Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).

Links úteis Anúncios Redes Sociais
31/03 - Novo quadro de anúncios.
31/03 - Mesas com mais de 2 meses SEM postagens serão automaticamente arquivadas.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE MAIO
Mesas que forem abertas para serem jogadas em outras plataformas
serão excluídas do fórum.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE JUNHO
A partir de agora somente mestres com mesas ativas no fórum terão o nick laranja
para ficar mais fácil a distinção. Fiquem atentos que em breve teremos
um novo modelo de pedido de mesa!




 

    Aezhlyn - Prelúdio do Armageddon

    Dovahkiin
    Troubleshooter
    Dovahkiin
    Troubleshooter

    Mensagens : 789
    Reputação : 25

     Aezhlyn - Prelúdio do Armageddon Empty Aezhlyn - Prelúdio do Armageddon

    Mensagem por Dovahkiin Sab Out 08, 2022 10:55 am

    "A cada dia que passa o apocalipse deixa de ser um medo e se torna uma esperança..."



    Trilha Sonora:



            Aezhlyn se encontrava em um ambiente iluminado apenas pelas luzes neon coloridas. O único som que ouvia era a música rápida e alta. Tratava-se de uma daquelas festas de modelos bastante comuns, onde a garçonete trazia bebidas e cocaína em uma bandeja, empresários importantes "negociavam" com jovens talentos em ascensão em quartos privados, de onde saiam com os corpos úmidos de suor pós coito.


     Aezhlyn - Prelúdio do Armageddon F65646468fd6c0b547dee8c4a12d8f73


    OFF: Pode decidir o motivo de Aezhlyn estar neste local. Talvez tenha sido convidada por algum agente importante? Talvez queira fisgar algum peixe grande e conseguir algum favor? Cumprindo um Favor para Lilith (talvez algo relacionado com o vídeo abaixo)? Talvez apenas tenha caído lá de paraquedas? Você decide. Pode decidir como ela age no local, e em seguida, segue a cena abaixo:



            Em certo local do ambiente, a Lilim podia perceber um grupo de modelos e um empresário assistindo algo em uma gigantesca Smart TV na parede. O empresário trazia consigo um pendrive, cujo conteúdo dizia ter sido encontrado nas profundezas da deep web, mas não deixava de ser interessante. Assim, ele chamava a atenção de todas pessoas próximas para o que seria um vídeo bastante revelador:


            No começo, o vídeo estava granulado, mas acabou por assumir uma imagem sólida, cristalina. As pessoas do vídeo se pareciam com um anjo caído ao chão, preso em estranhas correntes e cinco demônios zombando, todos em suas formas verdadeiras (algo bastante bizarro, pois em teoria, câmeras mortais não eram capazes de captar celestiais em suas formas verdadeiras).
            O anjo, porém, parecia transitar diversas vezes entre sua forma celestial e sua Veste humana. Ele fechava os olhos com tanta força que as veias em sua testa pulsavam azul e sua pele queimava em vermelho. Pouco antes de seu rosto ficar completamente vermelho, sua concentração quebrou e seus ombros caíram em um
    semblante de derrota.

    “Eu não aguento,” o anjo de asas douradas ofegou para seus captores. A frase foi uma deixa para eles abandonarem seus semblantes demoníacos e assumirem suas formas humanas.

    “Pronto, não foi tão difícil, não é?!”- Um dos demônios sussurrou, escovando mechas de cabelo dourado da testa do anjo de forma aparentemente carinhosa.

    "Apenas terminem logo com isso", ele gemeu. “É insuportável. Eu... eu tenho um buraco em minha alma.".  O demônio apenas riu e deu-lhe um olhar sombrio:

    "Desculpe, canarinho", disse um demônio em Veste feminina, cobrindo o sorriso com uma mão e acariciando o ombro do anjo com a outra. "Sério, essa foi engraçada, ‘buraco na minha alma’ "– ela ri. "Isto soa como uma letra de música brega. Veja aqui, senhor", ela sussurrou. "Eu tenho uma cratera em minha alma." - Dizia, colocando a mão dentro de suas roupas íntimas, tocando a própria genitália, enquanto murmurava uma Canção de Encanto no ouvido do anjo, minando sua força e, ela esperava, acalmando sua raiva. Ele caiu de volta ao chão, olhando para suas mãos.

