Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Espíritos - A outra metade

    Wordspinner
    Troubleshooter
    Wordspinner
    Troubleshooter

    Mensagens : 804
    Reputação : 26

    Espíritos - A outra metade Empty Espíritos - A outra metade

    Mensagem por Wordspinner em Seg Jul 27, 2020 6:31 pm

    Senhores, aqui estarão representados moradores ilustres, ou notórios ou até mesmo infames do Segundo Mundo. Espíritos do Hisil. Aqueles que habitam a Sombra.
    Wordspinner
    Troubleshooter
    Wordspinner
    Troubleshooter

    Mensagens : 804
    Reputação : 26

    Espíritos - A outra metade Empty Re: Espíritos - A outra metade

    Mensagem por Wordspinner em Seg Jul 27, 2020 6:43 pm




    PThwhox.png


    Terror Nas Sombras é o que seu nome diz. Um Ensah ligado a escuridão e ao medo. Suas origens são misteriosas, mas sua agenda é clara: Ele quer ser o maior espírito do medo. O poderoso habitante do Hisil é extremamente comportado no que diz respeito o primeiro mundo. Nenhuma transgressão pode ser ligada a ele. Se esse comportamento é medo dos lobisomens ou um jeito de garantir que eles não atrapalhem seus planos, ninguém pode dizer. Em sua guerra interminável com Medo Atrás Do Espelho ele está sempre disposto a comprar uma vantagem.







    PThwhox.png


    Medo Atrás do Espelho é o maior rival de Terror Nas Sombras. Diferente de seu rival ele espalha sua origem em todos os ventos. Ele é o medo que nasce quando se olha para dentro. Quando se olha no espelho e vê refletido algo terrível e assustador. Os urathas tem grande facilidade de entender o poder que esse espírito evoca, quase todos sentiram esse medo na própria pele. O Ensah é intratável e não espera cooperação. Porém ele conhece bem as leis e se mantém sempre do lado certo da linha. Se ele espera ansioso que alguém a cruze ou se se o faz para manter a própria existência é impossível saber.








    PThwhox.png


    Vingança que Espera é um espírito de lobo que cresceu alimentado com a paciência dos seus irmãos de carne e com a ardente vingança que tanto deseja, e já foi despejada sobre seus irmãos inúmeras vezes. Vingança que Espera é enorme e continua crescendo. Alguns se perguntam se não seria cria de um dos primogênitos ou mesmo uma extensão de um deles. Se alguém toca no assunto o lobo espiritual responde que sua mãe é a humanidade que despeja ódio e seu pai o sangue de gente derramado na neve por lobos de carne. O espírito se recusa a ferir urathas desnecessariamente e evita conflitos com os mesmos. Porém ninguém consegue imaginar algo capaz de fazer com que poupe um humano que pós no seu território.








    PThwhox.png


    Peregrino Sem Face é um espírito curioso que adora observar os humanos. Ele copia seus rostos e expressões em mascaras que nunca veste. Ele copia suas roupas e seus modos. Ele é antigo. Mais antigo que qualquer uratha da ilha. Sua origem é uma agulha no palheiro, com tantas versões quanto mascaras que flutuam ao seu redor. Ele sempre respondem algo diferente e um elodoth sempre diz que cada palavras sobre sua origem é verdade, mesmo que contradiga uma versão anterior. O Peregrino Sem Face vaga pelo Hisil sem ser perturbado. Ele é poderoso demais ou útil demais para ser importunado.








    PThwhox.png


    Fúria da Noite Fria é um Ensah antigo. De antes do concreto. Ele se lembra de quando os humanos o cultuavam e ainda abençoa os invernos daqueles que se lembrar dos seus rituais, mesmo que tenham esquecido seu significado. Ele está inquieto os ventos do inverno sopram mais forte. As religiões que romanos trouxeram eram um problema pequeno. Mas o deus pregado e seus anjos é um grande problema, assim como as telas luminosas que são ainda mais poderosas. Fúria da noite não liga que eles existam, mas durante o inverno, quando cada vez menos pessoas fazem suas oferendas e sacrifícios, ele se torna ainda mais digno de seu nome.







    PThwhox.png



    Gabriel Música do Fogo é um anjo. As cores do seu mundo de pecados escorrem para longe de sua graça divina. Poderoso e sempre pronto para usar sua lâmina ele pouco tem a ver com as imagens nas igrejas e em quadros. Ele é implacável e irredutível. Por mais contraditório que seja ele reconhece a autoridade dos uratha, mas isso não significa que eles escapem de sua justiça flamejante. Ele já causou muitos problemas por proteger e até salvar fieis. Mas uma rede de acordos e favores o manteve protegido até agora. Se um dia ele for longe demais a única pergunta a se fazer é: Quantos vão morrer para pará-lo.  








