Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).

Links úteis Anúncios Redes Sociais
31/03 - Novo quadro de anúncios.
31/03 - Mesas com mais de 2 meses SEM postagens serão automaticamente arquivadas.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE MAIO
Mesas que forem abertas para serem jogadas em outras plataformas
serão excluídas do fórum.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE JUNHO
A partir de agora somente mestres com mesas ativas no fórum terão o nick laranja
para ficar mais fácil a distinção. Fiquem atentos que em breve teremos
um novo modelo de pedido de mesa!




 

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Katerine Le Blanc
    Adepto da Virtualidade
    Katerine Le Blanc
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1953
    Reputação : 22
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Katerine Le Blanc Qui 09 Jun 2022, 13:02


    Trilha Sonora:

    Quando percebi a cena da biblioteca fechava os olhos envergonhada até ouvir Val falar da caixinha de música, antes que eu pudesse pegar a caixinha de música olhei para a janela e percebi um menino desesperado. — Não, o menino está lá fora, temos que fazer alguma coisa... — Dizia sentindo meu coração bater cada vez mais rápido enquanto apontava para a direção de minha visão. Antes que pudéssemos fazer alguma coisa o menino era puxado por algo que eu não conseguia ver e ao observar seus olhos senti um grande aperto em meu peito e eu logo pensei no pior, minha mente gritava enquanto eu ficava paralisada no lugar e talvez aquilo fosse medo de fazer alguma coisa.

    — Telhado... é a melhor estratégia... — Falei ainda tentando digerir tudo o que estava acontecendo enquanto me sentava em uma das mesas que haviam na biblioteca, a cena do garotinho sendo levado passava em minha mente como um filme me fazendo esquecer sobre Claudette e Letizia enquanto senti no fundo um terror que nunca havia sentido antes. O meu medo de perder o controle e acontecer a mesma coisa com as pessoas ao meu redor era pior e sendo assim começava a chorar logo saindo da biblioteca me afastando de todas as pessoas que conhecia, eu só tinha comentado sobre aquilo que havia dentro de mim e mesmo assim eles nunca tinha visto o monstro em si.

    Me esconder era a melhor opção naquele momento, eu tinha medo de que eles nunca gostassem de mim e ainda mais de que a aldeia soubesse que na verdade eu era um monstro e que eu não podia controlá-lo.
    scorpion
    Adepto da Virtualidade
    scorpion
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1916
    Reputação : 80

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por scorpion Qui 09 Jun 2022, 14:58

    JACQUES E ARIKEL:

    A sensação de que aqueles lobos eram cada vez mais sinistros do que qualquer tipo de metamorfo que ambos poderiam ter encontrado cada vez mais se confirmava... A voz saída de Cipriano confirmava todo aquele teatro macabro que envolviam ambos.
    Jacques teria muito trabalho para se esconder... a capela não era grande e também a única iluminação era uma lareira, mas que iluminava praticamente todo o ambiente.... porém, a "sorte" estava ao lado do fantasma maçônico? Pois logo assim que Arikel desceu para ter com Cipriano, uma lufada de vento apagou a lareira crepitante. Estava escuro, porém, não impossível de enxergar para ambos. Jacques aproveitou aquela distração para sumir e Arikel não via mais o colega que Cipriano havia apresentado...
    Mesmo assim, Cipriano respondia Jacques como se estivesse lá.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Padre10
    Cipriano: Não... medo.... morto. Família forte... O que... ser... cidade? O que... ser "sábio faria"? Não... entender. Não sair... não medo. Caçar... sem... medo.

    A moça falava com o corpo de seu amigo, que estava em pé, como se nada estivesse acontecendo, porém, com olhos vermelhos, indicando que não estavama "mais lá", o bom frade.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Padre10
    Cipriano: Romênia ser.... mãe.... mulher morta? Não saber... o que ser... parola. Parola ser... carne?

    Jacques estava escondido nas sombras, ouvindo tudo aquilo e com a adaga de prata em mãos, enquanto Arikel conversava com "Cipriano". Foi então que os olhos do monge se apagaram e ele ia desabando ao chão, não fosse a agilidade de Arikel ems egurá-lo. O frade estava vivo, porém, parecia dormir profundamente.
    Então, Jacques sentiu um mau estar muito grande! Como se algo o atravessasse, lentamente.... não com violência, mas... o atravessasse. Daqui há muito tempo, Isaac Newton diria que duas coisas não podem ocupar o mesmo lugar ao mesmo tempo. Isso era uma exceção para fantasmas, porém.... duas coisas dividindo a mesma frequência na realidade.... poderiam ocupar o mesmo lugar ao mesmo tempo? A resposta era aquela.... não doía! Mas era um mau estar, como a sensação de querer vomitar e não ter o quê?
    E isso se devia ao fato de que algo, veio pelas sombras e o atravessou... o que o atravessou, parecia não saber que ele estava ali, o que também gerou surpresa na criatura.
    Jacques teve dde controlar toda a sua essência para não abandonar as sombras, mas foi por pouco que ele não caía ao chão com o choque.

