Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).

Links úteis Anúncios Redes Sociais
31/03 - Novo quadro de anúncios.
31/03 - Mesas com mais de 2 meses SEM postagens serão automaticamente arquivadas.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE MAIO
Mesas que forem abertas para serem jogadas em outras plataformas
serão excluídas do fórum.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE JUNHO
A partir de agora somente mestres com mesas ativas no fórum terão o nick laranja
para ficar mais fácil a distinção. Fiquem atentos que em breve teremos
um novo modelo de pedido de mesa!




 

    Fanfic - Enredo Original: Golden Wire

    2Miaus
    Mestre Jedi
    2Miaus
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1056
    Reputação : 102
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Fanfic -  Enredo Original: Golden Wire  Empty Fanfic - Enredo Original: Golden Wire

    Mensagem por 2Miaus Seg Jul 01, 2019 1:41 pm




    Fanfic -  Enredo Original: Golden Wire  AmbW


    "Um fio invisível conecta os que estão destinados a conhecer-se. Não importa o tempo, circunstância ou lugar… O fio pode esticar ou emaranhar-se, mas nunca irá partir.”


    Sinopse:

    Park Hyun Hee perdeu a família e sua sanidade.

    O que ele deseja agora? Vingança.

    E com esse pensamento ele retorna para Seul, só não esperava que no meio disso tudo iria se apaixonar.

    ★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★

    Prólogo

    Fanfic -  Enredo Original: Golden Wire  B51b73873ad03a3782e8c403a6436f39-1

    Nome: Park Hyun Hee

    Idade: 22 anos

    Altura: 1,83 cm

    Peso: 70 kg

    Tipo Sanguíneo: B+

    Status: Herdeiro da empresa OKF

    Fortuna Estimada: 95 bilhões de wons (aproximadamente R$ 327.000.000)

    Família: Avô materno, tio paterno e irmão caçula

    Comida Favorita: Ttteokbokki, são bolinhos de arroz picantes

    Cor Favorita: Preto e azul

    Estilo Musical: K-rock e músicas internacionais

    Estilo de Filme: Terror e Suspense

    Gosta de: Andar de moto

    Não gosta de: Garotas histéricas

    No tempo livre: Gosta de ficar sozinho, praticar artes marciais ou andar de moto

    Hyun Hee é um jovem alto e esguio, músculos bem definidos devido a extensa rotina de treinos, seus cabelos são tingidos de vermelho sangue e caem sobre os olhos numa franja repicada. Apesar da pele clara, ele tem um rosto másculo e um olhar penetrante. Este jovem rico e bonito, arranca suspiros das mulheres por onde passa. Ele tem um estilo bad boy, mal encarado, não costuma fazer amizades e se irrita com extrema facilidade. Mas apesar de toda essa aparência de menino mal, eis a verdadeira história...


    Coreia do Sul, Seul – 2011

    Aos 14 anos ele e os pais voltavam para casa após um campeonato de luta, seu irmão caçula dormia no banco traseiro, enquanto o jovem exibia animado o troféu de campeão. Mas ele percebeu que algo estava acontecendo quando o pai pisou várias vezes no pedal do freio. Sua mãe olhou apreensiva para o marido, e todos naquele milésimo de segundos sabiam que algo ruim ia acontecer.

    O carro derrapou para fora da estrada e caiu de um penhasco em direção ao bosque, o menino sentiu a mãe o abraçando antes da colisão. O impacto foi forte e o arremessou para frente, os vidros estilhaçaram ao seu redor e escutou o baque seco do metal sendo retorcido com a colisão. A última coisa que Hyun Hee se lembra antes de apagar é o rosto de sua mãe o encarando, coberto de sangue e os olhos dela estavam sem brilhos, sem vida.

    Ele ficou 7 meses em coma. Nesse tempo em que ficou preso dentro de sua própria consciência, não conseguia mexer o corpo e teve poucos momentos lúcidos, mas o suficiente para descobrir que o carro em que estava foi sabotado. Ouviu o irmão do seu pai lhe confessar em sussurros que planejou o assassinato e que iria tomar toda a empresa para si.