    PThwhox.png



    Observador Faminto mudou muito. Ele se adaptou as fomes da humanidade. Deixou de ser apenas um predador voraz. Agora ele devora tudo que vê e entende o valor de saber. Ele continua sendo um predador. Ele continua sendo a foma sem forma que queima naqueles dispostos a matar para saciá-la. Mas agora ele não quer só a carne de sua presa. Agora sua foma é coisa sem fim que move e ao mesmo tempo corroí a humanidade. Ele sabe muito mais do que vai contar e só vai falar se pagarem um preço. Um preço alto o bastante para acalmar sua fome.







    PThwhox.png


    Hotel dos Ossos é um espírito muito perturbador. Muito novo e extremamente poderoso. Ele não esconde que nasceu das ações de um humano. Um assassino em série que era também um anfitrião incrível, e sepultava suas vitimas nas paredes do seu hotel. O hotel na sombra é exatamente como era quando o homem morreu. Seus crimes são exibidos em televisores nos quartos e áreas comunais como se fossem entretenimento. Uma música alegre e contagiante sempre pode ser ouvida perto do hotel e dentro dele, os gritos perfeitamente harmonizados com ela. A genuína alegria de quem ama o que faz. O homem é um herói e um deus para o espírito que tenta atrair outros assassinos em série para si. Sempre que pode, ele paga altos preços pelas ossadas de tais humanos iluminados. Essas ossadas falam com a voz do espírito de dentro de suas paredes. O hotel adora visitas e sempre veste uma das ossadas velhas para recebê-las. O líder do Ilthum do assassinato é também um espírito de alegria.







    PThwhox.png


    Fiadora Entre as Torres é um dos mais poderosos espíritos de energia elétrica da ilha. Ela correr rapidamente entre os fios de suas torres elétricas e seu exercito de vigilantes faz dela uma das criaturas mais bem informadas e paranoicas da ilha. Ela é enigmática e desconfiada, mas sempre disposta a barganhar com quem tem coragem de pagar seus preços. Ela tem muitos aliados e também muitos inimigos. De alguma forma ela ela sabe de coisas que aconteceram antes mesmo do primeiro fio transmitir corrente elétrica. Se ela nasceu com outra forma ou simplesmente coletou essas informações é impossível saber.







    PThwhox.png



    Amigo Traído é exatamente o que diz ser. O laço de amizade quebrado de forma violenta. Uma especie de amor morto. Normalmente ele veste a aparência de um bicho de estimação morto ou abandonado por seu dono. Um espírito violento e agressivo e muito mais perigoso do que aparenta. Amigo traído não faz acordos se não for obrigado e tem um ódio especial por aqueles que maltratam alguém que o ama. Ele costuma vigiar aqueles que cuidam de animais e crianças com problemas mentais, esperando a hora em que eles também vão trair quem os ama.







    PThwhox.png


    Caminhante Noturno é uma velha lenda. Uma canção de ninar. Não se sabe exatamente como as duas coisas se entrelaçaram, mas a canção chama e alimenta um velho deus dos nativos. Se ele mudou para sobreviver ou se a música foi inspirada por ele é impossível saber. Caminhante Noturno é como Fúria da Noite Fria, velho e cheio de ressentimento e pronto para tomar a força seu lugar no mundo. Sempre que uma pessoa some na floresta sem vestígios e alguém se lembra dele isso é uma oferenda. Sempre que alguém respeita suas árvores e lhe pede força isso é uma oferenda.







    PThwhox.png


    Refletida do Vazio clama ser um luno. Não se pode ter certeza disso, mas ela é tão poderosa que essa dúvida permanece até hoje. Só pode ser vista durante a lua crescente ela é sempre ágil em prestar auxilio aos uratha por estranhos preços. Coisas normalmente simples e pequena e até inofensivas. Se isso é só mais um sinal da loucura do Guardião Lunar ou se na verdade é um plano longo e tão intricado que se perde das vistas, não dá para dizer. Sabe-se que ela é gentil e prestativa com os Uratha e muito menos enigmática do que se esperaria de um Ithalunin. Ela também tem o habito de ignorar perguntas por alguma razão inventada no dia e também costuma causar estranhas visões em Cahalith próximos. Não foram poucos os que tiveram que ser arrastados para longe por seus irmãos de alcateia enquanto gritavam e rasgavam os próprios olhos.







    PThwhox.png



    Primavera Verdejante é um espírito solar. Ela é ferrenha protetora das engrenagens do florescimento. Ela odeia poluição e o preço do progresso. Ela odeia também os uratha. Ela guarda ação sobre seu descontentamento. Ela é muito verbal sempre que tem a chance, mas nunca age sem provocação. Um deslize pode ser punido de forma definitiva se ela tiver a chance de pegar um uratha quebrando seus votos. De outra forma ela coopera com todos os espíritos naturais e seus ciclos. Se algum dia ela conseguir permissão para agir livremente vai colocar a ilha de volta na idade da pedra, mesmo que para isso tenha de destruir todos o humanos e suas criações.






    PThwhox.png



    O Rei dos Lobos foi derrotado, porém nunca destruído. Em algum lugar ele provavelmente trama sua vingança enquanto lambe suas feridas. O preço para derrota-lo uma vez foi alto em sangue uratha. Se ele voltar, quantos vão morrer dessa vez?