    Arikel naquele momento não percebera, mas logo se deu conta... das sombras, veio caminhando um lobo...que saía da parede como um fantasma, mas literalmente saía das sombras. Ele era grande para um lobo... não gigante, mas grande...como o tamanho de um tigre, talvez. Seu pêlo era negro como carvão e obrilho da noite parecia se perder em seu pêlo. Não era um preto reflexivo, mas um negro que anulava um pouco da luz que batia nele. Quando pasou pela parede e atravessou Jacques, ele perdeu um pouco da sua compostura, pois também sentiu o incômodo e esboçou um leve rosnado, com caninos à mostra. Porém, sua atenção estava em Arikel. Ele falava, mas não mexia os lábios... era como se ela pudesse ouví-lo dentro de sua mente.... Jacques também conseguia, mostrando que aquele lobo podia se comunicar de maneira diferente que qualquer outro lobo...

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 De25577bdd528ed16f0f8aa7149e3c91

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Lobo10
    Pesadelo: Eu.... Pesadelo. Não gostamos... mortos. Não brigar... mortos. Família... procurar família. Vivos.... ter família. Vivos... ter culpa. Rei mandar... pesadelo caçar. Vocês.... mortos.... porque... olhar escondidos... Pesadelo... e família?

    A comunicação do lobo era claramente precária, como um animal que só entendesse conceitos querendo se comunicar.

    [Pessoal, tirando COMUNICACAO COM ANIMAIS, não há nada que vocês possam testar para realmente entender perfeitamente o que ele fala. Ele fala pausadamente,como quem estivesse pesquisando as palavras. Essa comunicação vai depender puramente da interpretação de vocês].


    --------------------------------------------------------

    VAL, LETIZIA E KATHERINE


    Enquanto Claudette se tremia no chão, Val teve real dificuldade de conseguir tirar Grumpy de enforcá-la. O polvo estava notoriamente trêmulo e ela nunca havia visto o amigo daquela maneira. Tanto que, mesmo sob seus protestos e xingamentos, foi a forç da garota que fez o polvo se desvencilhar, mas, mesmo assim, ele se enrolou no antebraço dela, como que se precisasse do contato humano para passar o medo.

    Letizia e Val viram a criança sendo arrastada, mas não viram o que a agarrou, então, letizia, o mais rápido que pôde, agarrou sua bolsa de componentes e disparou atrás da criança. Val foi atrás dela, mesmo sob os protestos de Grumpy de "vamos voltar!". Porém, independente disso, Katherine resolveu correr para se esconder. Ela correu até a lateral da casa, subindo no telhado da casa e se escondendo atrás de uma construção que parecia um aviário. Enquanto estava lá em cima, ela viu um dos seis guardas que os Barthè haviam arrumado. Ele estava arrumando flechas ali em cima... posicionando-as junto de arcos, para uma possível arapuca. Ele olhou estranho para a garota...

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Soldad10
    Soldado: Mas que...?! Mas que porra é essa, mulher? Você foi contratada para caçar essas coisas e subiu pra se esconder que nem uma galinha?! Hahahahaha! Eu sabia que você e suas amigas eram só pose. Coitado do velho... comprou gato por lebre! Hahaha!

    Katherine sentia que o guarda estava querendo tirá-la do sério... possivelmente mais um dosmuitos homens que amenosprezaram por muito tempo como caçadora, por ser uma mulher... porém, desta vez ele poderia estar atécom razão.

    Enquanto isso, Letizia e Val corriam pelas ruas... Elas não viam mais o garoto, mas ouviam seus berros... Então, as duas viraram em uma espécie de beco, entre duas casas. Não havia qualquer sinal do lobo, porém... logo Grumpy cutucava Val... apontando com um dos tentáculos para cima.
    As duas garotas olhavam e viam...

    Como ele subiu lá, era um mistério... o telhado devia ter mais de 3m de altura... as paredes não facilitavam uma escalada.... e lobos NÃO ESCALAM, Letizia tinha essa certeza. A criatura era enorme... facilmente poderia servir de montaria para as duas, pelo tamanho. Seu pêlo era cinza escuro e por estar mmolhado pela chuva, ficava com um estilo espinhento e ainda mais macabro... Ele olhava para baixo, com olhos amarelados e mostrava os dentes e quase meio palmo de gengivas, tornando a sua imagem assustadora. O seu rosnado era baixo e ia aumentando, como o motor de um carro aquecendo aos poucos... sua saliva pingava, misturando-se à agua da chuva que escorria... era uma chuva muito fraca, mas fria e incômoda.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 6d2ad5228cabd813eb7a8b006a257774

    O lobo olhava para elas e tinha o menino aos seus pés... estava desmaiado, possivelmente de tanto chorar e gritar, mas não parecia ferido. Na verdade, nem sangue havia no focinho do lobo também... O lobo mantinha a cabeça baixa e a crina espinhada, mostrando que estava pronto para um bote. Ele olhava as garotas fixamente, piscando pouquíssimas vezes e sem nunca recolher os dentes ou o rosnado baixo. Ia abaixando a cabeça mais e mais, até conseguir abocanhar o garoto de novo... mas sem tirar 1 segundo sequer os olhos dela... e em seu olho esquerdo havia uma cicatriz.