    O jovem preso nesse torpor, tentou reagir e se mover, mas sua mente o levou para longe novamente. E quando por fim acordou, o estrago já tinha sido feito. Seus pais estavam mortos, seu irmão caçula que por um milagre saiu ileso do acidente, estava morando com a família do traidor, Park Jun Ho. Para piorar a situação, o acidente causou lesões em áreas do seu cérebro responsáveis pelo controle de emoções e percepção da realidade. O tio alegou que o jovem tinha insanidade mental, assim se tornou o acionista majoritário da empresa. Mas como os médicos não sabiam se a lesão era um dano permanente ou não, Hyun Hee ainda poderia retomar a herança, se tivesse apto para tal.

    Dopado pelas medicações fortíssimas, ele foi levado para Califórnia com a desculpa de receber o melhor tratamento possível. Os primeiros meses de tratamento foram conturbados. Hyun Hee tinha um comportamento agressivo e apatia emocional, sendo classificado como um sociopata. O isolamento com a família também não contribuiu para o jovem ter uma mente sã.

    Mas com o passar dos anos aprendeu a controlar esses acesso de raiva e percebeu que manipular as pessoas era mais fácil do que exigir algo a força. Hoje em dia ele não era mais o filho exemplar de um Chaebol. Seu caráter mudou, sua vida mudou , mas ele precisava voltar para Seul. Precisa lutar pelos seus direitos e principalmente, queria vingança.

    ★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★

    Fanfic -  Enredo Original: Golden Wire  Screenshot-20190701-132946-1

    Nome: Dae Nayeon

    Idade: 20 anos

    Altura: 1,63 cm

    Peso: 55 kg

    Tipo Sanguíneo: O+

    Status: classe média-baixa

    Fortuna Estimada: 100.000 wons (aproximadamente R$ 344,00 )

    Família: Pai e mãe

    Comida Favorita: Massas e chocolate

    Cor Favorita: Branco e azul

    Estilo Musical: K-pop e música indie

    Estilo de Filme: Comédia romântica e animação

    Gosta de: Ler mangás, assistir doramas e de cozinhar. Adora fazer doces, bolos e sobremesa.

    Não gosta de: Falar em público

    No tempo livre: Gosta de ler mangás, romances e fantasiar essas histórias com o mundo real.

    Coreia do Sul, Seul – 2019

    Dae Nayeon é uma garota linda, romântica e sonhadora. Trabalha dia e noite para pagar as contas e mesmo assim está sempre no vermelho. Mas a jovem nunca reclamou pois acreditava que o amor verdadeiro traria a felicidade.

    Quando conheceu um cara lindo da capital, Kim Baek, acreditou ter encontrado seu príncipe encantado. Ele fez juras de amor à Nayeon, que largou a família para viverem em Seul.

    Mas seu conto de fada foi desmoronando aos poucos. Depois de alguns meses morando juntos, a menina descobriu que o namorado estava a traindo com outra mulher, sua conta bancária estava zerada e logo ela seria despejada do pequeno cômodo em que vivia.

    Nayeon queria voltar para o interior, mas não tinha dinheiro para a viagem e mesmo não gostando de entrar em conflitos, principalmente com o ex namorado, precisava de dinheiro.

    Então combinaram de se encontrar em um restaurante. O que ela não esperava, era que Kim Baek estaria junto com a atual namorada, Kang Soo-a. Engolindo todo seu orgulho, contou sobre os problemas que estava passando desde que ele a largou, mas o canalha negou ajuda.

    Sozinha e desiludida, ela viu eles se afastando entre risos, enquanto algumas lágrimas teimaram em cair. Por mais que seu coração tivesse ferido, ainda era apaixonada por ele.

    Continua...

    Askalians
    Administrador
    Askalians
    Administrador

    Mensagens : 1661
    Reputação : 171
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Fanfic -  Enredo Original: Golden Wire  Empty Re: Fanfic - Enredo Original: Golden Wire

    Mensagem por Askalians Ter Jul 09, 2019 11:08 am

    Ui... quero mais... kd o resto??