    “Eu quero te destruir,” ele confidenciou. “Eu quero envolver minhas mãos em torno de sua cabeça e apertar até que minhas palmas se encontrem.” - A demônio sorriu debochadamente.

    "Eu sei, querido, eu sei."


            Ela estreitou os olhos, afastando qualquer afeição.

    "' Um buraco em sua alma, diz você, Miguelita?!" - disse ela lentamente - "Há um vazio em todos nós, pois nosso Criador nos fez assim propositalmente. Ele nunca esteve do nosso lado. Diga isso para mim, Max. Repita isso para nós, e o sofrimento irá acabar."

            O anjo mordeu o próprio lábio com força suficiente para sangrar enquanto sua testa se enrugava como se ele lutasse consigo mesmo. A todo momento, ele evitava olhar nos olhos dela.

    “Diga por mim,” ela disse severamente. “‘Há apenas um buraco porque assim Ele o quis.'”

    “Há... a... apenas um buraco. . . Porque... "

    “Por que há um buraco, querido Maxie? Você sabe o porquê”

            Olhando fixamente para frente, sua respiração desacelerou.

    "Vá em frente", disseram os demônios em conluio.

    “Só há um buraco porque Ele quis assim... pois Ele não me ama...” ele repetiu, ombros caindo ainda mais. Ele balançou para frente e para trás, os olhos vidrados e os dentes rangendo, murmurando a frase repetidamente como um mantra. Então, de repente, ele parou.

            Ele pareceu emergir de seu devaneio, saindo de sua névoa protetora e estupor. Ele olhou para os demônios e então seus olhos se abriram como se tivesse acabado de experimentar uma revelação horripilante.

    "Eu fiz isso...", disse ele, sua voz trêmula com angústia. "Eu sou mau. Eu sou fraco. Não, eu realmente gostei de dizer isso, foi libertador. Você estava certa,
    eu sou atraído pelo mal. Eu não posso mais ser um Miguelita.” Ele olhou para seu corpo como se nunca o tivesse visto antes, sentindo a evidência física de sua corrupção, mas então ele abriu as mãos, escorregadias com o sangue dos estigmas no peito, vermelhas como as mãos de um assassino.


    "Ei, ei, calma querido..." - Ela o tocou, tentando acalmá-lo como fizera tantas vezes antes, mas seu toque apenas aumentou seu tormento.

    "Fique longe de mim!" ele gritou, batendo no braço dela. O movimento violento o desequilibrou e ele cambaleou para trás, seus pés emaranhados com sua cauda vestigial flácida. Ele caiu no chão, gritando com uma raiva louca tão avassaladora que a demônio sedutora finalmente percebeu que poderia estar em perigo.

    “NÃAAAAO! EU ESTOU CAINDO!" Ele se contorceu de dor e terror, tentando se levantar e depois desmoronando em um amontoado patético no chão. "Eu Caí! Por favor, me ajudem!"

            A demônio hesitou por um momento, olhando para seus comparsas, que confirmavam com a cabeça, sorrindo satisfatoriamente, e então segurou a mão do antigo Miguelita para puxá-lo do chão. Ela retomou seu tom suave, como se estivesse falando com uma criança que tem medo de monstros.

    "Venha cá querido. Você acabou de Cair.” Ela tinha ele a meio caminho de joelhos, soltando seus grilhões, quando ele tombou de novo como uma boneca de pano.

    "Eu Caí", ele gemeu.

    "Não seja tão bobo", ela repreendeu. "Quem disse que isso é tão ruim assim?!"