    [OFF] Gente, pensem bem nas ações de vocês, tá? Não tratem tudo como hack`n lash, solto meu especial e pronto, pra resolver as encrencas deste jogo. Inclusive peço que sejam bem descritivas em relação ao que poderão vir a fazer... tudo nesse jogo vai contar.
    Pikapool
    Garou de Posto Cinco
    Pikapool
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2399
    Reputação : 68

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Pikapool Sex 10 Jun 2022, 00:42


     
         
         
     

             

             
    Informações

    • Mote: A única coisa necessária para que o mal triunfe é que os homens de bem não façam nada!

    • Itens Carregados: Mochila, algumas mudas de roupas, bolsa de rituais com componentes, diário, arcanábulos, algibeira, pederneira, tinta, porta-mapas, caneta tinteiro, saco de dormir e cantil.

    • Vestimentas: Camisa branca manga longa, saia preta, botas pretas, mais acessórios.


         

             

                 

    Ouvi os passos de minha amigas logo atrás de mim. Algo que serviu para me dar coragem e segurança. Contudo, ao abrir o portão do casarão Barthè e olhar para trás, não vi Kathy. Lembrando de suas palavras, julguei que ela ia seguir a perseguição pelo alto.



    Sem mais, V e eu seguimos pelas ruas seguindo o som dos gritos desesperados do pobre garoto. Isso até perdermos sua pista ao entrarmos em um beco. Pelo menos até olharmos para cima e vislumbrarmos pela primeira vez a imponência daquele lobo. Mas devo admitir que fiquei um pouco frustrada. Eu esperava um lobo antropomorfizado como os das lendas.



    Atentei-me a cicatriz em seu olho esquerdo. Caso ainda houvesse a possibilidade dele ser um versipélio e a sorte sorrisse ao nosso favor, talvez esbarrássemos em um homem com uma cicatriz semelhante.



    - Sinto muito, lobinho! Mas, não deixarei você levar esse garota para o jantar. - Puxo um pergaminho de minha bolsa de componentes. - O GAROTO OU SUA LIBERDADE!! - Bradei mordiscando o dedão fazendo-o sangrar.



    Assim que abocanhou o garoto, abri o pergaminho e passei o dedo sangrando sobre ele. Selando um contrato. No mesmo momento, um circulo roxo se formou sob o lobo e correntes metálicas se lançaram em sua direção prontas para aprisiona-lo.



    - Se tiver algum truque a hora é essa. - Disse para Val.



    Por fim, aguardei ansiosa torcendo para que o lobo fosse capturado.


             

         
    Caelestia
    Moderador
    Caelestia
    Moderador

    Mensagens : 948
    Reputação : 125

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Caelestia Sab 11 Jun 2022, 12:03

    Estava seguindo atrás de Letizia quando ouvi Kathy, falar sobre o telhado. Aquilo me fez parar um instante e olhar para a outra que correu em direção oposta ao que eu e Letizia íamos.

    - Inferno! – Eu resmunguei olhando para Letizia que acabara de sumir pelo portão e disparo atrás dela enquanto ainda brigava com Grumpy que abandonou de vez o balde para se enroscar e apertar me braço. – Se quiser pode voltar, seu maricas... – Eu corria meio sem jeito por conta de Grumpy que me atrapalhava, mas estava conseguindo manter Letizia em meu campo de visão e a seguia. – Você não vai me impedir de ir, então para de me atrapalhar.

    O grupo havia se separado e grumpy estava tendo um xilique. Se isso estava me deixando irritada? Você nem imagina o quanto, mas continuei correndo até que finalmente alcancei Letizia quando viramos em um beco.

    De inicio em não vi nada, mas Grumpy insistia em me cutucar. – O que é, droga? – Então quando olhei para cima vi o tal lobo e o garoto em cima de um telhado. – Mas... Como o infeliz subiu ali? – Eu olhava em volta. Não havia por onde subir, então a menos que lobos estivessem aprendendo a voar imaginei que aquele deveria ter sido um enoooorme pulo.

    “Se tiver algum truque a hora é essa.” – A frase de Letizia me trouxe de volta ao fato que tínhamos que salvar o garoto. Olhei rapidamente para ela apenas para vê-la rasgar o dedo e gritar algo sobre liberdade. Provavelmente ela está preparando algum daqueles truques dela.

    - Argh... – Sem ter muito tempo para planejar algo a primeira coisa em que pensei foi em chicote, e torcendo para que isso fosse o suficiente, com um movimento ágil eu o desenrolei, fazendo ele vibrar, enquanto o lançava de uma vez na direção do garoto. Minha intenção era enroscar o braço ou a perna dele para pega-lo. Uma coisa que eu havia reparado era que o lobo não havia ferido o moleque, então talvez ele não fosse querer brincar de cabo de guerra comigo, mas de toda forma eu não iria puxar se o lobo resistisse a solta-lo.

    No mínimo esperava que o chicote alcançando e pegando o garoto mais o truque de Letizia me permitisse puxa-lo para nós.

    - “Onde está Kathy nessas horas? Eu mato o Jack quando ele aparecer aqui” – Eu pensava enquanto lançava o chicote.


    OFF:
    Katerine Le Blanc
    Adepto da Virtualidade
    Katerine Le Blanc
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1953
    Reputação : 22
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Katerine Le Blanc Sab 11 Jun 2022, 12:20

    Eu estava com medo e não era do lobo e sim daquilo que habitava em meu interior, quem sabe o que o monstro poderia fazer não somente com o lobo, mas também com as pessoas próximas a ele e foi quando subi no telhado e me escondi em uma estrutura que parecia um aviário.