    _____________________________
    "If you love me, good...
    If you don't, I really don't care...
    My life will keep going the same way, with or without you...
    I will never choose between my family and you because family always go first...
    We have to remain together, always and forever..."
    2Miaus
    Mestre Jedi
    2Miaus
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1056
    Reputação : 102
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Fanfic -  Enredo Original: Golden Wire  Empty Re: Fanfic - Enredo Original: Golden Wire

    Mensagem por 2Miaus Sex Dez 27, 2019 2:05 pm




    Fanfic -  Enredo Original: Golden Wire  AmbW


    "Um fio invisível conecta os que estão destinados a conhecer-se. Não importa o tempo, circunstância ou lugar… O fio pode esticar ou emaranhar-se, mas nunca irá partir.”


    CAPÍTULO 1: Broken Heart

    Hyun Hee estava aliviado por voltar à Seul, finalmente poderia sair de seu exílio. A única pessoa que sabia de seu regresso era seu avô materno, Woon Dong. A família de sua mãe tinha uma condição econômica favorável, mas nem se comparava com a fortuna bilionária que o pai adquiriu durante os anos. Quando o jovem recebeu autorização para encerrar o tratamento na América, ele entrou em contato com o avô.

    Eles não se falavam desde o acidente e tiveram uma breve conversa pelo telefone. Hyun Hee precisava de um lugar para ficar quando retornasse para seu país natal. O avô aceitou acolher o neto e já estava encerrando a ligação, quando o jovem disse.

    Hyun Hee: Hal-abeoji (avô), eu sei quem fez isso com meus pais e vou me vingar.

    Um silêncio se prolongou pela ligação e quando Woon Dong falou, sua voz parecia estar cansada e arrastada, como se ele tivesse centenas de anos.

    Avô: Durante muito tempo eu tentei descobrir o que aconteceu naquele dia. Se alguém fez isso, não deixou pista alguma. - outra pausa longa - Escute meu conselho, vingança nem sempre é o melhor caminho. Ficarei feliz de você morar comigo. Eu já estou ficando velho e seria bom ter companhia. Mas esqueça tudo relacionado a empresa de seu pai. Além disso, seu irmão, Park Jung Mi irá completar 18 anos em breve e irá se tornar o novo CEO (dono).

    O jovem ficou surpreso com a notícia, durante todo o tempo que lutou contra sua condição mental, tinha um único objetivo, se vingar e recuperar o que era seu de direito. Ele não percebeu que os anos também tinham passado para seu irmão.

    A última vez que o viu ele era um garotinho de 9 anos, o quanto ele havia crescido e amadurecido? Como foi sua vida sendo órfão e morando com o tio? E porque durante todos esses anos não tiveram contato??

    Muitas perguntas brotavam em sua mente e a velha sensação de pânico começava a dominar. Sentia sua garganta se fechando, o coração batia acelerado no peito. O jovem bateu o telefone com força encerrando a ligação e saiu cambaleando pelo quarto até chegar ao armário do banheiro. Havia diversos frascos sobre a pia, ele tomou alguns comprimidos com as mãos trêmulas enquanto encarava seu reflexo no espelho.

    “Então...o que você vai fazer agora?” .- a voz ecoava em sua mente.

    Aquele foi o último contato que teve com o avô, depois disso o secretário Hwang que fazia as ligações para os preparativos do seu regresso.

    Algumas semanas depois, ele caminhou pelo aeroporto com uma mochila nas costas, não precisava levar nada além de algumas mudas de roupa e sua medicação. O vôo seria  longo, 12 horas entre os dois países, era muito tempo para pensar e planejar o que fazer.

    Fanfic -  Enredo Original: Golden Wire  Images-7-1

    Ao chegar ao aeroporto Internacional de Seul, Hyun Hee parecia um idol, usava um casaco de pele extravagante, uma regata branca, colares e brincos como acessórios. Os cabelos vermelhos eram bem chamativos por isso atraiu os olhares femininos por onde passou. No final da escada rolante, estava o secretário com uma placa de identificação nas mãos. Durante o trajeto até a casa do avô, foi informado que o senhor estava viajando a negócios, mas que todas as exigências que o jovem fez foram atendidas.