            De repente, ele saltou do chão, agarrando-a pela garganta com duas mãos com garras. “É tudo sua culpa,” ele disse para seu rosto em pânico, sacudindo-a impiedosamente, mas os outros demônios o separaram dela, e, com lágrimas de sangue escorrendo dos olhos, ele finalmente assumiu: "Não, é tudo culpa minha!"

            Eles o soltaram e ele se ajoelhou, levantando-a como se ela estivesse sem peso, então, com um movimento explosivo mais poderoso do que qualquer humano poderia produzir, ele a arremessou através do quarto. Ela bateu contra uma parede, seu corpo batendo no chão onde estava, totalmente imóvel abaixo de uma chuva de gesso sangrento. Os outros demônios tentavam detê-lo, mas, agora solto, ele era mais forte que os dois juntos.

            O anjo gritou a plenos pulmões, assumindo finalmente sua forma verdadeira de vez, asas coriáceas de aspecto letal brotando de suas costas. Uivando, ele atacou a sala, batendo no ar com suas novas asas, esmagando e rasgando objetos como uma fera presa. Ele soltou um grito medonho, despedaçando tudo o que ainda estava intacto. Cacos de vidro voavam pelo ar, enquanto ele colocava para fora a violência de sua dor e angústia, beirando a loucura.

            Ele se jogou em direção à porta, estilhaçando-a com a força de sua fúria. Então ele desaparecia na Cidade dos Anjos.



            A fita acabava, deixando todos boquiabertos sem entenderem nada...
    Pikapool
    Sacerdote de Cthulhu
    Pikapool
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2713
    Reputação : 74

     Aezhlyn - Prelúdio do Armageddon Empty Re: Aezhlyn - Prelúdio do Armageddon

    Mensagem por Pikapool Ter Out 11, 2022 10:04 pm



       
       


           

           
    Informações

    • Mote: Que nada nos defina. Que nada nos sujeite. Que a liberdade seja a nossa própria substância!

    • Itens Carregados: Bolsa, óculos, kit de maquiagem (primer, pó facial, blush, delineador, mascara de cílios, batom e gloss), caderno de anotações, caneta.

    • Vestimentas: Top preto, minissaia jeans, jaqueta preta e botas de cano curto pretas.


       

           

               

    - Pelos céus... - Murmurava ao esfregar as mãos sobre os olhos tentando compreender como diabos eu havia parado naquela festa.



    Lembrava-me de estar em casa com alguns amigos, Jack, Johnnie e José, curtindo a fossa depois de ter levado um bolo de Andy. Apesar de confusa, a raiva de Andy voltava quase que de imediato.



    - Idiota! Me dispensou para ir jantar com a mamãe... - Digo a mim mesma. - O mínimo que deveria ter feito era me convidado. Devia se sentir honrado de poder ter minha companhia... - Era notório que a embriaguez ainda pairava sobre mim.



    Era serio, não conseguia fazer a mínima ideia do que eu fazia no meio daquelas vadias magrelas dispostas a qualquer coisa por quinze minutos de fama. Apoiei-me no balcão me pondo de pé e cambaleante segui a procura da saída.



    Em meio ao caminho algo chamou minha atenção. Como aquele cara conseguiu a porra de um vídeo de um anjo cercado por demônios? Relutante, parei para observar. Na minha mente pairavam duas questões. A primeira: Seria aquele vídeo real? e a segunda: Será que alguém roubou minha ideia de pornô angelical?



    Assisti a tudo tentando me atentar ao detalhes. Infelizmente, a única coisa que pude perceber é que aquilo ocorrera em LA. Um ser daqueles poderia causar um grande problema. E como eu parecia estar predestinada a sempre estar no lugar errado e na hora errada. Certamente, aquilo viria direto para morder meu traseiro...



    Enquanto todos estavam embasbacados com o que viram, tratei de ir até o empresario dono do pendrive.