    Em minha mente acreditava que eu estaria segura e que aqueles a minha volta também estariam, porém, ouvia a voz de um homem falar comigo e percebi que era um dos guardas que o pai de Claudete havia designado para nós. O mesmo estava tentando me provocar e eu não poderia me deixar levar pelos seus insultos, sendo assim apenas pegava a espada que tinha enquanto respirava fundo.

    — Você não entende não, eu não tenho medo daquele lobo, tenho medo de algo que está dentro de mim… — Falei o encarando seriamente enquanto fechava os olhos e respirava fundo tentando me acalmar, qualquer coisa que pudesse ser um gatilho iria liberar a besta dentro de mim e sendo assim eu tinha de ter cuidado e tentar permanecer calma.
    Claude Speedy
    Semi-Deus
    Claude Speedy
    Semi-Deus

    Mensagens : 5130
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Claude Speedy Seg 13 Jun 2022, 10:47

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Images?q=tbn:ANd9GcR6dXHCLXrw9FQSSAddlu-v2-H7rv487GbFOjOtY9aW1MUsAN4kPmZLDGqjCKCTZFnOVZg&usqp=CAU

    A tontura, o mal estar, isso já aconteceu antes e não por "boas razões".

    Tento me apoiar na parede, tentando senti-la como uma forma de me reerguer.
    Não consegui notar se a prata incomodava o lobo, se ele passou por ela ou se sequer era um lobisomem de fato com que lidavamos.

    ...diante de forças mais perversas a vida se esvaia...

    As palavras do animal das trevas me fizeram pensar sobre a natureza dos presentes.

    ...Uma morta? Ou se referia ao Santo Cipriano oculto como frade?

    Então, a misteriosas e paranóica mulher que não dizia nada sobre quem era estava morta também e era exatamente igual eu ou a criatura que se apresentava como Pesadelo?

    Quantos espíritos desencarnados e santos haviam por aqui além de mim?

    Estava eu em uma cidade fantasma de lobos?

    Como não havia nada que eu soubesse de Erikel, pois ela se ocultava ao máximo em dizer quem era para qualquer um, talvez por um medo irracional, novamente eu só poderia falar por mim.

    —O rei traiu você, Pesadelo? Te obrigou a caçar e depois te afastou de sua família? Ou o rei caçou sua família? Por favor...explique o que houve. Sinto que você esta caçando as pessoas erradas. Não pode culpar todos os vivos... Afinal você também já esteve vivo,não é?
    Nightingale
    Mutante
    Nightingale
    Mutante

    Mensagens : 524
    Reputação : 4
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Nightingale Qua 15 Jun 2022, 14:59

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Pcitur10

    Quando a mulher desceu estava tudo escuro, uma lufada de vento fez questão de garantir que vela nenhuma estivesse acesa e Arikel ainda estava com o arco em mãos, preparada para sair dali imediatamente caso algo acontecesse. Imediatamente ela criava um elo com a criatura, vendo que ela se comunicava de forma limitada, como um verdadeiro animal faria, era natural que começassem a conversar em um nível de compreensão equivalente para que aquilo desse certo.

    Ele ainda falava com o caçador, embora ela tenha vido o caçador correr para as sombras achou que ele já não estaria mais lá, mas talvez estivesse e a criatura conseguisse enchergá-lo. Ainda assim, Arikel não se destraiu com isso, o perigo estava bem a sua frente, tomando o corpo de seu amigo, era dele a atenção total da arqueira. Então ouviu a voz vinda das sombras, então o caçador estava de fato ali, o que era bom. O Caçador tentava compreendê-lo mas sem sucesso, ao contrário de Arikel que conseguia comprrender perfeitamente cada sentenção da criatura.

    - Não foi isso que ele disse, caçador. Eu consigo compreender a criatura com meus dons. Ele não compreende conceitos tão humanos e também quis dizer que a matilha dele veio procurar umaa família. Os moradores dessa vila tem essa que eles procuram, e elas tem alguma culpa. A matilha tem um rei que deram ordens a matilha de Pesadelo, e como fieis suditos eles obedecem. Ele quer saber o porque estavamos espionando ele e a matilha dele. Concordo que algumas coisas precisam ser melhor explicadas. Traduzirei para você o que ele diz.

    Foi então que os olhos de Cipriano apagaram e ele caiu e a arqueira se adiantou em pegá-lo. Arikel ficou aliviada e tão logo que pegou Cipriano o encostou prontamente e carinhosamente no apoio mais próximo voltando rapidamente sua atenção ao lobo. Via o lobo surgir de sombras, atravessar paredes. Não chegou a ver o lobo atravessando o caçador pois o mesmo estava invisível em meio as sombras mas ouviu algum leve rosnado lá daquele canto escuro. O lobo era grande, Arikel imaginou algo maior que o lobo do tamanho de um tigre, mas não mudava que a criatura era algo impressionante.