    Hyun Hee estava sentado no banco de trás, não esperava uma festa de boas vindas, mas pelo menos a presença do avô ali seria importante, mas não demonstrou tristeza. Havia aprendido a disfarçar suas emoções para outras pessoas, então fez o percurso calado enquanto mantinha a música alta nos fones de ouvido.

    ★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★

    Dae Nayeon havia acabado de sair do banco central, nas mãos tinha um extrato bancário, sua conta estava zerada. O banco informou a jovem que as últimas parcelas das compras que fez para Kim Baek haviam sido debitadas.

    Ela abre sua carteira e havia uma única nota de 100.000 won. Com esse valor, não daria para passar o restante da semana  e nem para pagar o aluguel atrasado. E para piorar ainda faltava algumas semanas para o pagamento cair.

    Fanfic -  Enredo Original: Golden Wire  82d51926f6c37cafddc3489ae135f9b9c5451136

    A jovem tentava lutar contra as lágrimas e a frustração, já que ela havia comprado uma jaqueta de couro para o namorado e semanas depois ele rompeu com ela. E mesmo quando não estavam mais juntos, ela continuou pagando as prestações do presente.

    Nayeon pega o celular e abre a aba de contatos. Deveria ter alguém para pedir dinheiro emprestado. Havia sua amiga de infância, Do Bong Song que estava em lua de mel e a jovem não queria ligar e estragar a felicidade do casal. Poderia ligar para os pais e pagaria quando pudesse, porém a colheita desse ano não tinha sido produtiva e ela tinha a incômoda sensação de ter 20 anos e ainda ser um estorvo para o casal de idosos.

    Ela encara o plano de fundo do celular, era uma foto da Nayeon e Kim Baek, eles estavam abraçados e felizes.

    Dae Nayeon: Nappeun nom!! (Canalha!!)

    Estava se sentindo tão injustiçada com a vida, ele deveria ao menos compensar por todo sofrimento que estava passando. Mas lembrou do episódio do restaurante e percebeu que ainda estava magoada com o que ocorreu.

    Nayeon caminhou sem rumo, perdida em seus pensamentos e tentando achar uma solução para sua vida caótica.

    Continua….


    shamps
    Sacerdote de Cthulhu
    shamps
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2882
    Reputação : 215
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Fanfic -  Enredo Original: Golden Wire  Empty Re: Fanfic - Enredo Original: Golden Wire

    Mensagem por shamps Sab Dez 28, 2019 5:57 pm

    dorama vibes hehehe
    2Miaus
    Mestre Jedi
    2Miaus
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1056
    Reputação : 102
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Fanfic -  Enredo Original: Golden Wire  Empty Re: Fanfic - Enredo Original: Golden Wire

    Mensagem por 2Miaus Sab Dez 28, 2019 6:23 pm

    shamps escreveu:dorama vibes hehehe

    Adoro os dramas que acontece nos doramas e tentei seguir esse estilo hehe
    2Miaus
    Mestre Jedi
    2Miaus
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1056
    Reputação : 102
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Fanfic -  Enredo Original: Golden Wire  Empty Re: Fanfic - Enredo Original: Golden Wire

    Mensagem por 2Miaus Sab Jan 04, 2020 5:59 pm




    Fanfic -  Enredo Original: Golden Wire  AmbW


    "Um fio invisível conecta os que estão destinados a conhecer-se. Não importa o tempo, circunstância ou lugar… O fio pode esticar ou emaranhar-se, mas nunca irá partir.”


    CAPÍTULO 2: Bond

    Hyun Hee chegou na mansão do avô, uma casa com muro de pedra. O portão branco abriu automaticamente com a passagem do carro. Ele se recordava desse lugar quando vinha visitar na infância. A casa tinha uma arquitetura tradicional coreana, alguns empregados cumprimentaram o jovem senhor e voltaram para suas funções. O secretário Hwang mostrava o quarto em que ele ficaria acomodado.