    - Gostei dos efeitos especiais. Quando vai estrear? - Sorri gentilmente. - Já tem esse trailer no YouTube? Tenho uns amigos que vão adora-lo. - Aproximei-me dizendo em tom curioso.



    Ainda não sabia o que fazer. Contudo, precisava no mínimo de uma copia daquilo para poder mostrar aos responsáveis. Até já pensava a quem recorrer para informar daquele problema. No entanto, se fizesse o que tinha em mente, talvez eu me tornasse a razão do problema.


           

       
    Dovahkiin
    Troubleshooter
    Dovahkiin
    Troubleshooter

    Mensagens : 789
    Reputação : 25

     Aezhlyn - Prelúdio do Armageddon Empty Re: Aezhlyn - Prelúdio do Armageddon

    Mensagem por Dovahkiin Sab Out 15, 2022 10:00 am

    Trilha sonora:



    Ao final do vídeo, todos estavam surpresos. Os principais comentários é de que era a mais realista creepy pasta que já haviam assistido. Aezhlyn por sua vez, sabia que aquilo não poderia ser fake, por mais bizarro que fosse uma câmera mortal conseguir captar a imagem de seres espirituais.


    - Gostei dos efeitos especiais. Quando vai estrear? Já tem esse trailer no YouTube? Tenho uns amigos que vão adora-lo.


           O empresário apenas a olha, saboreando a curiosidade da bela ruiva à sua frente.

            Aezhlyn - Prelúdio do Armageddon 11900234-wily-looking-businessman-poses-for-a-portrait



    - Na verdade, não se trata de um filme. Foi um vídeo captado na deep web. Eu já o levei a alguns analistas conhecidos meus e eles próprios confirmaram que não encontraram nenhuma adulteração ou montagem. Mas sou um homem ocupado, não costumo revelar nada de graça! - Dizia o homem, olhando para o corpo da Lilim de cima a baixo, deixando bem claro o que desejava.
    Pikapool
    Sacerdote de Cthulhu
    Pikapool
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2713
    Reputação : 74

     Aezhlyn - Prelúdio do Armageddon Empty Re: Aezhlyn - Prelúdio do Armageddon

    Mensagem por Pikapool Qua Out 19, 2022 2:15 pm



       
       


           

           
    Informações

    • Mote: Que nada nos defina. Que nada nos sujeite. Que a liberdade seja a nossa própria substância!

    • Itens Carregados: Bolsa, óculos, kit de maquiagem (primer, pó facial, blush, delineador, mascara de cílios, batom e gloss), caderno de anotações, caneta.

    • Vestimentas: Top preto, minissaia jeans, jaqueta preta e botas de cano curto pretas.


       

           

               

    Enquanto o homem me encarava como se estivesse apreciando algo que até então me deixava confusa. Dei de ombro abrindo os braços e o olhando com uma cara de "e então?".



    Fiquei espantada ao ouvir as palavras dele ao mesmo tempo que fazia uma cara de deboche.



    - Espera! Então você está dizendo que tais criaturas são reais? E se considerarmos que o anjo do vídeo foi corrompido pelos demônios... - Levanto uma das mãos pronta para continuar, mas faço uma breve pausa antes de baixar a mão e concluir. - Eu ainda devo estar bêbada.



    Comecei a rir e cambaleante me aproximei do homem.



    - Como assim não costuma revelar nada de graça? Eu apenas perguntei se o trailer, vídeo ou o que seja estava no YouTube. - Encaro-o com um olhar matreiro. - Então, posso deduzir que estas a esconder algo a mais?



    Aproveito a proximidade e o contato visual para descobrir os segredos daquele homem.