    - Vou responder tuas perguntas, Pesadelo o Sem Medo. Primeiro de tudo, não estavamos a espioná-lo, estava a procurar ver o que estava acontecendo em todo o terreno. Não sabiamos que nossos olhares se cruzariam assim. Cidade é como se chama um conjunto grande de tocas de humanos ou de outras criaturas. Quanto mais tocas em um lugar, mais familias, a "cidade" é maior. Esta é uma cidade. Um conjunto grande de tocas de familias. "Sábio faria" são duas coisas diferente. "Faria" é fazer e "Sábio" é alguem que sabe muitas coisas. Romênia não é minha mãe mas é o lugar de onde vim, eu vim da Romênia, um terra longe daqui. "Parola" é um acordo. Tu dizes exatamente o que queres, eu digo exatamente o que quero e ambos tentamos nos ajudar sem que haja mortes de nenhum dos lados e sem que a honra de nenhum dos dois saia ferida. Tu, Pesadelo o Sem Medo, Líder da sua Matilha, aceitas tentar a Parola?
    scorpion
    Adepto da Virtualidade
    scorpion
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1916
    Reputação : 80

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por scorpion Sex 17 Jun 2022, 10:18

    VAL e LETIZIA

    O lobo cinzento estava baixando sua cabeça para pegar o jovem garoto novamente, quando Letizia sacou seus componentes e após algumas palavras mágicas, tentou criar um círculo de prisão abaixo do Lobo. Naquele mesmo momento, Val sacou seu chicote, laçando o braço do menino e puxando-o para baixo, que caiu nos braços dela, desacordado. Porém, o encanto de Letizia acabou nõ sendo efetivo e, por conta do ângulo e da tensão, o lobo facilmente escapou. O lobo saltou por cima do círculo criado por Letizia, caindo em cima dela e a abocanhando no ombro.
    A Maga ruiva nunca havia sentido uma dor tão intensa. Ela deu um grito tão agudo que até os corvos alçaram vôo pela noite. A mandíbula do lobo fechou-se em seu ombro e Val podia ver com horror sangue voando para todo o lado. O lobo ainda tentou apertar mais, mas Letizia se desvencilhou, porém, estava apoiada em uma parede, com a mão ao ombro, enquanto muito sangue pulsava... O carmesim do sangue se misturava aos cabelos da ruiva e a parte direita de sua roupa que não fosse preta começava a tomar um tom vermelho, enquanto as pernas dela fraquejavam pela dor.

    O lobo se afastava apenas alguns passos, encarando a ruiva que ainda tinha vida em seu corpo, mas estava ficando com a visão turva. Ele mostrava dentes para ela e uma boca que pingava sangue, enquanto Val tinha o menino nos braços. Grumpy não fazia nada se não fosse tremer e tentar manter o chapéu na cabeça....

    Foi quando, para a sorte das garotas, elas ouviram muitos passos... Os dois lados daquele corredor agora se cercavam, mantendo o Lobo, Letizia e Val no centro... De um lado, três dos guardas contratados pelos Barthè.... do outro, dois dos guardas.... Eles vinham com lanças e redes, caminhando devagar e se armando para cima do lobo, que olhava para ambos os lados e rosnava, acuado como estava ficando... Foi quando os guardas que portavam redes a arremessaram contra o Lobo. Apenas um dos guardas acertou, mas quando tentou puxá-lo, o Lobo puxou de volta, derrubando o homem no chão... Os guardas com lança então avançaram e tentaram espetar o lobo, mas o medo os atrapalhava demais e apenas um conseguiu. Porém, a espetada foi fraca e apenas fez o lobo olhá-lo e rosnar para ele, tornando-o o próximo alvo.... A loba então ergueu a cabeça e deu um uivo profundo, que se arrastou pela noite.

    Condicoes do combate:

    --------------------------------

    KATHERINE

    kath estava tentando se concentrar para não liberar o seu pior lado, porém, o homem não estava ajudando. Era um dos seis guardas e estava armado com uma balestra grande, apoiada no parapeito e montando guarda ali.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Soldad10
    Soldado: Medo de algo que está dentro de você? Hmmm... você me parece louca, mulher. Só tente não me....

    Foi então que um grito feminino irrompeu pela noite. Kath reconhecia o grito.... era sua amiga Letizia. O grito foi muito alto e de dor.... Não havia dúvidas que Letizia havia sido ferida de alguma forma. O guarda assustou-se com o gruito, a ponto de esconder-se atrás do parapeito, como se alguém fosse disparar contra ele, suando frio.... Logo após, um uivo muito alto foi ouvido.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Soldad10
    Soldado: Santa mãe de Deus, o que foi isso?!


    --------------------------------------------------------

    VENTRESS E JACQUES

    Pesadelo olha para Jacques e as perguntas dele parecem mais confundir o lobo negro do que gerar algum tipo de comunicação. Porém, as palavras de Arikel tornam-se entendíveis para ele e a comunicação persiste....

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Lobo10
    Pesadelo: Eu não.... líder.... família. Parola... com rei. Rei... líder... família. Pesadelo... caçando...

    Foi então, que um grito feminino irrompeu pela noite, mas de maneira muito baixa, e poucos segundos depois, um uivo longo e distante, que fez com que Pesadelo levantasse as orelhas e começasse a dar passos para trás.

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Lobo10
    Pesadelo: Morta falar... língua... lobos. Yane... perigo.... Se quer.... Parola.... rei. Rei não.... gostar.... mortos. Rei.... santuário.... Seguir.... lua.... perto da água... Lobos gigantes.... pedra.... Santuário antigo... Agora Pesadelo... ajudar.... irmã... Yane!