    Aproveitando que estavam sozinhos, o jovem perguntou sobre tudo que tinha acontecido desde o dia em que foi embarcado para a América e descobriu que a casa onde morou com sua família foi vendida. O irmão, Park Jung Mi estava terminando o ensino médio e era considerado o melhor aluno da escola. Depois do acidente, o caçula se interessou pelas finanças da empresa e se tornou muito habilidoso, conseguindo até o apoio de alguns acionistas.

    Ao ficar sozinho, Hyun Hee se jogou no sofá que ficava no meio do quarto. Havia um turbilhão de emoções que precisava lidar.


    Fanfic -  Enredo Original: Golden Wire  A4cee4b3139d6c735ff57dd4c656d44797a01700

    Seu irmão estava no caminho certo para gerenciar a empresa. Ele estava muito mais preparado do que o Hyun Hee, isso era óbvio. Mas tudo poderia ser mais uma artimanha do seu tio para ter o controle do irmão e da companhia.

    Quando a empresa foi fundada, seu pai Park Joon Ji e o tio Park Jun Ho eram sócios, mas por brigas constantes entre os irmãos a sociedade foi desfeita. Jun Ho recebeu uma boa indenização pelo desfecho e atualmente tem 30% de ações. Mas o que gerou toda inveja e ira do tio, foi que logo após o rompimento, o pai de Hyun Hee conseguiu um contrato milionário para exportar o produto para a América. Então este foi o principal motivo para ter causado o acidente.

    “Ele precisa pagar por isso”- a voz reacendeu sua raiva

    Hyun Hee se levantou bruscamente e solicitou a chave da moto esportiva que tinha pedido para o secretário. Nem deu tempo do homem o acompanhar até a porta, pois o ruivo saiu apressado. A moto deslizava por entre os carros em alta velocidade, ele decidiu ir a empresa, com certeza seu tio estaria lá.

    ★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★

    Quando deu por si, Nayeon estava na frente do prédio em que Kim Baek trabalhava. Ela ficou aguardando até os funcionários serem liberados para o horário de almoço. Não demorou muito para um moreno alto e sexy se destacar no grupo de pessoas.

    Dae Nayeon: Kim Baek…

    Fanfic -  Enredo Original: Golden Wire  De2dad359e898986bf3411bb3173b04761cadae9

    A jovem o chamou timidamente e o moreno a encarou sério. Ela sentia seu coração bater acelerado no peito, sem jeito e sem saber o que falar, ajeita a franja atrás da orelha e encara o chão.

    Kim Baek: Fala logo o que você quer. - disse impaciente.

    Dae Nayeon: Bom...é que… eu… - disse em sussurros e isso parecia irritar o jovem. - Eu...eu...queria…

    Kim Baek: Você é tão patética!

    Aquela frase foi chocante e fez a jovem encara-lo.

    Kim Baek: Você veio pedir dinheiro de novo? Agora anda mendigando por aí…. UWAA…. - O jovem apoia as mãos no quadril e olha para os lados, observando se alguém mais prestava atenção neles.

    Dae Nayeon: Oppa(uma maneira carinhosa de chamar alguém)… - disse com os olhos cheio de lágrimas.

    Kim Baek: Você sempre com essa mania de se humilhar. Já pensou como isso afeta minha imagem também??

    Agora as lágrimas corriam livremente pelo rosto da garota e ela não conseguia dizer nada. Algumas pessoas olhavam para a briga e cochichavam de longe.

    Kim Baek: Você não percebeu que esse namoro sempre foi um estorvo para mim? Você sempre se contentava com tão pouco. Nunca tinha dinheiro para se arrumar ou para irmos num lugar legal.[color=# - Ele sorri de maneira maldosa - [/color] Nem sei porque me interessei por você...ah lembrei… você era virgem na época. Bom…. foi como brincar de casinha, mas depois de um tempo isso enjoa, sabia? Aliás você nem vale todo esse esforço.

