Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Matteo - Nietzsche

    Compartilhe
    Hellkite
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1783
    Reputação : 118
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Matteo - Nietzsche

    Mensagem por Hellkite em Seg Jul 09, 2018 6:11 pm

    April Clinic & Surgery

    Hospital administrado por Andrea Giovanni, que tem por objetivo desenvolver, em nível de excelência, a assistência a saúde, com ênfase nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. Pacientes tanto da alta sociedade, assim como os pertencentes as camadas mais pobres de Redmond, procuram a clinica para tratar de suas doenças e aflições.

    Como centro de aprendizado, é referencia, e estudantes de medicina e enfermagem concentram-se neste polo de ensino.

    Os Giovanni não mediram esforços para fazer com que a April Clinic & Surgery fosse um sucesso, e muito dinheiro foi investido neste centro. O fato de Matteo ter sido indicado como administrador de tão importante lugar mostrava o quanto Andrea e a família Giovanni esperavam dele. E seria ele capaz de superar esta expectativa?

    **

    Matteo estava sentado sozinho em uma poltrona na área de descanso da April Clinic, com um copo de café na mão. O ultimo dos médicos não-plantonistas já tinha saído a cinco minutos atrás, não sem antes de parabeniza-lo pela difícil neuro-cirurgia que tinha realizado. “O senhor ainda não perdeu a pratica, hein?”, foi o comentário mais ouvido por ele após a operação.

    Ah sim, tinha levado 5 horas, e mesmo com sua constituição vampírica, seus sentidos aguçados e movimentos precisos, havia sido difícil. E além do mais tendo que explicar os procedimentos para jovens estudantes de medicina, que acompanhavam mesmerizados a sua performance e seu conhecimento.

    Por que tinha o café na mao, ainda? Força do habito?

    Entra então no recinto uma jovem, Eliza Cunningham, também um prodígio na área medica. Quantos anos tinha? 25? 27? Já era a coordenadora médica da April. Estava com uma prancheta nas mãos e como sempre um belo sorriso no rosto.



    - Matteo, não perdeu a pratica hein? Hahaha, quantas vezes já ouviu isto? Mas se tem alguém em quem eu confio plenamente para realizar uma intervenção cirúrgica difícil como esta, é voce Matteo! Fala a verdade, me diz se voce não gostaria de voltar a sala cirúrgica e abandonar toda a papelada? Não, melhor não, estou feliz com meu emprego... – diz, toda marota.
    Nietzsche
    Samurai Urbano
    avatar
    Samurai Urbano

    Mensagens : 111
    Reputação : 9

    Re: Matteo - Nietzsche

    Mensagem por Nietzsche em Ter Jul 10, 2018 1:03 am

    Vox Populi, Vox Dei, a voz do povo é a voz de D'us, basta que se dê o devido crédito. - abria um pequeno sorriso, enquanto sentia a fragrância do café, lembrando das fazendas de café que a família controlava, perto da região de Ragusa, na Sicília.

    — Drª Cunningham, mesmo em um centro médico de excelência como o nosso, quase todos os profissionais são substituíveis, faço votos para que continue sendo uma das exceções.

    A formação de Eliza Cunningham em Stanford, junto do seu histórico universitário, refletia uma injustiça para uma das melhores cirurgiãs que havia tido o prazer de ver em atuação. Sendo uma colega de profissão à altura. Provavelmente era mais nova, conciliando os estudos com as atividades extracurriculares, além de que as matérias teóricas nem sempre se refletem no campo prático e vice-versa.

    — Todas as atividades ocorrendo normalmente na minha ausência? - olhando que horas eram no relógio de pulso, enquanto com a outra mão repousava o café intocado na mesa de centro da área de descanso.

    Ainda não havia me alimentado aquela noite, mas não havia precisado usar todas as bolsas de sangue previstas na operação que acabara de realizar, elas ainda não estavam devidamente registradas no sistema. Seria uma ótima oportunidade para uma "bebida"... saborosa, viciante e fonte de todo o poder dessa nova etapa de existência.

    De vez em quando via algum espírito pelo hospital, é o fardo de ser médium, médico e um necromante. O CTI geralmente era um local rodeado por eles, vislumbrando seus próprios corpos e parentes, enquanto estão em um período de coma. Não tendo capacidade de romper o tênue "fio" que liga o espírito à carne, ficando entre os dois mundos à mercê de eventos que não lhe dizem respeito algum.
    Hellkite
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1783
    Reputação : 118
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Matteo - Nietzsche

    Mensagem por Hellkite em Qui Jul 12, 2018 3:31 pm

    — Drª Cunningham, mesmo em um centro médico de excelência como o nosso, quase todos os profissionais são substituíveis, faço votos para que continue sendo uma das exceções.

    Eliza balança a cabeça devagar. Como podia ser tão modesto, com tanto talento?