    Se nenhum dos dois fizesse nenhuma ação brusca, Pesadelo andaria para trás, sem nunca dar as costas aos heróis e entraria nas sombras.
    Jacques dificilmente entenderia toda aquela informação de Pesadelo, mas Arikel entendeu perfeitamente.... eles agora deveriam decidir o que fariam... Se tentariam encontrar o Rei, ou se iriam ao socorro de Letizia...

    [OFF] @Nightingale vou te mandar viaMP o que você compreendeu da fala dele.
    Pikapool
    Garou de Posto Cinco
    Pikapool
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2399
    Reputação : 68

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Pikapool Sab 18 Jun 2022, 10:29


     
         
         
     

             

             
    Informações

    • Mote: A única coisa necessária para que o mal triunfe é que os homens de bem não façam nada!

    • Itens Carregados: Mochila, algumas mudas de roupas, bolsa de rituais com componentes, diário, arcanábulos, algibeira, pederneira, tinta, porta-mapas, caneta tinteiro, saco de dormir e cantil.

    • Vestimentas: Camisa branca manga longa, saia preta, botas pretas, mais acessórios.


         

             

                 

    Teria ficado mais feliz se Claudette tivesse tido tal agressividade e o lobo tivesse facilmente caído em meus truques.



    Precisava me curar o mais rápido possível. Pois, toda perda de sangue e a dor escruciante faziam-me fraquejar. Mas com a visão turva e o corpo tremendo, tudo que fiz foi deslizar lentamente pela parede onde estava escorada até por fim sentir-me sobre o chão.



    Os ver os homens atacando o lobo com suas lanças, bradei:



    - Não o machuquem. Precisamos dele vivo. - Encaro o menino nos braços de Val. - Olhem para o menino. Ele não tem intenção de machucar ninguém. Mas, se o acuarmos, ele irá se defender. - Volto minha atenção para o lobo. - Não é mesmo amigo? - Sorrio gentilmente. Pelo menos o quão a dor me permitia sorrir.



    Sentia minha respiração pesada e sabia que em caso de uma próxima investida do lobo contra minha pessoa, seria minha última. Fechei os olhos por alguns instantes.



    - V, está frio aqui. Acho que preciso do seu calor. - Olho para Val de forma debochada pouco antes do uivar do lobo. - Vocês tem duas opções, pessoal. Recuar, antes que os reforços dele cheguem. - Faço uma pausa para recuperar minhas forças. - Ou poderão ficar e serem lembrados como os corajosos que enfrentaram e pereceram para os lobisomens. - Esboço um sorriso zombeteiro. - A segunda opção é mais corajosa, mas não muito inteligente. Então aqueles que querem rever vossas famílias amanhã. Eu recomendo que corram…



    Sem mais, encarei Val e assenti com a cabeça confirmando para que ela desse o fora dali junto com o garoto. Só esperava que ela não tentasse perder tempo tentando salvar nós dois.


             

         
    Claude Speedy
    Semi-Deus
    Claude Speedy
    Semi-Deus

    Mensagens : 5130
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Claude Speedy Seg 20 Jun 2022, 11:37

    [quote="Claude Speedy"]
    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Images?q=tbn:ANd9GcR6dXHCLXrw9FQSSAddlu-v2-H7rv487GbFOjOtY9aW1MUsAN4kPmZLDGqjCKCTZFnOVZg&usqp=CAU

    Minha presença ali se mostrava inútil, a criatura passou por mim aparentemente ignorando a prata e a belladona que eu levava.
    De certa forma isso fazia eu pensar se tinhamos trabalhado a toa na pesquisa e na preparação do combate, já que o primeiro ser que iriamos enfrentar de imediato era tão insubstancial quanto eu.

    O lobo não consegue entender conceitos humanos, mas sabe o que é um rei.
    Talvez o santo que temos aqui conosco seja tanto Cipriano quanto Francisco de Assis, que converteu um lobo ao cristianismo e com isso ensinou Arikel.

    Há mais mistérios aqui do que eu posso contar...
    Minha alma traumazida faz com que meus receios sobre todos que me cercam se desmanchem por um instante, mas piorem.
    Se não tivesse ouvido sobre santos falarem com lobos, eu certamente pensaria que a mulher misteriosa que surgiu foi quem os trouxe.

    Mas será que os trouxe?

    Não tenho tempo para lidar com uma possível fraude, Letizia gritava bem distante e eu tinha de socorre-la.

    Se ela não estava envolvida, apenas a mulher ao meu lado poderia lidar com o "rei dos lobos".

    —Bem, se tens o Dom de São Franscisco de Assim. Então, vá falar com o líder deles...Eu não serei útil nessa conversa... Então vou ajudar as garotas.

    Citava o santo diretamente, porque se ela falava de dons para mim ela estava citando as passagens de São Paulo sobre os atos dos Apóstolos. E talvez a jovem fosse abençoada com alguma comunicação com as criaturas que Adão nomeou no Paraíso e Nóe salvou na arca.

    Temia que o Lobo entendesse o que eu estava falando... temia que a tal Arikel fosse realmente a mandante de toda essa matilha.
    ...mas se eu estou certo sobre precisava fugir, desesperadamente para tentar evitar que alguém morresse devorado pelos lobos.

