM LEM BLEM BLEM BLEM!!!!

    O frade tocava o sino sem parar... Enquanto isso, ambos estavam ali, empoleirados no campanário como dois falcões, tentando enxergar algo.... foi quando finalmente, os dois enxergaram...

    Acima dos telhados, há uns 50m de distância, olhos vermelhos por dentro de uma janela no andar de cima de uma casa. Aqueles olhos causaram um certo arrepio nos dois, mas nada que abalasse a coragem de Jacques ou Arikel. Porém, antes que eles pudessem pensar em fazer algo, eles ouviram Cipriano falar.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Padre10
    Cipriano: Vocês... não cheiro... de vivos. Quem vocês... é? Nós... não... queremos.... luta... com os.... mortos.

    Apesar de que Cipriano ainda mantinha a sua voz.... era notório...não era ele quem estava falando. Alguém estava falando por ele. O frade tinha olhos vermelhos, como os que eles viram dentro da janela... e, apesar de ainda ter a voz amigável do companheiro, ele falava de maneira estranha.... como uma criatura que falasse pausadamente, tentando escolher as palavras...

    Se olhassem novamente para a janela, veriam que aqueles olhos não estavam mais lá... mas sim, nos olhos do bom frade.
    Claude Speedy
    Semi-Deus
    Claude Speedy
    Semi-Deus

    Mensagens : 5130
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Claude Speedy Seg Jun 06, 2022 11:02 am

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Images?q=tbn:ANd9GcR6dXHCLXrw9FQSSAddlu-v2-H7rv487GbFOjOtY9aW1MUsAN4kPmZLDGqjCKCTZFnOVZg&usqp=CAU


    Não respondi para Arikel se haviam outros caçadores, afinal eu sabia pouco a respeito dela.
    E minhas suspeitas pioraram quando o misterioso Cipriano parecia sutilmente alegar com algumas de suas fala ser o mesmo canoziado por católicos e ortodoxos.

    Escuto a voz que possuí o corpo de um santo que li ter sido mártir há mais de mil anos falar sobre estamos mortos.

    Há algum tempo a vida se tornou um conceito confuso para mim, mas ao meu ver também se tornou alguma coisa tanto para Cipriano quanto para Arikel, tudo que me arrastou de volta para esse momento de conflito com as forças da morte, pareciam se reforçar.

    Eles não eram o que imaginavamos que fossem...

    ...evidentemente possuiam o corpo do sacerdote que dizia já ter vivido mais de uma vida.

    A criatura que vimos andar pelos telhados parecia agora estar falando pela boca de Cipriano.

    Ao que parecia, tanto ele quanto Arikel não eram pessoas que já passaram pela morte.
    E eu achando que era tão único e especial.
    Toda vaidade precede a queda.

    — Eu sugiro que além de nós, deixe também os vivos ... chame seus amigos e depois deixem a cidade e não terá problemas. É o que alguém sábio faria.

    Não faço ideia de quão vulnerável ou além deles eu estou.

    Mas ele apesar de saber que estou morto, ele não precisa saber o que sou capaz de fazer contra ele.

    Preparo as adagas das garotas que acabaram ficando comigo depois deu tê-las banhado com prata, mas não pude devolver.

    Era difícil saber como chegar até as ruivas nesse momento, mas eu torcia para elas saberem que os sinos eram um sinal de perigo.

    Assim que falo, espero qualquer ação de Arikel para me esconder nas sombras usando-a como distração.

    Penso apenas que teremos de enfrentar a criatura...

    ...mas me bateram dúvidas se era um mero lobisomem que enfrentavamos.
    Pikapool
    Garou de Posto Cinco
    Pikapool
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2399
    Reputação : 68

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Pikapool Seg Jun 06, 2022 1:14 pm


     
         
         
     

             

             
    Informações

    • Mote: A única coisa necessária para que o mal triunfe é que os homens de bem não façam nada!

    • Itens Carregados: Mochila, algumas mudas de roupas, bolsa de rituais com componentes, diário, arcanábulos, algibeira, pederneira, tinta, porta-mapas, caneta tinteiro, saco de dormir e cantil.

    • Vestimentas: Camisa branca manga longa, saia preta, botas pretas, mais acessórios.


         

             

                 

    Diante as palavras de Claudette, desanimava já pensando o quanto seria difícil conseguir algum pó de prata. Talvez Jack poderia providenciar, mas certamente levaria um tempo que não tínhamos.



    - Por favor, acalmem-se. - Digo aborrecida. - Alem de estarmos seguras aqui dentro. Ainda temos aqui três cacadoras. - Dizia até minha atenção ser voltada para o barulho metálico do portão.



    Era um garoto buscando abrigo em meio ao desespero dos uivos.



    - O que estão esperando? Temos que deixá-lo entrar antes que algo de rui... - Vi o garoto ser arrastado por alguém ou alguma coisa.



    Sem tempo a perder, agarrei minha bolsa de componentes e corri em direção a porta.



    - O que estão esperando, garotas. Temos que salvar aquele menino!! - Disse sem nem olhar para trás.



    Esperava que minha companheiras me seguissem. Caso contrário, eu salvaria o menino sozinha e de quebra ainda traria uma pele de lobo comigo.


             

         
    Caelestia
    Moderador
    Caelestia
    Moderador

    Mensagens : 948
    Reputação : 125

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Caelestia Seg Jun 06, 2022 7:33 pm

    Ver a cara de desespero de Claudette ao ser flagrada sem suas roupas também por Kathy, que havia acabado de entrar na biblioteca, era impagável e me divertia. Eu teria dado uma gostosa gargalhada se naquele momento o bendito sino e o maldito uivo não tivessem me trazido de volta a chata realidade daquela situação.