    - Doutora Cunningham? – diz, torcendo os lábios. Ela olha para os lados, e depois fixa o olhar em Matteo - Ah sim, estamos em ambiente profissional, apesar de não estar vendo ninguém mais aqui por perto. Doutor Giovanni, o senhor é uma das raras exceções, por isto que pedi que fizesse a intervenção cirúrgica. É o melhor na área, sem duvida alguma.

    — Todas as atividades ocorrendo normalmente na minha ausência? - olhando que horas eram no relógio de pulso, enquanto com a outra mão repousava o café intocado na mesa de centro da área de descanso.

    Eliza da uma olhada em sua prancheta, levanta alguns papeis, e nega com a cabeça.

    - Tudo em ordem... Apesar de ainda estarmos sofrendo com a saída dos doutores Watson e Shaw para a nossa concorrente, Hospital Genesis, estamos conseguindo atender a demanda. Porém sugiro que apressemos o processo de contratação de novos doutores...

    Porém, alguma coisa mais chamou a atenção de Matteo. Na porta da copa estava uma menina, sem cabelos e com a roupa do hospital, olhando intensamente para o vampiro. Um espirito.
    Nietzsche
    Samurai Urbano
    avatar
    Samurai Urbano

    Mensagens : 111
    Reputação : 9

    Re: Matteo - Nietzsche

    Mensagem por Nietzsche em Sab Jul 14, 2018 8:40 am

    — Vou providenciar as contratações e regularizar a situação o mais breve possível. Foi um prazer revê-la, Drª Cunningham.

    Reforçava o laço profissional, mesmo percebendo o interesse da brilhante cirurgiã em estreitar o vínculo de forma mais pessoal. Em outra situação, se ainda fosse um homem, provavelmente entraria no joguete de sedução e prazer, mas o meu atual estado existencial transcendia a vida e a morte, era algo além e ainda assim entre os dois. Não havia mais tempo e nem interesse para esses afazeres. Tomar alguma decisão baseada na emoção e não na lógica era uma das proibições dos ensinamentos que Andrea, meu mentor, estava transmitindo na minha nova filosofia de ser.

    Pelo o que havia entendido, essa nova percepção de mundo e seus limites, ao menos para meu Signore e para muitos outros Giovanni, era chamada de "Trilha dos Ossos". Era uma forma de me afastar dos paradigmas humanos, mas sem sucumbir à besta. Besta esta que ainda não havia travado uma batalha comigo, revelando um autocontrole sobre meus impulsos que superaram as expectativas da Família.

    — O Hospital Genesis tem se mostrado um rival à altura, acredito que seja o momento de mostrar para o que viemos, vencendo a competição com nosso talento. - os pensamentos no hospital rival se perdiam ao ver o espírito na porta, pedia desculpas ao se levantar, ressaltando que deveria ir averiguar um paciente.

    Por toda sua vez havia sido um competidor, sempre se esforçando para ser o n° 1 em qualquer tarefa que participasse. Talvez esse comportamento tivesse sido influenciado pelo ambiente familiar no qual cresceu. Tradição e profissionalismo, esses eram seus lemas. O rival da área médica em breve conheceria o sobrenome Giovanni, além do porquê dos seus negócios sempre serem um sucesso.

    Intrigado se levantava ao ver o espírito, caminhando em direção à menina. Câncer, sem dúvida, mas como não trabalhava na área da oncologia, não reconhecia a face da mesma. Esperava manter um contato próximo ou em um local com a devida privacidade antes de tentar uma comunicação. Não ficaria bem o diretor do hospital falando sozinho pelos corredores.



    Hellkite
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1783
    Reputação : 118
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Matteo - Nietzsche

    Mensagem por Hellkite Hoje à(s) 2:39 pm

    Elaine Cuninngham estava visivelmente irritada com o profissionalismo demonstrado por por Matteo, mantendo o sobrecenho cerrado e sua voz neutra.

    - O prazer foi meu, Dr Giovanni – diz, e da meia-volta. Ao passar pela porta ela atravessa o espirito da menina, e sente um calafrio. Neste momento a luz da sala da uma falhada, mas retorna alguns instantes depois.

    Elaine olha ao redor, mas não nota nada. Ela dirige novamente sua fala para Matteo.

    - Doutor, ultimamente estão ocorrendo estes picos de energia, mas nem a companhia elétrica nem a manutenção sabem explicar o porque... Parece que esta se concentrando no Bloco B dos pacientes..., diz, e então se vai, fechando a porta.

    Na copa não havia mais ninguém, a não ser Matteo e o espirito da menina, que continuava a observa-lo sem dizer nada. Permanecia sempre com a mesma expressão, olhos atentos em uma face pálida. O vampiro, ao tentar um contato, ve que ela coloca as mãos nos bolsos, e desaparece.
    Conteúdo patrocinado


    Re: Matteo - Nietzsche

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex Jul 20, 2018 10:57 pm