    Porém escondo a real razão pela qual eu passei a confiar parcialmente na estranha, é que mais me motivava é que a Igreja sempre falou mal de lobos e morcegos vindos da Romênia, então se os bispos falam mal dessas criaturas algum bem elas devem fazer.

    Enquanto se afastava, tentava entender melhor que tipo de criatura estavam enfrentando.

    Off: @Scorpion. Eu vou rolar intuição para usar Avaliação e tentar entender as defesas e ataques do lobo, se por acaso eu precisar repetir a rolagem quando chegar no lobo que esta em combate com as ruivas pelo que você possa rolar um outro teste para os lobos que eu encontrar.
    Nightingale
    Mutante
    Nightingale
    Mutante

    Mensagens : 524
    Reputação : 4
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Nightingale Seg 20 Jun 2022, 13:27

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Pcitur10

    Toda a situação com o uivo já dera claramente a entender que uma luta havia começado. Pesadelo não podia falar por todos. Ele era um capitão de uma matilha muito maior, acreditava a arqueira. Porém, todos saíam em direção ao uivo antes mesmo que ela pudesse traduzir o que o lobo disse para o caçador. Se ela simplesmente desse as costas e saísse para negociar com o tal rei que provavelmente não gostaria de Arikel de cara, deixando que uma batalha nova e a possibilidade de um de seus suditos seja ferido, muito dificilmente começaria com o pé direito com o tal Rei. Antes de ir ter com o Rei, precisava impedir que a batalha acontecesse, e de quebra, se conseguisse convencer Pesadelo e Yane a acompanhá-los, estaria sob sua proteção e a chance de que tudo seja feito forma pacifica pode aumentar.

    - Pesadelo, espere! Vou ajudá-lo a impedir que uma tragédia comece, para os dois lados!

    Assim, Arikel rapidamente retirava sua capa e colocava sob Cipriano desacordado com cuidado para mantê-lo aquecido e até parcialemente escondido e imediatamente corria em direção ao alarde. Se visse que um combate estivesse prestes a começar iria usar uma flecha de luz para chamar a atenção dos combatentes presentes e fazer a flecha cruzar entre eles. A ideia não era acertar ninguém, mas fazer com que a flecha iluminada chamasse a atenção o suficiente para que nenhum combate se iniciasse e ela pudesse ser a intermediária na conversa de poderes resolver aquilo sem mais mortes.

    scorpion
    Adepto da Virtualidade
    scorpion
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1916
    Reputação : 80

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por scorpion Ter 21 Jun 2022, 10:25

    JACK E ARIKEL

    Ambos começavam a correr da igreja na intenção de seguir o lobo e talvez impedir um massacre ali. Jacques e Arikel podiam ver quando saíam da igreja que Pesadelo não estava lá.... mas depois ele aparecia e sumia. O lobo negro sempre corria de uma sombra para a outra, desaparecendo e aparecendo numa bem mais a frente. Mesmo com seus calcanhares quase batendo em suas bundas, era impossível acompanhar um quadrúpede na corrida franca... especialmente porque ambos viam que o lobo negro tinha outra habilidade que não a de falar pela mente dos homens... ele era capaz de usar as sombras para teletransportar-se e assim ganhar distância. Jacques percebia que, na verdade, o lobo não era intangível como ele.... mas que quando ele entrou na igreja, ele entrou atravessando a sombra do lugar.... a mesma sombra que Jacques usara para se camuflar naquela hora. Porém, o lobo era bem tangível...
    Pesadelo ignorava os gritos de Arikel... uma coisa que ele jamais faria seria esperar por homens para ajudar um membro de sua matilha....

    [OFF] Vocês demorarão este e o próximo turno para chegarem no local... Independente se se cansarem para correr mais rápido. Vocês teriam de ter alguns níveis de graduacão que aumentasse o deslocamento (voo, super corrida, etc) para reduzir este tempo. [/OFF]

    -----------------------------------------------------

    VAL e LETIZIA

    Letizia ainda sofria com a dor do ferimento no ombro... Ela apertou um pouco, tentando estancar, mas mais sangue espirrou,como se uma arteria tivesse sido ferida... e a dor era insuportável. A maga ruiva não conseguia fazer nada que não fosse ficar encostada e bradar ordens.
    Vendo o estado da garota e irados pelo sofrimento, os homens titubearam.... Porém, a raiva falou mais alto.

    Ainda armados com lanças, eles avançaram, acuando mais ainda o lobo, que começava a ficar mais nervoso ainda.... Quando um dos guardas avançou, o Lobo deu uma patada em sua lança quebrando-a e logo em seguida mordeu o braço do homem, que gritou. O lobo o sacudiu uma, duas, três vezes.... até que na terceira, a carne do braço rasgou e o resto do corpo voou, batendo na parede. Letizia e Val nunca tinham visto um lobo arrancar um membro de um homem com apenas uma mordida.... Os homens gritaram e três deles enfiaram lanças no lobo, que já começava a ter o pêlo cinzento manchado pelo rubro do sangue... mas ele não parecia nem sentir.