    A mão de Nayeon se chocou contra o rosto do rapaz e ele a encarou surpreso, pois não esperava uma reação assim da jovem.

    Dae Nayeon: Babo!! (Idiota!!) -  Sua voz saiu oscilante por causa do choro

    Kim Baek: YAH! - gritou irritado.

    Dae Nayeon: Quer dizer que foi tudo mentira?? Para você eu não signifiquei nada??

    O rapaz limpa o canto da boca antes de falar.

    Kim Baek: Você foi um passatempo. O quê!? Achou que iríamos casar e viver nesse mundinho de faz de conta em que você vive??- O rapaz sorriu levemente Acorda garota….Eu quero viver num apartamento luxuoso, quero ter um carro do ano….e você...é só uma simples garçonete.

    Dae Nayeon recuou alguns passos para trás, tudo que ela tinha feito foi por causa dele. Havia largado sua família e amigos por que o amava. Mas agora descobriu que ele nunca a amou e tudo o que viveram foi uma mentira.

    Kim Baek: É dinheiro que você quer… - Irritado, ele abre a carteira e joga sobre ela algumas notas -  Agora suma da minha frente.

    Ao passar pela jovem trombou com seu ombro de maneira brusca e Nayeon cai no chão. Ela se sentia destroçada por dentro. O choro veio tão violento que nem tentou reprimir. As notas ainda estavam no chão e ela sabia que não tinha amor próprio, pois começou a recolher uma a uma. Por mais humilhante que fosse, ela precisava do dinheiro.

    Pensou em quando tudo começou a dar errado no seu relacionamento. O erro foi ter se apaixonar à primeira vista ou porque acreditou no que ele disse?

    Nayeon se levantou e deu passos vacilantes, estava tão absorta no seu sofrimento que não reparou que o semáforo estava vermelho. Uma moto vinha em sua direção e ela só percebeu quando viu o farol ofuscando seu rosto. O piloto desviou da jovem e derrapou pela rua, por sorte não aconteceu um acidente e ninguém ficou ferido.

    A menina viu quando um ruivo tirou o capacete e caminhou em sua direção, o homem a agarrou pelo braço de maneira brusca e parecia estar zangado.

    Hyun Hee: Chugŭlle?? (Você quer morrer??)

    Ela piscou os olhos algumas vezes e parecia estar fora de órbita. Raivoso, o homem continuava apertando seu braço e a arrastou até a calçada.

    Hyun Hee: Você não viu o semáforo? - Disse apontando para o farol que só agora dava passagem para os pedestre. Então ele finalmente a solta e passa a mãos pelos cabelos vermelhos, num gesto de frustração. -  Aisshhh…

    Dae Nayeon: Cheson'hamnida (Me desculpe)

    Nayeon faz uma reverência formal, mas o homem já tinha se afastado e estava entrando no prédio que Baek trabalha. Hyun Hee passa direto pelo balcão e caminha em direção aos elevadores, a raiva borbulhava dentro de si.

    "Tudo isso te pertence...e ele tomou isso de você" - a voz o instigava a buscar vingança

    Ao chegar no andar do escritório executivo, seguiu em direção a sala da diretoria, a mesma sala que seu pai usava. A secretária tentou barrá-lo, mas ele abriu a porta abruptamente. Havia uma grande mesa oval e naquele momento acontecia uma reunião. Os homens se assustaram com a invasão.

    Secretária: Me desculpem. Tentei pará-lo.

    Hyun Hee ainda estava parado com a mão na porta. Seu sorriso era maligno e ele encarava o homem que sentava na ponta oposta da mesa.

    Fanfic -  Enredo Original: Golden Wire  Images-1

    Hyun Hee: Park Jun Ho… - Disse num tom de deboche - Sentiu minha falta, tio?

    Todos na sala exclamaram surpresos, parecia que uma bomba tinha acabado de explodir. Todos começaram a cochichar com aquele anúncio. O filho mais velho de Park Joon Ji havia retornado. E o tio o olhava assombrado, como se visse um fantasma.