           

       
    Dovahkiin
    Troubleshooter
    Dovahkiin
    Troubleshooter

    Mensagens : 789
    Reputação : 25

     Aezhlyn - Prelúdio do Armageddon Empty Re: Aezhlyn - Prelúdio do Armageddon

    Mensagem por Dovahkiin Sab Out 22, 2022 8:39 am

    Trilha sonora:



    - Espera! Então você está dizendo que tais criaturas são reais? E se considerarmos que o anjo do vídeo foi corrompido pelos demônios... Eu ainda devo estar bêbada.



    - Não sei nada sobre anjos e demônios, e para ser sincero, nem sei se acredito neles, mas esse vídeo foi uma das maiores pérolas que retirei do submundo da internet. Até agora, nenhum especialista conseguiu encontrar qualquer tipo de montagem ou erro no vídeo.


    - Como assim não costuma revelar nada de graça? Eu apenas perguntei se o trailer, vídeo ou o que seja estava no YouTube. Então, posso deduzir que estas a esconder algo a mais?



           O empresário dava um sorriso cínico antes de responder no ouvido dela:

    - Não, ele não pode ser encontrado no youtube, ao menos ainda não. E na verdade, ele parece ter sido removido até mesmo do canto obscuro da net onde foi encontrado. Ou seja, é possível que eu tenha a única cópia em minhas mãos, e cá entre nós, já recebi inúmeras ligações oferecendo um alto preço por ela, por indivíduos anônimos cujos números não podem ser rastreados.

           A Lilim aproveitava a proximidade do homem para olhar nos olhos do homem, e através deles, ver o que sua alma escondia. Como era de se esperar, o homem possuía uma fraqueza que o faria entregar de bandeja o pendrive, e essa fraqueza tinha um nome (dendrofilia). Sim, o pervertido possuía um distúrbio fetiche tão bizarro que não costumava revelar a qualquer um, mesmo entre um círculo de degenerados como aquele, a atração sexual pela vida vegetal. A Ressonância foi tão forte que a Lilim descobriu inclusive que o empresário se utilizava de atividades de filantropia para "proteger o meio ambiente" para disfarçar seu interesse obscuro, sendo um membro bastante ativo do Greenpeace e ativismo ambiental.
    Pikapool
    Sacerdote de Cthulhu
    Pikapool
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2713
    Reputação : 74

     Aezhlyn - Prelúdio do Armageddon Empty Re: Aezhlyn - Prelúdio do Armageddon

    Mensagem por Pikapool Sab Out 22, 2022 3:44 pm



       
       


           

           
    Informações

    • Mote: Que nada nos defina. Que nada nos sujeite. Que a liberdade seja a nossa própria substância!

    • Itens Carregados: Bolsa, óculos, kit de maquiagem (primer, pó facial, blush, delineador, mascara de cílios, batom e gloss), caderno de anotações, caneta.

    • Vestimentas: Top preto, minissaia jeans, jaqueta preta e botas de cano curto pretas.


       

           

               

    - É isso que me deixa confusa. Se não há vestígios de montagem é o mesmo que afirmar que essas criaturas são reais. - Levo a mão ao queixo pensativa. - Ou temos um profissional da edição além de seu tempo...



    Ainda ponderava quando ele avançou e sussurrou em meu ouvido. Aproveitei o momento para questionar seus gostos.



    - Posso considerar que há uma possibilidade de você me dar uma copia desse arquivo? - Indaguei. - Que tal em troca eu te arranja um encontro com um daqueles Ents d'O Senhor dos Anéis? Sacas, um árvore rara. Ou preferes uma berinjela firme e vigorosa colhida a pouco? - Recuo a cabeça e o encaro. - E então? O que acha?



    Sabia que iria me arrepender em breve. Porque eu sempre escolho me intrometer no que não é da minha conta. Teria sido tão mais fácil ter dado as costas ao vídeo e saído fora dessa festa entranha com gente esquisita. Enfim, agora era tarde...


           

       
    Conteúdo patrocinado


     Aezhlyn - Prelúdio do Armageddon Empty Re: Aezhlyn - Prelúdio do Armageddon

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Dez 05, 2022 1:01 am