    Val via que Letizia estava para se tornar um alvo fácil daquele animal... de certa forma, elas haviam subestimado o animal. Como Val sempre pensava "antes eles do que eu", entao, ela colocou o menino no ombro, que não era muito pesado e com o outro ombro, ajudava Letizia a sair daquele beco, em direção ao casarão. Que os homens cuidassem daquele lobo naquele momento, para cobrir a fuga das duas.... era provável que precisassem do resto do grupo para conseguirem lidar com a situação.

    Ao longe, as garotas podiam ver um Lobo negro correndo pelas ruas, enorme.... e de repente sumir nas sombras, como Jack costumava fazer às vezes... agora, Val e Letizia tinham mais certeza que, com o lobo cinzento recebendo ajuda, que elas deveriam logo sair dali...
    Pikapool
    Garou de Posto Cinco
    Pikapool
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2399
    Reputação : 68

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Pikapool Qui 23 Jun 2022, 19:55


     
         
         
     

             

             
    Informações

    • Mote: A única coisa necessária para que o mal triunfe é que os homens de bem não façam nada!

    • Itens Carregados: Mochila, algumas mudas de roupas, bolsa de rituais com componentes, diário, arcanábulos, algibeira, pederneira, tinta, porta-mapas, caneta tinteiro, saco de dormir e cantil.

    • Vestimentas: Camisa branca manga longa, saia preta, botas pretas, mais acessórios.


         

             

                 

    Minhas palavras pareciam terem sido em vão. Não sabia dizer se era estupidez ou alguma forma de provar a masculinidade. Assim que atacou o lobo um dos homens não demorou para sofrer dos males que eram pressentíveis a acontecer.



    Desviei o olhar ao ver o braço do mercenário se descolar do corpo. A agonia que senti fazia parecer que era o meu próprio braço a ser arrancado. E a imprudência dos demais só me davam a certeza que o fim deles não seria muito melhor. Foi quando senti alguém me puxar.



    - V?! - Murmurei. - Espere V!! Eles vão ser massacrados. Não podemos deixá-los. - Disse angustiada. Ao perceber que V não iria me deixar ajudá-los, apenas esbravejei. - Valérie, me deixe aqui. Eu ainda posso fazer algo... - Mas ela sabia que eu não seria nada mais que mais uma baixa. Tudo que pude fazer foi gritar a plenos pulmões. - IDIOTAS!! CORRAM POR SUAS VIDAS!!



    Durante a fuga, não demorou para vermos o reforço daquele lobo. Mas a essa altura, já não acreditava que ele precisava mais. Assim que ele desapareceu das vistas sussurrei para Val.



    - Você viu isso? Lobos fantasmas? - Questionei desnorteada. Talvez tivesse perdido sangue demais e estivesse começando a alucinar.


             

         
    scorpion
    Adepto da Virtualidade
    scorpion
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1916
    Reputação : 80

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por scorpion Qua 29 Jun 2022, 10:56

    TODOS

    Val: Garota, pelo amor de Deus, você mal tá conseguindo parar em pé!


    As mulheres que já saíam do beco podiam ouvir o grito de outro homem. Elas viam um homem cair para fora do beco e tentarse rastejar para longe, mas logo, era puxado para dentro e mais gritos de horror. Aquilo seria um massacre.

    Val: Nós temos de nos reagrupar! Vamos!

    Para Val estava mesmo pesado aquilo.... Estava carregando o menino e ajudando Letizia a andar.
    Enquanto caminhavam para longe, mesmo sob os gritos de Letizia, parecia que aqueles homens estavam condenados. Assim que um deles conseguiu sair correndo do beco, das sombras, um enorme lobo negro saiu, como que se transportado pelas sombras e saltou sobre ele, fazendo sangue voar por todo lado e melar as paredes do beco...

    Naquele momento, era possível ver Jacques e Arikel chegando.... os dois podiam apenas ver no meio da rua Val ajudando Letizia a caminhar e com uma criança no ombro... Letizia estava notoriamente muito ferida. A dor ainda piorava e ela continuava tonta (falhou no teste pra curar a condicao de novo). Eles também podiam ver Pesadelo em cima de um homem que já não mais tinha vida, com a boca melada de sangue... ao lado de Pesadelo, umlobo cinzento, ainda maior, com o pêlo meio prata, meio rubro de sangue, aparecia e emprestava aos heróis uma visão assustadora.

    Foi então que omenino no ombro de Val começava a falar, com uma voz tenebrosa... Jacques e Arikel sabiam.... era Pesadelo falando através do garoto....

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Garoto10
    Pesadelo: Nós.... não.... querer luta. Deixar.... criança... sair. Rei... querer.... criança.

    Val: Onde está a Kath numa hora dessas?

    Naquele momento, Kath estava em cima do telhado com o guarda. Ele armou a besta pesada e a apoiou na mureta, fazendo mira...

    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Soldad10
    Soldado: Seus amigos tão lá embaixo... Estão se encarando com dois dos malditos lobos. Eu só preciso mirar na testa daquele preto ali....

    [OFF]Felipe, esta fala do Pesadelo acho que ficou tão óbvia que não neccessita de te mandar uma tradução, mas se mesmo assim você quiser, eu mando....[/OFF]
    Conteúdo patrocinado


    CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON] - Página 4 Empty Re: CAP 01 - Quando as Trevas Caíram [ON]

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex 01 Jul 2022, 08:50