    O ruivo riu com desdém e caminhou em direção a mesa e se inclinou sobre o homem mais velho, sussurrando em seu ouvido.

    Hyun Hee: Eu me lembro de tudo...E vou te levar para o inferno comigo.

    Jun Ho se afastou como se tivesse levado um choque, estava branco e suava frio.

    Jun Ho: Sai daqui! SEGURANÇA!!!

    O ruivo o fitou de cima a baixo e saboreou aquele momento. O recado estava dado e conseguiu a reação que queria. Saiu da sala sem dizer mais nada. Quando voltou ao saguão, os seguranças o acompanharam até a rua. Mas enfim se sentia realizado, o primeiro passo foi dado.

    Ele caminha em direção a moto, mas percebe a menina sentada num banco com a mesma expressão de vazio. Passado toda a adrenalina, o ruivo imaginou se ela poderia estar ferida. E omissão de socorro era crime naquele país. Hyun Hee caminha em sua direção e para bem na sua frente.

    Hyun Hee: Hey… Kwenchana? (Você está bem?) - Nenhuma resposta, ele pigarreia e fala um pouco mais alto. - Está doendo em algum lugar?

    Nayeon nega com a cabeça, mas começa a chorar novamente. Ela começa a dar soquinhos no próprio peito, para tentar aliviar a angústia que sentia por causa da briga com Kim Baek. Mas Hyun Hee fica sem saber o que fazer. Ele percebe que a garota segurava algumas notas de dinheiro na mão (R$ 50,00).

    Hyun Hee: Hey...Precisa de dinheiro? - Ele lhe estende uma nota de valor alto (R$ 100,00), mas ela continua chorando, sem dizer nada, então estende 2 notas (R$ 200,00) -  Aqui, garota.

    Aquela situação estava se tornando desconfortável, Hyun Hee pensou que ela estava chorando por causa do acidente e suspirou um pouco frustrado. Por fim se agachou para ficar da altura dela. Tentou ser o mais gentil que conseguia naquele momento.

    Hyun Hee: Use o dinheiro para pagar um médico se precisar. - Ele avaliou o estado físico da garota, não havia nenhum machucado aparente - De qualquer maneira, vai ficar tudo bem.

    Nayeon o encarou por um momento, como se acordasse de um transe. Aquelas palavras era tudo que o precisava ouvir naquele momento. Ela reparou que o ruivo era um homem bonito e estava a sua frente tentando lhe ajudar. A menina fez uma reverência com a cabeça agradecendo. O rapaz colocou o dinheiro em sua mão e partiu.

    A jovem ficou sentada durante horas, nesse tempo repassou toda sua vida e todas as decisões certas e erradas que fez. Percebeu que sempre colocava os outros como prioridade, sempre tentava agradar ou fazer as pessoas felizes. Seu namoro com Kim Baek sempre foi assim, ela se doando e recebendo esmolas de carinho. Ele estava certo em dizer o quanto ela era patética. Mas isso não mudava o amor que sentia por ele.

    Com o decorrer das horas, o tempo se fechou e começou a chover. Só assim Nayeon voltou para a casa e quando chegou no seu bairro já tinha anoitecido. Ela estava com as roupas encharcadas e tremendo de frio. Para sua surpresa, suas coisas e objetos pessoais estavam no hall e a porta do cômodo trancada. Desesperada a jovem subiu as escadas para falar com a proprietária.

    Dae Nayeon: Ajumma!! Ajumma!! (Senhora!!)

    Ela bateu na porta e tocou a campainha várias vezes, mas ninguém atendeu. Se sentindo exausta por tudo que tinha acontecido hoje, Nayeon caminha até a porta do apartamento e senta no corredor. A garota se cobre com as roupas que estavam na caixa. Essa noite iria dormir ao relento.

    Continua….


    Conteúdo patrocinado


    Fanfic -  Enredo Original: Golden Wire  Empty Re: Fanfic - Enredo Original: Golden Wire

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Ago 18, 2022 1:14 pm