    PThwhox.png


    Contrato Digital adora fazer acordos longos e não vai vai fechar um acordo curto se não for muito bem subornado. Ele é bem informa. Bem informado demais e controla todo tipo de espírito tecnológico. Ele constrói seu palácio de vidro feito de telas quebradas em um não-lugar muito bem escondido, ou é isso que os rumores dizem. Um espírito recente ou não, Contrato Digital consegue manter quase tudo sobre si mesmo um segredo e ainda sim ter todo tipo de informações secretas, mesmo que elas não sejam muito úteis, como saber exatamente quem marcou aquelas iniciais numa árvore quando ninguém estava olhando, ou em quem a mulher do prefeito pensa quando está transando ou até aquela senha que você usou uma vez e já esqueceu.







    PThwhox.png


    Vigia do Passado se lembra. Ele olha constantemente para poder se lembrar. Ele sabe o valor das coisas que já foram e observa atentamente enquanto elas mudam. Um poderoso espírito ligado as memórias e coisas esquecidas. Ele adora negociar pedindo em troca memórias das pessoas, muitos consideram isso uma benção, mas aqueles que aceitam seu preço vivem até seu ultimo dia com a dúvida. Qual pedaço eles deixaram para trás e, no fim, ainda são a mesma pessoa ele? Vigia do Passado não se importa. Ele também é capas de falar e ler todas as línguas que já foram apresentadas a ele. Ele dificilmente sai de perto da sua morada no antigo farol, já a muito esquecido, seu grande amigo e protegido.







    PThwhox.png



    Azdeh-Ur - Devorador de Nomes. Existem mais perguntas que respostas sobre o Devorador de Nomes. A realidade parece vibrar e derreter a sua volta. Os pensamentos daqueles que conseguem fixar seus olhos nele logo começar a chiar como rádio. Depois o chiado se torna um torrente de sussurros. Então uma cacofonia ensurdecedora. Milhares de vozes gritando. Milhares de desesperados implorando por seus nomes de volta. Azdeh-Ur, para alguns é cria do Lobo Vermelho, para outros cria da Loba da Morte ou mesmo da Loba Negra. Já há aqueles que acreditam que todos esses estão certos.  






    PThwhox.png


    Voz da Maré é muito mais que o som do bater das ondas. É mais que o mensageiro do oceano. É a força irresistível das águas frias e salgadas do mar. Ele não negocia se não for obrigado ou muito bem presenteado. Uma vez que convencido a negociar ele é muito justo e razoável. Seus objetivos parecem mudar com as marés, mas talvez isso seja somente parte de sua natureza. É através dele que se pode oferecer as águas tributo para cobrem menos vidas humanas.







    PThwhox.png



    Sozinha com Estranhos é um espírito complexo e oportunista. Se alimenta de medo e também crueldade. Sozinha com Estranhos tem uma grande afinidade por mulheres, mas vai incentivar a lutar e reagir com violência cruel a todos aqueles que exalarem o medo certo. Ela se deixou prender em um acordo onde não influenciaria o mundo dos mortais, exceto se para ajudar vitimas de estupro ou violência gratuita que estivessem sozinhos. Ela ainda se deleita com a liberdade que ganhou na forma de restrição. Agora ela assiste vitimas reagindo e devora o significado de cada mutilação que elas causam. O sofrimento do abusador, especialmente os mais covardes é a coisa mais doce que já provou.






    PThwhox.png



    Coroa do Desabrochar é um espírito natural. Um predador que dorme durante todo o inverno, protege flores e plantas durante toda primavera, caça durante todo verão para se pintar com sangue e sofre durante todo outono pelo já perdeu. Ela não odeia a humanidade ou o progresso, mas assim como eles vieram e isso é bom, eles também podem ir e isso será bom. Mudanças, cíclicas ou não são parte de sua vida e ela as entende. Ela também entende que seu fim pode chegar e isso vai ser bom. Mas o que quer que tente devorá-la vai precisar provar que merece. Ela não será de forma alguma uma presa fácil. Muitos tentaram e agora seus ossos adubam suas tão amadas plantas.  






    PThwhox.png


    Sombra do Pesadelo é um espírito muito criativo. Ligado ao estranho sono dos mortais ele tem uma predileção por artistas, especialmente escritores. Sua forma e aparência mudam com o tempo e com a imaginação de seus protegidos. Aqueles que conseguem tiram inspiração dos pesadelos e das imagens e sons fantasmas que o espírito fornece. Não só o que ele claramente, até inegavelmente é, ele também é criação. Inspiração e arte florescem por onde passa. Elas podem mostrar os mais perturbadores pensamentos e sonhos da humanidade? Talvez, mas alguns se sentem aliviados de finalmente poder dar forma aos próprios demônios. Outros. Outros descobrem o que sempre morou em suas almas e se revoltam. De qualquer forma sempre há uma certa beleza, mesmo que desesperadora.




      Data/hora atual: Qui Set 24, 2020 12:44 pm