    Mais uma vez bufei e revirei os olhos perante a reação de Claudette quando de repente senti alguns tentáculos frios e escorregadios subindo pela minha pele até alcançar o topo da minha cabeça, onde se enroscaram em meus belos e ruivos cabelos.

    - GRUMPY! – Eu gritei com o polvo. – O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO SEU IDIOTA! PARA COM ISSO! – Levei as mãos ao pescoço e aos cabelos tentando me desvencilhar que Grumpy, que se enroscava com força em mim, a ponto de quase me enforcar. – Arhg... Para!... Seu maricas... Está me enforcando... Solta! Para! – Eu puxava cabelo, tentáculo, chapéu, tudo ao mesmo tempo até conseguir me libertar do aperto dele. – Parvalho! O que pensa que está fazendo? Não é você o poderoso capitão, um “kraken”?

    Enquanto eu estava me desenrolando de Grumpy, um barulho no portão de ferro chama nossa atenção.

    Tentando ainda me desvencilhar o meu cabelo emaranhado e de Grumpy, que eu tentava empurrar de volta para o balde, com alguma dificuldade consegui ver que o barulho era causado por um garoto que pedia por ajuda. Mas nem deu tempo de fazer nada e logo ele foi arrastado dali sem muita dificuldade.

    - Eu poderia ter conseguido um mico, um gavião ou quem sabe até um papagaio, mas não... Aquela bruxa tinha que ter te enfeitiçado em um polvo, não é mesmo? – Eu ainda forçava Grumpy de volta ao balde quando Letizia se prontificou a sair atrás do garoto.

    - Nada contra, gata... Mas como você pretende salvar o garoto? Acho que os truques que você usou com Claudette não vão funcionar com os lobos... Cadê as tais armas de prata que vocês mandaram fazer? Talvez seja útil pegarmos elas. – Embora eu contestasse a atitude de Le, com Grumpy de volta ao balde ou não, eu dizia isso seguindo logo atrás dela. Afinal que chances ela teria sozinha contra aqueles lobos? – Ah, Kathy... Estou com sua caixinha de música. – Dou uma olhada para trás verificando se Kathy nos seguia e levava uma das mãos a minha espada.
    Nightingale
    Mutante
    Nightingale
    Mutante

    Mensagens : 524
    Reputação : 4
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Nightingale Qua Jun 08, 2022 7:08 pm

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Pcitur10

    Arikel não questionou novamente sobre outros caçadores ou não para ajudar, o que poderia ser um problema, não sabia se o homem era desatento ou deliberadamente não a respondeu. Trabalhar arriscando a vida ao lado de quem não se comunica ou guarda informação era problemático, isso se ele não quisesse trabalhar em equipe. Normalmente alguns caçadores não gostavam de partilhar as recompensas, mas ela não fazia aquilo pela recompensa embora precisasse de dinheiro para sobreviver, como todo mundo.

    Ela observava a cidade e tudo era muito escuro... Poderia aguçar mais a sua visão, seus sentidos, a fim de ter todos os pontos muito mais claro, nessas horas lembrava do porque preferia trabalhar sozinha. Ela esperou um momento que não teria o caçador presente para usar seus poderes, mas esse momento não chegou e ele inconvenientemente subiu junto com Arikel e ficou por lá, não que fosse culpa dele, mas não sabia o quanto valia a pena correr o risco de se expor. Felizmente não estava a caçar sozinha então o risco do perigo era menor, podia se reprimir por enquanto.

    Via todos os moradores apagarem as luzes ao badalar do sino, estavam assustados e queriam se esconder na escuridão, não por acharem que os monstros não os veriam, eles veriam, provavelmente podem farejar muito bem a carne e o sangue humano que tinham odores fortes. Foi quando a praga da noite dentro de uma das janelas. Aquilo era arrepiante e Arikel não pode deixar de ficar muito alerta ao perigo, ela tomava seu arco, mais por precaução do que por que realmente atacar, foi quando ouviu Cipriano falar atrás de si, porém, não era ele, mas sim a criatura falando através dele. Arikel ficou preocupada e ressentida, preocupada porque alguém conseguiu violar o corpo de Cipriano, e ressentida porque seu amigo estava servindo de marionete, invadido por outro ser. Arikel franziu a testa com a atitude, mas se impressionou quando ele disse que não sentia o cheiro dos vivos neles e ela ficou apreensiva, evitou olhar para o outro caçador, fingindo que não sabia do que a criatura estava falando ou que aquilo não tivesse relevância, mas se a criatura falava a verdade então aquele caçador também não era humano.

    Arikel olhou para trás e viu que os olhos não estavam mais lá, então talvez fosse uma entidade que estava possuindo alguém de dentro da casa e agora estava possuindo Cipriano. Viu o caçador preparar adagas prateadas e ameaçar a criatura, Arikel não sabia como a coisa iria reagir à ameaça, normalmente reagiriam mal.

    - Sou Arikel, vinda da Romênia. Quem és tu que invade o corpo deste homem e o que quer com os vivos? Tentemos a parola para evitar o confronto que ambos não queremos.

    Ela mantinha ainda seu arco em mãos, estava pronto para utilizar sua flecha de fumaça para fugir imediatamente dali caso a criatura atacasse e de quebra isso daria oportunidade para o caçador fugir também. Infelizmente não poderia lutar com o monstro enquanto o corpo de Cipriano estivesse sendo utilizado.
    Conteúdo patrocinado


    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 3 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex Jul 01, 2022 7:51 am